Você está na página 1de 3

ESTRELA FLAMÍGERA

INTRODUÇÃO

A Estrela Flamígera é um dos símbolos do grau de companheiro


que traz consigo grande carga de representatividade e simbolismo
maçônico. Durante este trabalho abordarei algumas de suas peculiaridades,
que a faz objeto de vários estudos na maçonaria.

A ESTRELA FLAMÍGERA

A Estrela Flamígera ou Flamejante e


representada com cinco pontas e deriva do latim
“flammantis” que expele chamas e “flammigerus” que
gera chamas. É o símbolo distintivo do Grau de
Companheiro, que conhece a fórmula EVAEF
(Eu Vi A Estrela Flamígera), em nosso ritual, consta:
“Contemplai esta Estrela misteriosa (aponta para a Estr  Flam ), e
nunca a afasteis do vosso espírito”.

Ao centro da Estrela Flamígera brilha a letra “G”. Esta letra “G”


tem tido muitas explicações: a Glória de Deus, a Grandeza do Mestre, a
Geometria universal e ainda o Gênio, a Geração, a Gravitação, a Gnose.
Procuraram-se igualmente explicações na Cabala. No que concerne à
estrela flamejante, o rito francês diz:
"A estrela flamejante é o emblema do gênio que eleva às grandes coisas. É a
imagem do fogo sagrado que abrasa a alma de todo homem que,
resolutamente, sem vaidade, sem baixa ambição, volta a sua vida a gloria e
à felicidade da humanidade."

Páá giná 1
Em outros ritos a Estrela Flamígera pode ser tanto de cinco,
quanto de seis pontas. Também conhecido como Flamante, ou Rutilante,
pode ser, na Maçonaria, pentagonal ou Hexagonal.
A pentagonal, ou Pentagrama, ou Pentalfa, ou estrela de cinco
pontas está presente na maior parte dos ritos (A de seis pontas está presente
no Rito de York). Ela é, também, um dos símbolos da magia e já foi usada
como tal em ritos místicos.

LOCALIZAÇÂO NA LOJA

Em loja, a Estrela Flamígera fica colocada ao Sul, pendente do


teto, ou nele pintada, também pode ser colocada na parede sul, ocupando
posição intermediária entre o sol, no oriente, e a lua, no ocidente, como
representação do planeta Vênus. Durante a elevação ao grau de
companheiro a “Estrela Flamígera” e exposta ao aprendiz quando a
realização da 5ª (Quinta) e ultima viagem simbolizando a luz.

OUTROS RITOS

Os Rituais do mundo e os diversos Ritos Maçônicos não se


entendem também quanto à colocação da Estrela Flamígera no alto do
recinto do Templo. Uns a colocam no oriente a frente do trono, outros a
configuram no interior do D, o que parece mais sugestivo, principalmente
quando o obreiro na elevação de grau é chamado a contemplar o Triângulo
Radiante.
Outros, entendendo que ela é de brilho intermediário, isto é, de
luminosidade simbolicamente situada entre a luz ativa do sol e a luz
próxima ou reflexa da lua, mandam situá-la no meio do teto do templo,
dependurada, ou pelo menos no meio-dia, onde à maneira inglesa está o 2º
Vigilante.
Outros a consideram uma estrela do ocidente. Lojas do Rito
Moderno as têm colocado no ocidente ao lado do 2° Vig, entende-se que
a melhor forma é se colocar de maneira que o iniciado possa contemplar o
símbolo quando é chamado a fazê-lo.

Páá giná 2
CONCLUSÃO

A Estrela Flamígera é dotada de grande simbologia que ao longo


do tempo foram impostas a mesma por estudiosos, matemáticos e magos,
mais que na representatividade do grau de companheiro representa a luz
que abrasa a alma do homem para seguir o caminho da retidão e da
felicidade da humanidade.

BIBIOGRAFIA

 Manual do Companheiro Maçom


 http://trabalhosdamaconaria.blogspot.com.br/2012/09/o-painel-da-
loja-de-companheiro.html
 Henri Durville - A CIÊNCIA SECRETA II
 http://www.fraternidadeserrana.com.br/Simbolismo%20e
%20alegorias.htm
 http://www.portaldoastronomo.org/tema_pag.php?id=30&pag=4
 http://pt.wikipedia.org/wiki/Propor%C3%A7%C3%A3o_
%C3%A1urea

____________________________________

Páá giná 3

Você também pode gostar