Você está na página 1de 14

SALVADOR, BAHIA,

TERÇA-FEIRA
<#E.G.B#220484#1#246096>

DIÁRIO OFICIAL 22 DE MAIO DE 2018

ANO III
No 22.422

Morte de Coriolano Sales


consterna Legislativo
O falecimento do ex-deputado O ex-deputado Coriolano Sales a partir de 1991, mas sempre foi um
Coriolano Sales consternou a Assem- fora acometido de um enfarte na militante político, mesmo antes de
bleia Legislativa. O presidente Angelo última semana, agravado por pro- ingressar na Faculdade de Direito
Coronel decretou luto oficial de três blemas pulmonares e diabetes, não da Ufba, onde se graduou em 1970,
dias em reverência à “memória do ho- resistindo à cirurgia cardíaca exigida pois foi líder secundarista e depois
mem público correto, do parlamentar pela intercorrência. Lúcido até a pre- de formado teve forte atuação na
aplicado, competente e cioso de seus paração para a operação e cônscio Ordem dos Advogados do Brasil. Na
deveres e do cidadão que dedicou os do risco da intervenção, ele mani- Assembleia Legislativa exerceu a
melhores anos da vida à Vitória da festou o desejo de ser sepultado no presidência no biênio 1987/1989 e a
Conquista e à região Sudoeste que mausoléu da família no Cemitério presidência da Constituinte em 1989.
tanto amou”. Ele se solidarizou com da Paz. Ele completaria 76 anos em Integrou praticamente todas as co-
familiares e amigos do ex-presidente agosto e, ao contrário do que muitos missões técnicas, foi vice-líder de sua
do Legislativo e da Constituinte Es- pensavam dado à sua dedicação bancada, a do PMDB, e relatou CPIs
tadual “nesse momento de dor e de a Vitória da Conquista, nasceu em importantes como a do Condomínio
separação”. Angelo Coronel apresen- Santa Teresinha, no vale do Jiquiri- Barro Preto, sendo ativo no processo
tará ainda hoje uma moção de pesar çá, em 1943. de divisão territorial da Bahia – com a
em memória do ex-deputado Corio- Coriolano Sales exerceu três criação de cerca de 40 municípios a Sempre pautado pela ética e
lano Sales para fixar nos anais da mandatos consecutivos como de- partir de 1985, alguns de grande peso coerência, ex-presidente sempre teve
Assembleia a amplitude de sua ação putado estadual, a partir de 1983, e econômico como Eunápolis e Teixeira uma atuação destacada na Casa
política e parlamentar. outros três como deputado federal, de Freitas.

Saúde digestiva na Bahia é ALBA debate fraude em


tema de audiência pública bombas de combustíveis
O presidente da Frente Parlamen- dos da Sociedade Brasileira de On- A Assembleia Legislativa da de Combustíveis, Energias Alter-
tar em Defesa da Saúde e Institutos cologia classificam o câncer como Bahia debate amanhã, dia 23, no nativas e Lojas de Conveniências
de Pesquisas Afins da Bahia e vice- uma das principais causas de morte Auditório Jorge Calmon, a partir do Estado da Bahia (Sindicom-
-presidente da Comissão de Saúde em âmbito mundial: a cada ano, 8,2
e Saneamento da Assembleia Legis- milhões de indivíduos vão à óbito em das 16h, a Lei da Bomba Frau- bustíveis-BA), Walter Tannus; o
lativa, deputado José de Arimateia decorrência da enfermidade. “A esti- dada em Postos de Combustíveis diretor de Planejamento Estraté-
(PRB), irá promover uma audiência mativa é de 25,4 mil casos de câncer - Lei nº 13.928/2018, de iniciativa gico da Associação Nacional das
pública pelo Dia Mundial da Saúde Di- na Bahia. Neste contexto pensamos do deputado estadual e presiden- Distribuidores de Combustíveis,
gestiva: Panorama da Saúde Digesti- na audiência para tornar o assunto te da Assembleia Legislativa da Lubrificantes, Logística e Conve-
va na Bahia. No evento, que ocorrerá público e orientar os baianos sobre Bahia (ALBA), deputado Angelo niência (Plural), Helvio Rebeschi-
nesta terça-feira, dia 22, às 10h, na diagnósticos e tratamentos adequa-
Coronel (PSD). “O objetivo é in- ni, e demais representantes da
Sala Eliel Martins, serão discutidas dos. É preciso despertar a comuni-
questões de saúde relacionadas ao dade para um estilo de vida e hábitos formar a sociedade da importân- revenda e distribuição de com-
aparelho digestivo. Para a Organi- saudáveis, especialmente no que se cia da aprovação deste disposi- bustíveis do estado.
zação Mundial de Gastroenterologia refere a uma alimentação equilibra- tivo legal, que inibirá a ação por “Estamos também convidando
em média 20% da população mundial da”, alertou Arimateia. parte de fraudadores da parte as ONGs de defesa dos consu-
apresenta problemas intestinais, 90% O evento contará com a palestra metrológica das bombas de abas- midores, o Ibametro, as polícias
não buscam um especialista para tra- intitulada “Prevenção do Câncer Gas- tecimento nos postos de combus- Militar e Civil, a imprensa, pela re-
tamento. trointestinal: O que fazer?”, que será
O idealizador do ato lembrou que realizada pelo especialista em: can- tíveis. Não dá para pagar com- levância da legislação para prote-
o Dia Mundial da Saúde Digestiva é cerologia, cirurgia digestiva, cirurgia bustível caro, aumentado todo dia ger os consumidores e sociedade
exaltado anualmente em 29 de maio, geral, terapia nutricional, presidente por Temer, e ainda ser roubado na em geral, e para a que o mercado
de acordo com o calendário de ações da Associação de Medicina Baiana bomba”, argumenta o presidente. de combustíveis, já bastante criti-
educativas da Organização Mundial (ABM), professor da Clínica Cirúrgi- Estarão presentes, além do cado e que ‘paga o pato’ pela ga-
de Gastroenterologia (WGO). Para ca da Unifacs, além de também pre- deputado Angelo Coronel, o pre- solina cara, seja realmente ético e
ilustrar a relevância da audiência, o sidente da Sociedade Brasileira de
Cancerologia, Robson Moura.
sidente do Sindicato do Comércio competitivo”, diz Coronel.
deputado Arimateia lembrou que da-

Ato que será Proponente do


realizado hoje, a evento, presidente
partir das 10h, foi Angelo Coronel
idealizado pelo fez questão
deputado José de de convidar os
Arimateia mais diversos
segmentos ligados
ao tema
2
SALVADOR, BAHIA,
TERÇA-FEIRA
22 DE MAIO DE 2018

ANO III
No 22.422

Competição
que começou
no último fim
de semana
homenageia
Eleusa Coronel,
presidente
do Instituto
Assembleia de
Carinho

A partir de mais uma inicia-


tiva dos funcionários, a Asso-
ciação de Servidores da As- Assalba promove mos, aqui na Assalba, um
campeonato feminino, então
foi a oportunidade”.

primeiro torneio
sembleia Legislativa (Assalba) As quatro equipes foram di-
está promovendo o 1º Torneio vididas em dois grupos. Neste
de Futebol Feminino - Troféu domingo, cada time participou
Eleusa Coronel, uma homena-

de futebol
de dois jogos e os que fizerem
gem à coordenadora do Insti- mais pontos se classificam
tuto Assembleia de Carinho. para a grande final, que será
A abertura da competição,

feminino
realizada no próximo dia 27.
realizada na manhã deste do- Os times que ficarem em pri-
mingo, dia 20, no clube da As- meiro e segundo lugar serão
salba, em Itapuã, contou com recebidos pelo presidente Co-
a presença do presidente da ronel e a primeira-dama para
ALBA, deputado Angelo Coro- colhidas. prestigiando as mulheres com um almoço e entrega oficial
nel, e da homenageada, Eleu- “Hoje o futebol feminino é esse torneio, ainda mais o tro- dos troféus na ALBA.
sa Coronel, que, além de abrir um esporte que tem crescido féu levando meu nome. Isso “Eu jogo por diversão, mas
os jogos cantando o Hino Na- muito. Vejo aqui muitas possí- me deixa muito honrada e adorei a oportunidade de
cional ao lado dos times, en- veis futuras craques da nossa mais uma vez agradecida aos participar e ajudar, fazendo
trou no clima, mostrando habi- seleção. Isso é mais uma pro- servidores da ALBA, que tanto as doações ao Assembleia
lidade ao fazer embaixadinhas va do quanto é importante as ajudam a executar as atitudes de Carinho”, disse Cesalene
e bater pênaltis. Eleusa ainda mulheres conquistarem cada que transformam”, definiu. Sanches, secretária parla-
deu o pontapé inicial da primei- vez mais espaço, em todas as Joseilton dos Santos, fun- mentar e jogadora do time da
ra partida e jogou alguns minu- áreas, inclusive no esporte”, cionário da Diretoria Adminis- Assalba.
tos em cada um dos times. declarou Angelo Coronel. trativa da ALBA e um dos co- Talita Moura, de 25 anos,
As quatro equipes que dis- A coordenadora do AC, ordenadores do torneio, falou que joga futebol desde mui-
putam o campeonato (Xaxá, Eleusa Coronel, entregou a to- sobre o campeonato inédito na to nova, contou o que achou
As Panteras, Madre Salvador das as jogadoras e equipe téc- Assalba. da iniciativa. “É um incenti-
e Bereguedê) doaram alimen- nica um “squeeze” de plástico “A ideia surgiu justamente vo muito bom não só para o
tos não perecíveis e coberto- com a marca do Assembleia para homenagear a primei- futebol feminino, mas pelas
res, ao fazer as inscrições. As de Carinho e expressou sua ra-dama pelo maravilhoso doações que fizemos para to-
doações serão entregues ao gratidão pela homenagem. “A trabalho que tem feito com o dos que precisam. Eu espero
Instituto Assembleia de Cari- Assalba sempre vem promo- Assembleia de Carinho, aju- que continue, que este seja o
nho, que as distribuirá entre vendo ações em prol do As- dando entidades que tanto primeiro de muitos campeo-
entidades que ainda serão es- sembleia de Carinho e agora precisam e ainda não tínha- natos”.

Ivana Bastos parabeniza


Palmas de Monte Alto
A deputada Ivana Bastos Monte Alto foram derivadas feijão. Na pecuária, o rebanho
(PSD) parabenizou, por meio de uma fazenda pertencente registra crescimentos cons-
de moção de congratulações ao alferes Francisco Pereira tantes no decorrer dos anos.
apresentada na Assembleia de Barros, conhecido como “Como se pode observar
Legislativa, Palmas de Monte Pereirinha, chamada Fazenda foram vários momentos de
Alto. Ela lembra que a locali- Riacho da Boa Vista. extinção e restauração desse
dade foi elevada de povoado O município tem na agri- importante município baiano.
à categoria de Vila, criando cultura e no comércio de bens Atualmente, Palmas de Monte
outro com o nome de Monte e serviços seus principais segue na trilha do desenvolvi-
Alto e tendo o seu território vetores de desenvolvimento mento, principalmente pelas
desmembrado de Macaúbas. econômico. Suas terras são mãos de Manoel Rubens, pre-
As terras onde está localiza- férteis, com forte produção de feito determinado e aguerri- Deputada relembrou luta pela
do o município de Palmas de grãos, principalmente milho e do”, elogia a parlamentar. emancipação do município

<#E.G.B#220484#2#246096/>
3
SALVADOR, BAHIA,
TERÇA-FEIRA
22 DE MAIO DE 2018

ANO III
No 22.422

SAP - DEPARTAMENTO DE ATOS OFICIAIS


ATOS DO PODER LEGISLATIVO����������������������������������������������������������������������������������������3
EXPEDIENTE Lei Ordinária�����������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������3
EXPEDIENTE CONSTANTE�������������������������������������������������������������������������������������������������8
EXPEDIENTE DESPACHADO PELA PRESIDÊNCIA��������������������������������������������������������8
O Diário Oficial Eletrônico da Assembleia Legislativa do Esta- Ofício�����������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������8
do da Bahia foi instituído através da Resolução n° 1.694/2015 Projeto de Lei�������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������10
Moção de Pesar�������������������������������������������������������������������������������������������������������������������� 11
de 23 de dezembro de 2015 que acrescenta o art. n° 231-A à
Resolução n° 1.193, de 17 de janeiro de 1985, regulamentado
pela Resolução da Mesa Diretora nº 127/2015. SAF - COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO
LICITAÇÃO - AVISOS�����������������������������������������������������������������������������������������������������������12
LICITAÇÃO - HOMOLOGAÇÃO - REVOGAÇÃO –ANULAÇÃO������������������������������������12
LICITAÇÃO - INEXIGIBILIDADE�����������������������������������������������������������������������������������������13

MESA DIRETORA
SAF - DEPARTAMENTO DE CONTRATOS E CONVÊNIOS
Presidente PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS���������������������������������������������������������������������������������������������13
Deputado Angelo Coronel

SRH - SUPERINTENDÊNCIA DE RECURSOS HUMANOS


1º Vice-Presidente
ATOS ADMINISTRATIVOS - SRH���������������������������������������������������������������������������������������13
Deputado Luiz Augusto

2º Vice-Presidente FUNDAÇÃO PAULO JACKSON


Deputado Carlos Geilson LICITAÇÃO����������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������14

3º Vice-Presidente
SAP - DEPARTAMENTO DE ATOS
Deputado Alex Lima OFICIAIS

4º Vice-Presidente
ATOS DO PODER LEGISLATIVO
Deputado Manassés <#E.G.B#220452#3#246060>

LEI N.º 13.962, DE 18 DE MAIO DE 2018

1º Secretário Dispõe sobre a criação da Polícia Legislativa da Assembleia Legislativa


do Estado da Bahia, define competências, estabelece sua estrutura
Deputado Sandro Régis
organizacional e administrativa, seus cargos, carreira e vencimentos,
definindo princípios e normas de direito público que lhe são peculiares
2º Secretário e dá outras providências.
Deputado Aderbal Caldas
O PRESIDENTE DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DA
BAHIA, no uso de atribuição prevista no art. 80, § 7º da Constituição
3º Secretário do Estado da Bahia, combinando com o art. 41, XXII, da Resolução n.º
1193/85 (Regimento Interno), faço saber que o Plenário da Assembleia
Deputado Fabrício Falcão
aprovou e eu promulgo a seguinte Lei:

4º Secretário CAPÍTULO I
Deputado Luciano Simões Filho
DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

Art. 1º - Fica criada a Polícia Legislativa da Assembleia Legislativa do


Estado da Bahia, organizada com base nos princípios de hierarquia e
disciplina, treinada e devidamente aparelhada para o bom desempenho
Procurador Parlamentar de suas atividades.
Deputado Sidelvan Nóbrega
Art. 2º - A Polícia Legislativa é órgão integrante da estrutura organizacio-
nal da Assembleia Legislativa do Estado da Bahia, sendo responsável
Ouvidora Parlamentar pela preservação da ordem e a proteção do patrimônio do Poder
Deputada Ângela Sousa Legislativo, devendo zelar pela segurança institucional do Parlamento
Baiano, competindo-lhe a apuração de infrações penais ocorridas nas
suas dependências e ainda executar atividades típicas de polícia, no
Corregedor Parlamentar âmbito da Assembleia Legislativa.
Deputado Nelson Leal
Art. 3º - São consideradas, para efeito desta Lei, atividades típicas de
Polícia Legislativa:
4
SALVADOR, BAHIA,
TERÇA-FEIRA
22 DE MAIO DE 2018

ANO III
No 22.422

I - o policiamento preventivo nas dependências da Assembleia de provas e títulos, atendendo à exigência de curso de formação, em
Legislativa da Bahia, inclusive em seus prédios anexos e espaços conformidade com sua natureza e complexidade, e dar-se-á sempre
externos, bem como na preparação e realização de reuniões, sessões no primeiro nível da classe inicial da tabela de Técnico Legislativo
e eventos realizados fora das dependências da Assembleia Legislativa; constante do Plano de Carreira, Cargos e Vencimentos Básicos dos
servidores deste Poder Legislativo.
II - a proteção do Presidente da Assembleia Legislativa e dos demais
membros da Mesa Diretora, em qualquer localidade do Estado e do § 3º - Os níveis, classes de referências, símbolos e quantitativos dos
território nacional, desde que, nesta última hipótese, a serviço do Poder cargos de provimentos efetivos e em comissão estão disciplinados nos
Legislativo Estadual; Anexos I e II desta Lei.

III - a segurança dos Deputados, dirigentes e servidores do Poder § 4º - O efetivo do Corpo da Polícia Legislativa será formado pelo
Legislativo que estiverem a serviço, em qualquer localidade, quando quadro de Agentes de Polícia Legislativa.
determinado pelo Presidente;
Seção I
IV - a proteção de Senadores, Deputados Federais, Deputados de Do Departamento de Polícia Legislativa
outras unidades da federação e outras autoridades que estejam
cumprindo missão oficial e/ou sob a responsabilidade da Assembleia Art. 7º - O Departamento de Polícia Legislativa é o órgão da estrutura or-
Legislativa do Estado da Bahia; ganizacional da Polícia Legislativa da Assembleia Legislativa da Bahia
responsável pela preservação da ordem e proteção do patrimônio, bens
V - o controle dos acessos e saídas das instalações da Assembleia e serviços, competindo-lhe:
Legislativa, podendo proceder, quando julgar necessário, a revista de
pessoas, seus pertences e veículos; I - a prevenção e apuração de infrações ocorridas nos seus edifícios e
suas dependências externas;
VI - as revistas, buscas e apreensões nas dependências da Assembleia
Legislativa; II - a manutenção da vigilância permanente por meio de policiamento
ostensivo e sistemas eletrônicos;
VII - as atividades de registro e de administração inerentes à Polícia
Legislativa; III - a segurança do Presidente da Assembleia Legislativa e dos demais
membros da Mesa Diretora, em qualquer localidade dos territórios
VIII - investigação, sindicância e elaboração de inquéritos compatíveis estadual, nacional e no exterior, caso necessário;
com as atividades típicas de polícia legislativa;
IV - a segurança dos Deputados Estaduais, superintendentes, diretores,
IX - o apoio à Mesa Diretora e à Corregedoria Parlamentar da servidores e quaisquer pessoas que eventualmente estejam a serviço
Assembleia Legislativa, no que couber. da Assembleia Legislativa da Bahia, quando assim for determinado pela
Presidência;
Art. 4º - A Polícia Legislativa é diretamente subordinada ao Gabinete da
Presidência da Assembleia Legislativa da Bahia. V - efetuar a segurança dos Senadores, Deputados Federais, Deputados
de outros Estados e autoridades, quando estiverem em missão oficial
CAPÍTULO II sob a responsabilidade da Assembleia Legislativa do Estado da Bahia;

DA ESTRUTURA ORGANIZACIONAL E ADMINISTRATIVA VI - planejar, coordenar e executar planos de segurança dos Deputados
Estaduais e demais autoridades que estiverem nas dependências da
Art. 5º - A estrutura organizacional e administrativa da Polícia Legislativa Assembleia Legislativa do Estado da Bahia;
da Assembleia Legislativa da Bahia compreende os órgãos de gerência,
coordenação e os cargos de provimento efetivo, com as respectivas VII - exercer as funções de polícia judiciária e apuração de infrações
funções gratificadas de Gerência e Coordenação, regidos pela Lei penais, com exclusão das que mantiverem relação de subsidiariedade,
nº13.801, de 14 de novembro de 2017 e pela Lei nº 6.677, de 26 de conexão ou continência com outra cometida fora das dependências da
setembro de 1994. Assembleia Legislativa;

Art. 6º - São órgãos integrantes da estrutura organizacional e adminis- VIII - o planejamento estratégico de segurança, quando houver multidões
trativa da Polícia Legislativa: nos recintos da Assembleia Legislativa, bem como realizar operações
de enfrentamento de massa e detecção de artefatos explosivos;
I - Departamento de Polícia Legislativa;
IX - instituir plano de segurança com a finalidade de coibir as ocorrências
II - Coordenação de Segurança e Operações Especiais; de grande vulto, com ameaça de vida, urgência e necessidade de
atuação especializada organizacional não rotineira;
III - Coordenação de Controle, Apoio Logístico e Recepção;
X - manutenção da ordem nas dependências da Assembleia Legislativa,
IV - Coordenação de Polícia Judiciária; acionando a Coordenação de Operações Especiais, a fim de que sejam
adotadas as providências necessárias.
V - Coordenação de Inteligência.
Seção II
§ 1º - Em conformidade com o disposto na Lei nº 13.801/2017, o Da Coordenação de Segurança e Operações Especiais
Gerente do Departamento de Polícia Legislativa e os Coordenadores
responsáveis pelas Coordenações que integram esse Departamento Art. 8º - A Coordenação de Segurança e Operações Especiais é o
serão designados para ocupar os cargos de provimento em comissão, órgão da estrutura organizacional e funcional da Polícia Legislativa
de livre nomeação e exoneração pela Presidência da Assembleia responsável por proporcionar e desenvolver:
Legislativa.
I - atividades de policiamento e vigilância nas áreas internas e externas
§ 2º - A investidura nos cargos da estrutura funcional da Polícia da Assembleia Legislativa da Bahia;
Legislativa está sujeita a aprovação em concurso público de provas ou
5
SALVADOR, BAHIA,
TERÇA-FEIRA
22 DE MAIO DE 2018

ANO III
No 22.422

II - a segurança do Presidente da Assembleia Legislativa, dos membros II - controle de acesso e cadastramento dos veículos que utilizam os
da Mesa Diretora e demais Deputados, em qualquer localidade do estacionamentos da Assembleia Legislativa;
território nacional e do exterior;
III - exercício de atividades de prevenção e combate a incêndios, no
III - a realização de vigilância na residência do Presidente da Assembleia âmbito da sua competência, em cumprimento às instruções técnicas do
Legislativa, quando solicitado; Corpo de Bombeiros Militar do Estado da Bahia e legislação vigente;

IV - a segurança de autoridades nacionais e estrangeiras que estiverem IV - emissão de identificação funcional dos servidores e controle de
em visita à Assembleia Legislativa; acessos dos visitantes às dependências da Assembleia Legislativa;

V - a segurança de testemunhas, quando necessária, para prestarem V - guarda e manutenção de equipamentos, armas e munições,
depoimentos em Comissão Parlamentar de Inquérito no Poder mantendo-os em perfeitas condições de funcionamento e uso;
Legislativo;
VI - controle, identificação e revista das pessoas que ingressam nas
VI - serviços de Apoio Técnico e de Emergências Policiais; dependências da Assembleia Legislativa;

VII - policiamento noturno e diurno das dependências internas e VII - realização de buscas a pessoas ou veículos, necessárias às
externas, edifício principal, anexos e estacionamentos da Assembleia atividades de prevenção e investigação;
Legislativa;
VIII - controle e fiscalização da emissão e do uso do cartão de visitantes;
VIII - policiamento do Plenário, Plenarinho, salas de Comissões,
auditórios e galerias da Assembleia Legislativa; IX - retirada, das dependências da Assembleia Legislativa, daqueles
que estejam a perturbar a ordem dos trabalhos nos diversos setores do
IX - policiamento, mediante vigilância eletrônica, do Plenário, salas de Poder Legislativo;
Comissões, auditórios e galerias da Assembleia Legislativa;
X - inspeção de entrada e saída de volumes e objetos, quando couber.
X - treinar os servidores da área da segurança legislativa para a
execução imediata das diversas tarefas que lhes são incumbidas dentro Seção IV
da Assembleia Legislativa, de forma eficiente e eficaz. Da Coordenação de Polícia Judiciária

Art. 9º - O processo de capacitação e treinamento dos servidores Art. 11 - Compete à Coordenação de Polícia Judiciária o exercício das
integrantes da Polícia Legislativa deve buscar alcançar os seguintes seguintes atividades:
objetivos:
I - realizar inquéritos policiais instaurados pelo Departamento de Polícia
I - transmissão de conhecimentos inerentes ao exercício da atividade Legislativa, para apuração de infração cometida nas dependências da
policial, que sejam compatíveis com a área de trabalho; Assembleia Legislativa ou nas áreas sob sua responsabilidade;

II - desenvolvimento de habilidades relacionadas ao desempenho do II - investigar ocorrências nas áreas sob administração da Assembleia
cargo, preparando o profissional para o exercício de atribuições futuras, Legislativa;
compatíveis com as tarefas e operações a serem executadas pela
Polícia Legislativa; III - proceder a investigação, em inquéritos policiais instaurados, no
âmbito da Assembleia Legislativa;
III - desenvolvimento do profissional para adoção de comportamento
proativo, solidário, com base nos princípios da moralidade, legalidade IV - realizar ações de inteligência destinadas ao exercício da atividade
e proporcionalidade, norteadores da conduta dos policiais legislativos. de polícia judiciária e de apurações penais, na esfera de sua
competência, observados os direitos e as garantias individuais previstos
§ 1º - O processo de treinamento dos servidores integrantes da Polícia na Constituição Federal;
Legislativa deverá centrar seus ensinamentos para o desenvolvimento
das seguintes habilidades: V - instruir inquéritos policiais instaurados pelo Departamento de Polícia
Legislativa da Assembleia Legislativa, quando da prática de delito nas
I - habilidades motoras, como manipulação do ambiente físico, baseadas suas dependências e nas áreas de sua circunscrição;
em padrões apropriados de respostas da musculatura corporal dos
servidores; VI - realizar perícias e sindicâncias, no âmbito de suas competências;

II - habilidades cognitivas para aquisição de padrões de atitudes e VII - realizar vigilância e captura.
crenças;
Art. 12 - Os inquéritos instaurados para a apuração de delitos cometidos
III - habilidades interpessoais aplicadas com a finalidade de auto- nos edifícios da Assembleia Legislativa serão presididos pelo Gerente
consciência e de funcionamento eficaz, dentro de processos sociais e do Departamento de Polícia Legislativa, ou em caso de ser o investigado
interações humanas. parlamentar em exercício do mandato, será o inquérito encaminhado à
Corregedoria Parlamentar.
Seção III
Da Coordenação de Controle, Apoio Logístico e Recepção § 1º - Serão observados, no inquérito, o Código de Processo Penal e os
regulamentos policiais do Estado, no que forem aplicáveis.
Art. 10 - A Coordenação de Controle, Apoio Logístico e Recepção é
o órgão da estrutura organizacional e funcional da Polícia Legislativa § 2º - O inquérito será enviado, após a sua conclusão, à autoridade
responsável por coordenar e controlar: judiciária competente.

I - estoque de equipamentos necessários às atividades cotidianas da § 3º - Em caso de flagrante de crime inafiançável, realizar-se-á a prisão
Polícia Legislativa; do autor, que será entregue à autoridade policial competente.
6
SALVADOR, BAHIA,
TERÇA-FEIRA
22 DE MAIO DE 2018

ANO III
No 22.422

Seção V forma desta Lei, nos termos dos Anexos I e II.


Da Coordenação de Inteligência
Art. 15 - Ficam criados para compor o quadro de servidores da Polícia
Art. 13 - A Coordenação de Inteligência é o órgão da estrutura organi- Legislativa, conforme Anexo II, as seguintes funções gratificadas:
zacional e funcional da Polícia Legislativa responsável por desenvolver
as seguintes atividades: I - um (1) cargo de Função Gratificada de Gerência de Departamento de
Polícia Legislativa, símbolo FGG;
I - planejar e executar ações, inclusive sigilosas, relativas à obtenção
e análise de dados para a produção de conhecimentos destinados a II - quatro (4) cargos de Função Gratificada de Coordenação, símbolo
assessorar o Presidente da Assembleia Legislativa da Bahia na tomada FGC.
de decisão relativa a assuntos de interesse do Poder Legislativo;
Seção VII
II - planejar e executar a proteção de conhecimentos sensíveis relativos Das Atribuições do Agente de Polícia Legislativa
à segurança de pessoas e do patrimônio;
Art. 16 - São atribuições do Agente de Polícia Legislativa:
III - avaliar as ameaças internas e externas à ordem dos trabalhos da
ALBA; I - execução de trabalhos relacionados aos serviços de polícia e
manutenção da ordem nas dependências da Assembleia Legislativa do
IV - promover o desenvolvimento de recursos humanos e da doutrina Estado da Bahia;
de Inteligência;
II - policiamento, vigilância e segurança interna e externa dos prédios
V - realizar estudos e pesquisas para o exercício e o aprimoramen- da Assembleia Legislativa;
to da Atividade de Inteligência dentro da estrutura organizacional da
Assembleia Legislativa; III - identificação e revista das pessoas que ingressam na Assembleia
Legislativa, de acordo com as instruções superiores, bem como
VI - planejar, coordenar, executar e controlar as ações de segurança recolhimento e guarda temporária de armas portadas pelos visitantes;
de pessoas, das áreas e das instalações, do uso de sistemas de
informação e documentação; IV - realização de busca em pessoas e/ou em veículos, necessária às
atividades de prevenção e investigação;
VII - identificar ameaças ou ocorrências de comprometimento ou
violação da segurança, e adotar as medidas necessárias; V - retirada, das dependências da Assembleia Legislativa, de quem
perturbar a ordem dos trabalhos;
VIII - articular o intercâmbio de informações relativas à segurança com
as demais unidades da administração pública, no âmbito das suas VI - inspeção da entrada e saída de volumes e objetos;
competências;
VII - investigação de ocorrências, acerca de inquéritos policiais
IX - produzir conhecimentos de Inteligência sobre ameaças e oportuni- instaurados nas áreas sob a administração da Assembleia Legislativa,
dades, no âmbito estadual, para fins de assessoramento ao processo conforme a legislação vigente;
decisório do Presidente;
VIII - controle e fiscalização da emissão e uso do cartão de identificação
X - planejar, coordenar, supervisionar e controlar a execução das
de visitantes;
atividades de Inteligência;
IX - exercício de atividades de prevenção e combate a incêndios, no
XI - processar dados e conhecimentos fornecidos por instituições
âmbito da sua competência, de acordo com as Instruções Técnicas do
acreditadas;
Corpo de Bombeiros Militar do Estado da Bahia e legislação vigente;
XII - empreender ações e programas de fortalecimento da cultura de
X - coordenação e execução de tarefas relacionadas a inquéritos e
proteção e salvaguarda de conhecimentos sensíveis cujo acesso não
sindicâncias instauradas na forma regulamentar;
autorizado possa resultar em prejuízos aos objetivos estratégicos da
Assembleia Legislativa da Bahia;
XI - participação no policiamento e vigilância das dependências sob a
responsabilidade do Departamento de Polícia Legislativa da Assembleia
XIII - elaborar, em articulação com as demais unidades, avaliações de
Legislativa;
risco em áreas e instalações críticas e estratégicas do Centro Adminis-
trativo da Bahia.
XII - realização de ações investigativas destinadas ao exercício da
função de polícia judiciária e de apurações penais, na esfera de sua
Seção VI
competência, observados os direitos e garantias individuais previstos
Do quadro de servidores da Polícia Legislativa
na Constituição Federal;
Art. 14 - O quadro de servidores de provimento efetivo que compõem
XIII - realização de coleta, busca, estatística e análise de dados de
a Polícia Legislativa contará com (60) sessenta vagas, criadas por
interesse policial, destinados a orientar a execução de suas atribuições;
esta Lei. Esses servidores ocuparão os cargos de Agente de Polícia
Legislativa, como determina o Anexo II desta Lei.
XIV - realização de diligências e serviço cartorial em apoio às atividades
§ 1º - Os ocupantes dos cargos mencionados no caput estarão iden- das Comissões Permanentes e Temporárias, inclusive às das
tificados como Técnico Legislativo, em conformidade com o Anexo III Comissões Parlamentares de Inquérito;
da Lei nº 13.801/2017, que dispõe também sobre a estrutura dos seus
vencimentos básicos. XV - segurança de autoridades e delegações, nacionais e estrangeiras,
nas dependências da Assembleia Legislativa;
§ 2º - Ficam extintos os Cargos de Técnico Legislativo, na Categoria
Funcional de Segurança - Classes I, II e III, ficando os atuais ocupantes XVI - investigações de ocorrências nas áreas sob a administração da
dos referidos cargos enquadrados mediante investidura derivada, na Assembleia Legislativa;
7
SALVADOR, BAHIA,
TERÇA-FEIRA
22 DE MAIO DE 2018

ANO III
No 22.422

XVII - planejamento, supervisão, controle e execução dos trabalhos VI - adotar políticas de efetuação de rondas nas dependências da
relacionados às atividades de polícia, segurança e manutenção da Assembleia, a fim de atender pessoas e orientá-las quanto ao acesso
ordem na Assembleia Legislativa; às instalações, coibindo a presença de pessoas não autorizadas.

XVIII - investigações em inquéritos policiais. § 5º - Compete à Chefia de Gabinete:

Seção VIII I - assistir o Presidente em suas representações política e social;


Das Prerrogativas do Departamento de Polícia Legislativa
II - revisar e encaminhar os atos administrativos e normativos da
Art. 17 - Constituem prerrogativas do Departamento de Polícia Presidência;
Legislativa:
III - encaminhar, revisar e controlar a documentação e a correspondên-
I - ingresso e trânsito, com franco acesso, em qualquer recinto público cia, no âmbito do Gabinete da Presidência;
ou privado, desde que em serviço, reservado o direito constitucional da
inviolabilidade de domicílio; IV - organizar a agenda diária do Presidente;

II - o uso privativo do emblema e de uniformes operacionais ou de V - coordenar as atividades administrativas do Gabinete da Presidência;
quaisquer outros símbolos da Polícia Legislativa;
VI - zelar pela manutenção dos bens patrimoniais do Gabinete;
III - atuar sem revelar sua condição de policial, no interesse do serviço.
VII - coordenar as ações do Cerimonial e dos eventos da Presidência,
Art. 18 - Os servidores lotados e em efetivo exercício no quadro apoiando os demais órgãos vinculados ao Gabinete do Presidente.”
funcional do Departamento de Polícia Legislativa submeter-se-ão a um
programa periódico de capacitação e treinamento desenvolvido pela Art. 22 - Altera o § 2º e seus incisos do art. 4º da Lei nº. 8.902, de 18 de
Escola do Legislativo da Assembleia Legislativa. dezembro de 2003, que passam a vigorar com as seguintes redações:

§ 1º - Os servidores de que trata o caput do artigo, enquanto lotados e “Art. 4º - ..........................................................


em efetivo exercício no Departamento de Polícia Legislativa, portarão
carteira de identificação funcional específica, com fé pública, válida em § 2º - ............................................................
todo o território nacional.
I - assistir ao Presidente em assuntos de segurança externa, bem como
§ 2º - Compete ao Departamento de Polícia Legislativa proceder ao servir de ligação com instituições militares;
hasteamento e arriamento das Bandeiras nos termos de Lei Federal.
II - planejar, organizar, dirigir e executar, no âmbito de sua competência,
CAPÍTULO III os serviços de segurança externa da sede do Poder Legislativo e da
DAS DISPOSIÇÕES TRANSITÓRIAS E FINAIS residência do Presidente da Casa, em consonância com as atividades
do Departamento de Polícia Legislativa;
Art. 19 - O Anexo Único da Lei nº. 8.902, de 18 de dezembro de 2003,
passa a vigorar com a inclusão, no Organograma da Assembleia III - planejar, organizar, dirigir e executar os serviços de segurança
Legislativa do Estado da Bahia, do Departamento de Polícia Legislativa, pessoal do Presidente do Poder em conjunto com o Departamento de
vinculado à Presidência. Polícia Legislativa”

Art. 20 - Fica alterado o caput do artigo 4º da Lei nº. 8.902, de 18 de Art. 23 - Fica instituída a Gratificação Especial de Atividade de
dezembro de 2003, passando a vigorar com a seguinte redação: Polícia, exclusiva para os integrantes da carreira do quadro da Polícia
Legislativa, no percentual de 35% (trinta e cinco por cento) até 100%
“Art. 4º - O Gabinete da Presidência engloba a Chefia do Gabinete, a (cem por cento) do valor dos vencimentos, ficando extinta a GEAS
Assistência Civil, a Assistência Militar, o Cerimonial e o Departamento (Gratificação de Atividade de Segurança).
de Polícia Legislativa.”
§ 1º - Perderá o direito à Gratificação Especial prevista no caput do
Art. 21 - Ficam acrescentados ao art. 4º da Lei nº. 8.902, de 18 de artigo 24 o servidor que estiver afastado das atividades fins da Polícia
dezembro de 2003, os parágrafos 4º e 5º, com a seguinte redação: Legislativa ou que tenha sua lotação alterada.

“Art. 4º - . . . . . . . . . . ................................................ Art. 24 - Além das vantagens previstas nesta Lei, ficam mantidos para
os servidores do quadro da Polícia Legislativa todas as vantagens
§ 4º - Compete ao Departamento de Polícia Legislativa: pecuniárias e benefícios previstos na Lei 6677/1994 (Estatuto dos
Servidores Públicos Civis do Estado da Bahia), bem como o que dispõe
I - elaborar e implementar políticas de segurança para a Assembleia a legislação que trata do Plano de Carreira dos servidores da Assembleia
Legislativa da Bahia; Legislativa e os resultantes de acordos e resoluções específicas.

II - apoiar e atuar junto ao Gabinete da Presidência, Assistência Militar Art. 25 - Fica revogado o quadro que trata do cargo de Técnico
e Cerimonial da Assembleia, no que lhe couber; Legislativo, da categoria funcional de Segurança, classes I, II, III e IV,
constante no Anexo III da Lei nº 13.801/ 2017.
III - zelar pela garantia da segurança nas dependências da Casa
Legislativa, bem como em atividades legislativas que ocorrerem fora Art. 26 - Os servidores do quadro efetivo da Assembleia Legislativa
das dependências da Assembleia; do Estado da Bahia que exercem os cargos extintos no artigo anterior
serão enquadrados, mediante investidura derivada, nos cargos de
IV - proteger a integridade física dos servidores, visitantes, parlamenta- Agentes de Polícia Legislativa, devendo haver similitude com o cargo e
res e do patrimônio da Assembleia; competência funcional originários.

V - atuar junto à Brigada de Incêndio, auxiliando-a nas políticas de Art. 27 - As despesas decorrentes desta Lei correrão à conta do
prevenção e combate a incêndio nas dependências da Assembleia; orçamento do Poder Legislativo.
8
SALVADOR, BAHIA,
TERÇA-FEIRA
22 DE MAIO DE 2018

ANO III
No 22.422

Art. 28 - Esta Lei entrará em vigor na data da sua publicação, revogadas NOME DO ÓRGÃO
as disposições em contrário.

GABINETE DA PRESIDÊNCIA DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO 1 Coordenação de Segurança e Treinamento


ESTADO DA BAHIA, 18 DE MAIO DE 2018.
2 Coordenação de Controle e Apoio Logístico e de Recepção
Deputado ANGELO CORONEL
Presidente 3 Coordenação de Operações Especiais

ESTRUTURA ORGANIZACIONAL E ADMINISTRATIVA DA POLÍCIA 4 Coordenação de Polícia Judiciária


LEGISLATIVA

ANEXOI

QUADRO DOS CARGOS DE PROVIMENTO EM COMISSÃO


QUADRO DOS ÓRGÃOS E CARGOS DA ESTRUTURA ORGANIZACIONAL E (QUANTITATIVOS - SÍMBOLOS)
ADMINISTRATIVA DA POLÍCIA LEGISLATIVA

CARGO/FUNÇÃO QUANT SÍMBOLO


ÓRGÃOS

Departamento de Polícia Legislativa Gerente de Departamento de Polícia 1 FGG


Legislativa
Coordenação de Segurança e Treinamento Coordenador de Segurança e 1 FGC
Treinamento
Coordenação de Controle e Apoio Logístico e de Recepção Coordenador de Controle e Apoio 1 FGC
Logístico e de Recepção
Coordenação de Operações Especiais
Coordenador de Operações Especiais 1 FGC
Coordenação de Polícia Judiciaria
Coordenador de Polícia Judiciária 1 FGC

CARGOS
<#E.G.B#220452#8#246060/>
Gerente do Departamento de Polícia Legislativa
EXPEDIENTE CONSTANTE
Coordenador de Segurança e Treinamento <#E.G.B#220446#8#246054>

43ª Sessão Ordinária da Assembleia Legislativa do Estado da Bahia,


Coordenador de Controle e Apoio Logístico e de Recepção em 21 de maio de 2018.

Coordenador de Operações Especiais OFÍCIO

Coordenador de Polícia Judiciária Da Deputada Ivana Bastos comunicando que, devido a compromissos
assumidos no cumprimento do mandato parlamentar, esteve ausente
na Sessão do dia 02/05/2018.
<#E.G.B#220446#8#246054/>
EXPEDIENTE DESPACHADO PELA
PRESIDÊNCIA
A N E X O II
<#E.G.B#220449#8#246057>

OFÍCIO AL Nº 1.980/2018

Ofício nº 425/2018
Salvador, 18 de maio de 2018.
ÓRGÃOS DE FUNÇÕES DE DIREÇÃO E COORDENAÇÃO
A sua Excelência o Senhor
Deputado ÂNGELO CORONEL
Presidente da Assembleia Legislativa do Estado da Bahia

Assunto: Arquivamento - Propostas de Projetos de Lei de Iniciativa do


DEPARTAMENTO DE POLÍCIA LEGISLATIVA
Poder Judiciário

Excelentíssimo Senhor Presidente,


SUBDIVISÃO DA ESTRUTURA INTERNA DO ÓRGÃO
Ao cumprimentar Vossa Excelência, venho, diante da ausência
de interesse desta Corte Estadual na tramitação das propostas de
9
SALVADOR, BAHIA,
TERÇA-FEIRA
22 DE MAIO DE 2018

ANO III
No 22.422

iniciativa do Poder Judiciário, consubstanciadas nos Projetos de Lei 130-B da Lei nº 10.845/2007 - Lei de Organização Judiciária do Estado
n.ºs 16.887/2007, 17.580/2008 e 18.499/2009, encaminhados, res- da Bahia, visando ampliar a competência da Vara dos Feitos Relativos
pectivamente, por meio dos Ofícios n.º 227/2007-GP, 1.088/2008-GP a Delitos Praticados por organização criminosa, que também passará
e 2.307/2009-GP, requerer a V. Exa. a adoção das medidas legais e a ter competência para julgar as infrações envolvendo lavagem de
regimentais cabíveis para o arquivamento das referidas propostas no dinheiro, pretendendo, com essa alteração, dar maior efetividade no
âmbito da Casa Legislativa. combate aos crimes de tal natureza, dada a sua complexidade, sem
falar no incontestável clamor social no alcance de uma maior celeridade
No ensejo, renovo os votos de elevado apreço e distinta consideração. no andamento dos processos envolvendo mencionados temas.

Atenciosamente, A modificação ora pretendida visa, ademais, restringir a competência


territorial da referida Vara às Comarcas de Salvador, Lauro de Freitas,
Desembargador GESIVALDO BRITTO Camaçari, Simões Filho, Mata do São João, Pojuca, Dias D’Ávila,
Presidente do TJBA Candeias, São Sebastião do Passe, Madre de Deus, São Francisco
do Conde, Itaparica e Vera Cruz, anteriormente exercida em todo
ANEXO I o território do Estado da Bahia, bem como alterar a titularidade da
unidade judiciária, que será exercida por apenas 01 (um) magistrado,
objetivando-se, com isso, adequar a estrutura legislativa para melhor
ANO OFÍCIO AL OFÍCIO GP PL ASSUNTO operacionalizar o funcionamento da mencionada unidade judiciária e
2007 844/2007 227/2007 16.887/2007 Extensão competências correlatas.
do benefício
do crédito Registre-se, ainda, que na mesma sessão foi aprovada a transferência
habitacional aos da Comarca não Instalada de Bonito, Distrito Judiciário da Comarca de
servidores do Pindaí, para a Comarca de Utinga. Para tanto, foram considerados os
Poder Judiciário
critérios de distância, facilidade de acesso e de deslocamento entre os
do Estado da
Bahia referidos distritos e as nominadas comarcas, ressaltando, ainda, todos
os assentamentos relativos aos imóveis do antigo Distrito de Bonito e
2008 917/2008 1.088/2008-GP 17.580/2008 Proposta de
alteração da Lei igualmente aos nascimentos, casamentos e óbitos da maioria de sua
n.º 10.845/2007, população adulta, se encontram registrados na Comarca de Utinga e
que dispõe sobre que a cidade de Bonito pertence à mesma zona eleitoral de Utinga, qual
Organização e seja, a 69ª (Utinga, Bonito e Wagner).
Divisão Judiciária
2009 1.103/2009 2.307/2009-GP 18.499/2009 Instituição do Ressalte-se, ademais, que a alteração ora pretendida não implicará em
auxílio-creche no prejuízo de qualquer ordem às populações das Cidades envolvidas,
âmbito do Poder ao revés, verificar-se-á um considerável aumento de demandas
Judiciário do pelos serviços judiciais e extrajudiciais, com consequente reflexo na
Estado da Bahia arrecadação de taxas cartorárias e, ou, emolumentos, haja vista que
a proximidade permitirá aos jurisdicionados de Bonito a ampliação de
acesso aos serviços da justiça.
(Defiro.)
<#E.G.B#220449#9#246057/>
<#E.G.B#220458#9#246067>
Com essas considerações, e convicto de que os ilustres membros
OFÍCIO AL Nº 1.981/2018 dessa augusta Casa legislativa haverão de conferir o necessário apoio
à presente proposta, indispensável para a sua aprovação e transforma-
Ofício nº 446/2018-GP ção em lei, renovo a Vossa Excelência e aos Excelentíssimos Senhores
Salvador, 17 de maio de 2018. Deputados dessa Casa protestos de elevada consideração e apreço.

A Sua Excelência o Senhor Atenciosamente,


Deputado ÂNGELO CORONEL
Presidente da Assembleia Legislativa do Estado da Bahia Desembargador GESIVALDO BRITTO
SALVADOR - BAHIA Presidente do Tribunal de Justiça do Estado da Bahia

Excelentíssimo Senhor Presidente, PROJETO DE LEI Nº 22.837/2018

Tenho a honra de encaminhar a Vossa Excelência, para apreciação Altera a redação do art. 130, incisos IX, XVII, XVIII e XX, e dos artigos
dessa nobre Assembleia Legislativa, a anexa proposta de Projeto de 130-A e 130-B, da Lei nº 10.845, de 27 de novembro de 2007, que
Lei, objetivando, inicialmente, a alteração dos artigos 130, 130-A e dispõe sobre a Organização Judiciária do Estado, e extingue cargos de
130-B, todos da Lei nº 10.845/2008 (Lei de Organização Judiciária) a Juiz Substituto de Segundo Grau, criados pela Lei nº 13.217, de 30 de
extinção de 5 cargos de Juiz Substituto de Segundo Grau, criados pela novembro de 2014.
Lei nº 13.375/2015, que se encontram vagos, conforme deliberação do
Tribunal Pleno, em Sessão Plenária realizada no dia 16 de maio de O GOVERNADOR DO ESTADO DA BAHIA, faço saber que a
2018. Assembleia Legislativa decreta e eu sanciono a seguinte Lei:

Pretende-se, inicialmente, alterar o artigo 130 da Lei nº 10.845/2007, Art. 1º O art. 130, incisos IX, XVII, XVIII e XX, e os artigos 130-A e
objetivando adequar o texto da nominada Lei às alterações promovidas 130-B, da Lei nº 10.845, de 27 de novembro de 2007, passam a vigorar
por este Tribunal pela Resolução nº 19/2014, que transformou as com a seguinte redação:
51ª, 52ª, 53ª, 54ª e 55ª Varas do Sistema dos Juizados Especiais na
Comarca de Salvador e pelas Resoluções nº 01/2015 e 15/2017, que “Art. 130. .........…. . . . . . . . . . ..................................................
instalaram a 2ª e 3ª Varas de Violência Doméstica e Familiar contra a
Mulher, atualmente denominadas Varas de Justiça Pela Paz em Casa. IX- 32 (trinta e duas) Varas Criminais;

Busca-se, também, com a presente proposta, alterar o art. 130-A e XVII- 55 (cinquenta e cinco) Varas do Sistema dos Juizados Especiais;
10
SALVADOR, BAHIA,
TERÇA-FEIRA
22 DE MAIO DE 2018

ANO III
No 22.422

XVIII- 3 (três) Varas da Justiça pela Paz em Casa; na Vara referida no caput deste artigo, sem prejuízo de requisição à
autoridade competente. (NR)”
XX- 1 (uma) Vara dos Feitos Relativos a Delitos Praticados por
Organização Criminosa e Lavagem de Dinheiro. (NR)” Art. 2º Fica transferida a jurisdição da Comarca não instalada de Bonito,
Distrito Judiciário da Comarca de Pindaí, para a Comarca de Utinga,
“Art. 130-A. Compete exclusivamente à Vara dos Feitos Relativos a excluindo a referida comarca não instalada do item “nº 146”, do Anexo
Delitos Praticados por Organização Criminosa e Lavagem de Dinheiro I, da Lei nº 10.845, de 27 de novembro de 2007, incluindo-a no item “nº
processar e julgar as infrações penais envolvendo atividades de 206, do mesmo Anexo, correspondente à Comarca de Utinga.
organizações criminosas e os crimes lavagem de dinheiro, conforme
os conceitos estabelecidos em lei, com jurisdição nos municípios de Art. 3º Ficam extintos 05 (cinco) cargos de Juiz Substituto de Segundo
Salvador, Lauro de Freitas, Camaçari, Simões Filho, Mata de São João, Grau, criados pela Lei nº 13.217, de 30 de dezembro de 2014.
Pojuca, Dias D’Ávila, Candeias, São Sebastião do Passé, Madre de
Deus, São Francisco do Conde, Itaparica e Vera Cruz. Art. 4º Revogam-se os §§ 6º e 7º do artigo 130-B, da Lei 10.845, de 27
de novembro de 2007.
§ 1° A competência da Vara dos Feitos Relativos a Delitos Praticados
por Organização Criminosa e Lavagem de Dinheiro prevalecerá sobre Art. 5º Esta lei entra em vigor na data de sua publicação.
as demais varas especializadas previstas nesta Lei de Organização
Judiciária, ressalvada a competência constitucionalmente atribuída ao
PALÁCIO DO GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA, em de de
Juízo da Infância e Juventude e ao Tribunal do Júri.
2018.
§ 2° As atividades jurisdicionais desempenhadas pela Vara dos Feitos
RUI COSTA
Relativos a Delitos Praticados por Organização Criminosa e Lavagem
Governador
de Dinheiro compreendem aquelas que sejam anteriores ou concomi-
tantes à instrução prévia, as da instrução processual e as de julgamento
Às Comissões de Constituição e Justiça, Educação, Cultura, Ciência
dos acusados por crime organizado ou lavagem de dinheiro.
e Tecnologia e Serviço Público e Finanças, Orçamento, Fiscalização e
§ 3° Os Inquéritos Policiais em andamento, relativos à competência Controle.)
estabelecida nesta Lei, bem como seus apensos ou anexos, deverão
ser redistribuídos à Vara dos Feitos Relativos a Delitos Praticados <#E.G.B#220458#10#246067/>
<#E.G.B#220459#10#246068>

por Organização Criminosa e Lavagem de Dinheiro, cabendo à PROJETO DE LEI Nº 22.829/2018


Corregedoria Geral da Justiça velar pela estrita obediência ao disposto
neste parágrafo. Denomina “Estação Aeroporto - 2 de Julho” a nova estação do metrô de
Salvador, situado no Estado da Bahia.
§ 4º Os processos, atos ou medidas a estes relativos, ainda que
anteriores ao oferecimento da denúncia ou da queixa, distribuídos A ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DA BAHIA
para a Vara dos Feitos Relativos a Delitos Praticados por Organização DECRETA:
Criminosa e Lavagem de Dinheiro, até a data da publicação desta
lei, não poderão, em nenhuma hipótese, ser redistribuídos, gerando, Art. 1º - A nova estação de metrô, situado na cidade de Salvador, Estado
inclusive, prevenção para futura ação penal ou queixa-crime. da Bahia, será denominada “Estação Aeroporto - 2 de Julho”.

§ 5º A Vara dos Feitos Relativos a Delitos Praticados por Organização Art. 2º - Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.
Criminosa e Lavagem de Dinheiro contará com um sistema de protocolo
autônomo integrado ao sistema de automação processual. (NR)” Sala das Sessões, 07 de maio de 2018.

“Art. 130-B. A Vara dos Feitos Relativos a Delitos Praticados por Deputado Joseildo Ramos Lula
Organização Criminosa e Lavagem de Dinheiro terá titularidade de 01
(um) magistrado de entrância final, cujo cargo será provido nos termos JUSTIFICATIVA
previstos no art. 93, incisos II e VIII-A, da Constituição Federal.
A história da Independência começou a ganhar força no início de
§ 1º Fica facultado ao juiz, observadas as disposições da Lei Federal nº 1822, com o desejo da Bahia de romper com a coroa, quando o rei de
12.694, de 24 de julho de 2012, decidir pela formação de colegiado para Portugal, D. João VI, tirou o brasileiro Manoel Guimarães do comando
a prática de qualquer ato processual, devendo indicar os motivos e as
de Salvador, colocando o general português Madeira de Melo no cargo.
circunstâncias que acarretam risco à sua integridade física, em decisão
Com isso, ele queria reforçar o poder da Coroa sobre os baianos, mas
fundamentada, da qual será dado conhecimento à Corregedoria Geral
a população não aceitou pacificamente.
da Justiça.
Os baianos foram às ruas para protestar e entraram em confronto
§ 2° O colegiado será formado pelo juiz do processo e por 2 (dois)
com os soldados portugueses. Na busca pelos rebelados, que teriam
outros juízes escolhidos por sorteio eletrônico, dentre aqueles de
se escondido no Convento da Lapa, os portugueses mataram a freira
competência criminal em exercício no primeiro grau de jurisdição, nas
Joana Angélica. Os brasileiros que queriam a independência não se
comarcas indicadas no art. 130-A desta Lei de Organização Judiciária.
acovardaram. Meses depois, em 12 de Junho, a Câmara de Salvador
§ 3º O Tribunal Pleno regulamentará, no âmbito do Poder Judiciário do tentou romper com a coroa portuguesa. O General Madeira de Melo
Estado da Bahia, a aplicação do art. 1º da Lei nº 12.694/2012. colocou as tropas nas ruas e impediu a sessão. Dois dias depois, em
Santo Amaro, os vereadores declararam D. Pedro o defensor perpétuo
§ 4º A Vara dos Feitos Relativos a Delitos Praticados por Organização do Brasil independente, o que significava não obedecer mais ao rei de
Criminosa e Lavagem de Dinheiro funcionará com 03 (três) cargos de Portugal.
Analista Judiciário - Especialidade Subescrivão e 4 (quatro) cargos de
Técnico Judiciário - Especialidade Escrevente de Cartório. No dia 25 de junho foi a vez da Vila de Cachoeira romper com a Coroa
portuguesa. Outras vilas seguiram o exemplo. Cachoeira se tornou
§ 5º Compete ao Gabinete de Segurança Institucional disponibilizar quartel-general das tropas libertadoras. Voluntários surgiram de várias
militares para segurança e proteção dos Juízes e servidores atuantes partes.
11
SALVADOR, BAHIA,
TERÇA-FEIRA
22 DE MAIO DE 2018

ANO III
No 22.422

Os vaqueiros da cidade de Pedrão ficaram conhecidos pela bravura - JUSTIFICATIVA


armas de caça da Caatinga se transformaram em arma de guerra. Entre
os voluntários, se destacou Maria Quitéria, que se vestiu de homem e Vivemos no período em que temas como feminismo, empoderamento
lutou como soldado contra o domínio português. Na ilha de Itaparica, e igualdade de gênero são destaque no Brasil e no mundo, porém, os
a defesa foi feita por pescadores armados de facões. Em São Paulo, dados referentes à violência contra a mulher ainda são alarmantes e
D. Pedro declarou independência em 7 de setembro, mas na Bahia os assustadores. Por isso, se faz necessário o enfrentamento a esse tipo
portugueses resistiram. de violência.

Canhões de Fortes da Baía de Todos os Santos foram roubados para A violência contra a mulher vem crescendo constantemente no Estado
armar a improvisada frota de saveiros, que enfrentaram a esquadra de da Bahia, colocando-o entre os estados brasileiros, com maior índice de
Portugal. D. Pedro I enviou tropas mas foi o exército de voluntários que ocorrência, revelando assim, formas cruéis e perversas de discrimina-
lutou em batalhas secretas. A pior delas: a de Pirajá. ção do gênero feminino, uma evidente afronta à cidadania e à dignidade
das mulheres baianas.
Cercados por terra e mar, os portugueses ficaram acuados em
Salvador. Decidiram então abandonar a cidade e fugiram pelo mar, na A violência contra a mulher ocorre sob diversas formas e intensidades,
madrugada do dia 2 de julho de 1823. Pela manhã, o exército brasileiro sendo recorrente tanto em espaços privados como públicos. Nesse
entrou vitorioso na cidade. contexto, se mostra necessário o fortalecimento de ações, no âmbito
estadual, tendentes a promover a conscientização e a prevenção
Por todo o exposto e preenchidos os requisitos legais é que propomos de qualquer dos tipos de violência contra a mulher, uma vez que os
a aprovação do presente projeto de lei. assassinatos é a expressão mais grave da crueldade humana e cada
vez mais recorrente no Estado da Bahia.
Sala das Sessões, 07 de maio de 2018.
O Poder Público deve assumir a missão de orientar, de informar e de
Deputado Joseildo Ramos Lula acolher as mulheres, vítimas ou não de qualquer agressão. Portanto, é
de suma importância a existência de políticas públicas que sirvam de
(Às Comissões de Constituição e Justiça, Educação, Cultura, Ciência apoio às mulheres, pata tanto, urge a necessidade de se estabelecer a
e Tecnologia e Serviço Público e Finanças, Orçamento, Fiscalização e data 13 de novembro, como dia de combate à violência contra a mulher
Controle.) no calendário oficial do Estado da Bahia.

<#E.G.B#220459#11#246068/>
<#E.G.B#220466#11#246071>
Importa informar que a Organização das Nações Unidas (ONU), em
PROJETO DE LEI Nº 22.836/2018 1999, passou a reconhecer a data de 25 de novembro como o Dia Inter-
nacional da Violência Contra as Mulheres. Nesse sentido, salientamos
Instituí o dia 13 de Novembro, como Dia Estadual de Enfrentamento à a necessidade da existência um dia dentro do calendário oficial do
Violência Contra a Mulher no Estado da Bahia. Estado, para que, aconteça um maior enfrentamento e debate referente
aos casos de violência feminina, através de campanhas de cunho
A ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DA BAHIA educativo, cultural e preventivo, realizadas em diversos setores da
DECRETA: sociedade, sejam escolas, órgãos públicos, entre outros.

Art. 1º - Fica instituído o dia de Enfrentamento à Violência Contra a De igual maneira, imperioso ressaltar aos pares a grande conquista da
Mulher, que passa a integrar o calendário oficial de eventos do Estado mulher baiana neste ano legislativo, com o advento da Lei Estadual
da Bahia. 13.924, de 29 de janeiro de 2.018, de nossa autoria, que “dispõe sobre
a obrigatoriedade do encaminhamento compulsório de informação a
Parágrafo único - A data a que alude o caput será celebrada todos os delegacia Especializada, nos casos de atendimento nos serviços de
anos, no dia 13 de Novembro. urgência e emergência de Saúde do Estado da Bahia de mulheres sob
suspeita de violência doméstica”.
Art. 2º - Para os fins desta Lei, compreende-se por violência contra a
mulher qualquer ato ou conduta baseado no gênero que cause morte, Nesse diapasão, a criação do dia estadual de enfrentamento à violência
dano ou sofrimento físico, sexual, patrimonial ou psicológico à mulher, contra a mulher é mais uma maneira de despertar a sociedade à triste
tanto na esfera pública como na esfera privada. realidade dos casos de agressões contra a mulher baiana, uma vez,
que há necessidade de uma maior punição dos infratores.
Art. 3º - Durante o dia de combate à Violência Contra a Mulher o poder
público estadual promoverá eventos e atividades de cunho educacional Ante o exposto, esperamos contar com o apoio dos nobres colegas
e cultural, que terão por tema o combate a todo tipo de violência contra para o aperfeiçoamento e aprovação da matéria.
mulher.
Sala das Sessões, 15 de maio de 2018.
Parágrafo único - Fica a Administração Pública Estadual autorizada
a celebrar parcerias com a iniciativa privada a fim de organizar as Deputada Mirela Macedo
atividades de que tratam esta Lei.
(Às Comissões de Constituição e Justiça, Direitos da Mulher, Educação,
Art. 4º - Esta Lei será regulamentada pelo Chefe do Poder Executivo, no Cultura, Ciência e Tecnologia e Serviço Público e Finanças, Orçamento,
prazo de 120 (cento e vinte) dias, a contar da data de sua publicação. Fiscalização e Controle.)

Art. 5º - Esta Lei entra em vigor na data da sua publicação. <#E.G.B#220466#11#246071/>


<#E.G.B#220448#11#246056>

MOÇÃO Nº 21.671/2018
Art. 6º - Revogam-se as disposições em contrário.
O deputado que esta subscreve vem, na forma regimental, inserir na
Sala das Sessões, 15 de maio de 2018. Ata dos trabalhos desta Casa Legislativa, MOÇÃO DE PESAR pelo
falecimento da Ilustríssima SENHORA JAYNE MAFALDA FACCO DOS
Deputada Mirela Macedo SANTOS.
12
SALVADOR, BAHIA,
TERÇA-FEIRA
22 DE MAIO DE 2018

ANO III
No 22.422

A população de Salvado, familiares e amigos receberam, consternados, aos seus filhos e esposa.
a notícia do falecimento da Amiga e militante Pedetista JAYNE
MAFALDA FACCO DOS SANTOS, que deixa viúvo e filha. Sala das Sessões, 21 de maio de 2018.

JAYNE foi uma mulher de luta comprometida com as causas sociais Deputado Zé Raimundo Lula
e militante dedicada às causas defendidas pelo Partido Democrático
Trabalhista - PDT, por mias de 20 anos, sendo fundadora e militante (Dê-se conhecimento aos interessados.)
do Movimento Ação Mulher Trabalhista por mais de 06 anos. Mulher <#E.G.B#220450#12#246058/>
fiel aos seus princípios e dedicada às causas populares, defendeu
firmemente as diretrizes do PDT, primando pela ética e a honra. SAF - COMISSÃO PERMANENTE
DE LICITAÇÃO
Dedicado à família e aos amigos, comprometida com a educação e com
o desenvolvimento do Brasil, carregava consigo um profundo amor por
sua Pátria, e por isso mesmo uma vida de luta. LICITAÇÃO - AVISOS
<#E.G.B#220270#12#245852>

Neste momento de consternação, esta Casa Legislativa, aqui por mim COMUNICADO
representada, apresenta à família enlutada e amigos, os pêsames pelo A Comissão Permanente de Licitação da Assembleia Legislativa do
ocorrido. Deixo aqui as minhas condolências aos familiares. Que Deus Estado da Bahia, comunica aos interessados na Tomada de Preços
conforte a todos! n.º002/2018, Processo n.º2018002989, cujo objeto é contratação
de empresa de engenharia para execução de serviço de reforma e
Após a tramitação regimental, dê-se conhecimento da presente MOÇÃO readequação do layout e da estrutura física das salas do Recursos
DE PESAR à família enlutada (Rua Santos Quitara, 37, Massaranduba, Humanos e Diretoria Financeira, que em virtude do desatendimento
Salvador/BA, CEP 40.435-480), Ao Partido Democrático Trabalhista às exigências editalícias decidiu DESCLASSIFICAR as propostas
- PDT (R. da Mouraria, 50 - Nazaré, Salvador - BA, 40040-090), A de preços das empresas CB ENGENHARIA E CONSTRUÇÕES
Movimento Ação Mulher Trabalhista (R. da Mouraria, 50 - Nazaré, LTDA - EPP, CONSTRUTORA GOTTSCHALL LTDA, FIALHO REIS
Salvador - BA, 40040-090), Ao Movimento de Negro PDT (R. da CONSTRUÇÕES E REFORMA LTDA, UNITEC COMÉRCIO E SERVIÇO
Mouraria, 50 - Nazaré, Salvador - BA, 40040-090). LTDA e VC CONSULTORIA TÉCNICA LTDA - EPP e classificar a
proposta de preços da empresa CLAND CONSTRUÇÃO E LOCAÇÃO
Sala das Sessões, 21 de maio de 2018. LTDA. Os interessados, querendo, poderão apresentar recurso, no
prazo de Lei. O inteiro teor da decisão, encontra-se disponível na sala
Deputado Roberto Carlos da Comissão Permanente de Licitação, 2º Sub-solo do Edifício Sede.
Salvador, 21 de maio de 2018. Comissão Permanente de Licitação.
(Dê-se conhecimento aos interessados.) <#E.G.B#220270#12#245852/>
<#E.G.B#220448#12#246056/> <#E.G.B#220341#12#245928>
<#E.G.B#220450#12#246058>
AVISO DE LICITAÇÃO
MOÇÃO Nº 21.672/2018 A ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DA BAHIA torna público
para conhecimento dos interessados que realizará na sala da Comissão
Moção de Pesar pelo falecimento do companheiro Manoel da Boa Vista, Permanente de Licitação, Ala B, subsolo 2, do Palácio Deputado Luís
ocorrido em 19 de maio de 2018. Eduardo Magalhães, em sessão pública, conforme especificado no
Edital de Licitação e mediante condições estabelecidas na Lei Federal
Deputado que esta subscreve vem, na forma regimental, inserir na Ata nº8.666/93 e Lei Estadual nº9.433/2005:
dos trabalhos desta Casa Legislativa a Moção de Pesar pelo falecimento
do companheiro Manoel da Boa Vista, ocorrido em 19 de maio de 2018. Modalidade N.º Objeto Data Horário
TOMADA DE 004 Contratação 06/06/18 09h30min
É com imensa tristeza que apresento a essa Casa a moção de pesar PREÇOS de empresa de
pelo falecimento do companheiro Manoel Antônio Soares, que faleceu engenharia para
ontem dia 19 de maio de 2018, no Hospital Municipal de Condeúba, aos execução de serviço
44 anos de idade. de reforma dos
sanitários do Prédio
Sede e anexos e
Manoel nasceu em Condeúba, em 12 de dezembro de 1973, filho de copa do subsolo 2
Maria Ribeiro Neta e Antônio José Soares. Era casado com Patricia do Prédio Sede.
Soares e tinha dois filhos; Vinicius e Larissa.
O Edital encontra-se na sala da Comissão Permanente de Licitação, Ala
B, subsolo 2, do Palácio Luiz Eduardo Magalhães, Av. Luiz Viana Filho,
Conhecido como “Manoel da Boa Vista”, era uma liderança atuante
s/n, Centro Administrativo da Bahia, de segunda a quinta-feira das
nos movimentos sociais e comunitários, tendo sido presidente da
08h30min às 11h30min e das 14h às 17h30min e nas sextas-feiras das
Central das Associações do município de Condeúba e ex-presidente
08h30min até as 11h30min, ou, através do endereço eletrônico cpl@
da Associação de Boa Vista. Como militante foi fiel e aguerrido na luta
alba.ba.gov.br. Salvador, 21 de maio de 2018. MARCOS ANTÔNIO
pelas causas sociais, estando sempre presente em manifestações de
CAIRES ARAÚJO. Presidente da Comissão.
diversos interesses e movimentos em defesa dos agricultores familiares
<#E.G.B#220341#12#245928/>
e combate às injustiças sociais.
LICITAÇÃO - HOMOLOGAÇÃO -
Esse foi um traço marcante da vida de Manoel da Boa Vista, grande REVOGAÇÃO – ANULAÇÃO
amigo, companheiro, militante, que nunca mediu esforço para defender
as políticas públicas e propósitos que beneficiaram o povo mais <#E.G.B#220233#12#245811>
humilde. Deixo um legado de honestidade, retidão e solidariedade e a RESULTADO DO JULGAMENTO E HOMOLOGAÇÃO
crença em uma sociedade mais igual e democrática.
O Pregoeiro Oficial da ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO
Como amigo e companheiro do povo dessa terra, deixo registrado DA BAHIA, em conformidade com a Lei Estadual nº9.433/05, as Leis
nossos sentimentos de solidariedade aos familiares, especialmente, Federais nº10.520/02 e nº8.666/93, Lei Complementar nº123/2006
13
SALVADOR, BAHIA,
TERÇA-FEIRA
22 DE MAIO DE 2018

ANO III
No 22.422

(alterada pela Lei Complementar nº147/2004) e disposições do Edital


do Pregão Presencial nº024/2018, Processo nº2018001812, cujo SAF - DEPARTAMENTO DE
objeto é contratação de empresa especializada em fornecimento
de botijões de gás GLP - Gás Liquefeito de Petróleo, acondicionado
CONTRATOS E CONVÊNIOS
em botijões de 13 kg, decidiu pelo critério de julgamento de cotação
única, declarar vencedora bem como adjudicar o objeto do certame à PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS
empresa: PONTUAL DISTRIBUIDORA DE GLP LTDA - ME , C.N.P.J.:
05.463.921/0001-04, para o lote 01 com o valor total mensal estimado <#E.G.B#220177#13#245750>
em R$1.380,00 (um mil trezentos e oitenta reais). O Presidente da EXTRATO DE ADITAMENTO
Assembleia Legislativa do Estado da Bahia, no uso de suas atribuições
HOMOLOGOU o resultado. Salvador, 21 de maio de 2018. Marcos
CONTRATO Nº: 030/2015.
Antônio Caires Araújo. Pregoeiro Oficial.
CONTRATADA: ENTEL COMÉRCIO E REPRESENTAÇÕES
LTDA.
O Pregoeiro Oficial da ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO
DA BAHIA, em conformidade com a Lei Estadual nº9.433/05, as Leis VALOR: ADITAR O CONTRATO ORIGINAL, COM BASE
NO ÍNDICE DE CORREÇÃO IGP-M/FGV EM
Federais nº10.520/02 e nº8.666/93, Lei Complementar nº123/2006 APROXIMADAMENTE 9,06% (NOVE VÍRGULA
(alterada pela Lei Complementar nº147/2004) e disposições do ZERO SEIS POR CENTO), PASSANDO VALOR
Edital do Pregão Presencial nº025/2018, Processo nº2017006864, TOTAL ESTIMATIVO MENSAL PARA R$
cujo objeto é aquisição de lavadora de alta pressão, decidiu pelo 6.216,42 (SEIS MIL DUZENTOS E DEZESSEIS
critério de julgamento de menor preço, declarar vencedora bem como REAIS E QUARENTA E DOIS CENTAVOS),
PERFAZENDO O VALOR ESTIMATIVO ANUAL
adjudicar o objeto do certame à empresa: T A WEBER - ME, C.N.P.J.:
DE R$ 74.597,04 (SETENTA E QUATRO MIL
26.113.297/0001-95, para o lote 01 com o valor total de R$15.900,00 QUINHENTOS E NOVENTA E SETE REAIS
(quinze mil e novecentos reais). O Presidente da Assembleia Legislativa E QUATRO CENTAVOS), COM EFEITO
do Estado da Bahia, no uso de suas atribuições HOMOLOGOU o RETROATIVO A 19/11/2017, CONFORME
resultado. Salvador, 21 de maio de 2018. Marcos Antônio Caires Araújo. PROCESSO Nº2018000669.
Pregoeiro Oficial.
<#E.G.B#220233#13#245811/> <#E.G.B#220177#13#245750/>
<#E.G.B#220373#13#245961> <#E.G.B#220181#13#245754>
RESUMO DE INEXIGIBILIDADE DE LICITAÇÃO EXTRATO DE CONTRATO

O Presidente da Assembleia Legislativa do Estado da Bahia, no uso de


suas atribuições HOMOLOGA à Inexigibilidade Nº009/2018, Processo CONTRATO Nº 009/2018
nº2018003017, em nome da empresa ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA CONTRATANTE ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DA BAHIA
DAS ESCOLAS DO LEGISLATIVO, CNPJ Nº05.801.353/0001-04, C.N.P.J. 14.674.337/0001-99
referente a participação de 02 (dois) funcionários no XXXI Encontro da CONTRATADA AQUAGEO PROJETOS E
Associação Brasileira das Escolas do Legislativo e de Contas - ABEL, a PERFURAÇÕES LTDA
ser realizado na cidade de Gramado, Rio Grande do Sul, no valor total C.N.P.J. 34.117.523/0001-34
de R$1.600,00 (um mil e seiscentos reais). Com fulcro no Art. 25, inciso OBJETO CONTRATAÇÃO DE EMPRESA
II e 13, inciso VI, da Lei Federal nº 8.666/93 c/c o art. 60, inciso II, da ESPECIALIZADA PARA PERFURAÇÃO
Lei Estadual nº9.433/05. Comissão Permanente de Licitação. Salvador, DE 02 (DOIS) POÇOS TUBULARES
ESTIMADO EM 150M DE
21 de maio de 2018. PROFUNDIDADE CADA UM.
<#E.G.B#220373#13#245961/>
VALOR R$ 78.833,76 (SETENTA E OITO MIL
OITOCENTOS E
LICITAÇÃO - INEXIGIBILIDADE TRINTA E TRÊS REAIS E SETENTA
E SEIS
<#E.G.B#220235#13#245813> CENTAVOS) VALOR TOTAL
RESUMO DE INEXIGIBILIDADE DE LICITAÇÃO PROCESSO Nº Nº 2018000746
LICITAÇÃO PREGÃO Nº 015/2018
O Presidente da Assembleia Legislativa do Estado da Bahia, no VIGÊNCIA 12 (DOZE) MESES - A PARTIR DA
uso de suas atribuições HOMOLOGA à Inexigibilidade Nº007/2018, DATA DE
Processo nº2018003246, em nome da empresa EDITORA REVISTA ASSINATURA - 21/05/2018 Á 20/05/2019
DOS TRIBUNAIS LTDA, CNPJ Nº60.501.293/0001-12, referente a DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA
renovação da assinatura do Periódico Revista dos Tribunais, pelo ATIVIDADE 2000
período de 12 (doze) meses, no valor total de R$2.900,00 (dois mil e ELEMENTO 3390.39
novecentos reais). Com fulcro no Art. 25, inciso I, da Lei Federal nº
8.666/93. Comissão Permanente de Licitação. Salvador, 21 de maio de <#E.G.B#220181#13#245754/>
2018.
SRH - SUPERINTENDÊNCIA DE
O Presidente da Assembleia Legislativa do Estado da Bahia, no uso de
suas atribuições HOMOLOGA à Inexigibilidade Nº008/2018, Processo
RECURSOS HUMANOS
nº2018001865, em nome da empresa PARQUE PUBLICITÁRIO LTDA -
ME, CNPJ Nº00.381.224/0001-90, referente a renovação da assinatura ATOS ADMINISTRATIVOS - SRH
de 96 (noventa e seis) exemplares do Jornal Tribuna da Bahia, pelo
período de 12 (doze) meses, no valor total de R$53.867,00 (cinquenta e <#E.G.B#220398#13#245991>
três mil oitocentos e sessenta e sete reais). Com fulcro no Art. 25, inciso O PRESIDENTE DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DA
I, da Lei Federal nº 8.666/93 . Comissão Permanente de Licitação. BAHIA, no uso de suas atribuições;
Salvador, 21 de maio de 2018. R E S O L V E:
<#E.G.B#220235#13#245813/>
14
SALVADOR, BAHIA,
TERÇA-FEIRA
22 DE MAIO DE 2018

ANO III
No 22.422

ATO: BIQUAD TECNOLOGIA LTDA, C.N.P.J.: 03.922.350/0001-01, com


Nº. 4.110/2018 - Considerar sem efeito o Ato nº. 3.805/2018, que o valor total de R$152.000,00 (cento e cinquenta e dois mil reais).
nomeou LEILA BARRETO DOS SANTOS, publicado no Diário Oficial O Diretor da Fundação Paulo Jackson, no uso de suas atribuições
de 14/04/2018, por decurso do prazo de posse. HOMOLOGOU o resultado. Salvador, 21 de maio de 2018. Marcos
Antônio Caires Araújo. Pregoeiro Oficial.
A T O nº 4.039/2018 <#E.G.B#220337#14#245916/>

O PRESIDENTE DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DA


BAHIA, no uso de suas atribuições e de acordo com o estabelecido na
Lei nº. 4.274/1984, em seu art. 4º, inciso I e art. 3º da Lei nº. 7.244/1997
e com o Parecer nº 42/2018 MALS da Procuradoria Geral no Processo
nº. 2018003234;

RESOLVE

Expedir o presente Ato Concessório de Pensão Mensal correspondente


a 15 (quinze) anos de contribuição, em favor da Sra. IRACY CARNEIRO
TEIXEIRA, beneficiária do pensionista da extinta Caixa de Previdência
Parlamentar, o ex-Deputado Estadual Clemenceau Gomes Teixeira, a
partir de 04/04/2018.

GABINETE DO PRESIDENTE DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO


ESTADO DA BAHIA, em 14 de maio de 2018.

DEPUTADO ANGELO CORONEL


Presidente

RETIFICAÇÃO:
Ato nº. 3.990/2018, publicado no Diário 10/05/2018: Certificação
Onde se lê:

CRISTIANO BISPO DOS SP-22A Gab. Dep. Angelo SP-22A


Digital
SANTOS Almeida
Leia-se :

CRISTIANO BISPO DOS SANTOS SP-18 Gab. Dep. Angelo SP-22A


Garante a autenticidade
Almeida e não-repúdio nas
transações eletrônicas.
<#E.G.B#220398#14#245991/>

FUNDAÇÃO PAULO JACKSON


Contato:
LICITAÇÃO 71 3116-2137
<#E.G.B#220274#14#245854>

AVISO DE ADIAMENTO DE LICITAÇÃO


PREGÃO Nº 004/2018
A FUNDAÇÃO PAULO JACKSON, através do Pregoeiro Oficial,
comunica aos interessados que a licitação na modalidade Pregão
Presencial tombada sob o nº 004/2018, cujo objeto é a contratação
de empresa para prestação de serviços de captura, armazenamento,
exibição profissional e transmissão pela Internet dos fluxos de áudio e
vídeo, nos termos da Lei Federal 8.666/93, Lei Federal 10.520/02 e Lei
Estadual nº 9.433/005 e alterações posteriores, anteriormente marcada
para as 09:30hs do dia 22 de maio de 2018, considerando os pedidos
de esclarecimentos do edital, que a abertura do Certame Licitatório foi
ADIADA por tempo indeterminado. A nova data da Sessão Pública será
informada através dos mesmos meios de divulgação utilizados anterior-
mente. Salvador, 21 de maio de 2018. Marcos Caires, Pregoeiro Oficial.
<#E.G.B#220274#14#245854/>
<#E.G.B#220337#14#245916>

RESULTADO DO JULGAMENTO E HOMOLOGAÇÃO


O Pregoeiro Oficial da ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO
DA BAHIA, em conformidade com a Lei Estadual nº9.433/05, as Leis
Federais nº10.520/02 e nº8.666/93, Lei Complementar nº123/2006 www.egba.ba.gov.br
(alterada pela Lei Complementar nº147/2004) e disposições do Edital
do Pregão Presencial nº003/2018, Processo nº 037/2018, cujo objeto
é contratação de empresa para fornecimento de equipamentos para
estúdio de áudio, decidiu pelo critério de julgamento de menor preço,
declarar vencedora bem como adjudicar o objeto do certame à empresa