Você está na página 1de 2

A Carta do Chefe Indígena Seattle (1854)

Por: Haroldo Tavares • 24/6/2017 • Trabalho acadêmico • 466 Palavras (2


Páginas) • 59 Visualizações

Página 1 de 2

Tarefa 1

Façam a leitura do texto "A Carta do Chefe Indígena Seattle (1854)", e


tentem delinear a fronteira do interesse econômico e da preservação do meio
ambiente, tendo em vista que o engenheiro de segurança do trabalho terá de
garantir o processo de produção salubre e a preservação do meio ambiente. O
que eu quero é uma reflexão sobre a dicotomia desenvolvimento econômica e a
preservação do meio ambiente. Obs: Não é envio de arquivo.

O Chefe Indígena Seattle foi um visionário, em 1854 quando mencionou


em sua carta que: “O que ocorre com a Terra recairá sobre os filhos da Terra”, o
indígena foi muito além dos homens brancos de sua época e enxergou que caso
o homem branco não mudasse sua abordagem e as formas de utilização dos
recursos naturais a saúde e a vida das próximas gerações estariam
comprometidas. Hoje, um terço dos habitantes da Terra não tem acesso à água
limpa e com o crescimento populacional esse número tende a crescer. Isso, sem
falar dos efeitos danosos e irreversíveis causados ao meio ambiente pela ação
irresponsável dos homens. Infelizmente, a qualidade de vida em nosso planeta
tende a cair.

Devido a essa forte degradação do meio ambiente e seus recursos naturais,


toda sociedade se volta agora ao tema “sustentabilidade”. No cenário atual a
palavra sustentabilidade recebe o mesmo grau de importância de palavras como
progresso e desenvolvimento. De fato, se continuarmos a explorar os recursos
naturais ainda existentes da forma irresponsável como antes, a vida em nosso
planeta correrá sérios riscos.

Como cidadão brasileiro, temos o dever e a obrigação de cumprir e fazer


cumprir nossa constituição Federal e esta, em seu artigo 225 diz que: “Todos
têm direito ao meio ambiente ecologicamente equilibrado, bem de uso comum
do povo e essencial a sadia qualidade de vida”, dessa forma, não somente o
Poder Público , mas todos nós, somos responsáveis em defender e preservar o
meio ambiente.

Como Engenheiros de Segurança do Trabalho devemos atuar de forma a


promover o crescimento econômico apoiado no desenvolvimento sustentável.
Somos responsáveis não somente pela vida e saúde do trabalhador, mas,
também pela vida e saúde dos agentes indiretos (comunidades vizinhas ao local
onde são exercidas as atividades laborais). Portanto, devemos utilizar todas as
ferramentas (Programas de prevenção, controle, laudos e registros para
liberação e acompanhamento de atividades) necessárias para a preservação da
vida, saúde e meio ambiente do trabalho. Reforço ainda nosso elevado grau de
responsabilidade ao citar o artigo 7º da Constituição Federal que nos diz: “Todo
cidadão tem o direito de possuir um trabalho digno ou decente, ou seja, que
corresponda às condições mínimas de higiene, de saúde e de segurança, até
porque a redução dos riscos inerentes ao trabalho também configura direito
social constitucionalmente atribuído à classe trabalhadora (CF/1988, art. 7o,
XXII).

...

Você também pode gostar