Você está na página 1de 3

Exercícios

Coulometria:

1) Em um potencial de -1,0 V (VS. ECS), tetracloreto de carbono em metanol é


reduzido a clorofórmio em um cátodo de Hg:
2CCl4 + 2 H+ + 2 e- + 2 Hg(l) 2 CHCl3 + Hg2Cl2(s)
A -1,8 V, o clorofórmio ainda reage para dar metano:
2 CHCl3 + 6 H+ + 6 e- + 6 Hg(l) 2 CH4 + 3 Hg2Cl2(s)
Uma amostra contendo 0,750 g de CCl4, CHCl3 e outras espécies orgânicas inertes foi
dissolvida em metanol e eletrolizada a – 1,0 V até que a corrente se aproximou de zero.
Um coulômetro indicou que haviam sido usados 11,63 C. A redução continuou até – 1,8
V e ainda foram usados 68,6 C adicionais para completar a reação. Calcule a
porcentagem de CCl4 e CHCl3 na mistura.

2) Uma amostra de 6,39 g de um preparado contra formigas foi decomposta por via
úmida, com H2SO4 e HNO3. O arsênio no resíduo foi reduzido para o estado trivalente
com hidrazina. Depois que o excesso de agente redutor foi removido, o arsênio (III) foi
oxidado com I2 gerado eletroliticamente em meio alcalino fraco:
HAsO32- + I2 + 2 HCO3- HAsO42- + 2 I- + 2 CO + H2O
A titulação foi completada depois que uma corrente constante de 101,1 mA passou por
12 min e 36 s. Expresse os resultados desta análise em termos de porcentagem de As2O3
na amostra original.

3) Uma amostra de 0,0809 g de ácido orgânico monoprótico purificado foi dissolvida


em mistura de álcool/água e titulada com íons hidróxido gerados coulometricamente.
Com uma corrente de 0,0324 A, foram necessários 251 s para atingir o ponto final de
fenolftaleína. Calcule o equivalente grama do ácido.

4) Traços de anilina podem ser determinados por reação com excesso de Br2 gerado
eletroliticamente:
C6H5NH2 + 3 Br2 C6H2Br3NH2 + 3 H+ + 3 Br-
A polaridade do eletrodo de trabalho é então invertida e o excesso de bromo é
determinado por titulação coulométrica envolvendo a geração de Cu(I):
Br2 + 2 Cu+ 2 Br- + 2 Cu2+
Quantidades adequadas de KBr e sulfato de cobre (II) foram adicionadas em uma
amostra de 25,0 mL contendo anilina. Calcule quantos microgramas de C6H5NH2
existem na amostra, de acordo com os dados:
Eletrodo gerador funcionando Tempo de geração com
como: corrente constante de
1,00 mA, min
Ânodo 3,76
Cátodo 0,270
Voltametria:

1) A droga Librium dá uma onda polarográfica com E1/2 = -0,265 V em H2SO4 0,05
mol/L. 50,00 mL de uma amostra contendo Librium deram uma altura de onda de 0,37
µA. Quando foram adicionados 2,00 mL de Librium 3,00 x 10-3 mol/L na amostra, a
altura da onda polarográfica aumentou para 0,80 µA. Qual a concentração molar de
Librium na amostra de concentração desconhecida?

2) Utilizou-se Cd2+ como padrão interno na análise de Pb2+ por voltametria de


redissolução. O Cd2+ dá um pico de redução em – 0,60 V, e o Pb2+ dá um pico de
redução em – 0,40V. Verificou-se primeiro que a razão das alturas dos picos é
proporcional à razão das concentrações em toda a faixa empregada no experimento. O
resultado para as misturas conhecida e desconhecida estão apresentados a seguir:

Constituinte Concentração (mol/L) Corrente (µA)


Mistura conhecida
Cd2+ 3,23 x 10-5 1,64
Pb2+ 4,18 x 10-5 1,58
Mistura desconhecida
Cd2+ ? 2,00
Pb2+ ? 3,00

A mistura desconhecida foi preparada misturando-se 25,00 mL de amostra de


concentração desconhecida (contendo somente Pb2+) mais 10,00 mL de solução 3,23 x
10-4 mol/L de Cd2+ e diluindo a 50,00 mL. Calcule a concentração de Pb2+ na amostra
desconhecida original.

3) Calcule a massa em miligramas de cádmio por mililitros de amostra, baseado nos


seguintes dados (corrigidos para a corrente residual):

Volumes usados,mL
Solução Amostra KCl, Cd2+, H2O Corrente,
0,400 M 2,0 x 10-3 M µA
(a) 15,0 20,0 0,00 15,0 79,7
15,0 20,0 5,00 10,0 95,9
(b) 10,0 20,0 0,00 20,0 49,9
10,0 20,0 10,0 10,0 82,3
(c) 20,0 20,0 0,00 10,0 41,4
20,0 20,0 5,00 5,00 57,6
(d) 15,0 20,0 0,00 15,0 67,9
15,0 20,0 10,0 5,00 100,3

4) Uma amostra desconhecida deu um sinal polarográfico de 10,0 µA.Quando 1,00 mL


de padrão 0,0500 mol/L foi adicionado a 100,0 mL da solução desconhecida, o sinal
aumentou para 14,0 µA. Encontre a concentração da solução desconhecida original.
5) As seguintes correntes de difusão foram medidas a -0,60 V para CuSO4 em NH4Cl 2
mol/L / NH3 2 mol/L.Utilize o método dos mínimos quadrados para estimar a
concentração molar de uma solução desconhecida que está dando Id = 15,6 µA.

[Cu2+] (mmol/L) Id (µA) [Cu2+] (mmol/L) Id (µA)


0,0393 0,256 0,990 6,37
0,0780 0,520 1,97 13,00
0,1585 1,058 3,83 25,0
0,489 3,06 8,43 55,8

6) O chumbo foi determinado polarograficamente em um eletrodo gotejante de mercúrio


por medidas em HNO3 1 mol/L. A corrente limite na curva do Pb(II) foi medida em -
0,60 V vs. ECS. Nesse potencial, a corrente residual foi 0,12 µA.O método dos padrões
externos foi empregado e os seguintes resultados foram obtidos:

Concentração de Pb(II), mmol/L Corrente limite, µA


0,50 4,37
1,00 8,67
2,00 17,49
3,00 25,75
4,00 34,35
5,50 47,10
6,50 55,70
Amostra 12,35