Você está na página 1de 3

Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Centro de Ciências Sociais


Instituto de Ciências Sociais

Disciplina: Tópicos Especiais em Antropologia XII (ICS-01 13695)


Curso: Violência, Dor e Sofrimento
Professoras responsáveis: Paula Lacerda e Edilson Pereira
Ano/período: 2016.2
Horário: Quartas-feiras M5-M6; Sextas-feiras M3-M4

Objetivos: Este curso pretende ser uma abordagem introdutória e parcial ao tema
das Antropologia das Emoções, tendo como eixo central as experiências de dor,
violência e sofrimento, tais como reportadas pelos agentes sociais e objeto possível
de estudo da Antropologia.

Obs: A bibliografia selecionada é apenas uma sugestão e pode ser reformulada de


acordo com o andamento do curso ou em função do interesse dxs estudantes.

Programa de Curso:
1. Teorias sobre dor e sofrimento
2. A interface com o tema da violência
3. Sofrimento e gênero
4. Dor, violência e sofrimento como temas da pesquisa em Antropologia

Plano de curso com Bibliografia:

Unidade I – Conexões entre dor, violência e sofrimento

25/01 – Apresentação do curso e indicação de leitura para próxima aula

27/01 – VICTORA, Ceres. Sofrimento social e a corporificação do mundo:


contribuições a
partir da Antropologia. RECIIS – R. Eletr. de Com. Inf. Inov. Saúde. Rio de Janeiro, v5,
n.4, p.3-13, Dez., 2011. Disponível via:
http://www.reciis.icict.fiocruz.br/index.php/reciis/article/view/764/1406

01/02 e 03/02 – SARTI, Cynthia. Corpo, violência e saúde: a produção da vítima.


Revista Sexualidad, Salud y Sociedad, 2009, n.1 Disponível via: http://www.e-
publicacoes.uerj.br/index.php/SexualidadSaludySociedad/article/view/12/21

08/02 e 10/02 – BRETON, Davi. Antropologia da Dor [trechos a selecionar]


15/02 e 17/02 – [selecionar]

22/02 – BARATA, Camille Castelo Branco. Cuidar, curar, resistir: corporeidade e


violências entre mulheres tembé-tenetehara (Santa Maria, PA). Etnográfica, vol. 20
(3), 2016. Disponível via: https://etnografica.revues.org/4668

Unidade II – Formação de movimentos sociais e comunidades morais

08/03 e 10/03 – FONSECA, Claudia; MARICATO, Glaucia. Criando comunidade:


emoção, reconhecimento e depoimentos de sofrimento. Interseções, v. 15. N. 2, p.
252-274, dez 2013. Disponível via: http://www.e-
publicacoes.uerj.br/index.php/intersecoes/article/view/9523

15/03 e 17/03 – JIMENO, Myrian. Emoções e Política: a vítima e a construção de


comunidades emocionais. Mana, vol. 16, n. 1, Rio de Janeiro, Abril de 2010.
Disponível via: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0104-
93132010000100005&script=sci_arttext&tlng=es

22/03 e 24/03 – VIANNA, Adriana; FARIAS, Juliana. A guerra das mães: dor e política
em situações de violência institucional. Cad. Pagu no.37 Campinas July/Dec. 2011.
Disponível via: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-
83332011000200004

29/03 e 31/03 – LEITE, Márcia. As mães em movimento. In: BIRMAN, Patrícia; LEITE,
Márcia Pereira. (Orgs.) Um mural para a dor: movimentos cívico-religiosos por justiça
e paz. Porto Alegre, Editora da UFRGS, 2004, pp.141-190.

04/04 e 07/04 – EFREM FILHO, Roberto. Corpos brutalizados: conflitos e


materializações nas mortes de LGBT. Cad. Pagu no.46 Campinas Jan./Apr. 2016.
Disponível via: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-
83332016000100311&lng=en&nrm=iso

12/04 – MOMBAÇA, Jota. rumo a uma distribuição desobediente de gênero e


anticolonial da violência! Disponível via:
https://issuu.com/amilcarpacker/docs/rumo_a_uma_redistribuic__a__o_da_vi

Unidade III – Como narrar a dor?

19/04 – SOARES, Barbara Musumeci; MOURA, Tatiana; AFONSO, Carla. (Orgs.) Auto
de resistência: relatos de familiares de vítimas da violência armada. Rio de Janeiro,
7Letras, 2009. [trechos a selecionar]

26/04 e 28/04 – Filme “Luto como mãe” + livro REDES


03/05 e 05/05 – DAS, Veena. O ato de testemunhar: violência, gênero e
subjetividade. Cadernos Pagu, n. 37, Campinas, Julho/Dezembro, 2011. Disponível
via: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-
83332011000200002

10/05 e 12/05 – LACERDA, Paula. O Sofrer, o narrar e o agir: dimensões da


mobilização social de familiares de vítimas. Horizontes Antropológicos, ano 20, n.42,
p. 49-75, jul/dez 2014. Disponível via: http://www.scielo.br/pdf/ha/v20n42/03.pdf

17/05 a 24/05 – Apresentações de trabalhos e pesquisas

26/05 – Avaliação final