Você está na página 1de 50

Manual de Automação

BTS 350  REVISÃO: 01 (05/2013)

ASLOTEST TURBIDIMÉTRICO
CKMB
COLESTEROL HDL DIRETO
COLESTEROL LDL DIRETO
FERRITINA TURBIDIMÉTRICA
HEMOGLOBINA HbA1c
MICROALBUMINÚRIA TURBIDIMÉTRICO
PCRTEST TURBIDIMÉTRICO
PCRTEST ULTRASENSÍVEL
REUMATEST TURBIDIMÉTRICO
Manual de Automação - BTS 350

ÍNDICE REVISÃO: 01 (05/2013)

KIT PÁGINA KIT PÁGINA

ALBUMINA ................................................................... 01 FOSFATASE ALCALINA COLORIMÉTRICA ................. 25

ALT/TGP ....................................................................... 02 FOSFATASE ÁCIDA COLORIMÉTRICA ........................ 26

AMILASE ...................................................................... 03
FOSFATO ..................................................................... 27
AMILASE CNPG ........................................................... 04
FOSFATO UV ................................................................ 28
ASLOTEST TUBIDIMÉTRICO ...................................... 05
GAMA GT ...................................................................... 29
AST/TGO ...................................................................... 06
GAMA GT CINÉTICA ..................................................... 30
BILIRRUBINA ............................................................... 07
GLICOSE ENZ. LÍQUIDA ............................................. 31
CÁLCIO ........................................................................ 08
HEMOGLOBINA ........................................................... 32
CÁLCIO ARSENAZO .................................................... 09
HEMOGLOBINA GLICADA ........................................... 33
CKMB (LANÇAMENTO) ..................................................... 10
HEMOGLOBINA HbA1c ................................................ 34
CK NAC ........................................................................ 11
MAGNÉSIO .................................................................. 35
CLORETO COLORIMÉTRICO ..................................... 12
MICROALBUMINÚRIA TURBIDIMÉTRICA (LANÇAMENTO) 36
COLESTEROL ENZ. LÍQUIDO .................................... 13
MICROPROTE pirogalol .............................................. 37
COLESTEROL HDL .................................................... 14
MUCOPROTEÍNAS ...................................................... 38
COLESTEROL HDL DIRETO ...................................... 15
PCRTEST TURBIDIMÉTRICO (LANÇAMENTO) ................ 39
COLESTEROL LDL DIRETO ....................................... 16
PCRTEST ULTRASENSÍVEL (LANÇAMENTO) .................. 40
COLINESTERASE ....................................................... 17
POTÁSSIO ................................................................... 41

CPK .............................................................................. 18
PROTEÍNAS TOTAIS .................................................... 42

CREATININA CINÉTICA ............................................... 19 REUMATEST TURBIDIMÉTRICO (LANÇAMENTO) ............ 43

DHL .............................................................................. 20 TRANSAMINASES ....................................................... 44

DHL UV ........................................................................ 21 TRIGLICÉRIDES ENZ. LÍQUIDO ................................. 45

FERITINA TURBIDIMÉTRICA (LANÇAMENTO) .................. 22 URATO ENZIMÁTICO LÍQUIDO ................................... 46

FERRO ........................................................................ 23 UREIA 500 ................................................................... 47

FOSFATASE ALCALINA CINÉTICA .............................. 24 UREIA UV ..................................................................... 48

SAC: 0800 644 6433 w w w.doles.com .br


Manual de Automação - BTS 350

ALBUMINA

Nome completo Albumina Doles * Parâmetro a ser definido pelo usuário.


Unidade g/dL
Procedimento Técnico
Modo de cálculo Ponto Final
Vide instruções de uso do kit
Modo de leitura Monocromática
Filtro de leitura 635 Calibração
Filtro referência - Para obtenção do fator, recomenda-se dosar
Volume de amostra 500µL em triplicata o padrão, ler as absorvâncias e
Temperatura 37ºC tirar a média aritmética das mesmas.
Decimais 1
Controle de Qualidade
Réplicas branco 1
O uso de soro controle de referência deve
Réplicas amostra 1
ser uma prática rotineira do laboratório.
Tempo de estabiliz. 1
Recomenda-se utilizar um soro controle com
Calibração Padrão
valor na faixa de normalidade (soro controle
N° de calibradores 1 N - Doles) e outro soro controle de valor
Concentração 1 4 elevado (soro controle P - Doles).
Réplicas calibr. *
Limite linearidade 8
Limite branco 0,200 BTS 350 é marca registrada de seus
Valor mínimo normal * proprietários.
Valor máximo normal *
Controle 1 *
Nome do controle 1 *
Lote do controle 1 *
Controle 1 mínimo *
Controle 1 máximo *
Controle 2 *

SAC: 0800 644 6433 w w w.doles.com .br 01


Manual de Automação - BTS 350

ALT/TGP UV
LISTAGEM DE PARÂMETROS * Parâmetro a ser definido pelo usuário.
Nome completo ALT/TGP
Procedimento Técnico
Unidade U/L
Vide instruções de uso do kit
Modo de cálculo Cinética
Curva de reação Decrescente Controle de Qualidade
Filtro de leitura 340 O uso de soro controle de referência deve
Volume de amostra 500µL ser uma prática rotineira do laboratório.
Temperatura 37ºC Recomenda-se utilizar um soro controle com
Decimais 0 valor na faixa de normalidade (soro controle
Tempo de incubação 60 N - Doles) e outro soro controle de valor
Tempo de leitura 180 elevado (soro controle P - Doles).
Absorb. inicial 0
Calibração Fator
BTS 350 é marca registrada de seus
Fator 1746
proprietários.
Limite linearidade 350
Valor mínimo normal *
Valor máximo normal *
Controle 1 *
Nome do controle 1 *
Lote do controle 1 *
Controle 1 máximo *
Controle 1 mínimo *
Nome do controle 2 *
Lote do controle 2 *
Controle 2 máximo *
Controle 2 mínimo *

SAC: 0800 644 6433 w w w.doles.com .br 02


Manual de Automação - BTS 350

AMILASE
LISTAGEM DE PARÂMETROS * Parâmetro a ser definido pelo usuário.
Nome completo Amilase
Procedimento Técnico
Unidade un/dL
Vide instruções de uso do kit. Leitura em
Modo de cálculo Absorvância
CUBETA.
Curva de reação -
Modo de leitura -
Cálculos
Filtro de leitura 670 Vide instruções de uso do kit
Filtro referência -
Volume de amostra 500µL Controle de Qualidade
Temperatura 37ºC O uso de soro controle de referência deve
Decimais - ser uma prática rotineira do laboratório.
Réplicas branco - Recomenda-se utilizar um soro controle com
Réplicas amostra - valor na faixa de normalidade (soro controle
Tempo de estabiliz. - N - Doles) e outro soro controle de valor
Calibração - elevado (soro controle P - Doles).
N° de calibradores -
Concentração -
BTS 350 é marca registrada de seus
Réplicas calibr. *
proprietários.
Limite linearidade -
Limite branco -
Valor mínimo normal -
Valor máximo normal -
Controle 1 *
Controle *

SAC: 0800 644 6433 w w w.doles.com .br 03


Manual de Automação - BTS 350

AMILASE CNPG
LISTAGEM DE PARÂMETROS * Parâmetro a ser definido pelo usuário.
Nome completo AMILASE
Procedimento Técnico
Unidade U/L
Vide instruções de uso do kit
Modo de cálculo Cinética
Curva de reação Crescente
Controle de Qualidade
Filtro de leitura 405 O uso de soro controle de referência deve
Volume de amostra 500µL ser uma prática rotineira do laboratório.
Temperatura 37ºC Recomenda-se utilizar um soro controle com
Decimais 0 valor na faixa de normalidade (soro controle
Tempo de incubação 30 N - Doles) e outro soro controle de valor
Tempo de leitura 60 elevado (soro controle P - Doles).
Absorb. inicial 0
Calibração Fator
BTS 350 é marca registrada de seus
Fator 3953
proprietários.
Limite linearidade 2000
Valor mínimo normal *
Valor máximo normal *
Controle 1 *
Nome do controle 1 *
Lote do controle 1 *
Controle 1 máximo *
Controle 1 mínimo *
Nome do controle 2 *
Lote do controle 2 *
Controle 2 máximo *
Controle 2 mínimo *

SAC: 0800 644 6433 w w w.doles.com .br 04


Manual de Automação - BTS 350

ASLOTEST TURBIDIMÉTRICO
* Parâmetro a ser definido pelo usuário.
LISTAGEM DE PARÂMETROS
Nome completo ASLO TURB
Procedimento Técnico
Unidade U.I/mL
Vide instruções de uso do kit.
Modo de cálculo Tempo Fixo
Curva de reação Crescente Calibração
Filtro de leitura 546 Para obtenção do fator, recomenda-se
Volume de amostra 500µL dosar em triplicata o calibrador, ler as
Temperatura 37ºC absorvâncias e tirar a média aritmética das
Decimais 0 mesmas.
Réplicas amostra 1
Controle de Qualidade
Tempo de incubação 5
O uso de controle de referência deve ser
Tempo de leitura 120 uma prática rotineira do laboratório.
Calibração Calibrador Recomenda-se utilizar um controle com
N° de calibradores 1 valor na faixa de normalidade e outro
Concentração 1 Variável de acordo controle de valor elevado.
com o lote do kit.
Limite linearidade 800
Limite branco 2,000 BTS 350 é marca registrada de seus
Valor mínimo normal * proprietários.
Valor máximo normal *
Controle 1 *
Nome do controle 1 *
Lote do controle 1 *
Controle 1 mínimo *
Controle 1 máximo *
Controle 2 *

SAC: 0800 644 6433 w w w.doles.com .br 05


Manual de Automação - BTS 350

AST/TGO UV
LISTAGEM DE PARÂMETROS * Parâmetro a ser definido pelo usuário.
Nome completo AST/TGO
Procedimento Técnico
Unidade U/L
Vide instruções de uso do kit
Modo de cálculo Cinética
Curva de reação Decrescente Controle de Qualidade
Filtro de leitura 340 O uso de soro controle de referência deve
Volume de amostra 500µL ser uma prática rotineira do laboratório.
Temperatura 37ºC Recomenda-se utilizar um soro controle com
Decimais 0 valor na faixa de normalidade (soro controle
Tempo de incubação 60 N - Doles) e outro soro controle de valor
Tempo de leitura 180 elevado (soro controle P - Doles).
Absorb. inicial 0
Calibração Fator
BTS 350 é marca registrada de seus
Fator 1746
proprietários.
Limite linearidade 350
Valor mínimo normal *
Valor máximo *
normal
Controle 1 *
Nome do controle 1 *
Lote do controle 1 *
Controle 1 máximo *
Controle 1 mínimo *
Nome do controle 2 *
Lote do controle 2 *
Controle 2 máximo *
Controle 2 mínimo *

SAC: 0800 644 6433 w w w.doles.com .br 06


Manual de Automação - BTS 350

BILIRRUBINA
BILIRRUBINA TOTAL BILIRRUBINA DIRETA

LISTAGEM DE PARÂMETROS LISTAGEM DE PARÂMETROS


Nome completo BILIRRUBINA TOTAL Nome completo BILIRRUBINA DIRETA
Unidade mg/dL Unidade mg/dL
Modo de cálculo Diferencial Modo de cálculo Diferencial
Filtro de leitura 546 Filtro de leitura 546
Volume de amostra 500µL Volume de amostra 500µL
Temperatura 0 Temperatura 0
Decimais 1 Decimais 1
Réplicas branco 1 Réplicas branco 1
Réplicas amostra 1 Réplicas amostra 1
Tempo de estabiliz. 3 Tempo de estabiliz. 3
Calibração Padrão Calibração Padrão
N° de calibradores 1 N° de calibradores 1
Concentração 1 A concentração do Concentração 1 A concentração do
padrão é variável de padrão é variável de
acordo com o lote acordo com o lote do
do produto. produto.
Réplicas calibr. 1 Réplicas calibr. 1
Limite linearidade 20 Limite linearidade 20
Limite branco - Limite branco -
Valor mínimo normal * Valor mínimo normal *
Valor máximo normal * Valor máximo normal *
Controle 1 * Controle 1 *
Lote do controle * Lote do controle *
Controle 1 máximo * Controle 1 máximo *
Controle 1 mínimo * Controle 1 mínimo *
Controle 2 * Controle 2 *

* Parâmetro a ser definido pelo usuário. ser uma prática rotineira do laboratório.
Recomenda-se utilizar um soro controle com
Procedimento Técnico valor na faixa de normalidade (soro controle
Vide instruções de uso do kit N - Doles) e outro soro controle de valor
elevado (soro controle P - Doles).
Calibração
Para obtenção do fator, recomenda-se
dosar em triplicata o padrão, ler as BTS 350 é marca registrada de seus
absorvâncias e tirar a média aritmética das proprietários.
mesmas.

Controle de Qualidade
O uso de soro controle de referência deve

SAC: 0800 644 6433 w w w.doles.com .br 07


Manual de Automação - BTS 350

CÁLCIO

LISTAGEM DE PARÂMETROS * Parâmetro a ser definido pelo usuário.


Nome completo Cálcio
Procedimento Técnico
Unidade mg/dL
Vide instruções de uso do kit. Leitura em
Modo de cálculo Ponto Final
CUBETA.
Modo de leitura Monocromática
Filtro de leitura 578 Calibração
Filtro referência - Para obtenção do fator, recomenda-se dosar
Volume de amostra 500µL em triplicata o padrão, ler as absorvâncias e
Temperatura 37ºC tirar a média aritmética das mesmas.
Decimais 1
Réplicas branco 1 Controle de Qualidade
Réplicas amostra 1 O uso de soro controle de referência deve
ser uma prática rotineira do laboratório.
Tempo de estabiliz. 1
Recomenda-se utilizar um soro controle com
Calibração Padrão
valor na faixa de normalidade (soro controle
N° de calibradores 1 N - Doles) e outro soro controle de valor
Concentração 1 10 elevado (soro controle P - Doles).
Réplicas calibr. *
Limite linearidade 15
Limite branco 0,532 BTS 350 é marca registrada de seus
Valor mínimo normal * proprietários.
Valor máximo normal *
Controle 1 *
Nome do controle 1 *
Lote do controle 1 *
Controle 1 mínimo *
Controle 1 máximo *
Controle 2 *

SAC: 0800 644 6433 w w w.doles.com .br 08


Manual de Automação - BTS 350

CÁLCIO ARSENAZO

LISTAGEM DE PARÂMETROS * Parâmetro a ser definido pelo usuário.


Nome completo Cálcio Arsenazo
Procedimento Técnico
Unidade mg/dL
Vide instruções de uso do kit
Modo de cálculo Ponto Final
Modo de leitura Monocromática Calibração
Filtro de leitura 670 Para obtenção do fator, recomenda-se dosar
Filtro referência - em triplicata o padrão, ler as absorvâncias e
Volume de amostra 500µL tirar a média aritmética das mesmas.
Temperatura 37ºC
Decimais 1 Controle de Qualidade
Réplicas branco 1 O uso de soro controle de referência deve
Réplicas amostra 1 ser uma prática rotineira do laboratório.
Tempo de estabiliz. 1 Recomenda-se utilizar um soro controle com
valor na faixa de normalidade (soro controle
Calibração Padrão
N - Doles) e outro soro controle de valor
N° de calibradores 1
elevado (soro controle P - Doles).
Concentração 1 10
Réplicas calibr. *
Limite linearidade 20 BTS 350 é marca registrada de seus
Limite branco 0,500 proprietários.
Valor mínimo normal *
Valor máximo normal *
Controle 1 *
Nome do controle 1 *
Lote do controle 1 *
Controle 1 mínimo *
Controle 1 máximo *
Controle 2 *

SAC: 0800 644 6433 w w w.doles.com .br 09


Manual de Automação - BTS 350

CKMB
LISTAGEM DE PARÂMETROS * Parâmetro a ser definido pelo usuário.
Nome completo CK MB
Procedimento Técnico
Unidade U/L
Vide instruções de uso do kit
Modo de cálculo Tempo Fixo
Curva de reação Crescente Controle de Qualidade
Filtro de leitura 340 O uso de soro controle de referência deve
Volume de amostra 500µL ser uma prática rotineira do laboratório.
Temperatura 37ºC Recomenda-se utilizar um soro controle com
Decimais 0 valor na faixa de normalidade e outro soro
Réplicas amostra 1 controle de valor elevado.
Tempo de incubação 180
Tempo de leitura 300
BTS 350 é marca registrada de seus
Absorb. Inicial 0
proprietários.
Calibração Fator
Fator 1350
Limite linearidade 500,0
Limite branco -
Valor mínimo normal *
Valor máximo normal *
Controle 1 *
Nome do controle 1 *
Lote do controle 1 *
Controle 1 mínimo *
Controle 1 máximo *
Controle 2 *

SAC: 0800 644 6433 w w w.doles.com .br 10


Manual de Automação - BTS 350

CK-NAC

LISTAGEM DE PARÂMETROS * Parâmetro a ser definido pelo usuário.


Nome completo CK-NAC Doles
Procedimento Técnico
Unidade U/L
Vide instruções de uso do kit
Modo de cálculo Cinética
Curva de reação Crescente
Controle de Qualidade
Filtro de leitura 340 O uso de soro controle de referência deve
Volume de amostra 500µL ser uma prática rotineira do laboratório.
Temperatura 37ºC Recomenda-se utilizar um soro controle
Decimais 0 com valor na faixa de normalidade (soro
Réplicas amostra 1 controle N - Doles) e outro soro controle
Tempo de incubação 120 de valor elevado (soro controle P - Doles).
Tempo de leitura 180
Absorb. inicial 0
Calibração Fator BTS 350 é marca registrada de seus
proprietários.
Fator 8199
Limite linearidade 1500
Limite branco -
Valor mínimo normal *
Valor máximo normal *
Controle 1 *
Nome do controle 1 *
Lote do controle 1 *
Controle 1 máximo *
Controle 1 mínimo *
Nome do controle 2 *
Lote do controle 2 *
Controle 2 máximo *
Controle 2 mínimo *

SAC: 0800 644 6433 w w w.doles.com .br 11


Manual de Automação - BTS 350

CLORETOS COLORIMÉTRICO
LISTAGEM DE PARÂMETROS * Parâmetro a ser definido pelo usuário.
Nome completo Cloretos
Procedimento Técnico
Unidade mEq/L
Vide instruções de uso do kit
Modo de cálculo Ponto Final
Modo de leitura Monocromática Calibração
Filtro de leitura 505 Para obtenção do fator, recomenda-se dosar
Filtro referência - em triplicata o padrão, ler as absorvâncias e
Volume de amostra 500µL tirar a média aritmética das mesmas.
Temperatura 37ºC
Decimais 1 Controle de Qualidade
Réplicas branco 1 O uso de soro controle de referência deve
Réplicas amostra 1 ser uma prática rotineira do laboratório.
Tempo de estabiliz. 1 Recomenda-se utilizar um soro controle com
valor na faixa de normalidade (soro controle
Calibração Padrão
N - Doles) e outro soro controle de valor
N° de calibradores 1
elevado (soro controle P - Doles).
Concentração 1 100
Réplicas calibr. *
Limite linearidade 125 BTS 350 é marca registrada de seus
Limite branco - proprietários.
Valor mínimo normal *
Valor máximo normal *
Controle 1 *
Nome do controle 1 *
Lote do controle 1 *
Controle 1 mínimo *
Controle 1 máximo *
Controle 2 *

SAC: 0800 644 6433 w w w.doles.com .br 12


Manual de Automação - BTS 350

COLESTEROL ENZ. LÍQUIDO


LISTAGEM DE PARÂMETROS * Parâmetro a ser definido pelo usuário.
Nome completo Colesterol Enz. Líq.
Procedimento Técnico
Unidade mg/dL
Vide instruções de uso do kit
Modo de cálculo Ponto Final
Modo de leitura Monocromática Calibração
Filtro de leitura 505 Para obtenção do fator, recomenda-se dosar
Filtro referência - em triplicata o padrão, ler as absorvâncias e
Volume de amostra 500µL tirar a média aritmética das mesmas.
Temperatura 37ºC
Decimais 1 Controle de Qualidade
Réplicas branco 1 O uso de soro controle de referência deve
Réplicas amostra 1 ser uma prática rotineira do laboratório.
Tempo de estabiliz. 1 Recomenda-se utilizar um soro controle com
valor na faixa de normalidade (soro controle
Calibração Padrão
N - Doles) e outro soro controle de valor
N° de calibradores 1
elevado (soro controle P - Doles).
Concentração 1 200
Réplicas calibr. *
Limite linearidade 800 BTS 350 é marca registrada de seus
Limite branco - proprietários.
Valor mínimo normal *
Valor máximo normal *
Controle 1 *
Nome do controle 1 *
Lote do controle 1 *
Controle 1 mínimo *
Controle 1 máximo *
Controle 2 *

SAC: 0800 644 6433 w w w.doles.com .br 13


Manual de Automação - BTS 350

COLESTEROL HDL
* Parâmetro a ser definido pelo usuário.
LISTAGEM DE PARÂMETROS
Nome completo Colesterol HDL
Procedimento Técnico
Unidade mg/dL
Vide instruções de uso do kit
Modo de cálculo Ponto Final
Modo de leitura Monocromática Calibração
Filtro de leitura 505 Para obtenção do fator, recomenda-se dosar
Filtro referência - em triplicata o padrão, ler as absorvâncias e
Volume de amostra 500µL tirar a média aritmética das mesmas.
Temperatura 37ºC
Decimais 1 Controle de Qualidade
O uso de soro controle de referência deve
Réplicas branco 1
ser uma prática rotineira do laboratório.
Réplicas amostra 1
Recomenda-se utilizar um soro controle com
Tempo de estabiliz. 1
valor na faixa de normalidade (soro
Calibração Padrão controle N - Doles) e outro soro controle
N° de calibradores 1 de valor elevado (soro controle P - Doles).
Concentração 1 100
Réplicas calibr. *
Limite linearidade 400 BTS 350 é marca registrada de seus
Limite branco - proprietários.
Valor mínimo normal *
Valor máximo normal *
Controle 1 *
Nome do controle 1 *
Lote do controle 1 *
Controle 1 mínimo *
Controle 1 máximo *
Controle 2 *

SAC: 0800 644 6433 w w w.doles.com .br 14


Manual de Automação - BTS 350

COLESTEROL HDL DIRETO


LISTAGEM DE PARÂMETROS Procedimento Técnico
Nome completo Colesterol HDL Direto Vide instruções de uso do kit. Leitura em
CUBETA.
Unidade -
Modo de cálculo Absorvância
Cálculos
Curva de reação -
Vide instruções de uso do kit
Modo de leitura -
Filtro de leitura 635 Controle de Qualidade
Filtro referência - O uso de soro controle de referência deve
Volume de amostra 500µL ser uma prática rotineira do laboratório.
Temperatura 37ºC Recomenda-se utilizar um soro controle com
Decimais - valor na faixa de normalidade (soro
Réplicas branco - controle N - Doles) e outro soro controle
Réplicas amostra - de valor elevado (soro controle P - Doles).
Tempo de estabiliz. -
Calibração -
N° de calibradores - BTS 350 é marca registrada de seus
proprietários.
Concentração -
Réplicas calibr. *
Limite linearidade -
Limite branco -
Valor mínimo normal -
Valor máximo normal -
Controle 1 *
Controle *

SAC: 0800 644 6433 w w w.doles.com .br 15


Manual de Automação - BTS 350

COLESTEROL LDL DIRETO


LISTAGEM DE PARÂMETROS Procedimento Técnico
Nome completo Colesterol LDL Direto Vide instruções de uso do kit. Leitura em
Unidade mg/dL CUBETA.
Modo de cálculo Absorvância
Cálculos
Curva de reação -
Vide instruções de uso do kit
Modo de leitura -
Filtro de leitura 546
Controle de Qualidade
Filtro referência -
O uso de soro controle de referência deve
Volume de amostra 500µL
ser uma prática rotineira do laboratório.
Temperatura 37ºC Recomenda-se utilizar um soro controle com
Decimais - valor na faixa de normalidade (soro controle
Réplicas branco - N - Doles) e outro soro controle de valor
Réplicas amostra - elevado (soro controle P - Doles).
Tempo de estabiliz. -
Calibração -
N° de calibradores - BTS 350 é marca registrada de seus
Concentração - proprietários.
Réplicas calibr. *
Limite linearidade -
Limite branco -
Valor mínimo normal -
Valor máximo normal -
Controle 1 *
Controle *

SAC: 0800 644 6433 w w w.doles.com .br 16


Manual de Automação - BTS 350

COLINESTERASE
* Parâmetro a ser definido pelo usuário.
LISTAGEM DE PARÂMETROS
Nome completo Colinesterase
Procedimento Técnico
Unidade U/mL Vide instruções de uso do kit
Modo de cálculo Diferencial
Filtro de leitura 405 Calibração
Volume de amostra 500µL Para obtenção do fator, recomenda-se dosar
Temperatura 37ºC em triplicata o padrão, ler as absorvâncias e
Decimais 0 tirar a média aritmética das mesmas.
Réplicas branco 1
Controle de Qualidade
Réplicas amostra 1
O uso de soro controle de referência deve
Tempo de estabiliz. 1 ser uma prática rotineira do laboratório.
Calibração Padrão Recomenda-se utilizar um soro controle com
N° de calibradores 1 valor na faixa de normalidade (soro controle
Concentração 1 7 N - Doles) e outro soro controle de valor
Réplicas calibr. * elevado (soro controle P - Doles).
Limite linearidade 14
Valor mínimo normal *
BTS 350 é marca registrada de seus
Valor máximo normal *
proprietários.
Controle 1 *
Nome do controle 1 *
Lote do controle 1 *
Controle 1 mínimo *
Controle 1 máximo *
Controle 2 *

SAC: 0800 644 6433 w w w.doles.com .br 17


Manual de Automação - BTS 350

CPK
* Parâmetro a ser definido pelo usuário.
LISTAGEM DE PARÂMETROS
Nome completo CPK
Procedimento Técnico
Unidade U/L
Vide instruções de uso do kit
Modo de cálculo Diferencial
Modo de leitura Monocromática Calibração
Filtro de leitura 670 Para obtenção do fator, recomenda-se dosar
Filtro referência - em triplicata o padrão, ler as absorvâncias
Volume de amostra 500µL e tirar a média aritmética das mesmas.
Temperatura 37ºC
Decimais 1 Controle de Qualidade
O uso de soro controle de referência deve
Réplicas branco 1
ser uma prática rotineira do laboratório.
Réplicas amostra 1
Recomenda-se utilizar um soro controle
Tempo de estabiliz. 1
com valor na faixa de normalidade e outro
Calibração Padrão soro controle de valor elevado.
N° de calibradores 1
Concentração 1 130
Limite linearidade 360 BTS 350 é marca registrada de seus
Limite branco - proprietários.
Valor mínimo normal *
Valor máximo normal *
Controle 1 *
Nome do controle 1 *
Lote do controle 1 *
Controle 1 mínimo *
Controle 1 máximo *
Controle 2 *

SAC: 0800 644 6433 w w w.doles.com .br 18


Manual de Automação - BTS 350

CREATININA
Observação
LISTAGEM DE PARÂMETROS
O procedimento técnico para dosagem em
Nome completo Creatinina
urina é diferente, a programação é idêntica,
Unidade mg/dL
exceto pela concentração do Padrão:
Modo de cálculo Tempo Fixo 50mg/dL e Linearidade: 200mg/dL.
Curva de reação Crescente
Filtro de leitura 505 * Parâmetro a ser definido pelo usuário.
Volume de amostra 500µL
Temperatura 37ºC Procedimento Técnico
Decimais 1 Vide instruções de uso do kit.
Réplicas amostra 1
Calibração
Tempo de incubação 30
Para obtenção do fator, recomenda-se
Tempo de leitura 60
dosar em triplicata o padrão, ler as
Absorb. Inicial 0 absorvâncias e tirar a média aritmética das
Calibração Padrão mesmas.
N° de calibradores 1
Concentração 1 5 Controle de Qualidade
Limite linearidade 10 O uso de soro controle de referência deve
Valor mínimo normal * ser uma prática rotineira do laboratório.
Valor máximo normal * Recomenda-se utilizar um soro controle
com valor na faixa de normalidade (soro
Controle 1 *
controle N - Doles) e outro soro controle
Nome do controle 1 *
de valor elevado (soro controle P - Doles).
Lote do controle 1 *
Controle 1 mínimo *
Controle 1 máximo * BTS 350 é marca registrada de seus
Controle 2 * proprietários.

SAC: 0800 644 6433 w w w.doles.com .br 19


Manual de Automação - BTS 350

DHL
LISTAGEM DE PARÂMETROS * Parâmetro a ser definido pelo usuário.
Nome completo DHL
Procedimento Técnico
Unidade U/L
Vide instruções de uso do kit
Modo de cálculo Diferencial
Modo de leitura Monocromática Calibração
Filtro de leitura 505 Para obtenção do fator, recomenda-se dosar
Filtro referência - em triplicata o padrão, ler as absorvâncias e
Volume de amostra 500µL tirar a média aritmética das mesmas.
Temperatura 37ºC
Decimais 1 Controle de Qualidade
Réplicas branco 1 O uso de soro controle de referência deve
Réplicas amostra 1 ser uma prática rotineira do laboratório.
Recomenda-se utilizar um soro controle com
Tempo de estabiliz. 1
valor na faixa de normalidade (soro controle
Calibração Padrão
N - Doles) e outro soro controle de valor
N° de calibradores 1
elevado (soro controle P - Doles).
Concentração 1 350
Limite linearidade 800
Limite branco - BTS 350 é marca registrada de seus
Valor mínimo normal * proprietários.
Valor máximo normal *
Controle 1 *
Nome do controle 1 *
Lote do controle 1 *
Controle 1 mínimo *
Controle 1 máximo *
Controle 2 *

SAC: 0800 644 6433 w w w.doles.com .br 20


Manual de Automação - BTS 350

DHL-UV
LISTAGEM DE PARÂMETROS * Parâmetro a ser definido pelo usuário.
Nome completo DHL UV
Procedimento Técnico
Unidade U/L
Vide instruções de uso do kit
Modo de cálculo Cinética
Curva de reação Decrescente Controle de Qualidade
Filtro de leitura 340 O uso de soro controle de referência deve
Volume de amostra 500µL ser uma prática rotineira do laboratório.
Temperatura 37ºC Recomenda-se utilizar um soro controle com
Decimais 0 valor na faixa de normalidade (soro controle
Tempo de incubação 30 N - Doles) e outro soro controle de valor
Tempo de leitura 180 elevado (soro controle P - Doles).
Absorb. inicial 0
Calibração Fator
BTS 350 é marca registrada de seus
Fator 8109 proprietários.
Limite linearidade 1257
Limite branco -
Valor mínimo normal *
Valor máximo normal *
Controle 1 *
Nome do controle 1 *
Lote do controle 1 *
Controle 1 máximo *
Controle 1 mínimo *
Nome do controle 2 *
Lote do controle 2 *
Controle 2 máximo *
Controle 2 mínimo *

SAC: 0800 644 6433 w w w.doles.com .br 21


Manual de Automação - BTS 350

FERRITINA TURBIDIMÉTRICA
LISTAGEM DE PARÂMETROS * Parâmetro a ser definido pelo usuário.
Nome completo Ferritina
Unidade µg/dL Procedimento Técnico
Modo de cálculo Tempo Fixo Vide instruções de uso do kit
Curva de reação Crescente
Filtro de leitura 546 Calibração
Volume de amostra 500µL Utilizar calibrador que acompanha o kit.
Temperatura 37ºC Vide o preparo da curva de calibração, na
Decimais 0
instrução de uso.
Tempo de incubação 5
Controle de Qualidade
Tempo de leitura 300
O uso de controle de referência deve ser
Absorb. Inicial 0
uma prática rotineira do laboratório.
Calibração Calibrador
Recomenda-se utilizar um controle com
N° de calibradores 6
valor na faixa de normalidade e outro
Con1: conc. calib. diluido 1:32
controle de valor elevado.
Con2: conc. calib. diluido 1:16
Con3: conc. calib. diluido 1:8
Con4: conc. calib. diluido 1:4
BTS 350 é marca registrada de seus
Con5: conc. calib. diluido 1:2
proprietários.
Con6: conc. calib. impressa no
rótulo do frasco
Limite linearidade -
Valor mínimo normal *
Valor máximo normal *
Controle 1 *
Nome do controle 1 *
Lote do controle 1 *
Controle 1 mínimo *
Controle 1 máximo *
Controle 2 *

SAC: 0800 644 6433 w w w.doles.com .br 22


Manual de Automação - BTS 350

FERRO
LISTAGEM DE PARÂMETROS Procedimento Técnico
Nome completo Ferro Vide instruções de uso do kit. Leitura em
Unidade cg/dL
µg/dL CUBETA.
Modo de cálculo Absorvância
Cálculos
Curva de reação -
Vide instruções de uso do kit
Modo de leitura -
Filtro de leitura 546
Controle de Qualidade
Filtro referência O uso de soro controle de referência deve
Volume de amostra 500µL ser uma prática rotineira do laboratório.
Temperatura 37ºC Recomenda-se utilizar um soro controle
Decimais - com valor na faixa de normalidade (soro
Réplicas branco - controle N - Doles) e outro soro controle
Réplicas amostra - de valor elevado (soro controle P - Doles).
Tempo de estabiliz. -
Calibração -
N° de calibradores - BTS 350 é marca registrada de seus
Concentração - proprietários.
Réplicas calibr. *
Limite linearidade -
Limite branco -
Valor mínimo normal -
Valor máximo normal -
Controle 1 *
Controle *

SAC: 0800 644 6433 w w w.doles.com .br 23


Manual de Automação - BTS 350

FOSFATASE ALCALINA CINÉTICA


LISTAGEM DE PARÂMETROS * Parâmetro a ser definido pelo usuário.
Nome completo Fosfatase Alc. Cin.
Procedimento Técnico
Unidade U/L
Vide instruções de uso do kit
Modo de cálculo Cinética
Curva de reação Crescente Controle de Qualidade
Filtro de leitura 405 O uso de soro controle de referência deve
Volume de amostra 500µL ser uma prática rotineira do laboratório.
Temperatura 37ºC Recomenda-se utilizar um soro controle
Decimais 0 com valor na faixa de normalidade (soro
Tempo de incubação 60 controle N - Doles) e outro soro controle
de valor elevado (soro controle P - Doles).
Tempo de leitura 180
Absorb. inicial 0
Calibração Fator
BTS 350 é marca registrada de seus
Fator 2764 proprietários.
Limite linearidade 690
Limite branco -
Valor mínimo normal *
Valor máximo normal *
Controle 1 *
Nome do controle 1 *
Lote do controle 1 *
Controle 1 máximo *
Controle 1 mínimo *
Nome do controle 2 *
Lote do controle 2 *
Controle 2 máximo *
Controle 2 mínimo *

SAC: 0800 644 6433 w w w.doles.com .br 24


Manual de Automação - BTS 350

FOSFATASE ALCALINA COLORIMÉTRICA


LISTAGEM DE PARÂMETROS * Parâmetro a ser definido pelo usuário.
Nome completo Fosfatase alcalina
Procedimento Técnico
Unidade U/L
Vide instruções de uso do kit
Modo de cálculo Ponto Final
Modo de leitura Monocromática Calibração
Filtro de leitura 405 Para obtenção do fator, recomenda-se dosar
Filtro referência - em triplicata o padrão, ler as absorvâncias
Volume de amostra 500µL e tirar a média aritmética das mesmas.
Temperatura 37ºC
Decimais 1 Controle de Qualidade
O uso de soro controle de referência deve
Réplicas branco 1
ser uma prática rotineira do laboratório.
Réplicas amostra 1
Recomenda-se utilizar um soro controle
Tempo de estabiliz. 1
com valor na faixa de normalidade (soro
Calibração Padrão controle N - Doles) e outro soro controle
N° de calibradores 1 de valor elevado (soro controle P - Doles).
Concentração 1 150
Limite linearidade 267
Limite branco - BTS 350 é marca registrada de seus
Valor mínimo normal * proprietários.
Valor máximo normal *
Controle 1 *
Nome do controle 1 *
Lote do controle 1 *
Controle 1 mínimo *
Controle 1 máximo *
Controle 2 *

SAC: 0800 644 6433 w w w.doles.com .br 25


Manual de Automação - BTS 350

FOSFATASE ÁCIDA COLORIMÉTRICA


LISTAGEM DE PARÂMETROS * Parâmetro a ser definido pelo usuário.
Nome completo Fosfatase ácida
Procedimento Técnico
Unidade U/L
Vide instruções de uso do kit.
Modo de cálculo Ponto Final
Modo de leitura Monocromática
Calibração
Filtro de leitura 405
Para obtenção do fator, recomenda-se dosar
Filtro referência - em triplicata o padrão, ler as absorvâncias
Volume de amostra 500µL e tirar a média aritmética das mesmas.
Temperatura 37ºC
Decimais 1 Controle de Qualidade
Réplicas branco 1 O uso de soro controle de referência deve
Réplicas amostra 1 ser uma prática rotineira do laboratório.
Tempo de estabiliz. 1 Recomenda-se utilizar um soro controle
Calibração Padrão com valor na faixa de normalidade e outro
N° de calibradores 1 soro controle de valor elevado.
Concentração 1 28
Limite linearidade 50
BTS 350 é marca registrada de seus
Limite branco -
proprietários.
Valor mínimo normal *
Valor máximo normal *
Controle 1 *
Nome do controle 1 *
Lote do controle 1 *
Controle 1 mínimo *
Controle 1 máximo *
Controle 2 *

SAC: 0800 644 6433 w w w.doles.com .br 26


Manual de Automação - BTS 350

FOSFATO
LISTAGEM DE PARÂMETROS * Parâmetro a ser definido pelo usuário.
Nome completo Fosfato
Procedimento Técnico
Unidade mg/dL
Vide instruções de uso do kit
Modo de cálculo Ponto Final
Modo de leitura Monocromática
Calibração
Filtro de leitura 670 Para obtenção do fator, recomenda-se dosar
Filtro referência - em triplicata o padrão, ler as absorvâncias e
Volume de amostra 500µL tirar a média aritmética das mesmas.
Temperatura 37ºC
Decimais 1 Controle de Qualidade
Réplicas branco 1 O uso de soro controle de referência deve
Réplicas amostra 1 ser uma prática rotineira do laboratório.
Tempo de estabiliz. 1 Recomenda-se utilizar um soro controle com
valor na faixa de normalidade (soro
Calibração Padrão
controle N - Doles) e outro soro controle
N° de calibradores 1
de valor elevado (soro controle P - Doles).
Concentração 1 5
Limite linearidade 12
Limite branco - BTS 350 é marca registrada de seus
Valor mínimo normal * proprietários.
Valor máximo normal *
Controle 1 *
Nome do controle 1 *
Lote do controle 1 *
Controle 1 mínimo *
Controle 1 máximo *
Controle 2 *

SAC: 0800 644 6433 w w w.doles.com .br 27


Manual de Automação - BTS 350

FOSFATO-UV
LISTAGEM DE PARÂMETROS * Parâmetro a ser definido pelo usuário.
Nome completo Fosfato UV
Unidade mg/dL Procedimento Técnico
Vide instruções de uso do kit
Modo de cálculo Ponto Final
Modo de leitura Monocromática
Calibração
Filtro de leitura 340
Para obtenção do fator, recomenda-se dosar
Filtro referência -
em triplicata o padrão, ler as absorvâncias e
Volume de amostra 500µL tirar a média aritmética das mesmas.
Temperatura 37ºC
Decimais 1 Controle de Qualidade
Réplicas branco 1 O uso de soro controle de referência deve
Réplicas amostra 1 ser uma prática rotineira do laboratório.
Tempo de estabiliz. 1 Recomenda-se utilizar um soro controle com
Calibração Padrão valor na faixa de normalidade (soro
N° de calibradores 1 controle N - Doles) e outro soro controle
Concentração 1 5 de valor elevado (soro controle P - Doles).
Réplicas calibr. *
Limite linearidade 16
BTS 350 é marca registrada de seus
Limite branco -
proprietários.
Valor mínimo normal *
Valor máximo normal *
Controle 1 *
Nome do controle 1 *
Lote do controle 1 *
Controle 1 mínimo *
Controle 1 máximo *
Controle 2 *

SAC: 0800 644 6433 w w w.doles.com .br 28


Manual de Automação - BTS 350

GAMA GT
LISTAGEM DE PARÂMETROS * Parâmetro a ser definido pelo usuário.
Nome completo Gama GT
Procedimento Técnico
Unidade U/L
Vide instruções de uso do kit
Modo de cálculo Diferencial
Modo de leitura Monocromática Calibração
Filtro de leitura 546 Para obtenção do fator, recomenda-se dosar
Filtro referência - em triplicata o padrão, ler as absorvâncias e
Volume de amostra 500µL tirar a média aritmética das mesmas.
Temperatura 37ºC
Decimais 1 Controle de Qualidade
Réplicas branco 1 O uso de soro controle de referência deve
Réplicas amostra 1 ser uma prática rotineira do laboratório.
Tempo de estabiliz. 1
Recomenda-se utilizar um soro controle com
valor na faixa de normalidade (soro controle
Calibração Padrão
N - Doles) e outro soro controle de valor
N° de calibradores 1
elevado (soro controle P - Doles).
Concentração 1 100
Réplicas calibr. *
Limite linearidade 175 BTS 350 é marca registrada de seus
Limite branco - proprietários.
Valor mínimo normal *
Valor máximo normal *
Controle 1 *
Nome do controle 1 *
Lote do controle 1 *
Controle 1 mínimo *
Controle 1 máximo *
Controle 2 *

SAC: 0800 644 6433 w w w.doles.com .br 29


Manual de Automação - BTS 350

GAMA GT CINÉTICA
LISTAGEM DE PARÂMETROS * Parâmetro a ser definido pelo usuário.
Nome completo Gama GT Cin.
Procedimento Técnico
Unidade U/L
Vide instruções de uso do kit
Modo de cálculo Cinética
Curva de reação Crescente Controle de Qualidade
Filtro de leitura 405 O uso de soro controle de referência deve
Volume de amostra 500µL ser uma prática rotineira do laboratório.
Temperatura 37ºC Recomenda-se utilizar um soro controle com
Decimais 0 valor na faixa de normalidade (soro controle
Tempo de incubação 5 N - Doles) e outro soro controle de valor
Tempo de leitura 180 elevado (soro controle P - Doles).
Absorb. inicial 0
Calibração Fator
BTS 350 é marca registrada de seus
Fator 1111
proprietários.
Limite linearidade 250
Limite branco -
Valor mínimo normal *
Valor máximo normal *
Controle 1 *
Nome do controle 1 *
Lote do controle 1 *
Controle 1 máximo *
Controle 1 mínimo *
Nome do controle 2 *
Lote do controle 2 *
Controle 2 máximo *
Controle 2 mínimo *

SAC: 0800 644 6433 w w w.doles.com .br 30


Manual de Automação - BTS 350

GLICOSE ENZ. LÍQUIDA


LISTAGEM DE PARÂMETROS * Parâmetro a ser definido pelo usuário.
Nome completo Glicose Enz. Líquida
Procedimento Técnico
Unidade mg/dL
Vide instruções de uso do kit
Modo de cálculo Ponto Final
Modo de leitura Monocromática
Calibração
Filtro de leitura 505 Para obtenção do fator, recomenda-se dosar
Filtro referência - em triplicata o padrão, ler as absorvâncias e
Volume de amostra 500µL tirar a média aritmética das mesmas.
Temperatura 37ºC
Decimais 0 Controle de Qualidade
Réplicas branco 1 O uso de soro controle de referência deve
Réplicas amostra 1 ser uma prática rotineira do laboratório.
Tempo de estabiliz. 1 Recomenda-se utilizar um soro controle com
Calibração Padrão valor na faixa de normalidade (soro controle
N - Doles) e outro soro controle de valor
N° de calibradores 1
elevado (soro controle P - Doles).
Concentração 100
Réplicas calibr. *
Limite linearidade 600
BTS 350 é marca registrada de seus
Limite branco - proprietários.
Valor mínimo normal *
Valor máximo normal *
Controle 1 *
Nome do controle 1 *
Lote do controle 1 *
Controle 1 mínimo *
Controle 1 máximo *
Controle 2 *

SAC: 0800 644 6433 w w w.doles.com .br 31


Manual de Automação - BTS 350

HEMOGLOBINA
LISTAGEM DE PARÂMETROS * Parâmetro a ser definido pelo usuário.
Nome completo Hemoglobina
Unidade g/dL Procedimento Técnico
Modo de cálculo Ponto Final Vide instruções de uso do kit
Modo de leitura Monocromática
Calibração
Filtro de leitura 546
Para obtenção do fator, recomenda-se dosar
Filtro referência -
em triplicata o padrão, ler as absorvâncias e
Volume de amostra 500µL
tirar a média aritmética das mesmas.
Temperatura 37ºC
Decimais 1
Controle de Qualidade
Réplicas branco 1
O uso de amostra controle de referência deve
Réplicas amostra 1
ser uma prática rotineira do laboratório.
Tempo de estabiliz. 1
Recomenda-se utilizar uma amostra controle
Calibração Padrão
com valor na faixa de normalidade e outra
N° de calibradores 1 de valor elevado.
Concentração é variável de acordo
com o lote de Hb
padrão.
BTS 350 é marca registrada de seus
Réplicas calibr. *
proprietários.
Limite linearidade 25
Limite branco -
Valor mínimo normal *
Valor máximo normal *
Controle 1 *
Nome do controle 1 *
Lote do controle 1 *
Controle 1 mínimo *
Controle 1 máximo *
Controle 2 *

SAC: 0800 644 6433 w w w.doles.com .br 32


Manual de Automação - BTS 350

HEMOGLOBINA GLICADA
LISTAGEM DE PARÂMETROS * Parâmetro a ser definido pelo usuário.
Nome completo Hemoglobina Glicada
Unidade - Procedimento Técnico
Modo de cálculo Absorvância Vide instruções de uso do kit
Curva de reação -
Modo de leitura - Cálculos
Filtro de leitura 405 Vide instruções de uso do kit
Filtro referência -
Volume de amostra 500µL Controle de Qualidade
Temperatura 37ºC O uso de amostra controle de referência deve
Decimais - ser uma prática rotineira do laboratório.
Tempo de incubação Recomenda-se utilizar uma amostra controle
Tempo de leitura - com valor na faixa de normalidade e outra
Calibração - de valor elevado.
N° de calibradores -
Concentração 1 variável de acordo com
lote do kit. BTS 350 é marca registrada de seus
Réplicas calibr. * proprietários.
Limite linearidade 20
Limite branco -
Valor mínimo normal *
Valor máximo normal *
Controle 1 *
Controle *

SAC: 0800 644 6433 w w w.doles.com .br 33


Manual de Automação - BTS 350

HEMOGLOBINA HbA1c
LISTAGEM DE PARÂMETROS * Parâmetro a ser definido pelo usuário.
Nome completo HbA1c
Procedimento Técnico
Unidade %
Vide instruções de uso do kit
Modo de cálculo Ponto Final
Filtro de leitura 635
Calibração
Volume de amostra 500µL
-Utilizar calibradores HbA1c Doles (níveis 1
Temperatura 37ºC
a 4).
Decimais 0 -As amostras e calibradores devem ser
Réplicas branco 1 hemolisadas antes de colocar no aparelho.
Réplicas amostra 1
Tempo de estabiliz. 1 Controle de Qualidade
Calibração Calibrador O uso de controle de referência deve ser uma
N° de calibradores 5 prática rotineira do laboratório. Recomenda-
Con1: 0 se utilizar um controle com valor na faixa de
Con2: Cal. HbA1c nível 1 normalidade e outro controle de valor
Con3: Cal. HbA1c nível 2 elevado.
Con4: Cal. HbA1c nível 3
Con5: Cal. HbA1c nível 4
Limite linearidade 16 BTS 350 é marca registrada de seus
proprietários.
Valor mínimo normal *
Valor máximo normal *
Controle 1 *
Nome do controle 1 *
Lote do controle 1 *
Controle 1 mínimo *
Controle 1 máximo *
Controle 2 *

SAC: 0800 644 6433 w w w.doles.com .br 34


Manual de Automação - BTS 350

MAGNÉSIO
LISTAGEM DE PARÂMETROS * Parâmetro a ser definido pelo usuário.
Nome completo Magnésio
Procedimento Técnico
Unidade mg/dL
Vide instruções de uso do kit
Modo de cálculo Ponto Final
Modo de leitura Monocromática
Calibração
Filtro de leitura 505
Para obtenção do fator, recomenda-se dosar
Filtro referência - em triplicata o padrão, ler as absorvâncias e
Volume de amostra 500µL tirar a média aritmética das mesmas.
Temperatura 37ºC
Decimais 1 Controle de Qualidade
Réplicas branco 1 O uso de soro controle de referência deve
Réplicas amostra 1 ser uma prática rotineira do laboratório.
Tempo de estabiliz. 1 Recomenda-se utilizar um soro controle com
Calibração Padrão valor na faixa de normalidade (soro controle
N° de calibradores 1 N - Doles) e outro soro controle de valor
Concentração 2 elevado (soro controle P - Doles).
Réplicas calibr. *
Limite linearidade 3,5
BTS 350 é marca registrada de seus
Limite branco -
proprietários.
Valor mínimo normal *
Valor máximo normal *
Controle 1 *
Nome do controle 1 *
Lote do controle 1 *
Controle 1 mínimo *
Controle 1 máximo *
Controle 2 *

SAC: 0800 644 6433 w w w.doles.com .br 35


Manual de Automação - BTS 350

MICROALBUMINÚRIA TURBIDIMÉTRICA
LISTAGEM DE PARÂMETROS * Parâmetro a ser definido pelo usuário.
Nome completo Microalbumina
Procedimento Técnico
Unidade mg/dL
Vide instruções de uso do kit.
Modo de cálculo Tempo Fixo
Curva de reação Crescente Calibração
Filtro de leitura 546 Para obtenção do fator, recomenda-se dosar
Volume de amostra 500µL em triplicata o padrão, ler as absorvâncias e
Temperatura 37ºC tirar a média aritmética das mesmas.
Decimais 0
Controle de Qualidade
Tempo de incubação 5
O uso de controle de referência deve ser uma
Tempo de leitura 120
prática rotineira do laboratório. Recomenda-
Absorb. Inicial 0
se utilizar um controle com valor na faixa
Calibração Padrão de normalidade e outro controle de valor
N° de calibradores 1 elevado.
Concentração Vide concentração
do padrão do lote
do kit. BTS 350 é marca registrada de seus
Limite linearidade 80 proprietários.
Valor mínimo normal *
Valor máximo normal *
Controle 1 *
Nome do controle 1 *
Lote do controle 1 *
Controle 1 mínimo *
Controle 1 máximo *
Controle 2 *

SAC: 0800 644 6433 w w w.doles.com .br 36


Manual de Automação - BTS 350

MICROPROTE pirogalol
LISTAGEM DE PARÂMETROS * Parâmetro a ser definido pelo usuário.
Nome completo Microprote pirogalol
Procedimento Técnico
Unidade mg/dL
Vide instruções de uso do kit.
Modo de cálculo Ponto Final
Modo de leitura Monocromática
Calibração
Filtro de leitura 620 Para obtenção do fator, recomenda-se dosar
Filtro referência - em triplicata o padrão, ler as absorvâncias e
Volume de amostra 500µL tirar a média aritmética das mesmas.
Temperatura 37ºC
Decimais 1 Controle de Qualidade
Réplicas branco 1 O uso de controle de referência deve ser uma
Réplicas amostra 1 prática rotineira do laboratório. Recomenda-
Tempo de estabiliz. 1 se utilizar um controle com valor na faixa de
normalidade e outro controle de valor
Calibração Padrão
elevado.
N° de calibradores 1
Concentração 1 -
Réplicas calibr. *
BTS 350 é marca registrada de seus
Limite linearidade 300
proprietários.
Limite branco -
Valor mínimo normal *
Valor máximo normal *
Controle 1 *
Nome do controle 1 *
Lote do controle 1 *
Controle 1 mínimo *
Controle 1 máximo *
Controle 2 *

SAC: 0800 644 6433 w w w.doles.com .br 37


Manual de Automação - BTS 350

MUCOPROTEÍNAS
LISTAGEM DE PARÂMETROS * Parâmetro a ser definido pelo usuário.
Nome completo Mucoproteínas
Procedimento Técnico
Unidade mg/dL
Vide instruções de uso do kit
Modo de cálculo Ponto Final
Modo de leitura Monocromática
Calibração
Filtro de leitura 670 Para obtenção do fator, recomenda-se dosar
Filtro referência - em triplicata o padrão, ler as absorvâncias e
Volume de amostra 500µL tirar a média aritmética das mesmas.
Temperatura 37ºC
Decimais 1 Controle de Qualidade
Réplicas branco 1 O uso de soro controle de referência deve
Réplicas amostra 1 ser uma prática rotineira do laboratório.
Tempo de estabiliz. 1 Recomenda-se utilizar um soro controle com
Calibração Padrão valor na faixa de normalidade (soro controle
N - Doles) e outro soro controle de valor
N° de calibradores 1
elevado (soro controle P - Doles).
Concentração 1 6,0
Réplicas calibr. *
Limite linearidade 15 BTS 350 é marca registrada de seus
Limite branco - proprietários.
Valor mínimo normal *
Valor máximo normal *
Controle 1 *
Nome do controle 1 *
Lote do controle 1 *
Controle 1 mínimo *
Controle 1 máximo *
Controle 2 *

SAC: 0800 644 6433 w w w.doles.com .br 38


Manual de Automação - BTS 350

PCRTEST TURBIDIMÉTRICO
LISTAGEM DE PARÂMETROS * Parâmetro a ser definido pelo usuário.
Nome completo PCRTurb
Procedimento Técnico
Unidade mg/L
Vide instruções de uso do kit.
Modo de cálculo Tempo Fixo
Curva de reação Crescente Calibração
Filtro de leitura 546 Para obtenção do fator, recomenda-se
Volume de amostra 500µL dosar em triplicata o calibrador, ler as
absorvâncias e tirar a média aritmética das
Temperatura 37ºC
mesmas.
Decimais 0
Tempo de incubação 5 Controle de Qualidade
Tempo de leitura 60 O uso de controle de referência deve ser
Absorb. Inicial 0 uma prática rotineira do laboratório.
Calibração Calibrador Recomenda-se utilizar um controle com
valor na faixa de normalidade e outro
N° de calibradores 1
controle de valor elevado.
Concentração Vide concentração
do calibrador do
lote do kit
BTS 350 é marca registrada de seus
Limite linearidade 80
proprietários.
Valor mínimo normal *
Valor máximo normal *
Controle 1 *
Nome do controle 1 *
Lote do controle 1 *
Controle 1 mínimo *
Controle 1 máximo *
Controle 2 *

SAC: 0800 644 6433 w w w.doles.com .br 39


Manual de Automação - BTS 350

PCRTEST ULTRASENSÍVEL
LISTAGEM DE PARÂMETROS * Parâmetro a ser definido pelo usuário.
Nome completo PCR ULTRA
Unidade mg/L Procedimento Técnico
Modo de cálculo Tempo Fixo Vide instruções de uso do kit
Curva de reação Crescente
Filtro de leitura 546 Calibração
Volume de amostra 500µL Utilizar calibrador que acompanha o kit.
Temperatura 37ºC Vide na instrução de uso o preparo da curva
Decimais 0
de calibração.
Tempo de incubação 5
Controle de Qualidade
Tempo de leitura 240
O uso de controle de referência deve ser
Absorb. Inicial 0
uma prática rotineira do laboratório.
Calibração Calibrador
Recomenda-se utilizar um controle com
N° de calibradores 6
valor na faixa de normalidade e outro
Con1: conc. calib. diluido 1:32
controle de valor elevado.
Con2: conc. calib. diluido 1:16
Con3: conc. calib. diluido 1:8
Con4: conc. calib. diluido 1:4
BTS 350 é marca registrada de seus
Con5: conc. calib. diluido 1:2
proprietários.
Con6: conc. calib. impressa no
rótulo do frasco
Limite linearidade -
Valor mínimo normal *
Valor máximo normal *
Controle 1 *
Nome do controle 1 *
Lote do controle 1 *
Controle 1 mínimo *
Controle 1 máximo *
Controle 2 *

SAC: 0800 644 6433 w w w.doles.com .br 40


Manual de Automação - BTS 350

POTÁSSIO
LISTAGEM DE PARÂMETROS * Parâmetro a ser definido pelo usuário.
Nome completo Potássio
Procedimento Técnico
Unidade mmol/L
Vide instruções de uso do kit
Modo de cálculo Ponto Final
Modo de leitura Monocromática Calibração
Filtro de leitura 578 Para obtenção do fator, recomenda-se
Filtro referência - dosar em triplicata o padrão, ler as
Volume de amostra 500µL absorvâncias e tirar a média aritmética das
Temperatura 37ºC mesmas.
Decimais 1
Controle de Qualidade
Réplicas branco 1
O uso de soro controle de referência deve
Réplicas amostra 1
ser uma prática rotineira do laboratório.
Tempo de estabiliz. 1 Recomenda-se utilizar um soro controle
Calibração Padrão com valor na faixa de normalidade (soro
N° de calibradores 1 controle N - Doles) e outro soro controle
Concentração 1 5 de valor elevado (soro controle P - Doles).
Réplicas calibr. *
Limite linearidade 10
BTS 350 é marca registrada de seus
Limite branco -
proprietários.
Valor mínimo normal *
Valor máximo normal *
Controle 1 *
Nome do controle 1 *
Lote do controle 1 *
Controle 1 mínimo *
Controle 1 máximo *
Controle 2 *

SAC: 0800 644 6433 w w w.doles.com .br 41


Manual de Automação - BTS 350

PROTEÍNAS TOTAIS
LISTAGEM DE PARÂMETROS * Parâmetro a ser definido pelo usuário.
Nome completo Proteínas Totais
Calibração
Unidade g/dL
Para obtenção do fator, recomenda-se dosar
Modo de cálculo Ponto Final
em triplicata o padrão, ler as absorvâncias e
Modo de leitura Monocromática
tirar a média aritmética das mesmas.
Filtro de leitura 546
Filtro referência - Controle de Qualidade
Volume de amostra 500µL O uso de soro controle de referência deve
Temperatura 37ºC ser uma prática rotineira do laboratório.
Decimais 1 Recomenda-se utilizar um soro controle com
Réplicas branco 1 valor na faixa de normalidade (soro controle
Réplicas amostra 1 N - Doles) e outro soro controle de valor
Tempo de estabiliz. 1 elevado (soro controle P - Doles).
Calibração Padrão
N° de calibradores 1
BTS 350 é marca registrada de seus
Concentração 1 4,0
proprietários.
Réplicas calibr. *
Limite linearidade 12
Limite branco -
Valor mínimo normal *
Valor máximo normal *
Controle 1 *
Nome do controle 1 *
Lote do controle 1 *
Controle 1 mínimo *
Controle 1 máximo *
Controle 2 *

SAC: 0800 644 6433 w w w.doles.com .br 42


Manual de Automação - BTS 350

REUMATEST TURBIDIMÉTRICO
LISTAGEM DE PARÂMETROS * Parâmetro a ser definido pelo usuário.
Nome completo REUMATEST TURB
Unidade U.I/mL Procedimento Técnico
Modo de cálculo Tempo Fixo Vide instruções de uso do kit
Curva de reação Crescente
Filtro de leitura 620 Calibração
Volume de amostra 500µL Utilizar calibrador que acompanha o kit.
Temperatura 37ºC Vide na instrução de uso o preparo da curva
Decimais 0 de calibração.
Tempo de incubação 5
Tempo de leitura 120 Controle de Qualidade
Absorb. Inicial 0 O uso de controle de referência deve ser
Calibração Calibrador uma prática rotineira do laboratório.
N° de calibradores 6 Recomenda-se utilizar um controle com
Con1: conc. calib. diluido 1:32 valor na faixa de normalidade e outro
Con2: conc. calib. diluido 1:16 controle de valor elevado.
Con3: conc. calib. diluido 1:8
Con4: conc. calib. diluido 1:4
Con5: conc. calib. diluido 1:2
BTS 350 é marca registrada de seus
Con6: conc. calib. impressa no
proprietários.
rótulo do frasco
Limite linearidade -
Valor mínimo normal *
Valor máximo normal *
Controle 1 *
Nome do controle 1 *
Lote do controle 1 *
Controle 1 mínimo *
Controle 1 máximo *
Controle 2 *

SAC: 0800 644 6433 w w w.doles.com .br 43


Manual de Automação - BTS 350

TRANSAMINASES
TGO TGP

LISTAGEM DE PARÂMETROS LISTAGEM DE PARÂMETROS


Nome completo Transaminases Nome completo Transaminases
Unidade unFr/mL Unidade unFr/mL
Modo de cálculo Ponto Final Modo de cálculo Ponto Final
Modo de leitura Monocromática Modo de leitura Monocromática
Filtro de leitura 505 Filtro de leitura 505
Filtro referência - Filtro referência -
Volume de amostra 500µL Volume de amostra 500µL
Temperatura 37ºC Temperatura 37ºC
Decimais 0 Decimais 0
Réplicas branco 1 Réplicas branco 1
Réplicas amostra 1 Réplicas amostra 1
Tempo de estabiliz. 1 Tempo de estabiliz. 1
Calibração Padrão Calibração Padrão
N° de calibradores 5 N° de calibradores 5
Con1 0 Con1 0
Con2 24 Con2 28
Con3 61 Con3 57
Con4 114 Con4 94
Con5 190 Con5 150
Réplicas calibr. * Réplicas calibr. *
Limite linearidade 190 Limite linearidade 150
Limite branco - Limite branco -
Valor mínimo normal * Valor mínimo normal *
Valor máximo normal * Valor máximo normal *
Controle 1 * Controle 1 *
Nome do controle 1 * Nome do controle 1 *
Lote do controle 1 * Lote do controle 1 *
Controle 1 mínimo * Controle 1 mínimo *
Controle 1 máximo * Controle 1 máximo *
Controle 2 * Controle 2 *

* Parâmetro a ser definido pelo usuário. Recomenda-se utilizar um soro controle com
valor na faixa de normalidade (soro controle
Procedimento Técnico N - Doles) e outro soro controle de valor
Vide instruções de uso do kit elevado (soro controle P - Doles).

Controle de Qualidade
O uso de soro controle de referência deve BTS 350 é marca registrada de seus
ser uma prática rotineira do laboratório. proprietários.

SAC: 0800 644 6433 w w w.doles.com .br 44


Manual de Automação - BTS 350

TRIGLICÉRIDES ENZIMÁTICO LÍQUIDO


LISTAGEM DE PARÂMETROS * Parâmetro a ser definido pelo usuário.
Nome completo Triglicérides
Procedimento Técnico
Unidade mg/dL
Vide instruções de uso do kit
Modo de cálculo Ponto Final
Modo de leitura Monocromática
Calibração
Filtro de leitura 505 Para obtenção do fator, recomenda-se dosar
Filtro referência - em triplicata o padrão, ler as absorvâncias e
Volume de amostra 500µL tirar a média aritmética das mesmas.
Temperatura 37ºC
Decimais 0 Controle de Qualidade
Réplicas branco 1 O uso de soro controle de referência deve
Réplicas amostra 1 ser uma prática rotineira do laboratório.
Tempo de estabiliz. 1 Recomenda-se utilizar um soro controle com
Calibração Padrão valor na faixa de normalidade (soro controle
N - Doles) e outro soro controle de valor
N° de calibradores 1
elevado (soro controle P - Doles).
Concentração 1 200
Réplicas calibr. *
BTS 350 é marca registrada de seus
Limite linearidade 800 proprietários.
Limite branco -
Valor mínimo normal *
Valor máximo normal *
Controle 1 *
Nome do controle 1 *
Lote do controle 1 *
Controle 1 mínimo *
Controle 1 máximo *
Controle 2 *

SAC: 0800 644 6433 w w w.doles.com .br 45


Manual de Automação - BTS 350

URATO ENZIMÁTICO LÍQUIDO


LISTAGEM DE PARÂMETROS * Parâmetro a ser definido pelo usuário.
Nome completo Urato Enz. Líquido
Procedimento Técnico
Unidade mg/dL
Vide instruções de uso do kit
Modo de cálculo Ponto Final
Modo de leitura Monocromática
Calibração
Filtro de leitura 505 Para obtenção do fator, recomenda-se dosar
Filtro referência - em triplicata o padrão, ler as absorvâncias
Volume de amostra 500µL e tirar a média aritmética das mesmas.
Temperatura 37ºC
Decimais 2 Controle de Qualidade
Réplicas branco 1 O uso de soro controle de referência deve
Réplicas amostra 1 ser uma prática rotineira do laboratório.
Tempo de estabiliz. 1 Recomenda-se utilizar um soro controle
Calibração Padrão com valor na faixa de normalidade (soro
controle N - Doles) e outro soro controle
N° de calibradores 1
de valor elevado (soro controle P - Doles).
Concentração 1 7
Réplicas calibr. *
Limite linearidade 14
BTS 350 é marca registrada de seus
Limite branco - proprietários.
Valor mínimo normal *
Valor máximo normal *
Controle 1 *
Nome do controle 1 *
Lote do controle 1 *
Controle 1 mínimo *
Controle 1 máximo *
Controle 2 *

SAC: 0800 644 6433 w w w.doles.com .br 46


Manual de Automação - BTS 350

UREIA 500
LISTAGEM DE PARÂMETROS * Parâmetro a ser definido pelo usuário.
Nome completo Ureia 500
Procedimento Técnico
Unidade mg/dL
Vide instruções de uso do kit
Modo de cálculo Ponto Final
Modo de leitura Monocromática
Calibração
Filtro de leitura 620
Para obtenção do fator, recomenda-se dosar
Filtro referência - em triplicata o padrão, ler as absorvâncias
Volume de amostra 500µL e tirar a média aritmética das mesmas.
Temperatura 37ºC
Decimais 0 Controle de Qualidade
Réplicas branco 1 O uso de soro controle de referência deve
Réplicas amostra 1 ser uma prática rotineira do laboratório.
Tempo de estabiliz. 1 Recomenda-se utilizar um soro controle
Calibração Padrão com valor na faixa de normalidade (soro
N° de calibradores 1 controle N - Doles) e outro soro controle
Concentração 1 80 de valor elevado (soro controle P - Doles).
Réplicas calibr. *
Limite linearidade 280
BTS 350 é marca registrada de seus
Limite branco -
proprietários.
Valor mínimo normal *
Valor máximo normal *
Controle 1 *
Nome do controle 1 *
Lote do controle 1 *
Controle 1 mínimo *
Controle 1 máximo *
Controle 2 *

SAC: 0800 644 6433 w w w.doles.com .br 47


Manual de Automação - BTS 350

UREIA-UV
LISTAGEM DE PARÂMETROS * Parâmetro a ser definido pelo usuário.
Nome completo Ureia UV
Procedimento Técnico
Unidade mg/dL
Vide instruções de uso do kit
Modo de cálculo Tempo Fixo
Curva de reação Crescente
Calibração
Filtro de leitura 340
Para obtenção do fator, recomenda-se dosar
Volume de amostra 500µL em triplicata o padrão, ler as absorvâncias
Temperatura 37ºC e tirar a média aritmética das mesmas.
Decimais 0
Réplicas amostra 1 Controle de Qualidade
Tempo de incubação 30 O uso de soro controle de referência deve
Tempo de leitura 60 ser uma prática rotineira do laboratório.
Absorb. Inicial 0 Recomenda-se utilizar um soro controle
Calibração Padrão com valor na faixa de normalidade (soro
N° de calibradores 1 controle N - Doles) e outro soro controle
Concentração 1 80 de valor elevado (soro controle P - Doles).
Limite linearidade 200
Valor mínimo normal *
BTS 350 é marca registrada de seus
Valor máximo normal *
proprietários.
Controle 1 *
Nome do controle 1 *
Lote do controle 1 *
Controle 1 mínimo *
Controle 1 máximo *
Controle 2 *

SAC: 0800 644 6433 w w w.doles.com .br 48