Você está na página 1de 32

PUBLICIDADE

QUI13SET
Quinta-feira
13 de Setembro de 2018
Ano 43 • N.º 15385

Kz 45,00
Director: VÍCTOR SILVA
Director-Adjunto: CAETANO JÚNIOR
www.jornaldeangola.co.ao

ANTIGO SECRETÁRIO-GERAL DA ONU

NESTA EDIÇÃO

MANUEL RUI
Kofi Annan
é sepultado
Carlos Duarte…o Ferrovia!
OPINIÃO • 7

HOMENAGEM DA UAN

hoje em Accra
O antigo Secretário-Geral da ONU e matas e responsáveis das Nações Uni-
Nobel da Paz Kofi Annan, falecido a das. O Governo do Ghana decretou
18 de Agosto aos 80 anos, é hoje sepul- três dias de luto nacional. O Vice-Pre-
tado no novo cemitério militar de sidente da República, Bornito de Sousa,
Doutor Honoris Causa Accra, capital do Ghana, num funeral em representação do Chefe de Estado,
para Agostinho Neto que conta com a presença de vários João Lourenço, juntou-se ontem aos
POLÍTICA • 3 Chefes de Estado e de Governo, diplo- vários estadistas em Accra. DESTAQUE • 4

ASSASSINATOS
África do Sul transformada DECRETOS
em ampla “zona de guerra”
ÁFRICA • 8
Nomeados
CUANDO CUBANGO
seis novos
governadores

xxxxx. POLÍTICA • 3
Candidatos a professores
com notas acima da média O mais novo governador
REGIÕES • 23
CAZENGA E SAMBIZANGA O Presidente da República,
MALANJE João Lourenço, nomeou

Zonas críticas
Autoridades ponderam ontem seis novos gover-
suspensão de mototáxis nadores. No Cunene, Kundi
SOCIEDADE • 24 Paihama foi substituído
por Vigílio Tyova e na Huíla

sem intervenção
BOLSAS Marcelino Tyipinge deixou
Universidade Lusíada o lugar a Luís da Fonseca
promove talentos Nunes. Joana Lina foi no-
SOCIEDADE • 25 meada governadora pro-
REPORTAGEM • 5 vincial do Huambo.
FESTIVAL DE ZOUK POLÍTICA • 2

FALÊNCIA DO BESA JURISTA PONGOLOLA


LIGA DOS CAMPEÕES

Empresário Sobrinho “ PGR deve Mazembe já treina


incrimina accionistas investigar em Luanda
A falência do extinto “Álvaro Sobrinho men-
a Igreja DESPORTO • 31
Banco Espírito Santo
Angola (BESA) foi uma
tiu”, instando o Banco
Nacional de Angola (BNA) Universal”
Kassav de regresso decisão política evocada e a Procuradoria Geral
na máxima força no interesse de accio- da República a pronun- A Procuradoria Geral da
CULTURA • 29 nistas como os generais ciarem-se. ECONOMIA • 11 República (PGR)deve ave-
Hélder Vieira Dias “Ko- riguar a denúncia contra
pelipa” e Leopoldino a Igreja Universal do Reino
“Dino” do Nascimento, de Deus (IURD), porque
declarou à TPA Álvaro os pastores presumivel-
Sobrinho, presidente da mente submetidos à vasec-
comissão executiva da tomia devem estar sob
instituição financeira coacção extrema, defen-
entre 2002 e 2013. Os ac- deu ontem, ao Jornal de An-
cionistas, em nota ontem gola, o advogado Vicente
à imprensa, referem que Pongolola. SOCIEDADE • 25
2 POLÍTICA Quinta-feira
13 de Setembro de 2018

MANUEL AUGUSTO EM RIADE CORPO CHEGA HOJE

Angola e Arábia Saudita UNITA rende


assinam Acordo Geral homenagem
a “Ben-Ben”
O chefe da diplomacia ango- para a “diplomacia econó-
lana deixou na manhã de mica”, a qual tem como prin- A melhor homenagem que
ontem Luanda, com destino cipal eixo a obtenção de os angolanos podem prestar
à Arábia Saudita, para uma investimentos para potenciar à memória de um homem
visita oficial de dois dias, des- a diversificação da economia como Arlindo Chenda Pena
PEDRO DANIEL VIGÍLIO
JÚLIA NETO TYOVA tinada ao reforço das relações nacional. “Ben-Ben” é trabalhar pelos
bilaterais e de cooperação. Manuel Augusto, que che- ideais que nortearam a sua
Segundo fonte do Minis- fia uma delegação de alto vida, considera a UNITA,
tério das Relações Exteriores nível do seu ministério, vai através de um comunicado
citada pela Angop, os dois ainda manter encontros com divulgado por ocasião da
países vão assinar um acordo potenciais investidores do chegada, hoje, a Luanda, dos
geral de cooperação técnica, sector privado, interessados restos mortais do antigo chefe
LUÍS PEREIRA económica e cultural. Manuel em investir em Angola ou do Estado-Maior General
NUNES ALFREDO Augusto vai reunir-se com em financiar projectos nos adjunto das Forças Armadas
o Rei Salman Bin Abdulaziz diferentes domínios. Angolanas, falecido a 19 de
Saud, com quem abordará Áreas como a agro-indús- Outubro de 1998, na África
questões ligadas à captação tria, agricultura, pescas, pe- do Sul, onde se encontravam
de investimentos. tróleo e gás são apontadas sepultados.
A missão do ministro das como as principais que po- No comunicado, o secre-
Relações Exteriores se en- dem ajudar no incremento tariado executivo do Comité
quadra no actual contexto da cooperação entre Angola Permanente da UNITA rende
JOANA de promoção e divulgação e aquela potência petrolífera a mais singela homenagem
LINA da estratégia angolana virada do Médio Oriente. a Ben-Ben, que “foi a ins-
SANTOS PEDRO | EDIÇÕES NOVEMBRO piração de muitos militares
das extintas FALA (braço
Zaire armado do partido) e não
só”. “Era amigo dos seus
amigos, solidário, de trato
simples, de permanente sor-
riso no rosto, que granjeou
o incondicional respeito dos
seus camaradas”, lê-se no
documento, em que a direc-
Lunda-Sul ção da UNITA dirige à família
de Ben-Ben, muito em espe-
cial à sua mãe, Judith Pena,
à viúva, filhos e irmãos e às
Bié Forças Armadas Angolanas
os seus sentimentos de pesar.
Filho de Isaac Pires Pena e
de Judith Chinakussoke Pena,
Huíla o general Ben-Ben nasceu
no Andulo, a 27 de Novembro
Missão do ministro enquadra-se na diplomacia económica de 1955.

Cunene
DISCIPLINA NAS FAA
JAIMAGENS/FOTÓGRAFO

Seis províncias têm


novos governadores
Cinco dos novos governadores são membros do Bureau Político
do MPLA, eleito após o VI congresso extraordinário, que
confirmou João Lourenço na presidência do partido no poder

O Presidente da República, MPLA no último congresso dirigida p or Joana Lina


João Lourenço, exonerou extraordinário. Ramos Baptista Cândido,
ontem os governadores pro- O deputado Vigílio da que até ao último congresso
vinciais do Bié, Lunda-Sul, Ressurreição Adriano Tyova do MPLA era a primeira vice-
Cunene, Huambo, Huíla e deixa o Parlamento para diri- presidente da Assembleia
Zaire, tendo nos seus lugares gir a província do Cunene, Nacional.
nomeados outros. em substituição de Kundi As províncias da Huíla e Região Militar Norte realiza Seminário Metodológico dos Especialistas da Educação Patriótica
De acordo com uma nota Paihama. do Zaire também têm novos
da Casa Civil do Presidente governadores. Luís Manuel
da República, Álvaro Manuel
de Boavida Neto, Ernesto Fer-
nando Kiteculo, Kundi Pai-
Para a província do
Bié foi nomeado
da Fonseca Nunes rende João
Marcelino Tyipinge, na Huíla,
enquanto no Zaire José Joanes
Comandante destaca Tomás Hilukilua lembrou
ainda que o actual momento
político que o país vive requer
governador Pereira
hama, João Baptista Kussu-
mua, João Marcelino Tyipinge
e José Joanes André, respec-
Alfredo, até então
deputado à
André foi substituído por
Pedro Makita Armando Júlia,
que também deixa o Parla-
papel dos educadores um acompanhamento exaus-
tivo, para melhor compreen-
são do novo paradigma do
tivamente, foram exonerados Assembleia mento. Estado angolano.
no uso das prerrogativas cons- Nacional, que Com excepção de Joana O segundo comandante da Metodológico dos Especia- O seminário, encerrado
titucionais do Titular do Poder substitui Álvaro de Lina, os restantes governa- Região Militar Norte, Tomás listas da Educação Patriótica ontem, decorreu sob o lema
Executivo e por conveniência Boavida Neto, eleito dores são membros do Bu- Hilukilua, destacou o papel da Região Militar, realizado “Reforcemos o trabalho edu-
de serviço. secretário-geral reau Político do MPLA, que dos educadores patrióticos na terça-feira, o comandante cativo-patriótico na Região
Para a província do Bié do MPLA foi eleito na reunião extraor- das Forças Armadas Ango- defendeu que os educadores Militar Norte, para elevar a
foi nomeado governador dinária do Comité Central, lanas (FAA) no assegura- patrióticos devem aprimorar disciplina, organização e
Pereira Alfredo, até então realizada após o VI congres- mento moral e psicológico constantemente e de forma prontidão combativa das tro-
deputado à Ass embleia João Baptista Kussumua so extraordinário, no pas- das tropas para a elevação rigorosa os conhecimentos, pas”. O mesmo foi orientado
Nacional, que substitui no foi exonerado do cargo de sado sábado, que confirmou dos níveis de organização, uma vez que este órgão de- pelo chefe de Repartição de
cargo Álvaro de Boavida Neto, governador do Huambo, pro- João Lourenço na presidên- disciplina e prontidão. Ao sempenha um importante Educação Patriótico da região,
eleito secretário-geral do víncia que passa agora a ser cia do partido. intervir no XIII Seminário papel nas FAA. Honório Cabinda.
POLÍTICA Quinta-feira
13 de Setembro de 2018 3
ÁFRICA AUSTRAL MINISTRO DA DEFESA NA REUNIÃO DA COMISSÃO ANGOLA-NAMÍBIA
UNIVERSIDADE AGOSTINHO NETO
Influência
da diplomacia Doutor Honoris Causa País reafirma envolvimento
angolana
em livro
para Agostinho Neto na paz e segurança de África
A Universidade Agostinho Neto vai outorgar, a
título póstumo, o título doutor Honoris Causa Salviano Sequeira destaca esforços para a criação de
A atitude política de Angola ao seu patrono, António Agostinho Neto, em pressupostos sólidos para o desenvolvimento sustentável
nos países vizinhos e a sua cerimónia a ter lugar no dia 25 de Setembro de
interacção com as organiza- 2018 deste ano, no Centro de Conferências de ARIMATEIA BAPTISTA | EDIÇÕES NOVEMBRO
ções regionais africanas como Belas, em Luanda.
a SADC, União Africana e Co- Em nota, a Universidade Agostinho Neto con-
munidade Económica dos vida todos os recém-graduados e pós-gradua-
Estados África Central (CEEAC) dos(bacharéis, licenciados e mestres), do dia 24
é uma das questões analisa- de Agosto deste ano, e todos os docentes a com-
das pelo diplomata António parecerem nas respectivas unidades orgânicas,
Nascimento, num livro sobre a fim de se inscreverem para participarem na
a influência do país na região referida cerimónia.
austral. O título Honoris Causa (expressão em latim
Intitulado “Avaliação da e usada atualmente como um título honorífico,
influência da diplomacia que significa literalmente “por causa de honra")
angolana na África Austral”, é dado para uma pessoa mesmo que ela não tenha
o livro, a ser lançado amanhã, um curso universitário, mas no entanto tenha se
no Centro de Imprensa Aníbal destacado ou exercido grande influência em deter-
de Melo, em Luanda, enfatiza minadas áreas como nas Artes, na Literatura, na
o princípio da soberania esta- Política ou na Promoção da Paz.
belecido na Constituição, Nascido aos 17 de Setembro de 1922, em Icolo
bem como os instrumentos e Bengo, António Agostinho Neto foi o primeiro
jurídicos fundamentais e os Presidente de Angola, que proclamou a inde-
objectivos estratégicos da pendência nacional a 11 de Novembro de 1975 e
base geral, a política externa morreu no dia 10 de Setembro de 1979, por doença,
de Angola. na ex-União das Repúblicas Socialistas Soviéticas
FRANCISCO BERNARDO | EDIÇÕES NOVEMBRO
(hoje Rússia). O dia do seu nascimento é feriado
nacional, Dia do Herói Nacional.
Ministro da Defesa discursou na abertura da reunião da comissão mista Angola-Namíbia

PRIMEIRO PRESIDENTE Arão Martins | Lubango do sector de Segurança, em Combate ao tráfico de seres
prol da completa estabilização A imigração ilegal, o tráfico
política do país. “É com esse de drogas e de seres huma-
Governadora defende O ministro da Defesa Nacio-
nal reafirmou ontem, no
Lubango, o envolvimento de
sentimento que um contin-
gente militar e policial ango-
lano se encontra destacado
nos, a caça furtiva, o con-
trabando e o roubo de gado
e de viaturas, são os princi-
valorização de legado Angola na promoção da paz
e da segurança no continente
africano, tendo em atenção
naquele país, para ajudar no
esforço político e diplomático
da nossa comunidade.”
pais assuntos em discussão
na 20.ª Reunião da Comissão
Mista de Defesa e Segurança
António Nascimento lança O legado de Agostinho Neto nho, Maria Eugenia Neto, o actual cenário global mar- Sobre a RDC, frisou Sal- Angola-Namíbia.
livro sobre diplomacia como homem de cultura deve disse que a instituição tem cado por crises económicas, viano Sequeira "Kianda", as Para o combate destes
continuar a merecer das ins- cumprido um ambicioso pro- tensões políticas, preocu- autoridades de Luanda con- males que afligem as popu-
A obra aborda ainda os tituições a devida valorização, grama de publicação da poe- pantes conflitos armados, tinuam a defender a ideia de lações dos dois países, Sal-
conflitos no sul de África de para que perdure a sua ima- sia, discursos e textos analí- terrorismo e criminalidade que, para responder de forma viano Sequeira defendeu
1975 a 2002 e os esforços diplo- gem dentro e fora do país, ticos do primeiro Presidente internacional organizada. positiva à situação política e que se continuar a incre-
máticos angolanos que resul- defendeu ontem, em Caxito, de Angola. Salviano Sequeira “Kian- de segurança no país vizinho, mentar e a dinamizar a troca
taram na assinatura de vários a governadora da província Eugénia Neto referiu que da”, que falava na abertura deve-se agir em conjunto e de informações e o patru-
acordos para a conquista da do Bengo. nesta fase que antecede ao da 20ª Reunião da Comissão em respeito às disposições lhamento conjunto, a fim
paz, reconciliação nacional e Mara Quiosa teceu tais primeiro centenário de Agos- Mista de Defesa e Segurança da SADC, da União Africana de inibir aqueles que enve-
a estabilidade regional. considerações no acto de tinho Neto, em 2022, a fun- Angola-Namíbia, afirmou e das Nações Unidas que con- redam por tais práticas e que
Em declarações ao Jornal abertura de uma conferência dação criou uma comissão que o país continua a envidar vergem na necessidade do atentam contra a paz social
de Angola, António Nasci- sobre Agostinho Neto, rea- para sensibilizar as diversas esforços políticos e diplomá- cumprimento dos acordos e o bem-estar dos povos dos
mento disse que a obra é um lizada no quadro das cele- entidades do Executivo e da ticos para que no continente, de 31 de Dezembro de 2016, dois países.
contributo para a comunidade brações do 17 de Setembro, sociedade civil para a pla- sejam criados pressupostos livremente assumidos pelos Salviano Sequeira "Kian-
diplomática e os estudantes Dia do Herói Nacional. A nificação de acções de modo sólidos para um desenvolvi- principais actores políticos da" disse ser imperioso o
de Relações Internacionais. governadora disse ser neces- a celebrar a efeméride com mento sustentável, maior congoleses. trabalho conjunto na partilha
Conselheiro de imprensa sário que nas escolas e comu- justa medida e perfeita orga- aproximação entre Estados de informações, conheci-
na representação de Angola nidades seja garantida a nização. vizinhos e a reafirmação dos mentos e experiencias, para
junto dos Escritórios das transmissão sistematizada A Fundação António Agos- laços existentes entre os povos, que os dois países estejam
Nações Unidas em Genebra, do percurso de Agostinho tinho Neto (FAAN) ofereceu visando a prossecução dos A imigração ilegal, em condições de fazer face
Suíça, depois de ter exercido Neto, que, na sua óptica, per- aos órgãos de comunicação interesses comuns. o tráfico de drogas às ameaças que pairam sobre
as mesmas funções no Zim- sonaliza as acções de bravura social no Bengo diversos livros Relativamente à situação e de seres humanos, a sua segurança.
babwe, Zambia, África do Sul, de muitos heróis. e discos que retratam a vida política da região, em par- a caça furtiva,
Reino Unido e Botswana, Mara Quiosa apelou aos e obra do primeiro Presidente ticular no Lesotho, na Repu- o contrabando Consolidação dos laços
António Nascimento sublinha anciões a continuarem a pas- de Angola. blica Democrática do Congo e o roubo de gado O ministro da Defesa da Na-
que Angola tem jogado um sar o testemunho aos mais No âmbito do 96º aniver- (RDC) e Zimbabwe, o minis- e de viaturas são os míbia, Penda ya Ndacolo,
papel fundamental na região novos. “A trajectória de Agos- sário natalício do primeiro tro afirmou que Angola tem principais assuntos também é de opinião que a
da SADC. Como exemplo, tinho Neto, os seus ensina- Presidente, a FAAN realizou feito acompanhamento e em discussão 20ª Reunião de Defesa e
aponta o facto de muitos países mentos e a sua dimensão uma exposição fotográfica análises casuísticas e realistas Segurança Angola-Namíbia
da região consultarem Angola como político e médico intitulada “Agostinho Neto e dos fenómenos políticos vai permitir aprofundar e
antes de tomarem qualquer necessitam de ser enaltecidos sua família”, no Memorial aos decorrentes dos processos Nesta perspectiva, o gene- consolidar os laços de ami-
decisão, bem como o papel de uma forma admirável”, Heróis de Caxito e na Biblio- em curso nesses países, coo- ral Salviano Sequeira “Kian- zade e a boa vizinhança entre
que o país teve na resolução defendeu. A presidente da teca Provincial. perando com a comunidade da”, que co-preside à Comis- os dois povos.
das crises políticas no Lesotho, Fundação António Agosti- Maiomona Artur | Caxito internacional interessada no são Mista de Defesa e Segu- O também co-presidente
Madagáscar e RDC. MARIA JOÃO | EDIÇÕES NOVEMBRO estabelecimento da paz social rança Angola-Namíbia, ape- da Comissão Mista da Defesa
Sobre a transição política e do desenvolvimento eco- lou a todos os intervenientes e Segurança Angola-Namíbia
operada em Angola, com a nómico em toda a região. no processo de regularização disse que o seu país aprecia
eleição de João Lourenço, Ao falar particularmente da situação política na RDC o nível de cooperação exis-
António Nascimento disse sobre o Lesotho, Salviano para que continuem empe- tente entre as Forças de Defesa
que a mesma “é bem-vinda Sequeira "Kianda" disse que nhados em garantir um am- e Segurança dos dois países.
por parte da SADC”, subli- Angola aprecia os esforços biente propício para a realiza- O governante garantiu que a
nhando que “os líderes da que o Governo e todas as par- ção de eleições pacíficas e Namíbia vai continuar a par-
reg i ão tê m u m a g ra n d e tes interessadas têm vindo credíveis, superando as dife- ticipar nas acções militares
admiração pelo Presidente a empreender para a imple- renças e construindo pontos e humanitárias conjuntas e
João Lourenço, por causa mentação das decisões da de convergência que privi- outros exercícios bilaterais
das medidas corajosas que SADC sobre a necessidade legiem a paz, a segurança, no âmbito da Comunida-
está a tomar.” de reformas constitucionais, a estabilidade e a reconci- de de Desenvolvimento da
Fonseca Bengui Fundação Agostinho Neto ofereceu livros e discos sobre Neto parlamentares, judiciais e liação nacional. África Austral.
4 DESTAQUE Quinta-feira
13 de Setembro de 2018

DIPLOMATA GHANENSE É SEPULTADO HOJE

Kofi Annan era “o senhor ONU”


Antigo Secretário-Geral da ONU vai hoje a enterrar em Accra, num cemitério militar, onde jazem altas individualidades
do país. Para representar o Chefe de Estado angolano, está no Ghana o Vice-Presidente da República, Bornito de Sousa.
ROSÁRIO DOS SANTOS | ANGOP das. “Quando o poder, espe- meado chanceler da Uni-
cialmente a força militar, é versidade do Ghana e ins-
usado, o mundo só o consi- creveu-se para ser um dos
derará legítimo quando esti- conselheiros da One Young
ver convencido de que está World, organização sem fins
a ser usado para um fim cor- lucrativos que pretende reu-
recto”, disse ele no discurso nir 1.500 jovens líderes glo-
proferido na Biblioteca pre- bais do amanhã de todos os
sidencial de Harry Truman, países do mundo.
no estado do Missouri. Annan morreu num hos-
O ex-primeiro-ministro pital de Berna, na Suíça. As
do Reino Unido, Tony Blair, causas da morte não foram
disse no Twitter ter ficado reveladas. Durante os dois
chocado e angustiado com a mandatos, Kofi Annan passou
morte do diplomata. “Ele era por momentos turbulentos,
um amigo que vi há poucas como o atentado terrorista
semanas. Kofi Annan era um contra as Torres Gêmeas a 11
grande diplomata, um ver- de Setembro de 2001. Também
dadeiro Estadista e um colega foi alvo de duras críticas no
maravilhoso”, escreveu Blair. período em que chefiou ope-
Na nota de condolências, rações de paz, antes de assu-
a actual primeira-ministra mir como Secretário-Geral.
britânica, Theresa May, con- As tropas da ONU não con-
As principais siderou Annan “um grande seguiram impedir o genocídio
tribos líder e reformador da ONU” de mais de 800 mil pessoas
do Ghana que “deu o seu enorme con- no Ruanda, em 1994, e oito
homenageam tributo para o mundo que mil na Bósnia no ano seguinte.
Kofi Annan deixou num lugar melhor.” A luta contra a pobreza, o
drama dos refugiados, os
Momentos turbulentos desafios do subdesenvolvi-
Findo o mandato na ONU e mento e a Sida ganharam
no seu regresso ao Ghana, mais espaço na pauta da ONU
Osvaldo Gonçalves dência do país. A notícia do Em 2001, ganhou, em par- foi o representante especial Annan foi logo apontado sob a liderança de Kofi Annan,
falecimento de Kofi Annan ceria com as Nações Unidas, do então Secretário-Geral, como candidato a presidente que ajudou a criar os Objec-
O fale cimento , a 1 8 de foi, assim, recebida com o Prémio Nobel da Paz, pela o egípcio Boutros Boutros- do país. Envolveu-se com tivos de Desenvolvimento do
Agosto, aos 80 anos de idade, muita consternação naquele criação do Fundo Global de Ghali, na ex-Jugoslávia, em inúmeras organizações com Milénio que estabeleceram,
de Kofi Annan, Secretário- país. Ramos-Horta, antigo Luta contra a Sida, Tubercu- 1995/96. foco tanto global quanto afri- pela primeira vez, metas para
Geral da Organização das Presidente timorense, recor- lose e Malária para ajuda aos Kofi Annan aproveitou o cano. Em 2007, foi nomeado acabar com a pobreza, a mor-
Nações Unidas (ONU) de dou que “ele cumpriu com países em desenvolvimento. seu último discurso como presidente do comité de pre- talidade infantil e melhorar
1997 a 2006, comoveu o o seu compromisso em que líder das Nações Unidas, em miação do Mo Ibrahim Prize a educação.
Mundo. Annan é sepultado disse que queria ver resolvido Carreira na ONU Dezembro de 2006, para cri- for Achievement in African Kofi Annan é considerado
hoje. Vários Estadistas, diri- o conflito em Timor-Leste. Annan integrou os quadros ticar a Administração norte- Leadership. Foi escolhido um dos secretários-gerais
gentes políticos, desportistas, Dinamizou a questão nome- da ONU em 1962 como fun- americana liderada por para liderar a nova formação mais carismáticos da história
músicos, actores e pessoas ando um representante espe- cionário administrativo da George W. Bush, ao acusar da Aliança para a Revolução das Nações Unidas. O actual
comuns manifestaram-se, cial, dinamizou encontros Organização Mundial de os Estados Unidos de abu- Verde em África (AGRA), Secretário-Geral da ONU, o
sobretudo, nas redes sociais trilaterais, com a ONU, a Indo- Saúde, em Genebra, e mais sarem contra os direitos tornou-se membro do Global português António Guterres,
da Internet. nésia e Portugal.” tarde trabalhou para a Comis- humanos em nome do com- Elders, foi designado presi- disse que ele vai continuar a
Nascido a 8 de Abril de “O nome dele ficará sem- são Económica para a África, bate ao terrorismo. dente do Fórum Humanitário ser uma enorme fonte de ins-
1938 em Kumasi, Ghana, pre recordado neste país. E em Addis Abeba. Já antes, em Março de Global em Genebra e foi piração. Guterres equiparou
Kofi Annan foi o primeiro espero que o nosso Estado Antes de se tornar Secre- 2003, havia criticado os EUA seleccionado para o prémio a sua figura à da própria orga-
negro africano a ocupar o se faça representar no seu tário-Geral das Nações Uni- por invadirem o Iraque sem da Fundação MacArthur por nização. “Kofi Annan era, de
cargo e o primeiro funcio- funeral ao mais alto nível. das, foi subsecretário-geral a aprovação do Conselho de Justiça Internacional. Em muitas formas, as Nações Uni-
nário da ONU a ascender ao Já alertei o Governo para ver para a manutenção da paz e Segurança das Nações Uni- 2008, Kofi Annan foi no- das”, afirmou.
secretariado-geral, tendo como honrar Kofi Annan”,
também sido responsável acrescentou.
por Missões de Paz em perío-
dos críticos como o do geno- EM REPRESENTAÇÃO DO CHEFE DE ESTADO
cídio no Ruanda e a Guerra Kofi Annan
dos Balcãs na década de 90.
Kofi Annan casou-se duas
vezes. Com a primeira esposa,
a nigeriana Titi Alakija, teve
aproveitou o seu
último discurso
como líder das
Vice-Presidente no Ghana para as exéquias
Nações Unidas, em
dois filhos, Kojo e Ama. Foi Dezembro de 2006, O Ghanaestá de luto pela morte não só aquele país africano, muita convicção, firme nas Hoje de manhã, antes do
também casado com a advo- para criticar a do antigo Secretário-geral das mas todo o mundo. suas palavras e princípios e enterro, a urna com os restos
gada e artista sueca Nane Administração Nações Unidas, Kofi Atta Accra, que em dias nor- bastante inteligente. Por isso mortais de Kofi Annan é
Maria Annan, que tem uma norte-americana Annan, cujos restos mortais mais é uma cidade bastante é que o mundo o admirava velada no mesmo centro de
filha, Nina, do casamento liderada por George são enterrados hoje, em Accra, movimentada, acordou ontem bastante’’, afirmou uma ci- conferências, por altas indi-
anterior. W. Bush, ao acusar num cemitério militar onde com pouco movimento nas dadã, que disse ter preferido vidualidades estrangeiras,
os Estados Unidos são apenas sepultados altas principais artérias e centros faltar ao trabalho para ir ao que já confirmaram presença
Timor Leste de abusar contra os individualidades daquele país. comerciais. Nas ruas o sem- Centro Internacional de Con- no acto. É o caso do actual e
De notar que foi Annan quem direitos humanos Para representar o Chefe blante triste dos cidadãos era ferências de Accra prestar a o ex-Secretário-Geral da
organizou o referendo para em nome do de Estado nas exéquias en- visível, de muita consternação. última homenagem a Annan. ONU, o português António
a independência de Timor combate ao contra-se desde ontem, na ca- Os jornais, televisão e rádios Para honrar a memória Guterres e o coreano Ban Ki
L e s te , q u a n d o A n tó n i o terrorismo pital do Ghana, o Vice-Pre- locais não dispensam pro- daquele que foi o sétimo Mon, respectivamente, o
Guterres, actual Secretário- sidente da Republica, Bornito gramas para exaltar os feitos Secretário-geral da ONU, de antigo primeiro-ministro
Geral da ONU, era primeiro- de Sousa, que é portador de de Kofi Annan em prol da paz Janeiro de 1997 a Janeiro de britânico Tony Blair, o Pre-
ministro de Portugal, o que Enquanto Presidente da uma mensagem do Presi- e estabilidade mundiais. 2007, os ghanenses deslo- sidente da Namíbia, Hage
deu origem ao nascimento República, Ramos Horta atri- dente da República, João Lou- Na conversa com alguns caram-se ontem, em massa, Geingob, entre outras per-
do primeiro país indepen- buiu a Annan o galardão mais renço, para o homólogo gha- populares, com semblantes ao Centro Internacional de sonalidades.
dente do século XXI. alto do país, a Coroa da Ordem nês, Akuffo Addo. marcados de muita tristeza,os Conferências de Accra, onde, Kofi Annan, que faleceu
Coube a Kofi Annan, pou- de Timor-Leste. A equipa de reportagem mesmos não deixaram de durante todo o dia e noite, aos 80 anos, na Suíça, deixa
cos minutos depois da meia- Kofi Annan estudou Eco- deste matutino, que está em enaltecer a postura e inte- homenagearam o compa- como legado a criação do Fundo
noite de 20 de Maio de 2002, nomia e licenciou-se em Accra para cobertura da ceri- ligência demonstradas pelo triota com cânticos, danças, Global de luta contra a Sida,
entregar formalmente Relações Internacionais e mónia fúnebre do Premio primeiro negro africano à e vários rituais da terra. Tudo tuberculose e malária, desti-
Timor-Leste aos timorenses uma das suas grandes bata- Nobel da Paz 2001, assinalou frente da organização mun- para enaltecer a dimensão nado a ajudar países em desen-
numa cerimónia que marcou lhas foi o desenvolvimento alguns factos marcantes do dial. "Kofi Annan era, para cultural, histórica e huma- volvimento, como Angola.
a restauração da indepen- dos países africanos. acontecimento que abala nós, um pai, um homem com nista de Annan. Garrido Fragoso| Accra
REPORTAGEM Quinta-feira
13 de Setembro de 2018 5
TEMPO CHUVOSO ESTÁ DE REGRESSO
DOMBELE BERNARDO E M.MACHANGONGO | EDIÇÕES NOVEMBRO

A época chuvosa em alguns bairros de


Luanda tem sido de má memória para
milhares de famílias. E ao que tudo in-
dica, vai continuar a ser porque não
foi feito nada para melhorar o sanea-
mento básico e evitar inundações

Zonas críticas de Luanda carecem de intervenção


O Instituto Nacional de Meteorologia e Geofísica (INAMET) diz que pode haver períodos em que determinada região do país vá
receber mais chuva do que outras, numa altura em que nenhum trabalho foi feito para melhorar o saneamento básico em Luanda

César Esteves deu em nada. Apenas nos casa em Fevereiro deste ano DOMBELE BERNARDO | EDIÇÕES NOVEMBRO

confortam com as promessas foi inundada, criticou a


de que vão resolver o pro- Administração por nada ter
Moradores dos distritos urba- blema”, frisou. feito para impedir que aquele
nos da Samba, Sambizanga Em 2007, a Administração cenário se repita este ano.“Só
e Maianga e do município do do Cazenga recenseou as aparecem quando a zona fica
Cazenga afirmaram que ne- famílias que vivem à volta da inundada. Agora, com o
nhum trabalho de saneamen- bacia de retenção para serem regresso do tempo chuvoso,
to básico foi feito para impe- realojadas em zonas seguras, vamos voltar a sofrer”, desa-
dir a repetição das consequên- mas apenas sete receberam bafou.Além de a casa estar
cias negativas da passada épo- casas no bairro da Sapú. a ser permanentemente
ca chuvosa. A sexagenária, cuja casa invadida pela água que sai
O bairro 11 de Novembro, está junto à bacia de retenção, da bacia de retenção, João
no município do Cazenga, não foi realojada. “Quando Marques tem inoperante
onde em Fevereiro deste ano chove, tenho que improvisar desde 2009 uma padaria,
mais de duas mil famílias uma cama de blocos, com que era o único meio de sus-
abandonaram as residências mais altura, para conseguir tento, devido às inundações.
devido a inundações, não dormir”, revelou. Damião Mussunda, 58
sofreu nenhuma intervenção Ao contrário de outras anos, defende que, enquanto
para melhorar o saneamento famílias que encontram refú- não aparece uma solução
básico. Sempre que chove, as gio sempre que as casas ficam definitiva para o problema da Quando chove a rua do Mabululu no Cazenga fica neste estado o que espelha a inércia das autoridades locais
casas ficam inundadas, porque inundadas, Marcela Rodri- rua do Mabululu, seja reali-
na rua do Mabululu há uma gues é obrigada a ficar na zado um trabalho igual ao da chuva. A capital recebeu na trabalho de desassoreamento não planeada”, referiu. Com
bacia de retenção que trans- sua moradia inundada, por bacia de retenção do Coelho, época chuvosa passada uma das valas de drenagem da ca- a ocupação anárquica, An-
borda depois de atingir a capa- não ter para onde ir. que passa pelo aprofunda- média de 9 mm de água no pital, alegadamenete por in- gola arrisca-se a criar áreas
cidade máxima. Com a chegada do tempo mento do reservatório, no mês de Novembro. “Mas, para disponibilidade dos seus res- de inundações, que não de-
Marcela Rodrigues, 62 chuvoso, ela pede à Admi- sentido de absorver mais água. o período que se avizinha, ponsáveis. Os Serviços de viam ser ocupadas, como,
anos, 33 dos quais a viver nistração para encontrar uma Retido numa cadeira de estimamos um valor abaixo Protecção Civil e Bombeiros por exemplo, as de preser-
naquele bairro, disse que a solução para as famílias que rodas, devido a um acidente disso nesse mesmo mês”, e o Ministério da Saúde tam- vação do meio ambiente,
situação piorou depois de vivem naquela zona. “Até já de viação, o morador sustenta anunciou. Domingos do Nas- bém foram contactados por onde não deve haver estradas
várias famílias construirem não aceito comprar novas que, dessa forma, a água dei- cimento, director-geral do carta, mas até agora ninguém nem outras infra-estruturas,
casas à volta da bacia de re- mobílias, porque a água da xará de invadir as casas. INAMET, disse que nesta época respondeu. alertou o especialista.
tenção, obstruindo as linhas chuva está sempre a estragar chuvosa haverá períodos em Claudio Acioly acrescen-
de água. A moradora aponta as coisas”, salientou. João INAMET prevê muita que determinada região do Arquitecto defende o fim tou que Luanda perde muito
também o dedo à Adminis- Marques, 82 anos de idade, chuva em Novembro país vai receber mais carga dos bairros desordenados no capítulo da produção e
tração Municipal do Cazenga. dos quais 42 anos a residir Novembro vai ser o mês com de água que outras.“Vamos Claudio Acioly, arquitecto prosperidade, porque várias
“Já reclamámos tanto, mas na rua do Mabululu, cuja mais chuva em Luanda, po- ter precipitações variáveis ao urbanístico da ONU-Habitat, partes da cidade estão isola-
dendo as precipitações serem longo de todo o país, mas sem- alertou que o problema das das do resto das infra-estru-
DOMBELE BERNARDO|EDIÇÕES NOVEMBRO DOMBELE BERNARDO|EDIÇÕES NOVEMBRO dispersas ou intensas, deu a pre considerando primeiro as inundações no país pode turas, como as redes de elec-
conhecer o director-geral do zonas mais frequentes e mais piorar se não acabar “o cres- tricidade e drenagem, vias de
Instituto Nacional de Meteo- comuns, como o centro e sul cimento de bairros desor- circulação de pessoas e veí-
rologia e Geofísica (INAMET), do país”, frisou. denados”. Angola faz parte culos, importantes para uma
Domingos do Nascimento. O director-geral do INA- da África Subsaariana, onde urbe do seu tamanho.
O responsável explicou MET acrescentou que essas se registam as mais altas “Fazer um plano de urba-
que nos últimos três anos, zonas podem começar a rece- taxas de urbanização anár- nização depois da ocupação
um dos meses mais chuvoso ber já as primeiras chuvas em quica, que estão a determinar é muito mais caro e difícil por
em Luanda tem sido o de Setembro. “Depois vai subindo a forma das cidades. ter de envolver a população”,
Outubro. Na época passada, para região Norte”, salientou. “Os planos e gestão urba- alertou Claudio Acioly. Segun-
disse, previa-se nesse mês O Jornal de Angola con- na nesta região não estão a do o especialista, as cidades
uma média de 9 mm de água, tactou várias vezes, sem su- ser capazes de absorver o que dispõem de uma malha
mas, surpreendemente, No- cesso, a Comissão Administra- crescimento populacional urbana acessível são as que
vembro acabou por ser o mês tiva da Cidade de Luanda no de uma forma sustentável, produzem os maiores índices
Ancião João Marques Munícipe Marcela Rodrigues com maior quantidade de sentido saber se foi feito algum reflexo de uma urbanização de prosperidade.
6 OPINIÃO Quinta-feira
13 de Setembro de 2018

EDITORIAL IMAGEM DO DIA


Mulheres da Muxima transportam lenha para as suas residências, para a confecção
A abertura é um dos maiores de alimentos
CONTREIRAS PIPA | EDIÇÕES NOVEMBRO

activos do Executivo
Um dos maiores activos do Executivo é sem sombra de dúvidas o
presente momento, traduzido no reconhecimento, interno e externo,
da abertura, do compromisso de transformar a governação num exercício
aberto, transparente e eficiente.
Se por um lado não é aparentemente quantificável, em termos nu-
méricos, na verdade, uma avaliação da moralização da sociedade em
função do novo paradigma leva imediatamente a concluir, por outro
lado, que Angola tem muito a ganhar com a actual conjuntura. Todos
acreditam nos esforços que se materializam nos últimos doze meses,
desde os mais cépticos, dentro e fora do país, inclusive a oposição política
continua a dar o benefício da dúvida ao desempenho do Executivo.
Fora do país, as reacções parecem igualmente alinhar no mesmo
diapasão, numa altura em que as boas relações com as instituições fi-
nanceiras internacionais, nomeadamente o FMI, agregam valor ao pre-
sente contexto político e económico de Angola.
Trata-se de uma espécie de “momento mágico” em que todas as
sensibilidades evidenciam claramente que acreditam no país, nas suas
instituições e nas pessoas, numa altura em que a mudança e melhoria
depende do aproveitamento que se pode fazer desta fase. Não vivemos
uma revolução, é verdade, mas atravessamos um momento em que a
crença nos efeitos positivos da ruptura que todos pretendemos é avas-
saladora demais para ser desperdiçada.
Por isso, não é exagerado afirmar que um dos maiores activos do
Executivo é, precisamente, essa conjuntura cuja atmosfera de crise
económica e financeira se afigura completamente transponível pelo
nível de crença e convicção dos angolanos. Logo, a mudança de men-
talidade para com o trabalho, a adequação de determinados procedi-
mentos às circunstâncias actuais, mais exigentes, o cultivo da transpa-
rência nos negócios e a observância da legalidade nos actos, entre outros,
devem ser uma marca de cada angolano.
“O desafio para melhorar o país tem de ser colectivo e participativo,
com uma ampla conjugação de esforços comuns, tendo sempre como
meta o bem-estar das populações e das famílias”, disse o Chefe de
Estado, João Lourenço, nas vestes de líder do partido no poder durante
o discurso de encerramento do VI Congresso Extraordinário do MPLA.
A lufada de ar fresco provocada pela actuação diferente de instituições
como a Procuradoria-Geral da República, a propensão para maior cola-
boração por parte das populações, as investidas no estrangeiro com as
visitas de Estado do Presidente João Lourenço e o compromisso da di-
plomacia angolana de levar essa mensagem lá fora, apenas para mencionar
estes, espelham bem o momento. À medida que formos todos bem su-
cedidos na gestão da presente conjuntura de mudanças, de atracção de
investimento e muito trabalho, não há dúvidas de que o actual contexto
representa um dos maiores activos do Executivo.

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO PROPRIEDADE


CARTAS DOS LEITORES
Víctor Silva (presidente) Edições Novembro, E.P.
ADMINISTRADORES EXECUTIVOS
Caetano Pedro da Conceição Júnior SEDE:
José Alberto Domingos
Carlos Alberto da Costa Faro Molares D’Abril Rua Rainha Ginga, 12-26 Sucatas nos bairros sinal de proibição na entrada Imposto sobre
Caixa Postal 1312 - Luanda
Mateus Francisco João dos Santos Júnior
Redacção: 222 020 174 Escrevo para este espaço de lei- com o mesmo nome do bairro, o Valor Acrescentado
ADMINISTRADORES NÃO EXECUTIVOS Telefone geral (PBX): 222 333 344
Olímpio de Sousa e Silva Fax: 222 336 073 tores para apelar às entidades para quem sai, por exemplo, da Estou a gostar do facto de se
Catarina Vieira Dias da Cunha Telegramas: Proangola
competentes no sentido de se Avenida 21 de Janeiro ou Avenida estar a esclarecer as pessoas
removerem as sucatas que se da FAPA. É que muitos automo- sobre o que é o Imposto sobre o
encontram em vias secundárias bilistas que saem do Cassenda valor Acrescentado (IVA). É bom
DIRECTOR:
e terciárias dos diferentes bairros entram na estrada Sagrada Es- que os agentes económicos, no-
Víctor Silva EDIÇÕES ESPECIAIS:
Adalberto Ceita, André dos Anjos, Domingos dos Santos,
de Luanda. As nossas ruas se- perança para irem à estrada da meadamente as empresas, sai-
DIRECTOR-ADJUNTO:
Caetano Júnior
Edivaldo Cristóvão, Leonel Kassana
e Yara Simão
cundárias e terciárias já são Samba, porque não há sinal de bam o que é o IVA e quais as
DIRECTORES EXECUTIVOS:
Manuel Feio, Guilhermino Alberto
estreitas e não se devia permitir proibição. Espero que as autori- suas vantagens. É importante
FOTOGRAFIA:
Francisco Bernardo (editor-chefe), que houvesse nelas muitas su- dades resolvam estes problemas que as empresas entendam bem
EDITOR EXECUTIVO: José Cola (editor),
Diogo Paixão Dombele Bernardo, Domingos Cadência, Eduardo Pedro, João Gomes, Maria catas a dificultar a circulação para se evitarem acidentes. As os mecanismos da incidência do
Augusta, Miqueias Machangongo, Mota Ambrósio, Paulo Mulaza, Kindala Manuel,
SUB-EDITOR EXECUTIVO: Santos Pedro, Vigas da Purificação, Contreiras Pipa e Agostinho Narciso de viaturas. pessoas sabem que o que não é IVA nas transacções, ao nível da
Cândido Bessa
Penso que as instituições de fis- proibido é permitido. actividade económica.
SECRETARIA DE REDACÇÃO:
GRANDE REPÓRTER:
Luísa Rogério Miguel Simão (chefe), Manuel Casimiro calização deviam ir aos bairros ESMERALDA AFONSO GERVÁSIO ANTÓNIO
para tirar de vias secundárias e Cassenda Maculusso
EDITORIAS:
POLÍTICA:
CORRESPONDENTES PROVINCIAIS:
Adão Diogo (Lunda Sul),
terciárias viaturas avariadas há
Santos Vilola (editor-chefe),
Fonseca Bengui (sub-editor) e Bernardino Manje (sub-editor)
Alberto Coelho (Cabinda),
Vladimir Prata (Namibe),
muitos anos e cujos donos não
Adelina Inácio, João Dias, César André, Edna Dala,
Garrido Fragoso e Gabriel Bunga
Esídoro Natalício (Cuanza-Norte),
Jaime Azulay (Benguela),
se preocupam em consertá-las Terraplanagem nos bairros O TP Mazembe
OPINIÃO:
Ambrósio Clemente (editor-chefe), Faustino Henrique (sub-ditor)
Jesus Silva (Lobito),
Estanislau Costa (Huíla),
. É que com as viaturas avariadas Gostava que o plano de reabilita- Vamos ver jogar no próximo
SOCIEDADE:
João Mavinga (Zaire),
Joaquim Aguiar (Lunda-Norte),
em ruas secundárias e terciárias ção de estradas secundárias e sábado, em Luanda, uma das
Nhuca Júnior (editor),
Alberto Pegado (editor),
Silvino Paulo (Uíge),
Lourenço Manuel (Cuando Cubango), Luís Pedro (Cuanza-Sul),
estas vias ficam ainda mais es- terciárias na província de Luanda melhores equipas de futebol de
José Meireles (editor),
Rodrigues Cambala, André da Costa, Kilssia Ferreira, Manuela Gomes,
Noé Jamba (Bengo),
Quinito Kanhamei (Cunene),
treitas impedindo a fluidez do fosse uma realidade, para ajudar África. Trata-se do TP Mazem-
Augusto Cuteta e Alexa Sonhi
REGIÕES:
Samuel António (Moxico),
Fernando Cunha (Huambo),
trânsito. Há ainda o problema de os automobilistas, que podiam be, do Congo Democrático. Os
Sérgio Chivaca (editor-chefe),
Béu Pombal (sub-editor),
Francisco Curinhingana (Malanje) essas viaturas avariadas se trans- ter assim muitas alternativas em angolanos vão poder ter a opor-
Filipe Eduardo PAGINAÇÃO E ARTE: formarem em depósitos de lixo, termos de circulação. Penso que tunidade de ver sábado uma boa
ECONOMIA: Eugenia Victor, Adilson Santos, Augusta Lucéu, Tomás Cruz, Noé Pungue, Soares Neto,
Cristóvão Neto (editor-chefe), Ana Dinamene, Evaristo Sacupalica, João Augusto, Josefa Carvalho, Maria Messele, o que pode causar problemas de se deve fazer um esforço para, ao partida de futebol, quando o 1º
Armando Estrela (sub-editor), Alberto Bumba, Inês Quingando, Margarida Zilungo, Maria da Silva, Saldanha Pedro
Ana Paulo, Kátia Ramos, Madalena José, Natacha Roberto e Victorino Joaquim saúde. A fiscalização não deve menos, se terraplanarem vias que de Agosto defrontar o TP Ma-
CARTOON E ILUSTRAÇÃO:
MUNDO: Armando Pululo, Casemiro Pedro apenas actuar nas áreas urbanas. se encontram em muito mau es- zembe . Como angolano, desejo
Bernardino Fançony (editor-chefe), António Canepa (Sub-editor) e Edna Mussalo
Há problemas que é preciso re- tado. Vêem aí as chuvas e convi- naturalmente que o 1º de Agosto
DESPORTO:
Amândio Clemente (editor-chefe),
COPY DESK:
solver nas zonas suburbanas e nha que se fizesse rapidamente ganhe o jogo com o TP Mazembe.
Anaximandro Magalhães (sub-editor), António Cristóvão,
Armindo Pereira, Teresa Luís, Vivaldo Eduardo, Rui Ramos, Paulo Pinha, Arlindo Soares, Esperança Vieira Dias, João Sá. não são poucos. alguma coisa no sentido de a cir- Que o nosso 1º de Agosto entre
António de Brito e Honorato Silva
CULTURA: O Jornal de Angola EVA LUCAS culação rodoviária não se trans- para o campo sem medo. É pos-
António Bequengue (editor-chefe), Adriano Melo (sub-editor),
Francisco Pedro (sub-editor),
utiliza os serviços da ANGOP, AFP, Reuters, EFE e Prensa Latina Cazenga formar nessa altura num caos. É sível vencer o TP Mazembe. Que
Amilda dos Santos, Manuel Albano, Mário Cohen e Roque Silva
PUBLICIDADE: bom que façamos as coisas com os jogadores do 1º de Agosto
GENTE E FIM-DE-SEMANA:
António Cruz (editor-chefe), (+244) 926 406 929 antecedência. Prevenir é sempre acreditem na vitória sobre o TP
Isaquiel Cori (editor) (+244) 923 402 700
Edna Cauxeiro (sub-editora), e-mail: publicidade@jornaldeangola.com Sinais de trânsito melhor do que remediar. Muzembe.
Ferraz Neto (sub-editor) e César Esteves
Moro no bairro Sagrada Esperança NARCISO JOÃO MARGARIDA JOÃO
e penso que se devia colocar um Prenda Marçal
OPINIÃO Quinta-feira
13 de Setembro de 2018 7
O CÁGADO E AS PALAVRAS ESTÓRIAS DE ONTEM
DO SILÊNCIO E HOJE
Harriett Baldwin |* Luciano Rocha

Carlos Duarte…o Ferrovia! CITAÇÕES


Um ensino técnico capaz
Estava a acabar de ver um debate interessante
numa televisão portuguesa sobre a era infor-
mática, robotização e cª. O que faria a nova
de cara. Eram distribuídas bandeiras do
clube às crianças, o campo ficava a abarrotar
e naquela vez com uma razão maior, ver “O Governo da
ajuda a desenvolver o país
geração com a herança informática. Mudei jogar o Ferrovia. Juntámo-nos com o Ferrovia República de
de canal. Um cota mestiço (assim falava o en- na modesta casa do Carinhas. O Ferrovia Angola, sabe-se, não é segredo, tem falta de profissionais quali-
trevistador no Porto Canal para evitar mulato) era só ele que falava, nós só ouvíamos e em
Angola
agradece às ficados em praticamente todas as áreas, devido a várias circuns-
sentado num sofá respondia às perguntas. cada um de nós quase brilhava a esperança
tâncias, a que não é alheia a precária qualidade do ensino, mas,
Tinha sido um dos maiores astros do futebol num destino igual. mais altas
do Porto e de Portugal. Senti uma ligação Fiquei agarrado a toda a entrevista e no também, à “febre da doutorice”.
autoridades sul- Aquelas duas causas estão, na maioria das vezes, interligadas
magnética com o entrevistado, pela voz que fim, limpando uma lágrima pensei em falar
mal se entendia, longínqua de mais de oitenta com o Arlindo Leitão dos futebóis da rádio africanas por pelos tentáculos desse polvo venoso que transporta consigo
e muitos anos, o tempo passa e quando para fazermos uma subscrição e trazermos terem criado fraude, nepotismo, burla, corrupção, roubo, que contribuíram -
alguém que não vemos faz muito tempo, não ao Huambo o Ferrovia. Quando o entrevis- todas as e de que maneira - para o estado em que se encontra este país.
os conhecemos por termos envelhecido tam- tador tocou numa das feridas, o racismo Sem todas aquelas “virtudes”, muitos daqueles “doutores”
bém pela distância, tempo, lugar e modo. O no clube de Angola, Carlos Duarte não de- condições que
que pululam por ai a arrotar ignorância vaidosa não estavam a
entrevistador foi falando sobre as glórias da- talhou e passou à frente. Ia estragar a en- facilitaram a ocupar cadeiras onde os sentaram, sem saberem o que fazer ao
quele que já havia sido distinguido com o dra- trevista, seria o mesmo que numa entrevista realização da tempo, a não ser gastar o que ganham imerecidamente. Que é,
gão de ouro, galardão máximo sobre museu das des-
que o clube atribuía. A conversa cobertas alguém abrir
operação de no fundo, o que fazem de menos nocivo. O pior é porem-se a
arrastou-se pela lembrança do Em Nova-Lisboa, o livro, não da escrava- transladação fingir que sabem...
No dia em que se contabilizar o que estes “doutores” custaram
rol de treinadores e o entrevista- tura mas do esclavagis- dos restos
do, salientou Otto Bumbel…”por- naquele tempo, mo como sistema. mortais do e continuam a custar ao país, sem que retribuam, minimamente,
que dava instruções a cada joga- As oficinas dos Cami- muitos hão-de levar as mãos à cabeça. Por isso, hoje, tropeçamos
dor antes do jogo e a mim dizia no clube do nhos de Ferro de Ben- malogrado em enfatuados “licenciados” nos mais variados sectores, enquanto
para depois do meio campo ficar guela, num bairro extre- general (Arlindo nos é quase tão difícil encontrar um nacional electricista, cana-
livre e fazer ou dar a fazer golo… Caminho de Ferro mo da cidade, haviam Pena Chenda lizador, carpinteiro, pedreiro do que artérias de Luanda sem bu-
e no miolo, alguém punha a mão herdado o racismo de
na cabeça, eu, da extrema-direita, de Benguela, Robert Williams que “Ben Ben”), 20 racos. O que nos obriga, para a execução de qualquer obra, in-
dependentemente da dimensão, a recorrer a estrangeiros, com
anos depois do
colocava a bola na cabeça dele
e era golo, bons tempos, você
o Ferrovia, mandara (porque ele é
que mandava) Norton seu falecimento.”
os consequentes custos.
Os países mais desenvolvidos socorrem-se de estrangeiros para
sabe tudo, como?” “São registos
históricos, investigação, lembra-
só podiam jogar de Matos organizar o as-
sassinato de todos os
Comunicado
do Executivo a execução de tarefas que os naturais recusam por mal pagas, ao
se que, pela selecção portuguesa
você fez o primeiro golo em Wem-
brancos e Carlos reis do planalto que
guerreavam a ocupação
contrário do que sucede no nosso país. Aqui, é exactamente ao
contrário: trabalhador angolano é o pior remunerado por ser tam-
bley.” Sim…sim!”
Fiquei emocionado. Eu e
Duarte era tão e consequentemente a
construção pacífica da
“O camarada bém, regra geral, o menos qualificado profissionalmente.
Os nossos licenciados, mes-
meu irmão mais velho tínhamos bom que se linha. Depois, a compa- Presidente (João mo os capazes, os que não be-
ido ouvir esse relato num vizinho nhia tinha um bairro que Lourenço),
que tinha rádio e ouvimos o fa- renderam para era uma cidade dentro durante o
O ensino técnico neficiaram de favores para obter
o canudo, alguns conseguidos
moso Artur Agostinho gritar o
golo. Era o Carlos Duarte. O en- o colocarem
de outra com bonitos
chalés de madeira para congresso, profissional, no exterior, com os custos que
tal implica, quer para os pró-
trevistador lembrou que Carlos
Duarte, com dezanove anos, via- a trabalhar na os funcionários brancos,
importava jogadores de
revolucionou as como alternativa prios, quer para os familiares,
nossas
jara para Portugal e o destino
companhia e jogar Portugal, os brancos re-
estruturas e ao universitário, continuam a ser insuficientes
era jogar no Porto. E que no cebiam os salários num para o que ainda nos falta fazer
mesmo barco viajara outro fu-
a avançado-centro lugar e os negros e mes- temos de nos pode ajudar e... refazer. A obra é gigantesca,
tebolista, moçambicano, Alba- tiços noutro com tabe- sujeitar a estas
sini, também para o Porto. E “e você tinha como las salariais diferentes. transformações.”
o desenvolvimento muito maior do que tantos pen-
sam. O que nos obriga a conti-
que em Nova-Lisboa, naquele Quando lhe falaram no
do país, com menos nuar a contratar quadros qua-
tempo, no clube do Caminho ídolo o Travassos Ferrovia racista, Carlos Boavida Neto
lificados. Mas, também, inter-
de Ferro de Benguela, o Ferrovia, Duarte, engoliu em seco, Secretário-Geral do MPLA
custos e saídas médios, operários.
só podiam jogar brancos e Car- do Sporting.” diplomaticamente, por-
los Duarte era tão bom que se que não revelou que em- “É preciso dar de divisas com A formação superior, a ver-
dadeira, não se consegue com
renderam para o colocarem a bora jogando na equipa
trabalhar na companhia e jogar principal do Ferrovia
espaço, buscar a contratação um “estalar de dedos”. Leva
a avançado-centro “e você tinha como ídolo não podia usar a piscina que tinha uma ta- outras tempo e é cara, em compara-
o Travassos do Sporting.” “Sim, sim, como buleta: só é permitida a entrada a brancos. sensibilidades e de técnicos ção com a dos quadros inter-
você sabe tudo, aqui fui para ponta direita,
não aguentavam a minha corrida e depois
Estou ainda emocionado e recordo, estáva-
mos em Nova Iorque, no Harlém e Diógenes
procurar no seio estrangeiros médios, da mão-de-obra qua-
lificada, menos morosa, além
ou flectia e disparava ou passava para um Boavida contava que quando jogou aqui em dos militantes
de mais barata, mas, igualmen-
colega rematar.” Levava muita porrada e Luanda havia colonos que gritavam, mata- outras pessoas te, indispensável.
uma vez, depois de tanto levar e o árbitro me esse preto! Um dia veio a Luanda jogando que possam
nada fazer, o Carlos respondeu e foi expulso.” no Futebol Club do Porto que ganhou…e foi No dealbar da fase nova que o país começa a viver, é altura de
“É verdade, levei muita porrada, ainda estive levado em ombros pelos brancos a gritar fazer a todos fazermos, cada um por si, uma retrospectiva do que nos
um tempo longo lesionado, os árbitros eram Boavida, Porto! diferença.” rodeia, o dia-a-dia, o que fazemos e podemos fazer. Para realmente
contra nós e só ajudavam o Benfica, sabe, Idem ajudar, acima de tudo, “a corrigir o que está mal”. Para tal, contudo,
viemos para cá, alojaram-nos num aparta- é necessário a muitos de nós mudar a forma de estar, agir. O que
DR
mento e por cá fiquei com gente muito boa, nem sempre é fácil, convenhamos.
andei em ombros e uma vez os africanos “Para a Esta talvez seja a altura de repensar o ensino, principalmente
que viviam aqui andaram comigo às costas satisfação das o médio. O que forma electricistas, serralheiros, mecânicos de
ao longo da avenida quando ganhámos um necessidades da automóveis, carpinteiros, tantas profissões secundarizadas, des-
campeonato, o nosso jogo acabou primeiro
e ficámos à espera do resultado do Benfica, população, é valorizadas pela “febre da doutorice”. A formação de técnicos es-
foi uma grande festa com malta jeitosa. Esta necessário pecializados não significa que lhes sonegue o acesso a outros sa-
é a minha cidade, quiseram-me comprar recorrer-se aos beres, conhecimentos, pelo contrário.
para Itália mas não deixaram como fizeram As aulas práticas devem ter em paralelo as de Língua Portuguesa
mais tarde como Eusébio e se fosse hoje…
privados, e estrangeiras, História Nacional e Universal, Geografia, Física,
estava milionário” Estou a ficar com a me- mediante a Matemática, tudo o que a mulher e o homem modernos podem,
mória passada num tempo em que tanto se celebração de têm de saber. Este é, porventura, o caminho que somos obrigados
fala em memória futura. O Carlos Duarte contratos a percorrer rumo ao progresso que nos há-de levar ao país do
para nós passou a ser um ícone de nome futuro, no qual apeteça efectivamente viver. Sem castas privile-
Ferrovia. Um dia o Porto veio a Angola e públicos, que
também para jogar em Nova-Lisboa no cam- devem obedecer giadas, onde cada um seja julgado pelos factos que lhe norteiam
po Engenheiro Marques Trindade, onde eu a vida e não pelos fatos que enverga.
às regras da lei.” O ensino técnico-profissional, como opção ao universitário -
também joguei e ganhei medalha e faixa de
campeão de juniores. Quando os clubes de Júlio Inácio não meras “acções de formação” de meia dúzia de meses - pode
Delegado das Finanças
Portugal chegavam Nova-Lisboa mudava de Malanje ser a solução para parte do desemprego.
8 ÁFRICA Quinta-feira
13 de Setembro de 2018

57 ASSASSINATOS POR DIA NA RDC


DR
Moçambique Mortos por ébola
FORÇAS ARMADAS
ASSEGURAM INTEGRAÇÃO
aumentam para 60
DE OFICIAIS DA RENAMO
As Forças Armadas de
Defesa de Moçambique
(FADM) estão a assegurar a O número de casos de ébola, mesma nota que a fim de evi-
integração nas suas fileiras registados na República tar que o número total de
dos oficiais do braço Democrática do Congo (RDC), casos varie diariamente, os
armado da Resistência aumentou para 132, dos quais casos suspeitos estão a ser
Nacional Moçambicana 101 confirmados e 31 prová- tratados numa categoria em
(Renamo), principal partido veis, segundo o balanço mais separado.
no poder, garantiu ontem recente divulgado esta se- Os dois primeiros casos
o vice-ministro da Defesa, mana pelo Ministério da de morte confirmados em
Patrício José. “As Forças Saúde daquele país. Butembo, um centro de inter-
Armadas de Defesa de A situação afecta sobre- câmbio comercial da RDC
Moçambique estão a tudo a província do Norte do com países vizinhos, como
cumprir as orientações Kivu e sobre os 101 casos, o Uganda, eram uma mulher
dadas pelo seu adianta o mesmo comuni- e um homem que esteve em
comandante-em-chefe, cado, 60 pessoas morreram contacto com ela, indicou o
o Presidente Filipe Nyusi, e 36 estão a ser tratadas. Nove Ministério da Saúde da RDC.
conforme o planificado”, casos suspeitos estão ainda A mulher tinha fugido de Beni,
declarou Patrício José, em investigação. outra zona atingida, a 50 qui-
falando aos jornalistas. Segundo o balanço, há lómetros de Butembo, onde
Por seu turno, o ministro também um novo caso con- “recusou cooperar com as
do Interior de Moçambique, firmado em Butembo. Trata- autoridades sanitárias após
Basílio Monteiro, exortou a se de um homem cuja esposa ficar doente”, precisaram as
Polícia a garantir a entrada era um dos confirmados de autoridades sanitárias.
de quadros da Renamo na ébola em Mandima. Os testes Este novo foco não aumen-
corporação, assinalando realizados àquele cidadão, tou a propagação do vírus. O
Polícia sul-africana anuncia reforço com meios e efectivos na luta contra a criminalidade que essa acção está com base em análises de san- fim do surto anterior daquela
plasmada nos gue, revelaram-se negativos, febre hemorrágica na RDC foi
entendimentos entre o mas o vírus do ébola foi iden- decretado a 24 de Julho, com
Governo e o principal tificado no seu esperma. um balanço total de 33 mortes.

África do Sul transformada partido da oposição para


a instauração de uma paz
duradoura no país.
Vários quadros militares do
Em Beni, mais uma pessoa
morreu e uma outra está ainda
em tratamento. O Ministério
da Saúde adianta ainda na
No balanço de 9 de Setembro,
o Ministério da Saúde acrescenta
que recebeu um alerta de febre
hemorrágica em Kisangani.

em ampla “zona de guerra” braço armado da Renamo


foram recentemente
patenteados pelo Chefe de
Estado moçambicano,
DR

visando a sua integração


Os dados sobre a criminalidade na África do Sul, divulgados em postos de comando
esta semana pelo ministro da Polícia, deixam perceber que o das FADM.
país, tal como ele próprio diz, está transformado numa NIGÉRIA
ampla “zona de guerra”, onde uma média de 57 pessoas são PRESIDENTE
diariamente assassinadas DO PARLAMENTO
CRIA PARTIDO
O presidente do
Victor Carvalho divulgação na imprensa sul- popo com nove crimes cada”, Parlamento nigeriano,
africana, sublinhou que o disse o chefe de Polícia res- Abubakar Bukola Saraki,
As taxas de criminalidade número de homicídios “au- ponsável pela pesquisa cri- apresentou em Abuja a sua
na África do Sul são abso- mentou substancialmente minal e estatísticas. nova formação política,
lutamente preocupantes, nos últimos seis anos”. Segundo este responsá- o Partido Democrático Kisangani em alerta devido a novos casos de febre hemorrágica
revelando uma subida de 6,9 De acordo com os dados vel, em Mpumalanga e no Popular (PDP), e anunciou
por cento no último ano, o da Polícia divulgados pelo Estado Livre ocorreram oito o início do processo
que equivale a uma média Governo, os crimes que mais homicídios em cada uma para formalizar a sua
de 57 homicídios por dia. aumentaram, são os de agres- delas no último ano, enquan- candidatura às eleições EGIPTO
Quem o disse, esta semana, são sexual, que subiram 8,2 to no Kwazulu-Natal se regis- gerais de 2019.
foi o próprio ministro da Polí-
cia, Bheki Cele, que com-
parou o seu país a uma ampla
por cento neste período, para
6.786 casos, representando
quase 19 agressões sexuais
taram sete.
Para Norman Sekhu-
khune, os actos de violência
Esta informação foi
difundida no Twitter
do próprio Saraki, que até
ONU pede a suspensão
“zona de guerra”.
Segundo as estatísticas
que ele divulgou durante um
por dia. As violações também
aumentaram em 0,5 por cento,
para 40.035 casos.
em fazendas foram directa-
mente dirigidos contra os
residentes, trabalhadores ou
Julho último integrava
as fileiras do Congresso
de Todos os Progressistas,
das condenações à morte
encontro no Parlamento com Por outro lado, os casos pessoas de visita às proprie- mas desertou na A Organização das Nações mana, num dos maiores jul-
deputados, um total de 20.336 que envolvem roubos comuns dades com a “clara e inequí- companhia de dezenas Unidas (ONU) denunciou a gamentos colectivos efectuado
pessoas morreram nos últi- baixaram 5 por cento, para voca intenção de assassinar, de deputados depois de confirmação em apelação por desde as revoltas de 2011.
mos 12 meses até Março, o 50.730, e os assaltos agravados violar, roubar ou infligir danos o Presidente Muhammadu parte da Justiça egípcia da Ao todo, 739 pessoas foram
que significa um aumento também desceram 1,8, para corporais”. Buhari anunciar a decisão condenação à morte de 75 julgadas, a maioria delas acu-
de 6,19 por cento em relação 138.364. Norman Sekhukhune de se recandidatar. pessoas, entre elas chefes sadas de matar polícias, ou
ao ano passado. Entre Abril Khehla Sitole, Comissário sublinhou ainda que a vio- DR islamitas e pediu que se reveja de vandalismo, durante os
de 2016 e Março de 2017, Nacional da Polícia, consi- lência relacionada com o um veredicto “injusto.” confrontos em Agosto de 2013,
ocorreram 19.016 assassinatos derou perante os deputados transporte de passageiros “Espero que o Tribunal de no Cairo, entre as forças de
que correspondem a 52 mor- que são necessários 62 mil em meios de propriedade Apelação egípcio reveja o seu segurança e os partidários do
tes por dia. efectivos adicionais para privada contribuiu com mais veredicto de maneira a que derrubado Presidente islamita
“Cinquenta e sete por dia garantir a segurança no país. de 200 homicídios para a os princípios internacionais Mohamed Morsi.
é o número diário de sul- taxa nacional. de Justiça sejam respeitados”, “As 739 pessoas foram jul-
africanos que foram mor- Mortes em propriedades De acordo com Sekhu- declarou a alta comissária gadas em massa e não se lhes
tos”, disse o ministro Bheki Ainda de acordo com as esta- khune, o Cabo do Norte foi para os Direitos Humanos das permitiu uma representação
Cele aos deputados, refe- tísticas apresentadas no Par- a única província da África Nações Unidas, Michelle Ba- legal individual perante o tri-
rindo que “isso faz com que lamento sul-africano, a do Sul que não registou ocor- chelet, num comunicado. bunal”, acrescentou Bachelet
a África do Sul pareça uma província de Gauteng, que rências de crimes de homi- Bachelet disse estar “ex- no comunicado.
zona de guerra”. envolve a cidade de Joanes- cídio relacionado com este tremamente preocupada” “Além disso, os acusados
Perante isto, o presidente burgo, foi a que registou o tipo de transporte. com a decisão emitida pelo não tiveram direito a apre-
da comissão parlamentar maior número de assassi- Entretanto, o partido no Tribunal do Cairo. “O facto sentar provas em sua defesa
encarregue da Polícia, Fran- natos em propriedades agrí- poder já reagiu a estes núme- Numa declaração pública, de que tenha ignorado cla- e a acusação não apresentou
çois Beukman, também rea- colas durante o último ano, ros garantindo que o seu Sakari fez críticas ao ramente os direitos básicos provas suficientes sobre a
giu considerando estes dados seguindo-se as províncias Governo vai estabelecer como mandatário por não ter dos acusados levanta sérias sua culpabilidade indivi-
“perturbadores e totalmente do Noroeste e Limpopo, no prioridade o combate à cri- cumprido com as dúvidas sobre a culpabili- dual”, insistiu.
inaceitáveis”. norte do país. minalidade em todo o país, promessas na anterior dade de todos os condena- Bachelet advertiu ainda
Po r su a vez , No r m a n “Ocorreram 62 assassi- prometendo dar à Polícia campanha eleitoral, entre dos”, advertiu. que “se forem aplicadas, as
Sekhukhune, chefe de Polícia natos em fazendas agrícolas, todos os meios necessários as quais acabar com o O tribunal confirmou, no 75 sentenças de morte con-
encarregado de estudos e sendo Gauteng a província para que possa desempenhar grupo armado Boko Haram sábado, a sentença de morte firmadas sábado represen-
e s tat í s t i c a s , n o m e s m o c o m m a i o r n ú m e ro , 1 2 , de modo mais efectivo o seu e com a corrupção de 75 pessoas, entre elas diri- tarão um grave e irreversível
encontro que teve ampla seguida do Noroeste e Lim- trabalho. administrativa na Nigéria. gentes da Irmandade Muçul- erro da Justiça.”
MUNDO Quinta-feira
13 de Setembro de 2018 9
“ESTADO DA UNIÃO” NO PARLAMENTO VOTAÇÃO INÉDITA
DR da UE, “se tiver sido veri-

Juncker pede abolição ficada a existência de uma


violação grave” pela una-
nimidade do Conselho (o

das fronteiras na UE Estado-membro visado não


participa na votação), esta
instituição, deliberando
então por maioria qualifi-
O presidente da Comissão solidariedade mútua”. cada, pode decidir suspender
Europeia apelou ontem à “A Comissão e numerosas alguns dos direitos decor-
supressão das “fronteiras inter- presidências do Conselho rentes da aplicação dos Tra-
nas” na União Europeia e ins- [Europeu] avançaram várias tados ao Estado-membro em
tou a presidência austríaca do soluções de compromisso. causa, incluindo o direito de
Conselho Europeu a dar “o Convido a presidência aus- voto do representante do
passo decisivo indispensável”, tríaca [rotativa] do Conselho Governo desse Estado-mem-
para uma reforma equilibrada a dar, desde já, o passo deci- bro no Conselho”.
em matéria de migrações. sivo indispensável para ela- No relatório aprovado
No seu último discurso borar soluções duradouras, ontem pela assembleia, o
sobre o “Estado da União”, para uma reforma equilibrada PE defende que, “embora
diante do Parlamento Europeu em matéria de migrações. as autoridades húngaras
(PE), em Estrasburgo (França), Não podemos, de cada vez tenham estado sempre dis-
Jean-Claude Juncker assu- que um navio chega às nossas postas a discutir a legalidade
miu-se contra as fronteiras costas, procurar soluções ad de qualquer medida espe-
internas erguidas dentro do hoc para as pessoas a bordo”, cífica, não se fez face à situa-
espaço Schengen, em resposta prosseguiu. ção, subsistindo diversos
à crise das migrações. Jean-Claude Juncker ad- motivos de preocupação que
“Onde as fronteiras foram mitiu que as soluções for- se repercutem negativa-
restabelecidas, devem ser jadas até ao momento “são mente na imagem da União,
suprimidas. Se se mantiverem, insuficientes”. “Precisamos bem como na sua eficácia
isso significará um retrocesso de solidariedade para o pre- e credibilidade na defesa
Primeiro-ministro húngaro Viktor Orbán criticado devido às políticas anti-imigração
inaceitável, atendendo ao que sente, mas também para o dos direitos fundamentais,
é a Europa”, defendeu. futuro. Esta solidariedade deve dos direitos humanos e da
O político luxemburguês ser duradoura”, acrescentou. democracia a nível mundial,
realçou os progressos regis-
tados em matéria de migrações
durante o mandato da sua Co-
missão, reconhecendo, con-
Nesse sentido, a Comissão
Europeia propôs ao Parlamento
Europeu reforçar a Agência
de Asilo da União Europeia,
Parlamento Europeu vota a favor e que põem em evidência a
necessidade de lhes dar res-
posta através de uma acção
concertada da União”.
tudo, que “os Estados-mem-
bros nem sempre encontraram
o equilíbrio certo entre a res-
no sentido de esta apoiar os
Estados-membros no trata-
mento dos pedidos de asilo e
de processo disciplinar à Hungria As principais preocupa-
ções do PE dizem respeito
ao funcionamento do sistema
ponsabilidade que cada país acelerar o regresso do repa- constitucional e eleitoral, à
deve assumir no seu próprio triamento dos migrantes em Budapeste acusada de violação dos valores europeus em independência do poder
território e a indispensável situação irregular. matérias de migrações e Estado de direito judicial e de outras institui-
DR
ções e direitos dos magis-
trados, corrupção e conflitos
O Parlamento Europeu reco- prevê, como sanção máxima, Uma vez aprovado o rela- de interesses, privacidade
mendou ontem ao Conselho a suspensão dos direitos de tório, que necessitava de e protecção de dados, liber-
da Europa a instauração de voto do Estado-membro em dois terços dos votos - o que dade de expressão, liberdade
um procedimento disciplinar causa no Conselho. foi possível dado muitos académica, liberdade de
à Hungria por violação grave O relatório da comissão eurodeputados do Partido religião, liberdade de asso-
dos valores europeus pelo parlamentar das Liberdades Popular Europeu (PPE), a ciação, direito à igualdade
Governo do primeiro-minis- Cívicas da Justiça e dos As- maior família política da de tratamento, direitos das
tro Viktor Órban, em maté- suntos Internos do PE, que assembleia, terem aprovado pessoas pertencentes a mi-
rias como migrações e Estado considerava existir um risco a posição contra o Governo norias, incluindo os ciganos
de direito. manifesto de violação grave, de Orbán, membro do PPE e os judeus, e protecção con-
Esta é a primeira vez na pela Hungria, dos valores -, a proposta de decisão será tra as declarações de ódio
história do projecto europeu europeus, recebeu 448 votos agora enviada ao Conselho contra essas minorias, direi-
que o Parlamento elabora e a favor, 197 contra e 48 abs- da União Europeia, cabendo tos fundamentais dos mi-
aprova um relatório sobre a tenções, durante a votação então aos Estados-membros grantes, requerentes de asilo
activação do artigo 7º do Tra- realizada no hemiciclo de agendar o tema. De acordo e refugiados, e direitos eco-
tado da União Europeia, que Estrasburgo, França. com o artigo 7º do Tratado nómicos e sociais.

Juncker fez último discurso como líder da Comissão Europeia Reacção de Budapeste às críticas no PE
A votação teve lugar um dia Szijjarto, classificou como deputados “é a última prova missão Europeia, Frans Tim-
depois de o assunto ter sido uma “pequena vingança dos clara de que o Parlamento Euro- mermans, responsável pela
debatido no hemiciclo, com políticos pró-imigração contra peu inclui um grande número pasta do Estado de Direito e
INSTABILIDADE NO IRAQUE a participação do Primeiro- a Hungria” a votação, no Par- de políticos pró-imigração” e Direitos Fundamentais, assu-
ministro húngaro, que rejeitou lamento Europeu, que pena- que “denunciou a intenção de miu que o executivo comuni-
abdicar da defesa das fron- lizou Budapeste por “violação formar uma coligação para as tário partilha das preocupações

Atentado terrorista teiras do seu país, antecipando


que a Hungria iria ser “con-
denada” porque “os húngaros
dos valores europeus”.
“A decisão de hoje não é
mais do que uma pequena
eleições [europeias] de Maio
do próximo ano entre os liberais,
a esquerda e o PPE”, numa refe-
manifestadas no relatório,
relativamente ao respeito
pelos direitos fundamentais,

causa sete mortos decidiram que não vão ser um


país de migrantes”.
“O meu discurso não alte-
vingança dos políticos pró-
imigração contra a Hungria”,
declarou o chefe da diplomacia
rência ao Partido Popular Euro-
peu, a formação de direita à
qual pertence Orbán e que
corrupção, e independência
do sistema judicial”.
“A Comissão é a guardiã
Pelo menos setepessoas mor- materiais ao restaurante e rará a vossa opinião, ainda húngara em Budapeste após votou a resolução. do Tratado [da UE]. Quando
reram ontem e 35 ficaram feri- incendiou oito veí- assim decidi vir aqui porque uma reunião governamental. se trata da aplicação da legis-
das num atentado com carro- culos civis. O atentado não foi vocês não vão condenar um O ministro definiu ainda a Ameaça de exclusão lação europeia e da preser-
-bomba nas proximidades de reivindicado por nenhum gru- Governo, vão condenar um votação no hemiciclo europeu Assumindo que o seu Governo vação dos direitos europeus,
um restaurante popular ao po terrorista. país e uma Nação [...]. Defendo como uma fraude “porque não partilha a visão sobre o a Comissão intervém com base
norte da cidade iraquiana de Nos últimos dias, as forças o meu país, porque, para os não se consideraram as abs- Estado de Direito e, sobre- em informação precisa e em
Tikrit, informou à Agência Efe de segurança iraquianas fize- húngaros, liberdade, inde- tenções, ao contrário da forma tudo, sobre as migrações, análises legais”, lembrou o
uma fonte local de segurança. ram várias operações contra pendência, democracia e a como são votados os tratados dos eurodeputados e da Co- primeiro-vive presidente da
O veículo foi estacionado, células do grupo Estado Islâ- Europa são questões de honra. da União Europeia”. missão Europeia, o primeiro- Comissão Europeia. Frans Tim-
por desconhecidos, por volta mico (EI) no norte da pro- Este relatório insulta a Hungria “Esta decisão de condenar ministro húngaro defendeu mermans sublinhou ainda que
das 12 horas locais diante de víncia de Saladino, cuja ca- e a honra da Nação húngara. a Hungria e o povo húngaro que um país não pode ser o executivo comunitário con-
um restaurante situado na pital é Tikrit. As decisões do povo húngaro foi decidida quando nós, hún- excluída do bloco comunitário tinua comprometido com os
estrada que liga Tikrit e Mossul Na segunda-feira, um polí- são tomadas através de vota- garos, provámos que a migra- por não defender os mesmos valores europeus e vai continuar
(norte), perto do município cia iraquiano e oito supostos ção. Vocês estão a sugerir que ção não é um processo ne- pontos de vista, e lamentou a monitorizar a situação na
de Biji, segundo o comandante membros do EI morreram a Hungria não é suficiente- cessário e que é possível tra- que seja “a primeira vez na Hungria. “A Comissão não hesi-
Ali al Bakri, da Polícia de Sala- durante um tiroteio na zona mente capaz de decidir o que var a imigração”, acrescentou história da Europa que um país tará em tomar medidas adi-
dino, que acrescentou que de Al Shirqat, comarca de é melhor para si”, acusou. Peter Szijjarto. é condenado por ser o guarda cionais, caso seja necessário.
“as vítimas são civis”. A explo- Saladino onde o grupo ter- O ministro dos Negócios O responsável húngaro con- das suas fronteiras”. Já o pri- E posso prometer que seremos
são causou numerosos danos rorista está presente. Estrangeiros húngaro, Peter siderou que o voto dos euro- meiro vice-presidente da Co- impiedosos”, concluiu.
10 ECONOMIA Quinta-feira
13 de Setembro de 2018

LINHA DE CRÉDITO É ACTIVADA TRIBUTAÇÃO ZONA ECONÓMICA ESPECIAL


AGOSTINHO NARCISO | EDIÇÕES NOVEMBRO

Introdução
de imposto
Órgãos sociais foram
evita perda empossados ontem
de receitas O conselho de administra- trabalhar para que, no curto,
O projecto de adesão de ção da Zona Económica Es- médio e longo prazo, os pro-
Angola às zonas de comércio pecial Luanda-Bengo (ZEE- gramas desenvolvidos pelo
livre da SADC e Continental, -LB), nomeado a 21 de Agos- Executivo no âmbito do Plano
em 2019, justifica a aplicação to pelo Presidente da Repú- de Desenvolvimento Nacional,
antecipada do Imposto sobre blica, João Lourenço, foi on- produzam resultados positi-
o Valor Acrescentado (IVA), tem empossado, em Luanda, vos”, prometeu António Hen-
sob pena do país registar drás- pelo ministro da Economia riques da Silva.
ticas perdas de receitas, decla- e Planeamento. O ministro da Economia
rou terça-feira, ba cidade de Pedro Luís da Fonseca con- e Planeamento considerou
Malanje, a técnica tributária feriu posse a António Henri- que as reformas económi-
Djamila Sebastião. ques da Silva, como presidente cas em curso estabelecem
A entrada de Angola nas do conselho da administração, as condições para que o
duas integrações aduanei- Álvaro dos Santos, Dalva Rin- investimento e financia-
ras, lembrou a funcionária gote Allen, Amor Belo Citon- mento ocorram positiva-
do Grupo Técnico de Imple- gua e Carlos André como mente no país.
Embaixador do Brasil, Paulo Neto, revela notícias encorajadoras para o comércio bilateral mentação do IVA, vai impli- administradores executivos. A ZEE-LB, considerou o
car a anulação da cobrança O presidente do conselho ministro, está dotada do am-
dos direitos aduaneiros por de administração da ZEE-LB biente necessário para que
constituírem tributação declarou, como prioridades a actividade económica pri-
Consórcio de bancos brasileiros internacional, abolida nas
organizações económicas
regionais.
do seu programa de trabalhos,
a diversificação económica,
equilíbrio da balança de paga-
vada ocorra com o mínimo
custo possível e em condições
que garantam competitivi-
desembolsa fundos para Angola KINDALA MANUEL | EDIÇÕES NOVEMBRO mentos, criação de emprego
e a atracção de investimentos
directo estrangeiro.“Vamos
dade às empresas que operam
naquele espaço.
Ana Paulo
Embaixador do Brasil anunciou que financiamentos totais de
MOTA AMBRÓSIO | EDIÇÕES NOVEMBRO
dois mil milhões de dólares são desbloqueados antes do fim
do ano e que dez empresas foram seleccionadas para
absorver os fundos

Graciete Mayer de crédito do Fundo de Ga- mais competitivas do merca-


rantia à Exportação e outros do internacional”, declarou,
Um consórcio de bancos pri- instrumentos de facilitação acrescentando que o seu país
vados brasileiros desembolsa, do sector. precisa, a médio e longo pra-
dentro de três meses, a pri- O diplomata realçou que zo, de diversificar a pauta de
meira tranche da linha de cré- este financiamento difere exportações com a partici-
dito de dois mil milhões de daquele que provinha do pação de bens da indústria
dólares instituída por aquele Banco Nacional de Desen- transformadora.
país a favor de Angola, anun- volvimento Económico e O diplomata esclareceu
ciou ontem, em Luanda, o em- Social (BNDES), sendo agora também que a assinatura deste Estado angolano não desiste
baixador do Brasil. provido por bancos privados memorando de entendimento das receitas aduaneiras
Os desembolsos podem brasileiros que se disponibi- marca a retoma da relação
ter como veículos dez empre- lizaram a financiar a economia comercial entre os dois países, Djamila Sebastião, que
sas brasileiras que manifes- angolana através das empresas que também traz vantagens falava sobre “A Implemen-
Membros do conselho de administração de ZEE-Luanda Bengo
taram interesse em investir daquele país. para o sector empresarial pri- tação do IVA em Angola”,
em nos sectores do agro-negó- Paulo Neto notou que o vado angolano. durante uma palestra pro-
cio, infra-estruturas, saúde de seu país estabeleceu um As trocas comerciais entre movida pela Liga da Velha
prestação serviços, revelou acordo de cooperação com os dois países atingiram, em Guarda de Malanje ( LIVE-
Paulo Neto ao Jornal de Angola, Angola no sentido de se criar 2017, quase mil milhões de GUM), referiu que com o IVA, EXPERIÊNCIA DO ZIMBABWE
à margem do 13º Fórum Eco- um grupo de trabalho, no qual dólares, contra os mais 600 o Estado poderá evitar perdas
nómico Angola-Brasil, reali-
zado ontem.
O financiamento, lembrou,
as partes desenvolverão
mecanismos de facilitação e
troca de investimentos entre
milhões de dólares em 2016.
O Brasil exportou essencial-
mente açúcar (com 28 por
devido à ausência de cobrança
dos direitos aduaneiros, mas
salvaguarda as receitas por
Liderança da mulher
resulta do protocolo de enten- os dois países. cento), carne de frango (14), via do imposto local.
dimento sobre crédito e garan-
tias às exportações assinado
em Fevereiro, em Luanda,
A ideia, acrescentou, é mo-
tivar o empresariado brasi-
leiro, através desta linha de
farinhas e cereais (7,9).
De acordo com o diplo-
mata, prevê-se para este ano
O IVA vai substituir o actual
Imposto de Consumo, de ca-
rácter indirecto e com maiores
no sector do Turismo
pelo ministro das Finanças, crédito, a instalar unidades um aumento significativo encargos para o produtor, o A ex-embaixadora do Zim- jado e que segue os programas
Archer Mangueira, e o ministro fabris a médio e longo prazo, dos negócios à luz do ambien- qual é observado por poucos babwe no Ghana, Pavelyn que estão a ser criados para
das Relações Exteriores do principalmente nos sectores te económico que se vive em contribuintes, pelo que a Musaka, prometeu trazer a fazer funcionar a “máquina”
Brasil, Aloysio Nunes. do agro-negócio como uma Angola. O Brasil ocupou, nos introdução do novo imposto Angola experiências que do turismo angolano.
No acordo, o Brasil com- forma de contornar o proble- últimos seis meses, a quarta trará mais justiça tributária, podem impulsionar as mu- A ex-embaixadora no
promete-se a conceder a An- ma de divisas. posição de maior exporta- num modelo em que todos lheres angolanas a aposta- Gana prestou estas declarações
gola bens e serviços no valor “Cabe ao Governo brasi- dor de Angola com vendas tributam visando o aumento rem no sector do turismo, ao Jornal de Angola no decor-
de dois mil milhões de dóla- leiro dar a garantia de seguro estimadas em 225 milhões das receitas do Estado. como forma de vencer a po- rer de uma das visitas de fami-
res, com cobertura do seguro de crédito com taxas de juros de dólares. O IVA é um imposto in- breza e a obtenção de novas liarização que operadores do
directo que incide sobre a formas de sustento por pes- sector do turismo de Angola,
despesa ou consumo e tribu- soas desfavorecidas. Ghana, África do Sul, Tanzânia,
ta o valor acrescentado das A diplomata, que incen- Nigéria, Japão e Botswana rea-
Especialistas apontam caminhos para a cooperação transacções efectuadas pelo
contribuinte.
tivou a participação das mu-
lheres do Ghana no mercado
lizaram, desde segunda-feira,
à cidade de Victoria Falls.
O 13º FórumEconómico Angola-Brasil, que decor- remos transmitir a nossa experiência para que A palestra esteve inserida do turismo, apontou Angola Terça-feira e ontem foram
reu sobre o lema “Desenvolvimento do agro- os angolanos levem menos tempo a desenvolver no âmbito do 29º aniversário como o próximo passo. “Agora dadas a ver ao grupo as expe-
negócio, desafios e perspectivas”, trouxe a Luanda a agricultura e pecuária em grande escala e da LIVEGUM, assinalado que a experiência no Gana está riências de locais turísticos e
especialistas brasileiros que propuseram domínios atingir a auto-suficiência alimentar”, declarou. terça-feira. Para além do IVA, a funcionar, estamos prepa- hoteleiros de Victoria Falls.
da cooperação com empresários angolanos. O engenheiro Alexandre Lima partilhou a foram ainda abordados temas rados para levá-la para outros Desde o dia 6 que os ope-
Ao apresentar o tema “Desenvolvimento mesma opinião e disse que o aumento da pro- como a Nova Pauta Aduaneira países, para que a iniciativa radores do turismo angolano
do agro-negócio no Brasil: desafios e perspec- dução agrícola em Angola poderá impulsionar e as eleições Autárquicas. ajude a desenvolver o turismo foram envolvidos pela Auto-
tivas”, o engenheiro agrónomo Ronaldo Trecenti também o desenvolvimento da indústria alimentar. A LIVEGUM é uma insti- em outros mercados da Comu- ridade de Turismo do Zim-
fez uma incursão da trajectória do Brasil para O orador, que apresentou o tema consagrado tuição filantrópica criada a nidade de Desenvolvimento babwe (ZTA), em visitas de
atingir a auto-suficiência alimentar nos últimos à agro-pecuária disse que o país tem de reduzir 11 de Setembro de 1989, que da África Austral (SADC)”. familiarização, no quadro de
50 anos e como está organizar-se para o aumento a importação de alimentos, que muitas vezes congrega membros naturais O melhor, declarou, é tra- um vasto programa que come-
da produção até 2030. podem vir de origem duvidosa. e amigos de Malanje, para balhar com mulheres orga- çou com a Sanganai Hlkan-
Referiu que Angola, pelas suas condições O fórum económico Angola-Brasil está inserido prestar apoios a causas soli- nizadas numa associação, ganani World Tourism Expo,
climatéricas e a suas “abundantes águas fluviais”, na 13ª Semana do Brasil, consagrada ao intercâmbio dárias e à promoção da ima- sendo necessário identificar na província de Bulawayo, que
tem condições de, nos próximos dez anos, entre empresas e instituições, além do agro- gem de Malanje. em Angola uma associação congrega 23 países.
atingir a auto-suficiência alimentar. “Nós que- negócio, no domínio das telecomunicações. Adriano Sapalo | Malanje ou fórum de mulheres enga- Armando Estrela | Victoria Falls
ECONOMIA Quinta-feira
13 de Setembro de 2018 11
REACÇÃO GOVERNO SUBSTITUI IMPORTAÇÃO
CONTREIRAS PIPA | EDIÇÕES NOVEMBRO
ÁLVARO SOBRINHO DENUNCIA
Accionistas
Declaração de falência chamam
mentiroso
foi uma decisão política ao empresário
Líder do banco extinto em 2013 aponta dignitários na origem Os accionistas do Banco Eco-
dos acontecimentos que precipitaram a derrocada da instituição nómico, que absorveu os Momento dos debates consagrados ao calcário dolomítico
activos do antigo BESA, rea-
DR
A falência do extinto Banco Espírito giram às declarações pres-
Santo Angola (BESA) foi uma decisão
política evocada no interesse de accionistas
com elevados cargos no aparelho político
tadas por Álvaro Sobrinho
ao “Grande Entrevista” da
TPA, considerando-as “falsas
Importação reduz
do Estado, declarou na terça-feira o pre-
sidente da comissão executiva da insti-
tuição financeira entre 2002 e 2014.
e caluniosas”.
Num comunicado de
imprensa divulgado no prin-
em 50 por cento
Álvaro Sobrinho apontou, no pro- cípio da noite de ontem, os Angola pode reduzir a impor- pó para melhoria de solos.
grama “Grande Entrevista”, da TPA, os accionistas afirmaram que tação de fertilizantes em O responsável clarificou
generais Hélder Vieira Dias “Kopelipa” Álvaro Sobrinho mentiu na cerca de 50 por cento nos que a maior parte das empre-
e Leopoldino “Dino” do Nascimento, forma como apresentou os próximos dois anos, com a sas que comercializam o pó
respectivamente antigo ministro de factos e na alegação de falta introdução do pó de calcário tinham as actividades direc-
Estado e chefe da Casa Militar da Pre- de solidariedade face à difi- dolomítico na melhoria de cionadas para a construção
sidência da República e assessor do ex- culdades que o banco passou solos, anunciou ontem, em civil. “Este pó era um produto
Presidente José Eduardo dos Santos. a enfrentar no mercado a par- Luanda, o director nacional rejeitado, não se dava impor-
Dados disponíveis apontam que os tir de 2012. dos Recursos Minerais. tância. Agora, com a crise,
dois generais representavam as socie- Também consideraram ser André Buta disse à margem está a servir para outros efei-
dades Portmill e Geni, com participa- mentira que Paulo Cassoma, de um seminário sobre “O tos”, disse.
ções de 24 e 20 por cento no capital apontado pelo empresário uso de calcário dolomítico O leste de Angola e o Cu-
do BESA, detido em 51,9 por cento pelo como autor de ameaças e de na recuperação e estabilização ando Cubando são as zonas
português e também extinto Banco “chantagem” para que assu- dos solos em Angola”, que o mais necessitadas do pó, por
Espírito Santo (BES). misse a responsabilidade pelo país está envolvido numa ser uma região muito arenosa.
A declaração de falência, lembrou, que aconteceu ao banco, o campanha para a utilização Apesar disso, André Buta con-
ocorreu numa assembleia-geral de tenha feito, em 2013 ou 2014, do pó de calcário que, se “tiver sidera serem zonas que per-
accionistas na qual, além dos dois gene- sendo secretário-geral do boa aceitação”, resultará na mitem a prática da agricultura.
rais, participou Ricardo Salgado, pre- Ex-presidente do BESA, Álvaro Sobrinho MPLA, porquanto só assumiu diminuição da importação “Não existe calcário dolomítico
sidente da Comissão Executiva do BES, o posto depois do congresso do pó para o uso agrícola. naquela região, mas isso não
um encontro que, por prováveis cris- de 2016. O seminário realizado impossibilita que o pó chegue
pações, foi adiado de 3 de Outubro para acordo com o empresário, que os créditos O documento traz excertos ontem está enquadrado na lá”, salientou.
5 de Novembro de 2013. do BESA não representavam qualquer de comunicados emitidos do divulgação da utilização do O país tem dois labora-
A reunião foi antecedida de encontros ameaça para o sistema e inseriam-na pelos centrais de Angola e calcário dolomítico na agri- tórios para testes de solos
em Junho de 2012 em Lisboa, nos quais na média de risco da banca angolana. Portugal - BNA e BdP - sobre cultura, com a qual se dá a em Luanda, prevendo-se a
Ricardo Salgado foi abordado por “Dino” as finanças do BESA, depois conhecer aos produtores com construção de mais três gran-
do Nascimento e Manuel Vicente, na de detectadas dificuldades poucos recursos financeiras, des, sendo um em Luanda,
altura ministro de Estado da Coordenação “Houve que conduziram ao processo os benefícios do uso do pó na centralidade do Kilamba,
Económica, a pedirem o afastamento chantagem”, denunciou de regularização. para aumentar a produção. outro em Saurimo (Lunda-
de Álvaro Sobrinho da liderança do BESA. Álvaro Sobrinho, Num dos excertos, o co- Enormes quantidades de Sul) e o outro na Huíla (Con-
A assembleia-geral de accionistas de acrescentando ter-lhe sido municado do Banco Nacional calcário dolomítico são jenje), o que vai solucionar
Novembro de 2013, considerou, precipitou dito pelo general “Dino” de Angola (BNA) refere “o encontradas ao longo do lito- os problemas das análises
tanto a declaração de falência, quanto do Nascimento “para risco de descontinuidade da ral angolano, mas, actual- de pó das rochas calcárias.
a emissão, a 31 de Dezembro daquele não ficar em Angola” actividade” do BESA e cita mente, os níveis de produção O ministro dos Recursos
ano - pouco mais de um mês depois -, relatórios que, a 4 de Agosto e a utilização são baixos pela Minerais e Petróleos, Diaman-
de uma garantia soberana de 5,7 mil de 2014, permitiram confir- ausência do hábito do uso tino Azevedo, participou na
milhões de dólares subscrita pelo ex- Álvaro Sobrinho revelou ter sido mar a existência de perdas do produto na agricultura. abertura do seminário, onde
Presidente José Eduardo dos Santos. expressamente coagido a deixar o país, elevadas na carteira de crédito André Buta informou que reconheceu que a maior parte
Álvaro Sobrinho recordou que, no depois da emissão da garantia soberana e em outros activos, não co- o sector mineiro licenciou dos solos de Angola são ácidos
preâmbulo da garantia soberana, a emis- e de um processo de reestruturação em bertas por provisões, colocando 32 empresas de construção e que, com o uso de correctivos,
são é justificada por créditos concedidos que as sociedades representadas pelos assim em causa a viabilidade civil para produção do cal- como o calcário, a terra pode
à economia, acrescentando suspeitas de dois generais mantiveram participações do banco. cário, mas apenas uma, na obter maior produtividade.
que os accionistas interessados no des- accionistas no Banco Económico, que Um relatório do Banco de Huíla, propôs-se a produzir Madalena José
mantelamento do BESA levaram ao Banco herdou os activos do BESA. Portugal também citado na
Nacional de Angola (BNA) a informação “Houve chantagem”, denunciou reacção pelos accionistas do
de que aquele primeiro estava falido. Álvaro Sobrinho, acrescentando ter- Banco Económico, realçava,
A seguir, disse, apontaram emprés- lhe sido dito pelo general “Dino” do em 2014, “a prática de actos EVOLUÇÃO DOS PREÇOS
timos supostamente irrecuperáveis, Nascimento “para não ficar em Angola”, de gestão gravemente pre-
dando lugar às decisões tomadas pelo ou por Paulo Cassoma, que tinha sido judiciais aos interesses do
BNA. Mas quando, tempos depois, res-
pondeu a uma interpelação da Assem-
bleia Nacional, o governador do BNA
presidente da Assembleia Nacional,
“que aceitasse toda a responsabilidade”
pelo que aconteceu no banco ou, então,
Banco Espírito Santo”.
Refere uma violação de
determinações do Banco de
Taxa de inflação cai
- no mandato de 2010 a 2015 -, José de
Lima Massano, terá reconhecido, de
haveria “retaliações” que podiam impli-
car a sua prisão.
Portugal que proibiam o
aumento da exposição a
outras entidades do Grupo
para 18,5 por cento
Espírito Santo, o que se tra- O Índice de Preços no Con- Agosto. É seguida das classes
Sem prejuízos em mais de uma década duziu “num prejuízo adicional
na ordem de 1,5 mil milhões
sumidor Nacional registou
uma variação de 1,21 por
“Vestuário e Calçado”, com
0,14 pontos percentuais,
Para sustentar o argumento da decisão Central Europeu (BCE) não notou indícios de euros face ao expectável”. cento em Agosto, anunciou “Mobiliário, Equipamento
política na declaração de falência pelos ou tendências para a insolvência. A situação, conclui do ontem o Instituto Nacional Doméstico e Manutenção”
accionistas do BESA, Álvaro Sobrinho afirmou Os relatórios da empresa internacional documento do BdP, “colocou de Estatística (INE), acres- com 0,11 pontos percentuais,
ao “Grande Entrevista” que, de 2002 a 2013, de auditoria e consultoria KPMG de 2011 e o Banco Espírito Santo numa centando que a variação e “Bens e Serviços Diversos”
quando iniciou e encerrou as operações, o 2012 não manifestam quaisquer reservas posição de incumprimento homóloga caiu para 18,56 com 0,10 pontos percentuais.
banco não registou prejuízos. quanto à operação do BESA e o de 2013 dos rácios mínimos de sol- por cento. Em termos geográficos, as
“Nem sei se o BESA faliu”, declarou o declarava que os rácios de solvência estavam vabilidade em vigor (rácio A taxa de inflação homó- províncias que registaram
antigo presidente da comissão executiva, alinhados ao estabelecido pelo Banco Nacio- Common Equity Tier 1 de 5 loga, a 12 meses, retrocede, maior aumento foram o Bengo
notando que, em 2010, o banco foi o primeiro nal de Angola. por cento, três pontos per- assim, 6,62 pontos percen- com 1,82 por cento, Cuanza-
a superar a barreira dos 400 milhões de Contraditoriamente ironizou, o BESA centuais abaixo do mínimo tuais em relação à observada Sul com 1,75, Malanje com
dólares em lucros e chegou a ser o maior declarado insolvente pelos accionistas com regulamentar) e gerou uma em igual período do ano 1,68 e Uíge com 1,59, ao passo
em activos, com dez mil milhões de dólares, uma carteira de crédito de 6,5 mil milhões crescente pressão sobre a anterior, sendo a mais baixa que no outro extremo estive-
fundos próprios de mil milhões e operações de dólares em 2013, deu lugar ao Banco tesouraria do banco. em três anos. ram as províncias de Lunda-
em apenas 34 agências. Económico que elevou a carteira para nove Álvaro Sobrinho declarou A classe “Alimentação e Sul com 0,70 por cento,
Além disso, a declaração de falência teve mil milhões. A declaração de falência, terça-feira à TPA que, entre Bebidas não Alcoólicas” foi Namibe com 0,79, Cabinda
como fonte única os accionistas, não sendo concluiu Álvaro Sobrinho, “só faz sentido 2002 e 2013, o BESA nunca a que mais contribuiu para com 0,90 e Huíla com 0,94.
corroborada por organismos independentes se a nível dos accionistas maioritários houve registou prejuízos, o que pode o aumento do nível geral de Em 2016, a inflação em
nacionais ou internacionais, estatais ou uma concertação” do ponto de vista político ser provado pela ausência preços, diz o INE, apontando Angola (12 meses) ultrapas-
auditores. Em 2011, uma auditoria de Banco ou do seus interesses. de pareceres desfavoráveis para os 0,55 pontos percen- sou os 40 por cento e no ano
de organismos independetes. tuais de aumento durante seguinte os 30 por cento.
12 Quinta-feira
13 de Setembro de 2018

PUBLICIDADE

Empresa Nacional de Exploração de Aeroportos e Navegação Aérea, E.P.

CONCURSO PÚBLICO N.º 001/ENANA/ADM.COM/2018


A Empresa Nacional de Exploração de Aeroportos e Navegação Aérea, E.P., 3.1. Documentos de habilitação conforme programa do concurso.
publica, nos termos do exposto do n.º 1 do art.69.º. e do anexo VI da lei n.º 9/16 4. Critério de Adjudicação: Proposta economicamente mais vantajosa, tendo
de Junho de 2016 - Lei dos Contratos Públicos; que está aberto o concurso pú- em conta os factores enunciados nas peças do procedimento; bem como a ca-
blico para Concessão de Exploração do Serviço de Táxi Personalizado no Aero- pacidade técnica e a idoneidade da empresa.
porto Internacional 4 de Fevereiro.
5. Processo
1. Entidade Pública Contratante (EPC) 5.1. Condições para obtenção das peças do procedimento:
1.1. Designação: Empresa Nacional de Exploração de Aeroportos e Navegação 5.1.1. Prazo para recepção de pedido das peças do procedimento ou para
Aérea – EP aceder aos documentos: 8 (Oito) dias depois da primeira publicação do con-
1.2. Endereço: Rua 21 de Janeiro, Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro/Luanda; curso
1.3. Telefone: 922 519 007; 925 770 154; 222 651 500 5.1.2. Preço e condições de obtenção das peças do procedimento: AOA
1.4. Endereço/Correio electrónico: concurso.taxi@enana.co.ao; 125.000,00 (Cento e Vinte e Cinco Mil Kwanzas);
1.5. Tipo de Entidade contratante e suas principais actividades: Empresa 5.2. Prazo de apresentação das propostas: 15 (Quinze) dias posteriores à ob-
Pública. tenção das peças do concurso.
Exploração de Aeroportos e Navegação Aérea; 5.2.1. Local de entrega das propostas: Gabinete do Administrador para Área
Comercial, Edifício Sede da ENANA, 2.º Andar;
2. Informações relativas ao contrato 5.3. Valor da caução definitiva: Não aplicável.
2.1. Designação dada ao contrato pela EPC: Contrato de Exploração de Ser-
viço de Táxi Personalizado no Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro; 6. Informações complementares
2.2. Tipo de contrato: Prestação de Serviço; Toda a informação adicional sobre o concurso, deverá ser solicitada na Direcção
2.3. Local da Prestação do Serviço: Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro; Comercial e Carga da ENANA-EP, no endereço referenciado no ponto 1.2 e 1.3
2.4. O concurso implica a celebração de um contrato público: Sim; deste anúncio.
2.5. O concurso está aberto à participação estrangeira: Não;
2.6. Breve descrição da prestação objecto do contrato: Exploração do Ser- EMPRESA NACIONAL DE EXPLORAÇÃO DE AEROPORTOS E NAVEGA-
viço de táxi personalizado no Aeroporto; ÇÃO AÉREA, em Luanda, aos 06 de Setembro de 2018.
2.7. Duração do contrato: (um) ano renovável;
O PRESIDENTE DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO
3. Informações relativas aos concorrentes e às propostas Eng.º Manuel Pereira Gustavo Ferreira de Ceita
(15.477)

(400.069a)
Quinta-feira
13 de Setembro de 2018 13
PUBLICIDADE

(400.080)
14 Quinta-feira
13 de Setembro de 2018

CLASSIFICADOS
Atendimento Mais informações
Rua Rainha Ginga, 18/24 — Luanda Telefones: 926 406 929 / 925 134 301 / 923 409 613
de Segunda a Sexta-feira, das 9h às 18h, e-mail: publicidade@jornaldeangola.com
aos Sábados e Domingos, das 9h às 14h IMOBILIÁRIO VIATURAS DIVERSOS

VIVENDAS T2, T6, no Alva- DNA VIAGENS: tratamos vis-


lade, Maianga, Vila Alice e Va- tos para o mundo inteiro. Te-
lódia. Telefones: 912513166, lefs: 921433489, 914758495
IMOBILIÁRIO 923461890. (15.470b) (15366)

VIVENDA T3 C/suite, anexo T2, DIVERSOS COLCHÕES Kamaflex - Camas,


garagem P/5 carros, Vila Alice, estrados, bases, berços, almofa-
Akz 180.000. Telef: 912513166, LAND CRUISER V8, bom es- das, lençóis, tapetes. R. Maianga.
VENDE-SE 923461890. (15.470c) APARTAMENTO T3 C/ suites, tado de conservação, 83.000
Km, Akz 12.500.000,00 Termi-
PADARIA , banho-maria, Telefs: 938910826. EMPRESA: Manutenção, rela-
ARMAZÉM C/ 1.450m², co-
340m2, climatizado, prédio
novo, estacionamento, Vila- nal telef: 923914506. (15181) VENDE-SE vitrina, cubas, fiambreira e
tabuleiro, máquina de gelo
(15.541) ção e montagem de ar condi-
cionados. Técnicos formação
T3 ZANGO (2) a 3.500.000 berto livre, rua principal, Pa- Alice. Telefs.: 924201819 ou 150 Kg. Terminal telefónico:
Zango (0), 5.000.000,00, Ri- HYUNDAI, Guetz, 1.000.000.00 R com excelência. Telefones:
triota, junto à Igreja Universal. 915394483. (15.056) GERADORES Perkins novos, 937493599. (15.365) 940401037, 912382415.
sort a 3.500.000,00, Sequele kz, Santa Fé, sem motor, 50, 300 a 500 KV’s. Telefone:
Telefs: 923461890, 912513166. 800.000,00 kz, Mitsubishi L200, (15.429)
5.000.000. Telfs.: 926357595, (15.470d) ESCRITÓRIO pronto a entrar, 941166485 (14.556)
993500073. (15.210) no Cruzeiro. Terminais tele- 1.250.000,00 Akz, Rav 4, Akz
fónicos: 919400596, 943050765. 1.400.000,00. Terminal telefó-
PRÉDIO novo, residencial nico: 925051887. (15232)
PROJECTO fechado T3, com 24, apartamentos T2, (14.614)
Zango (2) , 3.500.000, Risort Condomínio Dulce Vita, Tala-
Akz 3.500.000 Zango(0) Akz TOYOTA HILUX, a gasóleo,
tona Telefones: 923461890, manual e Mitsubishi Pajero, SALÃO de festas, com deco-
5.000.000,00 Sequele Akz ração e ofertas Akz 500.000.
912513166. (15.470e) automático, a gasolina. Telfs:
4.500.000. Telefs: 926357595, Telefs: 921688108, 991688108
993500073. (15.210a) 923828351, 926354011.
CASAS evolutivas T3, Zango II, (15264) MÁQUINA de gelado, churras- (14.618)
Akz 2.500.000,00 pagamento a MÁQUINAS de gelo, liquidifi- queira a carvão e gás, forno C/
VIVENDA 1.º andar, no Pa- cador 20/40L, cx. de 10 mil DESINFESTAÇÃO sem cheiro,
triota, 20.000.000,00 kz, c/al- prestações. Telfs: 934483199, HYUNDAI Santa Fé, 2013, 6 bocas, , máquina de pipocas, anti-alérgico, não precisa sair
993248507. (15.446b) 51.000 Km, gasolina, automá- palitos/picolé, amassadeira algodão doce, Kit de salão. Ter-
guns acabamentos p/ fazer. 130L, divisória 36 furos. Ter- de casa ou desarrumar, 100%
tico. Telefones : 923828351, minal telefónico: 937493599.
Telef: 926134563, 914463184. ESCRITÓRIOS, 313 m2e 343 m2, minais telefónicos: 936196882, eficaz. Telefone: 938133343.
ESTABELECIMENTOde 4 casas 926354011. (15264-a) (15.365a)
(15125) climatizados, prédio novo, esta- 917747359. (15.293) (15.485)
e duas lojas na Mutamba. Tele-
cionamento, Vila Alice. Telefo- JEEP Toyota SURF, diesel, óp-
EDIFÍCIO de 2 andares com fones: 923692500, 946047302,
nes: 924201819, 915394483 timo estado, a Akz 1.850.000,00
12 apartamentos, terraço 996913121. CÂMARAS de Vigilância, vídeo-
(15.056a) negociáveis. Terminal telefó-
quintal vasto e armazém na (15.502) porteiro, parabólicas, venda e
nico: 915555029. (15271)
Vila Alice. Telef: 924608231. ESPAÇO para restauração na instalação. Telefs: 932407943,
(14947) CASA no Luanda Sul. Contac- estrada do Patriota, com equi- 918657161. (14.911a)
tos: 923692500, 946047302, MIKIDO, Lda, vende Prado
pamentos. Telfs.: 923707074, TxL 2015 V6, 22.000 km, a
3 ARMAZÉNS em Viana c/ 996913121. (15502b) 938690809. (15.099) 15.000.000,00 Akz. Telefones:
400m² cada, 9 escritórios + 1 924348222 ou 922805551. MÁQUINA de gelado, picolé, al-
Apart. T3 por 140.000.000 CASA coberta em telhas APARTAMENTO T3, Talatona (15274) CARRINHO de picolé, má-
godão doce, fritadeira chapa de DESINFESTAÇÃO: Controlo
Akz. Telefones: 923701297, Zango e Luanda Sul a partir Condomínio Doce Vita. Telfs: quina de sumos, chapa de
hambúrguer, fiambreira e tos- de todo o tipo de pragas em
914325170. (14971) de 8.000.000,00 Akz. Telefs.: 923627614, 912288868 VOLVO XC60, a 7.000.000. hambúrguer, batedeira, mesa
tadeira. Telefones: 936196882, residências e empresas. Te-
913989816, 921782085. (15.385) Akz, e I10. 1.2, a 2.300.000,00 Inox e tostadeira. Terminal te-
917747359. (15.293a) lefs: 923979404, 992979404.
APARTAMENTO T2, 7.º andar (15.505a) kz. Telefones: 931496666 ou lefónico: 937493599.
(15.365b) (15.533)
na Avenida Brasil, a Akz RESIDÊNCIA com 20 suites 997179915. (15.322) CERCA ELÉCTRICA, automatiza-
20.000.000,00. Terminal telef.: no Cruzeiro, quartos P/ em- ção de portão, venda, instalação
923304990. (15.302) presa. Telefones: 923579171, TOYOTA RAV-4, preto, 2015, e manutenção. Tlfs: 932407943,
929308251. (15.320) banco em couro, automático , 50

APARTAMENTOS T1, T3 no Ta-


mil Km, 9.200.000,00Kz. Tele-
fone: 924244244 (15374)
918657161. (14.911)
PRECISA-SE
FAÇA Formação de LGT para
latona, Nova Vida e Centralida- Gestão e Técnica de RH. Telfs:
KIA SPORTAGE 19.000Km, GLOBAL JOLFENIX precisa
des Telefones: 923461890, MOINHO de fuba de bombó e 942934975, 994575322 (15066)
6.300.000, Kia Rio 3.400.000, de um Canalizador com ex-
912513166. (15.470f) milho, diesel, com ignição e
VIVENDA, no Porto Amboim C/ 3 Chevrolet N300 1.250.000, Vi- periência. Telf. 942249141
manivela, 25 sacos/hora, novo. (15401)
quartos, 2WC, cozinha, 2 varan- LOJA C/200m², no Arreiou, tara, i20, Accent. Telefone: KIT de talho, vitrina, serra-
Telefs: 936196882, 922799624.
VIVENDA T2 no Patriota das, e quintal. Telfs: 940440829, São Paulo, Akz:350.000,00. 923623162 (15409) ossos, serpentina, buffet, fogão
(15.293b) PESSOAS c/ habilidades de
Zona Nobre, atrás da Gale- 942733838. (15.496) Telfs: 923461890, 912513166. industrial, em balde, balança,
ria C/ direito de superfície, (15.470g) SUZUKI JIMNY, 77.000Km, Akz formato de três. Terminal tele- dança, bem falantes e de
por 75.000.000. Akz. Telfs: CASAS evolutivas T3 suite , 2.500.000,00, e Rectroescava- fónico: 937493599. (15.365c) mente aberta. Terminal telf.:
932508847, 923783424 Zango-0 1.595.000,00 em APARTAMENTO T3 e T4, mobi- dora Komatsu, 5.000.000,00 940525722 (15447)
(15.299) prestações. Telfs.: 994736140 Akz, Telf. 921591033 (15373) FAZENDA, de 6 mil hectares
lados nas Torres do Carmo e
944180836. (15.514) c/ 3 rios nela, localizada no CERCAS Eléctricas, portões au- CONDUTOR de motorizada
Escon. Telefones: 912513166 MINI Autocarro Hyundai
CASAS T3, Condomínio fe- 923461890. (15.470h) Bengo. Terminais telefóni- tomáticos com comando, re- P/ Moto táxi com licença de
County de 30 lugares, se- para-se e instala-se. Terminal motorizada. Telfs: 949544380
chado, Zango, Kikuxi, a Akz CASA à venda no Zango 4, gunda mão, ano 2013, por cos.: 923753424, 912732448.
3.000.000. Tlfs: 922358776, com quintal, portões Cober- ESCRITÓRIO novo, na Torre (15.124) telefónico: 923927181 (15169) ou 946265221. (15.490)
4.000.000 Akzs, negociáveis. PADARIA KIT: Forno, 3 gave-
992358776 (15.329) tura e reboque; área já tem Elize Telefone: 912513166 ou Telefone: 917767707 (15436) tas, gás, estufa, amassadeira
luz e água 3.000.000,00 Akz. 923461890. (15.470I) CHAMPANHE, sem álcool PRIMAVERA, Instalações, For-
50L, batedeira 20L, carri- mação, Contabilidade, RH, G.
APARTAMENTO T2, Avenida
Comandante Valódia, Prédio
Telfs: 917723847, 928078144
(15.519)
TOYOTA Tundra Platinium,
A/C, 2014, automático, 47.000
nho/pão, balança, tabuleiro.
Telef: 936196882, 917747359.
adulto: J.C Le Roux, Branco e
Rosa. Terminal telefónico: Comercial. Telefs: 924093660, OFERECE-SE
155. Telefones: 991606725, 921285259 (15.340) 914922284. (15.319a)
Km, 8.900.000,00 Akz. Telefs.: (15.293c)
925806736 (15430) CASAS T3, no Zango e Luanda 927777099, 927994509
Sul a partir de Akz 1.900.000,00 TERRENO no Kikuxi, à beira CURSO prático de CCTV- pro-
(15459)
CASAS evolutivas T3, cond. fe- moção 33.000,00, aos sába-
chado, promoção 2.500.000 Kz,
Telfs: 913989816/921782085
(15.505) VIATURAS 2 MITSUBISHI L200, manual,
do canal, preço negociável.
Terminal telef: 924760729. dos. Telefones: 924093660,
914922284. (15.319b)
Viana, Ginga Shopping. Telefs.: A/C, 64.000 Km, diesel, 4.799.000 (15390)
993248507, 946830844.(15446a) CASA de tipologia T3, T5, a Akz. Terminal telefs: 927777099,
KIT de CCTV-189.00 kz, mon-
CASA T3, água, Luz, com
partir de 9.000.000,00 Akz no
Zango 0. Telefone: 922011744, VENDE-SE 927994509 (15459a) TERRENO de 15x15, c/ veda-
ção no Zango 2, Boa Espe- tagem, visualizações remota.
fácil acesso, Gamek à direita, 941273300. (15.530) 2 KIA SORENTO 2018, Hilux SERPENTINA, gelado em rança a 550.000,00 Kzs. Telfs: 924093660, 914922284. MÚSICO para cantar gratui-
a Kzs. 3.700.000,00. Telefone: CAMIÃO Renault 440, C/ trail- automático, 2 Santa Fé, balde, serra-ossos, churras- Terminais telefs: 924760729. (15.319c)
tamente em eventos no mês
921704444. (15375) VIVENDA T5 R/C 1.º andar ler, Randon, A/C, música, Range Rover, BMW X1, T. For- queira a gás, banho-maria, (15389) de Setembro. Tlf: 921688108,
inacabada, Camama pró- 70.000 Km, Akz 37.000.000. tuner, K. Cerato, Volvo XC60. para buffet, mesa Inox. Telefs: PROMOÇÃO:Vende-se e monta-
991688108. (14.618a)
VIVENDAS e apartamento, ximo o Sinfo, urgente. Telfs.: Tls: 926724817, 992642211 Telfs: 927777099, 927994509 922799624, 917747359. TERRENO no bom Jesus a se câmaras de vídeo vigilância.
na Vila Alice, Maianga, Macu- 994756949. (155.32) (15.419a) (15459b) (15.293d) 3.950.000,00 tem bananeira, Telefs: 937682823 , 916893574.
JOVEM Motorista, fala Inglês,
lusso, Kilamba e Alvalade. Te- abacateiro e outros. Termi- (15.288)
TOYOTA RAV 4, cor marron, Francês, Alemão, frequência
lefone: 927041400 (15376) KIA Cerato, 2015, jantes, mú- nais telefónicos: 923439266
Akz 850.000, Kia Sportage UNIFORMES, pólos, Tshirts, universitária, procura emprego
sica, A/C, automático, 3.900.000 912358380. (15.548) Telf. 923924699 (15395)
APARTAMENTO no Kilamba Akz, negociáveis. Telefones: Akz 6.200.000. Terminal telfs: batas com logótipo, a preços
T3+1, a bom preço, 8.º andar 926724817, 992642219 (15.419) 924227350, 923506579. de fábrica. Terminal telefó-
(15462) FAZENDA em Benguela de 3 JOVEM procura emprego como
s/ intermediários. Telefones: mil hectares. Terminais telefó- nico: 927823491. (15.292)
990373790, 927373790. cozinheira, arrumar ou babá. Te-
RANGE Rover, Autobio- nicos: 923692500, 946047302
(15453) RENAULT Duster, 75 Km LISO DESINFESTAÇÃO, LDA. lefone:. 948213408, 998243408
graph, Longue, 25.000Km, ou 996913121. (15.502a)
a 33.000.000 Akz, negociáveis, 2500.000,00Kz, Basculantes Desinfestação sem cheiro (15364)
sino truk 30.000Km. Telfs: CAMPAS granito e mármore,
APARTAMENTO T1, 2.º andar, 11 SALAS c/ WC, 2 escritórios, branco. Telef.: 924348222. montagem, gravação cabe- e anti-alérgica (moderna).
no B.O, Largo Deolinda, por loja e armazém grande, esta- (14.532) 927030972, 997511380. Telef: 924067871 (15.367) JOVEM, 30 anos de idade, 5.º
(15.472) ceiras, fotos. Terminais tlfs:
13.000.000,00 Akzs. Telefone. cionamento, Lar Patriota, junto ano Universitário, 5 anos de ex-
921662309, 990591646.
991296335 (15420) à estrada. Terminais telefs.:
916993349, 923222255.
HYUNDAI i10, motor 1.2, ga-
solina, automático, AC, preto,
RECTRO Escavadora, bom (14.619) NEGÓCIOS AULASem casa: Matemática, Fí-
sica, Química, Português e In-
periência, procura emprego. Te-
lefone: 924967507 (15451)
APARTAMENTO T1 e T3, estado, bom preço. Telefone:
(15.424) 2. 050.000,00kz. Terminais te- 945939861. (15.531) TERRNENO localização: Ben- LOGOTIPO, Websites, Design glês. Telef: 994508276 (15.341)
Centro da Cidade Talatona, lefs: 924461287, 994740027. fica zona verde III dimensões
Nova Vida, Centralidades. (15.235) 20x30. Terminal telefónico:
gráfico, Marketing digital, Ca-
rimbo. Telef: 927822891 (15.287) TRATAMOS todo tipo de Li- COMPRA-SE
Telfs: 923461890, 912513166.
(15.470) ARRENDA-SE TOYOTA Prado Luanda da
PRECISA-SE 939069764. (15.467) cença a qualquer Ministério.
Telfs: 934632315, 946352105
TBM-DEJAF: Temos babás, OURO,todo o tipo, pagamos na
Sorte, cinzento metaliz. die- OITO Lotes de 20x30, Zona (15.507)
HOTEL C/60 suites, casino, pis- QUINTAL 14x23, com casa AUTOCARROS de 30 lugares doméstica, diaristas, moto- hora, estamos na Maianga, Ki-
sel a/c, manual a 4.500.000, Verde I, Akz 6.000.000,00,
cina e estacionamento na Via para serviços ou habitação, d i s c u t í v e l . Te l e f o n e : para aluguer, em bom estado ristas, jardineiros. Telefones: CRIAMOS a tua empresa em lamba e Nova Vida. Telefs:
cada lote. Terminais telefóni- 925660869, 915994721
Expressa. Telefones: 912513166, na Samba, a Akz 180.000.00 933046724/994322211. técnico. Telef.: 938489868. cos: 913993835, 923219023. apenas 8 dias. Telf: 934632315, 931753003, 931753002.
923461890. (15.470a) mês. Tl: 912952232 (15331) (15.501) (15076) (15.368) 946352105. (15.507-a) (14.616)
(15.537)
Quinta-feira
13 de Setembro de 2018 15
PUBLICIDADE

ANÚNCIO DE ABERTURA DE PROCEDIMENTO DE CONCURSO PÚBLICO


Concurso Público n.º 195/AGT/2018
A Administração Geral Tributária (AGT) vem tornar público, nos termos do 3.1. Documentos de habilitação:
disposto no n.º 1 do artigo 69.º da Lei n.º 09/16, de 16 de Junho – Lei dos a) Registo Comercial de constituição e das alterações do Pacto Social;
Contratos Públicos, que está aberto o Concurso Público para Empreitada de b) Cópia da Publicação do Pacto Social em Diário da República;
Reabilitação da Casa de Função, na Província do Namibe. c) Cópia do BI dos Sócios;
1. Dados da Entidade Pública Contratante (EPC) d) Cópia do Cartão de Contribuinte;
1.1. Designação (UO/OD): Administração Geral Tributária e) Certificado de Registo Estatístico;
1.2. Endereço: Rua Teresa Afonso, n.º 2, Código Postal n.º 1254 f) Certificados de Registo Criminal dos representantes legais da sociedade;
1.3. Localidade: Luanda g) Alvará Comercial
1.4. Província: Luanda h) Certidão Contributiva original ou cópia autenticada – Emitida pelo Instituto
1.5. Telefone/Fax: +244 917 830 959 Nacional de Segurança Social (INSS);
1.6. Correio electrónico/ Endereço internet (URL): info@agt.minfin.gv.ao i) Comprovativo da regularização da situação tributária perante o Estado an-
/ www.agt.minfin.gov.ao golano – emitido pela respectiva Repartição Fiscal;
1.7. Tipo de entidade contratante e suas principais actividades: a Entidade j) Alvará emitido pelo Instituto Regulador da Construção Civil e Obras Públi-
Contratante é uma pessoa colectiva de direito público, que integra a admi- cas, o referido documento (Alvará de Construção), deverá ser categoria,
nistração indirecta do Estado, que goza de personalidade e capacidade ju- classe e valor correspondente aos trabalhos que os concorrentes se propões
rídica e é dotada de autonomia administrativa, regulamentar, patrimonial e realizar e, se for o caso, documento equivalente emitido pela autoridade
financeira, tutelada pelo Ministério das Finanças, tendo como âmbito de ac- competente do Estado de que a empresa seja nacional ou no qual se situa
tuação todo o território nacional, e ao qual compete a) garantir a aplicação o seu estabelecimento principal.
da legislação tributária; b) liquidar e proceder à cobrança de impostos, direi-
tos aduaneiros e demais tributos; c) propor medidas de regulação do comér- 3.2. Admissão de propostas variantes: não.
cio externo; d) supervisionar a actividade tributária; e) controlar o tráfego 3.3. Exigência de caução provisória: Sim.
internacional de mercadorias e meios de transporte; f) criar e implementar
medidas de prevenção da prática de infracções tributárias; g) prevenir a eva- 4. Critério de adjudicação
são e a fraude fiscal, bem como o tráfego ilícito de mercadorias proibidas; Proposta economicamente mais vantajosa, tendo em conta os critérios enun-
h) participar no processo de elaboração de Diplomas Legais necessários ao ciados nas peças do procedimento.
enquadramento do exercício das suas atribuições; i) participar em organiza-
ções ou reuniões internacionais sobre matéria tributária; j) elaborar e publi- 5. Processo
car, depois de homologado pelo Titular do Órgão de Superintendência, o 5.1. Prazo para a recepção de pedidos das peças do procedimento ou para
relatório anual das suas actividades, incluindo, designadamente, uma refe- aceder aos documentos:
rência desenvolvida às operações realizadas durante esse período; k) propor Data: De 18 de Setembro de 2018 das 8:00 horas às 15:30 minutos, de 2.ª
medidas em matéria de política, legislação e procedimentos tributários e ga- a 5.ª feira e das 8:00 às 15:00 horas a 6.ª feira, e termina no dia 08 de Ou-
rantir a sua efectiva implementação; l) garantir a execução da política tribu- tubro de 2018, às 15:30.
tária em consonância com os objectivos gerais, em matéria de política 5.2. Preço e condições de obtenção das peças do procedimento:
económica do Executivo; m) realizar as actividades de controlo e supervisão 5.2.1. Preço: A aquisição das cópias das peças do procedimento está sujeita
necessárias ao cumprimento dos seus deveres; n) gerir os recursos huma- ao pagamento de uma taxa no valor de Akz. 150.000,00 (Cento e Cinquenta
nos próprios e promover a sua contínua formação técnico-profissional e qua- Mil Kwanzas), a ser pago na Conta Única do Tesouro, junto das Repartições
lificação; o) gerir os recursos materiais e financeiros que lhe sejam afectados Fiscais.
no quadro das políticas e prioridades superiormente definidas; p) exercer as 5.2.2. Condições: Os interessados devem fazer prova do pagamento do
demais atribuições estabelecidas por lei ou determinadas superiormente (cfr. valor previsto, mediante apresentação do comprovativo de depósito do Do-
as alíneas a) à p) do n.º 1 do artigo 7.º do Estatuto Orgânico da Administra- cumento de Arrecadação de Receita (DAR) – Emolumentos e Taxas Diver-
ção Geral Tributária, aprovado pelo Decreto Presidencial n.º 324/14, de 15 sas, no valor de Akz. 150.000,00 (Cento e Cinquenta Mil Kwanzas), a
de Dezembro). liquidar na Conta Única do Tesouro, junto das Repartições Fiscais.
1.8. A EPC está a contratar por conta de outras entidades? Não. 5.3. Prazo para apresentação das propostas:
Data: até ao dia 08 de Outubro de 2018, às 15:30 minutos.
2. Objecto do Contrato ou da Aquisição 5.4. Valor da caução definitiva: 5% (cinco por cento) do preço global da pro-
2.1. Designação dada ao contrato pela EPC: Empreitada de Reabilitação posta.
da Casa de Função na Província do Namibe.
2.2. Tipo de contrato: Empreitada de Obras Públicas. 6. Informações Complementares
2.3. Local de execução da empreitada: Município de Moçâmedes, na Pro- 6.1 Endereço e pontos de contacto onde podem ser obtidas as informa-
víncia de Namibe. ções adicionais, as peças do procedimento e enviadas as propostas:
2.4. O anúncio implica a celebração de um contrato público: Sim. 6.2 Designação Oficial: Administração Geral Tributária
2.5. O concurso está aberto à participação de entidades estrangeiras: Não 6.2.1 Endereço: Rua Teresa Afonso, n.º 2
2.6. Breve descrição das prestações do objecto do contrato: Empreitada 6.2.2 Localidade: Luanda
de Reabilitação da Casa de Função do Namibe. 6.2.3 Província: Luanda
2.7. Valor estimado do contrato: AKz. 310.000.000,00 (Trezentos e Dez 6.2.4 Código Postal: 1254
Milhões de Kwanzas). 6.2.5 Telefone: +244917830959
2.8. Prazo para a execução da empreitada: 9 (Nove) meses. 6.2.6 Correio electrónico/Endereço internet
(URLinfo@agt.minfin.gv.ao/www.agt.minfin.gov.ao
3. Informações relativas aos concorrentes e às propostas

Administração Geral Tributária, em Luanda, aos 12 de Setembro de 2018

O Presidente do Conselho de Administração


Sílvio Franco Burity
(100.695)
16 Quinta-feira
13 de Setembro de 2018

PUBLICIDADE

(400.073d)

REPÚBLICA DE ANGOLA
MINISTÉRIO DO AMBIENTE
GABINETE DE ALTERAÇÕES CLIMÁTICAS

PROCESSO DE SELECÇÃO PARA PROJECTO CUVELAI

O Ministério do Ambiente em parceria com o Programa das


Nações Unidas para o Desenvolvimento e com o financia-
mento do Fundo Global para o Ambiente desenvolvem um
processo de selecção para o projecto “Promoção do desen-
volvimento de resiliência ao clima e reforço da capaci-
dade de adaptação para suportar riscos na Bacia
hidrográfica do Rio Cuvelai” para eleger propostas de tra-
balho para fortalecer o Centro de Previsão do INAMET e do
INRH/GABHIC..

Os proponentes deverão solicitar os Termos de Referência


(TdR) e remeter as propostas de acordo com o TdR para:
seleccao.meteorologia@gmail.com. Propostas serão rece-
bidas de forma contínua a partir da primeira publicação deste
anúncio no Jornal de Angola. A selecção e contratação de pro-
postas começarão no dia 28 de Setembro de 2018.
(15.442) (15.441)
Quinta-feira
13 de Setembro de 2018 17
PUBLICIDADE

(100.652)
18 NECROLOGIA Quinta-feira
13 de Setembro de 2018

FALECEU FALECEU CONDOLÊNCIAS CONDOLÊNCIAS

SIMÃO MATEUS PAULO

É com muita dor e pesar que, o Comité Municipal do Partido de Luanda


tomou conhecimento do passamento físico do camarada SIMÃO MATEUS
PAULO, membro da Comissão Executiva e Chefe da Secção Municipal
de Auditoria da Comissão de Disciplina e Auditoria do CMPL, ocorrido
dia 11 de Setembro de 2018, na Província de Benguela. O camarada Simão
Mateus Paulo era um militante de vanguarda, fervoroso, coerente,
vigilante, cumpridor dos seus deveres estatutários, dinâmico, com
TERESA CELESTINO PEREIRA CARMONA JOÃO LEONILDO FERNANDES expressivo sentido de missão, por isso, exemplar no trabalho político-
partidário. Neste momento de dor e consternação o Secretariado da
BRAVO (Tio Carmona) MACAMO CASALE Comissão Executiva do Comité Municipal do Partido de Luanda, em
nome dos militantes, amigos e simpatizantes, verga-se perante a sua
Celestino João Armando (esposo) e a Maria, Emília, João, Feliciana, Isaías, O Conselho de Administração e o colectivo alma e apresenta à família enlutada, os sinceros sentimentos de pesar.
família de TERESA CELESTINO PEREIRA Lucrécia, Pedro, António, Guliana, Celina, de trabalhadores da RNT-EP comunicam Que a sua alma descanse em paz. (15.545)
BRAVO comunicam o seu falecimento, Lukénia Carmona (filhos), netos, noras a todos os trabalhadores o falecimento
ocorrido no dia 10/9/2018, por doença. e genros comunicam o falecimento de de LEONILDO FERNANDES MACAMO FALECEU
O funeral realiza-se hoje, quinta- feira, CARMONA JOÃO (Tio Carmona), ocorrido CASALE, trabalhador da RNT-EP / DEP,
13/9/2018, pelas 11h00, no cemitério de no dia 11/9/2018.O funeral realiza-se ocorrido em Luanda, no dia 8/9/2018.
Sant'Ana, precedido de Missa de corpo hoje, dia 13/9/2018, às 10h00, saindo o À família enlutada as mais sentidas con-
SIMÃO MATEUS PAULO
presente na Igreja Nª Sª de Fátima (ex- cortejo fúnebre da sua residência, no dolências. (15.525a)
São Domingos), às 8h30. (15.517) Bairro Cassequel do Buraco, Rua 61, para Gerson Paulo, Celma Paulo, Ana Carina Paulo, Josemar Paulo,
o cemitério de Sant´Ana. (15.479) Telma Paulo, Leonardo Paulo, Tiago Paulo, Marciluna Paulo,
Kelson Paulo, Daice Paulo, Creusa Paulo, Carina Paulo, Lumarce
Paulo (filhos) cumprem o doloroso dever de comunicar o
CONDOLÊNCIAS RECORDAÇÃO RECORDAÇÃO falecimento do seu pai SIMÃO MATEUS PAULO. O funeral rea-
liza-se hoje, quinta-feira, 13/9/2018, partindo o préstito fúnebre
do Velório Provincial de Luanda (Sant'Ana), para o cemitério
do Alto das Cruzes, às 11h00. (15.546)

MISSA

SIMÃO MATEUS PAULO FERNANDO MANUEL BRANCA AGOSTINHO MARIA ROSA FERREIRA DE BRITO
(Nandinho) MONTEIRO (Tia Branca)
O Conselho de Administração e o colectivo
de trabalhadores da RNT-EP comunicam Passaram-se 365 dias, mas os nossos Mãe, é com muita dor e tristeza que te Vicência Ferreira de Morais de Brito, Ângela Maria Morais de Brito
a todos os trabalhadores o falecimento do olhos continuam a jorrar lágrimas e os recordamos neste dia 13/9/2018, que Augusto, Carlos Manuel Ferreira de Brito, Rosinda Maria Ferreira de
senhor administrador SIMÃO MATEUS nossos corações não conseguem suportar completou 1 ano do teu passamento Brito, Sandra Marisa Ferreira de Brito, Antónia da Conceição Ferreira de
PAULO, membro do Conselho de Admi- a tamanha dor!...Esperamos, que onde físico. Recordam-te Domingos (esposo), Brito, Agnelo Ferreira Morais de Brito, (filhos), Lizeth Guimarães Rodrigues
nistração, ocorrido em Benguela, no dia estiveres, continues a velar por nós. Domingas, Esperança, Dadão, Joana, do Nascimento, Noela Fernanda Rodrigues Guimarães (irmãs), genros,
11/9/2018, por doença. Neste momento Recordam-te a tua esposa, filhos, mãe, Teresa, Branquinha, Minguito, Augusta, noras, netos, bisnetos e demais familiares convidam os parentes e
de dor e de profunda consternação, o Con- irmãos, primos, tios, sogros, cunhados Toy, Sara, Silva, Lizete, Jane e Daniel amigos para a Missa do 30º Dia, por intenção à alma de MARIA ROSA
selho de Administração e o colectivo de e amigos. (15.535) (filhos), irmãos. Que a tua alma descanse FERREIRA DE BRITO, que se realiza no dia 15/9/18, sábado, pelas 7h00
trabalhadores endereçam à família enlutada em paz junto do Senhor. (15.528) da manhã, na Igreja da Sagrada Família. Agradecem, antecipadamente,
os sentimentos de pesar. (15.525) a todos que se dignarem assistir a este piedoso acto. (15.564)

MISSA RECORDAÇÃO FALECEU AGRADECIMENTO

ARISTIDES FERREIRA DA CONCEIÇÃO


(Zigurá)

As família Ferreira da Conceição e Borges vêm, por este meio,


agradecer a todos os familiares e amigos, que directa ou indi-
rectamente, se manifestaram solidários com a dor da família,
pelo falecimento de ARISTIDES FERREIRA DA CONCEIÇÃO
(Zigurá). Que a sua alma descanse em paz junto do Senhor.
FERNANDO MANUEL MANUEL JACOB SIMÃO MATEUS PAULO (15.581)
(Nandinho)
As famílias Gonçalves, Manuel, Campos, Papá, como te tratávamos carinhosamente. Gerson Paulo (filho), Tatiana Serrão
Gonga e Quizela esperam que Deus Pai- Hoje seria dia de festa e alegria, seria o (nora), Karson Paulo e Haiden Paulo
Todo-Poderoso os console. Por isso, teu 70º Aniversário. Já não estás presente (netos) têm o doloroso dever de comunicar
rezaremos uma Missa em sua memória para te desejarmos feliz aniversário. o falecimento de SIMÃO MATEUS PAULO, FALECEU
hoje, dia 13 de Setembro de 2018, às Recordam-te a tua esposa, filhos e netos. ocorrido dia 11 de Setembro de 2018, por
18h00, na Paróquia de Nossa Senhora (15.464) doença. O funeral realiza-se hoje, dia
SIMÃO MATEUS PAULO
de Fátima (ex. São Domingos). 13 /9/2018, no cemitério do Alto das
(15.535a) Cruzes, em hora a anunciar. (15.552)
Sandra Jaime (esposa), Gerson Paulo, Celma Paulo, Ana Carina
Paulo, Lukeny Paulo, Thelma Paulo, Kelson Paulo, Dayce Paulo,
Tiago Paulo, Leonardo Paulo, Marciluna Paulo, Creusa Paulo e
Lumarce Paulo (filhos), Karson Paulo, Jorge Martins e Haiden
FALECEU FALECEU FALECEU Paulo (netos) cumprem o doloroso dever de comunicar o
falecimento de seu pai e avô, SIMÃO MATEUS PAULO, ocorrido
dia 11 de Setembro de 2018. O funeral realiza-se hoje, dia 13 de
Setembro de 2018, às 11h00, saindo o préstito fúnebre do Velório
do GPL, para o cemitério do Alto das Cruzes. (15.583a)

CONDOLÊNCIAS

SIMÃO MATEUS PAULO PEDRO GAMELA FREITAS SIMÃO MATEUS PAULO SIMÃO MATEUS PAULO

Com dor e consternação, partiu para a Feliciana Catarina Freitas (esposa), João, As famílias Octávio da Silva Cruz e Ferrão Foi com profundo pesar que José Alberto Domingos (JAD) e
eternidade um pai, avô, amigo e con- Ginete, Sérgio, António, Humberto e da Silva Cruz cumprem o doloroso dever esposa, Luís Alongo Galiano e esposa, Eugénio da Conceição
selheiro sempre presente. A ti, SIMÃO Júnior (filhos), Suzana e Ricardo (irmãos), de comunicar o falecimento de SIMÃO Correia e esposa, Paulo Bartolomeu e esposa tomaram conhecimento
MATEUS PAULO, o nosso amor e carinho. César, Edite, Júlia (sobrinhos) e demais MATEUS PAULO. O funeral realiza-se do falecimento de seu compadre e amigo SIMÃO MATEUS PAULO,
Adeus dono da essência da vida, agra- familiares comunicam o falecimento hoje, quinta-feira, 13/9/2018, partindo ocorrido no dia 11 de Setembro de 2018, em Benguela. Neste
decemos à tua passagem pelas nossas do Dr. PEDRO GAMELA FREITAS, ocorrido o préstito fúnebre do Velório Provincial momento de dor e luto, curvam-se perante a sua memória e
vidas. Que a tua alma descanse em paz. dia 10/9/2018, pelas 9h00. O funeral de Luanda (Sant'Ana), para o cemitério expressam à família enlutada os seus mais sentidos pêsames.
Dos filhos, netos, noras e genros. Eterna realiza-se, quarta-feira, dia 19/9/2018, do Alto das Cruzes, às 11h00. (15.583b)
saudade. (15.565) no cemitério de Sant'Ana, em hora a (15.546a)
indicar. (15.579)
SERVIÇO NECROLÓGICO: DIAS ÚTEIS DAS 8H ÀS 18H, SÁBADOS, DOMINGOS E FERIADOS DAS 9H ÀS 14H
Quinta-feira
13 de Setembro de 2018 19
NECROLOGIA

FALECEU FALECEU FALECEU FALECEU FALECEU

SIMÃO MATEUS PAULO SEBASTIANA JOSÉ SEBASTIANA JOSÉ SEBASTIANA JOSÉ QUINDUA MANUEL
DOMINGOS DA SILVA DOMINGOS DA SILVA DOMINGOS DA SILVA FRANCISCO
Os familiares de SIMÃO MATEUS PAULO Maria Afonso Pascoal (mãe), Albano da Silva A família Maria Afonso Pascoal cumpre Neyde, Engrácia, Augusta, Zita, Amélia e O Conselho de Administração da Unicargas
comunicam que o seu funeral se realiza (esposo), Engrácia, Augusta, Zita, Amélia o doloroso dever de comunicar o fale- Maninho (irmãos), Amália, Ana, (tias), Maura e o colectivo de trabalhadores comunicam
hoje, dia 13 de Setembro de 2018, partindo e Maninho (irmãos), Maura da Silva, Ciara cimento de SEBASTIANA JOSÉ DOMIN- da Silva, Ciara da Silva, Domingos Silva, Gui- o falecimento de QUINDUA MANUEL FRAN-
o préstito fúnebre do Velório Provincial da Silva, Domingos Silva, Guilherme da GOS DA SILVA. O funeral realiza-se lherme da Silva, Banilza e Lucala (filhos), CISCO,ocorrido no dia 10/9/2018, por doença.
de Luanda( Sant'Ana), para o cemitério Silva, Banilsa e Lucala (filhos) e demais amanhã, dia 14 de Setembro de 2018, Alfredo, Luizinha, Jandira, Mila, Vado, Dudu, Neste momento de consternação, associam-
do Alto das Cruzes, às 11h00. familiares cumprem o doloroso dever de pelas 10h00, no cemitério de Sant'Ana. Danilson e Celma (sobrinhos) comunicam se à família por esta grande perda. O funeral
(15.565a) comunicar o falecimento de SEBASTIANA (15.582a) o falecimento de SEBASTIANA JOSÉ DOMIN- realiza-se hoje, 13/9/2018, às 9h00, saindo
JOSÉ DOMINGOS DA SILVA. O funeral rea- GOS DA SILVA. O funeral realiza-se amanhã, da sua residência, sita no Zongo II, junto à
liza-se amanhã, dia 14/9/2018, às 10h00, dia 14/9/2018, às 10h00, no cemitério de Agência da Unitel, para o Cemitério Municipal
no cemitério de Sant'Ana. (15.582) Sant'Ana. (15.586) de Viana, às 10h00. (15.584)

PUBLICIDADE

NOTA EDITAL

A Administração Geral Tributária (AGT) vem pela presente so-


licitar a comparência da Sr.ª Isabel Isaura Sebastião Min-
gas, nas horas normais do expediente, junto da Direcção dos
Recursos Humanos, sita na Rua Teresa Afonso n.º 2, Luanda,
Angola, no prazo de 05 (cinco) dias úteis, a contar da data da
publicação da presente nota, a fim de tratar de assuntos de
seu interesse.

ADMINISTRAÇÃO GERAL TRIBUTÁRIA, em Luanda, aos 12


de Setembro de 2018.

A DIRECÇÃO DE RECURSOS HUMANOS


(100.691a)

(100.692)
20 Quinta-feira
13 de Setembro de 2018

Radical Investiments (pty) Ltd. t/a


PUBLICIDADE

Flui melhor Connosco REPÚBLICA DE ANGOLA


MINISTÉRIO DA JUSTIÇA E DOS DIREITOS HUMANOS
Um ISO 9001:2015 empresa certificada
Um inovativo e confiável parceiro em reticulação de águas de esgoto e soluções de armazenamento
2ª CONSERVATóRIA DO REGISTO CIVIL DA COMARCA DE LUANDA

EDITAL
MARIA DA CONCEIÇÃO DE OLIVEIRA, CONSERVADORA DESTA CONSERVATóRIA DO RE-
GISTO CIVIL DA COMARCA DE LUANDA.

CERTIFICA qUE, corre seus termos nesta Conservatória, um Processo de Aquisição de Nacionalidade
Angolana por Casamento, em que é requerente: ZAIDA BÁRBARA INCLÁN ZALDIVAR, casada, de
sessenta anos de idade, nascida aos 28 de Janeiro de 1958, natural de Havana-República de Cuba,
filha de Leonel Nicolás Juan Inclán Gurdiel e de Hortência Zaldivar, portadora do Passaporte n.º
I859724, emitido pela Direcção Nacional de Emigração Estrangeiros de Cuba-Havana aos 23 de De-
zembro de 2015, e do Cartão de Estrangeiro Residente n.º 0002698B02, emitido pelo Serviço de Mi-
gração e Estrangeiro da República de Angola, aos 20 de Dezembro de 2013, residente em Luanda,
Distrito Urbano da Ingombota, Bairro Cruzeiro, Rua do Massangano.
Nos termos do disposto na lei 2/2016 de 15 de Abril e por força do regulamento da Lei da Nacionali-

(100.676)
- Feito 100% de Polietileno virgem. dade, são convidadas todas as pessoas certas e incertas a deduzirem a oposição que julgarem con-
- Disponível em 120, 240, 1100 Lts de capacidade. veniente contra a requerente no prazo de quinze dias, a partir da data de afixação do presente Edital.
- Forte, resistente e durável E para constar se lavrou o presente Edital que será afixado nos lugares designados por lei.
LUANDA LOBITO
FLO-TEK Tubos e Irrigações FLO-TEK Tubos e Irrigações
Segunda Conservatória do Registo Civil de Luanda, aos 25 de Maio de 2018.
Estrada de Catete, Km 22,PIV Viana
Luanda, Angola
ANGOLA Zona Industrial do PDIC, Phasse-I
Estrada Lobito-Catumbela
Lobito, Angola A CONSERVADORA
Cell: +244 946 387 960/61 Cell: +244 946 387 963/64
E-mail: salesflotek@gmail.com Website: www.flotekafrica.com E-mail: floteklobito@gmail.com Maria da Conceição de Oliveira (15.418)

PRECISA-SE
REPÚBLICA DE ANGOLA
ABANDONO DE TRABALHO ▬▬▬■■■■■▬▬▬
MINISTÉRIO DA ECONOMIA E PLANEAMENTO
Assistentes Operacional de Logística e Transportes,
A NOVAIRMOV TRANSITÁRIOS, LDA com sede INSTITUTO NACIONAL DE APOIO ÀS MICRO,
PEqUENAS E MÉDIAS EMPRESAS
Secretária Administrativa, Gestores de Marketing e Vendas,
Técnicos Médios de Agricultura e Assistentes de Vendas.
na rua Mortala Mohamed, Ilha do Cabo Casa, do
Desportista, 1.º andar Esq., Apartº. N.º 310/312,
PEDIDO DE COMPARÊNCIA Empresa de Direito Angolano pretende recrutar profissionais, para
em Luanda, comunica ao Senhor HAMILTON completar o seu quadro de pessoal a nível nacional:

CARLOS LOURENÇO CACULO, que se encontra O INAPEM-Instituto Nacional de Apoio às Micro, Pequenas e
Requisitos: 1. (2) Assistentes Operacional de Logística e Trans-
em situação de abandono de trabalho há mais de Médias Empresas, pede a comparência com maior urgência nas
portes, com 2 anos de experiência;
suas instalações, sitas na Avenida 4 de Fevereiro, Marginal, Edi-
30 dias. fício n.º 83ª, das Empresas abaixo descritas, a fim de tratarem 2. (1) Secretária Administrativa, com experiência de 2 anos;
de assuntos do seu interesse, devendo para o efeito contactar o 3. (2) Gestores de Marketing e Vendas, com experiência compro-
Igualmente, informamos que deve comparecer nos INAPEM, no prazo de Oito (8) dias, a contar da data da presente vada;
próximos dois dias úteis após esta publicação, de- publicação. 4. (2) Assistentes de Vendas, com experiência comprovada;
5. (2) Técnicos Médio de Agricultura, com 2 anos de experiência;
vendo justificar documentalmente a sua ausência - MELIK
e da impossibilidade de ter cumprido a obrigação - PREATEC Os interessados deverão submeter as suas candidaturas, acompa-
de informar da mesma, sob pena ao abrigo do ar- - AJUFIL nhado dos seus C.V, B.I e Certificado de Habilitação, até ao dia 14
- O SOL É ESSENCIAL- DISTRIBUIÇÃO, LDA Setembro do presente ano.
tigo 229.º da alínea c), da Lei Geral de Trabalho,
Email: pecar_angolarh2018@hotmail.com (+244) 935 40 48 23
efectivar- se o Abandono de Trabalho. Luanda, aos 13 de Agosto de 2018.
Pela Empresa
O Presidente do Conselho de Administração
A DIRECÇÃO ADMINISTRATIVA Rodolfo Simão Mendes
“Resp. de Recursos Humanos”
(15.425) (15.091) (15.437)
António Francisco de Assis

YOKOGAWA AFRICA HOLDING BV


UNIÃO EUROPEIA
"Sucursal de Angola"
DELEGAÇÃO DA UNIÃO EUROPEIA
NA REPÚBLICA DE ANGOLA

DEPARTAMENTO DE RECURSOS HUMANOS Yokogawa - Empresa multinacional de automação in-


dustrial, procura recrutar um Eng. Sistemas de Con-
trole para trabalhar em Angola – Offshore
ANÚNCIO DE VAGA
PEDIDO DE COMPARÊNCIA
ESCRITURÁRIO DE CONTABILIDADE(M/F)
• Licenciatura em Engenharia/ Formação técnica em
Requisitos:
O Departamento de Recursos Humanos da ALFA 5, controle de processos de instrumentação.
AGENTE LOCAL GRUPO 3
solicita a comparência nas suas instalações e nas • Experiência comprovada em projectos, DCS, SCADA, SECÇÃO ADMINISTRAÇÃO
horas normais de expediente, do Sr. Inspector n.º PLC ou SIS; Mínimo 5 anos de experiência em am- REF: DELAGO-04-2018
biente de automação industrial e controle de processos
614 Almeida Zacarias, para tratar de assuntos do Data Limite das candidaturas: 8 de Outubro
industriais preferencialmente no sector dos petróleos.
seu interesse, no prazo de (05) dias úteis, a contar • Espírito de liderança, profissionalismo, organização, de 2018.
da data da publicação deste anúncio (10/9/2018). proactivo e trabalho em grupo (Offshore).
Findo os quais será considerado em situação de
Remuneração: Competitiva com base nas qualifica-
Os requisitos completos devem ser exclusi-
abandono de trabalho nos termos do nºs 1 e 2, alí- ções e experiência. vamente obtidos na secção emprego do
nea c) e n.º 3 do Art. 229.º da LGT. site:
Os candidatos devem enviar o CV em Inglês, via e-
mail: recruitment@ao.yokogawa.com até ao dia http://eeas.europa.eu/delegations/angola
Luanda, aos 10 de Setembro de 2018.
1/10/2018.
Tomáš Uličný
A Chefe de Departamento de Recursos Humanos • Somente serão contactados os candidatos que reunirem
Ermelinda Tavares os requisitos necessários.
Embaixador
(15.439) (15.468) (15.254)
Quinta-feira
13 de Setembro de 2018 21
PUBLICIDADE

(15.421)

EMPRESA NACIONAL DE DISTRIBUIÇÃO DE ELECTRICIDADE - EP

CONCURSO PÚBLICO
N.º 006/DTI/2018
A Empresa Nacional de Distribuição de Electricidade – EP vem tornar público, 2. Informações relativas aos concorrentes e às propostas
nos termos do disposto no n.º 1 do artigo 69.º e do anexo VI , da lei n.º 9/16 de 2.1 Documentos de habilitação conforme programa do concurso.
16 de Junho, Lei dos Contratos Públicos, que está aberto o Concurso Público,
para ”Expansão do sistema de comunicações rádio UHF da ENDE-EP”. 3. Critério de adjudicação: Proposta economicamente mais vantajosa, tendo
em conta os factores enunciados nas peças do procedimento.
1. Entidade Pública Contratante (EPC)
1.1 Designação: Empresa Nacional de Distribuição de Electricidade – EP
4. Processo
1.2 Endereço: São Paulo, Rua Cónego Manuel das Neves, n.º 234/ Luanda
1.3 Telefone: 222 641706 Ext: 10021; Ext: 10025; Ext: 10027 4.1 Condições para obtenção das peças do procedimento:
1.4 Correio electrónico / Endereço internet (URL): nep.dti@ende.co.ao / 4.1.1 Prazo para recepção de pedidos das peças do procedimento ou para
www.ende.co.ao. aceder aos documentos: 14 dias após primeira publicação do concurso.
1.5 Tipo de entidade contratante e suas principais actividades: Empresa 4.1.2 Preço e condições de obtenção das peças do procedimento: AOA
Pública do Sector Eléctrico. 50.000,00 (Cinquenta Mil Kwanzas).
4.2 Prazo para apresentação das propostas: 30 dias após primeira publica-
2. Informações relativas ao contrato ção do concurso.
Designação dada ao contrato pela EPC: Contrato de Fornecimento e Presta- 4.3 Valor da caução definitiva: 15% do preço global da proposta.
ção de Serviços para Implementação da expansão do sistema de comuni-
cação rádios UHF na ENDE-EP”. 5. Informações Complementares.
2.1 ENDE-E.P. Tipo de contrato: Aquisição de Bens e Serviços
2.2 Local da prestação dos serviços: Luanda Toda a informação sobre o concurso deverá ser adquirida na Direcção de Tec-
2.3 O concurso implica a celebração de um contrato público: Sim. nologias de Informação da ENDE-EP, no endereço referenciado no ponto 1
2.4 O Concurso está aberto à participação estrangeira: Sim. deste anúncio.

Breve descrição das prestações objecto do contrato: Implementação da EMPRESA NACIONAL DE DISTRIBUIÇÃO DE ELECTRICIDADE, em Luanda,
expansão do sistema de comunicações rádio UHF da ENDE-EP” em algu- aos 7 de Setembro de 2018.
mas Subestações Eléctricas de Luanda.

1.1 ENDE-E.P. A PRESIDENTE DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO


1.2 Prazo de execução do contrato: 6 Meses de implementação e 12 meses
RUTH CARDOSO DE ALMEIDA SAFECA
adicionais de manutenção.
(15.503)
22 Quinta-feira
13 de Setembro de 2018

PUBLICIDADE

PEDIDO DE COMPARêNCIA
O Banco Sol, S.A., serve-se da presente para solicitar a comparência no prazo de 8 dias, dos clientes abaixo indicados, a fim de tratarem de assuntos do seu interesse, devendo para
o efeito contactar às Direcções Jurídica e de Gestão e Recuperação de Crédito, nas suas instalações, sitas em Luanda, Edifício Sol, Rua Lourenço Mendes da Conceição, n.º 7.

NOME DO CLIENTE SÓCIOS NIF


Calibre 45 Empresa de Segurança, Lda Salvador José Agostinho da Silva 5403086749
Organizações Domingos Belize, Lda Carlos Maria Domingos Bumba 5417019020
Jotdol Comercial, Lda Carlos Mário Casimiro Martin, Apolinário José António e Ivandro Ferreira da Costa Lopes 5401166850
Cambambi Soc. Agro Pec. e Indústria, Lda Armando Kossocubi da Rosa 5402127280
Organizações Rio Zenza Abreu Manuel 5402121206
Atlantic Block Factory António Luís Teixeira Jaco, António A. Rodrigues de Figueiredo e Afonso Manuel Rodrigues Cascão 5417044776
Cezanne, Designers César A.C Monteiro 5403084169
LSR, Transportes Pedro Augusto Saraiva da S. de Figueiredo 2007031300
Bensil, Limitada Alberto Fernandes Airosa de Carvalho e Maria João Bento 5401135360
Mil Opções, Lda Isabel Maria da Flores Eianga e Larissa Chiola Rosa José 5417142638
Prisma Comercial, Limitada Gualter Caldeira de Morais e Castro, Jorge Manuel Alegre Gonçalves 5401128649
Copcan- Com. Panif. e Combustíveis Maria Teresa Barros de Carvalho 5111015469
Organizações VJC Viriato de Jesus Cardoso 2402159251
Cruzeiro Austral João Paulo Borges de Sousa (Paul de Sousa) 2401355871
Prodis Comércio e Indústria, Lda Víctor Manuel Gomes Neves Sanches, Helena Sofia Rocha Dionísio 5417114600
Angellus Empreendimentos Turismo Imobiliária, Lda José Mulumba 5403092587
Snack Bar Ca Te Quero Teresa Victorino Eliot 2401326430
Trimuralha Construções, Lda. Adalberto da Silva Milagre 5417017671
Ferro Velho da Praia Morena Manuel Mateus Kalumbu, Daniel de Jesus Ferreira 5112160578
FMJ Trading, Lda. Gabriel Tuapita Fausto João 5417006739
Padaria e Pastelaria Mikana, Lda. Eduardo Pedro David de Carvalho Simões 5401138865
Moalve, Lda José Alberto Miguel, José Almeida Francisco e Mário Jorge Rodrigues Veiga 5171164592
VAAF Empreendimentos S.A Jorge Duarte da Silva Cardoso, Runa Amália Monteiro da Fonseca Lima, Viola José Quitembo, Bernabe Bernardo Viola, e Yuri Camara Pires Teixeira 5417094323
Betohobies Comércio e Indústria Serviços, Lda Carlos Alberto Rocha Pinto 2402071214
Novilp Faustino Sandjala, João Manjor 5112002840
JAE Comércio Geral, Lda. Jeremias Firmino Eduardo 5402145903
Gelson Marcolino e Filhos, Lda. Gelson Marcolino Duarte João 5417249750
SOFOFE, Lda Fernando Manuel Benjamim de Sousa Júnior 5131013844
(15.208)

PEDIDO DE COMPARêNCIA

COMUNICADO
O Banco Sol, S.A, solicita a comparência no prazo de 8 dias, dos clientes abaixo indicados, a fim de tratarem de
assuntos do seu interesse, devendo para o efeito contactar às Direcções Jurídica e de Gestão e Recuperação de

DEPARTAMENTO DE RECURSOS HUMANOS


Crédito, nas suas instalações, sitas em Luanda, Edifício Sol, Rua Lourenço Mendes da Conceição, n.º 7.

Nome do Cliente Nº B.I/Passaporte


Comunica-se a todos os ex-trabalhadores das extintas Lojas da Rede Poupalá, que está em curso o pagamento das Nelma Patrícia Fragoso Domingos..................................................................................................000341455LA039
Remunerações Obrigatórias, por Cessação dos Contratos de Trabalho, ao abrigo do Despacho Governamental n.º Mário Bruno da Silva Neto..............................................................................................................001645099LA030
1107/14 da então Sr.ª Ministra do Comércio Dr.ª Rosa Escórcio Pacavira de Matos, datado de 8 de Abril de 2014, Gemildo Nino Gomes......................................................................................................................001247189LA035
conforme o Cronograma de pagamentos, abaixo descriminado: Lizete Maria de Sousa A. F. Silva e Neto...........................................................................................000507662LA030
Baltar Araújo Ferreira Martins (ex-Trabalhador da Coca- Cola)........................................................000527517HO032
Francisca da Conceição Prado Paim (ex-Trabalhadora da TAAG)................................................003713270LA030
Vivaldo Miguel Bombarda Ramos.....................................................................................................000083537LA030
Baltazar Estêves Fortunato.............................................................................................................000008555BO012
António Manuel Figueiredo...............................................................................................................000702458LA030
António do Rosário de Fátima Bartolomeu....................................................... ................................000255512KN036
Ilda Maria B.F.P. Resende Lomba.....................................................................................................000152901LA037
Luís Filipe Nunes Lomba................................................................................................................................081297
Maria Ermelinda Francisco Ligeiro.................................................................................................000201517LA030
Valdemiro Almeida da Luz...............................................................................................................000195949LA015
Jofre Hortêncio de Andrade L. da Silva..........................................................................................000113217LA018
Arlete Nangassole Tomás Luiele Isaac..........................................................................................002490161M0039
Carlos Emanuel dos Reis Rodrigues................................................................................................002587759LA032
Pedro Francisco Sebastião............................................................................................................000014252LA029
Joaquim Daniel Mukuendje............................................................................................................002228979BA032
Mimoso Pedro Monteiro..................................................................................................................000038951LS025
Osvaldo Byller Socola Ventura.......................................................................................................000574541BE035
João Manuel Santos.......................................................................................................................000574541BE035
Neusa Patrícia António Narciso......................................................................................................001638416LA030
António Francisco Breganha...........................................................................................................000048866KN034
Lúcia Bernarda da Silva..................................................................................................................000671685LS034
Lúcia Coleta Cimanga Bernardo.......................................................................................................000574070LN035
José Maria Barroso dos Santos........................................................................................................000155981LA015
Cardoso Tshimanga Kadiangu...................................................................................................................NO252383
António Bernardo da Silva...............................................................................................................000030980LA018
Josefina António Vieira Dias Pacavira............................................................................................000023505KN022
Arménio Gonçalo Mateus André.....................................................................................................000067595LA026
Costa Canda Tavares Correia.........................................................................................................000616584ME030
Nicodemo Mateus Diogo.................................................................................................................000094410LA035
José do Rosário Madeira Caiombe................................................................................................002629309KS034
António Carlos Pereira de Macedo................................................................................................001330150BA033
Raquel Elizângela Curado Moura....................................................................................................000184103LA018
Elsa Maria Nascimento Vilhete...........................................................................................................000115938LA032
Alberto Maria Sabino.......................................................................................................................000006227ZE021
Sozinho Augusto Monteiro..............................................................................................................001897705KN034
Gilchrist Bento Cabinda Adolfo.......................................................................................................000079349BE037
José Domingos Roque de Oliveira....................................................................................................000007951BA026
Maria Helena Dias Panzo Joaquim.................................................................................................000053247LA028
Departamento de Recursos Humanos do Entreposto Aduaneiro de Angola - E.P., em Luanda, 28 de Agosto de 2018. Xavier António Tchisanga...............................................................................................................000456771HO039

O Assessor e Coordenador do Departamento de Recursos Humanos


Rui Cláudio Rodrigues Vilar...........................................................................................................000360126HO031

Felício Alves Ferreira de Castro


Maria Morais Pontes......................................................................................................................000100949LA030
(100.677) (15.208b)
REGIÕES Quinta-feira
13 de Setembro de 2018 23
EDUCAÇÃO NO CUANDO CUBANGO APOIO A FAMÍLIAS CARENTES NO BIÉ
CONTREIRAS PIPA
Breves Centros de Acção Social
HUÍLA SEM MANUAIS
PARA A ALFABETIZAÇÃO
A falta de manuais de apoio
para a alfabetização nos
com muitas dificuldades
módulos I, II e III está a
condicionar o normal A falta de técnicos, dinheiro redes de protecção da criança
seguimento do processo na e meios de trabalho estão a e de saneamento total lide-
província da Huíla, já que dificultar o pleno funciona- rado pela comunidade.
desde 2014 que o programa mento dos Centros de Acção Dados provisórios apontam
deixou de recebê-los da Social Integrados (CASI) nos para o registo de 1.573 pessoas
entidade nacional, municípios de Catabola e em situação de vulnerabili-
informou, no Lubango, Chinguar, na provincial do dade no município do Chin-
o coordenador local. Bié, abertos no passado mês guar, das quais 779 idosos a
Sachipengo considerou de Junho, segundo um comu- necessitarem de atendimento
ser uma “dor de cabeça” a nicado da instituição. alimentar urgente. No muni-
questão de manuais, pois A formação dos activistas cípio de Catabola, o CASI tem
a última vez que receberam em matérias ligadas à infor- registadas 2.271 pessoas, das
da direcção nacional foi em mação e gestão do Sistema de quais 1.119 são crianças regis-
2013, cerca de 12.900 Acção Social, falta de internet tadas à nascença.
módulo I, bem como 12.912 para inserção de dados no Sis- O documento do Gabinete
do II e 30 caixas de manuais tema de Informação e Gestão Provincial da Acção Social
do terceiro módulo. da Acção Social (SIGAS) são, Família e Igualdade do Género
Segundo a fonte, essa cifra igualmente, apontadas como recomenda às Administrações
Autoridades continuam a criar condições para melhorar o processo de ensino na região não cobre o número de as principais dificuldades, a Municipais a fazer contratos
alunos matriculados nos par da falta de cartas ou guias com fornecedores de com-
diferentes módulos, visto dos serviços actualizados das bustíveis e derivados. Quanto
que para o presente ano comunas e a formalização dos aos técnicos, o referido docu-

Candidatos a professores lectivo contam com 21.716


no módulo I, 12.931 para
o II e 18.172 destinados
ao último módulo.
mecanismos de abastecimento
de meios.
A nota dá a conhecer que
o projecto foi financiado pelo
mento recomenda a formação
intensiva em informática na
óptica do utilizador.
A reabilitação dos CASI e

com notas acima da média Para contrapor a situação,


sublinhou, tem-se
recorrido à reprodução dos
manuais, através de cópias,
UNICEF com 32 milhões de
euros, que ainda não estão
disponíveis para a gestão dos
CASI nos referidos municí-
a solução pontual das difi-
culdades, como salário dos
activistas e ajudas de custo
para as equipas municipais,
As mais de 1.200 vagas disponibilizadas estão preenchidas mas nem todos os alunos pios, o que faz com que dos bem como a manutenção das
e muitos aprovados não foram admitidos por falta de lugares têm a possibilidade 19 projectos identificados, viaturas e motorizadas cons-
de o fazer, “beliscando” apenas em cinco estão a ser tam das recomendações.
a qualidade da criados jangos comunitários, João Constantino
Carlos Paulino | Menonguea acrescentando que verifi- candidato teve nos exames aprendizagem. Destacou
FRANCISCO BERNARDO
cou-se, de forma não muito de aptidão, assim como evi- que as aulas são
relevante, casos em que os tar a admissão de candidatos ministradas nas capelas de
As 1.203 vagas que a província valores atribuídos em alguns com notas negativas. “Há igrejas, unidades militares,
do Cuando Cubango benefi- candidatos, tanto apurados quem teve seis valores, mas policiais, penitenciária da
ciou do concurso público da como os não apurados, não que apareceu com a clas- comarca da Huíla, por 1.129
Educação, Ciência e Tecno- correspondiam com a ver- sificação de 16. Uns com 18 alfabetizadores subsidiados
logia foram preenchidas com dade, mas que a equipa téc- valores, mas que na verdade pelo Estado, 13
candidatos qualificados, que nica conseguiu corrigir o tiveram oito”, disse, para supervisores e apoios das
obtiveram notas muito acima que estava mal. acrescentar que houve can- brigadas Deolinda
da média, garantiu, ao Jornal Segundo o director do didatos que fizeram bem a Rodrigues (OMA) e Hoji Ya
de Angola, o director provin- Gabinete Provincial da Edu- prova, mas que lhes havia Henda (JMPLA). De 2014 a
cial do sector. cação, foram encontrados sido atribuída, injustamente, 2017, acrescentou, foram
Miguel Canhime explicou exames em que os candi- uma nota negativa. alfabetizados 98.637 no
que das 1.203 vagas 483 foram datos tiveram 17 ou 15 valo- Fe z s a b e r q u e c o m a módulo I, bem como 51.731
reservadas para professores res, mas que na verdade publicação dos resultados no II e 55.763 no seguinte.
do ensino primário diplo- tiveram notas negativas, definitivos do concurso
mado do 6º escalão, 361 para porque as pessoas que cor- público, os candidatos não
o primeiro ciclo do ensino rigiram as provas colocaram admitidos ou aqueles que ELECTRIFICAÇÃO
secundário diplomado do 6º o número um em frente de se sentem lesados já não DE MASSANGANO
escalão, 40 para o segundo algumas classificações nega- têm o direito de se dirigirem ATRAI CENTENAS
Ângulo do Cuito onde famílias vulneráveis são registadas
ciclo diplomado do 8º escalão tivas, para fazer apurar um à Direcção Provincial do DE INVESTIDORES
e 319 para o segundo ciclo familiar, amigo ou vizinho. Cuando Cubango da Edu- A electrificação da comuna
do 6º escalão. Realçou que para se evitar cação, Ciência e Tecnologia de Massangano, município
“Nós lutamos para que fraudes, antes da correcção para reclamarem, tendo em de Cambambe, província
não perdêssemos nenhuma das provas foram retiradas vista que este processo já do Cuanza-Norte, atraiu, RUPTURA NA CONDUTA
vaga neste concurso público, na folha de exame o lado está encerrado. em 2017, vários
tendo em vista que a pro- que continha os nomes dos “É necessário que a juven- comerciantes e industriais
víncia do Cuando Cubango
ficou mais de cinco anos
sem admitir novos profes-
candidatos. Acrescentou
que os casos das notas fal-
sificadas só aconteceram
tude no Cuando Cubango
tenha calma e se prepare
melhor para o próximo con-
à região, realçou ontem o
administrador local.
Luís Rodrigo João afirmou
Cunene sem dinheiro
sores. Felizmente conse-
guimos concretizar esse
desiderato, graças ao esforço
depois da correcção das pro-
vas, quando foi colada a
parte que continha os nomes
curso público, tendo em conta
que quem não foi admitido
desta vez é porque teve nota
que a chegada, em 2017, da
energia eléctrica da rede
nacional pública à comuna
para sector das Águas
que desempenhamos para dos candidatos. negativa ou idade superior está a impulsionar o sector A Empresa de Águas na pro- rupturas registadas na linha
que o concurso público “Houve candidatos que a 35 anos”. económico, com o víncia do Cunene clama por de transporte de água da
decorresse sem grandes estavam apurados, mas que Miguel Canhime anun- surgimento de pequenos apoio financeiro para resolver subestação de Xangongo à
sobressaltos”, disse o direc- depois da triagem das provas ciou que a Direcção Pro- comerciantes e outros o problema das constantes cidade de Ondjiva.
tor provincial da Educação verificou-se que tiveram vincial da Educação, Ciência investidores. rupturas, que se têm regis- O administrador para a
Ciência e Tecnologia. nota negativa e nas listas e Tecnologia já começou a Disse que, fruto desta nova tado nos últimos tempos na área técnica disse que en-
Miguel Canhime salien- definitivas do concurso recolher os documentos ori- realidade, dois investidores conduta que tira água do rio quanto a empresa não tiver
tou que a maior parte dos público não foram admiti- ginais de todos os candidatos nacionais se encontram, Cunene, em Xangongo, afir- apoio financeiro para se
três mil candidatos que se dos”, disse, acrescentando que foram admitidos neste desde princípios deste ano, mou ontem, na cidade de estancar tal situação, a con-
inscreveram para o concurso que este processo permitiu concurso público, referindo empenhados na Ondjiva, o administrador duta vai continuar a registar
p ú b l i c o d e m o n s t ra ra m também apurar ou admitir que alguns podem ser construção de duas para a área técnica. constantes rupturas e o abas-
competências para ingres- alguns candidatos que na excluídos caso apresentem fábricas de processamento Evangelisto Camati disse tecimento de água à província
sarem no sector da Educa- primeira lista apareceram documentos falsos, sobre- de tomate, na sede que,fruto das constantes estará limitado.
ção , o q u e fez c o m q u e como reprovados, mas que tudo o certificado de habi- comunal e na aldeia do rupturas,nos últimos dias Evangelisto Camati disse
alguns, com notas positivas, quando realizou-se a nova litações literárias. Kiombe, para o entre as localidades de Mon- que todos os esforços estão
não fossem admitidos, por correcção das provas veri- Destacou que os candi- aproveitamento do gua e a sede provincial, o a ser desenvolvidos para se
causa do número de vagas. ficou-se que os mesmos datos devem apresentar o potencial agrícola da abastecimento de água cana- reparar as rupturas que se
Uma equipa técnica do haviam sido injustiçados. certificado original da cópia região. Sem adiantar mais lizada aos habitantes de Ond- registaram na semana pas-
Ministério da Educação fez Referiu que foi graças à que entregaram para se can- pormenores sobre a jiva e localidades vizinhas é sada na conduta de transporte
a triagem de todas as provas, comissão envidada pelo d i d ata re m ao c o n c u rs o execução destes projectos, feito com limitações. de água. O responsável atri-
para analisar se houve qual- Ministério da Educação que público e que, caso apre- sublinhou que, uma vez De acordo com Evange- buiu as constantes rupturas
quer irregularidade na cor- foi possível analisar todas sentarem um outro e com concluídos, vão gerar listo Camati, a falta de infra- às condições do terreno onde
recção dos exames, as provas para se apurar a assinatura e notas diferentes, centenas de postos de estruturas por baixo da con- passa a conduta.
sublinhou Miguel Canhime, nota verdadeira que cada também serão excluídos. trabalho directos. duta está na origem das três Adelaide Mualimusi
24 SOCIEDADE Quinta-feira
13 de Setembro de 2018

NÚMERO DE ACIDENTES CRESCE DIARIAMENTE EM MALANJE EMPREENDEDORISMO


SANTOS PEDRO | DIÇÕES NOVEMBRO
Homicídio LARDEF aposta na
HOMEM MATA ESPOSA
E PÕE FIM À SUA VIDA
O comerciante que em vida
atendia pelo nome Firmino
Tchangalala, 46 anos,
criação de negócios
matou a tiro, na noite de No âmbito da implementa- Os meios entregues ao
segunda-feira, dia 10, a sua ção de microprojectos, gera- grupo contemplado foram
esposa identificada por dores de rendimento a favor adquiridos através de fundos
Rosa Nangolo “China”, 43, das pessoas com deficiência que a associação recebe do
supostamente por nas comunidades, a Liga de Estado, na sua qualidade de
questões passionais e de Apoio à Reintegração de Pes- instituição de utilidade pública,
seguida suicidou-se, no soas com Deficiência (LAR- desde 2017.
bairro Santo António, DEF) procedeu ontem, em A Liga de Apoio à Reinte-
arredores da cidade do Luanda, à distribuição de gração de Pessoas com Defi-
Lubango, província da kites profissionais a 20 asso- ciência já contemplou 65 pes-
Huíla. ciados residentes na área soas, dos quais 50 em Luanda
Floriano Mole, vizinho, urbana da capital. e 15 em Benguela. Neste último
disse ao Jornal de Angola Enquadrada no programa trimestre, a associação vai
que, depois de ouvir de integração económica, a seleccionar mais um grupo
disparos de arma de fogo, entrega dos kites profissionais de associados residentes
provenientes do interior da servirá para apoiar a criação naquela província do cen-
casa destes, minutos de pequenos negócios para as tro-sul de Angola.
depois, um dos filhos das pessoas com deficiência, com Elisa Suzana disse que a
vítimas, bateu à sua porta o objectivo reduzir a fome e Liga de Apoio à Reintegração
com fortes gritos, à pobreza no seio desta camada de Pessoas com Deficiência
clamando por socorro. da população angolana. é parceira do Estado, com
“Da forma estrondosa e Com a entrega dos uten- quem trabalha há mais de
repetida como batia à porta, sílios de trabalho, a Liga de dez anos, realçando que o
pensei tratar-se de algum Apoio à Reintegração de Pes- Executivo não pode fazer
Em Malanje, os mototaxistas são apontados como causadores de desordem no trânsito delinquente, pois é deste soas com Deficiência vai pro- tudo sozinho, devendo contar
jeito que procedem quando ceder ao acompanhamento, com os seus principais par-
pretendem assaltar alguma supervisão e aconselhamento ceiros sociais.
residência, mais tarde notei dos beneficiados, disse a Maria Adão, uma das con-
que era o filho do vizinho a directora executiva da Liga templadas, agradeceu o ges-

Autoridades ponderam clamar por socorro, ao


atendê-lo, disse que os seus
pais estavam mortos e
de Reintegração de Pessoas
com Deficiência.
Carla Luís revelou que uma
to da associação, tendo anun-
ciado um novo rumo para a
sua vida.
quando lá cheguei encontrei das metas do programa é “Vou iniciar uma nova etapa

a suspensão de mototáxi o casal sem vida”, disse


Florindo Mole.
Gomes Luís, tio do
malogrado, explicou que
ajudar as pessoas com defi-
ciência a desenvolverem-
se como cidadãos, estudar
e trabalhar para terem uma
da minha vida. Não contava
com essa ajuda, razão pela qual
considero-me já uma grande
empreendedora”, disse.
A ideia visa pôr cobro à desobediência no cumprimento das há um mês que o casal vida autónoma. Sara Emanuel, deficiente
estava a viver num clima de A directora executiva da motora, muito entusiasmada
normas do código de estrada, falta de capacete e condução desentendimento por Liga de Apoio à Reintegração com o kit de cabeleireira de
ilegal, o que causa constrangimentos ao trânsito local causa de mensagens que o de Pessoas com Deficiência que beneficiou, comprome-
marido descobriu no esclareceu que antes da teu-se a gerir bem o seu negó-
telemóvel da esposa, recepção dos kits profissio- cio. “Esta ajuda vai mudar as
Luísa Victoriano | Malanje motorizadas . O responsável às motos para que o cidadão enviadas por um suposto nais, os contemplados bene- nossas vidas. Com essa acção
lembrou que o artigo 90º diz possa transportar as suas padre identificado apenas ficiaram de uma formação as nossas vidas vão sofrer
que os motociclos e ciclomo- mercadorias e evitar os aci- por Simião. relacionada com a gestão de mudanças significativas.”
O Comando Provincial da tores são proibidos de trans- dentes e incidentes que têm Sem entrar em grandes pequenos negócios e não só. César André
Polícia Nacional, em Malanje, portar passageiros com idade vindo a registar-se em vários detalhes, Gomes Luís disse DOMBELE BERNARDO| EDIÇÕES NOVEMBRO
vai suspender, nos próximos inferior a sete anos, salvo os pontos da cidade de Malanje. que a descoberta de
dias, a circulação dos moto- veículos destinados ao trans- Admitiu que a Polícia Na- algumas mensagens no
taxistas no casco urbano da porte de carga. cional tem registado um abuso Whatsaap, indiciava da
cidade de Malanje, devido Estão também proibidos deliberado de vários concida- parte da esposa, a existência
ao elevado número de aci- ao transporte de passageiros dãos, que constitui uma afron- de uma relação extra
dentes de viação causados os velocípedes até 50 centí- ta às autoridades. conjugal com um suposto
pelos mesmos. metros cúbicos. Acrescentou O comissário garantiu que padre da Igreja Católica,
A informação foi revelada ainda que no artigo 91, o trans- a Polícia Nacional vai utilizar identificado por Simião,
pelo comandante provincial porte de carga em motociclos, a sua autoridade, punindo uma situação que afectou a
da Polícia Nacional, comis- ciclomotores ou velocípedes todos os cidadãos que não relação entre o casal.
sário António Bernardo, du- só pode fazer-se em atrelado cumprirem com as normas Gomes Luís explicou que
rante um encontro mantido ou caixa de carga. do código de estrada, muitos teve acesso ao teor da
como os membros da asso- dos quais sem estarem licen- mensagem, e o telefone foi
ciação de mototaxistas. ciados e não cumprem com já entregue ao Serviço de
O comissário António Ber- as obrigações fiscais. Investigação Criminal (SIC), Momento em que a LARDEF entregava os kits profissionais
nardo disse que a medida O número de O administrador muni- para apurar a veracidade
se deve igualmente ao ele- acidentes continua cipal de Malanje, João de dos factos, disse, clamando
vado número de acidentes a crescer em Assunção, disse que o encon- por justiça, argumentando CUANDO CUBANGO
registados nas estradas de Malanje e as tro vai ajudar a reorganizar que perdeu um grande líder
Malanje, o que tem causado o ordenamento do trânsito da família.
ferimentos graves, mortes
de muitos cidadãos e danos
materiais avultados.
desgraças estão a
assolar a sociedade
devido à
no município de Malanje.
Disse que o quadro actual
da sinistralidade preocupa
O sociólogo Gabriel
Chipalanga disse que
nenhum ser humano deve
Registadas 15 mortes
Disse ainda que se pre-
tende, com a decisão, pôr
cobro à desobediência no
persistência do
cometimento do
erro por parte dos
as autoridades máximas da
província de Malanje e a
população em geral, tendo
tirar a vida a outro, tendo
realçado a desestruturação
daquela família que deixa
por afogamentos
taxistas
cumprimento das normas do recordado que a adminis- sete filhos que vão sentir a Um total de 19 afogamentos foi registado na província do
código de estrada, à falta de tração municipal continua ausência dos pais, por uma Cuando Cubango, dos quais 15 resultaram em mortes, entre
uso de capacete e à condução Apelou aos responsáveis a emitir licenças para a lega- acção que supostamente adultos e crianças, e quatro conheceram o salvamento,
ilegal e desordenada, que das associações de taxistas lização dos jovens que pre- envolve um sacerdote. durante o período de Janeiro a Agosto do corrente ano, disse
causam muitos constrangi- para colaborarem com os ór- tendem utilizar motorizadas O porta-voz do Comando o porta-voz do Serviço de Protecção Civil e Bombeiros, Júlio
mentos ao trânsito local. gãos de segurança e a orga- para a sua mobilidade. Provincial da Polícia Muliata. Os casos de afogamentos ocorreram nos rios Cuebe,
“O número de acidentes nizarem-se para reporem a O vice-presidente da Asso- Nacional na Huíla informou Cubango e Cúbia nos municípios de Menongue, Calai, Cuchi,
continua a crescer em Malan- ordem e para a consciencia- ciação dos Taxistas, Manuel que a corporação registou Dirico e Mavinga e em cacimbas nestas localidades.
je e as desgraças estão a asso- lização dos cidadãos e dos seus Francisco, reconheceu os o homicídio, com recurso a Devido a essa situação, o Serviço de Protecção Civil e
lar a sociedade devido à per- associados por forma a cumprir erros cometidos pelos seus uma pistola do tipo “Star”, Bombeiros (SPCB) na província do Cuando Cubango está
sistência do cometimento com as regras do código de associados na província de já apreendida, e que o a levar a cabo várias acções de sensibilização no seio das
do erro por parte dos taxis- estrada e melhorar o exercício Malanje e informou que a sua móbil do crime ainda é comunidades, escolas e igrejas da região.
tas”, sustentou. da actividade de táxi. agremiação tem um programa desconhecido, mas Júlio Muliata salientou que a realização de palestras sobre
António Bernardo expli- Solicitou a criação de me- de sensibilização e formação garantiu que os órgãos os riscos de afogamentos nos rios, lagos e cacimbas tem
cou que o código de estrada canismos para ajudar os seus dos mototaxistas, que visa afins do Ministério do como objectivo elucidar a população sobre as causas que
não permite na actividade associados para que possam mudar a consciência e melho- Interior estão a trabalhar originam os afogamentos, bem como os métodos de prevenção
de táxi o transporte de mer- adquirir caixas rígidas ou de rar o exercício de actividade para aferir as causas. para se reduzir o número de mortes.
cadorias em motociclos e cargas para serem atreladas naquela cidade. Arão Martins | Lubango Weza Pascoal | Menongue
SOCIEDADE Quinta-feira
13 de Setembro de 2018 25
ENVIO DE MELHORES ESTUDANTES AFIRMAÇÃO DO ADVOGADO VICENTE PONGOLOLA

Lusíada investe USD 2


Cadeia
RECLUSOS RECEBEM
ASSISTÊNCIA JURÍDICA
“Denúncia feita contra a IURD
milhões em bolsas Pelo menos, 400 reclusos
do Estabelecimento
Penitenciário do Cuito, deve ser averiguada pela PGR”
A Universidade Lusíada de disse que o autor foi um dos província do Bié, estão a
Angola investiu cerca de dois seus melhores alunos no curso beneficiar, desde segunda-
milhões de dólares com o de Direito na Universidade feira, 10, de atendimento O causídico considera que, se os pastores visados não se
envio dos melhores estu- Lusíada da Angola, tendo psicológico, jurídico e manifestarem, vão tornar difícil uma intervenção do
dantes dos vários cursos da acrescentado que Domingos médico. Enquadrada na Ministério da Cultura ou da Procuradoria Geral da República
instituição para a realização Isata fez parte de um grupo abertura da II jornada
de mestrados em instituições de estudantes que depois da científica de apoio à ARIMATEIA BAPTISTA
congéneres no exterior, disse licenciatura beneficiou de população penal, a
ontem, em Luanda, o seu uma bolsa de estudo para fazer prestação dos referidos
reitor Mário Pinto de Andrade. o mestrado em Lisboa. serviços conta com os
“A criação da bolsa de es- Fruto desta iniciativa da préstimos de juristas,
tudo para formar a custo zero universidade, acrescentou o psicólogos e médicos,
os melhores alunos dos diver- actual reitor da Lusíada de bem como de estudantes
sos cursos leccionados na Uni- Angola, a publicação do livro finalistas do curso de
versidade Lusíada de Angola, constituiu matéria de defesa Psicologia Clínica do
com notas superiores a 13 valo- da tese do mestrado em Direito Instituto Superior
res, foi uma política adoptada por parte de Domingos Isata. Politécnico do Bié.
com objectivo de investir nos Na óptica do reitor da Lu- Os reclusos vão poder
melhores alunos”, disse Mário síada de Angola, o melhor contar com a participação
Pinto de Andrade. marketing de uma univer- de advogados, magistrados
Falando no acto de lança- sidade é quando um estudante judiciais e do Ministério
mento do livro “Arrenda- bem formado vai ao estran- Público para assistência
mento Urbano em Angola geiro concluir a sua formação e patrocínio jurídico, com
Denúncia do Arrendamento” académica, prova que em vista a ajudar na solução
do docente universitário, Angola também se "forma de alguns
Domingos Isata, o reitor da bem as pessoas nas nossas constrangimentos
Universidade Lusíada de universidades.” que se confrontam vários
Angola disse que o autor da Deste modo, o mercado processos e esclarecer a
obra apresentada, na terça- angolano acaba de ganhar um sua actual situação do
feira, no Memorial António livro que traz subsídios para ponto de vista legal.
Agostinho Neto, é um dos ajudar a compreender os pro- O director provincial dos
estudantes que beneficiou de blemas no arrendamento de Serviços Penitenciários do Actos supostamente praticados pela Igreja Universal do Reino de Deus recebem reprovação
bolsa de estudo no exterior. uma residência, e as leis que Bié, subcomissário, Pascoal
Mário Pinto de Andrade, regem o país. Borges, defendeu a
que assinou o prefácio do livro, Mário Cohen contínua existência destes
DR
DOMINGOS CADÊNCIA | EDIÇÕESNOVEMBRO serviços a nível da Nhuca Júnior uma visão que o advogado
população penal. sustentou com recurso à lei-
O responsável entende A Procuradoria-Geral da tura da matéria publicada
que uma pessoa privada República deve averiguar a pelo Jornal de Angola, cujo
de liberdade precisa de denúncia contra a Igreja Uni- texto admite a possibilidade
manter-se em harmonia versal do Reino de Deus de os pastores estarem a
e cumprir a sua pena sem (IURD), porque os pastores sofrer coação moral, tendo
perturbação quer de fórum presumivelmente submetidos ficado claro que, para a
mental quer de saúde à vasectomia devem estar manutenção do vínculo labo-
física. Para o subcomissário sob coacção extrema, que os ral, a entidade empregadora
Pascoal Borges um cidadão inibem de denunciar a igreja exige a vasectomia.
em situação carcerária às autoridades competentes, O advogado analisou a
pode com alguma defendeu, ontem, em entre- questão também no âmbito
facilidade reinserir-se na vista ao Jornal de Angola, o da relação jurídico-laboral,
sociedade desde que tenha advogado Vicente Pongolola. por os pastores serem de facto
beneficiado destes serviços O advogado foi procurado trabalhadores da IURD, exer-
Pinto de Andrade no lançamento do livro de Domigos Isata de importância social. para emitir uma opinião téc- cendo a “profissão da Fé”,
O director dos Serviços nico-jurídica à volta de uma daí ser a exigência da vasec-
Penitenciários do Bié, alegada decisão polémica tomia considerada contrária
realçou que o trabalho dos da IURD, que pode estar a à lei, nos termos da alínea
CONCURSO REALIZADO NO NAMIBE especialistas terá uma obrigar os pastores na con- Advogado Vicente Pongolola a) do art. 19.º da Lei Geral do
duração de 10 dias, devendo dição de noivos a fazerem Trabalho.
avaliar os reclusos de vasectomia, procedimento “A IURD introduziu no
Menor de seis anos acordo com as suas áreas
de actuação.
O especialista em
cirúrgico q ue imp e de o
homem de gerar filhos, uma
denúncia divulgada na edi-
dico-legal e da relação jurí-
dico-laboral, disse que, ainda
na perspectiva jurídico-legal,
contrato uma cláusula leonina
e, no caso em análise, a refe-
rida cláusula é contra lei”,
melhor em leitura Psicologia Clínica,
Domingos Tomás, disse
EDSON FABRIZIO | EDIÇÕES NOVEMBRO
ção de segunda-feira do Jor-
nal de Angola.
Embora tenha dito ser
a conduta da IURD enqua-
dra-se naquele que se chama
conteúdo negativo da liber-
acentuou o advogado Vicente
Pongolola, para quem, “salvo
melhor juízo, (...), a exigência
Milena Gomes, de seis anos fase provincial ainda este ano. necessário que, para o apu- dade religiosa. O advogado da vasectomia, a ser paga
de idade, estudante da 1ª Na ocasião, o director muni- ramento dos factos, os pas- vai mais longe, ao comentar pela IURD, na qualidade
classe no Complexo Escolar cipal de Educação, Ciência e tores visados se manifestem, que, a ser verdade, a "IURD empregadora, como condição
Domingos Kapewa, venceu Tecnologia do município de porque, caso contrário, esta- viola o estatuído no art. 8.º para a obtenção de cargos,
ontem o concurso de leitura, Moçamedes, Paulo Modelo, rão a consentir, o advogado da Lei n.º 2/04, de 21 de Maio manutenção, exercício ou
escrita e cálculos de Mate- que procedeu a sessão de salientou que, "salvo opinião - Lei sobre o Exercício da promoção no trabalho, é, na
mática, promovido pela encerramento, disse que o contrária, a PGR deve ser Liberdade de Consciência e verdade, uma conduta alta-
Direcção Municipal de Edu- evento visou avaliar os níveis chamada a instar a IURD, na de Culto Religioso". mente perigosa e extrema-
cação de Moçamedes. de concretização dos desafios medida em que o Estado mente censurável”.
Sob o lema “Conhecer as do sector da Educação no con- angolano deve proteger os Quanto à perspectiva
competências do aluno para cernente ao desenvolvimento pastores supostamente visa- A eventual social, o advogado afirmou
melhor direccioná-lo”, contou da leitura, escrita e cálculos dos, visto que está em causa decisão da Igreja que a conduta da IURD “está
com a participação de 30 alu- matemáticos. o direito à intimidade da Universal fora das normas costumeiras
nos, das 19 Zonas de Influência “ Este é um momento em que ouviu das reclusas o vida privada e familiar, por do Reino de Deus, do nosso país”, além de ser
Pedagógica, apurados nos que o aluno pode demonstrar sentimento de culpa e força da última parte do n.º segundo Vicente “altamente reprovável”,
concursos intra-Zips. as suas habilidades perante arrependimento pelo acto 1 do art. 32.º da Constituição Pongolola, está pelo que deve ser desen-
Neste concurso, a aluna a presença dos pais e encar- que levou à prisão e falam da República de Angola". fora do âmbito corajada, por ser uma prática
Ester Aurora Sekele, da mesma regados de educação, pois a que quando lhes for O advogado acrescentou da liberdade contrária aos bons costumes
classe, do Complexo Escolar sua colaboração com a escola restituída a liberdade, ter que, se os pastores visados de consciência, e atenta contra a dignidade
5 de Abril, ficou em segundo é uma condição que influên- uma conduta aceitável. não se manifestarem, vão de crença religiosa da pessoa humana.
lugar, enquanto na terceira cia de forma positiva para No Bié, a população penal tornar difícil uma interven- e de culto Do ponto de vista religioso,
posicionou-se Benedita Ger- o êxito do processo de ensino é de 840 entre detidos e ção do Ministério da Cultura sublinhou o advogado, este
mana, da escola Kussy 2. Aris- e aprendizagem”, disse. condenados e destes, 640 ou da PGR, admitindo-se procedimento viola a orde-
tidia Ambrósio, do complexo Participaram no evento 32 estão no Estabelecimento que tenham consentido fazer, A eventual decisão da nança das Sagradas Escritu-
escolar, Augusto Ngangula, directores de escolas primá- Penitenciário do Cuito, sem coacção, a vasectomia. IURD, segundo Vicente Pon- ras, conforme se alcança no
ocupou a quarta posição. rias, 25 professores, encarre- o que tem causado O advogado, que esgrimiu golola, está fora do âmbito capítulo I, versículo 28 e capí-
As quatro primeiras clas- gados de educação e membros sobrelotação. o seu pensamento na pers- da liberdade de consciência, tulo IX, versículo I do Livro
sificadas irão participar na do Governo. Matias da Costa | Cuito pectiva religiosa, social, jurí- de crença religiosa e de culto, de Gênesis.
26 Quinta-feira
13 de Setembro de 2018

PUBLICIDADE

Comércio Geral e Prestação de Serviços


Estamos vocacionados nas seguintes áreas:
• Tecnologia de Informação - IT:
• Reparação e Manutenção de Impressoras, Fotocopiadoras, Plotters, Computadores de
várias marcas…
• Fornecimento de Tonners compatíveis para Impressoras:
HP; RICOH; TOSHIBA; KÓNICA MINOLTA; CANON; SAMSUNG; XEROX; entre
outros, a custos muito acessíveis …
• Instalação e configuração de câmera de vigilância (CCTV).
• Implementação de projectos de cablagem estruturada, fibra óptica (passagem de cabos
e fusão de fibra).
• Instalação e configuração de software de gestão de caixa e assiduidade.
• Frio e Indústria:

(14.982)
• Montagem, reparação e manutenção de Ar Condicionados…
• Reparação, manutenção e instalação de projectos eléctricos (Construção Civil e Industrial).
Endereço: Rua do M.A.T.,Talatona - Tlf.: (+244) 944 200 100 / 928 648 890
E-mail: jsama2012@hotmail.com NIF.: 2402342951 / Luanda-Angola (15.573)

REPÚBLICA DE ANGOLA REPÚBLICA DE ANGOLA


TRIBUNAL PROVINCIAL DE LUANDA
N/REF Nº 166/ALDJ/DO/2018
GOVERNO PROVINCIAL DE LUANDA
SALA DE FAMÍLIA - 1.ª SECÇÃO

ABANDONO DO POSTO DE TRABALHO PEDIDO DE COMPARÊNCIA


ANÚNCIO
PROCESSO N.º1015/A-2017 1.ª Publicação

Em virtude de ter sido legalmente requerido pela Cogimbo Imobi-


ADELINO LUÍS JOÃO, Despachante Oficial, com a Cé- liária.
Faz-se saber que, por este Tribunal Provincial de Luanda, 1.ª dula n.º 01340, situado na rua Major Kanhangulo n.º 131,
Secção da Sala de Família, correm éditos de trinta dias, citando Solicita-se a comparência de PAULO MARCELINO DE ALMEIDA,
4.º Andar, Aptº 41, vem por este meio comunicar ao se-
os Herdeiros Incertos de ADRIANO ANTÓNIO JÚNIOR, residen- proprietário do talhão de terreno registado no Departamento de In-
tes em parte incerta, para, querendo, contestarem, no prazo de
nhor Freivimekson Glória Baptista da Costa, que se en-
formação Territorial e Cadastro do Governo da Província de
trinta dias, findo o de dilação de igual duração, a Acção de contra ausente do seu local de serviço por um período de Luanda, sob o Boletim de Inscrição n.º 2359, no prazo de 30 dias a
Reconhecimento de União de Facto Por Morte, que é autora um (1) ano, sem qualquer justificação. contar da data da publicação do presente aviso, devendo para o
ISABEL JOAQUIM GABRIEL, move contra eles, na qual, em re- efeito fazer-se acompanhar dos seguintes documentos:
sumo, pretende que seja reconhecida a União marital mantida Nos termos do artigo 229°, n.º 4 da Lei Geral do Trabalho,
caso não justifique as razões da sua ausência, nos próxi- - Certidão da Conservatória do Registo Predial
entre ela e o de cujus, conforme consta da petição inicial, cujo du-
- Escritura de Compra e Venda passada notarialmente;
plicado se acha patente no Cartório do Tribunal Provincial de mos três dias úteis a contar da data de publicação deste
- Croquis de localização e devidamente referenciado e dimensio-
Luanda, 1.ª Secção da Sala de Família, sito no Distrito Urbano da Edital, à luz do artigo 44.° do referido diploma, conside- nado;
Maianga, Rua Ngola Nbande, vulgo dos quartéis, junto do INAC. rar-se-á Abandono do Posto de Trabalho. - Ex-sisa do terreno passado pela Delegação de Finanças dos Bair-
ros Fiscais.
Luanda, 20 de Junho de 2018.
DIRECÇÃO DA BANCA DO DESPACHANTE, Luanda, INSTITUTO DE PLANEAMENTO E GESTÃO URBANA DE
O Juiz de Direito 11 de Setembro de 2018. LUANDA, em Luanda, aos 12 Junho de 2018.
Dr. João Sérgio Tati
AJ. Escrivão de Direito O DESPACHANTE O DIRECTOR GERAL INTERINO
Elvira Lino Domingos (15.417)
ANTÓNIO PEDRO F. BUNGA
(15.491) (15.509)
Adelino Luís João

SEAWAYS
AFRICA OIL COMPANY, LDA. STATION HOTEL
ABANDONO DE TRABALHO Ref: SAOC/69/09/2018
O STATION HOTEL está situado no Pólo Industrial de
ICC-ANGOLA, LDA., com sede em Viana, KM 28, estrada directa Concurso Público Número SAOC/04/2018 Viana (junto ao posto de abastecimento da Sonangol), pró-
de Catete, Luanda-Angola, comunica aos senhores abaixo men- A empresa Seaways África Oil Company, sita no Bairro Macu- ximo do Viaduto do Zango. É uma excelente opção para
cionados, que se encontram em situação de abandono de traba- lusso, Rua Comandante Kwenha, Casa n.º 77, Município da In- quem está na capital em negócios, a trabalho ou lazer.
lho, pelo facto de estarem ausentes do seu local de trabalho há gombota, Luanda, com o NIF: 5417250325, actuando no sector
mais de dez dias consecutivos, sem informar ao empregador o petrolífero, pretende recrutar para o seu quadro de efectivos: O STATION HOTEL é uma unidade hoteleira de elevada
motivo da ausência. modernidade. Dispõe de quartos confortáveis, restau-
1. André Armando Vunda
- Um Director Comercial rante, esplanada, ginásio, piscina, estacionamento, inter-
2. Bernardo Patrício D. Mateus net e segurança.
Requisitos:
3. Mateus Lisboa Farias - Licenciatura em gestão empresarial
4. Silva Pedro Kiala - Experiência mínima 3 anos. O STATION HOTEL tem, ainda, salas mobiladas e tecni-
- Nacionalidade angolana/estrangeiro camente preparadas para escritórios, formações e reu-
Igualmente, informamos que, os mesmos deverão, nos próximos - Línguas faladas e escritas fluentemente português/inglês niões, as quais podem ser arrendadas consoante as
cinco (5) dias úteis, após esta publicação, justificar documental- necessidades dos nossos clientes, com periodicidade diá-
Aptidões Necessárias:
mente a razão da sua ausência, sob pena de, nos termos do artigo ria, semanal, mensal, trimestral, semestral ou anual.
- Conhecimento em Marketing
229.º, n.º 2 alínea c) da L.G.T, efectivar-se o Abandono de Traba-
- Formação em Contabilidade e Gestão
lho, com as consequências previstas no n.º 5 do mesmo artigo. - Capacidade de comunicação Estamos disponíveis para marcações. Telefone: 00244
- Capaz de trabalhar em equipa 941 233 851
Luanda, 7 de Setembro de 2018.
Os interessados devem enviar um CV com foto, cópia do certifi-
E-mail: hotel@gas-angola.co.ao
cado de habilitações, cópia do B.I. para o
A DIRECÇÃO JURÍDICA E REC. HUMANOS Email- hr@seawaysintl.com Facebook: facebook.com/gastationhotel/
(15.438) (15.445) (15.412)
Quinta-feira
13 de Setembro de 2018 27
PUBLICIDADE

MINISTÉRIO DA ENERGIA E ÁGUAS


O BNI - Banco de Negócios Internacional, S.A., sociedade com Sede em Luanda, UNIDADE DE COORDENAÇÃO DE PROJECTOS (UCP/BM-AFD)
na Avenida Comandante Che Guevara n.º 42-A, vem pelo presente, solicitar a SEGUNDO PROJECTO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL
comparência no prazo de 8 (oito) dias, dos senhores abaixo indicados, para tra- DO SECTOR DE ÁGUAS DE ANGOLA (PDISA 2)
tarem de assuntos do vosso interesse. Crédito N.º IBRD-87020
N.º DE IDENTIFICAÇÃO DO PROJECTO P151224
Para o efeito, deverão contactar a Direcção de Recuperação de Crédito, sita na
Avenida Pedro de Castro Van-Dúnem Loy, Torre A, Edifício Banco BNI, Futungo, SOLICITAÇÃO DE MANIFESTAÇÕES DE INTERESSE
Luanda - Angola. Serviços de Consultoria – Consultor Individual

NOME CLIENTE B.I. / NIF Especialista em Monitorização e Avaliação


EDUARDO PAIM FERNANDES SILVA 000090424OE0155
Concurso N.º 36CS4/DNA/17

PAULO NUNO OLIVEIRA VIEIRA MACHADO L500534 O Governo da República de Angola recebeu um financiamento do Banco Mundial (BM) e
da Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD) para cobrir os custos do Segundo Pro-
ANA HILDEGARDA C.F. GOMES 000145274LA010 jecto de Desenvolvimento Institucional do Sector de Águas de Angola (PDISA 2) e pretende
aplicar parte dos recursos do financiamento para a contratação dos serviços de um con-
ABDEL EL HUSSEN CHOCAIR 10CP92476 sultor individual para a posição de Especialista em Monitorização e Avaliação.
ONEZANDRO CATINHE MAURO S. DA PIEDADE 000650571CA031
Um Especialista em Monitorização e Avaliação com experiência de trabalho e qualificações
HAMILTON ULIKAS SEQUEIRA LAGRIFA 100087338LA0355 apropriadas em actividades de monitorização na área de abastecimento de água e sanea-
mento será contratado especificamente para apoiar o "Coordenador Executivo do Projecto
FRANCISCO JOSÉ SOUSA FAÍSCA (MANGAIS) R389421 (CEP)" na supervisão e coordenação de todas as actividades do projecto. Os Termos de
Referência (TOR) detalhados da posição podem ser obtidos no endereço abaixo.
MÁRIO HUMBERTO DOMINGOS MOREIRA SILVA G662709
RUI MASCARENHAS BOTELHO VASCONCELOS 100134011LA0350 A Unidade de Coordenação de Projectos (UCP-BM/AFD) do Ministério da Energia e Águas
(MINEA) convida os consultores individuais elegíveis a manifestarem o seu interesse em
MANASSA TAVARES FERNANDES 101489367LA0350 prestar os serviços. Os consultores individuais interessados devem fornecer informações
indicando que estão qualificados para executar os serviços (descrição de trabalhos seme-
CARLO WAMBIRI MAURÍCIO FURTADO (HEAVY C) 100036162LA0266
lhantes, experiência em condições semelhantes, etc.).
CARLA PATRÍCIA LUÍS ALMEIDA DIAS 000589998LA039
O consultor deve ter as seguintes qualificações:
ALBERTO OLIVEIRA REIS FANÇONY 100511002MO0114
 O Consultor deve ter um Bacharelato em Engenharia, Ciências, Economia ou outra área
(15.465)
estreitamente relacionada ao abastecimento de água e saneamento. Mestrado na área es-
treitamente relacionada será uma vantagem;
 O consultor deve ter experiência em implementação do projecto, incluindo monitorização
e avaliação do desempenho do projecto;
 O consultor deve ter pelo menos 5 anos de experiência de trabalho no campo de abas-
tecimento de água e saneamento em Angola. Experiência de trabalho com Empresas Pú-
blicas será uma vantagem;
 Sólida formação técnica. A experiência de trabalho em questões sociais, ambientais e
de gestão no sector de água e saneamento será uma vantagem;
 Bons conhecimentos de informática e experiência e registo comprovado de redacção
de relatórios e / ou documentos académicos;
 A experiência de trabalho com financiamento multilateral ou bilateral é requerida;
 O consultor deve ser fluente em Português e ter conhecimento de Inglês como língua
de trabalho.

A duração dos serviços será por um período de 24 meses, em regime de tempo integral,
podendo ser prorrogado como resultado de um desempenho satisfatório.O período inicial
do contrato será de 12 meses, enquanto os 12 meses subsequentes dependerão do de-
sempenho satisfatório após o primeiro ano do contrato.

A atenção dos consultores interessados deve recair sobre a Secção III, parágrafos, 3.14,
3.16 e 3.17 do “Regulamento de Aquisições dos Mutuários do IPF” do Banco Mundial em
Julho de 2016 (“Regulamentos de Aquisições”), estabelecendo a política do Banco Mundial
sobre conflito de interesses.

Um Consultor será seleccionado de acordo com o método de selecção IC (Consultor Indi-


vidual) estabelecido nos Regulamentos de Consultoria do Banco Mundial.

Consultores Individuais podem obter informação adicional no endereço abaixo indicado


durante as horas de expediente, das 8h00 às 15h00.

As manifestações de interesse devem ser entregues no endereço abaixo (pessoalmente,


por correio ou por e-mail) o mais tardar até às 14h00 do dia 1 de Outubro de 2018.

O endereço acima referido é o seguinte:

Ministério da Energia e Águas (MINEA)

Unidade de Coordenação de Projectos (UCP-BM/AFD)


À atenção de: Sr. Eng.º Lucrécio Costa
Rua 21 de Janeiro, Sector A, Quarteirão 2, Casa 12 (Ex-escritório do COCAN)
Morro Bento, Luanda
Angola
Tel.: +244 222024757 / 924746294
E-mail: procurement.pdisa@gmail.com
(100.681) (15.305)
28 Quinta-feira
13 de Setembro de 2018

PUBLICIDADE

RECRUTAMENTO
SPIE Oil & Gas Services, empresa de referência internacional no ramo petrolífero e assistência REPÚBLICA DE ANGOLA
técnica, pretende recrutar: MINISTÉRIO DA SAÚDE
GESTOR DE CONTRATO Centro de Medicina Física e de Reabilitação
Principais Responsabilidades:
• Assegurar a aplicação do contrato e comunicação com o representante do Cliente;
• Assegurar o cumprimento das políticas e normas de QHSE por parte dos trabalhadores da
área/departamento ou equipas;
AVISO
• Assegurar a qualidade dos SERVIÇOS organizando auditorias, realizando visitas regulares inspec-
ção de instalações; ABERTURA DE CONCURSO PÚBLICO DE
• Reunir com a Direcção e Clientes sempre que necessário;
• Garantir que os recursos materiais, de equipamentos e humanos sejam mobilizados atempada- ACTUALIZAÇÃO E DE PROMOÇÃO
mente;
• Garantir o cumprimento de todas as actividades de suporte, como assistência de gerenciamento Tendo sido atribuídas vagas, pela resolução n.º 19/18 de 1 de Maio, da Assem-
de peças de reposição, gerenciamento de RFM (Request for Modification), controle de documentos,
modificação de documentos, realizados por sua equipe;
bleia Nacional e pelo fundo salarial para a realização do Concurso Público no
• Assegurar a supervisão dos empreiteiros subcontratados na manutenção; Ministério da Saúde, para preenchimento de vagas de Actualização e de Pro-
• Antecipar e planejar pedidos de site em meios logísticos necessários para operações de manuten- moção/2018, corroborado com o Decreto Presidencial 102/11 de 23 de Maio,
ção, considerando as várias restrições ao planejar e executar operações;
estão abertas, nesta Unidade Orgânica, Inscrições para o Concurso de Actuali-
• Garantir que o planejamento geral da manutenção e produção do site e as actividades são coorde-
nadas, tanto entre a contratada quanto a equipe de apoio; zação e de Promoção na modalidade de avaliação curricular e documental.
• Avaliar o âmbito dos trabalhos e desenvolver um plano de acção adequado, incluindo os requisitos
de formação e calendarização das actividades; Os candidatos devem remeter os seus processos ao Departamento de Recursos
• Identificar as necessidades de formação e qualificação do pessoal interno e subcontratado neces- Humanos, no prazo de (20) vinte dias a contar da data de 3 Setembro de 2018.
sárias a fazer face ao projecto e assegura o cumprimento das regras de HSE;
• Manter um papel activo na identificação de oportunidades de melhoria nos sistemas de QHSE, e
assistir onde for relevante, na implementação destas melhorias ao nível da empresa. I - VAGAS PARA ACTUALIZAÇÃO
Requisitos:
• Formação superior em Engenharia (Mecânica); Nº DESIGNAÇÃO DE QUOTAS POR CATEGORIA QUOTAS
• Experiência profissional de 10 a 15 no sector Oil&Gas, incluído 7 em funções de liderança; 1 Médico Assistente 1
• Experiência de trabalho em offshore; GRUPO DE
2 PESSOAL Técnico Sup. Diag. Terap. 2.ª Classe - Fisioterapia 1
• Responsabilidade, rigor e espírito de equipa;
• Conhecimento sólido de Informática; 3 Técnico de Enfermagem de 3.ª Classe 2
• Excelente domínio da língua inglesa e/ou francesa; TOTAL 4
• Nacionalidade Angolana de preferência.
III - VAGAS PARA PROMOÇÃO
Se procura valorizar a sua experiência profissional, envie a sua carta de candidatura e o seu Curri-
culum vitae por email, ao endereço seguinte: recruit.angola@spie.com, ou na Sede de SPIE Oil & Nº DESIGNAÇÃO DE QUOTAS POR CATEGORIA QUOTAS
Gas Services Succursal, Av. Cdte Kima Kyenda N.° 309, bairro Boavista – Luanda,
1 Médico Chefe de Serviço 1
2 GRUPO DE Médicos Assistentes Graduados 3
3 PESSOAL Enfermeiro Licenciado de 2.ª Classe 1
(15.499)
4 Técnico Sup. Diag. Terap. 1.ª Classe 4
5 Técnico Médio de Diag. Terap. 1.ª Classe - Fisioterapia 7
TOTAL 16

I.- Composição do Corpo de Júri


REPÚBLICA DE ANGOLA
GOVERNO PROVINCIAL DE LUANDA • Presidente -------- Dr. Silva Paulo ----- Técnico de Diag Terap. Primeiro Assessor
HOSPITAL GERAL ESPECIALIZADO NEVES BENDINHA
• Vice-Presidente – Sr. Manuel Agostinho Adão ---- Licenciado em Gestão e
CIRCULAR 12 GM/MINSA/2018
Contabilidade
Na sequência do concurso público aberto no dia 12/08/2018, vimos orientar o seguinte.
• 1º Vogal --------- Sr. Paulo Jorge Van-Dúnem---------- Licenciado em Fisioterapia
1- As unidades sanitárias e provinciais que beneficiaram de vagas para admissão de Médico Interno Geral, direc-
cionados ao programa de formação especializada e reforço do quadro de futuros orientadores dos internatos, com
• 2º Vogal ---------- Dr. Manuel Henrique Alvarez Vieira---Médico Chefe de Serviço
ligação às faculdades de Medicina Pública. Devem divulgar as especialidades que serão oferecidas, conforme as • 3º Vogal ---------- Sra. Maria Gaspar Tavares Inácio ---Licenciada em Enfermagem
valências constantes do anexo da presente circular.
2 - Estes candidatos devem ter além dos requisitos gerais para o concurso, a média final 14 valores.
3 - A inscrição é feita na página do concurso, ONLINE e a entrega dos documentos é feita nas faculdades de Medicina Pú- Vogais Suplentes
blica nas províncias de Cabinda, Benguela, Huambo, Huíla e na Faculdade de Medicina da Universidade Agostinho Neto.
4 - Nas outras províncias, os candidatos devem entregar a documentação nos respectivos Hospitais centrais.
5 - A divulgação deve ser também afixada no moral da instituição e no jornal de maior circulação nacional. • Vogal Suplente -- Sra. Rosa M. N. Mendes Quifucussa---Enfermeira Especialista
• Vogal Suplente -- Sr. Hernâni Virgílio Sanuca -------- Licenciado em Gestão
HOSPITAL NEVES BENDINHA
Empresarial
Especialidades Vagas
Cirurgia Pediátrica 1
II.- Perfil dos profissionais a Actualizar e Promover
Anestesiologia 1
Cirurgia Plástica e Reconstrutiva 6
Cuidados Intensivos 2 1- Ser funcionário do CMFR com provimento definitivo
Total 10 2- Avaliação de desempenho positivo nos últimos 3 anos
Site: www-ingresso-minsa.com
3- Permanência na categoria nos termos da Lei por um período mínimo de 5 anos
Gabinete da Directora do Hospital Geral Especializado do Neves Bendinha, em Luanda, aos 29 de Agosto de 2018 4- Formação profissional correspondente à categoria
A DIRECTORA GERAL
DR.ª LÍDIA BERNARDO CAVELHO FRANCISCO DEMBI III.- Documentos para candidatura ao Concurso:
=Especialista em Medicina Interna e Intensiva=
(15.522)
a) Requerimento dirigido à Sra Directora Geral do CMFR (modelo afixado)
b) Fotocópia do BI
c) Certificado de Habilitações Literárias
d) Curriculum Vitae
RECRUTAMENTO
A Sandwich.com Lda. procura um (a) Gerente para restaurante em GABINETE DA DIRECTORA GERAL DO CENTRO DE MEDICINA FÍSICA E
Luanda, com experiência comprovada e formação em higiene e DE REABILITAÇÃO EM LUANDA, AOS 3 DE SETEMBRO DE 2018.

segurança alimentar. Oferecem-se condições e salário compatíveis. A DIRECTORA GERAL


Os candidatos deverão enviar os seus CV’s, para o email: DR.ª ARMANDA MARIA F. DA CONCEIÇÃO
recrutamento@sandwichangola.com = MÉDICA CIRURGIÃ =
(15.461) (15.521)
CULTURA Quinta-feira
13 de Setembro de 2018 29
FESTIVAL DE ZOUK NA BAÍA DE LUANDA ENSAÍSTA ANTÓNIO FONSECA FESTIVIDADES

Banda Kassav de regresso Respeito pela diversidade Jornada cultural


celebrando Neto
assegura a inclusão social é aberta no Rangel
ao país na máxima força O respeito pela diversidade
cultural que caracteriza o
crenças religiosas, para que
se mantenha entre os angolanos
Uma jornada cultural deno-
minada “Celebrando Neto”
Organização do Festival de Zouk decidiu colocar à disposição povo angolano é o factor cru- o espírito de união, tolerância, é aberta hoje, às 15h00, na
cial para o garante da unidade do respeito pela diferença e Casa da Cultura Njinga Mban-
do público um número considerável de bilhetes para que nacional e a inclusão social, dos valores em que assenta a de, numa parceria com a Fun-
ninguém perca a festa disse em Luanda, o escritor democracia. dação António Agostinho Neto
António Fonseca. Mas, disse, a cultura tem (FAAN), enquadrada nas fes-
O também ensaísta fez de ser encarada com estratégia tividades do 17 de Setembro.
Manuel Albano Zouk - Angola by Cuca”, grupos como os Kassav, Tro- essa afirmação segunda- para a coesão interna da socie- De acordo com a progra-
edição 2018, os bilhetes que pical Band, Livity e Tabanka feira, no Museu Nacional de dade angolana. mação cultural, que se pro-
As bandas Kassav, Tabanka dão acesso a festividade já Jazz, afirmou Daniel Men- História Natural, em Luanda, António Fonseca que falou longa até ao próximo dia 21,
Djaz e Livity desembarcam, estão à venda num total de des, membro de direcção quando abordava o tema “A para uma plateia maiorita- vão ser realizadas palestras,
amanhã na capital do país, 30 mil ingressos, comercia- artística. cultura como fonte de uni- riamente integrada por efec- concerto intimista, projecção
com as suas maiores refe- lizados pela Produtora Mo- O policiamento, os ser- dade e de inclusão social”, tivos dos órgãos afectos ao de filmes sobre a vida e obra
rências para actuarem sábado ments Eventos. viços médicos, bombeiros integrada num ciclo de pales- Ministério do Interior, con- do primeiro Presidente de
e domingo, no festival de Os bilhetes custam por e limpeza estão salvaguar- tras promovido pelo Minis- siderou como grande desafio Angola, recital de poesia e
zouk, que tem como cenário pessoa, dois mil kwanzas dados, bem como os trans- tério da Cultura, alusivo ao traçar o caminho a seguir para teatro, no mesmo espaço.
a Baía de Luanda, com início (um dia), e três mil kwanzas portes públicos de apoio ao 17 de Setembro. preservar os valores da ango- O programa abre hoje à
previsto para às 18h00. (dois dias) para o acesso à público estão assegurados. António Fonseca afirmou lanidade perante a influência tarde, com uma exposição
A chegada dos cantores plateia. Para o acesso à frente que para haver uma união diária das tecnologias de infor- fotográfica e de pintura dos
Calema, Yasmine, Celso do palco, os ingressos custam Recordar sucessos efectiva é necessário uma mação e de comunicação. “A alunos do atelier Mawete,
Notico, Filomena Maricoa dez mil kwanzas (um dia) e Os mentores do projecto renovação do exercício da cultura é de capital impor- seguido uma hora depois da
também está prevista para 15 mil kwanzas (dois dias). asseguraram que a banda os democracia cultural, por meio tância, pois, segundo a polí- realização de uma palestra
amanhã garantiu terça-feira, Quem quiser um pouco Kassav, de Jacob Desvarieux, do reconhecimento das ins- tica cultural angolana, ela com o tema “Contexto polí-
em conferência de imprensa, mais de privacidade vai ter Jocelyne Béroard, Jean-Phi- tituições e do cidadão. é um dos alicerces pelos tico e cultural de Neto”, cujos
realizada no hotel Epic Sana, que desembolsar 20 mil lippe Marthély, Georges De acordo com o prelector, quais se ergue a nação ango- oradores são Analtino Santos
Daniel Mendes, membro de kwanzas (um dia) e 30 mil Décimus e Jean-Claude a paz deve-se tornar na prin- lana. Aí sim, estaremos a (jornalista cultural) e Olívio
direcção artística. kwanzas (dois dias), para ter Naïmro, vai brindar os admi- cipal formação identitária comungar o sentido de uni- K i l u mb o ( p ro f e s s o r d o
A organização espera mais acesso a zona das tendas. radores com o melhor do seu entre os angolanos de todas dade nacional.” Ensino Geral no Magistério
de 30 mil espectadores nos Tendo em conta a impor- repertório e acompanhar as origens, convicções políticas, Roque Silva Mutu ya Kevela).
dois dias para, uma vez mais, tância dos artistas e grupos outras vozes sonantes do AGOSTINHO NARCISIO | EDIÇÕES NOVEMBRO Com o objectivo de celebrar
recordar alguma das melhores convidados para o festival, zouk, integrados no projecto as festividades do 17 de Setem-
vozes das Antilhas, Guiné- a organização decidiu colo- “Grand Mechant Zouk”. bro, dia consagrado ao Herói
Bissau, Holanda, França, car à disposição do público Entre os cantores desta- Nacional, realiza-se um pouco
Moçambique, Cabo Verde e um número considerável cam-se no festival a presença por todo o país várias activi-
São Tomé e Príncipe, para de bilhetes para que nin- de Guilou Lafarge, Eric Brouta, dades culturais, como forma
além de nacionais. guém perca a oportunidade Warren, Dédé Saint Prix, de manter vivo o seu legado
Denominado “Festival de ver ao vivo, mais um vez, Princess Lover e Fanny J. para as novas gerações.
“Agostinho Neto e a sua
KINDALA MANUEL | EDIÇÕES NOVEMBRO
família” é o tema de uma
exposição fotográfica que
está patente, desde o dia 5
até ao final do mês, no pri-
meiro piso do Shopping Ave-
nida, no Morro Bento, em
Luanda. A mostra, enqua-
drada nas celebrações do
96º aniversário de Agostinho
Palestrante defende a preservação dos valores da angolanidade Neto, junta mais de 60 fotos.

MESA-REDONDA SOBRE “CONGOLÂNDIA” um artista apaixonado pela


pintura, enquanto Tacala-
caya recorre da capoeirista
Performance de Thó Simões para despertar nas pessoas
os valores culturais ainda
vivos e mostrar que os mes-
é diferente da de capoeirista mos não estão perdidos.
Já a actriz e encenadora
Banda antilhana Os Kassav é aguardada amanhã em Luanda para participar no festival de zouk Renata Torres defendeu as
A “performance” do artista em Desencanto” inaugurada suas exibições como uma
plástico Thó Simões, na expo- no passado dia 6 no Camões identidade de pesquisa, onde
sição “Congolândia - Mul- - Centro Cultural Português. tenta rebuscar memórias da

Cantores angolanos prometem surpresas tiversos em Desencanto”,


patente até 4 de Outubro, no
Camões, em Luanda, é diver-
Os oradores transmitiram
testemunhos sobre práticas
e concepções criativas no
infância tendo ilustrado com
imagens para retratar o per-
curso no mundo da perfor-
Yola Semedo, Matias Damá- emoções onde espero dar o de familiares e amigos que lan- gente da do capoeirista Cabue- domínio da performance, mance. Por último, a artista
sio, Yuri da Cunha, Kyaku Kya- melhor para dignificar a festa.” cei o desafio que foi aprovado nha Moniz “Yacalacaya” por tendo o artista plástico Thó brasileira Rose Maria lamen-
daff, Pérola, Nsoki, CEF, A diva angolana disse que pelos organizadores.” basear-se na tentativa de Simões afirmado que até tou o facto de ser descrimi-
Edmázia Mayembe e Filho do não quer ficar à margem do Para a cantora Pérola, o fes- regressar às raízes angolanas, hoje não tem uma definição, nada no Brasil por ser das
Zua são os representantes festival e que antes da sua tival “é um momento de recor- enquanto na mostra de arte com princípio e fim da sua poucas pessoas negras a
angolanos na primeira edição actuação vai aproveitar o dações e emoções” e pretende o autor produz uma constru- performance na exposição. fazer “performance”.
do Festival de Zouk. momento para estar na plateia cantar temas antigos, que a ção das raízes desconstruídas, Thó Simões considera-se Amilda Tibéria
Em declarações à imprensa, e viver as emoções do espec- projectaram para o sucesso disse a curadora da mostra. DOMBELE BERNARDO | EDIÇÕES NOVEMBRO
em Luanda, a cantora Yola táculo. “Vou levar chinelas e nacional e internacional. Susana Sousa faz essa afir-
Semedo considerou o festival ficar junto do público e viver Partilhar o mesmo palco mação na qualidade de mo-
como a “festa da lusofonia”, as mesmas emoções. Quero com as bandas e os músicos deradora da mesa-redonda
por reunir nomes e bandas pular, dançar e soltar a voz convidados é, para Pérola, sobre “Mapeando a recen-
sonantes do continente afri- de alegria, porque também “um momento de muita expec- te performance angolana”,
cano como os Livity, de Cabo sou uma das admiradoras tativa e satisfação” e prometeu realizada no Camões - Cen-
Verde, e Tabanka Djaz, da incondicionais dos Kassav.” “levar alegria e muita diversão tro Cultural Português, em
Guiné-Bissau. Yola Semedo é uma das em palco e contribuir para o Luanda, na qual foram ora-
Vencedora da 20ª edição mentoras do Festival de Zouk, sucesso do festival.” dores Thó Simões, Cabuenha
do “Top dos Mais Queridos” que prefere denominar de Já os cantores CEF e Kyaku Moniz, Renata Torres e Rose
de 2010, Yola Semedo garantiu “Festa da África Lusófona”, por Kyadaff reforçaram a ideia de Mara Silva.
“surpresas”, deixando trans- ser mais uma oportunidade que esses momentos devem A mesa-redonda reali-
parecer a possibilidade de para se fortalecer o intercâmbio ser aproveitados principalmente zou-se à margem da expo-
poder actuar juntamente com cultural entre os artistas que para se fortalecer os laços cul- sição de pintura, instalação
o s K a s s a v. “ Va i s e r u m falam a língua portuguesa. turais e de amizade entre os e performance do artista plás-
momento de muita festa e de “Foi num ambiente informal nacionais e estrangeiros. tico Thó Simões, denominada
“Congolândia - Multiversos Curadora Susana Sousa (à direita) foi a moderadora do debate
30 DESPORTO Quinta-feira
13 de Setembro de 2018

SELECÇÃO NACIONAL DE BASQUETEBOL TORNEIO DE GOLFE APÓS ACUSAÇÕES


DR

AGOSTINHO NARCISO | EDIÇÕES NOVEMBRO

Vencedor do Standard
é conhecido em Outubro
O vencedor da primeira edi- posta pelos angolanos Jacob
ção do “Standard Bank Golf Santa e Nicolau Mateus, com
Cup” é conhecido a 6 de Ou- 307 pontos na classificação
tubro, no Campo do Resort geral, conseguiu manter
Mangais, palco da décima e acesas as esperanças de con-
última etapa do torneio, a quistar a edição inaugural
ser discutido entre as duplas da prova, após somar 44
The Best, Malembre e Royal pontos, correspondentes ao
Champion II. segundo lugar.
Depois de obter o primeiro Na última ronda as aten-
lugar, no último final de ções vão estar voltadas para
semana, os angolanos Antó- as três duplas. Aquela que
nio Marçal e António Luife cometer o menor número de Tenista norte-americana
(The Best) reforçaram a lide- erros, certamente vai lograr proferiu palavras injuriosas
rança com 326 pontos. Ape- o almejado troféu.
sar de ter ficado fora do pódio, Ainda na penúltima etapa,
a equipa Malembre, com- nas distinções individuais, Árbitros ponderam
posta pelos franceses Laurent António Luife arrebatou o
Rey e David Orso, mantém troféu Nearest the Pin (tacada boicotar os jogos
a segunda posição, com 319. que deixa a bola mais próxima
Em declarações ao Jornal do buraco), ao paço que o seu de Serena Williams
de Angola, Marçal reafirmou companheiro António Marçal
o desejo de vencer desde a arrebatou o Longest Drive Os árbitros de ténis estão
altura que tomou conta da (pancada mais longa). a ponderar boicotar os jogos
especificidade. A competição realiza-se de Serena Williams, avan-
“Quando me apercebi pela primeira vez neste for- çou na terça-feira o jornal
que era uma prova patroci- mato em Angola e é disputada "The Times". Uma decisão
nada pela Fidelidade, eu e na variante “Texas scramble”. que surge na sequência da
o meu companheiro entra- A prova comporta mais de polémica final do US Open
mos determinados", disse. 30 duplas. envolvendo o português
Royall Champion II, com- Armindo Pereira Carlos Ramos.
DR
A Federação Internacio-
nal de Ténis (ITF) saiu na
segunda-feira em defesa
do português, considerando
que este tomou as suas deci-
sões com base nas regras
em vigor e defendeu que a
sua postura foi sempre pau-
tada pelo "profissionalismo
e integridade".
Angola é terceira classificada com 10 pontos no Grupo E da prova selectiva ao Mundial Uma reacção que surgiu
já depois de o WTA e da USTA
terem saído em defesa de
Serena Williams, que na final

José António e Júlio Clever do US Open chamou Carlos


Ramos de “ladrão” e “men-
tiroso”, acusando ainda o
Resort Mangais testemunha a disputa da décima etapa português de sexismo.

estreiam na quarta janela


Hendecacampeões africanos já estão na cidade de Tunis CAMPEONATO JÚNIOR EM AMBOS OS SEXOS
onde a partir de amanhã dão início à disputa do torneio

Anaximandro Magalhães Hoje, no palco da com- ganhou apenas um, por 72-
David Silva e Esperança Caxita
petição, a equipa técnica dá 68, à formação espanhola
Os extremos José António
e Júlio Clever Afonso estão
a 24 horas de se estrearem
sequência aos trabalhos de
aprimoramento do jogo
ofensivo e defensivo, ataques
do Lleida.
As outras derrotas foram
por 67-95, ante ao Barcelona,
vencem no Mundial de Xadrez
pela Selecção Nacional sénior cinco contra cinco, defesa e 61-77, diante do Baskonia. Os mestres internacionais obteve empate ante a Rosa- Maghsoodloo (Irão) lidera a
masculina de basquetebol, aguerrida homem a homem O “cinco” nacional mar- angolanos (MI) David Silva mund Wei Xin (Malásia). competição em masculinos,
que já se encontra na cidade e à zona, melhoria da técnica cou no total 275 pontos, 68,7 e Esperança Caxita obtive- A prova, de 11 jornadas, com 6,5 pontos.
de Tunes, Tunísia, onde de individual, lançamentos de de média por encontro. ram na terça-feira a segunda conta com a participação de A Mestre Internacional
amanhã até domingo dispu- lances livres, de dois e três Defensivamente, o combi- vitória no Campeonato do 62 países. Iniciou a cinco Nino Khomeriki, com seis
ta a quarta Janela do Torneio pontos, de modo a melho- nado angolano sofreu 330 Mundo de Xadrez, na cate- deste mês e termina dia 15. pontos, comanda a prova
Africano de Apuramento rarem o percentual. pontos, 82,5 por partida. goria de j uniore s , q ue O Grande Mestre Parham em femininos.
para a 18ª edição do Cam- Angola integra o Grupo decorre na Turquia, após a DOMINGOS CADÊNCIA | EDIÇÕES NOVEMBRO
peonato do Mundo, a decor- E do Torneio Africano, onde disputa da 7ª jornada.
rer de 31 de Agosto a 15 de é terceira classificada com David Silva derrotou o
Setembro do próximo ano, Depois de ter jogado 10 pontos, os mesmos dos e sp e c i a l i sta Li n Pe i s e n
na China. nos torneios Camarões. A série é liderada (China), somando três pon-
José António (Petro de chineses, em Agosto pela Tunísia, com 12. Egipto tos na 110ª posição. Antes,
Luanda), Júlio Clever (Balon- e no início deste e Marrocos, ambas com o tricampeão africano ven-
cesto Tizona de Espanha) e mês, Cissé volta a nove, e Tchad, último com ceu o Mestre Fide (MF) da
Mohamed Malick Cissé (1º merecer a oito, são as outras selecções. República Tcheca, Hollan
de Agosto) vão jogar pela confiança do No Grupo F, também para Martin. David Silva empatou
primeira vez a janela FIBA. seleccionador a corrida ao Mundial, estão com o MI Nikola Nikolovski
Depois de ter jogado nos tor- nacional, William Nigéria, líder com 12 pontos, (Macedónia), igual resultado
neios chineses, em Agosto Bryant Voigt Senegal, 11, República Cen- obtido diante do MF Gui-
e no início deste mês, Cissé tro Africana e Ruanda, nove, laune Philipe (França).
volta a merecer a confiança Costa do Marfim e Mali, oito. A também MI e tricampeã
do seleccionador nacional, Gerson Domingos, Lean- de África em feminino, Espe-
William Bryant Voigt. Terça-feira, no encerra- dro Conceição, Pedro Bas- rança Caxita, bateu a xadre-
De fora, por opção técnica, mento do ciclo preparatório tos, Carlos Morais, José An- zista de Hong Kong, Saloni
ficaram Mutau Fonseca, poste, em Espanha, os hendeca- tónio, Júlio Afonso, Malick Anandpara. A angolana, que
e Egídio Ventura, extremo campeões perderam por 75- Cissé, Leonel Paulo, Reggie agora soma 2,5 pontos, na
base. Por lesão no joelho es- 90, frente ao Partizan de Moore, John Pedro, Her- 85.ª posição, ultrapassou na
querdo foi afastado o extremo Belgrado da Sérvia. Nos qua- menegildo Mbunga e Yan- jornada anterior Cristilla
Edson Ndoniema. tro jogos amistosos, Angola nick Moreira. Rousseau (Bélgica). Antes Mestre Internacional à direita num dos jogos de destaque
DESPORTO Quinta-feira
13 de Setembro de 2018 31
DESPORTO ADAPTADO TRI-CAMPEÃO EM ESTÁGIO
DEPOIS DO REGRESSO AO GIRABOLA
Misto do Huambo
e 3 de Dezembro
M.MACHANGONGO | EDIÇÕES NOVEMBRO

1º de Agosto cria condições


decidem liderança
A equipa do 3 de Dezembro,
para chegar inteiro ao Congo
do Moxico, e o Misto do Hu-
ambo jogam hoje, às 10h00, Militares perseguem a conquista de um resultado positivo em casa
no campo do Novo Cam- de modo a limitar a força do adversário no desafio de Lubumbashi
pismo, em Benguela, em
desafio a contar para a quarta EDIÇÕES NOVEMBRO
jornada do Campeonato Na-
cional de futebol para ampu-
tados, que começou no do-
mingo passado e encerra no Equipa do aeroporto fez a festa nos Coqueiros
próximo sábado na cidade
das acácias rubras.
Estas agremiações parti-
lham a primeira posição da
ASA conquista taça
tabela classificativa da com-
petição, com nove pontos.
Um desafio que vai opor
e faz a dobradinha
o 3 de Dezembro, a equipa
mais titulada do campeonato, A equipa do ASA, depois de ter regressado ao
e o conjunto do Huambo, Girabola, fez ontem a dobradinha, ao sagrar-
vencedor da Supertaça, pelo se campeã nacional da II Divisão, após vitória
que se espera uma partida sobre o Bikuku FC da Lunda-Sul, por 2-1, partida
equilibrada. disputada no Estádio Municipal dos Coqueiros.
JOSÉ SOARES Com maior posse de bola e discernimento
táctico, a formação aviadora foi "dona e senhora"
do jogo, mas os seus jogadores mostraram-se
bastante perdulários. Diogo e Fungo desperdiçaram
ocasiões claras de golo. Concretizadas, o ASA
estaria a vencer por uma boa margem de golos.
Quando menos se esperava, o Bikuku FC Rubro e negros vão para o jogo motivados pela conquista de mais um campeonato nacional
adiantou-se no marcador, por intermédio de
Ibra, aos 15 minutos. A defesa do ASA parou à
espera de um fora-de-jogo, que nunca existiu.
O jogador da formação da Lunda-Sul estava em Honorato Silva do plantel, com a inclusão vitória (3-0), em Lubum-
jogo no momento em que recebeu o passe do dos nigerianos Yisa e Razaq, bashi, e confirmação da van-
colega de equipa. b e m c o m o d o c o ng o l ê s tagem (2-1), no Estádio
Depois do tento sofrido, o ASA não esmo- À espera do lucro, depois de democrata Bobó, recém- Nacional da Cidadela.
receu e manteve o domínio e controlo, com superar o principal objectivo regressados ao país. O ensaio
Para a conclusão da jor- o intuito de virar a desvantagem no marcador. na prova, a entrada na fase das variantes tácticas tem Adeptos atentos
nada, o Misto de Malanje O Bikuku teve de baixar as suas linhas, para de grupos, com a passagem dominado o trabalho do em- Quem é o todo poderoso?
(3º/06) enfrenta o 1 de Junho evitar males maiores. para os quartos-de-final da baixador angolano. Pergunta João Casimiro “John
(4º/06), às 11h00, no Novo No reatamento da partida, a equipa de José Liga dos Clubes Campeões A equipa volta a treinar Casy”, adepto do 1º de Agosto,
Campismo, também realce Dinis entrou decidida em mudar o rumo dos Africanos de futebol, o 1º de hoje, no mesmo recinto, com no facebook, que, com recurso
da competição com favori- acontecimentos. Com jogadas ensaiadas de trás Agosto prepara, ao detalhe, a o foco na padronização de a pesquisas na Internet, par-
tismo repartido. para a frente, o ASA surgia sempre com perigo recepção ao TP Mazembe do jogadas montadas da análise tilha informação sobre o visi-
Antes na abertura da ronda, junto da baliza adversária, com os avançados a Congo Democrático, sábado feita ao estilo de jogo do TP tante, fundado em 1939, por
o Misto de Luanda (5º/03) revelarem ineficácia no ataque. Não tardou, o às 17h00, no Estádio Nacional Mazembe, gigante que pri- monges beneditinos que diri-
encara a sua similar de Ben- ASA repôs a igualdade, por intermédio de Vito- 11 de Novembro, apostado em vilegia a componente técnica, giam o Instituto de São Boni-
guela (6º/01), com favoritismo riano, decorridos 53 minutos. Na transformação vencer, de modo a chegar apoiada na pressão alta e no fácio Elisabethville.
da equipa da capital devido de uma grande penalidade, Kibeixa deu o inteiro a Lubumbashi. contacto físico. Os 5 títulos da Liga dos
à sua posição na tabela clas- título ao ASA, aos 77 minutos. O trio de arbi- O peso competitivo do Campeões (1967, 1968, 2009,
sificativa, mas os anfitriões tragem chefiado por João Goma esteve glo- colosso africano leva os mili- Bilhetes na rua 2010, 2015), 3 Taças Nelson
prometem surpreender os balmente bem. tares do Rio Seco, em estágio No capítulo organizativo, o Mandela (1980, 2016, 2017),
adversários. António de Brito a partir de hoje, a redobrar clube militar montou um pro- 3 Supertaças Africanas (2010,
Ontem, para a quarta ron- a entrega nos treinos, mas grama especial de venda de 2011, 2016) e o segundo lugar
da, o Misto de Benguela per- sem complexos de subser- bilhetes. A loja móvel dos rubro do Mundial de Clubes, em
deu diante do 3 de Dezembro, viência, conforme assegurou e negros sai à rua, para, em 2010, são os destaques do
por 1-3, com golos de Neves COLOSSO AFRICANO Ivo Traça, adjunto do sérvio pontos estratégicos da cidade vasto palmarés do clube tute-
Sonhi e um bis de Moisés Zoran Macki: de Luanda, facilitar o acesso lado pelo milionário Moise
Cazar, enquanto Pedro Victor “Não vamos falar muito, dos adeptos interessados em Katumbi.
marcou o tento de honra dos
anfitriões.
Mazembe faz primeiro mas sim trabalhar e esperar
pelo jogo. Teremos um 1º de
assistir ao jogo no estádio.
Nas redes sociais, nomea-
O internauta dá igual-
mente ênfase ao plantel com-
Resultado idêntico regis- Agosto à altura. Vai ganhar damente no facebook, as posto pelos guarda-redes
tou-se no desafio entre o Misto
do Huambo e Malanje, com
treino hoje em Luanda quem for melhor”.
A mensagem de confiança
abordagens apontam para Ibrahim Mounkoro (Mali),
Sylvain Gbohouo (Costa do
os tentos a serem apontados dos jogadores foi passada Marfim) e Ley Matampi (Con-
por João Chiquete, Menezes O Tout Puissant Mazembe, Agosto”, Pamphile Mihoyo por Buá, que, numa tirada As contas go Democrático); os defesas
e Laurindo Lukamba. José vice-campeão do Congo faz-se acompanhar de 18 filosófica, lembrou que quem da eliminatória Joel Kimwaki, Jean Kasusula,
Eduardo reduziu para o con- Democrático, realiza hoje jogadores, com realce para quer ser grande tem de jogar giram em torno do Arsène Zola, Issama Mpeko,
junto de Malanje. às 16h00, no Estádio França o guarda-redes maliano, com os grandes. “Temos uma triunfo em casa e, Kévin Mondeko, Kino Mwelwa
O Misto de Luanda goleou “Ndalu”, a primeira sessão Ibrahim Mounkoro.Os mé- palavra a dizer. Vamos entrar com isso, viajar algo (todos do Congo Democrá-
o FC Funda, por 6-0, com de treino na capital angolana, dios Christ Kisangala, Chris- 11 contra 11. Vai haver sur- tranquilo para os tico) e Kabaso Chongo (Zâm-
um “hat trick” de Francisco, tendo em vista o jogo de tian Koffi e Abdoulaye Sisso- presa nesse jogo”. domínios do vice- bia); os médios Christ Kisan-
enquanto André bisou e Wil- sábado com o 1º de Agosto, ko, bem como os avançados As contas da eliminatória campeão congolês, gala (Congo Democrático),
son Ngola marcou o outro a contar para os quartos-de- Elia Meschak, Landriy Tchat- giram em torno do triunfo favorito a estar Nathan Sinkala (Zâmbia),
golo. Catarino de Carvalho e final da Liga dos Clubes Cam- cher, Trésor Mputu Mabi (ex- em casa e, com isso, viajar presente nas Christian Koffi (Costa do Mar-
Eno Guilherme, ambos do 1 peões Africanos de futebol. Kabuscorp do Palanca) e Ada- algo tranquilo para os domí- meias-finais fim), Rainford Kalaba (Zâm-
de Junho (Luanda), ocupam A recuperação física dos ma Traoré. nios do vice-campeão con- bia), Abdoulaye Sissoko
o primeiro lugar da lista dos jogadores e a melhoria dos De 21 anos, Elia Meschak golês, favorito a estar presente (Mali), Miché Mika e Glody
melhores marcadores, com aspectos técnicos vão marcar é uma das revelações do TP nas meias-finais, etapa que, uma hipotética partilha da Likonza (Congo Democrático)
seis golos apontados, enquanto seguramente os trabalhos Mazembe. O internacional a ser atingida pela equipa lotação do 11 de Novembro, e os avançados Landry Tcha-
Oliveira Ambriz (Misto de de preparação da formação congolês democrata está a rubra e negra, será o melhor a julgar pela grande comu- tchet (Camarões), Trésor Mpu-
Malanje) está na terceira posi- congolesa. Na parte final do ser seguido pelos principais registo de Angola na com- nidade de cidadãos do Congo tu, Déo Kanda, Jackson Muleka,
ção, com cinco tentos. treino, o técnico Pamphile emblemas franceses. petição continental, depois Democrático. Os Agostinos Elia Meschack, Robert Mbelu,
O campeonato, que encerra Mihoyo promove uma "pela- Antes do jogo com o tri- de em 2001, sob o comando manifestam-se dispostos a Ben Malango e Chico Ushindi
no sábado no campo do Cam- dinha" em campo reduzido, campeão angolano, o TP do brasileiro Djalma Alves contrariar esse cenário, com (todos do Congo Democrático).
pismo, está a ser disputado para os atletas recrearem- Mazembe realizou sábado Calvacanti (falecido), o Petro a presença em maior número. Atento à força ofensiva do
no sistema de todos contra se com a bola. A finalizar o um amistoso com o Forest de Luanda ter passado da Em 2009, na segunda eli- adversário, John Casy chama
todos a uma volta, sendo cam- apronto são feitos exercícios Rangers da Zâmbia, na cidade fase de grupos. minatória da Liga dos Cam- atenção para Ben Malango, 7
peã a equipa que somar o físicos e corridas ligeiras à de Lusaka. O treino de ontem de ma- peões, o TP Mazembe elimi- golos, e Elias Mechack, 3, os
maior número de pontos. volta do Estádio. nhã, no Estádio França Ndalu, nou o Petro de Luanda, com principais finalizadores da
António Cristóvão Para a “operação 1º de António de Brito reuniu todos os disponíveis o agregado de 5-1, mercê da equipa na Liga dos Campeões.
PUBLICIDADE

QUI13SET
ISSN 0446-9518

9 770446 951006

CAMPANHA NAS CONSERVATÓRIAS E LOJAS DE REGISTO LANÇAMENTO AMANHÃ

ALTO
Justiça vai responsabilizar Direito do Ambiente
é abordado em livro
criminalmente corruptos A formação e educação
ambiental, prevenção, pre-
caução, desenvolvimento
ambiental, nomeadamente,
a avaliação de impacte
ambiental, licenciamento
Bikuku FC sustentável, participação e ambiental e a auditoria
Futebol na Lunda-Sul A segunda fase da cam-
PAULO MULAZA | EDIÇÕES NOVEMBRO
o direito de acesso à infor- ambiental, responsabilidade
Depois do Sagrada Esperan- panha de moralização para mação são assuntos abor- por danos ambientais, civil,
ça, na Lunda-Norte, e do
o combate à corrupção e à dados no livro “Direito do criminal e administrativa,
Bravos do Maqui, no Moxico,
o Leste tem agora uma ter- impunidade no Ministério Ambiente Angolano”, a ser organização do Estado e de
ceira equipa no Girabola, o da Justiça e dos Direitos lançado amanhã, em Luanda. outros entes, em matéria do
Bikuku Futebol Clube, que Humanos decorre já no pró- Da autoria de Eduardo ambiente e a Convenção-
já foi Progresso da Lunda- ximo mês, com a monoto- Mendes Simba e Pedro Ki- Quadro das Nações Unidas
Sul. A equipa criou, entre- rização de falhas no cum- nanga dos Santos, ambos sobre Mudança do Clima,
tanto, embaraços no Gira- primento da lei, das boas docentes da Universidade Protocolo de Quioto e os
bola de 2017, ao anunciar, práticas e princípios de boa Agostinho Neto, o livro abor- Acordos de Paris.
sucessivas vezes, desistir governação. da o “Direito do ambiente Tido como um contributo
por razões financeiras. Os As acções incidem na rea- angolano no actual contexto para o surgimento e forta-
jogadores chegaram a ficar
lização de auditorias internas normativo e dogmático e, ao lecimento da cidadania
meses sem salários e decre-
taram greves, que só termi- ou externas regulares. “Os mesmo tempo, responde às ambiental, a obra traz, igual-
naram com intervenções do resultados estão a ser aplau- mudanças dos programas mente, os protocolos da
Governo. A equipa caiu de didos pelos participantes e curriculares das diversas SADC em matéria ambien-
divisão. Espera-se que os decorrem até ao presente universidades que ministram tal , nomeadamente o s
dirigentes tenham feito o momento num ritmo bas- o curso de Direito”. diplomas sobre florestas,
estudo de viabilidade, para tante satisfatório”, afirmou O ministro da Justiça e pescas, cursos de água par-
não depender, novamente, uma fonte, sublinhando que dos Direitos Humanos, Fran- tilhados e as organizações
de patrocínios eventuais a terceira fase vai incidir na cisco Queiroz, apresenta o de bacias hidrográficas, bem
que nem sempre chegam. responsabilização criminal livro às 16 horas, no auditório como sobre a conservação
dos infractores, fruto das Maria do Carmo Medina. O da fauna selvagem e apli-
auditorias realizadas. livro aborda, igualmente, os cação da lei e as áreas trans-
A primeira fase, que ini- instrumentos de gestão fronteiriças de conservação.
ciada no dia 23 de Maio, está
em conclusão e consiste em
BAIXO sessões de formação sobre
o código de conduta, suborno
Ministro Francisco Queiroz quer extirpar a corrupção
ELEIÇÕES NO BRASIL
e corrupção aos funcionários
do Ministério da Justiça e dos
Direitos Humanos, assim
como aos fornecedores de
vigentes em Angola e os pro-
cedimentos em vigor naquele
país. O magistrado do Minis-
tério Público afirmou que os
Cerca de 30 acusados
Romano Fenati
Conduta desleal
serviços e bens, para muni-
los de ferramentas adequadas
visando auxiliar na prevenção
órgão ministerial.
Na abertura da campanha,
o Procurador-Geral da Repú-
eixos estão alinhados com o
slogan da Procuradoria-Geral
da República: “Está nas nos-
disputam presidenciais
Um piloto italiano foi notícia e no combate à corrupção. blica, Hélder Pitta Grós, afir- sas mãos dizer não à corrup- Cerca de 30 acusados na impedida pela Justiça Elei-
em todo o mundo pelas pio- As sessões de formação mou que a corrupção deve ção e sim à transparência, Operação Lava Jato ou em toral, a lista de arguidos e
res razões. Romano Fenati, decorrem nas Conservató- encontrar na justiça um obs- lealdade e rigor”. desdobramentos da operação denunciados inclui o seu
piloto da Moto2, utilizou a rias, lojas de registos e outras táculo intransponível, por O ministro da Justiça e contra a corrupção são can- substituto, Fernando Had-
mão esquerda para travar áreas do Ministério da Jus- ser um fenómeno grave que dos Direitos Humanos, Fran- didatos às eleições presi- dad, que é alvo de um pro-
a mota de Stefano Manzi en- tiça e dos Direitos Humanos corrói e fragiliza as bases e cisco Queiroz, reconheceu, denciais brasileiras de Ou- cesso na Justiça Eleitoral de
quanto ambos seguiam em
que lidam mais directa- os pilares da sociedade, com na altura, que dirige um sec- tubro, noticiou ontem o jornal São Paulo.
alta velocidade, em plena
prova. A atitude do experien- mente com o público, onde repercussões calamitosas. tor que foi afectado com a “Folha de São Paulo”. Geraldo Alckmin, do Par-
te piloto vai contra os valores estão fixados cartazes e roll- O magistrado comparou prática da corrupção e, para De acordo com o jornal, tido da Social Democracia
do desporto, como a cama- ups. Estão, igualmente, pro- a corrupção a um cancro, ser extirpada, defendeu a alguns dos políticos visados Brasileira, foi acusado na
radagem, o respeito pelo ad- gramadas acções de mora- pelos prejuízos que causa ao urgente promoção dos valo- em casos de corrupção apa- semana passada pelo Minis-
versário e fair-play. Pela sua lização a nível das delega- desenvolvimento económico res da transparência, da leal- recem bem posicionados tério Público de São Paulo,
conduta anti-desportiva e ções províncias. da sociedade e alertou para dade e rigor. nas sondagens de intenção por suspeitas de corrupção,
perigosa, Fenati foi despe- A campanha de morali- o facto de “um poder que se O ministro ressaltou a de voto. e José Maria Eymael, do par-
dido da equipa. A Marinelli zação para o combate à cor- serve, em vez de servir, ser aprovação, em Março deste Além do ex-Presidente tido Democracia Cristã (DC),
Snipers considerou a atitude rupção tem como objectivo um poder que não serve”. ano, pelo Presidente da Repú- Luiz Inácio Lula da Silva, passou a ser investigado em
inexplicável e negativa para estancar a corrupção na so- Hélder Pitta Grós elogiou blica, do programa de mora- do Partido dos Trabalhadores 2017 também pelo processo
a imagem de todos os des- ciedade e promover a trans- a criação de três eixos de lização do sector da justiça (PT), que viu a candidatura Odebrecht.
portistas. Fenati arrisca-se parência, a lealdade, rigor actuação eleitos pelo Minis- baseado na prevenção dos
a ser acusado de tentativa
e a boa governação pelos ser- tério da Justiça e dos Direitos actos de corrupção e de má
de homicídio. A atitude do
atleta italiano mostra que, viços, além de encorajar os Humanos (prevenção, mo- conduta, através da formação PETRÓLEO
no desporto, tal como em funcionários do Ministério nitorização e responsabi- regular em curso sobre
outros campos da vida, não
vale tudo para alcançarmos
os nossos objectivos.
da Justiça e dos Direitos Hu-
manos a denunciarem prá-
ticas que contrariam as leis
lização) que revelam a di-
mensão do seu compromisso
com a causa, abraçada pelo
suborno e corrupção, refres-
camento de Código de Con-
duta a todos os funcionários.
OPEP revê em baixa
BASQUETEBOL realizado ontem, na sede peonato Nacional da II Divi-
o consumo mundial
do Comité Paralímpico são. A ronda fica completa A Organização de Países que em 2018 a procura se

ASA e Sport Libolo Angolano.


O número de equipas
com as seguintes partidas:
Vila Clotilde - Marinha, 1º
Exportadores de Petróleo
(OPEP) reviu ontem em baixa
cifre em média em 98,82
milhões de barris por dia,
desta edição subiu para 12, de Agosto - Casa Pessoal, a estimativa do consumo mais 1,67 por cento do que
centralizam atenções mais duas em relação à época
passada. Destaque para as
Helmarc - Tati Investimento.
A época abre com a disputa
mundial de petróleo, para
uma média de 100,23 milhões
em 2017, e que aumente 1,43
por cento no próximo ano.
A partida entre o ASA e o centraliza as atenções da jor- estreias do Tati Investimento, da Supertaça entre o 1º de de barris por dia em 2019 e As novas estimativas tradu-
Sport Libolo e Benfica, agen- nada inaugural da 41ª edição de Cabinda, e do Clube Agosto e Sport Libolo e Ben- anunciou um aumento da zem uma correcção em baixa
dada para o dia 28, no Pavi- do Campeonato Nacional de Kwanza, de Luanda, apura- fica, dia 22, no pavilhão prin- própria produção em Agosto. que, segundo o relatório,
lhão Multiusos do Kilamba, basquetebol, ditou o sorteio das após vencerem o Cam- cipal da Cidadela. No relatório mensal ontem “reflectem projecções eco-
divulgado, a OPEP estima nómicas menos optimistas”.