Você está na página 1de 44

https://en.m.wikipedia.

org/wiki/Adonis

Detectar idioma Português

Adônis

Adonis [a] era o amante mortal da deusa


Afrodite na mitologia grega . No primeiro
século dC de Ovídio , contando sobre o
mito, ele foi concebido depois que
Afrodite amaldiçoou sua mãe Myrrha a
cobiçar seu próprio pai , o rei Cinyras de
Chipre . Myrrha transou com o pai em
completa escuridão por nove noites, mas
ele descobriu sua identidade e a
perseguiu com uma espada. Os deuses
transformaram-na em uma árvore de
transformaram na em uma árvore de
https://en.m.wikipedia.org/wiki/Adonis

mirra e, na forma de uma árvore, ela deu


Detectar idioma Português

à luz Adonis. Afrodite encontrou a


criança e deu-lhe para ser criado por
Perséfone , a rainha do submundo .
Adonis se transformou em um jovem
surpreendentemente bonito, fazendo
com que Afrodite e Perséfone
rivalizassem sobre ele, com Zeus
finalmente decretando que Adonis
passaria um terço do ano no Submundo
com Perséfone, um terço do ano com
Afrodite, e o terço final de o ano com
quem ele escolheu. Adonis escolheu
passar seu último terço do ano com
Afrodite.
https://en.m.wikipedia.org/wiki/Adonis

Detectar idioma Português

Adônis
Deus da beleza, desejo e vegetação

Aryballos áticos de figuras vermelhas pintadas


por Aison ( c. 410 aC) mostrando Adonis
consorciando com Afrodite
Morada Líbano

Símbolo Anêmonas

Informação pessoal

Cônjuge Afrodite

Crianças Golgos , Beroe

Pais Cinyras e Myrrha (por


Ovídio ), Phoenix e
https://en.m.wikipedia.org/wiki/Adonis

Detectar idioma
Alphesiboea (por
Português

Hesiod )
Equivalentes

Equivalente Dumuzid , Tammuz


mesopotâmico
Equivalente levantino / Tammuz, Adonis
cananeu

Um dia, Adonis foi ferido por um javali


selvagem durante uma viagem de caça e
morreu nos braços de Afrodite enquanto
ela chorava. Seu sangue se misturou
com suas lágrimas e se tornou a flor da
anêmona . Afrodite declarou o festival
Adonia comemorando sua morte trágica,
que era celebrada por mulheres todos os
anos no meio do verão. Durante este
festival, as mulheres gregas plantavam
https://en.m.wikipedia.org/wiki/Adonis

Detectar idioma Português

"jardins de Adonis", pequenos vasos


contendo plantas de crescimento rápido,
que eles colocavam em cima de suas
casas sob o sol quente. As plantas
brotariam, mas logo murchariam e
morreriam. Então as mulheres
lamentariam a morte de Adonis,
rasgando suas roupas e batendo em
seus seios em uma demonstração
pública de pesar. Os gregos
consideravam o culto de Adonis de
origem oriental. O nome de Adonis vem
de uma palavra cananéia que significa
"senhor" e os estudiosos modernos
consideram a história de Afrodite e
Adônis derivada do antigo mito
g
https://en.m.wikipedia.org/wiki/Adonis

Detectar idioma Português

mesopotâmico de Inanna (Ishtar) e


Dumuzid (Tamuz).

No final do século XIX e início do século


XX, a religião Adonis era amplamente
vista como um exemplo primordial do
arquétipo do deus que morre e
ressuscita , mas a existência do
arquétipo do "deus que morre e
ressuscita" foi amplamente rejeitada
pelos estudiosos modernos. e sua
aplicação a Adonis é minada pelo fato de
que nenhum texto pré-cristão jamais
descreve Adonis como ressuscitando
dentre os mortos e as únicas referências
possíveis à sua ressurreição são alusões
tardias e ambíguas feitas por escritores
https://en.m.wikipedia.org/wiki/Adonis

Detectar idioma Português

cristãos. Seu nome é frequentemente


aplicado nos tempos modernos a jovens
bonitos, dos quais ele é o arquétipo.

Etimologia e origem
O grego Ἄδωνις ( pronúncia grega:
[ádnis] ), Adonis era um empréstimo da
palavra cananéia ʼadon , que significa
"senhor", [1] [2] [3] que está relacionado a
Adonai ( hebraico : ‫) ֲאדֹנָ י‬, um dos os
títulos usados para se referir ao Deus da
Bíblia hebraica e ainda usados no
judaísmo até os dias atuais. [2] Adonis
sírio é Gaus . [4] ou Aos , semelhante a
Osíris egípcio, Tammuz e Baal Hadad , os
https://en.m.wikipedia.org/wiki/Adonis

Detectar idioma Português

Atúnis etruscos e os Attis frígios , todos


eles associados à vegetação .

Origem do culto

Uma antiga representação suméria do casamento


de Inanna e Dumuzid [5]

O mito de Afrodite e Adonis é


l t d i d d ti l d
provavelmente derivado da antiga lenda
https://en.m.wikipedia.org/wiki/Adonis

Detectar idioma Português

suméria de Inanna e Dumuzid . [6] [7] [8] O


nome grego Ἄδωνις ( Adônis , pronúncia
grega: [ádɔːnis] ) é derivado da palavra
cananéia ʼadōn , que significa "senhor". [9]
[8]

O culto de Inanna e Dumuzid pode ter


sido apresentado ao Reino de Judá
durante o reinado do rei Manassés . [10]
Ezequiel 8:14 menciona Adonis sob seu
antigo nome semita do Oriente Tammuz
[11] [12] e descreve um grupo de mulheres
lamentando a morte de Tamuz enquanto
sentadas perto do portão norte do
Templo em Jerusalém . [11] [12]

A mais antiga referência grega


A mais antiga referência grega
https://en.m.wikipedia.org/wiki/Adonis

conhecida a Adonis vem de um


Detectar idioma Português

fragmento de um poema da poetisa


lésbica Sappho , datando do século VII
aC, [13] no qual um coro de garotas
jovens pergunta a Afrodite o que elas
podem fazer para lamentar a morte de
Adonis. [13] Afrodite responde que eles
devem bater seus seios e rasgar suas
túnicas. [13] Na mitologia grega, Adonis é
da Fenícia. Ele nasceu e morreu no sopé
das cataratas na vila de Afqa , localizada
no distrito de Jbeil, na província do
Monte Líbano, a 71 quilômetros a
nordeste de Beirute, no atual Líbano. As
ruínas do célebre templo de aphakitis de
Afrodite - a particular Afrodite deste local
- estão localizadas ali. O culto de Adonis
https://en.m.wikipedia.org/wiki/Adonis

também foi descrito como


Detectar idioma Português

correspondendo ao culto do deus fenício


Baal . [6] Como Walter Burkert explica:

As mulheres sentam-se no
portão chorando por Tamuz,
ou oferecem incenso a Baal em
telhados e plantam plantas
agradáveis. Essas são as
mesmas características da
lenda de Adonis: que é
celebrada em telhados planos
nos quais se colocam
fragmentos semeados com
rapidamente germinação
verde jardins de Adonis o
verde, jardins de Adonis ... o
https://en.m.wikipedia.org/wiki/Adonis

Detectar idioma Português

clímax é uma lamentação alta


para o deus morto. [14]

A data exata em que a lenda de Adônis


se integrou à cultura grega ainda é
contestada. Walter Burkert questiona se
Adonis não tinha vindo desde o início
para a Grécia com Afrodite. [14] "Na
Grécia", conclui Burkert, "a função
especial da lenda de Adonis é como uma
oportunidade para a expressão
desenfreada da emoção na vida
estritamente circunscrita das mulheres,
em contraste com a rígida ordem de
polis e família com o oficial festivais
femininos em homenagem a Deméter ".
https://en.m.wikipedia.org/wiki/Adonis

Detectar idioma Português

Estudiosos gregos e do Oriente Próximo


questionaram essa conexão. [14]

Parentagem e nascimento

Adonis , um torso romano nu, restaurado e


completado por François Duquesnoy , anteriormente
na coleção do Cardeal Mazarin ( Museu do Louvre ).
https://en.m.wikipedia.org/wiki/Adonis

Detectar idioma Português

O nascimento de Adonis é envolto em


confusão para aqueles que exigem uma
versão única e autorizada, para várias
histórias periféricas que circulam sobre o
parentesco de Adonis.

A versão mais aceita é recontada nas


Metamorfoses de Ovídio , onde Adonis é
filho de Myrrha e seu pai Cinyras . Myrrha
se transformou em uma árvore de mirra
e Lucina ajudou a árvore a dar à luz
Adonis. [15]

Os helenos patriarcais procuraram um


pai para o deus e o encontraram em
Biblos e Chipre , que os estudiosos usam
para indicar a direção de Adonis aos
para indicar a direção de Adonis aos
https://en.m.wikipedia.org/wiki/Adonis

gregos. Pseudo-Apollodorus, (
Detectar idioma Português

Bibliotheke , 3.182) considerou Adonis


para ser o filho de Cinyras , de Paphos
em Chipre, e Metharme . De acordo com
a Bibliotheke do pseudo-Apollodorus,
Hesíodo , em uma obra desconhecida
que não sobreviveu, fez dele o filho de
Fênix e o não-identificado Alphesiboea .
[16]

Em Chipre, o culto de Adonis


gradualmente substituiu o de Cinyras .
[17] Hesíodo fez dele o filho de Fênix ,
epônimo dos fenícios , assim uma figura
de origem fenícia; sua associação com
Chipre não é atestada antes da era
clássica. W. Atallah [18] sugere que o
posterior mito helenístico de Adônis
https://en.m.wikipedia.org/wiki/Adonis

Detectar idioma Português

representa a fusão de duas tradições


independentes.

Alternativamente, a falecida fonte


Bibliotheke o chama de filho de Cinyras e
Metharme . Outra versão do mito é que
Afrodite compeliu Myrrha (ou Esmirna) a
cometer incesto com o pai dela, Theias ,
o rei da Assíria. Fugindo de sua ira,
Myrrha foi transformada em uma árvore
de mirra . Theias atingiu a árvore com
uma flecha, e então se rompeu e Adonis
emergiu. Outra versão tem uma lágrima
de javali aberta a árvore com suas
presas, prenunciando a morte de Adonis.

A cidade de Berytos ( Beirute ) no Líbano


A cidade de Berytos ( Beirute ) no Líbano
https://en.m.wikipedia.org/wiki/Adonis

recebeu o nome da filha de Adonis e


Detectar idioma Português

Afrodite, Beroe . Tanto Dionísio quanto


Poseidon se apaixonaram por ela. Ela
acabaria se casando com Poseidon .

Mito

O rio Adonis (agora conhecido como o rio Abraão )


no Líbano foi dito para correr vermelho de sangue a
cada ano durante o festival de Adonis. [19]
https://en.m.wikipedia.org/wiki/Adonis

Detectar idioma Português

Aryballos áticos de figuras vermelhas pintadas por


Aison ( c. 410 aC) mostrando Adonis consorciando
com Afrodite

Embora Safo não descreva o mito de


Adônis, fontes posteriores detalharão os
detalhes: [20] Adônis era o filho de Mirra ,
que foi amaldiçoado por Afrodite com
luxúria insaciável por seu próprio pai, rei
Cinyras de Chipre , [21] depois de Myrrha
A mãe se gabou de que sua filha era
mais bonita que a deusa. [21] Expulso
depois de engravidar Myrrha foi
depois de engravidar, Myrrha foi
https://en.m.wikipedia.org/wiki/Adonis

Detectar idioma Português

transformada em uma árvore de mirra ,


mas ainda deu à luz Adonis. [22]

Afrodite encontrou o bebê, [19] e levou-o


ao submundo para ser promovido por
Perséfone . [19] Ela voltou para ele uma
vez que ele cresceu [19] e descobriu que
ele era muito bonito. [19] Perséfone
queria manter Adonis; [19] Zeus resolveu
a disputa decretando que Adonis
passaria um terço do ano com Afrodite,
um terço com Perséfone e um terço com
quem ele escolhesse. [19] Adonis
escolheu Afrodite, e eles permaneceram
constantemente juntos. [19]

Então um dia enquanto Adonis estava


Então, um dia, enquanto Adonis estava
https://en.m.wikipedia.org/wiki/Adonis

caçando, ele foi ferido por um javali e


Detectar idioma Português

sangrou até a morte nos braços de


Afrodite. [19] Em diferentes versões da
história, o javali foi enviado por Ares, que
estava com ciúmes de que Afrodite
estava passando tanto tempo com
Adonis, [23] por Artemis, que queria
vingança contra Afrodite por ter matado
seu devoto seguidor Hipólito , [23] ou por
Apolo, para punir Afrodite por cegar seu
filho Erymanthus . [24] A história também
fornece uma etiologia para as
associações de Afrodite com certas
flores. [23] Segundo relatos, ao lamentar a
morte de Adonis, ela fez com que as
anêmonas crescessem onde quer que
seu sangue caísse, [19] [23] e declarou um
g ,
https://en.m.wikipedia.org/wiki/Adonis

festival no aniversário de sua morte. [19]


Detectar idioma Português

Em uma versão da história, Afrodite se


feriu em um espinho de uma roseira [23] e
a rosa, que antes era branca, estava
manchada de vermelho pelo seu sangue.
[23] De acordo com De Dea Syria , de
Lucian , [25] a cada ano durante o festival
de Adonis, o rio Adonis no Líbano (agora
conhecido como o rio Abraão ) ficou
vermelho de sangue. [19]

Culto
https://en.m.wikipedia.org/wiki/Adonis

Detectar idioma Português

Fragmento de um vaso de casamento ático de


figuras vermelhas ( c. 430-420 aC), mostrando
mulheres subindo escadas até os telhados de suas
casas carregando "jardins de Adonis"

O mito de Adonis é associado ao festival


da Adonia , que era celebrado pelas
mulheres gregas todos os anos no verão.
[8] [26] O festival, que evidentemente já era
celebrado em Lesbos pela época de
Safo, [8] parece ter se tornado popular em
Atenas em meados do quinto século aC.
[8] No início do festival, as mulheres
plantavam um "jardim de Adonis", [8] um
pequeno jardim plantado dentro de uma
pequena cesta ou um pedaço raso de
cerâmica quebrada contendo uma
https://en.m.wikipedia.org/wiki/Adonis
variedade de plantas de crescimento
Detectar idioma Português

rápido, como alface e erva - doce , ou


mesmo grãos que brotam rapidamente,
como trigo e cevada . [8] [27] As mulheres
então subiam escadas para os telhados
de suas casas, [8] onde colocavam os
jardins sob o calor do sol de verão. [8] As
plantas brotariam à luz do sol, [8] mas
murcham rapidamente no calor. [28]
Então as mulheres lamentavam e
lamentavam em voz alta a morte de
Adonis, [29] rasgando suas roupas e
batendo em seus seios em uma
demonstração pública de pesar. [29] O
poeta do século III aC, Euphorion de
Chalcis, observou em seu Hyacinth que
"Somente Cocytus lavou as feridas de
y
https://en.m.wikipedia.org/wiki/Adonis

Adonis". [30]
Detectar idioma Português

Arquétipo do deus
agonizante

Fotografia de Sir James George Frazer , o


antropólogo que é o responsável mais direto por
promover o conceito de um arquétipo do "deus que
morre e ressuscita" [31] [32] [33]

O antropólogo escocês do final do


século XIX Sir James George Frazer
escreveu extensivamente sobre Adonis
https://en.m.wikipedia.org/wiki/Adonis

em seu monumental estudo da religião


Detectar idioma Português

comparada The Golden Bough (cuja


primeira edição foi publicada em 1890)
[31] [34] , bem como em trabalhos
posteriores. [35] Frazer afirmou que
Adonis era apenas um exemplo do
arquétipo de um "deus que morre e
ressuscita" encontrado em todas as
culturas. [32] [31] [36] A intenção principal
de Frazer era provar que todas as
religiões eram fundamentalmente as
mesmas [37] e que todas as
características essenciais do
cristianismo podiam ser encontradas em
religiões anteriores. [38] Os argumentos
de Frazer foram criticados como
desleixados e amadores desde o início,
,
https://en.m.wikipedia.org/wiki/Adonis
[32] mas suas reivindicações tornaram-se
Detectar idioma Português

amplamente influentes no final do século


XIX e no início do século XX. [32] [33] [31]

Em meados do século XX, os estudiosos


começaram a criticar severamente a
designação de "deus que morre e
ressuscita". [35] [39] [40] Em 1987,
Jonathan Z. Smith concluiu na
Enciclopédia da Religião de Mircea Eliade
que "A categoria de deuses que morrem
e ressuscitam, uma vez um tópico
importante de investigação acadêmica,
deve agora ser entendida como tendo
sido em grande parte um equívoco
baseado em reconstruções imaginativas
e textos excessivamente tardios ou
[ ][ ]
altamente ambíguos ". [39] [41] Ele
https://en.m.wikipedia.org/wiki/Adonis

Detectar idioma Português

argumentou ainda que as divindades


anteriormente referidas como "morrendo
e ressuscitando" seriam melhor
denominadas separadamente como
"deuses agonizantes" e "deuses
desaparecidos", [39] [40] afirmando que
antes do cristianismo, as duas
categorias eram distintas e os deuses
que "morreram" não retornaram, e
aqueles que voltaram nunca "morreram"
verdadeiramente. [39] [40] Até o final do
século XX, a maioria dos estudiosos
chegou a concordar que a noção de um
"deus que morre e ressuscita" era uma
invenção [42] [33] [43] e que o termo era
não é uma designação acadêmica útil.
g ç
https://en.m.wikipedia.org/wiki/Adonis
[42] [33] [43]
Detectar idioma Português

O principal problema com a aplicação da


etiqueta "deus que morre e ressurge" a
Adonis é o fato de que ele nunca é
descrito como ressuscitando dentre os
mortos em quaisquer escritos greco-
romanos existentes [41] e as únicas
possíveis alusões à sua suposta a
ressurreição vem de declarações tardias
e altamente ambíguas feitas por autores
cristãos. [41] [b] A parte do mito de Adonis
em que ele passa um terço do ano no
Submundo com Perséfone não é uma
morte e ressurreição, [41] mas
meramente um exemplo de uma pessoa
viva hospedada no Mundo Inferior. [41]
https://en.m.wikipedia.org/wiki/Adonis

Referências culturais
Detectar idioma Português

Em tempos relativamente modernos, o


mito de Adonis apareceu com destaque
em uma variedade de obras culturais e
artísticas. A obra-prima de Giovan
Battista Marino , Adone , publicada em
1623, é um poema longo e sensual, que
elabora o mito de Adonis e representa a
transição da literatura italiana do
maneirismo ao barroco . Shakespeare
escreveu o poema Vênus e Adonis
(Poema de Shakespeare). Adonis
destaca-se no Livro 3 de The Faerie
Queene, de Edmund Spenser . Percy
Bysshe Shelley escreveu o poema
Adonais para John Keats e usa o mito
como uma metáfora extensa da morte
https://en.m.wikipedia.org/wiki/Adonis

de Keats. Tais alusões continuam hoje.


Detectar idioma Português

Adonis (uma transliteração árabe do


mesmo nome, ‫ )أدوﻧﻴﺲ‬é o pseudônimo
de um famoso poeta sírio, Ali Ahmad
Said Asbar . Sua escolha de nome refere-
se especialmente ao elemento de
renascimento do mito de Adonis
(também chamado de "Tamuz" em
árabe), que foi um tema importante na
poesia árabe do meio do século 20,
principalmente entre os seguidores do
"Verso Livre" (‫)اﻟﺸﻌﺮ اﻟﺤﺮ‬. movimento
fundado pelo poeta iraquiano Badr Shakir
al-Sayyab . Adunis usou o mito de seu
homônimo em muitos de seus poemas,
por exemplo, em "Wave I", de seu livro
mais recente "Início do Corpo, Fim do
p ,
https://en.m.wikipedia.org/wiki/Adonis

Mar" (Saqi, 2002), que inclui uma


Detectar idioma Português

releitura completa do nascimento do


deus.
https://en.m.wikipedia.org/wiki/Adonis

Detectar idioma Português

Vênus e Adonis ( c. 1595) por Annibale


Carracci

Vênus e Cupido lamentando o Adonis


morto (1656) por Cornelis Holsteyn
https://en.m.wikipedia.org/wiki/Adonis

Detectar idioma Português

Morte de Adonis (1684-1686) por Luca


Giordano .

A morte de Adonis (1709) por Giuseppe


Mazzuoli
https://en.m.wikipedia.org/wiki/Adonis

Detectar idioma Português

Vênus e Adonis (1792) por François


Lemoyne

Veja também
Adonia , festas celebrando Adonis
Adonismo
Apheca
Myrrha , mãe de Adonis por mitologia
grega
Cinto adonis
https://en.m.wikipedia.org/wiki/Adonis

Detectar idioma Português

Psicologia:

Dismorfia muscular , como parte do


Complexo Adonis
Teorizando sobre Myth , uma
interpretação junguiana do mito
Adonis por R. Segal

Notas
a. ə ˈ d ɒ n ɪ s , ˈ ˈ d ʊ n ɪ s / ; Grego :
Ἄδωνις
b. Orígenes discute Adonis, (quem ele
associa com Tamuz), em sua Selecta em
Ezequielem ("Comentários sobre
Ezequiel"), observando que "eles dizem
que por um longo tempo certos ritos de
iniciação são conduzidos: primeiro, que
https://en.m.wikipedia.org/wiki/Adonis

Detectar idioma Português

eles choram por ele , desde que ele


morreu, em segundo lugar, que eles se
alegram por ele porque ele ressuscitou
dos mortos ( apo nekrôn anastanti ) "(cf.
J.-P. Migne, Patrologiae Cursus
Completus: Série Graeca , 13: 800 ).

Referências
1. W. Burkert (1985), religião grega , pp.
176-77.
2. Botterweck, G. Johannes; Ringgren,
Helmer, eds. (1974). Dicionário Teológico
do Antigo Testamento . Vol. 1
(reimpressão, edição revisada). Wm. B.
Eerdmans Publishing. pp. 59-74. ISBN
9780802823380 .
https://en.m.wikipedia.org/wiki/Adonis

Detectar idioma Português

3. Oeste, ML (1997). A Face Leste de


Helicon: Elementos da Ásia Ocidental na
Poesia e Mito da Grécia . Oxford,
Inglaterra: Clarendon Press. p. 57. ISBN 0-
19-815221-3 . Retirado em 30 de maio de
2017 .
4. Detienne, Marcel (1994). Os Jardins de
Adonis: Especiarias na Mitologia Grega ,
Princeton University Press, ISBN 978-0-
691-00104-3 (p.137)
5. Pulmão 2014 .
6. Oeste 1997 , p. 57
7. Kerényi 1951 , pág. 67
8. Cyrino 2010 , p. 97.
9. Burkert 1985 , pp. 176-177.
, pp
https://en.m.wikipedia.org/wiki/Adonis

10. Pryke 2017 , p. 193


Detectar idioma Português

11. Pryke 2017 , p. 195


12. Warner 2016 , p. 211
13. Oeste 1997 , pp. 530-531.
14. Burkert 1985 , p. 117
15. Ovídio, Metamorphoses X, 298–518
16. Ps.-Apolodoro, iii.14.4.1.
17. Atallah 1966
18. Atallah 1966.
19. Kerényi 1951 , p. 76
20. Cyrino 2010 , p. 95
21. Kerényi 1951 , p. 75
22. Kerényi 1951 , pp. 75 = 76.
23. Cyrino 2010 , p. 96
24 De acordo com Nonnus Dionysiaca
24. De acordo com Nonnus , Dionysiaca
https://en.m.wikipedia.org/wiki/Adonis

42.1f. Sérvio em Eclusas de Virgílio x.18;


Detectar idioma Português

Hino Órfico lv.10; Ptolomeu Hefesto,


i.306u, todos notados por Graves. Atallah
(1966) não consegue encontrar qualquer
conexão cultual ou cultural com o javali,
que ele vê simplesmente como um
heróico elemento mitológico .
25. Kerényi 1951 , pág. 279
26. W. Atallah, Adonis na littérature e l'art
grecs , Paris, 1966.
27. Detienne 1972 .
28. Cyrino 2010 , pp. 97-98.
29. Cyrino 2010 , p. 98
30. Re Comentada de passagem por
Photius , Biblioteca 190 ( tradução on-
line ).
)
https://en.m.wikipedia.org/wiki/Adonis

31. Ehrman 2012 , pp. 222-223.


Detectar idioma Português

32. Barstad 1984 , pág. 149.


33. Eddy & Boyd 2007 , pp. 142-143.
34. Mettinger 2004 , p. 375
35. Barstad 1984 , pp. 149-150.
36. Eddy & Boyd 2007 , pp. 140–142.
37. Ehrman 2012 , p. 222
38. Barstad 1984 , p. 150
39. Smith , 1987 , pp. 521-527.
40. Mettinger 2004 , p. 374
41. Eddy & Boyd 2007 , pág. 143
42. Ehrman 2012 , p. 223
43. Mettinger 2004 , pp. 374-375.

Bibliografia
Barstad, Hans M. (1984), A Polêmica
https://en.m.wikipedia.org/wiki/Adonis

Detectar idioma Português

Religiosa de Amos: Estudos na Pregação de


Am 2, 7B-8; 4,1-13; 5,1-27; 6,4-7; 8,14 ,
Leiden, Países Baixos: Brill, ISBN
9789004070172
Burkert, Walter (1985), Religião grega ,
Cambridge, Massachusetts: Harvard
University Press, ISBN 0-674-36281-0
Cyrino, Monica S. (2010), Afrodite , Deuses
e Heróis do Mundo Antigo, Nova York, Nova
York e Londres, Inglaterra: Routledge, ISBN
978-0-415-77523-6
Detienne, Marcel , 1972. Les jardins de
Adonis, traduzido por Janet Lloyd, 1977. Os
Jardins de Adonis, Harvester Press.
Eddy, Paul Rhodes; Boyd, Gregory A. (2007),
A Lenda de Jesus: Um Caso para a
Confiabilidade Histórica da Tradição
ç
https://en.m.wikipedia.org/wiki/Adonis
Sinóptica de Jesus , Grand Rapids,
Detectar idioma Português

Michigan: Baker Academic, ISBN 978-


0801031144
Mettinger, Tryggve ND (2004), "O" Morrendo
e Deus Nascente ": Uma pesquisa de
pesquisa de Frazer até o presente dia", em
Batto, Bernard F .; Roberts, Kathryn L., David
e Sião: Estudos Bíblicos em Honra de JJM
Roberts , Lago Winona, Indiana:
Eisenbrauns, ISBN 1-57506-092-2
Ehrman, Bart D. (2012), existiu Jesus ?: O
argumento histórico para Jesus de Nazaré ,
Nova York, Nova York: HarperCollins, ISBN
978-0-06-220644-2
Smith, Jonathan Z. (1987), "Morrendo e
Deuses em Ascensão", em Eliade, Mircea, A
Enciclopédia da Religião , IV , Londres,
Inglaterra: Macmillan, pp. 521-527, ISBN
0029097002
https://en.m.wikipedia.org/wiki/Adonis

Detectar idioma Português

Kerényi, Karl (1951), Os Deuses dos Gregos


, Londres, Inglaterra: Thames and Hudson,
ISBN 0-500-27048-1
Lung, Tang (2014), "Casamento de Inanna e
Dumuzi" , Enciclopédia da História Antiga,
Enciclopédia da História Antiga
Mahony, Patrick J. Uma análise da arte de
Shelley em Adonais . Rice University, 1964.
O'Brian, Patrick. "Pós Capitão". Série Aubrey
/ Maturin. WW Norton, pg. 198. 1994.
Thiollet, Jean-Pierre , 2005. Je m'appelle
Byblos , H & D, p. 71-80.
Pryke, Louise M. (2017), Ishtar , Nova York
e Londres: Routledge, ISBN 978-1-138-
-86073-5
West, ML (1997), The Face Oriental de
Helicon: Elementos da Ásia Ocidental em
Helicon: Elementos da Ásia Ocidental em
https://en.m.wikipedia.org/wiki/Adonis

Detectar idioma Português

Poesia e Mito da Grécia , Oxford, Inglaterra:


Clarendon Press, p. 57, ISBN 0-19-815221-3

Obtido em "
https://en.wikipedia.org/w/index.php?
title=Adonis&oldid=864450461 "

Last edited 4 days ago by Philip Tr…

Conteúdo disponível sob CC BY-SA 3.0, salvo


indicação em contrário.