Você está na página 1de 12

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO MARANHÃO – UEMANET

POLO IMPERATRIZ - MA
CURSO DE LICENCIATURA EM MÚSICA

EVANYLSON
HARIDONES
ISAC LEVI
LEANDRO NOBRE

PRÁTICA CURRICULAR: Um estudo de caso sobre a aplicabilidade das


técnicas de ensino e aprendizagem na escola Amaral Raposo na cidade de
Imperatriz - MA

Imperatriz - MA
2018
EVANYLSON
HARIDONES
ISAC LEVI
LEANDRO NOBRE

PRÁTICA CURRICULAR: Um estudo de caso sobre a aplicabilidade das


técnicas de ensino e aprendizagem na escola Amaral Raposo na cidade de
Imperatriz - MA

Projeto de Pesquisa apresentado ao Campus de


Açailândia da Universidade Estadual do
Maranhão, para o Curso de Licenciatura em
Música como pré-requisito para a elaboração da
Monografia.

Orientador: Prof. Esp. XXXXXXXXXXXX

Imperatriz-MA
2018
SUMÁRIO
2 INTRODUÇÃO ......................................................................................................... 4
3 OBJETIVOS ............................................................................................................. 5
3.1 Objetivo Geral ...................................................................................................... 5
3.1 Objetivos Específicos ......................................................................................... 5
6 REFERENCIAL TEÓRICO....................................................................................... 6
7 METODOLOGIA ...................................................................................................... 7
7.1 Tipo de Pesquisa.............................................................................................. 7
7.2 Amostragem ..................................................................................................... 8
7.3 Coleta de Dados ............................................................................................... 8
8 CRONOGRAMA .................................................................................................... 10
9 RECURSOS ........................................................................................................... 11
9.1 Recursos Humanos ....................................................................................... 11
9.2 Recursos Materiais ........................................................................................ 11
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS ......................................................................... 12
4

2 INTRODUÇÃO

A educação é um dos principais fatores que podem contribuir para


alavancar a vida de um indivíduo, neste contexto temos que é primordial o cuidado
e acompanhamento da mesma, buscando verificar a solidez e eficácia da educação
dentro das escolas, onde ao ser ofertada às crianças, muitas vezes não atendem
as necessidades que os alunos carecem.
Desse modo a pesquisa aqui executada tem como finalidade buscar
conhecer a realidade do professor e aluno, isso tendo em vista que devido ao
histórico conturbado e problemático que a educação possui no Brasil, é válido e
necessário atacar o problema de perto, buscando as alternativas cabíveis para a
execução de qualquer medida para melhorar a educação oferecida aos alunos.
Contudo se contempla no trabalho aqui apresentado, um olhar sobre a
prática curricular dentro de uma escola na cidade de Imperatriz- MA. Lançando mão
da pesquisa com os professores, os quais estão inteiramente ligados aos alunos e
as condições que muitas vezes por falta de investimentos não são os melhores,
além da desvalorização salarial, político e social do professor dentro do cenário
educacional brasileiro.
Assim baseando-nos nas vivências e no cotidiano da escola objeto da
pesquisa, a pesquisa tem como objetivo principal investigar o real efeito do plano
político pedagógico, e buscar traçar um paralelo entre a sua real fluidez e os
percalços que impossibilitam o impacto positivo das práticas curriculares na vida
educacional do aluno.
Por fim vale ressaltar que o estudo aqui apresentado também se vale de
citações de autores renomados da área educacional, buscando assim fortalecer e
elevar ao píncaro da ciência este estudo, também proporcionando qualidade e
assertividade sobre o tema abordado.
5

3 OBJETIVOS

3.1 Objetivo Geral

Investigar se a prática curricular apresentado na Escola Amaral Raposo


na cidade de Imperatriz – MA, favorece a formação eficaz do aluno.

3.1 Objetivos Específicos

Analisar as práticas curriculares na Escola Amaral Raposo, indagando se a


mesma condiz com a realidade dos alunos

Identificar as principais dificuldades dos professores quanto ao plano de


práticas curriculares na escola Amaral Raposo.

Avaliar o índice de aprovação e de eficiência das práticas curriculares na


escola Amaral Raposo, na perspectiva do professor.
6

6 REFERENCIAL TEÓRICO

A educação é um dos pilares de toda e qualquer sociedade, é através


dela que há a possibilidade da convivência e da socialização, que possibilita ao
homem a interação com os outros indivíduos e perpetua a passagem do mesmo na
linha temporal da vida, através dos feitos e conquistas.

A sociedade é concebida como essencialmente harmoniosa, tendendo a


integração de seus membros. A marginalidade é, pois, um fenômeno
acidental que afeta individualmente um número maior ou menor de seus
membros, o que, no entanto, constitui um desvio, uma distorção que não
pode como deve ser corrigida (SAVIANI, 2003: 04).

O autor faz menção quanto a sociedade, a sua natureza que é


originalmente harmoniosa, entretanto com as desigualdades sociais que recorrem
em nosso meio há tendência de, contrariando a natureza harmoniosa original da
sociedade, ocorrer a marginalização dos indivíduos, uma vez que a falta de
oportunidades pode alterar as percepções dos atores sociais.

a sociedade como sendo essencialmente marcada pela divisão entre grupos


ou classes antagônicas que se relacionam à base da força, a qual se
manifesta fundamentalmente nas condições de produção da vida material.
Nesse quadro a marginalidade é entendida como um fenômeno inerente à
própria estrutura da sociedade (SAVIANI, 2003: 04).

Assim, notando a importância da educação na vida social do ser humano,


podemos afirmar que apesar de ser fator diferencial para as culturas sociedades e
civilizações, ainda temos várias barreiras quando tratamos da educação no Brasil,
isso porque, a dificuldade na elaboração e execução das políticas voltadas para o
ensino é somada com as condições precárias em sala de aula, com a falta de
material de apoio para os professores e com a desmotivação que muitas vezes é o
sistema de ensino público.

Neste ponto é imprescindível o cuidado, uma vez que, o conhecimento


por ser estratégico, é também fator diferencial no âmbito da individualidade de cada
ser, o que reflete o alto grau de prejuízo quando nos voltamos para a escola que não
é capaz de oferecer os subsídios básicos para a formação do ser tanto socialmente
quanto intelectualmente. MORIN (1980 p. 14) cita que:
7

É a viagem em busca de um modo de pensamento capaz de respeitar a


multidimensionalidade, a riqueza, o mistério do real; e de saber que as
determinações – cerebral, cultural, social, histórica – que impõem a todo o
pensamento, co-determinam sempre o objecto de conhecimento. É isto que
eu designo por pensamento complexo.

Assim podemos afirmar de acordo com o autor que a educação possibilita


ao ser humano pontos de vista que melhoram a sua percepção sobre a realidade e
sobre a sua sociedade e sua condição como ator social, interagindo e contribuindo
de forma significativa para o crescimento e valorização da mesma.

7 METODOLOGIA

7.1 Tipo de Pesquisa

Do ponto de vista de seus objetivos, o presente trabalho pode ser


considerado como pesquisa descritiva, sendo uma pesquisa que o pesquisador
apenas registra e descreve os fatos observados sem interferir neles. “Visa a
descrever as características de determinada população ou fenômeno ou o
estabelecimento de relações entre variáveis”. (PRODANOV, FREITAS. 2013 p. 52).

“A natureza dessa pesquisa é aplicada, pois “objetiva gerar


conhecimentos para aplicação prática e dirigidos á solução de problemas
específicos. Envolve verdade e interesses locais” (SILVA, 2005, p. 20).

A forma da abordagem do problema foi a pesquisa quantitativa que,


segundo Silva (2005):

Tudo pode ser quantificável, o que significa traduzir em números opiniões e


informações para classificá-las e analisá-las. Requer uso de recursos e de
técnicas estatísticas (percentagem, média, moda, mediana, desvio-padrão,
coeficiente de correlação, análise de regressão, etc.).

O método survey ocorre quando este tipo de pesquisa envolve a


interrogação direta das pessoas cujo comportamento desejamos conhecer através
de algum tipo de questionário.
8

Os procedimentos técnicos referem-se ao levantamento que, segundo o


autor, ocorrem quando “a pesquisa envolve a interrogação direta das pessoas cujo
comportamento se deseja conhecer”.

7.2 Amostragem

A amostra desta pesquisa foi composta de nove pessoas, professores da


escola estudada. Utilizou-se técnica de amostragem não probabilística, que provoca
obter uma amostra de elementos convenientes. A escolha dos clientes internos para
responder está diretamente relacionada ao propósito da pesquisa.

Segundo Gil (2008, p. 55),

Os levantamentos por amostragem desfrutam hojede grande popularidade


entre os pesquisadores sociais, a ponto de muitas pessoas chegarem
mesmo a considerar pesquisa e levantamento social a mesma coisa.

A população foi proveniente de professores que diretamente atuam na


educação das crianças na escola Amaral Raposo.

7.3 Coleta de Dados

Segundo Fachin (2016, p. 155), “a coleta de dados deve ser efetuada


diretamente na fonte de informações com o objeto de estudo, ou seja, diretamente
com o indivíduo sobre o qual recaiu a amostragem”.

Desta forma, utiliza-se de qualquer forma de administração


(questionários, formulários para anotações de observações, tópicos a serem
seguidos durante uma pesquisa).

As instruções devem esclarecer o propósito de sua aplicação, ressaltar a


importância da colaboração do informante e facilitar o preenchimento.

O questionário do presente estudo foi formado por 17 questões


enunciadas como fechadas, de forma organizada e sistematizada, com o objetivo de
explorar o Endomarketing enquanto ferramenta de gestão de telecomunicações.
9

Questões fechadas apresentam um conjunto de alternativas de respostas para que o


respondente escolha a melhor alternativa que representa sua opinião.
10

8 CRONOGRAMA

Tabela 02: Cronograma de Atividades

PROJETO DE PESQUISA ANO 2018


ETAPAS DO PROJETO AGO SET

Escolha – Delimitação do
X
tema
FundamentaçãoTeórica X
Redação do Projeto de X
Pesquisa
Revisão lingüística e
formatação X
Revisão final e entrega do
projeto x
Fonte: Autor do Projeto de Pesquisa (2018)
11

9 RECURSOS

9.1 Recursos Humanos

Descrição Quantidade

Professor orientador 00
Alunos pesquisadores 04
Clientela da amostra selecionada 09

9.2 Recursos Materiais

Descrição Valores Estimados

Notebook Zmax R$ 900,00


Impressora Epsom 1515 R$ 300,00
Tinta para impressora R$ 105,00
Papel A4 (02 resmas) R$ 36,00
Compra de livros R$ 150,00
Deslocamento R$ 30,00
Lápis com borracha R$ 2,00
Caneta esferográfica R$ 3,00
Clips R$ 5,00
Digitação e formatação R$ 80,00
Total R$ 1.690,00
12

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

FACHIN, Odília. Fundamentos de Metodologia, 5 ed .São Paulo: SARAIVA, 2016.


GIL, A. C. Métodos e técnicas de pesquisa social. 6. ed. São Paulo: Atlas, 2008.

MORIN, Edgar. O paradigma perdido: a natureza humana. 4. ed. Portugal,


Publicações. Europa-América.

PRODANOV, Cleber Cristiano.Metodologia do trabalho científico : métodos


etécnicas da pesquisa e do trabalho acadêmico. – 2. ed. – Novo Hamburgo:
Feevale,2013.

SAVIANI, Dermeval. Escola e Democracia: teorias da educação, curvatura da vara.


32ª edição – Campinas, Autores Associados, 2003.

SILVA, Edna; MENEZES, Estera Muszkat. Metodologia da pesquisa e elaboração


de dissertação. 4. ed. Florianópolis: UFSC, 2005.