Você está na página 1de 1

UNIVERSIDADE NOVA DE LISBOA

Curso de Direito (27 de Janeiro de 2017) Duarte Brito

Economia Pública

1. (5 val.) Explique, de maneira muito sucinta (máx. 3 linhas cada), o que entende por: a) Bem Público b) trade-o¤
entre promoção da e…ciência e da equidade c) Critério Rawlsiano d) Teorema de Arrow e) Saldo estrutural.
2. (6 val.) Cinco amigos partilham um apartamento e estão a decidir quantas horas de limpeza diária contratar.
Cada hora de limpeza custa 20e e a valorização, em e, que cada um atribui aos serviços de limpeza é dada por:

Ana Bernardo Constança Dinis Eduardo Total


1a hora 14 10 6 4 12 46
2a hora 12 8 4 2 6 32
3a hora 10 5 2 0 3 20
4a hora 8 4 0 0 0 12
Total 44 27 12 6 21

a) Admita que se trata de um bem público. Qual a quantidade e…ciente a contratar?


b) Estes amigos acordaram repartir as despesas comuns proporcionalmente aos seus rendimentos e escolher as quan-
tidades de uma forma original: todas as possibilidades são comparadas, duas a duas, e é escolhida a que vencer todas as
votações. Se o custo de cada hora de limpeza for repartido da seguinte forma,

Ana Bernardo Constança Dinis Eduardo Total


3e 6e 5e 4e 2e 20e

qual a quantidade contratada? (responda sem fazer todas as comparações).


c) Que problema poderia surgir com a aplicação deste método? Ilustre com um exemplo.
d) Admita que a empresa de limpeza só oferece contratos de 4 horas (ou nada). Dada a repartição das despesas acima,
descreva e implemente um "esquema" que leve cada um a revelar a sua valorização por 4h de limpeza.
3. (6 val.) Considere dois países vizinhos, A e B. Um rio nasce em A, cruza a fronteira e desagua no mar em B. O
rio é utilizado para descarga de e‡uentes (resíduos líquidos resultantes da produção) por parte da indústria suínicultora
de ambos os países. Existem apenas duas empresas idênticas, uma em cada país, que exportam a sua produção para o
país C. As receitas e custos de cada empresa (independentemente da sua localização) são:

Quantidade produzida 1 2 3 4 5 6 7 8 9
Receita total 20 38 54 68 80 90 98 104 108
Custo total 10 20 30 40 50 60 70 80 90

Existe também um custo ambiental associado aos e‡uentes, que depende da localização de cada empresa:

Quantidade produzida em A 1 2 3 4 5 6 7 8 9
Custo ambiental em A 1 3 6 10 15 21 28 36 45
Custo ambiental em B 5 11 18 26 35 45 56 68 81
Quantidade produzida em B 1 2 3 4 5 6 7 8 9
Custo ambiental em A 0 0 0 0 0 0 0 0 0
Custo ambiental em B 1 3 6 10 15 21 28 36 45

a) Determine a quantidade maximizadora do lucro de cada empresa.


b) Determine a quantidade óptima do ponto de vista de cada país.
c) Admita que cada país introduziu um imposto constante, por unidade, com o objectivo de conduzir a quantidade
para o nível óptimo na perspectiva desse país. Qual o valor desse imposto?
d) Indique um acordo entre o país B e o país A (em que B compensa A) que leve ambos a produzir a quantidade
óptima na perspectiva conjunta dos dois países.
e) Se o país A aceitasse reduzir a sua produção sem compensações desde que B também reduzisse a sua no mesmo
montante, qual a redução que melhor serviria os interesses do país B? Justi…que.
4. (3 val.) "Esta decomposição [equação da dinâmica da dívida pública] permite perceber que são quatro os fac-
tores que determinam a evolução do rácio dívida pública/PIB: o stock da dívida pré-existente, a taxa de juro média
que lhe está associada, o saldo primário e a taxa de crescimento do PIB. E passando da mera contabilidade para a
economia propriamente dita, permite também perceber que, a partir de determinado nível de dívida acumulada, assegu-
rar a sustentabilidade da dívida (isto é, conseguir de forma sustentada que o rácio não aumente) comporta um dilema
fundamental."
a) De…na saldo primário e explique como os quatro factores em causa afectam B/Y.
b) Qual será o dilema fundamental referido no texto? (sugestão: explique recorrendo ao modelo keynesiano simples).

Interesses relacionados