Você está na página 1de 25

Citações e referências

Para evitar o plágio e ser original, é preciso encontrar


um equilíbrio entre a consulta de fontes bibliográficas e
a criação de ideias próprias!

http://onossomundo1.blogspot.pt/2011/02/originalidade.html
Antes de usar uma fonte

Qual o objetivo de incluir determinada fonte no seu trabalho:


 Contextualizar a informação sobre o seu tópico?
 Argumentar, colocar questões, sugerir uma linha de pensamento,
ou suscitar algum tipo de reação/provocação?
 A fonte funciona como uma autoridade que suporta uma afirmação
sua?
 A fonte constitui um contra-argumento que permita abrir uma
discussão?
Como identificar as fontes?
Devem ser identificadas de 2 formas:
No texto, de forma abreviada= citações diretas e indiretas

De forma detalhada no final do texto = bibliografia

Referenciar
É o processo usado para identificar os documentos usados como
suporte a determinado trabalho
Citações
Para que servem?
 Para identificar a obra de onde se retirou o trecho ou a ideia de outrem, indicando a sua
localização precisa
 Servem para apoiar ou discutir uma opinião

Onde se colocam?
 Entre parenteses no interior de um texto
 Em nota de rodapé
 No final de um capítulo

Quais as formas de citar no texto?


 Citações indiretas/conceptuais - reproduzindo as ideias de outrem por palavras nossas -
paráfrase
 Citações diretas/formais - transcrevendo fielmente as palavras de um autor recorrendo a aspas
Neste caso, a citação deve ser o mais curta possível, mas ainda assim deve ser interpretada e
mostrar como contribui para a argumentação do seu texto
Quando é preciso citar?
É preciso Não é preciso
Palavras exatas de um autor Conhecimento comum (factos/datas
que se podem encontrar em várias
fontes)
Quando se faz uma paráfrase ou um A análise ou crítica feita às ideias dos
resumo das ideias de um autor diferentes autores

Quando se usa um mapa, um gráfico, Na introdução, na conclusão, no


uma foto (independentemente do abstract
suporte)

A ideia de alguém ainda que expressa


por palavras nossas
Árvore de decisão sobre o que e quando citar?

Harris, Robert A. The Plagiarism Handbook: Strategies for Preventing, Detecting, and Dealing with Plagiarism. Los Angeles:
Pyrczak Publishing, 2001
Onde colocar a citação
 É importante que quem lê o seu trabalho saiba onde começa e onde acaba a
informação da fonte que está a utilizar

 Não se deve colocar a citação no final do parágrafo porque deixa o leitor na


dúvida (a citação diz respeito à última frase do parágrafo, ao parágrafo todo ou a
uma parte deste?)

 Para resolver esta questão, é melhor utilizar expressões como


Segundo Pereira (2003)……
Pereira (2003) sustenta que …..

 No final do trabalho, colocar a referência bibliográfica completa


Citações no texto
 Citações até 3 linhas - integrar no texto, entre aspas
Segundo Hansen, Stith e Tesdell (2011) “policies and other responses to the
issue focused on punitive, rather than on educative, measures.”

 Mais do que 3 linhas – colocar num parágrafo à parte, recuado 1cm em relação às
margens esquerda e direita do texto, devendo o espaçamento das linhas ser
menor ou colocado em itálico

Qualquer que seja a sua escolha, deve ser feito um comentário tendo em conta que
este deve se maior do que a citação!
Citar demasiado

 A tentação de citar em quase todas as frases pode indicar que não se


pensou o suficiente sobre o assunto

 Dispense mais atenção ao tema para que possam surgir e serem


desenvolvidas ideias próprias

 É importante ter em conta que não se deve fazer uma coleção de fontes,
de ideias e de factos. As citações devem ser apenas a base para que se
desenvolvam ideias ou o suporte a uma conclusão/teoria
Tipos de citações
As citações podem obedecer a 2 sistemas:
Sistema autor, data:
 Santos (2003) propôs….
 Um novo modelo de… foi proposto… tendo por base… (Santos, 2003)
 Se tiver 2 autores (Santos, Correia, 2003)
 Se tiver mais do que 3 autores (Santos, et al., 2007)

Sistema numérico :
 Cada referência bibliográfica é identificada com um número [1]; é colocada em
nota de rodapé na página onde está a citação e na Bibliografia no fim do
trabalho ou do capítulo; as referências devem ser colocadas por ordem
alfabética do apelido do autor. No caso de não ter autor, deve colocar-se pela
ordem alfabética do título
Expressões alternativas
 Idem = o mesmo – usa-se quando nos referimos ao mesmo autor

 Ibidem = no mesmo lugar/na mesma obra

 Op. Cit. = opus citatum = a obra citada- usa-se quando nos queremos referir à
citação anterior

 Apud = junto de/em – usa-se quando a citação está no texto de outro autor

 Cf. = conferir/confrontar/conforme (remete para outra obra)

 Vide = vede/veja – usa-se no sentido de “a exemplo de”

 Sic = tal e qual – usa-se quando é citada uma parte de um texto que contém
incorreções
Outras necessidades
Sempre que se omite parte do texto original, deve usar-se reticências
(…)

Sempre que é preciso esclarecer o sentido da citação, essa


explicação é colocada entre parenteses retos [ ]

Num trabalho académico, pode tomar-se a opção de manter a língua


original se entendermos que a tradução pode pôr em causa o rigor
da informação
Se for um trabalho destinado a um público diversificado, deve
fazer-se a tradução colocando (tradução nossa)/ [tradução nossa]
Normas bibliográficas
Existem inúmeras normas bibliográficas, embora os elementos (essenciais) que as
constituem sejam os mesmos:

 nome do autor
 data da publicação
 título
 nº da edição
 editora
 local da publicação
 volume
 páginas da obra ou páginas relativas à publicação referenciada

É comum cada área cientifica possuir o seu estilo próprio de apresentar as referências
bibliográficas
Que estilo usar?
Norma/Estilo Área Endereço
NP 405 (IPQ) Informação e Documentação, http://www.ipq.pt
(as citações podem ser numéricas, Educação, etc.
autor-data ou colocadas em nota)

APA (American Psychological Psicologia, Antropologia, História, http://www.apastyle.org/


Association) Ciências políticas
Sistema autor-data
IEEE (Institute of Electrical and Engenharias https://www.ieee.org/documents/style
Electronics Engineers) manual.pdf
Sistema numérico
Harvard Este sistema representa os Ciências Sociais http://www.harvard.edu/
estilos que definem as citações em
texto como autor-data (como é o caso
da APA e Chicago)
ACS (American Chemical Society) Química, Física, Engª Materiais http://pubs.acs.org/
Sistema numérico
ACM (Association for Computing Computação, Programação, http://www.acm.org/
Machinery) Computação aplicada, Design Web,
Sistema de citação misto (autor-data e Tecnologias da informação e da
numérico) educação, Gestão da informação, etc.
Referências bibliográficas
 As referências Bibliográficas:
Sustentam as ideias
Ilustram um pensamento
Comprovam a veracidade da informação
A referência permite ao leitor de determinado trabalho identificar de forma
inequívoca as fontes a que o autor recorreu como suporte do mesmo.

 O conjunto destas referências = bibliografia

 Se não as apontar, estou a fazer plágio = tomar como minhas, as palavras de


outro!
Referências bibliográficas
 Existem muitos estilos de referências bibliográficas, mas os dados são
sempre os mesmos. As variações ocorrem ao nível do local onde os
elementos da referência são colocados e o modo como são escritos( por
extenso ou abreviados)

 Para que uma referencia seja perceptível ao leitor dela devem constar
determinados elementos básicos, como no casos de livros, o autor, título,
local, editor e data ou, no caso de uma publicação periódica, autor, título
do artigo, título da revista, volume, n.º (issue) ano e páginas…

 Determinados estilos já comportam campos para identificar o DOI e o URL.


NP 405
Existe uma norma portuguesa que é a NP405.

Informação sobre as normas e estilos mais comuns disponiveis na


Internet
páginas dos serviços de documentação da Universidade de Aveiro e da
Universidade do Minho, entre outros
http://www.sdum.uminho.pt/Default.aspx?tabid=4&pageid=310&lang=
pt-PT
https://www.ua.pt/sbidm%5Cbiblioteca/normas
NP 405 – Identificação de documentos
19
Livros
Apelidos e Título
nomes dos
autores

FERREIRA, D. – SOS Física e Química 11º/12ºanos. Lisboa : Sebenta, 2008. ISBN 978-
972-799-181-5

Local de
Editor Ano
publicação

ISBN

NP 405-1.1994, Informação e Documentação – Referências


bibliográficas : Documentos impressos. IPQ
NP 405 – Identificação de documentos
 No caso de 1 artigo de revista

Apelidos e nomes Título do


dos autores artigo

 FIGUEIREDO, M. O. – Factores de estabilidade estrutural associados ao arranjo


dos catiões nas estruturas dos compostos iónicos. Revista Portuguesa de Química.
Lisboa. ISSN 0035-0419. Vol. 23 (1981). p.250-256

Ano Páginas Título da revista


ISSN Volume

NP 405-1.1994, Informação e Documentação –


Referências bibliográficas : Documentos impressos. IPQ
NP 405 – Identificação de documentos
 No caso de 1 CD-ROM:

Apelidos e nomes Título [Tipo de


dos autores documento]

 GIL, V. - Química 12ºano [Documento electrónico] : 12ºQ. Lisboa : Texto Editores, 2005.
ISBN 972-47-2791-2

Complemento Local de
de título publicação

NP 405-2.1998, Informação e Documentação –


Referências bibliográficas .Parte 2 : Materiais
não livro. IPQ
NP 405 – Identificação de documentos
 No caso de um site da Internet: Dizer que está
na Internet

 INSTITUTO SUPERIOR TÉCNICO – Extensão das reacções químicas [Em linha]. Lisboa :
Instituto Superior Técnico, 2005. [Consult. 19 Jan. 2010] Disponível em http://www.e-
escola.pt/topico.asp?id=351

Endereço Data de
electrónico consulta

NP 405-4.2003, Informação e Documentação –


Referências bibliográficas .Parte 4 : Documentos
electrónicos. IPQ
APA 6ª edição - Livro
Sequência dos elementos: Author. (Year). Title. City: Publisher.

Apelidos e Ano Título


nomes dos
autores

Harwood, L. M., & Claridge, T. D. W. (1996). Introduction to organic spectroscopy.


Oxford: Oxford University Press

Local de
publicação Editor
APA 6ª edição – Artigo de revista eletrónico
 Author. (Year). Title. Periodical Title, Volume(Issue), Pages. Retrieved from URL.
doi:
Apelidos e nomes Título do
dos autores Ano artigo

 López-Navarro, I., Moreno, A. I., Quintanilla, M. Á., & Rey-Rocha, J. (2015). Why do
I publish research articles in English instead of my own language? Differences in
Spanish researchers’ motivations across scientific domains. Scientometrics, 103(3),
939–976. http://doi.org/10.1007/s11192-015-1570-1

Título da revista Volume(n.)


Páginas
APA 6ª edição – Web page
 Author. (Year, Last Update Date). Title. Series Title. Retrieved date, from URL
Autor Título

 Shuttleworth, Martyn. (2009). Convergent Validity and Discriminant Validity. Retrieved


January 16, 2013, from http://explorable.com/convergent-validity.html

Data de Endereço
consulta electrónico