Você está na página 1de 14

Andebol

Colégio das Terras de Santa Maria Daniela


Moreira Oliveira Aguiar, 9ºA, nº8
Índice
Introdução ..................................................................................................................................... 2
História do Andebol ....................................................................................................................... 3
Características do Andebol ............................................................................................................ 5
O Campo de Andebol e a Baliza ...................................................................................................... 6
A Bola de Andebol.......................................................................................................................... 6
Os Jogadores ......................................................................................................................................... 7
Regulamento ................................................................................................................................. 8
Passes .................................................................................................................................................. 11
Remates....................................................................................................................................... 12
Arbitragem .................................................................................................................................. 13
Bibliografia .................................................................................................................................. 14
Introdução
O andebol, como o próprio nome indica, é jogado apenas com as mãos. A
movimentação em campo tem características semelhantes às do basquetebol (passe,
recepção e remate). A recepção da bola é importante e utiliza-se o drible para
prosseguir no terreno. O campo é rectangular e possui duas balizas nas linhas de fundo. A
área de seis metros situada em frente à baliza não pode ser pisada por qualquer jogador,
com excepção do guarda-redes. O jogo tem a duração de 60 minutos. A bola deve ter
entre 54 e 60 cm de perímetro, e pesar entre 325 e 475 g.

História do Andebol
No Andebol, como em tantos outros jogos, é difícil determinar a sua origem. É
considerado um dos mais jovens desportos se bem que tenha as suas origens na mais
remota antiguidade.

Na antiga Grécia já se praticava um desporto de bola com a mão conhecido como jogo da
Ucrânia, que Homero descreve na "Odisseia" e do qual foi descoberto em 1926, em
Atenas, um magnífico baixo-relevo, que deve datar de 600 a.C. Na Idade Média estes
jogos continuaram a ser jogados principalmente na corte, sendo baptizados pelos
trovadores como "Os primeiros Jogos do Verão".

Nos finais do século passado, em 1980, o professor Konrad Kech criou um jogo com umas
regras não muito diferentes do Andebol.

Na Chequeslováquia, já há muito tempo é praticado um desporto popular e


semelhante ao Andebol, o Azena, nome pelo qual ainda hoje é conhecido este
desporto naquele país.
Em Portugal, muito antes de ser divulgado o Andebol, existia um desporto
praticado na cidade do Porto, conhecido por Malheiral. Foi-lhe posto este nome
porque o seu criador foi o professor de Ed. Física Porfírio Malheiro.

Na Bélgica no curso normal de provincial de ed. Física da província de Liége, em 1913, o


professor de Lucien Dehoux, apresentou o andebol das três casas, que depressa se
expandiu, chegando, entre 1915 e 1918, a organizar-se campeonatos.

Durante a guerra, em 1917, apareceu na Alemanha um novo jogo de equipa, o andebol,


imaginado pelo professor de Ginastica Feminina Wasc Heiser, que o jogava com as suas
alunas nas áleas de uma das principais avenidas de Berlim. Todavia, qualquer destes
jogos não conseguiu impor-se e o Andebol, como desporto devidamente codificado, só
apareceu após a I Guerra Mundial.

Correntemente atribui-se a sua criação aos Alemães Hirschmann e Carl Schelenz. No


entanto o Uruguai revendica para si a paternidade desse jogo, hoje tão popular em todo
o Mundo.

Teria sido o seu criador o professor de educação física António Valeta, criador aliás de
muito outros jogo nacionais uruguaios e que pretendeu fazer com ele uma replica do
futebol tendo-lhe dado o nome de Balon.

Pretendem os Uruguaios que foram


alguns marinheiros Alemães
pertencentes a vários navios,
detidos no porto de Montevideu ao
iniciarem-se as hostilidades da I
Guerra Mundial e internados em
campos de fixação, que, como
praticamente entusiastas da Ed.
Física, tomaram contacto com o
Balon e desde logo se
entusiasmaram. Mais tarde, ao
serem repatriados, teriam difundido
aquele jogo e teria sido o
Dr. Carl Schelenz o autor da compilação das suas regras, o que deu origem à sua sobreposição
de haverem sido os Alemães os criadores do Andebol.

O grande incremento do Andebol a nível mundial deve-se ao aparecimento da variante


do Andebol de 7, em vez, do Andebol de 11 praticado originalmente. Esta variante foi
criada nos países nórdicos (Suécia e Dinamarca), onde, devido ao rigor dos Invernos se
tornava impossível praticar este desporto nos campos ao ar livre, tendo estes que ser
substituídos por salas fechadas, o que obrigou a diminuir o número de jogadores em
campo.

Esta modalidade veio a despertar, grande interesse, tendo-se disputado o primeiro


campeonato do mundo em 1938, com a vitória da Alemanha. Porém, só a partir de
1954 as competições internacionais de Andebol de 7 passaram a ser disputados com
regularidade.

Em Portugal, o Andebol de 11 começou a ser praticado na cidade do Porto, onde foi


introduzido nos finais de 1929, pelo desportista alemão Armando Tshopp. A primeira
apresentação oficial de um jogo de Andebol teve lugar em 31 de Janeiro de 1931, no
Porto, e ainda nesse ano foi formado a associação de Andebol de Lisboa, seguida em
1932 pela associação do Porto.

O Andebol de 7 foi introduzido em Portugal em 1949, por outro alemão, Henrique Feist,
residente no nosso país. O primeiro torneio oficial da modalidade foi organizado por
Feist na vila de Cascais, no Verão de 1949.

A crescente popularidade do Andebol de 7, tanto no nosso país como


internacionalmente levou à gradual extinção da variedade de 11, que desde há alguns
anos deixou completamente de se praticar.

Características do Andebol
O Andebol é um jogo desportivo colectivo
praticado por duas equipas, cujo objectivo é
introduzir a bola na baliza da equipa
adversária e evitar que ela seja introduzida na
sua, respeitando as regras do jogo.

O recinto oficial de jogo é rectangular


delimitado por duas linhas laterais e duas
linhas de baliza. Sobre cada uma destas
últimas, ao centro, está colocado uma baliza.

Ganha o jogo a equipa que, no fim do tempo


regulamentar, tenha obtido o maior número de
golos. No entanto, os empates são permitidos
no Andebol. Nas situações em
que seja necessário desempatar, existirá um prolongamento de 10 minutos,
divididos em 2 partes de 5 minutos. Subsistindo a igualdade, efectua-se um
segundo prolongamento e, só depois, caso seja necessário, séries de 5 livres de 7
metros.

Número de jogadores 12: 7 efectivos e 5 suplentes


Dimensões do campo 40 m. de comprimento p/20 m. de largura
Bola Perímetro: 4 a 60 cm. Peso: 325 a 475 g.
Baliza 3 m. de largura p/2 m de altura
Duração 60 minutos, divididos em 2 partes de 30 minutos
Juizes 2 árbitros, 1 secretário e 1 cronometrista
O Campo de Andebol e a Baliza
O campo de Andebol tem 40 metros de comprimento e 20 metros de largura. Este campo
tem várias linhas que são: as linhas de 9 metros, de 7 metros e de 4 metros, a linha de
meio-campo e a linha lateral.

A baliza tem 3 metros de largura por 2 metros altura.

A Bola de Andebol
A bola de Andebol varia no perímetro e no peso, consoante os escalões que é
jogada.

No escalão de seniores e juniores tem um perímetro de 58 a 60 cm. e um peso de 425 a


475 g.

Na classe das senhoras e no escalão dos juvenis tem um perímetro de 54 a 56 cm. e um


peso de 325 a 400 g.

A bola só pode ser jogada com as mãos ou com qualquer parte do corpo acima dos joelhos.
Esta não pode ser agarrada durante mais de 3 segundos, com excepção dos jogos de
iniciantes desta modalidade. Os jogadores não podem dar mais de 3 passos com a bola na
mão. No Andebol, é obrigatório usar o
drible com uma das mãos, e se a bola for agarrada durante o drible com as duas mãos, o
jogador terá imediatamente de passar a bola a outro jogador ou rematar.
É golo, só quando a bola ultrapassa completamente a linha de baliza.

Os Jogadores
Uma equipa é constituída por 12 jogadores: 2 guarda-redes, 10 jogadores, dos quais 6
estão dentro de campo, e o restante são suplentes. No entanto há equipas que só têm 1
guarda-redes, dispondo de 11 elementos.

As substituições podem ser feitas sem a autorização do árbitro, mas têm de ser feitas
dentro da zona própria.

Os jogadores têm por obrigação respeitar-se mutuamente


dentro do campo, e não podem recorrer a atitudes
incorrectas para alcançar o seu objectivo.
Regulamento

Regras Arbitragem
Começo do jogo
O jogo começa com um lançamento de saída, O árbitro apita para iniciar o jogo .Os
no centro do campo. jogadores defesas devem estar a 3 m. do
portador da bola, no seu meio
campo.
Golo
É golo quando a bola ultrapassa O árbitro assinala o golo com 2 apitos
completamente a linha de baliza entre os consecutivos. O jogo recomeça com um
postes e por debaixo da lançamento de saída.
trave.
Como se pode jogar a bola
A bola é jogada exclusivamente com as mãos, A infracção a estas regras é sancionada com o
podendo ser passada, rematada ou conduzida lançamento livre. O árbitro interrompe o
em drible jogo. Com um braço aponta o lugar de
em qualquer direcção. marcação do lançamento livre e com o outro
Com a bola nas mãos, apenas é sinaliza a direcção do ataque.
permitido realizar 3 passes.
Na acção de drible, não é permitido:

1) Bater a bola com as 2 mãos


simultaneamente;

2) Driblar,controlar a bola com 1 ou as 2 mãos e


voltar a driblar;

3) Acompanhar a bola com a mão, no momento


do drible(transporte).
Um jogador que não está em drible só pode
ter a bola em seu poder durante um
período máximo de 3
segundos.
Não é permitido socar a bola ou lançar-se
ao solo para a agarrar!"
Bola fora
A bola está fora quando ultrapassa
completamente as linhas laterais ou de baliza,
pois as linhas que delimitam o campo fazem
parte dele.
Bola saída pela linha lateral Reposição efectuada pela equipa que não
teve responsabilidade na saída da bola. O
arbitro indica o sentido do
ataque com os 2 braços paralelos.
Bola saída pela linha de baliza tocada por um Reposição efectuada por 1 atacante no
defensor. ponto de encontro da linha lateral com
a linha de baliza.

O árbitro indica o sentido do ataque com


os 2 braços paralelos.
A bolasaídapela linha debaliza tocada pelo Lançamento de baliza.
guarda-redes ou por 1 atacante.
O árbitro flecte a mão apontando para o
interior da área de baliza.
Conduta para com o adversário
É proibido agarrar, puxar, empurrar ou impedir Lançamento livre.
o movimento de 1 adversário, usando os
braços ou as pernas. O árbitro indica o local onde deve ser
executado o lançamento livre.

Se a falta for cometida sobre 1 jogador que


se encontre em situação flagrante de marcar
golo: livre de 7 metros.

O árbitro aponta para a marca de 7


metros
Falta do atacante
Quando 1 atacante carrega um jogador defesa Lançamento livre.
cujo posicionamento estava claramente definido,
diz-se O árbitro indica o local onde deve ser
que houve falta do atacante. executado o lançamento livre.
Jogo passivo
Diz-se que há jogo passivo quando, na opinião Os dois árbitros levantam 1 dos braços na
do árbitro, 1 equipa de posse da bola não vertical, informando que a equipa está em
manifesta intenção de rematar à baliza. vias de ser penalizada por jogo passivo.

Se o árbitro assinalar jogo passivo, manda


marcar 1 lançamento livre, que será
executado no local onde estava a
bola no momento da interrupção.

Sanções disciplinares
Um jogador comete 1 falta não muito grave Lançamento livre ou lançamento de 7
sobre 1 adversário... metros e advertência.

O árbitro exibe o cartão amarelo.


Sanções disciplinares (cont.)
Um jogador volta a cometer 1 falta pela qual já Lançamento livre ou lançamento de 7
foi advertido, ou tem uma atitude metros e exclusão.
antidesportiva, por exemplo, não deixar a
bola no solo após o apito do árbitro. Durante 2 minutos o jogador não
participa no jogo. O árbitro executa sinal
de exclusão.
Um jogador é excluído pela terceira Lançamento livre ou lançamento de 7
vez ou tem uma atitude metros e desqualificação.
antidesportiva grave...
O árbitro exibe cartão vermelho.

O jogador desqualificado abandona o


campo e a sua equipa jogará durante 2
minutos com menos um jogador.
Um jogador comete 1 agressão, no interior ou Lançamento livre ou lançamento de 7
fora do recinto do jogo... metros e expulsão.

O árbitro indica a expulsão, cruzando os braços


acima da cabeça. A equipa joga durante o
resto do jogo com menos um
jogador.
Área de baliza e guarda-redes
O guarda-redes é o único jogador a quem é
permitido permanecer dentro da área de
baliza. Dentro dela, pode defender com
qualquer parte do corpo, incluindo os pés, e
movimentar-se com a bola na mão sem
limitações. Fora da áreade baliza, é
considerado como um
jogador de campo.

O guarda-redes não pode sair da área de Lançamento livre.


baliza com a bola na mão.
O árbitro aponta para o local da falta na linha
de lançamento livre (9 metros).
O guarda-redes não pode entrar na área de Livre de 7 metros.
baliza com a bola na mão.
O árbitro aponta para a marca de 7
metros.
Nenhum jogador pode passar a bola ao seu Livre de 7 metros.
guarda-redes quando este está nointeriorda
áreadebaliza. O árbitro aponta para a marca de 7
metros.
A área de baliza não pode ser pisada por O árbitro indica "violação" da área e
atacantes ou defensores. assinala lançamento livre, no caso de ter
sido um jogador atacante a pisar a área
restrita.

Se for um defesa, desde que acidentalmente, o


árbitro marcará
Área de baliza e guarda-redes (cont.)
lançamento livre. Se houver
intencionalidade em entrar na área para
apanhar a bola ou travar 1 acção
de remate, assinalará livre de 7 metros.
Substituições
Durante o jogo, qualquer jogador A sua entrada em campo pode fazer-se
pode ser substituído. em qualquer momento, desde que o jogador
que vai ser substituído já tenha saído do
terreno de jogo pela zona de substituição
existente no seu meio
campo defensivo.
Descontos de tempo
Durante o jogo, cada treinador tem direito a O delegado da equipa entrega um talão verde
solicitar 1 desconto de tempo de 1 minuto, a um oficial de mesa, solicitando o desconto
em cada meio tempo. de tempo. O desconto de tempo será
concedido imediatamente antes de 1
lançamento de baliza ou de 1 lançamento de
saída após golo, a ser
executado pela equipa que o solicitou.

Passes

1 - A duas mãos
2 - De costas
3 - De anca
4 - De nuca
Remates

Em queda

Em suspensão Em basculação

Em suspensão com
De ângulo aberto Em mergulho
basculação
Arbitragem
Sinais usados na arbitragem dos jogos de Andebol:
Bibliografia
 "Hoje há Educação Física" - 7º / 8º / 9º de João Barata, Olímpio Coelho - Texto
Editora
 "O Universo das actividades Físicas" - 5º / 6º de João Jacinto, Sebastião Cruz,
Maria da Graça Santos, Francisco Carreiro da Costa - Lisboa Editora
 "Dicionário Enciclopédico" - KLS - Volume 3