Você está na página 1de 16

0.

RETORES:
Fundador dos

DIÁRIO DE NOTICIAS
Ernesto Corrêa "Diários
Assoclsdos"

Nelson Dlmss
Assis CHATEAUBRIAND

ANO XLIV - N.° 185 - NCr$ 0,20 PORTO ALEGRE, «SÁBADO, 5 DE OUTUBRO DE 1968 FUNDADO A 1.° DE MARÇO DE 1975

WÊ W0W^^^^'WmW^mWmWZ: "
Esses camponeses
iftm^MS**''''^ ¦• iv ;

tristes e suas

terras ameaçadas
,*£ÊsmW-'M!'s&'~'*¦'¦"t'Í*À^^^S*Eí "ii.'-*^tj^'!' ¦•*''¦'¦ '«"*•£*'¦• -aa ¦-..•"• tm fHrj I

^^^^^^^^^^^^^^^^^^

O Banhado do Colégio i hoje um lugar de muita» injuiticai. Homen» amargurado» trabalham o campo que lhe» pertence, uma potte que é cada dia mait difícil
mm terra. Muito» outro» ettão Esta é uma da» grande» reportagem do DN, amanhã.
do nwnter, porque homen» poderoio» também querem já partiram, partindo.

"Roda
Elenco do Viva" apanha de cassetete
rádio e uma dupla. Ao todo, quatro
Repetiu-se aqui, ontem, à noite,
o que ocorreu em São Paulo, com os homens para cuidar do «lenço da
A VÍTIMA Agitação
elementos integrantes do elenco da peça de Chico Buarque de Hollanda.
Desastre "Roda Viva", de Chico Buar- O pessoal do hotel conta pouca
peça
violen- coisa. A turma mudou pouco depois
que de Hollanda. íles foram continua em
mata 23 tamente surrados, ontem, por um do incidente. O chão está lavado,
mas há alguns respingos de sangue.
Paraná grupo de homens armados de casse-
no Paulo Antônio pede que ninguém
tetes. Sâo Paulo
CUR11IBA. 4 (Me-
ridional 1 — A morte
Às nove da noite havia uma reu-
nião misteriosa no Parque da Re-
transmita noticias alarmantes.
Nossas famílias podem ficar »»m ,«
«á™

^i^in'^i^l^l^l^l^l^lE'^l^l^iB^I^B
¦
está na estrada Tre-
ze pessoas morreram,
denção, perto da Faculdade de Filo- preocupadas em São Paulo. Digam m\ ¦
m\wm¥(
'¦ -¦
mwwmmt
SM
mi LO,
BRASÍLIA e SAO PAU-
4 (Meridional)
— Os

ontem, perto de Cor- sofia. Naquela hora, o elenco de que foi coisa leve, sem importância. accnteclmentos de ontem,
"Roda Viva" tomava o ônibus da Em- Mas registrem o fato. Telefonem às t.n São Paulo, tiveram re.
nélio Procópio, na es-
percussão na Câmara, em
sucursais dos jornais de São Paulo,
presa Minuano para Sao Paulo. An-
trada federal BR-116. i^i*^i*^i*^i*^i*^i*^i*a^i*^i*^i*^i*^i*^i*^i*flPf* ''>'-'"'^^>a^>a^>B Brasília. Na sessão de on-
Um caminhão que tes resolveram dar uma chegada na por favor. ttm, David Lerer declarou
"os
trazia 74 agricultores acontecimentos de
sede da empresa, na Voluntários da tle não quer que os repórteres que
chocou-se com outro (.uarta e quinta-feira em
caminhão que trans- Pátria esquina da Conceição. Como subam para o quarto onde estão ou- tém raízes e
i>ào Paulo,
portava bebidas ga- estava tarde, a viagem foi adiada. troa quatro colegas seus. Falam que m\Wm motivações multo mais
sosas. Outras 40 pes- Mes estão apavorados. Os repórteres p.ofundas que as de am
As 10 da norte, na esquina da Wm^M^^^^ÊMs*4à^s*íjÊm
soas saltam feridas e insistem e éle cede simples conflito entre es-
foram internadas no Voluntários da Pátria oom Dr. Flô- tudantes universitários tt-
Hospital de Cornéllo res pararam cinco carros, eram três
"Volks" e dois "Simca". Deles des-
No apartamento sete, do primeiro WÊ iWíWmmWm^^^m^^^^ vais". O vlce.líder do M.
"o
Procópio A polícia andar, ninguém abre a porta sem D. B. sustentou que
não definiu, ainda-
ceram uns trinta homens armados saber quem vai entrar. Os reporte- Movimento Anti-comunls-
qual o veículo causa- res entram com Paulo Antônio. En- * i*^*^^H ¦lrclsP« ta — MAC — e o Coman-
dor do acidente Mas
de cassetetes de madeira. O pessoal pHÍH 8*S81BBB><iÉ''' ^*t do de Caça aos Comunis-
se sabe que não é re- de "Roda Viva" que voltava para o tão, os artistas começam a mostrar tas — CCC — utilizaram-
guiar transporta, gen- Hotel Rlsohon começou a apanhar. os ferimentos. Tém escoriações pe- se dos esudantes do Ins-
las costas. tltuto Mackenzle com o
te em caminhões car- Correram para o hotel • continua- i-^p^^H HmH .Bi objetivo claro de desmora-
gueiros abertos A
ram a apanhar. Foi coisa para matar a gente.
vale lizar o movimento univsr-
proibiçãr para
todo território nacio- O hotel é novo, foi Inaugurado há A sorte foi que deu para correr. '^^JB SSaff.aJsSs! iB^^^^BsSW Liai sitárlo". Para apoiar a te-
"hall" ficou cheio de san- Não batam fotos, por favor. se, o parlamentar afirmou
naL pouco. O
também. Então os Um repórter quer usar o telefo- que a Policia foi omissa-
gue, a calçada Enquanto Isso, em São
homens de cassetetes de madeira ne. lies dizem que não. Falam em '¦¦'¦¦m0 mm¥'*^mW^M Paulo, os estudantes fa-
correram para os carros e fugiram. telefone censurado. O repórter con- (. "^B BM^*^J ziam mais uma manifes-
¦êmM B»^l!^^''íMWlff^
Os artistas feridos subiram para o segue ligar para seu jornal e dali »-*ap a^WzWaiiiiií^^n' tação, conforme tinham
;'m combinado ontem à noite,
transmite as informações que tém.
Peru agora quarto. O organista Romário foi le- M m^tM mm^^MÊm^WMrsmWêVW em assembléia. A passea-
vado para o Pronto Socorro. Levou 86 pode ter sido o pessoal do ta saiu mais ou menos às
um ponto no nariz. Voltou para o Gomando de Caça aos Contribuintes. 14 horas, depois do intèr-
ro do secundarlsta José
ê todo ele hotel quase meia-noite, com o rosto tles já bateram na gente no Teatro
Ruth Escobar, em São Paulo. Eu le-
Guimarães, que morreu
inchado. durante a manifestação
Na frente do hotel, havia apenas vei um televisor pelas costas. de ohtera. com um tiro na
Nunca mais elenco nenhum de
ditadura uma dupla de Pedro e Paulo. Quan-
A
cabeça-
Só por volta das 10 ho-
do o carro da reportagem passou Sio Paulo vem a Porto Alegre.
ras da noite é que os es-
O novo governo pela Farrapos, haviam mais de 50 culpa não é do público, que é muito tudantes
no, exclusivamente militar
perua-
brigadianos, alguns armados de fu- educado. Os fanáticos é que fazem ii^p«ifl HsIHbs! b dos.
foram
Para isso, a
dissolvi-
Polícia
e presidido pelo general tudo. empregou bombas de
Juan Velasco
zis. Eles estavam policiando o trân- WS» ^mmmWtâ$9mmm\*lSm HlisfB! HB
gás
de divisão e outras de efeito moral.
Alvarado, dominava com- sito. No meio da conversa, a portaria
Os estudantes depreda-
plf lamente a situarão no No saguão, Paulo Antônio, o ar- telefona avisando que continuam as ram agência do Bancc do
Peru. 24 horas depois de tista principal da peça, fala para os ameaças. Pelo telefone externo, ai- Brasil situada na Praça
ter sido deposto o presi- "pau vai Antônio Prado,
dente constitucional Be- repórteres. Êle não apanhou, mas guém disse que o quebrar ai no centro
da capital paulista. E. se.
launde Terry. Apenas as lamenta o que aconteceu com os co- de novo". Os artistas se apavoram.
ajBJP** *?i-' '-Brea^i» mm. gundo a Polícia, a Ude-
incipientes reações da ma legas. Pede ao tenente Mello, da Um diz: rança esteve a cargo de
nnã e da noite de quinta- PRM, que busque seus colegas qus Quando a gente chegar em São Luiz Travassos, presidenta
feira se opuseram ao gol- da ex-UNE; José Dlrceu,
estão na rua Plácido de Castro, 194. Paulo, vai direto a Cacilda Becker.
pe de Estado. Os Jornais, presidente da ex-UEE, t
uo entanto, em sua maio- O tenente diz que não pode. Chega Isto não pode ficar assim, t uma Edson Soares, um dos vi-
ria condenam a atitude um carro do plantão. O comissário covardia. Joté Guimaiães, a vítima do* incidente» que agitam Sâo Paulo (Foto Meridional)
de força e dizem, lnclusi- chama o tenente e saem num carro tles devem voltar hoje, não sa-
ve, que, desde quinta-fel.
"retornou ãs da policia civil. O tenente volta meia bem a hora. Só querem chegar em
ra, o Peru
eras mala obscuras de sua hora depois. Deixa um carro com São Paulo.
No Ríot uma
historia .

Belaunde. em Buenos Ai* Bancários se acertam com


res, concedeu uma entre- fortuna
vista coletiva ã imprensa A RFiAÇiO
na qual declarou que dese- em cocaína
ja residir perto de sua pá-
tria, o que foi Interpreta,
patrões, difícil a greve RIO. 4 (Meridional)
— A policia andava na
do como uma declslo de
buscar asilo político na pista e ontem conse-
Bolivia. Barrientos é seu
O sr. Jorge Jochims disse que o aumen- guiu prender dois tra-
A Federação dos Empregados em Es-
amigo particular. ficanies de cocaína.
tabeleclmentos Bancários do RGS aceitou to deverá oscilar entre 24 e 30 por cento. Seus nomes foram
Em manifesto que lan-
cou a seu país, Belaunde os argumentos do Sindicato dos Bancos, e Isto está dentro da lei e náo pode ser de- mantidos em segredo,
não
se considera o Presidente ficou adiada até segunda-feira a discussão delido agora porque os Índices inflacioná- para prejudicar
Constitucional, derrubado as investigações. Com
"minúsculo do aumento salarial. O pedido de aumento rios de outubro ainda náo foram forneci-
os dois presos, 1 po-
por um grupo
dos pelo governo. A reunião esfriou bas-
de aventureiros aodsses'. de 40% foi entregue às 17 horas de ontem, lícia encontrou riiii-
Disse também que espera pela dirigente sindical Tomázla Byon. ao tante os ânimos, pelo menos até segunda- ta cocaína, totallzau-
uma oportunidade assunto deverá chegar a do 15 milhões de cru-
para presidente da entidade patronal, sr. Jorge feira quando o
zeiros novos. Ficou
retornar e que fará ..m Jochims. No encon* ro — a principio um um bom termo.
"assim apurado nos primei-
que for possível".
pouco tenso — os bancários disseram que A proposta da Federação dos Empre- ros depoimentos que
As reações lnternacio- entrariam em greve, caso a' melhoria sala- gados em Estabelecimentos Bancários pe- a sede do tráfico de
n«ls a golpe de Estado jo cocaína, para a Amé-
rlal fosse sustada ou proposta em bases de que o aumento entre em vigor a partir
Priu foram, unánlmemen- rica do Sul. está em
te, de consternação e de menores as pretendidas. de 3 de novembro vindouro. Neste poeto o Santa Cruz de La
repúdio à ação militar. Os Sindicato doe Bancos está de acordo, por- Sierra. De lá- a co-
Estados Unidos suspende- cafna vinha para Cam-
Atendendo à ponderação de que o re- que todos os anos, nesta época, ae fasera
ram as relações diploma- po Grande, onde os
"ree ajuste só poderia ser concedido pela Con- os reajustes salariais da classe bancária.
ticas com o Peru e traficantes m a n 11-
xamtnam" o vultoso pro federaçio Nacional dos Sindicatos dos Segunda-feira a diferençaquanto ao per- nham um laboratório
grama de ajuda econômira. Bancos, oa empregados da rodo bancaria centual deverá ser ni.elada, quando o au- para preparar o to-
disse um -voi do
porta mento será conhecido no seu exato xlco.
ga«lcha concordaram em voltar segunda- per-
Departamento de Estado. "Ko*.
O teatro, ontem, amanhoctm A tarda, pt-tmVeom Vimi* (P. S) feira, k» 17 hom, para uma oovu reunláo. centuai.
(Página 2). pitàado,
Página 2 - 1.° Caderno DIÁRIO DE NOTICIAS Porto Alegre - 5-10-1968

Todos condenam, mas militares dominam o Peru


UMA e BUENOS AIRES, 4 (FP-DN) greve geral Imediata em repudio ao gol-
— O Governo nvoluclonirio presidido
pelo gen. Juan Velasço Alvarado ama- Todos os partidos políticos perua-
Protesto
Tchecos prometem Mexicanos cessam nheceu hoje sòlidamente instalado
poder, apenas 24 horaa depois de tar da*
no nos condenaram
Oonfdertçlo dos
a atitude
Trabalhadores
militar. A
(Aprls-
do um golpe de Estado • deposto o pre* ta) ta manifestou contrária ao governo
sidente constitucional Fernando Belaun.
de Terty.
militar.
O novo presidente peruano, general
da Crus
cumprir acordos protestos público
A calma reinava am todo o paia.
O
"pronunclameoto"
militar deixou
4a divisáo Juan Velasco Alvarado, ores*
tou mu Juramento ontem á noite. pou.
oo antet que o fizesse seu gabinete, to- Vermelha
o saldo de um morto, virioa feridoe, no-
do êle militar, com o qua) Alvarado
ve automóveis queimados • uns treien-
MOSCOU e PRAOA, 4 (FP-DN) — Terminou, hoje, na MÉXICO, 4 (FP-TJPI-DN) Hi uma atmosfera de acumula oa poderes Executivo e Legls-
tos detidos por causa daa manifestações
«Capital soviética, a Conferência de cúpula dos dirigentes tche- — Trinta __ morre desolação na Praça das latlvo, conitítuclonalmente detidos por GENEBRA, 4 (FP - DN)
pe de rua da manhi • da noite de ontem. —
cos e dos dirigentes do Kremlin, com o fortalecimento dos a- ram e 53 fiejaram feridas Três Culturas, que conti- dolt órgáos separado», o Chefe de Esta Os dois delegados da
O presidente derrubado, exilado em
córdos anteriores e com a declaração tcheca de que os esfor- nua cercada pelas tropa» do a o Parlamento. Cruz Vermelha e os dota
' gravemente, nos violentos Buenos Aires, enviou um comunicado ao
cos para a normalização do pato continuam. tiroteios na noite de 4.a- do Exército. Muitos mora membros do Conselho E-
Peru dizendo que continua tendo o pra* O governo militar nio fixou ató ago-
feira, aqui, seguiido nu. dores sairam de suas resi* ra um limite do tempo em que preten- cumênico das Igrejas, fale-
Os dirigentes de Praga saíram de Moscou de volta a aeu sidente conatituclonal, que voltará à pá*
meros pubU- dênclas afugentados peloa Isto fôr de exercer o poder no Peru, motivo pe- cidos em Biafra. dia 30 de
pato, á noite, de avião, aegundo um comunicado da agência
provisórios trla quando possível • qua o
cados Hinte oficial. violentos incidentes. "pronunciamento lo qual têm-te como certo que nio se- setembro, foram mortos
soviética TASS. A agência acrescentou que Dubcek, Cerni!* e por militar foi obra d* um
Husak, representantes tchecos, tiveram as despedidas dadas 1.500 pessoas foram detl- O embaixador italiano minúsculo grupo de aventuwlrot". rio raalizadat eleições previstas para ju- por soldados nigerianos, a-
du. no México, Enrico Gaston* nho de 1MB, na qual seriam escolhidos nunciou hoie, aqui, um co-
pelo primeiro ministro soviético Alexel Kosiyguln. Os outros
dirigentes soviéticos também estiveram no aeroporto e saúda- Belcredi, expressou ao sub- Multo Belaunde at novoa deputados a senadores e um tuba- municado Jo Comitê Inter-
provavelmente
ram os delegados do governo e do partido tcheco-eslovaco. A oito dias da lnaugu* secretário mexicano d* afastará da Argentina • buscará asilo tltuto para Belaunde. nacional «ia Cruz Verme-
"sua
ração dos Jogos Olímpicos, Relações Exteriores, a an* Alguna órgáos de Informação lha.
politico na Bolívia, segundo dlo "Betl.
pode-
Um documento conjunto emitido no final das conversa- reinava hoje calma na ca- profunda preocupação pc tender suas próprias declarações. rio sofrer restrições em seu direito de Esta organização enviou
"noticias
ções que terminaram hoje na capital da URSS dis que os prln- pitai mexicana, depois de los acontecimentos em que direi perto de mau povo", disse o presi- Informar ae difundirem falsas" um protesto ao governo da
"cas-
cípios enunciados nos documentos das coníerêndM de derna uma noite tranqüila, em foi ferida a jornalista ita. dente deposto numa entrevista coletiva Ontem foi fechada uma emissora de rá- Lagos, em que pede o
Nad Tisou, Bratislava e Moscou constituem a base necessária que se registrou a expio- liana Orlana Fallaci". á imprensa. dlo. acusada exatamente de ter dlfun* tlgo dos culpados e sobre-
para as relações amistosas entre os doto países, e os outras da ião de uma bomba. A ex. Também a American Enquanto lato, a Federação Nacional dldo Informações
"faltas" contrárlaa
ao tudo o fortalecimento das
comunidade socialista. Broadcasting Company, da
plos&o, que se verificou na de Camponeses do Paru ordenou uma novo governo. medidas de segurança dadaa
Av. Aleman, nâo longe Nova Iorque, protestou pelas tropas nigerianas na
"A delegação teheco-eslovaca informoa fc delegação sovlê-
do centro da eldade, nao contra to prisão e espan-
tica sóbre as medidas concretos iniciadas para executar na vitimas mas des- çamento de dois de seua
causou
Tcheco-Eslováqula as disposições do acordo de Moscou'', refe- Terry Corj •
trulu encanamentos de jornalistas,
re o documento. O comunicado termina dizendo que o Partido Ralph Mayher. detido»
tcheco-eslovaco multiplicam esforços para refor- água. A policia deteve 4
'¦ e o Ooverno
çar o papel dirigente do Partido Comunista,
lntemlflcam a pessoas após o atentado. quando filmavam o tiro- Belaunde quer voltar
luto contra as forças antl-soclaUstas e se *°^ ******
informação sejam
Após o Senado aprovar, teio e espancados, depola Wüson tem
medidas indispensáveis para que os meios de quinta-feira, a Interven- pela policia.
colocar no selo do
postot ao serviço do socialismo. Pensam çáo da Força Pública con- Hoje, a cidade do Mexi-
Governo e do partido pessoas firmemente fiéis a inar-dsmo- tra os estudantes na Pra* co viveu um dia relativa- Ot motivot qua ot mlUtares deram bem, pois eativera na véspera do golpe
lerilnltmo e ao internacionaltomo proletário. ça das Três Culturas, 4-a- mente tranqüilo, apesar para assumir o podar foram o de voKi-
no palácio presidencial para cumprlmen. meio apoio
feira i noite, ocorreram de uma pessoa ter sido lo novamente para a «"onaecuçáo dot ob- tar o nreait-knte na oportunidade do ju*
hoje nas províncias mani- morta a tiros, no distrito jetivos nacionais, pôr fim ao caos eco* ramento prestado pelo Gabinete presidi-
festações de protesto con- de Tlatelolco. Na capital nomlco, á Imoralidade administrativa t do por Mujlca Gallo.
trabalhista
Moscou não crê na tra a •«çáo policial e mill-
tar.
vivia nervosamente
uma paz olímpica e uma
entre ao entregulsmo da riqueza peruana.
O manifesto que Belaunde lançou a
0 presidenta deposto, Inicialmente
decidido a asilar-se na Bolívia, teve aua
Houve manifestações em guerra de guerrilhas urba- seu paia revela aua declsio de voltar ao oplniio modificada, parece, pelas infor- Orã-Breta-
"Mante- BLACKPOOL,
Cuernavaca, Puebla, Águas na. poder, quando tal for possivel. mações que lhe trouxe seu filho Rapha- nho, 4 (PP-DN) — O Con-
nho minha condlçio de Presidente cois. ei, procedente de Uma e que chegou
Callentes e Poza Rica. En- As autoridades pensam gresso Trabalhista de Black-

reunião de Paris tretanto, as autoridades


da Universidade Autônoma
que muitos dos principais
dirigentes estudantis fo.
"quarta-
tituclonal da Itepúbliea que honrosa-
mente me foi confiado pelo povo do Pe-
ru e regressarei ao selo de minha pá-ria
boje em Buenos Aires.
Belaunde recebeu
asilo politico por parte
oferecimento
do Chile e
de
da
pool encerrou-se ho)e com
uma moção de apoio ao go-
vêrno, mas
'com
as retefvae
da capital, situada nas ram mortos na
"ou Bolívia, mas havia informações de que expressai nas decisões do
proximidades da instala- feira de sangue fo- quando Isso fór possível", dlt a mensa-
- A Uniio Soviética parece estar Acrescenta que o pronunciamento o presidente se Inclinaria antea por um Congresto Sindical".
PARIS * (UPI-DNi ções olímpicas, decidiram ram presos e a isso atri- gem. "foi -urgiram da
asilo em Montevidéu, Caracas e México. Estai reservas
nas convemçoe. de. Paris en- todas militar obra de um minúsculo gru-
perdei interesse diplomático e o Vietname do
suspender as atlvi- buem a relativa calma do
Depola de vinte e quatro horas na não-acettaçio do controle de
tVe os representantes dos Estados Unidos dades universitárias até dld de hoje e a declara* po de aventureiro» audazes", encabeçado talárlot, rechaçado pelos tin-
Argentina. Belaunde retirou-se da Em*
NOrtObservadores que terminem os jogos. ção dos lideres do movi- por um general que violou ot deveres
dlcatot britânicos em seu
ocidentais disseram que a falto de Interesse não que jurou cumprir e desconheceu as nor- baixada peruana e se encontra hospeda-
depreende-te to com. Os estudantes do Comi- mento de que mais "Presidente". Congretto do mét passado.
de Moscou pelas negociações de Paris íaião, enquanto, oro. mas morais que regem um homem de do no Hotel Uma emenda que pedia
dos diplomatas soviéticos. Assinalaram tê Nacional de Greve a- por
portamento recente tes tos públicos. supressão desta referência na
russo, Andrei Gromyko, bandonaram o edificio da
que o ministro de Relações Exteriores moção fot rechaçada por
deixou de lado a habitual diatribe contra os Estados Unidos r aculdade de Medicina, Dentro de uma semana
3287.000 votos contra 2.733.000
ao falar na Assembléia Oeral das Nações Unidas. onde celebravam suas reu- setào iniciados os jokjs
O apoio condicional concedi-
As fontes diplomáticas ocidentais em Paris frisam, quanto niões desde que o Exér- olímpicos e as autoridades
do pelo Congresso ao gover-
ao processo das negociações, que Gromyko se absteve de for-
mular criticas aos Estados Unidos, sobre as mesmas conver-
cito
dade.
evacuou a Universl- esperam que os lncld-sotet
entre autoridades e *.t u-
Consternação e repúdio no eqüivale poli a uma se-
mi-condíneçio ou ainda a
cações em Parit. dantes estejam completa-
Antes de se refugiarem, uma seml-aprovaçio de sua
Por sua parte, fontes diplomáticas francesas manifestaram mente solucionados até
os dirigentes do movimen. gestão.
que o presidente Charles De Gaulle esti mostrando crescente to de protesto lá. De qualquer maneira, Por sua parte, o primeiro
estudantil só trará dor, miséria e atraio ao povo pe-
interesse nos aspectos diplomáticos das conversações de Parto.
só reabri- LIMA, BUENOS AIRES, Psria a Ma- ministro Harold Wilson, de-
anunciaram a decisão de multas escolas
O ministro francês de Relações Exteriores, Michel Debré, drid 4 (FP-DN) — Uma onda da contter- ruano. "Aceitamos as
suspender, no momento, rão suas portas após o en- clarou: posl-
discutiria o ponto de vista francês com ot dirigentei da adml. naçio a de repudio contra a derrubada do O Senado colombiano fêz veemente
nistração norte-americana, visitar Washington, na toda a atividade pública cerramento da Importante ções expressai pelo Congret-
quando "fugir arquiteto Fernando Belaunde Terry ae for- condenaçio ao golpe que derrubou Belaun* so quanto à política. S as a-
próxima semana. para à repressão".. competição desportiva.
mou em todo o miu-do logo que ae toube de Terry e pediu aos parlamentares do con- celtamot como uma adver-
dos acontecimentos de Lima. tteente que condenem toda a tentativa de tencia ao governo, mas nao
renascimento do militarismo na América como dlretrizet".
Dos sela jornaU da Capital peruana,
em seus Latina. Wilson se referia especial-
quatro condenam energicamente "Le mente ao voto de segunda-
O prestigiado jornal francês Mon-
editoriais o golpe militar que temou o po* feira última, porque o Con-
der, um ae abstém de comentar oa fatoa de" afirmou também em editorial que o gol-
"constitui uma séria gresto havia detaprovado por
e outro os Justifica, pe de listado no Peru maioria etmagadora a politi-
"la Tribuna", o mais advertência a países como a Venezuela,
O diário aprista ca salarial do governo.
veemente de todos, dia que a atitude ml- Colômbia e inclusive o Chile". Destacando O primeiro mlnlttro procla-
"se
litar fêz voltarem oa sdrdidoa domínios da que asses palies esforçam por alentar mou que seu governo preste-
"Detde experiência reformistas Inspiradas no li- gulria a política de ressurgi-
usurpaçlo a dot golpes de mio. a
mento econômico que, segun-
futebol com madrugada de ontem o Peru voltou ae épo-
cas mais obscuras da tua história: a ttpo-
berallsmo na democracia cristi". o edito-
rlal declara que também para o México s
do diste, esti ji ao alcance
da mio. Em teu discurso de
ca dai quarteladaa, dot pronunciamentos derrubada de Belaunde é uma advertên- encerramento, Wilson pediu
a do uao primitivo • vandállco da força". da. ao Congresto Trabalhista e
"El "man-
Também na Espanha os jornais conde- apoio ao governo e que

BR AH MA
Em Montwideu, o Jornal Dta" dlt- "Ya",
se no editorial que um governo notória- naram a açio doa militares peruanos. tenha sua unidade e sua leal*
católico, diz que o presidente Frei dade. Ot delegados aclama-
mente progressista e democrático, respeita* jornal
do Chile, de tendência política semelhante ram o primeiro mlnlttro.
dor dos direitos e fundado numa filosofia
\ • avançada acaba de cair por Impoalçio ml. i\ át Belaunde, ae encontra agora sem a-
"Nuevo
Diário", da ten*

que coisa boa! litar.


"XI
Fait", orgio da optjslçio blanca
polo na América".
dencla "Opaa Del", diz que
"o
golpe de Et-
lnjustiflcatto".
urugala, declarou que o golpe te Ittado tado no Peru é um golpe
Ruskie è

contra a
EVA suspendem relações
ÀEtm^-WMWmtm^ escalada
Ouça a Rádio
WASHINOTON, 4 (FP-DN) - O De* çio ti* lt da Cot*u>i*êr»cia Interamericana
Extraoitlinária do Rio de Janeiro, de SO de BOÜLDKR, Colorado. EEXTÜ.,
partamento «le Estado «-©nflrmou hoje qua
eatio tuapenaaa aa reUçôea diplomáticas novembro de 1905, os Estados Unidos Ini- 4 (PP-DN) — Edmundo Mus-

FARROUPILHA entre ot Ettodoa Unldoa a o Paru por cau-


sa do golpe de Ettado que daiTubou o go-
vêrno constitucional de Belaunde Terry.
Como * habitual, diste o porta-voz do
ciaram consultas bilaterais a respeito da si-
tuaçio peruana com os demais paises do
Hemisfério.
Tal resoluçéo estabelece que os Estados
kle. candidato democrata i
vice-presidência dos Estados
Unidos na chapa de Hubert
Humphrey, declarou hoje, a-
'se opunha i etcala-
qui, que
Departamento de Estado, oa programas tto membros, em caso de derrubada de um da da guerra e i Idéia de
• vibre ajuda eoonomtee doa EUA ao Peru eitio governo pela força, trocarão p»ratos de uma vitoria militar no Viet-
"reexame". Até tista sobre a situaçio e procurarão deter- name".
agora sendo objeto da um
com os «ocutorej, o presente nio se tomou nenhuma declsio. minar em especial, se houve Interferência
Mutkie respondia, attim, is
A ajuda econômica americana ao Peru ou cumplicidade de um ou vários governos
ptrguntas formulada* pelos
estrangeiros.
quo mait entendem de futebol! para o ano fiscal de 1968 aobe a "Alimen-
seis ml- 3.000 estudante* concentrados
"Washington Post" afirmou
Ihões de dólares pelo programa O jornal na Universidade de Colorado.
tos para a Liberdade" e a 5 400 000 de dó- que o golpe de Estado contra o Governo Segundo êle, ot Estadot ü-
lares a titulo ds assistência técnica. do Prealdente Belaunde privava até que nldot dev?rio correr riicot
"chegar a
Por outro lado, M«*CToekey o porta- ponto é diflctl consolidar a democracia na calculado* para
América Latina. negociações significativa*, u-
voa confirmou que, em virtude da resolu-
ma vez que o Inimigo etti
disposto a negociar". Ce re-
HOJE, A PARTIR PAS 15,00 HORAS ferido* rticot calculados ae-
riam, aegundo Muakle, a ado*
cio da idéia dt um governe
«letranslelo, a fixação da

DIRETAMENTE DO MARACANÃ
EUA kim 143 missões data dat eleiçflet e rtunlfica-
çâo do Vletname.

Vasco da Gama
sobre Vietname do Norte Rejeição

vs. SAIOON, 4 (I-P-DN) - Vinte » quatro em 31 lugares. Mait de 33 explosões secun-


virá diz
soldados norte-americanos pereceram on- darias e vinte Incêndlot foram assim pro-
vocados. Segundo o porta-vos smericano,
tem na ooltsio aérea de um avlio de trans-
Barnard
Botafogo porte com um helicóptero, a uns li qui-
lometros ao noroeste de Hue. Um avlio
"Caribu"
904 aviões a 9 helicópteros dos EUA te
perderam no Vletname do Norte
desde S
de agosto de 1964, dia em que começaram
qua pode transportar trinta pes- CHICAGO, 4 (PP-DN) —
soas acabava de levantar vôo do acampa- oe bombardeios. Por outro lado, 308 aviões nomeie
Philip Blalberg, o
mento Evans, base da primeira divlaio de e 883 helicópteros foram perdido* ao sul,
Narração: ARMINDO ANTÔNIO RANZOLIN em missões de combste desde que ae Inl- qu* hi malt tempo aobrevive
CavalarU-aérea. quando um helicóptero com um coracio trantplan-
Comentários: ENIO MELLO CH-47 de transporte de tropas chocou-se ciaram ai hottll Idades a primeiro de ja* tado, ttri um dia neceatldade
"Caribu" neiro de 1961. de outro coracio — declarou
com êle. O efetuava uma curva
do plantio LUZ CAR tM ontem o prof. Christlan Bar*
Do QG Esportivo, informaçr>4*« para tomar altura em uma vertical com a ¦egt»*> ainda, o porta-voz.

J
nard, que efetuou esta opara-
LOS OLIVEIRA Escuta naelonal. Fltivio Simões, toorde- base. a fim de evitar a eventual idade de aviões SIM hellcdpterot foram j^t»nd-*
çto, dia 3 «te lanelro pastado,
nação, Ruy Vergara Corrêa. um tiroteio viet-cong. Ambos os aparelhoa doe em miasóes à «trgem do «mlllto prõ- na Cidade de Cabo.
se estraçalharam contra o talo e tottoa oa •trta-nente dito, Mia por scidentes. aeja em
ocupantes pereceram. tem ou em mlatõea o;woj>. O ctrurglio tul-ftfricano es-
t*SRS'
O útuoo contato *5f^ * ptra que, malt cedo ou malt
Na tona do Vletname óo Norte, ao tul ontem ae efetivou na regiio de ttttWM. tarde, o organltmo do dr.
um hellcúp- Blalberg rechace o coraçia
do paralelo 19. os pilotos ajiierloanoa ele- onde oa amerlcanoa perderam
ocu- Entio seri neces-
tuartm ontem. 14» rolitfles, uma dai maio- tero, tendo pereddo quatro «ta teu» enxertado.
Ptr- sério proceder a tima nova
•tn colaboração com o res cifras dos últimos metes. Deixtdaj de nantes a um outro resultado ferido.
lrreru* operaçio.
lado at 138 Incursões realizadas em M de fede Tay Ninh. dolt batelhoet de "ttrçu
DIÁRIO DC NOTICIAS -etembro é
preciso
-emontar-ee a Junho lares vietnamitas daa chantadai O dr. Barnard cnntlrmou,
um numero especiais" mataram cinqüenta adveraárlca. conli'do, qu* o dr. Blalberg
pastado para que se encontre
.le missões aéreas comparável A defesa an- Um outro batalhio, chegado em helloõp- boa sau-
tt encontra gozando "Nao
tl-aérea foi qualificada de moderada. Os taro ao setor, abriu combata com oa tle- dr. Mat, declarou: po-
destruído mentos de dois batalhões norte-vletnaml- deinot tmp-dlr a processo dt
pilotos americanos calculam ter rejtlçao Nio podtmot lattf
ta*. segumio o porta-voz governtunental
ou danIfie*'lo 43 embarcações de abaste- mau que reterdâ-lo"t
cimento, 31 camlnhõet e cortado «jamuihos em Danang.

«
Porto Alegre - 5-10-1968 DIÁRIO DE NOTtOAS 1.° Caderno - Página S

APROVEITAMENTO DO CARVÃO

Trindade debateu Plano de


Habitação com sindicatos
Em sua rápida estada em Porto Alegre, ontem, o diretor
presidente do Banco Nacional da Habitação, sr. Mario Trin-
dade, manteve um encontro com òs represenlan.es de confe-
deraçõ-s de trabalhadores e sindicatos, ouvindo aa reivindica-
ções dos operários no tocante ao Plano Habitacional da Habl- DAECA TERÁ UM POSTO
tação, e prestando esclarecimentos sobre a política habitado-
nal do Governo e sobre o Pundo de Garantia do Tempo da
Serviço.
Das mãos do sr. Edir Inácio da Silva, delegado da Confe* DE ORIENTAÇÃO FISCAL
deração Nacional dos Trabalhadores na Indústria, recebeu as
sugestões propostas pelos representantes classistas em recente
encontro. O Diretório Acadêmico de Economia. Contabilidade t A*-
mi_ls__ção, da Faculdade de Ciências Econômicas da UFROS
O principal ponto focado pelos trabalhadores foi a corre- vai Instalar, dia 7 do corrente, ãs 1830 horas, em sua seda.
ção monetária, tendo, o sr. Mário Trindade explicado que esse ã avenida João Pessoa, 63, um posto de Orientação Fiscal O
dispositivo não é cobrado oelo BNH, mas sim arrecadado pelo órgão do DAECA vai luncionar diariamente, dai 18,30 ãs 31 ho-
Banco para entregá-lo aos próprios trabalhadores, em sua con- ras e se destina ao ass.ssoramento orientação dos con.ribul_.tea
ta no Pundo de Garantia. Esclareceu também que os juros, do Imposto de Renda. Pessoas Físicas. O posto vai assessorar,
revenem Igualmente para a conta dos trabalhadores, cada tri- especialmente, os novos contribuintes cadastradas, através da
_^l __¦ _-^_-_-______________l ___PjP** "Assim —
mestre. explicou o sr Mário Trindade - aqueles elaboração e encaminhamen.o e fornecimento de todas as m-
que Já estão se beneficiando com a compra de um Imóvel, re- formações necessárias sobre os trâmites da Delegada Fiscal
tribuem o dinheiro que tomam emprestado dos que ainda não Com esse serviço, o DAECA visa a uma ma'or integração tm
compraram e que, com a capitalização do Fundo de Oaran- treos estudantes da Faculdade de Ciências Econômicas • a
tia em seu nome, dentro de mais algum tempo também pode- ComunldftdOe
O presidente da Comissão do Plano do Carvão Nacional, equipe da SUDESVL, Em debate atuação das rão comprar sua casa".
a conjunta
ar. Benjamin M- Baptista (à direita), mant-ve conferen- Demonstrando a sistemática do Plano Nacional da HaM,
cia ontem com o superintendente Paulo duas entidades quanto à política de aproveitamento ra* "cada cruzeiro do foto
M* ro e com os tação, disse o presidente do BNH que
técnicos Edson Chaves * Antônio Chaves Barcellos, da cional áo carvão na Região Sul. aplicado em habitação, está atraindo quatro cruaelros de pou-
pança privada, e todos esses recursos
estão reativando a eco-
nomla nacional, gerando mais de 60 mil novos empregos por
PERACCHI INAUGURA
disputa
mês e forçando uma melhoria salarial, pela Intensa
pela mão-de-obra".
Irahy fala OBRAS NO INTERIOR
Missão mostra no Oriente Diante da argumentação de que o dinheiro do trabalhador
estaria financiando casas de alto preço para aa classes
abes-

sobre plano
tadas refutou o sr. Mário Trindadi essa afirmação dizendo
o BNH já contava, antes
O governador Peracchl BarceUos, acompanhado do ¦__•
que para esse tipo de financiamento chefe da Casa Militar, major Milton Gonçalves Lucas viajo*
de re-
do POTS. com mais de 300 trilhões de cruzeiros antigos via rodoviária, por volta das 11 hora* de ontem, ao município
de Previdência o que produz o Rio Grande curses próprios. E acrescentou que somente
BNH — Cohabs e eooperaUvas

dois programas^
reprt»entam mais de «O»
de Serafins Corrêa. Naquela localidade, às primeiras horas d»
ãs classes tarde, o Chefe do Executivo presidiu a uma série de Inaugura-
O delegado do Instituto das aplicações do Banco e se destinam justamente outras
até » salários. ções de escolas, rodovias, eletrificação rural, e
Nacional de Prevlcéncia 8o. de mais baixa renda, desde melo salário mínimo Hoje, o sr. Peracchi BarceUos deverá estar em Passo Fun-
O Ministério de Relações Exteriores sollcl- o Oriente Médio, flxando-se principalmente no
ciai. no Rin Orande do Sul, onda
tou a colaboração da Federação das Indústrias Paquistão que deverá ser Integrada por bo- "o
Plano Nacional da Ha- do. ãs 10 horas. Será recepcionado na Prefeitura local
sr. Irahy Carneiro d. Fatia, o sr. Mário Trindade que
Frisou
do Estado do Rio Orande do Sul para, com mens do govê.r.o e d» livre empresa concederá audiências a diversas autoridades e prefeitos ds ro-
será o .onv.dado eipeclal pa. bitação uma solução nacional, com recursos nacionais, para
é em
o auxilio da3 empresas Interessadas, realizar Visando vir ao encontro dos interesses da
resolver um angustiante problema brasileiro, que já vem co- glão. Após o almoço, Inaugurará a II EFRICA, partindo
ra o almoço de térça-telra,
a divulgação dos produtos brasileiros no ex. Passo Fundo, onda
Indústria gaúcha, a FIERGS empenha-se em seguida para as obras da barragem do
dia 8 no Centro das Indús- teror. lhendo resultados e_._slasmado.es, rompendo o circulo vido-
Integrar essa missão, enviando um represen- pernoitará.
trias, ãs 13,15 horas. so do subdesenvolvimento".
De conformidade com essa Iniciativa pro. tante que mais conheça, dire.amente, a pro- Amanhã, o governador e sua comitiva seguirão para Na»
Na ocasião, o tr Carneiro põem-se a Secretaria Ge.al Para Promoçò.s do dução, do Estado. noai, onde voltará a presidir diversas inaugurações. O retoma,
Afirmou que tanto o Fundo de Garantia, através do seu
de Paria, prestara esclareci- Minlstéiio de Relações Exteriores, verter fo- horas.
Conselho Curador, como o BNH, foram criados e existem pa- por via aérea, está marcado para as 15
mento sobre o Plano Nacio. lhetos de propaganda, jâ impressos em por- As empresas interessadas em exportar nara
nal de Prevl.ência Social. tuguês, para a língua, corrente qu exó.ka. dos ra atender aos trabalhadores, estando, por Isso, permanente-
o Oriente Médio, devem dirigir-se a Federa, —)o(—
Realizou-se na noite de on- mente aberto ao atendimento com os representantes das cias-
paises que constituem mercado potencial para ção das Indústrias do R.o Grande do Sul. De-
tem o jantar que o superin. os produto, brasileiros. ses assalariadas.
partamento Econômico, munidas do material O sr. João Dêntlce, chefe da Casa Civil, viajara a Carta»
tendente regional do INPS, Como parte Integrante dessa política agres, a ser traduzido e esoeclflcando as lin-uss e
___,
Analisando, item por Item, as reivindicações apresentadas, do Sul, neste fim-de-semana, em companhia do assessor par»
sr. Irahy Carneiro de Parla, alva, no marcado internacional, deverá partir, dialetos a serem usados, o número de exem-
demonstrou o sr. Mário Trindade que a maior parte delas )á Assuntos Municipais, Antônio Augusto Castelo Costa. O ar.
ofereceu aos jornalistas da dentro em breve, uma missão econômica para plsres e cores a serem empregadas.
estavam atendidas, e afirmou que as demais mereceriam ,m a de- João Dêntlce participará, naquela ddade. da inauguração da
Capital na Churrascaria Mar.
vida consideração, em especial a aue dis respel*o k fiscaliza- comitê eleitoral dos candlda'o_ arenlataa à Prefeitura, sra.
tini. Ao ãgape comparece-
da arrecadação do Fundo de Garantia peloa sindicatos. Idoril Zattl e João Luiz Clpolla.
ram acompanhando o titular ção
do órgão prevldenclãrto no
Estado, o coordenador da As.
slsténcla
Helbert
Médica, sr. Hello
dos Santos, o supe- BERGS recebeu visita do
.Intendente adjunto. Paulo de
Assumpção Agra, o chefe do
"RODA
gabinete
ola,
da Super.ntendên.
sr. Lldlo Mallmann de
Castro, o assessor de relações / representante do Svenska CENSURA PROIBIU VIVA"
públicas, Marcai Davi, asses- "Roda
Viva*, peça de Chico Buarque de Hoianda, com lar nada. Nada Unha a declarar. Só que oa orejuiaos eom a .
sor técnico, Orlando Alberto
O sr. Ame Vlsser, representante no Brasil chegou a Porto Alegre, procedente de Buenos direção de José Celso Martlnez Corrêa, que estr-ou qu_nta- vinda de um elenco tão numeroso e a rastauração do
Pasqualinl, o assessor espe.
do Svenska Handelsbanken, da Suécia, que Aires, com o objetivo de visitar o Gov..-..ador teira, no Teatro Leopoldlna, não foi apresentada ontem, Teatro, serão mu to grandes. Os atores voltam a São Paulo,
ciallzado, Ercíllo do Carmo, o
recentemente concedeu um empréstimo da do Estado. Na ausência do cel. Peracchl Bar. não será apresentada hoje e em nenhum -utro dia aqui hoje ao meio-dia.
assessor Eloy Dias dos Ange-
cbico milhões de dólares ao Banco do Es. ado cellos, foi receb-o —lo S —c rio ds Pa—n- ou em qualquer outra parte do Brasil. A nota que segue, é da Liga de Defesa Nadonal dia-
los, e o industrial Nery Mar.
do Rio Grande do Sul, esteve em visita a éste da, dr Nlcanor Kramer da Luz, e pelo sr. A decisão tomada pelo chefe da Censura federal no tribulda ã Imprensa:
que*. Da parte dos jomalls. "A
estabelecimento de crédito, na tarde de on- Aidético Masslgnan, diretor do BERGS, que. Rio Grande do Sul, general Ito do Carmo _u__ar__s, es- Liga da Defesa Nacional, secção do itlo Grande do
tas. compareceram, o presl-
tem, sendo recebido pelos diretores Gustavo Inclusive, 0 acompanhou a Gu-íba, onde a teve apoiada num artigo que foi totalmente transgredido, Sul. cedendo ao apelo de grande número de seus asso-
dente do Sindicato da das- sua ma's tranca ns-
Carlos Port-, Langsch e Aidético Masslgnan. O emprésll- Borregard adquiriu terrenos pa~a a constru- na estréia dessa peça. E que o texto apresentado _ Censura ciados, vem de público, manifestar"Roda
se. Antônio
— Viva14 que ora se
Sérgio Marques, de
"Zero mo como foi noticiado — foi canalizado, ção de uma moderna fábrica de madeiras não foi o mesmo que os a*ôres mortraram^qu-ita-fdra á pulsa k apresentação da peça
"Jor- por reparo, para o Governo do Estad-, que aglomeradas. no te. Dm dos artistas, no segundo ato ds peça, sozinho, exibe no Teatro Leopold,na.
Hora44, Paulo Poli. do
nal do Comércio". Paulo Mo.
o empregou em obras de infra-estrutui a do falava de lmprovrso, resolveu descarregar gratuitamente, Somos, em principio, pelo respeito á liberdsde de es*
da DO-Pilmes, setor rodoviário. Durante a visita que realizou ao BERGS. o sem unidade a'guma no espetáculo, todos os palavrões que pressão artística e cultural. Fique Isto. desde togi bem
reira. diretor
Wilson Raffo. presidente da sr. Vsser também manf-ve _-.t_ndlmen.os, lhe vinham ã cabeça. claro. O que ontem, porém, se ofereceu k ptoté'a porto*
de O sr. Arne Vlsser. que também 4 superin- objetivando estable-er as ba*es f*\ rel—S-S auspensio da slegrense. numa Pagrente agressão á nossa sociedade «des*
Associação Riograndense Esse teria sido o motivo principal da
RelaçCes Públicas. Álvaro do
ter^ente da Eorregard, v'c preelr;*- e d. Facrt bancarias entre o estabelecimento ds crédito
embora outras censs também tivessem sldr alte- sas coisas cuja ún ca flna'!dade é despertar o escândalo
do Brasil e presidente da Valmet do Brasil, oficial do Estado e a sua fabrica. peça. 'a-*«po.dina es- obcenldade.
Nel. licendosidsde e pela
Vai. da Rádio Ouaiba, i_das. Já antes da estréia o smbente no pela
son Moura e Otacillo Dias, tava um tanto estranho: pollda's da Policia Multar guar-
"PiMha ea Tarde", Wilson ••oneeito de U-
d» dando a sala de espetáculo como esperando uma reação Tudo tem os seus limites, Inclusive, o
UUller, do DIÁRIO DE NO- violenta do público Nos entre-atos. papéia <»m recados herdade artística, mas. sgors, não é este pi-ndpio que ae
flCIAB. curiosos:
-Gaúcho!
Ergue-te e luta íontra «quêles que
- encontre em jogo. O que se toma evidente e clsaporoso 4
destruição viol.*nta e ten-
vindos de fora - nada mais desejsm do que
-olentar a que o que se busca é a violenta
r__s-iêncls mo*
Equipe prepara desde agora tua família e as tuas tradições cVstãs. destruindo-as
mais uma advertenda Tirai:
"Hoje
V^t**™»*,**
E
lft?_
denclosa, dos valores const tutlvos da nossa
ral Quardo todas as motivações sexuais, sem exclusão das
e dos mas baixas e aberrsntes. se descarnam ___m_nte pe-
ta<sções do Teatro e a Integridade física da pWa
rante o público, nio se está realizando obra de arte atm
Pesquisa vê _rtis*asl Amanhã.. NAO"l
O público que estava no Lsopoldlns. s-Ms do qiM havia de cultura: o que se quer num*, sudáda »f***_*osa 4 fOl-
nossas mais an»'*
Escobar. d» pend'ar, desde o fundo, o respeito ãs
lll Encontro de Financeiras ac_nt*_tdo há poucos meses no Teatro Ru*h
São Paulo quando o Tea*ro to' denredado
arfstas e es- gadas tradições cristãs, que figuram entre it
_impone-tes

situação das oectadores esoancados embora, até hoje nm-w


'sso e
x^oirlto
nada
ativos da nc.a sensbllidade cívica Porto A'"gre
outubro de 1968. Pe4a Liga di D*fesa Nadcnal. secção do
4 de

fosse apurado. Por pel. educação 4h olaté-s *M*


"trabalho Ro Grande do S.l (a.l Poty Medeiros Moisés Mora's
A Comissão Executiva do III pllcou que o de pre- para desenvolver as tarefas ocorreu de anormal. Mu na sex4a-Wrs as tmMMt M
Velllnho, E-ydlo Mlchaesen, Ce'. Henrique Bee>*<»*___n T'.-
domésticas Encontro Nacional das
de Crédito,
_..i
Investi-
paração es-á sendo
dentro de um espl.ito de e
r.slisado do III Encontro. Assim
de Teses
ser-
é
tro I__Tjoldina smanhec-ram piadas com
s>waj venneino.
"Ab«l_o os subvers'vo»". 44Ab»ix'. a pon^-rrafla lho, Frandsco Jurueni. Gen. Márb Fer—"nd** Oscar Car-
présss do, s Comissão
Empre- reu- pes. AIcit*es Gon-aga. Otávio Bltencou-t, Gen 0__ir Borba
A Associação de» mento e Financiamento qu.p;. A exemplo de encontros pelo Dr. Justino A tarde, a deeis» o da Censura
Porto um almoço de do Teatro não quis ts- Saraiva e Júlio Cast lhos ds Azevedo".
DomésUcas ds niu ontem em anteriores em Belo Horizonte Çresidida
asconoeUos; a Comissão Jofre M'gud, um dos diretores
9 elaborou um qu.stto. jornalistas da Capital pari e na Guanabara, pretende- Relações Púbicas e Divulga-
E, de » perguntas que expor o que será o conclave mes alcançar o mais pleno ção ficou com o dr, Rica. do
de que reunirá aqui em novem- oom
proporcionou uma coleta êxito". E
"As
acrescentou mais Ady; a Comissão Social
dados sobre a situação da bro diretores de empresas fl- adiante: instituições fl- o sr. Roberto Malsonave; a
clssse. Ontem, ãs 16 horas, nancelraa de todo o paia. Sau* nancelras do Brsttll estão paa- Comissão de Recepção com
houve uma ess.mbléla, na se- dando os profissionais pre. sando por uma fase de pan* o sr. Carlos Bernard1 e a Co-
ds da Associação, á rua Ula sentes falou o dr. João Car- de desenvolvimento. E si en- missão de Anais dirigda oelo NA lr.D0S.MA HDERAÇA0 DOS TMBAUttDOItlS NAS RIDOS-
SINDKATO DOS HMAIHADOMS
Afonso, quando as lideres do los Sílveiro, presidente da tra também a reeponsabili- dr. João Amado Requis. Elas
TI CEIAM M DO
ele- "lm- a Di PORTO AUORE TUAS DE HAÇA0 I
movimento em prol da AGECIF, referindo-se so dade ds imprensa, além da já estão trabalhando sob DE RAÇÃO I TICIU©l*
vação sdclo-econftmlca das tante da imprensa nossa, no trabalho d* Infor- assessorla de um setor fl- -J*»*: «-«*»
po: papel
EUA ERNESTO IWIOU***^ M» MO GRANDE DO SIR
domésticas examinaram as oportunidade em que se mos- mação ao publico sobre o nsncelro e administrativo a - *mAStl.
Dos RIO ORANDE DO SUL RDA -ERNESTO FONTOURA. SM - POUTC: 1.11»
resposus ds pesqulaa. trará a pujança da economia mercado de capitais, único cargo da AGECIF Todo este
GERAL
800 questionar oa distribui- gaücha aos demais Estados que pode suporta o desen- trabalho v sa estudos e oon- CONVOCAÇÃO DE ASSEMBLÉIA PORTO ALEOR»
ap-nas 359 foram res- do pais44. Em seu breve dis- com
des. volvlmento e a salda de um clusôe. em consonância EXTRAORDINÁRIA EDITAL DE CONVOCAÇÃO
pondldos. Uma "Isso daa presentes curso ressaltou também s pais em estado de subdesrn- as sutoridad.s monetária» de DOS
Pelo nresente a DUU-TORIA DO SINDICATO Na qualidade de Presidente da Federação — oon-
comentou que aconte- função social das financeiras volvlmento para o estágio de- govémo, para que o mercado er-ft^SMS-KES NA INDOSTRU DE -TACAO E TE-
e-ev, porque, "que voco os ssnhores Delegados R presentant-s para Reu-
muitas vezes leva o público a prupar de capitais ae consolide cada (jc-voca todos os seus
não deixaram as em- de sua receita para
.envolvido .
em mala. C_x_?____DE PORTO ALEGRE, nláo a reallsar-se na Sede Social e no endereço supra
patroas parte estl-_rem sm pleno
conhecimento Investir e tomar o A Assocação Riograndense associados e as suss assocadas, que citado, ás 13,30 horas, em 1.* convocação ou ãs 14,00
pregadas tomar grande
rtiT-toseus direitos sociais e stadicaj^ mm¦<***$*** horas em 3> convocação no dia 11 de outubro de 1999
das perguntas44. O fato é que pais44. A seguir o coorrVnador dss Empresas de Crédito, In- EM nome doa profissionais GERAL -acntAOR-
ela» es**i d'-*«->sta« a con- geral d-* III Encontro, dr. vei.tlm.ito e Flnancam.nto de lm.re_sa. f*l.n o 'ima- itwmiaraiparte na ASSEMBLÉIA com a srgulnte ORDEM DO DIA:
corrv-nte mês. com
seguir o que desejem. Marlno Fernandes Kurtz ex* criou uma série de comlssõca lista Antônio Carlos Ribeiro. DIN-K-ATa^-a-lsar-se no dis 16 do a) Eleição em lista tríplice de R.pr:sentantes das*
não
S?ota 1M0 horas, em primeir» ^jwca^o,e-«o -vocação atstas para o T.R.T., da 4.* Região na forma dos
f seja obtido o número legal, em segunda
no
¦» borss ato art. 684 a 689 da CLT.
da IS do oorrente mês. oom tnlelo tar19 Porto Alegre, 04 de outubro de IMS.
de defberar na forma da LM n.* «"ufcX, %,*%}?. VACTAL STROFF — Presidente.
ORDEM DO DDt
áa 1964. artigos 6 e 6. sobre a seguinte
ds greve,
a) Deliberação sobre a declaração ou não
eo'eUvo_Já *Mjmmm m
MASSA FALIDA DE Companhia Estadual de Energia Elétrica SEto-sTao dissldo
TOreTOAL REGIONAL DO TIÍA_ULHO. o rito SINDICATO DOS TRABALHADOR» NAS INDI»-
TRTAS DE PANIFICAÇAO E CONFETTARtA. MAS-
da Lei n* 4 330. acima citada. _, _
o dia da SAS ALIMENTÍCIAS ¦ BISCOITOS, PRODDTOS DB
b) Autorisaçlo para a Diretoria mai-car
S. PRYNC & CIA. LTDA. Aviso aos Senhores (-onsumidores de CACAU E BALAS. LAi-ClN-OS E PRODDTOS DS-
RIVADOS. TORREFAÇAO E MOAOBI DB CAFÉ
Porto Alegre. N M IMBÉ•»»
Energia Elétrica do Município de Butiá VACTAL STROPP
DOCES B CONSERVAS ALIMENT1CIAS B DO MATE
O Sindico comunica a todos os Interessados, pro- DE PORTO ALEORE. ODAIBA. SAO JERÔNIMO. CA-
H___ÉÉ______i
mitent-s compradores de prédios ou apartamentos, NOAS. SAO LEOPOLDO. NOVO HAMBURGO, TA-
Informamos que, por motivo da troca de Isoladores OCTAVIANO HERMJETO BAT-ISTA
nulos contratos de Promessa de Compra e Venda iá onkok \nt.\*tc> r. «.wAVATAt
se encontr;m devidamente na ia. r. et i-w .__.i-u.adas — _._.. Aia-., _-•» inUx- ¦ggggÜM
quitados, providenciarem
com urgência no encaminhamento da Escritura De. rompido o fornecimento de energia elétrica ao Município EDITAL
flnltlva. a fim de rtgulanzarem sua transação. Quais, de Bufa. no pr_x__o domingo, dia S do corrente, das
Pelo preente edital, em cumprimento ao disposto
esclrreclmentos pederá" ser solicitado» pelo 7 ãs 13 horaa. "f"
quer na letra do ar.. 13° da Portaria Mta-rtertal a.* «0
fon» 4 18.98 ou no escritório á rua Riachuelo n.°
ds 31 de janeiro de l-MS. CONVOCO, os sssocladcs dsstf
1268 no horário comercial.
Alegre, 8 de outubro ds 1968 Sindicato para a votação no pleito para a eleição da

mi i- i_____________________---_--a--_iiiiiiii»»_____i
Porto
SINDICATO DOS HOSPITAIS, (ÚNICAS administração e representação da En
'dade
ao Conselho

A DIREÇÃO da Federação e respectivos suplentes. A eleição s_A rsa-

Sindicato dos TrobalhadorM nai Indústrias dt E CASAS DE SAÚDE DE PORTO AIE6K Usada nes dias 8. 9 e 10 d. outubro d* 1968. das S te
30 horas d; cada dia, a será processada perante as Meaas
Coletoras designadas, as quais funcionarão nos seguia-
da Trgo, Milho, Soja a Mandioca, Avo'a, Aitifc
tes locais: Mesa n." 1 - na Sede do Sindicato, a Rua
o 0.00* AümsirtícJos, Rofõoi Balanceadas o Arroí
Alegre
EDITAIS Casemlro ds Abr.u. IOS: M.sa n.» 3 - I***corr rã m
ssgulnies estabelecimentos de trabalho: Pad. America-
do Porto Alsgrs, com baso torritorial aos monl- Prefeitura Municipal de Porto na Fábrica de Café Ambergen, Pad. Aliança, Pan. Anal-

SECRETARIA MUNICTPAL DE ADMINISTRAÇÃO associados da. Pan. Brasília, Conf. Cru-e.ro. Conf. C_tart Pad. Ea-
cfpios do Gvaiba, Canoas, istoio o São Leopoldo Sto. pelo presente, cerrwocados os ara. tevês. Pad. Id_al. Pad. Lusitana. Conf. MaUteus. Pad. r
DIVISÃO DE PESSOAL a As-em-
DE SELEÇÃO E APERFEIÇOAMENTO
no ffito dos seua direitos sindicais, pars Ceai. Popular. Pad. Piocinl. Pad. Primor Pad. Real
EDITAL DE CONVOCAÇÃO SEÇÃO 8 da
bléla Oeral Ex'raordinárla a reallsar-se no dia Conf. Santa Helena. Pad. Sul Améica. Pad. Triunfo
Na qualidade da presidente desta Ent dade, co_v_po AVISO N.° 48 outubro do c ano às 30 horas ou. em aeminda con- Pad. Zoratto. Pad. São Jorge. Pad. Santa Rltta, Conf
os associados quites com a tesourara*, e -m pleno gozo vocação ks .0 30 horss, oom qualquer número, em Schramm. Pad. Brasil. Pad. Boa Vista. Pad. Plnguln
de seus direitos sindicais, par. se reuniiem em Assem- Interno Bolsista - P.H. N.° 23 sua «ade social site à rua Ramlro Barcelos, SIO
-
Lanch-s Pacolan: Meta n." 3 - Percorrerá os seguinte»
blé a Oeral Extraordlnár a. a realizar-se oe sede da Fe- - r/Ca .'*ai a Mm de locais de trabalho: no prlme.ro dia d» votação, as loca
1. Damos déncla aos Interessados que, no dia 01 10 66. Hospital Moltihos de Vento
deração dos Trabalhadores ns Indústria ds alimentação DIA: lldad-s de Taquara, Ndvo Hamburgo s São L:opoldc
tendo por local a Seção de Sei ção e Aperfeiçoamento, deliberarem -Abre a seguinte ORDEM DO
do Rio Grande do Sul, sita á rus Dr Flores i xV - 3.* -a- nos dma s d as n_ita Capi al, Pad. Colombo. Pad. Cen
andar - Porto Aleirre, na próxima qu'n a-Ieira, dia 10 ãs 17 horas, será Identificada a PROVA ESCTUTA r
a) - convenlêncis de filiar ae o SINDICATO à Fe- trai. Prod. Arm-ntldoa R ali. Ern-sstides Lop*s. Ernest.
de outubro de 1968, em convocação áa 18,30 Usada em 38.09 68
pr_ne'ra
Hosoltalldade do Es- Neug:bauir. Pad. Imprlsl. Prd. Ub-rdrde. Psd. Mun
3. Para vistas ãs provas ban como os eventuais pedi* deração de rurismo •
horas, oom a presença de dois terços dos aj-«oc4aelos, ou dial. Pan. P_o Kent . Crnf. Weldmsnn, Pad. eãn P.'dr.
eom um terço, dos de revisão, deve ser observado o qus consta doa tedo do R'o Orande do Sul:
em segunda convocação ãs IS» horas Pad. Dom Pedro, Ped. Rosírlo, Conf. esn'1 e Dam ar
artigos 63, ti e 86 do Regulamento ds Concursos e
para de'lberarnn sobre a _*¦>_'nie ordem do d'a b) - E outro* assunto* de lnterés.e da Entidade S/A. O associado pod.rá obfr informes na S*cretarlr
17- LEITURA. DISCUSSÃO E APROVAÇÃO DA ATA Provas de Habüliação, aprovado pelo Dscreto n." 3.508.
do Sndlcato sobre o local em qu- d*vrrá votrr. s-ndr
ANTERIOR. de 13.04.1967.
PORTO A-JeORB 04 da outubro da 19M lhe facultado examinar as Us as de distribuição de vc
a* - ACEITAR OU REJEITAR A PROPO-.A CONCILIA- P*ito Alegre. 4 d! outubro de 1969.
TORIA APRESENTADA FIXA CLASSE PATRONAL Jeãe Caries Bertasal da «Uva Ida Plva aa Penam-a
- Presidente Pr-rto Alegre, 8 d* outubro de 1938.
A ESTE SINDICATO Diretor da A-DP Chefe da AP-S8A KURT DOHMS
-
JOÃO FRANCISCO VANINI Pr-sldente
Fêrte Alegre, 4 de H-tahre dr If*-*- (substituto)

* m*

.
j- :vi*'"

A de Salazar
DIÁRIO DE NOTICIAS queda Tapir- tua raça ê finda!
- Thmomhilo ém Anirmdm
Porto Alegre, Sábado, 5 de Outubro de 1968 Pág. 4 A leitura du crônicas políticas da imprensa, em
nossos dlu, é multo esclarecedora, embora seja na
LISBOA, Sel»mbro — Afa- doa portuguésea habituados a e daa mimitoe, .«ua-iae a quaa-
aparência confusa e incongruente por muitos dos seus
bo de uuv.r oroa arasçuo toda» as (Uio lidadas e que. tfto, de maneira direta e crua.
upectos. Pois tal confusão e semelhante incongruên-
a.iguí>t»aua em uut o a.nda agora, lto ao mundo E éle me respondeu oomo um
prisi- cia constituem o espelho de uma determinada reali-
denta Ainér.co Tomaz anun- uma nçfto de ooragem, ao en- provídenclallsta, diaendo que dade que u llderançu procuram descobrir sem con-
ciou a nuçio jortuguéia e ao frentar, alegremente os peri- assim como o pove portuguêe
aegul-lo. Ponha-se em confronto a linguagem doa 11-
mundo a sua a..-CJfto de »ub»- gos do terrorismo am África. o fõi% encontrar para, na
deres maia representativos com a JJnguagem doa Ude-

Justificado e necessário tltulr, na Pres.de.xa dc Con-


s. Jio 11 . Juiai,'OB. o professor
An.ôn.j üe Jwsira Salazar
Ademais,

legitimidade
jft

a-
estava
poeta no tape»r • questfto da
poder
aendo

ne-
companhia da «quine que for-
mou, reformar o Eatado, u-
aim também saberia encontrar
rado» e logo ae compreende porque nto é possivel dar
organicldade política nem ft ARENA nem ao MDB.

pelo professor Marceio José oeaaftria keoet» açfto pelo povo o aau auceaaor, dentro da
Caetano. de qualquer governo. Salazar OonsUtulçto. —:)o(:-
da» Neves Alve ,
Antecipamos aqui, em co- agressão do comunismo interna- Escrevi angustiada pensan- Unha auloridao» própria con- Téomcamente tlnna éle ra-
do nfto somente no almirante quietada durante quarenta Aa erénleu falam principalmente de Iniatlefa-
mentário, o discurso que o pre- e eodífiseda eir uma
ato. A nomeação uo primeiro
«te" e
"descontentamento",
- Américo Tomaz mu, em todo anoa, mjustro é 1a oompelencia em formu vagas, eomo
sidente da República pronun- Aqueles que, como declarou o e na segu- Conatltuçfto que fla sagrar exclusiva do preaidente da Me- aconteee aoa individuo. enfaradoo on neurétlco»
povo, prdprit qne
ciaria em São Paulo, num almô- o sr. Luiz Carlos Prestes, já con- rança do Estou a do regme. pelo voto do ^ovo. O aau go- puuuca, eielto pelo oovo Acon-
traaem eoneigo un aborrecimento indefinido
e aeu ¦
N&o era mais itosslvel. em vtrno ara aoaito E é admi- tece, porém, que a aua perso- cansa certa. Nao se trata de descontentamento
ço a ser-lhe oferecido pelo II tavam com os comunistas no go- rival «eu eclipse a6-
pré-
faoe do teeUmunlx dos mé- que o naltdade era tfto forte que, na prlo do» partidos opoelelonistu os quais, por defini-
Exército. vèrno, só lhes faltando o poder dlcos, de que o eatado de mente haja provocado mani- realidade, oom o preetlgio «fto devem estar descontentes e criar, quando nfto e-
¦ ministro featações de ousar como ae
às vésperas de lhes ser entregue, saúde do primeiro adquirido atraias dos anoa, xlstam de fato, u rasftes de sas Insatisfaefto. A trea
Sabia-se qüe o primeiro ma- era por tal forma critico que. verifca pela verdadeira ro- era tle quem ndlcave o pró-
e se viram de um momento pa governamental é multo mais densa em qneixu, mal-
meamo que viva. nfto poderá maria popular -o Hoapltal da
gistrado iria defender as Forças pr.o preellente da RepúbLoa. estar e tédio do que u opoaiçées. Se nto falam alto,
"ofensas e ra outro escorraçados e castiga- voltar ao exercício de suas al- Crua Vermelha onda ae en- inverteram-ae. ut papéU Ago- entregam-se ae vicie anelliar du aasrmoraftea.
Armadas das provo- taa responsabilidades adiar contra recolhido am aa*ado ra, bom o seu alutamanto
dos, não poderiam jamais per-
caçoes irresponsáveis já intole- por mal» tampo a nomeaçfto de ooma Nto era possível, forçado, passou a vigir, am —:>o(:—
doar as Forças Armadas e pas- de um subatf.tvto O assunto pola, cor tlnuar oom a d'reçto toda a aua plenitude a Carta
ráveto" que íhes dirigem os ini- ***
dlscusrio am do Eatado am mios de meroa
saram, dai por diante, sub-rep- jft era objeto Magna que deu k naçio. O
migos da revolução de 31 de todoa oa círculos- militares, burocratas, ttm reeponaabtU-
preaidente da República, ven-
Uma verdade que deve aer poeta ft lus: Brullla
ticiamente e já agora às claras a dade politica. desarticulou profundamente a vida política brasileira.
março e os grupos totalitários políticos, civis, econômicos e cido o tabu 4a demlasto do
Desligando o Parlamento doa centros vitais da sensl-
essa insidiosa campanha, agora do povo em geral A situaçto O almirante Américo Tomar grande estadista Imposta pela
vermelhos que pensam desmora- Internacional é E. In- feriu,
bilidade nacional, êese perdeu a antiga ressonftncia.
grave impasse, grave moléstia quc o
pelo presidente da
denunciada resolveu, afinal, o
Aqui, nu orilhu do mar, oa discursos mais cáli-
lizá-las em proveito da subversão ternamente, o pai? embora depois de des dias de con- acaba de nomear o aeu aucea-
República. nio houvesse se paralisado, suítes com o Conselho de Ea- sor, provocando, destarte, uma
doe chegam requentados, em resumos que os mutilam,
que planejam. estava a sofrer deagaate em tado, exonerando Salazar, mas aubstituiçio pacifica e normal. svn o mínimo de vibração e comunlcabllldade. E um
Esse discurso acaba de ser O marechal Costa e Silva sua mdüstra, *m aau comer- mal que nfto se vincula as normu atuais do funcio-
conservando - he todas aa A sua grande autoridade
foi incisivo em sua denúncia. 'Inancas a em namento do Congresso, e sim um fenômeno natural
êle cio. em su-s ditador
publicado na íntegra e por , honras inerentes ao cargo de havia feito dele um
"Usando sua vida de trabalho. do C nseiho de M- virtual, embora a Constitui- produzido pela distancia. N&o existe mais
vê-se que o presidente da Repú- de todos os ardis, disse presidente
tre o povo e a sua representaç&o
adesão en-
Inicialmente, a idéia nistros. pres*H"uo assim, a çio nto seja ditatorial mas na ativida-
política
geral
blica não fèz mais do que inter- êle, inclusive iníiltrando-se den- de um homenagem da nação ao ho- apenu autorittria Agora, que de parlamentar. O Parlamento Brasileiro tem que se
era a da nomeaçfto
"para
tro daquilo que a Nação tem de mem que melhor servir, o seu estado de saúde o afãs- conformar com a sorte dos Parlamentos do resto do
pretar os sentimentos e opiniões pr meiro mlnirtro interno.
Acontece, porém, que > atual de tudo, abdi *ju, numa re- ta do govémo, a Carta Magna mundo democrático: serã um órgão de natursza téc-
da grande maioria do povo bra- mais caro, de melhor e de mais
Constitulçfto "ortuguésa eia- milícia completa _ única em passa a funcionar normalmen- nica em que as reações puramente políticas v&o per-
sileiro. inteiramente solidária puro, a sua mocidade, intentara boreda sab a Inspiração do toda a história portuguesa de te, com o Ministério novo, do dendo cabimento. A política dos Inflamados discur-
Caetano,
com êle. nessa defesa. íazer voltar tudo quanto a re- próprio Salazar e que prevê m">'s de oito séculos" professor Marcelo soe, du tiradas de oposição, da oratória emocionai
a possibilidade de um Com a nftmewfto do proles- cujas perspectlvu de govémo
pres'- passou. Taplr, tua raça é finda.
Em nenhum outro país do volução redentora de 1964 tem interino, sor Marcelo laetano. analisarei em irinha próxima
dente da Republica que
mundo as Forças Armadas po- procurado banir da nossa terra nfio previra a oosslbllldade d« substitui o professor Antôno crônica.
eu no Alto Auttregéiilo de Athayde
de OUveira Salfctar ambos Encontrava-ine
— o caos, a exploração dema- uni primeiro min'etrp intari-
dem ser desafiadas, destratadas, no. Para nomear portanto, saldos da
"Alma
Mater" de Xingu, entre maios, quando,
caluniadas e insultadas, como gógica da miséria, da fome e da üm novo chefe de Govémo. a Coimbra, foi. afinal resolvida, pelo rédio, tiva a noticia do
'loflnitiva segundo acidente de qua fora
sucede aqui no Brasil, sem que doença, a inoculaçáo de idéias e escolha seria o oue comtttuc'cnalmente pacifica-
vale dizer, tmollceria na da- mente, e ssm «baios, a subs- vitima o professor Antônio de
os autores desses desmandos so- doutrinas nas escolas, nas íábri- missfto de Antônio de 01'veira titu'çfu de restaurador dc OUveira Salazar E temi pela

fram sequer as represálias da lei. cas e nos campos; a comunísa- S-'azar Portugal, ou seja a questftc estabilidade do atual regime
Ap.-eaael-me
Há, porém, para tudo, um
limite, e as palavras do presi-
ção da cultura e o terrorismo in-
telectual; o enriquecimento ilí-
Mas tal detr>:ssio era
tiesmente, um
deria a
abu Como po-
criatura
prk-

voltar-se
mala grave
apresentar ao
Salaanr fot
que ae
eglme
multaa
poderia

visei
portugule.
em vir ver, in
dos
eee, a marcha
acontecimentos E
pola,

tive
Cente e Notícia
oportunidade de verificar que
dente da República, em São Pau- cito, a corrupção desbragada, a contra o criador? E poderia o criticado por fto haver pro
almirante Amé-lco Tomaz. que parado a aua orópria sucessfto, o Estado sslazarista pôde rea-
lo. mostram que tal limite está inflação desenfreada e sobretu- feito, ditas vezes. à proporr-to^aue passavam oa lizar, aem percalços, a aua ASAS CORTADAS
fora poi
sendo atingido. do, no que nos diz respeito nvis Dresldsnte da República por anos e êle. pela marcha natu- subsUtu'çfto.
Sala- vai das do'sas. teria de ceder Salazar caiu da uma cadel- Sobre a demissão Inesperada dô diretor de Ro-
Falou o marechal Costa e de perto, o enfraquecimento da Salazsr, v*r a demitir
ra, naquele mesmo Forte em
z?r? E d?mlílr um homem o eeu lugar a iutro. sela pela tas Aéroas. da FAB. foi inteiramente confirmada a
"antitotalitá- disciplina e da hierarquia". '.* uma o entrevistei, hft cinco
Silva da vocação que hi mais gerado morta, aaja por moléstia que que noticia que antecipei aqui. O que se pode acrescen-
semelhante Intento é ds naçio, o imoed'ase de continuar no snos, o que teve oomo conse.
ria" das Forças Armadas, graças Ora, dirigia oa destinos tar: o governo federal decidiu entrar para valer no
e cuia presença pareHa a azerelclo du auu funções. quêncis. depois *U ums opera- caao do coronel Haroldo Veloso e do seu protegido,
á qual, em todo o processo poli- simplesmente de realizar-se, en- D*s-se meamo ue nlo gostava çfto feliz, o distúrbio cerebral
própr'a cond*<4o da existên- o prefeito paraense recém-caasado. Explica-se o mo-
tico brasileiro têm intervido, in- quanto as Forças Armadas se cia do reg*me corporefvo oue o aaeunto fosse com éle que o atirou no estsdo de eo- Uvo da decisão enérgica: um grupo, bastante ligado
ma. Mu. se <~ recuperar e
tr?tsdo.
variàvelmente, para proteger « mantiverem coesas e seguras de português?
o entrevistei, hft voltar ft consciência verft
àquele coronel, começou a fermentar idélu de lr
Estamos dlant* de um com- Quando prestigiá-lo no Pará. O sr. Coata e Sllva soube e
liberdades públicas e jamais pa- que estão cumprindo o seu de- plexo dè ídlpo. no quadro de cinco anos, no Forte de San- que, como eeo trava, o regime
cortou-lhe u asas.
onde passava oa deu a Portugal, vingou,
ra suDrimi-las. ver, com absoluto apoio da mala- uma trasédla vrega
'ém
Soldados, to Antônio, que O engraçado é que o prefeito pivô da guerrinha
dias do wrfto. ao conceder- com galhardia, à crise da su-
porém, nfto alma grega, particular foi, no passado, um doa mais atuantes ele-
Os ataques ao Exército, es- ria do País. mas romana, sobretudo solda- me uma palest.e de uma. hora cessfto.
mentos do entfto PTB, e apoiou o sr. Juscelino Kubits-
pecialmente ao Exército pela Qual então O caminho a se- chek, contra o sr. Haroldo Veloso, quando o oflclal
alçou vôo em bemarda conhecida.
função particular que desemoe- guir? DEMORA ? E vá a gente brigar com os vizinhos por força dc
nha de guardar as instituições, O mais perigoso e mais tor-
política!
tèm origem nos grupos que não pe: o da mentira sistemática-
mente assacada contra elas, o \PROJETO
se conformam com esse papel de
guarda das liberdades democra- propósito de denegri-las, empres- Um ssnador quer que o Congresso vote auxilio
- tando-lhes objetivos e intenções para campeonato de judô. E o sr. Petronio Portela.
ticas.
Apresentou projeto para crédito de vinte e cinco ml-
Em 1964, a democracia bra- que nunca tiveram nem acalen- lhôea de NCrl destinados a financiar o Campeona-
sileira correu o gravíssimo risco tam. to Braallelro de Judô a realizar-se em Brasília, em
no entanto, IMI. Na sua Justificação, o senador tem um assomo
de desaparecer para ser substi- Ésse processo, "Brullla
de civismo brasillco, escrevendo: está, atual-
tuida pela anarquia de uma qua- não dá o resultado ou esperam. mente, no primeiro plano do cenário judoistico Inter-
drilha de corruptos que se havia Primeiro, porque a maioria nacional, pois conta com trêa campeões pan-ameri-
canoa e um vlce-campefto du dlversu categorias, pro-
apoderado do governo, transfor- da Nação sabe quais as causas e vando sobrepujar Guanabara, Sfto Paulo e outros
mando-o num valhacouto de a- fins dessa campanha e a repu- Estados".
"Também
Outru frases do parlamentar: u Cor-
do comunismo interna- dia.
gentes poraçóes, tais como Academia Nacional de Policia,
eional. Segundo, porque, as Forças o Corpo de Bombeiroa, Policia do Distrito Federal,
Armadas, assim agredidas, rea- Aeronáutica, Marinha, Exército etc., estão vlvamen-
Quem veio em primeiro lu- te Interessadas, já funcionando em algumas, cursos
firmar-se-ão, no princínio de sua
gar à rua para protestar foi o de Judô, preparando fisica e tecnicamente o seu pes-
soliiiariedade moral, dentro dos
povo em massa. soai".
o
As manifestações ocorridas princípios de sua disciplina, CENA
nas grandes capitais não podiam não permitirá que a raazor-
que Um pacixe mullo bem penteado e ainda melhor
enganar a ninguém quanto ao ca revanchista consiga sequer vestido, fêz ontem, numa estação de televisão, pales-
"o
tra sobre diálogo". Prestei atenção porque é assun-
seu sentido e a sua força. pôr a cabeça de fora.
to da moda. Mu o reverendo, embora razoável em
As palavras do presidente
Quando o governador de alguns comentários, pareceu-me cometer equívocas

Minas Gerais, apoiado pelas tro- da República foram mais de que tentando abordar um quadro assim: a mãe de uma
adolescente chega em cua e, precisando de dinheiro,
um desabafo pessoal do chefe e
pas do Exército, proclamou ali vai ao armário da filha ausente, apanha-lhe a bolsa.
o estado revolucionário que se do camarada, para assumir a di- Nisto surpreende, là dentro, um vidro de pilulas an-
tlconcepcionais. A menina é donzela, ou, pelo menos,
desdobrou até a queda do gover- mensão de um protesto nacional
assim aparenta. A mfte, católica, em desespero, apre-
nicho presidido pelos srs. Jo&o e ne-
perfeitamente Justificado ende a bolsa e u pílulas e, quando a filha chega da
Goulart e Brizola, as Forças Ar- cessário. Universidade, increpa-a. O ato assume nuanças de-
Melosas na voz tranqüila do wcerdote. Ele entende
madas vieram em socorro do po- Ninguém o teria feito me- "o
erro da falta de diálogo". Preten-
haver em tudo
vo, para defendê-lo contra nova lhor nem mais oportunamente. de que a cena se passe assim: a mfte extremoea,
à bolsa da filha, e li
precisando de dinheiro, vai
A canção dentro encontra o vidro du pilulu. Lé a bula cal-
mamente, verifica ae nfto há contralndlcaçfto para
a saúde da filha, fecha discretamente a bolsa, e si-
Climaeo Beterrn lenda. Ou entfto: a mfte, precisando de dinheiro, vai
.. :¦:::
".":. •
..•' v.
Equidade Joio
ft bolsa da filha ausente, surpreende o vidro, apa-
Acompanhei com «speelal Desgraçadamente, existe um Nfto aou contra o romântico. vora-se wm a Idade da menina, nfto lé a bula porque
ao oontrftrio, venho a filha che-
interesse a compstlçto do clima de Inquietaçfto e de an- Multo jà sabe do que ae trata, e depois, quando
do tempo em que a formaçfto delicioso e com-
Featlval da Cançfto Popular. gústla que ae espraia pelo mun- ga, inicia um diálogo ainda maia
Está nas cogitações do custa de sacrifícios cole- da é, nos paises civiliza-
entendido da do Inteiro. A Incsnfonnlda- literária e artística nlo fugia
Nto «ou um pre:nslvo.
a um romantismo talvea ex-
Governo a elevação do li- tivos, quais nun-
sem os dos, o mal justo de to- música, confeaso lealmente. de do jovem com a vida atual Em primeiro lugar, nto entendo para que uma
bra- oeeslvo. Maa o Júri. viaivel- — mu
Tinte de isenção dos con- rm deixar O dos os tributos e o apri- Mh» ouvi toda u canções con- nto é problema apena» donzela precisa de pílulas anticoncepcionais
poderíamos mente pra frente, nada tom
de do plano ineli- moramento dos métodos correntes. allelro. Jomala e revista» es- eata, evidentemente, é uma oplnlfto estritamente mu-
tribuintes do Imposto terreno de romântico.
da dt sua coleta é condição tfto chetoe do aangue doa mo- cullna. Em segundo lugar, ae a moça é maior, nfto
em a esfera
Renda, que, a partir do nado que oa E por que m ciauiflcaçto? necessidade d; esconder
Antes de tudo, quero des- ço», derramado, por todoe compreendo porque tenha
ano, seria ele- inflaçãofot lançada pe- para que também se a- os contlnen- Nto se aega o mérito da Em terceiro, des-
próximo
o qut traz tocar a juventude dos parti- palau d» todoa vito- que u usa, particularmente ft mfte.
vado para 600 cruzeiros Ios Governos anteriores. firme com can- to», nem uma expllcacfto ló- dupla da composltorea
conheço rasou vftlldu para que a mfte preciae do
clpantea. Compoaltores,
maior beneficio a riosos. E vou muito mala lon-
novos. Na verdade, seria Com o alteamento no ni- para
tores, acompanhadores, tudo gica. dinheiro de uma filha ausente e nto possa «perar
de isenção, coletividade O gesto es- ge. Nlo se explica a injustiça Em quarto lugar,
fundamente i n j usto vel minimO quase menino. Uma ou outra
de que um deles foi vitima que ela chegue, a fim de pedir-lhe.
n <utar os vencimentos não apenas
procuram os pontâneo dos responsa- exceçto. que nlo podaria aer As canções apresentada!i no entendo ainda menoa como tendo o Papa ordenado
eaplrRo quando nto obteve o lx> lu-
dos auferem técnicos especializados a- veis pela sua cobrança classificada de Idosa. E lano Brasil traem bee "Carolina".
a mais o uso du pilulu às famílias católicas, um sacerdote
que pro- gar com
é um bom sinal dos tempos, Sfto, antes de tudo, um pro- recomendft-lu até através de diálogo entre
ventos abaixo daquele a franquia ao det-
revela qut a orientação bela página da música popu- possa
justar
pois a mús'ca é uma arto, testo eloqüente oontra a vio- mães e filhas. Todos podem recomendar o uso
das
nossa moeda, atualmente seguida tem lar brasileira dêne século.
teto. em face encare-
do gaste de ainda a chamada música po- lêncla. a força, o abuso
da
Inclusive o médico e o farmacêutico. Um
imprimir o A lmpreasio é qua agora ee pilulu.
cimento do custo de vi- como também a indicar por objetivo falando em público, de-
pular. E quando a juventude autoridade.
d<> padre católico, ainda mais
verdadeiro sentido de e- meamo, Ȑ procura corrigir a falha
da, a despeito dos esfor- que possivelmente a ar- cultiva a arte, em qualquer El por isso
a pois do Papa jà nfto dcalruta
da mesma liberdade
deve prt A- Mu Julgamento que preteriu — e
ços das autoridades em recadação se aperfeiço- qüidade que du auu modalidades, dft a tomam relvindicatóriaa. "Carolina". O dlftlogo entre pais, mftes e íilhos ou filhas
aimpla-. cançfto oomo se u- — nfto deve
combater a inflação ou. maior A- meia eemivel alnal de viu- díurna lelvlndlcaçto - lamentavelmente o reverendo o esqueceu
produzindo dir à distribuição dos de ma injuatlça fosse possível
volume, com o estreita- lidade. Hft a uplraçto máxima ilmltar-se, necessariamente, a problemas dos filhos.
Ninguém, dt boa fé* po- do amor oorrislr com outra.
os lucros dt vida tranqüila, os
dera negar esta não mento das malhas fis-
nus sôbrt Nto admira, portanto, qua uma
O Jovem Chloo Buarque de Deve extravasar tais íronteiru e abranger todoa
que oa textos da grande maioria tranqüilo, de ae^bracíu «piase um todo solidário. Mas
esteja sendo contida, à cais. O imposto dt rtn- cada um. fato, Holanda tem talento e valor problemu da familia, como
da» canções tragam uma ol- ingênuas; E ês»e que
se torna sempre e cada vez mais
oomo de aobre. H nlo preclaa de é justamente o que
recebido
tenalva ou veiada mensagem SSuria Nr manobras dificil porque nem todoa oa pais sfto desvelados
e nem
o entendi- para projetar-ee.
de protesto. Este termo, alta», um convite para
Com o meamo espirito cria- todos os filhos aceitam o diálogo sem reagir pela
é definlcfto difícil na hora mento maior, desperta medo,
•m\Cf'_ IhC -C -, Cl * vlolíacla ou tapando m MffMW
angústia a ate mesmo -*—*-•
s^Mc OCU«
presente. Hft poucos dias, um crave
"Carolina",
maa escreve Be eu ífisee aacerdote, começaria recomendando
se
moço me afirmava, com * Diante dêsu clima «ue "Sabiá", estft e a antigos, não
-6 oa moços estft criando, nto admira a a letra de que paa e vontade de dialogar a moços
convtccfio que se vive
naacar injustiça da elasslflcaçlo. Pro-
longe, infinitamente longe da exclusivamente aos jovens, que nfto sei porque
possuem, que o ato de sobreviventes de
NOTICIAS curou-se dar o primsiro lu- primeira. E também multo a endeusar como se fossem os únicos
DIÁRIO DE era uma atitude d: protesto.
longe da cançfto qu- ficou no
E. dentro do mesmo neto- aar a uma canelo que fo«se uma clvlllsaçáo destruída. . . _. _
Coi«* da de dizer de
uma menasgém
¦ermdo plano... Iria até mais além. Iria ao ponto
Plra»t-reape»aénli ERNESTO CORRÊA cinto, morrer também era por excelência vida. de família no Mun-
-mftntice. dentro da batina, que o conceito
SapaMaleaéeaMt HUMBERTO CARGIULO um protelo. mfto e peta vos de
doOddSitol n àarrap. pela
R^»tae-CM»i OUNTO A. L. OUVEIRA tementes a Deus, enquanto na Rússia
do
SarMirie-iarali
bMH-imli
CELITO DE GRANDI
ROBERTO LINS PASTL
'Informática" cristãos
iStano ocorre o contrário. <Juem sabe
lá. na falta de quem Interprete o Cristo
nlo iI porque,
ou de quem

Sdariairtratl», Raé»{l» • OflaiaM - Ru Ma Mr.. 7JI


- E.mi 4-71M
A o fatoete meimo na melhor
de discutir onde afinal se
boa-fé, nta«uémjenta
encontra o Deus verdade!-
Dap.na.Hai. C»M»ctrf - Ru Sm. 4. Iswtw, UM
MmrioStdtd
"MRTA"
REPRESENTANTISi A MARGEM
aos adveraftrioa
RIO - U-Un Ohrri. IU
- *.• -<Ur - hui
aceitar para aprender For falar nisso: surpreendeu até
£H» tám PARIS — Na ultima asma- ordenado») que vemos e Reclf e a de-
S10 PAULO - 7 «a Abril, t»
- ».• né» - Pwai M-êlll • M-M7I maquina
do a utiliaá-lo". , nuüs Íntimos do arcebispo de Olinda "a
na de setembro, na prostlgio- compõe o oomputodor, , soluçio
Ras d. C«Mér*ta, IM - l.« oéar - P««i trtm elaraçto da D. Helder Cftmara repelindo
RECIFE - aa atmosfera de Veraalhse, meamo modo em que se «a- Hor ora, o problema prlnol-
butante lucidez, que
a tecnologia euio- i$££r. nus D. Helder. eom
reallzou-ae uma séri« de reu- trlbuem u partes do cérebro pai. para tropaii norto-amCTl.
ASSINATURAS! o do a- no Brasil aarla pnastooado palas
nlõu clentlflcu o técnicas so- humano. Em suma, uma ms- pela, é Justamente ae vlolên-
Bea 1 é. Utumhn. UM
- Ru SU Prfra. 7» "Informática", memo- prend'sado. oanu e maaaa u o povo tomasse atitude
bre a Isto é. quina ordenado» de
Vi» kit*. - km», NCrl iljtt - ttmmni *Cr$ tA» durável e Como converter-se em vm ola num imenso Vletname". ______
aobre o tratamento automa- ria Instantânea, "tnformettee"? recebeu dwrao raprt-
Capital - Uteriw - (Via Roé.»l»rla) a perito em
mn Recentemente, D. Helder
tico da informação. definitiva. Para assinalar
- Trl««U.i NCrl IM» Ilustres
A».i NCH tA» - tmmtmnx NCrl Ií.00 Como surgiu s palavra
"ln-
unlca vantagem da r»p'dei, é Verulhu. dmtUtaa
deram suas iníoimudee na
a unida-
VENDA AVULSA
formatlca"? Doía francesu. possivel dtaer-M que de
de um mülfr
- Robert Lettoe e Phülppe Drey- de menor fc qual ae pode che- praunça
"aaalnantea"
Dlu t»**i NCrl t» NCrt D«.tMMI O» do» calculado-
obter u-
NCtfEROS ATRASADOS DE 1HI
fu». orlaram há alguns snos
"Informática".
gar atualmente para
raa. podem aar uttlias- TEMPO QUENTE
o substantivo ma Informaçto I de um ee- qua
Ot*i NCrl ttt - DwI.imi NCrl ».*•
Dia» com a contratação ds duas oorreepondente a »
gundo. reeolveu passar o vs-
Bllve
anoa ds trabalho da pesquisa. *t*-*7M****t O presidente Ooeta e
PONtti palavra»: tnformaçto e auto-
««lies
^aU
matica. O
"tratamento
auto- A propoalto da rap dea ta rto em Petropolls. no Palftdo Rto Hepo.
uma
- matlco daa lnformaçõ.»" ».g- obtençfto de Informaçôu. Da- nfto é preciso poaauir Antes dMe. que eu me lembre, só o m. Oetullo
tttttUi »-7«I - M l-UU matemática univer-
n'floa passar através de um nlel Oarrlc, em um artigo pu- formaçfto Vargu festa o meemo.
Clrr«la«*.i I-7U1 - t-TMI "Flgaro aitárla. t m-PcitrM* o aprrn-
computador eletrônico uma bl'co no Jornal .
Balei, d» AaéMiMI é-fIM dls que dido nu eeoolu wwdirtii
Informação que é separada por sobre a Infornisfca. Maurido Caminha im Lmetwim
tmtttmtSmím *-.»** "memória'
da- é
"ta'it'1
tentar Ignurar e»ta auperlore». E»U oonheolmento
melo da ot.
Ckt«H»i é-itu ide •xlrsordlnárl* Vét-
*utumaltssrt<
diversa» mimorlss acô--
toont. na IA *o lo oad.)
do oom a oomplesidade da do tempo: é um (ato que

f \
Porto Alegre - 5-10-1968 DIÁRIO DE NOTÍCIAS
1.° Caderno - Página 5

Jotaká informa Isenção do ICM para tratores PERGHER NA ENERGIA,


ANAWATE VAI AOS EUA
- e máquinas agrícolas nacionais A partir da próxima semana
Obras Públicas
o secretário das
engenheiro nmberto Pergher. passa-
rá a responder também pela Secretaria de Energia e
Por falta de quorum deixou de se reunir Aumento de Pastagens no Rio Orande Comunicações,
do cujo titular engenheiro Henrlquo
ontem a Assembléia Legislativa do Estado. O- Sul, em Exposição de Motivos, dirigida a S. Anawatte, estará em viagem aos Estados Unidos. O
oorre que grande número de seus integrantes Exa., o Governador do Estado (Of. n.° 336/68, engenheiro Umberto
O deputado Valdir Lopse, Pergher desp^hará na Secre-
presi- enoontra-se emprenhado na campanha su- de 7 de março de 1968), diz textualmente: taria de Energia e Comunicações, diariamente, ás 9
dente da Assembléia Legislativa Es- "Nas
cessórla municipal, percorrendo os mais diver- condições atuais, nenhum pequeno ou horas da manha.
tadual, a exemplo
governador Pe. do sos e afastados municípios do Estado. Até a médio proprietário rural do Eatado, que,
racchi Barcellos, está completamente, realização do pleito ds novembro é Jun- INAUGURAÇÕES AMANHÃ
quase cer- tos somam 96% do total, pode dispor de 128
integrado na campanha eleitoral mu- ta a náo realização, às sextas-feiras, de ses- A Secretaria das Obras Públicas vai inaugurar
milhões de cruzeiros velhos para mecanizar
nicipal, num apoiamento. também ex- aôes plenárias. amanhã, domingo, o Grupo Escolar de Gramado
suas terras e formar pastagens, ao preço vi- dos
tensivo, aos candidatos do MDB Loureiros, no Municipio de Nonoai. A escola foi
O gente para o trator, arado, grade, etc..." construída mediante convênio entre a SOP
presidente da Assembléia Legislativa TRATORES Ora, a presente isenção vem diminuir em 17% e a Pre-
feitura de Nonoai. num total de 200
Estadual está assim dando total co- o preço do material a ser adquirido, alam de metros quadra.
dos de área, tendo ali sido investidos 20
bertura aos O deputado Celestino Ooulart apresentou, incentivar, também, a Indústria nacional. mil cruzei-
candidatos emebedistas. ros novos do Plano Comunitário delnvestimentos.
cumprindo o seu legitimo na tarde de ontem, projeto-de-lei segundo o Ainda amanha aquela Secretaria de Estado
papel de vai inau-
líder com todos qual ficam Isento do ICM oe tratores, máqul- INFORMAÇÕES t gurar a ampliação da Escola Normal Assunta Porti.
polittco os seus di-
naa agrícolas e implementos de fabricação na- nl, na localidade de BarSo,
reitos. em Salvador do Sul. Es-
Hl cional. Justificando a proposição, diz o de- deputado Pedro Simon, por aeu turno, ta obra foi construída com
a colaboraç&o da comu.
putado: apresentou um pedido de informações ao mdade, com a aplicaç&o de 25
mil cruzeiros novos do
Executivo, pretendendo saber: Plano Comunitário de Investimentos.
"t
aabldo o custo do material agrário. Pre- — Qual o número de favelas existen-
DESTAQUES tende o presente projeto incrementar o uso do
trator, do maquinário agrícola e demais imple-
tes em Pflrto Alegre nos anos de 1964, 1965, REUNIÃO DE PREFEITOS
1966 e 1967? Na próxima segunda-feira, ás 17 horas, reunir,
mental — para que nossas terras sejam me- — Qual a população dessas favelas, je-áo no Palácio Piratini, com o governador Pe-
lhor cultivadas e produzam mais, bem como dlscrlmlnadamente, nos referidos anos? racchi Barcellos e o secretário das Obras Públicas,
*• ******* Legislativa curso de datilografo. Nesta próxima ae- refortaleça o plantio de pastagens e a reno- — Quais as engenheiro Humberto Pergher, os prefeitos de 14 mu-
ms i\ Í^S medidas tomadas pela
Estadual tri prestar, em nome doa 51 mana serio nomeados os M classifica- vaçáo da grama nativa. O aetretárlo da Agri- STH no sentido de melhorar as condições de nlclplos que formam a área da Grande Porto Ale.
deputados, nau ttgiilfleaUva humana- doa. cultura, Luclano Machado, em seu Plano de existência dos núcleos em quest&o? Na oportunidade, os urbanistas da 80P váo
gre.
5? ±.***" * ******* de rodar U- fazer uma exposição aos prefeitos sóbre os critérios
A'Comissão de Serviço Público da
gula tiro. adotados na delimitação da área metropolitana de
Assembléia Legialatlva,
Dia a», por ocasião do <Dle
do Pun-
presidida pela ESTATUTO DO MAGISTÉRIO Porto Alegre. No debate em quest&o será determina-
cionário Público", oa deputados oferece- deputada Suely de Oliveira esta traba-
"todo da, também, a participação das Prefeituras interes.
ráo no "hall" nobre do Palácio Parrou- lhando a o vapor" na reformula-
saóas na elaboração do Plano Diretor de Obras da
çáo do Estatuto do Funcionário Público
Pilha, um grande coquetel.
Maltas deputadas de MDB comenta-
Estadual. .'... \m ^ê
Grande Porto Alegre, cuja dellmltaç&o será alvo de
decreto a ser baixado pelo governador do Estado.
O deputado Harry Sauer preparando Os
vam • discam do prseldaete Ciata e municípios que compõem a Orande Porto
• U Ciclo de Eatadoa Econômicos, «ue Alegre,
«lva prononctade em tt» reate. sáo: além da Capital, Canoas, Sapucaia. Esteio,
terá lugar no prért Al-
vorada,
OlsMm que o Chefe da Nação "féa A Corâlssáo de Serviço PúbUco, pare mm > \^_m Cachoeirinha, Gravataí. Viam&o, Guaiba '
8&o Leopoldo, Novo Hamburgo, Est&ncia Velha,
elabortr um perfeito Estatuto, está ou- Cam
ama abertura democrática multo impor-
po Bom e Sapiranga.
tante". vindo Imnbrtaetaa personalidades.
OateáTesOreram prestando Informa-
rei daa BBBtB u Ceavaawfe de
çéoo oa armliulM de fadoraeées o ontl-
MDB om Taqaura, aa qatnte-fet», a
dadee «ue congregam e magistério pá-
noite. rroaMta ea trabalhas e depatado
MSoo. •
Barry Saoer, estando também acalente e
depatado Valdir Lopae.
O Código de Reforma Judiciária de- PELOTAS ESTÁ APOIANDO
verá aer enviado ao Poder Legislativo.
Poram escolhidos para eandldatos ee Nos bastidores políticos comenta-se
srs. Wlly Samsra, Antônio MachatV a «ee e ar. LaocadU Antunes também se- CANDIDATURA ALCÂNTARA
Halnl Bauer. rá candidata do MDB nnma sublef enda
PEIXJTAS, 4 (Pelo telefone) — Todo o
à aueeasáe da sr. Peracchl BaroaUos. esquema da camrcanha
O deputado Plavlo mamãe taferman- pró-candidaturas Ary Alc&ntara-Beftto Barros para prefeito e
de «ue a Assembléia Legislativa Mt efe- Outro candidato — praticamente cer-
vlçe-preíeito de Pelotas, respectivamente, está
«var
"cunoa to — será o deputado federal fVwlceno em p'.eno desen-
de eeleeáo e aperfeiçoe- volvimento tanto oa cidade como nds bairros, na colônia
Paixão. • noa
mente para aaua eerrtdorao", eem bolais demais distrito» Os lideres que propugnam pela vitória da sub.
Multo em evMtaela e prestigio de
da «tados, tadasire ae rendeeáo -Oo- legenda n.o 2 da ARENA mostravam-se esta noite safsfdtoi
túlio Vargaa". sr. OidáHe Duarte Jacoadlno, unaldento
e entusiasmados com as demonstrações de solidariedade que
de Siadkata dw Bancários «TPebtaa.
o deputado Ary Alcântara e seu companheiro na sublegenda
Bm Cruseiro do Sul o MDB escolheu eme ontem estive em Nrta Alegre, par.
vem recebendo. O deputxdo Ary Alcântara, que esta semana
para seus eandldatos a prefeito e vice- Ucipando daa demsrebm referentes áa
realixou diversas visitas ao interior do municipio,
prefeito os an. Manoel Ruichel e Mário
m^lmlwamâmm álea Am
vtitiihricmwv mm principalmen-
DurasU. A deputada Suely de Oliveira reuniu na maihã de ontem na Sala da ta á zona da colônia, esta realizando uma verdadeira maratona
Jacoedlno é a vereador Comissão de Ser-
ret hemelegade, enteia, pala Aaaem- em Pelotas, Bata eom Alcântara. viço Publico da Assembléia diversos professores, oportunidade em para atender a uma avalanche de convites que vem recebendo
Vai que tratou do ante-
Mela UgUattva IHadeal, e neeete eee- •o ale«aa "Ari é mala BJABBMf, projeto do Estatuto do Magistério, que seri elaborado por aquele órgão, com
para participar de reuniões e comícios. A penetração de sue
a coope. candidatura em todog oa setores da coletividade
ração da classe dos professores. pelotonse t
algo de extraordinário.

EM PAUTA ALEGRETE INAUGURA HOJE


'ovttn.
Na rua Dr. VMrea, oatre
Salgado mhe o Oenoral U, filha
Mrnftndft
do
sr. Sinval
Quinei" a
bancada estadual,
uma coordena-
A EXPOSIÇÃO DE ANIMAIS
Vitorino, a falta de siaaH- Chiassem,que está tendo eaa melhor oatre e partido
aaeáo ado«uada para esta- o seu nome apontado pa- o oo seus lideres.
elonameuto do veiculou ra a Prefeitura de PArto A XXVI Exposiç&o-Peira de Animais de Alegrete será
tem causado confusões Alegre. inaugurada ás 15 horas de hoje, naquela cidade, com a pre.
para oo próprios agentes de Meu amigo, jornalista aença de autoridades civis, militares e eclesiásticas, á exceção
transite. O deputado Valdir Lo- Índio Vargas, candidato
do secretário da Agricultura, sr. Luciano Machado. O titular
pes, presidente da Amem- do MDB á Câmara Muni-
Mete Legislativa, esteve cipal, em plena campanha da Agricultura, embora convidado, a exemplo do ocorreu
que
O píer de todo é que, ontem em Arrete de Mete, eleitoral. Deveri aer um o ano passado^náo comparecerá ao ato inaugural do tradi.
enquanto os agentes ficam presidindo a Convenfáo des mais votados pelo par- cional certame do maior municipio gadelro do Estado. O sr.
confusos e multam sem um Municipal do MDB. tido da oposição.
Luciano Machado, viajou ontem, com destino a Palmeira, Pas.
critério igual, os motoris-
ao Pundo e Nonoai. No primeiro municipio. participará de
tas aefrem o Anui de uma Roje, encontro tradlcio- O sr. Meoea do Carmo,
falta de providência daa nal e semanal doa Jorna- secretário Municipal de reunl&o da ARENA, no segundo, da inauguraçáo da EFRICA
autoridades do Trânsito. listas da Associação Rio- Obras a Vlaçáo «ue é tem- (Exposição Feira Regional da Indústria. Comércio e Agrlcul.
grandense de Imprensa. bém candidato arenlsta à
tura), e no terceiro de solenidades inaugurais.
Câmara, Instalou o seu ea-
¦ele ee Para» de Me- O deputado Victor Pae- salta centrai aa áltlma
O discurso oficial de Inauguraçáo da Exposição Feira de
nine Dona a taaagaraeáo etenl multe otimista eom «uinta-felra.
Alegrete, será pronunciado pelo sr. Luiz Odilon Pereira Ro-
da rEBIT. rotefáo aaa resultado» daa
pSjmA munlclpala om Ca- Em Tramandai, o sr. drigues, presidente da Associação a do Sindicato Rural de
O governador Peracchi xias da SuL Afirma «ue a Paulo Hofmeister, um doe Alegrete.
BareeUos estará, hoje, em ARENA vai vencer a piei- candidatos da ARENA 4
Passo Pondo, onde vai te. Prefeitura, em plena cam- Poram inscritos no certame de Alegrete, que teve inicio
inaugurar e n EFRICA. penha. ontem, com 850 ovinos, 400 bovinos e 50 eqüinos.
Julgamentos,
Depois visitará varies mu- Em Cachoeira do Sul o
nielpioe daquela região. meu amigo Pedro Cernia- O deputado Noly Joner
no continua eotadisslmo rumou para as Mlssóes e
Oe depetedee DareOe para vencer o pleito mu- Alto Uruguai, para ajudar
Oiaeemaaai e Celso Testa nicipal. E também da as candidatos de MDB àe REGRESSA O ENG.° AJSER
ARENA. Prefeituras o Câmaras.
«•ee de MDB, aa ragUte
O sr. Siegfrled Heuser, O deputado Renato Sou-
presidente do Diretório aa afirmando que o MDB
¦sterá debutando hele Bogloaal do MDB, vai In- náo perderá aa eleições no
\%m LtOPOltftlMb JUTtOU m município de Ouaiba.

retornará a Montevidéu O jovem José Vicente Goulart


PCi Mi Amanhã
Brizola, que esteve na Capital para fazer seu alistamento militar
— O
jovem pertence à classe de 1949, que será chamada no próximo
ano — Hoje à notte o deputado Ed Borges, da ARENA, estará sendo o pai mais
'mmm^^m Bmjr^:
v» ;i vi ^h^V^fl s9h
feUz no baHe das dsbuttmtus do Leopoldlna Juvenil. Isto porque em vez dt dançar
uma vflfsj, etturá duas vizes no salão sendo alvo de atenções — O deputado Ed
Borges vai apresentar à sociedade da Capital suas filhas gêmeas — E tenham
todos um bom fim-dt-semana.

f' m ¦íP^^^ÍI
PROTEJA SUAS ECONOMIAS, DEPOSITANDO NA

.(im FGONÔMICA FEDERAL 'A


\w L 00 RIO GR DO SU. I I M d§S!P^ • 1 I IH mèa Imé&IBH
NA MODALIDADE DE POUPANÇA UVRA OUSANDO DAS VANTAGJSNS DOS 1 R^&íflEs
JCROS E DA cORREÇAO MONVTARIA E. SINTA-SE TRANQÜILO,
BLAS ESTARÃO GARANTIDAS PELO GOVERNO DA UNIÃO.

Ontem, na Câmara

ADMINISTRAÇÃO DE CÉLIO
da

E CRÍTICAS alegria \m mote púrticipaf&>

TEM ELOGIOS bebetoeceboiinha


Na sessão de ontem, na Câmara Mu- ciplos revolucionários, que trancaram e opreMntaç&xie
Regressou da Alemanha Ocidental (Colônia e Dusseldorf), produção

w
nicipal, sr. Clénio Peres disse em os aumentos de vencimentos dos ser-
o
Werner Aner, Diretor de
tom
município
de ironia,
e a
que se
situação
aa
da
finanças do
cidade estáo
vidores públicos Reconhece, entretan-
to o magnífico trabalho, nesse sentido,
o
textil
engenheiro
de AJ.
Oünther

Renner — Indústria do Vestuário.


produção
Durante chibé
como o prefeito diz aue estão, deve ser realizado pelo atual Secretário da Fa- t tua estaaa nas duas cidades germânicas, deu continui-
Sua Senhoria reconduzido à Prefeito- zenda Municipal, sr- Ablo Hervét iniciados no ano
dade aos estudos e observações passado,
ra e que o MDB não deverá julgá-lo,
com referencia à indústria do tec'do e empresas de fiação
isto será feito pela própria ARENA. CALÇAMENTO Aner,
O sr Nei Rosa. a seu torpo, fêz uma e tecelagem. Na foto, aspecto da chegada do eng.'
Mil-
»
Renner,
análise da situação administrativa da O sr. Jiilio
justificou o
Luzseu
quando foi recepcionado pelo diretor de AJ.
Prefeitura de i"6rto Alegre declarando Pedido de Providências em que solici- ton Motta e alguns colegas da empresa.
que muitas coisas erradas ate hoje e- ta o calçamento da Travessa Venezue-
xistentes se devem em boa parte ao la Pediu ao Secretário de Segurança 10005 05 $ÁWW$,ÀS 17:30 WWS
ex-PTB. é responsável Pre-
que pela Pública policiamento para a zona que
feitura em muitos períodos. Alinhou, circunda aquela travessa
também, algumas coisas boas que se O sr. Aloislo Filho concordou com
tem feito, destacando oi próprioa con- o vereador Júlio Lus do que diz res-
Entrega de títulos eleitorais
«r Voí«io Fi-
^ -animais anwrtrodoi-
celtos lá emitidos nelo peito k falta de policiamento
na cida-
"tanee-
lho, que reconhece ter havido o de Denunciou, também a existência
mento dai finanç mun de cand>*atos a verennça n*e escondem O Jula IT:.tarai da 2a Zona, dr. Prulo Davd Torres

TV PIRATINI
Chamado a debate, o ir AIiíiio Pi- a legenda em que disputarão 0 pleito Eawcllos, e^.á comungando acs c'3'.torea que asllcitartm
lho, am comunicação de lidei dim que Cp novembro assim enganando o elei-
insrriçõea transferencias, segunda vias e retificações eté
o saneamento de finanças ae deve. tem- torado Condenou faixas de propagan-
bém. á gestão do falecido prefeito José da pela o cia 26 da aetemoro últ.mo, deveráo comparecer,
permanência do sr Célio Mar- que
Loureiro da Silva e um pouco aoa orlo- quês Fernandes, na Prefeitura. oom a máxima urgência, no Cartório Eleitoral, pata
retirarem seus títulos.
um stow de liderança

ba
— Pôrto Alegre - 5-10-1968
Página 6 1." Caderno DIÁRIO DE NOTICIAS

BID financiar
& pode Informa Herthon de Leon
Homens Negócios

Wilson R. MüUer
> * Taim: Obras
também o
Falta de etmrntoe oficial» atualizados que indiquem a realidade do mercado
síd<: úrgico da América Latina vem preocupando há algum tempo ot empresários PRIMEIRO TEMPO
do*> nttneníf Os existertes em grande parte, lia produtot de *n'ciathas par
mteressadas em montar usinas ou colocar os civis em execüção
ttcularei da parte de emprisat

setis produtrs em determinados países. Para suprir essa deficiência vários en-
atitude pobré esta tomada contra o Teatro Leopotdina tia madrugada
tewlimentos fowm rrantidos entre representações, governamentais e de indus- Na visito que realizou à As- Financiamento externo çruiès, que
sembléla Legislativa, o secre- de onttm Ninguém mais do que eu bateu-se pela Revolução e sempre apoiou
triais Agora o Vftituto S^asUfiro de Siderurgia e o Instituto Latino Americano O representante do Mlnls-
tário-geral do Ministério do seus princípios, o que não me impede de criticar essas deselegante- demo stra-
de foro e Aço (iLAFA) com sede em Santiago do Chile, deverão proceder o térlo do Interior deu conheci-
Interior, eng.° Dalmo Leme prejudiciais, no meu
levantamento disst merca-lo Para tanto, ambas as entidades solicitaram assis¦ mento aos parlamentares da ções de obstinação entender (e no de multa gente), a todo
Praga na, afirmou existirem e- o mecanismo ctíado desde a queda de Jango Goulart.
ttvcia ttnan ei*a do BID A Wciaiiva pelo que virá representar para os planos Instalação do Orupo de Tra-
letivas possibilidades de flnan-
de aisenvoWmento do pai que siderúrgico do Pais, está contando com o apoio do balho que irá estudar a cora-
clamento para o Projeto
dc ministro ia Indústria e Comércio, general Edmundo de Macedo Soares e Silva. truçáo do dique de emergén-
Taim, dentro dos entendlmen-
da no Canal do rio São Oan- 1) é> nunca foi, nem ntmea será com violência que se resolve alguma coisa.
N&o
tos que estto sendo levados a
Danço Duque de Caxias Será dos para um coquetel no Calo. iemorrstraçõej de primarismo conseguirão, quando muito, irritar o povo
Tais
palestrante _ pwt.
_ têrmo com a delegação do
fechou • úimo ba. Wsiter Diehl, que vai <Hs- restaurante Renner. Asai- Falando sôbre financiam en- e nunca l muito longe disso até) tomá-lo adepto da causa que ésses alucinados
"Universidade BID. Parte das obras civis do
laecete com 8£ mlihòes correr sAbra nam o convite os srs. Aloi- tos do exterior, o eng.° Dalmo devem acreditar estar defendendo.
Taim já estão sendo executa-
botos em depéslts. • comunidade*. ilo Brtxner pelos sócios cem- Praiana Infernou sétare os
das e restaria sòmente
fundadores: Mario Antunes recentes entendimentos man-
plementá-las. O sistema de
couxi Crus, uns das rva Kluwe comemora n- da Cunha, pelo Conselho do tidos com a delegação do BID apenas repetindo tudo aquilo
bombeamento de água e dre- o) Pensando coerentemente, essas criaturas estão
o mal do do seu dnqüsntenárlo. Orientação, e Plln o L.L. e sôbre a constituição de um
maiores emprêsas nagem de uma para criticavam
de Figueiredo, pela admi-
parte,
Orupo de Trabalho, Integrado que (e que, d.ga-se de passagem, criticavam certo) no período
Brasil, esta aplicando os A data é de Júbilo para o
refôrço da Irrigação da parte a Revolução• São desordeiros, anarquistas e agitadores.
que preceueu
Incentivo» fiscais no proje. comércio local, onde ela m nlstraçáo executiva.
mais alta do polder do Taim por representantes dos Mlnls-
to Santa Marta Nordeste, situa na primeira linha. térlos do Interior, Agricultu-
dará oportunidade a que se «
na Bahia. Aqui do Estado ra, Planejamento e Fazenda,
Carneiro de Faria, faça um projeto integrado da agem com
dos Diretores Lo- frahy com a finalidade de relado- Sob
o preteno de repudiar uma peça que consideram subversiva,
Já aderiram to projeto 375 C?n]S V mn*«
superintendente do ifíPS, região. J)
emprêsas, com mais de dois Jistas a presença nar todos os projetos de irrl- um iiflamado espirito de agitação¦ talvei tão porco, tão sujo, tão chocante
Jantou quinta passada Em companhia do oel. Pau- "Roda
milhões novos. do delegado d» impAsto de gação em condlçées de obter
com Jornalistas credencia- lo Fernandes Freitas, o secre- quanto os palavrões ditos em Viva".
renda no seu altimo abnA- financiamento externo.
dos Junto ao seu gabinete tário-geral do Ministério do
niretor • assistente Mc- ço Nesio Coelho M»'i fa. Além do BID, o en«.° Pra-
u "operação Estiveram presentes, pres- Interior foi recebido pelo pre-
nco da Indústria de lou sôbre a ar- considerou como de — —
tiglando o encontro, os co- sldente do Legislativo Esta- gana Melhor síria mais sensato e bem mais inteligente se tentassem alertar
Refrigeração Cruseiro do rastão". Importância a próxl- 4,)
legas Alberto André, presl- dual, deputado Valdir Lopes, grande
Sal, de Sapucaia, viajando
construtivamente o povo, promovendo debates coerentes e não agindo como
lente da ABI; LndndoCas- ma vinda ao Brasil do presl-
cinimbu o passando, a seguir, a prestar crianças mal educadas Porque agitação nunca resolveu nada, em ¦ugar nenhum
par* | Europa, a negédos. preparando telo Branco, presidente da dente do Banco Mundial sr.
informações à Comissão Es- e agitação de mão armada, no meio da noite, é covardia e simples...
Os ara. Walayr Hélio Wosiak lançamento de um nfli— Federação Nacional do< Robert Mac Namara, que dia' pura
O Raaeo Lamprecht fio se vo cigarro, em 100 milime- peclal que. sob a presidência
Jornalistas, o Astonio Car- 34 estará visitando a SUDE-
atualizar em modernas téc- tros, a última moda nos do deputado Mszart Rocha
los Pôrto, presidente do NE.
trata doa assuntos da Bacia
nicas de frio. Há pouco, Estados Unidos. Sindicato dos Jornalistas de Voltando a falar sôbre •
essa emprèim lançou no da Lagoa Mirim.
PArto Alegre. Banco Interamerieano de De-
mercado o nòvo isolamento Tyelson tanger reassumiu
"foamen senvolvimento, disse o repre-
Injetada lmplace", a presidência do CDL,
uarlno F. Surte, sentante do Ministério do Tn-
uretsno Injetado. depris de ter ido a Goiânia,
terior que os financiamentos
onde assistiu a Convençio denador-geral do m
— de aeérdo com
o que Já
enviando ao Nacional dos Clubes doa Encontro Nacional das Em-
pepsi-Cola preliminarmente acertado —
colunista um» caln do Dirigentes U>jistas. prêsas de Crédito, Investi,
mento é Financiamento, ex- serão para obras de ssnea-
seu ndvo lançamento, gua-
mento básico, para égua e es-
ranâ mlrinda. aPESUL Inaugurará se- pés aos Jornalistas o p?ane-
gunt"s-feira, às 18 ho- jamento sôbre o encontro. goto e especialmente para ir-
na ras, suas instalações, à Am- Foi em churrasco, ao meio- Fundo rlgação como eomplemen*açáo
ADVB realizará pró-
™ nlda Rocha, 339. dia de ontem, na churras- ao esmiema naelonal Já esta-
xima quarta fe'n> uma Otávio
Após, receberá os c°nvlda~ cara do colorado. belecldo. I
reunião-almftço, no Placa.
Ficreide Ainda dentro da Bada da II
lagoa Mirim, o secretário-
geral informou sôbre a cora-
investimento tração de barragens do Ar-
#K'ysN. roto Qrande-Chasquelro. pro-
[|U n. do •' > it i » Jeto já bastante adiantado a
que também poderá ser nego-
dado com as entidades inter-
^^^m
nadonals de crédito.
^k *

Secretaria Municipal de Administração

DIVISÃO DB SELEÇÃO
SEÇÃO Dl SELEÇÃO E APERFEIÇOAMENTO

AVISO N.# 46

Rural — P. H. N.° 25
Técnico
mm 1. Estarão abertas, a partir de 7.10.68, encerrando se
em 31.10.68, as iscriçOss na Prova de Habilitação par» -
TÉCNICO RURAL, contrato individual de trabalho, «Hi
por prazo determinado, tendo por local a Seção de
Seleção e Aperfeiçoamento, situada no andar térreo do
- — —
Palácio Municipal (Prefeitura prédio velho), no ho. MILA CAUDURO querem ouvir seu MARCIA ADAMI beleza loura em
'Roda
rário das 1J às 17h e 30m, de segunda á sexta-feira. relato de viagem. Viva"
3. CONDIÇÕES PARA INSCRIÇÃO
Os candidatos deverão comparecer ao Pteto de Ins.
crição munidos oe:
1) Documento que prove Identidade civil Carteira ae
Identidade do Departamento oe Policia Civil ou da Roda Viva
A calma
'I respectivamente diretor-presidente do Titulo de Eleitor ou Certificado de Reservista;
Ivo lamontina e Rui Samazeon (foto) girada
embircaram com destino á Europa. Reequtpamemo 3) Prova de haver cumprido as obrigações eleitorais:
Gruix Tramontina e gererite
Pretendem os industriais Titulo de Eleitor ou Certidão forn;clda pelo Tribu-
de suas indústrias é o objetivo da viagem. gaúchos
nal Regional Eleitoral; "Roda Marshall
«dquirit equ'pameittos para os tres indústrias do Grupo
no Rio Grande dc Sul, a es réla
de Viva", no Teatro pelo Rio. Bsatrlz Fauth e Rachel
S) Prova de habilitação legal para o desempenho <ta sr. Aris-
da Mat.a, escoltadas pelo Jovem
betit co me vara a Tramontina Nordeste, que será instalada em Aratú, na Bchia. função de Técnico Rural. Certificado de Conclu- L-opoldlna, foi um Indlacativel au-
as mais expressivas indústrias do ctaao de público. Casa lotada e, eomo Já tldes Germanl.
Pretendem, ainda, em sua viagem, visitar são do Curso de Técnico Rural;
dla^e 00'em, a pla'éla teve ama r:açáo
ramo de catelaria e ferramentaria agrícola. 4) Duas fotografias 3 x 4 cm, — Na avisto a
mesma oportunidade,
^ Taxa de inscrição: NCrl 1.50. normal, feliamente bem longe do vexame,
#) 2
clvllliada enfim. Particularmente, não belesa da Maria Cecüla Louro Fl-
Ptrto Alegre, 3 de outubro de 1068. 'charmoan" de San-
Ma Pira 'a Fonseca gostei da peça asas acho o*naac!onal o guslras, na companhia
dra Regina Asevedo, comentando ambas
INFORMATIVO AMAZÔNIA Chefe da AP-SSA trabalho da direção. Quanto aos pala-
João Caries Bertassl «a Silva vrfes, muitos acrescentados para a es- que a platéia era grande mas pràtleamen-
tréia gaácha, acho-os chocantes porque, te desconhecida, Esclarena s Dirly Marti-
Diretor da A-DP
Lei
A 5.174, de 27-10-1966, que ampliou os favorea anteriormente concedidos maioria das véaes, d;aneceasários. Em re- nes, éle falando do filme que com:ça a
(substituto)
r o pagamento rodar próxima s:mana, a morena B:renl-
pela Lsl 4.316, pcssibXta a que as pessoas Juidieas deixem de efetue sumo, o eepetácalo é pobre, quase tanto
06 até metade do seu impôsto de renda e o depósito no BANCO DA AMAZÔNIA S. A. a atitude tomada con'ra o Leo- ce Otero, a louriee linda de Márcia A da-
quanto
onde o BASA n&o tenha Agén- mi, dentre multa gente mais que não che-
para inversôss futuras na Região Amazônica. Naa prsçss poldtna na calada noite, eomo falo ai mais
cia o depôs*tc deverá ser feito no Banco do Brasil S. A., assim como nos Correspon* acima. ga:l a avistar porque o Leopoldtna, que é
dentes Bancáros credenciados, no caso, o Banco do Estado do Rio Grsnd? do Sul 8. A* babllônlco, estava lotado.
Banco Nacional do Comé c.o S. A., União de Bancoa Brasileiro» S. A. e Banco Indus-
tr al e Comercial do Su. 8. A. ,. — Pelo "foyer", o Na sua estréia aqui, que acabou fl-

. _ . _ , Prefeitura Municipal de Pôrto Alegre vou anotando pres?n-
| "
Os contr buintes que op.-ram pela aplicaçfto até 50% do seu impôsto de renda na cando na eslréla — a Rada Viva
MUNICIPAL DE AOMENISTRAÇAO ças: Montserrat e Hans Coidamlth,
área da SUDAM, mesmo quando em a-raso, nto p:rd:m as parcelas respectvaa, que SECRETARIA como dlcs'!, foi calma se b:m que a grsn-
éle criticando (com razão, aliás) o atraso
A., e iw Interior nca Ris Grande do Sol
diverso ser recolhidas, nes a capital no BANCO DA AMAZÔNIA S. do inido da p^a, nada m-noa do que u- de miíorla dos pres;n'es não tenha gos-
com o pagamento das multas e juros de mora de I*i. DIVISÃO DE rESSOAL "ravlsaante" díla. Ellzabeth Oasper mostra um
Bane s credenciados, ma hora, a sra Emlllnha tado
¦EÇAO DE SELEÇÃO I APERFEIÇOAMENTO
Schnelder Mirváo, falando de sua von'a- corpo s:nsadonal e imp:de que se ouça
DA AMAZÔNIA, AFRO-
COLABORE VOCE TAMBÉM PABA O SO^UIMENTO AVISO N.° 47 de de vetar o espetáculo, a sra Dedé Bar- sua vos, que é fraquisslma. Em r:sumo,
PELO GOVERNO FEDERAL, DES-
VEITANDO OS INCENTIVOS FISCAIS CRIADOS ros Lima, de estampado, dizendo da mo- um espetáculo de tal forma lns gnifican-
A FAVOR DA SUDAM.
TI N ANDO PARTE DO SEU IMPOSTO DE RENDA Médico Tranmatologista
— C.P. N.° 94 no:onla do texto d; Chico Buarque, a te que não merece tanta revolta e que

ara. Neda Olrardl Dias, de verde, linda deveria ser visto para pod:r ser debati-
1. Estarão abertas, a partir de 7.10.68, encerrando-se
de morrer e sem Manéca que éle circula do. Cruzes, quase virei critico teatral...
em 31.10.68, as iracriçóes no Concurso PúbUoo para
provimento em cargos de MEDICO TRAUMATOLOOIS-
TA — TC 3A8a, tendo por local a Seção de Ssleção a
Aperfeiçoamento, (Palácio Municipal — andar térreo).
no horário das 18 ás 17h 30m de segunda b sexta-feira.
POUCAS & BOAS
3. CONDIÇÕES PARA INSCRIÇÃO
Os candidatos deverão eempareoer ao Fésto de ms.

Social crtefto munidos de:


Trabalho e Previdência
Capital, a) Documento que prove Identidade dvU: Carteira de no asaun-
ce Policia Civil ou Já certas ae rvepois de adiar duas eu r, já que falei
Identidade oo Departamento presenças u ^ vocês
no tréJ vises sua viagem, to, conto para
Titulo de Eleitor ou Certificado de Reaervlsta; Jantar do dia 11,
"Encouraçado embarca que o apartamento d* E-
Butildo", eoui Roberto Gigante
b) Prova de haver cumprido as obrigações eleitorais: deve
A diretoria da Cooperativa Hibita- O calendário de eleições sindicais
favorecendo o Roa- hoji de volta ao Rio. A- mii nha (qus beleza
Titulo d: Eleitor ou Certidão fornecida oelo T.R.E : r-nda "divino"
áriosde no Interior E&tado. no decorrer dês-
do e tudo em ser) será inaugurado com
cior.al íos Bancár os : Securi legal para o desempenho do pdro de Térrev kltty chou
c) Prova de habilitação vir recepção aos Rodr'gues ?
sr Hil- te mês. conforme regis ro na Secção Roberto SatK-l», ilka e PArio Alegre e promete
Pôrto Alegre, presidida pelo cargo de MEDICO: Carteira do Conselho Regional
Sindical da Delegacia Regional do Tra- Jorge Babot Miranda, U- de nOvo antes de em bar- que, também em hamena-
freio Bittencourt dos Santos, realizou, de Medicina;
Roma. O mais gem a Norma e G'suco
o sorteio de balho. é o seguinte: dia6 — Sindicato d) Duas fotografia! 3x4cm; via e Ismael Chaves Bar- car para
no dia 28 do mês passado curioso é que desta v-t, vai receber a elegante sra
nas
Indústrias de oelios. dsntre moita gente
localizados no núcleo dos Trabalhadores s) Taxa ds Inscrição: NCrl 1,80. . . ^ dê- Maria Célia Issler.
72 apartamentos maÍ3 que a noite todo o mundo gostou
no Bairro Alimentação de Uruguaiana; — dia 7 — Pôrto Alegre. 3 de outubro de 1868. prome-
residencial da Rua Artigas- te ser sn sucesso. Todo o to...
do Comércio Hoteleiro de Ma Ptra «a Fsas-ea
Essas undade.< residenciais Sindicato as base informal
Petrópolis. Chefe da AP-SSA mundo
Pelotas; — dia 9 — Slnd cato de Con- a Secretário Italiano de
serão entregues no dia 31 dêste mès.
— dia 10 — leia Carlos B. da Silva u concedeu á
Por ou- ser adores de Rio Grande elegante sra. Mlla Cau- Turismo
aos associados contemplados. Fernando Melm de Sá
p. A duro Air France um prêmio cm-
iro lado, o presidente da COHABANPA,
Sindicato dos Trabalnadores nas Indús-
Diretor da AJDP antec. par que a sra Já está c rculando
trias Metalúrgicas Mecânicas e de Ma- posso em Pôrto Alegre. Veio en- peloj car.as:s que
informou que a Constru'ora Medaglla Ninlnha Braga vai re- realizou •
— cantada com a Vagem que ^alhlou para
da concorrência. terial Elétrico de Nôvo Hamburgo; ceber uma linda Jóia de
S. A., vencedora já
féz e suas am gas que são companhia francesa s que
ás obras do nú~leo do Passo dia 16 — Sindicato dos Trabalhadores suas amigas, no dia em
foram considerados de
deu inicio Inúmeras) estão tAdas que-
Indústrias Metalúrgicas de Cai; — mais um "excepcional
Mangueira, composto ie cincoenta e
nas que comemorar ds co TtncU
da "nlvcr"
de ca*am:nt3. A rendo ouvir seu relato
dia 18 — Sindicato do Comércio Ataca- viagem. Não é para me- r-áflea". Mais do que me
uma casas' quais, conforme cláusula
as
lista recebe cada vez maio-
dista de Gêneros Alimentícios de Pelo- e de uma recido, aliás, que os car-
contratual, serào entregues á epope- nos, que Mlla
— dia 17 — Sindica o do Comércio NA INDÚSTRIA res adesõ?s e o sigilo eu 1 são Unaos de morrer
tas; SINDICATO DOS TRABALHAOORIS inteligência privilegiada.
rativa, dentro do prazo de 180 dias. não guardo po que gosto
Varejista de Cramado; — dia 22 — Sln- ALEGRE
M FIAÇÃO i TECELAGEM DE PORTO de bem mlormar meus lei-
na Delega- d cato da Indústria de Extração da Ma- torce...
Foi regísti aua. ontem
— dia 25 — Sln- EUA ERNESTO FONTOURA. 338 - FONE: 3 . TO» worma e G'aaco Rodrigues f duardo
Crus vai expor
deira de Caràzinho;
cia Regional do Trabalho nesta Capl-
ch:gam á Pôrto Alfgre suas gravuras no Ins
dicato dos Empregados Vendedores EDiiAL DE COMUNICAÇÃO DO a ara. Ther:*inha
tal. Associação Profissiona1 dos Tra-
a Jovem de tltuto Cultural Braslleir>
— dia 2é — ™ Rodrigues na prim ira qulmena
Viajantes de Santa Maria. d> Asevedo Norte-Americano. O ar-
balhadores na Indústria aa Purificação s oovemb o e vão si hospe-
RESULTADO DO PLEITO comemorou, anteontem, mesmo muiw
de Água e Serviços de S ndicato Indústria de Couro e Pe-
da *nl- dar com a sra llks Secco. tista tem
• Distribuição * "vernlssage"
les de Guaporé; — e dia 28 — Sindicato passagem ée maij um a talento e o
Esgôto de Pôrto Alepre. que pertencerá Issuguram, na ocss'ão,
Ver". It^oebTi um peque- está marcada para às IX
— Trabalhadores dos Empregados em Estabelecimento* Reellsado o pleito a 18 de setembro de 1*11 para a *fc exoosiráo déle, na Mo-
ao 4.* Grupo da CNTI cause". Pe-
eleição admln'strativa do Sindicato doj Trabalhadores na Arte. horas de segunda-feira.
Urbanas.
Bancários de Pelotas.
1 animado. poltf<na G-l ria de
nas Indústrias Indústria de Fiação e Tecelagem de Pôrto Alegre, pare o Emilisha S"hn;lder Mar-
"pour hoje f sé.
blén o de 1868/ltTO e não sendo tnUrposto recurso de vão e tá felis da vida
O Departamen'o Nacional do Tra- a elegante sra. Tvonns per
A diretoria do Sindicato do* Traba- oresente EDITAL
qualqusr sspécle, publica-se através to A
balho cumprindo determinação do ml- Chaves Bar-
thadores nas Indústrias de Fiação e Te- em atenção ao disposto no ert. 56 da Portaria n.# 40 do R-nner
Alegre recentemen- nistro do Trabalho, determinou a cas- 31 de Janeiro de 1966 o resultado do pleito que elegeu por cellos Já rcto.nou de São
celagem de Pôrto acompe-
Paulo. Estive
nos respec-
sação das cartas sindicais dos seguin- malõriede 3/3 (doit térçoii dos associados eleitores a as-
te elei a. será empossada nhando a beleza de sua ti-
tes sindica os, neste Estado: Sindicato gulnte administração: /" ^ —
tivos cargos, no próximo dia 11, á noi- lha Pltty Eessler. que so- DIA
dos Jornalistas Profissionais de Cacho- Hretsria — Efetivos - Vactal 8'roff — Pres-denta O PENSAMENTO DO
te. — Secretario e Luís Lepps
— freu llge ra Intervenção
e ra do Sul; — Sindicato dos Traba- Mário Scalsnte da Silveira "pm
As federações classistas dêste Es- chegando squi, encontra tudo, mesmo o crime, se fai rindo"
Tsaoureiro. França,
Ihadores nas Indústrias da Construção Antteto sesmado. Fslh-
tado, têm o prazo até o dia II dtste Dbeteria — Saptesitee - Francisco Campos, Carlos
Civil de (Balzac)
Tribunal Re-
apresentar no
Livramento; Sindicato dos Tra- mente, nada de mais.
mês- para Alslro Beck e Ely ds Sousa Figueira.
"Listas balhadores nas Indústrias de Fiação •
gional do Trabalho, as trioli- Consente Fiscal - efetlvoi - Otavlano Hermeto Bsp-
Tecelagem de Nôvo Hamburgo; — Sin- tista Emiltoo Varnsr o Nat?H0 Dias. - Conselho Ita*
ces" que concorrerão ao oar^o de juiz
dicato dos Arrumadores de Cargas de suplantei - José Jtahnundo «ens — Maurido Oru»chki s
class s a da 2* Turma do TRT.
Pelotas; — Sindicato dos Trabalhadores Clson .'icob Rodr gues _ _
da 4' nas Indústrias de Alimentação de S*o De: 9éoo Representantes Jnnt. ae Ceaoelhe da Pbde- £ o nôvo lançamento de
A diretoria da Coooeratlva
com exrerão
- Vactal Stroff - Oc avlano Hermeto Bapt sU o
do DAER Ltda reunir-se-á Gabr'el Essas entidades — *Tânc!i®<LrânlI?!«.r
Residência
de Cachoeira Sul, St rios Alslro Beck — Suplentes
;m assemblé a dos Jornalistas do
com seus associados,
os Mário Scalsnte da Silveira e Anaurel no Pereira Rodrt-
no dia 9 deste mês, estão acéfalas, e tiveram seus oroces-
girai extraordinária, gues
"rente k< t»^0 horta na sus
às 13 horas, a Pm de ('-''berar sôh e a
sos encarrlnh^o* pela DRT à Procura- Dia 11 de outubro do co
reforma nos Estatutos Sorla's. adotan-
doria da República, para cassação ju- sede aoctal Sua Ernesto Fontoura. 330 a administrarão
ni-
do-os à legislação em vigor. dicial. ae ma aert smpostsda em solanidads que marcsM e
cio da nova gestão.

PArto Alegre, 68 de outubro de 1666.


Watiomiro Cl Vactal stroff - Presidente
— Secretario cobres selvagens

i
0

DIÁRIO DE NOTICJAS 1.® Caderno - Página


Porto - 5-10-1968 7
Alegre

DA CRANWOOD I.P.E., RECEPCIONISTAS


PEQUENO ROTEIRO HOMENAGEM
Notas e Noticias
Face ao crescente número de associados que, em busca
TEATRO da diversos atendimentos, comparecerem, dl&rlamente á
sede do Instituto de Previdência do Estado, na Av. Bor-
"ENTRE PAREDZ8"
PAREDES" no Tiatro
Twtro d» Anna,
Ama, k»
àa FARMÁCIAS DE PLANTÃO ges de Medeiros, o presidente da autarquia, sr. Hélio Sa-
TNTRE QUATRO
21 boras.
horas. raiva, determinou a constituição de uma equipe de rec?p-
Acham-se de plantio, hoje, sábado, fc tarde, as se- cionlstas. organizada por moças selecionadas do quadro
EXPOSICOES
EXPOSIÇÕES êss: fim.
de funcionários e instruídas através de
"ACXRVO
"ACERVO gulntes farmácias: Ipiranga — Rua Dr. Flôres, 194, fone para
GALERIA RUBEM BERTA*
DA OALERIA Cdlfldo
Cdlflcio da — um curso de especialização em relações públicas, sob a
4-63-83; Minerva Rua dos Andradas n.° 766, tone
Farroupilha no Morro da Santa Teresa
Rádio Parroupliha
Ridio Terna
á-30-64; Popular — Av. Borges de Medeiros n.a 543, fone orlentaç&o do dr. Ad&o Raupp. assessor administrativo
8TAS&C no Museu de
ANDREW 8TAB&C (Altos do Teatro
da Arte (Alto* do I.P.E., e professor da UFRGS.
4-40-68. Popular — Av. Jo&o Pessoa, 1157; fone 3-19-00.
Slo Pedro)
Carvalho — Rua dos Andradas n.° 1035, tone á-áO-08:
MARIA CXRNE LIMA - Plntura
MARU CIRNK Pintura - tut Galeria da AUangs
na Qaleria Aliança
Saúde — Rua José do Patrocínio, ál3; Guarani — Av. OBJETOS ACHADOS NOS COLETIVOS
Francesa. Senhor doe dos Patios,
Passos, 33S,23S, 2.* andar.
Calru, 331, fone S-áá-30: Silva — Rua José do Patrocínio
CRUSIUS na Oalerla
OSCAR 0RUSIU8 Galeria Carraro. — Rua
n.° 252, fone 4-81-71; Rlachuelo Rtachuelo n.#
OOIXTIVA
COLETIVA DE GRAVURA, na Oalerla Galeria Lropoidma
Lropoldma (Hall
(Hali No escritório da Cia. Carris Pôrto Alegrense, na
1645, fone á-98-59; Leal — Av. Independência, 437: fone
dO LlODOldlDA)
L(ODOldlD&) Av. Joio Pessoa, 325, encontram-se os objetos a se-
"A8TRID
"ASTRID 4-40-07. Sio Cario» — Av. Bento Gonçalves n° 2033, (one
HERMANN" — Ceramica,
HSRMANN" reltvoe a pinturas
Cerâmica, relAvos gulr relacionados, achados nos bondes, trolelbus e
— a partlr do dia (, 3-17-17; 8&o Salvador — Rua Ramlro Barcelos n.° 2065,
partir I, na Rua Ent.#Eng.0 Telxelra
Teixeira Soare*
Soares ônibus, no período da 1.° a 30 de setembro findo,
fone 4-60-05; Moinhos de Vento — Rua 24 de Outubro
310
SU (Boa
(Ma Vista). devendo ser procurados por seus donos dentro do
"¦DUARDO
"EDUARDO — - n.° 576. fone 2-10-31; Ocidental — Rua Slo Pedro n.°
CRUZ" Gravuras no ICBNA
ICBNA. Inaugu. prazo de 10 dias, findos os quais s?r&o encaminhados
1099, fone 2-29-51; Bario do Amazonas — Av. Prot&slo
rae&o seaund
raeto a-felra is
seiunda-íelra às il
1( haras.
horas, a uma lnstltulçio pia: 1 sacola; 8 sombrinhas; 3 guar-
empresários e imprensa foram homena- Alves n.° 2403, fone 3-36-42; Suzana — Av. Teresópolls
PJEiKuCCI
PETRÜCCI Instituto do*
na Oalerla do Instltuio Arquitetos do
dos Arquitetoa Autoridades> da-chuvas; 4 livros: 1 envelope; 2 pastas; 3 pares de
n.° 3173, fone 232 (Ter.); Alvorada — Rua Benjamln
BtasT
BrasT (Anne* 166).
(Annes Dias, IN). Inaugurafio
Inauguraçáo dia S, A* ás em suai itts-
pela Cranwood, com um coquetel Constant n.° 1242, fone 2-37-42; Garcia — Av Plínio Bra-
óculo»; 1 tallo de cheques; 3 chaveiros, 2 paças de
1»,M bona.
1»,00 horas. ações, por motivo da estada em Pârto Alegre, da roupa intima de senhora; 1 cart&o de exame mé-
Sidos sll Mfano n.° 2, fone 2-26-49; Indiana — Av. Borges de
"Escola dico; 2 carteiras; 2 bôlsas; 1 camlza de homem; 1
M0SICA
MÚSICA Volante Chrysler". A Cranwood e concessioná' Madeiros n.° 962, fone á-12-09; N. S.« daa Graças — Av.
ria• na Capital do Estado, daquela indústria automo- Osório — Rua pacote, além de documentos das seguintes pessoas;
BETY T ALLEN, no Teatro Hie
Hftc Pedro, dia 7 de outubro. Professor Oscar Pereira n.° 2229; Oen.
Santo*, presi- Oscar Olauragul, Rosa dos Santos, Valéria Thomé,
MARIA BETHAN1A — na TV Pira tini e Enoouracado
Plratlnl Encouraçado bilistica. Na foto os srs. Fábio Araújo Cristóvio Colombo n.° 858, fone 4-48-78; Oen. Osório —
— Maria Leoc&dla de M. Couto, Sérgio da Silva Neto,
Butlkln, dia 14. dente da Associação Comercial Federação das As-
e Av. Protásio Alves n.° 324, fone 3-18-78; Oen. Osório Lúcia Tereclnha D. Saldanha, Maria Regina Grupelli
soclações Comerciais. J. A. Pineiro, da < hrysler, Basil Av. Osvaldo Aranha n.° 1240, fone 4-37-61; Oen. Osório
— Real, Joio Carlos M. Dias, Albertina M. Dias, T&nia
Donald E. Foster, da Cranwood. Av. Assis Brasil n.° 1824; Drogafar Indústrias Av.
H. Lawson e Lúcia S. Antoch?r, Adamandia Antipas, Walmir Dro-
dos Industrl&rlos n.° 599; Sio Geraldo — Av Presidente
— Rua Cel. gemoller, Neusa Kniinik, João Machado Martins,
Roos:velt n.° 1035, fone 2-26-16; Auxiliadora
PAGAMENTOS Carlos Alberto Ferrari, Manoel Luiz Silva dos San-
FUNCIONALISMO: Bordlni n.° 48, fone 2-30-41; Rio Grande — Rua Ben-
tos, Américo de Oliveira, Catarina Alceraz Maroco
jamin Costant n.° 1739, fone 2-23-71; Menino Deus —
e Orestes Pereira.
Serfto efetuados, dia 7 de outubro corrente, segunda- Rua Jo&o Alfredo n.° 995, fone 3-12-88; Machadlnho —
Programação da TV
feira, os seguintes pagamentos ao funcionalismo estadual: Rua Jo&o Pessoa n.° 198, Canoas; Santo Antôn'o — Rua
— Banco Ultramarino Brasileiro S/A: FAha 5316 C. 8fto Manoel n.° 1690, esq. Vicente da Fontoura; Bio Jorge DP/4. DOCUMENTOS ACHADOS
II — C.E.E., Central: Fôlha 5606 B. III — Banco da Rua Vicente da Fontoura n.° 1448.
CANAL 5 — Banco In-
Província do RGS, Matriz: Fôlha 3.004. IV Na Delegacia de Policia do 4.° Distrito encontram-
12,0» Astros do Disco dustrial e Comercial do Sul S/A: Fôlha 1.301 F. V —
Padrfo 16,13 ie, á disposição de seus donos, os documentos de Adão
12,ao Abertura 17,4! Clrqul-ho Pira tini Ban~* da Produç&o Riograndense 8/A, Matriz: Fôlha APESUL: INAUGURAÇÃO DIA 7
Osmar da Costa, Alcldas Duarte. Antônio Caetano, Antô-
11.29 IniMeu <U- Espanha (to vIto) I.501 F. nio Chalupin, Arlindo da Silva Bittencourt, Baltazar Nu-
(Documentário) 11,50 Túne) de rtmpo
Dia 7 do corrente mês, segunda-feira, ssri inau- nes Victor, Arlos Antônio Behr, Elza Delhé Bittencourt,
11,40 Rober.io (Filme de flcfto)
14,40 A Cirande Chance DELEGACIA FISCAL: CHAMADOS gurada, nesta Capital, na Av. Otávio Rocha, 234, a Emillano Taborda, Euclides Klrst, Flávio Mario Vicente,
16,00 Atualtdadw 20,00 Crusalro Monumental APESUL — Associaçio de Poupanças e Empréstimos, Floriano Szarblewskl, Hugo Antônio de Souza, João Sll-
r - VT
CâtariDtDM» *>,15 Hebe «o
da Delegacia Fiscal do Tesouro que, como as demais APE8, foi idealisada pelo Go- vlno Brackmann, Luiz Alberto Pereira Morandi, Manoel
(Rcportateu «m filme 33,13 Filme de traga Na Tesouraria
vêrno Federal, através do Banco Nacional de Ha- Vicente Llrlo, Nagla de Albuquerque Lírio, Nelson Amo-
sdbre o Estado de metragem Nacional, neste Estado, está sendo solicitado o com-
bitaç&o, com o objetivo de estimular a poupança a retti Llsbôa, Noelcy dos Santos Ba ista, Olmtro Rtvail Ri-
00,30 Encerramento relacionadas, para
Santa Catarina) parjclmento das pessoas a seguir aplicação no Fundo Nacional de Habitaçlo. A belrto de Oliveira, Osvaldo Paz de Oliveira, Paulo Freitas
tratarem de assuntos de seus lnterèssss, no hor&rio
CANAL 12 APESUL, cuja área de aç&o se estenderá por todo de Almsida, Rosa Fina Dtlha, Sadi José Prado, Ubtrajara
das 13 ás 16 horas: Jones Schmidt, José Pianetti
o Estado, colaborará, de forma realistlca, para que Barbosa Fernandes, Walmor de Oliveira e Walmor Carlos.
14,00 Abertura 20,25 Encontro com Aloisio, Gonçalo Valenti Dias, Carlos Augusto Oale-
14,06 Panorama Italiano Luiz Vieira Pires, todos tenham a oportunidade de adquirir a casa pró-
ry, Waldomiro Ardonetti, Adalglsa Bandeira
da RAI 31,35 Novela: prla. S&o membros do seu Conselho de Orlentaçlo
"O Salvador Mancurso, Bruno J. Cordeiro, Maria Isoll- HIGIENE MENTAL, CURSO
14,30 Feitlval de Deaenhoa Direito dos Filhos" o» drs. Mário Antunes da Cunha, Oswaldo de Lia
15,00 Faata da Crlanfa 31,5» III Festiva. Internado, na Bernardes Sarmento, Euclides Aranha Filho, Nor- Segunda-feira, dia 7, ás 14,30 h, terá inloio mais
Pires, Sérgio Mesquita Ilha Moreira, Gilberto Le&o
133» GR Show nal da Cauçlo Popular b-rto Augusto SMdel, Nelson Luiz Puperi, Luiz Gas- Ouener, Pedro um curso gratuito de Higiene Alimentar, organizado
de Medeiros, Milton Dias, Arnaldo
Ind. e Comércio O-
19,15 Novela.
"Lesllô doa
KFlnal Nacional) par Martins, Ivo Pedro Pauletti, Barcellos, Paulo D'Arrigo Vellinho, Sérgio pela Seção de Educaçio Sanitária da Secretaria de
Esquecidos" «0,15 Baile das D»butaates Leopoldo Lautert, Valentlm Ma- Chaves
derich, Ernestlno Inte- Saúde. O referido curso é patrocinado paio Deporta-
19,46 Montepio Informativo do Teresóuolla T, C. Domlngues de Figueiredo e Alojrslo Brixner.
"A rlano Dullnskl, Raul Lisboa Bergalo, Ernesto Reinai- Plínio Luiz mento de Assistência Social da Igreja do Rosário,
1»,55 Novela: Muralha" 01» Encerramento
do Sperbs, Jorge Lopes de Lima, Lourlval Kluber, gram a Admintstraç&o Executiva o Oen
Lehmann de Figuilredo, Cel Elehú Mário Gomes da DASIR. O curso abrangerá o preparo d? refeições,
Egon Handel, Elza Harrls, Nluton Vlüra Machado, almoços. i"nt?res e nrr-ndas. inscrições abertas na
Fortunato Zucatti, Jofco Werner Silva e drs. Japyr do Carmo, Enzon José Valmor-
Wilson P. Gomes, secretaria da DASIR, A rua Vig. José Inácio, 402.
btda e Ollnto Orênlo Zlm.
Juen:mann • Luiz Schermann.

Programação da Farroupilha

06,05 Acorde Com Música 16,90 Repórter buibr» " "


?>; - . *•!: ¦
07.00 Matutino Alfred 19,0» Momento Esportivo
07,35 Banrlaul Chama: Brahma f
Alt Rio Grande 19,35 Turfs em Revista
06.01 Repórter Sulbra 19,85 Clube do Professor
66,10 Minl.Novela Gaúcho
06,30 O Ouvinte 19.49 Um Tema Um» Aaállss
Faz o Suresso 19.50 Música
08,55 Correspondente Ficrel Pela rairoupUna
09,00 O Ouvinte 30,00 Só Sureaeot CAIXA ESTADUAL
Faz o Suceaao 30,30 Repórter Sulbra
09,30 Super Shnw Marumby 30.39 Colégio do Ar
10,00 Correspondente Ficrel 21,00 Demoirade em Marcha
10,03 PBH-Dlscoe 21,35 Tribuna doa
11,00 Correspondente Flcr«i Munlclplot Patrocina a «scO&fc4
11,05 PRH-Dlacoa 22,03 Comparacóe» Musicais
11,33 Patrulha da Cidade 23.30 Repórter Sulbra
12,00 POrto Alegria 33.40 Informattv. Província
13,30 Repórter Sulbra 32,45 Grande Jonal Falado
13,13 Novela: Farroupilha
"Dois
Podkços de Céu"
14,00 Correaponuente Ficrel 23,15 Plaotb Esportivo
14.10 Marumby Faz Amigos 23.30 Múalca
15.00 Grande Jornada Dentro 0a Noite
Esportiva Brahma 18,40 Externas:
11,00 86 Suceasoa A Mais T.tads Prenda
a da Capital
surge a
Hoje prenda

"Lenço

ro CTG Colorado
na festa do
Cartaz do Dia

CENTRO INDEPENDÊNCIA
o resultado. Por fim, a pro- AS CANDIDATAS
Grande festa tradicionalls- O PROGRAMA
— (fone 4-1004) clamaç&o • coroaçáo da
VICTORIA CORAL - As .5 30 e 21 ta será realizada esta noite
As 12. 14 "Oa da entrega
1». 18, 20 e horaa: Pecados "Lenço vencedora, com a ao
"Samura*". no CTG Colorado", São sete as candidatas
22 horas: com Toáea Nóa" com Ellzabetb Às será a entre-
20,30 h., deten-
da faixa pela atual Alegre e
Alaln Deion. Tecnlcolor. Taylor. (Rep/iSt, na sede do Sindicato dos titulo em Pôrto
vista das
prendas com a Tânia
(Proibido at4 J6 anos). VOGUE - As lí 30 e 31 tora do titulo, srta. e núcleos
*Ao Trabalhadores Metalúrgicos, suas fotos nomes
horas: Maatre Com Comlss&o Julgadora; às 22,00
k rua Francisco Trein, 116, Sausen, a sua sucessora. tradicionalistas que repre-
CACIQUE - (Fone 4.0004) — Carinho" com Sldney Poi. horas, desfile de passarela
As 14. 16, 30 « 23 horas. tler. (Proibido até 1» aaos). no bairro Cristo Redentor, Conforme noticiamos ao- sentam, aparecem nesta pá*
•Diaaso em trsje recepção (curto),
Atira Primeiro" em que será Evenilda Lopes de Mourd
oportunidade coletiva- teriormente. os intervalos, gina. iVeuM Ju—ara Torres
com Glenn Saxon Colorida "A individual e depois
(Proibido atá 14 anos). F10RISTA conhecida Mais linda São tôdas belas Jovens de- Augusto Pestana Vaqueanos da Tradição
mente. A seguir haverá des- durante os atos do concur-
Prenda de Pôrto Alegre", dicadss ao tradicionallsmo,
IMPERIAL - Fone 4-4433) IPIRANGA - I íon. 4-8101) local à fl- file em traje de na to, serio preenchidos por e a altura de representarem
As 14 candidata grande prenda,
II 16 2r s 3» Ais 11S6 e iU horaa:
"Ao "Samural" ês es apresentações a cargo da a nativista de
horas: Haste Com roo Aiain De. nal (to Osório, no certame mesma ordem. Após, Juventude
Car sho". cun Sldney Poi. loa (PmPHdi ai# <• aoos). "Diários do CTG Pôrto Alegra.
dos • Emissoras dois atos as prendas se re- lnvernada artística
Uer. (Pro' ildr tti it aaos). COLOMBO loas 2-6662)
As 15 16.4' 2i,45 ho- "Lenço
Associados* e Caixa Econô- tiram bem como a Comis- anfitrião, o Co,ora-
GUARANI - "Trás na
(Foee 44670) ras: Dentadas E
Aa 14,46 >7 16.30 • 3] Macá", Mm Hylva Koscloa. mica Estadual. são Julgadora decidir do-. FARROUPILHA
JCaaalm para
horas: Royala" Colorido. (Proibido até lá
som Patsr StUera (Proibi, TV PIRATINI
do at4 16 ai os). ABTOR (ex-Orf.u) — Aa lá,
"Grano
17,15 s 30,30 horas:
MX - As 14. 16, 18. 30 a Prlz", com Jamas Gamei. Além do DIÁRIO DE NO-
23 horas: "Gs- iSes a Pas- Colorido |70 mm). Proibido
T1CIAS. com a completa co-
aannhoe" com Totó (Prol. aU 10 anos.
do certame, a TV
Wdo até 6 aaoe). PRESIDENTE - As 19,30 e bertura
31,30 horaa: Tm Homem o Piratinl e RáUio Fsrroupl-
CONTINENTE - At 14, 16 Uma Mulher" (Proibido até
em transmissão direta
18, 30 • 23 horaa: "Johnny 16 anos). lha,
West, • canhoto" com Dlck ELDORADO - rFoos 3-174») a partir das 23 horas, leva-
Palmar. Colo^do As 1» 30 a 31» horas: ou-
(Proibido
"Díanio rio ao Rio Grande e a
até 14 anos) Atira Primeiro",
com Glenn Sexus Colorido. tros Estado» a grande festa.
C. OOMES - (Fone 4-6733) (Proibido *té 14 anoa)
As 1430 19,30 a 21.30 ROSÁRIO - IFoat 2-3730)
"Cruei Aa 19.*0 • 31.3U horas: CONVITES E MESAS
hoeas: Sentença de
Um Assassino" "O au do
con Henry Circo Redor
Silva Jibide
(írolt at4 14 Muudo", com Doa Amachs.
Tecnlcolor. Inicio da setnsna
Desde o
os e
convitesmesas estão

CIDADK BAIXA PASSO DA AIWA sendo adquiridos pelos inte-


"Len-
ressados, na sede do
IIARABA . rjone 4.4041) -
As 19 30 a 21.30 ho. Colorado". Ainda hoje
RET ço
As II. "ternura!" com Alaln igual-
(930 e 31.30 ho. ras:
ras: "O Homem até 18 poderão ser adquiridos
de Pa. Delon. (Pro'bldo
lha", com Ptetro anoa). mento, ao longo do dia. Pa-
Gemi.
traia-
(Proibido et* ]» anoe). ra que não forem
os
CAPITÓLIO - (Fone 4-7710) dos àcaráter, recomenda-
As 19 e tO I. horas: "A MENINO MUS
mos o traje passeio. A
Noite doa Oaasrali" com "Lenço
Co-
Peter Otoole Colorido. — MARROCOS - At
"Punhos
3b» e 33 pstronagem do
(Proibido aU n anos). horaa: de Cara- lorado" convida a todos os
'Fcr.e
AVETOA 1-3ÍS) pele". com ^«ler* Ry«B.
Aa 1», 19.4* e 21.45 ho. tradicionalistas e aouittlatto
"Náo k festa
ras: Faca Onda Bei|e a que compareçam
"Mais Cantar Rosa Maria A. de SouM
Loto", com Cláudia Cardl- TERESOPOUS Sandra Oliveira
de eleição da linda
nalie. (Proibido atá 14 da Tradição Lenço Colorado
Prenda de Pôrto Alegre". Stnuelo
anoi) , TERESAPOLIS A. 30 ho.
"Samural" *veV*°AO I
GARIBALD1 - Peehado pa. raa: con Alalo
ra rafara as Delon. (Proibido até 14
FEIRA DE DIVERSÕES -
(Av. Borsss d< Msdelroa
esquina Rua Jo»a Alfredo)
Dlàr'ameoie da» PAKTEN0N "i
14 ie 23
horaa: AtncSes sara adultos
a crianças. FIRAJA - At 19 30 a 21»
">oho>y Weat, o
horaa:
Canhoto" com Dlch Pai-
mer Colorido (Proibido
até lá anoa)
CASTELO -v- (FoaS 4.101»)
— As 14 a 30 horaa "Santo MIRAMAR - «lona 3-3046)
¦afrenta j Bstraagoiador da - Nio «eeehetnee a pro-
Mulherea" com Alberto ífamaçlo
Vasquea, a "üeaulrst Teus
Passos" (Proibido até 14
sãos). petrOpolis

ROMA - As iV.10 a 2130 ATLAS - AS 19.30 » JtJ»


horaa: "Djaasu Como Ta
Atira Prl- horaa: U!o
tom UKnr Saxon. Amo", com Mvk Damon
iPvpiMda até 14 (Livra).
anoa).
srrr — Aa ií, i».st e 23
"O Vala das Boas.
horas:
«es". 3.a Semana Mrm
Wi'm

B. MANCO - (toa. 1-4344)


-Am 1M0 • tl.SC h*na: IP ANIMA ESTADOAL I
'fláanmí' CMKk
Ma Alai» d»,
Im Colorido (Prctbtdo atá - Ai 14 • Í0.J6
IPANBMA DQ GRANDE DO 8UL. I
» MM). hera»: Um Prlalonatr» pio
4* ItMMl" Cln»m*4COpa
Colorida

- t. CAVALHADA
IP*M umi
MJ0
W- •
" nlO horta:
0M TAMOXO - At to» bom:
ar arando riaa
CaleiMo, *1 _m.rrn de Om Toureiro"
com Marta AitoolaU Pona. Jussara Macedo Ferreira
(Proibida «tá U Ana Maria Plnhairo
(Um). CentiwrOb do Snvai
Estância da Saudade

A
,

FERNANDO CELESTINO HERVELHA NELSINHO

COISAS QUE SÓ LADRÃO FAZ


"Gra.
Oa agentes da seção de furtos de veiculo* receberam or. ainda Ademarlno Floriano José da Costa, de alcunha
dens expressas do titular, delegado Afonso Ismar Schlninl — xaim", foragido da Penitenciaria Agrícola, onde cumpria a
que responde ainda pelo expediente da Delegacia de Furto* pena de 7 anos de reclusão, 5 meses de detenção e 4 anos de
e Roubos, durante o impedimento do delegado Rülo que se medida de segurança, conforme sentença Imposta pelo Juizado
encontra em Montevidéu — para que encontrassem o ladrão de Direito da 2.a Vara Criminal de Porto Alegre, pela prática
de automóveis que têm grande predileção pelas cores azul de delito de furto qualificado; — Gunther Becker, conduzido
branco e preto. coercitivamente até a 4a Vara Criminal de Porto Alegre a fim
As desconfianças daquela autoridade ae prendem ao rou- de depor no processo a que responde por infração ao Artigo
bo sistemático de veículos, nas proximidades das praças de 171 (Estelionato), do Código Penal Brasileiro; — Carlos Ma-
esportes onde Joga o Grêmio, especialmente no Interior, quan. ciei, com prisão preventiva decretada pela Justiça Militar do
do então traz o veiculo para Porto Alegre. Estado, como Incurso no Artigo 121 (Homicídio), do Código
Das proximidades do Estádio Durlval de Brito, em Curltl. Penal Brasileiro; — João do Nascimento, conduzido até a Ia
ba, quando o Grêmio Jogava com o Agua Verde, o ladrão rou • Vara Criminal de Porto Alegre, a fim de prestar depoimento
bou um
"Volkswagen"
1982, de cor pérola, de propriedade do no processo a que responde por Infração ao Artigo 180 (Re. ¦ ¦¦ ^HI Hl
contador do Banco da Lavoura de São Paulo, localizado na ceptação), do Código Penal Brasileiro.
capital paranaense. Alguns dias depois, o carro foi encontrado
abandonado aqui cm Porto Alegre.
Em oiltra ocasião, o Grêmio Jogava em Passo Fundo contra AMERICANO
o Gaúcho. Multa gente foi atraída pelo Jogo. Inclusive o pro.
"Rural "WJrllis"
prletário de uma de cor verde, residente em O americano Charle* Frederick Howe, residente em Route
Rondlnha, que estacionara aeu veiculo ao lado do estádio. Ao 1 — Cedar Rapid, Iowa, USA, foi de pouca sorte em sua visita
final do Jogo, quando foi procurá-lo, nio mais o encontrou. a nossa capital. Ontem, por volta de 15 horas, quando sala da
"Rural" em
Soube-se mais tarde que o ladrão tentou vender a sede da Comunidade Evangélica de Porto Alegre, na rua 8e.
Sobradinho, como pagamento de um embarque de fumo, com nhor do* Passos, 302 — segundo andar, nem bem havia ca-
o que concordou o Interessado. Trouxe o carro para Porto A- mlnhado alguns passos e teve sua carteira pungada, sem que
legre e aqui o abandonou. Durante longo tempo, a policia con- ae aparcebesse no momento o que havia ocorrido. Somente
seguiu localizar o proprietário do veiculo, somente o conse. mais tarde é que foi ligar os fato* e lembrar.se do momento em
guindo com detalhe* fornecido* pela fábrica e revendedores que foi pungado.
"Wyllis".
da
A policia acredita que possam existir outro* roubos pra- Saia do prédio, um pouco adiante, um Indivíduo passou
ticados pelo ladrão, cuja identidade ainda não pode ser es.
a sua frente e deixou cair um pacote. Me querendo ser agra-
tabeleclda, ficando apenai o detalhe de que sempre força a
dável abaixou.se para levantar o embrulho e entregar ao aeu
venda do veiculo durante o trajeto de retorno: não a conse.
guindo, abandona mais tarde em qualquer local da cidade. dono, quando um outro deu-lhe um esbarráo e pediu-lhe des.

FUGIRAM OS LADRÕES culpas a seguir. Mais tarde é que percebeu que, por ocasião BANDIDO E NA CADEIA,
do encontrão a sua carteira, que estava no bolso traseiro daa
CAPTURAS
DE GADO, EM VIAMÃO
calças,
cruzeiros
partiu
natos
para
e mais
outras
seis
mãos. Sua carteira
dólares, além de uma carteira de
continha 163
HERVELHA NA POLICIA
Oa comandados do delegado Arlindo de Oliveira, da De- "8ecurlty "Nelslnho",
Society', e carteira Nelson Oliveira Nunes, o é Ia*
Depois de arrombarem o xadrez da Delegacia de motorista americana, carteira da
legada de Vigilância e Capturas, recolheram no dia de ontem Capital. Agora,
Polícia de Viamão, os criminosos Fernando Cavalheiro "Diner'a drão recordista da sua carrel-
os seguinte* Indivíduo*: —• Ademarlno Floriano da Silva, ou do Club",
tinha apenas
a Celestino Ávila Gerardi, ganharam a liberdade na ra iniciada em 1957 quando 11
madrugada de ontem, sem que qualquer policial en- anos, vai ter fim: o delegado Rillo, da DFR en-
carregado da vigilância daquele presidio tenha notado caminhou ã Justiça o pedido de prisão preven.
movimentos. "Nelsinho".
ea tiva de
Oe dois havia» sido presos no principio desta
Segundo aquela autoridade, durante os 11
tfTw-i-i», quando transportavam animais roubados nos anos agiu,
"Nelslnho"
131 fur-
que já praticou
arredores de Porto Alegre e escondendo-os no curral
tos, entre simples e qualificados, isso sem con-
Flores. A prisão dos
que construíram na Ilha das
abtgeatãrios proporcionou uma cena sul-gnneris, com
a presença de gaúchos pinchado,
pingo por entre os veículos modernos,
velozmente pela avenida Ipiranga.
montando em seu
que passam
AS DÚVIDAS NESSA ESTÓRIA tar
tivesse
deveria
culo.
os que
de
não
cumprir
permanecer
foram
pena
preso
esclarecidos.
por todos,
por
Assim, caso
"Nelsinho"

mais de um sé-

Apds confessarem sua («articipação em vários rou-


boa de animais, os dois foram entregues ã Delegacia
José Carlos Bayer (33 anos, rua Barão do Traman- ASSALTO HERVELHA
de Vigilância e Capturas para que examinasse a fl-
dai. 248), foi medicado no HPS, ontem às 11,10 horas,
cha doe Indiciados e os encaminhassem pare seus des» A sra. Maria de Lourdes Rosa (46 anos, rua Henrique guarda civil Luiz Hervelha esti
O implica-
com ferimentos corpo, José Carlos Após
«nos. Entio se descobriu que os criminosos não eram generalizados pelo Dias, 95), foi supreendida em sua residência por dois in- do emdiversos inquéritos na policia. a
tio inocentes como queriam se mostrar. Fernando foi ferido a golpes de adaga. Declarou ao inspetor Valen- dividuos, baixos morenos, socos extinção da guarda civil, foi para a Brigada
e que lhe agrediram a
Cavalheiro tem prisão preventiva decretada em nada tim, de plantão no HPS, que foi assaltado por três indi- Militar, onde estava servindo como sargento, no
e ponta-pés Dona Maria conseguiu livrar-se dos Iara-
menos de três cidades: Pelotas, São Lourenco do Sul viduos armados de adaga e pistola calibe 45, que tripu- 1.° Batalhão de Guardas. Agora, retornou à Po-
pios, após gritar por socorro, forcando a dupla fugir,
a Camaquã. Tendo sua prisão sido solicitada ha multo lavam um
"Volks"
côr azul. Os assaltantes fizeram José licia Civil. Ontem à tarde, estiveram reunidos
No HPS, depois de medicada, dona Maria foi encanü-
tempo, mas ate agora não tinha sido encontrado. Ce-
embarcar no veiculo, dirigiram-se fc Ipanema, próximo ao no Palácio da Polícia, o tenente coronel Pedro
lestino Atila Gerardi, é um foragido do presidio da nhpia fc DFR para reconhecimento da dupla de egresso-
fira da linha dos lá, roubaram
ônibus. Chegando 12 cru- Américo Leal, superintendente dos Serviços Po-
cidade de Pelotas e que há multo vem sendo procu- res nos arquivos daquela especializada.
zetios novos e passando a espancá-lo com
sua identidade, Uclais, e o coronel Clovis Antônio Soares, chele
rado. Todos oa crimes praticados pela dupla referem-
as armas que traziam. Apds, fugiram deixando-o atirado. do Estado Maior da Brigada Militar. O assunto
ae ao furto de animais. MACONHA
Com a ficha completa dos ladrões aqui em Porto A suspeita da policia é de que José Carlos nfto te nha sido tratado foi o retorno de Luiz Hervelha à Poli-
O inspetor Laguna, chefe da seção de tóxicos, da De.
Alegre, a Delegacia de Capturas atendeu então ao pe- assaltado, e sim se desentendido com ladrfies seus co- cia Civil. Os motivos da resolução do chefe do
«do da Delegacia de Policia de Viamão, que possuía legaria de Costumes, prendeu Olibio Corrêa de Souza, (rua Estado Maior da Brigada Militar e do superin-
nhecidos, que por, vingança o torturaram barbaramente.
multa coisa em nome dos dois ainda pendentes. Fer- Recife, 343 — Canoas). Na residência do Olibio, os poli- tendente dos
Serviços Policiais, em acertarem
A policia cré que nesta hipótese pelo fato de José Carlos
Htado a Celestino foram conduzidos para lã e na ciais encontraram dois quilos e meio de maconha. O trá- o de Hervelha à Policia Civil, não
retorno fo-
madrugada de ontem aproveitaram da faculdade que nio ter oomparecldo à DFR, para registrar a queixa do
ficante de entorpecentes foi autuado e levado fc Delegacia ram declarados a imprensa. O certo é que ago-
feaa dispensaram e arrombaram o xadrez, dali fu» assalto depois de medicado no HPS. No endereço dado de Costumes, foi autuado
onde em flagrante pelo delegado ra Hervelha não é mais sargento da Brigada
¦tado oom ramo Ignorado. Agora, a polida terá qua
ao HPS, éle nio mora há mais de um ano. Miranda. DepoL. foi recolhido ao presidio de Canoas. Militar,
fetnegar tudo de novo.

NA LUTA DO CONTRABANDO, A CORRUPÇÃO DA POLÍCIA


ser revelados, entraram no inquérito. Aqui, em tubro do ano passado. Um ano depois, quatro Pedro Marcondes Godói, Rogério da Cruz Jorge,
Uma carta-testamento narra a eorrupçSo na
Darci Bar* São Paulo, no Rio, em Minas, no Paraná, a luta é enormes processos entram na Justiça. As arre- Jelio de Lima Saraiva, José Benedito Neves e NU-
policia, no submundo do contrabando. —- do lado do contra-
bcea Ribeiro foi metralbado mas deixou uma lon» silenciosa e sem tréguas. Nisso tudo ficava uma piantes histórias do crime ton Romani de Oliveira.
E' estarrecedora. interrogaçio: nos grandes crimes sempre há, den- ventor e do lado da lei — estio naqueles processos.
ga carta.
tro da policia, corruptos que protegem os crimi- O major-aviador Ferdinando Muniz de Farias,
noaos. Os policiais que têm destaque, são: Antônio um dos responsáveis pelo inquérito, recebera a
Dia após dia, o inquérito do contrabando oon-
OOtCe mais que vai até o íim. Primeiro, os pilotos O público encontra uma resposta para essa Barbir-tto, Elidio Lopes Neto, Drauzio Madia Ca- carta, que foi escrita em 27 de julho de 1967, três
Polícia nelass. coronel Sadoe Chaves Simas, da Força Pú- meses antes do chefe da Curva do Rio Piquiri ser
que iam ao Paraguai, depois, os donos de aviões, pergunta nas revelações do homem que a
"figuras" Federal do Paraná metralhou em Toledo, cm ou- blica, Paulo Pereira Oimaeil, Walter Policci, José metralhado.
algumas eujos nomes ainda nao podem

UMA CARTA CHEIA DE ERROS, SÃO SERIAS AS DENÚNCIAS DE CORRUPÇÃO NA POLICIA FEDERAL
"Ao Inútil toda e qualquer investigação através deles ou deixar tinha pedido minha cantura. Entio eu disse que poderiam ma
sr. major encarregado do inquérito referente ao easo A pasto do sr. Napout estava pronta e eu Ia mandar para
que essa gente perceba. levar. Andaram comigo umas quacrss algemado e disseram que
do contrabando. O Exército ou FAB, pois é um homem que vende até a rnae
de três aviões Campos que Roberto Japonês e Joáo Preto estáo opsrando: eu tinha uma preventiva. Ou eu dava 50 r*.'!>*.f_es nu ii na-t o
por dinheiro. Esto pasto contém documentos
vós, também Itu. Tatui, Limeira, Novo Horizonte Araras, uma cidade a DI. Entio, n&o tive outra sa.da. D.i 15 milhões em' -cheque que
Oomo tenho tido noticias de que me procuram e no mo- e inúmeros detalhes que servirte muito para
frente de Araraquara, fazenda Dr Palm. em Venceslau Brás, tinha no Cty Bank e o restante com ch.-rue d-,
manto nte tenho condições de depor perante a autoridade da uma pasto de Alberto Petto, contendo inúmeros documentos, te, que paguei em 30 dias porque n&o tinha mais dinheiro. De-
documentos. primeira cidade á frente de Prudente, Botucatu. Horário de
FAB, faço chegar is vossas mâoe algumas coisas mais que pasta do Roberto Japonês, também com muitos pois todo o mês tinha que dar dois milhões para
o Canella e >os
pouso: 40% no clarear do dia e 40% das 13 ás 13 horas, hora
precisam saber, pois só o Exército e FAB poderão fazer Jus- O Canellas Já foi em Campinas, negociou várioe papéis, sendo outros dois. Quando nio tinha, eles Iam quatro ou cinco vezea
do almoço e 10% ao anoitecer e 10?_ á noite em pista abaliza-
tiça estando a par de tudo, mesmo assim tenho sofrido ai- recibo de avláo que está voando boletas recentes de pilotos em casa por dia Quando eu n&o tinha mais dinheiro entio cies
"Kombi" da, como Botucatu, Tupá etc. As pistas grifadas ("Tatui. Novo
I injustiças por parte da FAB, como a que está referente a carta que velo de Hernandárias e outros documen- Horizonte, Fazenda do Palm e Botucatu) s&o as mais positi- diziam: manda buscar mercadoria e paga com ela, porque a
apreendida que nada estava transportando, era de meu^uso, tos. Este homem, Canellas, é que a FAB devia estar atras. vas no momento, pois fizeram muita mudança com o acon. mercadoria o piloto tira lá no crédito.
"pick-up" "Ford" Ele negociou papéis com o Jote Preto, com Petto, com Ro-
i com reserva de domínio e o tecido há dias. Cm avláo, que Durval Fernandes comprou há Quero também
Tudo isto está anotado n_*s meus papeis.
•4 que foi pedido emprestado para fazer uma mudança e o berto Japonês e outros e Já vi alguns aqui no Paraguai que dois meses de Celestino Tedesco, ou melhor trocou pelo «endo acusado e
ele mandou Roberto trazer e entregar aqui, dizendo o seguln- fazer referência ao capitão Nacage que estri
dono está sem o carro. Fora essas coisas, as autoridades — PTBFV, acidentado em Henandarlas um PJ5 que n&o
"revés"
pois nada tem a ver com nada, pois nada o proibe «le ser amigo de
FAB a Exército — s&o honestas e justas, ao da policia te: vocês me pagam bem, pois do contrário, vejam o que acon- me recordo o prefixo e como n&o dá recuperaç&o seguiu para sempre teve seus
"desonesta" quem quer que seja, é um homem digno e que
toda que nte há nada mais e ladrões e corruptos teceu com o Darci que nte quis me dar dois milhões. Roberto a América, Via Assuncko, para trazer outro e por no lugar.
"retiro" apertos Era e « amigo de Lauro Parente que fo: nvu jilftto
aa tem. Ho fim, á honestidade da FAB e do Exerci- Japonês está atualmente, hoje por exemplo, êle saiu ás qua- Outro avi&o que continua operando, o PT.DNO que está
uns dias. Mandarei mala detalhes, com portnenores, endereços
tt, estou falando o que penso, nte quero nada em troca e tro horas da madrugada, levando 30 caixas de cigarros de Na- com outro prefixo é de Heldo Espacinl, residente no Jardim etc. daqui uns dias. Fui pegar em rasa uma autom.ltica MM
ata tto pouco falo por temor, o que espero é Justiça e quero pout e Petto que chegará a S&o Paulo para José Japonês re- Prudência, primeira casa da travessa da rua das flexas, rua abordaram na rua
que a Interpol pegou em 1968, quando me
esta que sal da Avenida Washington Luiz, essa travessa fica
Mdareeer algo que «ai abaixo: vender, além de isqueiros que vai duas viagens por semana, Tácito de Almeida. 176 e levaram a srta. Ellana presa e tive qur»
na terceira quadra depois da Washington Luís. t o segundo
Para evitar, se possivel, injustiças e que inocentes paguem, rádios e grande quantidade de material de pesca que vai ao dar 30 milhões para soltarem a moça e dessa importância s_
em tanque de oleo
seu compadre Miguel Inácio Pereira (vulgo Monto) que resi- proprietário que transporta para S&o Paulo n&o pude mais pagar. Eles tem meu
•eus até agora, vem acontecendo, para mim, Já nte espero paguei 13 milhões e 0 resto
Diesel e o seu sobrinho Edson VaUe, residente em Londrina.
mais nada. Tudo quanto eu tinha, foi roubado pelo policia e, de à rua Irerê, altura do n.° 160 e que guardou a mercadoria chequ» e vivem cobrando. Fui pegar uma foto de uma auto-
também, o que consequl á crédito, estou devendo o que a poli- numa residência de uma sua irmá, perto do Hospital dos Fun- Qualquer pessoa, até mulher que chegar num guarda-cam. mática nove mm, foto esta tirada frente ao espelho que pare-
de rrni tira
ala carregou. Casas hipotecadas, veículos presos, aviões tam- ctonários Públicos, no Tbirapuelra, ao lado da linha do bonde po ou delegado é suspeito de ser da FAB e Imediatamente o ce assim duas armas e um revólver 45. revólver esse
bém, de modo que a nte ser a fazenda que ainda devo 95% Santo Amaro. Todos esses endereços mandarei posteriormente, piloto e os demais sáo avisados até por melo de sinal, sócio do Canella. A automática eu comprei do Canella, no Con-
Para o pUóto pousar é preciso que nte haja nada de anormal. de cruzeiros no ano passado
da mesma, nada tenho. Motivado por uma preventiva em Pi- quando fõr a S&o Paulo, pois agora estou em Porto Stroesner Junto Nacional, por um milh&o
rajui, há três anos atrás, sofri até agora a extorsão de quase e por isso estou dando até horário que sai o Roberto Japonês Na pista existem vários sinais, como a porta do hangar aberta. e agora ele foi lá com Budl e pegou a arma eos documen-
o guarda-campo na cabeceira da pista e mais outros sinais que Ficaram 14 as balas e o pente. No
tdda a policia de Sao Paulo e Campinas etc. Del a eles, todo daqui. Seu avi&o é P-35, azul, prefixo PT-BOE, adquirido do tos que interessavam.
tem to-
o dinheiro que consegui, pois, cada vez que achavam meu en- açúcar em Uhl&o, pois que queimou aquele em Jundlai. O
o piloto vendo segue entte para as pistas de alternativa que melo dot papéis tem dois livretos de endereços que
como tem
"Ou BSI que eette procurando n&o existe mais, pois foi aclden-
no caso, em S&o Paulo, s&o: Tietê, S&o Pedro, Sorocaba, Cam. dos os endereços do pessoal que está aqui, assim
danço distam: paga tanto, ou levamos você, pois, nte
tado em Hernandárias, nas m&os do piloto Jorge Franco e o pinas. Amarais, Mococa, Sáo Jo&o, Moji, Mirim e outras. também endereços de gente, que nada tem que ver com nada
sairá devido a preventiva que tem". Quando nte Unha mais Roberto Japonês está trazendo ao Paraguai todas as ln. de Imóvel» etc. Mandarei
motor dele que era 0'H__ra o Napout oom o Petto colocam no S&o médi-cos, amigos, corretores
dinheiro e Inclusive até do contrabando participei para saciar formações da FAB e S&o Paulo, aisse há uns 15 dias que a nâ dias. Procurem uma pick-up F-10O
PT-BOE. Duas semanas o motor velho é o que estava na ml- mais detalhes daqui
assa gente e agora, com todo o atraso da fui em
Justiça absolvido FAB estava atrás do Braguinha. Este rapas, perto do Roberto, em Sio Paulo pois uma côr café com leite a FAB pegou
a Si do mês nha casa e que fiquei com ele e o Robson estava revisando
de Junho p.p. Durval Fernandes. Joao Preto, outro Japonês de Araçatuba. agudos sem nada e apreendeu uma Chevrolet 86, também
para eu vender. Wilson, de Varglnha, Minas Gerais, Aírton, de Belo Horizonte, sem nada
kstou, agora, revoltado com tudo, por Isso, deixo a vossas sem nada e apreendeu uma Chevrolet 66, também
Existe um documento no melo dos papéis que foi apreendi- Neme, de Varglnha, Minas Oerals e outros é até um anjo, e um cam -
mtes a chave de tudo que querem saber. Cheguei a tal re- aue está com reserva em nome da minha snhora
Regioli
volta, que no fim, quando a policia vinha, já nte tinha mais do da Aeronáutica, ou melhor do DCA paraguaio dando como um completo inocente, assim como o Robson e este outro pre. nhio está tudo com a FAB. A outra F-100 esti com J.
Angel Napout, documento tinho que está preso ai na FAB. Estes dois últimos nada tem «-ra vermelha
de ende tirar dinheiro. Então resolvi reagir, ai entio, fui pa- proprietário do PT-BSI o Miguel e com a côr verde e uma outra F-100 que queimou
Policia só meses,
ra as manchetes e tudo. Será que nte há um jornalista que este, que é bem possível, que Canellas tenha desviado para a ver com contrabando, ate inocentes. A pega o J Regioli, mas ele a retirou dai a questio de dois
para eles. O dou com
aeja honesto para dizer o que a policia faz? Há um órgto entregar ao Alberto Petto que esteve há oito dias em Assum- coitados que nte podem e nte Um dinheiro numa oficina quase em frente ao Hotel Regis. N&o me
três meses, no meses
policial que nfto posso falar e este é o que tem âmbito no eon- çáo, acertando contas com Napout. O avi&o que o piloto Boz Napout foi abordado pela Interpol há uns o J. Regioli, mas ele a ertlrou dai a quest&o de dois
aeroporto de S&o Paulo e Junto com êle, ou melhor esperando
tratando: é a Policia Pederal. Segue abaixo o que quero dizer: morreu acidentado é de prefixo americano, é de propriedade de Caso recente: na semana passada um bimoto super-aéreo,
éle, estavam o Alberto Petto e o Roberto Japonês. Be deu a carre-
Miguel Angel Napout. Fiquei eom o motor que foi apreendido *• oreflxo brasileiro, de um tal Rodrigues, caiu no Paraná -..w-.
XlilcipUi ** UiiáálWbA UC 1 t tel" Érir*" C*4_*C> C W — Z+amam+aa,*»*. aa~.s-.*m~*
O J. Kegiou saoe o pi.i-w u
1 — Havia uma pasta com umas 60 ou 60 folhas e fotos agora. gado e ainda está 1*.
ve éle comentou que em sua mala tinha mais de 300 bilhões Begiou
o dono do contrabando Disseram á FAB que Boz estava com mercadoria minha, Rodrigues mora em Assunç&o, mas trabalhou para o
que é do sr. Miguel Angel Napout, boje de cruzeiros. Depois de uns 16 dias, a policia de roubos. Ca. e trabalha para
no Brasil, paraguaio e sócio de Roberto Japonês, Carlos Sa- pois ai no melo dos meus papeis, tem o nome dos donos da com este e mais um avião preftxo paraguaio
mercadoria, a locallzaçte da fazenda onde se acidentou o avi&o, toldo, Oodol. Paulo Tiroteio e seu chefe Rogério o pegaram Regloirestêve antes de ¦£_!__•» OJÊ
raiva, seu cunhado paraguaio que toma conto de uma pista -lhe 1.300 dó- outros também. O J.
no sul do Paraná. O avi&o está escondido naquela fazenda. Ro. quando ia embarcar em Congonhas c tomaram Paraguai, fretando o Rodrigues, o PT-AVO dele estava
a 16 quilômetros de Hermandárlas, á direito eomo quem vai porque
lares e o soltaram. A policia só nte soltou Robson e seu paxen. Ia sair. mas quem o
berto Japonês. Maurício Regioli e Silvio Amaral, os dois últi. preso e que ia ficar uns dia» preso mais
aa Brasil para o Paraguai. Seu sócio vendedor, aliás, o maior te, que ganhavam 10 cruzeiros para tomar conta da minha um aviio para-
mos foram buscar o motor para mim. O Roberto Japonês foi levou para o Brasil foi o tal Rodrigues com
vendedor de S&o Paulo, Santoa e Rio, José Japonês ou José
retirar o corpo de Boz e, segundo consta, levou-o para Her. casa, porque os mesmos nte tem nem o necessário para co-
gueto.
Aqulnori e outro sócio que tem feito o que quer, sr. Alberto nandarios. AU o Carlos Sarubl e o Napout arrumaram o ates- mer. Quando houve o caso comigo e os tiras mencionados aci. eU possa
Peco que is» seja extraconfidencial para qne
Petto, de Campinas. Esto turma está operando todoe os dias. tado de morte por acidente de Jipe e assim Alberto trouxe ma, em janeiro deste ano. eles levaram da casa Regioli uísque detalhes, para que nada
Roberto Japonês, Já conhecido de vocês, residente á rua Al- JB e de mim que n&o tinha mercadoria levaram 18 milhões de fomwer, daqui pra frente, todos o*
o corpo para Orlandla, onde um piloto, Llberato, de Londrina, o Exército nada me devem Estou
vea Guimar&es, telefone 8-3173, todos os endereços tém em melo cruz"'ros velhos. quero em troca. A FAB e
ajudou a transportar para a casa da esposa, em Londrina. de ter sofrido sArinho as maiores
Depois, mais tarde, levaram mais 15 milhões, sendo 6 mi- fazendo Isso por revolta
dos meus papéis, exceto o que a policia desviou para entregar Tem, também, uns 120 prefixos brasileiros que é de proprieda. Jamais faria nto
injustiças em parte sem merecer
a eles, por dinheiro que Já vem acontecendo, pois está na mte de de M. A Napout que está transportando mercadorias para Ihões e quebrados em dinheiro e o restante em mercadorias que __•*_*
tenho nenhuma slmpatla por
quer outro motivo, pois nio
do sr. Drauslo Canellas que é hoje pago por eles para liquidar Sfto Paulo. venderam para Florindo Jamelaro. que compra tudo que a Po- muita coisa para
licia toma. No ConJunt<> Nacional, um dia chegou em mim
o qualquer tipo de autoridade. Quero esclarecer
ea pequenas e, meu Inimigo porque nte tinha mais dinheiro Em todas aa cidades que cooperam os guarda.campos, es.
Canella e mais dois Uras e me prenderam dizendo que a
FAB que seja feita Justiça".
dar-lhe. tte acertados e, também, os delegados de Policia. Por isso é
para

HÁ MÁ-FÉ CONTRA 0 COMANDANTE OLIVEIRA, ÊLE DÁ SUAS EXPLICAÇÕES E TAMBÉM FAZ ACUSAÇÕES
um pé nas malhas do inqué-
Pedi que moderasse que fosse tindo próximos do íim. com
a briga ocorreu da lão ofendendo todo mundo
Informações trocadas e procuram envolver ino-
má-fé já estio aa autoridades. Explicou, que
insistiu rito.Tais elementos estão acobertado- por
altas pos-**es
cantes inquérito do contrabando, que a FAB, o Slíl e seguinte maneira: embora. No lugar de trabalho n&o se discute. Éle no
no tem dado. a'é hoje, franquia?
uma deo- sociais as quais lhes
Policia Federal estio conduzindo há mais de sessenta nas provocações até que fui obrigado a tomar de
a contrabando e no descaminho. Porém, com o esquema
— Encontrava-me no box do Táxi Aéreo Piratini que nio mais enérgica Sai para fora do box e começou a bri- Fe-
dias.
Perceu Machado e ttnlo Ouglna- segurança e de repress&o montado pelas autoridades
compramos há tempo.
porque havia
A venda foi ga. Vieram para aJu«lá-lo.
pouco com o controle direto do presidente da RepúbMra,
sai ferido, sendo hospi- deraia,
declaraçáo foi feita pelo sr. Luiz Carlos Meneses de
A elementos da própria companhia fazendo contrabando. Por kl As noticias publicadas de que nâo sio escudo para a-
três — isto é a> posições sociais e econômicas
diretor-presidente do Táxt-Aéreo Farroupilha. l«ao, o dono sr. Joio Evangelista Tavares, resolveu ven- talizado. nte sáo verdadeiras. Briguei com homem de
Oliveira,
— cobertor o crime por mais tempo. Como Jovem
Disse que êle foi envolvido na quest&o da briga do aeropor- dê-lo. Na ocasi&o da briga, fui abordado por Paulo Ore- verdade mas nte apanhei.
desta vez o inquérito policial mlll-
"uma empresa acredito que
to Salgado dt 1° do corrente, porque Paulo Ce**e-
Filho, eattl. Pedia satisfações sobre reportagem que eu ha- dos verdadeiros contrabandistas O
Táxi **- tnr revelará o nome
via feito no Jornal contra seu irmte" Ponderei qup nem E continua o diretor-presidente da emorésa o in-
Ktttl que publicara na imprensa uma noticia em
afirmou "Julgo elementos alto grande patriotismo dos militares que presidem
depor na Quin- tinha conhecimento do fato, nem tendo funçfies de repdr- roo Farroupilha: que o desespero de certos
que Roberto Luiz Ceregattl era intimado a certo-, loven» av«ai_« tt querito só poderá levar a este fim. «les, ot contrabandls-
há tempo vem manuseando
ta Zona Aérea Roberto é irmte de Paulo. Também aacla- (er. (O pedido de divulgação da intlmaçao foi feito por um que
tu.*, «abem aue a lei vai por a m&o neles. Por isso, procu-
em potenciais contrabatvlis-
e Paulo eitio sendo manuseados oficial da Quinta Zona Aérea) j.ara com Isso transformá-los
receu que rtoberto Luiz Es'»o se sen- mm urgenteirifiite bodes esplatórlos".
em cujo encalço Em seguida Paulo pronunciou palavras de baixo oa- tos e contrabentores Já está tomando conta
elementos poderosos do contrabando,
por
o DA
DA II EFRICA
SUPLEMENTO
SIIPLEMKNTO

PRODU?AO: CEZAR ROMERO - SUCURSAL ASSOCtADA


ASSOCIADA DE PASSO PUNDO
FUNDO
PRODUÇÃO.

1 \,
UN warn6 uma atração national
II EFRKA: No Rh

P0RT0
PORTO ALE6U
alegre
a 13 d* outubro intensa t Mundo oficial brasileiro oOaré rtproitntado
Simpósio da riqueza Planaltina S promoção
SABAD0
SÁBADO - 5/10/6#
°
2.°
2 CADERNO
CADERNO
| ~
Será festivamente Instalada hoje era a recente construção
um Ginásio co* de
Passo Fundo a II Exposição Feira Regio- torto com a capacidade
para 3.500 pee-
nal da Indústsia, Comércio e Agropecuá- soas, onde serão realizadas a parte artís-
ria,promovida pela municipalidade de tica e demais apresentações da II EFRICA.
Passo Fundo.

FINALIDADES O JÚBILO

Deve-se salientar, igualmente, o já>


bilo que reina tôdas as Hderãn-
junto a tôdas
as da capital do planalto, oomo os eht-
nicfpio de Passo Fundo e da região do Pia- ges de serviços, comércio, indústria- agft»
nalto Médio, estão dentro das finalidades cultura, e
pecuária, além dos Clubes so-
da II EFRICA, procurando interessar o ciais esportivos, literários e entidades re-
mercado Sul Brasileiro e Nacional junto presentativas em geral- uma vez que to*
ao complexo econômico da região planai- dos estiveram irmanados nos prepara ti*
tina. vos da grande Exposição.

A administração da II EFRICA está FONTE LUMINOSA


ao encargo de uma Comissão Central sob
a coordenação do Prefeito Mário Menegaz
Constituindo-se em algo Inédito «o
e Vice-Prefeito Adolfo João Ftorianl Tôda
promoções congêneres, a II EFRICA, con-
a comunidade passofundense e da região tará com o funcionamento de uma Fonte
foi movimentada em razão da grande Fei-
Luminosa. Instalada pela TAMA de Pôrta
ra Regional.
Alegre. Trata-se de uma atração que s0>
mente foi experimentada em Brasília, cens-
OS EXPOSITORES tituindo-se numa das maiores atrações do
Capital Federal.
Provindos dos mais diferentes pontos
do Rio Grande do Sul e do Brasil, os ex- A II Exposição Feira Regional da In-"
da II EFRICA transformaram dústria. Comércio • Agropecuária, repre»
o Fundo, no
«tores centro das atenções es- senta para Passo Fundo e para a Região
taduais, mediante uma bem do Planalto Médio, • essência da soa eco-
planejada pro-
gramação que será cumprida no decorrer nomia s o reflexo do crescente prograsao
da II EFRICA. doe municípios nela representados e tss
atestado franco do trabalho e autênticas
Ospavilhões do Parque de*Ex-
amplos realizações dos Poderes Constituídos o
posições estão ricamente adornados para Fôrças Vivas déste imponente recanto 4o
a aguardada mostra, devendo-se ressaltar Rio Grande do Sul.

^¦HR^BC^^BIHinBl

HBBnHPw^iflV^^H&H'M^^I'
Programa oficial da II EFRICA

5 DE OUTUBRO - SÁBADO

Manhã — Recepção ia autoridades Costa e Silva; d) Oorte da fita slmfc


no aeroporto. Parada Militar e estudan- Ou Pavilhão do Estado, pelo Exmo.
til em homenagem aos Exmos. Srs. Ma- Presidente da República e Governador dO
rechal ARTHUR DA COSTA E SILVA, OD. Estado; e> Bênção do Parque e dos Pa-
PRESIDENTE DA REPÜBUCA: Cel. WAL- vilhões da II EFRICA por D. Cláudio
TER PERACCHI BARCELLOS, DD. GO- Colllng, Bispo Diocesano; f) Inauguração
VERNAD0R DO ESTADO; Dr. TARSO DU- do Pavilhão de animais de porte pelo
TRA. DD. MINISTRO DE EDUCAÇAO E Secretário da Agricultura, Sr. Ludano
CULTURA; e demais autoridades. As Machado; g) Visita das autoridades aos
14,00 horas — Inauguração da 11 EFRICA. diferentes Pavilhões.
com Exmos. Presl- As 20,00 horas — Banquete ofereci-
a presença drs Srs.
dente da República; Governador do Es- do pela Prefeitura Municipal, aos Exmos.
tado; Ministro da Educação e Cultura, Srs. Presidente da República, Governa,
demais autoridades civis, militares e dor do Estado e demais autoridades pre-
eclesiásticas, Srta. Ellzabeth Flnardl, sentes. Orador: Reitor Magnífico Dr. Mu-
Mlss RGS-68, Srta. Marilde Menegaz. Rai- rllo C. Annes. :.
nha da II EFRICA, Srta. Jussara Sfogjrla, As 23,00 horas — Baile de Gala no
Delegacia
a
"Capital
sul-rio-grandene, Passo Fundo
do Planalto* tid do ensino estadual e federai, com o funcionamento ia 7.* Mlss Suéter do RGS-68 da I e Rainha Clube Calxelral, com: a) Desfile das Mis-
Cognomma
Re donrt da SF.C e Inspcioria Seccional do MEC Os Ministérios da A-
4 a cidade e o município de maior desenvolvimento e significação em EFRICA; a> Discurso Oficial a cargo do ses RGS-68 e Suéter-68; b> Saudação è
Traba'ho, Fazenda e do Exercito também se encontram rt-
dos Es- iiricu't:ira. Exmo. Sr. Prefeito Municipal. Sr. Mário Rainha da n EFRICA pelo Dr. Lnis Jua.
tôda a região norte do Estado do Rio Grande do Scl e sudoeste
do Fstado do Rio
taios de Santa Catarina e Paraná. Loealizada em importante entronca- vresentado* em Passo Fundo, além da Brigada Militar Menegaz; b) Discurso do Exmo. Sr. Wal- rez Nogueira de Azevedo; c) Coroação do
do Grande do Sul. com o 2." Batalhão Policial. No setor econômico, Passo ter Peracchi Barcellos, DD. Governador do Rainha da II EFRICA, Srtá. Marilda Me-
mento rodo-ierrovidrio de importante expressão no eixo norte-sul
conta com .uma população de 96.400 habitante , ccm o de 11 agências bancárias e as Caixas Estado; c) Discurso do Exmo. Sr. Presl- negaz. pela Srta. Jussara Sfoggla, Rat*
Eztadin Passo Fundo Fundo í.onta funcionamento
dente da República, Marechal Arthur da nha da I EFRICA.
havendo uma população escolar de 35-000 alunos, e com grande potencial, Econôvrras Estadual e Federal. Três hospitais moderniesimos; duas
Superiores. Possui 116 escolas muni-
portanto- pata Escolas primárias
emt soms de rádio e três jornais, dão a Passo Fundo as condições exi•
cipais; 13 estabelecimentos de grau médio; 11 cursas superiores junto
neste setor, para uma grande metrópole.
• Jnixeisidade de Passo Fundo, além de constituir-se no centro regio- 6'idas,
6 DE OUTUBRO - DOMINGO

As 10,00 horas — Solene ato rellglo- mais premiados; b) Entrega dos prêmios
so na Catedral N. S. Aparecida, oficia- aos proprietários dos animais premiados;
do por D. Cláudio Colllng, Bispo Dloce- c> Números musicais a cargo da Bando
sano; da Brigada Militar.
As 16,30 horas — Remate de ant*
As 11,00 horas — Inauguração da mais.
"HERCULANO
Praça ANNES", Junto à Aa 20,00 horas — Grande Rodeio Co-
Ponte do Rio Passo Fundo. ringa, a ser irradiado para todo o pais.
As 14,30 horas — a) Desfile dos ani. pela Rádio Farroupilha.

DE -
7 OUTUBRO SEGUNDA-FEIRA

— Remate de animais. As 20,00 horas — A, —


As 10.00 horas
Gado de corte (bovino). Suínos. Equl- Bandas Marciais dos Educandários
nos. cais, de Curitiba. Santa Catarina e
As 14,30 horas — Remate de animais Alegre.
(bovino). Suínos. Eqüinos.

DE - TÊRÇA-FEIRA
8 OUTUBRO

— Números
As 10,00 horas — Remate de gado As 16,00 horas gnstels
leiteiro. Remate de ovinos. a cargo da Banda da Brigada Militar.

As 1430 horas — Remata de gado As 20,00 horas Desfile de Corais

leiteiro. Remate de ovinos. de Passo Fundo.

-
DE OUTUBRO QUARTA-FEIRA

— 20>00 hora» — Noite 4l JBTCflt


Ài 16.00 horas Número* ibuiiIcaU A»
a cargo da Banda da Brigada Militar. Guarda.

-
10 DE OUTUBRO QUINTA-FEIRA
CZAMANSKI

Passo Faȍlo
As 16,00 horas — Números musicais a cargo da Bando da Brigada

- SEXTA-FEIRA
11 DE OUTUBRO

GRANDE. ISTO T O ÜBOQUAj^


As 16,00 horas — Números musicais O RIO
de Passo Fundo ISTO V A
Prefeitura Municipal cargo da Banda da Brigada Militar. ISTO E' O PARAGUAI
a
As 2(M>0 horas — Folclore. ISTO V GENTINA.

- SÁBADO
CÃO 12 DE OUTUBRO
SAUDA

mostra venha a dar consolidação efetiva à


O Podei Executivo de Passo Fundo, promotor nesta As horas
14,00 — Inauguração da
hegemonia sempre caracterizou as lideranças Praça d<Esportes no recinto da u BFRI- nal de Folclore
da II Exposição-Feira Regional da Indústria, Co- que
As nfi» botas - Bane de
Planaltc Médio. CA; torneio de Futebol de Salão ao mes-
mércio e Agropecuária, saúda as entidades repre- do
mento no Clabe Calxelral. eoal
mo recinto.
sentadas na II EFRICA, formulando os melhores ttnho do ROS - traje toillsts.1
Finalmente, entrega as chaves da cidade de
votos de êxito e realizações.
das Passo Fundo aos ilustres visitantes, apresentando
Deaeja. ao mesmo tempo, que a iniciativa
a todos as suas boas vindas. -
Fôrças Vivas da Regi&o Serrana, consubstanciada 13 DE OUTUBRO DOMINGO

Passo Fundo. 5 de outubro de 1968.


As 10,00 horas — Culto Brangéllco Aa 22,00 horas - Entrega de prt.
U EFRICA. mio» — às Bandas Msrciali: aos Corais;
no recinto da "A
»MRio W/;/*KÍ; IZ - vencedores do» concursos; me-
As 15.00 horas Desfile de carro* aos
'O
Prefeito Municipal lhor Vitrine", melhor ãtand" e ea
alegóricos, abrilhantados pelas Bandas
Marciais. concursos literários.
Página 2 - 2.° Caderno Suplemento da II EFRICA Porto Alegre - 5-10-1968

GAÚCHA MADEI RE IRA Departamento Automotor


CONCESSIONÁRIA FNM PARAO RGS - ORGULHO DO COMERCIO AUTOMOBILÍSTICO
^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^HH|^^^^^^^^H
GAOCHO - LIDERANÇA ABSOLUTA DE VENDAS

A cidade de Passo Fundo alcança posição S.A. — Departamento Automotor —, esu


privilegiada no comércio automobilístico, com equipetia com o que de melhor existe no se-
o funcionamento da modernísslma agência da tor de maquinaria. Conjuntos completos de
GAÚCHA B4ADEIREIRA S.A. — Departamen- retificadores, importado da Itália; bem como
to Automotor concessionária da Fabrica Na- camada de provas para teste Diesel, bancadas
olonal de Motores S. A. para o Rio Grande de ajuste, tornos; caixa e diferencial; lanter-
do Sul. nagem e eletricidade, são alguns dos recursos,
Deve-se salientar o apreciável número de daa oficinas da agência FNM de Passo Fundo.
vendas que a GAÚCHA MADEIREIRA — De-
partamento Automotor realizou oom oa vei-
culos FNM 2000 — automóvel — e caminhão
PESSOAL TÉCNICO
D-ll 000, r> que lhe assegurou a liderança ln-
conteste neste setor. Seu penoal técnico é constituído por ala-
mentos experimentados»!'e capacitados, eom
estágios na Fábrica Nacional de Motores S.A.
DIREÇÃO
do Rio de Janeiro.

A GAÚCHA MADEIREIRA S.A. — Depar-


tamento Automotor — tem como seu diretor- MATERIAL
presidente o conhecido e destacado homem de
empresa, Dr. Thadeu Anonl Nadelf, cuja lide. Recentemente contratou oom a FNM S.A. a
vinda da 100 chassis de sua fabricação, com
i V" '-iTT rança empresarial e alta visão, têm construído

m V v i Pi i I I sobremaneira com o desenvolvimento do Pia-


nalto Médio e Rio Grande do Sul. Com gran-
variantes V-12 dotados de 3.° eixo, o que al-
bancou grande receptividade Junto aos cir-
fiilllr-^] 'Wm 1 i t I I ** . de dinamismo e capacidade os srs José Winik culos do transporte pesado de todo o Estado
e Wilson Nedeff, desempenham as funçíes «11- gaúcho. Por outro lado, um elevado estoque
retivas da agência FNM de Passo Fundo, da de peças genuínas para os veículos de federa-
GAÚCHA MADEIREIRA S.A. — Departamen- ção da FNM, garante tranqüilidade aos seus
to Automotor. usuários.

INSTALAÇÕES E OFICINAS VEÍCULOS

A agência da GAÚCHA MADEIREIRA S A. Foi no mês passado que a GAÚCHA MADEI-


— Concessionária FNM REIRA S A. — Departamento Automotor —
para o Rio Grande do
Sul. possui instalações modernissimas e am- colocou IS automóveis FNM 2000, em varias
pias, arquitetadas dentro da atualizada técni. cores, nos seus amplos salões de exposições,
ca e dotada de todos os recursos provenientes para a visitação do público, o que veio ratifl-
de auas finalidades. car o grande movimento d» vendas e prefe-
Demonstrando todo o interesse de sua dire- rencia pelos afamados produtos da Fabrica
ção, a par da assistência permanente e aten- Nacional de Motores S.A. — Pioneira da In-
ção de seus funcion-írios, referentemente à dústrla Automobilística Nacional — na região
assistência técnica, a GAÚCHA MADEIREIRA planaitina a Sul do Brasil.

retificação im Salão de Expotiçòet m ris»


Secções im
e «Ie ajutte to interna da agência dox
virabrequint
agência mneoUssonário* FNM S»
dm motores da
A. o RGS: — GAÚ»
FNM de Patto Fundo. para
CHA MADEIREIRA S. A.
— Despartamento Auto*

motor.

<#*•",>, 'í
!.

'trH^ese,
W0^^~ «*
|V
^mm.

I '-*-? VWVrW-lp-q-WK-MMe i

GAÚCHA MADEIREIRA S. A. — Departamento Automotor — Concettionárioa da FNM S. A. o Rio Grande do Sal.


Modernlttimat inttalaçõet da paru

MÓVEIS MATTOS - Indústria e Comércio Produtos Agrícolas Weibull do Brasil Ltda.


• C. Postal, - End. - Caràzinho - RS
Tel. WEIBULL
MENSAGEM Av. Flores da Cunha, 1898 212

tártica Paulista, mantendo escritórios noa principais eata-


MÓVEIS MATTOS — INDÚSTRIA E COMÉRCIO de propriedade de Irmãos Mattos «ft PRODUTOS AGR1-COLA8 WEIBULL DO BRASIL
LTDA. — produz em larga escala, desde 1952, iniimeras dos sulinos. A WEIBULL e a Antártica mantém assim a
Cia. associando-se às homenagens que são tributadas a Passo Fundo e à Região, pela instalação variedades de sementes para a agricultura e pecuária, liderança na experimentação desta cultura agricola. Jus-
da II EFRICA, registra nesta mensagenm a sua saudação aos expositores e visitantes. concentrando suas atividades em sua granja-íazenda, sl- tlficando este trabalho a Weibull Um apresentado ao a-
"Capital do Planalto", e a comunidade serrana demonstra toda a tuada no municipio de Caràzinho, onde mantém, parale- gricultor uma grande variedade de sementes para a plan-
Mais uma vez a pu-
lamente A multiplicação de sementes, 15 hectares de cam- tação da cevada cervejelra, possibilitando-lhe uma maior
condições sócio-econômicas. numa autêntica realização dos anseios
jança e desassombro de suas po, ondefunciona uma seção experimental. tranqüilidade e êxito em tfldw as safras.

progressistas de seu povo. AWEIBULL DO BRASIL realiza contatos com as


Maexperimentação semente de trigo a WEIBULL
da
Unidos, a-
maiores companhias de aementea dos Estados
- forma, possibilita continua aplicando seu plano de trabalho. Atualmente ea-
MÓVEIS MATTOS IiVDÜSTRl E COMÉRCIO través de sua matriz na Suécia. Desta "Trigo
Hl-
recentes novl- tá considerando o programa —ternacional de
o fornecimento, aos seus clientes, du mais
aproveita a oportunidade para agradecer aos seus clientes e amigos o incentivo que tem recebido, dades no setor de sementes agropecuárias.
Hoje, por e- brido".

BRASIL oferece ao mercado


na colocação dos produtos de sua fabricação. xemplo, a WEIBULL DO
,
•*¦*,

de excepcional qualidade, cujas colheitas


Passo Fundo, 5 de outubro de 1968. milho híbrido
PASTAGENS ARTIFICIAIS
de UO dias (setem-
podem ser realizadas em um prazo
HÉLIO DE SOUZA MATTOS too A dezembro-Janeiro), propiciando ótimos rendimentos
é Uma das mais importantes experimentações da WEI
ao lavoureiro. Justamente na época em que o produto
Diretor Cotnercial BULL DO BRASIL, é, indubitavelmente, a Pastagem Ar-
escasso na região da Serra.
tlflcial, que tanto preocupa oa pecuaristas do Bul. A ln-
"Capim
trodução da denominada grama Chorfto", pela
est* pesqulaando a pro-
A WEIBUIiL DO BRASIL JA WEIBULL DO BRASIL, .tem possibilitado a manutençAo
híbridos, o que vem, em
duzindo sementes de SOROOS
MOVEIS MATTOS - Indústria e Comértio
"Capim