Você está na página 1de 22

Flexão

Flexão

 Flexão é o estudo do efeitos do momento fletor nestas barras.


Deformação por Flexão

 O comportamento de qualquer barra deformável sujeita a um


momento fletor provoca o alongamento do material na parte
inferior e a compressão na parte superior. Entre essas duas regiões
existe uma superfície denominada superfície neutra, na qual não
ocorrerá mudança em seu comprimento.
Três Premissas
 1 – O eixo longitudinal x, que se encontra no interior da superfície neutra
não sofre qualquer mudança no comprimento. O momento tenderá a
deformar a viga de modo que a essa linha torna-se uma curva.
 2 – Todas as seções transversais da viga permanecem planas e
perpendiculares ao eixo longitudinal durante a deformação
 3 – Qualquer deformação na seção transversal dentro do seu próprio
plano será desprezada.
A fórmula da Flexão
𝑀. 𝑦
𝜎=−
𝐼
σ  tensão normal no elemento que ocorre em um ponto
M  momento interno resultante em uma determinada seção da
barra
I  momento de inércia da área de seção transversal calculada em
torno do eixo neutro
y  distância perpendicular do eixo neutro a um ponto qualquer.

Para materiais homogêneos e lineares elásticos o


eixo neutro passa pelo centroide da área de seção
transversal.
Convenção de Sinal

 Eixo de coordenadas  regra da mão direita

 Y (+)  para cima


 X (+)  saindo da área de seção transversal
 Momento + (regra da mão direita) direção apontada pelo dedão
Tensão Máxima

𝑀. 𝑦
𝜎=−
𝐼

Se y for o ponto mais afastado do eixo neutro


obteremos a máxima tensão normal do elemento

𝑀. 𝑐
𝜎𝑚𝑎𝑥 =
𝐼
Exemplo 1

 A viga tem seção transversal retangular e está sujeita a distribuição de


tensão mostrada na figura. Determine o momento interno M na seção
provocada pela distribuição de tensão.
Exemplo 2

 A viga simplesmente apoiada tem a área de seção transversal mostrada


na figura. Determine a tensão de flexão máxima absoluta na viga e
represente a distribuição de tensão na seção transversal nessa localização
Exemplo 3

 A viga mostrada tem área de seção transversal em forma de um canal.


Determine a tensão de flexão máxima que ocorre na viga na seção a-a
Flexão Assimétrica - Momento
Aplicado Arbitrariamente
 As vezes um elemento pode ser carregado de tal modo que o momento
interno resultante não aja e torno de um dos eixos principais. Quando isso
ocorre o momento deve ser decomposto. E então a formula da flexão
pode ser usada para determinar a tensão normal provocada por cada
componente e assim somadas.

𝑀𝑧 𝑦 𝑀𝑦 𝑧
𝜎=− +
𝐼𝑧 𝐼𝑦
Exemplo 1

 A seção transversal retangular mostrada está sujeita a um momento fletor


M = 12 kNm. Determine a tensão normal desenvolvida em cada canto da
seção
Exemplo 2

 Uma viga T está sujeita a um momento fletor de 15 kNm, como mostra a


figura. Determine a tensão normal máxima na viga e a orientação do eixo
neutro.
Força Axial Excêntrica
 Além das tensões causadas pelos momentos em z e y a força axial
causará uma tensão normal adicional, de tração ou compressão.

𝑀𝑧 𝑦 𝑀𝑦 𝑧 𝑁
𝜎=− + +
𝐼𝑧 𝐼𝑦 𝐴
Exemplo 3
 Uma carga vertical de 4,8 kN é aplicada como mostrada em um pedaço
de madeira de área de seção transversal retangular de 80 x 120 mm.
Determine a tensão nos pontos A, B, C e D
Módulo de Resistência a Flexão

 Como visto anteriormente, o dimensionamento à flexão normal, é feito


limitando-se os valores das tensões extremas aos valores das tensões
admissíveis. As tensões extremas são localizadas em pontos característicos
da seção transversal. Por exemplo, na seção da figura, quando o
momento “gira” a seção em torno do eixo y, as tensões extremas irão
ocorrer, sempre, nos pontos mais afastados da linha neutra, pontos A e B.

𝑀𝑦 𝑧𝐴 𝑁
𝜎𝑚á𝑥 = +
𝐼𝑦 𝐴
𝑀𝑦 𝑧𝐵 𝑁
𝜎𝑚𝑖𝑛 = +
𝐼𝑦 𝐴
 Note que que a posição destes pontos independe do momento e da
força aplicada. Ela é uma característica da seção. Podemos escrever a
eq. Como:

𝑀𝑦 𝑁 𝑀𝑦 𝑁
𝜎𝑚á𝑥 = + 𝜎𝑚𝑖𝑛 = +
𝐼𝑦 𝐴 𝐼𝑦 𝐴
𝑧𝐴 𝑧𝐵
 A relação Iy/z é uma característica da seção chamada de Módulo de
Resistência a Flexão em relação ao eixo y e é indicada por Wy

𝐼𝑦 𝐼𝑦
𝑊𝑦 = 𝑊𝑦 =
𝑧𝐴 𝑧𝐵
Exemplo

 Para a seção representada na Figura, determine os módulos de resistência


a flexão em relação aos eixos y e z.
Dados: Iy=13640 cm4 Iz = 3276 cm4
Exemplo

 Para atender uma travessa de pórtico de 3m de vão, de capacidade de


carga igual a 20 kN, deve ser usado um perfil tipo C, feito de aço
laminado que possui σe=540 MPa. Determine o menor tamanho de perfil
que atende a um coeficiente de segurança ao escoamento igual a 3.