Você está na página 1de 14

Template SA 1

Orientação sobre a Situação de Aprendizagem 1

1. A situação de aprendizagem 1, deverá ser elaborada individualmente.

2. Todos deverão postar a situação de aprendizagem 1.

3. Escreva os dados solicitados na página nº 2 desse Template: o seu nome completo,


polo, data e tutor.

4. Você deverá utilizar os dados informados exclusivamente nesse Template.

5. Acesse o campo: “envie a sua atividade” “situação de aprendizagem 1 –


“Prestando uma consultoria: Ferramentas de Saúde e Segurança do Trabalho”. E
poste esse Template com as informações solicitadas.

6. O prazo final para o envio da situação de aprendizagem 1, será às 23:55 hs do dia


21 de outubro de 2018.

7. Em hipótese alguma, será aceito o envio do Template da Situação de


Aprendizagem 1, enviado fora do prazo definido acima.

8. Relação de materiais, documentos, ferramentas e instrumentos:

 Livro didático;
 Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA);
 Vídeo: Como é fabricado o papel. (AVA).

9. O documento “Template_SA” deverá ser usado como padrão de entrega.

10. O formato aceito sempre será o “.docx ou .doc” sendo vetada outra extensão de
arquivo.

**********Favor não ignorar essas observações***********.

Página 1
SITUAÇÃO DE APRENDIZAGEM 1
Prezado aluno !

Nessa primeira situação de aprendizagem, você foi convidado a realizar a implantação do Diálogo
Diário de Segurança (DDS) e a Análise de Risco Operacional - ARO. De acordo com os modelos dos
anexos 1 e 2, disponíveis nesse Template.

Página 2
1. IDENTIFICAÇÃO DO ALUNO
NOME: MIRIELE CARVALHO PAIM
CURSO: Técnico de Segurança do Trabalho POLO: DENDEZEIROS
DATA 21/10/2018 PROFº: Normando Leite

Página 3
Após concluir o curso de Técnico de Segurança do Trabalho, você resolveu formar uma
sociedade com alguns profissionais da área, e abriram uma empresa de consultoria na área
de Saúde, Segurança e Higiene do Trabalho.
A Sophos é uma fábrica de papel e celulose em SC. Ela contratou sua empresa para realizar
a prestação de serviços na implantação do Diálogo Diário de Segurança (DDS) no setor de
extração de madeira e também a Análise de Risco Operacional (ARO) do mesmo setor.
Esse trabalho será realizado em grupo e, para que vocês consigam cumpri-la, é necessário
fazer uma pesquisa sobre o funcionamento de uma empresa de papel e celulose. Para isso,
foi disponibilizado algumas ilustrações que foram extraídas da reportagem do Discovey
Chanel.
Para facilitar também o conhecimento de vocês sobre o processo de fabricação de papel e os
riscos envolvidos durante à atividade laboral desses profissionais, será disponibilizado um
vídeo, com o seguinte título: “como é fabricado o papel”. O qual estará disponível no AVAS.

Página 4
Página 5
Agora que você já tomou conhecimento sobre o processo de fabricação de papel e celulose,
preencha o formulário da ARO (anexo 1) do processo de extração da madeira. Disponível
na página 4.

Página 6
Anexo I – Formulário Análise de Risco Operacional – ARO.

FORMULÁRIO ARO

Análise de Risco Operacional - ARO


Análise dos riscos operacional Medidas de Controles
Identificação Medidas de (ARO)
Nº de Categoria Riscos Perigo Controle
Colaboradore Existentes Probabilidade
Área Processo Atividade Gravidade Criticidade de Propostas
s
expostos
Extraçã Corte das Dds apresentando o
o da toras uso correto do
Exposição a
madeira Epi ( protetor protetor auditivo e
elevado nível de Maquina de
1 auricular) elaboração de um
ruído; corte
pca ( programa de
conservação
auditiva)
Maquina de
Operacional corte, Realizar vistoria na
Animais motopoda/ Uso de área a ser trabalhada
5
peçonhentos motoserra perneiras antes do inicio das
na atividades
vegetação
1 Atropelamento Maquina de Sinalização / Dds alertando o
corte isolamento da risco de ficar dentro
área das áreas isoladas.
Verificar as
condições de freio
da máquina.

Página 7
Maquina Sinalização / Verificar a
de corte isolamento da estabilidade do solo
1 Tombamento área antes de iniciar as
atividades

Motopoda/ Verificar sempre as


Corte
motoserra condições do
equipamento: freio
manual de corrente,
pino pega corrente,
protetor de mão
direita, protetor de
mão esquerda e
trava de segurança
Treinamento do acelerador. Antes
do uso de do corte escolher a
equipamentos direção do
Motopoda/
Amputação cortantes tombamento e a rota
motoserra
de fuga,
visualizar/localizar
o companheiro de
trabalho. Observar a
velocidade e direção
do vento. Manter
sempre o cinto
acoplado ao cabo
guia.

2 Músculo Motopoda/ Dss sobre os Descansos


esquelético devido motoserra riscos. periódicos durante a
a vibração da Equipamento jornada de trabalho.
motoserra. em condição
de uso, sempre
ter inspeção
prévia.

Página 8
Projeção de Maquina Observar
partículas de corte, velocidade e
3
causando irritação motopoda/ direção do
Usar todos os epi`s
no olhos motoserra vento com o
para o uso da
Projeção de Maquina de uso da biruta.
motosserra e demais
partículas corte,
3 equipamentos
causando motopoda/
cortantes para evitar
perfuração da pele motoserra
qualquer incidente..
Projeção de
Maquina de
partículas
corte,
3 causando
motopoda/
perfuração de
motoserra
olhos
Instalação de tendas
para intervalos de
descanso.
Radiação Utilização do
5 Insolação Bebedouros com
solar protetor solar
água em região
próxima ao local de
trabalho.

Parte II : ( Separei pois a tabela estava perdendo as configurações ao inserir mais linhas e também para melhorar a visualização)

Análise de Risco Operacional - ARO


Medidas de
Identificação Análise dos riscos operacional (ARO) Controles
Medidas de
Nº de Categori
Riscos Perigo Controle
Colaboradore a Probabilidade Criticidad
Área Processo Atividade Existentes Gravidade de Propostas
s e
expostos

Página 9
Operaciona Empilha Epi DDS
l deira ( protetor apresentando
auricular) o uso correto
do protetor
auditivo e
elaboração
de um pca
Exposição a ( programa
elevado nível de
de ruído; conservação
2 auditiva)
Dds
alertando o
risco de ficar
dentro das
Sinalização /
Atropelament Empilhadeir áreas
isolamento da
o a isoladas.
área
Verificar as
condições de
freio da
2 máquina.
Verificar a
estabilidade
Movimentaçã Sinalização /
Empilhadeir do solo antes
o das madeiras Tombamento isolamento da
a de iniciar as
área
atividades
2
-Exposição a DDS
elevado nível apresentand
de ruído; o o uso
Epi correto do
( protetor Protetor
2 Digestor auditivo) auditivo
Trituração -Exposição a Respirador
Trituração 2 poeiras Digestor semi-facial PPR
Preparaçã Peneiração de 2 -Exposição a Peneira Respirador I SIGNIFICANTE BAIXA BAIXO PPR
o do papel Toras poeiras semi-facial V D

Página 10
Vaso de - Verificar o
pressão Trabalhadore Medidor de
s com pressão,
treinamento dispositivo
em NR-13; de segurança
-Manutenção contra
e Inspeção bloqueio
do vaso invertido da
dentro do válvula e
prazo; válvula ou
Separação da -Prontuario outro
celulose da do vaso de MUIT dispositivo
liguinina (Vaso pressão; O MÉDIO para alivio de
de pressão) 1 -Explosão I CATASTRÓFICA E BAIXA ALTO pressão.
Vazamento
Tratamento Exposição a do gás MUIT Uso de
químico da produto ( Dióxido de O MÉDIO máscara de
celulose 1 químico Gases cloro) I CATASTRÓFICA E BAIXA ALTO fuga
-Exposição a DDS
elevado nível apresentand
de ruído; o o uso
- correto do
Prensamento Epi Protetor
de mãos ( protetor auditivo ;
auditivo e Percepção de
Prensamento Prensadora luva de risco e uso
da celulose 2 segurança) V PEQUENA B ALTA MÉDIO de Luvas.
Preparo de 1 Exposição a Maquina EPI V PEQUENA B ALTA MÉDIO
massa ruído rotativa de ( protetor
preparo de auditivo)
massa

Página 11
Vaso -Roupas de Verificar a
proteção integridade
da roupa
-Exposição a sempre ao
Inserção de produtos I inicio das
Amido 1 químicos V SIGNIFICANTE 2 BAIXA BAIXO atividades.
-Exposição a DDS
elevado nível apresentand
de ruído; o o uso
- correto do
Prensamento Epi Protetor
de mãos ( protetor auditivo
auditivo e Percepção de
Prensamento luva de risco e uso
do Papel 1 Prensadora segurança) IV SIGNIFICANTE D BAIXA BAIXO de Luvas.
DDS
apresentand
o Percepção
-Corte de Máquina de Epi ( luva de de risco e
Corte do Papel 2 membros corte segurança) IV SIGNIFICANTE D BAIXA BAIXO uso de Luvas.

Página 12
Palestrante
Data Dia da semana Temas do DDS Horário Observações

José Augusto Lima- 08:00h às 08:20h


17/10/2018 Quarta-feira Inspeção em vasos de pressão
A importância do Uso correto dos EPI’s Alberto Santana- 08:00h às 08:20h
18/10/2018 Quinta-feira

PPRA – Divulgação do programa de prevenção de Gilberto Souza - 08:00h às 08:20h Apresentar os riscos aos quais
19/10/2018 Sexta-feira riscos ambientais os trabalhadores estão
expostos
Pca- Divulgação do programa de conservação Paula Martins - 08:00h às 08:20h Treinar sobre o uso correto da
22/10/2018 Segunda-feira auditiva máscara de fuga
23/10/2018 Terça-feira A influência do calor no trabalho Alana Matos- 08:00h às 08:20h

24/10/2018 Quarta-feira Postura corporal- Ergonomia José Augusto Lima- 08:00h às 08:20h

25/10/2018 Quinta-feira Armazenagem correta dos equipamentos de Alana Matos- 08:00h às 08:20h
trabalho
Uso correto de máscara de fuga Paula Martins - 08:00h às 08:20h Apresentar o uso correto do
26/10/2018 Sexta-feira protetor auditivo
Cuidados com a pele Alberto Santana- 08:00h às 08:20h Lembrar da importância do uso
29/10/2018 Terça-feira do protetor solar
Percepção de risco na execução das atividades Gilberto Souza - 08:00h às 08:20h
30/10/2018 Quarta-feira
Após assistir ao vídeo, preencha também os 10 dias da tabela abaixo, com os temas a serem abordados no DDS, os quais tenham relação com segurança,
saúde, com o objetivo de prevenir acidentes e doenças ocupacionais. Deve-se levar em consideração as questões apresentadas no vídeo. Utilize como
referência, o mês de outubro de 2018.
Anexo II – Modelo de Temas para DDS.

Insira nesse espaço, o logo da TEMAS DO DDS


empresa.

Setor: Operacional
Supervisor: Miriele Carvalho Paim

Página 13
Observação importante: Não é necessário elaborar a apresentação em PPT.

Página 14