Você está na página 1de 17

Discentes:

Luís Paulo Marire


Ilidio Zunguza
Joacina Faquir Cane
Luís Salaude
Yasser Gulamo

2o Nível/Pós-laboral
Engenharia Mecatrónica
Actuadores Hidraúlicos
Quarto Semestre

Universidade Zambeze
Faculdade de Ciências e Tecnologia
Departamento de Engenharia Mecatrónica
Instrumentação e Medidas Electricas

Beira, Novembro de 2018


Actuadores Hidraúlicos

Trabalho de pesquisa a ser apresentado ao


Departamento de Engenharia Mecatrónica, na
Faculdade de Ciências e Tecnologia em cumprimento
as exigências legais sob orientação do Docente:
Eng.

Universidade Zambeze
Faculdade de Ciências e Tecnologia
Departamento de Engenharia Mecatrónica
Instrumentação e Medidas Electricas

Beira, Novembro de 2018


Índice
Introdução ........................................................................................................................... 1
Objectivos ........................................................................................................................... 2
Geral ............................................................................................................................................ 2
Específicos ................................................................................................................................... 2
Procedimento da Pesquisa .................................................................................................. 3
Dificuldades ........................................................................................................................ 3
Conceitos Relacionados ...................................................................................................... 4
Actuador ...................................................................................................................................... 4
Hidraúlica .................................................................................................................................... 4
Classificação dos Actuadores ............................................................................................. 4
Actuadores Hidraúlicos ............................................................................................................... 5
Cilindro hidráulico.............................................................................................................. 5
Cilindro de pressão dinâmica ............................................................................................. 5
Cilindro de efeito único ...................................................................................................... 5
Cilindro de efeito duplo ...................................................................................................... 5
Cilindro telescópico ............................................................................................................ 6
Motor hidráulico ................................................................................................................. 6
Tipo oscilante Motor com eixo inclinado ........................................................................... 6
Motor com pistão de eixo inclinado ................................................................................... 6
Motor oscilante com pistão axial ........................................................................................ 7
Princípio de Funcionamento ............................................................................................... 8
Aplicações Hidraúlico ........................................................................................................ 8
Diferença Hidráulica e Pneumática .................................................................................... 8
Vantagens e desvantagens dos actuadores Hidráulicos ...................................................... 9
Conclusão ......................................................................................................................... 10
Bibliográfia ....................................................................................................................... 11
Introdução

Atuadores hidráulicos, pneumáticos e elétricos são usados para acionar dispositivos


mecatrônicos. Em geral, os atuadores hidráulicos são usados quando o que é necessário é
energia, e os pneus são de posicionamento simples. No entanto, a hidráulica exige muitos
equipamentos para o fornecimento de energia, bem como manutenção periódica. Por outro
lado, as aplicações de modelos pneumáticos também são limitadas do ponto de vista da
precisão e manutenção.

1
Objectivos

Geral
 Abordar sobre os actuadores Hidraúlicos.

Específicos
 Conhecer como funciona os actuadores Hidraúlicos.
 Diferênciar os actuadores hidraúlicos dos pneumáticos.
 Saber as vantagens e desvantagens dos actuadores hidraúlicos.

2
Procedimento da Pesquisa

Para o desenvolvimento do trabalho foram realizados pesquisas em livros electrónicos,


manuais técnicos e muitas deles foram online na internet. Foram utilizadas também
informações extraídas da aprendizagem absorvida nas salas de aulas nos anos passados.

Dificuldades

Muitas dificuldades enfrentadas para a execução e compilação desse seminário. Maior


dificuldade foi na conciliação do tempo para elaboração desde trabalho com êxito, visto que
no período laboral muitos colegas se encontram a fazer outras atividades (são empregado em
instituições).

3
Conceitos Relacionados

Actuador
Atuador é um elemento que produz movimento, atendendo a comandos que podem ser
manuais, eléctricos ou mecânicos. Como exemplo, pode-se citar atuadores de movimento
induzido por cilindros pneumáticos (pneumática), cilindros
hidráulicos (hidráulica), motores hidráulicos e motores pneumáticos (dispositivos rotativos
com acionamento de diversas naturezas). Estes mecanismos transformam, em geral, a energia
de entrada (diversas naturezas) em movimentos que se pode considerar energia cinética.

Hidraúlica
Hidraúlica é aquilo que é relativo ao liquído ou às máquinas com funcionamento por fluidos
em estado liquido.

Classificação dos Actuadores

Os actuadores podem ser :

 1Actuadores eletrônicos
 2 Actuadores hidráulicos
 2.1 Cilindro Hidráulico
 2.1.1 Cilindro de pressão dinâmica
 2.1.2 Cilindro de simples ação
 2.1.3 Cilindro de efeito duplo
 2.1.4 Cilindro telescópico
 2.2 Motor Hidráulico
 2.2.1 Motor de engrenagens
 2.3 Motor com pistão de eixo inclinado
 2.4 Motor oscilante com pistão axial
 3 Actuadores pneumáticos
 3.1 Paletes rotativas
 4 Actuadores elétricos
 5 Actuadores piezoelétricos

4
Mas so abordaremos somente os actuadores Hidraúlicos.

Actuadores Hidraúlicos
Os atuadores hidráulicos, que são os mais antigos, podem ser classificados de acordo com a
forma de operação, operando com base em fluidos pressurizados. Existem três grupos
principais:

 Cilindro hidráulico
 Motor hidráulico
 Motor de oscilação hidráulica

Cilindro hidráulico

De acordo com sua função, podemos classificar os cilindros hidráulicos em 2 tipos: efeito
simples e dupla ação. No primeiro tipo, força hidráulica é usada para empurrar e uma força
externa, diferente, para contrair. O segundo tipo usa energia hidráulica para realizar as duas
ações. O controlo de direção é realizado por meio de um solenóide. Dentro eles têm uma
mola que muda sua constante elástica com a passagem da corrente. Ou seja, se a corrente flui
através do pistão elétrico, ela pode ser facilmente estendida.

Cilindro de pressão dinâmica

Carregue a carga na base do cilindro. Os custos de fabricação são geralmente baixos, pois
não há peças que escorreguem dentro do cilindro.

Cilindro de efeito único

A barra é apenas em uma extremidade do pistão, que é contraída por molas ou pela mesma
gravidade. A carga pode ser colocada apenas em uma extremidade do cilindro.

Cilindro de efeito duplo

5
A carga pode ser colocada em ambos os lados do cilindro. Um pulso horizontal é gerado
devido à diferença de pressão entre as extremidades do pistão

Cilindro telescópico

A barra do tipo de tubo de múltiplos estágios é empurrada sucessivamente quando aplicada


ao cilindro de óleo pressurizado. Um curso relativamente longo pode ser alcançado em
comparação com o comprimento do cilindro

Motor hidráulico

Nos motores hidráulicos, o movimento rotativo é gerado pela pressão. Estes motores podem
ser classificados em dois grandes grupos: O primeiro é um tipo rotativo em que as
engrenagens são acionadas diretamente por óleo sob pressão, e o segundo, tipo oscilante, o
movimento rotativo é gerado pela ação oscilatória de um pistão. Ou martelo; Este tipo tem
maior demanda devido a sua maior eficiência. Abaixo está a classificação deste tipo de motor

 Motor de engrenagem
 Motor rotativo do tipo palheta
 Motor da hélice
 Motor hidráulico Motor excêntrico
 Pistão axial

Tipo oscilante Motor com eixo inclinado

Motor de engrenagem: O óleo de pressão flui da entrada atuando na face dentada de cada
engrenagem gerando torque na direção da seta. A estrutura do motor é simples, portanto, é
altamente recomendável para uso em operações de alta velocidade.

Motor com pistão de eixo inclinado

O óleo pressurizado que flui da entrada empurra o pistão contra o flange e a força resultante
na direção radial faz com que o eixo e o bloco do cilindro girem na direção da seta. Este tipo

6
de motor é muito conveniente para aplicações de alta pressão e alta velocidade. É possível
modificar sua capacidade alterando o ângulo de inclinação do eixo.

Motor oscilante com pistão axial

Sua função é absorver um certo volume de fluido sob pressão e devolvê-lo ao circuito quando
ele precisar.

Constitituíção de Actuador Hidráulico

Um cilindro de ação dupla, haste simples e tampas rosqueadas, visto em corte. A haste (13)
é rigidamente fixada ao êmbolo (5), que se move ao longo do tubo cilíndrico (3), pela ação
do fluido sob pressão, que é direcionado para as entradas nas tampas (1) - extensão, e (2) -
retração. A vedação do êmbolo (10) impede a passagem do fluído entre as câmaras internas
do cilindro. A vedação (7) impede o vazamento externo do fluido pela haste, a vedação (8)
impede o vazamento externo do fluido pela tampa da haste e a vedação (14) impede o
vazamento externo do fluido pela tampa traseira.

7
Princípio de Funcionamento

Os actiadores lineare são conhecidos como cilindros ou pistões. Um exemplo de pistao é


uma seringa de injeção, daquelas comuns, a venda em farmácias. Só que ela funciona de
maneira inversa há actuadores lineares. Numa seringa, voce aplica força mecânica na haste
do êmbolo.

O êmbolo, por sua vez, desloca-se segundo um movimento linear (de translação), guiado
pelas paredes do tubo da seringa, e faz com que o fluido (no caso, o medicamento) saia sob
pressão pela agulha. Ou seja, está ocorrendo uma transformação de energia mecânica em
energia de pressão do fluido.

Se injetarmos um fluido (água, por exemplo) pelo ponto a agulha é acoplada ao corpo da
seringa, o êmbolo irá se deslocar segundo um movimento linear.

Estaremos transformando a energia de pressão do fluido em energia mecânica

Aplicações Hidraúlico

São incontáveis os tipos de aplicações em que podemos encontrar um motor hidraúlico.


Dentre algumas delas podemos citar, por exemplo, guindastes, esteiras rolantes,
perfuradoras, serras, carros do tipo vagão, dragas, máquinas agrícolas, laminadoras,
bobinadeiras, misturadores, etc.

O actuador hidráulico trabalha com óleo próprio para esse fim, tem a vantagem de poder
realizar altos esforços graças a alta pressão do óleo. É usado onde se precisa muita força e
velocidade de operação relativamente baixa. Utiliza uma bomba, reservatório, filtros, etc
próprios, não é usual um conjunto desses alimentar mais um ponto de operação distante. Na
indústria é usado por exemplo em prensas, para corte ou conformação, compactadores, etc..

Diferença Hidráulica e Pneumática

8
Os sistemas hidráulicos e pneumático funcionam de forma semelhante. Enquanto a
pneumática cria sistemas mecânicos baseados no ar comprimido, a hidráulica gera energia
através da passagem de fluídos, sendo o mais comum a água.

A diferença no funcionamento da hidráulica e da pneumática também se dá no


reaproveitamento dos materiais.

O ar utilizado pelas máquinas pneumáticas é expulso após cumprir sua função, sem ser
utilizado novamente.

Já nas máquinas hidráulicas, os líquidos descartados podem retornar ao sistema mecânico.

Vantagens e desvantagens dos actuadores Hidráulicos

Um motor eléctrico trifásico possui um óptimo redimento, pois converte 90 a 95% da energia
Electrica que lhe é fornecida, em energia mecânica.

Os motores do tipo gerotor, palhetas e pistões podem atingir um rendmento máximo em torno
de 85% a 90%. Alguns motores especiais de pistões possuem precisão mais apurada,
adicionada durante o processo de construção, podendo atingir valores de rendimento um
pouco acima de 90%.

O motor hidráulico pode trabalhar em ambientes que não seriam aplicáveis para um motor
eléctrico comum.

Este tipo de motor pode trabalhar submerso em quase todos os tipos de fluidos conhecidos.
Pode também trabalhar em ambientes corrosivos ou explosivos. Pode trabalhar inclusive em
ambientes superaaquecidos que seriam perigosos para o motor eléctrico.

9
Conclusão

Concluindo com os actuadores hidráulicos com fascinante apliacções, percebe-se que o


fluido hidráulico é a fonte principal de energia em um atuador hidráulico. O movimento do
atuador pode ser controlado alterando a quantidade do fluido hidráulico no seu interior.
Durante muito tempo, as pessoas utilizavam a água como um fluido hidráulico. Novas
tecnologias em engenharia química no entanto, criaram óleos projetados especificamente
para esta finalidade. E ainda percebemos que o mecanismo básico é a conversão da energia
de um sistema. Um óleo hidráulico pressurizado é um fluido que não pode ser ainda mais
comprimido. Quando uma extremidade recebe pressão, o fluido multiplica a pressão e é capaz
de convertê-lo para um movimento mecânico. É por isso que eles são capazes de gerar grande
força.

10
Bibliográfia

NEGRI, Victor Juliano, Princípios Gerais da hidráulica e Pneumática, 1 a ed, Brasil, 2001

Linkes consultados em 06/11/2018.

https://es.wikipedia.org/wiki/Actuador#Actuadores_hidr%C3%A1ulicos

https://www.mecanicaindustrial.com.br/348-o-que-e-um-atuador-hidraulico/

https://www.sabereletrica.com.br/tipos-de-atuadores/

11
Anexos

12
Actuador Hidrálico

13
14