Você está na página 1de 89

Ano 2018, Número 230 Salvador-BA, quinta-feira, 8 de novembro de 2018 Página 1

DIÁRIO DA JUSTIÇA ELETRÔNICO


DO TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DA BAHIA
Ano 2018, Número 230 Divulgação: quarta-feira, 7 de novembro de 2018 Publicação: quinta-feira, 8 de novembro de 2018

Tribunal Regional Eleitoral

José Edivaldo Rocha Rotondano


Presidente

Edmilson Jatahy Fonseca Júnior


Vice-Presidente

Edmilson Jatahy Fonseca Júnior


Corregedor Regional Eleitoral

Bela. Fabíola Mazzei Pereira Vitório da Silva


Diretora-Geral

Assessoria de Comunicação Social e Cerimonial

Fone/Fax: (71) 3373-7007


ascom@tre-ba.jus.br

Sumário
PRESIDÊNCIA .............................................................................................................................................................................................2
Atos do Presidente ................................................................................................................................................................................2
Portarias .......................................................................................................................................................................................2
Editais ...........................................................................................................................................................................................3
Convênios .....................................................................................................................................................................................4
CORREGEDORIA REGIONAL ELEITORAL .................................................................................................................................................4
PROCURADORIA REGIONAL ELEITORAL .................................................................................................................................................4
Atos do Procurador Regional Eleitoral ..................................................................................................................................................4
Portarias .......................................................................................................................................................................................4
SECRETARIA DO TRIBUNAL ......................................................................................................................................................................5
Atos do Diretor Geral ............................................................................................................................................................................5
Portarias .......................................................................................................................................................................................5
SECRETARIA DE GESTÃO DE PESSOAS ................................................................................................................................................6
SECRETARIA DE GESTÃO DE SERVIÇOS ...............................................................................................................................................6
SECRETARIA JUDICIÁRIA .........................................................................................................................................................................6
Coapro ..................................................................................................................................................................................................6
Decisões Monocráticas/Despachos ..............................................................................................................................................6
Intimação ......................................................................................................................................................................................7
Corip .....................................................................................................................................................................................................7
Editais ...........................................................................................................................................................................................7
Gabinete .............................................................................................................................................................................................58
Editais .........................................................................................................................................................................................58
COMISSÃO PROCESSO ADMINISTRATIVO DISCIPLINAR ....................................................................................................................59
COMISSÃO PERMANENTE DE AVALIAÇÃO DE DOCUMENTOS ...........................................................................................................59
COMISSÃO DE VOTAÇÃO PARALELA .....................................................................................................................................................59
ESCOLA JUDICIÁRIA ELEITORAL ............................................................................................................................................................59
OUVIDORIA REGIONAL ELEITORAL ........................................................................................................................................................59
COMISSÃO APURADORA .........................................................................................................................................................................59
ZONAS ELEITORAIS .................................................................................................................................................................................59

Diário da Justiça Eleitoral - Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Documento assinado digitalmente conforme MP n. 2.200-2/2001 de 24.8.2001, que institui a
Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil, podendo ser acessado no endereço eletrônico http://www.tse.gov.br
Ano 2018, Número 230 Salvador-BA, quinta-feira, 8 de novembro de 2018 Página 2

001ª Zona Eleitoral - SALVADOR .......................................................................................................................................................59


Despachos ..................................................................................................................................................................................59
Intimações ..................................................................................................................................................................................60
009ª Zona Eleitoral - SALVADOR .......................................................................................................................................................60
Despachos ..................................................................................................................................................................................60
014ª Zona Eleitoral - SALVADOR .......................................................................................................................................................61
Despachos ..................................................................................................................................................................................61
031ª Zona Eleitoral - VALENÇA ..........................................................................................................................................................61
Sentenças ...................................................................................................................................................................................61
042ª Zona Eleitoral - ITABERABA ......................................................................................................................................................71
Sentenças ...................................................................................................................................................................................71
056ª Zona Eleitoral - SANTO ANTÔNIO DE JESUS ...........................................................................................................................72
Portarias .....................................................................................................................................................................................72
060ª Zona Eleitoral - CONDEÚBA ......................................................................................................................................................73
Despachos ..................................................................................................................................................................................73
073ª Zona Eleitoral - UBAITABA .........................................................................................................................................................73
Despachos ..................................................................................................................................................................................73
Sentenças ...................................................................................................................................................................................73
082ª Zona Eleitoral - CÍCERO DANTAS .............................................................................................................................................74
Despachos ..................................................................................................................................................................................74
089ª Zona Eleitoral - LENÇÓIS ...........................................................................................................................................................75
Sentenças ...................................................................................................................................................................................75
101ª Zona Eleitoral - LIVRAMENTO DE NOSSA SENHORA ..............................................................................................................83
Editais .........................................................................................................................................................................................83
134ª Zona Eleitoral - UBATÃ ...............................................................................................................................................................83
Intimações ..................................................................................................................................................................................83
139ª Zona Eleitoral - BARRA DO CHOÇA ..........................................................................................................................................85
Editais .........................................................................................................................................................................................85
149ª Zona Eleitoral - ITIÚBA ...............................................................................................................................................................86
Intimações ..................................................................................................................................................................................86
160ª Zona Eleitoral - SANTA BÁRBARA .............................................................................................................................................86
Portarias .....................................................................................................................................................................................86
176ª Zona Eleitoral - BARRA DO MENDES ........................................................................................................................................87
Despachos ..................................................................................................................................................................................87
Sentenças ...................................................................................................................................................................................87
203ª Zona Eleitoral - EUNÁPOLIS ......................................................................................................................................................88
Editais .........................................................................................................................................................................................88
Despachos ..................................................................................................................................................................................88

PRESIDÊNCIA

Atos do Presidente

Portarias

PORTARIA Nº 564, DE 23 DE OUTUBRO DE 2018


Institui comissão de sindicância investigativa para averiguar os fatos noticiados no Processo Administrativo Digital nº 9416/2017.
O PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DA BAHIA, no uso de suas atribuições, considerando o disposto no art. 143, da Lei
nº 8.112, de 11.12.90, e tendo em vista o constante no Processo Administrativo Digital nº 9416/2017,
RESOLVE:
Art. 1º Instituir, no âmbito deste Tribunal, comissão de sindicância investigativa, com a finalidade de apurar os fatos noticiados no predito
processo.
Art. 2º Designar para compor a comissão os seguintes membros:
I Sérgio Luiz de Carvalho Medrado, Analista Judiciário;
II Rosana Sampaio da Paz, Técnico Judiciário;
III Eudilza Freitas de Sena, Analista Judiciário.
Parágrafo único. Os membros acima relacionados serão substituídos, em seus afastamentos legais, pelos servidores Sílvia Rebouças Rosado
de Castro e André Francisco Gomes de Oliveira.

Diário da Justiça Eleitoral - Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Documento assinado digitalmente conforme MP n. 2.200-2/2001 de 24.8.2001, que institui a
Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil, podendo ser acessado no endereço eletrônico http://www.tse.gov.br
Ano 2018, Número 230 Salvador-BA, quinta-feira, 8 de novembro de 2018 Página 3

Art. 3º A presidência da comissão ficará sob a responsabilidade de Sérgio Luiz de Carvalho Medrado.
Parágrafo único. O presidente será substituído, em seus afastamentos legais, pela servidora Rosana Sampaio da Paz.
Art. 4º A comissão ora instituída deverá apresentar a esta Presidência relatório de seus trabalhos, com conclusão fundamentada, no prazo de
30 (trinta) dias, a contar da data da publicação desta portaria.
Art. 5º O pedido de prorrogação dos trabalhos, se necessário, deverá ser formalizado, de forma justificada, com antecedência mínima de 5
(cinco) dias do prazo final estabelecido.

Salvador, 23 de outubro de 2018.


Des. JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

PORTARIA Nº 582, DE 28 DE OUTUBRO DE 2018


O PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DA BAHIA, no uso de suas atribuições e tendo em vista o constante no Processo
Administrativo Digital nº 4962/2016,
RESOLVE prorrogar, até 19.12.2018, o prazo para a conclusão dos trabalhos da comissão instituída através da Portaria nº 516, de 26.9.2018,
publicada no Diário da Justiça Eletrônico de 1º.10.2018.

Salvador, 28 de outubro de 2018.


Des. JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

PORTARIA Nº 602, DE 4 DE NOVEMBRO DE 2018


O PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DA BAHIA, no uso de suas atribuições e tendo em vista o constante nos Processos
Administrativos Digitais nºs 17028/2018 e 13039/2018,
RESOLVE prorrogar, por mais 60 (sessenta) dias, o prazo para a conclusão dos trabalhos da comissão instituída através da Portaria nº 484,
de 8.9.2018, publicada no Diário da Justiça Eletrônico de 11.9.2018.

Salvador, 4 de novembro de 2018.


Des. JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

PORTARIA Nº 526, DE 29 DE SETEMBRO DE 2018


O PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DA BAHIA, no uso de suas atribuições, considerando o disposto no art. 36,
parágrafo único, inciso III, alínea "b", da Lei nº 8.112/1990, e nos arts. 5º, inciso III, alínea "b", e 19, da Resolução TSE nº 23.563/2018, e
tendo em vista o constante no Processo Administrativo Digital nº 14808/2015,
RESOLVE:
Art. 1º Manter a remoção temporária da servidora MAÍRA TEIXEIRA VIEIRA BORGES, ocupante do cargo de provimento efetivo de Analista
Judiciário, Área Judiciária, Nível Superior, do Quadro de Pessoal deste Tribunal, para esta Capital.
Art. 2º Determinar a reavaliação da servidora referida no art. 1º no prazo máximo de 2 (dois) anos, contados da publicação desta portaria.

Salvador, 29 de setembro de 2018.


Des. JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Editais

EDITAIS DE 6 DE NOVEMBRO DE 2018


EDITAL Nº 45
O PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DA BAHIA, no uso de suas atribuições, considerando o disposto no art. 3º, §3º, da
Resolução nº 21.009, de 5 de março de 2002, do Tribunal Superior Eleitoral, e tendo em vista o constante no Processo Administrativo Digital
n.º 11332/2015,

Diário da Justiça Eleitoral - Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Documento assinado digitalmente conforme MP n. 2.200-2/2001 de 24.8.2001, que institui a
Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil, podendo ser acessado no endereço eletrônico http://www.tse.gov.br
Ano 2018, Número 230 Salvador-BA, quinta-feira, 8 de novembro de 2018 Página 4

FAZ SABER aos Senhores Juízes de Direito da Comarca de Bom Jesus da Lapa que, a partir da publicação deste Edital no Diário da Justiça
Eletrônico, encontra-se aberto o prazo de 5 (cinco) dias para a inscrição dos interessados à titularidade da 71ª Zona Eleitoral, com sede na
referida comarca, devendo o pedido de habilitação ser instruído com documento que comprove a data inicial do efetivo exercício na respectiva
comarca.

EDITAL Nº 46
O PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DA BAHIA, no uso de suas atribuições, considerando o disposto no art. 3º, §3º, da
Resolução nº 21.009, de 5 de março de 2002, do Tribunal Superior Eleitoral, e tendo em vista o constante no Processo Administrativo Digital
n.º 422/2015,
FAZ SABER aos Senhores Juízes de Direito da Comarca de Jequié que, a partir da publicação deste Edital no Diário da Justiça Eletrônico,
encontra-se aberto o prazo de 5 (cinco) dias para a inscrição dos interessados à titularidade da 23ª Zona Eleitoral, com sede na referida
comarca, devendo o pedido de habilitação ser instruído com documento que comprove a data inicial do efetivo exercício na respectiva
comarca.

Em 6 de novembro de 2018.
Des. JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Convênios

TERMO PARA CESSÃO DE USO DE BEM PÚBLICO Nº 11/18-TCU


TERMO PARA CESSÃO DE USO DE BEM PÚBLICO Nº 11/18-TCU, firmado entre a União Federal, por intermédio do Tribunal Regional
Eleitoral da Bahia, e o Estado da Bahia, por intermédio do Tribunal de Justiça da Bahia: 13795/2017. OBJETO: Fornecimento gratuito, pelo TJ-
BA, de mini impressora de senha térmica, modelo DR. 700-SN para ser utilizada pelo Cartório Eleitoral da 80ª Zona para o atendimento de
suas funções institucionais. FUNDAMENTO LEGAL: Lei Estadual nº 9.433/2005 e Lei Federal nº 8.666/93. VIGÊNCIA: 60 (sessenta) dias, a
contar da publicação deste termo. ASSINATURA: 21.9.2018. SIGNATÁRIOS: Des. José Edivaldo Rocha Rotondano, pelo TRE-BA, e Des.
Gesivaldo Nascimento Britto, pelo TJ-BA.

CORREGEDORIA REGIONAL ELEITORAL

(NÃO HÁ PUBLICAÇÕES NESTA DATA)

PROCURADORIA REGIONAL ELEITORAL

Atos do Procurador Regional Eleitoral

Portarias

Portaria nº 44/2018-PRE/MPE/BA, de 29 de outubro de 2018


PORTARIA nº 44/2018 – PRE/MPE/BA, de 29 de Outubro de 2018
O PROCURADOR REGIONAL ELEITORAL NO ESTADO DA BAHIA, no uso de suas atribuições, com fulcro nos artigos 77 e 79, parágrafo
único, da Lei Complementar n.º 75/93 e na Resolução do Conselho Nacional do Ministério Público n.º 30/2008, em conformidade com a
indicação da Excelentíssima Senhora Procuradora-Geral de Justiça do Estado da Bahia, objeto do Ofício nº 0036/2018-SGMP, recepcionado
na PRE/BA em 29/10/2018,
RESOLVE:
Artigo 1º – Designar o(s) Promotor(es) de Justiça a seguir nominado(s) para oficiar(em) perante a Justiça Eleitoral de primeira instância na(s)
Zona(s) Eleitoral(is) e período(s) abaixo indicado(s):
Promotor(a) Eleitoral Substituto(a): Sávio Henrique Damasceno Moreira
Zona eleitoral: 118ª – CACHOEIRA
Período: 24 a 28/10/2018
Motivo: Retificação da substituição, na forma do art. 4º, §2º, da Portaria Conjunta PRE/BA e MPE/BA nº 02/2016
Publique-se.

Diário da Justiça Eleitoral - Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Documento assinado digitalmente conforme MP n. 2.200-2/2001 de 24.8.2001, que institui a
Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil, podendo ser acessado no endereço eletrônico http://www.tse.gov.br
Ano 2018, Número 230 Salvador-BA, quinta-feira, 8 de novembro de 2018 Página 5

Salvador, 29 de outubro de 2018.


Cláudio Alberto Gusmão Cunha
Procurador Regional Eleitoral

SECRETARIA DO TRIBUNAL

Atos do Diretor Geral

Portarias

PORTARIA N.º 164, de 05 de novembro de 2018


A DIRETORA-GERAL DA SECRETARIA DO TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DA BAHIA, no uso de suas atribuições e tendo em vista o
constante do Processo Administrativo Digital n.º 6907/2018,
RESOLVE:
Art. 1º Instituir Grupo de Trabalho com a finalidade de realizar estudos acerca da incidência da aplicação da Lei n.º 13.467/2017 e Medida
Provisória n.º 808/2017 nos contratos de prestação de serviços de execução indireta com dedicação de mão de obra, visando alteração nas
planilhas de custos e formação de preços, com o intuito de subsidiar a celebração de termo aditivo pela Seção de Contratos aos ajustes
enquadrados nos parâmetros definidos no Ofício n.º 0443347 – SG, do Conselho Nacional de Justiça.
Art. 2º. Designar para compor o Grupo de Trabalho os seguintes membros: DANIELLY REGINA DE CARVALHO, pela Coordenadoria de
Gestão de Aquisições, Licitações e Contratos; SILENE MASCARENHAS SOUZA, pela Seção de Contratos; MARCONNI RODRIGUES DE
ALCÂNTARA SANTOS, pela Seção de Análise e Aquisições; MÁRCIO DE OLIVEIRA REZENDE, pela Secretaria de Orçamento, Finanças e
Contabilidade; Patrícia Caleffi, pela Assessoria Jurídica de Licitações e Contratos.
Parágrafo único. Os membros acima relacionados, em seus afastamentos legais, serão representados pelos seus substitutos; nos casos em
que a função não exija substituto formalmente designado, seu suplente será outro servidor com mesma lotação e função equivalente.
Art. 3º A presidência da Comissão ficará sob a responsabilidade de Danielly Regina de Carvalho.
Parágrafo único. A presidente será substituída, em seus afastamentos legais, pela servidora Silene Mascarenhas Souza.
Art. 4º O Grupo ora instituído deverá concluir os trabalhos no prazo de 90 (noventa) dias, a contar da data de publicação desta Portaria.
Salvador, 5 de novembro de 2018.
FABÍOLA MAZZEI VITÓRIO
Diretora-Geral

PORTARIA 166, de 29 de outubro de 2018


A DIRETORA-GERAL DA SECRETARIA DO TRIBUNAL REGIONAL
ELEITORAL DA BAHIA, no uso de suas atribuições e tendo em vista o constante no Processo Administrativo Digital n.º 14.358/2018,
RESOLVE:
Art. 1º Designar NOIR DOS SANTOS SILVA, servidor requisitado, para atuar como primeiro substituto legal do titular da Chefia de Cartório da
112ª Zona Eleitoral – Prado, durante os seus afastamentos legais e ocasionais, a partir da data de publicação desta portaria até o retorno ao
respectivo órgão de origem ou até a apresentação de servidor efetivo na unidade, o que ocorrer primeiro.
Salvador, 29 de outubro de 2018.
FABÍOLA MAZZEI VITÓRIO
Diretora-Geral

PORTARIA Nº 167, de 29 de outubro de 2018


A DIRETORA-GERAL DA SECRETARIA DO TRIBUNAL REGIONAL
ELEITORAL DA BAHIA, no uso de suas atribuições e tendo em vista o constante no Processo Administrativo Digital n.º 12.244/2018,
RESOLVE:
Art. 1º Designar ADEMAR MARIANO DE FREITAS JÚNIOR, Técnico Judiciário, Área Administrativa, NI, Classe B, Padrão 7, do Quadro de
Pessoal deste Tribunal, e JORGE CARVALHO DE OLIVEIRA, servidor requisitado, respectivamente, como primeiro e segundo substitutos
legais do titular da Chefia da 149ª Zona Eleitoral – Itiúba, durante os seus afastamentos legais e ocasionais, a partir da data de publicação
desta portaria.
Art. 2º. Revogar a Portaria n.º 44, de 17 de maio de 2018, a partir da data de publicação desta Portaria, apenas no que se refere à designação
de Thayane de Oliveira Albuquerque para atuar como primeira substituta legal do titular da chefia da 149ª Zona Eleitoral – Itiúba.

Diário da Justiça Eleitoral - Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Documento assinado digitalmente conforme MP n. 2.200-2/2001 de 24.8.2001, que institui a
Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil, podendo ser acessado no endereço eletrônico http://www.tse.gov.br
Ano 2018, Número 230 Salvador-BA, quinta-feira, 8 de novembro de 2018 Página 6

Salvador, 29 de outubro de 2018.


FABÍOLA MAZZEI VITÓRIO
Diretora–Geral

PORTARIA Nº 168, de 30 de outubro de 2018


A DIRETORA-GERAL DA SECRETARIA DO TRIBUNAL REGIONAL
ELEITORAL DA BAHIA, no uso de suas atribuições e tendo em vista o constante no Processo Administrativo Digital n.º 15.006/2018,
RESOLVE:
Art. 1º Designar FRANCISCO CARLOS CARNEIRO CEDRAZ, servidor requisitado, para atuar como segundo substituto legal do titular da
Chefia de Cartório da 132ª Zona Eleitoral – Conceição de Coité, durante os seus afastamentos legais e ocasionais, a partir da data de
publicação desta portaria até o retorno ao respectivo órgão de origem ou até a apresentação de servidor detentor de cargo efetivo na unidade,
o que ocorrer primeiro.
Salvador, 30 de outubro de 2018.
FABÍOLA MAZZEI VITÓRIO
Diretora-Geral

SECRETARIA DE GESTÃO DE PESSOAS

(NÃO HÁ PUBLICAÇÕES NESTA DATA)

SECRETARIA DE GESTÃO DE SERVIÇOS

(NÃO HÁ PUBLICAÇÕES NESTA DATA)

SECRETARIA JUDICIÁRIA

Coapro

Decisões Monocráticas/Despachos

DESPACHO
PROCESSO PAD Nº 15.863/2018
REQUERENTES: ELEICAO 2018 JAIR MESSIAS BOLSONARO PRESIDENTE, COLIGAÇÃO "BAHIA ACIMA DE TUDO, DEUS ACIMA
DE TODOS"
ADVOGADOS DOS REQUERENTES: GUSTAVO BEBIANNO ROCHA - RJ081620, TIAGO LEAL AYRES - BA22219, KARINA DE PAULA
KUFA - SP245404
DESPACHO:
"1. Trata-se de petição da Coligação "Brasil Acima de Tudo, Deus Acima de Todos" na qual requer a) Atas da geração de mídias; b) Atas da
cerimônia de VPP e carga das urnas e c) Logs do gerador de mídias (GM) de todos os computadores usados para gerar mídia no primeiro
turno das eleições de 2018.
2. Solicitadas diligências à COELOG, a referida Coordenadoria providenciou junto às zonas eleitorais as referidas informações que foram
gravadas em mídia digital e remetidas à ASSESP.
3.Findas as tratativas, à COAPRO, para intimar os interessados.
4. Segue, via livro de protocolo, o CD que será entregue ao peticionante.
Em 30 de outubro de 2018.
Des. JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia"

Diário da Justiça Eleitoral - Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Documento assinado digitalmente conforme MP n. 2.200-2/2001 de 24.8.2001, que institui a
Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil, podendo ser acessado no endereço eletrônico http://www.tse.gov.br
Ano 2018, Número 230 Salvador-BA, quinta-feira, 8 de novembro de 2018 Página 7

Intimação

DESPACHOS/DECISÕES/SEAPRO1
SECRETARIA JUDICIÁRIA
INTIMAÇÃO - DESPACHOS/DECISÕES/SEAPRO1

AGRAVO DE INSTRUMENTO NA PETIÇÃO Nº 144-34.2017.6.05.0000


ORIGEM: LAURO DE FREITAS-BA (180ª ZONA ELEITORAL - LAURO DE FREITAS)
AGRAVANTE: FACEBOOK SERVIÇOS ONLINE DO BRASIL LTDA
ADVOGADOS: PATRÍCIA HELENA MARTA MARTINS; RUBIA OLIVEIRA DOS SANTOS; CARLOS AUGUSTO MEDRADO; FLÁVIO
RIBEIRO MIRANDA; JOSÉ MARIANO VIANA MUNIZ FILHO; ANTONIO ADONIAS AGUIAR BASTOS; RAQUEL CARNEIRO SANTOS
PEDREIRA FRANCO
AGRAVADOS: COLIGAÇÃO RECONSTRUIR E FAZER MAIS E MELHOR E MOEMA ISABEL PASSOS GRAMACHO
ADVOGADA: MAISA MOTA RIOS
PROTOCOLO: 39.715/2018
INTIMAÇÃO: ABERTO PRAZO DE 03 (TRÊS) DIAS PARA APRESENTAÇÃO DE CONTRARRAZÕES.

AGRAVO DE INSTRUMENTO NO RECURSO ELEITORAL Nº 360-70.2016.6.05.0148


ORIGEM: VEREDA-BA (148ª ZONA ELEITORAL - ITANHÉM)
AGRAVANTES: MANRICK GREGÓRIO PRATES TEIXEIRA E SALVADOR DA ROCHA NONATO
ADVOGADOS: FERNANDO VAZ COSTA NETO E OUTROS
AGRAVADOS: DINOEL SOUZA CARVALHO E FLÁVIO BORGES DE ANDRADE
ADVOGADA: FABIANE AZEVEDO DE SOUZA
PROTOCOLO: 39.511/2018
INTIMAÇÃO: ABERTO PRAZO DE 03 (TRÊS) DIAS PARA APRESENTAÇÃO DE CONTRARRAZÕES.

RECURSO ESPECIAL NA PRESTAÇÃO DE CONTAS Nº 407-03.2016.6.05.0000


ORIGEM: SALVADOR-BA
RECORRENTE: ÓRGÃO DE DIREÇÃO ESTADUAL DO PARTIDO TRABALHISTA BRASILEIRO - PTB
ADVOGADOS: FABRICIO MALTEZ LOPES; JULIANA AGUIAR COELHO
PROTOCOLO: 37.804/2018
DECISÃO: INADMITIU-SE A SUBIDA DO RECURSO ESPECIAL.

Em 6 de novembro de 2018.
MARTA GAVAZZA
SECRETÁRIA JUDICIÁRIA

Corip

Editais

Processo 0602573-85.2018.6.05.0000
Processo nº 0602573-85.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ FREDDY CARVALHO PITTA LIMA
PROMOVENTE: DEIZE RAMOS DA SILVA - DEPUTADO ESTADUAL - ELEIÇÃO 2018

Diário da Justiça Eleitoral - Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Documento assinado digitalmente conforme MP n. 2.200-2/2001 de 24.8.2001, que institui a
Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil, podendo ser acessado no endereço eletrônico http://www.tse.gov.br
Ano 2018, Número 230 Salvador-BA, quinta-feira, 8 de novembro de 2018 Página 8

EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pela candidata a
DEPUTADA ESTADUAL DEIZE RAMOS DA SILVA.
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0603626-04.2018.6.05.0000
Processo nº 0603626-04.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ RUI CARLOS BARATA LIMA FILHO
PROMOVENTE: ELEICAO 2018 FRANK CERQUEIRA ARAUJO DEPUTADO FEDERAL
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pelo PROMOVENTE:
ELEICAO 2018 FRANK CERQUEIRA ARAUJO DEPUTADO FEDERAL.
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0603619-12.2018.6.05.0000
Processo nº 0603619-12.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ RUI CARLOS BARATA LIMA FILHO
PROMOVENTE: ELEICAO 2018 PAULO MENESES DA FONSECA DEPUTADO FEDERAL
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pelo PROMOVENTE:
ELEICAO 2018 PAULO MENESES DA FONSECA DEPUTADO FEDERAL.
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602826-73.2018.6.05.0000
Processo nº 0602826-73.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ DIEGO LUIZ LIMA DE CASTRO
PROMOVENTE: ROBSON MENDES DA CRUZ, DEPUTADO ESTADUAL (ELEIÇÃO 2018)

Diário da Justiça Eleitoral - Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Documento assinado digitalmente conforme MP n. 2.200-2/2001 de 24.8.2001, que institui a
Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil, podendo ser acessado no endereço eletrônico http://www.tse.gov.br
Ano 2018, Número 230 Salvador-BA, quinta-feira, 8 de novembro de 2018 Página 9

EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada por ROBSON
MENDES DA CRUZ, DEPUTADO ESTADUAL (ELEIÇÃO 2018).
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602347-80.2018.6.05.0000
Processo nº 0602347-80.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ FREDDY CARVALHO PITTA LIMA
PROMOVENTE: VALFRIDES DA SILVA PEREIRA - DEPUTADO ESTADUAL - ELEIÇÃO 2018
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pelo candidato a
DEPUTADO ESTADUAL VALFRIDES DA SILVA PEREIRA.
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602267-19.2018.6.05.0000
Processo nº 0602267-19.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ FREDDY CARVALHO PITTA LIMA
PROMOVENTE: LUAN FERREIRA DOS SANTOS - DEPUTADO ESTADUAL - ELEIÇÃO 2018
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pelo candidato a
deputado estadual LUAN FERREIRA DOS SANTOS.
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602477-70.2018.6.05.0000
Processo nº 0602477-70.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ EDUARDO AUGUSTO VIANA BARRETO
PROMOVENTE: HELDER LUIS ALMEIDA DE SOUSA - DEPUTADO ESTADUAL - ELEIÇÃO 2018

Diário da Justiça Eleitoral - Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Documento assinado digitalmente conforme MP n. 2.200-2/2001 de 24.8.2001, que institui a
Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil, podendo ser acessado no endereço eletrônico http://www.tse.gov.br
Ano 2018, Número 230 Salvador-BA, quinta-feira, 8 de novembro de 2018 Página 10

EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pelo candidato a
DEPUTADO ESTADUAL HELDER LUIS ALMEIDA DE SOUSA.
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602716-74.2018.6.05.0000
Processo nº 0602716-74.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ FREDDY CARVALHO PITTA LIMA
PROMOVENTE: ROOSEVELT BARBOSA PAIVA DE CARVALHO - DEPUTADO ESTADUAL - ELEIÇÃO 2018
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pelo candidato a
DEPUTADO ESTADUAL ROOSEVELT BARBOSA PAIVA DE CARVALHO .
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602291-47.2018.6.05.0000
Processo nº 0602291-47.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ DIEGO LUIZ LIMA DE CASTRO
PROMOVENTE: LUCAS BORGES DE SANTANA DEPUTADO ESTADUAL - ELEIÇÃO 2018
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada por LUCAS BORGES
DE SANTANA DEPUTADO ESTADUAL - ELEIÇÃO 2018.
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0603149-78.2018.6.05.0000
Processo nº 0603149-78.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ RUI CARLOS BARATA LIMA FILHO
PROMOVENTE: ELEICAO 2018 FRANCISCA DE ARAUJO DANTAS DEPUTADO FEDERAL

Diário da Justiça Eleitoral - Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Documento assinado digitalmente conforme MP n. 2.200-2/2001 de 24.8.2001, que institui a
Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil, podendo ser acessado no endereço eletrônico http://www.tse.gov.br
Ano 2018, Número 230 Salvador-BA, quinta-feira, 8 de novembro de 2018 Página 11

EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pelo PROMOVENTE:
ELEICAO 2018 FRANCISCA DE ARAUJO DANTAS DEPUTADO FEDERAL.
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602244-73.2018.6.05.0000
Processo nº 0602244-73.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ DIEGO LUIZ LIMA DE CASTRO
PROMOVENTE: RITA DE CASSIA PASSOS ROCHA, DEPUTADO ESTADUAL (ELEIÇÃO 2018)
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada por RITA DE CASSIA
PASSOS ROCHA, DEPUTADO ESTADUAL (ELEIÇÃO 2018).
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602412-75.2018.6.05.0000
Processo nº 0602412-75.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ RUI CARLOS BARATA LIMA FILHO
PROMOVENTE: CLAUDE MARCIA MOTA ANUNCIAÇÃO, DEPUTADO ESTADUAL (ELEIÇÃO 2018)
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada por CLAUDE
MARCIA MOTA ANUNCIAÇÃO, DEPUTADO ESTADUAL (ELEIÇÃO 2018).
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602500-16.2018.6.05.0000
Processo nº 0602500-16.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ DIEGO LUIZ LIMA DE CASTRO
PROMOVENTE: FABIO REIS DA SILVA DEPUTADO ESTADUAL - ELEIÇÃO 2018

Diário da Justiça Eleitoral - Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Documento assinado digitalmente conforme MP n. 2.200-2/2001 de 24.8.2001, que institui a
Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil, podendo ser acessado no endereço eletrônico http://www.tse.gov.br
Ano 2018, Número 230 Salvador-BA, quinta-feira, 8 de novembro de 2018 Página 12

EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada por FABIO REIS DA
SILVA DEPUTADO ESTADUAL - ELEIÇÃO 201.
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602800-75.2018.6.05.0000
Processo nº 0602800-75.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ FREDDY CARVALHO PITTA LIMA
PROMOVENTE: NILTON SILVA BASTOS JUNIOR - DEPUTADO ESTADUAL - ELEIÇÃO 2018
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pelo candidato a
DEPUTADO ESTADUAL NILTON SILVA BASTOS JUNIOR .
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602982-61.2018.6.05.0000
Processo nº 0602982-61.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ RUI CARLOS BARATA LIMA FILHO
PROMOVENTE: ELEICAO 2018 EDVANIA SANTOS MOURA DEPUTADO FEDERAL
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pelo PROMOVENTE:
ELEICAO 2018 EDVANIA SANTOS MOURA DEPUTADO FEDERAL.
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602605-90.2018.6.05.0000
Processo nº 0602605-90.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ FREDDY CARVALHO PITTA LIMA
PROMOVENTE: YVONE NEPOMUCENO DE SOUZA - DEPUTADO ESTADUAL - ELEIÇÃO 2018

Diário da Justiça Eleitoral - Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Documento assinado digitalmente conforme MP n. 2.200-2/2001 de 24.8.2001, que institui a
Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil, podendo ser acessado no endereço eletrônico http://www.tse.gov.br
Ano 2018, Número 230 Salvador-BA, quinta-feira, 8 de novembro de 2018 Página 13

EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pela candidata a
DEPUTADA ESTADUAL YVONE NEPOMUCENO DE SOUZA.
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602773-92.2018.6.05.0000
Processo nº 0602773-92.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ AVIO MOZAR JOSE FERRAZ DE NOVAES
PROMOVENTE: MARCOS ANTONIO RAMOS DA HORA - DEPUTADO FEDERAL - ELEIÇÃO 2018
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pelo PROMOVENTE:
MARCOS ANTONIO RAMOS DA HORA - DEPUTADO FEDERAL - ELEIÇÃO 2018.
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602239-51.2018.6.05.0000
Processo nº 0602239-51.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ AVIO MOZAR JOSE FERRAZ DE NOVAES
PROMOVENTE: HELIO RAIMUNDO FERREIRA FRANCA JUNIOR. CARGO - DEPUTADO ESTADUAL
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pelo PROMOVENTE
HELIO RAIMUNDO FERREIRA FRANCA JUNIOR.
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602645-72.2018.6.05.0000
Processo nº 0602645-72.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ AVIO MOZAR JOSE FERRAZ DE NOVAES
PROMOVENTE: ISRAEL LOPES DE MATOS - DEPUTADO ESTADUAL - ELEIÇÃO 2018

Diário da Justiça Eleitoral - Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Documento assinado digitalmente conforme MP n. 2.200-2/2001 de 24.8.2001, que institui a
Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil, podendo ser acessado no endereço eletrônico http://www.tse.gov.br
Ano 2018, Número 230 Salvador-BA, quinta-feira, 8 de novembro de 2018 Página 14

EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pelo PROMOVENTE:
ISRAEL LOPES DE MATOS - DEPUTADO ESTADUAL - ELEIÇÃO 2018.
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0603213-88.2018.6.05.0000
Processo nº 0603213-88.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ AVIO MOZAR JOSE FERRAZ DE NOVAES
PROMOVENTE: DAVID LOPES MACEDO DEPUTADO ESTADUAL
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pelo PROMOVENTE:
DAVID LOPES MACEDO.
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0603139-34.2018.6.05.0000
Processo nº 0603139-34.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ AVIO MOZAR JOSE FERRAZ DE NOVAES
PROMOVENTE: EDIVALDO RIBEIRO E SILVA - DEPUTADO FEDERAL - ELEIÇÃO 2018
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pelo PROMOVENTE:
EDIVALDO RIBEIRO E SILVA - DEPUTADO FEDERAL - ELEIÇÃO 2018.
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602264-64.2018.6.05.0000
Processo nº 0602264-64.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ AVIO MOZAR JOSE FERRAZ DE NOVAES
PROMOVENTE: FRANCISCO CARLOS RIBEIRO DOS SANTOS - DEPUTADO ESTADUAL - ELEIÇÃO 2018

Diário da Justiça Eleitoral - Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Documento assinado digitalmente conforme MP n. 2.200-2/2001 de 24.8.2001, que institui a
Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil, podendo ser acessado no endereço eletrônico http://www.tse.gov.br
Ano 2018, Número 230 Salvador-BA, quinta-feira, 8 de novembro de 2018 Página 15

EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pelo PROMOVENTE:
FRANCISCO CARLOS RIBEIRO DOS SANTOS - DEPUTADO ESTADUAL - ELEIÇÃO 2018.
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602890-83.2018.6.05.0000
Processo nº 0602890-83.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ EDMILSON JATAHY FONSECA JUNIOR
PROMOVENTE: GEONIAS OLIVEIRA SANTOS
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pelo PROMOVENTE
GEONIAS OLIVEIRA SANTOS.
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602302-76.2018.6.05.0000
Processo nº 0602302-76.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ EDMILSON JATAHY FONSECA JUNIOR
PROMOVENTE: VERA DOS SANTOS DE SANTANA. CARGO: DEPUTADO ESTADUAL
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pelo PROMOVENTE
VERA DOS SANTOS DE SANTANA .
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0603601-88.2018.6.05.0000
Processo nº 0603601-88.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ EDUARDO AUGUSTO VIANA BARRETO
PROMOVENTE: RUTE CARVALHAL BORGES - DEPUTADO ESTADUAL - ELEIÇÃO 2018

Diário da Justiça Eleitoral - Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Documento assinado digitalmente conforme MP n. 2.200-2/2001 de 24.8.2001, que institui a
Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil, podendo ser acessado no endereço eletrônico http://www.tse.gov.br
Ano 2018, Número 230 Salvador-BA, quinta-feira, 8 de novembro de 2018 Página 16

EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pela candidata a
DEPUTADA ESTADUAL RUTE CARVALHAL BORGES .
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602446-50.2018.6.05.0000
Processo nº 0602446-50.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ DIEGO LUIZ LIMA DE CASTRO
PROMOVENTE: ADILSON JESUS DA SILVA DEPUTADO ESTADUAL - ELEIÇÃO 2018
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada por ADILSON JESUS
DA SILVA DEPUTADO ESTADUAL REQUERENTE: - ELEIÇÃO 2018.
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602663-93.2018.6.05.0000
Processo nº 0602663-93.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ RUI CARLOS BARATA LIMA FILHO
PROMOVENTE: JOSAFA RAMOS DOS SANTOS, DEPUTADO FEDERAL (ELEIÇÃO 2018)
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada por JOSAFA RAMOS
DOS SANTOS, DEPUTADO FEDERAL (ELEIÇÃO 2018).
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602232-59.2018.6.05.0000
Processo nº 0602232-59.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ DIEGO LUIZ LIMA DE CASTRO
PROMOVENTE: JOSE ANTONIO OLIVEIRA DE SANTANA DEPUTADO ESTADUAL - ELEIÇÃO 2018

Diário da Justiça Eleitoral - Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Documento assinado digitalmente conforme MP n. 2.200-2/2001 de 24.8.2001, que institui a
Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil, podendo ser acessado no endereço eletrônico http://www.tse.gov.br
Ano 2018, Número 230 Salvador-BA, quinta-feira, 8 de novembro de 2018 Página 17

EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada por JOSE ANTONIO
OLIVEIRA DE SANTANA DEPUTADO ESTADUAL ELEIÇÃO 2018.
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602463-86.2018.6.05.0000
Processo nº 0602463-86.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ FREDDY CARVALHO PITTA LIMA
PROMOVENTE: GIOVANNI SANTANA DOS SANTOS - DEPUTADO ESTADUAL - ELEIÇÃO 2018
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pelo candidato a
DEPUTADO ESTADUL GIOVANNI SANTANA DOS SANTOS.
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602824-06.2018.6.05.0000
Processo nº 0602824-06.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ DIEGO LUIZ LIMA DE CASTRO
PROMOVENTE: BENITO DA GAMA SANTOS, DEPUTADO FEDERAL (ELEIÇÃO 2018)
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada por BENITO DA
GAMA SANTOS, DEPUTADO FEDERAL (ELEIÇÃO 2018)
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0603627-86.2018.6.05.0000
Processo nº 0603627-86.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ EDUARDO AUGUSTO VIANA BARRETO
PROMOVENTE: ELEICAO 2018 ANA NERI ALVES DE JESUS DEPUTADO ESTADUAL

Diário da Justiça Eleitoral - Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Documento assinado digitalmente conforme MP n. 2.200-2/2001 de 24.8.2001, que institui a
Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil, podendo ser acessado no endereço eletrônico http://www.tse.gov.br
Ano 2018, Número 230 Salvador-BA, quinta-feira, 8 de novembro de 2018 Página 18

EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pelo PROMOVENTE:
ELEICAO 2018 ANA NERI ALVES DE JESUS DEPUTADO ESTADUAL.
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602429-14.2018.6.05.0000
Processo nº 0602429-14.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ FREDDY CARVALHO PITTA LIMA
PROMOVENTE: RAIMUNDO ALVES DOS SANTOS - DEPUTADO ESTADUAL - ELEIÇÃO 2018
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pelo candidato a
DEPUTADO ESTADUAL RAIMUNDO ALVES DOS SANTOS.
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0603229-42.2018.6.05.0000
Processo nº 0603229-42.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ AVIO MOZAR JOSE FERRAZ DE NOVAES
PROMOVENTE: CARLOS ALBERTO ARAUJO DOCIO. CARGO: DEPUTADO FEDERAL
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pelo PROMOVENTE:
CARLOS ALBERTO ARAUJO DOCIO.
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0603203-44.2018.6.05.0000
Processo nº 0603203-44.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ RUI CARLOS BARATA LIMA FILHO
PROMOVENTE: ELEICAO 2018 JOSE MARCOS LISBOA DOS SANTOS DEPUTADO FEDERAL

Diário da Justiça Eleitoral - Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Documento assinado digitalmente conforme MP n. 2.200-2/2001 de 24.8.2001, que institui a
Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil, podendo ser acessado no endereço eletrônico http://www.tse.gov.br
Ano 2018, Número 230 Salvador-BA, quinta-feira, 8 de novembro de 2018 Página 19

EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pelo PROMOVENTE:
ELEICAO 2018 JOSE MARCOS LISBOA DOS SANTOS DEPUTADO FEDERAL.
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602913-29.2018.6.05.0000
Processo nº 0602913-29.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ RUI CARLOS BARATA LIMA FILHO
PROMOVENTE: AYDA FERREIRA SANTOS, DEPUTADO ESTADUAL (ELEIÇÃO 2018)
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada por AYDA
FERREIRA SANTOS, DEPUTADO ESTADUAL (ELEIÇÃO 2018).
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602830-13.2018.6.05.0000
Processo nº 0602830-13.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ RUI CARLOS BARATA LIMA FILHO
PROMOVENTE: ELIZABETH PINTO ALMEIDA COSTA, DEPUTADO ESTADUAL (ELEIÇÃO 2018)
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada por ELIZABETH
PINTO ALMEIDA COSTA, DEPUTADO ESTADUAL (ELEIÇÃO 2018).
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602675-10.2018.6.05.0000
Processo nº 0602675-10.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ AVIO MOZAR JOSE FERRAZ DE NOVAES
PROMOVENTE: ROBSON PEREIRA DA SILVA - DEPUTADO FEDERAL - ELEIÇÃO 2018

Diário da Justiça Eleitoral - Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Documento assinado digitalmente conforme MP n. 2.200-2/2001 de 24.8.2001, que institui a
Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil, podendo ser acessado no endereço eletrônico http://www.tse.gov.br
Ano 2018, Número 230 Salvador-BA, quinta-feira, 8 de novembro de 2018 Página 20

EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pelo PROMOVENTE:
ROBSON PEREIRA DA SILVA - DEPUTADO FEDERAL - ELEIÇÃO 2018.
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602447-35.2018.6.05.0000
Processo nº 0602447-35.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ RUI CARLOS BARATA LIMA FILHO
PROMOVENTE: JOSUE SILVA DE LIMA DEPUTADO ESTADUAL - ELEIÇÃO 2018
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pelo por JOSUE
SILVA DE LIMA DEPUTADO ESTADUAL - ELEIÇÃO 201.
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602346-95.2018.6.05.0000
Processo nº 0602346-95.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ DIEGO LUIZ LIMA DE CASTRO
PROMOVENTE: ROZENILO GONÇALVES DIAS, DEPUTADO ESTADUAL (ELEIÇÃO 2018)
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada por ROZENILO
GONÇALVES DIAS, DEPUTADO ESTADUAL (ELEIÇÃO 2018).
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0603618-27.2018.6.05.0000
Processo nº 0603618-27.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ AVIO MOZAR JOSE FERRAZ DE NOVAES
PROMOVENTE: ELEICAO 2018 LUIZ HENRIQUE SAPUCAIA REHEM DEPUTADO ESTADUAL

Diário da Justiça Eleitoral - Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Documento assinado digitalmente conforme MP n. 2.200-2/2001 de 24.8.2001, que institui a
Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil, podendo ser acessado no endereço eletrônico http://www.tse.gov.br
Ano 2018, Número 230 Salvador-BA, quinta-feira, 8 de novembro de 2018 Página 21

EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pelo PROMOVENTE:
ELEICAO 2018 LUIZ HENRIQUE SAPUCAIA REHEM DEPUTADO ESTADUAL.
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602266-34.2018.6.05.0000
Processo nº 0602266-34.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ RUI CARLOS BARATA LIMA FILHO
PROMOVENTE: LEANDRO CARVALHO DE ALMEIDA GOUVEIA DEPUTADO ESTADUAL - ELEIÇÃO 2018
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada por LEANDRO
CARVALHO DE ALMEIDA GOUVEIA DEPUTADO ESTADUAL - ELEIÇÃO 2018.
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602980-91.2018.6.05.0000
Processo nº 0602980-91.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ AVIO MOZAR JOSE FERRAZ DE NOVAES
PROMOVENTE: MAGNO OLIVEIRA ROCHA - DEPUTADO FEDERAL - ELEIÇÃO 2018
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pelo PROMOVENTE:
MAGNO OLIVEIRA ROCHA - DEPUTADO FEDERAL - ELEIÇÃO 2018.
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602243-88.2018.6.05.0000
Processo nº 0602243-88.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ EDMILSON JATAHY FONSECA JUNIOR
PROMOVENTE: JOSIAS PEREIRA DOS SANTOS - DEPUTADO ESTADUAL - ELEIÇÃO 2018

Diário da Justiça Eleitoral - Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Documento assinado digitalmente conforme MP n. 2.200-2/2001 de 24.8.2001, que institui a
Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil, podendo ser acessado no endereço eletrônico http://www.tse.gov.br
Ano 2018, Número 230 Salvador-BA, quinta-feira, 8 de novembro de 2018 Página 22

EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pelo PROMOVENTE:
JOSIAS PEREIRA DOS SANTOS - DEPUTADO ESTADUAL - ELEIÇÃO 2018.
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602884-76.2018.6.05.0000
Processo nº 0602884-76.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ EDUARDO AUGUSTO VIANA BARRETO
PROMOVENTE: TEREZA CRISTINA DA SILVA BANDEIRA - DEPUTADO ESTADUAL - ELEIÇÃO 2018
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pela candidata a
DEPUTADa ESTADUAL TEREZA CRISTINA DA SILVA BANDEIRA .
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0603056-18.2018.6.05.0000
Processo nº 0603056-18.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ EDUARDO AUGUSTO VIANA BARRETO
PROMOVENTE: BALBINO SANTOS DE CARVALHO - DEPUTADO ESTADUAL - ELEIÇÃO 2018
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pelo candidato a
DEPUTADO ESTADUAL BALBINO SANTOS DE CARVALHO .
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602283-70.2018.6.05.0000
Processo nº 0602283-70.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ AVIO MOZAR JOSE FERRAZ DE NOVAES
PROMOVENTE: JOSE LUIZ MATOS DOS SANTOS - DEPUTADO ESTADUAL - ELEIÇÃO 2018

Diário da Justiça Eleitoral - Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Documento assinado digitalmente conforme MP n. 2.200-2/2001 de 24.8.2001, que institui a
Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil, podendo ser acessado no endereço eletrônico http://www.tse.gov.br
Ano 2018, Número 230 Salvador-BA, quinta-feira, 8 de novembro de 2018 Página 23

EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pelo PROMOVENTE:
JOSE LUIZ MATOS DOS SANTOS - DEPUTADO ESTADUAL - ELEIÇÃO 2018.
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0603598-36.2018.6.05.0000
Processo nº 0603598-36.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ EDUARDO AUGUSTO VIANA BARRETO
PROMOVENTE: SILVANIA SILVA MATOS - DEPUTADO ESTADUAL - ELEIÇÃO 2018
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pela candidata a
DEPUTADA ESTADUAL SILVANIA SILVA MATOS .
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602817-14.2018.6.05.0000
Processo nº 0602817-14.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ FREDDY CARVALHO PITTA LIMA
PROMOVENTE: ADEMILTON SANTANA DE MIRANDA - DEPUTADO FEDERAL - ELEIÇÃO 2018
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pelo candidato a
DEPUTADO FEDERAL ADEMILTON SANTANA DE MIRANDA .
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0603084-83.2018.6.05.0000
Processo nº 0603084-83.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ DIEGO LUIZ LIMA DE CASTRO
PROMOVENTE: JUTAHY MAGALHÃES JUNIOR, SENADOR (ELEIÇÃO 2018)

Diário da Justiça Eleitoral - Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Documento assinado digitalmente conforme MP n. 2.200-2/2001 de 24.8.2001, que institui a
Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil, podendo ser acessado no endereço eletrônico http://www.tse.gov.br
Ano 2018, Número 230 Salvador-BA, quinta-feira, 8 de novembro de 2018 Página 24

EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada por JUTAHY
MAGALHÃES JUNIOR, SENADOR (ELEIÇÃO 2018).
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602285-40.2018.6.05.0000
Processo nº 0602285-40.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ FREDDY CARVALHO PITTA LIMA
PROMOVENTE: MARCIO DE JESUS BEZERRA - DEPUTADO FEDERAL - ELEIÇÃO 2018
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pelo candidato a
DEPUTADO FEDERAL MARCIO DE JESUS BEZERRA .
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602336-51.2018.6.05.0000
Processo nº 0602336-51.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ FREDDY CARVALHO PITTA LIMA
PROMOVENTE: BRUNO SANTOS DE JESUS - DEPUTADO ESTADUAL - ELEIÇÃO 2018
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pelo candidato a
DEPUTADO ESTADUAL BRUNO SANTOS DE JESUS.
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602563-41.2018.6.05.0000
Processo nº 0602563-41.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ RUI CARLOS BARATA LIMA FILHO
PROMOVENTE: CAROLINE NEVES LOPES DOS SANTOS DEPUTADO ESTADUAL - ELEIÇÃO 2018

Diário da Justiça Eleitoral - Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Documento assinado digitalmente conforme MP n. 2.200-2/2001 de 24.8.2001, que institui a
Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil, podendo ser acessado no endereço eletrônico http://www.tse.gov.br
Ano 2018, Número 230 Salvador-BA, quinta-feira, 8 de novembro de 2018 Página 25

EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada por CAROLINE
NEVES LOPES DOS SANTOS DEPUTADO ESTADUAL - ELEIÇÃO 2018.
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0603628-71.2018.6.05.0000
Processo nº 0603628-71.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ AVIO MOZAR JOSE FERRAZ DE NOVAES
PROMOVENTE: ELEICAO 2018 EDVALDO SALES BEZERRA JUNIOR DEPUTADO ESTADUAL
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pelo PROMOVENTE:
ELEICAO 2018 EDVALDO SALES BEZERRA JUNIOR DEPUTADO ESTADUAL.
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0603268-39.2018.6.05.0000
Processo nº 0603268-39.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ RUI CARLOS BARATA LIMA FILHO
PROMOVENTE: JORGE DE JESUS CERQUEIRA, DEPUTADO ESTADUAL (ELEIÇÃO 2018)
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada por JORGE DE
JESUS CERQUEIRA, DEPUTADO ESTADUAL (ELEIÇÃO 2018).
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0603612-20.2018.6.05.0000
Processo nº 0603612-20.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ EDUARDO AUGUSTO VIANA BARRETO
PROMOVENTE: RAFAELA GONCALVES DOS SANTOS - DEPUTADO ESTADUAL - ELEIÇÃO 2018

Diário da Justiça Eleitoral - Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Documento assinado digitalmente conforme MP n. 2.200-2/2001 de 24.8.2001, que institui a
Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil, podendo ser acessado no endereço eletrônico http://www.tse.gov.br
Ano 2018, Número 230 Salvador-BA, quinta-feira, 8 de novembro de 2018 Página 26

EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pela candidata a
DEPUTADA ESTADUAL RAFAELA GONÇALVES DOS SANTOS.
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602676-92.2018.6.05.0000
Processo nº 0602676-92.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ DIEGO LUIZ LIMA DE CASTRO
PROMOVENTE: ROGERIO BOMFIM LEMOS ARAGÃO, DEPUTADO FEDERAL (ELEIÇÃO 2018)
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada por ROGERIO
BOMFIM LEMOS ARAGÃO, DEPUTADO FEDERAL (ELEIÇÃO 2018).
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0603066-62.2018.6.05.0000
Processo nº 0603066-62.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ EDUARDO AUGUSTO VIANA BARRETO
PROMOVENTE: ELEICAO 2018 RICARDO PEREIRA GOIS DEPUTADO ESTADUAL REQUERENTE: RICARDO PEREIRA GOIS
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018

Processo nº 0603066-62.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)


ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ EDUARDO AUGUSTO VIANA BARRETO
PROMOVENTE: RICARDO PEREIRA GOIS - DEPUTADO ESTADUAL - ELEIÇÃO 2018
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018

O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pelo candidato a
DEPUTADO ESTADUAL RICARDO PEREIRA GOIS.
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.

Diário da Justiça Eleitoral - Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Documento assinado digitalmente conforme MP n. 2.200-2/2001 de 24.8.2001, que institui a
Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil, podendo ser acessado no endereço eletrônico http://www.tse.gov.br
Ano 2018, Número 230 Salvador-BA, quinta-feira, 8 de novembro de 2018 Página 27

Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602296-69.2018.6.05.0000
Processo nº 0602296-69.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ EDUARDO AUGUSTO VIANA BARRETO
PROMOVENTE: NEREU PAULO BERTOLI - DEPUTADO ESTADUAL - ELEIÇÃO 2018
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pelo candidato a
DEPUTADO ESTADUAL NEREU PAULO BERTOLI.
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602337-36.2018.6.05.0000
Processo nº 0602337-36.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ AVIO MOZAR JOSE FERRAZ DE NOVAES
PROMOVENTE: DANIELA RODRIGUES DE JESUS - DEPUTADO ESTADUAL - ELEIÇÃO 2018
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pelo PROMOVENTE:
DANIELA RODRIGUES DE JESUS - DEPUTADO ESTADUAL - ELEIÇÃO 2018.
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0603631-26.2018.6.05.0000
Processo nº 0603631-26.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ AVIO MOZAR JOSE FERRAZ DE NOVAES
PROMOVENTE: ELEICAO 2018 MARIA DE FATIMA GOMES DE ALMEIDA DEPUTADO ESTADUAL
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pelo PROMOVENTE:
ELEICAO 2018 MARIA DE FATIMA GOMES DE ALMEIDA DEPUTADO ESTADUAL.
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.

Diário da Justiça Eleitoral - Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Documento assinado digitalmente conforme MP n. 2.200-2/2001 de 24.8.2001, que institui a
Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil, podendo ser acessado no endereço eletrônico http://www.tse.gov.br
Ano 2018, Número 230 Salvador-BA, quinta-feira, 8 de novembro de 2018 Página 28

Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602344-28.2018.6.05.0000
Processo nº 0602344-28.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ EDUARDO AUGUSTO VIANA BARRETO
PROMOVENTE: REGINALDO COUTO DOS SANTOS - DEPUTADO ESTADUAL - ELEIÇÃO 2018
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pelo candidato a
DEPUTADO ESTADUAL REGINALDO COUTO DOS SANTOS.
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602242-06.2018.6.05.0000
Processo nº 0602242-06.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ EDUARDO AUGUSTO VIANA BARRETO
PROMOVENTE: JOSEFA PEREIRA SANTOS - DEPUTADO ESTADUAL - ELEIÇÃO 2018
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pela candidata a
DEPUTADA ESTADUAL JOSEFA PEREIRA SANTOS.
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602325-22.2018.6.05.0000
Processo nº 0602325-22.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ EDMILSON JATAHY FONSECA JUNIOR
PROMOVENTE: RUITER FRANCO - DEPUTADO FEDERAL - ELEIÇÃO 2018
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pelo PROMOVENTE:
RUITER FRANCO - DEPUTADO FEDERAL - ELEIÇÃO 2018.
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.

Diário da Justiça Eleitoral - Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Documento assinado digitalmente conforme MP n. 2.200-2/2001 de 24.8.2001, que institui a
Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil, podendo ser acessado no endereço eletrônico http://www.tse.gov.br
Ano 2018, Número 230 Salvador-BA, quinta-feira, 8 de novembro de 2018 Página 29

Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0603194-82.2018.6.05.0000
Processo nº 0603194-82.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ RUI CARLOS BARATA LIMA FILHO
PROMOVENTE: GERSONITA SILVA DOS SANTOS, DEPUTADO ESTADUAL (ELEIÇÃO 2018)
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada por GERSONITA
SILVA DOS SANTOS, DEPUTADO ESTADUAL (ELEIÇÃO 2018).
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0603133-27.2018.6.05.0000
Processo nº 0603133-27.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ FREDDY CARVALHO PITTA LIMA
PROMOVENTE: GERUSA MARIA BASTOS SILVA SAMPAIO - DEPUTADO FEDERAL - ELEIÇÃO 2018
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pela candidata a
DEPUTADA FEDERAL GERUSA MARIA BASTOS SILVA SAMPAIO .
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0603600-06.2018.6.05.0000
Processo nº 0603600-06.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ AVIO MOZAR JOSE FERRAZ DE NOVAES
PROMOVENTE: VERA LÚCIA SANTOS DE JESUS. CARGO: DEPUTADO FEDERAL
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pelo PROMOVENTE
VERA LÚCIA SANTOS DE JESUS .
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.

Diário da Justiça Eleitoral - Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Documento assinado digitalmente conforme MP n. 2.200-2/2001 de 24.8.2001, que institui a
Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil, podendo ser acessado no endereço eletrônico http://www.tse.gov.br
Ano 2018, Número 230 Salvador-BA, quinta-feira, 8 de novembro de 2018 Página 30

Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602300-09.2018.6.05.0000
Processo nº 0602300-09.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ AVIO MOZAR JOSE FERRAZ DE NOVAES
PROMOVENTE: ROGÉRIO TAVARES DA SILVA. CARGO: DEPUTADO ESTADUAL
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pelo PROMOVENTE
ROGÉRIO TAVARES DA SILVA.
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602327-89.2018.6.05.0000
Processo nº 0602327-89.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ EDUARDO AUGUSTO VIANA BARRETO
PROMOVENTE: MARCOS ANTONIO COSTA LEMOS - DEPUTADO FEDERAL - ELEIÇÃO 2018
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pelo candidato a
DEPUTADO FEDERAL MARCOS ANTONIO COSTA LEMOS .
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602978-24.2018.6.05.0000
Processo nº 0602978-24.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ FREDDY CARVALHO PITTA LIMA
PROMOVENTE: RONALDO SANTOS SILVA - DEPUTADO FEDERAL - ELEIÇÃO 2018
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pelo candidato a
DEPUTADO FEDERAL RONALDO SANTOS SILVA .
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.

Diário da Justiça Eleitoral - Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Documento assinado digitalmente conforme MP n. 2.200-2/2001 de 24.8.2001, que institui a
Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil, podendo ser acessado no endereço eletrônico http://www.tse.gov.br
Ano 2018, Número 230 Salvador-BA, quinta-feira, 8 de novembro de 2018 Página 31

Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0603616-57.2018.6.05.0000
Processo nº 0603616-57.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ FREDDY CARVALHO PITTA LIMA
PROMOVENTE: AVANI DAS VIRGENS DE ALMEIDA - DEPUTADO FEDERAL - ELEIÇÃO 2018
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pelo candidato a
DEPUTADO FEDERAL AVANI DAS VIRGENS DE ALMEIDA .
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602230-89.2018.6.05.0000
Processo nº 0602230-89.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ EDUARDO AUGUSTO VIANA BARRETO
PROMOVENTE: IURI DE JESUS ALVES - DEPUTADO ESTADUAL - ELEIÇÃO 2018
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pelo candidato a
DEPUTADO ESTADUAL IURI DE JESUS ALVES.
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602933-20.2018.6.05.0000
Processo nº 0602933-20.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ EDUARDO AUGUSTO VIANA BARRETO
PROMOVENTE: TAISSA TEIXEIRA SANTOS DE VASCONCELLOS - DEPUTADO ESTADUAL - ELEIÇÃO 2018
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pela candidata a
DEPUTADA ESTADUAL TAISSA TEIXEIRA SANTOS DE VASCONCELLOS .
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.

Diário da Justiça Eleitoral - Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Documento assinado digitalmente conforme MP n. 2.200-2/2001 de 24.8.2001, que institui a
Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil, podendo ser acessado no endereço eletrônico http://www.tse.gov.br
Ano 2018, Número 230 Salvador-BA, quinta-feira, 8 de novembro de 2018 Página 32

Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602621-44.2018.6.05.0000
Processo nº 0602621-44.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ EDUARDO AUGUSTO VIANA BARRETO
PROMOVENTE: NAILDA MARIA DE JESUS - DEPUTADO ESTADUAL - ELEIÇÃO 2018
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pela candidata a
DEPUTADA ESTADUAL NAILDA MARIA DE JESUS.
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602348-65.2018.6.05.0000
Processo nº 0602348-65.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ RUI CARLOS BARATA LIMA FILHO
PROMOVENTE: WELTON ARAÚJO DE OLIVEIRA, DEPUTADO ESTADUAL (ELEIÇÃO 2018)
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada por WELTON
ARAÚJO DE OLIVEIRA, DEPUTADO ESTADUAL (ELEIÇÃO 2018).
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0603346-33.2018.6.05.0000
Processo nº 0603346-33.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ RUI CARLOS BARATA LIMA FILHO
PROMOVENTE: SIDNEY MENEZES SILVA, DEPUTADO ESTADUAL (ELEIÇÃO 2018)
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada por SIDNEY
MENEZES SILVA, DEPUTADO ESTADUAL (ELEIÇÃO 2018).
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.

Diário da Justiça Eleitoral - Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Documento assinado digitalmente conforme MP n. 2.200-2/2001 de 24.8.2001, que institui a
Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil, podendo ser acessado no endereço eletrônico http://www.tse.gov.br
Ano 2018, Número 230 Salvador-BA, quinta-feira, 8 de novembro de 2018 Página 33

Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602466-41.2018.6.05.0000
Processo nº 0602466-41.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ RUI CARLOS BARATA LIMA FILHO
PROMOVENTE: GILVAN SOUZA SANTANA, DEPUTADO ESTADUAL (ELEIÇÃO 2018)
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada por GILVAN SOUZA
SANTANA, DEPUTADO ESTADUAL (ELEIÇÃO 2018).
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0603621-79.2018.6.05.0000
Processo nº 0603621-79.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ DIEGO LUIZ LIMA DE CASTRO
PROMOVENTE: ELEICAO 2018 SILVANDIRA ASSIS DA LUZ DEPUTADO FEDERAL
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pelo PROMOVENTE:
ELEICAO 2018 SILVANDIRA ASSIS DA LUZ DEPUTADO FEDERAL.
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0603013-81.2018.6.05.0000
Processo nº 0603013-81.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ RUI CARLOS BARATA LIMA FILHO
PROMOVENTE: RAINE NASCIMENTO RODRIGUES, DEPUTADO ESTADUAL (ELEIÇÃO 2018)
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada por RAINE
NASCIMENTO RODRIGUES, DEPUTADO ESTADUAL (ELEIÇÃO 2018).
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.

Diário da Justiça Eleitoral - Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Documento assinado digitalmente conforme MP n. 2.200-2/2001 de 24.8.2001, que institui a
Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil, podendo ser acessado no endereço eletrônico http://www.tse.gov.br
Ano 2018, Número 230 Salvador-BA, quinta-feira, 8 de novembro de 2018 Página 34

Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602986-98.2018.6.05.0000
Processo nº 0602986-98.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ DIEGO LUIZ LIMA DE CASTRO
PROMOVENTE: EUVALDO COTINGUIBA GOMES, DEPUTADO ESTADUAL (ELEIÇÃO 2018)
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada por EUVALDO
COTINGUIBA GOMES, DEPUTADO ESTADUAL (ELEIÇÃO 2018).
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0603622-64.2018.6.05.0000
Processo nº 0603622-64.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ DIEGO LUIZ LIMA DE CASTRO
PROMOVENTE: ELEICAO 2018 CLEIDE PEREIRA DOS SANTOS DEPUTADO ESTADUAL
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pelo PROMOVENTE:
ELEICAO 2018 CLEIDE PEREIRA DOS SANTOS DEPUTADO ESTADUAL.
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602223-97.2018.6.05.0000
Processo nº 0602223-97.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ EDUARDO AUGUSTO VIANA BARRETO
PROMOVENTE: ANTONIO CARLOS DA SILVA - DEPUTADO ESTADUAL - ELEIÇÃO 2018
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pelo candidato a
DEPUTADO ESTADUAL ANTONIO CARLOS DA SILVA.
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.

Diário da Justiça Eleitoral - Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Documento assinado digitalmente conforme MP n. 2.200-2/2001 de 24.8.2001, que institui a
Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil, podendo ser acessado no endereço eletrônico http://www.tse.gov.br
Ano 2018, Número 230 Salvador-BA, quinta-feira, 8 de novembro de 2018 Página 35

Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0603630-41.2018.6.05.0000
Processo nº 0603630-41.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ FREDDY CARVALHO PITTA LIMA
PROMOVENTE: ELEICAO 2018 PAULO REGIS DOS ANJOS DEPUTADO ESTADUAL
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pelo PROMOVENTE:
ELEICAO 2018 PAULO REGIS DOS ANJOS DEPUTADO ESTADUAL.
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602305-31.2018.6.05.0000
Processo nº 0602305-31.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ EDUARDO AUGUSTO VIANA BARRETO
PROMOVENTE: WILSON PARAGUAIO DA CRUZ - DEPUTADO ESTADUAL - ELEIÇÃO 2018
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pelo candidato a
DEPUTADO ESTADUAL WILSON PARAGUAIO DA CRUZ.
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0603629-56.2018.6.05.0000
Processo nº 0603629-56.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ DIEGO LUIZ LIMA DE CASTRO
PROMOVENTE: ELEICAO 2018 ANDERSON CARLOS DA SILVA CARVALHO DEPUTADO FEDERAL
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pelo PROMOVENTE:
ELEICAO 2018 ANDERSON CARLOS DA SILVA CARVALHO DEPUTADO FEDERAL.
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.

Diário da Justiça Eleitoral - Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Documento assinado digitalmente conforme MP n. 2.200-2/2001 de 24.8.2001, que institui a
Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil, podendo ser acessado no endereço eletrônico http://www.tse.gov.br
Ano 2018, Número 230 Salvador-BA, quinta-feira, 8 de novembro de 2018 Página 36

Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602413-60.2018.6.05.0000
Processo nº 0602413-60.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ DIEGO LUIZ LIMA DE CASTRO
PROMOVENTE: MARCIO LIMA DE OLIVEIRA, DEPUTADO ESTADUAL (ELEIÇÃO 2018)

EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada por MARCIO LIMA
DE OLIVEIRA, DEPUTADO ESTADUAL (ELEIÇÃO 2018).
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602601-53.2018.6.05.0000
Processo nº 0602601-53.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ FREDDY CARVALHO PITTA LIMA
PROMOVENTE: ODIOSVALDO BOMFIM VIGAS - DEPUTADO FEDERAL - ELEIÇÃO
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pelo candidato a
DEPUTADO FEDERAL ODIOSVALDO BOMFIM VIGAS .
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602237-81.2018.6.05.0000
Processo nº 0602237-81.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ EDMILSON JATAHY FONSECA JUNIOR
PROMOVENTE:PRISCILA OLIVEIRA DOS SANTOS SILVA DEPUTADO ESTADUAL.
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pelo PROMOVENTE:
PRISCILA OLIVEIRA DOS SANTOS SILVA.
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.

Diário da Justiça Eleitoral - Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Documento assinado digitalmente conforme MP n. 2.200-2/2001 de 24.8.2001, que institui a
Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil, podendo ser acessado no endereço eletrônico http://www.tse.gov.br
Ano 2018, Número 230 Salvador-BA, quinta-feira, 8 de novembro de 2018 Página 37

Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602917-66.2018.6.05.0000
Processo nº 0602917-66.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ AVIO MOZAR JOSE FERRAZ DE NOVAES
PROMOVENTE: ANTONIO MARCOS PROENCA DE JESUS - DEPUTADO ESTADUAL - ELEIÇÃO 2018
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pelo PROMOVENTE:
ANTONIO MARCOS PROENÇA DE JESUS - DEPUTADO ESTADUAL - ELEIÇÃO 2018.
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602502-83.2018.6.05.0000
Processo nº 0602502-83.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ FREDDY CARVALHO PITTA LIMA
PROMOVENTE: LUIZ AUGUSTO DE JESUS - DEPUTADO ESTADUAL - ELEIÇÃO 2018
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pelo candidato a
DEPUTADO ESTADUAL LUIZ AUGUSTO DE JESUS .
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602598-98.2018.6.05.0000
Processo nº 0602598-98.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ AVIO MOZAR JOSE FERRAZ DE NOVAES
PROMOVENTE: MARIA MARCIA GOMES DA SILVA DOS SANTOS - DEPUTADO FEDERAL - ELEIÇÃO 2018
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pelo PROMOVENTE:
MARIA MARCIA GOMES DA SILVA DOS SANTOS - DEPUTADO FEDERAL - ELEIÇÃO 2018.
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.

Diário da Justiça Eleitoral - Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Documento assinado digitalmente conforme MP n. 2.200-2/2001 de 24.8.2001, que institui a
Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil, podendo ser acessado no endereço eletrônico http://www.tse.gov.br
Ano 2018, Número 230 Salvador-BA, quinta-feira, 8 de novembro de 2018 Página 38

Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602341-73.2018.6.05.0000
Processo nº 0602341-73.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ EDMILSON JATAHY FONSECA JUNIOR
PROMOVENTE: JOSETE DE MELO DOS SANTOS - DEPUTADO ESTADUAL - ELEIÇÃO 2018
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pelo PROMOVENTE:
JOSETE DE MELO DOS SANTOS - DEPUTADO ESTADUAL - ELEIÇÃO 2018.
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602827-58.2018.6.05.0000
Processo nº 0602827-58.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ AVIO MOZAR JOSE FERRAZ DE NOVAES
PROMOVENTE: SIMONE SACRAMENTO DE MATOS DEPUTADO ESTADUAL
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pelo PROMOVENTE:
SIMONE SACRAMENTO DE MATOS.
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602483-77.2018.6.05.0000
Processo nº 0602483-77.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ AVIO MOZAR JOSE FERRAZ DE NOVAES
PROMOVENTE: JOSÉ GONZAGA DA SILVA DEPUTADO ESTADUAL
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pelo PROMOVENTE
JOSÉ GONZAGA DA SILVA, CANDIDATO A DEPUTADO ESTADUAL.
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.

Diário da Justiça Eleitoral - Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Documento assinado digitalmente conforme MP n. 2.200-2/2001 de 24.8.2001, que institui a
Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil, podendo ser acessado no endereço eletrônico http://www.tse.gov.br
Ano 2018, Número 230 Salvador-BA, quinta-feira, 8 de novembro de 2018 Página 39

Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602454-27.2018.6.05.0000
Processo nº 0602454-27.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ FREDDY CARVALHO PITTA LIMA
PROMOVENTE: JAYRO DA SILVA MIRANDA LIMA - DEPUTADO ESTADUAL - ELEIÇÃO 2018
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pelo candidato a
DEPUTADO ESTADUAL JAYRO DA SILVA MIRANDA LIMA .
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0603063-10.2018.6.05.0000
Processo nº 0603063-10.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ EDMILSON JATAHY FONSECA JUNIOR
PROMOVENTE: VALDICE DUARTE DE FREITAS. CARGO: DEPUTADO ESTADUAL
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pelo PROMOVENTE
VALDICE DUARTE DE FREITAS.
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602529-66.2018.6.05.0000
Processo nº 0602529-66.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ RUI CARLOS BARATA LIMA FILHO
PROMOVENTE: ELEICAO 2018 GUIMARINA MARIA DE OLIVEIRA DOS SANTOS DEPUTADO FEDERAL
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pelo PROMOVENTE:
ELEICAO 2018 GUIMARINA MARIA DE OLIVEIRA DOS SANTOS DEPUTADO FEDERAL.
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.

Diário da Justiça Eleitoral - Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Documento assinado digitalmente conforme MP n. 2.200-2/2001 de 24.8.2001, que institui a
Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil, podendo ser acessado no endereço eletrônico http://www.tse.gov.br
Ano 2018, Número 230 Salvador-BA, quinta-feira, 8 de novembro de 2018 Página 40

Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602339-06.2018.6.05.0000
Processo nº 0602339-06.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ EDMILSON JATAHY FONSECA JUNIOR
PROMOVENTE: IBSEN MOTA TAVARES FILHO DEPUTADO ESTADUAL
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pelo PROMOVENTE:
IBSEN MOTA TAVARES FILHO.
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602304-46.2018.6.05.0000
Processo nº 0602304-46.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ EDMILSON JATAHY FONSECA JUNIOR
PROMOVENTE: WALFSON BRITES DOS SANTOS PORTUGAL CANDIDATO A DEPUTADO ESTADUAL
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pelo PROMOVENTE:
WALFSON BRITES DOS SANTOS PORTUGAL.
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602288-92.2018.6.05.0000
Processo nº 0602288-92.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ EDUARDO AUGUSTO VIANA BARRETO
PROMOVENTE: MARCO AURELIO DO AMARAL VARJAO - DEPUTADO FEDERAL - ELEIÇÃO 2018
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pelo candidato a
DEPUTADO FEDERAL MARCO AURELIO DO AMARAL VARJAO .
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.

Diário da Justiça Eleitoral - Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Documento assinado digitalmente conforme MP n. 2.200-2/2001 de 24.8.2001, que institui a
Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil, podendo ser acessado no endereço eletrônico http://www.tse.gov.br
Ano 2018, Número 230 Salvador-BA, quinta-feira, 8 de novembro de 2018 Página 41

Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602326-07.2018.6.05.0000
Processo nº 0602326-07.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ AVIO MOZAR JOSE FERRAZ DE NOVAES
PROMOVENTE: JOSE GERALDO DE QUEIROS - DEPUTADO FEDERAL - ELEIÇÃO 2018
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pelo PROMOVENTE:
JOSE GERALDO DE QUEIROS - DEPUTADO FEDERAL - ELEIÇÃO 2018.
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0603632-11.2018.6.05.0000
Processo nº 0603632-11.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ FREDDY CARVALHO PITTA LIMA
PROMOVENTE: ELEICAO 2018 DIOMARIO SILVA NASCIMENTO DEPUTADO ESTADUAL
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pelo PROMOVENTE:
ELEICAO 2018 DIOMARIO SILVA NASCIMENTO DEPUTADO ESTADUAL.
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0603623-49.2018.6.05.0000
Processo nº 0603623-49.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ RUI CARLOS BARATA LIMA FILHO
PROMOVENTE: ELEICAO 2018 MARIA ANGELICA COSTA SCHRAMM DEPUTADO ESTADUAL
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pelo PROMOVENTE:
ELEICAO 2018 MARIA ANGELICA COSTA SCHRAMM DEPUTADO ESTADUAL.
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.

Diário da Justiça Eleitoral - Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Documento assinado digitalmente conforme MP n. 2.200-2/2001 de 24.8.2001, que institui a
Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil, podendo ser acessado no endereço eletrônico http://www.tse.gov.br
Ano 2018, Número 230 Salvador-BA, quinta-feira, 8 de novembro de 2018 Página 42

Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0603157-55.2018.6.05.0000
Processo nº 0603157-55.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ FREDDY CARVALHO PITTA LIMA
PROMOVENTE: MARCOS ANTONIO NOVAIS - DEPUTADO FEDERAL - ELEIÇÃO 2018
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pelo candidato a
DEPUTADO FEDERAL MARCOS ANTONIO NOVAIS .
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602277-63.2018.6.05.0000
Processo nº 0602277-63.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ EDUARDO AUGUSTO VIANA BARRETO
PROMOVENTE: JACSON BOSCO DOS SANTOS - DEPUTADO FEDERAL - ELEIÇÃO 2018
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pelo canditado a
DEPUTADO FEDERAL JACSON BOSCO DOS SANTOS .
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602465-56.2018.6.05.0000
Processo nº 0602465-56.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ DIEGO LUIZ LIMA DE CASTRO
PROMOVENTE: GILENO FRANCISCO DE MOURA, DEPUTADO ESTADUAL (ELEIÇÃO 2018)
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada por GILENO
FRANCISCO DE MOURA, DEPUTADO ESTADUAL (ELEIÇÃO 2018).
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.

Diário da Justiça Eleitoral - Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Documento assinado digitalmente conforme MP n. 2.200-2/2001 de 24.8.2001, que institui a
Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil, podendo ser acessado no endereço eletrônico http://www.tse.gov.br
Ano 2018, Número 230 Salvador-BA, quinta-feira, 8 de novembro de 2018 Página 43

Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0603624-34.2018.6.05.0000
Processo nº 0603624-34.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ FREDDY CARVALHO PITTA LIMA
PROMOVENTE: ELEICAO 2018 AILTON SANTOS SOUZA DEPUTADO FEDERAL
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pelo PROMOVENTE:
ELEICAO 2018 AILTON SANTOS SOUZA DEPUTADO FEDERAL.
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602234-29.2018.6.05.0000
Processo nº 0602234-29.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ EDUARDO AUGUSTO VIANA BARRETO
PROMOVENTE: MARIA ALICE PEREIRA DE JESUS - DEPUTADO ESTADUAL - ELEIÇÃO 2018
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pela candidata a
DEPUTADA ESTADUAL MARIA ALICE PEREIRA DE JESUS.
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602512-30.2018.6.05.0000
Processo nº 0602512-30.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ EDUARDO AUGUSTO VIANA BARRETO
PROMOVENTE: LUCIANE APARECIDA SILVA BRITO VIEIRA - DEPUTADO FEDERAL - ELEIÇÃO 2018
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pela candidata a
DEPUTADA FEDERAL LUCIANE APARECIDA SILVA BRITO VIEIRA .
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.

Diário da Justiça Eleitoral - Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Documento assinado digitalmente conforme MP n. 2.200-2/2001 de 24.8.2001, que institui a
Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil, podendo ser acessado no endereço eletrônico http://www.tse.gov.br
Ano 2018, Número 230 Salvador-BA, quinta-feira, 8 de novembro de 2018 Página 44

Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602295-84.2018.6.05.0000
Processo nº 0602295-84.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ EDMILSON JATAHY FONSECA JUNIOR
PROMOVENTE: MONIQUE ELVIS ASSUNCAO BRITO - DEPUTADO ESTADUAL - ELEIÇÃO 2018
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pelo PROMOVENTE:
MONIQUE ELVIS ASSUNCAO BRITO - DEPUTADO ESTADUAL - ELEIÇÃO 2018.
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602375-48.2018.6.05.0000
Processo nº 0602375-48.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ FREDDY CARVALHO PITTA LIMA
PROMOVENTE: IVALDO ARAUJO ALMEIDA - DEPUTADO ESTADUAL - ELEIÇÃO 2018
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pelo candidato a
DEPUTADO ESTADUAL IVALDO ARAUJO ALMEIDA.
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602281-03.2018.6.05.0000
Processo nº 0602281-03.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ FREDDY CARVALHO PITTA LIMA
PROMOVENTE: CLAUDIO ANTONIO SANTOS SANTIAGO - DEPUTADO ESTADUAL - ELEIÇÃO 2018
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pelo candidato a
DEPUTADO ESTADUAL CLAUDIO ANTONIO SANTOS SANTIAGO.
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.

Diário da Justiça Eleitoral - Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Documento assinado digitalmente conforme MP n. 2.200-2/2001 de 24.8.2001, que institui a
Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil, podendo ser acessado no endereço eletrônico http://www.tse.gov.br
Ano 2018, Número 230 Salvador-BA, quinta-feira, 8 de novembro de 2018 Página 45

Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0603211-21.2018.6.05.0000
Processo nº 0603211-21.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ FREDDY CARVALHO PITTA LIMA
PROMOVENTE: GILVA COELHO REIS - DEPUTADO ESTADUAL - ELEIÇÃO 2018
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pelo candidato a
DEPUTADO ESTADUAL GILVA COELHO REIS .
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602668-18.2018.6.05.0000
Processo nº 0602668-18.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ AVIO MOZAR JOSE FERRAZ DE NOVAES
PROMOVENTE: EFRAIM INACIO SILVA MELO - DEPUTADO ESTADUAL - ELEIÇÃO 2018
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pelo PROMOVENTE:
EFRAIM INACIO SILVA MELO - DEPUTADO ESTADUAL - ELEIÇÃO 2018.
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602768-70.2018.6.05.0000
Processo nº 0602768-70.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ DIEGO LUIZ LIMA DE CASTRO
PROMOVENTE: AILTON DE JESUS DIAS, DEPUTADO ESTADUAL (ELEIÇÃO 2018)
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada por AILTON DE
JESUS DIAS, DEPUTADO ESTADUAL (ELEIÇÃO 2018) .
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.

Diário da Justiça Eleitoral - Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Documento assinado digitalmente conforme MP n. 2.200-2/2001 de 24.8.2001, que institui a
Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil, podendo ser acessado no endereço eletrônico http://www.tse.gov.br
Ano 2018, Número 230 Salvador-BA, quinta-feira, 8 de novembro de 2018 Página 46

Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602975-69.2018.6.05.0000
Processo nº 0602975-69.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ DIEGO LUIZ LIMA DE CASTRO
PROMOVENTE: JORGE ROBERTO KOCK FEREGUETI, DEPUTADO ESTADUAL (ELEIÇÃO 2018)
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada por JORGE
ROBERTO KOCK FEREGUETI, DEPUTADO ESTADUAL (ELEIÇÃO 2018).
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0603137-64.2018.6.05.0000
Processo nº 0603137-64.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ EDMILSON JATAHY FONSECA JUNIOR
PROMOVENTE: JOÃO CARLOS SILVA DE JESUS. CARGO: DEPUTADO FEDERAL.
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pelo
PROMOVENTE: JOÃO CARLOS SILVA DE JESUS .
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602719-29.2018.6.05.0000
Processo nº 0602719-29.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ EDMILSON JATAHY FONSECA JUNIOR
PROMOVENTE:GERALDO SIMÕES DE OLIVEIRA
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pelo PROMOVENTE:
GERALDO SIMÕES DE OLIVEIRA DEPUTADO ESTADUAL.
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.

Diário da Justiça Eleitoral - Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Documento assinado digitalmente conforme MP n. 2.200-2/2001 de 24.8.2001, que institui a
Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil, podendo ser acessado no endereço eletrônico http://www.tse.gov.br
Ano 2018, Número 230 Salvador-BA, quinta-feira, 8 de novembro de 2018 Página 47

Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602973-02.2018.6.05.0000
Processo nº 0602973-02.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ RUI CARLOS BARATA LIMA FILHO
PROMOVENTE: ROSANA DE ALMEIDA SANTOS, DEPUTADO ESTADUAL (ELEIÇÃO 2018)
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada por ROSANA DE
ALMEIDA SANTOS, DEPUTADO ESTADUAL (ELEIÇÃO 2018).
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0603617-42.2018.6.05.0000
Processo nº 0603617-42.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ EDUARDO AUGUSTO VIANA BARRETO
PROMOVENTE: GLEIDIMARCIA DOURADO FARIAS BORGES - DEPUTADO ESTADUAL - ELEIÇÃO 2018
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pela candidata a
DEPUTADA ESTADUAL GLEIDIMARCIA DOURADO FARIAS BORGES .
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602613-67.2018.6.05.0000
Processo nº 0602613-67.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ RUI CARLOS BARATA LIMA FILHO
PROMOVENTE: EDVALDO OLIVEIRA DE ALMEIDA DEPUTADO ESTADUAL - ELEIÇÃO 2018.
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada por EDVALDO
OLIVEIRA DE ALMEIDA DEPUTADO ESTADUAL - ELEIÇÃO 2018.
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.

Diário da Justiça Eleitoral - Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Documento assinado digitalmente conforme MP n. 2.200-2/2001 de 24.8.2001, que institui a
Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil, podendo ser acessado no endereço eletrônico http://www.tse.gov.br
Ano 2018, Número 230 Salvador-BA, quinta-feira, 8 de novembro de 2018 Página 48

Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602585-02.2018.6.05.0000
Processo nº 0602585-02.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ DIEGO LUIZ LIMA DE CASTRO
PROMOVENTE: EDNA FERNANDES RODRIGUES, DEPUTADO ESTADUAL (ELEIÇÃO 2018)
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada por EDNA
FERNANDES RODRIGUES, DEPUTADO ESTADUAL(ELEIÇÃO 2018).
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0603020-73.2018.6.05.0000
Processo nº 0603020-73.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ RUI CARLOS BARATA LIMA FILHO
PROMOVENTE: CARLOS ROBERTO DO NASCIMENTO, DEPUTADO ESTADUAL (ELEIÇÃO 2018)
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada por CARLOS
ROBERTO DO NASCIMENTO, DEPUTADO ESTADUAL (ELEIÇÃO 2018) .
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602811-07.2018.6.05.0000
Processo nº 0602811-07.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ FREDDY CARVALHO PITTA LIMA
PROMOVENTE: GERALDO DOS SANTOS - DEPUTADO ESTADUAL - ELEIÇÃO 2018
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pelo candidato a
DEPUTADO ESTADUAL GERALDO DOS SANTOS .
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.

Diário da Justiça Eleitoral - Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Documento assinado digitalmente conforme MP n. 2.200-2/2001 de 24.8.2001, que institui a
Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil, podendo ser acessado no endereço eletrônico http://www.tse.gov.br
Ano 2018, Número 230 Salvador-BA, quinta-feira, 8 de novembro de 2018 Página 49

Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602513-15.2018.6.05.0000
Processo nº 0602513-15.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ AVIO MOZAR JOSE FERRAZ DE NOVAES
PROMOVENTE: VICENTE RATON CARNEIRO
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pelo VICENTE
RATON CARNEIRO DEPUTADO ESTADUAL.
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602484-62.2018.6.05.0000
Processo nº 0602484-62.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ FREDDY CARVALHO PITTA LIMA
PROMOVENTE: MARTA HELENA LEAL - DEPUTADO ESTADUAL - ELEIÇÃO 2018
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pela candidata a
DEPUTADA ESTADUAL MARTA HELENA LEAL
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602903-82.2018.6.05.0000
Processo nº 0602903-82.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ DIEGO LUIZ LIMA DE CASTRO
PROMOVENTE: CLARA SENA GRAPIUNA MEDEIROS, DEPUTADO ESTADUAL (ELEIÇÃO 2018)
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada por CLARA SENA
GRAPIUNA MEDEIROS, DEPUTADO ESTADUAL (ELEIÇÃO 2018) .
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.

Diário da Justiça Eleitoral - Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Documento assinado digitalmente conforme MP n. 2.200-2/2001 de 24.8.2001, que institui a
Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil, podendo ser acessado no endereço eletrônico http://www.tse.gov.br
Ano 2018, Número 230 Salvador-BA, quinta-feira, 8 de novembro de 2018 Página 50

Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602945-34.2018.6.05.0000
Processo nº 0602945-34.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ AVIO MOZAR JOSE FERRAZ DE NOVAES
PROMOVENTE: NEEMIAS DA COSTA GONCALVES - DEPUTADO FEDERAL - ELEIÇÃO 2018
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pelo
PROMOVENTE:NEEMIAS DA COSTA GONCALVES - DEPUTADO FEDERAL - ELEIÇÃO 2018.
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602298-39.2018.6.05.0000
Processo nº 0602298-39.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ AVIO MOZAR JOSE FERRAZ DE NOVAES
PROMOVENTE: ROBOAO HITNER - DEPUTADO ESTADUAL - ELEIÇÃO 2018
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pelo PROMOVENTE:
ROBOAO HITNER - DEPUTADO ESTADUAL - ELEIÇÃO 2018.
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0603625-19.2018.6.05.0000
Processo nº 0603625-19.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ FREDDY CARVALHO PITTA LIMA
PROMOVENTE: ELEICAO 2018 DEJANE SOUZA BARBOSA DEPUTADO FEDERAL
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pelo PROMOVENTE:
ELEICAO 2018 DEJANE SOUZA BARBOSA DEPUTADO FEDERAL.
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.

Diário da Justiça Eleitoral - Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Documento assinado digitalmente conforme MP n. 2.200-2/2001 de 24.8.2001, que institui a
Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil, podendo ser acessado no endereço eletrônico http://www.tse.gov.br
Ano 2018, Número 230 Salvador-BA, quinta-feira, 8 de novembro de 2018 Página 51

Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602750-49.2018.6.05.0000
Processo nº 0602750-49.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ DIEGO LUIZ LIMA DE CASTRO
PROMOVENTE: ADRIANO CAVALCANTE DOS SANTOS, DEPUTADO ESTADUAL (ELEIÇÃO 2018)
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada por ADRIANO
CAVALCANTE DOS SANTOS, DEPUTADO ESTADUAL (ELEIÇÃO 2018) .
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0603121-13.2018.6.05.0000
Processo nº 0603121-13.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ EDUARDO AUGUSTO VIANA BARRETO
PROMOVENTE: JOEDSON BARBOSA COSTA - DEPUTADO FEDERAL - ELEIÇÃO 2018
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pelo candidato a
DEPUTADO FEDERAL JOEDSON BARBOSA COSTA .
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602618-89.2018.6.05.0000
Processo nº 0602618-89.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ RUI CARLOS BARATA LIMA FILHO
PROMOVENTE: JURAILTON DE SOUSA SANTOS, DEPUTADO ESTADUAL (ELEIÇÃO 2018)
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada por JURAILTON DE
SOUSA SANTOS, DEPUTADO ESTADUAL (ELEIÇÃO 2018).
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.

Diário da Justiça Eleitoral - Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Documento assinado digitalmente conforme MP n. 2.200-2/2001 de 24.8.2001, que institui a
Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil, podendo ser acessado no endereço eletrônico http://www.tse.gov.br
Ano 2018, Número 230 Salvador-BA, quinta-feira, 8 de novembro de 2018 Página 52

Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602345-13.2018.6.05.0000
Processo nº 0602345-13.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ RUI CARLOS BARATA LIMA FILHO
PROMOVENTE: ROBERTO ARAÚJO FERREIRA, DEPUTADO ESTADUAL (ELEIÇÃO 2018)
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada por ROBERTO
ARAÚJO FERREIRA, DEPUTADO ESTADUAL (ELEIÇÃO 2018).
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0603620-94.2018.6.05.0000
Processo nº 0603620-94.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ EDMILSON JATAHY FONSECA JUNIOR
PROMOVENTE: ELEICAO 2018 HIRANIA SANTANA ROCHA BASTOS DEPUTADO ESTADUAL
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pelo PROMOVENTE:
ELEICAO 2018 HIRANIA SANTANA ROCHA BASTOS DEPUTADO ESTADUAL.
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602764-33.2018.6.05.0000
Processo nº 0602764-33.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ EDMILSON JATAHY FONSECA JUNIOR
PROMOVENTE: VALTERIO LIMA DE BRITO. CARGO: DEPUTADO FEDERAL
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pelo PROMOVENTE
VALTERIO LIMA DE BRITO.
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.

Diário da Justiça Eleitoral - Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Documento assinado digitalmente conforme MP n. 2.200-2/2001 de 24.8.2001, que institui a
Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil, podendo ser acessado no endereço eletrônico http://www.tse.gov.br
Ano 2018, Número 230 Salvador-BA, quinta-feira, 8 de novembro de 2018 Página 53

Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0603207-81.2018.6.05.0000
Processo nº 0603207-81.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ DIEGO LUIZ LIMA DE CASTRO
PROMOVENTE: ELEICAO 2018 BERNARDA SILVA DOS SANTOS DEPUTADO FEDERAL
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pelo PROMOVENTE:
ELEICAO 2018 BERNARDA SILVA DOS SANTOS DEPUTADO FEDERAL.
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602983-46.2018.6.05.0000
Processo nº 0602983-46.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ DIEGO LUIZ LIMA DE CASTRO
PROMOVENTE: ELEICAO 2018 CLEIDE MERCES COUTINHO DEPUTADO FEDERAL
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pelo PROMOVENTE:
ELEICAO 2018 CLEIDE MERCES COUTINHO DEPUTADO FEDERAL.
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602879-54.2018.6.05.0000
Processo nº 0602879-54.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ FREDDY CARVALHO PITTA LIMA
PROMOVENTE: MARIA DAS GRACAS IVONETE DE JESUS BISPO - DEPUTADO ESTADUAL - ELEIÇÃO 2018
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pela candidata A
DEPUTADA ESTADUAL MARIA DAS GRACAS IVONETE DE JESUS BISPO.
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.

Diário da Justiça Eleitoral - Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Documento assinado digitalmente conforme MP n. 2.200-2/2001 de 24.8.2001, que institui a
Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil, podendo ser acessado no endereço eletrônico http://www.tse.gov.br
Ano 2018, Número 230 Salvador-BA, quinta-feira, 8 de novembro de 2018 Página 54

Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602280-18.2018.6.05.0000
Processo nº 0602280-18.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ DIEGO LUIZ LIMA DE CASTRO
PROMOVENTE: ANDERSON DE ARAUJO PEREIRA DEPUTADO ESTADUAL - ELEIÇÃO 2018.
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada por ANDERSON DE
ARAUJO PEREIRA DEPUTADO ESTADUAL - ELEIÇÃO 201.
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602588-54.2018.6.05.0000
Processo nº 0602588-54.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ RUI CARLOS BARATA LIMA FILHO
PROMOVENTE: MARIO CESAR BARRETO AZEVEDO, DEPUTADO ESTADUAL (ELEIÇÃO 2018)
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada por MARIO CESAR
BARRETO AZEVEDO, DEPUTADO ESTADUAL (ELEIÇÃO 2018).
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602464-71.2018.6.05.0000
Processo nº 0602464-71.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ RUI CARLOS BARATA LIMA FILHO
PROMOVENTE: JOAO CAETANO DE SOUZA FILHO DEPUTADO ESTADUAL - ELEIÇÃO 2018
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada por JOAO CAETANO
DE SOUZA FILHO DEPUTADO ESTADUAL - ELEIÇÃO 201.
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.

Diário da Justiça Eleitoral - Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Documento assinado digitalmente conforme MP n. 2.200-2/2001 de 24.8.2001, que institui a
Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil, podendo ser acessado no endereço eletrônico http://www.tse.gov.br
Ano 2018, Número 230 Salvador-BA, quinta-feira, 8 de novembro de 2018 Página 55

Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602440-43.2018.6.05.0000
Processo nº 0602440-43.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ DIEGO LUIZ LIMA DE CASTRO
PROMOVENTE: ELIAIDE MATOS CARDOSO DEPUTADO ESTADUAL - ELEIÇÃO 2018
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada por ELIAIDE MATOS
CARDOSO DEPUTADO ESTADUAL - ELEIÇÃO 2018.
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602455-12.2018.6.05.0000
Processo nº 0602455-12.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ AVIO MOZAR JOSE FERRAZ DE NOVAES
PROMOVENTE: ELIAS SILVA NASCIMENTO - DEPUTADO ESTADUAL - ELEIÇÃO 2018
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pelo PROMOVENTE:
ELIAS SILVA NASCIMENTO
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0603097-82.2018.6.05.0000
Processo nº 0603097-82.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ RUI CARLOS BARATA LIMA FILHO
PROMOVENTE: ELEICAO 2018 DEISILANE CAROLINA DOS SANTOS DEPUTADO FEDERAL
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pelo PROMOVENTE:
ELEICAO 2018 DEISILANE CAROLINA DOS SANTOS DEPUTADO FEDERAL.
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.

Diário da Justiça Eleitoral - Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Documento assinado digitalmente conforme MP n. 2.200-2/2001 de 24.8.2001, que institui a
Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil, podendo ser acessado no endereço eletrônico http://www.tse.gov.br
Ano 2018, Número 230 Salvador-BA, quinta-feira, 8 de novembro de 2018 Página 56

Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0603130-72.2018.6.05.0000
Processo nº 0603130-72.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ DIEGO LUIZ LIMA DE CASTRO
PROMOVENTE: ELEICAO 2018 ANTONIO RIBEIRO NEIVA DEPUTADO FEDERAL
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pelo PROMOVENTE:
ELEICAO 2018 ANTONIO RIBEIRO NEIVA DEPUTADO FEDERAL.
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602433-51.2018.6.05.0000
Processo nº 0602433-51.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ DIEGO LUIZ LIMA DE CASTRO
PROMOVENTE: ISAIAS DOS SANTOS DEPUTADO ESTADUAL - ELEIÇÃO 2018
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada por ISAIAS DOS
SANTOS DEPUTADO ESTADUAL - ELEIÇÃO 2018.
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602866-55.2018.6.05.0000
Processo nº 0602866-55.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ FREDDY CARVALHO PITTA LIMA
PROMOVENTE: MARIA ALADILCE DE SOUZA - DEPUTADO ESTADUAL - ELEIÇÃO 2018
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pela candidata a
DEPUTADA ESTADUAL MARIA ALADILCE DE SOUZA .
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.

Diário da Justiça Eleitoral - Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Documento assinado digitalmente conforme MP n. 2.200-2/2001 de 24.8.2001, que institui a
Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil, podendo ser acessado no endereço eletrônico http://www.tse.gov.br
Ano 2018, Número 230 Salvador-BA, quinta-feira, 8 de novembro de 2018 Página 57

Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0603473-68.2018.6.05.0000
Processo nº 0603473-68.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ DIEGO LUIZ LIMA DE CASTRO
PROMOVENTE: ELEICAO 2018 LUCINEIDE PINHEIRO DE MATOS DEPUTADO FEDERAL
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pelo PROMOVENTE:
ELEICAO 2018 LUCINEIDE PINHEIRO DE MATOS DEPUTADO FEDERAL.
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602510-60.2018.6.05.0000
Processo nº 0602510-60.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ EDMILSON JATAHY FONSECA JUNIOR
PROMOVENTE: GEORGE GOMES DE CERQUEIRA SOBRINHO - DEPUTADO ESTADUAL ELEIÇÃO 2018
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pelo PROMOVENTE:
GEORGE GOMES DE CERQUEIRA SOBRINHO - DEPUTADO ESTADUAL - ELEIÇÃO 2018.
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0603611-35.2018.6.05.0000
Processo nº 0603611-35.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ RUI CARLOS BARATA LIMA FILHO
PROMOVENTE: CLAUDIA LILIAN ARAÚJO DOS REIS, DEPUTADO ESTADUAL (ELEIÇÃO 2018)
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada por CLÁUDIA LILIAN
ARAÚJO DOS REIS, DEPUTADO ESTADUAL (ELEIÇÃO 2018).
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.

Diário da Justiça Eleitoral - Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Documento assinado digitalmente conforme MP n. 2.200-2/2001 de 24.8.2001, que institui a
Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil, podendo ser acessado no endereço eletrônico http://www.tse.gov.br
Ano 2018, Número 230 Salvador-BA, quinta-feira, 8 de novembro de 2018 Página 58

Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0602508-90.2018.6.05.0000
Processo nº 0602508-90.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ FREDDY CARVALHO PITTA LIMA
PROMOVENTE: LUIZ FERREIRA DIAS, DEPUTADO FEDERAL (ELEIÇÃO 2018)
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada por LUIZ FERREIRA
DIAS, DEPUTADO FEDERAL (ELEIÇÃO 2018).
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Processo 0603456-32.2018.6.05.0000
Processo nº 0603456-32.2018.6.05.0000 - PRESTAÇÃO DE CONTAS (11531)
ORIGEM: Salvador - BA
RELATOR: JUIZ FREDDY CARVALHO PITTA LIMA
PROMOVENTE: RICARDO SOARES DOS SANTOS - DEPUTADO ESTADUAL - ELEIÇÃO 2018
EDITAL DE ABERTURA DE PRAZO PARA IMPUGNAÇÃO ÀPRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA DE CANDIDATO E ÓRGÃO DE
DIREÇÃO ESTADUAL DE PARTIDO POLÍTICO DAS ELEIÇÕES DE 2018
O Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia, nos termos do art. 59, caput, parte final, da Resolução TSE nº 23.553/2017, FAZ
SABER ao Ministério Público Eleitoral, aos partidos políticos e coligações, candidatos e demais interessados que se encontra aberto, com
este ato, o prazo de 3 (três) dias para impugnar a prestação de contas de campanha das eleições de 2018, apresentada pelo candidato a
DEPUTADO ESTADUAL RICARDO SOARES DOS SANTOS .
A consulta ao inteiro teor do processo deve ser realizada no endereço https://pje.tre-ba.jus.br:8443/pje-web/ConsultaPublica/listView.seam,
mediante fornecimento do número do presente processo.
Salvador, 06/11/2018.
JOSÉ EDIVALDO ROCHA ROTONDANO
Presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia

Gabinete

Editais

ALTERAÇÃO NO CALENDÁRIO DAS SESSÕES - NOVEMBRO DE 2018


O PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DA BAHIA, no uso de suas atribuições regimentais,
RESOLVE alterar o horário da sessão ordinária a ser realizada no dia doze do mês de NOVEMBRO do ano de 2018, de quinze horas para as
quatorze horas.
Em 7 de novembro de 2018.
Des. José Edivaldo Rocha Rotondano
Presidente

Diário da Justiça Eleitoral - Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Documento assinado digitalmente conforme MP n. 2.200-2/2001 de 24.8.2001, que institui a
Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil, podendo ser acessado no endereço eletrônico http://www.tse.gov.br
Ano 2018, Número 230 Salvador-BA, quinta-feira, 8 de novembro de 2018 Página 59

COMISSÃO PROCESSO ADMINISTRATIVO DISCIPLINAR

(NÃO HÁ PUBLICAÇÕES NESTA DATA)

COMISSÃO PERMANENTE DE AVALIAÇÃO DE DOCUMENTOS

(NÃO HÁ PUBLICAÇÕES NESTA DATA)

COMISSÃO DE VOTAÇÃO PARALELA

(NÃO HÁ PUBLICAÇÕES NESTA DATA)

ESCOLA JUDICIÁRIA ELEITORAL

(NÃO HÁ PUBLICAÇÕES NESTA DATA)

OUVIDORIA REGIONAL ELEITORAL

(NÃO HÁ PUBLICAÇÕES NESTA DATA)

COMISSÃO APURADORA

(NÃO HÁ PUBLICAÇÕES NESTA DATA)

ZONAS ELEITORAIS

001ª Zona Eleitoral - SALVADOR

Despachos

TEOR DE DESPACHO
CARTAS 70-40.2018.6.05.0001 – CLASSE 102
SADP 38.633/2018
DESPACHO
R.H.
Designo a audiência para o dia 21/11/2018, às 14h30min.
Comunique-se o Juízo deprecante por ofício.
Requisite-se a apresentação da testemunha.
Oficie-se.
Notifique-se o Ministério Público Eleitoral.
Publique-se, intime-se o advogado de defesa.
Salvador, 28 de outubro de 2018.
Ricardo Augusto Schmitt
Juiz Eleitoral da 1ª Zona

Diário da Justiça Eleitoral - Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Documento assinado digitalmente conforme MP n. 2.200-2/2001 de 24.8.2001, que institui a
Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil, podendo ser acessado no endereço eletrônico http://www.tse.gov.br
Ano 2018, Número 230 Salvador-BA, quinta-feira, 8 de novembro de 2018 Página 60

Intimações

NOTIFICAÇÃO
CARTA PRECATÓRIA
CARTAS 70-40.2018.6.05.0001 – CLASSE 102
SADP 38.633/2018
DEPRECANTE: JUÍZO 172 ZONA
DEPRECADO: JUÍZO 1ª ZONA
ADVOGADO(A) – OAB/BA: WANDERSON DA ROCHA LEITE – OAB/BA 26.648
RICARDO DE OLIVEIRA HABIB – OAB/BA 38.229
PROCESSO DE ORIGEM:
AIJE 3-81.2017.6.05.172
INTIMAÇÃO PARA AUDIÊNCIA DE OITIVA DE TESTEMUNHA
Prezado(a) Senhor(a),
De Ordem do Exmo. Dr. Ricardo Augusto Schmitt, Juiz desta 1ª Zona Eleitoral, e em cumprimento ao disposto no despacho exarado à fl. 50
verso da Carta Precatória acima referenciada, INTIMO Vossa Senhoria para a audiência designada para o dia 21/11/2018 às 14h30min, segue
abaixo inteiro teor do despacho exarado à fl. 50 verso:
"R.H.
Designo a audiência para o dia 21/11/2018, às 14h30min.
Comunique-se o Juízo deprecante por ofício.
Requisite-se a apresentação da testemunha.
Oficie-se.
Notifique-se o Ministério Público Eleitoral.
Publique-se, intime-se o advogado de defesa.
Salvador, 28 de outubro de 2018.
Ricardo Augusto Schmitt
Juiz Eleitoral da 1ª Zona”
Salvador, 06 de novembro de 2018.
Lílian Ribeiro Pondé de Rocha
Analista Judiciária – Área Administrativa
Chefe de Cartório Substituta

009ª Zona Eleitoral - SALVADOR

Despachos

EXPEDIENTE Nº 35.408/2018
INTERESSADO(S): PARTIDO DOS TRABALHADORES – COLIGAÇÃO MAIS TRABALHO POR TODA A BAHIA
ADVOGADO(S): JANJÓRIO VASCONCELOS OAB/BA 16.651; ALINE FERRAZ FERNANDES OAB/BA 21.281; PEDRO SCAVUZZI OAB/BA
34.303; ANTONIO CARLOS FILHO OAB/BA 29.029
DESPACHO
Rh.
A despeito da negativa exposta na peça de defesa, é evidente que houve pichação indevida em diversas vias públicas com o símbolo de um
dos partidos da Coligação "Mais Trabalho por Toda a Bahia" e que tal ocorrência buscava certamente angariar votos, ainda que em total
desrespeito à lei eleitoral.
Assim, encaminhem-se os autos ao MPE para adoção das medidas que entender pertinentes, inclusive aquelas atinentes à improbidade
administrativa por ventura praticada.
Notifiquem-se.

Diário da Justiça Eleitoral - Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Documento assinado digitalmente conforme MP n. 2.200-2/2001 de 24.8.2001, que institui a
Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil, podendo ser acessado no endereço eletrônico http://www.tse.gov.br
Ano 2018, Número 230 Salvador-BA, quinta-feira, 8 de novembro de 2018 Página 61

Salvador, 08 de outubro de 2018


Karla Adriana Barnuevo de Azevedo
Juíza Eleitoral da 9ª Zona

014ª Zona Eleitoral - SALVADOR

Despachos

Processo 39-78.2018.6.05.0014
PROCESSO Nº 39-78.2018.6.05.0014
PROTOCOLO Nº 37.476/2018
JUÍZO DEPRECANTE: JUÍZO DA 180ª ZONA - LAURO DE FREITAS-BA
JUÍZO DEPRECADO: JUÍZO DA 14ª ZONA ELEITORAL
JUIZ: ALBERTO RAIMUNDO GOMES DOS SANTOS
DESPACHO:
"Em cumprimento a Carta Precatória autuada sob o nº 39-78.2018.6.05.0014, notifique-se os sócios da empresa representada MCSE LTDA,
nos endereços residenciais fornecidos, para que apresentem, no prazo de 5(cinco) dias, ampla defesa às acusações formuladas pelo
Ministério Público Eleitoral, nos termos da inicial, juntando documentos e rol de testemunhas, se cabível, tudo em conformidade com art. 22, I,
da lei Complementar 64/90. Após cumprimento, comunique-se ao juízo deprecante. Em seguida arquive-se.
Publique-se.
Salvador, 26 de outubro de 2018.
Alberto Raimundo Gomes dos Santos
Juiz da 14ª Zona Eleitoral"

031ª Zona Eleitoral - VALENÇA

Sentenças

PROCESSO Nº 856-62.2016.05.0031
ORIGEM: VALENÇA – BA (31ª ZONA ELEITORAL – VALENÇA)
PROTOCOLO N. 258.538/2016
ASSUNTO: AÇÃO DE INVESTIGAÇÃO JUDICIAL ELEITORAL – CONDUTA VEDADA A AGENTE PÚBLICO
INVESTIGANTES: MINISTÉRIO PÚBLICO ELEITORAL
INVESTIGADOS: FERNANDO ANTONIO DOS SANTOS BRITO
MANOEL PALMA CHÉ FILHO
COLIGAÇÃO CAIRU DE MÃOS LIVRES
ADVOGADO(S): FABIANE AZEVEDO DE SOUZA LADEIA (OAB-BA Nº 25.101)
DYNALMO ANTÔNIO DE SOUZA (OAB-BA Nº 42.847)
ALLAN OLIVEIRA LIMA (OAB-BA Nº 30.276)
MAURÍCIO MENEZES DE ARAUJO (OAB-BA Nº 30.690)
SENTENÇA
Trata-se de REPRESENTAÇÃO ELEITORAL POR CONDUTA VEDADA ajuizada pelo MINISTÉRIO PÚBLICO ELEITORAL, em face de
FERNANDO ANTÔNIO DOS SANTOS BRITO, MANOEL PALMA CHE FILHO, COLIGAÇÃO CAIRU DE MÃOS LIVRES, todos devidamente
qualificados, na qual se narra o seguinte:
Foi instaurado na 4ª Promotoria de Justiça de Valença/BA notícia de fato SIMP 597.0.244738/2016, posteriormente convertido em
Procedimento Preparatório Eleitoral nº 098/2016, a partir de representação encaminhada pelo Partido Democrático Brasileiro (PMDB) –
Diretório Municipal de Cairu/BA, em face do Prefeito do referido Município, relatando que o mesmo teria praticado conduta vedada com
publicidade acima da média dos gastos do primeiro semestre dos últimos três anos que antecedem o pleito, nos termos do art. 73, inciso VII,
da Lei 9.504/97.

Diário da Justiça Eleitoral - Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Documento assinado digitalmente conforme MP n. 2.200-2/2001 de 24.8.2001, que institui a
Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil, podendo ser acessado no endereço eletrônico http://www.tse.gov.br
Ano 2018, Número 230 Salvador-BA, quinta-feira, 8 de novembro de 2018 Página 62

Informa que ao oficiar o Tribunal de Contas dos Municípios do Estado da Bahia, com o fim de obter informações sobre o total de gastos com
publicidade realizados pela Prefeitura Municipal de Cairu/BA, relativos aos primeiros semestres dos anos de 2013, 2014, 2015 e 2016,
obtendo resposta cujos dados podem ser resumidos da seguinte forma: gastos com publicidade: 1º semestre de 2013 – total: R$377.373,12;
1º Semestre de 2014: R$ 201.183,03; e 1º Semestre de 2015: R$ 551.628,07. Concluindo como média dos três últimos semestres que
antecederam o pleito: R$ 376.728,07.
Indica que no 1º Semestre de 2016 o gasto com publicidade foi R$ 681.956,87, importando em um aumento de 81,02% nos gastos,
acarretando violação ao art. 73, VII, da Lei 9.504/97.
Documentação às fls. 14/674.
Defesa do 1º demandado às fls. 683/716, na qual se argumenta pela ilicitude das provas produzidas pelo parquet, alegando que o
procedimento preparatório tomou por base apenas a representação formulada pela coligação da oposição, sem qualquer outro lastro probante
para comprovar a ocorrência do suposto abuso de poder político; além de alegar violação ao art. 105-A da Lei 9.504/97; indica que a
publicidade de que trata o inciso VII é a publicidade institucional; afirma que se deve verificar que eventuais aumentos podem ser
desprezados frente à atualização monetária do serviço, menciona os aumentos no contrato.
Documentação acostada pela defesa do 1º demandado às fls. 717/1255.
Defesa do 2º demandado às fls. 1258/1296, basicamente com os mesmos termos da defesa anterior.
Defesa da coligação às fls. 1298/1333, basicamente com os mesmos termos das anteriores, mas acrescenta a preliminar de ilegitimidade
passiva da coligação, devido a análise de existência de abuso de poder econômico.
Requerimento de Cintia Bonfim Rosemberg para intervir no processo na qualidade de assistente às fls. 1334.
Indeferimento do pedido supra às fls. 1341/1343.
Réplica do Ministério Público às fls. 1344/1369, na qual menciona o real procedimento instaurado pelo Ministério Público que embasou a AIJE,
qual seja, PROCEDIMENTO PREPARATÓRIO ELEITORAL, que goza de total legalidade haja vista a existência de Portaria PGR/MPF nº
499/2014 que institui e regulamenta, no Ministério Público Eleitoral, o PPE, revogada, ainda, pela Portaria PGR/MPF nº 692/2016; quanto a
alegação de violação dos princípios do contraditório e da ampla defesa, ressalta as diversas manifestações do demandado nos autos do PPE;
Prossegue arguindo o MP que os demandados alegam que a violação do art. 73, VII refere-se a publicidade institucional, ao passo que os
gastos do 1º semestre de 2016 incluíram também publicidades de utilidade pública e as publicidades legais, que não estariam abrangidas,
porém não apresentaram documentos estatísticos de gastos referentes a publicidade institucional, de utilidade pública e legais relativos aos
primeiros semestres anteriores, e o demandado fora prefeito nesses anos, ou seja, detentor destes documentos;
E, ainda, sobre o pedido de ilegitimidade passiva da coligação: informa que não se trata de uma AIJE para apurar a ocorrência de abuso de
poder econômico, mas sim para a apuração de prática de conduta vedada e cita o § 8º do art. 73 da lei 9.504/97, na qual é parte legítima para
figurar no polo passivo coligações.
Fala que os gastos dos primeiros semestres anteriores utilizados para a média também se referem a gastos com publicidade em geral; que os
demandados afirmaram que os gastos com publicidade podem ser desprezados frente à atualização monetária do serviço, bem como a
inflação. No entanto, o indicador oficial do governo federal para aferição das metas inflacionárias é o IPCA, e indica que o IPCA 2016 – 6,29% -
foi a menor variação anual desde 2013.
Documentação acostada com a réplica às fls. 1370/1375.
Audiência para a oitiva de testemunhas às fls. 1421/1432.
Alegações finais do 1º demandado às fls. 1437/1457.
Alegações finais do 2º demandado às fls. 1458/1487.
Alegações finais do Ministério Público às fls. 1488/1503.
Despacho de fls. 1507/1508, no qual ficou determinada a intimação dos Réus para juntar aos autos: a) a documentação contábil referente aos
gastos tidos com publicidade institucional nos primeiros semestres dos anos 2013, 2014, 2015 e 2016; e b) a documentação contábil referente
aos gastos tidos com publicidade voltada para a divulgação em decorrência da instituição da Taxa de Proteção Ambiental.
Decisão de fls. 1516/1517 corrigindo o erro material do despacho supracitado e determinando que seja oficiado ao Município de Cairu para
que apresentasse a documentação solicitada.
Ofício do Município de Cairu de fls. 1526/1557 apresentando planilhas genéricas do quanto requisitado.
Ratificação das alegações finais do Ministério Público às fls. 1562/1581.
Ratificação das alegações finais do 1º demandado às fls. 1585/1609.
Ratificação das alegações finais do 2º demandado às fls. 1611/1646.
É o que merece ser relatado. Passo a fundamentar e decidir.
FUNDAMENTAÇÃO
Passo a analisar as questões preliminares suscitadas.
Da preliminar de ilicitude das provas produzidas pelo Ministério Público: alega a defesa que o procedimento preparatório tomou por base
apenas a representação formulada pela coligação da oposição, sem qualquer outro elemento probante para comprovar a ocorrência do
suposto abuso de poder político; além de alegar violação ao art. 105-A da Lei 9.504/97 (artigo que afasta a possibilidade de aforamento de
ações civis públicas em matéria eleitoral).

Diário da Justiça Eleitoral - Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Documento assinado digitalmente conforme MP n. 2.200-2/2001 de 24.8.2001, que institui a
Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil, podendo ser acessado no endereço eletrônico http://www.tse.gov.br
Ano 2018, Número 230 Salvador-BA, quinta-feira, 8 de novembro de 2018 Página 63

Sobre esse argumento, manifesto-me da seguinte forma: no final do ano de 2015, sobreveio julgado unânime do Tribunal Superior Eleitoral
(TSE), seguido de diversos acórdãos sucessivos durante o ano de 2016, acolhendo as considerações acima expostas e mudando seu
entendimento, de modo que, hoje, encontra-se garantido pela Corte o uso do inquérito civil público eleitoral pelo Parquet.
Nesse sentido,
RECURSO ESPECIAL ELEITORAL. ELEIÇÕES 2012. PREFEITO. REPRESENTAÇÃO. CONDUTA VEDADA AOS AGENTES PÚBLICOS.
ART. 73, § 10, DA LEI 9.504/97. PRELIMINARES REJEITADAS. ART. 105-A DA LEI 9.504/97. APLICABILIDADE ÀS AÇÕES ELEITORAIS.
MÉRITO. PROGRAMA SOCIAL. AUSÊNCIA DE PREVISÃO EM LEI PRÉVIA. MULTA. DESPROVIMENTO.
Consoante o art. 301, §§ 1º a 3º, do CPC, a coisa julgada configura-se quando se reproduz ação assim entendida como a que possui as
mesmas partes, a mesma causa de pedir e o mesmo pedido já decidida por sentença transitada em julgado, o que não ocorreu na espécie,
notadamente porque o objeto da presente ação é distinto do da AIME 10-28/MG.
2. A interpretação do art. 105-A da Lei 9.504/97 pretendida pelo recorrente no sentido de que as provas produzidas em inquérito civil público
instaurado pelo Ministério Público Eleitoral seriam ilícitas não merece prosperar, nos termos da diversidade de fundamentos adotados pelos
membros desta Corte Superior, a saber:
2.1. Sem adentrar a questão atinente à constitucionalidade do art. 105-A da Lei 9.504/97, ressalte-se que i) da leitura do dispositivo ou da
justificativa parlamentar de sua criação não há como se retirar a conclusão de que são ilícitas as provas colhidas naquele procedimento; ii) a
declaração de ilicitude somente porque obtidas as provas em inquérito civil significa blindar da apreciação da Justiça Eleitoral condutas em
desacordo com a legislação de regência e impossibilitar o Ministério Público de exercer o seu munus constitucional; iii) o inquérito civil não se
restringe à ação civil pública, tratando-se de procedimento administrativo por excelência do Parquet e que pode embasar outras ações
judiciais (Ministros João Otávio de Noronha, Luciana Lóssio e Dias Toffoli).
2.2. Ao art. 105-A da Lei 9.504/97 deve ser dada interpretação conforme a Constituição Federal para que se reconheça, no que tange ao
inquérito civil público, a impossibilidade de sua instauração para apuração apenas de ilícitos eleitorais, sem prejuízo de: i) ser adotado o
Procedimento Preparatório Eleitoral já previsto pelo Procurador-Geral da República; ou ii) serem aproveitados para propositura de ações
eleitorais elementos que estejam contidos em inquéritos civis públicos que tenham sido devidamente instaurados, para os fins previstos na
Constituição e na Lei 7.347/85 (Ministros Henrique Neves e Gilmar Mendes).
2.3. O art. 105-A da Lei 9.504/97 é inconstitucional, pois: i) o art. 127 da CF/88 atribuiu expressamente ao Parquet a prerrogativa de tutela de
defesa da ordem jurídica, do regime democrático e dos interesses sociais individuais indisponíveis, de modo que a defesa da higidez da
competição eleitoral e dos bens jurídicos salvaguardados pelo ordenamento jurídico eleitoral se situa no espectro constitucional de suas
atribuições; ii) a restrição do exercício de funções institucionais pelo Ministério Público viola o art. 129, III, da CF/88, dispositivo que prevê o
inquérito civil e a ação civil pública para a proteção de interesses difusos e coletivos; iii) houve evidente abuso do exercício do poder de
legislar ao se afastar, em matéria eleitoral, os procedimentos da Lei 7.347/1985 sob a justificativa de que estes poderiam vir a prejudicar a
campanha eleitoral e a atuação política de candidatos (Ministros Luiz Fux e Maria Thereza de Assis Moura).
(Recurso Especial Eleitoral nº 54588, Acórdão de 08/09/2015, Relator(a) Min. JOÃO OTÁVIO DE NORONHA, Publicação: DJE – Diário de
justiça eletrônico, Data 04/11/2015, Página 15).
Da preliminar de ausência de interesse de agir/pressupostos válidos etc, tendo em vista a ausência de provas, não merece ser acolhida
quando da rejeição da primeira preliminar analisada, vez que a inicial fora instruía em conjunto com o Procedimento Preparatório Eleitoral
contendo 646 laudas.
NO MÉRITO
Cuidarei de realizar análise acerca da possível prática de conduta vedada, consistente na realização de despesas com publicidade da
Prefeitura Municipal de Cairu no primeiro semestre de 2016, em montante superior à média dos primeiros semestres dos três anos
imediatamente anteriores, quais sejam, 2013, 2014 e 2015, contrariando, assim, o art. 73, inc. VII, da Lei n. 9.504/97, cuja redação diz o
seguinte:
“Art. 73. São proibidas aos agentes públicos, servidores ou não, as seguintes condutas tendentes a afetar a igualdade de oportunidades entre
candidatos nos pleitos eleitorais:
[…]
VII - realizar, no primeiro semestre do ano de eleição, despesas com publicidade dos órgãos públicos federais, estaduais ou municipais, ou
das respectivas entidades da administração indireta, que excedam a média dos gastos no primeiro semestre dos três últimos anos que
antecedem o pleito;
Importante registrar que referido dispositivo traz uma das hipóteses contidas no rol de condutas vedadas aos agentes públicos no ano
eleitoral, as quais, precipuamente, buscam impedir o desequilíbrio na disputa eleitoral e o abuso de poder político ou do exercício de função,
cargo ou emprego na administração direta ou indireta. Dessa forma, compete a esta Justiça Especializada punir aqueles que infringem tais
disposições normativas, de maneira a restabelecer a equidade eleitoral.
Nesse sentido, já afirmou o Tribunal Superior Eleitoral:
“o art. 73 da Lei nº 9.504/97 visa à preservação da igualdade entre os candidatos, não havendo como reconhecer que um fato de somenos
importância tenha afetado essa isonomia ou incorrido em privilégio do candidato à reeleição. A intervenção da Justiça Eleitoral deve ter como
referência o delicado equilíbrio entre a legitimidade da soberania popular manifestada nas urnas e a preservação da lisura do processo
eleitoral. (RESPE nº 25073, Acórdão nº 25073 de 28/06/2005, Relator: Min. CARLOS EDUARDO CAPUTO BASTOS, Publicação: DJ - Diário
de Justiça, Data 17/3/2006, Página 144 RJTSE - Revista de jurisprudência do TSE, Volume 17, Tomo 4, Página 244)
A redação do inciso VII do artigo transcrito foi implementada com a Lei n. 13.165/15, a denominada Reforma Política, que alterou o parâmetro
de cálculo da média a ser considerado para verificação do excesso.
Antes da inovação legislativa, apesar de alguns posicionamentos doutrinários e jurisprudenciais em sentido diverso, prevalecia a interpretação
no sentido de que o cálculo era feito comparando-se o gasto do primeiro semestre do ano eleitoral com a média do transcurso total dos
exercícios anteriores, ou seja, considerando os anos inteiros.

Diário da Justiça Eleitoral - Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Documento assinado digitalmente conforme MP n. 2.200-2/2001 de 24.8.2001, que institui a
Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil, podendo ser acessado no endereço eletrônico http://www.tse.gov.br
Ano 2018, Número 230 Salvador-BA, quinta-feira, 8 de novembro de 2018 Página 64

Entretanto, a partir da vigência da nova redação, a comparação entre períodos idênticos a partir da verificação das médias semestrais,
levando em conta a primeira metade de cada ano, gerou a possibilidade de se aventar eventuais excessos.
Impende mencionar que “o espírito da lei é combater o excesso de dispêndio com publicidade dos órgãos públicos ou respectivas entidades
da administração indireta em anos eleitorais”, não se interpretando o termo despesa em sentido técnico do direito financeiro. (TSE - Agravo
Regimental em Recurso Especial Eleitoral nº 176114, rel. Min. Marcelo Henriques Ribeiro de Oliveira, DJE de 26/05/2011)
Despesa para fins da vedação legal entende-se o valor da despesa (gasto) com publicidade da administração pública direta e indireta que foi
executada (veiculada) no período de 01 de janeiro à 30 de junho (primeiro semestre), independentemente do momento que a administração
pública, consoante as normas técnicas financeiras, autorizou a prestação do serviço de publicidade reservando montante para seu pagamento
(empenho), reconheceu oficialmente a prestação do serviço de publicidade executado no referido período (liquidação) ou efetuou sua quitação
(ordem de pagamento).
Nesse contexto, a liquidação das despesas com publicidade será, em regra, o melhor parâmetro comparativo para os fins do disposto no art.
73, VII, da Lei nº 9.504/97 (TSE - Recurso Especial Eleitoral nº 67994, rel. Min. Henrique Neves da Silva, DJE de 19/12/2013).
Na hipótese dos autos, resta incontroverso que no primeiro semestre do ano de 2016, a Prefeitura Municipal de Cairu/BA realizou gastos com
publicidade acima dos efetuados no mesmo período dos anos anteriores, senão vejamos:
a) 1º semestre de 2013: R$377.373,12 (trezentos e setenta e sete mil e trezentos e setenta e três reais e doze centavos);
b) 1º semestre de 2014: R$ 201.183,03 (duzentos e um mil e cento e oitenta e três reais e três centavos);
c) 1º Semestre de 2015: R$ 551.628,07 (quinhentos e cinquenta e um mil e seiscentos e vinte e oito reais e sete centavos).
Média dos três últimos semestres que antecederam o pleito: R$ 376.728,07 (trezentos e setenta e seis mil e setecentos e vinte e oito reais e
sete centavos).
E, no 1º semestre de 2016, o gasto com publicidade foi R$ 681.956,87 (seiscentos e oitenta e um mil e novecentos e cinquenta e seis reais e
oitenta e sete centavos), importando em um aumento de 81,02% nos gastos destinados para esta finalidade, importando diretamente em
violação ao quanto disposto no inciso VII do art. 73 da Lei 9.504/97.
Nesse passo, estando bem pontuado que se trata de análise de aspectos objetivos, aqueles exigidos e balizados pela Lei n. 9.504/97 – pouco
importando verificar a efetiva influência no resultado do pleito eleitoral e o teor da rubrica de publicidade –, tenho que o contexto probatório
existente nos autos não deixa dúvida de que os representados, na condição de Prefeito e de Vice-Prefeito Municipal no ano eleitoral,
incorreram na descrição do inc. VII do art. 73 da Lei em questão, uma vez que as despesas com publicidade excederam a média dos gastos
no primeiro semestre dos três últimos anos que antecederam o pleito, vale ressaltar que tais dados foram obtidos através de dados fornecidos
pelo Tribunal de Contas.
Menciona, a tese defensiva, que a espécie de publicidade exarada pelo inciso VII do art. 73 é a institucional e cita o Recurso Eleitoral nº
8.798, no entanto, no caso concreto deste recurso foi possível constatar que a menção era feita em relação ao inciso VI e não ao VII; não
vislumbro como possa esse argumento ser o adequado diante da letra da lei que não distingue o tipo de publicidade a ser analisado; lei esta
que no mesmo artigo, em seu inciso VI, especificamente, menciona a restrição em análise, única e exclusivamente, no que diz respeito à
publicidade institucional.
O art. 73, VI, “b” elenca a proibição, nos três meses que antecedem o pleito, de realizar ou autorizar a realização de “publicidade institucional
dos atos, programas, obras, serviços e campanhas dos órgãos públicos federais, estaduais ou municipais, ou das respectivas entidades da
administração indireta, salvo em caso de grave e urgente necessidade, assim reconhecida pela Justiça Eleitoral”.
Sopesado o entendimento acima exposto, é possível conceituar a propaganda institucional como sendo aquela feita pelo Poder Público, com
verba pública, devidamente destinada para este fim, para prestação de conta de suas atividades perante a população. Tendo como objetivo
precípuo divulgar as realizações da Administração e orientar os cidadãos sobre assuntos de seu interesse.
E, sobre este aspecto, quanto à publicidade institucional, importante distinguir os seus subtipos, consoante lição de Oliver Coneglian:
“A “comunicação institucional por força da lei” é aquela que a administração pública se utiliza como meio para atingir seus fins, ou a que a
administração pública utiliza para dar efetividade a seus atos. Essa comunicação se faz ou nos diários oficiais ou em órgãos da imprensa que
servem de divulgação dos atos oficiais. (…) Esse tipo de publicidade é obrigatório para a administração pública e se caracteriza como ato da
administração. (…)
A “comunicação institucional convocatória” também tem caráter oficial, decorrente da necessidade da administração pública e difere da
anterior pelo fato de que se traduz sempre em um chamado, em uma convocação. (…) Dentro desse setor se incluem atos que já beiram as
águas da propaganda, tais como: i) convite para a inauguração da ponte; ii) convocação da população para assistir à assinatura do decreto de
desapropriação da área para assentamento agrário etc. (…)
A “propaganda institucional”, que consiste em se fazer não a publicidade obrigatória de ato público, mas a propaganda de um ato, de uma
obra, de uma realização.
Existe, muitas vezes, certa dificuldade em se conceituar propaganda, e principalmente em diferençar “propaganda institucional” de
“publicidade obrigatória” ou “publicidade convocatória”. Mas se poderia chegar ao seguinte conceito: enquanto a publicidade obrigatória e a
publicidade convocatória devem existir no seio da administração pública, de tal forma que a sua ausência provocaria atos nulos ou dificuldade
de autorrealização da própria administração, a propaganda institucional é aquela cuja ausência não provoca nenhum colapso, nenhuma falha,
nenhum problema para a administração.” (grifou-se)
A vedação legal se justifica porque consoante lição de Arthur Luis Mendonça Rollo, “a propaganda institucional, quando veiculada em data
próxima ao pleito, ofende a pars conditio, privilegiando os candidatos à reeleição, em detrimento de todos os demais” (Propaganda Eleitoral,
org. Alberto Rollo, RT, 2002, p. 140).
Nesse sentido tem sido a jurisprudência:
Recurso. Ação de investigação judicial eleitoral. Conduta vedada aos agentes públicos. Art. 73, VI, b da Lei 9.504/97. Procedência. Veiculação
de publicidade institucional na internet. Configuração. Responsabilidade comprovada. Aplicação de multa. 1. Deve ser mantida a sentença que
julgou procedente o pedido formulado em ação de investigação judicial eleitoral pela prática de conduta vedada, quando resta comprovada

Diário da Justiça Eleitoral - Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Documento assinado digitalmente conforme MP n. 2.200-2/2001 de 24.8.2001, que institui a
Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil, podendo ser acessado no endereço eletrônico http://www.tse.gov.br
Ano 2018, Número 230 Salvador-BA, quinta-feira, 8 de novembro de 2018 Página 65

nos autos a veiculação de propaganda institucional na internet durante o período vedado, impondo ao então prefeito e aos candidatos por ele
apoiados a sanção de multa prevista no art. 73, § 4º, da Lei n. 9.504/97; 2. Recurso a que se nega provimento.
(TRE-BA - RE: 28448 SAÚDE - BA, Relator: PAULO ROBERTO LYRIO PIMENTA, Data de Julgamento: 02/05/2018, Data de Publicação: DJE -
Diário da Justiça Eletrônico, Data 07/05/2018)
RECURSO ELEITORAL - REPRESENTAÇÃO - PUBLICIDADE INSTITUCIONAL - PERÍODO VEDADO - MENSAGEM DE FELICITAÇÃO
PELO ANIVERSÁRIO DE EMANCIPAÇÃO POLÍTICO-ADMINISTRATIVA DO MUNICÍPIO - CONDUTA VEDADA - CARACTERIZAÇÃO -
REMOÇÃO EXTEMPORÂNEA - INFRAÇÃO AO ART. 73, VI, B DA - LEI 9.504/97 - APLICAÇÃO DE MULTA - VALOR MÍNIMO -
PROPORCIONALIDADE - RESPEITO - MANUTENÇÃO - DESPROVIMENTO. 1. A lei eleitoral autoriza a publicidade institucional desde que
respeitado o limite temporal, que não pode ingressar nos 03 [três] meses anteriores ao pleito; 2. De acordo com a jurisprudência da Corte
Superior, a permanência de publicidade institucional durante o período vedado é suficiente para que se aplique a multa prevista no art. 73,
§4º, da Lei no 9.504/97, sendo irrelevante que a peça publicitária tenha sido autorizada e afixada em momento anterior; 3. Alegações do
recorrente insuficientes para afastar a infração, já que é o único responsável pelo controle do tempo de exibição do material objeto da
representação; 4. Recurso negado para a manutenção da multa aplicada.
(TRE-MT - RE: 6467 COLÍDER - MT, Relator: ULISSES RABANEDA DOS SANTOS, Data de Julgamento: 11/04/2018, Data de Publicação:
DEJE - Diário de Justiça Eletrônico, Tomo 2629, Data 25/04/2018, Página 3-4)
EMENTA: RECURSO ELEITORAL - ELEIÇÕES 2016 - CONDUTA VEDADA - PUBLICIDADE INSTITUCIONAL PUBLICADA EM ENDEREÇO
ELETRÔNICO DA PREFEITURA MUNICIPAL - NATUREZA OBJETIVA DA CONDUTA - VIOLAÇÃO DO ART. 73, VI, 'B' DA LEI Nº 9.504/97 -
RECURSO DO PRIMEIRO RECORRENTE CONHECIDO E NÃO PROVIDO. 1. Publicidade institucional no período vedado. Exceção legal
ausente. Regra objetiva. Multa. Aferição adequada e ausência de fundamento para majoração. Valor mínimo. 2. Recurso do primeiro
Recorrente conhecido e desprovido. RECURSO ELEITORAL - PUBLICIDADE INSTITUCIONAL - BENEFÍCIO AOS CANDIDATOS NÃO
AGENTES PÚBLICOS. AUSÊNCIA DE RATIFICAÇÃO DO RECURSO NO MOMENTO DA REGULARIZAÇÃO DA REPRESENTAÇÃO
PROCESSUAL. IRREGULARIDADE PROCESSUAL QUE IMPEDE O CONHECIMENTO DO RECURSO. RECURSO NÃO CONHECIDO. 1. A
constituição de novo patrono, sem a devida ratificação dos termos do recurso interposto, constitui óbice ao seu conhecimento, nos termos do
§ 2º, do art. 104, do Código de Processo Civil. Ressalva do Relator quanto ao conhecimento do recurso. 2. Recurso da Coligação não
conhecido.
(TRE-PR - RE: 26513 BANDEIRANTES - PR, Relator: PAULO AFONSO DA MOTTA RIBEIRO, Data de Julgamento: 13/11/2017, Data de
Publicação: DJ - Diário de justiça, Data 28/11/2017)
Assim, o inciso VI, “b”, do artigo em análise procura controlar os gastos com a publicidade institucional, especificamente; no que concerne à
interpretação do dispositivo legal art. 73, inc. VII, da Lei das Eleições, este adota a expressão “despesas com publicidade” em sentido
genérico, abrangendo a utilidade pública, mercadológica, legal e institucional, não fazendo deste modo qualquer distinção neste sentido.
Ressalto, então, os ensinamentos de Rodrigo López Zilio (Direito eleitoral. 5. ed. Porto Alegre: Verbo Jurídico, 2016) sobre o assunto:
O inc. VII do art. 73 da LE adota a expressão “despesas com publicidade” em sentido genérico. De acordo com o art. 3º, inc. V, do Decreto n.
6.555, de 08 de setembro de 2008 – que “dispõe sobre as ações de comunicação do Poder Executivo Federal e dá outras providências” –, a
publicidade se classifica em: de utilidade pública; institucional; mercadológica e legal. Ao empregar a expressão “despesas com publicidade”,
esse dispositivo abrange a utilidade pública, mercadológica, legal e institucional. De outra parte, a al. b do inc. VI do art. 73 da LE se restringe
à publicidade institucional.
No entanto, respeitando a possibilidade do art. 73 não ser interpretado com este rigor, sob pena de causar prejuízo ao regular andamento da
administração pública em ano eleitoral e colocar empecilhos ao próprio princípio da publicidade dos atos administrativos, na aplicação do
dispositivo em referência foram, de fato, encontradas jurisprudências neste sentido: com o entendimento de que devem ser excluídas a
publicidade legal, tais como as concernentes a leis, decretos e editais, e aquelas que envolvem grave e urgente necessidade pública, a fim de
resguardar o direito de acesso a informação dos atos estatais pelo cidadão e atender à finalidade da norma, que expressamente se refere à
publicidade institucional.
A ilustrar o posicionamento, elenco as seguintes ementas:
Embargos de declaração com pedido de atribuição de efeitos infringentes. Alegada ocorrência de omissão no aresto que deu provimento a
recurso e condenou o embargante à multa por infringência ao inc. VII do art. 73 da Lei n. 9.504/97. A publicação de atos legais/oficiais não se
confunde com a publicidade institucional destinada à divulgação dos atos da administração pública, não sendo computados para fins de
aferição do limite previsto no art. 73, inc. VII, da Lei n. 9.504/97. Valores decorrentes de atos administrativos vinculados. Efeitos infringentes
para negar provimento ao recurso ministerial e manter a improcedência da representação. Acolhimento.
(TRE-RS, Recurso Eleitoral n. 72666, Acórdão de 23.9.2014, Relator DR. LEONARDO TRICOT SALDANHA, Publicação: DEJERS - Diário de
Justiça Eletrônico do TRE-RS, Tomo 172, Data 25.9.2014, Página 2.)
Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Sul TRE-RS – Recurso Eleitoral: RE 57038 RODEIO BONITO – RS
RECURSO. AÇÃO DE INVESTIGAÇÃO JUDICIAL ELEITORAL. REPRESENTAÇÃO. ABUSO DE PODER DE AUTORIDADE. CONDUTAS
VEDADAS AOS AGENTES PÚBLICOS. PREFEITO E VICE. PUBLICIDADE INSTITUCIONAL. DESPESA SUPERIOR À PREVISÃO
NORMATIVA. PRIMEIRO SEMESTRE DO ANO DO PLEITO. ART. 73, INC. VII, DA LEI N. 9.504/97. PROCEDÊNCIA. MULTA.
PROVIMENTO. ELEIÇÕES 2016. É proibido aos agentes públicos realizarem, no primeiro semestre do ano de eleição, despesas com
publicidade institucional que excedam a média dos gastos no primeiro semestre dos três últimos anos que antecedem o pleito, conforme
comando inserto no art. 73, inc. VII, da Lei n. 9.504/97, que, no caso, não foi observado. Inviável a atualização monetária dos valores gastos
com publicidade institucional, por ausência de previsão legal. Aplicação de multa ao então prefeito e candidato à reeleição, bem como ao vice
da chapa majoritária, beneficiário da conduta vedada, nos termos do art. 73, § 8º, da Lei das Eleicoes. Provimento.
RECURSO. REPRESENTAÇÃO. CONDUTA VEDADA. PRELIMINAR. NULIDADE. SENTENÇA EXTRA PETITA. AFASTADA. MÉRITO.
DESPESA COM PROPAGANDA INSTITUCIONAL. MONTANTE SUPERIOR À MÉDIA DOS PRIMEIROS SEMESTRES DOS TRÊS ANOS
ANTERIORES. INOCORRÊNCIA. PUBLICIDADE LEGAL. ART. 73, INC. VII e § 4º, DA LEI N. 9.504/97. PARCIAL PROVIMENTO.
IMPROCEDÊNCIA. MANUTENÇÃO DA MULTA POR LITIGÂNCIA DE MÁ-FÉ. ELEIÇÕES 2016. 1. Preliminar de nulidade afastada.
Sentença exarada dentro dos limites da lide, sem extrapolação ao pedido inicial. 2. São proibidos aos agentes públicos realizar, no primeiro
semestre do ano de eleição, despesas com publicidade institucional que excedam a média dos gastos no primeiro semestre dos três últimos

Diário da Justiça Eleitoral - Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Documento assinado digitalmente conforme MP n. 2.200-2/2001 de 24.8.2001, que institui a
Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil, podendo ser acessado no endereço eletrônico http://www.tse.gov.br
Ano 2018, Número 230 Salvador-BA, quinta-feira, 8 de novembro de 2018 Página 66

anos que antecedem o pleito. 3. Distinção entre gastos com publicidade institucional, destinada a divulgar os feitos de determinada
administração, da publicidade legal, aquela necessária e imprescindível para atuação regular da administração pública, impostas por lei, tais
como a publicação de atos oficiais e convocações. 4. Identificados gastos com publicidade institucional no primeiro semestre de 2016 acima
da média dos primeiros semestres dos anos de 2013, 2014 e 2015. A natureza legal das peças publicitárias veiculadas no Jornal ¿Matéria de
Capa¿ leva à redução de valores atribuídos como propaganda institucional. Não ultrapassada a média de gastos dos primeiros semestres dos
últimos três anos. 5. Parcial provimento. Multa afastada. Mantido, todavia, o sancionamento decorrente da litigância de má-fé, por adulteração
documental.
(TRE-RS - RE: 54036 XANGRI-LÁ - RS, Relator: JORGE LUÍS DALL`AGNOL, Data de Julgamento: 27/09/2017, Data de Publicação: DEJERS -
Diário de Justiça Eletrônico do TRE-RS, Tomo 175, Data 29/09/2017, Página 7)
Entretanto, é necessário realizar a devida distinção do paradigma acima apontado relativamente a estes autos e a diferenciação posiciona-se
no aspecto da prova.
No caso concreto deve-se atentar para o fato de que em toda documentação acostada pelos demandados, não foi possível verificar lastro
probatório consistente em notas de empenho, notas fiscais ou, até mesmo, reproduções de matérias jornalísticas que, evidentemente,
demonstrem que as divulgações realizadas no período em análise envolveram típicos anúncios publicitários obrigatórios.
Ao comunicar que a publicidade a que se refere o inciso VII trata-se da publicidade institucional, informa que no 1º semestre de 2016
houveram também publicidades de utilidade pública e as publicidades legais, porém não apresentaram documentos discriminando os gastos
referentes a publicidade institucional, de utilidade pública e legais relativos ao 1º semestre deste ano e nem com relação aos primeiros
semestres dos anos anteriores.
Em atenção às teses adotadas pela jurisprudência que acolhem esta distinção, observa-se que naqueles casos, em específico, havia nos
autos a discriminação destes gastos; ali havia controvérsia razoável acerca do posicionamento de valores em uma (publicidade institucional)
ou em outra modalidade (publicação de atos oficiais) desde o início do feito.
Importante salientar que não basta ao Magistrado indicar o entendimento jurisprudencial para fundamentar a sua decisão, necessário se faz
analisar se aquela jurisprudência se encaixa no caso concreto em epígrafe, conforme:
Art. 489. São elementos essenciais da sentença:
[...]
II - os fundamentos, em que o juiz analisará as questões de fato e de direito;
[…]
§ 1o Não se considera fundamentada qualquer decisão judicial, seja ela interlocutória, sentença ou acórdão, que:
[...]
VI - deixar de seguir enunciado de súmula, jurisprudência ou precedente invocado pela parte, sem demonstrar a existência de distinção no
caso em julgamento ou a superação do entendimento.
Essa hipótese pressupõe que uma das partes invoque súmula, jurisprudência ou precedente e que o Juiz não os aplique, nesse caso, o juízo
deve justificar a razão de não os aplicar, demonstrando que não se ajustam ao caso concreto que está decidindo.
Desse modo, nas jurisprudências encontradas, verificou-se que, naqueles casos, com a consequente juntada de notas fiscais, notas de
empenho e de controles de contabilidade de forma a comprovar as despesas contratadas, autorizadas e executadas (veiculadas), foi possível
que a análise fosse feita com base nos diferentes tipos de publicidade, evidente está a distinção mencionada no art. 489, §º 1º, VI, senão
vejamos trechos dos votos da jurisprudências supracitadas:
(TRE-RS, Recurso Eleitoral n. 72666, Acórdão de 23.9.2014, Relator DR. LEONARDO TRICOT SALDANHA, Publicação: DEJERS - Diário de
Justiça Eletrônico do TRE-RS, Tomo 172, Data 25.9.2014, Página 2.)
De acordo com a perícia reanalisada pelo Gabinete de Assessoramento Contábil do Ministério Público (fls. 73/80), calcada em dados
fornecidos pelo próprio Município de Sobradinho, o valor gasto com publicidade institucional, no primeiro semestre dos três últimos anos
(2013, 2014 e 2015), foi, respectivamente, de R$ 7.199,00, R$37.983,41 e R$24.442,00. A média de tais valores é pois de R$ 23.208,14.
Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Sul TRE-RS – Recurso Eleitoral: RE 57038 RODEIO BONITO – RS
O juízo singular, ao apreciar os gastos com publicidade institucional realizados pela Prefeitura de Ametista do Sul, assim decidiu:
[…] Contudo, a partir da análise dos documentos trazidos pelo Ministério Público, fls. 205-214, concluo que o autor da ação considera tão
somente as despesas efetuadas pelo Município de Ametista do Sul com a empresa “JOR COMERCIAL FALIBUSKI & RIGO LTDA - ME”,
desconsiderando qualquer outro dispêndio com publicidade institucional que possa ter sido realizado pelo citado Município. Segundo se infere
dos documentos das fls. 258, 265, 269, 273, 274, 279, 291, 294, 297, 300, 305 e 308, todos juntados pelos representados, o Município de
Ametista do Sul/RS realizou, no primeiro semestre dos últimos anos (o que inclui o ano eleitoral, conforme nota fiscal da fl. 308), outras
despesas com publicidade institucional, além daquelas apontadas pelo Ministério Público. A título de exemplo, a nota de empenho da fl. 258
demonstra que o Município de Ametista do Sul, em 28/06/2013, efetuou pagamento da quantia de R$ 1.200,00 (um mil e duzentos reais) para
a empresa “ZERO HORA EDITORA JORNALÍSTICA S/A”, referente à divulgação dos pontos turísticos do Município. Tal gasto, embora
nitidamente relacionado à publicidade institucional, não foi computado pelo Ministério Público ao propor a presente ação. Em sua defesa (fls.
222-223), os representados afirmam que o Município de Ametista do Sul/RS, no primeiro semestre dos últimos quatro anos, realizou os
seguintes gastos com publicidade institucional: em 2013: R$ 5.383,33 (cinco mil, trezentos e oitenta e três reais e trinta e três centavos); em
2014: R$ 11.348,68 (onze mil, trezentos e quarenta e oito reais e sessenta e oito centavos); em 2015: R$ 6.190,00 (seis mil, cento e noventa
reais). A média de tais gastos corresponde à importância de R$ 7.640,67 (sete mil, seiscentos e quarenta reais e sessenta e sete centavos).
Já em 2016, alegam ter sido gastos R$ 6.080,00 (seis mil e oitenta reais). Para comprovar suas alegações, os representados juntaram os
documentos das fls. 253-309.
TRE-RS - RE: 54036 XANGRI-LÁ - RS, Relator: JORGE LUÍS DALL`AGNOL, Data de Julgamento: 27/09/2017, Data de Publicação: DEJERS -
Diário de Justiça Eletrônico do TRE-RS, Tomo 175, Data 29/09/2017, Página 7

Diário da Justiça Eleitoral - Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Documento assinado digitalmente conforme MP n. 2.200-2/2001 de 24.8.2001, que institui a
Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil, podendo ser acessado no endereço eletrônico http://www.tse.gov.br
Ano 2018, Número 230 Salvador-BA, quinta-feira, 8 de novembro de 2018 Página 67

O juízo singular, ao analisar a natureza dos gastos com publicidade institucional realizados pela Câmara Municipal de Xangri-Lá, apurou a
média dos primeiros semestres dos anos de 2013, 2014 e 2015, no montante de R$ 17.266,66 (dezessete mil duzentos e sessenta e seis
reais e sessenta e seis centavos), reconhecendo os seguintes cálculos apurados pelo próprio representado (fls. 90-91): a) 1º Semestre de
2013 – R$ 0,00 b) 1º Semestre de 2014 – R$ 7.400,00 b.1) Empenho 399/2014, NF 423 de 26/06/2014 – fls. 33 c) 1º Semestre de 2015 – R$
44.400,00 c.1) Empenho 071/2015, NF 450 de 01/15 c.2) Empenho 155/2015, NF 454 de 02/15 c.3) Empenho 229/2015, NF 460 de 03/15 c.4)
Empenho 296/2015, NF 464 de 04/15 c.5) Empenho 381/2015, NF 468 de 05/15 c.6) Empenho 439/2015, NF 472 de 06/15 TOTAL c.1 + c.2 +
c.3 = R$ 51.800,00 MÉDIA = R$ 17.266,66
Aqui, a sentença se baseia em dados oficiais fornecidos pela própria municipalidade ao órgão cuja atribuição precípua é o exame das contas
dos entes municipais: o Tribunal de Contas dos Municípios do Estado da Bahia, o qual possui, logicamente, larga experiência no trato de
questões contábeis.
Neste momento, a título didático, necessário se faz mencionar acerca do ônus da prova que no CPC vem disciplinado no art. 333 da seguinte
maneira:
Art. 333. O ônus da prova incumbe:
I - ao autor, quanto ao fato constitutivo do seu direito;
II - ao réu, quanto à existência de fato impeditivo, modificativo ou extintivo do direito do autor.
Parágrafo único. É nula a convenção que distribui de maneira diversa o ônus da prova quando:
I - recair sobre direito indisponível da parte;
II - tornar excessivamente difícil a uma parte o exercício do direito.
Cumpre destacar que foi adotada a teoria estática de distribuição do ônus da prova, em que a prova é distribuída de maneira imutável entre as
partes, ou seja, a prova é de quem alega. No entanto, a teoria estática não resolve os casos de prova diabólica, nos termos do §2º, do referido
artigo, a distribuição dinâmica “não pode gerar situação em que a desincumbência do encargo pela parte seja impossível ou excessivamente
difícil”, o que significa, em outros termos, que ela não pode gerar uma prova diabólica para a outra parte.
Constata-se que incumbiria ao Ministério Público trazer aos autos documentação apta a evidenciar e diferenciar as quantias despendidas com
cada tipo de publicidade, entretanto a detentora de tais documentos é a Prefeitura Municipal de Cairu, que se encontra sob a gerência do 1º
Demandado - pelo 2º mandato consecutivo - ou seja, tais documentos deveriam ter sido acostados a título de comprovação do quanto
alegado na defesa.
Ainda, nesta linha, os gastos apresentados pelo Tribunal de Contas dos Municípios do Estado da Bahia (fls. 560/577) não fazem tal
diferenciação, o que impossibilita a adoção desta tese, ao passo que estaria sendo feita uma análise desproporcional do caso concreto,
distinta do que vem sendo feito na jurisprudência.
A partir daí, ao indicar a necessidade de se fazer a distinção entre os tipos de publicidade, alegando que os gastos foram tidos com
publicidade de utilidade pública e legal, como realizado na defesa, os demandados deviam aclarar, minudentemente, os lançamentos de
despesa realizados nas respectivas categorias, e não apenas alegar que a publicidade de que trata o inciso VII é a institucional.
Dito de outro modo: de um lado, a interpretação divergente entre a classificação dos gastos em publicidade institucional e, do outro, gastos
com publicação oficial, por exemplo, que poderiam militar em favor dos demandados que quedaram-se inertes.
Num sentido de sanar a controvérsia quanto aos gastos com cada tipo de publicidade, este Juízo oficiou o Município de Cairu para que
apresentasse:
“a) a documentação contábil referente aos gastos tidos com publicidade institucional nos primeiros semestres dos anos 2013, 2014, 2015 e
2016; e b) a documentação contábil referente aos gastos tidos com publicidade voltada para a divulgação em decorrência da instituição da
Taxa de Proteção Ambiental.”
Entretanto, a municipalidade se limitou a apresentar uma simples planilha contendo os gastos com publicidade genérica (fl. 1527) do mesmo
modo como aludido na inicial, ou seja, sem discriminar os tipos de publicidade; contendo, inclusive, valores distintos dos apresentados pelo
Ministério Público e pelo TCM no que diz respeito aos seguintes anos:
a) 1º semestre de 2013: R$ 343.822,82;
b) 1º semestre de 2014: R$ 394.931,28;
c) 1º Semestre de 2015: R$ 617.655,31.
Tais números equivocados indicam a falta de organização e gerência contábil do Município de Cairu, criando um cenário de insegurança
jurídica diante de uma má versação e administração do patrimônio público. Ainda, no que diz respeito ao ano de 2016, juntou planilhas de fls.
1528/1557 indicando determinados valores sem, contudo, comprovar tais gastos, apenas indicando-os, o que não possibilita/enseja a análise
dos gastos com base nos diferentes tipos de publicidade.
Vislumbra-se que nenhum dos Demandados comprovou que o excesso nos gastos com publicidade no 1º Semestre de 2016 foram em
decorrência de publicidade obrigatória (utilidade pública ou legal), nem sequer juntaram a documentação contábil referente; assim, exigir da
parte Autora a apresentação desta documentação seria exigir prova diabólica, sendo, pois um formalismo excessivo, vez que a sua obtenção
seja impossível ou excessivamente difícil, já que dependeria da “boa vontade” da Prefeitura Municipal em apresentar quando solicitada,
estando esta sob a administração do 1º Demandado.
Da argumentação da defesa retira-se que o aumento de gastos com publicidade para R$ 681.956,87 (seiscentos e oitenta e um mil
novecentos e cinquenta e seis reais e oitenta e sete centavos) no 1º semestre de 2016, seria em decorrência de gastos com a preservação
ambiental decorrentes do Fundo Municipal de Meio Ambiente; com campanha ambulante legal; a campanha de conscientização para
pagamento do IPTU; e a passagem da tocha olímpica pelo Município.
No entanto, algumas considerações merecem ser feitas.

Diário da Justiça Eleitoral - Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Documento assinado digitalmente conforme MP n. 2.200-2/2001 de 24.8.2001, que institui a
Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil, podendo ser acessado no endereço eletrônico http://www.tse.gov.br
Ano 2018, Número 230 Salvador-BA, quinta-feira, 8 de novembro de 2018 Página 68

No que diz respeito à campanha de conscientização para pagamento do IPTU, insta ressaltar que nenhuma das testemunhas apresentadas
pela defesa pôde reforçar a argumentação de que esta seria um motivo plausível para o aumento no gasto médio com publicidade, pois não
mencionaram com certeza se havia ocorrido naquele período; além disso, a assessora de comunicação, Jamile da Silva Soares, foi categórica
ao informar que esta campanha é feita anualmente (fl. 1427), ou seja, é de concluir que haja orçamento e métodos para sua divulgação já
desenvolvidos pelo Município nos anos anteriores, o que não justificaria a exorbitância da quantia no 1º semestre de 2016.
Ainda, no que concerne à campanha do ambulante legal, foi juntado aos autos publicações em 03 (três) blogs online (fls. 1251/1254) para
comprovar a existência e veracidade da mesma, no entanto, não vislumbro aqui como estes atos ensejam em comprovação fática de que
contribuem em peso para o excesso verificado em 81,02% do gasto médio com publicidade.
Dando seguimento, da leitura das alegações da defesa, foi explicitado que o contrato com a empresa responsável pela publicidade e
propaganda do Município de Cairu/BA entre 2009 e 2014 foi mantido através de aditivos, sustentando-se a dotação orçamentária no valor de
R$ 800.000,00 (oitocentos mil reais) (contrato às fls. 1023/1032); e que em 2015 houve outra contratação, da mesma empresa, cujo valor
subiu para R$ 1.200,000,00 (um milhão e duzentos mil reais) a partir de janeiro de 2015.
No entanto, apesar de afirmar que o contrato só sofreu acréscimo no valor em 2015, é possível constatar do aditivo I (fls. 1061) que sofrera
um acréscimo de R$ 200.000,00 (duzentos mil reais) em 2010, perfazendo o valor global de R$ 1.000,000,00 (um milhão de reais) a partir de
então (como é possível verificar das solicitações orçamentárias, previstas às fls. 1098, 1121 e 1146).
Em 2015, foi firmado outro contrato no valor de R$ 1.200.000,00 (um milhão e duzentos mil reais), representando de fato um aumento em
relação aos anos anteriores, no entanto, aumento este de R$200.000,00 (duzentos mil reais) e não de R$400.000,00 (quatrocentos mil reais)
como exposto no início, já foi aventada a manutenção da dotação orçamentária desde 2009; ratificado pela testemunha Ruy de Oliveira
Barreto Junior, responsável pela prestação dos serviços de comunicação do Município, na audiência de fls. 1425.
Nesse contexto, foi apresentado um novo aditivo (fls. 1190), o qual estabeleceu aumento em 20% no valor deste contrato resultando em
R$1.440,000,00 (um milhão e quatrocentos e quarenta mil reais).
Ainda, considerando a alegação de que “eventuais aumentos podem ser desprezados frente à atualização monetária do serviço contratado
bem como a inflação apurada no período”, esta não merece prosperar.
O art. 73, inciso VII, da Lei n.º 9.504/97 em momento algum preconiza tal necessidade; na verdade, referido dispositivo apenas menciona que
é vedada a conduta que realize “despesas com publicidade (…) que excedam a média dos gastos nos três últimos anos que antecedem o
pleito ou do último ano imediatamente anterior à eleição”, de forma que não há como dali ser deduzida a necessidade de correção monetária e
de acréscimo dos juros legais aos valores dispendidos.
Não fosse isso, não há qualquer laudo pericial ou outra prova nos autos que comprove a alegação dos demandados de que não haveria
excesso nos gastos, tratando-se, por isso, de mera alegação genérica.
E caso fosse acolhida essa premissa, o que não é o caso, importante destacar a argumentação do Ministério Público, no sentido de que o
indicador oficial do governo federal para aferição das metas inflacionárias é o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo – IPCA, sendo
evidenciada sua variação ao longo dos anos em análise da seguinte forma: “IPCA 2013 – 5,91% contra um avanço de 5,83% no ano anterior;
IPCA 2014 – 6,41% contra um avanço de 5,91% no ano anterior; IPCA 2015 – 10,67% contra um avanço de 6,41% no ano anterior; IPCA
2016 – 6,29% - sendo menor variação anual desde 2013”.
Insta mencionar, no tocante aos gastos tidos com a publicidade em relação à cobrança da Taxa de Proteção Ambiental, esta, como
mencionado pela defesa, tivera início em meados de 2015, após a assinatura do TAC em junho do mesmo ano; no que diz respeito aos
depoimentos das testemunhas, indicam que o aumento no gasto com publicidade se dera em virtude da taxa de proteção ambiental e da
passagem da tocha olímpica.
Em consulta à rede de Internet, foi possível verificar nos sítios: “https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/cobranca-da-taxa-de-
preservacao-ambiental-em-morro-de-sao-paulo-comeca-nesta-quarta-feira/” e “http://g1.globo.com/bahia/noticia/2013/03/turistas-apoiam-taxa-
de-r-15-para-entrada-em-morro-de-sao-paulo-ba.html” que a cobrança da taxa foi instituída em 2013, evidenciando que possíveis gastos com
sua publicidade já existiam desde essa data, em que pese o Município de Cairu/BA informe, à fl. 1526, que não houve gastos com a referida
nos anos de 2013, 2014 e 2015.
Aqui, impende ressaltar os documentos de fls. 1174/1191 que trata do processo de solicitação de aditivo de contrato, bem como de dotação
orçamentária no final do ano de 2015, mais precisamente às fls. 1187/1188, as quais tratam da justificativa apresentada pela Prefeitura
Municipal de Cairu para a solicitação de aumento em 25% do valor do contrato com a empresa Sinapse Comunicação, nesta justificativa,
ressalta o motivo pelo qual fora solicitada a alteração contratual:
“Para crescer de maneira racional o fluxo turístico de Cairu, a Prefeitura Municipal tem investido muito mais não só nas melhorias estruturais
de todo arquipélago como também em publicidade e propaganda.
A publicidade turística do município, principalmente no filão esportivo, nunca foi utilizada de maneira tão satisfatória pela Prefeitura de Cairu
como neste ano de 2015. E os resultados têm sido notórios, com aumento do fluxo turístico, gerando mais renda para população local e
qualificando ainda mais as localidades do arquipélago.
Municípios como Fernando de Noronha, Angra dos Reis, Bonito, e até mesmo municípios baianos como Camaçari e Salvador têm alto
investimento em publicidade e propaganda.
Cairu, através de Morro de São Paulo, Moreré, Boipeba, etc, apesar de ter um trade turístico compatível com os das cidades citadas acima,
nunca pôde chegar próximo dos investimentos que estes municípios fazem no setor.
Por conta disso, e sabendo que o turismo será sempre o motor propulsor da economia cairuense, com esse incremento de arrecadação que o
município teve nos últimos anos, a Prefeitura de Cairu aumentou, ainda timidamente é verdade, os investimentos na área publicitária.
É claro que a verba que será destinada para a publicidade de Cairu ainda não chega perto das verbas que cidades como Angra dos Reis,
Camaçari e Salvador gastam nos seus contratos com suas agências de propaganda, mas, devido a todos esses incrementos de arrecadação
citados acima, a Prefeitura de Cairu já se mostra capaz de destinar , com total responsabilidade, uma verba maior do que a que
disponibilizava nas gestões anteriores.”

Diário da Justiça Eleitoral - Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Documento assinado digitalmente conforme MP n. 2.200-2/2001 de 24.8.2001, que institui a
Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil, podendo ser acessado no endereço eletrônico http://www.tse.gov.br
Ano 2018, Número 230 Salvador-BA, quinta-feira, 8 de novembro de 2018 Página 69

Como é possível observar, apesar da menção feita pela defesa acerca da taxa de preservação ambiental e da afirmação da necessidade de
sua ampla divulgação, tanto no Município como fora dele, a justificativa para a solicitação do aumento do valor contratual, nada menciona
acerca do TAC e de ser este o motivo para ampliar os gastos com publicidade.
Entretanto, o que se verifica é que a implementação da taxa é citada, principalmente, para demonstrar a capacidade da gestão naquele
momento para aumentar o orçamento solicitado e nesse sentido são os dizeres da Prefeitura à época:
“Nos últimos anos, a Prefeitura Municipal de Cairu teve um aumento significativo em sua receita. O aumento deu-se principalmente em função
do recebimento de royalties da produção de gás natural pelo Campo de Manati, descoberta recente com grande parte de seu potencial ainda
inexplorado, e pela implantação da Taxa de Preservação Ambiental de Morro de São Paulo que permitirá, e já vem permitindo, que a
Prefeitura possa investir mais em todas as suas áreas [...]”
Como se observa, não se justifica visando fornecimento de amplo conhecimento à população acerca da preservação ambiental, nesse
momento nem sequer são mencionadas as campanhas alegadas pela defesa (ambulante legal e IPTU); o que se observa in casu é que a
Prefeitura a época do fato, solicitara o aumento tendo em vista “o alto investimento em publicidade e propaganda” que é feito por outros
Municípios turísticos, indo de encontro com a afirmação sustentada defensivamente e em audiência pelas testemunhas.
Se na época da solicitação do aditivo e do respectivo acréscimo de valor já havia o TAC assinado e a necessidade que se afirma nos autos da
ampliação dos gastos com publicidade (tendo em vista a disseminação de conteúdo com enfoque na preservação ambiental) porque o
aumento do contrato não fora justificado com este embasamento?
Destaco, ainda, que apesar de seguir afirmando que o aumento no primeiro semestre de 2016 se dera em decorrência das exigências do
Termo de Ajuste de Conduta firmado com o parquet em 16 de junho de 2015, este TAC também prevê na Cláusula Quinta a regularização do
Fundo Municipal de Meio ambiente, prevendo para suas receitas, normas referentes a sua destinação e aplicação, evidenciando que: se de
fato os recursos foram advindos do Fundo Municipal de Meio ambiente como certamente alega a defesa (fls. 1443), estes gastos deveriam
estar documentados e apresentados nos autos para embasar as alegações trazidas e não somente mencionados a título de informação.
E, ainda, como ressaltado pela testemunha Ruy de Oliveira Barreto Junior às fls. 1426, este como prestador dos serviços em questão, seria
capaz de “comprovar os gastos em separado da taxa, exclusivamente”.
Não há nos autos matérias destacadas ou qualquer outra forma de comprovar que os gastos analisados tenham por desiderato o cumprimento
das imposições legais exaradas pelo TAC, sendo que até da análise das notícias acostadas às fls. 1244/1254, é possível perceber que
nenhuma delas possui o condão de divulgação ambiental e este, segundo a defesa, foi o maior alvo das questões publicitárias.
A passagem da tocha olímpica foi apresentada sob a égide de evento “surpresa”, como explicado pela assessora de comunicação, “que ficou
sabendo cerca de 40 dias antes”, representando a porcentagem de aproximadamente 22% da quantidade de dias tida no primeiro semestre
de 2016; improvável que tal fato seja digno de compensar a total destinação das despesas única e exclusivamente para publicidade nesse
sentido, levando em consideração que tem-se um gasto com elementos publicitários evidenciado em R$ 681.956,87; além disso, mais uma
vez não foram juntados aos autos elementos contábeis capaz de afirmar o quanto foi gasto com essa publicidade, esta norma trabalha com
números e quantias determinadas, a simples juntada dos documentos de fls. 1244/1249 não é apta a comprovar o quanto foi gasto.
Outro ponto contraditório que merece ser destacado, ainda, é que no depoimento da testemunha Vidalto Oiticica, diretor do jornal impresso e
plataforma online “Valença Agora”, foi mencionado:
“que em 2016 houve um aumento em relação a publicidade; que a publicidade se deu exclusivamente em relação a conscientização
ambiental”.
No entanto, consta nos autos às fls. 83/85 duas notícias retiradas da plataforma online do jornal supra, nas quais, restam evidenciados dois
atos voltados para publicidade institucional, revelando contradição diante de sua alegação, inclusive com a presença do Prefeito
entregando/recebendo chaves nas fotos:
“Prefeitura de Cairu entrega ambulância para a comunidade de Cova de Onça”;
“Cairu recebe do Governo do Estado nova viatura da PM”.
O escopo da conduta vedada em comento é, em realidade, garantir que o evento eleitoral não sirva de oportunidade para a potencialização
dos gastos publicitários dos órgãos públicos, acarretando, ainda que de forma indireta, uma maior exposição aos seus membros ou gestores,
em prejuízo à paridade de oportunidades entre os candidatos.
Além de os demandados não apresentarem aos autos provas que evidenciem a separação das aludidas publicidades (institucional e genérica)
nos gastos dos primeiros semestres analisados, como querem, não apresentam também provas de que tais despesas foram tidas com
publicidade obrigatória, na verdade não apresentam quaisquer dados contábeis que façam tal discriminação.
Entendo que diante da delimitação de que a publicidade a que se refere o inciso VII é a publicidade institucional e de seu uso pelos
ordenamento jurídico brasileiro, não deve ser procedente a ação sem que tenha sido apresentado lastro probatório elementar discriminando
os gastos com cada um dos tipos de publicidade.
Trata-se de análise de números e se a divisão das espécies de publicidade passa a ser exigida pela jurisprudência para a aplicação da norma,
nada mais sensato do que exigir que no processo, para sua aplicabilidade, os dados estejam devidamente sedimentados nesse sentido.
Diante do contexto de inviabilidade de verificação dos valores efetivamente gastos com qual tipo de publicidade, seja a utilidade pública,
mercadológica, legal e institucional, necessário se faz interpretar o contexto fático que fora apresentado nos autos com o lastro probante
consubstanciado, qual seja, que os gastos elevados contabilizados tidos com publicidade no primeiro semestre de 2016 ensejaram violação
ao inciso VII, do art. 73 da Lei 9.504/97.
É palpável que, ainda que se alegue que houvera um aumento no contrato, o gestor deve observar a excelência do dispositivo normativo para
prosseguir com a prática de qualquer ato que implique em sua violação.
O excesso de despesa representa uma quantia relevante, especialmente considerando o valor acrescido à média em termos percentuais
(81,02%). Além disso, apresenta certa significância por representar um investimento em publicidade projetado sobre um município, que dada
as proporções, possui um eleitorado com 13.364 eleitores.

Diário da Justiça Eleitoral - Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Documento assinado digitalmente conforme MP n. 2.200-2/2001 de 24.8.2001, que institui a
Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil, podendo ser acessado no endereço eletrônico http://www.tse.gov.br
Ano 2018, Número 230 Salvador-BA, quinta-feira, 8 de novembro de 2018 Página 70

Nesta senda, repito que a conduta vedada de que tratam os autos possui as mesmas características das demais condutas vedadas previstas
ao longo do artigo da Lei, de maneira que descabe indagar acerca do seu potencial de influenciar no pleito ou de afetar a isonomia entre os
candidatos.
E o TSE assim entende:
REPRESENTAÇÃO. PREFEITO E VICE-PREFEITO. PRETENSA OCORRÊNCIA DE CONDUTA VEDADA A AGENTE PÚBLICO.
VIOLAÇÃO AO ART. 275 DO CÓDIGO ELEITORAL. OMISSÃO NÃO CONFIGURADA. EDUCAÇÃO. NÃO CARACTERIZADA, PARA FINS
ELEITORAIS, COMO SERVIÇO PÚBLICO ESSENCIAL. APLICAÇÃO DO PRINCÍPIO DA NON REFORMATIO IN PEJUS. ART. 73, INCISO
V, DA LEI Nº 9.504/97. CONTRATAÇÃO DE SERVIDORES NO PERÍODO DE TRÊS MESES QUE ANTECEDE O PLEITO ELEITORAL.
CONFIGURAÇÃO. MERA PRÁTICA DA CONDUTA. DESNECESSÁRIO INDAGAR A POTENCIALIDADE LESIVA. FIXAÇÃO DA
REPRIMENDA. OBSERVÂNCIA DOS PRINCÍPIOS DA RAZOABILIDADE E PROPORCIONALIDADE. RECURSO ESPECIAL CONHECIDO E
PARCIALMENTE PROVIDO. [...]
6. A configuração das condutas vedadas prescritas no art. 73 da Lei nº 9.504/97 se dá com a mera prática de atos, desde que esses se
subsumam às hipóteses ali elencadas, porque tais condutas, por presunção legal, são tendentes a afetar a igualdade de oportunidades entre
os candidatos no pleito eleitoral, sendo desnecessário comprovar-lhes a potencialidade lesiva.
7. Nos termos da jurisprudência do Tribunal Superior Eleitoral, caracterizada a infringência ao art. 73 da Lei das Eleições, é preciso fixar, com
base na observação dos princípios da razoabilidade e proporcionalidade, a reprimenda adequada a ser aplicada ao caso concreto. [...]
(TSE, Recurso Especial Eleitoral n. 45060, Acórdão de 26.9.2013, Relatora Min. LAURITA HILÁRIO VAZ, Publicação: DJE - Diário de Justiça
Eletrônico, Tomo 203, Data 22.10.2013, Página 55-56.) (Grifei.)
ELEIÇÕES 2010. CONDUTA VEDADA. USO DE BENS E SERVIÇOS. MULTA. 1. O exame das condutas vedadas previstas no art. 73 da Lei
das Eleições deve ser feito em dois momentos. Primeiro, verifica-se se o fato se enquadra nas hipóteses previstas, que, por definição legal,
são "tendentes a afetar a igualdade de oportunidades entre candidatos nos pleitos eleitorais". Nesse momento, não cabe indagar sobre a
potencialidade do fato.
2. Caracterizada a infração às hipóteses do art. 73 da Lei 9.504/97, é necessário verificar, de acordo com os princípios da razoabilidade e
proporcionalidade, qual a sanção que deve ser aplicada. Nesse exame, cabe ao Judiciário dosar a multa prevista no § 4º do mencionado art.
73, de acordo com a capacidade econômica do infrator, a gravidade da conduta e a repercussão que o fato atingiu. Em caso extremo, a
sanção pode alcançar o registro ou o diploma do candidato beneficiado, na forma do § 5º do referido artigo.
3. Representação julgada procedente.
(TSE, Representação n. 295986, Acórdão de 21.10.2010, Relator Min. HENRIQUE NEVES DA SILVA, Publicação: DJE - Diário da Justiça
Eletrônico, Tomo 220, Data 17.11.2010, Página 15.)
Como asseverado, a adequação típica do fato contenta-se com o preenchimento dos aspectos objetivos contidos no dispositivo legal, sendo
despicienda a afetação concreta da disputa eleitoral. Nessa esteira, o elemento subjetivo da conduta resta aperfeiçoado com o simples dolo
de exceder as despesas publicitárias médias no interstício versado, em descumprimento do art. 73, inc. VII, da Lei n. 9.504/97. Portanto,
desnecessária a análise do intuito eleitoral específico, que é presumido pela norma a partir da inobservância da imposição legal.
Não é necessária a demonstração de que a publicidade reverteu em prol dos candidatos representados, o que se presume a partir da própria
caracterização do excesso e pelo fato de o candidato a Prefeito integrar à época a administração, como chefe do Executivo.
Segundo Caramuru Afonso Francisco:
“a propaganda e publicidade, ainda que feitas dentro da impessoalidade e com o caráter educativo, informativo ou de orientação social, têm
inegável poder de financiamento das campanhas eleitorais, mormente quando se está diante de candidatos a reeleição ou de candidaturas
cujo esforço do marketing político é o de vincular o candidato, o partido ou a coligação ao desempenho de quem está governando” (Dos
Abusos nas Eleições, Ed. Juarez de Oliveira, 2002,p. 129/130).
Não obstante, como não evidenciadas circunstâncias que traduzam a repercussão anormal sobre o pleito ou o maior benefício eleitoral
alcançados aos candidatos pela conduta, mostra-se suficiente a imposição da penalidade pecuniária, em caráter individual, a cada um dos
representados, sendo automático o benefício auferido pelos candidatos com a prática da conduta vedada.
Nessa toada, leia-se a seguinte passagem de Rodrigo López Zilio:
“Como assentado outrora, havendo adequação típica ocorrerá, de regra, o sancionamento respectivo, o qual deverá observar o princípio da
proporcionalidade, ou seja, no caso concreto e com base na prova colhida na instrução processual, o juízo, sempre que possível, velará pela
aplicação da sanção, mas com a proibição do excesso sancionatório. Dito de outro modo, a sanção a ser aplicada deve guardar razoabilidade
com o ato praticado e com a quebra do bem jurídico tutelado; logo, sendo suficiente a imposição da multa para a reposição do status violado
pela conduta vedada, é inadequada a cassação do registro ou do diploma do candidato. Não há mais espaço, assim, para a teoria da reserva
legal do possível na seara das condutas vedadas.”
A matéria é pacífica no Tribunal Superior Eleitoral, verbis:
“Representação. Conduta vedada. Inauguração de obra pública. 1. Este Tribunal Superior já firmou entendimento no sentido de que, quanto
às condutas vedadas do art. 73 da Lei nº 9.504/97, a sanção de cassação somente deve ser imposta em casos mais graves, cabendo ser
aplicado o princípio da proporcionalidade da sanção em relação à conduta. 2. Com base nos princípios da simetria e da razoabilidade,
também deve ser levado em consideração o princípio da proporcionalidade na imposição da sanção pela prática da infração ao art. 77 da Lei
das Eleições. 3. Afigura-se desproporcional a imposição de sanção de cassação a candidato à reeleição ao cargo de deputado estadual que
comparece em uma única inauguração, em determinado município, na qual não houve a presença de quantidade significativa de eleitores e
onde a participação do candidato também não foi expressiva. Agravo regimental não provido.” (TSE - Agravo Regimental em Recurso
Ordinário nº 890235, Relator(a) Min. ARNALDO VERSIANI LEITE SOARES, DJE 21/08/2012)
Destarte, e até mesmo porque o excesso de despesa representa quantia de relevo, inclusive se considerado em termos percentuais, incabível
a exclusão da infração sob ponderações vinculadas a juízos de proporcionalidade ou razoabilidade.

Diário da Justiça Eleitoral - Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Documento assinado digitalmente conforme MP n. 2.200-2/2001 de 24.8.2001, que institui a
Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil, podendo ser acessado no endereço eletrônico http://www.tse.gov.br
Ano 2018, Número 230 Salvador-BA, quinta-feira, 8 de novembro de 2018 Página 71

Desse modo, está caracterizado o irregular aumento dos dispêndios publicitários no ano do pleito, descumprindo-se o art. 73, inc. VII, da Lei
n. 9.504/97, à luz dos elementos de prova trazidos aos autos e da fundamentação supra, entendo ser o caso de julgar parcialmente
procedente o pedido formulado na exordial, aplicando-se a sanção prevista no art. 73, § 4º, da Lei n. 9.504/97.
DA FIXAÇÃO DA PENA DE MULTA
Prevê o art. 73, § 4º da Lei de Eleições que a comprovação de prática de conduta vedada importará na imposição de multa no valor de cinco a
cem mil UFIR.
Em matéria de fixação de glosa de qualquer natureza deve o Magistrado guiar-se pela análise do princípio da proporcionalidade, a fim de que
não recaia em terreno de exorbitância sancionatória ou na incidência de proteção deficiente, ambos lados diversos de uma mesma moeda
quanto ao dado princípio (núcleos essenciais positivo e negativo).
No caso em exame, verifica-se que a conduta praticada pelos Representados assume foro de maior conotação, justificando a imposição da
multa eleitoral referida no seu patamar de 20 (vinte) mil UFIR, tendo em vista que houve intenso desvalor da ação e do resultado na prática
implementada.
DISPOSITIVO
Ante o exposto, julgo o pedido PARCIALMENTE PROCEDENTE, com fulcro no art. 487, I, CPC, extinguindo o feito com exame do mérito, no
que faço para: APLICAR MULTA, para cada um dos representados FERNANDO ANTÔNIO DOS SANTOS BRITO E MANOEL PALMA CHE
FILHO, no valor correspondente a 20 (vinte) mil UFIR, valor este que arbitro considerando o aumento estimado em quantia exorbitante de
81,02% em relação à média dos 03 últimos semestres que antecederam o pleito, o que contribui para o descrédito do sistema democrático
brasileiro, devendo ser observado do valor de R$ 1,0641 para cada unidade fiscal de referência - UFIR (art. 77 da Resolução nº 23.370/TSE),
o que perfaz a quantia de R$ 21.282,00 (vinte e um mil, duzentos e oitenta e dois reais) para cada um.
Intimem-se as partes e seus advogados através de publicação do inteiro teor da presente sentença no DJe e com a afixação de cópia no
quadro de avisos do Cartório Eleitoral.
Registre-se no SADP e no Livro de Sentenças do Cartório Eleitoral.
Ciência pessoal ao representante do Ministério Público Eleitoral.
Sem custas e sem honorários.
Após o trânsito em julgado e, certificadas as comunicações e diligências necessárias, arquivem-se os autos.
Cumpra-se, COM URGÊNCIA.
Valença, 01 de novembro,2018
Leonardo Rulian Custódio
Juiz Eleitoral – 31ª Zona Eleitoral

042ª Zona Eleitoral - ITABERABA

Sentenças

INTIMAÇÃO DE SENTENÇA
Representação nº 54-94.2017.6.05.0042
Representante: Ministério Público Eleitoral
Representado(s): Francisco Neves de Queiroz Neto
Advogado(s): Ilson Azevedo Oliveira – OAB/BA nº 12513
SENTENÇA
1- Proferida sentença de extinção com resolução de mérito em virtude de ter sido reconhecida a procedência da ação, o Representado opôs
Embargos de Declaração alegando omissão no julgado, e requerendo, ainda, efeitos infringentes.
2- Inicialmente, cumpre dizer que estão presentes os pressupostos subjetivos e objetivos de admissibilidade dos embargos de declaração,
razão pela qual devem ser conhecidos.
3- No que tange ao mérito, aduz a parte Embargante que o Juízo quedou-se em omissão, por não ter observado que houve a retificação da
Declaração do Imposto de Renda do Doador referente ao exercício de 2016, juntando a retificadora às fls. 50/56.
4- Manifestou-se o MPE pela procedência dos embargos com efeito modificativo pleno, julgando improcedente a Representação.
5- Vale registrar que a omissão ocorrida no julgado decorreu de equívoco na expedição de ofício à Receita Federal do Brasil.
DECIDO.
6- Verifica-se que o Representado declarou rendimentos brutos, após a devida retificadora, igual a R$ 41.938,52 (quarenta um mil novecentos
trinta oito reais e cinquenta dois centavos), e por isso, não excedeu os limites legais posto que doou R$ 4.000,00 (quatro mil reais), e segundo
a lei pode-se doar o equivalente a 10% dos rendimentos declarados.

Diário da Justiça Eleitoral - Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Documento assinado digitalmente conforme MP n. 2.200-2/2001 de 24.8.2001, que institui a
Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil, podendo ser acessado no endereço eletrônico http://www.tse.gov.br
Ano 2018, Número 230 Salvador-BA, quinta-feira, 8 de novembro de 2018 Página 72

7-A Lei 9.504/97 em seu artigo 23, reza que: “Art. 23. Pessoas físicas poderão fazer doações em dinheiro ou estimáveis em dinheiro para
campanhas eleitorais, obedecido o disposto nesta Lei. (Redação dada pela Lei nº 12.034, de 2009) 1o As doações e contribuições de que
trata este artigo ficam limitadas a 10% (dez por cento) dos rendimentos brutos auferidos pelo doador no ano anterior à eleição.
8- Desta forma, o Representado não infringiu qualquer legislação eleitoral , não sendo devida qualquer penalidade.
9- Sendo assim, a fim de não prejudicar o direito da parte, verifica-se a necessidade de acolher os embargos de declaração com efeito
modificativo pleno.
10 Ante o exposto, CONHEÇO E ACOLHO os Embargos Declaratórios, JULGANDO-OS PROCEDENTE, reconhecendo que houve
omissão no julgado, anulando-se a sentença de fls. 42/44, ao passo que JULGO IMPROCEDENTE a Representação Eleitoral em
epígrafe, nos termos do inciso I do artigo 487 do CPC,
11-Eventual recurso deverá ser interposto no prazo de três dias, acompanhado de razões. Nesse caso, vista ao Ministério Público Eleitoral,
para, no mesmo prazo, apresentar suas razões recursais (art. 267, caput, do Código Eleitoral).
Publique-se. Registre-se. Intime-se, pelo Diário.
Ciência ao MPE.
Itaberaba (BA), 30 de Outubro de 2018
Renata Furtado Foligno
Juíza Eleitoral

INTIMAÇÃO DE SENTENÇA
Autos nº 57-15.2018.6.05.0042 (IPL nº 1437/2005/DPF-BA)
INQUÉRITO
Investigante: Departamento de Polícia Federal - BA
Investigado: Washington Luiz Deusdedith Neves
Advogado(s): Janjório Vasconcelos Simões Pinho – OAB/BA nº 16651
SENTENÇA DE PRESCRIÇÃO PARCIAL
1- Tratam-se de delitos previstos nos arts. 299, 302 e 334 do Código Eleitoral Brasileiro supostamente praticados por WASHINGTON LUIS
DEUSDEDITH NEVES, fatos que ocorreram no ano de 2005, inexistindo qualquer causa de interrupção da prescrição, o quais possuem,
respectivamente, pena entre 4 a 6 anos e detenção de 6 meses a uma (ano), estando prescritos na forma do art. III, IV e V do art. 109 do CP
2- Decido.
4- Nos termos do art. 109, incisos III, IV e V do CP, prescrevem em 12, 8 e 04 anos os delitos acima citados. Os fatos aconteceram em 2015
já tendo ultrapassado o prazo prescricional máximo de 12 anos, operando-se, assim, a PRESCRIÇÃO, razão pela qual julgo, por sentença,
EXTINTA A PUNIBILIDADE de WASHINGTON LUIS DEUSDEDITH NEVES, com espeque no art. 107, IV, do Código Penal, apenas em
ralação aos delitos previstos nos artigos 299, 302 e 34 do Código Eleitoral.
5- Após o trânsito em julgado, proceda as devidas comunicações, inclusive ao CEDEP.
6- Por fim, defiro o requerimento final do MPE de fls. 622 e determino a remessa dos autos à Delegacia de Polícia local, com as anotações de
praxe, para, no prazo de 30 dias, cumprir a diligência requerida pelo MPE à fls. 550/551.
Itaberaba, 30 de outubro de 2018
Renata Furtado Foligno
Juíza Eleitoral

056ª Zona Eleitoral - SANTO ANTÔNIO DE JESUS

Portarias

PORTARIA N° 07/2018 - Oficial de Justiça Ad Hoc - Cuprimento de Decisão - Ex Tunc


PORTARIA N.º 07/2018
O Excelentíssimo Sr. Dr. Márcio da Silva Oliveira, Juiz Eleitoral da 56ª Zona/BA, no uso de suas atribuições legais,
Considerando a Competência deste Juízo Eleitoral para exercício do Poder de Polícia no município de Santo Antônio de Jesus nas Eleições
Gerais vigentes,
Considerando o § 1º do artigo 4º da Resolução TSE 23.527/2017 e da Resolução Administrativa TRE BA nº 14/2018,
Considerando o disposto no § 2º do artigo 536 da Lei nº. 13.105/2015,
RESOLVE:

Diário da Justiça Eleitoral - Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Documento assinado digitalmente conforme MP n. 2.200-2/2001 de 24.8.2001, que institui a
Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil, podendo ser acessado no endereço eletrônico http://www.tse.gov.br
Ano 2018, Número 230 Salvador-BA, quinta-feira, 8 de novembro de 2018 Página 73

Designar, com efeitos retroativos, os servidores Jonas Ribeiro de Lisboa, Analista Judiciário e José Gilberto do Nascimento Neto, Servidor
Requisitado, como Oficiais de Justiça Ad Hoc, para certificar o cumprimento da Decisão constante no Procedimento Administrativo nº.
35.611/2018.
Publique-se. Registre-se. Cumpra-se.
Santo Antônio de Jesus/BA, 06 de novembro de 2018.
MÁRCIO DA SILVA OLIVEIRA
Juiz Eleitoral da 56ª Zona

060ª Zona Eleitoral - CONDEÚBA

Despachos

Término parcelamento
Processo n: 505-41.2012.6.05.0060 – Representação Eleitoral
Representante: Coligação “Eu Quero o Novo com a Força do Povo”
Advogado: Dr. Jônatan Nunes Meireles – OAB/BA 32.700
Representado: Fátima Rocha Amaral e outros
Advogado: Dra. Ana Maria Ferraz Cardoso – OAB/BA36.443
Município: Presidente Jânio Quadros/BA
Nos termos da certidão cartorária supra epigrafada, a Representada, Fátima Rocha Amaral, comprovou nos autos o adimplemento total do
parcelamento da multa eleitoral a que fora condenada.
Assim, proceda o Cartório com as anotações necessárias para registro da quitação no cadastro da eleitora Representada. Após, arquivem-se
os autos com as cautelas legais.
Condeúba/BA, 24 de outubro de 2018.
Adriana Pastorele da Silva Quirino Couto
Juíza Eleitoral

073ª Zona Eleitoral - UBAITABA

Despachos

Despacho - 33-14.2017.6.05.0073
PROCESSO N.º 33-14.2017.6.05.0012
REPRESENTANTE: MINISTÉRIO PÚBLICO ELEITORAL
REPRESENTADA: RAILDA SOARES DOS SANTOS
ADVOGADO: HURICK MARINHO SIMÕES, OAB/BA 45194
DESPACHO
R.H.
Defiro conforme requerido pelo Ministério Público Eleitoral à folha retro. Intime-se a representada para que, no prazo de 5 (cinco) dias,
especifique qual foi o serviço prestado à campanha eleitoral do candidato Edvaldo dos Santos, nas eleições de 2016, demonstrando se foi a
responsável direta pela prestação do referido serviço.
Ubaitaba, 06/11/2018.
ANTONIO CARLOS RODRIGUES DE MORAES
Juiz Eleitoral

Diário da Justiça Eleitoral - Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Documento assinado digitalmente conforme MP n. 2.200-2/2001 de 24.8.2001, que institui a
Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil, podendo ser acessado no endereço eletrônico http://www.tse.gov.br
Ano 2018, Número 230 Salvador-BA, quinta-feira, 8 de novembro de 2018 Página 74

Sentenças

AÇÃO PENAL 478-19.2012


Ação Penal N.º 478-19.2012.6.05.0073
Autor: Ministério Público Eleitoral
Réu: Mariedina Santos da Silva
Advogada: Mônica Nascimento da Silva Falcão, OAB/BA 12360
SENTENÇA
Vistos.
Trata-se de ação penal proposta pelo Ministério Público em face de Mariedina Santos da Silva, pela prática do fato delituoso descrito na
denúncia e previsto no art. 350 do Código Eleitoral.
Em audiência especialmente designada para tal fim, foi proposta a suspensão condicional do processo, conforme previsto no art. 89 da Lei n.
9.099/1995 (fl. 23).
Aceita a proposta pelo(a) acusado(a), o processo foi suspenso pelo prazo de dois anos.
Em manifestação de fl. 37, o Ministério Público Eleitoral, verificando o cumprimento integral das condições impostas, requer a extinção da
punibilidade do réu e arquivamento dos autos.
Assim, verifica-se que transcorreu o prazo de suspensão condicional do processo sem que houvesse a revogação do benefício, de forma que
deve ser declarada extinta a punibilidade do agente.
Isso posto, DECLARO EXTINTA a PUNIBILIDADE de Mariedina Santos da Silva, com fundamento no art. 89, § 5°, da Lei n. 9.099/1995.
Após o trânsito em julgado, dê-se baixa.
Publique-se.
Registre-se.
Intimem-se.
Ubaitaba, 06/11/2018.
Antônio Carlos Rodrigues de Moraes
Juiz da 73ª Zona Eleitoral

082ª Zona Eleitoral - CÍCERO DANTAS

Despachos

AIJE nº: 285-35.2016.6.05.0082


PROCEDÊNCIA: CÍCERO DANTAS-BA
AÇÃO DE INVESTIGAÇÃO JUDICIAL ELEITORAL
INVESTIGANTE: COLIGAÇÃO CÍCERO DANTAS MAIS FELIZ
ADVOGADO: JORGE LUÍS ANDRADE DOS SANTOS – OAB/BA Nº 49.008 e BRIGIDO NUNES DE REZENDE NETO – OAB/BA Nº 40.794
INVESTIGADOS: RICARDO ALMEIDA NUNES DA SILVA, JEAN CARLOS NUNES E COLIGAÇÃO QUEREMOS UMA CÍCERO DANTAS
MELHOR
ADVOGADO(S): TIAGO LEAL AYRES – OAB/BA 22.219; VICENTE DE PAULA S. CARVALHO – OAB/BA 41.991, JULIANA BORGES KOPP
OAB/BA 25.501, ANTONIO CARLOS RANGEL DA SILVA FILHO – OAB/BA 22.916, LUIZ ALFREDO CARDOSO DE OLIVEIRA – OAB/BA
35.343, DANILO CARDOSO DE OLIVEIRA – OAB/BA 48.659, ROBSON NEVES SILVA – OAB/BA 48.797, VANDERLAN PEDRO FREIRE
DE OLIVEIRA – OAB/BA 38.457, SHIRLEI ALMEIDA DA SILVA – OAB/BA 19.912, TÁSSIO RAMILSON NOLASCO DA SILVA – OAB/BA
40.924, VERONICA NOLASCO DE CARVALHO – OAB/BA 36.817.
DESPACHO
Tendo em vista o Acórdão nº 638/2018, fls. 483 e ss., que manteve a sentença de fls. 399/422, julgando totalmente improcedente a ação, dê-
se ciência às partes de que os autos serão arquivados.
Ciência ao Ministério Público Eleitoral.
Após, arquive-se o feito com baixa no SADP.
Cumpra-se.
Cícero Dantas - BA, 19 de setembro de 2018.

Diário da Justiça Eleitoral - Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Documento assinado digitalmente conforme MP n. 2.200-2/2001 de 24.8.2001, que institui a
Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil, podendo ser acessado no endereço eletrônico http://www.tse.gov.br
Ano 2018, Número 230 Salvador-BA, quinta-feira, 8 de novembro de 2018 Página 75

LEONARDO CARVALHO TENÓRIO DE ALBUQUERQUE


Juiz Eleitoral

089ª Zona Eleitoral - LENÇÓIS

Sentenças

Processo 507-79.2016.6.05.0089
AUTOS Nº 0000507-79.2016.6.05.0089
AÇÃO DE INVESTIGAÇÃO JUDICIAL ELEITORAL
INVESTIGANTE: ROGÉRIO FERREIRA GOMES SANTOS E SIMONE GOMES SANTOS
INVESTIGADOS:
JOSÉ AMARO SILVA ADVOGADO ETIENNE COSTA MAGALHÃES - OAB: 11663/BA
MANOEL MESSIAS DE OLIVEIRA ADVOGADO: ETIENNE COSTA MAGALHÃES - OAB: 11663/BA
ANATALIA LEITE FONSECA ADVOGADO: ETIENNE COSTA MAGALHÃES - OAB: 11663/BA
ALEX SANDRA SEVERINA DE JESUS ADVOGADO: ALISSON DEMÓSTHENES LIMA DE SOUZA - OAB: 16464/BA
ALVARO ANARRIEL SANTOS DA SILVA ADVOGADO: ALISSON DEMÓSTHENES LIMA DE SOUZA - OAB: 16464/BA
CAIQUE LOPES DA SILVA ADVOGADO: ALISSON DEMÓSTHENES LIMA DE SOUZA - OAB: 16464/BA
CASSIANO NASCIMENTO MUNDURUCA ADVOGADO: ALISSON DEMÓSTHENES LIMA DE SOUZA - OAB: 16464/BA
ILÁRIO SOUZA LIMA ADVOGADO: ALISSON DEMÓSTHENES LIMA DE SOUZA - OAB: 16464/BA
CLAUDI FERNANDES DA SILVA SANTOS ADVOGADO: ALISSON DEMÓSTHENES LIMA DE SOUZA - OAB: 16464/BA
DAIANA SILVA SANTOS ADVOGADO: ETIENNE COSTA MAGALHÃES - OAB: 11663/BA
JOALDO SANTOS DA SILVA ADVOGADOS: JURANDY ALCÂNTARA DE FIGUEIREDO FILHO - OAB: 8135/BA; JACQUES SADI GUMES
DE ALCANTARA - OAB: 24727/BA; JURANDY ALCÂNTARA DE FIGUEIREDO NETO - OAB: 36343/BA; KÁREN SILVA ALMEIDA - OAB:
45903/BA
MARCELO ANTONIO PELEGRINI ADVOGADO: ALISSON DEMÓSTHENES LIMA DE SOUZA - OAB: 16464/BA
JOÃO PAULO DO CARMO MOURA ADVOGADO: ALISSON DEMÓSTHENES LIMA DE SOUZA - OAB: 16464/BA
ROBSON REIS DA SILVA
ROSALIA GOMES DOS ANJOS ADVOGADO: ETIENNE COSTA MAGALHÃES - OAB: 11663/BA
Muincípio: Lençóis/BA
SENTENÇA
Trata-se de ação de investigação judicial eleitoral ajuizada por ROGÉRIO FERREIRA GOMES SANTOS E SIMONE GOMES SANTOS em
face de JOSÉ AMARO SILVA NASCIMENTO E OUTROS na qual se requer: “seja o pedido julgado procedente para condenar os investigados
à pena de inelegibilidade por oito anos, e, ainda, cassar o registro de candidatura e os diplomas dos investigados eleitos vereadores através
da fraude, sendo eles: JOSÉ AMARO SILVA NASCIMENTO e MANOEL MESSIAS DE OLIVEIRA.”
Alega resumidamente que a coligação Lençóis no Caminho Certo, com 15 candidatos lançados ao cargo de vereador nas eleições de 2016,
não teria cumprido a cota mínima de 05 mulheres entre os candidatos legalmente exigido.
Narra que, apesar de nominalmente existirem candidaturas suficientes a caracterizar o mínimo legal, entre as seis candidatas relacionadas, 3
não tiveram nenhum voto, ANATÁLIA LEITE FONSECA, DAIANA SILVA SANTOS e ROSÁLIA GOMES DOS ANJOS.
Considera que a votação pífia indicaria a intenção fraudulenta do lançamento das candidaturas, que espera ver reconhecida na presente
sentença.
Com a inicial, vieram os documentos de fls. 12/86.
Determinada a notificação dos réus, apresentou o requerido JOALDO SANTOS DA SILVA, fls. 104/110, em que alega preliminarmente a
ausência de provas da inicial dos fatos nela narrados, bem como a inadequação da Ação de Investigação Judicial Eleitoral para apurar fatos
não restritos ao abuso de poder econômico, autoridade ou utilização indevida de veículos ou meios de comunicação social.
No mérito, alegou a regularidade da formação da coligação e o cumprimento das normas eleitorais quanto às candidaturas do gênero
feminino.
Defesa de JOSÉ AMARO SILVA, às fls. 115/120, MANOEL MESSIAS DE OLIVEIRA, fls. 129/134, DAIANA SILVA SANTOS, fls. 142/147,
ROSÁLIA GOMES DOS ANJOS, fls. 162/167, CAIQUE LOPES DA SILVA, fls. 244/250, ALEX SANDRA SEVERINA DE JESUS, fls. 260/266,
CLAUDI FERNANDES DA SILVA SANTOS, fls. 268/274, ILÁRIO SOUZA LIMA, fls. 276/282, CASSIANO NASCIMENTO MUNDURUÇUCA,
fls. 285/291, ANATÁLIA LEITE FONSECA, fls. 308/313, JOÃO PAULO DO CARMO MOURA, fls. 315/321, MARCELO ANTONIO PELEGRINI,
fls. 323/330, ALVARO ANARRIEL SANTOS DA SILVA, fls. 388/395, em que no mérito alega que nem a sua candidatura nem a de qualquer

Diário da Justiça Eleitoral - Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Documento assinado digitalmente conforme MP n. 2.200-2/2001 de 24.8.2001, que institui a
Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil, podendo ser acessado no endereço eletrônico http://www.tse.gov.br
Ano 2018, Número 230 Salvador-BA, quinta-feira, 8 de novembro de 2018 Página 76

dos outros requeridos pode ser responsabilizada por uma eventual irregularidade das candidaturas das pessoas indicadas na inicial. Alega
ainda que a inicial não apresenta qualquer prova das suas alegações pelo que requer o julgamento pela improcedência do pleito.
Réplica às fls. 342/347 em que renovam os autores os termos da inicial. Na oportunidade, informou a ausência de contestação dos réus
ÁLVARO ANARRIEL, ILÁRIO SOUZA, CLAUDI FENANDES, JOALDO SANTOS e ROBSON REIS.
Audiência de instrução realizada às fls. 409/416, na qual: 1) Foi reconhecida a ilegitimidade passiva da coligação Lençóis no Caminho Certo
para responder à ação de investigação judicial eleitoral; 2) Foi realizada a oitiva do depoimento pessoal das candidatas relacionadas na inicial
ANATÁLIA LEITE FONSECA, DAIANA SILVA SANTOS e ROSÁLIA GOMES DOS ANJOS; 3) Foram ouvidas as testemunhas ERALDO
MOREIRA DE SOUZA, AIDA MEIRE DE ARAÚJO NETO E IONOCÊNCIO PEREIRA DA SILVA NETO; 4) Foi deferida a juntada de
documentos pela parte ré.
Juntados documentos objeto do pedido às fls. 419/523.
Alegações finais da parte autora apresentadas às fls. 598/601, e dos réus às fls. 532/543, 545/553, 555/564, 588/596 e 605/613.
Alegações finais do Ministério Público às fls. 616/630.
Brevemente relatados, decido.
Inicialmente, quanto à omissão na apresentação de defesas referida em réplica, registro que, conforme relatório, os réus ÁLVARO
ANARRIEL, ILÁRIO SOUZA, CLAUDI FENANDES, JOALDO SANTOS e ROBSON REIS apresentaram suas defesas.
De sua vez, quanto à suposta inépcia da inicial pela ausência de elementos probatórios, trata-se de evidente questão de mérito a ser
devidamente apurada. A ação de investigação judicial eleitoral tem por objeto investigar a eventual prática de irregularidades no pleito, não
sendo exigível ao autor que apresente provas cabais de sua existência à época do ajuizamento.
Finalmente, quanto à preliminar de inadequação da via eleita, pacífica a jurisprudência quanto à possibilidade de ser investigada por AIJE a
eventual fraude realizada no curso do pleito como esp´´ecie do gênero abuso de poder.
Neste sentido precedentes:
“ELEIÇÕES 2012. RECURSO ESPECIAL ELEITORAL INTERPOSTO POR DANIEL NETTO CÂNDIDO E ÉLIO PEIXER. PREFEITO E VICE-
PREFEITO. AÇÃO DE INVESTIGAÇÃO JUDICIAL ELEITORAL. OMISSÃO DO DECISUM REGIONAL. INEXISTÊNCIA DE VIOLAÇÃO AO
ART. 275 DO CÓDIGO ELEITORAL. REENQUADRAMENTO JURÍDICO DOS FATOS. VERIFICAÇÃO DE FRAUDE NA SUBSTITUIÇÃO DE
CANDIDATO EM PLEITO MAJORITÁRIO. AUSÊNCIA DA OBSERVÂNCIA DO DEVER DE AMPLA PUBLICIDADE. SUBSTITUIÇÃO
OCORRIDA ÀS VÉSPERAS DA ELEIÇÃO. CONDUTA QUE ULTRAJA O PRINCÍPIO DA VEDAÇÃO AO EFEITO SURPRESA DO ELEITOR
E DA LIBERDADE DE ESCOLHA DOS VOTOS. POSSIBILIDADE DE APURAÇÃO DE FRAUDES DURANTE O PROCESSO ELEITORAL
EM AÇÃO DE INVESTIGAÇÃO JUDICIAL ELEITORAL (AIJE). FRAUDE COMO ESPÉCIE DO GÊNERO ABUSO DE PODER.
NECESSIDADE DE SE REPRIMIR, O QUANTO ANTES, PRÁTICAS QUE POSSAM AMESQUINHAR OS PRINCÍPIOS REITORES DA
COMPETIÇÃO ELEITORAL. TRANSMISSIBILIDADE DE EVENTUAIS ILÍCITOS PRATICADOS POR INTEGRANTES DA CHAPA
ORIGINÁRIA À NOVEL COMPOSIÇÃO. MEDIDA QUE SE IMPÕE COMO FORMA DE COIBIR A PRÁTICA DE ABUSOS ELEITORAIS E A
CAPTAÇÃO ILÍCITA DE SUFRÁGIO, CAPAZES DE VULNERAR A HIGIDEZ E A NORMALIDADE DO PRÉLIO ELEITORAL. RECURSO
ESPECIAL DESPROVIDO.
1. O reenquadramento jurídico dos fatos, por versar quaestio iuris, é providência cognoscível na estreita via do recurso especial eleitoral.
2. In casu, duas são as teses jurídicas postas ao exame da Corte Superior Eleitoral neste recurso especial. A primeira cinge-se em saber se a
substituição da chapa Laudir/Daniel (titular e vice, respectivamente) por Daniel/Élio (titular e vice, respectivamente), às vésperas da data do
pleito, qualifica-se juridicamente como fraude eleitoral, de ordem a inquinar a validade do ato. Já a segunda consiste em perquirir se é
possível imputar a suposta prática de ilícito eleitoral (no caso, captação ilícita de sufrágio, ex vi do art. 41-A da Lei das Eleições), levada a
efeito pelo candidato renunciante Laudir, à novel chapa composta pelo anterior candidato a vice, Daniel Netto Cândido, alçado à condição de
titular, e Élio Peixer, escolhido pela Coligação como novo candidato a Vice-Prefeito.
(...)
6. Toda fraude é uma conduta abusiva aos olhos do Direito.
(...)
e) Do ponto de vista jurídico-processual, é perfeitamente possível - e recomendável - apurar a ocorrência, ou não, de fraude em ação de
investigação judicial eleitoral, uma vez que as ações eleitorais, embora veiculem pretensões subjetivas, assumem a feição de tutela coletiva,
seja por tutelarem interesses supraindividuais, seja por resguardarem a própria noção de democracia.
f) A teleologia subjacente à investigação judicial eleitoral consiste em proteger a legitimidade, a normalidade e a higidez das eleições, de
sorte que o abuso de poder a que se referem os arts. 19 a 22 da LC 64/90 deve ser compreendido de forma ampla, albergando condutas
fraudulentas e contrárias ao ordenamento jurídico-eleitoral. A rigor, a fraude nada mais é do que espécie do gênero abuso de poder.
(...)
(Recurso Especial Eleitoral nº 63184, Acórdão, Relator(a) Min. Luiz Fux, Publicação: DJE - Diário de justiça eletrônico, Volume , Tomo 192,
Data 05/10/2016, Página 68/70)”
RECURSO ESPECIAL. AÇÃO DE INVESTIGAÇÃO JUDICIAL ELEITORAL. FRAUDE. PERCENTUAIS DE GÊNERO. CAPTAÇÃO ILÍCITA
DE SUFRÁGIO.
(...)
4. É possível verificar, por meio da ação de investigação judicial eleitoral, se o partido político efetivamente respeita a normalidade das
eleições prevista no ordenamento jurídico - tanto no momento do registro como no curso das campanhas eleitorais, no que tange à efetiva
observância da regra prevista no art. 10, § 3º, da Lei das Eleições - ou se há o lançamento de candidaturas apenas para que se preencha, em
fraude à lei, o número mínimo de vagas previsto para cada gênero, sem o efetivo desenvolvimento das candidaturas.

Diário da Justiça Eleitoral - Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Documento assinado digitalmente conforme MP n. 2.200-2/2001 de 24.8.2001, que institui a
Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil, podendo ser acessado no endereço eletrônico http://www.tse.gov.br
Ano 2018, Número 230 Salvador-BA, quinta-feira, 8 de novembro de 2018 Página 77

5. Ainda que os partidos políticos possuam autonomia para escolher seus candidatos e estabelecer quais candidaturas merecem maior apoio
ou destaque na propaganda eleitoral, é necessário que sejam assegurados, nos termos da lei e dos critérios definidos pelos partidos políticos,
os recursos financeiros e meios para que as candidaturas de cada gênero sejam efetivas e não traduzam mero estado de aparências.
Recurso especial parcialmente provido.
(Recurso Especial Eleitoral nº 24342, Acórdão, Relator(a) Min. Henrique Neves Da Silva, Publicação: DJE - Diário de justiça eletrônico, Tomo
196, Data 11/10/2016, Página 65-66)
Assim, passo ao exame do mérito propriamente dito.
Sobre a formação das chapas para eleições proporcionais, define o art.
Art. 10. Cada partido ou coligação poderá registrar candidatos para a Câmara dos Deputados, a Câmara Legislativa, as Assembleias
Legislativas e as Câmaras Municipais no total de até 150% (cento e cinquenta por cento) do número de lugares a preencher, salvo:
§ 3o Do número de vagas resultante das regras previstas neste artigo, cada partido ou coligação preencherá o mínimo de 30% (trinta por
cento) e o máximo de 70% (setenta por cento) para candidaturas de cada sexo.
Evidentemente, o cumprimento fraudulento do contingente de candidaturas femininas é conduta que não contempla a finalidade normativa,
devendo indubitavelmente ser considerada prática ilícita que tenha por consequência o indeferimento do DRAP correspondente ao partido ou
coligação.
Há de se questionar, no entanto, se, na hipótese dos autos, tal descumprimento retou comprovado.
Neste sentido, inicialmente é fundamental asseverar, nos termos da decisão de fls. 68/69, o ônus da prova da fraude é evidentemente
imputável ao requerente nos termos da norma geral inscrita no art. 373, I do CPC.
Sob esta premissa, avalio que o requerente apresentou como única prova da suposta fraude a ausência de votos das candidatas ANATÁLIA
LEITE FONSECA, DAIANA SILVA SANTOS e ROSÁLIA GOMES DOS ANJOS.
As oitivas das candidatas, realizadas por iniciativa do juízo, não foram capazes de indicar qualquer outro indício da suposta fraude, sendo
unanimemente afirmado por estas que optaram por desistir do pleito como consequência da percepção do pequeno apoio dado às suas
candidaturas.
Evidentemente que o estabelecimento da cota de gênero não pode ser revertido em opressão às candidatas do sexo feminino a impor que
não desistam das suas candidaturas. Esta possibilidade teórica, se confirmada na prática, não pode ser interpretada como conduta
fraudulenta, mas como mero exercício da cidadania.
A constatação da efetiva fraude, portanto, depende de mais que isso. É necessário constatar o efetivo conluio contemporâneo à formação da
chapa, que vincule a candidatura ao objetivo declarado de subversão da regra legal.
Sem esta constatação, inviável a imposição de qualquer penalidade ao partido ou coligação.
Neste sentido a melhor jurisprudência:
RECURSOS. AÇÃO DE INVESTIGAÇÃO JUDICIAL ELEITORAL. ELEIÇÕES 2016. VEREADOR. QUESTÃO DE ORDEM. FRAUDE NO
CUMPRIMENTO DA COTA DE GÊNERO. CANDIDATURA FEMININA FICTÍCIA. ART. 10, § 3º, DA LEI Nº 9.504/97. NÃO COMPROVAÇÃO.
ALEGAÇÃO DE DESISTÊNCIA DA CANDIDATURA. INOCORRÊNCIA. RECURSO NÃO PROVIDO. 1. Considerando que o Parquet ostenta a
qualidade de recorrente, deve sua manifestação preceder à dos recorridos. 2. No contexto dos autos, a prova produzida se mostra frágil e
carente da robustez apta a gerar um juízo inequívoco de burla à regra do art. 10, § 3º, da Lei das Eleicoes, que impõe as cotas de gênero
como exercício de ação afirmativa em prol de candidaturas femininas. 3. A substituição de candidatura é medida que se impõe, entre outras
hipóteses, em caso de renúncia de candidato. Entretanto, no caso presente, não houve renúncia formal, e a prova dos autos não caracteriza a
fraude nesse sentido e não pode ser acolhida para além de indícios, à míngua de outros elementos probatórios de eventuais circunstâncias
que tenham envolvido a eleição proporcional no município. 4. Recursos conhecidos e não providos.(TRE-PI - AIJE: 55864 CORONEL JOSÉ
DIAS - PI, Relator: ANTÔNIO LOPES DE OLIVEIRA, Data de Julgamento: 29/01/2018, Data de Publicação: DJE - Diário da Justiça Eletrônico,
Tomo 27, Data 16/02/2018, Página 15)
(…) 1. Alegação de fraude ao art. 10, § 3º, da Lei 9.504/97, mediante simulação de candidatura. Precedente do TSE a admitir a discussão da
fraude sob a ótica do abuso de poder praticado pelos responsáveis para, em nome de partidos e coligações, exercer a prerrogativa exclusiva
de lançar candidaturas. 2. Pretensão condenatória que somente terá êxito pela demonstração de que tal modalidade de abuso tenha
efetivamente sido praticada por aqueles que poderiam indicar candidatos. Necessidade de demonstração do elemento subjetivo da fraude,
consistente na vontade deliberada de burlar a finalidade da cota de gênero. Precedente do TRE/MG. 3. Na análise da fraude, não se pode
partir da premissa de que existem exigências éticas e morais mais rigorosas dirigidas às mulheres que aos homens, sob pena de,
subvertendo o propósito da cota de gênero, transformá-la em instrumento de inibição e mesmo intimidação a mulheres que arrisquem
aproximação com o mundo da política. 4. Abandono informal da candidatura por duas candidatas. A decisão individual por ingressar na
disputa eleitoral, assim como dela desistir, formalmente ou não, não exige fundamentação lógica e racional. 6. Meros indícios de candidaturas
fictícias não corroborados por provas de conluio entre as candidatas e os responsáveis por compor o DRAP com o objetivo de fraudar a cota
de gênero. Recurso a que se nega provimento. Vistos, relatados e discutidos os autos do processo acima identificado, ACORDAM os Juízes
do Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais, em rejeitar as preliminares de preclusão e de ilegitimidade passiva de candidato e, de ofício,
excluir a Coligação do polo passivo da AIJE e, no mérito, à unanimidade, negar provimento ao recurso, nos termos do voto do Relator. Belo
Horizonte, 27 de novembro de 2017. Juiz Antônio Augusto Mesquita Fonte Boa Relator (TRE-MG - RE: 43534 VAZANTE - MG, Relator:
ANTÔNIO AUGUSTO MESQUITA FONTE BOA, Data de Julgamento: 27/11/2017, Data de Publicação: DJEMG - Diário de Justiça Eletrônico-
TREMG, Data 12/12/2017)
RECURSO ELEITORAL. ELEIÇÕES 2016. AÇÃO DE INVESTIGAÇÃO JUDICIAL ELEITORAL. AÇÃO DE IMPUGNAÇÃO DE MANDATO
ELETIVO. FRAUDE. ABUSO DE PODER POLÍTICO. LANÇAMENTO DE CANDIDATURA FICTÍCIA PARA ATENDIMENTO DO
PERCENTUAL FIXADO PARA A COTA DE GÊNERO. SENTENÇA. IMPROCEDÊNCIA. RECURSO. PRELIMINARES: FALTA DE
INTERESSE PROCESSUAL, ILEGITIMIDADE PASSIVA DOS DELEGADOS DA COLIGAÇÃO "UNIÃO POR SÃO PAULO", AUSÊNCIA DE
FORMAÇÃO DO LITISCONSÓRCIO PASSIVO NECESSÁRIO COM OS CONVENCIONAIS, DESCUMPRIMENTO DE SOLENIDADE
PROCESSUAL, AUSÊNCIA DE OBJETO JURÍDICO, VIOLAÇÃO À COISA JULGADA MATERIAL, INADEQUAÇÃO DA VIA ELEITA,
AUSÊNCIA DOS PRESSUPOSTOS VÁLIDOS À CAUSA, INÉPCIA DA PETIÇÃO INICIAL, ILEGITIMIDADE PASSIVA DOS CANDIDATOS.

Diário da Justiça Eleitoral - Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Documento assinado digitalmente conforme MP n. 2.200-2/2001 de 24.8.2001, que institui a
Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil, podendo ser acessado no endereço eletrônico http://www.tse.gov.br
Ano 2018, Número 230 Salvador-BA, quinta-feira, 8 de novembro de 2018 Página 78

AFASTADAS. APLICAÇÃO DA AIJE PARA APURAR PRÁTICA DE FRAUDE À LEI POR ABUSO DE PODER POLÍTICO. PRECEDENTE
TSE. MÉRITO. COTAS DE GÊNERO. ART. 10, § 3º DA LEI 9.504/97. RENÚNCIA DE DUAS CANDIDATAS DO SEXO FEMININO LOGO
APÓS O PROTOCOLO DO PEDIDO DE REGISTRO DE CANDIDATURA PELA COLIGAÇÃO "UNIÃO POR SÃO PAULO". CONJUNTO
PROBATÓRIO INSUFICIENTE PARA COMPROVAR A ALEGADA FRAUDE À LEI POR ABUSO DE PODER POLÍTICO. MANUTENÇÃO DA
SENTENÇA. PRELIMINARES AFASTADAS E, NO MÉRITO, RECURSO DESPROVIDO.(TRE-SP - RE: 179805 SÃO PAULO - SP, Relator:
MARCUS ELIDIUS MICHELLI DE ALMEIDA, Data de Julgamento: 31/08/2018, Data de Publicação: DJESP - Diário da Justiça Eletrônico do
TRE-SP, Data 13/09/2018)
A teor dos arestos colacionados, a mera ausência de votação, ou mesmo a declaração de renúncia das candidatas, não pode ser interpretada
isoladamente como demonstração da intenção fraudulenta da coligação a prejudicar todos os seus membros.
Válido observar que o precedente colacionado pelo nobre representante do Ministério Púiblico, oriundo do TRE paulista, se baseou em
elementos fáticos semelhantes quanto à constatação inicial, mulheres candidatas sem votos ou cotas partidárias, mas teve instrução que
fortaleceu a constatação da fraude.
Naqueles autos, notou-se, de um lado, a existência de informações de aliciamento com o objetivo de integralização do mínimo legal, e, de
outro, a ausência de interesse de algumas das candidatas quanto ao exercício do cargo ao qual se propuseram, senão vejamos:
“De mais a mais, consta dos autos certidão emitida por .uma Oficial de Promotoria, em sede de Procedimento Preparatório Eleitoral,
informando que ao intimar a representada Lucimar, esta afirmou "que foi candidata a vereadora a pedido de Carlos Messias [presidente do
partido] para ajudar o partido que precisava de mulheres. candidatas" (fl. 41), certidão esta que, por ter sido emitida por servidora pública no
exercício da sua função, possui presunção de veracidade não elidida pelos representados.
Por sua vez, a recorrida Fernanda Aparecida da Silva, malgrado tenha dito que se candidatou porque "queria fazer mais pela cidade", ao ser
informada que era suplente e que poderia: ser chamada, eventualmente, para ocupar -o cargo -então pleiteado, disse "não ter nenhum
interesse em assumir a vereança", mostrando clara contradição nos seus argumentos.
(…)
Quanto à representada Josimeire Moreira, certo que sua situação não difere das demais. Isso porque, embora tenha decidido concorrer a um
pleito eleitoral pela primeira vez, assim como asutras duas representadas, diga-se, diga-se, acreditando no partido por ele ser "novo", afirmou,
da mesma forma, que "não tem nenhum interesse em assumir qualquer cargo na câmara e não aceitaria se fosse chamada" e que "hão tem
nenhum interesse em política".” (TRE-SP - RE: 37054 SANTA ROSA DE VITERBO - SP, Relator: CLAUDIA LÚCIA FONSECA FANUCCHI,
Data de Julgamento: 01/08/2017, Data de Publicação: DJESP - Diário da Justiça Eletrônico do TRE-SP, Data 08/08/2017)
No caso dos autos, a instrução não comprovou qualquer conluio.
A falta de conhecimento de algumas das requeridas em relação aos procedimentos partidários prévios à candidatura, bem como a sua baixa
arrecadação, é tão compatível com a versão de fraude quanto com a de que a candidatura teria decorrido de mera aventura, sem maior
envolvimento, resultando em posterior desistência.
É importante registrar ainda que, consultando-se a votação das 68 pessoas candidatas ao cargo de vereador no pleito, constata-se que
aqueles que tiveram menos de 10 votos, o que pode denotar uma baixa adesão à campanha, encontram-se a seguir relacionados

Nome do candidato Nome do candidato urna Partido Coligação Votos


nominais do
candidato
MARCELO ANTONIO PELEGRINO MARCELO PELEGRINI PROS PROS/PTB/PC do B/DEM 10
CLAUDI FERNANDES DA SILVA SANTOS CLAUDIA DEM PROS/PTB/PC do B/DEM 8
NATALIA CUNHA SANTOS PEREIRA NATALIA PSD PSD/PSB/PR 8
LEONARDO COELHO SOARES LEO SOARES PSD PSD/PSB/PR 6
JOÃO DA ROCHA FREITAS NEIVA JOÃO NEIVA PTN PRB/PTN/PT do B 16
NAAMA COSTA ALVES VILELA NAAMA PSD PSD/PSB/PR 0
LUIZ CARLOS ALMEIDA MESQUITA SANTOS GORDO PTC PT/PP/PRTB/PSL/PTC/P 0
SC
MARIA CRISTINA COSTA ALVES VILELA CRISTINA DE BENEDITA PSD PSD/PSB/PR 0
JOSIENE AMORIM DA SILVA JOSIENE PR PSD/PSB/PR 0
IRAILDES SÁ MELLO IRAILDES PR PSD/PSB/PR 0
JESSIKA FERRAZ SAMPAIO JESSIKA PSD PSD/PSB/PR 0
DAIANA SILVA SANTOS DAIANA PC do B PROS/PTB/PC do B/DEM 0
ROSALIA GOMES DOS ANJOS ROSÁLIA PC do B PROS/PTB/PC do B/DEM 0
ANATALIA LEITE FONSECA ANATÁLIA PTB PROS/PTB/PC do B/DEM 0
JOÃO NASCIMENTO LIMA FILHO DÃO DE JOÃO DO PADRE PSB PSD/PSB/PR 0
ZÃNIA ALMEIDA DE OLIVEIRA ZANIA PTN PRB/PTN/PT do B 0

Entre os 16 candidatos, nota-se a existência de 5 homens e 11 mulheres com votação inexpressiva no pleito, sendo um da própria coligação
ré.
O maior índice de mulheres com baixa votação pode ser explicado pelo mesmo fenômeno que a imposição das cotas visa combater. Qual
seja, a relação de retroalimentação entre a ausência de mulheres candidatas e a diminuta votação atribuída às pessoas do gênero.
As mulheres na política brasileira, apesar das políticas de cotas, ocupam na atual legislatura menos de 10% das vagas da Câmara dos
Deputados, percentual muito abaixo do mínimo legal para as candidaturas.

Diário da Justiça Eleitoral - Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Documento assinado digitalmente conforme MP n. 2.200-2/2001 de 24.8.2001, que institui a
Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil, podendo ser acessado no endereço eletrônico http://www.tse.gov.br
Ano 2018, Número 230 Salvador-BA, quinta-feira, 8 de novembro de 2018 Página 79

Em tal contexto, e considerado o dado objetivo da menor chance de vitória, não é irrazoável compreender que haja um maior índice de
desistência da candidatura dentro deste grupo.
Como se nota, a possível fraude é uma explicação viável, mas não necessária ao fenômeno descrito na inicial, pelo que avalio não haver
indícios claros da sua existência aptos à finalidade pretendida na ação.
Pelo exposto, ante à ausência de prova razoável da fraude inquinada aos membros da coligação, JULGO IMPROCEDENTES os pedidos da
presente AIJE, extinguindo o feito, com fulcro no art. 487, I, do Código de Processo Civil c/c art. 15 do mesmo diploma.
Deixo de fixar honorários advocatícios, pois incabíveis na espécie (lei nº 9.265/1996).
Sem custas.
Após o trânsito em julgado, arquivem-se os autos com as baixas respectivas..
P.R.I.
Lençóis, 26 de outubro de 2018.
Fábio de Oliveira Cordeiro
Juiz Eleitoral

Processo 508-64.2016.6.05.0089
AUTOS Nº 0000508-64.2016.6.05.0089
AÇÃO DE INVESTIGAÇÃO JUDICIAL ELEITORAL
INVESTIGANTE: ROGÉRIO FERREIRA GOMES SANTOS E SIMONE GOMES SANTOS
INVESTIGADOS: F
FABRÍCIO SOARES DE SOUZA (mandado fls. 73) ADVOGADOS: ETIENNE COSTA MAGALHÃES - OAB: 11663/BA; ETIENNE VAZ
SAMPAIO SAMPAIO MAGALHÃES - OAB: 29342/BA; DANIEL VAZ SAMPAIO MAGALHÃES - OAB: 35138/BA (fls. 91)
GILMAR FERREIRA GOMES SATOS ADVOGADO: ETIENNE COSTA MAGALHÃES - OAB: 11663/BA
MARIA CRISTINA COSTA ALVES VILELA ADVOGADO: ETIENNE COSTA MAGALHÃES - OAB: 11663/BA
DANIEL LÚCIO SANTOS ADVOGADO: ALISSON DEMÓSTHENES LIMA DE SOUZA - OAB: 16464/BA
JOÃO NASCIMENTO LIMA FILHO ADVOGADO: ALISSON DEMÓSTHENES LIMA DE SOUZA - OAB: 16464/BA
ADAULIO LOPES ARAÚJO ADVOGADOS: JURANDY ALCÂNTARA DE FIGUEIREDO FILHO - OAB: 8135/BA; JACQUES SADI GUMES DE
ALCANTARA - OAB: 24727/BA; JURANDY ALCÂNTARA DE FIGUEIREDO NETO - OAB: 36343/BA
EVERTON SOUZA SANTOS ADVOGADO: ALISSON DEMÓSTHENES LIMA DE SOUZA - OAB: 16464/BA
GERALDO PEREIRA BARBOSA ADVOGADO: ALISSON DEMÓSTHENES LIMA DE SOUZA - OAB: 16464/BA
IGO SANTOS SÁ ADVOGADO: ALISSON DEMÓSTHENES LIMA DE SOUZA - OAB: 16464/BA
IRAILDES SÁ MELLO
JESSIKA FERRAZ SAMPAIO ADVOGADO: ETIENNE COSTA MAGALHÃES - OAB: 11663/BA
JOSIENE AMORIM DA SILVA ADVOGADO: ALISSON DEMÓSTHENES LIMA DE SOUZA - OAB: 16464/BA
LEONARDO COELHO SOARES ADVOGADO: ALISSON DEMÓSTHENES LIMA DE SOUZA - OAB: 16464/BA
ESMERALDO ALVES SENA JÚNIOR ADVOGADO: ALISSON DEMÓSTHENES LIMA DE SOUZA - OAB: 16464/BA
NATALIA CUNHA SANTOS PEREIRA ADVOGADO: ALISSON DEMÓSTHENES LIMA DE SOUZA - OAB: 16464/BA
NAAMA COSTA ALVES VILELA ADVOGADO: ETIENNE COSTA MAGALHÃES - OAB: 11663/BA
PAULO SÉRGIO LESSA FELIPPI ADVOGADO: ALISSON DEMÓSTHENES LIMA DE SOUZA - OAB: 16464/BA
VILSON DE ATHAYDE MACEDO ADVOGADO: ALISSON DEMÓSTHENES LIMA DE SOUZA - OAB: 16464/BA
SENTENÇA
Trata-se de ação de investigação judicial eleitoral ajuizada por ROGÉRIO FERREIRA GOMES SANTOS E SIMONE GOMES SANTOS em
face de FABRÍCIO SOARES DE SOUZA E OUTROS na qual se requer: “seja o pedidio julgado procedente para condenar os investigados à
pena de inelegibilidade por oito anos, e, ainda, cassar o registro de candidatura e os diplomas dos investigados eleitos vereadores através da
fraude, sendo eles: FABRÍCIO SOARES DESOUZA e GILMAR FERREIRA GOMES SANTOS.”
Alega resumidamente que a coligação Todos Juntos por uma Lençóis Melhor, com 18 candidatos lançados ao cargo de vereador nas eleições
de 2016, não teria cumprido a cota mínima de 06 mulheres entre os candidatos legalmente exigido.
Narra que, apesar de nominalmente existirem candidaturas suficientes a caracterizar o mínimo legal, entre as seis candidatas relacionadas, 4
não tiveram nenhum voto, Cristina de Benedita, Iraildes Sá, Jéssika e Josiene, enquanto Naama teve apenas um voto, e Natália, 8.
Considera que a votação pífia indicaria a intenção fraudulenta do lançamento das candidaturas, que espera ver reconhecida na presente
sentença.
Com a inicial, vieram os documentos de fls. 13 a 58.

Diário da Justiça Eleitoral - Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Documento assinado digitalmente conforme MP n. 2.200-2/2001 de 24.8.2001, que institui a
Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil, podendo ser acessado no endereço eletrônico http://www.tse.gov.br
Ano 2018, Número 230 Salvador-BA, quinta-feira, 8 de novembro de 2018 Página 80

Determinada a notificação dos réus, apresentou o requerido ADAULIO LÓPES ARAUJO, defesa, fls. 75/81, em que alega preliminarmente a
ausência de provas da inicial dos fatos nela narrados, bem como a inadequação da Ação de Investigação Judicial Eleitoral para apurar fatos
não restritos ao abuso de poder econômico, autoridade ou utilização indevida de veículos ou meios de comunicação social.
No mérito, alegou a regularidade da formação da coligação e o cumprimento das normas eleitorais quanto às candidaturas do gênero
feminino.
Defesa de FABRÍCIO SOARES DE DOUZA às fls. 85/90, GILMAR FERREIRA GOMES SANTOS, fls. 96/101, LEONARDO COELHO
SOARES às fls. 107/113, GERALDO PEREIRA BARBOSA, fls. 123/129, PAULO SÉRGIO LESSA FELIPPI, fls. 131/137, VILSON DE
ATHAYDE MACEDO, fls. 139/146, ÁLVARO ANARRIEL SANTOS DA SILVA, fls. 158/164, DANIEL LÚCIO SANTOS, fl. 174/180,
ESMERALDO ALVES SENA JÚNIOR, fls. 182/188, EVERTON SOUZA SANTOS, fls. 190/196, EVERTON SOUZA SANTOS, fls. 198/204,
IGO SANTOS SÁ, fls. 206/212, JÉSSIKA FERRAZ SAMPAIO, fls. 214/219, JOÃO NASCIMENTO LIMA FILHO, fls. 221/227, JOSIENE
AMORIM DA SILVA, fls. 229/234, MARIA CRISTINA COSTA ALVES VILELA, fls. 236/241, NAAMA COSTA ALVES VILELA, fls. 244/249,
NATÁLIA CUNHA DOS SANTOS PEREIRA, fls. 251/257, em que no mérito alega que nem a sua candidatura nem a de qualquer dos outros
requeridos pode ser responsabilizada por uma eventual irregularidade das candidaturas das pessoas indicadas na inicial. Alega ainda que a
inicial não apresenta qualquer prova das suas alegações pelo que requer o julgamento pela improcedência do pleito.
Réplica às fls. 273/278 em que renovam os autores os termos da inicial. Na oportunidade, informou a ausência de contestação dos réus
IRAILDES SÁ MELO e VILSON DE ATHAYDE.
Audiência de instrução realizada às fls. 331/336 na qual: 1) Foi reconhecida a ilegitimidade passiva da coligação Todos Juntos por uma
Lençóis Melhor para responder à ação de investigação judicial eleitoral; 2) Foi realizada a oitiva do depoimento pessoal das candidatas
relacionadas na inicial MARIA CRISTINA COSTA ALVES VILELA; IRAILDES SÁ MELLO, JÉSSIKA FERRAZ SAMPAIO, JOSIANE AMORIM
DA SILVA e NAAMA COSTA ALVES VILELA; 3) Foram ouvidas as testemunhas ERALDO MOREIRA DE SOUZA.
Alegações finais da parte autora apresentadas às fls. 342/347, e dos réus às fls. 358/369, 371/393, 396/404, 406/428 e 436/442.
Alegações finais do Ministério Público às fls. 447/582.
Brevemente relatados, decido.
Inicialmente, quanto à omissão na apresentação de defesas referida em réplica, registro que a ré IRAILDES SÁ MELO foi devidamente citada
na forma da certidão de fls. 153v., não decorrendo da sua omissão quanto à apresentação de defesa qualquer nulidade ao procedimento de
investigação.
Por seu turno, quanto a VILSON DE ATHAYDE, apresentou defesa às fls. 139/146.
De sua vez, quanto à suposta inépcia da inicial pela ausência de elementos probatórios, trata-se de evidente questão de mérito a ser
devidamente apurada. A ação de investigação judicial eleitoral tem por objeto investigar a eventual prática de irregularidades no pleito, não
sendo exigível ao autor que apresente provas cabais de sua existência à época do ajuizamento.
Finalmente, quanto à preliminar de inadequação da via eleita, pacífica a jurisprudência quanto à possibilidade de ser investigada por AIJE a
eventual fraude realizada no curso do pleito como esp´´ecie do gênero abuso de poder.
Neste sentido precedentes:
“ELEIÇÕES 2012. RECURSO ESPECIAL ELEITORAL INTERPOSTO POR DANIEL NETTO CÂNDIDO E ÉLIO PEIXER. PREFEITO E VICE-
PREFEITO. AÇÃO DE INVESTIGAÇÃO JUDICIAL ELEITORAL. OMISSÃO DO DECISUM REGIONAL. INEXISTÊNCIA DE VIOLAÇÃO AO
ART. 275 DO CÓDIGO ELEITORAL. REENQUADRAMENTO JURÍDICO DOS FATOS. VERIFICAÇÃO DE FRAUDE NA SUBSTITUIÇÃO DE
CANDIDATO EM PLEITO MAJORITÁRIO. AUSÊNCIA DA OBSERVÂNCIA DO DEVER DE AMPLA PUBLICIDADE. SUBSTITUIÇÃO
OCORRIDA ÀS VÉSPERAS DA ELEIÇÃO. CONDUTA QUE ULTRAJA O PRINCÍPIO DA VEDAÇÃO AO EFEITO SURPRESA DO ELEITOR
E DA LIBERDADE DE ESCOLHA DOS VOTOS. POSSIBILIDADE DE APURAÇÃO DE FRAUDES DURANTE O PROCESSO ELEITORAL
EM AÇÃO DE INVESTIGAÇÃO JUDICIAL ELEITORAL (AIJE). FRAUDE COMO ESPÉCIE DO GÊNERO ABUSO DE PODER.
NECESSIDADE DE SE REPRIMIR, O QUANTO ANTES, PRÁTICAS QUE POSSAM AMESQUINHAR OS PRINCÍPIOS REITORES DA
COMPETIÇÃO ELEITORAL. TRANSMISSIBILIDADE DE EVENTUAIS ILÍCITOS PRATICADOS POR INTEGRANTES DA CHAPA
ORIGINÁRIA À NOVEL COMPOSIÇÃO. MEDIDA QUE SE IMPÕE COMO FORMA DE COIBIR A PRÁTICA DE ABUSOS ELEITORAIS E A
CAPTAÇÃO ILÍCITA DE SUFRÁGIO, CAPAZES DE VULNERAR A HIGIDEZ E A NORMALIDADE DO PRÉLIO ELEITORAL. RECURSO
ESPECIAL DESPROVIDO.
1. O reenquadramento jurídico dos fatos, por versar quaestio iuris, é providência cognoscível na estreita via do recurso especial eleitoral.
2. In casu, duas são as teses jurídicas postas ao exame da Corte Superior Eleitoral neste recurso especial. A primeira cinge-se em saber se a
substituição da chapa Laudir/Daniel (titular e vice, respectivamente) por Daniel/Élio (titular e vice, respectivamente), às vésperas da data do
pleito, qualifica-se juridicamente como fraude eleitoral, de ordem a inquinar a validade do ato. Já a segunda consiste em perquirir se é
possível imputar a suposta prática de ilícito eleitoral (no caso, captação ilícita de sufrágio, ex vi do art. 41-A da Lei das Eleições), levada a
efeito pelo candidato renunciante Laudir, à novel chapa composta pelo anterior candidato a vice, Daniel Netto Cândido, alçado à condição de
titular, e Élio Peixer, escolhido pela Coligação como novo candidato a Vice-Prefeito.
(...)
6. Toda fraude é uma conduta abusiva aos olhos do Direito.
(...)
e) Do ponto de vista jurídico-processual, é perfeitamente possível - e recomendável - apurar a ocorrência, ou não, de fraude em ação de
investigação judicial eleitoral, uma vez que as ações eleitorais, embora veiculem pretensões subjetivas, assumem a feição de tutela coletiva,
seja por tutelarem interesses supraindividuais, seja por resguardarem a própria noção de democracia.
f) A teleologia subjacente à investigação judicial eleitoral consiste em proteger a legitimidade, a normalidade e a higidez das eleições, de
sorte que o abuso de poder a que se referem os arts. 19 a 22 da LC 64/90 deve ser compreendido de forma ampla, albergando condutas
fraudulentas e contrárias ao ordenamento jurídico-eleitoral. A rigor, a fraude nada mais é do que espécie do gênero abuso de poder.
(...)

Diário da Justiça Eleitoral - Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Documento assinado digitalmente conforme MP n. 2.200-2/2001 de 24.8.2001, que institui a
Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil, podendo ser acessado no endereço eletrônico http://www.tse.gov.br
Ano 2018, Número 230 Salvador-BA, quinta-feira, 8 de novembro de 2018 Página 81

(Recurso Especial Eleitoral nº 63184, Acórdão, Relator(a) Min. Luiz Fux, Publicação: DJE - Diário de justiça eletrônico, Volume , Tomo 192,
Data 05/10/2016, Página 68/70)”
RECURSO ESPECIAL. AÇÃO DE INVESTIGAÇÃO JUDICIAL ELEITORAL. FRAUDE. PERCENTUAIS DE GÊNERO. CAPTAÇÃO ILÍCITA
DE SUFRÁGIO.
(...)
4. É possível verificar, por meio da ação de investigação judicial eleitoral, se o partido político efetivamente respeita a normalidade das
eleições prevista no ordenamento jurídico - tanto no momento do registro como no curso das campanhas eleitorais, no que tange à efetiva
observância da regra prevista no art. 10, § 3º, da Lei das Eleições - ou se há o lançamento de candidaturas apenas para que se preencha, em
fraude à lei, o número mínimo de vagas previsto para cada gênero, sem o efetivo desenvolvimento das candidaturas.
5. Ainda que os partidos políticos possuam autonomia para escolher seus candidatos e estabelecer quais candidaturas merecem maior apoio
ou destaque na propaganda eleitoral, é necessário que sejam assegurados, nos termos da lei e dos critérios definidos pelos partidos políticos,
os recursos financeiros e meios para que as candidaturas de cada gênero sejam efetivas e não traduzam mero estado de aparências.
Recurso especial parcialmente provido.
(Recurso Especial Eleitoral nº 24342, Acórdão, Relator(a) Min. Henrique Neves Da Silva, Publicação: DJE - Diário de justiça eletrônico, Tomo
196, Data 11/10/2016, Página 65-66)
Assim, passo ao exame do mérito propriamente dito.
Sobre a formação das chapas para eleições proporcionais, define o art.
Art. 10. Cada partido ou coligação poderá registrar candidatos para a Câmara dos Deputados, a Câmara Legislativa, as Assembleias
Legislativas e as Câmaras Municipais no total de até 150% (cento e cinquenta por cento) do número de lugares a preencher, salvo:
§ 3o Do número de vagas resultante das regras previstas neste artigo, cada partido ou coligação preencherá o mínimo de 30% (trinta por
cento) e o máximo de 70% (setenta por cento) para candidaturas de cada sexo.
Evidentemente, o cumprimento fraudulento do contingente de candidaturas femininas é conduta que não contempla a finalidade normativa,
devendo indubitavelmente ser considerada prática ilícita que tenha por consequência o indeferimento do DRAP correspondente ao partido ou
coligação.
Há de se questionar, no entanto, se, na hipótese dos autos, tal descumprimento retou comprovado.
Neste sentido, inicialmente é fundamental asseverar, nos termos da decisão de fls. 68/69, o ônus da prova da fraude é evidentemente
imputável ao requerente nos termos da norma geral inscrita no art. 373, I do CPC.
Sob esta premissa, avalio que o requerente apresentou como única prova da suposta fraude a ausência de votos das candidatas Cristina de
Benedita, Iraildes Sá, Jéssika e Josiene, e a baixíssima votação das candidatas Naama e Natália.
As oitivas das candidatas, realizadas por iniciativa do juízo, não foram capazes de indicar qualquer outro indício da suposta fraude, sendo
unanimemente afirmado por estas que optaram por desistir do pleito como consequência da percepção do pequeno apoio dado às suas
candidaturas.
Evidentemente que o estabelecimento da cota de gênero não pode ser revertido em opressão às candidatas do sexo feminino a impor que
não desistam das suas candidaturas. Esta possibilidade teórica, se confirmada na prática, não pode ser interpretada como conduta
fraudulenta, mas como mero exercício da cidadania.
A constatação da efetiva fraude, portanto, depende de mais que isso. É necessário constatar o efetivo conluio contemporâneo à formação da
chapa, que vincule a candidatura ao objetivo declarado de subversão da regra legal.
Sem esta constatação, inviável a imposição de qualquer penalidade ao partido ou coligação.
Neste sentido a melhor jurisprudência:
RECURSOS. AÇÃO DE INVESTIGAÇÃO JUDICIAL ELEITORAL. ELEIÇÕES 2016. VEREADOR. QUESTÃO DE ORDEM. FRAUDE NO
CUMPRIMENTO DA COTA DE GÊNERO. CANDIDATURA FEMININA FICTÍCIA. ART. 10, § 3º, DA LEI Nº 9.504/97. NÃO COMPROVAÇÃO.
ALEGAÇÃO DE DESISTÊNCIA DA CANDIDATURA. INOCORRÊNCIA. RECURSO NÃO PROVIDO. 1. Considerando que o Parquet ostenta a
qualidade de recorrente, deve sua manifestação preceder à dos recorridos. 2. No contexto dos autos, a prova produzida se mostra frágil e
carente da robustez apta a gerar um juízo inequívoco de burla à regra do art. 10, § 3º, da Lei das Eleicoes, que impõe as cotas de gênero
como exercício de ação afirmativa em prol de candidaturas femininas. 3. A substituição de candidatura é medida que se impõe, entre outras
hipóteses, em caso de renúncia de candidato. Entretanto, no caso presente, não houve renúncia formal, e a prova dos autos não caracteriza a
fraude nesse sentido e não pode ser acolhida para além de indícios, à míngua de outros elementos probatórios de eventuais circunstâncias
que tenham envolvido a eleição proporcional no município. 4. Recursos conhecidos e não providos.(TRE-PI - AIJE: 55864 CORONEL JOSÉ
DIAS - PI, Relator: ANTÔNIO LOPES DE OLIVEIRA, Data de Julgamento: 29/01/2018, Data de Publicação: DJE - Diário da Justiça Eletrônico,
Tomo 27, Data 16/02/2018, Página 15)
(…) 1. Alegação de fraude ao art. 10, § 3º, da Lei 9.504/97, mediante simulação de candidatura. Precedente do TSE a admitir a discussão da
fraude sob a ótica do abuso de poder praticado pelos responsáveis para, em nome de partidos e coligações, exercer a prerrogativa exclusiva
de lançar candidaturas. 2. Pretensão condenatória que somente terá êxito pela demonstração de que tal modalidade de abuso tenha
efetivamente sido praticada por aqueles que poderiam indicar candidatos. Necessidade de demonstração do elemento subjetivo da fraude,
consistente na vontade deliberada de burlar a finalidade da cota de gênero. Precedente do TRE/MG. 3. Na análise da fraude, não se pode
partir da premissa de que existem exigências éticas e morais mais rigorosas dirigidas às mulheres que aos homens, sob pena de,
subvertendo o propósito da cota de gênero, transformá-la em instrumento de inibição e mesmo intimidação a mulheres que arrisquem
aproximação com o mundo da política. 4. Abandono informal da candidatura por duas candidatas. A decisão individual por ingressar na
disputa eleitoral, assim como dela desistir, formalmente ou não, não exige fundamentação lógica e racional. 6. Meros indícios de candidaturas
fictícias não corroborados por provas de conluio entre as candidatas e os responsáveis por compor o DRAP com o objetivo de fraudar a cota
de gênero. Recurso a que se nega provimento. Vistos, relatados e discutidos os autos do processo acima identificado, ACORDAM os Juízes
do Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais, em rejeitar as preliminares de preclusão e de ilegitimidade passiva de candidato e, de ofício,

Diário da Justiça Eleitoral - Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Documento assinado digitalmente conforme MP n. 2.200-2/2001 de 24.8.2001, que institui a
Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil, podendo ser acessado no endereço eletrônico http://www.tse.gov.br
Ano 2018, Número 230 Salvador-BA, quinta-feira, 8 de novembro de 2018 Página 82

excluir a Coligação do polo passivo da AIJE e, no mérito, à unanimidade, negar provimento ao recurso, nos termos do voto do Relator. Belo
Horizonte, 27 de novembro de 2017. Juiz Antônio Augusto Mesquita Fonte Boa Relator (TRE-MG - RE: 43534 VAZANTE - MG, Relator:
ANTÔNIO AUGUSTO MESQUITA FONTE BOA, Data de Julgamento: 27/11/2017, Data de Publicação: DJEMG - Diário de Justiça Eletrônico-
TREMG, Data 12/12/2017)
RECURSO ELEITORAL. ELEIÇÕES 2016. AÇÃO DE INVESTIGAÇÃO JUDICIAL ELEITORAL. AÇÃO DE IMPUGNAÇÃO DE MANDATO
ELETIVO. FRAUDE. ABUSO DE PODER POLÍTICO. LANÇAMENTO DE CANDIDATURA FICTÍCIA PARA ATENDIMENTO DO
PERCENTUAL FIXADO PARA A COTA DE GÊNERO. SENTENÇA. IMPROCEDÊNCIA. RECURSO. PRELIMINARES: FALTA DE
INTERESSE PROCESSUAL, ILEGITIMIDADE PASSIVA DOS DELEGADOS DA COLIGAÇÃO "UNIÃO POR SÃO PAULO", AUSÊNCIA DE
FORMAÇÃO DO LITISCONSÓRCIO PASSIVO NECESSÁRIO COM OS CONVENCIONAIS, DESCUMPRIMENTO DE SOLENIDADE
PROCESSUAL, AUSÊNCIA DE OBJETO JURÍDICO, VIOLAÇÃO À COISA JULGADA MATERIAL, INADEQUAÇÃO DA VIA ELEITA,
AUSÊNCIA DOS PRESSUPOSTOS VÁLIDOS À CAUSA, INÉPCIA DA PETIÇÃO INICIAL, ILEGITIMIDADE PASSIVA DOS CANDIDATOS.
AFASTADAS. APLICAÇÃO DA AIJE PARA APURAR PRÁTICA DE FRAUDE À LEI POR ABUSO DE PODER POLÍTICO. PRECEDENTE
TSE. MÉRITO. COTAS DE GÊNERO. ART. 10, § 3º DA LEI 9.504/97. RENÚNCIA DE DUAS CANDIDATAS DO SEXO FEMININO LOGO
APÓS O PROTOCOLO DO PEDIDO DE REGISTRO DE CANDIDATURA PELA COLIGAÇÃO "UNIÃO POR SÃO PAULO". CONJUNTO
PROBATÓRIO INSUFICIENTE PARA COMPROVAR A ALEGADA FRAUDE À LEI POR ABUSO DE PODER POLÍTICO. MANUTENÇÃO DA
SENTENÇA. PRELIMINARES AFASTADAS E, NO MÉRITO, RECURSO DESPROVIDO.(TRE-SP - RE: 179805 SÃO PAULO - SP, Relator:
MARCUS ELIDIUS MICHELLI DE ALMEIDA, Data de Julgamento: 31/08/2018, Data de Publicação: DJESP - Diário da Justiça Eletrônico do
TRE-SP, Data 13/09/2018)
A teor dos arestos colacionados, a mera ausência de votação, ou mesmo a declaração de renúncia das candidatas, não pode ser interpretada
isoladamente como demonstração da intenção fraudulenta da coligação a prejudicar todos os seus membros.
Válido observar que o precedente colacionado pelo nobre representante do Ministério Púiblico, oriundo do TRE paulista, se baseou em
elementos fáticos semelhantes quanto à constatação inicial, mulheres candidatas sem votos ou cotas partidárias, mas teve instrução que
fortaleceu a constatação da fraude.
Naqueles autos, notou-se, de um lado, a existência de informações de aliciamento com o objetivo de integralização do mínimo legal, e, de
outro, a ausência de interesse de algumas das candidatas quanto ao exercício do cargo ao qual se propuseram, senão vejamos:
“De mais a mais, consta dos autos certidão emitida por .uma Oficial de Promotoria, em sede de Procedimento Preparatório Eleitoral,
informando que ao intimar a representada Lucimar, esta afirmou "que foi candidata a vereadora a pedido de Carlos Messias [presidente do
partido] para ajudar o partido que precisava de mulheres. candidatas" (fl. 41), certidão esta que, por ter sido emitida por servidora pública no
exercício da sua função, possui presunção de veracidade não elidida pelos representados.
Por sua vez, a recorrida Fernanda Aparecida da Silva, malgrado tenha dito que se candidatou porque "queria fazer mais pela cidade", ao ser
informada que era suplente e que poderia: ser chamada, eventualmente, para ocupar -o cargo -então pleiteado, disse "não ter nenhum
interesse em assumir a vereança", mostrando clara contradição nos seus argumentos.
(…)
Quanto à representada Josimeire Moreira, certo que sua situação não difere das demais. Isso porque, embora tenha decidido concorrer a um
pleito eleitoral pela primeira vez, assim como asutras duas representadas, diga-se, diga-se, acreditando no partido por ele ser "novo", afirmou,
da mesma forma, que "não tem nenhum interesse em assumir qualquer cargo na câmara e não aceitaria se fosse chamada" e que "hão tem
nenhum interesse em política".” (TRE-SP - RE: 37054 SANTA ROSA DE VITERBO - SP, Relator: CLAUDIA LÚCIA FONSECA FANUCCHI,
Data de Julgamento: 01/08/2017, Data de Publicação: DJESP - Diário da Justiça Eletrônico do TRE-SP, Data 08/08/2017)
No caso dos autos, a instrução não comprovou qualquer conluio.
A falta de conhecimento de algumas das requeridas em relação aos procedimentos partidários prévios à candidatura, bem como a sua baixa
arrecadação, é tão compatível com a versão de fraude quanto com a de que a candidatura teria decorrido de mera aventura sem maior
envolvimento, resultando em posterior desistência.
É importante registrar ainda que, consultando-se a votação das 68 pessoas candidatas ao cargo de vereador no pleito, constata-se que
aqueles que tiverm menos de 20 votos, o que pode denotar uma baixa adesão à campanha, encontram-se a seguir relacionados:

Nome do candidato Nome do candidato urna Partido Coligação Votos


nominais do
candidato
MARCELO ANTONIO PELEGRINO MARCELO PELEGRINI PROS PROS/PTB/PC do B/DEM 10
CLAUDI FERNANDES DA SILVA SANTOS CLAUDIA DEM PROS/PTB/PC do B/DEM 8
NATALIA CUNHA SANTOS PEREIRA NATALIA PSD PSD/PSB/PR 8
LEONARDO COELHO SOARES LEO SOARES PSD PSD/PSB/PR 6
JOÃO DA ROCHA FREITAS NEIVA JOÃO NEIVA PTN PRB/PTN/PT do B 16
NAAMA COSTA ALVES VILELA NAAMA PSD PSD/PSB/PR 0
LUIZ CARLOS ALMEIDA MESQUITA SANTOS GORDO PTC PT/PP/PRTB/PSL/PTC/PSC 0
MARIA CRISTINA COSTA ALVES VILELA CRISTINA DE BENEDITA PSD PSD/PSB/PR 0
JOSIENE AMORIM DA SILVA JOSIENE PR PSD/PSB/PR 0
IRAILDES SÁ MELLO IRAILDES PR PSD/PSB/PR 0
JESSIKA FERRAZ SAMPAIO JESSIKA PSD PSD/PSB/PR 0
DAIANA SILVA SANTOS DAIANA PC do B PROS/PTB/PC do B/DEM 0
ROSALIA GOMES DOS ANJOS ROSÁLIA PC do B PROS/PTB/PC do B/DEM 0
ANATALIA LEITE FONSECA ANATÁLIA PTB PROS/PTB/PC do B/DEM 0
JOÃO NASCIMENTO LIMA FILHO DÃO DE JOÃO DO PADRE PSB PSD/PSB/PR 0
ZÃNIA ALMEIDA DE OLIVEIRA ZANIA PTN PRB/PTN/PT do B 0

Diário da Justiça Eleitoral - Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Documento assinado digitalmente conforme MP n. 2.200-2/2001 de 24.8.2001, que institui a
Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil, podendo ser acessado no endereço eletrônico http://www.tse.gov.br
Ano 2018, Número 230 Salvador-BA, quinta-feira, 8 de novembro de 2018 Página 83

Entre os 16 candidatos, nota-se a existência de 5 homens e 11 mulheres com votação inexpressiva no pleito, sendo dois da própria coligação
ré.
O maior índice de mulheres com baixa votação pode ser explicado pelo mesmo fenômeno que a imposição das cotas visa combater. Qual
seja, a relação de retroalimentação entre a ausência de muheres candidatas e a diminuta votação atribuída às pessoas do gênero.
As mulheres na política brasileira, apesar das políticas de cotas, ocupam na atual legislatura menos de 10% das vagas da Câmara dos
Deputados, percentual muito abaixo do mínimo legal para as candidaturas.
Em tal contexto, e considerado o dado objetivo da menor chance de vitória, não é irrazoável compreender que haja um maior índice de
desistência da candidatura dentro deste grupo.
Como se nota, a possível fraude é uma explicação viável, mas não necessária ao fenômeno descrito na inicial, pelo que avalio não haver
indícios claros da sua existência aptos à finalidade pretendida na ação.
Pelo exposto, ante à ausência de prova razoável da fraude inquinada aos membros da coligação, JULGO IMPROCEDENTES os pedidos da
presente AIJE, extinguindo o feito, com fulcro no art. 487, I, do Código de Processo Civil c/c art. 15 do mesmo diploma.
Deixo de fixar honorários advocatícios, pois incabíveis na espécie (lei nº 9.265/1996).
Sem custas.
Após o trânsito em julgado, arquivem-se os autos com as baixas respectivas..
P.R.I.
Lençóis, 26 de outubro de 2018.
Fábio de Oliveira Cordeiro
Juiz Eleitoral

101ª Zona Eleitoral - LIVRAMENTO DE NOSSA SENHORA

Editais

EDITAL N.º 43/2018 LISTA DE APOIAMENTO PARTIDO DA EVOLUÇÃO DEMOCRÁTICA


O Excelentíssimo Doutor JOÃO LEMOS RODRIGUES, MM. Juiz Eleitoral da 101ª Zona Eleitoral, Município de Livramento de Nossa Senhora-
BA, no uso de suas atribuições legais, FAZ SABER, a todos quanto o presente EDITAL virem, ou dele tiverem conhecimento, que se encontra
à disposição dos interessados na sede deste Cartório Lista de Apoiamento à formação do PARTIDO DA EVOLUÇÃO DEMOCRÁTICA,
conforme expediente protocolizado sob o número 40.040/2018, cujos dados poderão ser impugnados por qualquer interessado, em petição
fundamentada, no prazo de 05 (cinco) dias contados da presente publicação, na forma do artigo 15 da Resolução TSE 23.571/2018.E para
que chegue ao conhecimento de todos, mandou o Excelentíssimo Juiz expedir o presente Edital e publicá-lo no Diário de Justiça Eletrônico.
Dado e passado nesta cidade de Livramento de Nossa Senhora/BA, aos 06 (seis) dias do mês de novembro do ano de dois mil e dezoito.
Eu________________(Erik Marques Rodarte), Técnico Judiciário, digitei o presente, que vai assinado pelo Juiz Eleitoral.
Dr. JOÃO LEMOS RODRIGUES
Juiz Eleitoral da 101ª Zona

134ª Zona Eleitoral - UBATÃ

Intimações

ELEIÇÕES 2016 - PRESTAÇÃO DE CONTAS DE CAMPANHA


PROCESSO Nº 12-60.2017.6.05.0134
PRESTAÇÃO DE CONTAS CANDIDATO
ELEIÇÕES MAJOTITÁRIA: 2016
COLIGAÇÂO “ BARRA DO ROCHA NO RUMO DO PROGRESSO”- MUNICIPIO-BARRA DO ROCHA
CANDIDATOS (A) – VERA LÚCIA FRANCO RAMOS COSTA( PREFEITO)
VALDIR CONCEIÇÃO TAVARES (VICE-PREFEITO)
ADVOGADO: ANDRÉ FELIPE MARINHO COSTA – OAB: 47.183/BA
INTIMAÇÃO
De ORDEM da Excelentíssima Senhora Dra. Alzeni Conceição Barreto Alves, Juíza Eleitoral Designada desta 134ª Zona Eleitoral, INTIMO
o(a) candidato(a) acima nominado(a) para tomar conhecimento da decisão da Juíza Eleitoral que aprovou suas contas da Campanha Eleitoral
de 2016, conforme sentença abaixo transcrita.

Diário da Justiça Eleitoral - Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Documento assinado digitalmente conforme MP n. 2.200-2/2001 de 24.8.2001, que institui a
Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil, podendo ser acessado no endereço eletrônico http://www.tse.gov.br
Ano 2018, Número 230 Salvador-BA, quinta-feira, 8 de novembro de 2018 Página 84

Ubatã, 06 de novembro de 2018.


Sávio Souza Moreira
Técnico Judiciário do Cartório Eleitoral

SENTENÇA
Vistos etc.,
Cuida-se os presentes de PRESTAÇÃO DE CONTAS DE CONTAS DE CAMPANHA ELEITORAL, apresentada pelo candidato (a) (s) VERA
LÚCIA FRANCO RAMOS COSTA ( PREFEITO) e VALDIR CONCEIÇÃO TAVARES (VICE-PREFEITO)
nas Eleições Municipais 2016.
A presente prestação de contas foi apresentada de forma tempestiva, nos termos do artigo 57, da Resolução TSE nº 23.463/2015, de forma
simplificada. O candidato utilizou-se do Sistema de Prestação de Contas Eleitorais (SPCE) disponibilizado pelo Egrégio Tribunal Superior
Eleitoral, nos termos do artigo 49, da Resolução TSE nº 23.463/2015.
Quando do parecer Técnico Conclusivo (PTC), expedido pelo Cartório Eleitoral (fls. 208 a 209), no qual o analista manifesta-se pela
aprovação das contas, onde consta que fora publicado edital de nº 02/2018, em data de 09/04/2018, sem impugnação.
O Ministério Público Eleitoral opinou favoravelmente pela aprovação das contas (fl. 210).
É o relatório. Decido.
Os presentes autos foram encaminhados ao Ministério Público Eleitoral, que apresentou parecer no mesmo sentido daquele apresentado pelo
cartório.
Impõe-se observar que o caso se trata de forma simplificada de prestação de contas criada através da Resolução nº 23.464/2015, para
facilitar o exame das contas de candidatos.
Dessa forma, com fulcro na Lei nº 9.504/97, c/c a Resolução TSE nº 23.463/2015, foi instaurado o presente procedimento
É sabido que, a Justiça Eleitoral exerce a fiscalização sobre a escrituração contábil e a prestação de contas de candidatos e partidos,
cabendo ao Juiz Eleitoral a verificação da regularidade das contas nas Eleições Municipais, que devem refletir a real movimentação
financeira, contábil e patrimonial da campanha.
Inicialmente, verifico nos autos que as contas foram tempestivamente apresentadas, nos moldes do § 2º do artigo 45 da Resolução TSE nº
23.463/2015, bem como foram apresentadas todas as peças exigidas pelo artigo 59, e utilizado o Sistema de Prestação de Contas Eleitorais
(SPCE), em obediência ao artigo 49, da citada Resolução.
Assim, com base nos documentos juntados nos autos, no Parecer Técnico Conclusivo, e no parecer do Ministério Público Eleitoral, verifico
não haver nos presentes autos irregularidades que comprometam ou impeçam a aprovação das contas.
Gizadas essas considerações, acolho o parecer do Ministério Público Eleitoral, e APROVO AS CONTAS DO (S) CANDIDATO (A) (S), VERA
LÚCIA FRANCO RAMOS COSTA (PREFEITO) e VALDIR CONCEIÇÃO TAVARES (VICE-PREFEITO)
nas Eleições Municipais 2016, nos termos do artigo 68, I, da Resolução TSE nº 23.463/2015.
Proceda-se as devidas anotações no cadastro eleitoral.
Publique-se. Registre-se. Intime-se. Transitado em julgado, sem interposição de recurso, arquivem-se os presentes autos com as
formalidades de praxe.
Ubatã, 28 de setembro de 2018.
Alzeni Conceição Barrêto Alves
Juíza Designada 134ª Zona

PROCESSO Nº 296-05 2016.6.05.0134


PRESTAÇÃO DE CONTAS CANDIDATO
ELEIÇÕES MAJORITÁRIA : 2016 -MUNICIPIO-IBIRAPITANGA
CANDIDATOS (A) – VALDECI SANTOS DE JESUS ALMEIDA( PREFEITO)
JEAN PEREIRA DE ASSUNÇÃO ( VICE-PREFEITO)
ADVOGADO(A): ELIANE SOUZA NASCIMENTO – OAB: 47.081/BA

INTIMAÇÃO
De ORDEM da Excelentíssima Senhora Dra. Alzeni Conceição Barreto Alves, Juíza Eleitoral Designada desta 134ª Zona Eleitoral, INTIMO
o(a) candidato(a) acima nominado(a) para tomar conhecimento da decisão da Juíza Eleitoral que aprovou suas contas da Campanha Eleitoral
de 2016, conforme sentença abaixo transcrita.
Ubatã, 06 de novembro de 2018.
Sávio Souza Moreira
Técnico Judiciário do Cartório Eleitoral

Diário da Justiça Eleitoral - Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Documento assinado digitalmente conforme MP n. 2.200-2/2001 de 24.8.2001, que institui a
Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil, podendo ser acessado no endereço eletrônico http://www.tse.gov.br
Ano 2018, Número 230 Salvador-BA, quinta-feira, 8 de novembro de 2018 Página 85

SENTENÇA
Vistos etc.,
Cuida-se os presentes de PRESTAÇÃO DE CONTAS DE CONTAS DE CAMPANHA ELEITORAL, apresentada pelo candidato (a) (s)
VALDECI SANTOS DE JESUS ALMEIDA LOURENO( PREFEITO) e JEAN PEREIRA DE ASSUNÇÃO (VICE-PREFEITO)
nas Eleições Municipais 2016.
A presente prestação de contas foi apresentada de forma tempestiva, nos termos do artigo 57, da Resolução TSE nº 23.463/2015, de forma
simplificada. O candidato utilizou-se do Sistema de Prestação de Contas Eleitorais (SPCE) disponibilizado pelo Egrégio Tribunal Superior
Eleitoral, nos termos do artigo 49, da Resolução TSE nº 23.463/2015.
Quando do parecer Técnico Conclusivo (PTC), expedido pelo Cartório Eleitoral (fls.261/262) , no qual o analista manifesta-se pela aprovação
das contas, onde consta que fora publicado edital de nº 02/2018, em data de 09/04/2018, sem impugnação.
O Ministério Público Eleitoral opinou favoravelmente pela aprovação das contas (fl. 263).
É o relatório. Decido.
Os presentes autos foram encaminhados ao Ministério Público Eleitoral, que apresentou parecer no mesmo sentido daquele apresentado pelo
cartório.
Impõe-se observar que o caso se trata de forma simplificada de prestação de contas criada através da Resolução nº 23.464/2015, para
facilitar o exame das contas de candidatos.
Dessa forma, com fulcro na Lei nº 9.504/97, c/c a Resolução TSE nº 23.463/2015, foi instaurado o presente procedimento
É sabido que, a Justiça Eleitoral exerce a fiscalização sobre a escrituração contábil e a prestação de contas de candidatos e partidos,
cabendo ao Juiz Eleitoral a verificação da regularidade das contas nas Eleições Municipais, que devem refletir a real movimentação
financeira, contábil e patrimonial da campanha.
Inicialmente, verifico nos autos que as contas foram tempestivamente apresentadas, nos moldes do § 2º do artigo 45 da Resolução TSE nº
23.463/2015, bem como foram apresentadas todas as peças exigidas pelo artigo 59, e utilizado o Sistema de Prestação de Contas Eleitorais
(SPCE), em obediência ao artigo 49, da citada Resolução.
Assim, com base nos documentos juntados nos autos, no Parecer Técnico Conclusivo, e no parecer do Ministério Público Eleitoral, verifico
não haver nos presentes autos irregularidades que comprometam ou impeçam a aprovação das contas.
Gizadas essas considerações, acolho o parecer do Ministério Público Eleitoral, e APROVO AS CONTAS DO (S) CANDIDATO (A)
(S),VALDECI SANTOS DE JESUS ALMEIDA LOURENO ( PREFEITO) e JEAN PEREIRA DE ASSUNÇÃO (VICE-PREFEITO), nos termos
do artigo 68, I, da Resolução TSE nº 23.463/2015.
Proceda-se as devidas anotações no cadastro eleitoral.
Publique-se. Registre-se. Intime-se. Transitado em julgado, sem interposição de recurso, arquivem-se os presentes autos com as
formalidades de praxe.
Ubatã, 28 de setembro de 2018.
Alzeni Conceição Barrêto Alves
Juíza da 134ª Zona

139ª Zona Eleitoral - BARRA DO CHOÇA

Editais

EDITAL N.º 56/2018


EDITAL DE RETIFICAÇÃO DO EDITAL 52/2018
CONVOCAÇÃO PARA A REVISÃO DO ELEITORADO COM IDENTIFICAÇÃO BIOMÉTRICA DA 139ª ZONA ELEITORAL DA BAHIA, A
REALIZAR-SE NO PERÍODO DE 05 A 30 DE NOVEMBRO DE 2018.
Dra. Lázara Abadia de Oliveira Figueira, Juíza desta 139ª Zona Eleitoral, Estado da Bahia, nos termos das Resoluções TSE n.º 21.538/2003 e
n.º 23.440/2015 e Provimentos CRE/BA ns. 7/2016 e 01/2017,
FAZ SABER a todos os eleitores inscritos na 139ª Zona Eleitoral que, no horário das 7h30 as 17h30, entre os dias 05/11/2018 a 30/11/2018,
de segunda a sexta-feira, será realizada REVISÃO DO ELEITORADO COM IDENTIFICAÇÃO BIOMÉTRICA NOS MUNICÍPIOS DE BARRA
DO CHOÇA E PLANALTO, conforme determinação contida nos autos do Processo Administrativo Digital n. 001189/2018 e n. 007371/2018,
ficando todos convocados, exceto aqueles que já realizaram coleta de dados biométricos nas respectivas municipalidades a partir de
28/11/2016, a comparecer ao Cartório Eleitoral, nos horários e dias indicados, devendo, obrigatoriamente, apresentar um documento de
identidade original e oficial e um comprovante de domicílio, conforme orientações expedidas através da Portaria nº 17/2018 expedida por este
juízo.
Os eleitores com biometria deverão conferir a data de emissão do título. Caso a biometria tenha sido realizada em data anterior à 28/11/2016,
o eleitor deverá comparecer ao cartório para realizar nova revisão eleitoral.
Endereço do Cartório Eleitoral: Fórum de Barra do Choça, Av. Dom Climério, nº 111, Centro, Barra do Choça.

Diário da Justiça Eleitoral - Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Documento assinado digitalmente conforme MP n. 2.200-2/2001 de 24.8.2001, que institui a
Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil, podendo ser acessado no endereço eletrônico http://www.tse.gov.br
Ano 2018, Número 230 Salvador-BA, quinta-feira, 8 de novembro de 2018 Página 86

FAZ SABER, finalmente, que o não atendimento à presente convocação implicará no CANCELAMENTO DA INSCRIÇÃO ELEITORAL, após
apreciação individual de cada caso pelo Juiz Eleitoral. E, para constar lavrei o presente edital, que será afixado na forma da lei. Dado e
passado nesta 139ª Zona Eleitoral, aos 16 de outubro de 2018. Eu, Montserrat Viana Riera (__________), chefe do cartório substituta, digitei
e subscrevo.
Dra. Lázara Abadia de Oliveira Figueira
Juíza da 139ª Zona Eleitoral

149ª Zona Eleitoral - ITIÚBA

Intimações

ALEGAÇÕES FINAIS.
INTIMAÇÃO- ALEGAÇÕES FINAIS.
AÇÃO DE INVESTIGAÇÃO JUDICIAL ELEITORAL
PROCESSO N° 656-89.2016.6.05.0149
INVESTIGANTE: MINISTÉRIO PÚBLICO ELEITORAL
INVESTIGADOS: EDVALDO MANOEL REIS,"TEVAL"; DANIEL COSTA MAIA; LOURIVALDO PEREIRA MAIA; EPAMINONDAS FERREIRA
MOTA; ANTÔNIO BARBOSA DOS SANTOS JÚNIOR E JOEDE SILONI AZEVEDO ALVES.
ADVOGADOS: Dr. André Luiz Ribeiro Maia, OAB/BA n° 27.242; Dr. Josemar Santana, OAB/BA n°18.783; Dr. Antônio Frederico Gomes
Paixão, OAB/BA n° 23.202, Dr. Tarcisio de Andrade Bernardo, OAB/BA 20.495.
INTIMAÇÃO
De ordem do Excelentíssimo Senhor Dr. Tardelli Cerqueira Boaventura, Juiz Eleitoral da 149ª ZE/BA, valho-me do presente para INTIMAR os
investigados, na figura dos seus advogados, para apresentação de alegações finais no prazo comum de 5(cinco) dias.
Itiúba/BA, 06 de novembro de 2018
Thayane de Oliveira Albuquerque
Analista Judiciário

160ª Zona Eleitoral - SANTA BÁRBARA

Portarias

PORTARIA
PORTARIA N.º 12/2018/ZE 160
A Excelentíssima Juíza Eleitoral da 160ª ZE, Carla Santa Bárbara Vitório, no uso de suas atribuições legais,
CONSIDERANDO o quanto disposto no art. 7º, §3º da Resolução TSE nº 23.440/2015 e do Provimento nº 07/2016 CRE-BA, art. 3º, caput,
que autoriza a não impressão do Requerimento de Alistamento Eleitoral;
CONSIDERANDO, ainda, o Provimento nº 07/2016 CRE-BA, art. 12, que autoriza, a critério do juiz eleitoral, a retenção de cópias de
documento comprobatório da identidade e do comprovante do domicílio do alistando/eleitor;
CONSIDERANDO a necessidade de diminuição do volume de papel em arquivo no âmbito desta zona eleitoral, uma vez que não possui
espaço suficiente para manutenção de todos os RAES e cópias de documentos, em arquivo;
CONSIDERANDO a necessidade de alinhamento com os objetivos do Tribunal de diminuição, conscientização e racionalização no gasto de
material de consumo;
RESOLVE:
Art. 1º Determinar que fica suspensa não só a retenção de cópias de documentos de identificação do eleitor e de comprovantes de domicílio,
quando da realização de alistamento, transferência, revisão e segunda via, mas também a impressão dos Requerimentos de Alistamento
Eleitoral – RAE, conforme Provimento 007/2016 CRE/TRE-BA.
Art. 2º O Protocolo de Entrega de Título Eleitoral – PETE, assinado pelo eleitor, deverá permanecer arquivado em cartório, juntamente com o
relatório de decisão coletiva para deferimento de RAE, por 6 (seis) anos.
Art. 3º Esta portaria entra em vigor na data de sua publicação.
Publique-se. Registre-se. Cumpra-se.

Diário da Justiça Eleitoral - Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Documento assinado digitalmente conforme MP n. 2.200-2/2001 de 24.8.2001, que institui a
Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil, podendo ser acessado no endereço eletrônico http://www.tse.gov.br
Ano 2018, Número 230 Salvador-BA, quinta-feira, 8 de novembro de 2018 Página 87

Santa Bárbara/BA, 06 de novembro de 2018.


Carla Santa Bárbara Vitório
Juíza Eleitoral da 160ª Zona

176ª Zona Eleitoral - BARRA DO MENDES

Despachos

Parcelamento de Multa
RP – REPRESENTAÇÃO ELEITORAL
ELEIÇÕES 2016
Município: Ibipeba
Processo nº. : 42-03.2016.6.05.0176
Representante: Partido Republicano Brasileiro – PRB
Presidente do Partido: Edson Gomes
Advogado: Elson Souza Gouveia – OAB n.º 42466/BA
Representado: Israel Chaves Lélis
Advogados.:
Ademir Ismerim Medina OAB/BA 7.829
Thainá Souza Lopes OAB/BA 19.452,
Dalmo Pereira Dourado OAB/BA 44.916,
Mirta Oliveira Carvalho Moitinho Dourado OAB/BA 45.524,
Juliana de Almeida Rocha OAB/BA 36.349
Saulo Chaves Lelis OAB/BA 40.461
R.H.
Defiro o parcelamento da multa em 05 vezes iguais e sucessivas, com vencimento da primeira para o dia 20 de novembro de 2018. Ao
cartório para emissão das guias.
Barra do Mendes, 05 de novembro de 2018.
'MARINA LEMOS DE OLIVEIRA
JUÍZA ELEITORAL

Sentenças

AÇÃO PENAL
PROCESSO Nº 44-41.2014.6.05.0176
AÇÃO PENAL
AUTOR: MINISTÉRIO PÚBLICO ELEITORAL
RÉU: NATALÍCIO DE SENA ARAÚJO
ADVOGADO: GINIS BASTOS BARRETO OAB/BA 32076
SENTENÇA
VISTOS.
NATALÍCIO DE SENA ARAÚJO, qualificado nos autos, foi denunciado como incurso nas penas do artigo 11, inciso III, da Lei n.º 6.091/74, eis
que teria, supostamente, no dia 05 de outubro de 2014, no dia das Eleições Gerais de 2014, por volta das 12:00 horas, no Distrito de Mirorós,
Município de Ibipeba, pertencente a esta 176ª Zona Eleitoral, transportado eleitores ilegalmente.
A denúncia foi recebida em 22 de julho de 2015 (fls. 67), o réu foi citado pessoalmente (fls. 82) e a Defesa apresentou resposta à acusação às
fls. 103/105.
É O BREVE RELATÓRIO. DECIDO.

Diário da Justiça Eleitoral - Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Documento assinado digitalmente conforme MP n. 2.200-2/2001 de 24.8.2001, que institui a
Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil, podendo ser acessado no endereço eletrônico http://www.tse.gov.br
Ano 2018, Número 230 Salvador-BA, quinta-feira, 8 de novembro de 2018 Página 88

Dispõe o artigo 397, do Código de Processo Penal que, após o cumprimento do disposto no artigo 396-A, e parágrafos, o juiz deverá absolver
sumariamente o acusado quando verificar qualquer uma das hipóteses elencadas nos incisos I a IV de referido dispositivo, sendo esta a
hipótese dos autos.
Isso porque, não se vislumbra, dos fatos trazidos à apreciação do Poder Judiciário, na denúncia e nos termos de depoimento do Inquérito
Policial, qualquer informação sobre a finalidade eleitoral, qual seja, aliciar o eleitor em favor de determinado candidato ou partido.
Com efeito, diante do que consta nos autos se trata de serviço normal de aluguel de veículo, sem finalidade eleitoral, incidindo, no caso, a
exclusão da tipicidade da conduta.
Como cediço, o direito penal é um ramo do direito constituído por um conjunto de normas fundadas em princípios penais e de política criminal
que visam tutelar a paz social e os bens jurídicos mais relevantes na vida em sociedade. O ponto de destaque do direito penal, em relação
aos outros ramos jurídicos, encontra-se na fragmentariedade, ou seja, o direito penal é o último sucedâneo utilizado para garantir a ordem
jurídica e a paz social. Havendo qualquer ameaça de lesão ou efetiva violação a um bem jurídico, deve-se, imediatamente, procurar
restabelecer a ordem jurídica por meio dos diversos ramos jurídicos existentes. Assim, somente quando nenhum deles conseguir cumprir este
mister, o direito penal deve ser utilizado.
Segundo a teoria constitucionalista do delito, a tipicidade penal concretiza-se quando há tipicidade formal e material. A tipicidade material
configura-se quando houver resultado positivo relevante, imputação objetiva da conduta, imputação objetiva do resultado jurídico, e, nos
crimes dolosos, imputação subjetiva. A tipicidade formal, por sua vez, configura-se quando há adequação da conduta a uma formulação típica
legal. A ausência de um dos elementos da tipicidade material ou a ausência de tipicidade formal exclui o crime.
No caso dos autos, não há que se falar em tipicidade formal, ante a ausência da finalidade explícita eleitoral de aliciamento de eleitor em favor
de candidato ou partido político.
Assim, ante todo o exposto, JULGO IMPROCEDENTE a presente ação penal e ABSOLVO SUMARIAMENTE o réu NATALÍCIO DE SENA
ARAÚJO, qualificado nos autos, da imputação de haver incorrido no artigo 11, inciso III, da Lei n.º 6.091/74, o que faço nos termos do
disposto no artigo 397, inciso III, do Código de Processo Penal.
Arquivem-se os autos oportunamente, após as anotações e comunicações de praxe.
P.R.I.C.
Barra do Mendes, 30 de outubro de 2018.
MARINA LEMOS DE OLIVEIRA
JUÍZA ELEITORAL

203ª Zona Eleitoral - EUNÁPOLIS

Editais

EDITAL
Prestação de Contas nº 24-27.2018.605.0203
Protocolo nº 14.253/2018
Procedência: Eunápolis – Ba
Interessado: Partido Socialismo e Liberdade, Presidente Décio de Oliveira Costa e Tesoureiro Helenival Rodrigues dos Santos.

EDITAL DE INTIMAÇÃO nº 30/2018


De ordem do Excelentíssimo Senhor Dr. Otaviano Andrade de Souza Sobrinho, M.M Juiz Eleitoral da 203ª Zona do Fórum de Eunápolis,
Estado da Bahia, na forma da Lei:
FAZ SABER a todos quanto o presente Edital virem ou dele conhecimento tenham em especial o Senhor Presidente Estadual do Partido
Socialismo e Liberdade – PSOL, da cidade de Salvador-Bahia, Sr. Fábio Nogueira de Oliveira e o Presidente do Diretório Nacional do
Partido Socialismo e Liberdade - PSOL, da cidade de Brasília - DF, Sr. Juliano Medeiros, que se encontram atualmente em lugar incerto
e não sabido, que tramita por este Cartório Eleitoral da 203ª Zona o Processo de Prestação de Contas n.º 24-27.2018.605.0203, ficando os
mesmos intimados para “tomarem conhecimento da sentença do respectivo processo’’.
E para que chegue ao conhecimento de todos, mandou o Excelentíssimo Juiz expedir o presente Edital e publicá-lo no Diário de Justiça
Eletrônico. Dado e passado neste município de Eunápolis-BA, em 06 de novembro de 2018.
Eu, Chefe de Cartório, o fiz digitar e assino
Rodrigo Moreira Cruz
Chefe de Cartório

Diário da Justiça Eleitoral - Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Documento assinado digitalmente conforme MP n. 2.200-2/2001 de 24.8.2001, que institui a
Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil, podendo ser acessado no endereço eletrônico http://www.tse.gov.br
Ano 2018, Número 230 Salvador-BA, quinta-feira, 8 de novembro de 2018 Página 89

Despachos

DESPACHOS
Prestação de Contas nº 24-27.2018.605.0203
Protocolo nº 14.253/2018
Procedência: Eunápolis-BA
Interessados: Partido Socialismo e Liberdade – PSOL, Presidente Décio de Oliveira Costa e Tesoureiro Helenival Rodrigues dos Santos.
Despacho.
Vistos etc.
Tendo em vista que os mandados de intimação enviados pelo correio de fls. 29/30 não foram cumpridos tendo em vista que os presidentes
dos diretórios não residem no endereço informado na nominata, determino a intimação via edital.
Eunápolis, 06 de novembro de 2018.
Dr. Otaviano Andrade de Souza Sobrinho
Juiz Eleitoral

Diário da Justiça Eleitoral - Tribunal Regional Eleitoral da Bahia. Documento assinado digitalmente conforme MP n. 2.200-2/2001 de 24.8.2001, que institui a
Infra-estrutura de Chaves Públicas Brasileira - ICP-Brasil, podendo ser acessado no endereço eletrônico http://www.tse.gov.br