Você está na página 1de 2

CATEGORIA: Relato de experiência

INTERVENÇÃO FONOAUDIOLOGICA NA SAÚDE VOCAL

1
Aline Gomes de Lima Azevedo
2
Leila Rodrigues Moura
Linaya Brauna Martins³
RESUMO
Introdução: Os problemas relacionados à voz ocorrem frequentemente em profissionais que
usam esta como ferramenta de trabalho, como os cantores (GAMA et al, 2011). As disfonias,
disfunções nas pregas vocais, são comuns em profissionais que desconhecem ou não fazemo
uso adequado da voz, além de não realizar os cuidados apropriados com a mesma. Para isso o
Fonoaudiólogo é o profissional habilitado para realizar tratamento e prevenção dedisfonias,
orientação vocal, além deviabilizar uma qualidade vocal adequada(BEHLAU, 2004). Objetivo:
Com o intuito de apresentar a importância da orientação fonoaudiológica para o
aperfeiçoamento vocal e, assim, o empoderamento do cantor em relação a sua voz, foi realizado
o presente relato de experiência. Metodologia: Através da vivência de uma cantora amadora
gospel, este trabalho foi realizado com base em um comparativo da qualidade de vocal, antes e
após o uso de técnicas fonoaudiológicas e cuidados com a voz. Ao decorrer do trabalho foram
abordados assuntos como respiração costodiafragmática, aquecimento e desaquecimento vocal,
entre outros. Resultados e Discussão: Nos cantores, principalmente os amadores, é possível
observar evidências de uma qualidade vocal prejudicada. Pois, por muitas vezes por falta de
conhecimento, selecionam ajustes musculares inadequados à voz e ou adotam um modelo de
voz inadequada para as suas características anatomo-fisiológicas laríngeas, assim ocasionando
disfonias (ANDRADE, FONTOURA, CIELO, 2007). Ao término do trabalho realizado, e até
mesmo durante a terapia, pode-se notar o alcance de resultados satisfatórios, pois a cantora
apresentou melhoras nos parâmetros vocais propostos antes de começar o acompanhamento.
Conclusões: Salienta-se a imprescindível relevância de uma intervenção fonoaudiológica para o
uso profissional da voz, em especial para o público de cantores amadores.Pois o fonoaudiólogo
irá orientar quanto a hábitos mais saudáveis para a manutenção da voz e como fazer uso da
mesma de maneira adequada, melhorando a resistência e a qualidade da voz, além de alcançar o
máximo do potencial. E o que se percebe é um desconhecimento populacional em relação a esse
assunto.
Palavras-chave: Voz.Canto gospel. Fonoaudiologia. Disfonias. Promoção de saúde. Cantores
amadores

REFERÊNCIAS:
ANDRADE,S.R.; FONTOURA,D.R.;CIELO,C.A.Inter-relações entre Fonoaudiologia e canto. Edi.07.
Rev. MusicaHodie. 2007.
GOULART, B.N.G; ROCHA, J.G; CHIARI, B.M. Intervenção fonoaudiológica em grupo de cantores
populares: estudo prospectivo controlado. Ed.01. São Paulo, J.Soc. Bras. Fonoaudiol., 2012.
BEHLAU, M. Voz: o livro do especialista volume 1. Ed.01. Rio de Janeiro, Revinter, 2004.
PINHO, SMR. Manual de Higiene Vocal para Profissionais da Voz. Ed.01. Carapicuíba, Pró-Fono,
1997.
GAMA, A.C.C.; et al. Técnicas Vocais para Terapia de Voz.Ed.01 São Paulo, Sociedade Brasileira de
Fonoaudiologia, 2011.