Você está na página 1de 23

Apresentação

Neste E-book a autora Maya Arruda Beermann, formada em nutrição pelo Senac e com
diversos cursos na área de saúde integrativa, traz o método que criou nos dez anos
que vem atuando em âmbito nacional na formação de pessoas na arte da “​Culinária
Consciente​” que une prazer e saúde.

A professora é coordenadora técnica dos cursos Bases Fisiológicas e Conscientes o


Programa de 21 Dias e do curso digital ​Saúde Integrativa​. Junto com o Dr. Alberto
Gonzalez e a equipe vem realizando desde 2008 diversas palestras e cursos em todo
território nacional.

Os curso trazem ferramentas que tem sido comprovadas através de seus alunos, ser de
grande eficácia na aplicação profissional ou familiar para a criação de refeições
saborosas e saudáveis que se utilizadas no cotidiano auxiliam na recuperação e
manutenção da saúde.

O objetivo é capacitar o aluno na habilidade culinária consciente, que une o prazer de


se alimentar e as necessidades biológicas do organismo. Despertar a capacidade de
prover durante a alimentação tudo o que é necessário para se manter saudável.

Etapas Importantes

Princípios utilizados na elaboração das receitas

1. Não conter ​alimentos biocidas​ (desvitalizados e são nocivos ao ser humano);


2. Utilizar alimentos vegetais autênticos onde se mantém ao máximo as características
originais;
3. Adotar técnicas culinárias que preservem ao máximo ou potencializem o valor
nutritivo, terapêutico e vital do alimento;
4. Atingir o prazer e satisfação desde o momento de comer, na digestão e
aproveitamento pleno pelo organismo, sem causar prejuízos;
5. Ser adequado e viável às possibilidades de cada um no tempo disponível, recursos
logísticos e financeiros;
6. Utilizar as técnicas e recursos mais adequados para chegar ao prato final de maneira
mais simples, fácil e rápida;
7. Comunicar o amor através da arte culinária.
Princípios Culinários

1. Conhecer o potencial culinário dos alimentos para fazer a melhor escolha ou


substituições;
2. Ter bem definido aquilo que se quer no prato a ser confeccionado e atingir
plenamente em relação à textura, cor, aroma, temperatura e apresentação;
3. Equilibrar os seis sabores para atingir plenitude no sabor;
4. Conhecer e saber utilizar as técnicas culinárias para utilizar a mais adequada;
5. Conhecer e saber utilizar os utensílios;
6. Despertar a habilidade de perceber as ações necessárias para atingir a excelência;
7. Deixar o ato culinário ser um momento criativo e de prazer.

Princípios no plano alimentar diário

1. Saber quais as necessidades individuais e atuais;


2. Distribuir as preparações escolhidas conforme o horário mais adequado para o melhor
aproveitamento do organismo;
3. Combinar as preparações de forma que se complementem nutricionalmente;
4. Adequar conforme suas preferências;
5. Atingir a satisfação plena;
6. Ser prático e fácil de preparar;
7. Ser uma ferramenta de autoconhecimento.

ALIMENTAÇÃO DURANTE A RECUPERAÇÃO E REESTRUTURAÇÃO DA SAÚDE

Critérios na seleção dos alimentos

1. Utilizar alimentos com baixo índice glicêmico e que não aumentem muito a insulina no
sangue;
2. Conter o máximo de nutrientes específicos necessários para a recuperação das células;
3. Ser de fácil digestão e absorção exigindo o menos possível de energia do corpo para
esta função;
4. Auxiliar e regular as funções intestinais;
5. Ser rico em alimentos biogênicos, ou seja, geradores de elementos vitais para o
organismo funcionar em boas condições;
6. Fornecer elementos terapêuticos que auxiliam no tratamento;
7. Ser adequado às demandas biológicas, segundo as funções que ocorrem durante
período do dia e estação do ano.
PLANO ALIMENTAR

1. Leite
2. Suco Verde
3. Fruta nutritivas
4. Pães
5. Cracker
6. Patê
7. Néctares
8. Granola
9. Salada
10. Molhos para saladas
11. Caçarola de legumes
12. Molhos para pratos quentes
13. Hamburguer
14. Vitamina
15. Doce
16. Sopa
17. Fermentado
RECEITAS

LEITE

Leite de coco

Ingredientes:

° 1 coco seco
° 1 lt de água
° Xilitol ou Stévia desidratada em pó a gosto para adoçar (opcional)

Preparo:

Retire toda a água do coco com auxílio de um furador de coco abrindo um dos orifícios
da parte superior do coco, observando que ao bater, um dos três cede com mais
facilidade.

Para retirar a polpa com mais facilidade coloque o coco diretamente na chama do
fogão e com auxílio de dois garfos vire o coco para queimar levemente toda superfície.
Isto faz com que a polpa descole mais fácil da casca.

Espere esfriar um pouco e coloque encima da bancada da pia e com auxílio de um


martelo bata na casca até o coco se partir em pedaços médios.

Com uma faca média retire a polpa da casca. Lave a polpa do coco e corte em pedaços
pequenos.

Bata a polpa de coco com o restante dos ingredientes e coe com o coador de “Voal”.

Pode ser servido quente ou frio. Para servir quente, apenas amornar.

Armazenamento​: Dois dias na geladeira.

Dica: ​guardar o resíduo do leite para outras preparações (pães, bolachas, docinhos).

Rendimento​: 1 litro.
SUCO VERDE

Equipamentos: ​Liquidificador potente

Utensílios:​coador de voal,faca, bacias plásticas, peneira, Jarra.

Técnica: ​Extração de água estruturada,utilizar o liquidificador sem líquidos com bio socador​.

SUCO VERDE (LEITE DA TERRA I)

Ingredientes:

° 2 folhas médias de couve média


° 2 ramas de espinafre (sem talo)
° 3 folhas de acelga
° 5 folhas de alface
° 5 folhas de chicória
° 1 raminho de hortelã (sem talo)
° ½ limão pequeno
° 1 pepino
° 1 maçã Fugi média
° 1 xícara de batata yacon
° 1 xícara de água de coco
° 1 colher de sopa de painço germinado
° 2 colheres de girassol germinado
° 10 unidades de castanha do pará hidratadas
Preparo:​Lavar em água corrente todos os ingredientes.

Cortar a maçã em quatro e retirar as sementes, mas conservar a casca. Cortar cada
pedaço da maçã ao meio novamente.

Cortar o pepino com a casca em pedaços médios.

Rasgar ou cortar com tesoura as folhas em partes menores retirando os talos mais
duros. Em uma vasilha colocar as folhas mais duras e fibrosas por baixo e as mais
moles por cima para serem colocadas no liquidificador primeiro.
Colocar o pepino, água de coco e metade da maçã no liquidificador. A quantidade
destes ingredientes deve chegar no máximo na metade do liquidificador. Ligar o
aparelho na velocidade mínima e com auxílio de um “biossocador” fazer movimentos
bruscos para baixo e no sentido da rotação, para auxiliar a trituração dos ingredientes
pelo liquidificador. Introduzir aos poucos as folhas mais macias e por último as mais
duras. Toda vez que colocar cada porção de folhas, auxiliar o giro com o “biossocador”
fazendo movimentos pra baixo e circulares no mesmo sentido da hélice do
liquidificador. Aumentar a velocidade na medida que o aparelho for tendo dificuldade
em triturar. Bater até formar uma papa mole.

Por último, adicionar as sementes germinadas e a castanha e liquidificar na velocidade


máxima, auxiliando o giro da hélice com o “biossocador” fazendo movimentos
circulares no mesmo sentido.

Coar no saco de “Voal”.

Armazenamento​: consumo imediato.

Rendimento​: 750ml.
FRUTA NUTRITIVA

Equipamento: ​liquidificador.

Utensílios:​bacias, faca, tacinhas.

Técnicas:​ Bater massa no liquidificador com auxílio de um biosocador.

Creme de manga com kiwi

Ingredientes:

° 1 ​Mangas Palmer madura


° 1 xícara de mamão maduro
° 1 Kiwi cortado em cubinhos
° 1 colher de chá de canela em pó
° 2 colheres de linhaça hidratada
° 2 colheres de Chia
° 1 colher de sopa de goji
° 1 colheres de girassol amornado
° 1 colheres de gergelim branco amornado

Preparo

Descascar a manga e o mamão e cortar em pedaços grosseiramente.Bater no


liquidificador com ajuda de um biosocador (cenoura grande)com a linhaça e a canela
até virar um creme espesso. Colocar em uma vasilha o creme de manga, o kiwi, a goji e
a chia. Misturar levemente. Colocar em tacinhas e polvilhar por cima as sementes de
gergelim e girassol.

Armazenamento:​ consumir em um dia, manter refrigerado.

Rendimento​: 2-3 porções.


PÃO

Preparo do Trigo germinado

O trigo deve ser de boa qualidade, os de variedade mais adocicadas ficam mais
saborosos.

Lavar bem os grãos em água corrente. Colocar as sementes em uma vasilha com o
triplo de volume de água por 8 horas. Esta é a fase de hidratação.

Retirar o trigo da água e coloque em uma peneira que deve estar acomodada dentro
de uma vasilha redonda, de forma que não encoste no fundo da vasilha. Isto é
necessário para que o ar circule e os grãos não tenham contato com a água que
escorre no fundo da vasilha.

O trigo deve ficar acomodado desta forma até germinar. Esta vasilha precisa ficar em
cima de uma bancada ou mesa, em local arejado. O local escolhido deve ser onde você
possa acompanhar a brotação e controlar a hidratação.

Manter o trigo sempre úmido lavando em água corrente sempre que estiver seco.
Escorrer bem a água para não acumular no fundo da vasilha. Quando o brotinho sair
na extremidade da semente o trigo e ficar macio já pode ser utilizado.

O trigo quando germinado não deve estar duro, pois se isso ocorrer a massa fica
pesada. Os fatores que podem deixar o trigo duro depois de germinado é a hidratação
escassa (aumentar a rega) ou o frio (banhar o trigo em água morna ou escolher dias
mais quentes para germinação).

O trigo deve ser utilizado assim que sair o início do brotinho (raiz em uma das
extremidades). Quando a brotação aumenta muito de tamanho (a raiz) a semente ao
ser utilizada para fazer pães deixa a massa muito úmida e adocicada o que prejudica o
sabor e desanda a textura.
Armazenar o trigo germinado

Você pode armazenar este trigo e manter esta germinação ideal para panificação
colocando o trigo no sol ou aparelho de desidratar até o grão perder o máximo de
umidade.

Preparo da Farinha de trigo germinada

Passar o trigo germinado desidratado pelo moinho de farinha ou bater no


liquidificador.Se a escolha for o liquidificador será necessário passar o trigo após ser
triturado a primeira vez por uma peneira para obter uma farinha mais fina e separar o
triguilho mais grosso voltando novamente para o liquidificador e bater novamente até
formar uma farinha fina.

Pão de frigideira trigo, aveia e chia

Ingredientes:

° 2 xícaras de farinha de trigo germinado


° ½ xícara de farinha de aveia
° 2 colheres de sopa de chia
° 1 colher de sobremesa de sal
° 1 e 1/2 xícara de água (ajustar se necessário para dar o ponto)

Preparo:

Em uma vasilha redonda grande coloque a farinha, a farinha de aveia e a chia. Adicione
o sal e aos poucos a água misturando e amassando com as mãos até formar uma
massa homogenia e lisa.

Lave as mãos para trabalhar com a massa sem grudar mais. Unte as mãos com azeite.

Em uma superfície lisa (mármore, vidro ou inox) coloque um fio de azeite e a massa
por cima. Amasse até a massa ficar macia e elástica. Deixe a massa descansar por 10
minutos. Amasse mais um pouco. Faça um cilindro grosso com a massa e corte em 6
partes iguais.

Faça bolinhas e depois amasse para virar um disco. Pegue um rolo de macarrão, unte
com azeite. Passe o rolo em cada disco para deixar mais fino e maior.
Em uma frigideira pequena antiaderente coloque um disco e deixe até descolar na
frigideira e criar uma crosta firme. A massa pode inflar um pouco, isso é bom sinal que
a massa está macia. Vire do outro lado. Deixe a massa ficar mais firme e coloque
diretamente na chama do fogão com ajuda de uma pinça própria para culinária ou
pegador de pão, por alguns segundos, não deixe a massa queimar. Isso pode ser feito
se você desejar que a massa fique mais macia, ela vai inflar mais com esse
procedimento. Volte o disco para frigideira do mesmo lado que estava para terminar
de secar e criar uma crosta.

Faça o mesmo procedimento com os outros discos.

Passe na frigideira somente os discos que vão ser consumidos na hora. Os outros
podem ser armazenados na geladeira colocando em um prato e separando cada um
com filme plástico. A última camada deve estar protegida com filme plástico para não
ressecar a massa. Essa massa pode ficar por 5 dias na geladeira.

Armazenamento: ​5 dias na geladeira (sem passar na frigideira)

Rendimento:​ 6 unidades pequenas

CRACKER

Cracker de Linhaça

Ingredientes:

° ½ xícara de linhaça dourada


° 1 xícara de amêndoas
° 2 castanhas do pará
° 2 colheres de semente de girassol
° 2 colheres de gergelim branco
° 1 e 1/2 xícara de água
° 1 colher de sopa de chia
° 2 azeitonas pretas sem caroço
° 1 tomate
° 1 dente de alho
° 1 abobrinha média ralado grosso
° 1 colher de chá de orégano
° ¼ de colher de chá de pimenta caiena
° 2 colher de chá de sal do himalaya
° 2 colheres de sopa de azeite
Preparo:

Fazer a farinha: Bater no liquidificador a amêndoas até virar farinha. Se necessário


chacoalhar levemente o liquidificador para que a parte de cima entre em contato com
a hélice e seja triturado. Reserve.

Fazer o mesmo procedimento com a linhaça para virar farinha. Reserve.

Bater no liquidificador metade da água com o tomate, o alho, a azeitona, a castanha


do para, o sal, o azeite, o orégano, a pimenta cayena.

Em uma tigela colocar a linhaça e acrescentar aos poucos o líquido que acabou de
bater no liquidificador mexendo sempre para não formar grumos. Acrescentar a
farinha de linhaça, a chia, a farinha de amêndoas, a abobrinha e as sementes de
girassol e gergelim. Acrescentar aos poucos o restante da água mexendo sempre para
não forma “grumos” até que a massa fique homogenia.

Deixar por 6 a 8 horas na geladeira para apurar os temperos.

Espalhar em um “teflex” com auxílio de uma espátula o mais fino possível, sem deixar
espaços vazios.

Caso queira agilizar o preparo pode deixar a massa descansar por menos tempo de 15
a 20 min para que a linhaça solte a mucilagem e chegue no ponto necessário que
permite espalhar no teflex.

Desidratar em um desidratador por 12 horas, as primeiras duas horas a 68Cº e depois


abaixe para 43Cº. Pode ser desidratado no sol se a temperatura permanecer constante
entre 28Cº a 38Cº. Se esta for a escolha espalhe a massa em um vidro e vire com ajuda
de uma espátula quando a parte superior estiver firme.

Quebrar a massa com as mãos ou cortar com tesoura. Guardar em pote de vidro
hermético.

Armazenamento: ​6 meses em pote de vidro hermético em temperatura ambiente​.

Rendimento: ​25 unidades


PATÊ

Ricota de amêndoas

Ingredientes:

° 1 e ½ xícara de amêndoas hidratadas sem casca


° 3 colher de sopa de azeite de oliva extra virgem
° 2 colher de chá de sal do Himalaya
° ¼ de xícara de zatar (tempero árabe)
° 3 xícaras de água
° ½ xícara de kefir ou fermento lácteo (ver medida na embalagem)
° Gotas de limão
Preparo: ​Bater a amêndoas no liquidificador com a água até formar um leite. Despejar
em um pote de vidro. Colocar o kefir em um saco de Voal e mergulhar no leite para
fermentar durante 8 a 12 horas. O ponto ideal de fermentação é quando o sabor
estiver levemente azedo. Não deve estar amargo, se isso ocorrer diminuir o tempo. Se
estiver com cheiro putrefativo, houve contaminação, descartar.

Retirar o kefir do leite. Passar a massa por um coador de voal.

Reservar o líquido (soro) para outras receitas. Manter este soro na geladeira.

Adicionar o sal e o hortelã e misturar bem. Modelar os queijos com as mãos em forma
de bolinhos e passar no zatar para ser incorporado em toda área externa da bola. Com
filme plástico envolver todo o queijo e apertar bem para não esfarelar. Levar a
geladeira.

Dica:​ Para tirar a casca das amêndoas ferver água por três minutos. As cascas vão sair
facilmente apertando as com as mãos. Em pequenas quantidades pode retirar uma a
uma as casquinhas com as mãos não sendo necessário aferventar em água.

Armazenamento: ​3-4 dias na geladeira.

Rendimento:​ 250 gramas


NÉCTAR

Néctar de mamão, maçã, pepino e maracujá

Ingredientes:

° 1 pepino médio
° 1 xícaras de mamão maduro
° 2 maçãs fugi
° 1 maracujá médio
° 4 folhas de hortelã (opcional)

Preparo: ​Bater todos os ingredientes no liquidificador e coar no coador de “voal”.

Armazenamento​: ​consumir no dia, manter refrigerado​.

Rendimento​: 300ml.
GRANOLA

Granola

Ingredientes:

° 1 xícara de semente de abóbora


° ½ xícara de semente de girassol
° ½ xícara de gergelim
° 2 xícaras de amêndoas
° ¼ de xícara de castanha do pará
° ½ xícara de tâmaras hidratadas
° 2 maçãs descascadas, sem sementes cortadas grosseiramente
° 2 colheres de sopa de agavi (opcional)
° 1 colher de chá de canela
° ½ fava de baunilha
° 1 pitada de sal do himalaya
° ¼ de colher de chá de raspas de limão ou laranja

Preparo:

Hidratar todas as sementes juntas e a tâmara separada por oito horas. Escorrer a água.

No processador, triture as sementes hidratadas grosseiramente. Reserve.

Escorra a água da tâmara. Bata no liquidificador a maçã, a tâmara, a canela, a baunilha,


o sal, as raspas de limão e o agavi. Em uma vasilha despeje esta mistura encima das
sementes trituradas e misture bem com auxilio de uma colher.

Espalhar a massa numa folha de “Teflex” e desidrate por 12 a 14 horas, as duas


primeiras horas a 68Cº e depois abaixe para 43Cº. Vire “esmigalhe” com as mãos para
formar a granola quando se passarem 8 horas ou um dos lados da massa já estiverem
seco.

Pode ser desidratado no sol se a temperatura permanecer constante entre 28Cº a


38Cº. Se esta for a escolha espalhe a massa em um vidro e vire com ajuda de uma
espátula quando a parte superior estiver firme.

Armazenamento: ​6 meses na temperatura ambiente em recipiente de hermético.

Rendimento: ​500g.
SALADA

Salada I

Ingredientes:

° 4 folhas grandes de alface crespa cortadas em quadradinhos


° 1 xícaras de espinafre (folhas inteiras)
° ½ xícara de repolho roxo cortado em cubinhos
° ½ xícara de cenoura ralada fino no “Mandolim”.
° ½ xícara de nabo ralado fino no “Mandolim”
° ½ xícara de tomate cereja (inteiros)
° 6 unidades de azeitonas pretas picadinhas
° 1 colher de sopa de semente de abóbora tostada
° 5 folhas de manjericão

Preparo​: Em uma vasilha misture todos os ingredientes.

Rendimento: ​4-5 porções

MOLHO PARA SALADAS

Molho de Damasco

Ingredientes:

° ¼ de xícara de damasco
° 2 colheres de sopa de mostarda
° 1 dente de alho descascado
° ¼ de xícara de azeite de oliva
° 2 colheres de sopa de vinagre de maçã
° 1 colher de sal do himalaya
° Água o suficiente para dar o ponto cremoso
Preparo:​ Bater todos os ingredientes no mixer.

Armazenamento:​ 3-4 dias na geladeira em pote de vidro com tampa.

Rendimento:​150ml
CAÇAROLA DE LEGUMES

Caçarola de legumes I

Ingredientes:

° 2 xícaras de brócolis cortados em buque finos


° 2 xícara de couve-flor cortado em buque fino
° 1 xícara de cenouras cortadas fino na “Mandolina”
° 2 dentes de alho ralado fino
° 1 cebola média picadinho fino
° 1 colher de sopa de cúrcuma em pó
° 2 colheres de sopa de azeite
° 1 colher de chá de sal do himalaya
°
Preparo​: Numa panela de pedra, barro ou frigideira antiaderente grossa (tipo Italiana)
amornar no azeite o alho e cebola até soltar o aroma. Acrescente a cúrcuma e mexa
até dissolver.

Adicione o restante dos ingredientes mexendo levemente até misturar. Tampe a


panela e deixe no fogo mínimo por alguns minutos até amaciar os legumes mas ficar
na textura “al dente”.

Armazenamento:​ um dia na geladeira em refratário com tampa.

Rendimento:​ 5-6 porções.


MOLHO PARA PRATOS QUENTES

Molho branco com espinafre

Ingredientes:

° 1 xícara de leite de coco ou amêndoas


° ½ xícaras de espinafre (folhas inteiras) picadinho
° 2 colheres de sopa de manteiga vegetal
° 2 colheres de sopa de farinha de trigo germinada
° 1 colher de chá de alho ralado
° 2 colheres de sopa de cebola picadinha fino
° 1 colher de café de noz moscada
° 1 colher de sopa de lemon pepper
° 1 colher de sobremesa de sal rosa

Preparo​:

Coloque o espinafre em um escorredor metálico e escalde com água fervendo para


amaciar. Reserve.

Em uma panela de pedra, barro ou frigideira antiaderente grossa tipo italiana derreta a
manteiga e amorne mexendo com uma colher de pau levemente a cebola, o alho até
soltar o aroma. Com o fogo ainda ligado no mínimo, adicione a noz moscada, o limão
pepper e a farinha de trigo germinada. Mexer constantemente adicionando aos
poucos o leite para diluir a farinha completamente até formar um liquido cremoso.
Adicionar o espinafre e mexer levemente.

Servir com massas, batatas ou legumes.

Rendimento: ​4-5 porções

Armazenamento: ​um dia na geladeira


HAMBURGUER

Hamburguer de lentilha germinada com molho de alcaparras

Ingredientes:

° 1 xícaras de lentilha germinada descascada


° 1/2 xícara de shimeji
° 1/2 xícara de farinha de arroz
° 1/2 cebola média bem picadinha
° 1/2 colher de chá de alho ralado fino
° ¼ colher de chá de pimenta cayena
° ¼ colher de chá de pimenta do reino
° 1 colher de chá de sal
° 2 colher de chá de missô
° 1 colher de farinha de linhaça dourada diluída em 3 colheres de sopa de água
° 2 colheres de azeite de oliva
° 2 colheres de óleo de coco virgem

Preparo:

Em uma panela de pedra, barro ou ferro amorne a cebola e o alho no azeite. Adicione
o missô misture bem e amorne por mais 1 minuto. Acrescente a lentilha e o cogumelo
e amorne até suavizar o gosto amargo da lentilha. Experimentar para verificar se isso
ocorreu. Bata no processador com restante dos ingredientes menos o óleo de coco.

O óleo de coco deve ser utilizado para amornar o hamburguês.

Modele a massa no formato de hambúrguer e amorne com óleo de coco em uma


chapa de pedra até que fiquem corados.

Sirva com molho de alcaparras (ver receita em molhos)

Armazenamento: ​3-4 dias na geladeira em pote de vidro com tampa.

Rendimento​: 10 unidades pequenas


VITAMINA

Vitamina verde 1

Ingredientes:

° ½ xícara de morangos
° 1 xícara de maçã sem sementes cortadas em cubos
° 1 banana nanica
° ½ xícara de polpa coco
° 1l de água de coco
° 5 unidades de castanha do pará
° 2 colheres de sopa de chia
° 2 folhas de alface
° 2 folhas de chicória
° 3 folhas de orapronobis
° 1 colher (café) de gengibre ralado
° 1 baga de cardamomo
° 1 colher de sopa de goji

Preparo​:

Bater tudo no liquidificador.

Armazenamento:​ um dia na geladeira.

Rendimento:​ 5-6 porções.


DOCE

Manjar de coco com calda de ameixa

Ingredientes:

° 2 copos de leite de coco


° 6 colheres de sopa de farinha de aveia
° 1 colher de chá de canela em pó
° 4 colheres de chá de xilitol ou agave
° 1 pedaço de fava de baunilha
° ¼ xicara de ameixa sem caroço hidratada
° ¼ xicara de tâmaras sem caroço hidratadas
° ½ colher se sopa de caldo de limão.

Preparo:

Bater tudo no liquidificador todos os ingredientes, menos a ameixa, a tâmara e ocaldo


de limão. Coloque este liquido uma panela e com auxílio de uma colher de pau mexa
até virar um creme encorpado. Despeje em tacinhas individuais.

No liquidificador bata a tâmara, a ameixa e o caldo de limão com um pouco da água


em que a ameixa ficou hidratando até formar uma calda. Despeje sobre as tacinhas.

Armazenamento​ consumir em um dia, manter refrigerado.

Rendimento:​ 5 porções.
FERMENTADO

Chucrute

Ingredientes:

° 5 xícara de repolho branco cortado fininho no “Mandolim”


° 2 xícaras de repolho Repolho roxo cortado fininho no “Mandolim”
° ½ xícara de Cenoura ralada fino no “Mandolim
° 1 xícara de rabanete cortado em rodelas finas no “Mandolim”
° 2 colheres de chá de orégano
° 3 colheres de sopa de mel
° 1 e ½ colher de sal do himalaya
° 100ml de água
° 1 colher de sopa de gengibre ralado
° Um pote de vidro com capacidade para 600ml de líquido até a borda. A abertura do
vidro precisa ser larga o suficiente para passar sua mão.

Preparo:​faça um molho com a água, o gengibre, o orégano, o sal e o mel. Coloque o


repolho branco, o repolho roxo, a cenoura e o rabanete em vasilhas separadas e
temperem todos com o molho de gengibre e mel misturando bem com uma colher.

Em um vidro esterilizado, coloque apertando bem com as mãos todo repolho roxo, 1/4
do repolho branco, metade da cenoura, 1/4 de repolho branco, metade do rabanete,
mais ¼ do repolho branco, a outra metade da cenoura, ¼ de repolho branco e o
restante do rabanete completando o vidro passando um pouco a borda para
preencher bem o espaço entre a tampa. Feche com a tampa (deve haver uma pressão
para fechar). Coloque um prato embaixo do vidro para recolher algum líquido que
possa vazar. Deixe em temperatura ambiente por 2-3 dias para fermentar.

Importante: ​O processo de fermentação precisa ser realizado sem a presença de ar.


Para isso ocorrer precisa ser pressionado bem com as mãos até irem soltando água
que irá preenchendo os espaços vazios.O indicativo da presença de ar se da quando os
ingredientes após um dia de fermentação ficam escuros perdendo a cor original. Caso
isso ocorra descarte a parte escura e mantenha os que permaneceram com a cor
original.

Armazenamento​: 1 mês na geladeira em vidro tampado.

Rendimento​: 1 pote de 500ml.


SOPA

Sopa de legumes com lentilha germinada

Ingredientes:

° 1 xícara de abobrinha cortada fino na mandulina


° 1 xícara de tomate maduro sem sementes
° 1 xícara de cenoura cortada fino na mandulina
° 200 gr de lentilha germinada e amornada
° 1 colher chá de gengibre
° 1 colher de chá de alho
° 1 colher chá de cúrcuma
° 1 colher de chá de Lemon Pepper
° 1 colher de café de páprica picante
° 1 xícara de polpa de coco batida no liquidificador
° ½ xícara de azeitona sem caroço picadas fininho
° 1 colher (sopa)de sal
° 2 colheres de sopa de gergelim amornado (decorar)
° 1 colher de sopa de orégano (decorar)
° 4 xícaras de água (ajustar se for necessário)

Preparo

Em uma panela de pedra, barro ou ferro, amorne mexendo levemente com uma colher
de pau a polpa de coco as azeitonas, o gengibre, o alho, a cúrcuma, o lemonpepper, a
páprica picante até os temperos soltarem o aroma. Adicione o tomate e o sal amorne
mexendo levemente até o tomate murchar e soltar o caldo. Acrescente a cenoura, a
abobrinha, e a lentilha amorne até a lentilha perder o sabor amargo e ficar levemente
adocicada.

Bata tudo no liquidificador acrescentando água aos poucos até ficar uma liquido
cremoso.

Decore com sementes de gergelim amornadas e orégano

Armazenamento: ​12 horas na geladeira em refratário de vidro com tampa

Rendimento: ​5-6 porções