APRENDIZAGEM: DA ESPECULAÇÃO À CIÊNCIA

COMO AS PESSOAS APRENDEM: Cérebro, mente, experiência e escola, Conselho Nacional de Pesquisas dos Estados Unidos, Editora Senac São Paulo, 2007.

PRINCIPAIS DESCOBERTAS
• Os alunos têm idéias preconcebidas de como o mundo funciona. A não consideração dos conhecimentos prévios dos alunos pode:
– Dificultar a compreensão dos novos conceitos e informações, – Levar os alunos a “aprender para a prova” (responder o que o professor espera), mas não aprender de forma “útil” (ampliar sua visão de mundo, aplicar o que aprendeu, etc...)

– Organizar o conhecimento para facilitar a recuperação e a aplicação. . os estudantes devem: – Possuir uma base sólida de conhecimento factual.PRINCIPAIS DESCOBERTAS • Para desenvolver competências. – Entender os fatos e idéias dentro de um arcabouço conceitual.

Estrutura Cognitiva Conteúdo total das idéias de um dado indivíduo. É o complexo organizado resultante dos processos cognitivos através dos quais adquire e utiliza o conhecimento. O conteúdo e organização de suas idéias numa área particular do conhecimento. .

• Dá ênfase aos processos mentais dificilmente observáveis.Cognitivismo • A psicologia da cognição (cognitivismo) procura descrever o que sucede quando o ser humano se situa e organiza o mundo. . resolução de problemas e tomada de decisões (processos mentais superiores = processos cognitivos). • Preocupa-se com o processo da percepção e compreensão. armazenamento e uso da informação na cognição. transformação. • O conhecimento seria o produto da interação do homem com o seu mundo.

.PRINCIPAIS DESCOBERTAS • Abordagem metacognitiva da instrução pode ajudar os estudantes a assumir o controle de sua própria aprendizagem por meio de: – Definição de objetivos de aprendizagem – Monitoramento do processo.

.

2 Minha afirmação é confusa e/ou não é clara. .Exemplo: Rubrica Instrucional para um texto convincente. Critérios 4 Categorias de Qualidade 3 Eu apresento uma afirmação e não explico porque ela é controversa. 1 Eu não sei qual é o meu argumento ou minha afirmação A Eu apreafirmação sento uma afirmação e explico porque ela é controversa.

Critérios 4 Argumentos que suportam minha afirmação Categorias de Qualidade 3 Eu tenho argumentos que suportam minha afirmação mas eu deixo passar argumentos importantes 2 Eu tenho 1 ou 2 argumentos fracos que não dão suporte à minha afirmação e/ou são argumentos irrelevantes ou confusos. 1 Eu não tenho argumentos que suportam minha afirmação. . Eu tenho argumentos claros e precisos que suportam minha afirmação.

Educ. 9-15 símbolo químico pode representar pode representar unidade básica dos átomo se ligam para formar unidade básica representa elemento reagem p/ formar são formados pela reação entre não metais podem ser formados entre metais em não metais compostos representa comp. of Chem. J. entre não metais são molécula fórmulas químicas metal com não metal representa fórmula empírica com a menor razão entre os componentes é representa compostos moleculares compostos iônicos .. 71 (1).MAPAS CONCEITUAIS Pendley e Bretz (1994).

fornecendo muitos exemplos em que o mesmo conceito está em ação e proporcionando uma base sólida para o conhecimento factual. • Os professores devem ensinar algum assunto em profundidade. • O Ensino de habilidades metacognitivas deve ser integrado no currículo de diversas áreas temáticas. . – Mais profundidade e menos matéria.CONSEQUÊNCIAS PARA O ENSINO • Os professores devem extrair a compreensão preexistente trazida pelos alunos e trabalhar com ela. – Rever o conceito de ensino por transmissão.

• Para um ambiente centrado no conhecimento é preciso pensar: – No que é ensinado (informações. assuntos) – Por que é ensinado (compreensão) – Nas competências e habilidades .COMO PROJETAR AMBIENTES DE SALA DE AULA • As escolas e as salas de aula devem estar centradas no aprendiz.

COMO PROJETAR AMBIENTES DE SALA DE AULA • Abordagem centrada na avaliação. • Aprendizagem centrada no contexto do aluno. . Avaliações formativas (contínuas) útil para o professor e os alunos.

.

São Paulo: EPU. Maria da Graça Nicoletti Mizukami. 1986.DIFERENTES ABORDAGENS PARA O ENSINO ENSINO: As Abordagens do Processo. .

Meio e Cultura) (Indivíduo. C.As Abordagens de Ensino Indivíduo • • • • Tradicional Comportamentalista Humanista Interacionista – Construtivismo – Sócio-construtivismo – Sócio-cultural QFL 3500 Meio Externo (Meio) (Meio) (Indivíduo) (Indivíduo e Meio) (Indivíduo. Cultura e Política) Fernandez. Meio. .

C. criança adulto em miniatura Ensino centrado no professor aluno tábula rasa aulas expositivas Garantia do aprendizado na forma de reprodução do conteúdo • Assume que todos os alunos tem o mesmo ritmo QFL 3500 Fernandez.Tradicional (teologia católica) • • • • • • Ensino autoritário e rígido Adulto ser completo. .

automatismos QFL 3500 Fernandez. memorização • Teorias de reforço (estímulo-resposta) • aquisição de “hábitos”. C. modelos. . tarefas. • aluno tábula rasa • conhecimento externo • professor detentor do conhecimento • transmissão • aulas expositivas.Comportamentalista (Skinner) • Tiveram grande impacto na educação nas décadas de 1950 a 1970.

3) O comportamento de animais não-humanos deve ser investigado paralelamente ao comportamento humano porque os organismos mais simples são mais fáceis de estudar e entender que os complexos. 2) A introspecção deve ser substituída por métodos objetivos (experimentação.Premissas Behavioristas 1) A Psicologia deve estudar eventos ambientais (estímulos) e os comportamentos observáveis (respostas). observação). .

• Tecnologia educacional: máquinas de ensino e instrução programada.Comportamentalista (Behaviorismo) • Principal nome associado: Skinner • Interesse no controle e predição das relações entre estímulos e de respostas. • Necessidade de se estabelecer objetivos educacionais. e revelado por conhecimentos. atitudes e habilidades observáveis e mensuráveis. • “O comportamento é controlado pelas conseqüências. – O comportamento humano seria modelado por procedimentos de controle. recompensa e punição.” • Condicionamento operante: – As conseqüências agradáveis de um evento funcionam com “reforçadoras” e as desagradáveis como “aversivas”. .

outros não meio abastece formas existentes a priori conhecimento passivo pouca valorização do professor QFL 3500 Fernandez.Humanista (Rogers) • • • • • conhecimento no indivíduo alguns aprendem. C. .

C. . pesquisador QFL 3500 Fernandez.Interacionista • • • • ênfase interação sujeito e meio conhecimento construído pelo indivíduo A aprendizagem não é um produto exterior ao aluno Importância à capacidade do indivíduo em integrar e processar as informações • aluno ativo • idéias prévias • papel do professor valorizado.

que a pessoa já sabe e acredita.Interacionista • Construtivismo – A perspectiva construtivista do processo de aprendizagem. apresenta os aspectos: • Cada pessoa constrói individualmente seus próprios significados para experiências que vivencia. • Muitas destas construções envolvem a ligação das novas idéias e experiências com outras. QFL 3500 Fernandez. . contudo. guardando. C. • Por ser individual. certos aspectos comuns. essa construção é diferente para cada pessoa.

– TEORIA CONSTRUTIVISTA DO DESENVOLVIMENTO COGNITIVO HUMANO.Jean Piaget (1896-1980) • Posição filosófica: o conhecimento humano é uma construção do próprio homem. Acomodação e Equilibração . tanto coletiva quanto individual CONSTRUTIVISMO • Enfoque construtivista à cognição humana. • 2 aspectos importantes da teoria de Piaget: – Períodos de desenvolvimento mental – Assimilação.

Interacionista • Construtivista: – Na medida em que se admite que a cognição se dá por construção chega-se ao construtivismo. – Não existe um método construtivista. de como o indivíduo conhece. – Esta filosofia implica em deixar de ver o aluno como um receptor de conhecimentos. Existem teorias construtivistas e metodologias coerentes com esta filosofia. • Cognitivista: se preocupa com a cognição. . QFL 3500 Fernandez. C. • Interpretacionista: o ser humano tem a capacidade de interpretar e representar o mundo. não somente responder a ele. como constrói sua estrutura cognitiva. – O construtivismo é uma posição filosófica cognitivista interpretacionista. Ele passa a ser visto como agente daconstrução de seu conhecimento (estrutura cognitiva).

C. matemática etc) – A relação com os mais velhos é uma poderosa força no desenvolvimento mental da criança. • Desenvolvimento real: o que o aluno é capaz de realizar sozinho. – Zona de Desenvolvimento Proximal (ZDP). histórico e cultural. São nos processos sociais mediados que se dá o desenvolvimento cognitivo. Fernandez. – O desenvolvimento cognitivo não ocorre independente do contexto social. – Interação: Indivíduo. – A mediação se dá através de instrumentos e signos (linguagem.Interacionista • Sócio-Construtivismo (Vygotsky) – Importância sóciocultural no processo de aprendizagem. • Desenvolvimento potencial: o que o aluno é capaz de realizar com a ajuda de outros. QFL 3500 . Meio e Cultura.

Interacionista • Sócio-Cultural (Paulo Freire) – Não se limita às situações formais de ensino – Educação é um ato político – Auto-avaliação ou avaliação mútua QFL 3500 Fernandez. C. .

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful