Você está na página 1de 2

Nome: Bruna Antuns Nogueira Carvalho

Disciplina: Psicologia do trânsito

A DESCRIMINALIZAÇÃO DA POSSE DE MACONHA PARA CONSUMO


PESSOAL E SEUS REFLEXOS NO TRÂNSITO BRASILEIRO: O DIREITO
FUNDAMENTAL À PRIVACIDADE E À INTIMIDADE EM FACE DO
DIREITO FUNDAMENTAL À SEGURANÇA VIÁRIA (TRÂNSITO SEGURO)

Se sabe que a capacidade psicomotora dos condutores de veiculo, se altera devido


ao consumo de drogas, em especifico da maconha. Os acidentes de transito, custam muito
a sociedade, deixando o Braisl em quarto lugar, em numero de mortos no transito nas
Américas (CIDADES,2018). A descriminilização da maconha, que ainda tramita no
Supremo Tribunal Federal, segue em vias da liberação para consumo pessoal.

O Brasil não possui um sistema eficaz de fiscalização, em relação a condutores de


veículos que diri sob o efeite de drogas especificas. Com a liberação do uso para consumo
pessoal de maconha, haveria ascencao do numero de consumidores e posteriormente a
interação, consumo de drogas e direção.

A falha humana foi evidenciada, como a maior causadora de acidentes nas


rodovias, tendo como caracteristica principal, a falta de atenção. Sendo a maconha uma
droga psicotropica, que age diretamente alterando nosso Sistema Nervoso Central,
sentidos e função cognitiva.

Como poderia uma droga que causa tantas alterações importantes ao nosso
organismo, dando enfase a alteração de atenção e percepção, podendo ocorrer até mesmo
ilusões, pode ser liberada, mesmo para fins de consumo pessoal? O Estado Brasileiro,
juntamente com nossos governantes, precisam rever, todos os aspectos que envolvem tal
descriminalização, para que possa haver consideravel mudança cultural, orindo dessa
medida em questão. Assim como a Lei Seca, que após implementada, começa a surtir
efeitos na sociedade.
REFERÊNCIAS

CIDADES, Segurança Viária: Ministério das Cidades assina acordo de cooperação para auxiliar
na implementação do Pnatrans, Ministério das Cidades 2018. Disponivel em:
<http://www.cidades.gov.br/ultimas-noticias/5739-seguranca-viaria-ministerio-das-cidades-
assina-acordo-de-cooperacao-para-auxiliar-na-implementacao-do-pnatrans>. Acesso em: 12
Setembro 2018.

SANTOS, Jorge Amaral dos. A DESCRIMINALIZAÇÃO DA POSSE DE MACONHA PARA


CONSUMO PESSOAL E SEUS REFLEXOS NO TRÂNSITO BRASILEIRO: O DIREITO
FUNDAMENTAL À PRIVACIDADE E À INTIMIDADE EM FACE DO DIREITO FUNDAMENTAL
À SEGURANÇA VIÁRIA (TRÂNSITO SEGURO). Seminário Nacional Demandas Sociais e
Políticas Públicas na Sociedade Contemporânea.