Você está na página 1de 8

CADERNO DE EXERCÍCIOS 2C

Ensino Médio – Códigos e Linguagens

Habilidade da
Questão Conteúdo
Matriz da EJA/FB
1  Literatura barroca  H36

2  Arte barroca  H68

 Frases no futuro de texto em  H55, H62


3
inglês e argumentação
4  Arte e literatura do Renascimento  H36, H68
 Analisar o significado das palavras  H28
de acordo com as convenções
5
ortográficas e na acentuação
gráfica

1. Leia o poema “À mesma D. Ângela”, de Gregório de Matos e observe a pintura “O jardim do


amor” (1632-1634), de Pieter Paul Rubens:

À mesma D. Ângela

Anjo no nome, Angélica na cara,


Isso é ser flor, e Anjo juntamente,
Ser Angélica flor, e anjo florente,
Em quem, senão em vós se uniformara?

Quem veria uma flor, que a não cortara


De verde pé, de rama florescente?
E quem um Anjo vira tão luzente,
Que por seu Deus, o não idolatrara?

Se como Anjo sois dos meus altares,


Fôreis o meu custódio, e minha guarda
Livrara eu de diabólicos azares.

Mas vejo, que tão bela e tão galharda,


Posto que os Anjos nunca dão pesares,
Sois Anjo, Que me tenta, e não me guarda.

1
Caderno de exercícios
Disponível em: <http://gregmatoslirico.blogspot.com.br/2012/01/mesma-d-angela.html>. Acesso em: 29 nov.
2013. 9h25min.

Vocabulário:
Florente: que está florido.
Custódio: que tem a função de guardar ou proteger alguém ou algo.
Galharda: elegante.

Disponível em: <http://www.aluzdaluz.com.br/barroco.htm>. Acesso em: 27 nov. 2013. 16h50min.

A seguir, há alguns versos retiradas do poema “À mesma D. Ângela”. Observe que neles há
características do Movimento Literário Barroco.

a) Por meio de que figura o poema retrata a mulher?


____________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________

b) Essa figura retrata o bem ou o mal?


____________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________
c) No poema há a citação de algo que remeta ao mal?
____________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________
2
Caderno de exercícios
d) Podemos afirmar que uma das características do barroco é o conflito entre o bem o mal? Por
quê?
____________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________

e) Como o homem se sente com relação à mulher? Ele a admira?


____________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________

f) Associe os versos (à esquerda), retirados do poema, à sua característica correspondente (à


direita), de acordo com a numeração correspondente:

I – presença do divino ( ) Que por seu Deus, o não idolatrara?


II – prazer da carne / pecado ( ) Sois Anjo, Que me tenta, e não me guarda.
III – referência ao mal ( ) Livrara eu de diabólicos azares.

________________________________________________________________________________

2. Sobre o quadro “O jardim do amor”, responda:

a) A obra apresenta a impressão de movimento?


____________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________

b) Existe a presença do divino no quadro? De que maneira?


____________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________

c) Essa obra apresenta detalhes como linhas contorcidas dos corpos e das pregas das roupas e
contrataste entre claro e escuro, ou os detalhes são desenhados linearmente, sem contrastes
de luminosidade?
____________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________

d) A seguir, há algumas características do Movimento Literário Barroco. Algumas delas estão


presentes no poema de Gregório de Matos e no quadro “O jardim do amor”, assinale
características que fazem parte das duas obras:

3
Caderno de exercícios
Culto do Contraste, conflito entre o bem e o mal, o Céu e Inferno, Deus e o Diabo, o material
( )
e o espiritual, o pecado e o perdão…
Preocupação com a transitoriedade da vida: por ser curta a vida não permite que o homem
( )
a viva intensamente como seria seu desejo.
Presença de impressões sensoriais: usando seus sentidos o homem tenta captar todo o
( )
sentimento da miséria humana ressaltando seus aspectos dolorosos e cruéis.
( ) O homem dividido entre o desejo de aproveitar a vida e o de garantir um lugar no céu.
Conflito existencial gerado pelo dilema do homem dividido entre o prazer pagão e a fé
( )
religiosa.
( ) Detalhismo e rebuscamento - a extravagância e o exagero nos detalhes.
Contradição - é a arte do contraditório, onde é comum a ideia de opostos: bem X mal,
( )
pecado X perdão, homem X Deus.
_________________________________________________________________
3. Enem. 2012. Caderno Amarelo.

Aproveitando-se de seu status social e da possível influência sobre seus fãs, o famoso músico
Jimi Hendrix associa, em seu texto, os termos love, power e peace para justificar sua opinião
de que

a) a paz tem o poder de aumentar o amor entre os homens.


b) o amor pelo poder deve ser menor do que o poder do amor.
c) o poder deve ser compartilhado entre aqueles que se amam.
d) o amor pelo poder é capaz de desunir cada vez mais as pessoas.
e) a paz será alcançada quando a busca pelo poder deixar de existir.

4
Caderno de exercícios
4. Enem. 2012. Caderno Amarelo.

LXXVIII (Camões, 1525?-1580)

Leda serenidade deleitosa,


Que representa em terra um paraíso;
Entre rubis e perlas doce riso;
Debaixo de ouro e neve cor-de-rosa;
Presença moderada e graciosa,
Onde ensinando estão despejo e siso
Que se pode por arte e por aviso,
Como por natureza, ser fermosa;
Fala de quem a morte e a vida pende,
Rara, suave; enfim, Senhora, vossa;
Repouso nela alegre e comedido:
Estas as armas são com que me rende
E me cativa Amor; mas não que possa
Despojar-me da glória de rendido.

CAMÕES, L. Obra completa. Rio de Janeiro: Nova Aguilar, 2008.

SANZIO, R. (1483-1520). A mulher com o unicórnio. Roma, Galleria Borghese. Disponível em:
<www.arquipelagos.pt>. Acesso em: 29 fev. 2012.

5
Caderno de exercícios
A pintura e o poema, embora sendo produtos de duas linguagens artísticas diferentes,
participaram do mesmo contexto social e cultural de produção pelo fato de ambos

a) apresentarem um retrato realista, evidenciado pelo unicórnio presente na pintura e


pelos adjetivos usados no poema.
b) valorizarem o excesso de enfeites na apresentação pessoal e na variação de atitudes da
mulher, evidenciadas pelos adjetivos do poema.
c) apresentarem um retrato ideal de mulher, marcado pela sobriedade e o equilíbrio,
evidenciados pela postura, expressão e vestimenta da moça e os adjetivos usados no
poema.
d) desprezarem o conceito medieval da idealização da mulher como base da produção
artística, evidenciado pelos adjetivos usados no poema.
e) apresentarem um retrato ideal de mulher, marcado pela emotividade e o conflito
interior, evidenciados pela expressão da moça e pelos adjetivos do poema.
__________________________________________________________________________________

5. Leia a letra da música “Vozes da Seca”, de Luiz Gonzaga:

Vozes da Seca

Seu doutô os nordestino têm muita gratidão


Pelo auxílio dos sulista nessa seca do sertão
Mas doutô uma esmola a um homem qui é são
Ou lhe mata de vergonha ou vicia o cidadão
É por isso que pidimo proteção a vosmicê
Home pur nóis escuído para as rédias do pudê
Pois doutô dos vinte estado temos oito sem chovê
Veja bem, quase a metade do Brasil tá sem cumê
Dê serviço a nosso povo, encha os rio de barrage
Dê cumida a preço bom, não esqueça a açudage
Livre assim nóis da ismola, que no fim dessa estiage
Lhe pagamo inté os juru sem gastar nossa corage
Se o doutô fizer assim salva o povo do sertão
Quando um dia a chuva vim, que riqueza pra nação!
Nunca mais nóis pensa em seca, vai dá tudo nesse chão
Como vê nosso distino mercê tem nas vossa mãos

Disponível em: <http://letras.mus.br/luiz-gonzaga/47103/>. Acesso em: 20 nov. 2013. 10h.

A música “Vozes da Seca” apresenta algumas palavras que são entendidas, mas que
ortograficamente, não estão corretas. Identifique essas palavras e escreva-as da maneira
correta.

____________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________

6
Caderno de exercícios
____________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________

GABARITO COMENTADO

1. H36.
a) A mulher é retratada por meio da figura de um anjo.
b) A figura de um anjo retrata o bem.
c) Sim. No momento em que o eu-lírico pede para ficar livre de diabólicos azares.
d) Sim. Uma das características do Barroco é a presença da contradição, de ideias opostas, conhecida
também como antítese.
e) O homem admira a mulher. Ele a vê como um anjo, pura, que o protege e ao mesmo tempo, a
deseja, o que considera um pecado por ser um prazer da “carne”.
f)
I – prazer da carne / pecado ( II ) Que por seu Deus, o não idolatrara?
II – presença do divino ( I ) Sois Anjo, Que me tenta, e não me guarda.
III – referência ao mal ( III ) Livrara eu de diabólicos azares.

Todas as características barrocas, presentes no poema de Gregório de Matos, associam a mulher à


figura de um anjo e a remetem ao mundo espiritual e à pureza angelical contida no próprio nome
“Ângela”. Diferente do papel do anjo que é o de proteger, o papel da mulher é o de seduzir o homem
e levá-lo ao pecado – “Sois Anjo, que me tenta, e não me guarda”.

2. H68.
a) Sim. Ao analisarmos o quadro, vemos que as pessoas não estão apenas conversando, vemos que
estão sentando, andando ou posicionando-se para outras ações. Assim como os anjos que voam e
cercam os seres humanos.

b) O divino é representado pelos anjos que aparecem, ou sobrevoando os homens e as mulheres ou


tocando-os, como se os estivessem protegendo.

c) A obra apresenta detalhes como linhas contorcidas dos corpos e das pregas das roupas e contraste
entre claro e escuro, típicas características das obras barrocas.

d)
Culto do Contraste, conflito entre o bem e o mal, o Céu e Inferno, Deus e o Diabo, o material
(x)
e o espiritual, o pecado e o perdão…
Preocupação com a transitoriedade da vida: por ser curta a vida não permite que o homem
( )
a viva intensamente como seria seu desejo.
Presença de impressões sensoriais: usando seus sentidos o homem tenta captar todo o
( )
sentimento da miséria humana ressaltando seus aspectos dolorosos e cruéis.
(x) O homem dividido entre o desejo de aproveitar a vida e o de garantir um lugar no céu.
(x) Conflito existencial gerado pelo dilema do homem dividido entre o prazer pagão e a fé
7
Caderno de exercícios
religiosa.
(x) Detalhismo e rebuscamento - a extravagância e o exagero nos detalhes.
Contradição - é a arte do contraditório, onde é comum a ideia de opostos: bem X mal,
( )
pecado X perdão, homem X Deus.

3. H55, H62. ALTERNATIVA B.


Uma tradução possível à frase de Jimi Hendrix When the power of love overcomes the love of power,
the world will know peace é: “Quando o poder do amor for mais forte que o amor pelo poder, o
mundo conhecerá a Paz”. A frase the world will know Peace foi construída com o verbo will para
sugerir a ideia de algo que poderá acontecer no futuro. O ponto de vista do compositor é o de que a
paz será encontrada quando o sentimento de amor superar o desejo de poder, o que conduz à
alternativa B.
Vocabulário:
Overcome: superar.

4. H36, H68. ALTERNATIVA C.


O Renascimento, conforme retratado na aula 2 de Artes Plásticas, valorizou o equilíbrio para
representar a realidade e a figura feminina. A pintura renascentista primava por simplicidade de
detalhes, semblantes serenos e noção de profundidade (perspectiva), como mostram a fisionomia
serena da mulher, a presença de poucos adornos e do unicórnio, ser mitológico que remetia à pureza
feminina. A literatura valorizava como qualidades da mulher ideal a sensatez, a moderação, a beleza
serena e suave, como sugerem os adjetivos do poema: leda, moderada, graciosa, suave, doce, cor-
de-rosa. A compreensão desses elementos conduz à alternativa C.

5. H28. douto – doutor; dos sulista – dos sulistas; qui – que; pidimo – pedimos; vosmicê – vosmecê;
home – homem; pur – por; nóis – nós; escuído – excluído; rédias – rédeas; pudê – poder; chovê –
chover; cumê – comer; barrage – barragem; cumida – comida; açudage – açudagem; ismola- esmola;
estiage – estiagem; pagamo – pagamos; inté – até; corage – coragem; distino – destino; nas vossa –
nas vossas.

8
Caderno de exercícios

Você também pode gostar