Você está na página 1de 3

Você pode satisfazer seu apetite sem sacrifícios

A DIETA
‘Adoro comer
Por B ill G o ttlieb

eu a petite pode parecer T h e volu m etrics w eig h t-con trol p la n :

S um a criatura selvagem
que vive dentro de você,
exigindo comida. N em fa­
la a sua língua: palavras
que você conhece bem, como “gordo”
e “magro”, nada significam para ele.
Com o dom ar esse monstro? Você
fe e lfu ll o n few er calories (O plano vo­
lumétrico de controle de peso: sinta-
se satisfeito com m enos calorias), a
saciedade —a sensação de estar satis­
feito ao fim de um a refeição —é o in ­
grediente que falta ao con tro le do
peso. E o que cria a saciedade? So­
poderia drogá-lo com inibidores do bretudo o volume dos alim entos que
apetite, arriscando-se a sofrer efeitos você ingere.
colaterais com o insônia ou pressão Q uando você faz refeições de
alta. Poderia com batê-lo pela força “baixa densidade energética” —m u i­
de vontade, evitando alimentos caló- ta substância e poucas calorias —, sa­
ricos, e acabaria passando fome. Ou tisfaz seu apetite sem ganhar peso.
ainda aprisioná-lo seguindo um a Mas quais são esses alim entos de
daquelas dietas cruéis e artificiais. m uito volume, poucas calorias e que
Mas você pode fazer algo natural m atam a fom e? E is aq u i sete dos
e eficaz. N em tente d om inar seu melhores:
apetite - em vez disso, satisfaça-o.
Sopas. “A sopa satisfaz de diver­
S egundo barbara rolls, professora sas maneiras”, explica Barbara. Seus
de nutrição na U niversidade E sta­ olhos vêem um a porção generosa, o
dual da Pensilvânia e co-autora de arom a provoca diversos estím ulos
75
scnsoriais e o líquido prccnchc o es­ efeito é a baixa densidade energética
tômago. E uma sopa com muitos in­ e a dose moderada de fibras do suco.
gredientes demora a ser digerida,
mantendo a sensação de saciedade. Flocos de farelo. São excelen­
Em um estudo de 1999, Barbara e te fonte de fibras. Não só oferecem
co-pesquisadorcs da Universidade muito volume por poucas calorias,
da Pensilvânia forneceram almoço a observa Phyllis Roxland, nutricio­
24 mulheres uma vez por semana, nista de Nova York, mas, como to­
durante um mês. Antes da refeição, dos os alimentos ricos em fibras,
serviam a elas uma das seguintes en­ também reduzem o apetite.
tradas, de 270 calorias: um guisado “Um estudo demonstra que quem
de frango e arroz, o mesmo guisado toma um café da manhã rico em fi­
e um copo d’água ou uma canja com bras ingere cerca de cem calorias a
os mesmos ingredientes do guisado menos no café c no almoço, no total",
mais a água. A sopa reduziu em cer­ diz Barbara Rolls. Ela mistura flocos
ca de cem calorias o que as mulheres de farelo à aveia ou a outro cereal
comeram. E quem tomou a sopa com alto teor de fibras.
não comeu mais no jantar.
Barbara recomenda versões leves Vitaminas. Gene Daoust, nutri­
de sopas como minestrone, gaspa- cionista de Nevada e co-autor do Ur
cho, de batata com alho-porro, de vro 40-30-30fa t bu m ing nutrition (A
milho e de cogumelos. Qualquer nutrição que queima gorduras 40-30-
uma delas funciona como um pri­ 30), recomenda para o café da manhã
meiro prato ou lanche que diminui uma vitamina de proteína e frutas
o apetite. Mas cuidado com as que “inibidora do apetite": junte uma
levam creme de leite: são carregadas concha de proteína em pó, 1/2 bana­
de gordura e calorias. na congelada, 1/2 xícara de morangos
congelados, 3/4 de xícara de água e j
Sucos de vegetais. Em outro duas colheres de chá de amêndoas.
estudo dirigido por Barbara, os ho­ Essa com binação sacia porque con­
mens que tomaram um copo de su­ tém nutrientes densos. Além disso,
co de vegetais com 400 mililitros e 88 como equilibra proteínas, gorduras c ■
calorias, antes do almoço, ingeriram carboidratos, ajuda a manter estáveis
em media 136 calorias a menos do os níveis de açúcar no sangue.
que os homens que não tomaram a
bebida. Frutas silvestres. Doces t
Outras pesquisas mostraram que suculentas, estas e outras frutas pn*
o teor de sal e a temperatura não in­ dem ser os m elhores lanches, dl*
fluíram. Para Barbara, o que faz Barbara. A lém do alto teor de água,
II) A) I II l| A N I ‘.IM O /l'l' V I 'K l IMO J ü illl. O iu u l V I M Ifc IN C I I V M TI».
T W o l'MIIAK< AI>l, HO C H N T K K . s A o F I A N C I K O . ( 'A '*•111

76
A d i e t a ‘A d o r o e o m e r *

contem muitas fibras c , portan to, sa­ T re m b la y acredita q u e a pim enta


tisfazem com poucas calorias. atue com o u m "estim u lan te não far­
Compare estas opções, cad a u m a m acológico”, aum entand o a ativida­
com cerca de cem calorias: 10 balas de d o sistem a nervoso sim pático. Is­
de goma, 18 biscoitos salgados sem so re d u z o ap etite, em b o ra n ã o se
gordura e 1 1/2 xícara de m orangos saiba p o r qu ê. E le descobriu aind a
frescos. Essa quantid ad e de balas e q u e a cap sicin a d a p im e n ta -m a la ­
biscoitos não vai d im in u ir seu apeti­ g u eta au m en ta lig e ira m e n te o n ú ­
te. Mas quase todas as fru tas, silves­ m ero de calorias queim adas, proces­
tres ou não, podem satisfazer você. so fisiológico cham ad o term ogênese.
C o m o co lo car isso em p rá tica ?
Molho picante de tomate. O m e le tes co m m o lh o ap im e n ta d o
Enquanto alguns nutricionistas pre­ ou batatas assadas com m o lh o pican­
ferem alimentos com m u ito volum e te de tom ate.
e muitas fibras, os pesquisadores da
Universidade L a v a i, n o C a n a d á , Sobremesas congeladas.
apostam na cap sicin a, a ard e n te "M u itas pessoas con tin u am a co m er
substância presente n a p im en ta-m a­ até ingerir algo doce”, observa B a r­
lagueta. E m um a série de e x p e ri­ b ara. Isso não é n e cessariam en te
mentos, Angelo T re m b la y e seus co ­ ruim .
legas adicionaram a p im enta ao café "A s sobrem esas congeladas estão
da manha ou às entradas do alm oço entre as m elhores form as de satisfa­
e mediram o quanto as pessoas co­ z e r a v o ntad e de c o m e r d o ce sem
meram depois. acum u lar calorias”, d iz P hyllis R o x -
Em um teste feito com 13 m ulhe­ lan d . U m sorvete de c r e m e .d e 7 5
res, cies constataram q u e a inclusão g ram as corresp on d e a ap en as 130
da pim enta-m alagueta n o café da calorias. M e ia xícara d e sorv ete de
manhã reduziu signiíicativam ente a chocolate à base de iogurte acrescen­
fome das m ulheres en tre essa refei­ ta m eras 115 calorias ao seu jan tar.
ção e o almoço, e q ue elas m ostraram É c la ro q u e , co m p le ta B a r b a r a ,
uma tendência a d im in u ir o n ú m ero você pode ad otar o u tra tática. " C o ­
de calorias consum idas ao m eio-dia. m a u m a q u an tid ad e satisfatória de
Entre os hom ens, v e rifica ra m q u e alim entos de baixa densid ade e n e r­
um tira-gosto tem p erad o c o m pi­ gética e , de sobrem esa, saboreie u m
menta-malagueta red uziu a ingestão p ed aço d o ch o co late m ais d elicio so
de calorias no alm oço e n o lanche. q u e e n co n trar I”

Mulher para o marido, do lado de fora do carro, num local deserto:


- Há vinte anos era rom ântico ficar sem gasolina. H o je 6 pura
burrice. - K i L G o a K no N ational Enquirer

77