Você está na página 1de 4

INTERVALO

Intervalo significa distância. Intervalo é a distância entre dois sons. Os


intervalos podem ser classificados quanto a sua forma e sua estrutura.

CLASSIFICAÇÃO DE INTERVALOS QUANTO A SUA FORMA

a) ascendente ou descendente

Ascendente: primeira nota mais grave que a segunda.


Descendente: segunda nota mais grave que a primeira.

b) melódico ou harmônico

Melódico: formado por notas sucessivas.


Harmônico: formado por notas simultâneas.

Obs.: no intervalo harmônico, não há classificação quanto ascendente ou


descendente.

c) simples ou composto

Simples: intervalo de, no máximo, uma oitava.


Composto: intervalo com mais de uma oitava.

d) conjunto ou disjunto

Conjunto: formado por notas consecutivas.


Disjunto: formado por notas não consecutivas.

Professor Cleverson Natali


CLASSIFICAÇÃO DE INTERVALOS QUANTO A SUA ESTRUTURA

a) Classificação numérica

A classificação numérica é feita pela contagem de notas existentes dentro


intervalo. Contamos a nota que é o ponto de partida até a nota que representa o
ponto de chegada do intervalo (contando as notas que estão entre elas sem levar
em consideração qualquer sinal de alteração). De acordo com a quantidade de
notas que possui, o intervalo é classificado como:

Primeira (1ª) – se contêm uma nota

Segunda (2ª) – se contêm duas notas

Terça (3ª) – se contêm três notas

E assim por diante: Quarta (4ª) – se contêm quatro notas, Quinta (5ª) – se
contêm cinco notas, Sexta (6ª) – se contêm seis notas, Sétima (7ª) – se contêm
sete notas, Oitava (8ª) – se contêm oito notas, Nona (9ª) – se contêm nove notas,
Décima (10ª) – se contêm dez notas, Etc.

b) Classificação qualitativa

Intervalos simples

Para a classificação qualitativa do intervalo, devemos seguir os seguintes


passos:

Professor Cleverson Natali


1º - Faça a classificação numérica do intervalo.
2º - A nota mais grave do intervalo ira funcionar como uma tônica; a
tônica de uma escala maior. Monte a armadura desta escala.
3º - Compare a nota mais aguda do intervalo com a nota de mesmo
nome que aparece na armadura. Se forem iguais, então use a tabela a
seguir:

Classificação numérica Classificação




Justa




Maior

4º - Caso não sejam iguais, conte a quantidade de tons e semitons que


existem entre a nota mais aguda do intervalo e a nota de mesmo nome
que aparece na armadura, seguindo o caminho ascendentemente ou
descendentemente, e siga uma das tabelas a seguir:

TABELA 1 - PARA INTERVALOS DE 1ª, 4ª, 5ª e 8ª.


1
1 tom Nota mais aguda do intervalo é a nota 1 semiton 1 tom
semitom
abaixo que aparece na armadura acima acima
abaixo
Super Super
Diminuto Justo Aumentado
diminuto aumentado

TABELA 2 - PARA INTERVALOS DE 2ª, 3ª, 6ª e 7ª.

1 tom e 1 Nota mais aguda do intervalo é


1 tom 1 semiton 1 tom
meio semitom a nota que aparece na
abaixo acima acima
abaixo abaixo armadura

Super Super
Diminuto Menor Maior Aumentado
diminuto aumentado

Ex.1:

Professor Cleverson Natali


1º - Pela classificação numérica, o intervalo é uma sexta (6ª). Note que o
sinal de alteração não faz diferença alguma para esta classificação.
2º - A nota mais grave deste intervalo é o “Lá”, que corresponde a tônica
da armadura a ser usada, ou seja, montamos a armadura de Lá Maior.

3º - Comparando a nota mais aguda do intervalo com a nota do mesmo


nome na armadura, podemos ver que as duas são iguais.
Dessa forma a classificação qualitativa é maior. O intervalo então é
classificado como 6ª maior.

Ex.2:

1º e 2º passos - iguais ao ex. 1.


3º - Comparando a nota mais aguda do intervalo com a nota do mesmo
nome na armadura, podemos ver que as duas são diferentes.
4º - Contamos a quantidade de tons e semitons que existem entre a
nota da armadura e a nota mais aguda do intervalo (começamos a
contar da nota da armadura e verificamos se o intervalo é descendente
ou ascendente).
5º - A contagem resultou em 1 tom descendente (1 tom abaixo).
Observando a tabela 2, classificamos o intervalo qualitativamente como
diminuto. O intervalo então é classificado como 6ª diminuta.

Obs.1: Não é recomendável classificar intervalos por distância de tons e


semitons (Ex: 5ªJ = 3t e 1st), pois isso acarretará em dificuldades de
entendimento de matérias posteriores (classificando por tom e semitom fazemos
apenas uma conta matemática, enquanto que com a utilização das armaduras
relacionamos as notas dentro de uma tonalidade).
Obs.2: o intervalo de 1ªJ também é chamado de uníssono.

Professor Cleverson Natali