Você está na página 1de 15

SISTEMA ELÉTRICO

O código do motor neste manual é YD25DDti, porém o A

BCS
motor foi homologado no Brasil com o código YD25ETi.
Tal mudança não afeta as características técnicas do
motor e de itens relacionados. B
SEÇÃO
SISTEMA DE CONTROLE DA CARROCERIA C

E
CONTEÚDO
ÍNDICE DTC ........................................................ 2 Descrição do Sistema ............................................... 4 F
U1000 ........................................................................ 2 Diagrama esquemático ............................................10
Funções do CONSULT-III (BCM) ............................11
PRECAUÇÕES .................................................... 3 Configuração (BCM) ................................................13 G
Precauções com o Sistema de Proteção Procedimento de Configuração ...............................13
Complementar (SRS) “AIR BAG” e “PRÉ- Lista de configuração ..............................................14
TENSIONADOR DO CINTO DE SEGURANÇA” ...... 3 Circuito U1000 de Comunicação via CAN ...............14
H
Remoção e Instalação .............................................15
BCM (MÓDULO DE CONTROLE DA
CARROCERIA) ................................................... 4
I

BCS

BCS-1
ÍNDICE DTC

ÍNDICE DTC
U1000 INFOID:0000000003255231

DTC Itens (termos de tela CONSULT) Referência


U1000 CAN COMM CIRCUIT BCS-14, "Circuito U1000 de Comunicação via CAN"

BCS-2
PRECAUÇÕES

PRECAUÇÕES
A
Precauções com o Sistema de Proteção Complementar (SRS) “AIR BAG” e “PRÉ-
TENSIONADOR DO CINTO DE SEGURANÇA” INFOID:0000000002979165

B
O Sistema de Proteção Complementar, como o “AIR BAG” e o “PRÉ-TENSIONADOR DO CINTO DE
SEGURANÇA”, usado em conjunto com um cinto de segurança dianteiro, ajuda a reduzir o risco ou a
gravidade de uma lesão sofrida pelo motorista ou pelo passageiro do banco dianteiro em determinados tipos C
de colisão. As informações necessárias para executar, com segurança, a manutenção do sistema estão
incluídas nas seções SRS e SB deste Manual de Serviços.
ATENÇÃO:
• Para não tornar o SRS inoperante, o que poderia aumentar o risco de lesões físicas ou morte no D
caso de uma colisão com ativação do air bag, toda a manutenção deve ser executada por uma
concessionária NISSAN.
• A manutenção inadequada, incluindo a remoção e a instalação incorretas do SRS, pode resultar em E
lesões causadas pela ativação não intencional do sistema. Para informações quanto à remoção do
Cabo Espiral e Módulo do Air Bag, consulte a seção SRS.
• Não use equipamentos de teste elétrico em qualquer circuito relacionado ao SRS, a não ser que haja
F
alguma instrução nesse sentido neste Manual de Serviço. Os chicotes elétricos do SRS podem ser
identificados pela cor amarela e/ou laranja dos chicotes ou dos respectivos conectores.

BCS

BCS-3
BCM (MÓDULO DE CONTROLE DA CARROCERIA)

BCM (MÓDULO DE CONTROLE DA CARROCERIA)


Descrição do Sistema INFOID:0000000002979166

O BCM (Módulo de Controle da Carroceria) controla o funcionamento de várias unidades elétricas instaladas
no veículo.
FUNÇÃO DO BCM
O BCM possui uma função de leitura dos interruptores combinados que lê a operação dos interruptores (das
luzes, do limpador e lavador de pára-brisa, dos indicadores de direção), além da função de controlar a
operação de vários componentes elétricos. Ele também atua como interface que permite receber os sinais do
instrumento combinado e enviá-los ao ECM, utilizando a comunicação via CAN.
FUNÇÃO DE LEITURA DO INTERRUPTOR COMBINADO
Descrição
• O BCM lê a condição do interruptor combinado (interruptor das luzes, interruptor do limpador) e controla
vários componentes elétricos de acordo com os resultados.
• O BCM lê as informações de um máximo de 20 interruptores mediante a combinação de cinco terminais de
saída (OUTPUT 1 - 5) (Saída 1-5) e cinco terminais de entrada (INPUT 1 - 5) (Entrada 1-5).
Descrição de Funcionamento
• Periodicamente, o BCM emite pulsos a partir dos cinco terminais
de entrada (INPUT 1 -5) (Entrada 1-5) de maneira simultânea.

PKID0801E

• Periodicamente, o BCM ativa o transistor (lado do terminal de saída) em ordem decrescente (OUTPUT 5 →
4 → 3 → 2 → 1).
NOTA:
O BCM altera a freqüência de ativação do transistor sob o estado de repouso.
• Estado normal
Quando o BCM está no estado normal, o transistor é ativado a cada 10ms.
• Estado de repouso
Quando o BCM está no estado de repouso, o BCM entra no modo de economia de energia. O transistor é
ativado a cada 30ms.

PKID0605E

BCS-4
BCM (MÓDULO DE CONTROLE DA CARROCERIA)

• A tensão de entrada (INPUT) varia em função da ativação do


transistor [terminal de saída, lado (OUTPUT)] ao ser posicionado A
qualquer interruptor em ON.
• O BCM recebe a variação de pulso como sinal do terminal de
saída (OUTPUT). O BCM detecta o sinal com a interface do BCM.
B
• O BCM determina qual dos interruptores é posicionado em ON por
meio da interface detectora de sinais e da temporização da
detecção de sinais.
C

PKID0802E

I
PKID1118E

Tabela de Funcionamento do BCM e Interruptores Combinados


O BCM lê a posição do interruptor combinado, utilizando as combinações mostradas na tabela a seguir. J

BCS

O
PKID1119E

NOTA:
O sistema de faróis possui um circuito duplo.
P
Operação Intermitente do Limpador Dianteiro
A operação intermitente do limpador dianteiro é determinada a partir de uma combinação de 3 interruptores
(VOL. INTERM. 1, 2 e 3) e um sinal de velocidade do veículo.
Ajuste da Posição do Seletor do Limpador Intermitente

BCS-5
BCM (MÓDULO DE CONTROLE DA CARROCERIA)

Posição do seletor do Intervalo da operação Interruptor combinado


limpador intermitente intermitente VOL. INTERM. 1 VOL. INTERM. 2 VOL. INTERM. 3
1 Curto ON ON ON
2 ON ON OFF
3 ON OFF OFF

4 OFF OFF OFF

5 OFF OFF ON
6 OFF ON ON
7 Longo OFF ON OFF

Exemplo: Para a posição 1 do seletor intermitente do limpador


Usando a função de leitura do interruptor combinado, o BCM detecta a condição ON/OFF de VOL. INTERM.
1, 2 e 3.
Quando a condição do interruptor combinado aparece como listado abaixo, o BCM determina que é a posição
1 do seletor intermitente do limpador.
• VOL. INTERM. 1: ON (Existe continuidade entre saída 1 e entrada 3 do interruptor combinado.)
• VOL. INTERM. 2: ON (Existe continuidade entre saída 1 e entrada 5 do interruptor combinado.)
• VOL. INTERM. 3: ON (Existe continuidade entre saída 2 e entrada 4 do interruptor combinado.)
Exemplo (Quando a 1ª posição do interruptor das luzes é colocada em ON)
1. O interruptor da LANTERNA TRASEIRA do interruptor combinado muda para ON ao se colocar o
interruptor dos faróis na 1ª posição.
2. A corrente flui a partir de INPUT4 quando se ativa o transistor de OUTPUT5.
3. O BCM determina a posição do interruptor das luzes como a 1ª ao detectar a variação de tensão pelo
fluxo de corrente.
4. O BCM transmite o sinal de requisição das luzes de posição ao IPDM E/R por comunicação via CAN.
5. O BCM determina que o interruptor das luzes permaneça na 1ª posição ao detectar a variação de tensão
pela nova ativação do transistor OUTPUT5.

PKID1120E

NOTA:
Cada transistor de terminal OUTPUT é ativado em intervalos de 10 ms. Portanto, após posicionar o
interruptor em ON (ligado), as cargas elétricas são ativadas com um retardamento. No entanto, este
retardamento é muito curto e imperceptível.
CONTROLE DE ESTADO DO BCM
O BCM altera seu estado dependendo do estado de operação, para economizar no consumo de energia.
1. Estado de comunicação via CAN
• Com a ignição ligada, a CAN se comunica com as outras unidades normalmente.
• O controle pelo BCM está funcionando adequadamente.
• Quando a ignição é desligada, é possível a comutação para o estado de repouso.
BCS-6
BCM (MÓDULO DE CONTROLE DA CARROCERIA)

• Mesmo com a ignição desligada, caso a comunicação via CAN com o IPDM/ER e o instrumento
combinado estejam ativos, o estado de comunicação via CAN também estará ativo. A
2. Estado de repouso transitório
• Este estado prepara para a interrupção na comunicação via CAN, quando a ignição é desligada.
• O BCM transmite o sinal de requisição de repouso ao IPDM E/R e ao instrumento combinado. B
• Após dois segundos, a comunicação via CAN com todas as unidades de controle é interrompida, e o
estado de repouso transitório é comutada para o estado inativo de comunicação via CAN.
3. Estado inativo de comunicação via CAN
C
• Com a ignição desligada, a comunicação via CAN não está ativa.
• Com a ignição desligada, somente o controle feito pelo BCM está ativo.
• Com a interrupção de todos os controles efetuados pelo BCM, o estado da comunicação via CAN muda
de inativo para repouso. D
4. Estado de repouso
• O BCM é ativado no modo de economia de energia.
• A comunicação via CAN não está ativa. E
• Se alguma comunicação via CAN for detectada, o estado de repouso muda para o estado de
comunicação via CAN.
• Quando o estado dos seguintes interruptores se altera, o estado de repouso comuta para o estado de
comunicação via CAN. F
- Interruptor de ignição (ACC, ON)
- Interruptor da chave
- Interruptor de advertência G
- Interruptor de travamento e destravamento da porta
- Interruptor da porta dianteira (lado do motorista e do passageiro)
- Interruptor da porta traseira (LD e LE) H
- Interruptor combinado (lanternas, 1ª posição do interruptor das luzes)
• Quando o controle efetuado somente pelo BCM é requerido pelo interruptor, o estado de repouso é
comutado para o estado inativo de comunicação via CAN.
I
SISTEMAS CONTROLADOS DIRETAMENTE PELO BCM

Sistema Referência
J
Sistema de travamento elétrico das portas BL-13
Sistema de controle multi–remoto BL-26

Sistema de vidros elétricos NOTA GW-7 BCS


• Temporizador da luz interna
LT-59
• Economizador de bateria da luz interna
L
NOTA:
Somente alimentação de energia. Não há controle de sistema.

SISTEMAS CONTROLADOS DIRETAMENTE PELO BCM E IPDM E/R M

Sistema Referência
NATS BL-54 N
Sistema de segurança do veículo BL-42
Farol • LT-4 (Tipo halógeno)
Luzes de estacionamento, da placa de licença e
O
LT-49
lanternas traseiras
Farol de neblina dianteiro LT-23
P
Controle do economizador de bateria da iluminação
LT-49
externa
Sistema de limpador e lavador dianteiro WW-3
Desembaçador do vidro traseiro GW-24

BCS-7
BCM (MÓDULO DE CONTROLE DA CARROCERIA)

SISTEMAS CONTROLADOS PELO BCM E PELO INSTRUMENTO COMBINADO

Sistema Referência
Aviso sonoro DI-32
Luzes indicadoras de direção e de advertência LT-33

SISTEMAS CONTROLADOS PELO BCM, INSTRUMENTO COMBINADO E IPDM E/R

Sistema Referência
Luz de advertência da pressão do óleo DI-18

PRINCIPAIS COMPONENTES E SISTEMA DE CONTROLE

Sistema Entrada Saída


• Atuador da trava da porta dianteira (lado do
• Interruptor da chave motorista)
• Interruptor da porta dianteira (lado do • Atuador da trava da porta dianteira (lado do
motorista) passageiro)
Sistema de controle multi–remoto • Interruptor da porta dianteira (lado do • Atuador da trava da porta traseira LD
passageiro) • Atuador da trava da porta traseira LE
• Interruptor da porta traseira LD • Luzes indicadoras de direção (LD, LE)
• Interruptor da porta traseira LE • Instrumento combinado
(luzes indicadoras de direção, aviso sonoro)
• Interruptor principal do vidro elétrico
(interruptor de travamento e
destravamento da porta)
• Conjunto da fechadura da porta
• Atuador da trava da porta dianteira (lado do
dianteira (lado do motorista)
motorista)
(sensor de destravamento)
Sistema de travamento elétrico das • Atuador da trava da porta dianteira (lado do
• Interruptor da chave
portas passageiro)
• Interruptor da porta dianteira (lado do
• Atuador da trava da porta traseira LD
motorista)
• Atuador da trava da porta traseira LE
• Interruptor da porta dianteira (lado do
passageiro)
• Interruptor da porta traseira LD
• Interruptor da porta traseira LE
Alimentação de energia (IGN) dos vidros
Alimentação de energia da ignição Sistema dos vidros elétricos
elétricos
Alimentação de energia (BAT) dos vidros
Alimentação de energia da bateria Sistema dos vidros elétricos
elétricos
• Interruptor da chave
• Interruptor de ignição (ACC, ON)
• Controle remoto
• Interruptor da porta dianteira (lado do
motorista)
• Interruptor da porta dianteira (lado do
Sistema de segurança do veículo IPDM E/R
passageiro)
• Interruptor da porta traseira LE
• Interruptor da porta traseira LD
• Interruptor de travamento/
destravamento da porta
• IPDM E/R
• IPDM E/R
Farol Interruptor combinado • Instrumento combinado
(indicador de luz alta do farol)
Controle do economizador de bateria da • Interruptor de ignição
IPDM E/R
iluminação externa • Interruptor combinado
Luzes de estacionamento, da placa de
Interruptor combinado IPDM E/R
licença e das lanternas traseiras

BCS-8
BCM (MÓDULO DE CONTROLE DA CARROCERIA)

Sistema Entrada Saída


A
• IPDM E/R
Farol de neblina dianteiro Interruptor combinado • Instrumento combinado
(luz indicadora do farol de neblina dianteiro)
• Luz indicadora de direção B
• Interruptor combinado
Luz indicadora de direção • Instrumento combinado
• Interruptor de ignição (ON)
(indicador das luzes indicadoras de direção)
• Luz indicadora de direção C
Luz de advertência Interruptor de advertência • Instrumento combinado
(indicador das luzes indicadoras de direção)
• Interruptor da chave D
• Interruptor principal do vidro elétrico
(interruptor de travamento e
destravamento da porta)
• Atuador da trava da porta dianteira E
(lado do motorista)
(sensor de destravamento) • Luz interna
Temporizador da luz interna
• Interruptor da porta dianteira (lado do • Iluminação do cilindro da ignição
motorista) F
• Interruptor da porta dianteira (lado do
passageiro)
• Interruptor da porta traseira LE
• Interruptor da porta traseira LD G
• Interruptor de ignição (ON)
• Interruptor da chave
• Interruptor principal do vidro elétrico H
(interruptor de travamento e
destravamento da porta)
• Atuador da trava da porta dianteira
(lado do motorista) I
• Luz de leitura
(sensor de destravamento)
Economizador de bateria da luz interna • Luz interna
• Interruptor da porta dianteira (lado do
• Iluminação do cilindro da ignição
motorista)
• Interruptor da porta dianteira (lado do J
passageiro)
• Interruptor da porta traseira LE
• Interruptor da porta traseira LD
BCS
• Interruptor de ignição (ON)
• Interruptor da chave
• Interruptor da porta dianteira (lado do
Aviso sonoro da chave Instrumento combinado (alarme sonoro) L
motorista)
• Interruptor de ignição (ON)
• Interruptor combinado
Aviso sonoro da luz
• Interruptor da porta dianteira (lado do
Instrumento combinado (alarme sonoro)
M
motorista)
• Interruptor de ignição (ON)
• IPDM E/R N
Luz de advertência da pressão do óleo Instrumento combinado (luz de advertência)
• Interruptor de ignição (ON)
• Interruptor combinado
Sistema de limpador e lavador dianteiro • Instrumento combinado IPDM E/R
• Interruptor de ignição (ON) O
• Interruptor do desembaçador do vidro
Desembaçador do vidro traseiro traseiro IPDM E/R
• Interruptor de ignição (ACC, ON) P
Sinal do interruptor do A/C (ar • Amplificador automático
ECM
condicionado) • Interruptor de ignição (ON)
• Amplificador automático
Sinal do interruptor do ventilador ECM
• Interruptor de ignição (ON)

BCS-9
BCM (MÓDULO DE CONTROLE DA CARROCERIA)

Diagrama esquemático INFOID:0000000002979167

PKWD1647E

BCS-10
BCM (MÓDULO DE CONTROLE DA CARROCERIA)

BCS

PKWD1648E

Funções do CONSULT-III (BCM) INFOID:0000000002979168 P

O CONSULT-III pode exibir cada item do diagnóstico, utilizando o modo de teste indicado a seguir.

BCS-11
BCM (MÓDULO DE CONTROLE DA CARROCERIA)

Item de teste de Verificação do item, modo de teste


Conteúdo
diagnóstico BCM de diagnóstico
Work Support O ajuste de cada função pode ser modificado.
Self- Diagnostic Result O BCM executa o auto-diagnóstico da comunicação via CAN.
Data Monitor Os dados de entrada do BCM são exibidos em tempo real.

Inspeção por partes Os resultados de diagnósticos de transmissão/recepção da


CAN Diag Support Monitor
comunicação via CAN podem ser lidos.
Para verificar seu funcionamento, um sinal de acionamento é
Active Test
carregado.
Ecu Identification O número da peça do BCM pode ser lido.

ITENS DE CADA PARTE


NOTA:
O CONSULT-III exibe os sistemas com os quais o veículo é equipado.
×:Aplicável
Modo de teste de diagnóstico (Inspeção por peça)
Tela do CONSULT-III Sistema e item
Work Support Data Monitor Active Test
BCM BCM ×
Sistema de travamento elétrico das
DOOR LOCK × ×
portas
REAR DEFOGGER Desembaçador do vidro traseiro × ×
BUZZER Aviso sonoro × ×
INT LAMP Temporizador da luz interna × × ×
MULTI REMOTE ENT Sistema remoto de acesso sem chave × × ×
HEAD LAMP Luzes Externas × × ×
WIPER Limpador × × ×
Luz indicadora de direção
FLASHER × ×
Luz de advertência
Sinal do interruptor do ventilador
AIR CONDITONER Sinal do interruptor do A/C (ar × ×
condicionado)
COMB SW Interruptor combinado ×
IMMU NATS × ×
Economizador de bateria da luz
BATTERY SAVER × ×
interna
TRUNK Abertura da tampa traseira × ×
THEFT ALM Sistema de segurança do veículo × × ×
SIGNAL BUFFER Interruptor de pressão de óleo × ×
PANIC ALARM Alarme de pânico × ×

WORK SUPPORT

Item Descrição
RESET SETTING VALUE Reverter um valor ajustado com Work Support em cada sistema para um valor de fábrica pré-definido.

SELF-DIAGNOSTIC RESULT

BCS-12
BCM (MÓDULO DE CONTROLE DA CARROCERIA)

Código de A
tela do Itens do Display Condição de detecção de falha Causas prováveis
CONSULT-III
NO DTC IS DETECTED.
B
— FURTHER TESTING MAY — Nenhuma falha
BE REQUIRED.
• Se houver falhas nos dados de transmissão/recepção
da comunicação via CAN ou em alguma das unidades C
de controle, os dados de transmissão/recepção de Sistema de comunicação
U1000 CAN COMM CIRCUIT
dados não poderão ser confirmados. via CAN
• Quando os dados na comunicação via CAN não forem
recebidos antes do tempo especificado.
D

Configuração (BCM) INFOID:0000000003255233

E
A especificação do veículo precisa ser registrada com o CONSULT-III pois ela não é registrada após a
substituição do BCM.
A configuração tem as três funções a seguir:
F
Função Descrição
• Lê a configuração do veículo no BCM atual.
READ CONFIGURATION G
• Salva a configuração do veículo lida.
WRITE CONFIGURATION - Manual selection Registra a configuração do veículo com seleção manual.
WRITE CONFIGURATION - Config file Registra a configuração do veículo com os dados armazenados. H
NOTA:
Item de ajuste manual: Itens que precisam ser selecionados pelas especificações do veículo
Item de ajuste automático: Itens que são registrados automaticamente (O ajuste não pode ser modificado)
I
CUIDADO:
• Ao substituir o BCM, é necessário executar“WRITE CONFIGURATION” com o CONSULT-III.
• Complete o procedimento de “WRITE CONFIGURATION” na ordem.
• Se “WRITE CONFIGURATION”for ajustado incorretamente, poderão ocorrer incidentes. J
• A configuração é diferente para cada modelo de veículo. Confirme a configuração de cada modelo
de veículo.
• Nunca execute “WRITE CONFIGURATION”, exceto para um BCM novo. BCS
Procedimento de Configuração INFOID:0000000003255234

1.SALVANDO A ESPECIFICAÇÃO DO VEÍCULO L

Configuração do CONSULT-III
Execute “READ CONFIGURATION” para salvar ou imprimir a especificação atual do veículo. Consulte: BCS- M
13, "Configuração (BCM)".
NOTA:
Se “READ CONFIGURATION” não puder ser usado, use “WRITE CONFIGURATION - Manual selection” após
a substituição do BCM. N

>> VÁ PARA O ITEM 2.


O
2.SUBSTITUIÇÃO DO BCM
Substitua o BCM. Consulte: BCS-15, "Remoção e Instalação".
P
>> VÁ PARA O ITEM 3.
3.SELEÇÃO MODO DE ESCRITA
Configuração do CONSULT-III
Selecione “CONFIGURATION” do BCM.

BCS-13
BCM (MÓDULO DE CONTROLE DA CARROCERIA)

Ao registrar os dados armazenados>>VÁ PARA O ITEM 4.


Ao registrar manualmente>>VÁ PARA O ITEM 5.
4.EXECUTE “WRITE CONFIGURATION - CONFIG FILE”
Configuração do CONSULT-III
Execute “WRITE CONFIGURATION - Config file”.

>> FIM DO TRABALHO


5.EXECUTE “WRITE CONFIGURATION - MANUAL SELECTION”
Configuração do CONSULT-III
1. Selecione "WRITE CONFIGURATION - Manual selection".
2. Identifique a lista de modelo e configuração corretos. Consulte: BCS-14, "Lista de configuração".
3. Confirme e/ou modifique o valor de ajuste para cada item.
4. Selecione "Setting change".
CUIDADO:
Certifique-se de selecionar “Setting change”, mesmo que a configuração indicada do novo BCM
seja a mesma que a desejada. Caso contrário, a configuração ajustada automaticamente pela
seleção do modelo do veículo não pode ser armazenada.
5. Quando "COMMAND FINISHED", selecione "END".

>> VÁ PARA O ITEM 6.


6.VERIFICAÇÃO DA OPERAÇÃO
Confirme se todas as funções controladas pelo BCM funcionam normalmente.

>> FIM DO TRABALHO


Lista de configuração INFOID:0000000003255235

ITEM DE AJUSTE MANUAL


NOTA
Itens Valor de ajuste
KEYLESS ENTRY WITH ⇔ WITHOUT —
• H4 HALOGEN: Farol de halogênio
H/L BULB H4 HALOGEN ⇔ DEFAULT
• DEFAULT: Farol de xenônio
HANDLE RHD ⇔ LHD —
THEFT ALARM WITH ⇔ WITHOUT —
⇔: Itens que confirmam as especificações do veículo

ITEM DE AJUSTE AUTOMÁTICO


NOTA
Itens Valor de ajuste
AUTO LIGHT WITHOUT —
FR FOG LAMP WITH —
RR FOG LAMP WITHOUT —
SPEED SIGNAL MODE1 —

Circuito U1000 de Comunicação via CAN INFOID:0000000003255232

1.EXECUTAR AUTO-DIAGNÓSTICO
1. Posicione o interruptor da ignição em ON e espere por 2 segundos ou mais.
2. Verifique o “Resultado do Auto-Diagnóstico” do BCM.
“CAN COMM CIRCUIT” é exibido?
SIM >> Consulte: LAN-13, "Fluxograma do Diagnóstico de Falhas".
NÃO >> Consulte: GI-23, "Como Realizar um Diagnóstico Eficaz de um Problema Elétrico".
BCS-14
BCM (MÓDULO DE CONTROLE DA CARROCERIA)

Remoção e Instalação INFOID:0000000002979170

A
BCM
CUIDADO:
• Remoção B
- Antes de substituir o BCM, execute “READ CONFIGURATION” para salvar ou imprimir a
especificação atual do veículo. Consulte: BCS-13, "Configuração (BCM)".
• Instalação C
- Certifique-se de executar “WRITE CONFIGURATION” ao substituir o BCM. Consulte: BCS-13,
"Configuração (BCM)".
- Certifique-se de executar a inicialização do sistema (NATS) ao substituir o BCM.
• BCM (1) D
• Porcas (A)

PKIC1222E
G
Operação Relacionada
Remova a parte inferior do painel de instrumentos (lado do motorista). Consulte: IP-4, "Componentes".
H

BCS

BCS-15