Você está na página 1de 75
1 a Questão (Ref.:201003138093) Acerto: 1,0 / 1,0 Para uma viga biapoiada com vão de
1 a Questão (Ref.:201003138093)
Acerto: 1,0 / 1,0
Para uma viga biapoiada com vão de 6m e carga distribuída uniforme de 5 kN/m no trecho delimitado entre x=1 e
x=4m, pode-se dizer que a resultante das cargas vale:
30
kN
40
kN
10
kN
15
kN
20
kN
2 a Questão (Ref.:201003216667)
Acerto: 1,0 / 1,0
Considere uma barra engastada em A e uma distribuição triangular, conforme a figura. Determine a reação de
momento no apoio A
3250
lbf.pé
2000
lbf.pé
2250
lbf.pé
1250
libf.pé
2750
libf.pé
3 a Questão (Ref.:201003016155)
Acerto: 1,0 / 1,0
Marque a alternativa correta.
As estruturas reticulares são constituídas por elementos tridimensionais, simplesmente denominadas elementos
ou barras, cujos comprimentos prevalecem em relação às dimensões da seção transversal (largura e altura)
As estruturas reticulares são constituídas por elementos unidimensionais, simplesmente denominadas
elementos ou barras, cujos comprimentos prevalecem em relação às dimensões da seção transversal (largura e
altura)
As estruturas reticulares são constituídas por elementos unidimensionais, simplesmente denominadas
conjuntos, cujos comprimentos prevalecem em relação às dimensões da seção transversal (largura e altura)

As estruturas reticulares são constituídas por elementos bidimensionais, simplesmente denominadas elementos ou barras, cujos comprimentos prevalecem em relação às dimensões da seção transversal (largura e altura)

às dimensões da seção transversal (largura e altura) As estruturas reticulares são constituídas por elementos

As estruturas reticulares são constituídas por elementos bidimensionais, simplesmente denominadas elementos ou barras, cujos comprimentos prevalecem em relação às dimensões da seção longitudinal(largura e comprimento)

4 a Questão (Ref.:201003216672) Acerto: 1,0 / 1,0

4 a Questão (Ref.:201003216672)

Acerto: 1,0 / 1,0

Considere a estrutura plana ABC a seguir. Suponha que A e B sejam dois apoios de 2º gênero e C uma rótula. Quanto à estaticidade da estrutura, podemos a classificar em:

à estaticidade da estrutura, podemos a classificar em: hiperestática Bi-estática Ultra-estática
hiperestática

hiperestática

Bi-estática

Bi-estática

Ultra-estática

Ultra-estática

Isostática
Isostática

Isostática

Hipostática

Hipostática

5 a Questão (Ref.:201003138125) Acerto: 1,0 / 1,0

5 a Questão (Ref.:201003138125)

Acerto: 1,0 / 1,0

Considere uma viga biapoiada com 6m de vão e duas cargas concentradas de 30 kN posicionadas nas posições x=2m e x=4m. O momento fletor máximo vale:

80 kNm

80

kNm

40 kNm

40

kNm

50 kNm

50

kNm

30 kNm

30

kNm

60 kNm
60 kNm

60

kNm

6 a Questão (Ref.:201003217439) Acerto: 1,0 / 1,0

6 a Questão (Ref.:201003217439)

Acerto: 1,0 / 1,0

Considere a estrutura abaixo em que o apoio A é de 1º gênero e o B de 2º gênero. Se o carregamento externo é o apresentado, determine o menor valor para o esforço cortante na superfície interna desta viga.

- 30,8 kN - 38,8 kN - 103,8 kN - 83,8 kN - 138,8 kN
- 30,8 kN

- 30,8 kN

- 38,8 kN
- 38,8 kN

- 38,8 kN

- 103,8 kN

- 103,8 kN

- 83,8 kN

- 83,8 kN

- 138,8 kN

- 138,8 kN

7 a Questão (Ref.:201002418358) Acerto: 1,0 / 1,0

7 a Questão (Ref.:201002418358)

Acerto: 1,0 / 1,0

Sobre as ¿Vigas Gerber¿, É INCORRETO afirmar o que traz a alternativa:

Nesta composição, as ligações entre as diversas vigas isostáticas que constituem o sistema são feitas

Nesta composição, as ligações entre as diversas vigas isostáticas que constituem o sistema são feitas pelos chamados ¿dentes gerber¿ que, na verdade, são rótulas convenientemente introduzidas na estrutura de forma a, mantendo sua estabilidade, torná-la isostática.

Pelo menos um dos apoios destas vigas deve ser projetado para absorver eventuais forças horizontais.

Pelo menos um dos apoios destas vigas deve ser projetado para absorver eventuais forças horizontais.

São formadas por uma associação de vigas simples (biapoiadas, biapoiadas com balanços ou engastadas e

São formadas por uma associação de vigas simples (biapoiadas, biapoiadas com balanços ou engastadas e livres), que se apoiam umas sobre as outras, de maneira a formar um conjunto isostático.

As vigas gerber, por serem associações de vigas isostáticas simples, podem ser calculadas estabelecendo o

As vigas gerber, por serem associações de vigas isostáticas simples, podem ser calculadas estabelecendo o equilíbrio de cada uma de suas partes, resolvendo-se inicialmente as vigas simples que não têm estabilidade própria (sep).

Ao se separar uma rótula de uma viga gerber, os apoios fictícios que identificam o
Ao se separar uma rótula de uma viga gerber, os apoios fictícios que identificam o

Ao se separar uma rótula de uma viga gerber, os apoios fictícios que identificam o trecho sendo suportado devem ficar de ambos os lados da rótula separada, o que depende da análise da sequência de carregamentos dos trechos isostáticos simples.

8 a Questão (Ref.:201003217447) Acerto: 1,0 / 1,0

8 a Questão (Ref.:201003217447)

Acerto: 1,0 / 1,0

Considere uma viga Gerber (rótula) como, por exemplo, a da figura. Com relação ao momento fletor na rótula, é correto afirmar que:

Pode ser um valor positivo ou nulo É sempre nulo. É sempre um valor negativo.
Pode ser um valor positivo ou nulo

Pode ser um valor positivo ou nulo

É sempre nulo.
É sempre nulo.

É sempre nulo.

É sempre um valor negativo.

É sempre um valor negativo.

É sempre um valor positivo.

É sempre um valor positivo.

Pode ser um valor negativo ou nulo

Pode ser um valor negativo ou nulo

9 a Questão (Ref.:201003016621) Acerto: 0,0 / 1,0

9 a Questão (Ref.:201003016621)

Acerto: 0,0 / 1,0

Em relação as vigas isostáticas podemos afirmar:

As vigas isostáticas são estruturas compostas por barras (elementos tridimensionais), interconectadas por nós rígidos

As vigas isostáticas são estruturas compostas por barras (elementos tridimensionais), interconectadas por nós rígidos ou articulados, em que todos elementos tem a mesma direção.

As vigas isostáticas são estruturas compostas por barras (elementos bidimensionais), interconectadas por nós rígidos

As vigas isostáticas são estruturas compostas por barras (elementos bidimensionais), interconectadas por nós rígidos ou articulados, em que todos elementos tem a mesma direção.

As vigas isostáticas são estruturas simples formada por qualquer elemento estrutural (elementos unidimensionais),

As vigas isostáticas são estruturas simples formada por qualquer elemento estrutural (elementos unidimensionais), interconectadas por nós rígidos ou articulados, em que todos elementos tem a mesma direção.

As vigas isostáticas são estruturas compostas por barras (elementos unidimensionais), interconectadas por solda, em que
As vigas isostáticas são estruturas compostas por barras (elementos unidimensionais), interconectadas por solda, em que

As vigas isostáticas são estruturas compostas por barras (elementos unidimensionais), interconectadas por solda, em que todos elementos não tem a mesma direção.

As vigas isostáticas são estruturas compostas por barras (elementos unidimensionais), interconectadas por nós rígidos
As vigas isostáticas são estruturas compostas por barras (elementos unidimensionais), interconectadas por nós rígidos

As vigas isostáticas são estruturas compostas por barras (elementos unidimensionais), interconectadas por nós rígidos ou articulados, em que todos elementos tem a mesma direção.

10 a Questão (Ref.:201003217637) Acerto: 1,0 / 1,0

10 a Questão (Ref.:201003217637)

Acerto: 1,0 / 1,0

Considere a viga inclinada AB da figura. Os apoios B e A são, respectivamente, do primeiro e segundo gêneros. Determine as reações verticais nesses apoios.

VA = 0 e VB = 8 tf VA = VB = 5 tf VA
VA = 0 e VB = 8 tf

VA = 0 e VB = 8 tf

VA = VB = 5 tf

VA = VB = 5 tf

VA = 3tf e VB = 5tf

VA = 3tf e VB = 5tf

VA = VB = 4 tf
VA = VB = 4 tf

VA = VB = 4 tf

VA = 5 tf e VB = 3 tf

VA = 5 tf e VB = 3 tf

1 a Questão (Ref.: 201503166852) a Questão (Ref.: 201503166852)

F ó r u m d e D ú v i d a s ( Fórum de Dúvidas (0)

Marque a alternativa correta.

Saiba

a s ( 0 ) Marque a alternativa correta. S a i b a ( 0

(0)

As estruturas reticulares são constituídas por elementos bidimensionais, simplesmente denominadas elementos ou barras, cujos comprimentos prevalecem em relação às dimensões da seção transversal (largura e altura)( 0 ) Marque a alternativa correta. S a i b a ( 0 ) As

As estruturas reticulares são constituídas por elementos bidimensionais, simplesmente denominadas elementos ou barras, cujos comprimentos prevalecem em relação às dimensões da seção longitudinal(largura e comprimento)às dimensões da seção transversal (largura e altura) As estruturas reticulares são constituídas por elementos

As estruturas reticulares são constituídas por elementos unidimensionais, simplesmente denominadas conjuntos, cujos comprimentos prevalecem em relação às dimensões da seção transversal (largura e altura)dimensões da seção longitudinal(largura e comprimento) As estruturas reticulares são constituídas por elementos

As estruturas reticulares são constituídas por elementos tridimensionais, simplesmente denominadas elementos ou barras, cujos comprimentos prevalecem em relação às dimensões da seção transversal (largura e altura)às dimensões da seção transversal (largura e altura) As estruturas reticulares são constituídas por elementos

As estruturas reticulares são constituídas por elementos unidimensionais, simplesmente denominadas elementos ou barras, cujos comprimentos prevalecem em relação às dimensões da seção transversal (largura e altura)às dimensões da seção transversal (largura e altura) 2 a Questão (Ref.: 201503367369) F ó r

2 a Questão (Ref.: 201503367369) a Questão (Ref.: 201503367369)

F ó r u m d e D ú v i d a s ( Fórum de Dúvidas (0)

Saiba

2 a Questão (Ref.: 201503367369) F ó r u m d e D ú v i

(0)

Considere a estrutura plana ABC a seguir. Suponha que A e B sejam dois apoios de 2º gênero e C uma rótula. Quanto à estaticidade da estrutura, podemos a classificar em:

à estaticidade da estrutura, podemos a classificar em: Ultra-estática Isostática hiperestática
Ultra-estática

Ultra-estática

Isostática

Isostática

hiperestática

hiperestática

Bi-estática

Bi-estática

Hipostática

Hipostática

3 a Questão (Ref.: 201503368132) a Questão (Ref.: 201503368132)

F ó r u m d e D ú v i d a s ( Fórum de Dúvidas (0)

Saiba

m d e D ú v i d a s ( 0 ) S a i

(0)

Considere a viga AB de 8 m de comprimento bi-apoiada. Determine o módulo das reações verticais nos apoios A e B, considerando que uma carga momento foi aplicada no sentido anti-horário num ponto C da viga, distante 3 m da extremidade A, conforme a figura.

C da viga, distante 3 m da extremidade A, conforme a figura. VA = 2,00 kN

VA = 2,00 kN e VB = 8,00 kN

VA = 8,00 kN e VB = 8,00 kN

VA = 1,13 kN e VB = 1,13 kN

VA = 1,00 kN e VB = 1,00 kN

VA = 1,00 kN e VB = 1,13 kN

4 a Questão (Ref.: 201503367372) a Questão (Ref.: 201503367372)

F ó r u m d e D ú v i d a s ( Fórum de Dúvidas (0)

Saiba

kN 4 a Questão (Ref.: 201503367372) F ó r u m d e D ú v

(0)

Considere a estrutura plana ABC a seguir. Supondo que A e B sejam dois apoios de 2º gênero e C uma rótula, determine as intensidades das reações verticais em A e B:

determine as intensidades das reações verticais em A e B: VA = 12,0 kN e VB
determine as intensidades das reações verticais em A e B: VA = 12,0 kN e VB

VA = 12,0 kN e VB = 8,0 kN

VA = 12,4 kN e VB = 7,6 kN

VA = 11,4 kN e VB = 8,6 kN

VA = 11,4 kN e VB = 8,6 kN

VA = 12,8 kN e VB = 7,2 kN

VA = 12,8 kN e VB = 7,2 kN

VA = 10,4 kN e VB = 9,6 kN

VA = 10,4 kN e VB = 9,6 kN

5 a Questão (Ref.: 201503368133) F ó r u m d e D ú v

5 a Questão (Ref.: 201503368133)

5 a Questão (Ref.: 201503368133) F ó r u m d e D ú v i

Fórum de Dúvidas (0)

Saiba

m d e D ú v i d a s ( 0 ) S a i

(0)

Calcular as reações de apoio do portico articulado abaixo. Considere que A e B sejam apoios de 2º gênero e C um rótula.

que A e B sejam apoios de 2º gênero e C um rótula. H A =
que A e B sejam apoios de 2º gênero e C um rótula. H A =

H A = 5.0 kN ; V A = 12,0 kN ; H B = 7,0 kN e V B = 8,0 kN.

H A = 5.3kN ; V A = 12.4kN ; H B = 6.7 kN e V B = 7.6 kN.

HA = 5.3kN ; VA = 13.4kN ; HB = 6.7 kN e VB= 6.6

HA = 5.3kN ; VA = 13.4kN ; HB = 6.7 kN e VB= 6.6 kN.

H A = 6.3kN ; V A = 12.4kN ; H B = 5.7 kN

H A = 6.3kN ; V A = 12.4kN ; H B = 5.7 kN e V B = 7.6 kN.

V A = 5.3kN ; H A = 12.4kN ; V B = 6.7 kN

V A = 5.3kN ; H A = 12.4kN ; V B = 6.7 kN e H B = 7.6 kN.

6 a Questão (Ref.: 201503166845) a Questão (Ref.: 201503166845)

F ó r u m d e D ú v i d a s ( Fórum de Dúvidas (0)

Saiba

m d e D ú v i d a s ( 0 ) S a i

(0)

Sobre a análise de estruturas marque a alternativa correta

Rigidez é a capacidade de um elemento estrutural de se deformar excessivamente, para o carregamento previsto, o que comprometeria o funcionamento e o aspecto da peça.Sobre a análise de estruturas marque a alternativa correta Quanto às dimensões e às direções das

Quanto às dimensões e às direções das ações, os elementos estruturais não podem ser classificados em uni, bi e tridimensionais.o que comprometeria o funcionamento e o aspecto da peça. Estruturas tridimensionais são estruturas maciças em

Estruturas tridimensionais são estruturas maciças em que as quatro dimensões se comparam. Exemplos: blocos de fundações, blocos de coroamento de estacas e estruturas de barragens.não podem ser classificados em uni, bi e tridimensionais. Uma estrutura pode ser definida como uma

Uma estrutura pode ser definida como uma composição de uma ou mais peças, ligadas entre si e ao meio interior de modo a formar um sistema em equilíbrio.blocos de coroamento de estacas e estruturas de barragens. Resistência é a capacidade de um elemento

Resistência é a capacidade de um elemento estrutural de transmitir as forças externamente, molécula por molécula, dos pontos de aplicação aos apoios sem que ocorra a ruptura da peça.ao meio interior de modo a formar um sistema em equilíbrio. 1 a Questão (Ref.: 201503288793)

1 a Questão (Ref.: 201503288793) a Questão (Ref.: 201503288793)

F ó r u m d e D ú v i d a s ( Fórum de Dúvidas (0)

Saiba

1 a Questão (Ref.: 201503288793) F ó r u m d e D ú v i

(0)

Para uma viga biapoiada com vão de 6m e carga distribuída uniforme de 5 kN/m no trecho delimitado entre x=1 e x=4m, pode-se dizer que a resultante das cargas está posicionada em:

X=2,5m

X=2,5m

X=2m

X=2m

X=3m

X=3m

X=3,5m

X=3,5m

X=1,5m

X=1,5m

em: X=2,5m X=2m X=3m X=3,5m X=1,5m 2 a Questão (Ref.: 201503367364) F ó r u m

2 a Questão (Ref.: 201503367364)

X=3,5m X=1,5m 2 a Questão (Ref.: 201503367364) F ó r u m d e D ú

Fórum de Dúvidas (0)

Saiba

2 a Questão (Ref.: 201503367364) F ó r u m d e D ú v i

(0)

Considere uma barra engastada em A e uma distribuição triangular, conforme a figura. Determine a reação de momento no apoio A

a figura. Determine a reação de momento no apoio A 2000 lbf.pé 2250 lbf.pé 3250 lbf.pé
2000 lbf.pé

2000

lbf.pé

2250 lbf.pé

2250

lbf.pé

3250 lbf.pé

3250

lbf.pé

1250 libf.pé

1250

libf.pé

2750 libf.pé

2750

libf.pé

3250 lbf.pé 1250 libf.pé 2750 libf.pé 3 a Questão (Ref.: 201503288785) F ó r u m

3 a Questão (Ref.: 201503288785)

2750 libf.pé 3 a Questão (Ref.: 201503288785) F ó r u m d e D ú

Fórum de Dúvidas (0)

Saiba

3 a Questão (Ref.: 201503288785) F ó r u m d e D ú v i

(0)

Para uma viga biapoiada com vão de 6m e carga distribuída triangular de forma que o seu valor seja 5 kN em x=0m e zero em x=6m, a resultante deve ficar posicionada em:

X=5m

X=5m

X=2m

X=2m

X=4m

X=4m

X=3m

X=3m

X=1m

X=1m

posicionada em: X=5m X=2m X=4m X=3m X=1m 4 a Questão (Ref.: 201503288790) F ó r u

4 a Questão (Ref.: 201503288790)

X=3m X=1m 4 a Questão (Ref.: 201503288790) F ó r u m d e D ú

Fórum de Dúvidas (0)

Saiba

m d e D ú v i d a s ( 0 ) S a i

(0)

Para uma viga biapoiada com vão de 6m e carga distribuída uniforme de 5 kN/m no trecho delimitado entre x=1 e x=4m, pode-se dizer que a resultante das cargas vale:

uniforme de 5 kN/m no trecho delimitado entre x=1 e x=4m, pode-se dizer que a resultante

30 kN

10 kN

10

kN

10 kN 15 kN 20 kN 5 a Questão (Ref.: 201503288780) F ó r u m

15

kN

20 kN

5 a Questão (Ref.: 201503288780) a Questão (Ref.: 201503288780)

F ó r u m d e D ú v i d a s ( Fórum de Dúvidas (0)

Saiba

m d e D ú v i d a s ( 0 ) S a i

(0)

Para uma viga biapoiada com vão de 6m e carga distribuída triangular de forma que o seu valor seja 5 kN em x=0m e zero em x=6m, a resultante vale:

15 kN

15

kN

20 kN

20

kN

40 kN

40

kN

30 kN

30

kN

10 kN

10

kN

1 a Questão (Ref.: 201503288822) a Questão (Ref.: 201503288822)

F ó r u m d e D ú v i d a s ( Fórum de Dúvidas (0)

Saiba

kN 1 a Questão (Ref.: 201503288822) F ó r u m d e D ú v

(0)

Considere uma viga biapoiada com 6m de vão e duas cargas concentradas de 30 kN posicionadas nas posições x=2m e x=4m. O momento fletor máximo vale:

80 kNm

80

kNm

50 kNm

50

kNm

60 kNm

60

kNm

30 kNm

30

kNm

40 kNm

40

kNm

kNm 50 kNm 60 kNm 30 kNm 40 kNm 2 a Questão (Ref.: 201503368136) F ó

2 a Questão (Ref.: 201503368136)

kNm 40 kNm 2 a Questão (Ref.: 201503368136) F ó r u m d e D

Fórum de Dúvidas (0)

Saiba

kNm 2 a Questão (Ref.: 201503368136) F ó r u m d e D ú v

(0)

Considere a estrutura abaixo em que o apoio A é de 1º gênero e o B de 2º gênero. Se o carregamento externo é o apresentado, determine o menor valor para o esforço cortante na superfície interna desta viga.

para o esforço cortante na superfície interna desta viga. - 138,8 kN - 38,8 kN -
para o esforço cortante na superfície interna desta viga. - 138,8 kN - 38,8 kN -

- 138,8 kN

- 38,8 kN

- 83,8 kN

- 83,8 kN

- 103,8 kN

- 103,8 kN

- 30,8 kN

- 30,8 kN

- 138,8 kN - 38,8 kN - 83,8 kN - 103,8 kN - 30,8 kN 3

3 a Questão (Ref.: 201503288818)

kN - 30,8 kN 3 a Questão (Ref.: 201503288818) F ó r u m d e

Fórum de Dúvidas (0)

Saiba

kN 3 a Questão (Ref.: 201503288818) F ó r u m d e D ú v

(0)

Considere uma viga biapoiada com 6m de vão e duas cargas concentradas de 30 kN posicionadas nas posições x=2m e x=4m. O momento fletor na região entre as cargas:

x=2m e x=4m. O momento fletor na região entre as cargas: É constante Varia linearmente Varia

É constante

Varia linearmente

Varia linearmente Varia parabolicamente É nulo É dividido em 2 trechos constantes

Varia parabolicamente

Varia linearmente Varia parabolicamente É nulo É dividido em 2 trechos constantes

É nulo

Varia linearmente Varia parabolicamente É nulo É dividido em 2 trechos constantes

É dividido em 2 trechos constantes

Varia linearmente Varia parabolicamente É nulo É dividido em 2 trechos constantes
É nulo É dividido em 2 trechos constantes 4 a Questão (Ref.: 201503288810) F ó r

4 a Questão (Ref.: 201503288810)

2 trechos constantes 4 a Questão (Ref.: 201503288810) F ó r u m d e D

Fórum de Dúvidas (0)

Saiba

m d e D ú v i d a s ( 0 ) S a i

(0)

Considere uma viga biapoiada com 6m de vão e duas cargas concentradas de 30 kN posicionadas nas posições x=2m e x=4m. O esforço cortante no meio do vão (x=3m) vale:

de 30 kN posicionadas nas posições x=2m e x=4m. O esforço cortante no meio do vão

15 kN

45 kN

45

kN

30 kN

30

kN

É nulo

É nulo

45 kN 30 kN É nulo 5 a Questão (Ref.: 201503368138) F ó r u m

5 a Questão (Ref.: 201503368138)

30 kN É nulo 5 a Questão (Ref.: 201503368138) F ó r u m d e

Fórum de Dúvidas (0)

Saiba

m d e D ú v i d a s ( 0 ) S a i

(0)

Considere uma viga AB carregada uniformemente de acordo com a figura. O diagrama do momento fletor que atua nas seções ao longo do comprimento L é uma função:

O diagrama do momento fletor que atua nas seções ao longo do comprimento L é uma
O diagrama do momento fletor que atua nas seções ao longo do comprimento L é uma

Indeterminado

2º grau

4º grau

4º grau

3º grau

3º grau

1º grau

1º grau

4º grau 3º grau 1º grau 6 a Questão (Ref.: 201503288815) F ó r u m

6 a Questão (Ref.: 201503288815)

3º grau 1º grau 6 a Questão (Ref.: 201503288815) F ó r u m d e

Fórum de Dúvidas (0)

Saiba

m d e D ú v i d a s ( 0 ) S a i

(0)

Considere uma viga biapoiada com 6m de vão e duas cargas concentradas de 20 kN posicionadas nas posições x=2m e x=4m. O esforço cortante máximo vale:

20 kN

20

kN

15 kN

15

kN

30 kN

30

kN

10 kN

10

kN

40 KN

40

KN

Sobre as ¿Vigas Gerber¿, É INCORRETO afirmar o que traz a alternativa:

São formadas por uma associação de vigas simples (biapoiadas, biapoiadas com balanços ou engastadas e livres), que se apoiam umas sobre as outras, de maneira a formar um conjunto isostático.Ao se separar uma rótula de uma viga gerber, os apoios fictícios que identificam o

as outras, de maneira a formar um conjunto isostático. Ao se separar uma rótula de uma

Ao se separar uma rótula de uma viga gerber, os apoios fictícios que identificam o trecho sendo suportado devem ficar de ambos os lados da rótula separada, o que depende da análise da sequência de carregamentos dos trechos isostáticos simples.

Pelo menos um dos apoios destas vigas deve ser projetado para absorver eventuais forças horizontais.de carregamentos dos trechos isostáticos simples. Nesta composição, as ligações entre as diversas vigas

Nesta composição, as ligações entre as diversas vigas isostáticas que constituem o sistema são feitas pelos chamados ¿dentes gerber¿ que, na verdade, são rótulas convenientemente introduzidas na estrutura de forma a, mantendo sua estabilidade, torná-la isostática.ser projetado para absorver eventuais forças horizontais. As vigas gerber, por serem associações de vigas

As vigas gerber, por serem associações de vigas isostáticas simples, podem ser calculadas estabelecendo o equilíbrio de cada uma de suas partes, resolvendo-se inicialmente as vigas simples que não têm estabilidade própria (sep).forma a, mantendo sua estabilidade, torná-la isostática. 2 a Questão (Ref.: 201503368144) F ó r u

as vigas simples que não têm estabilidade própria (sep). 2 a Questão (Ref.: 201503368144) F ó

2 a Questão (Ref.: 201503368144)

própria (sep). 2 a Questão (Ref.: 201503368144) F ó r u m d e D ú

Fórum de Dúvidas (0)

Saiba

2 a Questão (Ref.: 201503368144) F ó r u m d e D ú v i

(0)

Considere uma viga Gerber (rótula) como, por exemplo, a da figura. Com relação ao momento fletor na rótula, é correto afirmar que:

ao momento fletor na rótula, é correto afirmar que: É sempre um valor positivo. É sempre
ao momento fletor na rótula, é correto afirmar que: É sempre um valor positivo. É sempre

É sempre um valor positivo.

É sempre um valor negativo.

É sempre nulo.

Pode ser um valor positivo ou nulo

Pode ser um valor positivo ou nulo

Pode ser um valor negativo ou nulo

Pode ser um valor negativo ou nulo

3 a Questão (Ref.: 201503368140) a Questão (Ref.: 201503368140)

F ó r u m d e D ú v i d a s ( Fórum de Dúvidas (0)

Saiba

m d e D ú v i d a s ( 0 ) S a i

(0)

Considere uma viga Gerber com o carregamento apresentado na figura. Determine a reação vertical no engaste C.

na figura. Determine a reação vertical no engaste C. 200 kN 120 kN 40 kN 100
200 kN

200

kN

120 kN

120

kN

40 kN

40 kN

100 kN

100

kN

160 kN

160

kN

4 a Questão (Ref.: 201502435603) a Questão (Ref.: 201502435603)

F ó r u m d e D ú v i d a s ( Fórum de Dúvidas (0)

Saiba

kN 4 a Questão (Ref.: 201502435603) F ó r u m d e D ú v

(0)

Por definição, linha de estado é o diagrama representativo da influência da carga fixa sobre todas as seções da estrutura. São exemplos de linhas de estado: o momento fletor, as forças cortantes; as forças normais, de momentos de torção, de linha elástica, etc. Existem diversas regras praticas que auxiliam o profissional no traçado dos diagramas de linhas de estado. Considerando apenas as regras abaixo relacionadas e sendo uma barra qualquer de uma estrutura, assinale a errada.

A derivada do momento fletor, M, em relação à abscissa x ( distância da seção onde se esta calculando um esforço a um ponto de referência arbitrado), é a força cortante, Q.uma barra qualquer de uma estrutura, assinale a errada. Numa sessão qualquer onde o momento fletor

Numa sessão qualquer onde o momento fletor se apresenta com valor máximo, a força cortante é nula.um ponto de referência arbitrado), é a força cortante, Q. Num intervalo onde a estrutura suporta

Num intervalo onde a estrutura suporta uma carga uniformemente distribuída, o diagrama de momento fletor, M, se apresenta em forma de parábola do 2º grau e a o diagrama da força cortante, Q, varia linearmente.se apresenta com valor máximo, a força cortante é nula. Num intervalo de barra onde o

Num intervalo de barra onde o momento fletor se apresenta de forma constante, o diagrama de força cortante tem forma similar ao do momento fletor.e a o diagrama da força cortante, Q, varia linearmente. todas as opções são corretas 5

de força cortante tem forma similar ao do momento fletor. todas as opções são corretas 5

todas as opções são corretas

ao do momento fletor. todas as opções são corretas 5 a Questão (Ref.: 201503368143) F ó

5 a Questão (Ref.: 201503368143)

são corretas 5 a Questão (Ref.: 201503368143) F ó r u m d e D ú

Fórum de Dúvidas (0)

Saiba

5 a Questão (Ref.: 201503368143) F ó r u m d e D ú v i

(0)

Considere uma viga em que os segmentos CA = AD = DE = EF = FB = 1m. O carregamento externo é tal que o diagrama do esforço cortante (DEC) é apresentado na figura. Determine o momento fletor que atua na seção reta que passa pelo ponto E. Dados: Momento fletor = área sob à curva do esforço cortante e unidade do DEC em kN

sob à curva do esforço cortante e unidade do DEC em kN 42,6 kN.m 20,3 kN.m
42,6 kN.m

42,6 kN.m

20,3 kN.m

20,3 kN.m

13,2 kN.m

13,2 kN.m

21,8 kN.m

21,8 kN.m

30,8 kN.m

30,8 kN.m

kN.m 20,3 kN.m 13,2 kN.m 21,8 kN.m 30,8 kN.m 6 a Questão (Ref.: 201502433904) F ó

6 a Questão (Ref.: 201502433904)

kN.m 30,8 kN.m 6 a Questão (Ref.: 201502433904) F ó r u m d e D

Fórum de Dúvidas (0)

Saiba

6 a Questão (Ref.: 201502433904) F ó r u m d e D ú v i

(0)

Uma viga simplesmente apoiada com comprimento total de 6m está submetida a ação de duas cargas concentradas conforme a figura. Determine o momento fletor na seção M, no meio da viga.

Determine o momento fletor na seção M, no meio da viga. 1000 KN.m. 700 KN.m; 600
1000 KN.m.

1000

KN.m.

700 KN.m;

700

KN.m;

600 KN.m;

600

KN.m;

1300 KN.m;

1300

KN.m;

200 KN.m;

200

KN.m;

KN.m; 600 KN.m; 1300 KN.m; 200 KN.m; 1 a Questão (Ref.: 201503368332) F ó r u

1 a Questão (Ref.: 201503368332)

200 KN.m; 1 a Questão (Ref.: 201503368332) F ó r u m d e D ú

Fórum de Dúvidas (0)

Saiba

1 a Questão (Ref.: 201503368332) F ó r u m d e D ú v i

(0)

Considere a viga inclinada AB da figura. Observe que o carregamento distribuído é perpendicular à viga AB. Determine o valor do momento fletor máximo que ocorre na seção reta desta viga.

DADO: M máximo = q.L 2 /8

e

Pitágoras: a 2 = b 2 + c 2

o = q.L 2 /8 e Pitágoras: a 2 = b 2 + c 2 28
28 tf.m

28

tf.m

25 tf.m

25

tf.m

15 tf.m

15

tf.m

10 tf.m

10

tf.m

12,5 tf.m

12,5 tf.m

2 a Questão (Ref.: 201502436782) F ó r u m d e D ú v

2 a Questão (Ref.: 201502436782)

2 a Questão (Ref.: 201502436782) F ó r u m d e D ú v i

Fórum de Dúvidas (0)

Saiba

m d e D ú v i d a s ( 0 ) S a i

(0)

Uma viga horizontal possui dois balanços de mesmo comprimento, e, devido ao carregamento a que está submetida, apresenta o diagrama de momentos fletores a seguir.

apresenta o diagrama de momentos fletores a seguir. O diagrama de esforços cortantes para esta viga

O diagrama de esforços cortantes para esta viga sob o mesmo carregamento está representado em:

O diagrama de esforços cortantes para esta viga sob o mesmo carregamento está representado em: Nenhuma

Nenhuma das anteriores

O diagrama de esforços cortantes para esta viga sob o mesmo carregamento está representado em: Nenhuma
3 a Questão (Ref.: 201502434876) F ó r u m d e D ú v
3 a Questão (Ref.: 201502434876) F ó r u m d e D ú v
3 a Questão (Ref.: 201502434876) F ó r u m d e D ú v

3 a Questão (Ref.: 201502434876)

3 a Questão (Ref.: 201502434876) F ó r u m d e D ú v i

Fórum de Dúvidas (0)

Saiba

m d e D ú v i d a s ( 0 ) S a i

(0)

Seja a viga Gerber da figura (F1, F2 e F3 >0)

a ( 0 ) Seja a viga Gerber da figura (F1, F2 e F3 >0) Com

Com relação ao momento fletor no ponto B, é correto afirmar que ele:

ao momento fletor no ponto B, é correto afirmar que ele: depende sempre de F1, apenas.

depende sempre de F1, apenas.

somente depende de F1 quando o apoio "A" é do segundo gênero.(F1, F2 e F3 >0) Com relação ao momento fletor no ponto B, é correto afirmar

depende sempre de F2, apenas.

depende sempre de F2, apenas.

depende de F1 e de F2, sempre.

depende de F1 e de F2, sempre.

sempre de F2, apenas. depende de F1 e de F2, sempre. é sempre nulo 4 a

é sempre nulo

apenas. depende de F1 e de F2, sempre. é sempre nulo 4 a Questão (Ref.: 201503368333)

4 a Questão (Ref.: 201503368333)

é sempre nulo 4 a Questão (Ref.: 201503368333) F ó r u m d e D

Fórum de Dúvidas (0)

Saiba

m d e D ú v i d a s ( 0 ) S a i

(0)

Na viga inclinada AB, existe uma carga uniformemente distribuída, perpendicular à mesma. Considerando A um apoio de segundo gênero e B um de primeiro gênero, determine a reação vertical em B. Dados: Sen (ângulo) = cateto oposto/hipotenusa ; Cos (ângulo) = cateto adjacente / hipotenusa tang (ângulo) = cateto oposto / cateto adjacente

e

oposto/hipotenusa ; Cos (ângulo) = cateto adjacente / hipotenusa tang (ângulo) = cateto oposto / cateto
8 tf 10 tf 12,5 tf 6 tf 6,25 tf 5 a Questão (Ref.: 201503368228)

8 tf

10 tf

12,5 tf

12,5 tf

6 tf

6

tf

8 tf 10 tf 12,5 tf 6 tf 6,25 tf 5 a Questão (Ref.: 201503368228) F

6,25 tf

8 tf 10 tf 12,5 tf 6 tf 6,25 tf 5 a Questão (Ref.: 201503368228) F

5 a Questão (Ref.: 201503368228)

6 tf 6,25 tf 5 a Questão (Ref.: 201503368228) F ó r u m d e

Fórum de Dúvidas (0)

Saiba

m d e D ú v i d a s ( 0 ) S a i

(0)

Considere a viga Gerber na figura. Determine a reação no apoio de primeiro gênero denominado por

A.

a i b a ( 0 ) Considere a viga Gerber na figura. Determine a reação
215 kN

215

kN

225 kN

225

kN

210 kN

210

kN

205 kN

205

kN

200 kN

200

kN

kN 225 kN 210 kN 205 kN 200 kN 6 a Questão (Ref.: 201503368334) F ó

6 a Questão (Ref.: 201503368334)

kN 200 kN 6 a Questão (Ref.: 201503368334) F ó r u m d e D

Fórum de Dúvidas (0)

Saiba

kN 6 a Questão (Ref.: 201503368334) F ó r u m d e D ú v

(0)

Considere a viga inclinada AB da figura. Os apoios B e A são, respectivamente, do primeiro e segundo gêneros. Determine as reações verticais nesses apoios.

gêneros. Determine as reações verticais nesses apoios. VA = VB = 4 tf VA = 5
gêneros. Determine as reações verticais nesses apoios. VA = VB = 4 tf VA = 5

VA = VB = 4 tf

VA = 5 tf e VB = 3 tf

VA = 5 tf e VB = 3 tf

VA = VB = 5 tf

VA = VB = 5 tf

VA = 0 e VB = 8 tf

VA = 0 e VB = 8 tf

VA = 3tf e VB = 5tf

VA = 3tf e VB = 5tf

7 a Questão (Ref.: 201503167318) a Questão (Ref.: 201503167318)

F ó r u m d e D ú v i d a s ( Fórum de Dúvidas (0)

Saiba

m d e D ú v i d a s ( 0 ) S a i

(0)

Em relação as vigas isostáticas podemos afirmar:

As vigas isostáticas são estruturas simples formada por qualquer elemento estrutural (elementos unidimensionais), interconectadas por nós rígidos ou articulados, em que todos elementos tem a mesma direção.( 0 ) Em relação as vigas isostáticas podemos afirmar: As vigas isostáticas são estruturas compostas

As vigas isostáticas são estruturas compostas por barras (elementos unidimensionais), interconectadas por solda, em que todos elementos não tem a mesma direção.articulados, em que todos elementos tem a mesma direção. As vigas isostáticas são estruturas compostas por

As vigas isostáticas são estruturas compostas por barras (elementos bidimensionais), interconectadas por nós rígidos ou articulados, em que todos elementos tem a mesma direção.solda, em que todos elementos não tem a mesma direção. As vigas isostáticas são estruturas compostas

As vigas isostáticas são estruturas compostas por barras (elementos unidimensionais), interconectadas por nós rígidos ou articulados, em que todos elementos tem a mesma direção.articulados, em que todos elementos tem a mesma direção. As vigas isostáticas são estruturas compostas por

As vigas isostáticas são estruturas compostas por barras (elementos tridimensionais), interconectadas por nós rígidos ou articulados, em que todos elementos tem a mesma direção.articulados, em que todos elementos tem a mesma direção. 1 a Questão (Ref.: 201502435540) F ó

1 a Questão (Ref.: 201502435540) a Questão (Ref.: 201502435540)

F ó r u m d e D ú v i d a s ( Fórum de Dúvidas (0)

Saiba

1 a Questão (Ref.: 201502435540) F ó r u m d e D ú v i

(0)

O diagrama de esforços cortantes de uma viga biapoiada "AF" é o representado na figura abaixo. Sabe-se que existe uma carga momento alicada em "D". Pergunta-se: qual é o valor dessa carga momento? JUSTIFIQUE com cálculos.

é o valor dessa carga momento? JUSTIFIQUE com cálculos. 14 10 12 6 8 2 a
14

14

10

10

12

12

6

6

8

8

JUSTIFIQUE com cálculos. 14 10 12 6 8 2 a Questão (Ref.: 201502434896) F ó r

2 a Questão (Ref.: 201502434896)

10 12 6 8 2 a Questão (Ref.: 201502434896) F ó r u m d e

Fórum de Dúvidas (0)

Saiba

8 2 a Questão (Ref.: 201502434896) F ó r u m d e D ú v

(0)

Considere a viga Gerber da figura com F1, F2 e F3 >0

Considere a viga Gerber da figura com F1, F2 e F3 >0 Com relação ao diagrama

Com relação ao diagrama de esforços cortantes da viga apresentada, pode-se afirmar que:

cortantes da viga apresentada, pode-se afirmar que: é sempre constante, se F1 > F2. é sempre

é sempre constante, se F1 > F2.

é sempre nulo.

é sempre nulo.

é sempre constante, se F3 > F2 > F1.

é sempre constante, se F3 > F2 > F1.

é sempre nulo apenas na rótula.

é

sempre nulo apenas na rótula.

> F2 > F1. é sempre nulo apenas na rótula. possui uma variação no ponto D.

possui uma variação no ponto D.

1 a Questão (Ref.: 201502435685)

no ponto D. 1 a Questão (Ref.: 201502435685) F ó r u m d e D

Fórum de Dúvidas (0)

Saiba

D. 1 a Questão (Ref.: 201502435685) F ó r u m d e D ú v

(0)

A figura abaixo representa uma ponte de emergência, de peso próprio, uniformemente distribuído,

igual a q, e comprimento igual a L, que deve ser lançada, rolando sobre os roletes fixos em A e C, no vão AB, de modo que se mantenha em nível até alcançar a margem B. Para isso, quando a sua seção média atingir o rolete A, uma carga concentrada P se deslocará em sentido contrário, servindo de contrapeso, até o ponto D, sendo A-D uma extensão da ponte, de peso desprezível, que permite o deslocamento da carga móvel P. Se a extremidade B' da ponte estiver a uma distância x de A, a carga

P estará a uma distância y de A.

x de A, a carga P estará a uma distância y de A. Nessa condição, a

Nessa condição, a distância y, variável em função de x, e a distância z (fixa), da extensão, respectivamente, são (JUSTIFIQUE com cálculos):

y, variável em função de x, e a distância z (fixa), da extensão, respectivamente, são (JUSTIFIQUE
y, variável em função de x, e a distância z (fixa), da extensão, respectivamente, são (JUSTIFIQUE
y, variável em função de x, e a distância z (fixa), da extensão, respectivamente, são (JUSTIFIQUE
1 a Questão (Ref.: 201502569054) F ó r u m d e D ú v

1 a Questão (Ref.: 201502569054)

1 a Questão (Ref.: 201502569054) F ó r u m d e D ú v i

Fórum de Dúvidas (0)

Saiba

m d e D ú v i d a s ( 0 ) S a i

(0)

O grau de hiperestaticidade do pórtico plano a seguir e sua respectiva situação de equilíbrio, são CORRETAMENTE apresentados na alternativa:

são CORRETAMENTE apresentados na alternativa: g = 0; pórtico isostático g = 4; pórtico

g

= 0; pórtico isostático

g

= 4; pórtico isostático.

g

= 5; pórtico isostático

g

= 5; pórtico hiperestático.

g

= 4; pórtico hiperestático.

2 a Questão (Ref.: 201502569048) F ó r u m d e D ú v

2 a Questão (Ref.: 201502569048)

2 a Questão (Ref.: 201502569048) F ó r u m d e D ú v i

Fórum de Dúvidas (0)

Saiba

m d e D ú v i d a s ( 0 ) S a i

(0)

A restrição aos movimentos de uma estrutura é feita por meio dos apoios ou vínculos, que são classificados em função do número de graus de liberdade nos quais atuam. Nos apoios, nas direções dos deslocamentos impedidos, nascem as forças reativas (ou reações de apoio) que, em conjunto com as forças e com os momentos ativos, formam um sistema de forças (externas) em equilíbrio. Em relação às propriedades dos apoios, É CORRETA a única alternativa:

Engaste (apoio de terceiro gênero): impede a translação nas duas direções (x, y); impede a rotação em torno do eixo z.propriedades dos apoios, É CORRETA a única alternativa: Rótula (apoio de segundo gênero ou articulação): impede

Rótula (apoio de segundo gênero ou articulação): impede a translação nas duas direções (x, y); permite a rotação em torno do eixo z; permite o deslizamento no sentido tangencial à direção do eixo x.direções (x, y); impede a rotação em torno do eixo z. Apoio simples (do primeiro gênero

Apoio simples (do primeiro gênero ou ¿charriot¿): permite a translação em uma das direções (x, y); permite a translação na direção perpendicular à impedida e a rotação em torno do eixo z.o deslizamento no sentido tangencial à direção do eixo x. Apoio simples (do primeiro gênero ou

Apoio simples (do primeiro gênero ou ¿charriot¿): impede a translação em uma das direções (x, y); permite a translação na direção perpendicular à impedida e impede a rotação em torno do eixo z.perpendicular à impedida e a rotação em torno do eixo z. Engaste (apoio de terceiro gênero):

Engaste (apoio de terceiro gênero): impede a translação nas duas direções (x, y); permite a rotação em torno do eixo z.direções (x, y); permite a translação na direção perpendicular à impedida e impede a rotação em

3 a Questão (Ref.: 201502569051) a Questão (Ref.: 201502569051)

F ó r u m d e D ú v i d a s ( Fórum de Dúvidas (0)

Saiba

m d e D ú v i d a s ( 0 ) S a i

(0)

Sobre as rótulas, É CORRETO o que afirma a alternativa:

) Sobre as rótulas, É CORRETO o que afirma a alternativa: O fato de o momento

O fato de o momento ser nulo em uma rótula configura-se como uma condição imposta adicional de equilíbrio, uma vez que a resultante de qualquer um dos lados da rótula deve ser nula (se assim não o fosse, cada parte giraria em torno do ponto central da rótula).

Na grande maioria das estruturas, a rótula apresenta-se como uma ligação com reduzida capacidade de transmissão de momentos fletores; porém, isto não significa dizer que o valor do momento nesse ponto possa ser desconsiderado.cada parte giraria em torno do ponto central da rótula). Uma rótula libera a continuidade de

Uma rótula libera a continuidade de deslizamento no interior de uma estrutura.que o valor do momento nesse ponto possa ser desconsiderado. Trata-se de um caso bastante comum

Trata-se de um caso bastante comum de nó rígido, que resiste à rotação da extremidade de um tramo de maneira a que seja nulo o momento fletor nessa mesma extremidade.a continuidade de deslizamento no interior de uma estrutura. Uma ligação rígida em um modelo estrutural

Uma ligação rígida em um modelo estrutural (uma viga, por exemplo) é chamada de rótula e é representada por um círculo nessa mesma ligação.a que seja nulo o momento fletor nessa mesma extremidade. 4 a Questão (Ref.: 201502436801) F

4 a Questão (Ref.: 201502436801) a Questão (Ref.: 201502436801)

F ó r u m d e D ú v i d a s ( Fórum de Dúvidas (0)

Saiba

m d e D ú v i d a s ( 0 ) S a i

(0)

Uma barra prismática está submetida à flexão pura em toda a sua extensão. O valor do momento fletor em uma determinada seção transversal S' é M. Assim, o valor do momento fletor em uma seção transversal S'', distante 4 metros de S', corresponde a:

Faltam informações no enunciado

1 a Questão (Ref.: 201503179438)

3M / 4

4M

M

M / 4

1 a Questão (Ref.: 201503179438) 3M / 4 4M M M / 4 F ó r

Fórum de Dúvidas (0)

Saiba

r u m d e D ú v i d a s ( 0 ) S

(0)

Determine as reações nos apoios da treliça:

r u m d e D ú v i d a s ( 0 ) S
VA=7 KN e VB=5 KN VA=50 KN e VB=70 KN VA=5 KN e VB=7 KN

VA=7 KN e VB=5 KN

VA=50 KN e VB=70 KN

VA=50 KN e VB=70 KN

VA=5 KN e VB=7 KN

VA=5 KN e VB=7 KN

VA=70 KN e VB=50 KN

VA=70 KN e VB=50 KN

VA=0,5 KN e VB=0,7 KN

VA=0,5 KN e VB=0,7 KN

e VB=7 KN VA=70 KN e VB=50 KN VA=0,5 KN e VB=0,7 KN 2 a Questão

2 a Questão (Ref.: 201503167352)

VA=0,5 KN e VB=0,7 KN 2 a Questão (Ref.: 201503167352) F ó r u m d

Fórum de Dúvidas (0)

Saiba

m d e D ú v i d a s ( 0 ) S a i

(0)

Se uma estrutura ( ou um corpo), numa análise elástica linear, estiver submetida a mais de uma carga ou casos de carregamento, então os esforços internos em qualquer seção, as reações de apoios, os deslocamentos, enfim todos os efeitos que surgem devidos aos carregamentos, podem ser calculados como a soma dos resultados encontrados para cada caso de carregamento. Esta lei é conhecida como

para cada caso de carregamento. Esta lei é conhecida como Vigas Gerber Vigas biapoiadas com balanços

Vigas Gerber

Vigas biapoiadas com balanços

Vigas engastadas e livres

Vigas engastadas e livres

Vigas isostáticas

Vigas isostáticas

Vigas Gerber Vigas biapoiadas com balanços Vigas engastadas e livres Vigas isostáticas Princípio da superposição

Princípio da superposição

3 a Questão (Ref.: 201503179426) F ó r u m d e D ú v

3 a Questão (Ref.: 201503179426)

3 a Questão (Ref.: 201503179426) F ó r u m d e D ú v i

Fórum de Dúvidas (0)

Saiba

m d e D ú v i d a s ( 0 ) S a i

(0)

Considerando a treliça abaixo com as reações nos apoios H1 = 30 KN, V1 = 40 KN e V3 = 10 KN. Usando o Método dos Nós determine o esforço normal na barra (1):

40 KN e V3 = 10 KN. Usando o Método dos Nós determine o esforço normal
-56,5 KN

-56,5 KN

+56,5 KN

+56,5 KN

40 KN e V3 = 10 KN. Usando o Método dos Nós determine o esforço normal

+10 KN

0 KN

-10 KN 4 a Questão (Ref.: 201503167358) F ó r u m d e D

-10 KN

4 a Questão (Ref.: 201503167358) a Questão (Ref.: 201503167358)

F ó r u m d e D ú v i d a s ( Fórum de Dúvidas (0)

Saiba

m d e D ú v i d a s ( 0 ) S a i

(0)

Com referência aos Aspectos Relevantes para o Traçado dos Diagramas de Momentos, pode-se dizer:

Quando um carregamento distribuído é uniforme, o Cortante varia linearmente e o Momento Fletor varia como uma reta.para o Traçado dos Diagramas de Momentos, pode-se dizer: Quando um carregamento distribuído é uniforme, o

Quando um carregamento distribuído é uniforme, o Cortante varia exponencialmente e o Momento Fletor varia como uma parábolavaria linearmente e o Momento Fletor varia como uma reta. Se o carregamento transversal distribuído é

Se o carregamento transversal distribuído é nulo ao longo de um segmento então o Cortante é constante e o Momento Fletor varia linearmente.exponencialmente e o Momento Fletor varia como uma parábola A variação do Momento Fletor está associada

A variação do Momento Fletor está associada à variação do carregamento longitudinal.

A variação do Momento Fletor está associada à variação do carregamento longitudinal.

A variação do Cortante está associada à variação do carregamento longitudinal.

A variação do Cortante está associada à variação do carregamento longitudinal.

1 a Questão (Ref.: 201502436740) a Questão (Ref.: 201502436740)

F ó r u m d e D ú v i d a s ( Fórum de Dúvidas (0)

Saiba

1 a Questão (Ref.: 201502436740) F ó r u m d e D ú v i

(0)

A estrutura abaixo é composta de hastes retas que têm a mesma seção transversal e o mesmo material. Esta estrutura está submetida a uma carga horizontal de intensidade H na direção da haste BC. As hastes formam entre si ângulos de 90 graus.

da haste BC. As hastes formam entre si ângulos de 90 graus. A alternativa que representa

A alternativa que representa o diagrama de momentos fletores é:

haste BC. As hastes formam entre si ângulos de 90 graus. A alternativa que representa o
2 a Questão (Ref.: 201502434535) F ó r u m d e D ú v
2 a Questão (Ref.: 201502434535) F ó r u m d e D ú v
2 a Questão (Ref.: 201502434535) F ó r u m d e D ú v

2 a Questão (Ref.: 201502434535)

2 a Questão (Ref.: 201502434535) F ó r u m d e D ú v i

Fórum de Dúvidas (0)

Saiba

m d e D ú v i d a s ( 0 ) S a i

(0)

Considere a estrutura plana da figura, em que A é uma articulação fixa e E é uma articulação móvel. As cargas ativas são o momento M0 = 10 kN.m, aplicado em B, e a carga niformemente distribuída q = 1 kN/m, aplicada no trecho CD. O momento fletor em valor absoluto no ponto D vale:

5,00 kN.m. 4,00 kN.m. 8,00 kN.m. 10,00 kN.m. 0,00 kN.m. 3 a Questão (Ref.: 201502435787)
5,00 kN.m.

5,00 kN.m.

4,00 kN.m.

4,00 kN.m.

8,00 kN.m.

8,00 kN.m.

10,00 kN.m.

10,00 kN.m.

0,00 kN.m.

0,00 kN.m.

4,00 kN.m. 8,00 kN.m. 10,00 kN.m. 0,00 kN.m. 3 a Questão (Ref.: 201502435787) F ó r

3 a Questão (Ref.: 201502435787)

kN.m. 0,00 kN.m. 3 a Questão (Ref.: 201502435787) F ó r u m d e D

Fórum de Dúvidas (0)

Saiba

3 a Questão (Ref.: 201502435787) F ó r u m d e D ú v i

(0)

Três linhas elevadas de gasodutos serão apoiadas por pórticos simples devidamente espaçados entre eles. Após estudo preliminar, decidiu-se que os pórticos receberiam uma padronização para fins de economia de material e rapidez na execução, devendo, ainda, apresentar o modelo estrutural da figura a seguir.

ainda, apresentar o modelo estrutural da figura a seguir. Desprezando o peso próprio do pórtico frente

Desprezando o peso próprio do pórtico frente às cargas concentradas P, exercidas pelos dutos, qual a relação que deve haver entre as dimensões do vão x e do balanço y do pórtico plano, para que a estrutura, como um todo, seja submetida ao menor valor possível de momento fletor, em valor absoluto?

x = 2 y

x = y

x = 0,5 y

x

= 8 y

x = 4 y

Simulado 1

Pontos: 0,1 / 0,1 1 a Questão (Ref.: 201402172912) Para uma viga biapoiada com vão
Pontos: 0,1 / 0,1
1 a Questão (Ref.: 201402172912)
Para uma viga biapoiada com vão de 6m e carga distribuída uniforme de 5 kN/m no trecho delimitado entre x=1
e
x=4m, pode-se dizer que a resultante das cargas vale:
40
kN
15
kN
10
kN
20
kN
30
kN
Pontos: 0,1 / 0,1
2 a Questão (Ref.: 201402172902)
Para uma viga biapoiada com vão de 6m e carga distribuída triangular de forma que o seu valor seja 5 kN em
x=0m e zero em x=6m, a resultante vale:
30
kN
10
kN
40
kN
20
kN
15
kN
Pontos: 0,1 / 0,1
3 a Questão (Ref.: 201402172915)
Para uma viga biapoiada com vão de 6m e carga distribuída uniforme de 5 kN/m no trecho delimitado entre x=1
e
x=4m, pode-se dizer que a resultante das cargas está posicionada em:
X=2m
X=3m
X=2,5m
X=1,5m
X=3,5m
está posicionada em: X=2m X=3m X=2,5m X=1,5m X=3,5m 4 a Questão (Ref.: 201402251486) P o n

4 a Questão (Ref.: 201402251486)

Pontos: 0,1 / 0,1

Considere uma barra engastada em A e uma distribuição triangular, conforme a figura. Determine a reação de momento no apoio A

2250 lbf.pé 2750 libf.pé 1250 libf.pé 3250 lbf.pé 2000 lbf.pé 5 a Questão (Ref.:
2250 lbf.pé 2750 libf.pé 1250 libf.pé 3250 lbf.pé 2000 lbf.pé 5 a Questão (Ref.:

2250

lbf.pé

2750

libf.pé

1250

libf.pé

3250

lbf.pé

2000

lbf.pé

5 a Questão (Ref.: 201402172907) a Questão (Ref.: 201402172907)

Pontos: 0,1 / 0,1

Para uma viga biapoiada com vão de 6m e carga distribuída triangular de forma que o seu valor seja 5 kN em x=0m e zero em x=6m, a resultante deve ficar posicionada em:

x=0m e zero em x=6m, a resultante deve ficar posicionada em: X=3m X=4m X=5m X=1m X=2m

X=3m

X=4m

X=5m

X=1m

X=2m

Simulado 2

1 a Questão (Ref.: 201401320904) a Questão (Ref.: 201401320904)

Pontos: 0,1 / 0,1

Uma viga horizontal possui dois balanços de mesmo comprimento, e, devido ao carregamento a que está submetida, apresenta o diagrama de momentos fletores a seguir.

O diagrama de esforços cortantes para esta viga sob o mesmo carregamento está representado em:

O diagrama de esforços cortantes para esta viga sob o mesmo carregamento está representado em:

Nenhuma das anteriores
Nenhuma das anteriores
carregamento está representado em: Nenhuma das anteriores 2 a Questão (Ref.: 201402051440) Em relação as vigas

2 a Questão (Ref.: 201402051440)

Em relação as vigas isostáticas podemos afirmar:

Pontos: 0,1 / 0,1

As vigas isostáticas são estruturas compostas por barras (elementos unidimensionais), interconectadas por nós rígidos ou articulados, em que todos elementos tem a mesma direção.afirmar: P o n t o s : 0 , 1 / 0 , 1 As

As vigas isostáticas são estruturas compostas por barras (elementos tridimensionais), interconectadas por nós rígidos ou articulados, em que todos elementos tem a mesma direção.articulados, em que todos elementos tem a mesma direção. As vigas isostáticas são estruturas compostas por

As vigas isostáticas são estruturas compostas por barras (elementos bidimensionais), interconectadas por nós rígidos ou articulados, em que todos elementos tem a mesma direção.articulados, em que todos elementos tem a mesma direção. As vigas isostáticas são estruturas compostas por

As vigas isostáticas são estruturas compostas por barras (elementos unidimensionais), interconectadasbidimensionais), interconectadas por nós rígidos ou articulados, em que todos elementos tem a mesma direção.

a mesma direção. As vigas isostáticas são estruturas compostas por barras (elementos unidimensionais), interconectadas
por solda, em que todos elementos não tem a mesma direção. As vigas isostáticas são

por solda, em que todos elementos não tem a mesma direção.

As vigas isostáticas são estruturas simples formada por qualquer elemento estrutural (elementos unidimensionais), interconectadas por nós rígidos ou articulados, em que todos elementos tem a mesma direção.

3 a Questão (Ref.: 201401319662) a Questão (Ref.: 201401319662)

Pontos: 0,1 / 0,1

O diagrama de esforços cortantes de uma viga biapoiada "AF" é o representado na figura abaixo. Sabe-se que existe uma carga momento alicada em "D". Pergunta-se: qual é o valor dessa carga momento? JUSTIFIQUE com cálculos.

é o valor dessa carga momento? JUSTIFIQUE com cálculos. 10 14 8 12 6 4 a
é o valor dessa carga momento? JUSTIFIQUE com cálculos. 10 14 8 12 6 4 a

10

14

8

12

6

4 a Questão (Ref.: 201401318998) a Questão (Ref.: 201401318998)

Seja a viga Gerber da figura (F1, F2 e F3 >0)

Pontos: 0,1 / 0,1

e F3 >0) P o n t o s : 0 , 1 / 0 ,

Com relação ao momento fletor no ponto B, é correto afirmar que ele:

ao momento fletor no ponto B, é correto afirmar que ele: depende sempre de F2, apenas.

depende sempre de F2, apenas.

é sempre nulo

somente depende de F1 quando o apoio "A" é do segundo gênero.

depende sempre de F1, apenas.

depende de F1 e de F2, sempre.

5 a Questão (Ref.: 201401319018) Considere a viga Gerber da figura com F1, F2 e

5 a Questão (Ref.: 201401319018)

Considere a viga Gerber da figura com F1, F2 e F3 >0

Pontos: 0,1 / 0,1

e F3 >0 P o n t o s : 0 , 1 / 0 ,

Com relação ao diagrama de esforços cortantes da viga apresentada, pode-se afirmar que:

cortantes da viga apresentada, pode-se afirmar que: é sempre constante, se F3 > F2 > F1.

é sempre constante, se F3 > F2 > F1.

é sempre constante, se F1 > F2.

possui uma variação no ponto D.

é sempre nulo apenas na rótula.

é sempre nulo.

Simulado 3

1 a Questão (Ref.: 201401319807) a Questão (Ref.: 201401319807)

Pontos: 0,0 / 0,1

A figura abaixo representa uma ponte de emergência, de peso próprio, uniformemente distribuído, igual a q, e comprimento igual a L, que deve ser lançada, rolando sobre os roletes fixos em A e C, no vão AB, de modo que se mantenha em nível até alcançar a margem B. Para isso, quando a sua seção média atingir o rolete A, uma carga concentrada P se deslocará em sentido contrário, servindo de contrapeso, até o ponto D, sendo A-D uma extensão da ponte, de peso desprezível, que permite o deslocamento da carga móvel P. Se a extremidade B' da ponte estiver a uma distância x de A, a carga P estará a uma distância y de A.

x de A, a carga P estará a uma distância y de A. Nessa condição, a

Nessa condição, a distância y, variável em função de x, e a distância z (fixa), da extensão, respectivamente, são (JUSTIFIQUE com cálculos):

y, variável em função de x, e a distância z (fixa), da extensão, respectivamente, são (JUSTIFIQUE
y, variável em função de x, e a distância z (fixa), da extensão, respectivamente, são (JUSTIFIQUE
y, variável em função de x, e a distância z (fixa), da extensão, respectivamente, são (JUSTIFIQUE
y, variável em função de x, e a distância z (fixa), da extensão, respectivamente, são (JUSTIFIQUE
2 a Questão (Ref.: 201402252455) P o n t o s : 0 , 1

2 a Questão (Ref.: 201402252455) a Questão (Ref.: 201402252455)

Pontos: 0,1 / 0,1

Na viga inclinada AB, existe uma carga uniformemente distribuída, perpendicular à mesma. Considerando A um apoio de segundo gênero e B um de primeiro gênero, determine a reação vertical em B.

Dados: Sen (ângulo) = cateto oposto/hipotenusa ; Cos (ângulo) = cateto adjacente / hipotenusa (ângulo) = cateto oposto / cateto adjacente

e

tang

(ângulo) = cateto oposto / cateto adjacente e tang 6 tf 12,5 tf 8 tf 10
(ângulo) = cateto oposto / cateto adjacente e tang 6 tf 12,5 tf 8 tf 10

6 tf

12,5 tf

8 tf

10 tf

6,25 tf

3 a Questão (Ref.: 201402051474) a Questão (Ref.: 201402051474)

Pontos: 0,1 / 0,1

Se uma estrutura ( ou um corpo), numa análise elástica linear, estiver submetida a mais de uma carga ou casos de carregamento, então os esforços internos em qualquer seção, as reações de apoios, os deslocamentos, enfim todos os efeitos que surgem devidos aos carregamentos, podem ser calculados como a soma dos resultados encontrados para cada caso de carregamento. Esta lei é conhecida como

para cada caso de carregamento. Esta lei é conhecida como Vigas engastadas e livres Princípio da

Vigas engastadas e livres

Princípio da superposição

Vigas isostáticas

Vigas Gerber

Vigas biapoiadas com balanços

4 a Questão (Ref.: 201401775985) a Questão (Ref.: 201401775985)

Pontos: 0,1 / 0,1

órtico da figura abaixo, determinar as reações de apoio e marque a afirmativa correta.

as reações de apoio e marque a afirmativa correta. HA = 60 kN; VA = -
as reações de apoio e marque a afirmativa correta. HA = 60 kN; VA = -
as reações de apoio e marque a afirmativa correta. HA = 60 kN; VA = -
as reações de apoio e marque a afirmativa correta. HA = 60 kN; VA = -
as reações de apoio e marque a afirmativa correta. HA = 60 kN; VA = -
as reações de apoio e marque a afirmativa correta. HA = 60 kN; VA = -
as reações de apoio e marque a afirmativa correta. HA = 60 kN; VA = -
as reações de apoio e marque a afirmativa correta. HA = 60 kN; VA = -
as reações de apoio e marque a afirmativa correta. HA = 60 kN; VA = -
as reações de apoio e marque a afirmativa correta. HA = 60 kN; VA = -
as reações de apoio e marque a afirmativa correta. HA = 60 kN; VA = -
as reações de apoio e marque a afirmativa correta. HA = 60 kN; VA = -
as reações de apoio e marque a afirmativa correta. HA = 60 kN; VA = -
as reações de apoio e marque a afirmativa correta. HA = 60 kN; VA = -
as reações de apoio e marque a afirmativa correta. HA = 60 kN; VA = -
as reações de apoio e marque a afirmativa correta. HA = 60 kN; VA = -
as reações de apoio e marque a afirmativa correta. HA = 60 kN; VA = -
as reações de apoio e marque a afirmativa correta. HA = 60 kN; VA = -

HA = 60 kN; VA = - 13 kN; VB = - 53 kN HA = - 60 kN; VA = - 13 kN; VB = 53 kN (restosta certa) HA = -60 kN; VA = - 13 kN; VB = - 53 kN HA = 60 kN; VA = - 13 kN; VB = 53 kN HA = -60 kN; VA = 13 kN; VB = 53 kN

determinada seção transversal S' é M. Assim, o valor do momento fletor em uma seção transversal S'', distante 4 metros de S', corresponde a:

M / 4

3M / 4

4M

M

Faltam informações no enunciado

Simulado 4

Pontos: 0,1 / 0,1

1 a Questão (Ref.: 201401319807)

A figura abaixo representa uma ponte de emergência, de peso próprio, uniformemente distribuído, igual a q, e comprimento igual a L, que deve ser lançada, rolando sobre os roletes fixos em A e C, no vão AB, de modo que se mantenha em nível até alcançar a margem B. Para isso, quando a sua seção média atingir o rolete A, uma carga concentrada P se deslocará em sentido contrário, servindo de contrapeso, até o ponto D, sendo A-D uma extensão da ponte, de peso desprezível, que permite o deslocamento da carga móvel P. Se a extremidade B' da ponte estiver a uma distância x de A, a carga P estará a uma distância y de A.

x de A, a carga P estará a uma distância y de A. Nessa condição, a

Nessa condição, a distância y, variável em função de x, e a distância z (fixa), da extensão, respectivamente, são (JUSTIFIQUE com cálculos):

extensão, respectivamente, são (JUSTIFIQUE com cálculos): P o n t o s : 0 , 1
extensão, respectivamente, são (JUSTIFIQUE com cálculos): P o n t o s : 0 , 1
extensão, respectivamente, são (JUSTIFIQUE com cálculos): P o n t o s : 0 , 1
extensão, respectivamente, são (JUSTIFIQUE com cálculos): P o n t o s : 0 , 1
extensão, respectivamente, são (JUSTIFIQUE com cálculos): P o n t o s : 0 , 1

Pontos: 0,1 / 0,1

2 a Questão (Ref.: 201401453173)

Sobre as rótulas, É CORRETO o que afirma a alternativa:

Trata-se de um caso bastante comum de nó rígido, que resiste à rotação da extremidade de um tramo de

maneira a que seja nulo o momento fletor nessa mesma extremidade.

O fato de o momento ser nulo em uma rótula configura-se como uma condição imposta adicional de equilíbrio, uma vez que a resultante de qualquer um dos lados da rótula deve ser nula (se assim não o fosse, cada parte giraria em torno do ponto central da rótula).a que seja nulo o momento fletor nessa mesma extremidade. Uma rótula libera a continuidade de

Uma rótula libera a continuidade de deslizamento no interior de uma estrutura.cada parte giraria em torno do ponto central da rótula). Na grande maioria das estruturas, a

Na grande maioria das estruturas, a rótula apresenta-se como uma ligação com reduzida capacidade de transmissão de momentos fletores; porém, isto não significa dizer que o valor do momento nesse ponto possa ser desconsiderado.a continuidade de deslizamento no interior de uma estrutura. Uma ligação rígida em um modelo estrutural

Uma ligação rígida em um modelo estrutural (uma viga, por exemplo) é chamada de rótula e é representada por um círculo nessa mesma ligação.que o valor do momento nesse ponto possa ser desconsiderado. 3 a Questão (Ref.: 201401453176) P

e é representada por um círculo nessa mesma ligação. 3 a Questão (Ref.: 201401453176) P o
e é representada por um círculo nessa mesma ligação. 3 a Questão (Ref.: 201401453176) P o

3 a Questão (Ref.: 201401453176)

Pontos: 0,1 / 0,1

O grau de hiperestaticidade do pórtico plano a seguir e sua respectiva situação de equilíbrio, são CORRETAMENTE apresentados na alternativa:

são CORRETAMENTE apresentados na alternativa: g = 4; pórtico isostático. g = 0; pórtico
g = 4; pórtico isostático.

g

= 4; pórtico isostático.

g

= 0; pórtico isostático

g

= 5; pórtico hiperestático.

g

= 4; pórtico hiperestático.

g

= 5; pórtico isostático

4 a Questão (Ref.: 201401320923)

4 a Questão (Ref.: 201401320923)

Pontos: 0,1 / 0,1

Uma barra prismática está submetida à flexão pura em toda a sua extensão. O valor do momento fletor em uma determinada seção transversal S' é M. Assim, o valor do momento fletor em uma seção transversal S'', distante 4 metros de S', corresponde a:

4Mé M. Assim, o valor do momento fletor em uma seção transversal S'', distante 4 metros

3M / 4 M / 4 M Faltam informações no enunciado 5 a Questão (Ref.:

3M / 4

M / 4

M

Faltam informações no enunciado

3M / 4 M / 4 M Faltam informações no enunciado 5 a Questão (Ref.: 201401453170)

5 a Questão (Ref.: 201401453170)

Pontos: 0,1 / 0,1

A restrição aos movimentos de uma estrutura é feita por meio dos apoios ou vínculos, que são classificados em função do número de graus de liberdade nos quais atuam. Nos apoios, nas direções dos deslocamentos impedidos, nascem as forças reativas (ou reações de apoio) que, em conjunto com as forças e com os momentos ativos, formam um sistema de forças (externas) em equilíbrio. Em relação às propriedades dos apoios, É CORRETA a única alternativa:

Engaste (apoio de terceiro gênero): impede a translação nas duas direções (x, y); impede a rotação em torno do eixo z.propriedades dos apoios, É CORRETA a única alternativa: Apoio simples (do primeiro gênero ou ¿charriot¿): impede

Apoio simples (do primeiro gênero ou ¿charriot¿): impede a translação em uma das direções (x, y); permite a translação na direção perpendicular à impedida e impede a rotação em torno do eixo z.direções (x, y); impede a rotação em torno do eixo z. Engaste (apoio de terceiro gênero):

Engaste (apoio de terceiro gênero): impede a translação nas duas direções (x, y); permite a rotação em torno do eixo z.à impedida e impede a rotação em torno do eixo z. Rótula (apoio de segundo gênero

Rótula (apoio de segundo gênero ou articulação): impede a translação nas duas direções (x, y); permite a rotação em torno do eixo z; permite o deslizamento no sentido tangencial à direção do eixo x.direções (x, y); permite a rotação em torno do eixo z. Apoio simples (do primeiro gênero

Apoio simples (do primeiro gênero ou ¿charriot¿): permite a translação em uma das direções (x, y); permite a translação na direção perpendicular à impedida e a rotação em torno do eixo z.(x, y); permite a rotação em torno do eixo z; permite o deslizamento no sentido tangencial

uma das direções (x, y); permite a translação na direção perpendicular à impedida e a rotação
TEORIA DAS ESTRUTURAS I SM_201402310129 V.1 ORAIS DE SOUZA CID Matr 0,5 Data: 25/10/2016 1
TEORIA DAS ESTRUTURAS I SM_201402310129 V.1 ORAIS DE SOUZA CID Matr 0,5 Data: 25/10/2016 1
TEORIA DAS ESTRUTURAS I SM_201402310129 V.1 ORAIS DE SOUZA CID Matr 0,5 Data: 25/10/2016 1

TEORIA DAS ESTRUTURAS I

SM_201402310129 V.1

TEORIA DAS ESTRUTURAS I SM_201402310129 V.1 ORAIS DE SOUZA CID Matr 0,5 Data: 25/10/2016 1 a

ORAIS DE SOUZA CID

Matr

0,5

Data: 25/10/2016

1 a Questão (Ref.: 201403203377)

Pontos: 0,0 / 0,1

Determinar as reações de apoio para o pórtico plano mostrado na figura a seguir. Observe que a estrutura possui uma rótula em C.

a seguir. Observe que a estrutura possui uma rótula em C . A x = 9
a seguir. Observe que a estrutura possui uma rótula em C . A x = 9
a seguir. Observe que a estrutura possui uma rótula em C . A x = 9
a seguir. Observe que a estrutura possui uma rótula em C . A x = 9
a seguir. Observe que a estrutura possui uma rótula em C . A x = 9

A x = 9 tf ; A y = −4,5 tf ; M A(z) = −18 tf∙m; B y = 4,5 tf

A x = 6 tf ; A y = −4,5 tf ; M A(z) = −18 tf∙m; B y = 4,5 tf

A x = 6 tf ; A y = 4,5 tf ; M A(z) = −18 tf∙m; B y = −4,5 tf

A x = 9 tf ; A y = −4,5 tf ; M A(z) = −15 tf∙m; B y = 4,5 tf

A x = 6 tf ; A y = −4,5 tf ; M A(z) = −15 tf∙m; B y = 4,5 tf

tf ; M A ( z ) = −15 tf∙m; B y = 4,5 tf 2

2 a Questão (Ref.: 201403203368)

Pontos: 0,0 / 0,1

Determinar as reações dos apoios A e B para a viga bi-apoiada mostrada na figura a seguir.

A e B para a viga bi-apoiada mostrada na figura a seguir. A y = 1,5
A e B para a viga bi-apoiada mostrada na figura a seguir. A y = 1,5
A e B para a viga bi-apoiada mostrada na figura a seguir. A y = 1,5

A y = 1,5 tf ; A x = 0; B y = −1,5 tf

A y = −1,5 tf ; A x = 0; B y = 1,5 tf

A y = −0,5 tf ; A x = 0; B y = 0,5 tf

A y = −1,5 tf ; A x = 0; B y = 1,5 tf
A y = −1,5 tf ; A x = 0; B y = 1,5 tf
A y = 0,5 tf ; A x = 0; B y = −0,5 tf
Pontos: 0,1 / 0,1
5 a Questão (Ref.: 201403195478)
Em relação as vigas isostáticas podemos afirmar:
As vigas isostáticas são estruturas compostas por barras (elementos unidimensionais), interconectadas
por nós rígidos ou articulados, em que todos elementos tem a mesma direção.
As vigas isostáticas são estruturas compostas por barras (elementos bidimensionais), interconectadas
por nós rígidos ou articulados, em que todos elementos tem a mesma direção.
As vigas isostáticas são estruturas simples formada por qualquer elemento estrutural (elementos
unidimensionais), interconectadas por nós rígidos ou articulados, em que todos elementos tem a mesma
direção.
As vigas isostáticas são estruturas compostas por barras (elementos tridimensionais), interconectadas
por nós rígidos ou articulados, em que todos elementos tem a mesma direção.
As vigas isostáticas são estruturas compostas por barras (elementos unidimensionais), interconectadas
por solda, em que todos elementos não tem a mesma direção.
Pontos: 0,1 / 0,1
1 a Questão (Ref.: 201403316978)
Considere uma viga biapoiada com 6m de vão e duas cargas concentradas de 30 kN posicionadas nas posições
x=2m e x=4m. O momento fletor na região entre as cargas:
Varia parabolicamente
É dividido em 2 trechos constantes
É nulo
É constante
Varia linearmente
Pontos: 0,1 / 0,1
3 a Questão (Ref.: 201403316950)
Para uma viga biapoiada com vão de 6m e carga distribuída uniforme de 5 kN/m no trecho delimitado entre x=1
e x=4m, pode-se dizer que a resultante das cargas vale:
40
kN
10
kN
30
kN
15
kN
20
kN
das cargas vale: 40 kN 10 kN 30 kN 15 kN 20 kN 4 a Questão
das cargas vale: 40 kN 10 kN 30 kN 15 kN 20 kN 4 a Questão

4 a Questão (Ref.: 201403195012)

Pontos: 0,1 / 0,1

Marque a alternativa correta.

As estruturas reticulares são constituídas por elementos unidimensionais, simplesmente denominadas elementos ou barras,
As estruturas reticulares são constituídas por elementos unidimensionais, simplesmente denominadas elementos ou barras,

As estruturas reticulares são constituídas por elementos unidimensionais, simplesmente denominadas elementos ou barras, cujos comprimentos prevalecem em relação às dimensões da seção transversal (largura e altura)

As estruturas reticulares são constituídas por elementos bidimensionais, simplesmente denominadas elementos ou barras,

As estruturas reticulares são constituídas por elementos bidimensionais, simplesmente denominadas elementos ou barras, cujos comprimentos prevalecem em relação às dimensões da seção transversal (largura e altura)

As estruturas reticulares são constituídas por elementos unidimensionais, simplesmente denominadas conjuntos, cujos

As estruturas reticulares são constituídas por elementos unidimensionais, simplesmente denominadas conjuntos, cujos comprimentos prevalecem em relação às dimensões da seção transversal (largura e altura)

As estrut uras reticulares são constituídas por elementos bidimensionais, simplesmente denominadas elementos ou barras,

As estruturas reticulares são constituídas por elementos bidimensionais, simplesmente denominadas elementos ou barras, cujos comprimentos prevalecem em relação às dimensões da seção longitudinal(largura e comprimento)

As estruturas reticulares são constituídas por elementos tridimensionais, simplesmente denominadas elementos ou barras,

As estruturas reticulares são constituídas por elementos tridimensionais, simplesmente denominadas elementos ou barras, cujos comprimentos prevalecem em relação às dimensões da seção transversal (largura e altura)

às dimensões da seção transversal (largura e altura) 5 a Questão (Ref.: 201403195005) P o n

5 a Questão (Ref.: 201403195005)

Pontos: 0,1 / 0,1

Sobre a análise de estruturas marque a alternativa correta

Resistência é a capacidade de um elemento estrutural de transmitir as forças externamente, molécula por
Resistência é a capacidade de um elemento estrutural de transmitir as forças externamente, molécula por

Resistência é a capacidade de um elemento estrutural de transmitir as forças externamente, molécula por molécula, dos pontos de aplicação aos apoios sem que ocorra a ruptura da peça.

Quanto às dimensões e às direções das ações, os elementos estruturais não podem ser classificados

Quanto às dimensões e às direções das ações, os elementos estruturais não podem ser classificados em uni, bi e tridimensionais.

Rigidez é a capacidade de um elemento estrutural de se deformar excessivamente, para o carregamento

Rigidez é a capacidade de um elemento estrutural de se deformar excessivamente, para o carregamento previsto, o que comprometeria o funcionamento e o aspecto da peça.

Estruturas tridimensionais são estruturas maciças em que as quatro dimensões se comparam. Exemplos:

Estruturas tridimensionais são estruturas maciças em que as quatro dimensões se comparam. Exemplos:

blocos de fundações, blocos de coroamento de estacas e estruturas de barragens.

Uma estrutura pode ser definida como uma composição de uma ou mais peças, ligadas entre

Uma estrutura pode ser definida como uma composição de uma ou mais peças, ligadas entre si e ao meio interior de modo a formar um sistema em equilíbrio.

1 a Questão (Ref.: 201402597211) a Questão (Ref.: 201402597211)

Pontos: 0,1 / 0,1

Sobre as rótulas, É CORRETO o que afirma a alternativa:

Uma rótula libera a continuidade de deslizamento no interior de uma estrutura.

Uma rótula libera a continuidade de deslizamento no interior de uma estrutura.

Na grande maioria das estruturas, a rótula apresenta-se como uma ligação com reduzida capacidade de

Na grande maioria das estruturas, a rótula apresenta-se como uma ligação com reduzida capacidade de transmissão de momentos fletores; porém, isto não significa dizer que o valor do momento nesse ponto possa ser desconsiderado.

Uma ligação rígida em um modelo estrutural (uma viga, por exemplo) é chamada de rótula

Uma ligação rígida em um modelo estrutural (uma viga, por exemplo) é chamada de rótula e é representada por um círculo nessa mesma ligação.

Trata-se de um caso bastante comum de nó rígido, que resiste à rotação da extremidade

Trata-se de um caso bastante comum de nó rígido, que resiste à rotação da extremidade de um tramo de maneira a que seja nulo o momento fletor nessa mesma extremidade.

O fato de o momento ser nulo em uma rótula configura-se como uma condição imposta
O fato de o momento ser nulo em uma rótula configura-se como uma condição imposta

O fato de o momento ser nulo em uma rótula configura-se como uma condição imposta adicional de equilíbrio, uma vez que a resultante de qualquer um dos lados da rótula deve ser nula (se assim não o fosse, cada parte giraria em torno do ponto central da rótula).

cada parte giraria em torno do ponto central da rótula). 2 a Questão (Ref.: 201402463947) P

2 a Questão (Ref.: 201402463947)

Pontos: 0,1 / 0,1

Três linhas elevadas de gasodutos serão apoiadas por pórticos simples devidamente espaçados entre eles. Após estudo preliminar, decidiu-se que os pórticos receberiam uma padronização para fins de economia de material e rapidez na execução, devendo, ainda, apresentar o modelo estrutural da figura a seguir.

Desprezando o peso próprio do pórtico frente às cargas concentradas P, exercidas pelos dutos, qual

Desprezando o peso próprio do pórtico frente às cargas concentradas P, exercidas pelos dutos, qual a relação que deve haver entre as dimensões do vão x e do balanço y do pórtico plano, para que a estrutura, como um todo, seja submetida ao menor valor possível de momento fletor, em valor absoluto?

x = 2 y

x

= 2 y

x = 4 y

x

= 4 y

x = y

x

= y

x = 8 y
x = 8 y

x

= 8 y

x = 0,5 y

x

= 0,5 y

x = 4 y x = y x = 8 y x = 0,5 y 4

4 a Questão (Ref.: 201403195512)

Pontos: 0,1 / 0,1

Se uma estrutura ( ou um corpo), numa análise elástica linear, estiver submetida a mais de uma carga ou casos de carregamento, então os esforços internos em qualquer seção, as reações de apoios, os deslocamentos, enfim todos os efeitos que surgem devidos aos carregamentos, podem ser calculados como a soma dos resultados encontrados para cada caso de carregamento. Esta lei é conhecida como

Vigas biapoiadas com balanços

Vigas biapoiadas com balanços

Vigas engastadas e livres

Vigas engastadas e livres

Princípio da superposição
Princípio da superposição

Princípio da superposição

Vigas isostáticas

Vigas isostáticas

Vigas Gerber

Vigas Gerber

imulado: CCE0786_AV1_201301853641

luno(a): ANDERSON FERNANDO DE ABREU

esempenho: 9,0 de 10,0

TEORIA DAS ESTRUTURAS I

Matrícula: 20130185364

Data: 06/10/2016 08:21:05 (Finalizada

20130185364 Data: 06/10/2016 08:21:05 (Finalizada 1 a Questão (Ref.: 201302914804) P o n t o s

1 a Questão (Ref.: 201302914804)

Pontos: 1,0 / 1,0

Para uma viga biapoiada com vão de 6m e carga distribuída triangular de forma que o seu valor seja 5 kN em x=0m e zero em x=6m, a resultante vale:

40

15

20

10

30

kN

kN

kN

kN

kN

2 a Questão (Ref.: 201302914809)

Pontos: 1,0 / 1,0

Para uma viga biapoiada com vão de 6m e carga distribuída triangular de forma que o seu valor seja 5 kN em x=0m e zero em x=6m, a resultante deve ficar posicionada em:

X=1m

X=4m

X=5m

X=3m

X=2m

3 a Questão (Ref.: 201302059913)

Pontos: 1,0 / 1,0

A viga em balanço com comprimento total de 4m mostrada na figura está carregada uniformemente com uma carga q=20 KN/m e tem uma carga concentrada no meio do vão P = 10 KN. O esforço cortante na seção a, de coordenada x = 3 m e o momento máximo a que a viga está submetida são dados por:

20

kN e 170 kNm

20

kN e 180 kNm

70kN e 180 kNm

kN e 180 kNm

70kN e 160 kNm

kN e 160 kNm

15kN e 170 kNm

kN e 170 kNm

4 a Questão (Ref.: 201302792869) a Questão (Ref.: 201302792869)

Sobre a análise de estruturas marque a alternativa correta

Pontos: 1,0 / 1,0

Rigidez é a capacidade de um elemento estrutural de se deformar excessivamente, para o carregamento previsto, o que comprometeria o funcionamento e o aspecto da peça.correta P o n t o s : 1 , 0 / 1 , 0 Quanto

o que comprometeria o funcionamento e o aspecto da peça. Quanto às dimensões e às direções

Quanto às dimensões e às direções das ações, os elementos estruturais não podem ser classificados em uni, bi e tridimensionais.

Resistência é a capacidade de um elemento estrutural de transmitir as forças externamente, molécula por molécula, dos pontos de aplicação aos apoios sem que ocorra a ruptura da peça.

Estruturas tridimensionais são estruturas maciças em que as quatro dimensões se comparam. Exemplos: blocos de fundações, blocos de coroamento de estacas e estruturas de barragens.as forças externamente, molécula por molécula, dos pontos de aplicação aos apoios sem que ocorra a

Uma estrutura pode ser definida como uma composição de uma ou mais peças, ligadas entre
Uma estrutura pode ser definida como uma composição de uma ou mais peças, ligadas entre si e ao meio interior de modo a formar um sistema em
equilíbrio.
Pontos: 1,0 / 1,0
5 a Questão (Ref.: 201302914846)
Considere uma viga biapoiada com 6m de vão e duas cargas concentradas de 30 kN posicionadas nas posições x=2m e x=4m. O momento fletor máximo vale:
30
kNm
60
kNm
50
kNm
80
kNm
40
kNm
Pontos: 1,0 / 1,0
6 a Questão (Ref.: 201302914834)
Considere uma viga biapoiada com 6m de vão e duas cargas concentradas de 30 kN posicionadas nas posições x=2m e x=4m. O esforço cortante no meio do
vão (x=3m) vale:
45
kN
30
kN
É nulo
15
kN
60
kN
Pontos: 1,0 / 1,0
7 a Questão (Ref.: 201302840251)
A viga em balanço com comprimento total de 4m mostrada na figura está carregada uniformemente com uma carga q= 20 kN/m e tem uma carga
concentrada no meio do vão p = 10 kN. O esforço cortante na seção a, de coordenada x = 3 m e o momento máximo a que a viga está submetida são dados
por:
70
kN e 160 kNm
70
kN e 180 kNm
20
kN e 170 kNm
20
kN e 180 kNm
está submetida são dados por: 70 kN e 160 kNm 70 kN e 180 kNm 20

15 kN e 170 kNm

8 a Questão (Ref.: 201302801232)   P o n t o s : 0 ,

8 a Questão (Ref.: 201302801232)

 

Pontos: 0,0 / 1,0

Determinar as reações dos apoios A e B para a viga bi-apoiada mostrada na figura a seguir.

 
 
 

A y = −1,5 tf ; A x = 0; B y = 1,5 tf

A y = 0,5 tf ; A x = 0; B y = −0,5 tf

A y = 0,5 tf ; A x = 0; B y = −0,5 tf A y = 1,5 tf ; A x = 0; B y = −1,5 tf A y = −1,5 tf ; A x = 0; B y = 1,5 tf A y = −0,5 tf ; A x = 0; B y = 0,5 tf

9 a Questão (Ref.: 201302061693)

9 a Questão (Ref.: 201302061693)

 

Pontos: 1,0 / 1,0

Uma estrutura plana em arco articulado e atirantado é submetida a uma carga uniformemente distribuída de 10 kN/m, como mostra a figura abaixo.

distribuída de 10 kN/m, como mostra a figura abaixo. A tração a que o tirante está

A tração a que o tirante está submetido, em kN, é igual a (JUSTIFIQUE com cálculos):

submetido, em kN, é igual a (JUSTIFIQUE com cálculos): 200 50 100 150 0 10 a

200

50

100

150

0

kN, é igual a (JUSTIFIQUE com cálculos): 200 50 100 150 0 10 a Questão (Ref.:

10 a Questão (Ref.: 201302801245)

Pontos: 1,0 / 1,0

Determinas as reações de apoio para o pórtico plano mostrado na figura a seguir. Observe que a estrutura possui rótulas em C e em D.

A x = 4 tf ; A y = 0 ; M A ( z

A x = 4 tf ; A y = 0 ; M A ( z ) x = 4 tf ; A y = 0 ; M A(z) = 9 tf∙m; B x = 2 tf; B y = 0

A x = 3 tf ; A y = 0 ; M A ( z ) x = 3 tf ; A y = 0 ; M A(z) = −9 tf∙m; B x = 3 tf; B y = 0

A x = 3 tf ; A y = 2 tf ; M A ( z x = 3 tf ; A y = 2 tf ; M A(z) = 9 tf∙m; B x = 3 tf; B y = −2 tf

A x = 3 tf ; A y = 2 tf ; M A ( z x = 3 tf ; A y = 2 tf ; M A(z) = −9 tf∙m; B x = 3 tf; B y = −2 tf

A x = 4 tf ; A y = 2 tf ; M A ( z x = 4 tf ; A y = 2 tf ; M A(z) = −9 tf∙m; B x = 2 tf; B y = −2 tf

imulado: CCE0786_AV1_201301853641

luno(a): ANDERSON FERNANDO DE ABREU

TEORIA DAS ESTRUTURAS I

Matrícula: 20130185364