Você está na página 1de 4

IEFP - Leiria

Formador: Télio silva


E-MAIL: formação. telio.silva@gmail.com
Formando: Fabio Daniel Silva
Data:18/06/2017
Horas: 25
UFCD 4903 – Metrologia Dimensional

Instrumentos de Medição de Metrologia de Comprimento1

Metrologia
A metrologia é a ciência que estuda a medição e tem como função medir, inspecionar
produtos e processos. É o setor responsável pelos instrumentos de medição e suas
calibrações.

Tudo pode ser medido desde o principio do mundo e por isso o homem desde os
primórdios da humanidade utilizou instrumentos para medir e por meio desta medida se
adaptar ou se relacionar com o meio em que viveu.
Existem diversos instrumentos para medição desde os mais simples como a régua até
projetor de perfis.
Há um universo de grandezas para dimensionamento e controle, cada uma com suas
unidades de medida respetiva. A seguir as mais conhecidas:

 Aceleração  Distância  Temperatura


 Ângulo  Energia  Tempo
 Área  Força  Torque
 Comprimento  Massa e Peso  Vazão
 Consumo  Potência  Velocidade
 Densidade  Pressão
 Volume
Abaixo citaremos alguns instrumentos de metrologia na área de medidas de
comprimento:

PAQUÍMETRO: É um instrumento usado para medidas internas, externas


e profundidade de uma peça. Consiste em uma régua metálica (geralmente inoxidável)
graduada, com um encosto fixo e outro móvel. Pode ser analógico, com a medição
direta na régua ou digital muito mais preciso quando se trata de medições mínimas.

1
As verificações e conceitos sobre os aparelhos de medição metrologica foram retiradas do site
http://aferramentacerta.blogspot.pt/p/metologia.html, salvo quando houver citação a outro site.
MICRÔMETRO: Para medições em objetos muito pequenos onde é necessário muita
precisão, usamos o micrômetro com graduações de décimos ou centésimos de milímetro.
Assim como no paquímetro, as medidas podem ser determinadas de forma analógica (visual)
ou digital (maior precisão).

RELÓGIO APALPADOR/COMPARADOR: são instrumentos de medição utilizados na


indústria para diversos fins, tais como verificar excentricidade de peças, alinhamento e
centralização de peças nas máquinas, paralelismo entre faces, medições internas e medições
de detalhes em locais com difícil acesso.
Consiste basicamente num mecanismo que transforma o deslocamento radial de uma ponta
de contato em movimento axial transmitindo a um relógio comparador, no qual em um
relógio analógico ou digital obtêm-se a leitura da dimensão. Para superfícies planas, o
relógio será fixado em uma base magnética.
RÉGUAS: Utilizadas na medida de comprimentos. As mesmas diferem das réguas comuns,
pois tem de estar calibradas. Desde o período escolar, são os instrumentos de medição mais
conhecidos. Obviamente as escalas de inox, usadas na indústria possuem maior precisão e
calibração.

ESQUADROS: Na aferição e controle de ângulos em peças prontas ou a serem cortadas


usamos esquadros já com ângulos pré definidos para melhor acabamento. Podem ser simples
ou combinados para aferições diversas com um mesmo instrumento.

TRANSFERIDOR: Como o próprio nome diz, serve para transferir medidas angulares de
uma peça para outra durante a produção ou conferir e controlar semelhanças entre peças
durante processos.
TRENA: é uma fita métrica usada para medir distâncias em geral. É produzida em
metal, plástico ou fibra de vidro, sendo retrátil e acondiciona num invólucro. As
unidades de medidas das trenas são: centímetros, milímetros, polegadas e pés.2

2
http://www.ecivilnet.com/dicionario/o-que-e-trena.html