Você está na página 1de 4

O que é Bronquite

A bronquite é uma doença respiratória que é caracterizada por um muco que reveste os
brônquios, tubos respiratórios que levam o ar até os pulmões. Por conta dessa secreção,
os brônquios acabam inflamando e diminuindo cada vez mais o espaço pelo qual o ar
passa, causando ataques de tosse, que podem apresentar muco ou não, e falta de ar.

Muitas vezes, a doença pode ser confundida com outras que também afetam as vias
respiratórias, como a asma. Por mais que os sintomas das duas sejam parecidos, os
diagnósticos são diferentes, bem como o tratamento para cada uma delas.

Quais são as causas da Bronquite?

Causa da Bronquite Aguda

A principal causa desse tipo de bronquite são vírus provindos de uma inflamação ou gripe
anterior, podendo ser adenovírus, rinovírus, influenza, etc. Em casos mais raros, a
bronquite aguda pode ser causada por bactérias.

Causa da Bronquite Crônica

No caso da bronquite crônica, a causa vem principalmente do tabaco, já que é ele que
irrita as vias aéreas, causando, assim, a doença. Mas, além dele, a bronquite crônica
também pode ser desenvolvida devido a exposição exagerada a poluição do ar ou ainda de
alergias e infecções recentes.

Como me prevenir da Bronquite

Para diminuir os riscos de contrair a doença:

Evite fumar: o cigarro aumenta o risco de você contrair a bronquite crônica.

Vacine-se: vários casos de bronquite aguda são causados por vírus, na maioria das vezes
pelo tipo Influenza. Portanto, estar vacinado contra esse vírus é fundamental.

Lave sempre as mãos: para evitar a contração de uma doença viral, mantenha sempre as
mãos limpas.

Use máscaras cirúrgicas: caso você já apresente alguma doença crônica do pulmão, use
uma máscara fácil no trabalho e em multidões.
Os sintomas da Bronquite

Assim como as causas, os sintomas da bronquite também variam de acordo com seu tipo,
porém há alguns sintomas comuns entre os dois, tais como:

Tosse com produção de muco;

Falta de ar;

Dores no peito;

Fadiga;

Febre.

Sintomas da Bronquite Aguda

Os sintomas que precedem o ataque de bronquite aguda são azia e dificuldade para
respirar. Além deles, outros sintomas podem aparecer, tais como:

Febre baixa (menos de 38ºC);

Dor de cabeça;

Dor de garganta;

Rouquidão;

Complicações respiratórias ou bacterianas.

Sintomas da Bronquite Crônica

Apesar da bronquite crônica possuir alguns sintomas semelhantes aos da aguda, ela
apresenta outros sintomas também:

Tosse com expectoração;

Esforço em tossir;

Chiado;

Diferentes complicações respiratórias.

Complicações da Bronquite
No começo deste artigo, sinalizamos que a bronquite aguda leva poucos dias para
desaparecer completamente. Porém, caso ela não seja tratada corretamente, pode evoluir
para pneumonia. Nesse caso, procure o seu médico ou farmacêutico se:

A tosse for muito recorrente, te impedindo de dormir;

A febre superior a 38,5 ºC;

Houver várias recaídas ao longo do ano;

For idoso ou tenha outras doenças pulmonares.

Já no caso da bronquite crônica, as complicações são ainda mais preocupantes, pois ela
pode evoluir para um enfisema pulmonar que, posteriormente, pode vir a se tornar uma
DPOC (doença pulmonar obstrutiva crônica).

Qual o diagnóstico para a Bronquite?

Durante os primeiros dias em que os sintomas aparecem, procure o médico especialista


em doenças das vias aéreas: o pneumologista. Será ele quem te dará o diagnóstico correto
da doença e, a primeira coisa que ele fará, é escutar a sua respiração através do
estetoscópio. Além disso, outros exames podem ser pedidos, como raio-x do peito, teste
de escarro e o teste funcional do pulmão.

O tratamento para a Bronquite

Tratamento Bronquite Aguda

Muitos casos de bronquite aguda são tratados sem medicamentos e podem ser
acompanhados de casa. O tratamento é sintomático, isto é, ele é apenas para os sintomas,
não para a causa. Em caso de bronquite aguda, você deverá:

Descansar constantemente;

Para a tosse, use antitussígenos (não em demasia, já que a tosse precisa evoluir nesses
casos);
No caso de tosse com escarro, expectorantes devem ser utilizados;

Beber muito líquido;

Tratar eventuais febres e dores de cabeça com paracetamol ou ibuprofeno.

Tratamento Bronquite Crônica

Em se tratando de bronquite crônica, a doença não tem cura e deve ser tratada da mesma
maneira que as DPOC. Os itens abaixo auxiliam na melhora dos sintomas da doença:

Parar de fumar, uma vez que o tabaco pode causar a doença;

Se a causa for por contato com produtos químicos ou poluentes, o paciente deve parar ou
reduzir o contato com esses agentes;

Fazer uso de broncodilatadores, para diminuir o componente que estreita os brônquios;

O uso de vaporizador ou umidificador pode ajudar a soltar o muco da garganta e diminuir


o chiado do peito, bem como melhorar na hora da respiração;

Evite tranquilizantes, pois eles podem causar uma depressão na respiração por conta de
sua ação no Sistema Nervoso Central;

Prática de terapias que auxiliam na reabilitação pulmonar;

Tratamento com medicamentos mucolíticos, pois ajudam a expelir o muco gerado na


garganta;

Em casos mais graves, o médico pode prescrever inalação de oxigênio, para abrir as vias
respiratórias.

Além desses itens, é importante que o paciente que tenha bronquite crônica seja vacinado
contra a gripe e também contra a pneumonia.