Você está na página 1de 26

Pâncreas

Pâncreas Inflamatório A2-Marcelo Madureira Montroni Preceptor: Dr. Marcos Maia

Inflamatório

A2-Marcelo Madureira Montroni Preceptor: Dr. Marcos Maia

Pancreatite Aguda  Etiologia  Cálculos  Etanol  Tumor, trauma, hiperlipidemia, drogas, CPER  Exame

Pancreatite Aguda

Pancreatite Aguda  Etiologia  Cálculos  Etanol  Tumor, trauma, hiperlipidemia, drogas, CPER  Exame
Pancreatite Aguda  Etiologia  Cálculos  Etanol  Tumor, trauma, hiperlipidemia, drogas, CPER  Exame

Etiologia

Cálculos Etanol Tumor, trauma, hiperlipidemia, drogas, CPER

Exame Fisico

Distensão abdominal Hipotensão, taquicardia Sinal Cullen ou GreyTurner

Pancreatite Aguda

Pancreatite Aguda  Apresentação Clinica  Náusea, vômitos e dor epigástrica  Alteração Laboratorial  amilase,

Apresentação Clinica

Náusea, vômitos e dor epigástrica

Alteração Laboratorial

amilase, lipase, ALT Indicadores de inflamação/ infecção aguda

Pancreatite Aguda

Pancreatite Aguda  Balthazar - gradua as alterações inflamatórias e o aumento do volume do pâncreas

Balthazar - gradua as alterações inflamatórias e o aumento do volume do pâncreas

IGTC: 7-10 associado a 92% morbidade, 17% mortalidade

Balthazar Radiology 1994;193:297-306

Necrose Pancreática

Uma ou mais áreas focais de ausência de realce

Acompanhado por acentuada necrose peri pancreática

Pode não ser identificada até 48hs após inicio da dor

Necrose Pancreática  Uma ou mais áreas focais de ausência de realce  Acompanhado por acentuada

IGTC:

Grau Pancreatite

A (normal) B (edema) C (inflamaç)

0 pontos 1 ponto 2 pontos

D (1 coleção) 3 pontos

2 pontos 4 pontos 6 pontos
2
pontos
4
pontos
6
pontos

Necrose Glândula

<30%

30-50%

>50%

E (2 coleções/gás) 4 pontos

IGTC:

Score

0-3: leve 4-6: moderada 7-10: severa

Moderado Grave
Moderado
Grave

RM Pancreatite Aguda

T2 T1 SGE
T2
T1 SGE

Reservado para pcts com alergia ao iodo

RM com Gd = TC com I

ColangioRM

MRCP

Pancreatite Por Cálculo

Pancreatite Por Cálculo

Coleção Líquida Peripancreática Aguda

Rica em enzimas do suco pancreático

Predominantemente adjacente ao orgão

Sem parede, aparece em 48 hrs em 30-50%

Maioria permanece estéril Resolve espontaneamente em 2-4 semanas

Coleção Líquida Peripancreática Aguda  Rica em enzimas do suco pancreático  Predominantemente adjacente ao orgão

Coleção Peripancreática Pós-Necrose

Coleção Peripancreática Pós-Necrose
Coleção Peripancreática Pós-Necrose
Coleção Peripancreática Pós-Necrose
Coleção Peripancreática Pós-Necrose

Pseudocisto Pancreático

Pseudocisto Pancreático  Coleção de suco pancreático contendo tecido de granulação  Leva 4 semanas para

Coleção de suco pancreático contendo tecido de granulação Leva 4 semanas para formar Não contem necrose Resolve espontaneamente em 6 semanas 40%, 80% se <6cm

Pseudocisto Pancreático

TC

Bem delimitado, parede fina, homogêneo, coleção de baixa atenuação

Adjacente ou dentro do pâncreas

Pseudocisto Pancreático  TC  Bem delimitado, parede fina, homogêneo, coleção de baixa atenuação  Adjacente

Pseudocisto Pancreático

Pseudocisto Pancreático
Pseudocisto Pancreático
Pseudocisto Pancreático

Necrose Infectada

Cultura positiva de tecido necrótico infectado pancreático e/ou peripancreático

Responsável por 80% da mortalidade na PA

2 a -3ª semana a partir do início do evento

Polimicrobiano

Necrose Infectada  Cultura positiva de tecido necrótico infectado pancreático e/ou peripancreático  Responsável por 80%

Besselink et al Curr Opin Crit Care 2007;13:200-206

Necrose Infectada

Necrose Infectada
Necrose Infectada

DDx PA:

Carcinoma Pancreatico Úlcera Duodenal Perfurada Linfoma (>não-Hodgkin)

DDx PA:  Carcinoma Pancreatico  Úlcera Duodenal Perfurada  Linfoma (>não-Hodgkin) CBR: Gastrointestinal:462-479

CBR: Gastrointestinal:462-479

Pancreatite Crônica

Causa:

70% alcolismo Hiperlipidemia Hiperparatireoidismo Trauma Doenças auto-imunes Mal-formações Congênitas

CBR: Gastrointestinal:462-479

Pancreatite Crônica  Causa: 70% alcolismo Hiperlipidemia Hiperparatireoidismo Trauma Doenças auto-imunes Mal-formações Congênitas CBR: Gastrointestinal:462-479

Pancreatite Crônica

Achados Clínicos e Laboratoriais

Dor abdominal persistente >6 m Perda de peso Esteatorréia e D. Mellitus Icterícia

Elevação de amilase e lipase

CBR: Gastrointestinal:462-479

Pancreatite Crônica  Achados Clínicos e Laboratoriais  Dor abdominal persistente >6 m  Perda de

Pancreatite Crônica RX:

Pancreatite Crônica RX:

Pancreatite Crônica TC:

Redução volumétrica pâncreas

Dilatação do ducto principal comum > 2mm

Cálculos/calcificações pancreáticas Pseudocistos Alteraçoes vasculares

S:

90%

E: 85%

Não permite avaliar a gravidade da PC

Pancreatite Crônica TC:      Redução volumétrica pâncreas Dilatação do ducto principal comum

Pancreatite Crônica RM:

Pancreatite Crônica RM:  Redução volumétrica pâncreas Dilatação/irregularidade do ducto principal comum Cálculos/calcificações pancreáticas Pseudocistos Dilatação,

Redução volumétrica pâncreas

Dilatação/irregularidade do ducto principal comum

Cálculos/calcificações

pancreáticas

Pseudocistos

Dilatação, irregularidade e calcificações pancreáticas: melhor visto que TC

Pancreatite AutoImune

Pancreatite AutoImune    Dça autoimune sistêmica relacionada a IgG4 5% da PC Pode acometer

Dça autoimune sistêmica relacionada a IgG4 5% da PC

Pode acometer glândulas salivares, vias biliares, pâncreas, rins e o retroperitônio

Comum associação com outras doenças : cirrose biliar 1ª,

RCU, CE 1ª, síndrome de Sjöegren

Manifesta-se semelhante as outras pancreatites

http://radiopaedia.org/articles/autoimmune-pancreatitis

Pancreatite AutoImune

Aumento difuso do pâncreas

Perda das ondulações normais do contorno pancreático

Tênue densificação dos planos gorduros peripâncreaticos

Usualmente não dilatação ductal pancreática

Raramente observado aumento focal do pâncreas( Ddx em Ca de Pancreas)

Pancreatite AutoImune      Aumento difuso do pâncreas Perda das ondulações normais do

http://radiopaedia.org/articles/autoimmune-pancreatitis

Pancreatite Paraduodenal

(Groove Pancreatitis)

PA ou > PC Estende ao sulco pancreatoduodenal Obliterando a gordura deste espaço

DDX: Ca de pâncreas

Pancreatite Paraduodenal (Groove Pancreatitis)    PA ou > PC Estende ao sulco pancreatoduodenal Obliterando

Shanbhogue AK, Fasih N, Surabhi VR et-al. A clinical and radiologic review of uncommon types and causes of pancreatitis. Radiographics. 29 (4): 1003-26.

Pancreatite Paraduodenal

(Groove Pancreatitis)

Sinais na TC e RM:

Obliteração do plano adiposo entre o pâncreas e o duodeno Espessamento da parede medial da 2ª porção do duodeno, imagens císticas de permeio > homogêneo cabeça do pâncreas

Pancreatite Paraduodenal (Groove Pancreatitis)  Sinais na TC e RM:  Obliteração do plano adiposo entre

Shanbhogue AK, Fasih N, Surabhi VR et-al. A clinical and radiologic review of uncommon types and causes of pancreatitis. Radiographics. 29 (4): 1003-26.