Você está na página 1de 4

Ficha de Apoio 6 – Coordenadas Polares

Ano Letivo: 2018 / 2019


Curso: MIMA Triénio: 2017 - 2020
Disciplina: Matemática Professor:
Módulo nº: 4 Designação: Funções Periódicas

Nome: Nº:

No sistema de coordenadas cartesianas retangulares, a


localização de um ponto dada pelas suas coordenadas: a
abcissa e a ordenada.

Existem outros sistemas de localização de pontos no plano,


sendo um dos mais importantes o sistema de coordenadas
polares.

Neste sistema, as coordenadas consistem de uma distância e da medida de um ângulo


orientado.

Comecemos por desenhar um ponto 𝑂 - o pólo - e uma semirreta de origem no ponto O


- o eixo polar.
Normalmente, a semirreta é desenhada
na horizontal e para a direita de O

Dado um ponto P do plano, distinto de O, é possível localizar o ponto através da sua


distância a O (na figura seguinte representada por r) e pelo ângulo orientado θ formado
pelo eixo polar (lado origem do ângulo) e pela semirreta 𝑂̇ 𝑃.

Fazendo corresponder o eixo polar ao semieixo positivo 𝑂𝑥, tem-se:


Exemplo:
Representa os pontos P, Q e R com as seguintes coordenadas polares:

Observa que o ponto 𝑅(1,5 ; 405°) também corresponde ao ponto de coordenadas


(1,5 ; 45°) ou, de um modo geral, (1,5 ; 45° + 360° × 𝑛) , 𝑛 ∈ ℤ .

Assim, um dado ponto do plano tem uma infinidade de conjuntos de coordenadas


polares. Isto não acontece com o sistema de coordenadas cartesianas retangulares, em
que a cada ponto do plano corresponde um só conjunto de coordenadas.

Exercício 1:
Escreve, para cada caso, as coordenadas polares (𝑟, 𝜃) para o ponto P de
modo que 𝑟 > 0 e 0 ≤ 𝜃 < 2𝜋.

Escola Tecnológica Artística e Profissional de Pombal


Avenida Vasco da Gama - Parque Ind. Manuel da Mota | 3100-354 Pombal
Tel :236 200 810 | Fax : 236 217 122 | www.etap.edu.pt | info@etap.edu.pt Página 2
Capital Social : 400.000 € | NIPC : 504 609 696 | Matrícula 504609696 - Conservatória do Registo Comercial de Pombal
Exercício 2:
A roda gigante tem 5 metros de raio e está representada num referencial cartesiano o,n,
cuja origem coincide com o centro da roda. Os pontos D e J pertencem ao eixo 𝑂𝑥 e os
pontos A e G pertencem ao eixo 𝑂𝑦.

1) Indica as coordenadas cartesianas dos pontos D, G, J e A.

2) Tendo em conta os seguintes valores exatos das razões trigonométricas dos ângulos
de amplitude 30º, 45º e 60º.

a) Prova que o ponto 𝐸 tem coordenadas cartesianas:

b) Prova que o ponto 𝐹 tem coordenadas cartesianas:

Escola Tecnológica Artística e Profissional de Pombal


Avenida Vasco da Gama - Parque Ind. Manuel da Mota | 3100-354 Pombal
Tel :236 200 810 | Fax : 236 217 122 | www.etap.edu.pt | info@etap.edu.pt Página 3
Capital Social : 400.000 € | NIPC : 504 609 696 | Matrícula 504609696 - Conservatória do Registo Comercial de Pombal
c) Indica as coordenadas cartesianas dos restantes pontos.

Generalizando:

3) Escreve as coordenadas polares de todos os pontos assinalados na roda gigante.

Escola Tecnológica Artística e Profissional de Pombal


Avenida Vasco da Gama - Parque Ind. Manuel da Mota | 3100-354 Pombal
Tel :236 200 810 | Fax : 236 217 122 | www.etap.edu.pt | info@etap.edu.pt Página 4
Capital Social : 400.000 € | NIPC : 504 609 696 | Matrícula 504609696 - Conservatória do Registo Comercial de Pombal