Você está na página 1de 3

 Os

FEUDALISMO E ISLAMISMO
01. Sobre a ruralização da economia ocorrida durante a crise do líderes guerreiros dirigiam um grupo armado nas
Império Romano, podemos afirmar que: conquistas e, depois da vitória, dividiam o butim entre eles.

 Com o tempo a liderança entre os germânicos passou a ser


A. foi consequência da crise econômica e da insegurança
provocada pelas invasões dos bárbaros;
B. foi a causa principal da falta de escravos; hereditária.
C. proporcionou ao Estado a oportunidade de cobrar mais
eficientemente os impostos; 06. Assinale as alternativas que se aplicam às tribos que viviam na
D. incentivou o crescimento do comércio; península Arábica, antes de Maomé:
E. proporcionou às cidades o aumento de suas riquezas.

02. Apesar de não terem alcançado seu objetivo - reconquistar a


 Estavam unidas politicamente através de um poderoso
Estado centralizador.
Terra Santa -, as Cruzadas provocaram amplas repercussões,
porque:
A. favoreceram a formação de vários reinos cristãos no  Não estavam unidas politicamente, existindo grupos
chamados de árabes urbanos e árabes do deserto ou
Oriente, o que permitiu maior estabilidade política à
beduínos.
região.
B. consolidaram o feudalismo, em virtude da unificação dos
vários reinos em torno de um objetivo comum.  Eram monoteístas, cultuando Alá.
C. facilitaram a superação das rivalidades nacionais graças à
influência que a Igreja então exercia.  Eram politeístas, adorando cerca 360 divindades.
 Não tinham união política nem cultural.
D. uniram os esforços do mundo cristão europeu para
eliminar o domínio árabe na Península Ibérica.
E. estimularam as relações comerciais do Oriente com o
Ocidente, graças à abertura do Mediterrâneo a navios
europeus.
 Tinham elementos culturais comuns (idiomas e crenças
religiosas).
03. As principais características do feudalismo eram:
A. Sociedade de ordens, economia levemente industrial,
 Em Meca foi construído um santuário religioso chamado
Caaba, reunindo as principais divindades da Arábia.
unificação política e mentalidade impregnada pela
religiosidade.
07. A respeito do início das pregações de Maomé, não podemos
B. Sociedade estamental, economia tipicamente artesanal,
afirmar:
organização política descentralizada e mentalidade
A. Segundo a tradição muçulmana, Maomé, aos 40 anos,
marcada pela ausência do cristianismo.
teve uma série de visões que o convenceram de que era o
C. Sociedade de ordens, economia terciária e competitiva,
profeta escolhido por Alá para anunciar uma nova
centralização política e mentalidade hedonista.
doutrina.
D. Sociedade de ordens, economia agrária e auto-suficiente,
B. No decorrer das pregações religiosas de Maomé, os
fragmentação política e mentalidade fortemente
antigos sacerdotes de Meca aderiram prontamente à
influenciada pela religiosidade.
nova doutrina.
E. Sociedade estamental, economia voltada para o mercado
C. Um dos aspectos mais importantes da doutrina
externo, fragmentação política e ausência de mentalidade
muçulmana é a submissão total do homem à vontade de
religiosa.
Alá
D. A crença do islamismo na predestinação desencoraja o
04. Dentre os vários impostos e obrigações impostas aos servos e
espírito de revolta social.
vilões pela organização econômica e social do feudalismo,
destacavam-se:
08. Assinale com V(verdadeiro) e F(falso) para as seguintes
A. o peculato e as talhas;
afirmações:
B. as aposentadorias e o protecionismo;
C. as banalidades e as corvéias;
D. a seguridade e o dízimo;  A principal unidade produtora do sistemma feudal era o
E. o seguro saúde e a taxa de gleba feudo.

05. Complete os espaços com V (verdadeiro) ou F (falso).  Era um sistema que predominava a produção de bens
 Para os germânicos, o chefe guerreiro não era uma figura
destinada ao uso interno, ou seja, a subsistência, o que era
produzido era consumido no próprio feudo.
muito importante.
 A economia feudal era essencialmente aberta, permitindo um
 O chefe guerreiro garantia a sobrevivência de todo o povo e o grande número de intercâmbios comerciais.
poder da aristocracia.
 O poder político estava centralizado nas mãos do rei.
 Os líderes guerreiros não eram escolhidos pelo Comitatus.  Cada pessoa ocupava uma posição social rigidamente
estabelecida.
 O poder político era descentralizado, ficando nas mãos dos
C. À ruralização da economia.
D. Ao renascimento do comércio.
grandes proprietários de terras, ou senhores feudais. E. Ao desaparecimento das cidades.

09. Faça a correspondência: 14. Faça a correspondência sobre as obrigações servis:

a) Suseranos b) Vassalos a) Corvéia b) Talha


c) Banalidades d) Capitação

 Pessoas que recebiam feudos de seus protetores, tendo para  Imposto cobrado sobre o número de pessoas de uma família.
com eles o dever de fidelidade.

 Grandes proprietários que concediam feudos a seus  Obrigação que o servo tinha em trabalhar alguns dias da
protegidos. semana nas terras do senhor feudal.

10. Foi um sistema político, social e econômico que se instalou na  Obrigação de entregar parte da produção ao senhor feudal.
 Pagamento que o servo devia ao senhor pela utilização de
Europa durante a Idade Média, caracterizado pela
descentralização do poder e pela economia ligada à agricultura e
pelo trabalho dos servos. equipamentos e instalações do feudo.
A. capitalismo
B. comunismo 15. Assinale a alternativa correta:
C. Feudalismo A. Pepino o Breve sucedeu Carlos Magno e manteve a
D. Islamismo mesma política.
B. Carlos Magno tornou-se senhor de todo o Ocidente.
11. Em relação as Cruzadas podemos afirmar que eram : C. Carlos Magno foi responsável pela expulsão dos árabes
A. Expedições de caráter somente religioso para libertar muçulmanos da Gália.
Jerusalém. D. Pepino o Breve converteu-se ao cristianismo,
B. Eram expedições realizadas para promover a paz entre aproximando os cristãos dos francos.
Muçulmanos e cristãos E. Nenhuma das alternativas anteriores está correta.
C. Expedições de caráter militar e religioso para libertar
Jerusalém. 16. Complete com V (verdadeiro) e F (falso).
D. Eram expedições militares promovidas pelos
muçulmanos contra os cristãos.  O regime de terras era dividido em áreas, sendo uma dos
senhor outra do camponês.
12. Sobre a Idade Média e o feudalismo, assinale (V)erdadeiro ou
(F)also.
O feudo nunca fora autossuficiente, dependendo
 Banalidades, prestações, corveia e dízimo eram impostos extremamente do comércio com outros feudos.
pagos pelos vassalos aos seus senhores.
 Na corveia os servos deviam cultivar as terras da reserva
 Nas oficinas se desenvolviam manufaturas e as relações de senhorial duas a três vezes por semana, sem ganhar nada por
isso.

 A Idade Média também é chamada de Idade das Trevas,  Nas banalidades o servo tinha que entregar ao senhor uma
demonstrando corretamente que naquele período não houve parte do que produzia no manso servil.
qualquer desenvolvimento cultural.

 Vassalos recebiam feudos de seus protetores, tendo para  Na talha, para usar as instalações da reserva senhorial, o
servo entregava uma parte do que produzia para o senhor.
com eles o dever de fidelidade.

 O período medieval se dividiu em Alta e Baixa Idade Média. 17. Sobre o território onde surgiu o islamismo, marque a
alternativa CERTA:

 A partir do século X a agricultura passou por


A. O islamismo surgiu na Arábia, região marcada pelas várias
inundações do rio Nilo.
desenvolvimento, as cidades e o comércio renasceram. B. O islamismo teve origem em Portugal, após a expansão

 Suseranos eram grandes proprietários que concediam feudos


do povo do Oriente.
C. O islamismo surgiu na Arábia e lá permaneceu isolado até
a seus protegidos. pouco tempo atrás.
D. O islamismo surgiu na Pérsia, sendo seus seguidores
13. (UNESP) As invasões germânicas no Império Romano do perseguidos pelos romanos.
Ocidente levaram a Europa Ocidental à desagregação política e: E. O islamismo surgiu na Arábia, uma região com clima seco
A. Ao restabelecimento da autoridade imperial. e grandes desertos.
B. À decadência demográfica.
18. “Maomé foi o fundador do ___(1)___, religião ____(2)____ (C) (E) Com a repressão sofrida, Maomé fuigu para Yatrib em 622,
que crê em ___(3)____." que passou a ser chamada de Meca: “cidade do profeta”

Completam corretamente os espaços (1), (2) e (3), 23. Maomé, através do islamismo, conseguiu unificar as várias
respectivamente: tribos criando um grande e único estado árabe, esta atitude fez
A. (1) islamismo, (2) politeísta, (3) Cristo; dele mais que um simples profeta.
B. (1) cristianismo, (2) monoteísta, (3) Alá;
C. (1) islamismo, (2) monoteísta, (3) Alá; Continuando o raciocínio, assinale V (verdadeiro) e F (falso) nas
D. (1) judaísmo, (2) politeísta, (3) Alá; frases referentes à vida de Maomé.

 Maomé ocupou por vários anos somente o cargo de profeta


E. (1) islamismo, (2) monoteísta, (3) Cristo;

19. Pode se dizer que Maomé... dos árabes.


A. Usou seus conhecimentos sobre outras religiões para criar
uma nova religião para seu povo.
B. Fundou o islamismo, eliminando qualquer semelhança da
 Com seu modelo de vida Maomé estimulou uma estreita
ligação entre política e religião no povo árabe.
nova religião com o cristianismo.
C. Defendia a adoração às imagens como uma forma de se
chegar à salvação.  Maomé deixou uma obra literária espiritual denominada
alcorão.
D. Aliou-se aos sacerdotes de seu povo para criar uma nova
e mais justa religião.
E. Era um homem comum, que sabia muito pouco sobre as A revolução religiosa foi provocada por cristãos que
outras religiões existentes no mundo. desejavam acabar com o islamismo.

20. Qual das alternativas abaixo NÃO é um dos pilares do  Maomé era considerado um guia espiritual, político e militar.
islamismo:
A. Declaração de fé em Alá;
B. Oração diária;
C. A peregrinação à Meca;
D. A prática do jejum religioso;
E. O culto às imagens de Maomé;

21. Sobre Meca e a religião dos antigos árabes julgue os itens em


Certo (C) ou Errado (E).
(C) (E) O principal centro de culto e peregrinação dos antigos
árabes era Meca, onde se localizava um santuário
conhecido como Caaba.
(C) (E) A intensa prática comercial em Meca transformou-a em um
centro religioso para todos os povos árabes.
(C) (E) Os guardiões de Meca eram integrantes da Tribo dos
coraixitas.
(C) (E) No interior da Caaba ficavam centenas de símbolos
religiosos de todos os clãs. Dentre esses símbolos
destacava-se a Pedra Negra, que, segundo a tradição era
branca, e escureceu devido aos pecados dos Homens.
(C) (E) A cidade de Meda ainda hoje é um grande centro religioso e
comercial no mundo árabe.

22. Leia o texto e responda as seguintes questões:

"Irã e Arábia Saudita disputam, com estratégias diferentes, a


liderança na expansão islâmica."
(FOLHA DE S. PAULO, jul. 1994, p. 3)

Com base no fragmento anterior e nos conhecimentos sobre


expansão islâmica, indique as afirmativas corretas:
(C) (E) A difusão do islamismo e a expansão de domínios
territoriais são ideais da Guerra Santa, ainda presentes
nos Estados árabes, em vias de reunificação política e
religiosa.
(C) (E) A religião criada por Maomé, unificadora das tribos árabes,
tem hoje milhões de seguidores espalhados pelo mundo,
especificamente na Ásia e na África.