Você está na página 1de 1

JN DN TSF Dinheiro Vivo VMENU


Digital Plataforma O Jogo
10 Motor 24 Men's Health Women's Health Evasões V Mundo NM N-TV Delas CLASSIFICADOS ASSINAR DN PREMIUM

Catalães podem optar por estudar árabe ou... castelhano

INÍCIO / MUNDO

Catalães podem optar por estudar árabe


ou... castelhano
Para já só há 50 alunos inscritos em árabe, em quatro escolas. Mas a imprensa
conservadora de Madrid questiona a equiparação do árabe ao castelhano como línguas
de opção

© DR

DN
28 Outubro 2018 — 14:16
A questão principal é antiga: a Generalitat (governo catalão)
decidiu que a língua principal lecionada nas escolas é a local,
e não o castelhano. Se isso já era, como escreve o ABC, "motivo
de debate", agora intensificou-se. Isto porque, adianta o jornal
conservador, os alunos que assim o decidam "podem ter as
TÓPICOS
mesmas horas de língua e literatura castelhana que têm de árabe
Espanha
numa semana".
Mundo
Catalunha
À primeira vista, esta reação de jornais como o ABC, ou o El
árabe
Ensino
Mundo - que publicou ontem uma reportagem feita numa das aulas
de árabe em Barcelona -, pode parecer exagerada. As aulas de
árabe, que são lecionadas em apenas quatro escolas secundárias
da área metropolitana de Barcelona, foram escolhidas por um total
de 50 estudantes.

Este é, aliás, um projeto-piloto. Resulta de um acordo cultural


estabelecido entre os reinos de Espanha e de Marrocos, em 1980.