Você está na página 1de 34

Curso Vitória

Magnetismo
Todo ímã apresenta duas regiões distintas denominadas polos, que possuem comportamentos opostos:
polo norte e polo sul.

Lei da atração e repulsão para polos de um ímã: polos magnéticos de mesmo nome se repelem e de
nomes contrários se atraem.

Verifica-se que próximo ao Polo Norte Geográfico terrestre há um polo sul magnético e próximo ao Polo
Sul Geográfico, um polo norte magnético, visto que o polo norte(agulha) de uma bússola(pequeno ímã)
aponta para o Polo Norte terrestre.

Inseparabilidade dos Polos Magnéticos de um Ímã

Os polos de um ímã são inseparáveis. Se cortamos um ímã, os polos norte e sul não ficam isolados.
Aparecerão dois novos ímãs com seus respectivos polos norte e sul.

Classificação das Substâncias quanto ao Magnetismo

-Ferromagnéticas: ao serem colocadas na presença de um campo magnético se imantam fortemente.


Ex. Ferro, níquel e cobalto.
-Paramagnéticas: São materiais que possuem elétrons desemparelhados e que, na presença de um
campo magnético, alinham-se, fazendo surgir um ímã que tem a capacidade de provocar um leve
aumento na intensidade do valor do campo magnético em um ponto qualquer. Esses materiais são
fracamente atraídos pelos ímãs. São materiais paramagnéticos: o alumínio, o magnésio, o sulfato de
cobre etc.
1
Curso Vitória

-Diamagnéticos: São materiais que, se colocados na presença de um campo magnético, têm seus ímãs
elementares orientados no sentido contrário ao sentido do campo magnético aplicado. Assim,
estabelece-se um campo magnético na substância que possui sentido contrário ao campo aplicado. São
substâncias diamagnéticas: o bismuto, o cobre, a prata, o chumbo, água, etc.

Campo Magnético

É a região ao redor de um ímã na qual ocorre um efeito magnético.


Abaixo temos a representação das linhas de campo ou linhas de indução, que são linhas imaginárias
fechadas que saem do polo norte e entram no polo sul.


Cada ponto de um campo magnético é caracterizado por um vetor B denominado vetor indução
magnética ou vetor campo magnético.

Uma carga elétrica em repouso gera um campo elétrico.

Uma carga elétrica em movimento gera um campo magnético e um campo elétrico.

Campo Magnético criado por Correntes Elétricas

Experimentalmente em 1820, o físico dinamarquês Hans Christian Oersted verificou que as correntes
elétricas geram ao seu redor um campo magnético.

2
Curso Vitória

Campo Magnético criado por um condutor retilíneo

μ .i
B=
2. π .r (Lei de Ampere)

Onde B é o módulo do vetor campo magnético, i a corrente elétrica que atravessa o fio, r a distância do
ponto considerado ao fio e μ a permeabilidade magnética do meio
−7
(no vácuo: μ=4 π.10 T .m/ A )
A unidade de campo magnético(B) ,no S.I., é o tesla(T).
Campo Magnético criado no centro de uma espira circular de raio R percorrida por corrente
elétrica

μ. i
B=
2. R

μ.i
B=
2R

Campo Magnético criado por um solenoide

Polo norte polo sul

μ . N .i
B=
L
Onde N é o número de espiras e L , o comprimento do solenoide.

N
Obs: a razão L é chamada densidade de espiras.

3
Curso Vitória

Vamos Resolver

1)(EEAR) Temos as seguintes classificações das substâncias, quanto ao magnetismo:

Ferro → ferromagnética.
Ouro → diamagnética.
Platina → paramagnética.

Uma barra metálica colocada entre os polos de um imã, tem seus imãs elementares facilmente
orientados no sentido do campo magnético do imã,

a) somente se for de ferro.


b) se for de ferro ou de ouro.
c) se for de ferro ou de platina.
d) se for de ouro ou de platina.

2)(EEAR)O circuito elétrico abaixo, após fechada a chave, produzirá campo magnético nulo nos pontos

a) P1 e P3 12V
b) P2 e P4
c) P1 e P2 
d) P3 e P4 P1 P2
. .
P4
. . P3

3)(EEAR) O polo sul de um imã atrai:

a)o polo norte do outro imã.


b)o polo sul de outro imã.
c)cargas negativas.
d)cargas positivas.

4)(EEAR)Um dispositivo formado por uma barra de ferro envolvida por um solenoide caracteriza um:

a)dínamo
b)gerador
c)eletroímã
d)transformador.

5)(EEAR) A razão entre as intensidades dos campos magnéticos produzidos por uma corrente elétrica
que atravessa um condutor retilíneo, respectivamente, a 6 e 12 m de distância do mesmo, vale:

1
a) 4
b) 2
c) 4
d) 8
4
Curso Vitória

6)(EEAR) As substâncias magnéticas podem ser classificadas quanto à sua facilidade de imantação;
assim as substâncias cujos imãs elementares se orientam facilmente quando submetidos à ação de um
campo magnético, tais como ferro, níquel e cobalto, são ditas.............. .

a)ferromagnéticas
b)paramagnéticas
c)diamagnéticas
d)adiabáticas.

7)(EEAR) Nos pontos internos de uma longa bobina percorrida por corrente elétrica contínua, as linhas
de indução do campo magnético são

a)hélices cilíndricas.
b)circunferências concêntricas.
c)retas paralelas ao eixo da bobina.
d)radiais, com origem no eixo da bobina.

8)(EEAR) Para utilizarmos corretamente uma bússola em perfeitas condições, devemos

a)colocá-la no interior de uma caixa de ferro.


b)não colocá-la em qualquer recipiente que possa ter propriedades magnéticas.
c)colocá-la próximo a uma caixa de ferro para potencializar o efeito magnético.
d)não colocá-la sobre a linha do Equador pois o campo magnético paralelo impede a leitura.

9)(EEAR)Considere as seguintes afirmativas:

I)Os imãs originam campos magnéticos.


II)Cargas elétricas em movimento originam campos magnéticos.
III)Cargas elétricas fixas originam campos magnéticos.

São verdadeiras:

a)I e II
b)I e III
c)II e III
d)I, II e III.

10)(EEAR) Ímãs são elementos

a)formados por um elemento químico e um pólo magnético.


b)complexos de cadeia carbônica oxi-reduzida.
c)que atraem todos os tipos de metais.
d)que possuem dipolo magnético.

5
Curso Vitória

11)(EEAR)Nas figuras seguintes, está ocorrendo a passagem de corrente elétrica contínua (i), sentido
convencional, nos condutores. Em cada situação está representado o vetor campo magnético
perpendicular ao plano da folha de papel orientado para fora () e para dentro (). Com base nestas
informações, assinale a figura correta.

a) i


B 
 
i

B B

b)
B

c) i



B 
 
i

B B

d)
B

12)(EEAR) Quando uma corrente elétrica circula por um fio, gera ao redor deste um

a)fluxo elétrico.
b)campo magnético.
c)circuito elétrico.
d)pêndulo elétrico.

13)(EEAR) Observe:
6
Curso Vitória

I - Para o estudo do campo magnético, convencionou-se que as linhas de campo magnético são
orientadas do polo sul para o polo norte.
II - As substâncias diamagnéticas, tais como cobalto e níquel, não possuem propriedades magnéticas,
não podendo, portanto, ser imantadas.
III - Quando um ímã é dividido em várias partes, cada uma das partes comporta-se como um novo ímã.
IV - Em torno de um fio condutor retilíneo longo, percorrido por corrente elétrica, surge um campo
magnético.
São corretas as afirmações

a)I, II, III e IV.


b) II, III e IV.
c)I, II e III.
d)III e IV.

14)(EEAR) Substâncias magnéticas são aquelas que permitem

a)a orientação dos seus ímãs elementares.


b)o deslocamento de íons neutros pelo condutor.
c)o armazenamento de energia de origem térmica.
d)a orientação cruzada de algumas cargas elétricas.

15)(EEAR))O campo magnético é um ______________ tendo a mesma ___________das linhas de


campo e sendo ____________ a elas.

a)vetor – fase – tangente


b)vetor – orientação – tangente
c)escalar – orientação – perpendicular
d)escalar – fase – perpendicular

16)(EEAR) Um solenoide de comprimento L e N espiras, no qual circula uma corrente de intensidade i,


apresenta no seu interior um vetor campo magnético de intensidade B. Sendo a permeabilidade
magnética do ar 0, para reduzir à metade a intensidade desse vetor campo magnético deve-se

a)dobrar o número de espiras.


b)dobrar a intensidade da corrente.
c)quadruplicar o número de espiras.
d)dobrar o comprimento do solenoide.

17)(EEAR) Um fio retilíneo longo é percorrido por uma corrente de 10 ampères, produzindo um campo
magnético de intensidade 100 tesla a uma distância x do fio. O valor de x , em cm, é

Dado: permeabilidade magnética  0 = 4 x 10 –7 Tm/A

a)2,0 x 10 – 6
b)2,0 x 10 – 8
c)2,0 x 10 – 10
d)2,0 x 10 – 12

18)(EEAR)Um fio reto é percorrido por uma corrente elétrica constante de intensidade 6,2 A. Calcule a
intensidade do campo magnético, em 10 – 7 tesla, a 20 cm do fio. Dado: μ = 4 π x 10 – 7 T. m/A

7
Curso Vitória

Obs.: considerar o fio infinito

a)31
b)31 π
c)62
d)62 π

19)(EEAR) Um grande mestre na área da Física se deparou com a seguinte situação hipotética: possuía
duas espiras circulares concêntricas 1 Ee
E
2 , com raios 1r =10 cm e
r =200 mm
2 ,
respectivamente, percorridas por correntes de sentidos opostos. Sabe-se que, na espira de diâmetro
menor, a corrente é de 20 A e que a intensidade (em módulo) do campo magnético no centro das espiras
−5
é de 3,14×10 T . Nessa situação, quais devem ser as intensidades, em amperes, das correntes
elétricas aplicadas na outra espira, visto que o mestre encontrou dois resultados possíveis para o
problema.

−7
Dado: permeabilidade magnética do meio = 4 π×10 T .m/ A
considere π=3,14

a)5 e 15
b)5 e 30
c)15 e 50
d) 30 e 50

20)(EEAR) N espiras circulares, geometricamente iguais e justapostas (bobinas chatas), são percorridas
por uma corrente de 2,0 ampères. O raio dessas espiras vale 4 cm. Admitindo que a permeabilidade
−7 −5
magnética (O) seja 4 π×10 T .m/ A , o valor da intensidade do campo magnético por espira, em 10
tesla, é

a) /2
b) 
c) 2
d) 4

21)(EEAR) Dois fios longos, retos e paralelos, colocados no vácuo, são percorridos por correntes de
intensidades 2A e 4 A nos sentidos indicados na figura abaixo. Sabendo que a intensidade, em módulo,
do vetor indução magnética no ponto P é de 5,0 x 10 – 6 T e que a distância entre os dois condutores é
igual a 20 cm, os valores de X e Y, em cm, são respectivamente:
(dado: permeabilidade magnética do vácuo  = 4 x 10– 7T.m/A)
20 cm

a)4 e 16
b)16 e 4 i1 = 2 A i2 = 4 A
P
c)5 e 15 
d)3 e 17
X Y

8
Curso Vitória

22)(EEAR) Quando se pretende determinar a intensidade do campo magnético no interior de um


solenoide, o parâmetro densidade linear de espiras é extremamente relevante. Assim, para um exemplo
hipotético no qual um solenoide é colocado no vácuo e é percorrido por uma corrente de 10 A,
apresentando um vetor indução magnética em seu interior com intensidade igual a 4 π x 10 – 2 T, a
densidade linear deve ser de
Dado: Permeabilidade magnética no vácuo igual a 4 π x 10 – 7 T m/A

a) 10 3 m.
b) 10 2 m – 1.
c) 10 3 cm.
d) 10 2 cm – 1

23)(EEAR) A respeito das linhas de campo magnético de um ímã, podemos afirmar que

a) são finitas e descontínuas.


b) iniciam no polo norte e terminam no polo sul.
c) iniciam no polo sul e terminam no polo norte.
d) não têm início nem fim, são contínuas e fechadas.

24)(EEAR) A localização dos polos de um imã não depende

a) de sua forma geométrica.


b) do tipo de material de que são constituídos.
c) das superfícies de simetria entre duas regiões do imã.
d) da maneira pela qual adquiriram seu magnetismo.

25)(EEAR) O ponto de Curie é definido como sendo a temperatura na qual os corpos

a) tornam-se semicondutores.
b) tornam-se supercondutores.
c) perdem suas propriedades ferromagnéticas.
d) tornam-se ímãs permanentes.

26)(EEAR) A intensidade do campo magnético, no interior de um solenoide,

a) não depende do comprimento do solenoide.


b) é função apenas do comprimento do solenoide.
c) é diretamente proporcional ao comprimento do solenoide.
d) é inversamente proporcional ao comprimento do solenoide.

27)(EEAR) Na fabricação de um ímã permanente, utilizou-se como material o níquel, que é exemplo de
uma substância

a) diamagnética.
b) paramagnética.
c) ferromagnética.
d) estatomagnética.

28)(EEAR) “Um condutor percorrido por uma corrente elétrica gera umcampo magnético ao seu redor”.
Este enunciado refere-se aos trabalhos de

a) Tesla.
b) Oersted.
c) Newton.
d) Dalton.

9
Curso Vitória

29)(EEAR) É correto afirmar que, no estudo do campo magnético, o vetor indução magnética no interior
do solenoide tem

a) a intensidade calculada aplicando-se a Lei de Lenz.


b) o aumento do valor da sua intensidade pela redução de seu número de espiras.
c) o sentido determinado pelo número de espiras.
d) a intensidade inversamente proporcional ao comprimento do solenoide.

30)(EEAR) Uma espira circular de raio r é percorrida por uma corrente elétrica de intensidade i, no
sentido horário, gerando no centro desta um vetor indução magnética de intensidade B. Se for retirada
r
esta espira e no lugar for colocada uma outra concêntrica de raio 2 , fazendo-se percorrer, no
mesmo sentido, a mesma corrente elétrica da espira de raio r, pode-se afirmar que a intensidade do
vetor indução magnética apresentará um valor igual a

a) 2B
B
b) 2
c) 4B
B
d) 4

31)(EEAR) Um estudante de Física foi incumbido pelo seu professor de montar um experimento para
demonstrar o campo magnético em uma espira circular. Para executar tal trabalho, o aluno construiu
uma espira circular com diâmetro de 20 centímetros e fez percorrer por ela uma corrente de intensidade
5,0 A. Após a execução da experiência, o aluno informou ao professor que a intensidade do vetor
indução magnética no centro da espira era de 5π x 10 −5 T. Admitindo-se que a permeabilidade magnética
do meio onde se encontra a espira seja de 4π x 10 −7T.m /A, pode-se dizer que, para o resultado do aluno
estar correto, deve-se

a) dividi-lo por 4.
b) dividi-lo por 5.
c) multiplicá-lo por 2.
d) multiplicá-lo por 5.

32)(EEAR) Na construção de uma bobina para utilização em um eletroímã, deve-se levar em conta que o
fio desta bobina

a) deva ser de material ferromagnético.


b) possa ser de qualquer material condutor de eletricidade.
c) deva ser de material ferromagnético e condutor de eletricidade.
d) deva ser de material condutor de eletricidade e não ferromagnético.

33)(EEAR) Com relação ao campo magnético, podemos afirmar, corretamente, que

a) é uma região do espaço, ilimitada, gerada por um ímã ou cargas elétricas em movimento.
b) é uma região do espaço, limitada a um determinado raio, em torno de um ímã ou de um condutor
percorrido por corrente elétrica.
c) é uma região de influência em torno de um ímã ou de um condutor percorrido por uma corrente
elétrica, devido ao movimento dos polos magnéticos.
d) são forças estabelecidas em torno de ímã ou de um condutor percorrido por uma corrente que define
as interações eletromagnéticas.

10
Curso Vitória

34)(EEAR) Considere-se um fio condutor retilíneo longo percorrido por uma corrente elétrica de
intensidade i. Verifica-se experimentalmente que em torno do condutor surge um campo magnético,
cujas linhas de campo são _____________ , situadas ___________ .

a) circunferências concêntricas; em planos perpendiculares ao fio


b) linhas radiais; em planos perpendiculares ao fio
c) espirais crescentes; em planos perpendiculares ao fio
d) helicoidais; ao longo do fio

35)(EEAR) Assinale a alternativa incorreta.


Para duplicar a intensidade do campo magnético de um eletroímã, podemos (mantendo constante as
demais variáveis):

a) duplicar a intensidade da corrente elétrica.


b) substituir o núcleo por outro com permeabilidade magnética duas vezes maior do que o anterior.
c) duplicar o número de espiras do solenoide.
d) duplicar o comprimento do solenoide.

36)(EEAR) Uma espira circular de raio 4 cm, é percorrida por uma corrente elétrica de intensidade i = 20
A. A intensidade do vetor indução magnética no centro da espira é igual a ______ πT.

Obs.: Considere a espira no vácuo, com μ0 = 4π .10−7 T. m/A.

a) 10−3
b) 10−4
c) 10−5
d) 10−6

37)(EEAR) A intensidade do vetor indução magnética no interior de um solenoide (dispositivo constituído


de um fio condutor enrolado em forma de espiras não justapostas) é determinada em função do número
de espiras, do comprimento do solenoide e da intensidade da corrente elétrica que circula no fio
condutor. Das alternativas abaixo, assinale aquela na qual apresenta-se uma maneira correta de
aumentar a intensidade do vetor indução magnética no interior do solenoide.

a) reduzindo o número de espiras


b) aumentando o número de espiras
c) aumentando o comprimento do solenoide
d) reduzindo a intensidade da corrente elétrica

38)(EEAR) Assinale a alternativa que completa corretamente a frase abaixo:


Substâncias diamagnéticas são aquelas cujos ímãs elementares

a) orientam-se facilmente quando submetidas à ação de um campo magnético.


b) não se orientam facilmente sob a ação de um campo magnético.
c) orientam-se em sentido contrário ao vetor indução magnética.
d) só se orientam acima da temperatura de Curie.

11
Curso Vitória

39)(EEAR) Dois fios retos paralelos e longos distanciados 2m um do outro, conduzem correntes elétricas
de sentidos opostos, conforme a figura. Sabe-se que a intensidade da corrente elétrica no fio 1 é de 4 A
e no fio 2 é de 3 A e que μ0 é a permeabilidade do meio. Para que a intensidade do campo magnético no
ponto A seja nula, o valor de r, em metros, deve ser igual a ______.

Desconsidere os diâmetros dos fios.

a) 4
b) 6
c) 8
d) 10

40)(EEAR) A espira condutora circular de raio igual a 5 cm, imersa no vácuo, é percorrida por uma
corrente elétrica de intensidade igual a 2A, conforme a figura. Determine, aproximadamente, a
intensidade do vetor campo magnético, em teslas, no centro da espira.

Dados:
π = 3,14
permeabilidade magnéticado ar: μ0 = 4π.10-7T.m/A

a) 2,5.10-5
b) 3,5.10-5
c) 4,0.10-6
d) 4,5.10-9

41)(EEAR) Três barras metálicas AB, CD e EF são aparentemente iguais. Aproximando as extremidades
das barras, verifica-se, então, experimentalmente que a extremidade A atrai D e repele E, enquanto a
extremidade B repele F e atrai D.

Portanto, conclui-se corretamente que:

a) CD não é imã.
b) Somente AB é imã.
c) Somente EF é imã.
d) Todas as barras são imãs.

42)(EEAR) No Laboratório de Física da EEAR, colocou-se uma bússola sobre a mesa. Após a agulha
magnética ter-se orientado com o campo magnético terrestre, aproximou-se um eletroímã desligado,
como mostra a figura. Suponha que nessa distância, depois que a chave for fechada, o campo
magnético gerado pelo eletroímã seja mais intenso que o campo magnético terrestre.
Assinale a alternativa correspondente à nova orientação da ponta escura da agulha magnética.

a) A
b) B
c) C
d) D

12
Curso Vitória

43)(EEAR) Duas espiras concêntricas e coplanares de raios 10 mm e 20 mm, são construídas de


condutores ideais e ligados à uma bateria, conforme a figura. Supondo que esse experimento seja
realizado no vácuo, calcule a intensidade do campo magnético no centro das espiras. Adote nesse caso,
μ0 = 4π.10-7T.m/A.

a) 0 T
b) 2π.10-7 T
c) 3π.10-7 T
d) 4π.10-7 T

44)(EEAR) Dois condutores longos e retilíneos estão dispostos paralelamente e distantes 10 cm um do


outro, no vácuo. As correntes em ambos os condutores possuem a mesma intensidade, 10 ampères, e
sentidos opostos.Nesse caso, a intensidade do campo magnético em um ponto Pentre os condutores,
coplanar e equidistante a eles, é de ___ T.

Dados:
Permeabilidade magnética do vácuo = 4π.10-7T.m/A

a) 0
b) 2.10-5
c) 4.10-5
d) 8.10-5

45)(EEAR) Dentre as alternativas a seguir, selecione aquela na qual a execução da sua ação implica
redução da intensidade do campo magnético gerado no interior de um solenoide.

Dado: o solenoide é mantido sempre imerso no vácuo.

a) Aumentar o número de espiras do solenoide, mantendo constantes o comprimento e a intensidade da


corrente elétrica no solenoide.
b) Aumentar o comprimento do solenoide, mantendo constantes o número de espiras e a intensidade da
corrente elétrica no solenoide.
c) Aumentar a intensidade da corrente elétrica no solenoide, mantendo constantes o número de espiras e
o comprimento do solenoide.
d) Aumentar o número de espiras por unidade de comprimento, ou seja, aumentar o valor da razão N/L,
mantendo constante a intensidade da corrente elétrica no solenoide.

46)(EEAR) Das afirmações a seguir sobre o magnetismo:

I- Polos magnéticos de mesmo nome se atraem e de nomes contrários se repelem.


II- Imãs são corpos de materiais diamagnéticos com propriedades de apenas atrair outros materiais
paramagnéticos.
III- Como não existem polos magnéticos isolados, quando umimã, por exemplo, quebra em duas partes,
tem-se numa daspartes dois polos norte e na outra parte dois polos sul.

É correto afirmar que:

a) todas estão corretas.


b) todas estão incorretas.
c) apenas a afirmação II está correta.
d) estão corretas, apenas, as afirmações I e III.

13
Curso Vitória

47)(EEAR) Um técnico utilizando um fio de comprimento l sobre o qual é aplicado uma d.d.p. , obtém

uma campo magnético de módulo igual a fio


|B |
fio a uma distância r do fio. Se ele curvar o fio de
forma a obter uma espira de raio r, quantas vezes maior será a intensidade do vetor campo magnético no
centro da espira em relação à situação anterior?

a) 1.
b) π.
c) 2.
d) 4.

48)(EEAR) A figura a seguir representa uma espira que está no plano que contém esta folha de papel.
Essa espira é feita de um material condutor e está submetida a uma tensão que resulta em uma corrente
elétrica convencional (portadores positivos) de intensidade “i” no sentido horário. A alternativa que indica,
corretamente, o sentido e a direção do vetor campo magnético resultante no centro dessa espira é

a)

b)

c)

d)

49)(EEAR) Uma espira possui resistência elétrica igual a R e está conectada a uma fonte de tensão
contínua. No vácuo, essa espira ao ser submetida a uma tensão V é percorrida por uma corrente elétrica
de intensidade i e produz no seu centro um campo magnético de intensidade B. Assinale a alternativa
que indica, corretamente, uma possibilidade de aumentar a intensidade do campo magnético no centro
da espira alterando apenas um dos parâmetros descritos.

a) Usar uma espira de resistência elétrica menor que R.


b) Colocar material diamagnético no centro da espira.
c) Diminuir a tensão V aplicada.
d) Aumentar o raio da espira.

14
Curso Vitória

50)(EEAR) A figura a seguir representa as secções transversais de dois fios condutores A e B retos,
extensos e paralelos. Das alternativas a seguir, assinale aquela que representa a situação na qual se
tem um campo magnético resultante no ponto P de módulo igual a zero.
Considere que:

1- esses condutores estão no vácuo e são percorridos por uma corrente elétrica convencional de
mesma intensidade “i”.
2- a letra l, nas alternativas, representa um determinado valor de comprimento.

a)

b)

c)

d)

51)(EEAR) Um condutor reto e extenso, situado no vácuo, é percorrido por uma corrente elétrica de
intensidade 1,0 A. Nesse caso, a intensidade do campo magnético em um ponto situado
perpendicularmente a 1,0 m de distância do condutor, é de ____ ⋅10−7T .

Observação: μ0 =4.π⋅10-7 m/A

a) 1
b) 2
c) π
d) 2π

15
Curso Vitória

52)(EEAR) Um aluno de Física construiu um solenoide e aproximou-o, não energizado, de uma bússola
que estava previamente orientada com o campo magnético terrestre, conforme a figura a seguir. Assinale
a alternativa que indica o que deve acontecer com a bússola após o aluno fechar a chave e energizar o
solenoide.

a) O solenoide irá atrair o polo norte da agulha magnética da bússola.


b) O solenoide irá atrair o polo sul da agulha magnética da bússola.
c) A agulha magnética da bússola permanecerá como está, pois as bússolas só sofrem deflexão por
influência do campo magnético terrestre.
d) A agulha magnética da bússola irá girar no sentido horário e anti-horário, sem controle, pois o campo
magnético criado pelo solenoide gera uma anomalia magnética em torno do mesmo.

53)(EEAR) Em 1820, o físico dinamarquês Hans Christian Oersted verificou que um fio condutor, quando
percorrido por uma corrente elétrica, apresenta um campo magnético em torno desse fio. Das
alternativas abaixo, assinale qual indica o dispositivo elétrico cuja aplicação só foi possível a partir da
constatação dessa relação.

a) Lâmpada incandescente.
b) Resistência elétrica.
c) Eletroímã.
d) Capacitor.

54)(EEAR) Uma espira circular, de raio igual a 10 cm, percorrida por uma corrente elétrica de intensidade
igual a 50 mA produz, no centro da espira, um vetor indução magnética de intensidade B. Para se obter
um valor igual a 2B, mantendo constante a intensidade de corrente elétrica e o mesmo meio (μ 0), é
necessário que o novo raio da espira seja, em cm, de:

Dado: μ0 = 4π.10-7T.m/A.

a) 1,0
b) 2,5
c) 5,0
d) 20,0

55)(EEAR)Considere dois condutores retilíneos (1 e 2) longos,paralelos e coplanares, percorridos por


correntes elétricas (I1 e I2) e um ponto (B) entre os condutores, equidistante dos mesmos.
Assinale a alternativa que indica uma afirmação fisicamentecorreta em relação a essa situação.

a) Se os valores de intensidade das correntes elétricas, I1 e I2,forem diferentes de zero, o vetor campo
magnético no ponto B nunca será nulo.
b) Independente das intensidades e dos sentidos das correnteselétricas I 1 e I2, o vetor campo magnético
no ponto B sempreserá nulo.
c) Somente se as correntes elétricas, I1 e I2, estiverem nomesmo sentido, e de intensidades iguais, o
vetor campomagnético no ponto B será nulo.
d) Somente se as correntes elétricas, I1 e I2, estiverem emsentido contrário uma da outra, e de
intensidades iguais, ovetor campo magnético no ponto B será nulo.

16
Curso Vitória

56)(EEAR) Dois fios condutores longos são percorridos pela mesmacorrente elétrica nos sentidos
indicados na figura.

A opção que melhor representa os campos magnéticos nospontos A, B e C, respectivamente, é

a)

b)

c)

d)

57)(EEAR) Um imã em formato de barra, como o da figura I, foiseccionado em duas partes, como mostra
a figura II.

Sem alterar a posição do imã, após a secção, cada pedaçoformado terá a configuração:

a)

b)

c)

d)

17
Curso Vitória

58)(EEAR) Um fio condutor é percorrido por uma corrente i comomostra a figura.

Próximo ao condutor existe um ponto P, tambémrepresentado na figura. A opção que melhor representa
o vetorcampo magnético no ponto P é:

a)

b)

c)

d)

59)(EEAR)Um fio fino é enrolado em torno de um prego e suasextremidades são ligadas aos polos de
uma bateria e de umachave CH, conforme mostra a figura abaixo. Quando a chave CHé fechada,
observa-se que o prego passa a atrair pequenos objetosde ferro. O conceito físico que melhor explica o
fenômeno é:

a) Efeito Joule
b) Campo Elétrico
c) Efeito fotoelétrico
d) Indução Eletromagnética

60)(EEAR) Uma espira circular com 10π cm de diâmetro, ao serpercorrida por uma corrente elétrica de
500 mA de intensidade, produz no seu centro um vetor campo magnético de intensidade igual
a _____ .10-6 T.

Obs. Utilize μ0 = 4π.10-7T.m/A

a) 1
b) 2
c) 4
d) 5

18
Curso Vitória

61)(EEAR) Assinale a alternativa que completa corretamente a frase abaixo:


Um condutor longo e retilíneo percorrido por correnteelétrica produz ao seu redor um campo magnético
no formato de

a) retas paralelas ao fio.


b) círculos concêntricos ao fio.
c) retas radiais com o centro no fio.
d) uma linha em espiral com o centro no fio.

62)(EEAR) Entre as substâncias magnéticas, aquelas que ao seremcolocadas próximas a um imã, cujo
campo magnético é intenso,são repelidas por ambos os polos do imã, são classificadas como

a) diamagnéticas.
b) paramagnéticas.
c) ferromagnéticas.
d) imãs permanentes.

63)(EEAR) Aproxima-se um prego de aço, não imantado, de um ímãpermanente. Nessas condições,


pode-se afirmar corretamente queo prego será

OBS: aço é um material ferromagnético.

a) repelido por qualquer um dos polos do ímã.


b) atraído por qualquer um dos polos do ímã.
c) atraído somente pelo polo norte do ímã.
d) atraído somente pelo polo sul do ímã.

64)(EEAR) Um fio condutor perpendicular ao plano desta folha deprova é percorrido por uma intensa
corrente elétrica contínua(sentido convencional). Uma bússola é colocada sobre o planoda referida folha
e próxima a esse fio. Considerando apenas ocampo magnético gerado por essa corrente, assinale
aalternativa que apresenta, corretamente, o par: sentido da corrente elétrica / posição da agulha da
bússola.

Adote:

a)

b)

c)

d)

19
Curso Vitória

65)(EEAR) Nas figuras a seguir são apresentadas quatro situaçõesque os condutores são percorridos
por corrente elétrica.Adotando o sentido convencional para a corrente elétrica representada, assinale a
alternativa em que está corretamenterepresentado o campo magnético gerado.

a)

b)

c)

d)

66)(EEAR) Uma bobina chata formada de 80 espiras circulares, de raioigual a 4 cm, gera um campo
magnético no centro da bobina deintensidade igual a 8π.10 -6T. Determine a intensidade dacorrente
elétrica que percorre essa bobina.

Dado: μ0 = 4π.10-7T.m/A

a) 20mA
b) 40 mA
c) 200 mA
d) 400 mA

20
Curso Vitória

67)(EEAR) Um condutor retilíneo e extenso é percorrido por umacorrente elétrica. Das alternativas a
seguir assinale aquela em queestá corretamente descrito, em termos de sentindo e direção, o campo

magnético ( B ) de acordo com a corrente elétrica (i).

Dado: adote o sentido convencional para a corrente elétrica

a)

b)

c)

d)

68)(EEAR) Assinale a alternativa que preenche corretamente a lacunado texto abaixo.____________


magnética significa elevada capacidade domaterial em concentrar as linhas de fluxo magnético,
resultandoem fácil magnetização.

a) Histerese
b) Relutância
c) Capacitância
d) Alta Permeabilidade

69)(EEAR) Entre as substâncias magnéticas, aquelas que ao serem colocadas próximas a um imã, cujo
campo magnético é intenso, são repelidas por ambos os polos do imã, são classificadas como

a) diamagnéticas.
b) paramagnéticas.
c) ferromagnéticas.
d) imãs permanentes.

21
Curso Vitória

70)(EEAR) Quanto à facilidade de imantação, podemos afirmar que:

“Substâncias __________________ são aquelas cujos ímãs elementares se orientam em sentido


contrário ao vetor indução magnética, sendo, portanto, repelidas pelo ímã que criou o campo magnético”.
O termo que preenche corretamente a lacuna é:

a) diamagnéticas
b) paramagnéticas
c) ultramagnéticas
d) ferromagnéticas

Gabarito

1)a 2)b 3)a 4)c 5)b 6)a 7)c 8)b 9)a 10)d 11)d 12)b 13)d 14)a 15)b 16)d 17)a 18)c 19)d 20)b 21)a 22)d
23)d 24)b 25)c 26)d 27)c 28)b 29)d 30)a 31)b 32)d 33)a 34)a 35)d 36)b 37)b 38)c 39)b 40)a 41)a 42)d 43)c
44)d 45)b 46)b 47)b 48)d 49)a 50)c 51)b 52)b 53)c 54)c 55)c 56)a 57)c 58)a 59)d 60)b 61)b 62)a 63)b 64)a
65)c 66)a 67)c 68)d 69)a 70)a

22
Curso Vitória

Força Magnética (Força de Lorentz) sobre Cargas Elétricas

Fm =|q|. v.B.sen α

Onde v é a velocidade, B, o campo magnético e α , o ângulo entre v e B.

Cargas magnéticas em repouso ou lançadas na direção do campo magnético não sofrem a ação da
força magnética.

O vetor força magnética é sempre perpendicular ao vetor velocidade.

A força magnética é uma força centrípeta , ocasionando, apenas a mudança na direção do movimento da
carga elétrica.

Carga Elétrica Lançada Perpendicularmente a um Campo Magnético Uniforme

O raio da trajetória pode ser dado por:

m.v
R=
|q|.B

Força Magnética num Condutor Retilíneo

Fm =B .i. L.senθ

23
Curso Vitória

Força Magnética entre dois Fios Paralelos

μ . i1 . i 2
Fm = .L
2 πr
Fm
Obs: a razão L é chamada densidade linear de força.

Fluxo Magnético

φ=B . A .cos θ
Onde φ é o fluxo magnético, B o campo magnético, A a área e θ o ângulo entre o vetor campo
→ →
magnético( B ) e o vetor normal( n ) ao plano que contém a área(A).

A unidade de fluxo magnético( φ ), no S.I., é o weber(Wb).

Corrente Induzida(Lei de Faraday)

“A f.e.m. induzida num circuito é igual a menos o quociente da variação do fluxo magnético pelo intervalo
de tempo decorrido nesta variação.”

Δφ
ε=−
Δt em que ε é a força eletromotriz induzida.

24
Curso Vitória

Sentido da Corrente Induzida(Lei de Lenz)

“O sentido da corrente induzida é tal que seus efeitos tendem sempre a se opor à variação de fluxo que
lhe deu origem.”

Transformadores

UP US
=
NP NS e
I P . N P=I S . N S
Onde :

UP é a tensão no primário ou tensão de entrada


US é a tensão no secundário ou tensão de saída
IP é a corrente elétrica no secundário
IS é a corrente elétrica no secundário
NPé o nº de espiras do primário
NS é o nº de espiras do secundário

Obs: O transformador só trabalha em tensão e corrente alternadas.

25
Curso Vitória

Vamos Resolver
1)(EEAR) Dois condutores elétricos retilíneos são colocados paralelamente, um ao lado do outro.
Quando percorridos por correntes elétricas contínuas, de mesma intensidade mas sentidos contrários, os
condutores apresentarão

a)atração mútua.
b)repulsão mútua.
c)manutenção na posição inicial.
d)atração e repulsão mútua, no decorrer do tempo.

2)(EEAR) São exemplos de objetos que se utilizam do princípio do eletroímã:

a)telefone e campainha.
b)cafeteira elétrica e campainha.
c)lâmpada incandescente e telefone.
d)retificador de corrente e ponte de Wheatstone.

3)(EEAR) Duas partículas A e B possuem cargas elétricas nula e –2e , respectivamente, em que e é a
carga do elétron em módulo. Tais partículas atravessam, separadamente, um campo magnético
constante perpendicular ao plano de movimento destas, como mostra a figura. A trajetória das partículas
pode ser expressa por

X X

B
X X
A
X X

a)
A
B

A
b)
B

B
d)
A

B
c)
A

26
Curso Vitória

4)(EEAR) Dos dispositivos abaixo, qual só pode funcionar com corrente elétrica alternada?

a)O resistor.
b)O eletroímã.
c)O transformador.
d)A lâmpada incandescente.

5)(EEAR) Seja uma carga elétrica lançada num campo magnético uniforme, perpendicularmente às
linhas de campo. Nessas condições, a sua trajetória será

a)elíptica.
b)circular.
c)retilínea.
d)parabólica.

6)(EEAR) A força magnética que age entre duas partículas, que são atraídas uma pela outra, constitui
um(a)

a)par ação-reação.
b)força de contato simples.
c)método kepleriano de cálculo virtual.
d)força de ação somente a pequenas distâncias.

7)(EEAR) Uma carga positiva q = 10 – 6 C, de massa 2 x 10 – 14 kg, penetra perpendicularmente em uma


região do espaço onde existe um campo magnético uniforme, de 20 tesla, conforme a figura. Qual deve
ser a velocidade, em m/s, desta carga para que a trajetória descrita seja uma semicircunferência de diâmetro
0,2 cm? 
B
a)10 10
b)10 6 
c)2 x 10 6 V
d)200 x 10 6

8)(EEAR) Em uma região onde existe um campo magnético uniforme, são lançadas, perpendicularmente
às linhas de campo três partículas A, B e C, com velocidades iguais, tal como a figura. De acordo com as
trajetórias descritas pelas partículas, pode-se afirmar que A, B e C tem, respectivamente, cargas elétricas

a)positiva, neutra e negativa.


b)positiva, negativa e neutra.
c)negativa, neutra e positiva.
d)negativa, positiva e neutra.

27
Curso Vitória

Δφ
F . e.m.=−
9)(EEAR) Matematicamente, podemos escrever a Lei de Faraday da seguinte forma: Δt
onde F.e.m. é a força eletromotriz; ΔΦ é a variação do fluxo magnético e Δt é o intervalo detempo em
que a variação do fluxo magnético ocorre.
Quanto ao sinal negativo da fórmula, podemos afirmar que é

a) um erro de impressão desta prova.


b) uma consequência da Lei de Ampère.
c) uma consequência da lei de Biot-Savart.
d) uma consequência do Princípio de Conservação da Energia.

10)(EEAR) Em uma aula de laboratório de Física, um aluno montou um experimento para verificar o raio
descrito por uma partícula quando colocado sob a ação de um campo magnético uniforme. No
experimento, duas partículas de massas m1 e m2, com cargas positiva e negativa, respectivamente,
sendo m1 >m2 , foram lançadas, através do campo magnético com velocidades constantes, formando um
ângulo de 180ocom as linhas de campo. Pode–se afirmar que

a) o raio da trajetória, para as duas cargas, terá valor nulo.


b) a carga de maior massa descreve uma trajetória circular de maior raio.
c) a carga de menor massa descreve uma trajetória circular de maior raio.
d) como m1 e m2 têm mesma carga, somente de sinais contrários, os raios descritos, não nulos, serão
idênticos.

11)(EEAR) “A corrente elétrica induzida num circuito gera um campo magnético que se opõe à variação
do fluxo magnético que induz essa corrente”. O enunciado acima se refere à Lei de

a) Lenz.
b) Faraday.
c) Ampère.
d) Biot-Savart.

12)(EEAR)Dos dispositivos listados abaixo, o único que NÃO funciona com corrente contínua é o

a) rádio.
b) telefone.
c) telégrafo.
d) transformador.
13)(EEAR) Uma espira quadrada, de lado igual a 2 cm, é colocada paralelamente às linhas de campo
magnético, cuja intensidade do campo é de 2.10-3 T. Calcule o fluxo magnético, em Wb, através dessa
espira.

a) zero
b) 4.10-5
c) 8.10-3
d) 8.10-7

14)(EEAR) Um elétron é arremessado com uma velocidade de 10 9 m/s paralelamente às linhas de


campo de um campo magnético uniforme de intensidade B = 1,6 T. Nesse caso, a força magnética sobre
o elétron é de ____ N.
Dado: carga elementar do elétron = -1,6 x 10-19 C

a) 0
b) 1,6.10-19
c) 3,2.10-10
d) 2,56.10-19

28
Curso Vitória

15)(EEAR) Três condutores retilíneos e longos, são dispostos paralelamente um ao outro, com uma
separação de um metro entre cada condutor. Quando estão energizados, todos são percorridos por
correntes elétricas de intensidade igual a um ampere cada, nos sentidos indicados pela figura.
Nesse caso, o condutor C tende a

a) aproximar-se do condutor A.
b) aproximar-se do condutor B.
c) permanecer no centro, e A e B mantêm-se fixos.
d) permanecer no centro, e A e B tendem a aproximar-se.

16)(EEAR) Um próton é lançado perpendicularmente a um campo magnético uniforme de intensidade


2,0.109 T com uma velocidade de 1,0.106 m/s. Nesse caso, a intensidade da força magnética que atua
sobre a partícula é
de _____ N.

Dado: carga elementar: 1,6.10-19C

a) 1,6.10-3
b) 1,6.10-4
c) 3,2.10-3
d) 3,2.10-4

17)(EEAR) Dentro de um sistema de confinamento magnético um próton realiza movimento circular


uniforme com um período de 5,0 π.10-7 s. Determine a intensidade desse campo magnético, em tesla,
q
sabendo que a relação carga elétrica/massa
()
m de um próton é dado por 108 C.kg-1.
a) 4,0
b) 2,5.102
c) 4,0.10-2
d) 4,0.10-16

18)(EEAR) Determine a intensidade da força magnética que atua sobre uma partícula com carga igual a
+ 4μC e velocidade de 106 cm/s, quando esta penetra ortogonalmente em um campo magnético uniforme
de intensidade igual a 6.102 T.

a) 15 N
b) 24 N
c) 1500 N
d) 2400 N

29
Curso Vitória

19)(EEAR) O transformador é um dispositivo composto de duas bobinas que não têm contato elétrico
uma com a outra. Em uma delas (bobina primária) é aplicada uma tensão variável que resulta em um
campo magnético também variável. Esse campo acaba por interagir na outra bobina, chamada
secundária, que está em contato elétrico com um resistor. Assinale a alternativa que completa
corretamente a frase: “A variação do fluxo magnético na bobina secundária é ____.”

OBS: Considere o transformador um sistema ideal e isolado.

a) maior que no primário


b) menor que no primário
c) igual ao do primário
d) de valor nulo

20)(EEAR) O primário de um transformador com 10.000 espiras está alimentado por uma tensão
contínua de 12 volts. Um componente elétrico ligado ao secundário deste transformador, que é
composto de 1.000 espiras, estará submetido a uma tensão, em volts, de valor igual a

a) 120.
b) 1,2.
c) 12.
d) 0.

21)(EEAR) A figura a seguir representa 5 posições (A, B, C, D e E) de uma espira (retângulo menor)
durante um deslocamento em direção a uma região (retângulo maior) onde existe um campo magnético
uniforme perpendicular à folha.

Assinale a alternativa que indica o trecho em que não há indução eletromagnética na espira.

Considere que na figura:

1- a espira e a região apresentadas pertencem a planos sempre paralelos;


2- a espira desloca-se da esquerda para direita e
3- a espira não sofre nenhum tipo de rotação.

a) Da posição A até a posição B.


b) Da posição B até a posição C.
c) Da posição A até a posição E.
d) Da posição C até a posição D.

22)(EEAR) Ao aproximar-se um imã de um solenoide que faz parte de um circuito elétrico, formado
somente pelo solenoide ligado a um resistor, verifica-se que o sentido da corrente elétrica induzida no
30
Curso Vitória

circuito gera um campo magnético no solenoide, que se opõe ao movimento do imã. Essa verificação
experimental é explicada pela Lei de _________.

a) Lenz
b) Gauss
c) Weatstone
d) Clapeyron

23)(EEAR) Um condutor (AB) associado a uma resistência elétrica (R) e submetido a uma tensão (V), é
percorrido por uma corrente elétrica e está imerso em um campo magnético uniforme produzido por
imãs, cujos pólos norte (N) e sul (S) estão indicados na figura. Dentre as opções apresentadas na figura
→ → → →
( Fa , Fb , Fc , Fd ) , assinale a alternativa que indica a direção e o sentido correto da força magnética
sobre o condutor.

a)
Fa

b)
Fb

c)
Fc

d)
Fd

24)(EEAR) O transformador é um dispositivo constituído de duas bobinas eletricamente isoladas,


chamadas primário e secundário no qual, de acordo com a Lei de Faraday,

a) a variação da corrente elétrica no primário provoca, no secundário, uma força eletromotriz induzida.
b) a corrente contínua no primário é transformada em corrente alternada no secundário.
c) a corrente alternada no primário é transformada em corrente contínua no secundário.
d) pode, de acordo com a relação de espiras, ocorrer elevação ou redução de quaisquer valores de
voltagens, seja em corrente contínua ou alternada.

25)(EEAR)Dois condutores paralelos extensos são percorridos porcorrentes de intensidade i 1= 3 A e


i2= 7 A. Sabendo-se quea distância entre os centros dos dois condutores é de 15 cm,qual a intensidade
da força magnética por unidade decomprimento entre eles, em μN/m?

Adote:μ0 = 4π .10−7 T. m/A.

a) 56
b) 42
c) 28
d) 14

26)(EEAR) Associe corretamente as leis do eletromagnetismo com asafirmações abaixo descritas:

31
Curso Vitória

( ) Lei de Faraday
( ) Lei de Lenz
( ) Lei de Ampère

I. “O sentido da corrente elétrica induzida pela variação do fluxomagnético em um circuito fechado é tal
que seus efeitos tendem afazer oposição à variação do fluxo que lhe deu origem”.
II. “Para um condutor retilíneo infinito percorrido por umacorrente elétrica de intensidade i, o módulo do
vetor campomagnético B em um ponto P, que está a uma distância r destecondutor, será inversamente
proporcional à distância r ediretamente proporcional a i”.
III. “A força eletromotriz induzida numa espira é diretamenteproporcional à variação do fluxomagnético
que a atravessa einversamente proporcional ao intervalo de tempo em que essa variação ocorre”.
Das alternativas abaixo, a correta é:

a) I – II – III
b) II – III – I
c) III – I – II
d) III – II – I

27)(EEAR) Um projétil de dimensões desprezíveis carregado com umacarga elétrica negativa atinge com
velocidade inicial vo o orifício de uma câmara que possui em seu interior um campo magnético uniforme
paralelo à sua trajetória, como mostra a figura abaixo.Qual orifício melhor representa a possibilidade de
escape do projétil?

a) 1
b) 2
c) 3
d) 4

28)(EEAR) Uma espira retangular está imersa em um campo magnéticouniforme cuja intensidade é de
0,5 T. O fluxo do campomagnético através da espira quando a mesma forma um ângulo de 0º com as
linhas desse campo, em Weber, será:

a) zero
b) 0,5
c) 1
d) 2

29)(EEAR) Uma espira retangular de 10 cm x 20 cm foi posicionada emantida imóvel de forma que um
campo magnético uniforme, deintensidade B=100 T, ficasse normal à área interna da espira, conforme
figura a seguir. Neste caso, o valor da ForçaEletromotriz Induzida nos terminais A e B da espira vale
____ V.

a) 0,00
b) 0,02
c) 0,20
d) 2,00

30)(EEAR) A definição oficial de ampère, unidade de intensidade decorrente elétrica no Sistema


Internacional é:

32
Curso Vitória

“O ampère é a intensidade de uma corrente elétrica que,mantida em dois condutores paralelos,


retilíneos, decomprimento infinito, de secção circular desprezível e situados àdistância de um metro entre
si, no vácuo, produz entre essescondutores uma força igual a 2.10 -7 newtons por metro de
comprimento.”Para que a força magnética que atua nos condutores seja deatração,

a) os condutores devem ser percorridos por correntes contínuasde mesmo sentido.


b) os condutores devem ser percorridos por correntes contínuasde sentidos opostos.
c) um dos condutores deve ser ligado em corrente contínua e ooutro deve ser aterrado nas duas
extremidades.
d) os dois condutores devem ser aterrados nas duasextremidades.

31)(EEAR)Na figura a seguir temos uma espira imóvel de formacircular e um ímã em formato de barra.
Entre as situaçõesapresentadas nas alternativas abaixo, assinale a que, de acordocom as Leis de
Faraday e Lenz, possibilita a produção dacorrente elétrica induzida no sentido indicado na figura.

a) Manter o ímã imóvel em relação à espira.


b) A extremidade A do imã é o polo norte e deve ser afastadada espira.
c) A extremidade A do imã é o polo sul e deve ser aproximadada espira.
d) A extremidade A do imã é o polo norte e deve seraproximada da espira.

32)(EEAR) Em uma região, estabelecem-se dois campos, um campoelétrico e um campo magnético,


ambos uniformes, de direções esentidos coincidentes. Um elétron é colocado no centro dessa região
com velocidade nula.
Desprezando a ação da gravidade sobre o elétron, assinale aalternativa que completa corretamente a
frase a seguir: Logo após ser colocado, o elétron ____________________

a) permanecerá em repouso, pois não sofrerá ação de nenhumaforça.


b) sofrerá ação de uma força perpendicular às linhas de forçados campos.
c) sofrerá ação de uma força com a mesma direção e sentidocontrário às linhas de força dos campos.
d) sofrerá ação de uma força com a mesma direção e mesmosentido das linhas de força dos campos.

33)(EEAR) No circuito representado pela figura a seguir temos doiscondutores, AB e CD que estão
suspensos, e são paralelos.Após a chave S1 ser fechada, uma corrente elétrica flui pelocircuito.Nessas
condições assinale a alternativa que apresentacorretamente o que ocorre nos condutores AB e CD ,
devido aação do campo magnético gerado por um condutor, sobre ooutro condutor.

a) Sobre os condutores aparecerão forças de atração.


b) Sobre os condutores aparecerão forças de repulsão.
c) Não aparecerão forças nem de atração nem de repulsão, porque é o mesmo circuito.
d) Não aparecerão forças nos condutores, pois a bateria é decorrente contínua.

33
Curso Vitória

34)(EEAR) Uma partícula de massa m, carga elétrica q e velocidadeconstante de módulo igual a 6.10 5
m/s, penetra perpendicularmente em um campo magnético uniforme de intensidade igual a 4.10 –2 T. O
valor do raio da órbita descritapela partícula, em metros, será de

3q 3
.10
a) 2m
3m −5
.10
b) 2q
3 −1 3
mq .10
c) 2
3 −1 7
mq .10
d) 2
35)(EEAR) Uma partícula com carga elétrica igual a 3,2 µC e velocidade de 2.104 m/s é lançada
perpendicularmente a um campo magnético uniforme e sofre a ação de uma força magnética de
intensidade igual a 1,6 .102N. Determine a intensidade do campo magnético (em Tesla) no qual a
partícula foi lançada.

a) 0,25.103
b) 2,5.103
c) 2,5.104
d) 0,25.106

Gabarito:

1)b 2)a 3)a 4)c 5)b 6)a 7)b 8)a 9)d 10)a 11)a 12)d 13)a 14)a 15)a 16)d 17)c 18)b 19)c 20)d 21)d 22)a
23)a 24)a 25)c 26)c 27)a 28)a 29)a 30)a 31)d 32)c 33)b 34)d 35)b

34