Você está na página 1de 2

AUGUSTE COMTE

A Dupla Revolução Burguesa, Industrial e Francesa, ao mesmo tempo que consolidou o poder
burguês na Europa Ocidental, trouxe também a impressão de que as sociedades europeias
estavam desorganizadas e anárquicas.
Sob o peso da máquina e temendo a massa, as classes dominantes, lideradas pela burguesia,
passam a reconhecer em um novo surto de ideias, denominado positivismo, a doutrina capaz
de estabilizar a organização da sociedade.
A configuração da sociologia em seu nascimento deixa claro seu compromisso com a classe
burguesa. E evidencia disso seu discurso pretensamente neutro de defesa incondicional da
ordem social capitalista e do progresso econômico como sinal da evolução social. Assim nasce
o pensamento positivista: Saint Simon, Le Play, Le Bon e Auguste Comte entendida como um
corpo teórico e técnico de justificativa da manutenção do poder da burguesia.
Logo estava em curso uma tentativa de promover a conformação social de maneira científica,
mediante a submissão das individualidades frente a um projeto de sociedade dirigido por
instituições: a família, a Igreja, o Estado, etc.

O Positivismo de Auguste Comte


ORGANICISMO: definição do objeto sociedade, que é percebida como um corpo, um
organismo complexo composto por diferentes partes, cujo funcionamento coeso e integrado,
necessariamente marcado por uma harmonia e equilíbrio naturais, possibilitaria uma evolução
contínua. Organicismo designa uma teoria filosófica e sociológica desenvolvida no séc. XIX que
compara a sociedade a um organismo vivo.
CIENTIFICISMO: Comte recorre à metodologia das ciências naturais, depositando uma fé
absoluta e inabalável na razão, como única forma (objetiva e neutra), de compreender o
funcionamento do organismo social; sendo a ciência sempre inquestionável — na medida em
que o conhecimento científico seria a tradução da realidade sob a forma de leis naturais.
LEI DA ORDEM E DO PROGRESSO: a sociedade possuiria dois movimentos naturais e
essenciais. Movimento estático: responsável pela organização e equilíbrio do organismo,
ajustando os individuos às condições que garantiriam um melhor funcionamento da sociedade.
A harmonia é pressuposto fundamental da vida social e do próprio progresso. Movimento
dinâmico: é o responsável pela evolução do organismo social, segundo a lei universal: do mais
simples para o mais complexo. Tal evolução se dá de forma linear e não contraditória.
EVOLUCIONISMO: buscando construir uma teoria justificadora das desigualdades sociais e do
imperialismo europeu. Visão linear, mecânica e etnocêntrica das diferentes sociedades.
LEI DOS TRÊS ESTÁGIOS: seleção natural
1- Teológico
2- Metafísico
3- Positivo ou Científico
1) Teológico
- primitivo “provisório e preparatório”
- explicações através de agentes sobrenaturais

2) Metafísico
- explicações por meio de entidades ocultas ou abstratas.
3) Positivo - estágio mais evoluído - sociedades avançadas
Movimento Dinâmico ou Progresso.
Questão 01

Surgida no momento de consolidação da sociedade capitalista, a Sociologia tinha uma


importante tarefa a cumprir na visão de seus fundadores, dentre os quais se destaca Augusto
Comte e Saint-Simon, marque (V) para as verdadeiras e (F) para as falsas.

I ( ) Desenvolver o puro espírito científico e investigativo, sem maiores preocupações de


natureza prática, deixando a solução dos problemas sociais por conta dos homens de ação.

II ( ) Incentivar o espírito crítico na sociedade e, dessa forma, colaborar para transformar


radicalmente a ordem capitalista, responsável pela exploração dos trabalhadores.

III ( ) Contribuir para a solução dos problemas sociais decorrentes da Revolução Industrial,
tendo em vista a necessária estabilização da ordem proletária.

IV ( ) Tornar realidade o chamado “socialismo utópico”, visto como única alternativa para a
superação das lutas de classe em que a sociedade capitalista estava mergulhada.

Questão 02

Sobre o surgimento da sociologia, marque (V) para as verdadeiras e (F) para as falsas.

I ( ) a consolidação do sistema capitalista na Europa no século XIX forneceu os elementos que


serviram de base para o surgimento da sociologia como ciência particular.

II ( ) o homem passou a ser visto, do ponto de vista sociológico, a partir de sua inserção na
sociedade e nos grupos sociais que a constituem.

III ( ) aquilo que a sociologia estuda constitui-se historicamente como o conjunto de


relacionamentos que os homens estabelecem entre si na vida em sociedade.

IV ( ) interessa para a sociologia, não indivíduos isolados, mas inter-relacionados com os


diferentes grupos sociais dos quais fazem parte, como a escola, a família, as classes sociais etc.

Questão 03

Marque Verdadeiro ou Falso para as alternativas que indicam o contexto histórico, social e
filosófico que possibilitou a gênese da sociologia.

I ( ) A sociologia é um produto das revoluções francesa e industrial e foi uma resposta às novas
situações colocadas por estas revoluções.

II ( ) Com o desenvolvimento do industrialismo, o sistema social passou da produção da guerra


para a produção das coisas úteis, através da organização da ciência e das artes.

III ( ) O pensamento filosófico dos séculos XVII e XVIII contribuiu para popularizar os avanços
científicos, sendo a teologia a forma norteadora desse pensamento.

IV ( ) A formação de uma sociedade, que se industrializava e urbanizava em ritmo crescente,


propiciou o fortalecimento da servidão e da família patriarcal.