Você está na página 1de 32

PUBLICIDADE

QUA19SET
Quarta-feira
19 de Setembro de 2018
Ano 43 • N.º 15391

Kz 45,00
Director: VÍCTOR SILVA
Director-Adjunto: CAETANO JÚNIOR
www.jornaldeangola.co.ao

SANTOS PEDRO | EDIÇÕES NOVEMBRO

ANGOLA E PORTUGAL
Linha de crédito Fim da dupla
ampliada tributação

Mais ligações Observatório dos


aéreas Investimentos
portugueses
Medidas para em Angola
prevenir fraude e angolanos
e evasão fiscal em Portugal

Cooperação fortalecida
Presidente João Lourenço convida Portugal a assumir um papel relevante no desenvolvimento dos dois países
e o Primeiro-Ministro António Costa agradece a forma como Angola tem acolhido os nacionais
e as empresas portuguesas. POLÍTICA • 2|3 • ECONOMIA • 11

NOVA IORQUE MERCADO LIGA DOS CAMPEÕES

Assembleia-Geral 2018
Desemprego 1º de Agosto
começou ontem NESTA EDIÇÃO adia o sonho Ajax Shakthar
adapta-se
A 73ª Assembleia-Geral LUÍSA ROGÉRIO da casa própria HOJE ÀS 18H00 HOJE ÀS 18H00
da ONU começou ontem Estádios ensanguentados
AEK Atenas Hoffenheim ao calor de
e vai até 5 de Outubro, com O desemprego e a falta
sessões e reuniões oficiais
OPINIÃO • 7
de um salário compatível Real Madrid Valencia
Lubumbashi
de alto nível para a discus- UÍGE para concorrer aos pro-
HOJE ÀS 20H00 HOJE ÀS 20H00
são de questões mundiais, Centenas de jovens jectos imobiliários do O 1º de Agosto, com Geraldo
como o combate às armas, criam mais empregos Estado colocam o sonho Roma Juventus e Paizo, faz hoje, em Lu-
promoção dos direitos REGIÕES • 23 de aquisição de uma casa bumbashi, o treino de re-
humanos, desenvolvi- mais distante dos jovens Benfica Plzan cuperação para o jogo de
mento social e económico, em Angola. Para piorar, HOJE ÀS 20H00 HOJE ÀS 20H00 sexta-feira com o TP Ma-
assistência humanitária a oferta de casas no país Bayern CSKA zembe para a decisão dos
no mundo e a prevenção ainda está muito abaixo quartos-de-final da Liga
de doenças crónicas, tuber- da procura. Na reporta- dos Campeões Africanos.
culose, malária e sida. Em gem, jovens contestam City Young Boys Amanhã realiza-se o reco-
Nova Iorque, vão estar pre- as formas de acesso aos HOJE ÀS 20H00 HOJE ÀS 20H00 nhecimento do relvado
sentes líderes de 193 paí- programas. Lyon Man United sintético do Estádio de Lá
DESPORTO • 31
ses-membros. MUNDO • 9 REPORTAGEM • 4 Kenya. DESPORTO • 31
2 POLÍTICA Quarta-feira
19 de Setembro de 2018

INVESTIMENTO PORTUGUÊS EM ANGOLA

Chefe de Estado quer empresários


a produzir para o benefício comum
Novo estágio na cooperação entre os dois países foi confirmado ontem com a assinatura de dez novos instrumentos jurídicos
que vão sustentar o intercâmbio em vários sectores que podem alavancar a economia dos dois países e assinalar uma nova era

SANTOS PEDRO | EDIÇÕES NOVEMBRO

João Dias

O Presidente da República,
João Lourenço, considerou
“bem-vindo” o investi-
mento directo português em
vários sectores da economia
angolana.
João Lourenço, que falava
na abertura das conversações
oficiais Angola-Portugal por
ocasião da visita de trabalho
do Primeiro-ministro luso,
António Costa, encorajou as
autoridades portuguesas a
sensibilizarem empresários
a aceitarem “embarcar no
desafio da diversificação eco-
nómica do país”.
O estadista angolano real-
çou a necessidade de uma
cooperação com benefícios
recíprocos entre Angola e Por-
tugal e indicou áreas em que
o investimento português é
bem-vindo.
Entre as áreas, o realce vai
para a indústria transforma-
dora, com base em matérias-
primas e materiais locais, a
agricultura e a agro-indústria
e outras que concorram para Intervenções do Presidente João Lourenço e do Primeiro-ministro António Costa assinalaram o regresso à normalidade das relações entre os dois países
o incremento da produção de
bens de consumo fundamen-
tais para o mercado interno e estabelecerem uma empresa cooperação “dão solidez e com vista à concretização Parceria entre iguais melhora a atractividade do
para a exportação. ou negócio em Angola”, afir- substância à visita de Antó- desses objectivos, Angola O Primeiro-ministro por- mercado e do ambiente de
mou João Lourenço. O Pre- nio Costa, e espera que aju- conta com a participação dos tuguês afirmou que “Portugal negócios junto dos investi-
sidente da República deixou dem a criar sinergias que seus principais parceiros in- continua aberto e deseja a dores externos.
“Estamos claro que Portugal poderá conduzam ao pragmatis- ternacionais, entre os quais presença de Angola”. António António Costa deixou claro
a fazer uma assumir, neste contexto, um mo e sustentação às relações Portugal. Costa disse que a cooperação que Angola e Portugal estão
aposta decidida na papel relevante, enfatizando de cooperação. com Angola é “uma parceria ligados pelo passado e pelo
criação de um o vasto conhecimento que “Recebo-o de coração Situação na Guiné-Bissau entre iguais, em que cada presente, mas estão sobre-
ambiente de aquele país europeu tem sobre aberto, neste contexto muito No seu discurso na abertura um contribui para a riqueza tudo ligados para o futuro.
negócios seguro e a realidade de Angola, bem particular da visita de tra- das conversações bilaterais, do outro”. “É este é o significado que
atractivo, no âmbito como a experiência acumu- balho que efectua a Angola”, o Presidente da República, António Costa indicou que pretendo dar à minha visita”,
do qual os lada ao longo de séculos. disse o Presidente da Repú- João Lourenço, lembrou que a cooperação se estende às disse. O chefe do Governo
investidores deixam “É um capital que deve ser blica, ao dirigir-se ao Pri- os dois países, na qualidade universidades, centros de luso indicou o esforço con-
de se confrontar explorado e potenciado ao meiro-ministro português, de membros da Comunidade investigação e tecnologia, junto de Angola e Portugal
com obstruções máximo na construção das a quem lembrou que “as rela- dos Países de Língua Portu- instituições públicas, forças em prol da paz, da segurança
resultantes de bases sobre as quais deve ções entre Angola e Portugal guesa (CPLP), têm procurado armadas e forças e serviço e do desenvolvimento, e agra-
procedimentos assentar a nossa cooperação são históricas, seculares, em conjunto desempenhar de segurança, poderes públi- deceu o apoio das autorida-
exageradamente bilateral”, referiu. marcadas por uma profunda um papel que contribua para cos, meios culturais e artís- des angolanas na eleição de
burocráticos” O Chefe de Estado disse carga afectiva de amizade e a estabilidade, paz e segu- ticos e aos desportistas. “Estas António Guterres a Secretá-
que “é fundamental que o solidariedade entre os seus rança global. instituições cultivam relações rio-geral das Nações Unidas,
bom senso, o pragmatismo povos”, disse. Ao referir-se à situação na de grande proximidade e co- e de António Vitorino a direc-
O Presidente da República e sentido de Estado preva- O Chefe de Estado ango- Guine-Bissau, o Chefe de Es- laboração que fazem da nossa tor da Organização Interna-
disse “ver com bons olhos a leçam sempre nas relações lano realçou que há, entre tado angolano disse que “tem parceria estratégica fundada cional das Migrações.
implantação de pequenas e entre Angola e Portugal, para Angola e Portugal, uma rela- havido sinais encorajadores em bases sólidas e perma- António Costa agradeceu
médias empresas portuguesas que estas se robusteçam con- ção de dois Estados inde- que levam a crer nas eleições nentes”, enfatizou. também o facto de Angola,
no mercado angolano, dentro tinuamente e vençam as vi- pendentes e soberanos que de Novembro próximo como Actualmente, lembrou, nos anos da crise portuguesa,
de uma lógica em que se esta- sões pessimistas que, de quan- se respeitam e cujos governos um importante factor de con- operam no país mais de mil ter dado oportunidade de
beleçam para produzir riqueza do em quando, procuram se têm a responsabilidade de solidação da democracia, da empresas portuguesas de investimento a empresários
que resulte em benefícios afirmar”. Por isso, João Lou- traçar políticas que garantam concórdia e da união entre capital misto, mais de 5.000 lusos, e quando Angola pas-
importantes para ambos. renço encorajou a manuten- uma cooperação sólida em todos os guineenses”. exportam produtos, numa sou por dificuldades, empre-
João Lourenço encorajou ção de uma linha de diálogo variados domínios e estreitar Em relação a Moçambi- altura em que é um dos prin- sas portuguesas decidiram
as autoridades portuguesas permanente. os laços de amizade e de que, João Lourenço disse cipais parceiros a nível mun- continuar no país com os seus
a sensibilizarem investidores cooperação Económica. estar preocupado com “algu- dial e o principal em África. projectos. “Isto denota con-
a aceitarem o desafio, crian- Reacção aos acordos “Temos consciência de mas acções terroristas loca- Na sua intervenção, Antó- fiança dos investidores por-
do-lhes facilidades por via Relativamente aos acordos, que se impõe a necessidade lizadas e pontuais contra nio Costa reconheceu o facto tugueses em Angola”, disse.
de linhas de crédito. o Presidente da República de transformarmos os vas- populações civis”, funda- de o Presidente João Lou-
“Do nosso lado, estamos referiu-se, com destaque ao tos recursos de que Angola mentalmente por considerar renço estar a receber grande Papel de Angola
a fazer uma aposta decidida Programa Estratégico de dispõe em riqueza real, por “um flagelo dos tempos atenção internacional por O Primeiro-ministro por-
na criação de um ambiente Cooperação 2018-2022, e à forma a garantirmos o pro- actuais, que não só afecta a demonstrar a nova fase do tuguês disse que, na África
de negócio seguro e atractivo, Convenção para eliminar a gresso e a melhoria signi- segurança e estabilidade de desenvolvimento de Angola, subsahariana, Angola “é
no âmbito do qual os inves- dupla tributação em matéria ficativa das condições de Moçambique como repre- um país que procura apro- motor de desenvolvimento,
tidores deixam de se confron- de impostos e reduzir a vida das nossas popula- senta um sério perigo em fundar o seu nível de abertura apostando numa diplomacia
tar com obstruções resultantes fraude e a evasão fiscal. João ções”, salientou João Lou- termos de expansão da sua e progresso social. preventiva e de resolução de
de procedimentos exagera- Lourenço disse que estes renço, assinalando que, no acção para toda a região da O Primeiro - mini stro conflitos, manutenção de
damente burocráticos, para instrumentos jurídicos de esforço a ser empreendido África Austral”. disse ter notado que Angola paz em vários países, tal
POLÍTICA Quarta-feira
19 de Setembro de 2018 3
como ocorre com Portugal
a integrar a Missão das Nações ÂMBITO MULTILATERAL REFORÇO DO INTERCÂMBIO
Unidas na República Centro
Comissão Permanente
JOÃO GOMES | EDIÇÕES NOVEMBRO
Africana. “Num mundo onde
se afirmam as tendências do
exclusivismo e da xenofobia,
pondo em causa o multila-
teralismo e o primado do
identifica prioridades
Direito Internacional, os paí- Angola e Portugal decidi- em particular o respeito
ses da CPLP cuja presidência ram reactivar a Comissão pelos valores democráticos,
deve ser assumida por Angola Ministerial Permanente a protecção e promoção dos
em 2020, contrapõem com (CMP), funcionando a dois Direitos Humanos, a paz e
uma visão aberta do Mundo níveis, um dos quais téc- segurança regional e inter-
e do benefício dos contactos nico, para identificar prio- nacional, a soberania e inte-
entre os povos”, disse. ridades, desenhar projectos gridade territorial, a solução
e assegurar o acompanha- pacífica de conflitos e a não
Dívidas às empresas mento da sua implemen- ingerência nos assuntos
Relativamente ao problema tação, agregando os minis- internos de cada Estado.
das dívidas às empresas por- térios relevantes e contri- Reconhecendo que os
tuguesas, António Costa, que buindo para uma melhor laços históricos, culturais,
deixou Luanda ontem à noite, utilização dos recursos políticos e de consanguini-
disse haver um trabalho em disponíveis. dade constituem uma base
curso “com sinais positivos A decisão consta do co- sólida e abrangente para uma
do empenho das partes em municado conjunto produ- cooperação cada vez mais
ultrapassar situações difíceis.” zido por ocasião da ocasião dinâmica e diversificada
O Primeiro-Ministro reco- da visita do Primeiro-minis- entre os dois Estados, Angola
nheceu que, nos últimos dez tro português, António Costa e Portugal concordaram que
anos, a economia mundial a Angola. Angola e Portugal a excelência das relações
tem registado “momentos consideraram também per- bilaterais que as une permite Manuel Augusto e Augusto Santos Silva assinaram ontem a Declaração Comum de Intenções
de alguma turbulência, tinente a realização de reu- a plena realização da parceria
embora, muitas das empresas niões de nível ministerial estratégica e privilegiada

Dez acordos assinados


portuguesas tenham encon- pelo menos uma vez por que está a ser estabelecida
t ra d o p ro s p e r i d a d e e m ano, preparadas em encon- pelos dois países.
Angola que não têm conse- tros de altos funcionários Neste sentido, saudaram
guido em Portugal, com a com a participação de todos a assinatura do Programa

concretizam ambições
crise que sofreu. os ministérios relevantes na Estratégico de Cooperação
cooperação bilateral. (PEC), o qual constituirá
As partes assinalaram a um quadro de referência
Muitas vontade de reforçar a coo- para a cooperação bilateral,
empresas peração no domínio da alinhada com as prioridades
portuguesas Defesa, nomeadamente nas estratégicas do Executivo Entendimento nos Transportes estabelece bases jurídicas
encontraram áreas da segurança marí- angolano plasmadas no para a exploração das rotas aéreas entre Lisboa e Luanda
oportunidades tima, da cyber-defesa, da Plano de Desenvolvimento
de crescimento hidrografia e cartografia e Nacional 2018-2022 e em
em Angola das indústrias de Defesa, áreas onde Portugal detém João Dias confere um enquadramento cobertura de riscos de crédito
e muitos bem como de promover a reconhecidas mais-valias jurídico às actividades de co- da Convenção para os 1.500
investimentos participação conjunta das e experiência. Também Angola e Portugal assinaram operação bilateral em curso, milhões de euros.
angolanos Forças Armadas em missões neste âmbito, Angola e Por- ontem a Declaração Comum após o término da vigência
encontraram de paz ou humanitárias. tugal vão promover opor- de Intenções entre o Minis- da adenda anterior. Transportes
em Portugal Angola e Portugal mani- tunidades de cooperação tério das Relações Exteriores Ainda ontem, foi assinado O Acordo sobre Transporte
festaram a sua satisfação no plano multilateral, numa e a congénere dos Negócios o Acordo para a Assistência Aéreo entre Portugal e An-
pelo “momento particu- lógica de interesses comuns Estrangeiros de Portugal Administrativa Mútua em gola foi assinado por Ricar-
larmente auspicioso” do e benefícios mútuos. sobre a implementação do Matéria Tributária entre An- do de Abreu, ministro dos
relacionamento político e As partes acordaram a Acordo de Promoção e Pro- gola e Portugal. Transportes de Angola, e
“Ao longo destes 10 anos, económico entre os dois composição do Observa- tecção Recíproca de Inves- Este acordo visa estabe- Augusto Santos Silva, minis-
houve também uma queda países e reiteraram o inte- tório dos Investimentos timentos (APPRI). lecer as bases para a assis- tro dos Negócios Estrangei-
muito significativa do preço resse no continuado reforço angolanos em Portugal e O ministro das Relações tência administrativa mútua ros luso.
do petróleo, obviamente, da cooperação bilateral, dos portugueses em Angola, Exteriores, Manuel Augusto, em matéria fiscal e para a O acordo estabelece as
que afectou a economia an- assente nos princípios esta- criado na esteira do acordo por Angola, e dos Negócios cooperação no âmbito da bases jurídicas para a explo-
golana. Agora, aquilo que é belecidos na Carta das de cooperação entre os res- Estrangeiros, Augusto Santos introdução do IVA em An- ração de rotas aéreas entre
para mim muito claro, é que Nações Unidas e nas normas pectivos Governos, assi- Silva, por Portugal, rubri- gola, já no quadro do Orça- Portugal e Luanda, confe-
há ‘sistema de vasos comu- do Direito Internacional, nado em Junho de 2015. caram o documento. mento Geral do Estado para rindo o devido enquadra-
nicantes’ entre nós e que a Esta declaração estabelece o próximo ano. mento a estas rotas de par-
melhor forma é, cada vez o compromisso político de ticular relevância comer-
que há um problema eco- concluir o processo de entrada cial e às companhias que
nómico num país, haver so- CIRCULAÇÃO DE CAPITAIS em vigor do APPRI, permi- nela operam.
lidariedade entre todos”, su- tindo ponderar a possibilidade Angola e Portugal Angola e Portugal assi-
blinhou o Primeiro-Ministro,
para quem muitas empresas
portuguesas encontraram
Medidas reforçadas de negociar uma adenda para
a sua adequação ao actual
quadro de desenvolvimento
assinaram também
o Memorando de
Entendimento entre
naram também o Memo-
rando de Entendimento
entre a Unidade de Gestão
oportunidades de cresci- económico dos dois países da Dívida de Angola e Agên-
mento em Angola e muitos
investimentos angolanos en-
contraram em Portugal.
contra evasão fiscal ao novo paradigma aprovado
pelo Governo angolano na
matéria, bem como as nor-
a Unidade de Gestão
da Dívida de Angola
e a Agência de
cia de Gestão da Tesouraria
e da Divindade Pública de
Portugal. O mesmo permitirá
Gestão da
O Primeiro-Ministro por- Diante do Presidente da A certeza e a segurança mas da União Europeia apli- Tesouraria e da a Angola poder dispor de
tuguês considerou que as ba- República, João Lourenço, e jurídicas decorrentes desta cáveis a Portugal. Divindade Pública colaboração técnica no do-
ses para a nova era da coope- do Primeiro-Ministro por- convenção assinada ontem Outro instrumento assi- de Portugal mínio da gestão financeira
ração entre Angola e Portugal tuguês, António Costa, o representam um factor evi- nado é o Programa Estratégico em particular no que respeita
foram dadas com a assinatura ministro angolano das Finan- dente de incentivo à captação de Cooperação 2018-2022, à contracção de financia-
de acordos para evitar a dupla ças, Archer Mangueira, e o mútua de investimento. cujos signatários foram Do- O documento permitirá mento público e a sua gestão.
tributação, no domínio aéreo, secretário de Estado adjunto O acordo visa também mingos Custódio Lopes, se- ainda controlos fiscais si- O Protocolo de Coope-
e para o alargamento da linha português das Finanças, Ri- proteger a receita fiscal de cretário de Estado para a Co- multâneos, assistência de ração entre o Ministério da
de crédito para a exportação. cardo Mourinho Félix, assi- cada um dos Estados que a operação Internacional e Co- cobranças de créditos, trocas Construção e Obras Públi-
António Costa, que falava naram a Convenção para outorga e evitar que tenham munidades Angolanas, e pela de informação com protec- cas de Angola e o Ministério
para cerca de 200 empresá- Eliminar a Dupla Tributação de suportar perdas signifi- secretária de Estado dos Negó- ção dos dados pessoais e do Planeamento e das In-
rios portugueses numa das em Matéria de Impostos sobre cativas de receita devido a cios Estrangeiros e Coopera- cooperação em matéria fiscal fra-estruturas de Portugal
unidades hoteleiras de Luan- o Rendimento e Prevenir a práticas de planeamento fis- ção, Teresa Ribeiro. (intercâmbios entre auto- no domínio da Construção
da, disse que a assinatura des- Fraude e a Evasão Fiscal. cal internacional agressivo Este programa procura ridades tributárias dos dois e Obras Públicas também
tes acordos, que fazem parte O instrumento jurídico ou de transferência artificial estabelecer as bases jurídico- países). Foi ainda assinado foi assinado.
do acordo estratégico de coo- contra a dupla tributação dos lucros. formais para a cooperação o Quarto Aditamento à Con- Foi assinado igualmente
peração a ser assinado du- visa igualmente promover Numa intervenção antes bilateral, encontrando-se venção relativa à Cobertura o Protocolo de Cooperação
rante a sua visita, represen- o combate à fraude e à evasão do encontro com cerca de orientado de acordo com as de Riscos de Crédito à Expor- entre o Ministério da Agri-
tam “passos concretos nesta fiscal. Visa ainda contribuir 200 empresários portugueses prioridades preconizadas pelo tação de Bens e Serviços de cultura, Floresta e Desen-
nova era das relações entre para o desbravamento fiscal numa das unidades hoteleiras Governo angolano e procu- origem portuguesa para volvimento Rural de Portu-
os dois países.” do investimento angolano de Luanda, o Primeiro-Mi- rando explorar mais-valias Angola. Este aditamento gal e o Ministério da Agri-
De acordo com o Primei- em Portugal e do investi- nistro António Costa anun- da cooperação portuguesa. permitirá agilizar a utilização cultura de Angola, que aprova
ro-ministro, o acordo vai mento português em Angola, ciou o aumento da linha de Foi assinada a Terceira da linha de garantia bem o Plano de Acção para 2019-
construir “o futuro, num sinal fomentando a internacio- crédito de apoio às expor- Adenda do Programa Indi- como a simplificação dos 2021. O documento define
de confiança rumo ao apro- nalização e a aproximação tações portuguesas dos 1.000 cativo de Cooperação 2007- procedimentos a adoptar e os termos do Plano de Acção
fundamento das nossas rela- entre as empresas de ambos milhões para 1.500 milhões 2 0 1 0 . E s te d o c u m e n to o aumento do limite da do sector.
ções económicas.” os países. de euros.
4 REPORTAGEM Quarta-feira
19 de Setembro de 2018

PROJECTOS HABITACIONAIS DO ESTADO

Sonho da casa própria é ainda


uma miragem para muitos jovens
O número de moradias à venda ainda está muito aquém da procura por pessoas que

VIGAS DA PURIFICAÇÃO | EDIÇÕES NOVEMBRO


sonham, há anos, com casa própria, em áreas que assegurem qualidade de vida

Edivaldo Cristóvão EDMUNDO EUCÍLIO | EDIÇÕES NOVEMBRO DR desolação da maioria dos pessoas, muitas das quais, levei muito a sério", disse
jovens, marcada pela falta além de serem novos no Marcelo Quintas, que, além
de esperança. mercado de trabalho, não de estar arrependido, reco-
O sonho da casa própria está As condições impostas para têm bons salários para soli- nhece que as possibilidades
cada vez mais distante para a aquisição de moradias deixa citar crédito à habitação aos já não são as mesmas.
muitos jovens em Angola, Lurdes Tchanique sem alguma bancos comerciais. O jovem disse esperar que
tudo porque uns estão de- esperança. O seu salário não Também inquilino, Mar- o Executivo crie outras polí-
sempregados e outros não é compatível ao custo de vida, celo Quintas tem uma vida ticas para salvaguardar a
têm salário capaz de concor- além de que a empresa para paradoxal. Trabalha para situação dos jovens que tra-
rer aos projectos imobiliários a qual trabalha "não está nem uma imobiliária, sendo, por balham para pequenas em-
do Estado. aí" com as condições de habi- este motivo, alvo, às vezes, presas, a maioria das quais
Outra preocupação está tabilidade dos seus funcio- de chacota, em tom de brin- evita comprometer-se com
na reduzida disponibilida- nários, ao contrário de outras cadeira, por amigos e fami- a Imogestin. Além disso,
de de casas que o programa que aparecem como fiadoras liares, que acham absurdo ele defende créditos à habitação
ha-bitacional do Estado pôs, dos seus trabalhadores. não ter casa própria quando bonificados.
até hoje, à disposição da po- A viver numa casa arren- trabalha para uma imobiliária
pulação, estando o número Mário Guerra, da Imogestin A jovem Lurdes Tchanique dada, por 25 mil kwanzas/mês, em Luanda. Propriedade resolúvel
de moradias à venda muito a jovem faz, com o magro salá- Marcelo Quintas só não O porta-voz da empresa
aquém da grande procura algumas províncias, nomea- O assessor jurídico e porta- rio, um ginástica financeira obteve uma moradia, em Imogestin, Mário Guerra,
por pessoas que sonham, há damente, a “Venda Dirigida voz da Imogestin, Mário para sustentar as filhas, às 2013, por não ter acreditado disse que o termo correcto
anos, pela casa própria, mas ao Público”, “Venda à Função Guerra, disse ao Jornal de quais deseja dar um melhor no processo da Sonip, numa para definir a forma com
em áreas que asseguram qua- Pública” e “ Venda às Empre- Angola que, em Outubro, das conforto, sonho que pretende altura em que trabalhava que a maioria dos habitantes
lidade de vida. sas”, públicas e privadas. 2.627 moradias disponíveis concretizar numa das novas para uma empresa petrolí- já aderiu aos projectos habi-
A Imogestin, a imobiliária Pessoas de várias idades no Zango Oito Mil apenas urbanizações construídas na fera, que o dispensou, no tacionais do Estado é “pro-
que substituiu, desde 2015, abordadas pelo Jornal de An- 1.839 vão ser comercializadas província de Luanda. âmbito de um plano de redu- priedade resolúvel” e não
a Sonip na gestão dos pro- gola convergiram no se- e, no Zango Zero, das 336 dis- Lurdes Tchanique afirma ção de pessoal devido a crise “renda resolução” e ele ex-
jectos imobiliários do Estado, guinte ponto: embora tenha poníveis 224 são destinadas que a política habitacional económica e financeira ins- plica o porquê. O conceito
anunciou, recentemente, havido muita desorganiza- à Função Pública e 112 a tra- do Executivo deveria ser talada no país, há quase qua- real é “propriedade resolú-
em comunicado, a venda ção, ainda é melhor o recur- balhadores de empresas. No mais inclusiva, com o objec- tro anos. “Quando abriram vel”, porque o arrendamento
em Outubro de mais mora- so à fila porque nenhuma KM44, das 338 habitações tivo de facilitar a vida das as inscrições, em 2013, não não é venda.
dias na província de Luanda. das três modalidades dão disponíveis, 237 vão ser para
Desta vez, os beneficiários inteiramente garantias de funcionários públicos e 101
vão ser apenas trabalhadores
da Função Pública e de em-
transparência.
Na fase de vendas em Ou-
para trabalhadores de empre-
sas. O maior número de casas
População deve estar atenta aos burlões
presas, públicas e privadas, tubro, 70 por cento das casas do Zango 800 que vão ser
porque a venda livre ao pú- vão ser comercializadas à vendidas em Outubro, o que A Imogestin pede às pes- legiadas com responsáveis da Função Pública com a direcção
blico já foi feita, com a comer- Função Pública e 30 por cento corresponde a 70 por cento soas interessados em obter Imogestin, por via dos quais, comercial da Imogestin, “Ven-
cialização de 1.300 casas no a trabalhadores de empresas do total disponível, é para uma moradia que utilizem a dizem eles, conseguem mora- das Dirigidas a Empresas” –
ano passado. interessadas. Além disso, funcionários públicos. via oficial, sob pena de serem dias com facilidade. as candidaturas são apresen-
Ao contrário da Sonip, que 40 por cento das vendas em enganadas por burlões, que As únicas modalidades de tadas pelos representantes
havia determinado o recurso cada modalidade têm de ser Lamento de jovens se aproveitam da aflição de venda de habitações são “Ven- das empresas elegíveis, e
à ida à fila para a obtenção de para pessoas com menos de Mãe de duas meninas, Lurdes quem quer uma casa a todo da à Função Pública”, por via “Venda ao Público Livre” - as
moradias, a Imogestin criou 40 anos. No Zango Oito Mil Tchanique, funcionária de o custo. Há burlões que, para da qual as candidaturas são candidaturas são efectuadas
três modalidades de acesso estão disponíveis 2.627 mora- uma concessionaria de ven- enganarem os mais incautos, submetidas através do con- através do portal www.imo-
às casas existentes em cen- dias, no Zango Zero 336 e 338 das de automóveis no muni- garantem ter relações privi- tacto directo do organismo da candidaturas.co.ao.
tralidades construídas em no KM44. cípio de Viana, é o reflexo da
DESTAQUE Quarta-feira
19 de Setembro de 2018 5
DEPOIS DA IGREJA CATÓLICA Casos
DR
na China
e na Tailândia
Acusações de Casos de maus tratos e abusos
sexuais cometidos por monges
budistas vêm de há muito, mas
envolvem maioritariamente

abusos sexuais grupos de outros países, como


a China e a Tailândia. Em Agos-
to último, Shi Xuecheng, um
dos mais conhecidos e influen-
tes monges budistas da China,
foi acusado de abusar sexual

embaraçam e psicologicamente de várias


monjas.
Num documento de 95 pági-
nas entregue às autoridades
chinesas em Julho, dois monges

monges budistas
que trabalhavam com Xuecheng,
no monastério, acusaram-no
de trocar mensagens ilícitas com
monjas e forçá-las a ter relações
sexuais com ele. O monge foi
acusado de pressionar constan-
temente as monjas, alegando
que as relações sexuais faziam
parte de um estudo de técnicas
de controle da mente, um pro-
cesso de “purificação”.
Xuecheng, 51 anos de idade,
cujo nome de nascimento é
Fu Ruilin, era secretário-geral
da Associação Budista da China
e líder do Monastério Longquan,
em Pequim, que possui mais
de mil anos de história e é um
dos mais conhecidos do país.
Ele negou todas as acusações.
No Twitter, afirmou que se tra-
tava de “materiais falsificados,
factos distorcidos e informa-
ções falsas”.
O caso teve tanta repercus-
são que Xuecheng acabou por
renunciar ao cargo de presidente
da Associação Budista da China.
Em comunicado, a instituição
acrescentou que aceitava a re-
núncia de Xuecheng, mas não
deu mais detalhes sobre o caso.
Na Tailândia, cinco monges
budistas acusados de abusar
sexualmente de oito crianças
Osvaldo Gonçalves os relatos “não eram novos”,
porque “já sabia dessas coi-
sas”, nomeadamente, das
Danos à causa do Tibete e jovens, todos eles com menos
de 15 anos, no mês passado,
em monastérios do norte do
Depois dos escândalos se- acusações contra Sogyal La- país, foram detidos, de acordo
xuais que abalaram a Igreja karRimpoché, um polémi- O pesquisador holandês Rob casos assim na Bélgica, França, Mas, acrescentou, o líder espi- com a polícia.
Católica, chega a vez dos bu- co mestre budista, acusado Hogendoorn, especialista Alemanha e Espanha, entre outros”. ritual “deve distanciar-se desses Quatro dos monges, todos
distas destaparem um pouco desde 1992 de todo o tipo de nessa doutrina, afirmou que Aquele pesquisador disse abusos, que, em alguns casos, abades dos seus respectivos
os véus e revelarem ao Mun- abusos a alunos em retiros o número de vítimas é muito ainda ser verdade que Dalai conhece pelo menos desde os monastérios, “aceitaram renun-
do o mal que lhes vai na alma. na Europa, em particular em superior ao dos signatários Lama já encorajou a não aceitar anos 1990, porque recebeu rela- ciar aos seus hábitos, mas o
O grande problema é que, tal França, os quais estão a ser da mensagem. cegamente o mestre se não se tórios, e exerceu a sua autoridade quinto negou as acusações e
como aconteceu com o Papa investigados. “Os mestres budistas tibe- confiar nele, mas referiu que moral”. Doutro modo, “a causa foi obrigado a renunciar”, indicou
Francisco, a Cúria romana e as A imprensa dá conta que tanos podem ser monges celi- “ajudaria que deixasse claro do Tibete no Ocidente pode res- um funcionário da polícia no
elites católicas, também aqui Dalai Lama se terá compro- batários ou leigos com esposa que (tais mestres) devem ser sentir-se”, advertiu. Norte do país.
é o chefe máximo, o Dalai La- metido a agir e disse que iria e filhos. Mas o budismo é di- julgados como qualquer um, Oane Bijklsma, uma das As autoridades iniciaram
ma, líder espiritual tibeta- apresentar os relatos das 12 verso e há grande confusão se cometerem abusos”. Rob organizadoras do encontro de uma investigação a partir das
no, que dá a cara e reconhece alegadas vítimas durante entre o que é um ensinamento Hogendoorn esclareceu que o sexta-feira, num hotel de Roter- declarações de uma das crian-
que sabia do problema há mui- uma reunião com professo- e aproveitar-se do aluno”. budismo carece de hierarquia dão, que em 2010 procurava ças à polícia. O funcionário afir-
tos anos. res budistas sobre os abusos Hogendoorn acrescentou eclesiástica e que, no caso tibe- respostas na meditação, afirma mou que, durante as inspecções.
Foi em Roterdão, na Ho- sexuais, físicos e psicológi- haver escolas “que dizem que tano, “os lamas estão divididos ter certeza de que há mestres nas celas dos monges em cinco
landa, onde se encontra em cos. O prémio Nobel da Paz o sexo com o aluno é uma tra- em múltiplas escolas e ordens budistas tibetanos que exercem monastérios próximos à cidade
visita, que Dalai Lama, em de 1989 afirmou que as víti- dição tântrica. Ou seja, que monásticas”. bem o seu trabalho. de Chiang Mai, foram encon-
entrevista à televisão pública mas “devem tornar públicas utiliza a intimidade com fins Na sua opinião, caso pres- “Muita gente chega como trados brinquedos eróticos e
NOS, admitiu saber desde os as suas histórias”, denun- espirituais, sendo que há segui- sione um grupo, Dalai Lama eu, indagando por algo a mais filmes pornográficos.
anos 1990 de casos de abusos ciando as identidades dos dores que sofreram abusos “pode perder o seu apoio e pro- na vida, e no princípio tudo flui,
sexuais cometidos por mestres agressores. sexuais e maus tratos. E há vocar uma reacção em cadeia”. embora se exija uma devoção DR

budistas. O líder espiritual, O grupo que fez as denún- anti-natural pelo mestre, como
DR
com 83 anos de idade, disse cias usou o hashtag #metoo se fosse um Deus vivo”, disse.
que, em 1993, chegou a dis- e reuniu cerca de 1.300 assi- Bijklsma conheceu Sogyal
cutir o assunto com líderes naturas, numa petição on- Lakar Rimpoche, título reser-
budistas ocidentais. line a solicitar uma reunião vado aos lamas reencarnados.
Dalai Lama recebeu há com o líder espiritual dos bu- “Um homem rodeado de joven-
dias testemunhos escritos distas, para que fossem ouvi- zinhas e auxiliares, que vivia
de 12 supostas vítimas de dos os testemunhos das ale- entre grandes luxos e gastava
abusos físicos e psicológicos gadas vítimas. milhares de euros em hotéis,
por parte de vários profes- Na carta entregue na última comida e charutos cubanos”,
sores budistas tibetanos. Ele sexta-feira, os 12 afectados, lembra. Ela afirma que o mestre
esteve reunido na sexta-feira homens e mulheres de 10 “batia, gritava e maltratava.
durante cerca de 20 minutos países, denunciam cinco Sei porque tive um namorado
com quatro representantes mestres. Os signatários da que estava com ele”, afirmou.
do grupo de vítimas, que carta são a tropa avançada “Sogyal justificava o abuso
pediram para que usasse da de um grupo ansioso por cor- como uma forma de desmontar
sua autoridade moral para rigir o que consideram uma o ego, para transformar os sen-
influenciar a fé. “imagem estereotipada do timentos de repulsa que isso
Na entrevista dada no último budismo, na qual não há lugar implica numa conquista espi-
sábado, o Dalai Lama disse que para essas agressões”. Sogyal Rimpoche é um título reservado aos lamas reencarnados ritual”, recordou Bijklsma. Monge budista, Shi Xuecheng
6 OPINIÃO Quarta-feira
19 de Setembro de 2018

IMAGEM DO DIA
DIRECTOR:
Víctor Silva
DIRECTOR-ADJUNTO:
Caetano Júnior Uma criança de rua lava a sua roupa na Baixa de Luanda,
DIRECTORES EXECUTIVOS:
Manuel Feio, Guilhermino Alberto
com recurso a pouca água que conseguiu adquirir
EDITOR EXECUTIVO: VIGAS DA PURIFICAÇÃO | EDIÇÕES NOVEMBRO
Diogo Paixão
SUB-EDITOR EXECUTIVO:
Cândido Bessa

GRANDE REPÓRTER:
Luísa Rogério

EDITORIAS:
POLÍTICA:
Santos Vilola (editor-chefe),
Fonseca Bengui (sub-editor) e
Bernardino Manje (sub-editor)
Adelina Inácio, João Dias, César André,
Edna Dala, Garrido Fragoso
e Gabriel Bunga
OPINIÃO:
Ambrósio Clemente (editor-chefe),
Faustino Henrique (sub-ditor)
SOCIEDADE:
Nhuca Júnior (editor),
Alberto Pegado (editor),
José Meireles (editor),
Rodrigues Cambala, André da Costa,
Kilssia Ferreira, Manuela Gomes,
Augusto Cuteta e Alexa Sonhi
REGIÕES:
Sérgio Chivaca (editor-chefe),
Béu Pombal (sub-editor),
Filipe Eduardo
ECONOMIA:
Cristóvão Neto (editor-chefe),
Armando Estrela (sub-editor),
Ana Paulo, Kátia Ramos, Madalena
José, Natacha Roberto e Victorino
Joaquim
MUNDO:
Bernardino Fançony (editor-chefe),
António Canepa (sub-editor),

DESPORTO:
Amândio Clemente (editor-chefe),
Anaximandro Magalhães (sub-editor),
António Cristóvão, Armindo Pereira,
Teresa Luís, Vivaldo Eduardo,
António de Brito e Honorato Silva
CULTURA:
António Bequengue (editor-chefe),
Adriano Melo (sub-editor),
Francisco Pedro (sub-editor),
Amilda dos Santos, Manuel Albano,
Mário Cohen e Roque Silva
GENTE E FIM-DE-SEMANA:
António Cruz (editor-chefe),
Isaquiel Cori (editor)
Edna Cauxeiro (sub-editora),
Ferraz Neto (sub-editor)
e César Esteves

EDIÇÕES ESPECIAIS:
Adalberto Ceita, André dos Anjos,
Domingos dos Santos, Edivaldo
Cristóvão, Leonel Kassana
e Yara Simão

FOTOGRAFIA:
Francisco Bernardo (editor-chefe),

EDITORIAL
José Cola (editor),
Dombele Bernardo, Domingos
Cadência, Eduardo Pedro, João Gomes,
Maria Augusta, Miqueias Machangongo,
Mota Ambrósio, Paulo Mulaza, Kindala
Manuel, Santos Pedro, Vigas da
Purificação, Contreiras Pipa e
Agostinho Narciso
CARTAS DOS LEITORES

Gestos encorajadores
CORRESPONDENTES PROVINCIAIS:
Adão Diogo (Lunda Sul),
Alberto Coelho (Cabinda), As rádios e as autoridades em pé de igualdade. Vamos encontrar em Lu-
Vladimir Prata (Namibe),
Isidoro Natalício (Cuanza-Norte), Temos hoje várias rádios privadas que têm pro- bumbashi um ambiente infernal. Dizem que o
Jaime Azulay (Benguela),
Jesus Silva (Lobito), gramas interessantes , em que, por exemplo, os TP Mazembe tem uma claque que apoia a sua

de reconciliação nacional
Estanislau Costa (Huíla),
João Mavinga (Zaire), cidadãos fazem reclamações sobre os mais di- equipa do principio ao fim. O TP Mazembe não
Joaquim Aguiar (Lunda-Norte),
Silvino Paulo (Uíge), versos assuntos. Sugiro que as autoridades ouçam está habituado a perder em casa, mas o 1º de
Lourenço Manuel (Cuando Cubango),
Luís Pedro (Cuanza-Sul), mais as nossas rádios para saberem de muitos Agosto só se deve preocupar com o seu de-
Noé Jamba (Bengo),
Quinito Kanhamei (Cunene), A reconciliação nacional, um pressuposto para a construção de um país problemas que ocorrem no nosso país. É bom sempenho. Soube que Geraldo já vai jogar na
Samuel António (Moxico),
Fernando Cunha (Huambo), inclusivo, fraterno, solidário e de igualdade de oportunidades, tem estado que aqueles que têm de tomar decisões acom- segunda mão e isto pode constituir uma mais
Francisco Curinhingana (Malanje)
a ser ensaiado pelos angolanos desde há algum tempo. São vários os gestos, panhem programas que são transmitidos pelas valia para o nosso ataque. É importante que o
PAGINAÇÃO E ARTE: as iniciativas e passos concretos nesta direcção que, como qualquer processo, rádios privadas , sobretudo aqueles que têm a 1º de Agosto volte a entrar em campo sem
requer tempo e um exercício permanente da parte dos seus intervenientes. ver com os problemas sociais das populações. medo, a exemplo do que aconteceu em Luanda.
PAGINADORES:
Eugenia Victor, Adilson Santos, Augusta Os últimos dias têm sido marcados por gestos, da parte das instituições do Eu , se fosse governante, não perderia uma opor- Acredito que os jogadores do TP Mazembe não
Lucéu, Tomás Cruz, Noé Pungue, Soares
Neto, Ana Dinamene, Evaristo Estado, de organismos privados e das populações que indicam o bom tunidade para ouvir rádios privadas e para ler contavam com a “ousadia” dos militares. É
Sacupalica, João Augusto, Josefa
Carvalho, Maria Messele, Alberto caminho em que Angola se encontra para materializar a reconciliação os nossos jornais. Há muita informação credível preciso tirar proveito das fragilidades da defesa
Bumba, Inês Quingando, Margarida
Zilungo, Maria da Silva, Saldanha Pedro nacional. Entre estes, destacam-se a iniciativa do Presidente da República, que é produzida pelas nossas rádios e pelos do TP Mazembe. Ivo Traça, treinador adjunto
CARTOON E ILUSTRAÇÃO: João Lourenço, que culminou com a transladação dos restos mortais do nossos jornais e que pode ajudar as autoridades do 1º de Agosto, que foi um grande defesa
Armando Pululo, Casemiro Pedro
e Edna Mussalo antigo vice-chefe de Estado-Maior General das Forças Armadas Angolanas a tomarem decisões. Não é por acaso que a im- central, vai certamente ajudar o técnico prin-
(FAA), as homenagens públicas e o funeral condigno na sua terra natal. Tra- prensa é considerada o "quarto poder". Ela é cipal do clube militar a montar um ataque que
COPY DESK:
Rui Ramos, Paulo Pinha, Arlindo tou-se, na visão de muitos, de um primeiro passo que vai, pontualmente, ser capaz de saber de coisas que escapam , por faça golos.
Soares, Esperança Vieira Dias, João Sá.
estendido a situações que envolvam outras figuras da UNITA e que, de exemplo, ao poder executivo. Não se deve su- LÚCIO BEMBE
O Jornal de Angola alguma forma, estão a merecer o devido tratamento institucional para a bestimar a imprensa. Um governante deve acom- Rangel
utiliza os serviços da ANGOP, AFP,
Reuters, EFE e Prensa Latina efectivação do funeral definitivo e condigno. panhar o que a imprensa divulga . Há situações
PUBLICIDADE:
Esse ambiente de abertura da parte do Executivo é um testemunho de que são do conhecimento da imprensa , mas
(+244) 926 406 929 que é possível fazer convergir as agendas para que a reconciliação nacional não do poder executivo. A agenda da imprensa Os quadros e o mérito
(+244) 923 402 700 seja uma realidade em todo o país. As opiniões proferidas desde o funeral não tem de coincidir com a agenda do poder A formação de quadros deve continuar a ser
e-mail:
publicidade@jornaldeangola.com do general Ben Ben em homenagem ao Herói Nacional, indicaram claramente executivo . Há mesmo casos em que a agenda uma prioridade no nosso país. Angola já gastou
que os angolanos estão preparados para esta nova fase. da imprensa é do desagrado do poder executivo. muito dinheiro com consultores, que em muitos
A construção da nação angolana pode efectivar-se com um olhar Os governos ficam a ganhar se prestarem atenção casos sabem o mesmo ou menos do que quadros
diferente sobre o passado recente, como forma de diagnosticar melhor ao que a imprensa publica. Um governante deve angolanos. Há empresas angolanas que for-
os desafios e metas, e encarar o futuro com o espírito de inclusão. Os estar bem informado , não só por via de relatórios maram muitos quadros no exterior do país,
gestos que testemunhámos nos últimos dias indicam que é possível que têm a ver com o seu pelouro , mas também que gastou muitos milhões de dólares em
acelerar o processo de reconciliação envolvendo todos os filhos da pátria, por via da imprensa. É claro que nem tudo que bolsas de estudo em diferentes universidades
inclusive os que já não se encontram no mundo dos vivos. Parece consensual sai na imprensa vai agradar aos governantes, do mundo. Onde andam estes quadros para,
a ideia de que todos os filhos e filhas de Angola, no passado e no presente, mas estes devem estar preparados para estas si- ainda estarmos à procura de técnicos estran-
tentaram materializar o bem para o país. É verdade que neste processo tuações. A sua principal preocupação dever ser geiros para fazer coisas que podem ser feitas
PROPRIEDADE nem tudo correu e corre bem, sucedendo-se os erros de percurso que pre- o de servir bem as populações e a imprensa pode por angolanos. Quanto a mim, a contratação
Edições Novembro, E.P.
cisam de ser corrigidos. ajudá-los nesta sua espinhosa missão. de quadros estrangeiros só se justifica quando
A diabolização de figuras que procuraram, com as suas agendas, fazer ESPERANÇA ALFREDO se tratar de questões que não podem ser re-
SEDE:
Rua Rainha Ginga, 12-26
o que de bom e melhor julgavam para o bem de Angola, parece a menos Ingombota solvidas por técnicos nacionais. É preciso saber
Caixa Postal 1312 - Luanda
Redacção: 222 020 174
recomendável para o percurso que fazemos neste momento. Na construção onde andam os nossos quadros superiores, e
Telefone geral (PBX): 222 333 344
Fax: 222 336 073
da nova Angola importa que todos, todos mesmos, sejam encarados como quais as suas competências, se é que que não
Telegramas: Proangola participantes que, com acertos e erros, desejaram fazer o que acharam “Operação Lubumbashi” se sabe, para se começar a promover a meri-
e-mail: ednovembro.dg@nexus.ao
ser o melhor para Angola. O 1º de Agosto vai defrontar na próxima sex- tocracia. Falando em quadros angolanos, é
Nesta altura em que precisamos do contributo de todos, urge incentivar ta--feira em Lubumbashi a poderosa equipa necessário que se comece também a prestar
CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO
Víctor Silva (presidente) o incremento de bens imateriais como a tolerância, a paciência, o respeito do TP Mazembe , do Congo Democrático, em atenção aos técnicos nacionais que se forma-
ADMINISTRADORES EXECUTIVOS pelas instituições do Estado, leis, valores e tradições. Desde o alcance da jogo para decidir o apuramento para as meias ram no exterior, sem qualquer ajuda do Estado
Caetano Pedro da Conceição Júnior
José Alberto Domingos paz e à medida que se fortalece a estabilidade, os angolanos têm procurado, finais da Liga dos Clubes Campeões Africanos.Ul- e que querem dar a sua contribuição desen-
Carlos Alberto da Costa Faro Molares D’Abril
Mateus Francisco João dos Santos Júnior de diversas maneiras, aproximarem-se cada vez mais de uma realidade trapassar o TP Mazembe é uma tarefa difícil, volvimento do país.
ADMINISTRADORES NÃO EXECUTIVOS
Olímpio de Sousa e Silva
que ajuda a afugentar fantasmas de intolerância política, da estigmatização, mas não impossível. Os militares mostraram SÉRGIO JOAQUIM
Catarina Vieira Dias da Cunha discriminação, entre outros males. em Luanda que podem jogar com o Mazembe Maianga
OPINIÃO Quarta -feira
19 de Setembro de 2018 7
FILHA DE KAMWANGA REFLEXÕES
Luísa Rogério

CITAÇÕES Carlos Calongo

“Ainda se vê

Estádios ensanguentados muita população


que vai correndo
com bidões e
Mais do que um partido
bacias à cabeça
Exactos 21 anos depois de se ter qualificado para da claque. Rituais reservados a evocação dos an- à procura de Já deve configurar lugar-comum afirmar que a história do
os quartos de final da Liga dos Campeões Africanos, cestrais e danças com fogo de verdade se mistu- MPLA está intrinsecamente ligada à de Angola e à dos ango-
o 1º de Agosto voltou a dar essa grande alegria raram ao toque mágico de percussionistas enga- água pela cidade. lanos, independentemente do muito, pouco ou mesmo ne-
aos seus adeptos e aos angolanos não afectados jados em atrair boas vibrações. Foi uma festa à Esperamos que nhuma simpatia que as pessoas tenham pelo referido partido,
pelo clubismo ao extremo. Mbabane Swallows, a altura da partida de futebol que, mesmo sem ter este cenário com quem se obrigam a lidar pelas mais diversas razões.
equipa do país que se chamou Swazilândia, agora sido tecnicamente famosa, justificou a expectativa. acabe quanto Esta insofismável realidade produz uma conclusão bastante
designado por e-Swatini foi competentemente Se os jogadores fizeram o possível e os espec- antes. O simples e interessante, que se fundamenta no seguinte: Pe-
despachada em casa por duas bolas sem resposta. tadores valorizaram o momento, não se pode rante as evidências (positivas ou negativas) não há como
O sorteio realizado na cidade do Cairo, a milenar enaltecer a organização. Apesar de se terem
programa anular os registos que fazem do MPLA, mais do que um
capital do Egipto, colocou no trilho do tri-campeão aberto os portões aproximadamente três horas intitulado “Água partido, uma instituição com lugar cativo na narrativa histórica
angolano o todo poderoso (literalmente) TP Ma- antes do início do jogo, alguém se esquecer de para Todos” da libertação da parte austral do continente africano onde,
zembe da República Democrática do Congo. Nada avaliar as implicâncias do item enchente, pois a ainda não é uma na definição de Agostinho Neto, está (va) a continuidade da
menos do que um penta-campeão africano, com questão da segurança está ligada aos acessos. realidade no luta do MPLA enquanto o mais expressivo movimento de li-
títulos conquistados em 1967, 1968, 2009, 2010 e Depois de terem assegurado a entrada com poucos bertação de Angola.
2015. O mesmo que deixou milhares de torcedores sobressaltos os agentes incumbidos da manu-
Zaire e em muitas Ou seja, o MPLA encerra em si duas dimensões típicas do
brasileiros lavados em lágrimas, além de muitos tenção da ordem deixaram de orientar a saída partes do país.” estudo do Direito, que têm que ver com os valores objectivo
milhões de espectadores incrédulos ao redor do ordeira do estádio, mesmo tendo consciência de D.Vicente Kiaziku e subjectivo da sua existência, sendo que para o conceito
Bispo da Diocese
mundo quando eliminou a Internacional, campeã que nem todos portões estavam abertos. Com de Mbanza Kongo
objectivo, enquanto partido político, o MPLA é uma organi-
da Taça Libertadores, do Mundial de Clubes de pontos de escoamento limitados restou esperar zação como outra qualquer, não acontecendo o mesmo no
2010, realizado nos Emirados Árabes. vários minutos para sair do 11 de Novembro para campo da subjectividade, pois os efeitos directos ou indirectos
O TP Mazembé está longe de ser uma vulgar evitar incidentes. “As eleições que as suas acções causam na esfera jurídica dos cidadãos,
equipa de futebol. É um adversário de luxo. Robert Assim, uma vez mais, por não se terem obser- criaram muitas faz do MPLA mais do que um partido político.
Muteba Kidiaba, o simpático guarda-redes que vado o cumprimento dos tais pequenos detalhes Aliás, o único que detém a “suprema” responsabilidade
enchia as telas com o seu jeito peculiar de come- que fazem toda a diferença, pessoas que só que-
expectativas e de dirigir os destinos do país desde que nos conhecemos
morar golos, bem ao estilo do nosso “Mamá Mu- riam empurrar a sua equipa para a vitória, ver boas. A gente como Nação Independente.
chacha”, não iria alinhar. Mas estava anunciada um ídolo ou simplesmente assistir a uma aliciante escolhe para que Com base na responsabilidade que o percurso histórico
a vinda de um velho conhecido nosso, o avançado partida de futebol, perderam a vida num estádio. dirija o povo e de Angola encarregou-se de atribuir ao MPLA, este partido
Trésor Mputu que defendeu as cores do Kabuscorp Algo evitável. Está visto que os alertas não basta- consiga cumprir fez-se diferente dos demais, nem que seja apenas pelo
na época 2014-2015, após ter representado o Ma- ram. Mal refeito da tragédia registada no Santa simples facto de, na batalha política urbana, ser o alvo a
zembé durante doze anos consecutivos. A equipa, Rita de Cássia, o país lamenta novamente. As
com as promessas abater, o que ainda não se fez realidade.
por seu turno, tem como dono-presidente o mi- conclusões da Comissão de inquérito continuam que são feitas na O MPLA faz-se igualmente diferente pelo facto de nunca
lionário Moise Katumbi, um influente político, algures. Desperdiçou-se tempo e dinheiro. Per- campanha ter abdicado da responsabilidade de dirigir o país e o seu povo,
ex-aliado do presidente Joseph Kabila e antigo deram-se vidas humanas no Uíge e agora em eleitoral. Como mesmo em situações em que se viu obrigado a exercer a acti-
governador da província de Katanga, fronteiriça Luanda. Quem pode ter vontade de assistir a par- dizem os vidade político-administrativa num raio geográfico limitado
com Angola. tidas de futebol no terreno quando numa área italianos, entre o por imposições que deixavam muitos cidadãos banhados da
Abundavam razões para os apaixonados do supostamente VIP espectadores correm deso- incerteza de não verem raiar o sol, no dia seguinte.
futebol se deslocarem ao 11 de Novembro. Não rientados em busca do lugar para o qual pagaram dizer e o fazer Não se coloca, portanto, nem por hipótese, qualquer
seria difícil prever que o próprio Tout Pouissant bilhete? As bancadas gerais oferecem motivos tem no meio o teoria que absolva o MPLA de cometer erros no seu percurso
levaria boa moldura humana ao estádio, a julgar para notas de reportagem quilométricas. O exem- mar. A gente vê o histórico, até por que, a condição de “Partido-Estado” que
pelo número de congoleses residentes em Angola, plo do agente que se mostrou impotente para mar de uma por força de circunstâncias próprias o caracteriza ao longo
maioritariamente afectos ao Kabuskorp do Pa- neutralizar uma “boca de fumo” acesa em plena ponta e nunca vê do tempo, transporta consigo
lanca. A eles juntaram-se adeptos circunstanciais luz do sol só serve para a caricatura. “Aqui é a possibilidade de errar mas,
o mar de outra
para quem a rivalidade clubística levada ao ex-
tremo supera a aspiração de resultados positivos
mesmo assim, eles fumam liamba nas bancadas”,
justificou. Já inalámos o fumo proveniente das ponta. É uma O MPLA soube convenhamos, com maior ou
menos acerto, o MPLA soube
que, no final das contas, contribuiria também bancadas. Sentimos o cheio do “capim fresco”. coisa infinita.” sempre sempre reinventar-se e seguir
para alavancar o país no ranking da FIFA. A con- Declinamos a perspectiva sombria de esperar em frente, como o partido maio-
sequência positiva de tantos incentivos foi a tranquilamente pelo próximo acto lamentável.
Idem reinventar-se ritário, conquistando para si
maior enchente registada no 11 de Novembro
depois do CAN de 2010. No sábado misturaram-
As sentidas mensagens de condolências não po-
dem ser o capítulo final da tragédia. A apuração
e seguir em maiores e melhores espaços de
referência nos distintos palcos
se no espaço que serviu para pasto para cabritos, e consequente responsabilização criminal de “Como Estadista, frente, como do debate político.
apenas algum tempo após a sua inauguração, in-
gredientes que fazem do futebol festa genuína.
quem permitiu a incúria dará alguma paz aos fa-
miliares e amigos dos mortos. Vai também esti-
a personalidade
de Neto
o partido E não seria diferente no es-
paço mediático que, desde o apo-
Viram-se apoiantes ávidos de rasgos marcantes mular a ida aos campos de pessoas para quem
projectou-se pelo maioritário, geu da revolução tecnológica,
de futebol, mas importante de vitórias. O fair- assistir a um jogo de futebol nada tem a ver com ganhou a relevância de ter algu-
play de torcedores do Petro, trajados com os sím- o agendamento de camarotes de luxo lá no rico mundo e pelas conquistando ma “excelência” no que tange
bolos do tricolor nacional, sobressaiu no meio hemisfério norte. mais relevantes para si maiores ao local e modo hodiernos de se
instituições fazer política.
regionais e e melhores Desde logo, atender solicita-
internacionais. espaços de ções de que o congresso que ou-
tras formações políticas angola-
Mas o maior
legado foi a
referência nos nas venham a realizar nos próxi-
mos tempos, seja coberto com
PAULO MULAZA | EDIÇÕES NOVEMBRO proclamação da distintos palcos o mesmo destaque mediático
independência.” do debate que mereceu o conclave extraor-
dinário dos “camaradas” é como
Bornito de Sousa
Vice-Presidente da República
político que entregar-se a uma aventura
solitária de adoçar o mar.
Isso é o mínimo que se pode
“Vamos organizar entender de pronunciamentos do género, cujos autores de-
uma cimeira notam ignorância quanto aos factores de correlação política
que por várias razões colocam o MPLA num patamar diferente
Europa-África das demais formações políticas, e ainda que queiramos
em Dezembro. evocar apenas o número de deputados que o MPLA tem na
Esperamos o presente legislatura.
apoio de França. Existem, de facto, razões de forma jurídico-constitucional
Queremos e legislativa que estabelecem princípios de igualdade para
concentrar-nos certas coisas, mas, convenhamos, não passam de “ornamen-
tações textuais”, porquanto a realidade da vida prática nos
sobre o leva para outra direcção, sem que isso configure crime de
desenvolvimento lesa pátria, ou qualquer acto de achincalhamento dos mais
económico de sagrados valores de um Estado Democrático e de Direito.
África.” Tudo isso para dizer, em jeito de conclusão, que as refe-
rências feitas pelos seus militantes, amigos, simpatizantes
Sebastian Kurz
e até mesmo adversários políticos, sempre deixarão, nas
Ministro da Cultura
entrelinhas, a conclusão de que, o MPLA é mais do que um
de Cabo Verde
Partido, doa a quem doer.
8 ÁFRICA Quarta-feira
19 de Setembro de 2018

REUNIÃO POSITIVA EM CARTUM SOBRE CONFLITO NA RCA SEM OS PRINCIPAIS LÍDERES


DR
Uganda Oposição congolesa
UNIÃO EUROPEIA
ACUSADA DE
INGERÊNCIA NOS
ASSUNTOS INTERNOS
As autoridades ugandesas
reúne na África do Sul
acusaram ontem a União Os opositores congoleses transparência na votação e
Europeia (UE) de ingerência reuniram-se ontem, em Joa- que a oposição concorde em
nos assuntos do país após nesburgo, sem a presença dos apoiar um candidato único.
a adopção de uma principais líderes, nomeada- Recorde-se, que nas elei-
resolução que deplora a mente, Jean -Pierre Bemba, ções gerais de 2006 e de 2011,
presumível tortura de Félix Tshisekedi, Vital Kame- a oposição não conseguiu a
políticos da oposição. rhe e Musa Nyiamwisi, que a coligação. Dos seis líderes da
O Parlamento da UE 12 de Setembro estiveram oposição, que participaram
adoptou, a 13 de Setembro, em Bruxelas, tendo delega- na reunião de Bruxelas, dois
uma resolução de 14 do a sua representação a um foram confirmados, provi-
pontos na qual exige que o nível intermédio. soriamente, como candidatos
Governo ugandês respeite Jean -Pierre Bemba esteve a eleição presidencial: Vital
a autonomia do poder representado pela secretá- Kamerhe e Félix Tshisekedi.
legislativo e abandone as ria-geral do MLC, Ève Bazai- Entretanto, o Exército con-
acusações contra o ba, Tshisekedi, pelo seu secre- golês enfrenta, desde domin-
deputado Robert tário das Relações Exteriores, go, a ofensiva de uma coliga-
Kyagulanyi, mais Gilbert Kankonde, e Kame- ção de rebeldes no Kivu do Sul,
conhecido por "Bobi Wine", here, pelo seu porta-voz, Jo- no leste do país.
e todas as outras pessoas lino Makelele. A coligação é composta,
detidas durante os eventos Os participantes reafir- principalmente, por dois gru-
políticos de Agosto. maram a exigência de eleições pos rebeldes, o Mayi - Mayi
As autoridades ugandesas livres, inclusivas e democrá- Yakutumba, com o nome do
Grupos rivais na República Centro Africana assumem o compromisso de cessar hostilidades consideram inaceitável a ticas, assim como a escolha seu líder, um antigo general
iniciativa do Parlamento de um candidato único. desertor do Exército congo-
europeu. Numa recente entrevista lês e os Mayi - Mayi Malaika,

Sélékas e anti-balakas
ao jornal “Jeunne Afrique”, que significa “anjo” em Swa-
Jean-Pierre Bemba, oficial- hili. Os combatentes rebel-
ESTADOS UNIDOS mente afastado da eleição des conquistaram, pelo me-
VÃO FINANCIAR presidencial, disse que apoiava nos, três localidades do ter-
ELEIÇÕES LEGISLATIVAS um outro candidato presi- ritório de Fizi, indicaram vá-

aceitaram fazer a paz NA GUINÉ-BISSAU


Os Estados Unidos
anunciaram ontem um
apoio às eleições
dencial, desde que houvesse rias fontes.
DR

Os dois principais grupos opositores na República Centro Africana legislativas da Guiné-


Bissau, previstas para 18 de
(RCA) comprometeram-se, em Cartum, a fazer tudo para Novembro, no valor de 200
restaurar a paz e permitir a livre circulação de pessoas e bens, mil dólares.
numa altura em que as Nações Unidas denunciam a fuga de “A credibilidade e
dezenas de populares das zonas de origem devido ao aumento transparência são
fundamentais para o
da intensidade dos confrontos no leste do país sucesso das eleições
legislativas e o futuro da
Guiné-Bissau e a
Victor Carvalho mortais entre grupos arma- dades congolesas de Bétou contribuição vai ajudar a
dos, ocorridos em Bria, les- (norte), Ponta-Negra (oeste) alcançar esses objectivos”,
te da República Centro Afri- e da capital, noticiou a agên- refere, em comunicado,
Os líderes dos grupos Séléka cana (RCA), provocaram a cia Xinhua. Martina Boustani,
e anti-Balaka, principais fuga de dezenas de pessoas, Os refugiados estão a ser encarregada de Negócios Ève Bazaiba representou o partido de Jean-Pierre Bemba
opositores na RCA, que esti- segundo relatos feitos pela instalados nas cidades cen- da Embaixada dos Unidos
veram reunidos em Cartum, missão das Nações Unidas no tro-africanas de Mongoumba em Dacar, Senegal.
capital sudanesa, sob media- país e confirmadas pelo tes- e Mbaiki (sudoeste), assim O financiamento
ção da Rússia, prometeram temunho de várias pessoas. como na capital, Bangui. anunciado pelo Governo MOÇAMBIQUE
tudo fazer para a efectiva Um comunicado do HCR dos Estados Unidos vai ser
restauração da paz e a criação refere que uma primeira canalizado para o
de condições favoráveis para
o restabelecimento da livre
circulação de pessoas e bens.
Em comunicado,
coluna de 208 pessoas opta-
ram pelo regresso por terra
ao país de origem, através
Programa da Organização
das Nações Unidas para o
Desenvolvimento (PNUD)
Antigo chefe das prisões
o Governo centro-
Em comunicado publi-
cado em Bangui, o Governo
africano disse ter
tomado “boa nota
da cidade de Mongoumba
(fronteiriça com o Congo
para ajudar a “alcançar a
meta de eleições condenado a pagar multa
centro-africano disse ter to- da declaração dos Brazzaville), antes de segui- DR
mado “boa nota da declara- líderes dos grupos rem para as aldeias e vilas O antigo director nacional são, em multa equivalente
ção dos líderes dos grupos armados que de onde são originários. das prisões de Moçambique, a 6 por cento de 11 salários
armados que se mostram se mostram A retomada do repatria- Luís Cezerilo, foi condenado mínimos. Luiz Cezerilo disse
preocupados com a segurança preocupados com mento voluntário dos refu- a 11 meses de prisão e a pena aos jornalistas, no final da
das populações”. a segurança das giados centro-africanos que foi convertida em multa, por audiência, que o seu advo-
No final da reunião, que populações vivem em território congolês instruir uma funcionária a gado vai recorrer da sentença,
decorreu neste fim-de-se- surge na sequência das per- pagar com fundos públicos uma vez que apenas pediu
mana, refere o comunicado sistentes solicitações. o visto de uma amiga. à funcionária para expedir
do Governo, os grupos arma- “Registaram-se, de novo, “O repatriamento volun- O Tribunal Judicial da o pedido de visto da amiga,
dos aprovaram uma “Decla- confrontos violentos entre tário é a melhor solução dura- Cidade de Maputo considerou nega ter dado ordens.
ração de Entendimento” onde os anti-Balaka (que afirmam doura para os problemas dos provado, que Luís Cezerilo
se comprometem com a paz. defender os não-muçulma- refugiados, o HCR congratu- conseguiu que em 2012 uma Padre acusado de abuso
Ainda segundo o comu- nos) e grupos islamitas com la-se por esse desenvolvimen- amiga obtivesse um visto e Um padre da Diocese de Xai
nicado do Governo, no mesmo numerosas perdas para am- to e a nossa agência desen- viajasse para o Brasil, como -Xai, no sul de Moçambique,
encontro, foi pedido à Rússia bos os lados”, denunciou o volveu esforços para facilitar funcionária do Ministério da foi suspenso de funções por
e ao Governo que tenham em porta-voz da MINUSCA, mis- essa operação juntamente Justiça, após ordenar à subor- suspeitas de ter abusado se-
consideração a abordagem são da Organização das Na- com os governos centro-afri- legislativas livres, justas e dinada que tramitasse no xualmente e engravidado uma
da União Africana para a paz ções Unidas (ONU) na Repú- canos e congolês”, declarou transparentes”, pode ler-se consulado brasileiro a auto- menor, de acordo com um
na RCA. blica Centro Africana, Vla- Buti Kale, representante do no comunicado da rização de entrada no país decreto assinado esta semana
Recentemente, durante dimir Monteiro. HCR na RCA. Embaixada dos Estados sul-americano. pelo bispo e pelo vigário-ge-
uma reunião do painel da O mesmo responsável Unidos em Dacar. O tribunal referiu, que para ral da diocese.
União Africana com os líderes O regresso de refugiados garantiu que a organização a A Guiné-Bissau tem a obtenção do visto da amiga “Considerando, que tais
dos 14 grupos armados reco- Apesar das dificuldades, os que pertence vai continuar a eleições legislativas do antigo director nacional ofensas transgridem grave-
nhecidos, que decorreu na Governos centro-africano e trabalhar com o Governo da previstas para 18 de das Prisões de Moçambique, mente a condição de clérigo
cidade centro-africana de do Congo Brazzaville reini- República Centro Africana Novembro, mas atrasos na a mesma, foi descrita em carta da Igreja Católica, fica sus-
Bouar, os líderes desses movi- ciaram, com o apoio do Alto para ajudar a trazer para o chegada de ‘kits’ de registo anexa ao pedido de visto como penso até que se conclua o
mentos apresentaram reivin- Comissariado das Nações país todos os refugiados que biométrico doados pela técnica superior do Ministério processo da sua total respon-
dicações que o Governo não Unidas para os Refugiados ainda se encontram no estran- Nigéria ao país impediu da Justiça, que se deslocava sabilização”, lê-se no decre-
aceitou negociar. (HCR), o repatriamento vo- geiro ou que, vivendo no país, que o recenseamento ao Brasil para uma acção de to, citado ontem pelo jornal
A eclosão de uma nova luntário dos cerca de 660 re- estão distantes das suas zonas eleitoral tivesse início na formação. O tribunal decidiu “Notícias”, o maior diário
onda de violentos confrontos fugiados que viviam nas ci- de origem. data prevista, 23 de Agosto. converter os 11 meses de pri- moçambicano.
MUNDO Quarta-feira
19 de Setembro de 2018 9
GUERRA COMERCIAL ALTA TENSÃO NAS RELAÇÕES
NAÇÕES UNIDAS
Trump acusa
China de tentar
DR

Israel acusado de causar


influenciar
as eleições derrube de avião russo
O Presidente norte-ame- Aeronave com 15 militares russos a bordo foi abatido
ricano, Donald Trump, acu- acidentalmente com míssil da defesa anti-aérea da Síria
sou ontem a China de tentar
influenciar as eleições nos DR
Estados Unidos, depois de
Pequim ter anunciado “re-
Líderes mundiais reunidos até 5 de Outubro
presálias” pelas novas tarifas
aduaneiras impostas por Was-
hington na segunda-feira.
“A China indicou aberta-
mente que está a tentar acti-
Assembleia-Geral
vamente influenciar e distor-
cer as nossas eleições, ata- abre em Nova Iorque
cando os nossos agricultores,
criadores e operários porque A Organização das Nações Unidas deu ontem
me são leais”, escreveu Do- início à 73ª Assembleia-Geral, que decorre até
nald Trump na sua conta na 5 de Outubro, em Nova Iorque, em que vão estar
rede social Twitter. presentes líderes de 193 países-membros.
Na segunda-feira, Donald A abertura da primeira sessão plenária, desta
Trump anunciou que os EUA Assembleia-Geral, foi feita pelo Secretário-
vão impor tarifas alfande- Geral da ONU, António Guterres.
gárias a mais importações A Assembleia-Geral discute, à semelhança
de bens provenientes da de outros anos, a implementação de medidas
China, avaliadas em 200 mil mundiais, nas áreas da paz, justiça, sociedade,
DR economia e saúde, em sessões plenárias e Il-20 (semelhante ao da foto) foi abatido por engano pela defesa anti-aérea da Síria
reuniões oficiais de alto nível.
Em destaque vão estar o combate às armas,
promoção dos direitos humanos, desenvolvimento O Ministério da Defesa da nos de um minuto” antes de Em reacção, Israel mani-
sócio -económico, coordenação da assistência Rússia acusou ontem a Força ele ocorrer. festou “tristeza” pela morte
humanitária no mundo e a prevenção de doenças Aérea israelita de ter empur- Dmitri Peskov, o porta-voz dos 15 tripulantes do avião
crónicas, tuberculose, malária e SIDA. rado para a linha de fogo dos do Presidente russo, Vladimir russo abatido por engano
O programa deste ano, inclui a Cimeira da mísseis sírios um avião militar Putin, disse aos jornalistas que pela defesa anti-aérea síria
Paz Nelson Mandela, com início a 24 de Setembro, russo que acabou abatido. o Chefe de Estado está “muito e atribuiu o erro ao Governo
em homenagem ao centenário do nascimento O avião militar com 15 preocupado com a situação”, do Presidente sírio, Bashar
do líder sul-africano e vencedor de um Nobel pessoas a bordo, que estava escusando-se a mais comen- al-Assad, e seus aliados.
da Paz, Nelson Mandela. desaparecido do radar na tários sobre o futuro das rela- Em comunicado, as Forças
O debate geral tem início na terça-feira, 25 costa do mar Mediterrâneo, ções com Israel. Armadas israelitas afirmam
de Setembro, observa a duração de nove dias, na Síria, foi abatido com um “A situação está a ser ana- que as baterias anti-aéreas
será submetido ao tema “Tornar a ONU relevante míssil S-200 do sistema de lisada”, disse apenas. “dispararam indiscriminada-
para todos: Liderança global e responsabilidade defesa anti-aéreo sírio, refe- O ministro da Defesa russo, mente” e “não se preocupa-
partilhada para sociedades pacíficas, equitativas rem investigações prelimi- Serguei Choigu, advertiu que ram” em assegurar-se de que
e sustentáveis”. A Assembleia-Geral é presidida nares. O avião russo foi aba- o país se reserva o “direito de não havia aviões russos no ar.
Donald Trump decreta novas por María Fernanda Espinosa Garcés, antiga tido depois de um ataque de ripostar” à queda do avião e Segundo Israel, os seus
tarifas alfandegárias ministra da Defesa, do Equador, quarta mulher caças F-16 israelitas na região considerou Israel “totalmente aviões atacaram instalações
a ocupar o cargo e a primeira da região da América de Lataquia. responsável.” do exército sírio onde estava
milhões de dólares (171 mil Latina e Caraíbas. O incidente ocorreu a cerca “Reservamo-nos o direito a ser preparada uma entrega
milhões de euros) a partir de 30 quilómetros da costa de ripostar no futuro”, disse ao movimento xiita libanês
da próxima semana. síria, quando o avião, um Il- Choigu numa conversa tele- Hezbollah, por ordem do Irão,
“As taxas aduaneiras en- 20, regressava à base aérea fónica com o seu homólogo de componentes de armas
trarão em vigor a 24 de Setem- TIMOR-LESTE russa de Hmeimim, na Síria, israelita, Avigdor Liberman, de precisão.
bro e vão ser de dez por cento minutos depois do ataque dos segundo uma nota do minis- Mas Israel assegura que,
até ao final do ano. A 1 de Ja- caças israelitas. tério. “A culpa” pela morte quando o avião russo foi aba-
neiro vão ser aumentadas
para 25 por cento”, adianta
o comunicado.
Parlamento chumba As Forças Armadas russas
acusam Israel de só as ter avi-
sado do ataque iminente “me-
de 15 militares russos “repousa
inteiramente em Israel”,
acrescentou.
tido, os caças israelitas “já es-
tavam dentro do espaço aéreo
israelita.”
Os direitos aduaneiros
impostos em Julho e Agosto
viagem do Presidente
às importações chinesas
ascendem a 50 mil milhões
de dólares.
O Parlamento Nacional timo-
rense chumbou ontem, com
DR Zona desmilitarizada em Idlib
A acusação de Trump ocor- votos favoráveis das bancadas O Presidente russo, Vladimir grande escala em Idlib, região rizada em Idleb abranja a pro-
re menos de uma semana do Governo, um pedido de Putin, e o homólogo da Tur- com que faz fronteira, o que tecção da população civil.
depois da assinatura de um autorização do Presidente quia, Recep Tayyip Erdogan, pode levar ao aumento do “Esperamos que o acordo
decreto pelo Presidente nor- da República para visitar acordaram, segunda-feira, fluxo de refugiados. A ONU anunciado garanta a protec-
te-americano a determinar Nova Iorque e participar na estabelecer uma zona des- já preparou um plano de fuga ção das vidas e das infra-
a aplicação de sanções aos Assembleia-Geral da ONU, militarizada na Síria, numa para cerca de 900 mil civis. estruturas civis, bem como
estrangeiros suspeitos de no final deste mês. altura em que a província de Após o encontro diplomá- o acesso humanitário sem
influenciar as eleições norte- Ao justificar a medida, as Idlib é alvo de uma ofensiva tico em Sochi, o Presidente entraves e durável”, disse a
americanos. bancadas do Governo con- das forças governamentais russo disse que a zona de porta-voz da Comissão Euro-
A menos de dois meses sideraram que a visita não sírias com o apoio da Rússia. segurança terá entre 15 e 25 peia Maja Kocijancic.
das eleições intercalares de é oportuna quando o Pre- Idlib é um dos últimos quilómetros e que será patru- A porta-voz salientou a
Novembro nos Estados Uni- sidente da República, Fran- bastiões de resistência ao lhada por forças turcas e rus- necessidade de ser evitada
dos, responsáveis norte- cisco Guterres Lu-Olo, ain- Governo de Bashar al-Assad sas. A zona desmilitarizada “a todo o custo” uma ofensiva
americanos indicaram ter da não promulgou o Orça- e os ataques de Damasco será criada no dia 15 de Outu- militar em Idleb, que “iria pôr
registado tentativas de inge- mento Geral do Estado (OGE) nos últimos dias fazem ante- bro. Putin acrescentou que em risco três milhões de vidas
rência por parte da Rússia, para 2018. ver uma ofensiva em grande todas as armas devem ser e resultar numa nova catás-
mas também da China e de Continua igualmente o Deputados pedem a Lu Olo escala, que tem levado a retiradas da zona até ao pró- trofe humanitária.”
outros países. impasse em torno da nomea- a promulgação do OGE sucessivos alertas por parte ximo dia 10 de Outubro e fez Situada na fronteira com
A China prometeu ontem ção de alguns membros do da ONU. questão de alertar que não a Turquia, a província de Idleb
“represálias” em relação às Governo que o primeiro- Ancara e Moscovo apoiam vai tolerar a presença de rebel- conta com cerca de três mi-
novas tarifas, considerando ministro indigitou e a quem cada do Congresso Nacional dois lados distintos no conflito des “radicalizados” nem de lhões de habitantes (incluindo
“incerta” a retoma de nego- o Chefe de Estado não deu da Reconstrução Timorense sírio. A Turquia apoia alguns grupos jihadistas, nomeada- um milhão de crianças), me-
ciações com Washington. posse. Lu-Olo tinha sido (CNRT), o maior partido da grupos rebeldes de oposição mente a Frente Al-Nusra, tade dos quais já fugiram de
“A China aproveitou-se convidado pelo Secretário- Aliança de Mudança para o a Assad, ao passo que a Rússia antigo braço da Al-Qaeda na outras zonas do país.
dos Estados Unidos na área Geral da ONU, António Gu- Progresso (AMP), a coligação está ao lado de Damasco. Síria, que tem uma presença A guerra na Síria, desen-
comercial durante vários terres, a participar na 73ª do Governo, sublinhou que Erdogan já tinha proposto substancial em Idlib. cadeada em 2011, já matou
anos, eles sabem que sou sessão da Assembleia Geral apesar de importante a visita a criação desta zona desmi- A União Europeia (UE) ape- mais de 360 mil pessoas,
aquele que sabe como parar das Nações Unidas, que de- não é oportuna. Lu Olo tem litarizada e Putin aceitou a lou para que o acordo entre segundo o último balanço
isso”, reforçou Donald Trump corre este mês. Carmelita previstas para este ano várias proposta do homólogo turco. a Rússia e a Turquia para ins- do Observatório Sírio dos
num segundo “tweet”. Mo-niz, deputada da ban- visitas ao estrangeiro. Ancara teme um conflito em taurar uma zona desmilita- Direitos Humanos.
10 ECONOMIA Quarta-feira
19 de Setembro de 2018

a PaRtIR De 2019 moXICo LanÇaDo ontem


DOMBELE BERNARDO | EDIÇÕES NOVEMBRO

Inicia obra do primeiro Programa


institucional
entreposto florestal assinala Dia
O primeiro de seis entre-
postos a construir em Angola
de madeira sigam os trâmites
legais impostos ao corte e
do Turismo
para fiscalizar a exploração comercialização da madeira. O Governo lançou ontem um
de madeira começou a ser Em Agosto, André Moda programa institucional des-
edificado segunda-feira no anunciou a construção de seis tinado a assinalar o Dia Mun-
Luena, onde o secretário do entrepostos de produtos flo- dial do Turismo, comemora-
Estado para os Recursos Flo- restais para receber toda a do a 27 de Março, anunciando
restais prometeu benefícios produção de madeira prove- a realização de fóruns nacio-
para a província e o país em niente das concessões e das nais em Luanda e Moçâme-
resultado da implantação unidades semi-industriais. des, onde é discutida a legis-
daqueles serviços. Os entrepostos vão ser cons- lação sobre o visto de turismo
“Após a construção e en- truídos, além de Luena, em nas fronteiras.
trada em funcionamento dos Catete (Luanda) e Caxito (Ben- O programa central, que
entrepostos, nenhum produto go), que são prioritários devi- decorre de 23 a 28 de Setem-
florestal destinado à expor- do à proximidade do Porto de bro em Luanda e em Moçâ-
tação poderá sair sem antes Luanda, Menongue (Cuan- medes, foi apresentado, em
passar por uma dessas estru- do Cubango) e nas cidades de conferência de imprensa,
turas para efeitos de fiscali- Cabinda e de Benguela. pela ministra da Hotelaria e
zação e certificação junto o A nova legislação para o Turismo, Ângela Bragança,
Instituto de Desenvolvimento sector madeireiro prevê que, que anunciou que as activi-
Florestal, Administração Geral nas operações de exportação, dades decorrem sob o lema
Tributária, Comércio e Polícia passa a ser obrigatória a apre- “Turismo e transformação
Fiscal”, declarou André Moda. sentação de uma carta de cré- digital”, um domínio em que
O secretário de Estado, dito ou comprovativo de trans- é subscrito um acordo entre
que falava no acto de lança- ferência emitida por um banco o seu e o Ministério da Comu-
mento da primeira pedra para no exterior a favor da conta do nicação Social.
a construção do entreposto, exportador, em banco domi- Ao longo desse período, a
acrescentou que o serviço ciliado em Angola. ministra vai percorrer um
também vai fazer com que roteiro turístico urbano de
as empresas de exploração José Rufino | Luena e Angop Moçâmedes, locais como a
EDIÇÕES NOVEMBRO parte mais antiga da cidade
e da Fortaleza de São Fernando
- edifício classificado como
património histórico -, des-
locando-se, depois, às grutas
e pinturas rupestres do Tchi-
tunduhulu ( Virei) e ao Parque
Nacional do Iona, bem como
ao Lubango, por estrada.
A componente das come-
morações em Luanda prevê
debates sobre a “Importân-
cia das associações profis-
sionais no desenvolvimento
do turismo regional”, a con-
cessão de vistos e o “Processo
ministro do Comércio, Joffre Van-Dúnem, quer desburocratizar para dinamizar o mercado de isenção e facilitação: rea-
lidade e constrangimentos”.
madeira é verificada em entrepostos antes de ser exportada Madalena José

Guichet Único Electrónico em sete anos


EDIÇÕES NOVEMBRO
ria lidera os investimentos
em activos imóveis ‘Capex’,
com dez projectos de petró-

licencia comércio externo leo e gás a deverem começar


a operar entre 2018 e 2025,
seguida de Moçambique,
com dois projectos”, lê-se
Plataforma digital africana é adoptada pelo Executivo no artigo que cita um rela-
para desburocratizar as importações e exportações tório desta consultora ana-
lítica de dados.
Na Nigéria, a maior eco-
Ana Paulo fícios para os agentes eco- a ser criadas condições para nomia africana, há 13 pro-
nómicos em matérias como que o sistema funcione o mais jectos anunciados, a que se
O Executivo introduz, em a desburocratização e as rápido possível no sector pro- juntam mais dez em Angola,
2019, o Guichet Único Elec- implicações disso sobre a dutivo e económico do país. segundo o relatório sobre
trónico, um instrumento que poupança e a redução de O ministro do Comércio, 5,1 mil milhões de dólares empregues no sector petrolífero os investimentos na área do
desburocratiza e acelera as gastos, evitando transtornos Joffre Van-Dúnem, consi- petróleo e gás na África Sub-
formalidades comerciais liga- durante os procedimentos derou, na abertura do semi- sahariana, que afirma haver
das à importação e exportação de importação e exportação. nário, que “a execução das um total de 64 projectos
de mercadorias, revelou
ontem, em Luanda, o coor-
denador do Grupo Técnico
Ministro considera
medidas previstas com o
Guichet permite um bom
a m b i e n te d e n e g ó c i o s ,
País lidera absorção nesta área a começar as ope-
rações entre 2018 e 2025.
“ A pro dução total de
do Comité de Facilitação do
Comércio, Lukonde Luansi.
O Guichet Único Electró-
que a execução
das medidas
previstas permite
incentivando novos inves-
timentos que poderão criar
oportunidades de emprego
de activos em África crude dos projectos anun-
ciados e planeados na África
Subsahariana deve chegar
um bom ambiente
nico - cuja introdução foi de negócios, e melhorar as condições de Angola está entre os três paí- equivale a 15 por cento de aos dois milhões de barris
anunciada num seminário incentivando vida das populações.” ses da África Subsahariana um total de 64 empreitadas por dia em 2025 e a produ-
promovido pelo Ministério investimentos A AACE está a realizar que mais activos fixos - infra- nesse domínio preconizadas ção de gás deve atingir os
do Comércio - foi adoptado que poderão criar seminários nacionais sobre estruturas e equipamentos para a África Subsahariana 8,1 mil milhões de pés cúbi-
há oito anos pela Aliança novas o assunto em vários países - recebem até 2025, pre- entre 2018 e 2025. cos por dia”, disse o analista
Africana para o Comércio oportunidades da África Subsahariana. O vendo-se a obtenção de 5,1 A anteceder Angola, figu- Joseph Gatdula, citado no
Electrónico (AACE). director-geral do Guichet mil milhões de dólares (1,457 ram a Nigéria e Moçambique artigo da Global Data.
Em declarações à impren- Único de Moçambique, Gui- triliões de kwanzas) em que, durante esse período, No total, os Estados e as
sa, Lukonde Luansi disse que “Com a implementação lherme Mambo, garantiu no investimentos dessa índole, absorvem investimentos empresas devem investir
o novo sistema será imple- do Guichet Único Electrónico, encontro realizado ontem, de acordo com números em activos fixos de 17,3 e 40,7 mil milhões de dólares
mentado no âmbito do Pro- os parâmetros legais serão em Luanda, apoio para que divulgados ontem pela com- 7,6 mil milhões de dólares, no desenvolvimento dos
grama de Apoio à Produção, submetidos de uma só vez, Angola adopte essa plata- panhia internacional de con- i n d i c a u m re l a t ó r i o d a projectos planeados em des-
Diversificação das Exporta- sem passar por vários sectores, forma digital já introduzida sultoria Global Data. empresa de consultoria pesas de investimento em
ções e Substituição das Im- como se processa hoje, em em países como Moçambi- O p a í s e m p re g a e s s a citado no site especializado activos fixos, com o que
portações (Prodesi). O siste- papel”, declarou Lukonde que, Senegal, Ghana, Mada- soma em dez projectos na “ Ma rke ts c re e n e r ” . “ Na ficam totalizados 117,1 mil
ma electrónico trará bene- Luansi, garantido que estão gáscar e Maurícias. área de petróleo e gás, o que África Subsahariana, a Nigé- milhões de dólares.
ECONOMIA Quarta-feira
19 de Setembro de 2018 11
FÓRUM ECONÓMICO MERCADO FINANCEIRO

Lisboa tem potencial para ajudar Taxa do câmbio paralelo


O presidente do conselho de investimentos em Angola trapassados por Angola,
de administração da Agência
de Investimento Privado e
Promoção das Exportações
(AIPEX), Licínio Contreiras,
fora do sector petrolífero,
sendo a indústria transfor-
madora o sector que mais
investiu, seguindo-se a banca
para melhorar o ambiente
de negócios.
O presidente da Agência
para o Investimento e Comér-
mais próxima da oficial
considerou ontem, em Luan- e seguros e a construção. cio Externo de Portugal (AI- Nos últimos nove meses, de acordo com o ministro de Estado
da, que Portugal tem condições Para Licínio Contreiras, a CEP), Luís Henriques, indi-
para desempenhar um papel assinatura do acordo para a cou três eixos oferecidos pelas do Desenvolvimento Económico e Social, a diferença passou
importante no processo de elevação do valor da linha de empresas portuguesas - cerca de 150 para 19 por cento, apontando para a convergência
substituição das importações crédito de apoio às exporta- de 1.200 operam no país -
JOÃO GOMES | EDIÇÕES NOVEMBRO
e promoção das exportações ções portuguesas para Angola, no processo de implantação
em curso o país. de mil para 1,5 mil milhões em Angola, nomeadamente
Licínio Contreiras, que de euros, vai beneficiar as em- a capacitação, produção e
falava à imprensa, à margem presas angolanas que com- informação.
do Fórum Económico Ango- pram equipamentos e maté- Segundo Luís Henriques,
la-Portugal, inserido no pro- rias-primas em Portugal, tendo serão realizados seminários
grama da visita oficial de dois em conta a grande depen- para que as empresas por-
dias que o Primeiro-ministro dência da economia angolana tuguesas conheçam melhor
António Costa, anunciou que do exterior. as oportunidade, além de
a AIPEX está a criar condi- Referindo-se aos empre- visitas às províncias - come-
ções para atrair o investi- sários portugueses, consi- çando pela Huíla - para iden-
mento privado, substituir as derou que investir em Angola tificar mais oportunidades.
importações e promover as significa entrar para um mer- Considerou a carência de
exportações. cado com mais de 300 mi- financiamento como sendo
“Pelos laços históricos e lhões de habitantes, que cor- um desafio comum aos dois
a língua que une os nossos responde ao potencial dos 15 países, prevendo que se en-
dois países, Portugal tem países da SADC, que tem em contrem possíveis soluções
Primeiro-Ministro de Portugal (centro), tendo Manuel Nunes à sua direita na abertura do fórum
melhores condições de ocu- preparação uma zona de co- para este problema junto do
par um lugar no processo de mércio livre e onde o nosso Banco Africano de Desen-
substituição das importa- país está inserido. volvimento (BAD).
ções e promoção das expor- O presidente do conselho Luís Henriques notou que André dos Anjos com 5,9, serviços e turismo
tações” nos domínios da agri- de administração da AIPEX depois da crise de 2011 em com 5,9 e construção com
cultura, pecuária e pescas, bem apontou a falta de infra-es- Portugal, as exportações fo- “Não queremos 3,8. A concretização das pro-
como na extracção de metais truturas como estradas, água ram as que mais contribuí- A diferença entre a taxa de para Angola jecções constantes no Pro-
e minerais, têxteis, calçado e energia, bem como as ca- ram para a recuperação, afir- câmbio oficial e a do mercado um modelo grama de Estabilização Ma-
e turismo. rências no domínio do capital mando que a mesma solu- paralelo, que até Janeiro do empobrecedor croeconómica, de acordo
O responsável lembrou humano - qualificado e em ção pode servir para ajudar ano em curso estava situada em que o país com Manuel Nunes Júnior,
que, de 1990 a 2014, Portugal quantidade suficiente -, com a Angola. em 150 por cento, reduziu seja apenas depende fundamentalmente
deteve os maiores volumes sendo desafios a serem ul- Victorino Joaquim para 19, nove meses depois do sucesso do chamado Pro-
da implementação do Pro-
parte dos elos grama de Apoio à Produção
grama de Estabilização Ma- mais pobres Nacional, Promoção das
croeconómica do Executivo, da cadeia Exportações e Substituição
declarou ontem, em Luanda, internacional das Importações (Prodesi).
MINISTRO DAS FINANÇAS o ministro de Estado do De- da criação Apontado como o prin-
senvolvimento Económico de valor” cipal instrumento do Pro-

Dívida tem de ser certificada e Social.


Manuel Nunes Júnior
intervinha no “Fórum Eco-
grama de Estabilização Ma-
croeconómica, do Prodesi,
é esperado o “milagre” de
nómico Angola – Portugal: Ritmo das reformas tornar o país auto-suficiente
JOÃO GOMES | EDIÇÕES NOVEMBRO
Cerca de cem mil milhões de dando antes de Novembro os por uma parceria estraté- Ainda no que respeita à no que respeita à produção
um total de 130 mil milhões processos que forem sendo gica”, organizado pela Agên- melhoria do ambiente de alimentar.
de kwanzas reivindicados por confirmados. cia de Investimento Privado negócios em Angola, pros- Numa primeira fase, “te-
empresas portuguesas como O ponto mais crítico do e Promoção das Exportações seguiu, foi aprovada recen- mos de deixar de importar
dívida pública acumulada processo, de acordo com o de Angola (AIPEX) e a Agên- temente uma nova lei do alimentos de amplo consumo
não constam no Sistema Inte- Archer Mangueira, está no cia para o Investimento e investimento privado e, pela popular e passar a produzi-
grado de Gestão Financeira facto de, desde 2013 até à Comércio Externo de Por- primeira vez, foi criada no los localmente, para permitir
do Estado, revelou ontem em data, o país ter registado uma tugal (AICEP). país uma lei da concorrência, que a pressão sobre as divisas
Luanda o ministro das Finan- desvalorização cambial na O Programa de Estabili- que prevê a criação de uma seja cada vez menor e que as
ças, Archer Mangueira. ordem de 150 por cento. zação Macroeconómica em autoridade da concorrência poupanças neste domínio sir-
“Fizemos um levantamento “Se decidirmos fazer a execução desde Janeiro, lem- com a responsabilidade de vam para investir mais inten-
da dívida de Angola para com actualização de todas as dívi- brou, foi concebido pelo Exe- prevenir situações de abusos samente em áreas reservadas
Portugal e constatamos que das, nos termos em que estão cutivo angolano para fazer no mercado. ao desenvolvimento estra-
boa parte dela não consta no ser reclamadas, há o risco de face aos grandes desequilí- No sistema judicial, afir- tégico do país, como a Edu-
Sistema Integrado de Gestão pôr em causa a sustentabi- brios internos e externos de- mou, decorrem reformas des- cação, Saúde, Ciência e Tec-
Financeira do Estado”, disse, lidade da dívida”, explicou. rivados da queda do preço tinadas a melhorar o combate nologia”, declarou.
declarando que “são dívidas Ministro esclarece credores O que o Governo tem estado de petróleo no mercado inter- à corrupção e conferir maior Para o sucesso do Prodesi,
que foram contraídas sem a fazer, prosseguiu, é analisar nacional, que teve início em celeridade à resolução de lití- afirmou o ministro de Estado,
observar as regras de execu- caso a caso, sem pôr em causa meados de 2014. gios susceptíveis de afectar Angola conta com o sector
ção do Orçamento Geral do Estabilização Macroeconó- os interesses das empresas, Ao fim de nove meses, a dinâmica da economia. privado, “com os empresários
Estado (OGE). mica, que prevê, entre outros por um lado e, por outro, sem sublinhou, os resultados O Programa de Estabili- angolanos e de outras partes
Dirigindo-se a empresá- objectivos, a melhoria do permitir que se asfixie a tesou- deste programa são bastante zação Macroeconómica, defi- do mundo, incluindo Por-
rios portugueses, na presença ambiente de negócios no país. raria do Estado. encorajadores. “A taxa de niu o ministro, é parte do tugal.” O papel do Estado,
do Primeiro-Ministro daquele Para o Governo angolano, Archer Mangueira inter- inflação tem vindo a diminuir Plano de Desenvolvimento observou, vai circunscre-
país, António Costa, e mem- a regularização dos atrasados vinha no Fórum Económico e a diferença entre a taxa de Nacional para 2018-2022, o ver-se na regulação e coor-
bros do seu Governo, Archer internos e externos é uma Angola-Portugal promovido câmbio oficial e a prevale- principal documento de pla- denação do processo e na
Mangueira disse que o paga- componente importante do pela AIPEX e o AICEP sob o cente no mercado paralelo neamento e orientação de criação das condições neces-
mento dessa dívida “exige Programa de Estabilização lema “Por uma parceria estra- tem conhecido uma queda todas as acções do Executivo sárias para o investimento.
um processo prévio de cer- Macroeconómica, sublinhou tégica”, no quadro da visita assinalável.” para esse período. Ao Governo e empresários
tificação, que passa por um o ministro das Finanças. de dois dias a Angola do Pri- Para o economista, os re- portugueses, Manuel Nunes
conjunto de passos”. Para tratar especificamen- meiro-Ministro português, sultados já alcançados mos- Desempenho económico Júnior pediu que se juntem
O montante inserido no te dos cem mil milhões de kw- concluída ontem. tram que Angola está no ca- As projecções efectuadas no aos esforços de Angola des-
Sistema Integrado de Gestão anzas que não constam no António Costa lembrou minho certo no que respeita âmbito do plano indicam que, tinados a promover a tran-
Financeira do Estado, 30 mil Sistema Integrado de Gestão que Angola é o principal par- à minimização da segmen- nesse período, a economia an- sição de uma economia ex-
milhões de kwanzas, de acordo Financeira do Estado, disse ceiro de Portugal em África tação do mercado cambial, golana vai ter um crescimento portadora de recursos extrac-
com o ministro das Finanças, Archer Mangueira, foi acordado e destino das exportações havendo um movimento no médio anual de 3,00 por cento, tivos brutos para uma eco-
tem vindo a ser pago, há um um calendário, por altura dos de pelo menos 12,5 por cento sentido da convergência das com o sector não petrolífero a nomia exportadora de pro-
ano e meio, desde que o Exe- preparativos da visita de Antó- do total das empresas por- taxas prevalecentes neste registar taxas de crescimento dutos derivados, de bens fi-
cutivo aprovou uma estratégia nio Costa Angola, que entrou tuguesas. mercado. O grande objectivo na ordem dos 5,1. nais e intermédios, com valor
de regularização dos atrasados em vigor em Julho e termina Do total de 25 por cento das para os próximos tempos, Os principais motores do acrescentado.
internos e externos. em Novembro. empresas portuguesas a expor- assinalou, é remover alguns crescimento no sector não “Não queremos para An-
O processo de regulariza- Durante esse período, indi- tarem para Angola, disse, constrangimentos que ainda petrolífero, explicou, são os gola um modelo empobrece-
ção da dívida pública, disse, cou, o ministério angolano “metade têm o país como o se verifica no mercado cam- da agricultura, com uma taxa dor em que o país seja apenas
conheceu maior celeridade das Finanças deverá efectuar único destino das suas expor- bial e garantir um equilíbrio média de crescimento de 8,9 parte dos elos mais pobres da
desde Janeiro, com a imple- a certificação das dívidas, caso tações”, esclareceu. com reflexos na melhoria do por cento, pescas com 4,8, cadeia internacional da criação
mentação do Programa de a caso, sem prejuízo de ir liqui- André dos Anjos ambiente de negócios no país. indústria transformadora de valor”, sublinhou.
12 Quarta-feira
19 de Setembro de 2018

PUBLICIDADE

(15.600)

REPÚBLICA DE ANGOLA
INE - INSTITUTO NACIONAL DE ESTATÍSTICA

ANÚNCIO DE ABERTURA DE CONCURSO PÚBLICO INTERNO PARA INGRESSO NOS QUADROS DE PESSOAL
DO INE, (nos termos do Despacho Presidencial n.º 314/16, de 22 de Novembro, conjugado com Decreto Presidencial
n.º 104/11, de 23 de Maio e Decreto Presidencial n.º 102/11, de 23 de Maio) REPÚBLICA DE ANGOLA
De acordo ao Despacho n.º 42/DG/INE/2018 de 6 de Setembro de 2018, do Exmo. Senhor Director Geral do INE, o TRIBUNAL PROVINCIAL DE LUANDA
Instituto Nacional de Estatística (INE) abre o concurso público interno de ingresso, na modalidade de prova escrita, com
prazo de 20 dias úteis a contar da data da publicação do presente anúncio nos órgãos de comunicação social ou através
2.ª SECÇÃO DA SALA DO CÍVEL E ADMINISTRATIVO
de publicação por outro meio considerado adequado.
Para a realização deste Concurso existe no Sistema de Gestão Financeira do Estado (SIGFE), 22 (vinte e duas) vagas, sendo: Anúncio
- 3 (Três) vagas para Técnico Superior de Estatística de 2.ª - 2.º Vogal: Dr. Ezequiel Lourenço António Luís- Departa- Processo N.º 2920/C - 2017 2ª e última publicação
Classe; mento de Estatísticas Demográficas e Sociais. 2.ª SECÇÃO DO CÍVEL E ADMINISTRATIVO
- 1 (Uma) vaga para Técnico de Estatística de 3.ª Classe; - 3º Vogal: Engº Edmundo Joaquim Raimundo- Departa- Acção Executiva para Pagamento de Quantia Certa, com a forma de Processo Ordinário
- 7 (Sete) vagas para Técnico Médio de Estatística de 3.ª mento de Censos e Inquéritos Especiais.
Exequente: BANCO SOL, SA
Classe;
- 2 (Duas) vagas para Motoristas de Pesados de 2.ª APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURA Executada: JOTDOL COMERCIAL, LIMITADA.
Classe; A apresentação de candidatura é dirigida ao Director Geral
- 8 (Oito) vagas para Motoristas de Ligeiros de 2.ª Classe;e do INE, por meio de requerimento instruído com os seguin- Nos autos acima identificados, correm éditos de 10 dias, contados da data da segunda
- 1 (Uma) vaga para Auxiliar de Limpeza de 2.ª Classe. tes documentos:
e última publicação do anúncio, citando a ausente, JOTDOL COMERCIAL, LIMITADA,
REQUISITOS: a. Cópia do Bilhete de Identidade válido; com última sede conhecida em Luanda, no Largo Atlético, n.º 4, representada por Carlos
a. Ser Cidadão Angolano;
b. Fotocópia do Certificado de Habilitações Literárias ou Mário Casimiro Martins, residente em Luanda, Bairro Comandante Valódia, Rua Sebas-
b. Ser funcionário do Instituto Nacional de Estatística a Diploma devidamente reconhecido no Notário; tião Desta Vez, n.º 8, Distrito Urbano do Sambizanga, para no prazo de 10 dias finda di-
nível Central quer sejam do quadro ou por via do contrato; c. Os candidatos à carreira de técnicos superiores, forma-
dos no País como no Exterior do País, devem reconhecer lação de 30 dias a contar da 2.ª e última publicação do anúncio, pagar a dívida ou nomear
c. Ter Formação académica/profissional de acordo com os os seus Diplomas no Instituto Nacional de Avaliação, Acre- bens à penhora, querendo, a acção supra identificada, que lhe move Banco Sol, SA
níveis académicos relacionados às vagas existentes. ditação e Reconhecimento de Estudos do Ensino Superior
(INAAREES), nos termos alínea b) e c) do artigo n.º 22 do
com sede em Luanda, Rua Lourenço Mendes da Conceição, n.º 7, com a cominação de
COMPOSIÇÃO DO CORPO DE JÚRI:O Júri é composto Decreto Presidencial n.º172/13, de 29 de Outubro; que a falta de pagamento da dívida ou nomeação de bens à penhora importa a devolução
por 5 (cinco) elementos, sendo: d. Os candidatos à carreira técnica devem ter os respecti-
à exequente do direito de nomeação de bens à penhora e que em substância o pedido
vos certificados de ensino médio visados pela Direcção
- Presidente: Dra. Marlene Catarina de Almeida Costa Provincial da Educação, nos termos do n.º 1 do artigo 112 consiste em: a) A citação dos executados para no prazo legal, pagarem à exequente a
Gomes- Departamento dos Recursos Humanos Adminis- da Lei n.º17/16, de 7 de Outubro; quantia exequenda de AKZ 12.700.000,00 (Doze milhões e setecentos mil kwanzas),
tração e Finanças. e. Documento de regularização do serviço militar obrigató-
- Vice Presidente: Dra. Dulce Teresa Joaquim Alexandre- rio para indivíduos de sexo masculino; acrescido dos juros de mora vencidos; e b) A condenação da executada no pagamento
Departamento de Apoio ao Director Geral. das despesas e custas judiciais inerentes à propositura da presente acção, tudo como
- 1.º Vogal: Dr. José Dos Santos Francisco Calengi- Depar- f. Certificado de Registo Criminal;
tamento de Contas Nacionais e Coordenação Estatística. g. Atestado médico. melhor consta do duplicado da petição inicial, cujos duplicados se acham patentes no
cartório do Tribunal Provincial de Luanda, 2.ª Secção da Sala do Cível Administrativo,
CONTEÚDO A CONSTAR NO REQUERIMENTO, PRAZO E LOCAL DE ENTREGA
Na fase de admissão ao concurso, os candidatos deverão declarar no requerimento, sob compromisso de honra, a situação sito à Rua Amílcar Cabral, n.º 27, 2.º andar, à disposição do citando.
precisa em que se encontram, nos termos do n.º1 do artigo 12.º, do Decreto Presidencial n.º 102/11, de 23 de Maio.
O requerimento de admissão ao concurso de ingresso deve dar entrada no Instituto Nacional de Estatística, Departamento Para constar, lavrou-se o presente edital e mais dois de igual teor, para serem afixados.
de Recursos Humanos, Administração e Finanças, até ao 10.º dia a contar a data da publicação do presente anúncio.
FINALIDADE DO CONCURSO
Este concurso é aberto para prover os lugares vagos existentes no SIGFE e é valido por um período de 6 (seis) meses Luanda, aos 27 de Junho de 2018.
contados a partir da data da publicação da lista de classificação final.

O Director Geral
A JUÍZA DE DIREITO O OFICIAL DE JUSTIÇA
Camilo Ceita Tatiana Assis Aço Hélder Caiumba
(15.570) (15.540)
Quarta-feira
19 de Setembro de 2018 13
PUBLICIDADE

(15.421)

Pedido de Comparência
O Banco Sol, S.A., serve-se da presente para solicitar a comparência no prazo de 8 dias, dos clientes abaixo indicados, a fim de tratarem de assuntos do seu
interesse, devendo para o efeito contactar às Direcções Jurídica e de Gestão e Recuperação de Crédito, nas suas instalações, sitas em Luanda, Edifício Sol, Rua
Lourenço Mendes da Conceição, n.º 7.
Nome do Cliente N.º B.I/Passaporte Nome do Cliente N.º B.I/Passaporte
Nelma Patrícia Fragoso Domingos 000341455LA039 Neusa Patrícia António Narciso 001638416LA030
Mário Bruno da Silva Neto 001645099LA030 António Francisco Breganha 000048866KN034
Gemildo Nino Gomes 001247189LA035 Lúcia Bernarda da Silva 000671685LS034
Lizete Maria de Sousa A.F Silva e Neto 000507662LA030 Lúcia Coleta Cimanga Bernardo 000574070LN035
Baltar Araújo Ferreira Martins (Ex-Trabalhador da Coca Cola) 000527517HO032 Cardoso Tshimanga Kadiangu N0252383
Francisca da Conceição Prado Paím (Ex-Trabalhadora da TAAG) 003713270LA030 António Bernardo da Silva 000030980LA018
Vivaldo Miguel Bombarda Ramos 000083537LA030 Josefina António Vieira Dias Pacavira 000023505KN022
Baltazar Esteves Fortunato 000008555BO012 Arménio Gonçalo Mateus André 000067595LA026
António Manuel Figueiredo 000702458LA030 Costa Canda Tavares Correia 000616584ME030
António do Rosário de Fátima Bartolomeu 000255512KN036 Nicodemo Mateus Diogo 000094410LA035
Ilda Maria B.F.P Resende Lomba 000152901LA037 José do Rosário Madeira Caiombe 002629309KS034
Luís Filipe Nunes Lomba 081297 António Carlos Pereira de Macedo 001330150BA033
Maria Ermelinda Francisco Ligeiro 000201517LA030 Raquel Elizangela Curado Moura 000184103LA018
Valdemiro Almeida da Luz 000195949LA015 Elsa Maria Nascimento Vilhete 000115938LA032
Jofre Hortêncio de Andrade L. da Silva 000113217LA018 Alberto Maria Sabino 000006227ZE021
Arlete Nangassole Tomas Luiele Isaac 002490161M0039 Sozinho Augusto Monteiro 001897705KN034
Carlos Emanuel dos Reis Rodrigues 002587759LA032 Gilchrist Bento Cabinda Adolfo 000079349BE037
Pedro Francisco Sebastião 000014252LA029 José Domingos Roque de Oliveira 000007951BA026
Joaquim Daniel Mukuendje 002228979BA032 Maria Helena Dias Panzo Joaquim 000053247LA028
Mimoso Pedro Monteiro 000038951LS025 Xavier António Tchisanga 000456771HO039
Osvaldo Byller Socola Ventura 000574541BE035 Rui Cláudio Rodrigues Vilar 000360126HO031
João Manuel Santos 000574541BE035 Maria Morais Pontes 000100949LA030
(100.703)
14 Quarta-feira
19 de Setembro de 2018

CLASSIFICADOS
Atendimento Mais informações
Rua Rainha Ginga, 18/24 — Luanda Telefones: 926 406 929 / 925 134 301 / 923 409 613
de Segunda a Sexta-feira, das 9h às 18h, e-mail: publicidade@jornaldeangola.com
aos Sábados e Domingos, das 9h às 14h IMOBILIÁRIO VIATURAS DIVERSOS

MORADIA inacabada no APARTAMENTOS T3 e T4, 2 KIA Sorento 2018, Hilux FAÇA Formação de Latim TRADUZIMOS: Contratos,
Bem-Morar, Lar do Pa- mobilados nas Torres do automático, 2 Santa Fé, Jurídico. Telfs: 942934975, relatórios, procurações,
triota, a bom preço. Tele- Carmo e Escon. Telefones: Range Rover, BMW X1, T. 994575322 (15.067)
IMOBILIÁRIO fone: 931967301. (15.623) 912513166 923461890. Fortuner, K. Cerato, Volvo DIVERSOS certificados, actas, acen-
tos. Telefones: 922607703,
(15.846) XC60. Telefs: 927777099, CHAMPANHE sem álcool:
VIVENDAS E APARTAMEN- 990607703. (15.842)
927994509. (15.648) JC Leroux, Rosa e Branco.
TOS Vila Alice, Maianga, ESCRITÓRIO novo, na MÁQUINAS de gelado, pi- Ts: 921285259, 921285259.
VENDE-SE Maculusso, Miramar, Ki- Tour Elisée. Telefone: MITSUBISHI L200, manual, colé, algodão doce, frita- (15.720) GPS, alarmes, codificação
lamba, Cassenda e Alva-
lade. Telef: 927041400.
912513166 ou 923461890. A/C, 64.000 Km, diesel, VENDE-SE deira chapa de hambúr-
guer, fiambreira e tosta-
de chaves, comandos de
viaturas. Telfs: 944569516,
(15.846e) 4.799.000 Akz. Telefones:
(15.802) deira. Telefs: 936196882, 922427475. (15.850b)
927777099, 927994509. CONTENTORES de 29FT, 917747359. (15.807a)
(15.648a) perfeitas condições c/ do-
PRÉDIO novo, residencial
c/ 24 apartamentos T2, PRECISA-SE TOYOTA Tundra Platinium,
cumentação. Akz. 200.000.
Ts. 928302994, 923600872.
Condomínio Dulce Vita, Ta-
latona Telefs: 923461890, A/C, 2014, automático, (15.717) PRECISA-SE
VIVENDA T2 no Patriota, Z. 912513166. (15.846h) ARRENDAR residência T2, 47.000 Km, 8.900.000 Akz.
Nobre, atrás da Galeria, C/ sala, cozinha e WC a Telefones: 927777099, BOMBAS de Combustível DESINFESTAÇÃO: Con-
PESSOAS c/ habilidades
direito de superfície, Akz ARMAZÉM C/1.450m², co- 35.000, 00 kz. Contactos 927994509. (15.648b) contentorizado c/ capaci- trolo de todo o tipo de pra-
de dança, bem falantes e
75.000.000. Tls: 932508847, berto livre, rua principal, 926155055/918284688. dade 40.000L, 12.000.000 MOINHO de fuba de gas em residências e
(15.688) empresas. Tlfs: 923979404 de mentes abertas. Tele-
923783424. (15.299) Patriota, junto à Igreja Uni- NISSAN Patrol GR-28, ma- Akzs. Telefs: 939069879, bombó e milho, diesel,
992499508. (15.718) com ignição e manivela, 25 992979404. (15.534) fone: 940525722 (15.447)
versal. Telefs: 923461890, nual, LD-54-74-AG, a bom
CASAS de tipologia T3, T5, 912513166. (15.846g) APARTAMENTOS na Cen- preço, discutível. Telefone: sacos/hora, novo. Telefs:
a partir de 9.000.000,00 tralidade do Kilamba e 927174985. (15.797) 936196882, 922799624. EMPRESA de prestação de COSTUREIRO Profissional
Akz, no Zango 0. Telefones: APARTAMENTO T1 e T3, KK5000, VConst-Imóveis. (15.807 b) consultoria eléctrica M/B. que saibe coser vestidos
922011744, 941273300. Centro da Cidade de 0Tala- Telefone: 923509794. RENAULT Kangoo, 87.000 tensão. Telefs: 926155055/ de cerimónia e Bleizer, Ate-
(15.530) tona, Nova Vida, Centrali- (15.793) Km, manual, bom estado, 918284688. (15.688a) lier na Mutamba. Telefone:
dades. Telfs: 923461890, a bom preço. Telefone: 938207311. (15.818)
912513166. (15.846f) 924052982, 991052982 DESINFESTAÇÃO sem
(15.806) cheiro, anti-alérgico, dispo-
URGENTE: (1) assistente
VIVENDAS T3 C/ suite, CAMPAS granito e már- nível todos os dias. Telfs:
more, montagem, grava- 936791069, 915283137. para idosa 24H/24H e ser-
anexo T2, garagem P/5 car- SUZUKI modelo Jimny em
ção cabeceiras, fotos. PADARIA KIT: Forno, 3 ga- (15.566) viço geral, experiente Bº
ros, Vila Alice, Akz 180.000.
Tlf: 912513166, 923461890. VIATURAS óptimo estado, incluindo
A/C. caixa manual 60.000
Terminais tlfs: 921662309, vetas, gás, estufa, amassa-
deira 50L, batedeira 20L,
Sapú. Telefone: 222770125.
11 SALAS C/ WC, 2 escritó- (15.846a) 990591646. (14.619) UNIFORMES, Pólos, T- (15.854)
Km. Telefone: 925654146. carrinho/pão, balança, ta-
rios, loja e armazém shirts, batas c/ logótipo a
(15.824) buleiro. Telefs: 936196882,
grande, estacionamento, .
Lar Patriota, junto à es-
VIVENDA T3 C/suite, anexo
T2, garagem P/5 carros,
VENDE-SE 917747359. (15.807c) partir de 2.950,00 Kzs,
preço de fábrica. Telefone.
trada. Telefs: 916993349,
923222255. (15.424)
Vila Alice, Akz 180.000. Telf:
TOYOTA Hilux manual die-
sel, Mitsubishi Pajero auto-
927823491. (15.617) OFERECE-SE
912513166, 923461890 RANGE ROVER, Autobio-
graph, Longue, 25.000 Km, mático gasolina. Telefones
(15.846d) AULAS em casa: Matemá-
CASAS Zango 3 e 4, T2, 33.000.000 Akz, negociá- 923828351, 926354011. MÚSICO para cantar gra-
tica, Física, Química, Portu-
Akz 2.200.000.00, T3, Akz veis, branco. Telefone: (15.830) tuitamente em eventos no
HOTEL C/60 suites, casino, guês e Inglês. Telefone:
4.500.000 e 2.800.000. Tlfs: piscina e estacionamento 924348222. (14.532) PERFUMARIA J.R.J: Mar- 994508276. (15.760) mês de Setembro. Termi-
934819947, 925373362. na Via Expressa. Telefones: cas Nith Oud, Akz: 5.000,00 SERPENTINAS, gelado em nais Telefs: 921688108,
(15.543) 912513166, 923461890. TOYOTA Prado Luanda da a Akz 13.000,00. Telefone: balde, serra-ossos, churras- 991688108. (14.618a)
RESINA de fibra. Telefone:
(15.846i) Sorte, cinzento, diesel, A/C, 929950180. (15.643) queira a gás, banho-maria, 921285259. (15.720a)
CASAS no Patriota, Centra- manual, a 4.500.000 discu- para buffet, mesa Inox. Tls: LOGÓTIPO, Websites, De-
lidade Kilamba, Cacuaco e VIVENDAS T2, T6, no Alva- TERRENOS c/quintais no 922799624, 917747359.
t í ve i s . T l fs : 9 3 3 0 4 6 7 2 4 SERVIÇO de tradução: do- sign Gráfico, Marketing Di-
terreno Patriota. Telefone: lade, Maianga, Vila Alice e Camama (22x17), (20x17), (15.807d)
/994322211. (15.501) cumentos e contratos, in- gital, carimbo. Telefone:
939095774 (15.655) Valódia. Telef: 912513166, (20x13) kz 10 a 3.500.000,
Tel. 914819680. (15.708) glês, italiano, português. 927822891 (15.287)
923461890. (15.846d) MIKIDO, Lda: Prado TXL V8, FORD Ranger 6.800.000 GERADORES Perkins Per-
2 APARTAMENTOS T1, na Watsap: Telef: 926158634.
2015 V6, 22.000 km, a Akzs, Santa Fé 3.800.000 kes novo, 50, 300A kvs.
Maianga, frente ao Hospi- TERRENOS c/quintal no (15.800)
CASA T3, água e luz, fácil Akzs. Telefone: 944789955. Telef: 930253625 (15.774) INGLÊS Fluente, formação
tal Maria Pia. Tel: (+244) 15.000.000,00 Akz. Telefs: Kikuxi 100x50, a 25.000.000
acesso no Gamek à Direita, 924348222, 922805551. (15.841) nos EUA curso de Am-
923977645 (15.703) Akzs, na Funda 5 hectares. CONSULTORIA: Contabili-
por Akz. 3.700.000,00. Telf. TERRENOS Morro Bento, biente e Geologia (expe-
(15.274) 12.000.000 Akzs, Telefone. dade, fiscalidade de viabi-
921704444. (15.852) HILUX 5.400.000Kzs, Can- 1, 5 hectares, Talatona 2 riência na área), 28 anos.
VIVENDAS no Cassenda T4 994470058. (15.707) hectar, Benfica 50/60. Tls: lidade. Telef: 996682291
TOYOTA Rav4, preto, 2015, ter 4.800.000 Kzs, Kia Soul (15.800-a) Telef: 922278535. (15.833)
a Kz: 55.000.000,no Ca- 3 CASAS no Camama, 923620901, 943893931.
banco em couro, automá- 2.800.000 Kzs. Telefone:
lemba 2 T5 a Kz. 8.300.000, água e luz próximo da es- TERRENO 22x30, quintal (15844)
Telf. 914819680. (15.706) tico, 50.000 Km, 9.200.000 944789955. (15.841a) vedado, c/ areia e burgau ORGANIZAMOS: Contabili- CONTABILISTA Sénior
trada a bom preço. Telfs:
999346869, 927346869. Akz. Telefone: 924244244 no bairro K.K 5 Fio por Akz. dade e fiscalidade (impos- presta serviços a empre-
APARTAMENTOS, T2 e T1 (15.374) MITSUBISHI Canter 2015 1.700.000. Telf. 933502721. tos) da sua empresa.
Cassenda, 18 e 13.000.000,
(15.851)
frigorífico 3.500.000,00 Akz. (15.657a) NEGÓCIOS Telefone: 925804399
sas: encerramento de con-
tas etc. Telef: 912323744.
e na Filda T2 28.000.000 Ts: 923442932, 943353157. (15.803) (15.838)
Akz. Telef. 923532124 (15710) (15.834) TERRENO na Cabala/Ca-
ARRENDA-SE tete, com 40 hectares,
COLCHÕES Kamaflex-
Camas, estrados, bases, DNA Viagens tratamos vis-
VIVENDA T4 remodelada TOYOTA Fortuner, Ford Ex- junto à água. Telefones: berços, almofadas, lençóis, tos para o mundo inteiro.
c/piscina, garagem 3 car-
ros, condomínio Sossego
QUINTAL 14x23, com casa
para serviços ou habitação,
plor, Elantra, Santa Fé, i20,
Renal Duster. Telefones:
923464888. (15.743) tapetes. R. Maianga. Telef:
938910826. (15.541)
Ts: 921433489, 914758495.
(15.799)
COMPRA-SE
Akz 36.000.000. Telefone na Samba, a Akz 180.000 944569516, 922427475. TERRENO na Quibala, 700
923532124. (15.709) mês. Tlf: 912952232(15331) CAMIÃO Sinotruck (semi- (15.850a) hectares, junto ao Rio CENTRO de Formação de OURO, todo o tipo, paga-
LISO Desinfestação, Lda.
novo), 79.000 Km, Akz 10.5 Longa Telf:923231064 Personal Trainer realiza: mos na hora, estamos na
Desinfestação moderna,
VIVENDA T3 em Urbaniza- QUARTOS mobilados, WC, milhões negociável. Telefs. (15.654) Curso de Nutrição Despor-
HYUNDAI ix35 em promo- anti-alérgica e sem cheiro. Maianga, Kilamba e Nova
ção fechada no Benfica por arrumação, diária, 7.000 923863026, 997570499 tiva. Telefones: 925024101,
ção bancos em couro, Telefone: 924067871 Vida. Terminais Telefónico:
apenas 6 milhões Akz. Tele- Akz, mensal 100.000,00 999404380. (15.652).
(15.574) caixa manual, preto. Telfs: (15.812) 931753003, 931753002.
fone: 932037300. (15.704) Akz. Tlf: 923724212(15801)
944569516, 922427475. (14.616)
MINI AUTOCARRO Hyun- (15.799)
APARTAMENTOS T3, T3+1 (15.850) CONSULTORIA Académica:
APARTAMENTOS T1, T3
e T5, na Centralidade do Ki- dai County de 30 lugares, curso de gestão de perma-
em Talatona, Nova Vida e
lamba e KK5000. Telefone: Akz 4.000.000,00 Telfs: neça de alunos. Telefone:
Centralidades Telefones:
923696668, 990696668. 923461890, 912513166. 931226762, 990226762.
(15.719) PRECISA-SE 916759199. (15.822) PERDEU
(15.715) (15.846) MÁQUINAS de gelo, liquidi-
ficador 20/40L, cx. de 10 DESINFESTAÇÃO sem TRADUZIMOS: Contratos,
VOLVO FL 10, frigorífico, 15 AUTOCARROS de 30 luga- Relatórios, Procurações, PASSAPORTE, em nome
ARMAZÉM Bairro Hoji-ya- LOJA C/200m², no Arreiou, mil palitos/picolé, amassa- cheiro, anti-alérgico, não
Henda, Rua Ngola Kiluanje São Paulo, Akz 350.000,00. Tons, 4.500.000 Akz. Telfs: res para aluguer, em bom deira 130L, divisória 36 precisa sair de casa ou de- Certificados, Actas, Acen- de AHMAD DIAB. Telefone:
10/30. Telfs. 929278319, Tlf: 923461890, 912513166 992549156, 923549156. estado técnico. Telefone: furos. Telefs: 936196882, sarrumar, 100% eficaz. Te- tos. Telefones: 922607703, 940276347. Gratifica-se
924252689. (15.696) (15.846c) (15.775) 938489868. (15.076) 917747359. (15.807) lefone: 938133343.(15.485) 990607703. (15.830) (15.836)
Quarta-feira
19 de Setembro de 2018 27
PUBLICIDADE

VAGA DE EMPREGO NA OKACOM


A Delegação da União Europeia em Botsuana e a SADC estão no processo de formular mento e Gestão da Bacia Hidrográfica de Cubango-Okavango (BDMF) para permitir que
o apoio à Comissão Permanente da Água da Bacia Hidrográfica do Rio Okavango (OKA- a OKACOM forneça assessoria efectiva aos Estados Membros;
COM), que foi estabelecida através do Acordo OKACOM de 1994. O Acordo compromete Fortalecer a gestão dos recursos hídricos na bacia hidrográfica do rio Cubango-Oka-
os três Estados Membros a promover um desenvolvimento coordenado dos recursos hí- vango, através da disponibilidade melhorada de dados dos recursos hídricos e do sistema
dricos da Bacia Hidrográfica do Rio Cubango Okavango (CORB). A bacia é transfrontei- de alerta precoce;
riça e inclui partes de Angola, Botsuana e Namíbia. Em 2011 foi aprovado um Programa
de Ação Estratégica (SAP) para o Desenvolvimento Sustentável e a Gestão da Bacia Hi- Fortalecer a gestão da terra na bacia hidrográfica do Cubango-Okavango através de um
drográfica de Cubango-Okavango e plano estão no processo para implementá-lo. A SAP melhor planejamento do uso da terra, redução da degradação ambiental e melhoria dos
inclui um quadro de planejamento de longo prazo, o Quadro de Desenvolvimento e Ges- meios de subsistência.
tão da Bacia Hidrográfica (BDMF), estabelecido para melhorar a governança da bacia e
abordar questões específicas em 4 áreas temáticas: 1) meios de subsistência e desen- Considerando a informação por acima, a OKACOM está solicitando aplicações de pro-
volvimento socioeconômico; 2) gestão de recursos hídricos; 3) gestão de terras; e 4) am- fissionais qualificados para as seguintes posições. Descrições detalhadas de responsa-
biente e biodiversidade. bilidades e requisitos para essas posições anunciadas podem ser visto no site da
OKACOM (www.okacom.org).
A acção proposta para receber o apoio da União Europeia concentra-se em estabelecer
a base para a tomada de decisões sólidas, apoiando o BDMF, em particular a colecta de Gestor de Projecto
dados, gerenciamento de dados e sistemas analíticos que fornecem as informações usa- O Gestor de Projecto da EUP fornecerá conhecimento profissional específico que seja
das na tomada de decisões (Sistema de Apoio a Decisão - DSS) área temática 2) gestão necessário para a orientação e avaliação dos resultados da implementação do programa
dos recursos hídricos, focalizará no preenchimento de lacunas nas redes de monitora- SAP em relação ao Projecto da UE. As funções incluem a supervisão geral da implemen-
mento de dados e no desenvolvimento de sistemas de alerta precoce; e área temática 3) tação do projecto, a preparação dos estudos técnicos necessários e a análise estratégica
gestão da terra, visará a introdução de melhores diretrizes de planejamento do uso da para a OKACOM, bem como o conhecimento profissional específico que é necessário
terra e abordando questões de subsistência que levem a degradação ambiental. para a orientação e avaliação dos resultados da implementação do programa SAP. A fun-
ção inclui a preparação dos estudos técnicos e análise das políticas necessárias para a
O objectivo geral da acção é fortalecer a governança da bacia do rio Cubango-Okavango OKACOM.
e promover o gerenciamento sustentável de seus recursos hídricos e da terra.
Para mais informações, entrar em contacto com a Sra. Olerato Ramodimo, através do
O programa proposto foi definido dentro da estrutura geral do SAP e tem os seguintes terminal electrónico: okasec@okacom.org
três objectivos específicos:
A DATA LIMITE DE ENTREGA DE TODAS AS CANDIDATURAS É O DIA 15 DE OUTU-
Melhorar os Sistemas de Apoio a Decisão (DSS) utilizados na Estrutura de Desenvolvi- BRO DE 2018.
(100.702)

.
PAVILHÃO OSVALDO SERRA VAN-DÚNEM

PROMOVER OPORTUNIDADES, ESTIMULAR A PRODUÇÃO


NACIONAL E ATRAIR INVESTIMENTO ESTRATÉGICO
HUAMBO, A CULTIVAR O FUTURO E A VALORIZAR-SE

1º FÓRUM DE INVESTIMENTO
DO HUAMBO - 28 SET.

ORGANIZAÇÃO REALIZAÇÃO PARCEIROS MEDIA PARTNERS

(400.066)
16 Quarta-feira
19 de Setembro de 2018

PUBLICIDADE

(400.073d)

Salão de Exposições: Escritório: Escritório: Oficina e Peças Sobresselentes:


CAMPOTEC, LDA CAMPOTEC, LDA CAMPOTEC, LDA CAMPOTEC, LDA
Junto dos Bombeiros, Rua D. António Saldanha 117 Rua do Kwembundu, Estrada Nacional 55,
Mecanagro EP, Viana Ingombota Luanda Sumbe, Kuanza Sul Zona Industrial de Viana
Tel.: 912064999 Tel.: 912641281, 947551590 Tel.: 912641280 Tel.: 912215039
(15610)
Quarta-feira
19 de Setembro de 2018 17
PUBLICIDADE

(100.696)
18 NECROLOGIA Quarta-feira
19 de Setembro de 2018

FALECEU FALECEU FALECEU AGRADECIMENTO

ZEFERINA MANUEL

A família de ZEFERINA MANUEL, consternada com o seu falecimento


em 8/9/2018, vem por este meio agradecer a todas as pessoas que
manifestaram o seu carinho, conforto e apoio, durante a perda da
sua querida, particularmente ao núcleo das peixeiras e ao Grupo
Nazareno. Temos consciência de que o nosso percurso nunca mais
será como antes. A nossa perda é irreparável e a saudade não tem
LUZIA DOMINGOS LUZIA DOMINGOS LUZIA DOMINGOS fim, nunca terá fim nesta passagem terrena. Apesar disso, agradecemos
BERNARDO (Tia Gia) BERNARDO (Tia Gia) BERNARDO (Totia) a Deus pelo conforto que nos tem dado, através do vosso apoio e
Paizinho, Mimi, Elizabeth, Luli, Eli, Eló, respeito demonstrado à nossa família e à nossa querida. Muito
José Domingos Bernardo (irmão), Dino, Mário Eugénio (genro), Leonor Coelho Leninha, Jú, Miro, Bu, Pupa, Maura, Nelma, obrigado! (15.752)
Nanda, Nonó, Avozinho, Gegé, Branquinha "Nonó" (filha), Maura, Nelma e Márcio Márcio, Vado, Toy, Flávio, Shelsia, Nataniel,
e Didi (filhos), Mário Eugénio e Manuel de (netos) comunicam o falecimento de Solene, Juninho, William, Ednel, Enzo e Eliane
Sousa (genros), sobrinhos, netos, cunhada, LUZIA DOMINGOS BERNARDO (Tia Gia), (Totia) comunicam o falecimento de sua
noras, primos e demais familiares comunicam
FALECEU
ocorrido no dia 15/9/2018, por doença. querida avó LUZIA DOMINGOS BERNARDO
o falecimento de LUZIA DOMINGOS O funeral realiza-se hoje, dia 19/9/2018, (Tia Gia). O funeral realiza-se hoje, dia
BERNARDO (Tia Gia), ocorrido no dia partindo o préstito fúnebre da Igreja 19/9/2018, partindo o préstito fúnebre da ISALINO DA SILVA ANDRÉ
15/9/2018, por doença. O funeral realiza- Metodista Cião, no Sambizanga, junto à Igreja Metodista Cião, no Sambizanga, junto
se hoje, quarta-feira, dia 19/9/2018, no Escola Nova, para o cemitério de Sant'Ana, à Escola Nova, para o cemitério de Sant'Ana, Nazaré Silva (mãe), Silva Neto, Adão da Silva, Domingos da Silva,
cemitério de Sant'Ana, às 10h00. (15.781) às 10h00. (15.781b) às 10h00. (15.781a) Mariazinha, Sílvia e Quetinha (tios) comunicam o falecimento
de ISALINO DA SILVA ANDRÉ, ocorrido 15/9/2018. O velório
será às 6h00, no Velório do Governo Provincial, hoje, quarta-
FALECEU FALECEU FALECEU feira, dia 19/9/2018, seguindo posteriormente a enterrar no
cemitério de Sant'Ana, às 11h00.
(15.789)

FALECEU

ESPERANÇA ROMÃO BENTO NELSON GONÇALVES LUÍS ISALINO DA SILVA ANDRÉ CARLOS MANUEL DE SÁ
PANZO (Kinito) (Nelo Capicua)
Domingos Panzo, Catarina António (pais), Maria Luísa Félix Luís (esposa), filhos, Vicente Inácio e Nazaré Silva (pais), Sandra Maria da Conceição de Sá Van-Dúnem (tia), Nelo Van-Dúnem,
Amélia Panzo, Maria Panzo, Madalena, irmãos e demais familiares cumprem o Silva, Nucha Silva, Adelina Inácio, Manuela Nazaré Ribeiro, Bela Van-Dúnem, Tito Van-Dúnem, Mamy Faria,
Maria de Lurdes, João, Adolfo, Joana, Ayala, doloroso dever de comunicar o faleci- Inácio (irmãos), Januário Guimarães, Rosany Gilda Van-Dúnem, Tuna Van-Dúnem, Nado Coelho, Magui Fontes
Ângela, Raquel, Rosa Lourdes, Luzolo, mento de NELSON GONÇALVES LUÍS Ribeiro, António Neves (cunhados) e demais Pereira, Miguel Ribeiro (primos) e demais familiares comunicam
Zeferino Tomás e Jacinto Ucuahamba (Kinito), ocorrido dia 15/9/2018, em familiares comunicam que o funeral de o falecimento do seu sobrinho e primo CARLOS MANUEL DE
comunicam o falecimento de ESPERANÇA Luanda. O funeral realizar-se-á em data ISALINO DA SILVA ANDRÉ, se realiza hoje, SÁ (Nelo Capicua), ocorrido no dia 16/9/2018, no Hospital Josina
ROMÃO BENTO PANZO. O óbito decorre a anunciar oportunamente. dia 19/9/2018. O velório decorre às 6h00, no Machel, por doença. O funeral realiza-se hoje, quarta-feira,
no Prenda. O funeral realiza-se hoje, dia (15.776) Velório do Governo Provincial, seguindo pos- 19/9/2018, às 11h00, no Cemitério do Benfica, precedido de
19/9/2018, no cemitério do Benfica, às teriormente no cemitério de Sant'Ana, às Missa de corpo presente, às 10h00, no mesmo local. (15.845)
10h00. (15.780) 11h00. (15.790)

MISSA MISSA MISSA FALECEU FALECEU

PAULO MINGIEDI PAULO MINGIEDI PAULA JOSÉ PAPUSSECO CARLOS MANUEL DE SÁ CARLOS MANUEL DE SÁ
NIVA (Nelo Capicua) (Nelo Capicua)
Berta Albano da Silva Mingiedi (esposa), Os familiares de PAULO MINGIEDI comu- Armindo Lopes Niva (esposo), José Papus- As famílias: Van-Dúnem, Sá, Pimetel e Mariano de Sá, José Alberto de Sá, Maria
Edith, Luísa, Ana e Dénis Mingiedi (filhos), nicam que será rezada Missa do 30.º Dia, seco (pai), José Niva, Maria Niva, Madalena Manuel de Sá comunicam o faelcimento Virgínia de Sá (irmãos), Rafael de Sá
genros, nora e netos comunicam que em sua memória, hoje, quarta-feira, Niva, Armindo Niva, Cristina Niva, e de CARLOS MANUEL DE SÁ (Nelo (filho), Gilberto de Sá e Miguel Ribeiro
será rezada Missa do 30.º Dia, em memória 19/9/2018, às 18h30, na Igreja de São Maria Prata (filhos), Cristina Lopes Niva, Capicua), ocorrido no dia 16/9/2018, no (sobrinhos) comunicam que o funeral
de PAULO MINGIEDI, hoje, quarta-feira, Lwanga, Rua 12, Projecto Nova Vida. Maria Papusseco, Anita Papusseco (irmãos) Hospital Josina Machel, por doença. O de CARLOS MANUEL DE SÁ (Nelo Capi-
19/9/2018, às 18h30, na Igreja de São Agradecemos a todos que se dignarem comunicam que a Missa do 1.º Ano de funeral realiza-se hoje, quarta-feira, cua) se realiza hoje, quarta-feira,
Lwanga, Rua 12, Projecto Nova Vida. acompanhar. Que a sua alma descanse PAULA JOSÉ PAPUSSECO NIVA, será 19/9/2018, às 11h00, no Cemitério do 19/9/2018, às 11h00, no Cemitério do
Agradecemos a todos que se dignarem em paz. rezada amanhã, dia 20/9/2018, quinta- Benfica, precedido de Missa de corpo Benfica, precedido de Missa de corpo
acompanhar. Que a sua alma descanse (15.809a) feira às 18h00, na Igreja São Francisco presente, às 10h00, no mesmo local. presente, às 10h00, no mesmo local.
em paz. (15.809) de Assis, em Viana. (15.804) (15.845a) (15.845b)

RECORDAÇÃO RECORDAÇÃO CONDOLÊNCIAS FALECEU FALECEU

EDSON ALEXANDRE NEVES TERESA JOSÉ NETO MATIAS DIOGO MATIAS DIOGO GONÇALO ANTÓNIO
DA SILVA
Eri! Partiste e não nos conseguimos des- Querida mãe, hoje completarias 75 anos A Direcção da Empresa Transgilas, Lda, Alberto José, Diogo Matias, Pedro José, Conceição António (esposa), Mariety,
pedir meu camarada. Mas eu, Jaime Bal- de idade, estaríamos juntos a partilhar participa o falecimento do seu trabalha- Maria Antónia José, e Matias José par- Adélia, Ny, Mariana, Catarina, Joaninha,
semão Pires, família, meus trabalhadores esse momento tão especial, o destino dor reformado MATIAS DIOGO. Nesta ticipam o falecimento de Matias Diogo, Patrícia e Leandro (filhos) e demais fami-
e amigos jamais te esqueceremos. Aonde arrancou você de nós e resta apenas hora de dor e luto, endereça à família por doença. O funeral realiza-se hoje liares cumprem o doloroso dever de
estiveres, descanse em paz. lágrimas. Recordação da tua irmã, filhos, enlutada os seus sentimentos de pesar. dia 19 de Stembro de 2018, saindo dos comunicar o falecimento de GONÇALO
(15.810) netos e sobrinhos. Que a sua alma descanse (15.839a) Mulenvos para o Cemitério de Viana. ANTÓNIO, ocorrido dia 17/9/2018, por
em paz. (15.839) doença. O funeral realizar-se-á em data
(15.832) a anunciar oportunamente. (15.816)

SERVIÇO NECROLÓGICO: DIAS ÚTEIS DAS 8H ÀS 18H, SÁBADOS, DOMINGOS E FERIADOS DAS 9H ÀS 14H
Quarta-feira
19 de Setembro de 2018 19
NECROLOGIA

MISSA MISSA MISSA

LIZETE SARAIVA CAMPOS LIZETE SARAIVA CAMPOS LIZETE SARAIVA CAMPOS


As famílias: Saraiva e Campos comunicam que será rezada Missa do 30º Dia hoje, Víctor Silva comunica que será rezada Rosa Saraiva Campos (mãe), Nelito Campos, Otília Campos (Palucha), Marília Campos
dia 19/9/18, às 19 h00, em Portugal, na Igreja Matriz da Ramada, Rainha Nossa Missa do 30º Dia, em memória de LIZETE (Lila), Anete Campos e Nilson Campos (Nicito), irmãos e demais familiares comunicam
Senhora dos Apóstolos, em sufrágio à alma de LIZETE SARAIVA CAMPOS, agradecendo SARAIVA CAMPOS hoje, dia 19/9/18, às que será rezada Missa de 30º Dia hoje, dia 19/9/18, às 19 h00, em Portugal, na Igreja Ma-
desde já a todos quantos se dignarem prestigiar a este piedoso acto. Mais informam 19h00, em Portugal, na Igreja Matriz da triz da Ramada, Rainha Nossa Senhora dos Apóstolos, em sufrágio à alma de LIZETE SA-
que a missa em Luanda será no sábado, dia 22/9/18, às 18h00, na Igreja de Nossa Ramada, Rainha Nossa Senhora dos RAIVA CAMPOS . (400.067c)
Senhora do Carmo. Apóstolos. (400.067b)
(400.067d)

RECORDAÇÃO MISSA RECORDAÇÃO

DYVALDO VÍCTOR DOS SANTOS CARDOSO FERNANDES LIZETE SARAIVA CAMPOS DYVALDO VÍCTOR DOS SANTOS CARDOSO FERNANDES

Somos umas sortudas! Entre tantas pessoas no mundo, fomos as escolhidas para seres Poderão passar mil anos, que nesta mesma data o dia sempre despertará cinzento e triste,
Jessie Campos da Silva comunica que
muito triste! Sinto a sua falta todos os dias, e a cada segundo você vive em nossos pensamentos
nosso irmão. Hoje, tu não estás mais entre nós, mas nunca nos esqueceremos do teu será rezada Missa do 30º Dia hoje, dia constantemente, e meu coração bate de saudades suas, meu filho. É mais um ano que vivi
rosto, do teu sorriso e do teu jeito leve de encarar a vida. Tudo o que aprendemos contigo, 19/9/18, às 19 h00, na Igreja Matriz da sem você, mais um ano em que tive que aprender a suportar a sua ausência, algo que é
está guardado nas nossas mentes e nos nossos corações e será levado connosco para o Ramada, Rainha Nossa Senhora dos antinatural. Mãe e pai jamais deveriam ter de assistir a partida definitiva do seu filho... Mas
resto das nossas vidas, até ao dia de nos encontrarmos novamente. Ao invés de reclamarmos Apóstolos, em Portugal, em sufrágio à assim Deus decidiu, no nosso caso tento aceitar o melhor que posso. Mas em dias como
com a vida, passamos a aceitar. O tempo que tu estiveste entre nós foi inesquecível, alma da sua estimada e querida mãe LI- estes tudo fica mais difícil. Olho os objectos que lhe pertenceram e que guardo como tesouros,
relembro nossos melhores momentos, vejo você sorrindo para mim e seus olhos brilhando
porque proporcionaste muita alegria a todos que tiveram o prazer de conviver contigo, ZETE SARAIVA CAMPOS.
de alegria e vida, e tudo que eu queria era mais um abraço, mais carinho e ouvir sua voz
foste forte e superaste os obstáculos que a vida te apresentou, soubeste aproveitar todos (400.067a) outra vez. Eu amo você, hoje como então, e assim eternamente! Você vive através de mim
os momentos bons. Hoje, entendo que tu cumpriste tua missão por aqui e sei que um e me conforta a ideia de um dia voltar a encontrar você, apenas não nesta vida... Que Deus
dia poderemos te abraçar e relembrar todas as nossas histórias. Eterna saudade das tuas te conforte em Seus braços, eternas saudades de seus pais:Víctor , Sara Fernandes e família.
irmãs: Eurídice, Adgina, Paula e Serafina, filha: Bruna Fernandes e familiares. (15.857) Hoje será rezada Missa na Igreja Sagrada Família, às 18h00. (15.856)

PUBLICIDADE
RECORDAÇÃO

ANA SANDRA MIGUEL ALFREDO DOMINGOS CUNHA


(Any)

São passados 365 dias, desde que atendeste o chamado de Deus e conforta-nos saber
que estás a Seu lado. Recordamos-te como uma mulher de fé, sábia, amiga, carinhosa
e amorosa que foste. Deixaste um vazio nos nossos corações, pelos teus ensinamentos,
amizade e dedicação à união familiar. Eterna saudade do esposo, filhos, pais, irmãos,
cunhados, sobrinhos e demais familiares. Que a sua alma descanse em paz.
(15.840)

FALECEU FALECEU

AGOSTINHO MIGUEL BARROS JOÃO MANUEL CIPRIANO

É com bastante tristeza e consternação Marília Abel Manuel (esposa) e demais fa-
que, a família Barros cumpre o doloroso miliares cumprem o doloroso dever
dever de comunicar o passamento físico de comunicar o falecimento de JOÃO
de AGOSTINHO MIGUEL BARROS, ocor- MANUEL CIPRIANO, ocorrido domingo,
rido dia 17 de Setembro de 2018, por dia 16 de Setembro de 2018, por doença.
doença. O funeral realizar-se-á em data O funeral realizar-se-á em data a anun-
a anunciar oportunamente. O óbito está ciar oportunamente. (15.756R)
localizado no Bairro Hoji-ya-Henda, rua
da Mãe Preta. (15.848)

SERVIÇO NECROLÓGICO: DIAS ÚTEIS DAS 8H ÀS 18H, SÁBADOS, DOMINGOS E FERIADOS DAS 9H ÀS 14H
20 Quarta-feira
19 de Setembro de 2018

PUBLICIDADE

Radical Investiments (pty) Ltd. t/a

Flui melhor Connosco Um ISO 9001:2015 empresa certificada


Um inovativo e confiável parceiro em recticulação de águas de esgoto e soluções de armazenamento
SUPER TELHA LUSA

Fabricante de qualidade polietileno, PVC, PPR, tubos de Polietileno disponíveis de 20mm até 630mm de pressão
PNG até PN25 PVC, tubos de esgoto disponíveis de 32mm até 160mm e tubos de pressão de 20mm até 400, com-
Classe 10/06/16, tubos PPR disponíveis de 20mm até 110mm, com Classe PN20 SDR7.4, acessórios para
PEAD/PVC/PPR estão disponíveis, nós fornecemos tubos corrugados para esgoto/eléctrica/ telecomunicações, etc.

LUANDA LOBITO TLM 945 410 990 - 931 900 931 - www.pro-arq.net - manuel@pro-arq.net
FLO-TEK Tubos e Irrigações FLO-TEK Tubos e Irrigações
Estrada de Catete, Km 22, PIV Viana ANGOLA Zona Industrial do PDIC, Phasse-I
Luanda, Angola Estrada Lobito-Catumbela (100.564)
Lobito, Angola ESTRADA DE CATETE, KM 52 (VIA MAZOZO) (MAZOZO - CATETE - LUANDA - ANGOLA)
Cell: +244 946 387 960/61 Website: Cell: +244 946 387 963/64
E-mail: salesflotek@gmail.com www.flo-tekafrica.com E-mail: floteklobito@gmail.com (15.440)

CADASTRO DE FORNECEDORES
A Odebrecht Angola Construção e Projectos de Energia, Lda., com projectos na Província
de Malanje, convida as empresas interessadas em firmar parcerias comerciais com a
Odebrecht Angola, a realizar cadastro em seu sistema de fornecedores com o objectivo
de participar de eventuais tomadas de preços para possível fornecimento de bens e ser-
viços. A oportunidade se refere às seguintes categorias:
• Ferramentas e acessórios, • Medicamentos e produtos hospitalares;
• Géneros alimentícios; • Peças de reposição (equipamentos
• Materiais eléctricos; pesados e leves);
• Materiais de escritório; • Produtos para saneamento;
• Materiais gráficos;
• Aço, óleos e lubrificantes.
• Materiais de informática;

Para tanto, solicitamos o envio dos documentos indicados abaixo para o e-mail:
compraslauca@odebrecht.com
• Portfólio de produtos e serviços; • Certificado de Registo Estatístico;
• Alvará Comercial; • Certidão Comercial;
• Publicação no Diário da República; • Coordenadas Bancárias.
.
• Cartão de Contribuinte;
(15.483)

Malanje, 4 de Setembro de 2018.


(100.669)

QC, COMERCIAL
AUSÊNCIA NO LOCAL DE TRABALHO DA MELHOR QUALIDADE A PREÇOS BAIXÍSSIMOS!!!

A Direcção de Recursos Humanos do Onda REPÚBLICA DE ANGOLA


Restauração, Lda. comunica à trabalhadora TRIBUNAL PROVINCIAL DE LUANDA
3.ª SECÇÃO DA SALA DO CÍVEL E ADMINISTRATIVO
CLÁUDIA ALEXANDRA VERAS NUNES BARATA,
que deve comparecer nesta Direcção, sita na ANÚNCIO MÁQ. DE GELO EM VITRINA FRIO 4 MÁQ. ELÉCTRICA
PROCESSO N.º 2493/14-D BARRA CAP/PRO MÁQ. DE GELO EM GAVETA DE SUGAR CANA-
Rua Marechal Broz Tito, n.os 35/37, 3.º Andar, 1.ª PUBLICAÇÃO 96 B / 24 H CUBO CAP/PRO
ELÉCTRICA DE-AÇUCAR
30 S / 24 H
Kinaxixi, a fim de tratar de assuntos relaciona- A EXCELENTÍSSIMA SENHORA DOUTORA, DARJIA GOMES, JUÍZA DE
dos com o seu vínculo laboral. DIREITO DO TRIBUNAL PROVINCIAL DE LUANDA, SALA DO CÍVEL E
ADMINISTRATIVO, TERCEIRA SECÇÃO.

FAZ SABER QUE, corre seus regulares termos pela 3.ª Secção da Sala do
Igualmente, comunica-se que deverá compare- Cível e Administrativo, uma Acção Declarativa de Condenação, com Pro-
cer nos cinco (5) dias úteis após esta publica- cesso Ordinário, em que é Autora, Banco Millennium Atlântico, com sede BANHO MARIA A CHURRAS-
em Luanda, Município de Belas, Distrito Urbano da Samba e Ré Ramixat- FIAMBREIRA
AMASSADEIRA FRIO P/ SALADA, QUEIRA A CAR-
ção e justificar documentalmente as razões da Comércio Geral, Transportes e Turismo, Lda., com sede na Rua dos Fu- ELÉCTRICA
PARA PÃO C/ 3 TABULEIROS VÃO INOX COM
RÁPIDA
ausência, conforme o disposto no n.º 4 do ar- nantes, n.º 6, Bairro Prenda, Município da Maianga, representada pelo Sr. CAP. 20 LITROS VENTILADOR
Nelson Roberto Dias Pio, na qualidade de gerente, actualmente em parte
tigo 229.º da Lei Geral do trabalho. incerta para contestar, querendo, no prazo de 20 (vinte) dias que começa a
correr finda a dilação de 30 (trinta dias), contados da data da segunda e úl-
tima publicação do anúncio. Sob pena de serem condenados no pedido.
A não justificação atempada, valerá como res-
Nesta acção, o Autor pede que se proceda à citação do Réu, conforme tudo
cisão do contrato de trabalho sem justa causa. melhor consta do duplicado que se encontra à disposição no Cartório deste MESA INOX PARA
Tribunal. FOGÃO INDUS-
CHURRASQUEIRA TOSTADEIRA TRABALHO
TRIAL A GÁS
GÁS ELÉCTRICA ELÉCTRICA
Luanda, aos 12 de Setembro de 2018. Luanda, aos 23 de Abril de 2018. PARA 12 FRANGOS
COM 6 BOCAS

A JUÍZA DE DIREITO A ESCRIVÃ DE DIREITO Tel: 936 196 882 / 922 799 624 / 949 113 980 / 917 747 359
A Direcção de Recursos Humanos /Darjia Gomes/ /Marlene João/ Rua Direita do Centro Cultural Dr.º Agostinho Neto, B.º Operário -S. Paulo
(15.556) (15.622) E-mail: quintascomercial100@yahoo.com (15.529a)
Quarta-feira
19 de Setembro de 2018 21
PUBLICIDADE

(300.045)

COMISSÃO ELEITORAL DA ASSOCIAÇÃO


PROVINCIAL DE FISICULTURISMO DE LUANDA

REPÚBLICA DE ANGOLA
COMUNICADO
Em conformidade com o regulamento eleitoral à luz
TRIBUNAL PROVINCIAL DE LUANDA

das deliberações da Assembleia- Geral Ordinária da


SALA DE FAMÍLIA - 3.ª SECÇÃO

Comissão Instaladora de Fisiculturismo de Luanda,


1.ª PUBLICAÇÃO

realizada dia 15 de Setembro de 2018, na Galeria


ANÚNCIO
Pela Terceira Secção da Sala de Família do Tribunal Provincial de dos Desportos, vimos pelo presente solicitar a pu-
Luanda, e nos autos de Reconhecimento de União de Factos blicação do programa eleitoral à massa votante da
por Morte, com o Processo N.º 1002/17-B, em que é requerente
referida Associação, que abaixo descrevemos:
MADALENA PUTO, filha de Cabassele e Mucojo, Bilhete de Iden-
tidade N.º 008470681LN049, residente em Luanda, Município de
Belas, Bairro Danjareux, natural de Luachimo, Tchitato, Província • 19 a 25 de Setembro/ 2018 – Entrega de listas dos
da Lunda-Norte, e Requeridos os Herdeiros Certos e Incertos candidatos concorrentes ao pleito eleitoral;
de Chitenga Benua, são os Incertos citados para no prazo de • Local: Gabinete Provincial da Acção Social, Cul-
30 (Trinta) dias, com a dilação de 30 (Trinta) dias a contar da se-
tura, Juventude e Desporto;
gunda e última publicação deste Anúncio, contestar, querendo o
pedido formulado pela autora, com a advertência de que a falta • Para mais informações deverão contactar a Co-
de contestação, não importa a confissão dos factos articulados na
924930251/912568486.
missão Eleitoral pelos terminais:
petição inicial, cujo duplicado se encontra na Secretaria desse Tri-
bunal para lhe ser entregue.

Luanda, 17 de Agosto de 2018. FEITO EM LUANDA, AOS 18 DE SETEMBRO DE


2018.-
A Juíza de Direito
Drª. Eunice Tirza Júnior Sebastião Diogo
A Ajudante de Escrivão A Comissão Eleitoral
(15.620) (15.853) (15.713)
Lígia Viviane Baptista da Silva FAUSTO FRANCISCO RUFINO

EMPRESA EM EXPANSÃO DISPONIBILIZA 20 VAGAS


VENDA DE MÁQUINAS GRÁFICAS Restaurante na Centralidade
RECRUTAMENTO
do Sequele precisa de:
Empresa Angolana no Ramo de Artes, situada em - Renumeração progressiva
OFERECEMOS:

- Cozinheiro.
- Treinamento em vendas
Luanda, está a vender equipamentos gráficos de ocasião. - Curso de capacitação
- Máquina Offset Rotativa: Heidelberg Web 16 - Acompanhamento surpervisionado
- Prémios e promoções
- Garçon com conhecimentos de DJ e anima-
- Oportunidade de carreira ção de Karaoke.
- Máquinas Offset Planas: Heidelberg e Roland

- Preparador de cocktail.
- Bom ambiente de trabalho
- Máquinas de Acabamento: Alcear, Colar Livro, Agrafar
REQUISITOS
◊ Boa apresentação pessoal
Revista, Guilhotinas , Agrafar, Minerva, Laminação,
◊ Capacidade em trabalhar em equipa - Promotor de eventos.
Corte e Vinco, etc...
◊ Ensino médio ou superior concluído
Os interessados devem entrar em contacto através do se- ◊ Viatura própria & carta de condução
guinte endereço electrónico: As candidaturas devem ser enviadas para o email:
Interessados (a) envia o currículo para o e-mail: recruta.pge@gmail.com /
(15.727) ou ligue para 940542057; 922262875
recrutamentoluanda57@gmail.com
(15.778) (15.798)
maqgrafica.usada@gmail.com
22 Quarta-feira
19 de Setembro de 2018

PUBLICIDADE

REPÚBLICA DE ANGOLA
TRIBUNAL PROVINCIAL DE LUANDA
1.ª SECÇÃO DA SALA DO CÍVEL E ADMINISTRATIVO
2.ª E ÚLTIMA PUBLICAÇÃO
PROCESSO N.º 2165/2014-A

-ANÚNCIO-
A EXCELENTÍSSIMA DR.ª JUÍZA DE DIREITO DA 1.ª SECÇÃO DA SALA DO CÍVEL E ADMINISTRATIVO DO
TRIBUNAL PROVINCIAL DE LUANDA.
FAZ SABER QUE, por esta Secção, correm uns autos de ACÇÃO EXECUTIVA PARA O PAGAMENTO DE QUAN-
TIA CERTA, em que é exequente o BANCO MILLENNIUM ANGOLA, S.A., com escritórios sede na Rua Rainha
Ginga, n.º 83, nesta Cidade de Luanda, representada pelos senhores ANTÓNIO AUGUSTO DECROOK GAIOSO
HENRIQUES e pelo senhor JOÃO MATIAS, na qualidade de membros da Comissão Executiva, move contra os
executados VENTURA FERNANDO MEIRELES DIAS, de nacionalidade portuguesa, com o último domicílio conhe-
cido na Rua Sisenando Marques, n.º 30, nesta Cidade de Luanda, e ora em parte incerta, e AURÉLIO MEIRELES
DIAS, de nacionalidade portuguesa, com o último domicílio conhecido na rua Sisenando Marques, n.º 30, nesta Ci-
dade de Luanda, e ora em parte incerta, correm éditos de 10 (dez) dias, contados a partir da segunda e última pu-
blicação deste anúncio, citando os executados para no prazo de 10 (dez) dias, pagarem a quantia exequenda, ou
nomearem bens à penhora, sob pena de ser devolvido ao exequente o direito de nomeação de bens à penhora,
conforme o requerimento inicial que se encontra patente no Cartório desta 1.ª Secção do Cível e Administrativo do
Tribunal Provincial de Luanda, sito na Rua Amílcar Cabral, n.º 27, 3.º andar, em Luanda.
LUANDA, 9 DE AGOSTO DE 2018.
A JUÍZA DE DIREITO
ISABEL CELESTE HULILAPI
A ESCRIVÃ DE DIREITO
LUÍSA DEOLINDA DA C. ALVES PAIVA (15.628)

CONCURSO PÚBLICO PARA EMPRESAS

A BP, empresa de energia a operar em Angola na área de exploração e produção de petróleo e gás,
procura empresas qualificadas e certificadas com experiência na prestação de serviços para indústria
petrolífera, em:

1. Fornecimento de uma plataforma petrolífera (Ultra-deepwater Mobile Offshore Drilling Unit


(MODU) para uma campanha de vários poços no offshore de Angola. A plataforma petrolífera
(ultra-deepwater MODU) deve cumprir os seguintes requisitos mínimos:

a. 6ª or 7ª geração (generation drillship)


(400.059) b. Dual 15k PSI Rated BOPs
c. Actividade Dupla (Dual Activity)
d. 200 + pessoas a bordo (POB)
e. Equipado para operar aos 10,000’ (3,050 metros) de profundidade
ANÁLISES CLÍNICAS f.
g.
DELEGADO/ESPECIALISTA DE APLICAÇÕES 2. Serviços de Catering e Limpeza para Instalações de Offshore

As empresas interessadas no fornecimento da Plataforma Petrolífera deverão enviar um email para


A Empresa Angolana - HOSPITEC, Lda. Tecnologia Hospitalar e Laboratorial, para angolapscmitt@bp.com, citando a referência RFI-2018-MODU até ao dia 21 de Setembro.

com escritórios em Luanda, operando na área da saúde, pretende admitir Es- As empresas interessadas no fornecimento de serviços de Catering e Limpeza deverão enviar um
email para angpscmgoo@bp.com, com o título RFI-2018-Catering até ao dia 24 de Setembro.
pecialistas de Aplicações para Luanda e as outras Províncias de Angola, para
desenvolver actividade em laboratórios de análises clínicas, nomeadamente: Os emails de respostas devem ser enviados com os seguintes dados: nome da companhia, endereço,
n.º de telefone, nome e endereço de correio electrónico da pessoa de contacto para seguir as instru-
Apoio técnico/formação aos actuais clientes e novos clientes. ções sobre o presente anúncio.
Este anúncio também pode ser visto no site da BP: bp.com/angola (100.694)
Perfil do Candidato:
Formação Superior: Técnico de Análises Clínicas e Saúde Pública;
Experiência profissional de Técnico de Análises Clínicas;
Idade Inferior a 35 Anos;
Sólidos conhecimentos de Inglês (falado e escrito) - FACTOR ELIMINATÓRIO;
Bons conhecimentos de Informática, na óptica do utilizador; REPÚBLICA DE ANGOLA
Carta de Condução; TRIBUNAL PROVINCIAL DE LUANDA
3.ª SECÇÃO DA SALA DO CÍVEL E ADMINISTRATIVO
Disponibilidade imediata;
Disponibilidade para viajar dentro e fora do país; ANÚNCIO
Procura-se pessoa dinâmica, com forte vocação de interpessoal e atitude po- Processo n.º 1734/16-E 2.ª E ÚLTIMA PUBLICAÇÃO
sitiva perante novos desafios. O EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR, JUIZ DE DIREITO, LUCAS JÚNIOR, JUIZ DE DIREITO DO TRIBUNAL
PROVINCIAL DE LUANDA, SALA DO CÍVEL E ADMINISTRATIVO, TERCEIRA SECÇÃO
FAZ SABER QUE, corre seus regulares termos pela 3.ª Secção da Sala do Cível e Administrativo, uma Acção Exe-
Oferta: cutiva para Pagamento de Quantia Certa em que é Exequente BANCO BIC,S.A., com sede em Luanda, na Ave-
Formação intensiva e adequada às funções a desempenhar; nida A2, com a Via em Talatona, Município de Belas, Província de Luanda, a Exequente pede que se proceda à
citação do Executado AFONSO HOSSI E FILHOS, LDA,com sede na Rua Eduardo Costa, Cidade Alta do Huambo,
Plano de carreira e perspectiva de evolução profissional; e CECÍLIA CASSUANGA NASSAPALALO CHAPUA, residente na Rua Eduardo Costa, n.º 223, Cidade Alta, Pro-
Remuneração ajustada à experiência; víncia do Huambo, actualmente em parte incerta, para pagar a quantia de AKz: 281.489.794,40 (Duzentos e Oitenta
e Um Milhões Quatrocentos e Oitenta e Nove Mil e Setecentos e Noventa e Quatro Kwanzas e Quarenta Cên-
Integração em projecto sólido. timos) bens à penhora no prazo de 10 (dez dias), que começa acorrer finda a dilação de 30 (trinta dias), contados
da data da segunda e ultima publicação do anúncio, sob pena de ser devolvido o direito de nomear bens.

Nesta acção, o Exequente pede que se proceda à citação do Executado, conforme tudo melhor consta do duplicado
Envio de Candidaturas: que se encontra a disposição no Cartório deste Tribunal.
As cartas de candidaturas devem ser submetidas até ao dia 31 de Outubro A presente acção é de constituição obrigatória de Advogado.

de 2018, acompanhadas de CV com fotografia, certificados e cartas de refe- Para constar, se passou o presente EDITAL e mais dois de igual teor, que serão afixados nos lugares que a lei designa.
rência de anteriores empregadores para: Hospitec@thl.pt; ou fazer chegar Luanda, 27 de Julho de 2018.
para junto do nosso escritório no condomínio empresarial Talatona Park, NCR,
O JUIZ DE DIREITO A ESCRIVÃ DE DIREITO
Rua 9, armazém 8, ou contactar-nos pelo seguinte terminal 915 772 251. Lucas Júnior Adalgisa Pascoal
(15.509) (15.702)
REGIÕES Quarta-feira
19 de Setembro de 2018 23
EMPREENDEDORISMO VÍTIMAS DO ACIDENTE FERROVIÁRIO
EDIÇÕES NOVEMBRO

Identificação dos corpos


continua no Lubango
Pouco mais de duas semanas que os doentes internados estão
depois da colisão entre um a evoluir satisfatoriamente.
comboio de carga e outro de O projecto de reabilitação
manutenção, no troço entre e modernização do Caminho-
as cidades do Lubango e de de-Ferro de Moçâmedes (CFM),
Moçâmedes, concretamente, que começou em 2006, ter-
na localidade de Munhino, minou em 2012. Neste período
município da Bibala, que viti- foram construídas 56 estações,
mou mortalmente 17 pessoas num percurso de mais de 800
e 12 feridos, faltam identifi- quilómetros, desde o Namibe
car os restos mortais de um ao Cuando Cubango, atraves-
cidadão de nacionalidade an- sando a Huíla.
golana e os dois maquinistas Destes empreendimentos
chineses, cujos corpos estão constam três especiais, a do
na morgue do Hospital Cen- Saco Mar, Namibe, do Luban-
tral do Lubango. go e Menongue. Foram ainda
O director do Gabinete de construídas estações de pri-
Comunicação e Marketing meira classe, na Bibala, Qui-
da Direcção dos Caminhos- pungo, Matala, Dongo e Jamba.
de-Ferro de Moçâmedes, Ja- Foram também construí-
cob Hipólito, disse ao Jornal das estações de segunda e
de Angola que, dos 12 feridos, de terceira classes, cujo pro-
cinco continuam internados jecto visou a substituição de
no Hospital Central do Luban- toda a linha férrea, reparação
go e dois foram transferidos de ramais da Jamba e Tcha-
para o Hospital Josina Machel mutete, para além de outras
em Luanda. obras auxiliares.
Jacob Hipólito assegurou Arão Martins
A serralharia é uma das especialidades que absorveu centenas de jovens nos cursos ministrados pelo INEFOP

Centenas de jovens no Uíge BIÉ

Mediateca do Cuito
criam pequenas empresas espera apetrechamento
A Mediateca do Cuito, na dãos, principalmente os
Os empreendedores formados nos últimos cinco anos em gestão de pequenos província do Bié, cujas obras jovens, acederão ao conhe-
foram concluídas em 2017, cimento, com a utilização dos
negócios, vão gerar, nos próximos tempos ,vários empregos em toda a província continua a aguardar por ape- mais diversos suportes. Além
trechamento para entrar em de livros, a infra-estrutura
funcionamento, numa altu- vai dispor de mais de cinco
Valter Gomes | Uíge sectores públicos e privados, estão matriculados 945 alu- a formação profissional só ra em que a população tem mil jornais, para leitura através
enquanto outras centenas nos, em sete unidades de é completa quando a prática como alternativa a media- da ferramenta World Press.
Centenas de jovens que nos criaram pequenas empresas formação, que frequentam casa com a teoria”, frisou. teca móvel, causando o seu O edifício foi erguido junto
últimos cinco anos concluí- e garantem o auto-empre- cursos de montagem de ante- congestionamento. ao Largo das Escolas, numa área
ram formação profissional go”, disse o responsável do nas parabólicas, electricida- Programa “Avanço” Segundo o vice-governa- de 2.620 metros quadrados.
no centro e pavilhões de artes INEFOP no Uíge. Além do de, mecânica, corte e costura, No Centro Local de Empre- dor para a área Técnica e Infra- Conta com salas de con-
e ofícios no Uíge, apostam centro de formação profis- reparação de geradores, cana- endedorismo e Serviço de estruturas, José Tchatuvela, ferência, reuniões e estudos,
na criação de pequenas em- sional 1º de Maio, que fun- lização, construção civil e Emprego (CLESE) do Uíge de- a obra é da responsabilidade servidores, espaço de expo-
presas e garantem, desta for- ciona na sede provincial, o carpintaria. corre a segunda fase do Pro- do Ministério das Tecnologias sição e área de serviços. Possui
ma, o auto-emprego, disse INEFOP controla quatro pavi- No Centro Local de Em- grama “Avanço”. São no total de Informação, de quem tam- outros compartimentos, como
o chefe dos serviços provin- lhões de artes e ofícios nos preendedorismo e Serviço 158 jovens provenientes dos bém depende o apetrecha- a área administrativa, logística,
ciais do Instituto Nacional municípios do Uíge, Negage de Emprego (CLESE) estão municípios do Uíge e do Songo, mento técnico e material. armazenamento, multimédia
do Emprego e Formação Pro- e Songo, onde os jovens rece- matriculados 158 jovens, que que durante três meses fre- O vice-governador acres- e bibliotecas.
fissional (INEFOP). bem formação gratuita, em depois da formação terão quentam cursos de montagem centou que quando a media- A Mediateca vai comportar
Joaquim Pecamena disse várias especialidades. acesso a um micro-crédito, de antenas parabólicas, repa- teca entrar em funcionamen- seis zonas distintas, para
à reportagem do Jornal de “Também temos três uni- fruto do protocolo existente ração de geradores, cabelei- to vai oferecer uma gama de garantir serviços de qualidade
Angola que, desde 2013, fo- dades móveis, que facilitam entre o Banco Sol e o Minis- reiros e de mesa e bar. serviços aos utentes, sobre- aos utentes.
ram formados 3.189 jovens a formação dos jovens resi- tério da Administração Pú- Joaquim Pecamena expli- tudo os mais desfavorecidos. O espaço vai contar ainda
nas especialidades de gestão dentes nos municípios mais blica Trabalho e Segurança cou que o Programa “Avanço” Sublinhou que o Executivo com uma biblioteca para
de pequenos negócios, corte longínquos da sede provin- Social (MAPTSS). compreende os cursos de curta vai continuar a criar condições crianças, de modo a estimu-
e costura, informática, elec- cial”, acrescentou. O chefe dos Serviços Pro- duração que não fazem parte para que os jovens tenham lar o hábito de leitura, bem
tricidade, canalização, ser- A província conta com vinciais do INEFOP no Uíge dos planos de formação ela- acesso às tecnologias de comu- como salas de actividades
ralharia, decoração, culinária um centro de emprego, além lamentou o facto de algumas borados para as unidades tute- nicação e informação. com idosos e pessoas com
e construção civil. do Centro Local do Empreen- entidades empregadoras não ladas pelo INEFOP. “Os jovens José Tchatuvela referiu que deficiência física.
“Do número total de jovens dedorismo e Serviços de permitirem que os forman- que terminarem a formação a mediateca do Cuito vai ser
formados nos últimos cinco Emprego (CLESE). dos frequentem estágios nas dentro do referido programa um espaço em que os cida- José Chaves
anos, nesta província, 1.244 Joaquim Pecamena avan- instituições que dirigem. vão beneficiar do micro- cré- AGOSTINHO NARCISO | EDIÇÕES NOVEMBRO
conseguiram emprego nos çou que no presente ano “Isso é lamentável, porque dito SOL AMIGO”, disse.

OBRAS

Projectado estancamento de ravinas “A admissão do pessoal


para o hospital está a cargo
O Governo Provincial do Afonso Luviluko, uma equipa Hospital Municipal do Ministério da Saúde, que
Uíge prometeu realizar obras, de técnicos do Ministério da O vice -governador disse, a qualquer momento vai
para travar a progressão de Construção esteve recente- que o novo Hospital Municipal transferir os técnicos”, disse
duas ravinas que avançam mente no município de Kim- de Kimbele, cujas obras ter- Afonso Luviluko.
em direcção à vila de Kim- bele, fez a inventariação ne- minaram recentemente, está O município de Kimbele,
bele, perto do hospital desta cessária para o arranque das “completamente equipado”, situado a 261 quilómetros
localidade. obras. “Dentro de uma sema- aguarda-se apenas a admis- da cidade do Uíge, tem 129
Segundo o vice- governa- na, as duas ravinas vão ser são de funcionários apurados mil e 396 habitantes, distri-
dor provincial para os Servi- estancadas”, assegurou Afon- no concurso público realizado buídos em 299 povoações e
ços Técnicos e Infra-estrutura, so Luviluko. recentemente. três comunas. Estudantes esperam por uma gama de serviços da Mediateca
24 SOCIEDADE Quarta-feira
19 de Setembro de 2018

FEIRA DO LIVRO DA UAN MOÇÂMEDES SEGUNDO CURSO DECORRE EM LUANDA


KINDALA MANUEL | EDIÇÕES NOVEMBRO

Professores
Universidades do país com voluntários
manifestam-se
pouca produção de livros Perto de uma centena de pro-
fessores voluntários do ensino
Maria Eugénia Neto, viúva do fundador da Nação, pede que primário, I e II ciclos e can-
se criem políticas que desincentivem o consumo de bebidas didatos aprovados no con-
curso público da educação
alcoólicas para despertar o hábito de leitura aos jovens de 2014 manifestaram-se, Comandante-geral, Paulo de Almeida e o ministro João Melo
ontem, frente ao Gabinete
M.MACHANGONGO | EDIÇÕES NOVEMBRO Provincial da Educação e do
Governo Provincial.
Por trás do movimento está
a não admissão no concurso
Jornalistas formados
público deste ano, visto que,
como justificam, a direcção
cessante da educação pro-
em segurança pública
meteu a entrada directa dos
professores voluntários no Jornalistas de vários órgãos um bom ambiente de segu-
sector tão logo houvesse vagas. de comunicação social pú- rança implica um maior sen-
Segundo os manifestantes, blica e privada iniciaram on- timento de segurança e pro-
a promessa não foi cumprida tem, em Luanda, uma acção tecção, augurando que esta
e os candidatos foram obriga- formativa com a duração de acção formativa possa cons-
dos a participar nos testes deste três dias, sobre “Segurança tituir um passo decisivo no
ano e não foram aprovados. Pública”, promovido pelo estabelecimento de um me-
Abel Chimuco, professor Comando-Geral da Polícia lhor relacionamento entre
voluntário de Língua Por- Nacional. a corporação e a comunica-
tuguesa da Escola do I Ciclo O comandante-geral da ção social, de forma a influ-
Maria de Lurdes, participante Polícia Nacional, Paulo de enciar de maneira decisiva
na manifestação, disse não Almeida, no acto de abertura, no comportamento positivo
compreender a posição dos advogou a necessidade de dos cidadãos.
responsáveis que dirigem o mais conhecimento a nível Por sua vez, o ministro da
sector a nível da província. dos profissionais de comu- Comunicação Social, João
“Nos trabalhamos como nicação social sobre as ques- Melo, enalteceu a iniciativa
voluntários há quatro anos; tões inerentes à segurança da Polícia Nacional, pela acção
foi-nos prometida a entrada pública e o ambiente de pre- de formação para os “jorna-
directa assim que houvesse venção e combate ao crime. listas”. João Melo disse que
um novo concurso. Muitos Segundo o comissário- a formação é o requisito es-
de nós participamos no con- geral, há a necessidade de sencial para o sucesso em
curso de 2014 e fomos apu- se criar uma parceria estra- todas as áreas de actividade,
rados. Durante esse período, tégica entre a corporação e visto que a nível da comuni-
trabalhámos com muito amor os órgãos de comunicação cação há vários problemas
à profissão, cumprindo com social no sentido de traba- neste “domínio”.
Escritora Maria Eugénia Neto durante a visita a uma das bancadas na Feira do Livro da UAN todos os aspectos pedagógicos lharem para a construção de O ministro realçou que
exigidos pelo sector a nível uma Angola mais confiante, durante este primeiro ano do
das escolas”, disse. na qual o cidadão se sinta seu mandato, o Ministério da
Maria dos Anjos, também mais seguro. Comunicação tem dado gran-
Edivaldo Cristóvão das tecnologias, que terá como periódica, porque os docentes manifestante, disse não com- “Decidimos realizar o de importância à formação
prioridade captar recursos devem passar a recomendar preender os resultados apre- curso para os jornalistas, por- específica dos jornalistas,
As universidades do país para os tornar fontes de finan- trabalhos que obrigam os sentados pela comissão de que quanto mais conheci- para o melhor conhecimento
produzem poucos livros cien- ciamento para investigação e estudantes a ler todo o tipo avaliação, já que as notas di- mento adquirirem, melhor de práticas e regras.
tíficos, afirmou ontem, em divulgação científica. de livros. Maria Eugénia Neto vulgadas não reflectem aqui- habilitados estão para enten- A acção formativa aborda
Luanda, o secretário de Esta- O dirigente considera que disse na ocasião que, para lo que os professores volun- derem e desempenharem a actuação dos “media” para
do do Ensino Superior, Eugé- a realização da feira repre- incentivar mais os jovens à tários fizeram. missão de informar e escla- a redução da insegurança
nio Silva, durante a abertura senta, por um lado, a demons- leitura, o Executivo deve fe- recer o cidadão, num ambi- pública, bem como o papel
da VI edição da Feira do Livro tração daquilo que tem sido char as discotecas, criar polí- Governo reage ente de combate ao crime, dos media em situações de
da Universidade Agostinho a produção científica das uni- ticas que desincentivem o O Governo Provincial do Na- pois uma sociedade bem insegurança pública e o com-
Neto (UAN). dades orgânicas da Univer- consumo exagerado do álcool, mibe exarou, ontem, um co- informada é mais segura”. bate à criminalidade.
A feira foi inaugurada por sidade Agostinho Neto e promovendo mais sítios on- municado de imprensa, no Paulo de Almeida disse que Kátia Ramos
Maria Eugénia Neto, viúva do também o potencial do ponto de haja livros disponíveis qual afirma nunca ter havido
fundador da Nação, António de vista da bibliografia dis- para leitura. “um compromisso entre volun-
Agostinho Neto, que contou ponível para que os estudantes “A leitura faz muita falta, tários e o Governo, na relação
com a presença de reitores,
docentes e estudantes.
O secretário de Estado
possam aprender e tornar-
se futuros profissionais.
normalmente, quando um
escritor escreve dá o melhor
de si para nós bebermos estes
de que quem estivesse a lec-
cionar como voluntário seria
admitido no quadro de docência
PERISCÓPIO
Eugénio Silva considera que conhecimentos. sem concurso público”.
a universidade é um factor
importante para o desen-
É através das A juventude precisa de ler
e começar a pensar que a
De acordo com o comuni-
cado, foram realizados inú-
Rua dos buracos
publicações em
volvimento da sociedade. revistas e livros, vida não é só dançar, a ciência meros encontros de esclareci- Luciano Rocha menos à superfície é maior
No que diz respeito à pro- que uma instituição tem de ser introduzida na mento sobre as normas e pro- do que o mais antigo e
dução de livros científicos, demonstra a sua mente deles”, considerou a cedimentos para o concurso A célebre boca de esgoto na impede, para já, devido ao
realçou que o desejável é capacidade e o seu escritora, viúva do fundador público no sector da Educação, Rua da Alfândega, sem tampa resguardo improvisado, a
fazer com que os projectos potencial em da Nação. lançado no presente ano, a há mais de uma década, tem circulação automóvel. Se
de investigação dos ango- produzir Estão presentes na sexta prescrição do concurso do ano novo companheiro, em frente for hábito passar lá viatura
lanos sejam conhecidos conhecimentos e se edição da Feira do Livro 17 edi- 2014 e a não admissão de qual- à parte lateral da livraria 4 de “alguém importante”, o
internacionalmente. tornar reconhecida toras e nove representações quer candidato sem a realiza- de Fevereiro. problema é solucionado
“É através da produção no meio académico orgânicas da UAN, que ex- ção da respectiva prova foram Tudo leva a crer que o parto, rapidamente.
científica, das publicações põem livros diversos e dife- informações destacadas. tanto quanto nos aperce- Se assim não for, a bara-
em revistas e livros, que uma rentes serviços. A feira tem “É importante recordar que bemos, no domingo, foi funda infernal do trânsito
instituição demonstra a sua “Na feira, há editoras que como lema “A cada leitura os voluntários surgiram por rápido, mas sinceramente automóvel da Baixa da capi-
capacidade e o seu potencial têm à disposição livros e ma- uma nova visão de futuro”. manifestação de interesse de lhe desejamos vida menos tal ganhou mais um aliado.
em produzir conhecimentos nuais que podem ser úteis O evento visa incentivar os estar na docência, para manu- longa do que o outro, embora Ao menos, até ver, embora
e se tornar reconhecida no para as pessoas se informarem estudantes à leitura, pela apro- tenção da actividade prática tenha tido cuidados que o às três pancadas, está tapado,
meio académico internacio- em diferentes cursos. Con- ximação ao material didáctico, (leccionar), conforme se veri- mais velho não teve. Alguém o que dificulta a queda de
nal”, disse. sideramos ser uma actividade integrar a comunidade aca- fica nos requerimentos lavra- lhe improvisou resguardo, alguém. Depois, há quem
Eugénio Silva justificou importante, demonstra que démica, facilitar o contacto dos pelos mesmos e os termos espécie de primeiros socor- diga haver exageros nas crí-
que a fraca produção e divul- a universidade está viva e se com a literatura, divulgar os de compromisso existentes”, ros: um daqueles separa- ticas às administrações muni-
gação de livros científicos no preocupa com as questões da trabalhos de autores, editoras, lê-se no documento, no qual dores listados a vermelho cipais e distritais, tal como
país se deve à falta de finan- instrução, formação e pro- ilustradores e outras pessoas o Governo Provincial reco- e branco que enxameiam ao Governo Provincial.
ciamentos. Mas, deu a conhe- dução de conhecimentos.” da comunidade envolvidas nhece a “atitude patriótica” Luanda, encurtando, ainda Connosco não contem para
cer que o Ministério do Ensi- O secretário de Estado com o livro e a leitura. A feira dos referidos professores, mais, o pouco espaço des- servir de sombrinha à impu-
no Superior Ciência e Tecno- considera que a feira serve decorre no parque do Centro tendo em conta o défice de tinado a peões. Este buraco, nidade. Nem a quem a incen-
logia e Inovação está a criar o de incentivo para leitura, o Nacional de Investigação Cien- docentes. pelo que é dado a ver, pelo tiva, pela inoperância.
fundo para o desenvolvimento que não acontece de forma tífica (CNIC). Manuel de Sousa | Moçâmedes
SOCIEDADE Quarta-feira
19 de Setembro de 2018 25
ACTO DE LANÇAMENTO TEVE LUGAR NA ARQUIDIOCESE DE BENGUELA

Bíblia Sagrada em Umbundo já circula no país


A elaboração do livro envolveu membros das arquidioceses do Bié, Huambo, Benguela, entre bispos,
padres e estudantes
DR em todos os aspectos técni- Segundo o sacerdote, a Bíblia O bispo da Diocese de
cos, nomeadamente, na superou todas as incertezas Benguela, Dom António Jaka,
estrutura, terminologias, da vida e por esse facto, deve disse tratar-se de um acto
símbolos, tradução, entre ser um lida, entendida e que fica marcado na história
outros. acompanhada por todos, de da Igreja Católica durante
A edição foi impressa pela modo que encontrem o sen- longos anos, dado que o
Editora Paulus, numa pri- tido real da vida que Deus umbunbo é uma língua com
meira fase foram produzidos pretende aos homens. mais influência a nível dos
um total de 30 mil exemplares. habitantes do país.
Após o lançamento, seguiu- Apesar da pouca quanti-
se a comercialização, ao pre- O prelado referiu, dade de livros, o mesmo
ço único de 3.100 kwanzas, que a leitura da representa um passo grande
para permitir que os fiéis e bíblia traduzida para a acção de evangeliza-
demais interessados tenham do português ção, porque vai ajudar os
acesso à obra. para umbundo, fiéis a estarem sempre firmes
O padre Bonifácio Chim- oferece melhor na caminhada da fé, actua-
boto, professor universitário interpretação a lizados com os conhecimen-
e especialista em línguas na- todos quantos tos da Bíblia Sagrada, consi-
cionais, explicou que a pre- poderem ler derado o livro da vida.
sente publicação abre as por- esta versão da De acordo com o prelado,
tas à feitura da edição seguin- escritura sagrada “a igreja põe desta forma à
te, trabalho que começa a ser disposição da população, um
desenvolvido com mais per- instrumento do saber, uma
feição e rigor. ferramenta bastante útil que
O prelado referiu, que a A mensagem bíblica, de visa elevar a cultura de leitura
leitura da bíblia traduzida do acordo com o prelado, não é adequada sobre a vida e o
português para umbundo, ofe- apenas feita para alguns, ela interesse de Deus para com
rece melhor interpretação a não se esgota na tradução, os seres humanos".
todos quantos poderem ler traz uma mensagem escrita Instado a referir-se da
Os utentes da língua Umbundo têm uma ferramenta para conhecer a palavra de Deus esta versão da escritura sagrada. que deve ser levada a todos importância da tradução do
O padre Feliciano Palanca os sectores e cantos do mundo. documento, o bispo da Dio-
que fez a apresentação da Em seu entender, a Bíblia cese de Benguela disse, que
Maximiano Filipe | Benguela no sábado, em Benguela, bros das arquidioceses do obra, sublinhou que toda a Sagrada é um documento ela vai também incutir nas
pelo bispo da Diocese local, Bié, Huambo, Benguela, em dimensão pastoral tem de ser que contém 73 livros, cano- mentes o valor da doutrina
A primeira versão da Bíblia Dom António Jaka. que vários sacerdotes, teó- formativa, a mesma está con- nicamente aceites e anun- social da igreja, para que as
Sagrada, traduzida de por- A elaboração do livro sa- logos, madres, estudantes tida na Sagrada Escritura, que ciados, foram inspirados para pessoas tenham em mente
tuguês para língua nacional grado, em língua nacional do curso de Filosofia, leigos vai ajudar para que a acção uma melhor caminhada na o amor ao próximo e a vivên-
Umbundu, foi apresentado Umbundo, envolveu mem- e bispos, deram o contributo pastoral seja coroada de êxitos. evangelização da pessoa. cia na base da humildade.

PUBLICIDADE

(300.044)
26 Quarta-feira
19 de Setembro de 2018

PUBLICIDADE

(100.701)

(100.701a)
Quarta-feira
19 de Setembro de 2018 27
PUBLICIDADE

(15.165)

REPÚBLICA DE ANGOLA Reduzindo as mortes e o sofrimento causados por doenças tropicais


MINISTÉRIO DA SAÚDE
INSTITUTO NACIONAL DE EMERGÊNCIA MÉDICA DE ANGOLA
Coordenador de Malária ( 1 vaga urgente)
Ofício n.º 163 /GDG/INEMA/2018
A The MENTOR Initiative (MENTOR) é uma organização humanitária, sem fins lucrativos, que opera
em Angola desde 2002, nas áreas de controlo da Malária e de Doenças Tropicais Negligenciadas
Divulgação de Vagas de Promoção
(DTN) em parceria com o Ministério da Saúde nas províncias do Bié, Cuando Cubango, Cuanza Sul,
Huambo, Uíge, Zaire e Cunene.
De acordo com o Despacho n.º 459/2018 de Sua Excelência, a senhora Ministra da Saúde, datada
de 16/08/2018, servimo-nos desta para divulgar as vagas de concurso de Promoção, no Instituto
O Coordenador Médico será responsável em dar conselhos técnicos para o programa de Malária da
Nacional de Emergência Médica de Angola, e para apresentação de candidaturas, de acordo com o
MENTOR, para as autoridades nacionais e provinciais de saúde e parceiros relevantes. Ele/Ela as-
n.º 1 do artigo 5.º do Decreto Presidencial n.º 102/11, de 23 de Maio, conjugado com as disposições
segurará que os aspectos técnicos da implementação do programa de malária estão conforme as
do Decreto n.º 104/11, de 23 de Maio, para o preenchimento das seguintes vagas:
normas internacionais e nacionais e de acordo com os requisitos dos doadores, e treinará pessoal
N.º Categoria N.º de Vagas e colaboradores relevantes. Ele/Ela contribuirá ainda mais, para o planeamento da implementação
do programa e o desenvolvimento de propostas ou futuros pedidos financeiros.
01 Técnico Superior de Diagnóstico de 1.ª Classe 2
Data do início:
02 Enfermeiro Licenciado de 2.ª Classe 32
Outubro de 2018 ou posteriormente

Total de Vagas 34 Qualificações e experiências

1 - Os interessados deverão apresentar as suas candidaturas, até 20 dias úteis, junto da Direcção 1- Experiência na liderança de programas de Malária (ou relacionados ao âmbito de Saúde Pública)
do INEMA, a partir do dia 03/09/2018. nos 5 anos em África; Conhecimento das políticas nacionais de diagnóstico e tratamento de Malária.
2- Excelente competência para colaborar com o Programa Nacional de Luta Contra a Malária e ca-
- Requerimento dirijido ao Director Geral do INEMA; pacidade de advogar para a mudança a nível das políticas, se necessário;
- Cópia autenticada do Certificado de habilitação profissional; 3- Excelente domínio do português e inglês falado e escrito;
- Cópia do Bilhete de Identidade; 4- Excelente capacidade de elaboração de relatórios em inglês, a nível de publicação;
- Carteira Profissional; 5- Um gestor qualificado em gestão de pessoas;
- Comprovativo da avaliação de Desempenho dos 3 últimos anos. 6- Fortes habilidades de comunicação, e trabalhar em parceria com outras entidades.

A lista dos candidatos apurados será publicada a partir do dia 9 de Outubro de 2018. Submissão de Candidaturas e Processo de selecção

2 – A Comissão de Júri é coordenada pelo Director Geral Adjunto Dr. José Tiago - Presidente de Júri Para concorrer, por favor, envie o CV actualizado, carta de motivação escrita em Inglês, indicando
e composta pelos seguintes Membros: pelo menos 3 referências de empregadores anteriores, para: recrutamentoangola@mentor-ini-
tiative.net. Aceitam-se candidaturas durante o prazo de uma semana, a contar da data de publicação
- Dr. António Manuel Gaspar Neto – Vice Presidente do anúncio.
- Dr. Aleixo Panzo Macaia – 1.º Vogal
- Dr. Constantino Francisco – 2.º Vogal Apenas os candidatos qualificados são convidados a aplicar. Apenas os pré-seleccionados serão
contactados.
GABINETE DO DIRECTOR GERAL EM LUANDA, AOS 03 DE SETEMBRO DE 2018.
As candidatas femininas são encorajadas a candidatarem-se ao cargo.
O DIRECTOR GERAL
Dr. Eustáquio Gomes A disponibilidade do cargo está sujeita à confirmação do financiamento.
(15847) (15843)
28 Quarta-feira
19 de Setembro de 2018

PUBLICIDADE

(100.701b)

(100.701c)
CULTURA Quarta-feira
19 de Setembro de 2018 29
FESTIVAL ANGOLA ZOUK NA BAÍA CONSERVAÇÃO DO ACERVO

Polónia apoia a protecção


Kassav encerra em apoteose dos bens de Mbanza Kongo
A primeira edição juntou milhares de admiradores da música zouk, entre A República da Polónia vai em especialistas de cultura”,
apoiar o processo de conser- afirmou Piotr Mysliwiec, que
nacionais e estrangeiros, durante dois dias na Marginal de Luanda, três vação e protecção do acervo garantiu dialogar também
bandas e dezenas de cantores no último dia histórico material e imate- com a direcção do Ministério
rial da cidade de Mbanza Kon- da Cultura sobre o tema.
go, província do Zaire, ele- O embaixador polaco em
Roque Silva AGOSTINHO NARCISO | EDIÇÕES NOVEMBRO vada em 2017 à categoria de Angola visitou alguns monu-
Património da Humanidade mentos e sítios históricos da
pela Unesco. cidade de Mbanza Kongo,
Unidos pela mesma paixão A revelação foi feita à im- nomeadamente Kulum-
da música zouk, as bandas prensa, domingo, em Mban- bimbi, a primeira igreja cató-
Kassav, Livity e Tabanka Djaz za Kongo, pelo embaixador lica construída a sul do Saara,
foram as principais atracções polaco acreditado em Ango- o Museu dos Antigos Reis do
do segundo e último dia da la, Piotr Mysliwiec, à mar- Kongo e a árvore milenar,
primeira edição do Festival gem do encontro com as au- denominada “Yala Nkuwu”.
Angola Zouk, que encerrou, toridades da província do Zai- “Na minha terra, diria que
domingo, na Baía de Luanda. re, para definir as possibili- a maior parte dos monu-
O concerto reuniu as ban- dades e os mecanismos de mentos históricos são liga-
das mais conceituadas do apoio polaco para a preserva- dos à religião, mormente
género musical de origem das ção do conjunto de monu- igrejas e conventos que fa-
Antilhas, há mais de 30 anos. mentos e sítios, que formam zem parte da nossa história
Interpretaram vários suces- o Centro Histórico da cidade e cultura. Por essa razão, acho
sos, a que se juntaram os de Mbanza Kongo. que a preservação de monu-
angolanos Yuri da Cunha e “Espero que a Polónia mentos de Angola também
Nsoki, e a caboverdiana Yas- possa ajudar a preservar, de vai ajudar a promoção da cul-
mine, entre outros cantores forma significativa, as memó- tura comum do povo e ele-
angolanos e estrangeiros. rias do passado de Mbanza var o orgulho da nação, por-
Com mais de sete horas Congo, antiga capital do Rei- que são raízes do povo ango-
de duração, incluindo per- no do Kongo. O tipo de ajuda lano”, disse.
formances, o concerto ficou das autoridades polacas pode
marcado pelos atrasos nos ser de ordem financeira ou Fernando Neto | Mbanza Congo
intervalos para mudança de Actuação dos Kassav na Baía fez o público desafiar o cansaço da madrugada de segunda-feira GARCIA MAYATOKO | EDIÇÕES NOVEMBRO | MBANZA KONGO
instrumentos das diversas
bandas, sendo um dos pontos
negativos que fez algumas presença do cantor, produtor cionantes da noite. Os cabo- gola”, embora sejam todos de
pessoas abandonar o local. e compositor Tó Semedo, mui- verdianos interpretaram, naturalidade antilhana. A
Apesar disso, o espectá- to aplaudido ao interpretar dentre outros sucessos, as actuação do grupo começou
culo ganhou a dimensão de a canção “Não tem que encan- canções “Bia”, “Dilo”, “Cora- à 1h20 e encerrou às 2h50, da
celebração de fraternidade tar”, dando lugar à banda çao blues”, “Lolita”, “Rosi- manhã com o público já
entre artistas de nacionali- Tabanka Djaz. nha”, “Livity”, “Felicidade” exausto, mas ainda disposto
dades distintas, unidos pela Imbuídos do espírito de e “Morena”, nas vozes de a desafiar o cansaço, para ver
arte musical do zouk. paz e alegria, e liderados por Jorge Neto, Grace Évora e Zé a actuação na Baía de Luanda,
Tudo começou às 19H19, Micas Cabral, os Tabanka Djaz Carlos. Extrovertido, Jorge de Jocelyne Beroard, Jacob
quando Nsoki abriu o concerto, se apresentaram de branco, Neto animou a plateia, inte- Devarieux, Georges Décimus,
após o anúncio dos apresen- e animaram ao som das músi- ragindo com danças "break Jean Philipe Marthely e Jean
tadores, Calado Show e Edvá- cas “Rusga di 7/2”, “Sub 17”, dance" durante uma hora e Claude Naimro, os nomes
nia do Carmo. Trajada de preto, “Depois do silêncio” e “Tira 20 minutos, de ritmo, jovia- carismáticos do Kassav.
a cantora entra em palco a a mão da minha xuxa”. lidade e inúmeros aplausos. A banda deixou o público
esbanjar um sorriso, sinónimo Os guineenses deram lugar A emoção tomou conta de emocionado pelo resultado Embaixador Piotr Mysliwiec anunciou a ajuda da Polónia
de boa disposição. Conside- a Yuri da Cunha, que subiu Jorge Neto, que ao agradecer da execução instrumental,
rada “princesa do zouk”, Nso- ao palco homenageando a a forma calorosa como foi fiel à qualidade sonora do
ki interpretou “Africa Unite”, música zouk. Interpretou um recebido, atirou-se ao chão. registo discográfico, registado
no estilo afro house, ritmo fora remix do tema “Antilhase”, O cantor chamou, de seguida, há várias décadas e que PALESTRA EM MALANJE
do padrão para o qual festival de Eddy La Viny. Deu sequên- Yuri da Cunha, e ambos par- milhares de admiradores no
foi criado. cia com “Kakinhento”, origi- tilharam o palco com “Sem país e no mundo.
Seguiu-se a nova sensação
da música cabo-verdiana,
nal de Robertinho, “14 Chu-
vas”, de Teta Lando, “Regressa”,
ninguém”, abraçados para
encerrar a actuação da banda.
Entre outros temas, a banda
que resiste ao tempo face aos
Escritos de Manguxi foram
Yasmine, que actuou pela pri-
meira vez no país. No palco,
recebeu muitos aplausos e
de Euclides da Lomba, “Gago”,
“Kuma Kia Kié” e encerrou
com “Amor”, do grupo Tujila
Tida como a banda cabo-
verdiana mais consistente dos
últimos 30 anos, os Livity, in-
ventos e surgimento de diver-
sos géneros e estilos da música
moderna, desfilaram todo o
focados na paz e liberdade
apresentou um repertório com Tuajokota. tegra músicos com carrei- "charme" ao som das músicas Os escritos de António Agos- lectualidade racional e ritmos
temas conhecidos do público: O relógio marcavam 23h30 ras individuais, deu lugar aos “Oh Madiana”, “Siow”, “Yep tinho Neto sempre estiveram de importância e relevância
“Não posso”, “Perfume” e quando a banda Livity tomou pioneiros do zouk: Kassav, a Yep”, “Ou le”, “Mamaladam” focados na necessidade da que ultrapassa as fronteiras
“Esquece o mundo”. A noite de assalto o palco, para uma banda tão aguardada, consi- e “Ujala Errete”, acompa- conquista da paz, liberdade do país, considerando ainda
teve, ainda, a surpreendente das performances mais emo- derada como “Filhos de An- nhado de danças. e amor e tiveram influência de transcendente importân-
no movimento literário a cia a dimensão histórico-
nível do mundo, disse na cultural do Poeta Maior.
CLASSIFICAÇÃO DO PATRIMÓNIO GALA DO HERÓI segunda-feira, em Malanje, Os escritos de Neto, disse
Joaquim Vitorino António. Joaquim Victorino, conso-
Ao dissertar sobre o tema lidaram o processo de cons-
Quatro edifícios no Bié Artistas de várias gerações “A Influência de António Agos-
tinho Neto, na literatura an-
trução de valores sociais
positivos, com realce para o

passam a sítios históricos prestaram tributo a Neto golana”, que marcou o acto
provincial das comemorações
do Dia do Herói Nacional, o
patriotismo, bem como rede-
finiu os paradigmas concep-
tuais teóricos e práticos da
Os edifícios dos Correios, do República, Bornito de Sousa, Com um reportório de mú- os temas “Para enfeitar os escritor e pesquisador disse poesia angolana incorpo-
Cuito, Quartel dos Dragões e no Dia do Herói Nacional. sicas e poemas extraído das seus cabelos”, “Meia noite na que o mundo literário angolano rando deste modo a ango-
as missões evangélicas de Chi- A governante destacou, na obras literárias de Agostinho quitanda”, “Renúncia” e deixou de ser o mesmo “desde lanidade, o patriotismo, a
lesso e Católica de Chicumbi, ocasião, a importância de Neto, poetas e músicos da nova “Ngandala”. que o Fundador da Nação melodia e comunicabilidade.
os dois últimos no município identificarem mais locais que e velha geração renderam ho- De forma também home- começou a escrever e trouxe “Os feitos do Poeta Maior
do Andulo, estão classificados fazem parte do conjunto patri- menagem ao herói nacional, nagear Agostinho Neto, Mirol, consigo a angolanidade”. permitiram partilhar os seus
como património histórico e monial do país. “O processo na segunda-feira, em Luanda. Tabonta e Clara Monteiro su- O escritor Joaquim Vic- ideais e convicções que deter-
cultural nacional, anunciou exige investimentos em recur- Acompanhados pela Banda biram ao palco para interpretar torino considerou de inques- minaram o amadurecimento
na segunda-feira à imprensa, sos humanos, equipamentos Maravilha, abriu a gala o grupo temas como “A independên- tionável a influência cultural do movimento social, cul-
no Cuito, a secretária de Estado e infra-estruturas de dimen- coral Adoradores de Cristo cia está chegando”, “Welele de António Agostinho Neto, tural, e político com os seus
da Cultura. são nacional e internacional. com os temas “Agostinho Neto”, Neto poeta” e “Ango- cujos seus escritos inspiram poemas intemporais pelo
Maria da Piedade de Jesus Torna-se importante, que os Neto” e “A vida” e o declamar laTropical”, que mereceram e continuam a sobressair as que se impõe estudos por-
fez o anúncio à margem da governos provinciais façam da poesia “O contratado” e da plateia fortes aplausos. novas gerações em todas as menorizados sobre outras
cerimónia de descerramento um maior investimento nes- “Adeus à hora da largada” pela Mito Gaspar prestou tributo suas dimensões da vida dos qualidades e dimensões da
da placa de classificação da tes locais”, disse Maria da voz dos poetas Márcio Batalha ao interpretar os temas “Have- angolanos e não só. Para Joa- sua vida como trajectória de
embala Ecovongo, como sítio Piedade de Jesus. e Ângelo Reis. Estiveram pre- mos de voltar” e “Eme”, que quim Victorino, Agostinho vida que influencia o actual
histórico de interesse nacio- sentes Toty Sa’Med, Selda e lhe valeram colossos aplausos Neto traz para os jovens com contexto cultural”, disse.
nal, pelo Vice-Presidente da José Chaves | Cuito Celso Mambo para interpretar do público. os seus escritos uma inte- Venâncio Victor | Malanje
30 DESPORTO Quarta-feira
19 de Setembro de 2018

BASQUETEBOL SÉNIOR MASCULINO RECORDE DA MARATONA


FIBA

A proeza de Kipchoge
à terceira tentativa
Actual campeão olímpico de se descolar do primeiro
da disciplina, o queniano pelotão. Para o atleta que-
Eliud Kipchoge quebrou o niano, ganhar em Berlim e
recorde mundial ao com- estabelecer um novo recorde
pletar a Maratona de Berlim mundial era um dos desafios
com o tempo de 2h01min39s, pessoais, depois de disputar
no domingo (16). 11 maratonas e ganhar 10.
O tempo é 78 segundos A única vez em que não
inferior à antiga marca, que venceu - ficou em segundo
pertencia a Dennis Kimetto: - foi justamente na capital
2h02min57s percorridos na alemã, em 2013, quando
edição de 2014 da corrida na perdeu para o hoje terceiro
capital alemã. colocado Kipsang. Na oca-
Esta é a maior melhora de sião, o compatriota também
um recorde na maratona mas- estabeleceu um recorde
culina desde 1967, quando o mundial (2h03min23).
australiano Derek Clayton Depois dessa derrota,
baixou em mais de dois minu- Eliud Kipchoge buscou duas
tos a marca anterior. vezes superar o recorde em
“Eu não tenho palavras Berlim, onde o percurso da
para descrever como me corrida apresenta excelentes
s i n to . Fo i m u i to d i f í c i l condições para a quebra das
(durante os últimos 17 qui- melhores marcas (foi a 11ª
lómetros), mas eu estava vez que o melhor tempo da
realmente preparado para história foi conseguido na
comandar a minha própria capital da Alemanha, sendo
corrida. Eu tive que focar a oitava entre os homens),
no trabalho que fiz no Qué- mas em ambas as ocasiões
nia, e foi isso que me ajudou teve que lidar com circuns-
a seguir em frente”, disse tâncias adversas.
o vencedor. Em 2015, as palmilhas de
No domingo, Amos seu ténis soltaram-se quase
Kipruto (2h06min23s) e Wil- no início da prova, atrapa-
son Kipsang (2h06min48s), lhando a sua performance,
também do Quénia, fecha- mas mesmo assim ganhou.
ram as três primeiras posições No ano passado, ele voltou
respectivamente. Kipchoge a tentar, mas a chuva pre-
“Cinco” nacional vai procurar garantir presença na montra mundial da modalidade na próxima janela no mês de Dezembro correu praticamente sozinho judicou-o, e venceu com o
desde o quilómetro 20, depois tempo de 2h03min32.
DR

Angola está a duas vitórias


de assegurar oitavo Mundial
Selecção Nacional é segunda classificada do Grupo E do Torneio Africano
de Qualificação com 15 pontos conquistados. Tunísia é líder da série com 18

Anaximandro Magalhães | ciado, ganhar pelo menos cesto. Se vencer os três desa- presenças regulares na Argen-
duas partidas. fios, Camarões, dia 30, Tchad tina (1990), Canadá (1994), Fundista queniano dominou a corrida durante 20 quilómetros
Angola está a duas vitórias Na eventualidade de ven- (1) e Tunísia (2), a selecção Grécia (1998), Estados Uni-
de marcar presença pela oi- cer e os seus perseguidores soma 21 pontos e assegura dos da América (2002), Japão
tava vez num Campeonato directos, Egipto e Camarões, sem subterfúgios a segunda (2006), Turquia (2010) e
do Mundo sénior masculino ambos com 14 pontos, os posição, uma vez que a pri- Espanha (2014). NATAÇÃO
de basquetebol, na circuns- comandados do selecciona- meira muito dificilmente Na quarta campanha esti-
tância a 18ª edição do maior dor William Bryant Voigt che- fugirá à Tunísia, líder com veram Gerson Domingos,
evento organizado sob a égide
da FIBA, a disputar-se de 31
gam aos 19 pontos, conferin-
do-lhes de imediato a qua-
18, e única invicta, pois ven-
ceu os nove jogos.
Leandro Conceição, Pedro
Bastos, Carlos Morais, José Festival marca abertura
de Agosto a 15 de Setembro lificação. A não acontecer os António, Júlio Afonso, Malick
do próximo ano, na China,
de modo inédito em oito cida-
triunfos, a equipa desce para
o terceiro lugar e fica “refém” Na eventualidade
Cissé, Leonel Paulo, Reggie
Moore, John Pedro, Herme- do calendário de provas
des diferentes. da combinação de resultados de vencerem os negildo Mbunga e Yannick
Chegada à quarta janela do Grupo F, sobretudo pelos seus perseguidores Moreira. Os extremos José A terceira edição do festival Segundo a dirigente fede-
na terceira posição com 10 regulamentos do órgão reitor directos, os António e Júlio Afonso estrea- de natação, que marca a rativa, a actividade visa juntar
pontos, em igualdade com preverem o apuramento ape- comandados de ram-se na Selecção Nacional abertura da época desportiva a família da modalidade e
os Camarões, segundo, o nas do primeiro e segundo William Voigt nesta quarta janela. 2018/2019, acontece no dar-lhe maior visibilidade,
combinado angolano dei- classificados de cada série, chegam aos 19 Yannick Moreira, poste de sábado às 9h00, na piscina com o intuito de aumentar
xou a cidade de Tunis, Tunísia, bem como o terceiro melhor pontos, conferindo- 2,11 metros, é nesta altura o de Alvalade, anunciou ontem o número de praticantes nas
onde de 14 a 16 do corrente posicionado. lhes no imediato melhor marcador da selecção. a vice-presidente da Fede- distintas escolas de natação
jogou, numa posição mais Por esta razão, é obriga- a qualificação Em nove partidas, o jogador ração Angolana da modali- do país.
confortável, por depender tório a Voigt, coadjuvado do Paok da Grécia marcou dade (FAN), Ana Lima. Por outro lado, Ana Lima
somente de si para materia- pelos angolanos Walter Costa no total 119 pontos, média Participam do festival revelou que serão montadas
lizar o desiderato. e Sérgio Cristóvão, o com- No Grupo F, com a Nigéria de 13,2 pontos por desafio. atletas de clubes de Luanda, tendas ao longo do recinto,
À saída da referida etapa, patriota John Bryant, o norue- qualificada também em an- Júlio Afonso e Pedro Bas- das escolas de natação, pro- com diversos acessórios de
os hendecacampeões ocu- guês Mathias Eckhoff, e o tecipação, com 18 pontos, tos foram os atletas menos fessores, juízes e cronome- natação, para garantir maior
pam a segunda posição com congolês democrata Emma- discutem os últimos passes utilizados por William Bryant. tristas. Com entradas livres, conforto aos participantes.
15 pontos no Grupo E. Para nuel Mavomo, conjugarem Senegal (16), República Cen- Na Tunísia, em três parti- durante a cerimónia estão “A ideia é manter várias ten-
chegar à maior montra do esforços para propiciarem tro Africana (RCA) e Costa das, a Selecção Nacional mar- previstas diferentes exibi- das de lado a lado, no sentido
basquetebol, o “cinco” na- condições sobretudo tácticas do Marfim, 13, Ruanda e Mali, cou 222 pontos, média de 74 ções de natação sincronizada de as pessoas receberem
cional tem de na quinta ja- para Angola vergar os adver- ambos com 12. anotados por cada desafio. e pura, ginástica aeróbica, informações de como devem
nela, a disputar-se de 30 de sários, determinados também A estreia de Angola num Defensivamente, os angolanos hidroginástica, salvamen- praticar, e em segurança,
Novembro a 2 de Dezembro, eles a marcar presença na Mundial foi em 1986, em sofreram 193 pontos, média to aquático, gincana e pólo com profissionais capacita-
em país ainda não anun- cimeira asiática da bola ao Espanha. A posterior marcou de 64,3 por duelo. aquático. dos”, disse.
DESPORTO Quarta-feira
19 de Setembro de 2018 31
ÉPOCA 2018/2019 ABERTURA DAS OFICINAS
MIQUEIAS MACHANGONGO | EDIÇÕES NOVEMBRO
EVITAR SURPRESAS
FAF divulga
calendário
de competições 1º de Agosto faz adaptação
nacionais
A Federação Angolana de
ao ambiente de Lubumbashi
Futebol (FAF) divulgou, no
final de semana passado, o Militares efectuam segundo treino na preparação
calendário de provas para a para o jogo decisivo da eliminatória frente ao TP Mazembe
época 2018/2019, que começa Aviadores pretendem evitar o espectro da despromoção
no próximo dia 27 de Outubro PAULO MULAZA | EDIÇÕES NOVEMBRO
com a disputa da primeira
jornada da 41ª edição do Cam-
peonato Nacional de Futebol
da I Divisão, Girabola.
ASA inicia preparação
Os jogos da segunda ronda
da competição estão marcados
para os dias 3 e 4 de Novem-
com os testes médicos
bro, registando-se depois a A equipa de futebol do ASA aviadora, garantiu estarem
primeira interrupção na prova, abre as “oficinas” no dia 24 reunidas as condições para
durante 19 dias, devido à pre- do corrente, com a realização o arranque dos trabalhos de
paração dos Palancas Negras dos exames médicos, tendo preparação.“Neste momento,
para o desafio com os Cavalos em vista a época futebolística temos tudo alinhavado. As
do Burkina Faso. 2018/2019, onde compete no preocupações apresentadas
A partida com os Cavalos, Girabola e na Taça de Angola. pela equipa técnica, con-
que se disputa no dia 18 de No regresso à primeira cernente aos materiais de
Novembro, às 16h00, no divisão, após um ano na trabalho, estão acautelados.
Estádio Nacional 11 de No- “segundona”, a direcção pre- Aguardámos ansiosos pelo
vembro, é pontuável para a sidida por Adriano Diogo início da preparação”, referiu
quinta jornada do Grupo I Agostinho prepara uma equi- o dirigente desportivo.
da campanha de apuramento pa capaz de competir ao mais Quanto à entrada e saída
à fase final da 32ª edição da alto nível nas duas compe- de jogadores, José Kilamba
Taça de África das Nações tições, sendo a manuten- adiantou que só os vai tornar
(CAN), a ter lugar de 7 a 30 de ção no Girabola, o principal público no dia da abertura
Junho, nos Camarões. objectivo. das “oficinas”.
KINDALA MANUEL | EDIÇÕES NOVEMBRO Para que tal aconteça, o “O segredo é a alma do
técnico José Dinis apresentou negócio. Peço desculpas, não
à direcção do ASA a lista dos poderei avançar agora o no-
jogadores a serem contra- me dos atletas a serem con- Militares do Rio Seco projectam surpreender TP Mazembe diante dos seus adeptos
tados, à semelhança dos dis- tratados e dispensados”, afir-
pensados. mou, acrescentando que o
José Dinis não vai refazer ASA vai aparecer forte no Honorato Silva Mali do CAN’2010, deixa aberta a decisão
na totalidade o plantel avia- campeonato, com a ambição da passagem às meias-finais. O 1º de
dor, contando com a maioria de permanecer no convívio Agosto está a ser elogiado por ter deixado
dos jogadores que estiveram dos grandes clubes. Além de A jogar na antecipação, de modo a evitar o TP Mazembe improdutivo no ataque,
envolvidos na subida da equi- sagrar-se vencedor da Série surpresas desagradáveis, o 1º de Agosto feito de que poucos adversários se
pa ao escalão principal. A, a formação aviadora con- seguiu viagem ontem, tendo em vista podem gabar.
Temporada futebolística Em declarações ao Jornal quistou o título do nacional o desafio de sexta-feira, frente ao TP A defesa tem sido claramente o ponto
inicia em finais de Outubro de Angola , José Kilamba, da II Divisão. Mazembe do Congo Democrático, para forte dos militares, no regresso 21 anos
director técnico da formação António de Brito a decisão dos quartos-de-final da Liga depois à grande montra do futebol con-
A disputa da terceira jor- dos Campeões Africanos de futebol, e tinental de clubes. Tony Cabaça, à baliza,
nada do Girabola reata a 24 hoje começa o trabalho nos domínios Dani Massunguna (capitão) e Bobó são
de Novembro e fica concluída do adversário. os principais esteios de uma estrutura
no dia seguinte. A primeira FUTSAL Com passagem em trânsito por Joa- apoiada, de forma alternada, por Paizo,
volta do Campeonato Nacio- nesburgo (África do Sul), os militares Anderson Guelor, Isaac e Mingo Bile,
nal da I Divisão encerra no
dia 29 de Janeiro. O segundo
Edições Novembro do Rio Seco, orientados pelo sérvio
Zoran Maki, desembarcam no final da
nos corredores laterais.

turno arranca no dia 3 de


JOGOS DE ONTEM e Polícia jogam os manhã, na cidade de Lubumbashi. À
Fevereiro. tarde, efectuam um treino de recuperação Os tri-campeões contam com
A segunda pausa na com- RESULTADOS quartos-de-final e amanhã o reconhecimento do relvado os jogadores que fizeram o
petição está prevista depois sintético do Estádio de lá Kenya, que último terço da época, cujo
da disputa da 23ª jornada, 4-0 A equipa da Edições Novem- acolhe 35 mil espectadores sentados. destaque recai para Geraldo,
entre os dias 14 a 30 de Março, bro defronta a formação da Numa delegação de 30 elementos, indisponível na primeira “mão”
para a preparação da Selecção Barcelona PSV Polícia Fiscal, domingo às chefiada pelo presidente do clube, Carlos
Nacional de Honras, visando 10h30, no campo da Hendrick da Silva, os tri-campeões
o desafio diante das Zebras do Refriango, município de angolanos contam com os jogadores Marcar, para deixar o opositor mais
Botswana, em Gaberone, que
2-1 Viana, para os quartos-final que fizeram o último terço da época, pressionado, uma vez jogar diante dos
se disputa no dia 22 de Março, Inter Tottenham da 4ª edição do Campeonato cujo destaque recai para Geraldo, médio seus adeptos, é o principal objectivo do
para a sexta e última jornada Provincial de Futsal para tra- ofensivo que esteve indisponível na representante angolano, que promete
do Grupo I da campanha de balhadores de Luanda. primeira “mão”, por acumulação de discutir a eliminatória até ao último
apuramento para o CAN'2019. 0-1 Para completar o quadro cartões amarelos. minuto, apesar da força competitiva do
Os sorteios da fase nacional C Brugge Borussia dos quartos-de-final, o BCI Substituído no sábado por Macaia, colosso africano, detentor de cinco
da Taça de Angola e do torneio mede forças com a Global no segundo tempo, com queixas mus- títulos da competição.
de apuramento para o Gira- Seguros, às 8h00, no mesmo culares, Show está apto para a decisão A rapidez na circulação da bola pode
bola'2019/2020, vulgo "Segun- 1-2 recinto de Viana, e hora mais da eliminatória, contrariamente à infor- ser o argumento para ajudar a contrapor
dona", realizam-se no dia 25 tarde a EPAL-EP enfrenta mação avançada na ficha distribuída a superioridade física dos jogadores do
de Janeiro, na sede da FAF. Mônaco Atlético o Minea. pela Confederação Africana, que anun- vice-campeão do Congo Democrático,
As preliminares da Taça O conjunto dos "escribas" ciava a suspensão, caso voltasse a ver que no jogo de Luanda dominaram a dis-
de Angola tem início no dia ocupou a terceira posição da a cartolina amarela, como acabou por puta corpo a corpo, sobretudo no meio
30 de Janeiro, com os embates 0-0 tabela classificativa do grupo acontecer, aos 56 minutos. campo controlado pelo duplo pivô formado
dos dezasseis avos de final, Estrela Napoli B, com 13 pontos e qualifi- A certeza de que o “patrão” do meio por Kouamé Koffi e Nathan Sinkala,
ao passo que o torneio de cou-se para o Campeonato campo rubro e negro pode jogar, foi municiadores dos criativos Elia Mechak,
apuramento para o Girabola Nacional, a ter lugar no pró- dada por Ivo Traça, adjunto de Maki: Michel Mika e Jackson Muleika, o tridente
arranca a 5 de Fevereiro. 1-1 ximo mês de Novembro, na “Felizmente para nós, o amarelo não de apoio do goleador Ben Malango.
A final da Taça de Angola cidade do Lubango, província impede o Show de ser utilizado. Não “O adversário já sabe da nossa força,
foi agendada para o dia 1 de Schalke Porto da Huíla. estava à janela. Depois do regresso do por isso também terá cuidados defen-
Maio, no Estádio Nacional 11 Além da Edições Novem- Geraldo, temos todos os jogadores prontos sivos, porque se abrir será surpreendido.
de Novembro, enquanto o 3-2 bro, seguem também para o para esse importante compromisso, Temos um conhecimento profundo do
torneio zonal de apuramento palco do nacional as formações tirando os lesionados”. TP Mazembe. Não vamos alterar a nossa
encerra a 9 do mesmo mês. Liverpool PSG do Minea, com 17 pontos no matriz, por estar a jogar fora de casa.
O Girabola termina no dia primeiro lugar da série B, BIC Solidez defensiva Sabemos que será muito difícil, mas
12 de Maio, com as partidas (2º/15) e Global Seguros (4º/13, O empate (0-0) registado no 11 de nunca impossível. Os adeptos podem
da 30ª e última jornada do 2-0 com menos golos que a equipa Novembro, recinto que teve a melhor esperar um 1º de Agosto lutador”, assu-
Campeonato Nacional. Galatasaray Lokomotiv da Edições Novembro). assistência, desde o célebre Angola- miu Ivo Traça.
António Cristóvão António Cristóvão
PUBLICIDADE

QUA19SET
ISSN 0446-9518

9 770446 951006

CONTREIRAS PIPA | EDIÇÕES NOVEMBRO


VENDA DE DIVISAS

ALTO BNA garante autonomia


aos bancos comerciais
A partir de 1 de Outubro, o directas, segundo o comu-
Banco Nacional de Angola nicado, permitiu ao BNA obter
Sonangol (BNA) deixa de proceder a um entendimento mais pre-
Combustível para Cabinda vendas directas de divisas, ciso da metodologia neces-
A Sonangol anunciou ter sendo que as solicitações de sária para a protecção das
reposto o fornecimento compra de moeda estran- reservas internacionais e emi-
de combustíveis a Cabin- geira devem voltar a ser uni- tir regulamentação e orien-
da. Assegurou que as res- camente apresentadas a ins- tações aos bancos comerciais
trições ficam definitiva- tituições financeiras auto- adaptadas a esse objectivo.
mente ultrapassadas em rizadas a exercer o comércio O BNA assegurou também,
breve, com a recuperação de câmbios. com esse sistema, a alocação
de um navio que se encon- Cerimónias de assinatura dos acordos decorreram nas instalações da RNA e da TPA
Num comunicado divul- imparcial das divisas no paga-
tra avariado e a aquisição gado ontem, o BNA afirma mento dos atrasados e a ate-
de uma monoboia, espé- FORMAÇÃO E TROCA DE CONTEÚDOS que, no exercício das suas nuação das percepções nega-
cie de um terminal flutuan-
te, utilizado na amarração responsabilidades de super- tivas dos clientes sobre os cri-
de navios-tanque para car-
regamento e descarrega-
mento de petróleo e deri-
Acordos assinados na Media visor e de autoridade cambial,
trabalhará junto das insti-
tuições financeiras para que
térios de selecção dos bene-
ficiários aplicados pelos ban-
cos comerciais. “Após este
vados. A garantia de uma esta transição seja bem-suce- período de maior intervenção,
solução definitiva dada mação e promovendo acções por fazer, mas fazê-la à dida e ocorra sem quaisquer estando o mercado cambial
pela concessionária nacio- Garrido Fragoso de refrescamento dos qua- medida das necessidades da impactos negativos na acti- melhor regulamentado e
nal de combustíveis vem dros”, afirmou. O governante televisão angolana”, referiu. vidade económica do país. havendo maior regularidade
acalmar os receios da po- Dois protocolos de co- saudou o facto do acto de assi- “Este protocolo tem tudo O BNA continuará ainda na oferta de moeda estran-
pulação, que não pretende
operação foram assinados natura dos acordos ocorrer para dar certo”, disse o pre- a transmitir ao mercado as geira, o BNA entende estarem
repetir os problemas cau-
sados pela crise de mais ontem pela TPA, em Luanda, numa altura em que nas rela- sidente do Conselho de Ad- orientações que se mostrem criadas as condições para
de 20 dias. Afinal, o com- com a RTP e Agência de No- ções entre os dois países "estão ministração da RTP, acres- necessárias e a proceder aos devolver aos bancos comer-
bustível tem reflexos direc- tícias Lusa, na sede da tele- desaparecidos todos os irri- centando que no projecto acertos que o contexto macro- ciais autonomia na alocação
tos na vida dos cidadãos. visão pública. tantes que momentanea- estratégico daquela estação económico recomendar para de moeda estrangeira aos
Os dois acordos visam, mente as perturbavam". para o período 2018-2020 garantir o normal funcio- seus clientes.
sobretudo, a troca de con- João Melo mostrou-se opti- está especificado o reforço namento do mercado cam-
CONTREIRAS PIPA | EDIÇÕES NOVEMBRO
teúdos, assistência técnica, mista em que “estas relações do papel internacional da bial. No comunicado, o BNA
formação e superação de poderão conhecer um novo RTP e a cooperação com os garante ter retomado, recen-
quadros e ainda visitas e tro- desenvolvimento”. Salientou países africanos de língua temente, a venda de moeda
BAIXO cas de experiência entre os a pertinência dos dois pro- portuguesa. estrangeira nos leilões de
subscritores. tocolos, acrescentando que O presidente do Conselho divisas sem indicação espe-
Pela Televisão Pública de “só nos podemos conhecer de Administração da Lusa, cífica das operações ou im-
Angola, os protocolos foram bem através da troca de infor- Nicolau Santos, manifestou- portadores para os quais os
rubricados pelo presidente mações e diálogo”. se satisfeito por assinar ontem fundos devem ser vendidos
do Conselho de Administra- João Melo desejou sucesso o primeiro acordo com a TPA pelos bancos comerciais. A
ção, José Guerreiro, enquanto às empresas que ontem rubri- e garantiu rubricar acordos medida ocorre no âmbito da
Técnicos do INEMA que pela RTP e Lusa assina- caram os protocolos (TPA, similares com a RNA, ANGOP normalização do funciona-
Recusa de assistência ram os respectivos presiden- RTP e Lusa) e disse esperar e a Edições Novembro. mento do mercado cambial.
Técnicos do Instituto Na- tes dos Conselhos de Admi- que a iniciativa seja alargada José Guerreiro, PCA da O sistema ajustado de vendas Banco Nacional de Angola
cional de Emergências Mé-
nistração, Gonçalo Reis e Ni- para outras empresas públicas TPA, disse que os protocolos
dicas de Angola (INEMA)
colau Santos. e privadas de comunicação. trazem mais valia ao órgão
recusaram-se a prestar as-
sistência a um indivíduo Um outro protocolo com Por seu lado, o presidente de comunicação que dirige.
alcoolizado, que convul- o mesmo conteúdo também do Conselho de Adminis- Falou da actuação e papel LANÇAMENTO HOJE
sionava. O facto, que re- foi assinado entre os presi- tração da RTP considerou dos meios de comunicação
dentes dos Conselhos de Ad- “relevante” para o futuro, o social nesta nova fase do
voltou um grupo de cida-
dãos presentes, ocorreu
na madrugada de segun-
ministração da Rádio Nacio-
nal de Angola e da Lusa.
protocolo ontem assinado,
mas antes falou da relação
país, salientando que "os
dois protocolos são para fun-
Projecto de formação
da-feira, 17, durante a ac-
tuação dos Kassav, no Fes-
tival de Zouk. Chamados
O ministro da Comunica-
ção Social, João Melo, declarou
que a formação de quadros
de décadas entre as duas
estações televisivas. Gonçalo
Reis defendeu que a partilha
cionar e serem aplicados".
O responsável considerou
“fundamental” a formação
abrange camada jovem
para socorrer a vítima, os no sector corresponde a uma e o intercâmbio de conteú- de quadros angolanos na Lusa O projecto de Revitalização O lançamento ocorre por
técnicos do INEMA não rea- “preocupação de primeira dos entre as duas estações e na RTP e afirmou sem receio do Ensino Técnico e da For- ocasião da visita a Angola do
giram. Um dos elementos
hora” do departamento minis- televisivas deve ser nos dois que muitos dos mais impor- mação Profissional (RETFOP), ministro dos Negócios Estran-
da equipa afirmou que o
cidadão nada tinha, "ape- terial que dirige há um ano. sentidos. tantes quadros da TPA rece- cuja finalidade é promover geiros de Portugal, Augusto
nas estava bêbado!" Um “Temos sérios problemas No domínio da formação, beram formação na RTP. a empregabilidade das cama- Santos Silva, que integra a
indivíduo embriagado e de quadros a todos os níveis, Gonçalo Reis referiu que Já Marcos Lopes, PCA da das mais jovens da população, delegação do Primeiro-Mi-
em convulsão não diz na- mas também temos ideias de “vamos cruzar o nosso conhe- Rádio Nacional, mostrou-se é lançado hoje, na sede do nistro António Costa. De ini-
da a uma equipa médica? como podemos superá-los cimento com as necessidades agradado com o protocolo, Ministério das Relações Exte- ciativa da União Europeia e
O que foi, afinal, lá fazer o actualizando conhecimentos, da Televisão Pública de Angola. tendo destacado a vertente riores, em Luanda. do Executivo angolano, com
INEMA? Ver o show? aumentando o nível de for- Não vamos fazer formação formativa. Com duração de cinco anos o apoio de Portugal e França,
e uma dotação financeira de o projecto é implementado
22 milhões de euros dispo- pelo Camões - Instituto da
nibilizados pela União Euro- Cooperação e da Língua e a
DADOS DE 2017 precisa de diminuir mais ano passado, referindo peia, o projecto abrange as Expertise France.
depressa. Segundo a que as mortes em pes- províncias de Benguela, Hu- O RETFOP actuará em
Tuberculose já matou OMS, o número de casos
fatais baixou de 23 por
soas sem diagnóstico de
VIH se situaram entre
ambo, Huíla, Luanda, Moxico
e Uíge. O objectivo é a extensão
vários domínios, incluindo na
gestão estratégica das insti-

1,3 milhões de pessoas cento registados em


2000 para 16 por cento
em 2017. A OMS estima
1,2 e 1,4 milhões. Quan-
to aos que têm VIH, es-
tima-se que 300 mil pes-
da oferta formativa e a melho-
ria da sua qualidade e rele-
vância, de forma a prover aos
tuições públicas, a nível cen-
tral e local, e a sua coordena-
ção, na qualidade dos currí-
O número de pessoas a morrer a Organização Mundial de Saúde que cerca de 1,3 milhões soas tenham morrido formandos conhecimentos e culos e qualificações forne-
de tuberculose tem diminuído (OMS) num relatório anual, aler- de pessoas tenham mor- por causa da infecção competências relevantes que cidas pelo Ensino Técnico e a
desde o ano 2000, divulgou ontem tando, no entanto, que o número rido de tuberculose no com tuberculose. os habilite a ingressarem no Formação profissional e na
mercado de trabalho. transição dos beneficiários.