Você está na página 1de 30

Tema II – ATIVIDADES ECONÓMICAS

OS RECURSOS NATURAIS
OS RECURSOS NATURAIS I

• 6.1 Os diferentes tipos de recursos naturais


• 6.2 Os recursos energéticos
6.1 OS DIFERENTES TIPOS DE
RECURSOS NATURAIS
RECURSOS NATURAIS – O que são?
 Quais são?

Recursos naturais –
são todos os elementos
que se encontram
disponíveis na Natureza
(subsolo, solo e à
superfície da terra) e que
o Homem pode utilizar
para satisfazer as suas
necessidades de
sobrevivência e de
desenvolvimento.
Os diferentes tipos de recursos naturais
 Em função
da origem
Os diferentes tipos de recursos naturais
 Em função da utilização

Recursos Recursos
naturais não naturais
renováveis renováveis

Recursos naturais Recursos naturais


finitos, ou seja, cuja que não se esgotam,
utilização continuada pois renovam-se
pode levar ao seu continuamente.
esgotamento.
Os diferentes tipos de recursos naturais
 70% da Terra é
Os recursos hídricos composta por água.

 Apenas 2,5% desta


corresponde a água
doce, existente em rios,
lagos, aquíferos e
glaciares.

 É o bem mais precioso


neste início do século
XXI.

 A água doce é necessária


à maior parte das
atividades básicas, de
manutenção, de
alimentação, de higiene e
de produção de energia.
GEOvisão 8
Os recursos biológicos

 Correspondem ao
conjunto de seres vivos
(animais, plantas…)
que o Homem utiliza
para se alimentar, mas
também para fabricar
vestuário, calçado,
mobiliário, papel,
borracha ou
medicamentos.
Recursos geológicos
Rochas

Rochas industriais —
utilizadas, por exemplo, na Rochas ornamentais —
construção civil (calcário, utilizadas para fins
granito, quartzo, entre decorativos (mármore,
outras). granito, entre outras).
Recursos geológicos
Minerais

Minerais não metálicos —


Minerais metálicos — minerais minerais cuja constituição é
formados por substâncias formada por substâncias não
metálicas (ferro, cobre, zinco, metálicas (sal-gema, quartzo,
ouro, prata, entre outros). entre outros).
Os recursos geológicos

Grande importância para


diversas atividades:
 indústria metalúrgica;
 indústria de pedras
preciosas;
 indústria ornamental;
 telecomunicações;
 agricultura;
 indústria de produtos de
beleza;
Nitrato.  produção de energia.
Ferro.
Urânio.
6.2 OS RECURSOS ENERGÉTICOS
Os recursos energéticos
Os recursos energéticos são dos recursos naturais mais utilizados,
revelando-se, nos nossos dias, fundamentais para a vida humana e
para a atividade industrial. Podem ser de dois tipos: não renováveis
ou renováveis.
RECURSOS ENERGÉTICOS NÃO-RENOVÁVEIS

PETRÓLEO

GÁS
NATURAL

RECURSOS
ENERGÉTICOS ENERGIA
NÃO-RENOVÁVEIS
NUCLEAR
CARVÃO
Utilizado na primeira fase da Revolução Industrial, é um recurso
energético muito importante na produção de energia elétrica e de aço.

Extração de carvão
Carvão
EUA 515,9 China 1825

Austrália 241,1 Carvão Rússia 168,1

Indonésia 237,4 Índia 228,8

Principais
produtores em 2012.
(milhões de toneladas)
Carvão
EUA 437,8 China 1873,3

Carvão
Principais
consumidores em
2012
(milhões de toneladas)

Japão 124,4 Índia 298,3

Curiosidade: A Central de Gibson, uma das maiores dos EUA consome o equivalente
a 3 comboios de 100 vagões cheios todos os dias.
Petróleo e gás natural
Petróleo – usado em centrais térmicas para a produção
de eletricidade, sob a forma de gasóleo e gasolina como
combustível, e os seus derivados em plásticos, tintas,
borrachas, entre outros.

Gás natural - uso doméstico e como combustível em


centrais térmicas.

• A diminuição das reservas mundiais de petróleo e a


instabilidade política tem contribuído para uma subida
imparável do seu preço.
• Podem esgotar-se nas próximas gerações.
• O Médio Oriente assume-se como uma das regiões mais
importantes na produção e exportação destes recursos.
Uso do petróleo e derivados
Produção
de
eletricidade

Carburantes
Fibras (aviões,
sintéticas barcos,
comboios)

Petróleo
Plásticos
Óleos de e
motores borrachas
sintéticas

Butano,
Indústria
betumes e farmacêutica
corantes
Petróleo
Principais produtores mundiais - 2012*

Rússia 10643 Principais consumidores mundiais - 2012**


Arábia 11530 EUA 819,9
Saudita
China 483,7
EUA 8905
Japão 218,2
Irão 3680
Índia 171,6
China 4155
Rússia 147,5
Canadá 3741 Arábia Saudita 129,7
México 2911 Brasil 125,6
EAU 3380 Alemanha 111,5
Venezuela 2725 Coreia do Sul 108,8
Kuwait 3127 Canadá 104,3

Iraque 3115 México 92,6


* Milhares dedebarris/dia
Nigéria 2417 * Milhares barris/dia
** Milhões de
** Milhões detonelada
toneladass
Brasil 2149
Gás natural
Principais Produtores mundiais
2012 *

5,8
4,1 EUA 618,4
7,7 Rússia 592,3

8,2 43
Canadá 156,5
Distribuição
das reservas Irão 160,5
em 2012
Qatar 157,0

31,2
Noruega 114,9
China 107,2
Médio Oriente Europa e Eurásia Arábia Saudita 102,8
Ásia do Pacífico África
América do Norte América Central e do Sul Indonésia 71,1
Argélia 81,5
* Mil milhões de metros cúbicos
Energia nuclear
Principais consumidores 2012 *
EUA 183,2
França 96,3
Japão 4,1**
Rússia 40,3
Coreia do Sul 34,0
Alemanha 22,5
Canadá 21,7
Ucrânia 20,4
Total 422,5
Total mundo 560,4

* Milhões de toneladas
** Em 2010 o valor era de 66,2
II – RECURSOS ENERGÉTICOS RENOVÁVEIS

CALOR DO
INTERIOR
DA TERRA
CURSOS
BIOMASSA
DE ÁGUA

VENTO ONDAS

RECURSOS
SOL
ENERGÉTICOS MARÉS
RENOVÁVEIS
Energias renováveis
• proveniente do aproveitamento dos raios
solares, podendo ser convertida em
Solar eletricidade (fotovoltaica e térmica) ou em
calor (térmica).
• energia proveniente da força do vento e
resultante da deslocação de massas de ar,
Eólica devido às diferenças de pressão
atmosférica.

• energia renovável resultante dos fluxos de


Hídrica água nos rios.

Dinamarca - primeira nação mundial a assumir um compromisso de redução


no consumo de energia. O governo tem apostado na implementação de novas
centrais eólicas off-shore.
• energia proveniente da combustão de
Biomassa produtos e resíduos da agricultura, pecuária,
floresta e indústrias.

• energia renovável com fonte no calor interno


Geotérmica da Terra.

• energia gerada pela movimentação das ondas


e pela diferença de amplitude entre marés,
Ondas e marés que, produzindo trabalho mecânico, gera
eletricidade.
Alemanha - com pouco mais de metade das horas de Sol em relação a Portugal,
tem hoje mais potência instalada em energia solar fotovoltaica do que toda a
Europa, tornando-se o líder do mercado mundial desta área.
Energias renováveis

Central fotovoltaica da
Amareleja

Parque de energia eólica


Central de energia
geotérmica

Energia das ondas


Tipos de energia Utilização Vantagens Desvantagens
Madeira Aquecimento e confecção de Relativamente Desflorestação e baixo
alimentos. barata. valor energético
Começou a ser usado na Das energias Poluente, não renovável
___________ indústria, após a Revolução tradicionais é a que e em risco de esgotar-se
Industrial. Produção de apresenta maiores
energia eléctrica e do aço. reservas.
Petróleo Produção de energia Maior rendimento Poluente, não renovável
eléctrica, combustíveis para e eficácia. e em risco de esgotar-
transportes e máquinas se.
industriais.
Como matéria-prima para
fins diversos.
Gás natural Utilização doméstica Das energias Geradora de problemas
e industrial. tradicionais é a ambientais decorrentes
menos poluente. da sua queima e
exploração.
Nu_________ Utilização energética e Das energias Acidentes nucleares e
industrial. tradicionais é a mais resíduos perigosos.
eficiente.
Solar Converte energia solar em Renovável e não Instalação cara e exige
energia térmica ou poluente lugares com grande nº
eléctrica. de dias de céu limpo e
Utilização doméstica, elevada radiação solar.
aquecimento de piscinas e
indústria
Eólica Produção de electricidade Renováveis, não Instalação cara.
Ondas e poluentes Dependente das
________ condições naturais.
Os recursos energéticos renováveis
A utilização de novos recursos energéticos renováveis tem aumento
devido a:

impactos
diminuição das esgotamento subida dos
ambientais
reservas dos futuro dos preços dos
dos
combustíveis combustíveis combustíveis
fósseis combustíveis
fósseis fósseis
fósseis
As energias renováveis em Portugal
A utilização das energias renováveis aumentou muito em Portugal devido a:

Terem grande
potencial

Reduzirem a
dependência Reduzirem
dos as emissões
combustíveis de CO2
fósseis

Corresponderem à
política energética da
União Europeia