Você está na página 1de 3

DADOS

Cliente: CONSTRUTORA TENDA S.A.


Endereço: RUA TOMÉ DE SOUZA
Nome da Edificação: GERMANIA LIFE
Cidade: SÃO LEOPOLDO
Data: 10/30/2018
Profissional: Roberval Mostardeiro de Paula
Responsável pela Edificação:
Sua função/Cargo: SÍNDICO
Comprimento = 350.00 m
Largura = 750.00 m
H até cobertura = 60.00 m
Nível de proteção = III Grafar uma das opções em algarismos romanos: I, II, III ou IV.
A= 4 Edifícios escritórios/hotéis/apartamentos/outros edifícios residenciais (Fator = 1.2)
FATORES

B= 4 Alvenaria ou concreto simples, qualquer cobert. exceto met. ou palha (Fator = 1)

C= 1 Resid. comuns/edif. escrit./fábricas/oficinas sem objetos de valor (Fator = 0.3)

D= 2 Localizada em área com poucas estruturas/árvores de altura similar (Fator = 1)

E= 2 Elevações moderadas, colinas (Fator = 1)

Td = 30 dias com trovoadas/ano na região da edific. (descargas/km2/ano): curvas isoceráunicas

INSTALAR O SPDA (S/N): S CONSULTAR O RESPONSÁVEL PELA EDIFICAÇÃO

RESULTADOS
Ae = 405,809.73 m² (Área de Exposição)
Ng = 2.81 descargas/km²/ano (Densidade de descargas para Terra)
N= 1.13968 por ano (Frequência anual previsível de descargas)
Np = 0.41029 descargas/ano (Ponderação da frequência anual previsível de descargas)
Esfera: raio = 45 m (Método Eletrogeométrico)
Malha: largura x comprimento = 10 x 20m (Método Faraday)
Ângulo = não se aplica Franklin
Resultado = OBRIGATÓRIA
ROBERVAL MOSTARDEIRO DE PAULA
Engenheiro Eletricista e de Segurança do Trabalho. Perito Judicial.
Av. Cristóvão Colombo, 911/14 Floresta 90.560-004, Porto Alegre, RS
reativo@hotmail.com +51 3226.0766 e +51 9999.1801

MEMORIAL DE CÁLCULO DA EXIGIBILIDADE DO S.P.D.A.


Nome: CONSTRUTORA TENDA S.A. GERMANIA LIFE
Endereço: RUA TOMÉ DE SOUZA SÃO LEOPOLDO
1) Parâmetros da edificação
L (comprimento) 350.00 m
W (largura) 750.00 m
H (altura) 60.00 m
2) Avaliação do risco de xposição
Ae = área de exposição (m2)
Ae = L x W + 2 x L x H + 2 x W x H + 3,1416 x H2 Ae = 405,809.73 m2
3) Densidade de descargas para a Terra (Ng)
Td = 30 dias com trovoadas por ano na região da edificação (descargas/km 2/ano)
Obtido à partir do mapa isoceráunico (NBR-5419:2001, Anexo B, fig. B.1.4)
Ng = 0,04 x Td 1,25
Ng = 2.81 descargas/km2/ano
4) Freqüência anual previsível de descargas (N)
N = Ng x Ae x 10-6 por ano N= 1.13968 por ano
5) Fatores de ponderação
Fator Descrição Caracterísitcas da presente dificação Valor
A Tipo de ocupação Edifícios escritórios/hotéis/apartamentos/outros edifícios residenciais 1.20
B Tipo de construção Alvenaria ou concreto simples, qualquer cobert. exceto met. ou palha 1.00
C Conteúdos e efeitos indiretos Resid. comuns/edif. escrit./fábricas/oficinas sem objetos de valor 0.30
D Localização Localizada em área com poucas estruturas/árvores de altura similar 1.00
E Topografia Elevações moderadas, colinas 1.00
6) Ponderação da freqüência anual previsível de descargas (Np)
Np = descargas por ano
Np = N x A x B x C x D x E Np = 0.41029 descargas/ano
7) Conclusão
Resultado Item Np exponencial Np decimal Situação SPDA
X A Np maior ou igual a 10 -3
Np >= 0,001 Obrigatório
B Np entre 10-3 e 10-5 0,001 > Np > 0,00001 Opcional
C Np menor ou igual a 10-5 Np <= 0,00001 Dispensado

PARECER TÉCNICO
Considerando-se o resultado acima e as prerrogativas legais, atesto que é OBRIGATÓRIA a
instalação do Sistema de Proteção Contra Descargas Atmosféricas (SPDA), na edificação
supracitada, de conformidade com os parâmetros e termos prescritos pela legislação vigente,
NBR-5419:2005 e suas atualizações.

Porto Alegre, 21/08/Tuesday


Roberval Mostardeiro de Paula

Eu (nome completo),
na qualidade de (Síndico/Proprietário/..), SÍNDICO

da edificação supracitada, após a consulta ao responsável técnico e aceitação dos cálculos por ele
apresentados, aqui deixo registrado que decido e declaro, nos termos da legislação vigente, a
opção de INSTALAR o Sistema de Proteção contra Descargas Atmosféricas.
Porto Alegre, 21/08/Tuesday

Nome:
Cargo/Função: SÍNDICO