Você está na página 1de 7

LOGICA QUANTITATIVA:

MACETE1:

SEQUENCIA DE NUMEROS: 3,7,11,15,19 (...)

Qual o 112º termo:

Nota-se que a diferença entre cada passada é de 4 (3;7 = 4 / 7;11 = 4...)

Para descobrir qual será o 112º termo, pega-se o primeiro termo apresentado, soma pela multiplicação do totais de
termos -1 pela diferença:

112º= 3 + (112-1)*4

112º=3+ 111*4

112º=3+ 444

112º= 447

MACETE 2: PRINCIPIO DE GAUS – SOMA EXTENSÕES

A sucessão de figuras , qual a 100ª. Formação?

O
O OO
O OO OOO
O OO OOO OOOO
O OO OOO OOOO OOOOO

Veja que a soma dos extremos trará sempre o mesmo resultado:

100 99 98 97 (...) 4 3 2 1

97 + 4 = 101
98 + 3 = 101
99 + 2 = 101
100 + 1 = 101
MACETE 3: CICLO DOS CARIMBOS

Sequência de letras que se representam, qual a 555ª posição?

INEARJINEARJINEARJ...

Carimbo: INEARJ

Quantidade letras: 6

Primeiro divide-se a posição pela quantidade de letras:

555 6
54 92
015
012
003

Ou seja, para escrever 555 posições são necessários 92 carimbos mais 3 letras:

Contando as letras:

I–N–E

MACETE 4:

A primeira torneira sozinha enche o tanque em 24 horas e a segunda sozinha enche em 48 horas. Em quantas horas
as duas torneiras enchem o tanque juntas?

Formula:

1 1 1
+
t1 t2 = T

(FAZER O MMC)

1 1 1
+
24 48 = T
2+1 1
48 = T Quando existir uma torneira enchendo e outra esvaziando,
trocar o sinal de + por -
3 1
48 = T

3T = 48*1

3T = 48

T = 48/3

T = 16 HORAS
MACETE 5: CERTEZA MATEMATICA / CASA DOS POMOBS / PIOR CASO

Qual a quantidade mínima de pessoas para que ao menos 3 delas tenham nascido no mesmo mês?

jan fev mar abr maio jun jul ago set out nov dez
X X X X X X X X X X X X 12
X X X X X X X X X X X X 12

PIOR CASO = 24

Mais uma pessoa a possibilidade de 3 = 25

MACETE 6

Um estudante terminou seu trabalho que tinha N páginas, iniciando com a página 1, ele escreveu 270 algarismos.

Então o valor de N é:

A quantidade a ser multiplicada é pelo


paginas x algarismos número de algarismos que existem.
1a9 9x1 9
Os números 1 a 9 possuem apenas 1
10 a 99 90 x 2 180
algarismo.
189
De 10 a 99 possuem 2
N = [(270 – 189 )/3] + 99 De 100 a 999 são 3 e assim
sucessivamente
N = [81 / 3] + 99

N = 27 + 99

N = 126

MACETE 7

Se um livro tem 400 págians, enumeradas de 1 a 400, quantas vezes o numero 2 aparecerá?

1 a 99 , exceto o zero, todos os números aparecem 20X

Sendo assim:

1 99 20

100 99 20

200 299 120

300 399 20

180

MACETE 8

No brasil, o dia dos pais cai no 2º domingo de agosto.

Em um ano bissexto, dia 01/01 foi sábado.

Que dia será o dia dos pais deste ano?

jan fev mar abr maio jun jul total

30 29 31 30 31 30 31 212

calculo do dia 31/07

212 7

(30 dias, que cai no sábado, pq dia 01/01


210 30 foi sábado)

002

(Mais dois dias, então segunda, é o dia 31/07)

s t q q' s sab dom


31/7 1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13

Raciocínio Lógico – Princípios Básicos


Pontos iniciais para começar a entender a disciplina de Raciocínio Lógico,
recorrente nas provas de concurso público.
EDITAL CONCURSOS BRASIL
A disciplina de Raciocínio Lógico é bastante cobrada nos concursos públicos, com destaque
para aqueles que se destinam ao provimento de vagas em carreiras de ensinos fundamental e
médio.

Apesar de recorrente, muitos candidatos se deparam com muitas dificuldades ao encarar as


questões de Raciocínio Lógico, muitas vezes por não entender o que está sendo proposto nas
alternativas.

O primeiro passo é compreender que o Raciocínio Lógico envolve proposições, ou seja,


afirmações que provam, suportam algo, exprimindo pensamento que têm sentido completo. Este
pode ser negativo ou positivo, como nos exemplos abaixo:
1. Mariana gosta de maçã (positivo)
2. André não gosta de maçã (negativo)

Os exemplos acima ilustram proposições que, nada mais são do que sentenças às quais é
possível atribuir valores lógicos, ou seja, verdadeiro ou falso, porém, nunca os dois. As
proposições são, então, sentenças fechadas.
São princípios do Raciocínio Lógico:
 Princípio da Não Contradição: nenhuma proposição é verdadeira e falsa ao mesmo tempo
(o céu é azul ou não é azul, nunca ambos)
 Princípio da Identidade: determina que tudo é igual a si próprio (gato é um gato – B = B)
 Princípio do Terceiro Excluído: a proposição só pode ser verdadeira ou falsa, não
existindo possibilidade de uma terceira opção (aprender novo idioma é fácil ou difícil, não há
meio termo)
O que comprova a veracidade das informações são os chamados conectivos lógicos. Estes unem
as proposições ou, ainda, as transformam em uma terceira. Vejamos:
 Conjunção (símbolo ^): une as duas proposições, formando uma terceira. Neste caso, o
resultado só é verdadeiro se as duas proposições originais as forem. Caso uma delas seja
falsa, o resultado dará negativo. Vejamos o exemplo prático ilustrado:
1. P ^ Q (O doce é caro e o suco não é gostoso)
2. P ^ Q (Felipe é jornalista e Maria é engenheira)

P Q P^Q

V V V

V F F

F F F

 Disjunção (símbolo v): une as duas proposições e é representada pelo conectivo “ou”.
Neste caso, o resultado é verdadeiro se, ao menos, uma das proposições o for. Vejamos o
exemplo prático ilustrado:

** Disjunção inclusiva: relaciona as proposições simples com o conectivo


1. P v Q (Comprarei um relógio ou um anel)
P Q PvQ

V V V

V F V

F V V

F F F

 Disjunção exclusiva: relaciona valores lógicos, nas quais a proposição é verdadeira


quando uma for falsa e, a outra, verdadeira. A operação é considerada falsa quando as
duas proposições forem verdadeiras.
1. P v Q (Ou esse mês é julho ou é junho)

P Q PvQ

V V F

V F V

F V V

F F F

 Condicional (símbolo → ): dá a ideia de condição para que a outra proposição exista. Os


termos podem ser substituídos pela palavra “suficiente” e, aqui, a proposição será falsa
caso o termo da esquerda for verdadeiro e o consequente for falso. Vejamos o exemplo
prático ilustrado:
1. P → Q (Se nasci em Goiânia, então, sou goianiense)

(Se sou goianiense, necessariamente nasci em Goiânia)

P Q P→ Q

V V V

V F F
F V V

F F V

 Bicondicional (símbolo <->): as proposições serão verdadeiras se as duas forem iguais.


O conectivo é substituído pela expressão “se e somente se”. Vejamos o exemplo prático
ilustrado:
1. P <-> Q (Se 10 é maior que 9, então, 9 é menor que 10)

P Q P<-> Q

V V V

V F F

F V F

F F F

 Negação (símbolo ~ ): um dos conectivos mais simples, indica que, ao usar a negação de
uma proposição, inverte-se a afirmação dada. Vejamos o exemplo prático ilustrado:
1. ~P (não P) – (O sanduíche não é barato – negação lógica de P)
2. ~Q (não Q) – (Bacon não é bom para a saúde – negação lógica de Q)

Assim, se uma preposição é verdadeira, vira falsa quando é usada a negação.


Consequentemente, a proposição falsa vira verdadeira quando é usada a negação.

P ~P

V F

F V

Você também pode gostar