Você está na página 1de 1

CURSO DE EXTENSÃO – PRÉ-IFBA – HISTÓRIA

O período regencial teve início após a abdicação do rei D. Pedro I, quando seu
herdeiro ainda era uma criança. A falta da presença de um rei, e o agravamento das
crises sociais, provocou uma série de revoltas em todo o país, desde de revoltas
escravas até conflitos entre as elites locais.
Veja abaixo as principais revoltas:

Revolta Período Local Tendência Participantes Causas


Péssimas condições
de vida da população
Índios,
mais pobre e
Cabanagem 1835 a 1840 Grão-Pará Exaltados negros e
domínio político e
cabanos
econômico dos
grandes fazendeiros

Vida miserável dos


pobres (grande parte
Pobres,
da população) e
artesãos,
Balaiada 1838 a 1841 Maranhão Exaltados exploração dos
escravos e
grandes
quilombolas
comerciantes e
produtores rurais.

Baixo salário dos


Militares, militares. Falta de
classe média autonomia das
Sabinada 1837 a 1838 Bahia Exaltados
e pessoas províncias por parte
ricas da classe média e a
elite.

Fazendeiros, Descontentamento
militares- com os altos
libertários, impostos cobrados
Rio Grande membros das sobre produtos do
Guerra dos Farrapos 1835 a 1845 Exaltados
do Sul camadas sul (couro, mulas,
populares, charque, etc.); falta
escravos e de autonomia das
abolicionistas. províncias.
Contra a
Escravos de escravização, a
Revolta
Revolta dos Malês 1835 Salvador, BA origem imposição do
Escrava
muçulmana catolicismo e as
restrições religiosas.