Você está na página 1de 36

ESPECIALIZAÇAO EM CIÊNCIAS E TECNOLOGIAS NA

EDUCAÇÃO
Seminários

Apresentação de Seminário

Prof. Nelson Luiz Reyes Marques


Introdução
 O QUE É?

 O seminário é instrumento pedagógico que tem como objetivo, permitir


a um ou mais expositores, transmitirem informações para um público
leigo/especializado, sobre um determinado assunto investigado.
Seminários

 PARA QUE SERVE?

 Promover situações para solução de problemas colocados em


discussões induzindo o grupo à participação efetiva.

 Para que o público tire proveito das informações, faz-se necessário


que o(s) expositor(es) faça(m) uso, com eficácia, da linguagem oral,
assim como dos recursos materiais. Por isso, é fundamental que o
trabalho seja planejado e organizado.
Introdução
 COMO DESENVOLVER?

 Preparação: o professor apresenta o tema e justifica sua


importância, apontando desafios e caminhos para os alunos.
Calendário de apresentações. Orientação aos alunos. Organizar o
Seminários

espaço físico.

 Desenvolvimento: discussão informal do tema apresentado em


pequenos grupos. Dos apontamentos realizados a partir dos
problemas e das soluções encontradas formula-se conclusões que
são levadas ao grande grupo.

 Relatório: resumo escrito com as ideias e conclusões, com base na


preparação e discussões realizadas.
Introdução

 Não se pode perder de vista que o objetivo principal da tarefa –


transmitir com eficácia as informações – deve ser garantido.

 A utilização do seminário de forma organizada e estruturada


Seminários

não só contribui para a aprendizagem do público, mas também


para a aprendizagem daquele(s) que o apresenta(m), uma vez
que deve(m) pesquisar o tema abordado nas mais diversas
fontes de informações, assim como deve(m) elaborar um
esquema orientador da fala e, por fim, saber utilizar os
recursos materiais para a apresentação.
Objetivos

 Identificar e/ou investigar problemas, examinando-os sob


diferentes aspectos;

 Analisar criticamente fenômenos observados, ou as ideias


Seminários

do(s) autor(es) estudado(s);

 Propor alternativas para resolver questões ou problemas;

 Apresentar resultados aos demais membros do grupo;

 Debater comentários, críticas e sugestões dos participantes;


Objetivos

 Aprender a transmitir com eficácia as informações


pesquisadas;

 Aprender a utilizar a lógica e a organicidade para construir o


Seminários

texto formal;

 Aprender a utilizar a lógica e a capacidade de síntese para


elaborar um esquema orientador da fala;

 Aprender a utilizar os recursos tecnológicos para este tipo de


apresentação.
Uso de Recursos

 Cartaz/banner utilizando desde cartolina até materiais mais


modernos;

 Giz e lousa;
Seminários

 Sínteses e fotocópias para o público;

 Projetor multimídia/Microcomputador / Power-Pointe arquivo de


apresentação (.pps, .htm/html, outros tipos);

 Outros tipos.
Preparação do Seminário

 O Seminário deve ser preparado, preferencialmente, em Grupo.

 Este aspecto é muito importante porque todos os alunos devem ter


domínio dos conteúdos a serem apresentados e, isso somente será
possível, se todos os alunos participarem de todas as etapas que
Seminários

envolvem a preparação de um Seminário.

 Levantamento da literatura sobre o tema, na Biblioteca, na Internet


e em outras fontes de informação;

 Após o levantamento da literatura sobre o tema, é necessário ler o


material e discutir em conjunto as questões mais importantes;
Preparação do Seminário

 Elaborar o trabalho escrito em grupo. É importante que o grupo


tenha clareza, que não se deve dividir o trabalho em partes e
designar um responsável para a confecção da parte, pois essa
prática não funciona do ponto de vista do Seminário, uma vez que
Seminários

ninguém terá a visão do todo, e isso será percebido pelo público


presente;

 Feito isso, seleciona-se o que é mais relevante para ser


apresentado no Seminário, e designa-se quem vai apresentar cada
item relevante selecionado;
Preparação do Seminário

 A elaboração do material que será apresentado deve pautar-se


pela qualidade. Isso significa que o grupo deve utilizar gráficos,
tabelas, esquemas, gravuras, mapas etc.;
Seminários

 A forma de apresentação é importante. Para isso, deve-se


observar:
 O tamanho da fonte é importante. Nunca usar tamanho de fonte
pequena. No mínimo, utilizar o tamanho 24;
 A fonte escolhida também é importante. Os padrões mais usados
são: Arial, Verdana ou Tahoma;
Preparação do Seminário

 Identificar o título ou subtítulo do conteúdo do


slide/transparência;
 Mencionar as fontes e autores utilizados.
Seminários

 Conhecer as tecnologias educacionais que serão utilizadas:


projetor multimídia, DVD, CD etc.
Apresentação do Seminário

 A apresentação do Seminário é muito importante, uma vez que


o Grupo tem a responsabilidade de passar ao público presente
o conteúdo que ficou sob sua responsabilidade. O público
Seminários

presente não sabe nada (ou sabe pouco) sobre a temática que
está sendo abordada, por isso é importante observar:

 Organizar a sala de aula, de forma a facilitar o trabalho do


grupo que apresentará o seminário;
Apresentação do Seminário

 A apresentação do Seminário é muito importante, uma vez que


o Grupo tem a responsabilidade de passar ao público presente
o conteúdo que ficou sob sua responsabilidade. O público
presente não sabe nada (ou sabe pouco) sobre a temática que
Seminários

está sendo abordada, por isso é importante observar:

 Organizar a sala de aula, de forma a facilitar o trabalho do


grupo que apresentará o seminário;

 Garantir que o público possa ver e ouvir o(s)


apresentador(es), sem problemas;
Apresentação do Seminário

 Círculo ou semicírculo pode ser usado quando a


apresentação prever debate;

 Postura individual e em grupo – todos devem estar atentos


Seminários

ao que está sendo apresentado por um dos membros do


grupo;

 Designar as tarefas de cada um previamente, quando da


preparação do seminário;
Apresentação do Seminário

 Saber posicionar-se frente ao público.

 Observar:
 Direção do olhar;
Seminários

 Tom de voz;
 Falar para todos os ouvintes;
 Não andar na frente dos recursos educacionais que estiverem
sendo utilizados.
 Não utilizar termos como:
 Tipo assim...
 né...
Apresentação do Seminário
 Evite...
 Ficar de costas para a plateia;
 Ler os slides com muita frequência;
• treine a apresentação!
Seminários

 Ficar com as mãos na cintura ou no bolso;


 Gesticular demais;
 Bocejar;
 Falar muito baixo ou em um mesmo tom;
• isso é monótono;
 Ficar olhando o relógio.
 Não andar na frente dos recursos educacionais que estiverem
sendo utilizados.
Apresentação do Seminário
 Evite...

 Gírias e vícios de linguagem.

 Jargões e palavras difíceis.


Seminários

 Piadas ofensivas e palavrões.

 Se desculpar...

 Frases feitas.

 Criar falsas expectativas.


Apresentação do Seminário

Não Use Use


para "mim" fazer para eu fazer, para eu dizer, para eu trazer;
vem de encontro/vai de encontro vem ao encontro / vai ao encontro
Seminários

bater de frente debater / discutir


vem traçar pretende estabelecer
não é aquelas coisas não atende a um padrão de qualidade adequado
bastante garra profissionalismo
a nível de no nível de / em nível de
Apresentação do Seminário

 Não é possível agradar a todos...


 Não perca o entusiasmo se algumas pessoas
demonstrarem desinteresse.
Seminários

 Sinais de alerta
 Debandada;
 Bocejos;
 Consultas ao relógio;
 Movimentação na cadeira e de cadeiras;
 Discussões alheias ao conteúdo...
Apresentação do Seminário

 Dê vida à sua fala!


 Movimente-se discretamente...

 Mude o tom de voz de vez em quando para acordar a plateia.


Seminários

 Tente ser ouvido por todos


• mas não grite!

 Não diminua o volume de sua voz durante a apresentação


• por cansaço ou timidez.

 Articule bem as palavras...


• Faça pausas, não fale rápido demais.
Roteiro de Apresentação

 Deve-se abrir o seminário apresentando o grupo e a temática


que o grupo vai abordar;

 Em seguida, deve-se apresentar os objetivos do tema


Seminários

específico no qual o grupo trabalhou;

 Após as apresentações dos objetivos, o primeiro membro do


grupo a apresentar deve delimitar o assunto dentro da temática.
Ex.:
 O assunto de minha exposição será....
 Abordarei nesta exposição alguns aspectos sobre...
Roteiro de Apresentação

 Desenvolver o tema, isso significa que o grupo deve apresentar


em uma sequência lógica o tema, ou seja, as informações
devem ser organizadas de forma coerente e numa progressão
lógica;
Seminários

 Finalização da apresentação, o grupo deve concluir o tema, ou


seja, é necessário que haja um fechamento, das ideias ali
expostas. Ex.:
 Em resumo...
 Para concluir...
 Consideramos ao final que...
Roteiro de Apresentação

 Abrir ao público a possibilidade de formularem questões, tirarem


dúvidas etc., com o objetivo de desencadear uma discussão ou
reflexão entre os participantes.
Seminários

 Sempre mencionar o(s) autor(es) e as fontes citada(s).


Como avaliar?

CRITÉRIOS/PONTUAÇÃO
Clareza e coerência.
Domínio do conhecimento.
Seminários

Participação do grupo.
Dinâmicas e/ou recursos audiovisuais.
Relação teoria-prática, crítica.
NOTA FINAL (média na escala acima)
Vantagens na sua aplicação

 O Seminário fornece não apenas informação como estimula a


reflexão e dá oportunidade para uma livre troca de
pensamentos e experiências;

 Ensina a utilização de instrumentos lógicos de trabalho


Seminários

intelectual, posto que os expositores logo perceberão que, para


serem bem compreendidos, precisam dizer com propriedade e
através de todos os códigos de comunicação àquilo que
estudaram;

 Desenvolve, nos alunos, o poder de comunicação e a


capacidade de avaliação crítica;
Vantagens na sua aplicação

 Introduzindo um sentimento de aprofundamento de assuntos


importantes, desenvolve o trabalho de grupo autônoma e
cooperativamente;

 É uma técnica “rica”, dada à diversidade de apresentações e de


Seminários

tipos de esquemas que os alunos são capazes de conceber, se


bem estimulados pelos professores;

 Os alunos, com o Seminário aprendem, através de pesquisas, o


que é importante à classe, a fim de enriquecer o próprio sistema de
aprendizagem.
Dez dicas para criar uma boa apresentação no PowerPoint

 Segundo uma pesquisa feita nos EUA e na Austrália, com o uso


de uma apresentação no PowerPoint as pessoas absorvem
20% menos informações do que quando os dados são
expostos apenas verbalmente.
Seminários

 Dez dicas da revista Superinteressante, ed. 269 – Set/2009


http://super.abril.com.br/comportamento/a-ciencia-do-slide-perfeito
Dez dicas para criar uma boa apresentação no PowerPoint

 Comece pelo fim


 Qual a conclusão você quer passar a para a plateia?
Comece redigindo o último slide da apresentação. Assim,
você construirá todos os slides anteriores de forma a chegar
Seminários

nessa conclusão.

 Use pouco texto

 Seja o mais conciso possível, e não se preocupe com os


detalhes. O slide ideal tem no máximo dez palavras.
Dez dicas para criar uma boa apresentação no PowerPoint

 Evite o uso de marcadores


 Só use marcadores quando absolutamente necessário, como
no slide introdutório, por exemplo, em que você pode
enumerar as ideias a serem expostas.
Seminários

 Separe os assuntos
 Procure colocar apenas uma ideia ou gráfico por slide. Caso
seja necessário, divida as suas informações em vários slides.
Dez dicas para criar uma boa apresentação no PowerPoint

 Use apenas duas fontes


 Use dois tipos de fonte: uma para os títulos, outra para o
texto. De preferência, use fontes sem serifa, como a Arial e a
Tahoma.
Seminários

 Nada de letrinhas miúdas


 Evite usar fontes menores que 28 pontos.
 O menor tamanho aceitável é 24.
Dez dicas para criar uma boa apresentação no PowerPoint

 Enfatize o que é importante


 Ao montar um gráfico, destaque sua informação mais
relevante, e faça isso no próprio slide, em vez de usar o laser
pointer.
Seminários

 Faça os gráficos certos


 Gráfico de pizza? Prefira a versão 2D. A versão 3D distorce
as imagens.
 E use apenas duas cores nos gráficos de barras.
Dez dicas para criar uma boa apresentação no PowerPoint

 Aplique a regra dos 3 segundo


 Depois de terminar de preparar sua apresentação, releia os
slides e veja se cada um deles pode ser compreendido em no
máximo 3 segundos.
Seminários

 Não leia o que está escrito


 Não repita para o público, em hipótese nenhuma, as frases
que estão escritas nos slides. Isso fará com que você seja
ignorado.
Mais algumas dicas

 LEI essencial: nunca leia os slides.


 Assim a sua participação se torna desnecessária, porque o
público também sabe ler!
Seminários

 Jamais retorne slides, isso mostra falta de programação. Se for


necessário uma repetição de slide prepare isso na edição do
arquivo.

 Ofereça, se achar necessário, uma visão geral da apresentação


no começo.
Frases

 “ Ideias semeiam ideias”

 “Na falta de condições materiais utilize aquele artefato em cima


Seminários

do seu pescoço”

Linus Pauling
Apresentação usando o PowerPoint
Seminários
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

BALZAN, N. Sete asserções inaceitáveis sobre a inovação pedagógica. Educação e Sociedade,


n.6, junho de 1980, p.119-139.

BORDENAVE, J.D., PEREIRA, A.M. Estratégias cie ensino-aprendizagem. 13.ed. Petrópolis;


Vozes, 1993.
Seminários

FORESTI, M.C.P.P. Subsídios para realização de seminários e exposições orais. Botucatu: s.n.t..
(mimeog.)

LUCKESI, C.C. et al. Fazer Universidade: uma proposta metodológica. 6.ed. São Paulo: Cortez,
1991.

SEVERINO, A.J. Metodologia do trabalho científico. 20.ed. São Paulo: Cortez, 1996.

VEIGA, I.P.A. (org.) Técnicas de ensino: por que não? Campinas: Papirus, 1993.

Revista Superinteressante, ed. 269 – Set/2009