Você está na página 1de 24
Comida no pote para vender DANIELE CRUZ

Comida no pote

para vender

DANIELE CRUZ

Comida no pote para vender DANIELE CRUZ
COMIDA NO POTE PARA VENDER - 2 - O curso As refeições no pote de

COMIDA NO POTE PARA VENDER

- 2 -

O curso

As refeições no pote de vidro são opções higiênicas, práticas, saborosas e atrativas para aque- la marmita do dia a dia, ideais para quem não tem muito tempo mas se preocupa em ter uma ali- mentação de qualidade. A expert Daniele Cruz, que trabalha com venda de refeições no pote, vem compartilhar toda sua experiên- cia com você que quer empreen- der nesse segmento. Ela vai en- sinar tudo: as técnicas-base para a higienização dos alimentos e dos frascos, a montagem do car- dápio, porcionamento e ainda o passo a passo de seis refeições saudáveis – com direito a uma salada no pote tipo refeição com- pleta – para você já começar a vender! Para completar, Daniele ainda vai explicar sobre outras opções de potes, a composição de custos, divulgação e como fi- delizar clientes respeitando suas preferências e restrições.

NÍVEL DO CURSO Básico

PRÉ-REQUISITOS Curso livre

OBJETIVO GERAL Ensinar

técnicas e receitas para produzir

e vender refeições no pote de

maneira prática e saudável. O

curso irá abordar desde a matéria prima, embalagem, manipulação

e montagem nos potes até

as dicas de entrega para os consumidores.

nos potes até as dicas de entrega para os consumidores. ACESSE PELO APP assista a cursos

ACESSE PELO APP assista a cursos ao vivo e acesse o catálogo de seu smartphone ou tablet.

ao vivo e acesse o catálogo de seu smartphone ou tablet. ESTE MATERIAL É PARTE INTEGRANTE
ao vivo e acesse o catálogo de seu smartphone ou tablet. ESTE MATERIAL É PARTE INTEGRANTE

ESTE MATERIAL É PARTE INTEGRANTE DO CURSO ONLINE “COMIDA NO POTE PARA VENDER” DA EDUK (WWW.EDUK.COM.BR) CONFORME A LEI Nº 9.610/98, É PROIBIDA A REPRODUÇÃO TOTAL E PARCIAL OU DIVULGAÇÃO COMERCIAL DESTE MATERIAL SEM AUTORIZAÇÃO PRÉVIA E EXPRESSA DO AUTOR (ARTIGO 29)

A expert Daniele Cruz, profissional técnica em gastronomia pelo SENAC, fez vários curso na área

A expert

Daniele Cruz, profissional técnica em gastronomia pelo SENAC, fez vários curso na área de manipula- ção de alimentos (incluindo boas práticas na ANVISA), congela- mento e refeições saudáveis. Pro- prietária da empresa ARTE NO POTE, na qual realiza a criação de receitas, atendimento ao cliente, vendas e delivery. Realiza também consultoria particular para execu- ção de cardápios individualizados para consumidores e clientes.

de cardápios individualizados para consumidores e clientes. COMIDA NO POTE PARA VENDER - 3 - ESTE
de cardápios individualizados para consumidores e clientes. COMIDA NO POTE PARA VENDER - 3 - ESTE

COMIDA NO POTE PARA VENDER

- 3 -

consumidores e clientes. COMIDA NO POTE PARA VENDER - 3 - ESTE MATERIAL É PARTE INTEGRANTE
consumidores e clientes. COMIDA NO POTE PARA VENDER - 3 - ESTE MATERIAL É PARTE INTEGRANTE
consumidores e clientes. COMIDA NO POTE PARA VENDER - 3 - ESTE MATERIAL É PARTE INTEGRANTE
consumidores e clientes. COMIDA NO POTE PARA VENDER - 3 - ESTE MATERIAL É PARTE INTEGRANTE
consumidores e clientes. COMIDA NO POTE PARA VENDER - 3 - ESTE MATERIAL É PARTE INTEGRANTE

ESTE MATERIAL É PARTE INTEGRANTE DO CURSO ONLINE “COMIDA NO POTE PARA VENDER” DA EDUK (WWW.EDUK.COM.BR) CONFORME A LEI Nº 9.610/98, É PROIBIDA A REPRODUÇÃO TOTAL E PARCIAL OU DIVULGAÇÃO COMERCIAL DESTE MATERIAL SEM AUTORIZAÇÃO PRÉVIA E EXPRESSA DO AUTOR (ARTIGO 29)

COMIDA NO POTE PARA VENDER - 4 - Sumário HIGIENIZAÇÃO DOS POTES E DOS ALIMENTOS

COMIDA NO POTE PARA VENDER

- 4 -

Sumário

HIGIENIZAÇÃO DOS POTES E DOS ALIMENTOS

5

ELABORAÇÃO DE CARDÁPIO E PORCIONAMENTO

8

CARDÁPIO BALANCEADO

9

CUSCUZ MARROQUINO COM CARNE

10

FUSILLI AO MOLHO BECHAMEL COM BRÓCOLIS

11

ESCONDIDINHO DE MANDIOQUINHA E CARNE DESFIADA

13

YAKISSOBA LIGHT DE MACARRÃO BIFUM

14

FEIJÃO FRADINHO COM ARROZ 7 GRÃOS, FRANGO E LEGUMES 15

COMO MONTAR SALADA NO POTE

16

ADMINISTRAÇÃO E MARKETING DO SEU NEGÓCIO

17

FONTES

24

ESTE MATERIAL É PARTE INTEGRANTE DO CURSO ONLINE “COMIDA NO POTE PARA VENDER” DA EDUK (WWW.EDUK.COM.BR) CONFORME A LEI Nº 9.610/98, É PROIBIDA A REPRODUÇÃO TOTAL E PARCIAL OU DIVULGAÇÃO COMERCIAL DESTE MATERIAL SEM AUTORIZAÇÃO PRÉVIA E EXPRESSA DO AUTOR (ARTIGO 29)

COMIDA NO POTE PARA VENDER - 5 - Higienização dos potes e dos alimentos COMPRA

COMIDA NO POTE PARA VENDER

- 5 -

Higienização dos potes e dos alimentos

COMPRA E HIGIENIZAÇÃO DOS POTES Onde comprar: Para quem é da cidade de São Paulo, é fácil encontrar potes de diversos tamanhos no Centro da cidade, ao redor da Rua Tabatinguera. Lá você encontra os potes de vidro e as tampas.

Por que higienizar os potes de vidro: O vidro precisa ser es- terilizado para que não estrague o alimento. A proliferação de bactérias pode acelerar o processo de decomposição da comida e oferecer risco de contaminação para quem ingere. Os alimentos naturalmente estragam, uns mais rapida- mente, outros menos. Os grãos que consumimos chegam às nossas despensas secos, porque passam por um processo de secagem, justamente para durarem mais. O leite é pas- teurizado e o milho enlatado, assim por diante. Tudo isso é feito para que esses alimentos mantenham a qualidade por mais tempo, adiando um pouco o processo de deterioração. No caso das refeições no pote, uma das medidas para prolongar a durabilidade dos produtos alimentícios é a es- terilização do recipiente.

Como higienizar recipientes de vidro e tampas: Independen- te da forma que escolher para esterilizar seus potes e garrafas, lave-os muito bem com detergente e água quente, prestando atenção nos cantinhos internos e na rosca da tampa. Se não tiver água aquecida na pia, esquente em uma panela. Verifi- que também se não há rachaduras nos vidros ou ferrugens nas tampas metálicas. Caso houver, é melhor descartar. Enxague bem os vidros com água quente para remover todo o detergente e deixe escorrer sobre uma superfície forrada com papel-toalha ou um pano de algodão muito lim- po. Também é possível usar um escorredor de louças, desde que esteja livre de bactérias.

Para esterilizar frascos de vidro em água quente: Use um pano de algodão limpo, zerinho se for possível, para forrar o fundo de uma panela. Disponha os potes sobre ele e cubra completamente com água. Deixe ferver por 10 minutos. A função do pano é proteger os potes do contato com o fundo da panela. Você também pode usar um outro pano

ESTE MATERIAL É PARTE INTEGRANTE DO CURSO ONLINE “COMIDA NO POTE PARA VENDER” DA EDUK (WWW.EDUK.COM.BR) CONFORME A LEI Nº 9.610/98, É PROIBIDA A REPRODUÇÃO TOTAL E PARCIAL OU DIVULGAÇÃO COMERCIAL DESTE MATERIAL SEM AUTORIZAÇÃO PRÉVIA E EXPRESSA DO AUTOR (ARTIGO 29)

COMIDA NO POTE PARA VENDER - 6 - entre os vidros para separá-los e evitar

COMIDA NO POTE PARA VENDER

- 6 -

entre os vidros para separá-los e evitar que se choquem ao se agitarem com a fervura.

Outra coisa importante é nunca colocar os vidros frios na água

já fervente, porque eles podem rachar com o choque térmico.

Retire os potes com a ajuda de uma pinça de cozinha ou outro pegador que você tenha e deixe que escorram sobre papel-toalha. Faça o mesmo procedimento com as tampas, mas não preci- sa deixá-las fervendo por tanto tempo, 5 minutos bastam.

Para esterilizar frascos de vidro no forno: Arrume os potes e tampas sobre uma assadeira, com a boca para cima. Leve para secar em forno baixo (a 110°C) por cerca de dez minutos. A temperatura não pode ser mais alta porque nem todo vidro vai resistir ao calor intenso, podendo rachar.

HIGIENIZAÇÃO DE ALIMENTOS Tanto nas frutas quanto nas hortaliças podemos encontrar uma quantidade significativa de bactérias (entre elas os co- liformes fecais e salmonelas), além de larvas de insetos cau- sadoras de infecções intestinais e verminoses. Os agrotóxicos, por sua vez, quando ingeridos em grande quantidade, podem causar cansaço, irritação na pele, aler- gias e intoxicação. A longo prazo o seu consumo pode trazer até consequências mais graves. Segundo a Anvisa "Uma lavagem dos alimentos em água cor- rente só poderia remover parte dos resíduos de agrotóxicos presentes na superfície dos mesmos. Os agrotóxicos sistêmi- cos e uma parte dos de contato, por terem sido absorvidos por tecidos internos da planta, caso ainda não tenham sido degra- dados pelo próprio metabolismo do vegetal, permanecerão nos alimentos mesmo que esses sejam lavados. Neste caso, uma vez contaminados com resíduos de agrotóxicos, estes ali- mentos levarão o consumidor a ingerir [esses] resíduos." Embora a higienização sugerida a seguir não remova todo

o agrotóxico, melhorará bastante as condições do alimento, tornando-o mais adequado para o consumo.

Passo a passo do processo de higienização Você vai precisar de:

• Uma escova com cerdas macias, própria para lavar frutas e legumes. • Duas bacias ou tigelas grandes utilizadas somente para este fim.

• Água sanitária (sem qualquer aditivo, como fragrâncias ou detergentes) com concentração de cloro de 2 a 2,5%.

• Bicarbonato de sódio.

ESTE MATERIAL É PARTE INTEGRANTE DO CURSO ONLINE “COMIDA NO POTE PARA VENDER” DA EDUK (WWW.EDUK.COM.BR) CONFORME A LEI Nº 9.610/98, É PROIBIDA A REPRODUÇÃO TOTAL E PARCIAL OU DIVULGAÇÃO COMERCIAL DESTE MATERIAL SEM AUTORIZAÇÃO PRÉVIA E EXPRESSA DO AUTOR (ARTIGO 29)

COMIDA NO POTE PARA VENDER - 7 - 1ª Etapa: desinfecção (todos os legumes, frutas

COMIDA NO POTE PARA VENDER

- 7 -

1ª Etapa: desinfecção (todos os legumes, frutas e verduras)

• Selecione bem as frutas e verduras, retirando as partes estragadas.

• Lave-os bem para tirar a sujeira.

• As verduras precisam ser lavadas folha por folha. As uvas pre- cisam ser lavadas com muito cuidado para não caírem do cacho.

• Limpe-os bem com a escova (exceto folhas pequenas e/ou

sensíveis, como alface, agrião, espinafre, etc. e frutas deli- cadas como morango e uva).

• Deixe-os mergulhados por cerca de 30 minutos numa tige-

la com 1 litro de água e 1 colher de sopa de água sanitária.

• Enxágue bem.

2ª Etapa (somente as frutas que serão consumidas com a casca e as verduras)

• Coloque-os em outra tigela com um litro de água acrescido

de uma colher de sopa de bicarbonato de sódio. Deixe agir por mais 20 minutos.

• Enxágue bem.

Observações importantes

• Você pode lavar todas as verduras e guardá-las em potes tampados dentro da geladeira.

• Siga o procedimento acima e, para finalizar, seque-as, fo- lha por folha, com um papel toalha.

• Elas duram em torno de uma semana.

• As frutas também devem ser secas.

• Se você puder, prefira comprar frutas e hortaliças orgâni-

cas, por não conterem agrotóxicos. No entanto, para higie- nizá-los, proceda da mesma forma.

• Entre os alimentos com maior concentração de agrotóxi- cos estão o morango, o tomate e a alface.

• As frutas e legumes da estação têm uma quantidade me-

nor de agrotóxicos.

• Não há necessidade de aplicar o processo de desinfecção

em frutas com cascas grossas, como laranja, banana, tange-

rina, melancia, melão, abacaxi, etc. No entanto, com exce- ção da banana, as demais devem ser lavadas antes de serem cortadas ou descascadas.

• Lugar de frutas, verduras e legumes é dentro da geladeira,

devidamente embalados. O único deles que deve ficar fora da geladeira é a banana.

• Frutas como abacaxi, melancia, melão, abacate, entre outras,

não necessitam de geladeira antes de serem partidas. No entan- to, precisam ficar longe do sol, da umidade e em lugar arejado.

ESTE MATERIAL É PARTE INTEGRANTE DO CURSO ONLINE “COMIDA NO POTE PARA VENDER” DA EDUK (WWW.EDUK.COM.BR) CONFORME A LEI Nº 9.610/98, É PROIBIDA A REPRODUÇÃO TOTAL E PARCIAL OU DIVULGAÇÃO COMERCIAL DESTE MATERIAL SEM AUTORIZAÇÃO PRÉVIA E EXPRESSA DO AUTOR (ARTIGO 29)

COMIDA NO POTE PARA VENDER - 8 - • Não se esqueça de lavar bem

COMIDA NO POTE PARA VENDER

- 8 -

• Não se esqueça de lavar bem as mãos antes de manusear os alimentos.

Entre ingerir alimentos com resquícios de agrotóxicos e não os ingerir, os profissionais da saúde aconselham a sua in- gestão – já que eles contêm nutrientes de vital importância para a nossa saúde – desde que sejam higienizados correta- mente, pois o procedimento pode minimizar os problemas que os agrotóxicos poderiam causar ao nosso organismo.

Elaboração de cardápio e porcionamento

Para aqueles que desejam empreender com refeições no pote, eu sugiro que tenham o auxílio de uma nutricionista, até mesmo para realizar uma tabela nutricional, que é ex- tremamente importante para venda. A nutricionista pode auxiliar a fazer composições que combi- nem, além de fornecer as proporções exatas de cada nutriente. De acordo com a organização mundial de saúde, é recomendan- do o consumo de 400 g de frutas e hortaliças por dia, o que equiva- le a mais ou menos 5 porções desses alimentos. Mas, além da quan- tidade, é importante pensar na combinação entre os alimentos.

Uma média das porções que podemos utilizar na elabora- ção do cardápio:

Carne Vermelha: 120 g Carne Branca: 140 g Peixe: 140 g Carboidrato: 90 g Legumes e verduras variados: 200 g

Valorize os hábitos e cultura locais: sempre dê preferência para os alimentos que são produzidos perto de você, geralmen- te são mais frescos, com menos conservantes e mais baratos. Sabor agradável: a ausência de sabor é outro mito, pois uma alimentação balanceada precisa ser saborosa. Variada e colorida: a refeição deve ser composta por vários tipos de

alimentos, de várias cores e sabores, assim evitamos a rotina alimentar

e também obtemos os nutrientes necessários. Não existe um alimen-

to que, por si só, supra todas as nossas necessidades nutricionais.

ESTE MATERIAL É PARTE INTEGRANTE DO CURSO ONLINE “COMIDA NO POTE PARA VENDER” DA EDUK (WWW.EDUK.COM.BR) CONFORME A LEI Nº 9.610/98, É PROIBIDA A REPRODUÇÃO TOTAL E PARCIAL OU DIVULGAÇÃO COMERCIAL DESTE MATERIAL SEM AUTORIZAÇÃO PRÉVIA E EXPRESSA DO AUTOR (ARTIGO 29)

COMIDA NO POTE PARA VENDER - 9 -   MAMINHA GRELHADA COM LEGUMES ASSADOS E

COMIDA NO POTE PARA VENDER

- 9 -

 

MAMINHA GRELHADA COM LEGUMES ASSADOS E ARROZ 7 GRÃOS

Ingredientes

Quantidade líquida

Quantidade bruta

Beringela assada (1un.)

100

150

PRATO 1

Abobrinha

100

150

Cebola

50

50

Arroz 7 grãos

90

45

Maminha

120

150

Azeite, sal, alho e ervas

20

20

 

ESCONDIDINHO DE CARÁ COM FRANGO

Ingredientes

Quantidade líquida

Quantidade bruta

PRATO 2

Peito de frango

140

180

Cará

200

300

Leite (purê)

30

30

Manteiga (purê)

10

10

Azeite, sal, alho e ervas

30

30

 

CARNE DE PANELA, CENOURA COZIDAS E ARROZ 7 GRÃOS

Ingredientes

Quantidade líquida

Quantidade bruta

PRATO 3

Arroz 7 grãos

90

40

Patinho

120

150

Cenoura cozida

200

220

Azeite, sal, alho e ervas

20

20

 

ABOBRINHA RECHEADA COM LENTILHAS E RICOTA GRATINADAS COM PARMESÃO

Ingredientes

Quantidade líquida

Quantidade bruta

Abobrinha

250

250

PRATO 4

Lentilha

90

45

Ricota

50

50

Parmesão

20

20

Cebola

30

30

Azeite, sal, alho e ervas

30

30

 

TILÁPIA COM MOLHO DE ALCAPARRAS, CENOURA E ARROZ 7 GRÃOS

Ingredientes

Quantidade líquida

Quantidade bruta

Tilápia

140

200

PRATO 5

Alcaparras

15

15

Cenoura

200

220

Arroz 7 grãos

90

45

Alho

10

10

Sal e azeite

15

15

ESTE MATERIAL É PARTE INTEGRANTE DO CURSO ONLINE “COMIDA NO POTE PARA VENDER” DA EDUK (WWW.EDUK.COM.BR) CONFORME A LEI Nº 9.610/98, É PROIBIDA A REPRODUÇÃO TOTAL E PARCIAL OU DIVULGAÇÃO COMERCIAL DESTE MATERIAL SEM AUTORIZAÇÃO PRÉVIA E EXPRESSA DO AUTOR (ARTIGO 29)

COMIDA NO POTE PARA VENDER - 10 - Cuscuz marroquino com carne RENDIMENTO 1 porção

COMIDA NO POTE PARA VENDER

- 10 -

Cuscuz marroquino com carne

RENDIMENTO 1 porção de 350 g

VALIDADE 4 dias sob refrigeração; 90 dias congelado

350 g VALIDADE 4 dias sob refrigeração; 90 dias congelado Ingredientes 45 g de cuscuz marroquino

Ingredientes

45 g de cuscuz marroquino

240 ml de água

Azeite – Q.B.

130 g de iscas de filé mignon, alcatra ou contra filé

Sal – Q.B.

Pimenta-do-reino – Q.B.

100 g de cebola

20 g de alho

150 g de repolho

50 g de tomate-cereja

Salsinha – Q.B.

Cebolinha – Q.B.

10

g de castanha de caju

20

g de uva-passa branca

PREPARO

• Inicie com o cuscuz marroquino, hidratando-o por 5 minutos em água morna e azeite (a água sempre será proporcional à mesma medida de cuscuz).

• Enquanto isso, tempere os escalopes da carne escolhi- da com sal, pimenta-do-reino, cebola picada e alho e reserve.

• Depois que o cuscuz estiver hidratado, vá soltando-o com um garfo aos poucos para que ele não fique em- pedrado.

• Leve a carne a uma frigideira antiaderente com um fio de azeite, deixe dourar, retire e reserve.

• Na mesma frigideira, leve o repolho já picado para sal- tear com um pouco de azeite e sal, depois murchar um pouco, retire e reserve.

• Na mesma frigideira, salteie os tomates cortados ao meio com a salsa, retire e reserve.

• Na mesma frigideira, doure levemente as castanhas de caju e as uvas-passas brancas com um fio de azeite, depois coloque o cuscuz marroquino e a cebolinha pi- cada, misture tudo em fogo baixo por mais ou menos por 2 minutos, retire e reserve.

• No pote de vidro já higienizado, monte a refeição na seguinte ordem: cuscuz, carne, tomates e repolho.

• Leve à geladeira semiaberto e após frio feche bem o pote.

PODE SUBSTITUIR

• Carne por frango.

• Repolho por diversos legumes ou verduras.

• Cuscuz marroquino por arroz integral, arroz 7 grãos, grão de bico ou lentilhas.

ESTE MATERIAL É PARTE INTEGRANTE DO CURSO ONLINE “COMIDA NO POTE PARA VENDER” DA EDUK (WWW.EDUK.COM.BR) CONFORME A LEI Nº 9.610/98, É PROIBIDA A REPRODUÇÃO TOTAL E PARCIAL OU DIVULGAÇÃO COMERCIAL DESTE MATERIAL SEM AUTORIZAÇÃO PRÉVIA E EXPRESSA DO AUTOR (ARTIGO 29)

COMIDA NO POTE PARA VENDER - 11 - Fusilli ao molho bechamel com brócolis Dica:

COMIDA NO POTE PARA VENDER

- 11 -

Fusilli ao molho bechamel com brócolis

Dica: branquear por mais de 2 minutos fará com que a cor do vegetal suma, criando uma textura macia e mole. Não usar água suficiente e deixar os vegetais parcialmente expostos resultará em um cozimento desigual. Use bastante água para cobrir os brócolis por inteiro.

RENDIMENTO 1 porção de 350 g

VALIDADE 4 dias sob refrigeração; 60 dias congelado

350 g VALIDADE 4 dias sob refrigeração; 60 dias congelado Ingredientes 100 g de cebola 2

Ingredientes

100 g de cebola

2 unidades de cravo

260 ml de leite

60

g de manteiga

15

g de farinha de trigo

Sal – Q.B.

Noz-moscada – Q.B.

PREPARO

• Cozinhe o fusilli al dente e reserve

• Para se beneficiar de todas as propriedades do brócolis, ele deve ser consumido cru ou cozido no vapor. Ao cozi- nhar na água muitas de suas propriedades são perdidas.

• Você deve higienizá-los como mostrado no curso.

• Para preparar o brócolis no vapor, utilize uma vapo- reira. Se você não tiver uma, é possível improvisar pe- neiras ou escorredores de macarrão de alumínio ou de inox com orifícios que permitam a passagem do vapor e que encaixe perfeitamente na panela, sem ficar em contato com a água.

• Corte o brócolis em pedaços pequenos, seguindo as linhas do talo.

• Leve uma panela com água até menos de metade ao fogo médio , com um pouco de sal.

• Quando ferver, coloque o escorredor de macarrão e adicione os brócolis.

45

g de fusilli integral

• Retire quando estiver al dente (espete com um garfo

80

g de brócolis

para ter certeza).

com um garfo 80 g de brócolis para ter certeza). Para branquear o Brócolis 1 vaporeira

Para branquear o Brócolis

1 vaporeira ou 1 panela e escorredor de macarrão de alumínio ou inox

Sal (Q.B)

1 tigela com água e gelo

• Enquanto estiver esperando o cozimento, encha uma tigela grande com água fria e cubos de gelo e reserve

• Remova os brócolis com uma escumadeira, e coloque- -os imediatamente na água com gelo para parar o pro- cesso de cozimento.

• Remova os brócolis da água fria depois de 30 segun- dos, escorra-os novamente e reserve

ESTE MATERIAL É PARTE INTEGRANTE DO CURSO ONLINE “COMIDA NO POTE PARA VENDER” DA EDUK (WWW.EDUK.COM.BR) CONFORME A LEI Nº 9.610/98, É PROIBIDA A REPRODUÇÃO TOTAL E PARCIAL OU DIVULGAÇÃO COMERCIAL DESTE MATERIAL SEM AUTORIZAÇÃO PRÉVIA E EXPRESSA DO AUTOR (ARTIGO 29)

Anotações:

Anotações: COMIDA NO POTE PARA VENDER - 12 - PREPARO DO MOLHO • Fure a cebola

COMIDA NO POTE PARA VENDER

- 12 -

PREPARO DO MOLHO

• Fure a cebola com cravo e reserve.

• Aromatize o leite, fervendo-o com a cebola com os cravos. Coe o leite em uma panela e reserve.

• Em uma panela, aqueça a manteiga até derreter e adicio- ne a farinha de trigo, misturando até ficar homogêneo.

• Retire do fogo e acrescente o leite aromatizado aos poucos, misturando até que dilua por completo.

• Retorne a mistura ao fogo e cozinhe em fogo médio/ baixo até atingir o ponto napê*.

• Tempere com sal e noz-moscada.

*mergulha-se uma colher e passa-se o dedo nas costas dessa colher, se formar um

caminho e o creme não escorrer, significa que está no ponto napê.

MONTAGEM DO POTE

• Em um bowl, coloque o fusilli,o brócolis branqueado e o molho, misture tudo muito bem e coloque no pote.

• Se ainda estiver quente, guarde-o na geladeira entreaber- to até que esteja totalmente frio, depois feche muito bem.

PODE SUBSTITUIR

• O fusilli por penne, tortiglione, rigatoni ou farfalle.

• O molho bechamel por ao sugo ou bolonhesa.

ESTE MATERIAL É PARTE INTEGRANTE DO CURSO ONLINE “COMIDA NO POTE PARA VENDER” DA EDUK (WWW.EDUK.COM.BR) CONFORME A LEI Nº 9.610/98, É PROIBIDA A REPRODUÇÃO TOTAL E PARCIAL OU DIVULGAÇÃO COMERCIAL DESTE MATERIAL SEM AUTORIZAÇÃO PRÉVIA E EXPRESSA DO AUTOR (ARTIGO 29)

COMIDA NO POTE PARA VENDER - 13 - Escondidinho de mandioquinha e carne desfiada PREPARO

COMIDA NO POTE PARA VENDER

- 13 -

Escondidinho de mandioquinha e carne desfiada

PREPARO

• Em uma panela de pressão, coloque um fio de azeite

edoure a cebola e o alho, depois doure a carne de pa- tinho que deverá estar em pedaços, coloque sal, salsa

e pimenta-do-reino.

RENDIMENTO 1 porção de 500 g

VALIDADE 4 dias sob refrigeração; 90 dias congelado

500 g VALIDADE 4 dias sob refrigeração; 90 dias congelado Ingredientes Azeite – Q.B. 250 g

Ingredientes Azeite – Q.B.

250 g de mandioquinha

50 g de cebola

2 dentes de alho

250 g de carne de patinho

Salsa – Q.B.

200 g de tomate pelado (em lata)

15 g de manteiga

120 ml de leite

Sal – Q.B.

Pimenta-do-reino – Q.B.

• Cubra a carne com água quente até uns 3 dedos acima e deixe pegar pressão, depois de mais ou menos 15 minu- tos, desligue o fogo, deixe a pressão sair e abra a panela.

• A carne deverá estar praticamente desfiando e com pouca água na panela, inclua a o tomate pelado e dei- xe cozinhar até o molho engrossar um pouco, experi- mente o sal e a pimenta e corrija caso necessário.

• Enquanto a panela de pressão estiver com a carne, cozi- nhe as mandioquinhas descascadas com um pouco de sal.

• Fure as mandioquinhas para saber se estão em pon- to de purê (se o garfo penetrar com facilidade, estão no ponto), escorra e amasse com ajuda de um garfo ou um amassador de batatas, leve novamente ao fogo com o leite e manteiga e misture bem, reserve.

MONTAGEM NO POTE

• No pote de vidro já higienizado, monte a refeição na se- guinte ordem: carne, purê, carne, purê e assim por dian- te, finalizando com purê. Se preferir, coloque um pouco de parmesão ralado na camada final, assim, ao esquen- tar, ele derreterá e dará um sabor especial a refeição.

• Se ainda estiver quente, guarde-o na geladeira entreaber- to até que esteja totalmente frio, depois feche muito bem.

PODE SUBSTITUIR

Mandioquinha por batata, batata doce ou abóbora.

A

carne de patinho por frango ou carne de patinho moída.

Anotações:

RENDIMENTO 1 porção de 400 g

VALIDADE 4 dias sob refrigeração; 90 dias congelado

400 g VALIDADE 4 dias sob refrigeração; 90 dias congelado Ingredientes 120 g de peito de

Ingredientes

120 g de peito de frango

Sal – Q.B.

100 g de macarrão bifum

70

g de cenoura

40

g de pimentão vermelho

70

g de brócolis

100 g de cebola

50

g de acelga

15

ml de óleo de gergelim torrado

120 ml de shoyu

15 ml de mel

ml de óleo de gergelim torrado 120 ml de shoyu 15 ml de mel COMIDA NO

COMIDA NO POTE PARA VENDER

- 14 -

Yakissoba light de macarrão bifum

PREPARO DOS LEGUMES COM CARNE

• Corte o frango em cubos pequenos, tempere com sal e pimenta-do-reino e doure em uma frigideira com óleo de gergelim. Depois de dourados, coloque o mel, deixe dourar um pouco mais e reserve.

• Use a técnica de branqueamento para os brócolis (da segunda receita, fusilli ao molho bechamel com bróco- lis) e reserve,

• Na mesma frigideira em que foi dourado o frango, dou- re a cebola em pedaços não muito pequenos, inclua

o pimentão, a cenoura e por último a acelga, doure

um pouco mais, desligue o fogo e inclua os brócolis já branqueados, misture tudo com óleo de gergelim tor- rado e reserve.

PASSO A PASSO DO BIFUM

1. Coloque água para ferver em uma panela média.

2. Em uma vasilha com o bifum, jogue a água fervente.

3. Logo depois, dê um choque térmico com água fria para não cozinhar o macarrão demais e escorra.

4. Em um bowl, misture os legumes com carne ao bifum

e adicione o shoyu, misturando bem. Se necessário, coloque mais shoyu para que fique bem úmido.

MONTAGEM DO POTE

• No pote de vidro já higienizado, coloque o yakissoba pronto no pote.

• Se ainda estiver quente, guarde-o na geladeira entreaber-

to até que esteja totalmente frio, depois feche muito bem.

PODE SUBSTITUIR

 

Frango por iscas de carne.

Anotações:

Os legumes e verduras da receita por outros de sua preferência.

 
 

O

mel por agave.

ESTE MATERIAL É PARTE INTEGRANTE DO CURSO ONLINE “COMIDA NO POTE PARA VENDER” DA EDUK (WWW.EDUK.COM.BR) CONFORME A LEI Nº 9.610/98, É PROIBIDA A REPRODUÇÃO TOTAL E PARCIAL OU DIVULGAÇÃO COMERCIAL DESTE MATERIAL SEM AUTORIZAÇÃO PRÉVIA E EXPRESSA DO AUTOR (ARTIGO 29)

COMIDA NO POTE PARA VENDER - 15 - Feijão fradinho com arroz 7 grãos, frango

COMIDA NO POTE PARA VENDER

- 15 -

Feijão fradinho com arroz 7 grãos, frango e legumes

PREPARO DO FEIJÃO FRADINHO

• Lave e escorra o feijão fradinho (não precisa demolhar previamente).

• Coloque o feijão na panela de pressão com água e leve ao fogo somente até pegar pressão (cerca de 10 minutos), ou seja, quando a panela começar a chiar desligue o fogo e deixe a pressão da panela sair naturalmente para depois abri-la.

• Depois de cozido, escorra e lave sob água fria para interrom- per o cozimento.

• Escorra novamente e reserve. Esse tempo de cozimento dei- xa o feijão bem firme, ideal para que o grão fique inteirinho.

RENDIMENTO 1 porção de 400 g

VALIDADE 4 dias sob refrigeração; 90 dias congelado

400 g VALIDADE 4 dias sob refrigeração; 90 dias congelado Ingredientes 50 g de feijão fradinho

Ingredientes

50 g de feijão fradinho

120 g de peito de frango

70

g de cenoura

50

g de brócolis no vapor

70

g de tomate-cereja

50

g de cebola

45

g de arroz 7 grãos

Óleo de girassol – Q.B.

Azeite – Q.B.

Sal – Q.B.

Salsa – Q.B.

Cebolinha – Q.B.

Anotações:

PREPARO DO ARROZ 7 GRÃOS

• Em uma panela, aqueça um fio de óleo e refogue a cebola picada ou os temperos de sua preferência.

• Adicione o arroz 7 grãos e refogue por alguns minutos.

• Acrescente cerca de 750ml de água quente e acerte o sal.

• Tampe parcialmente a panela e cozinhe em fogo médio por 30 a 40 minutos ou até o líquido secar e os grãos ficarem cozidos.

• Tempere o frango cortado em cubos pequenos com sal e pimen- ta-do-reino, doure-os em uma frigideira com azeite e reserve.

• Na mesma frigideira, doure a cenoura cortada à Julienne por mais ou menos 2 minutos, inclua os tomates-cereja cortados ao meio e tempere com um pouco de salsa e cebolinha picadas, doure por mais 2 minutos, acrescente os brócolis cozidos no va- por, salteie rapidamente e reserve.

MONTAGEM DO POTE

• No pote de vidro já higienizado, monte a refeição na seguinte ordem: feijão fradinho, arroz 7 grãos, frango e mistura de tomate com cenoura e brócolis.

• Se ainda estiver quente, guarde-o na geladeira entreaberto até que esteja totalmente frio, depois feche muito bem.

PODE SUBSTITUIR

• Frango por iscas de carne.

• Os legumes e verduras da receita por outros de sua preferência.

• Arroz 7 grãos por arroz integral, grão de bico, lentilhas ou ervilhas.

• Feijão fradinho por feijão branco, grão de bico, lentilhas ou ervilhas.

ESTE MATERIAL É PARTE INTEGRANTE DO CURSO ONLINE “COMIDA NO POTE PARA VENDER” DA EDUK (WWW.EDUK.COM.BR) CONFORME A LEI Nº 9.610/98, É PROIBIDA A REPRODUÇÃO TOTAL E PARCIAL OU DIVULGAÇÃO COMERCIAL DESTE MATERIAL SEM AUTORIZAÇÃO PRÉVIA E EXPRESSA DO AUTOR (ARTIGO 29)

COMIDA NO POTE PARA VENDER - 16 - Como montar salada no pote Folhas verdes

COMIDA NO POTE PARA VENDER

- 16 -

Como montar salada no pote

Folhas verdes bem sequinhas Quanto mais secas as folhagens, mais tempo elas duram. Uso todos os tipos de alface, rúcula e mais!

bem sequinhas Quanto mais secas as folhagens, mais tempo elas duram. Uso todos os tipos de
 
Uso todos os tipos de alface, rúcula e mais!   Legumes, tubérculos e grãos Vegetais densos

Legumes, tubérculos e grãos Vegetais densos como brócolis, brotos e até cogumelos, além do grão-de-bico

Legumes, tubérculos e grãos Vegetais densos como brócolis, brotos e até cogumelos, além do grão-de-bico

Tomates ou pepinos Esses vegetais são baratos e dão volume, mas têm umidade e devem ficar longe das folhas

Tomates ou pepinos Esses vegetais são baratos e dão volume, mas têm umidade e devem ficar

Atum ou frango Incluir proteínas é fundamental para não deixar os clientes com fome depois do almoço

Atum ou frango Incluir proteínas é fundamental para não deixar os clientes com fome depois do

Cereais Durinhos, protegem os ingredientes de cima da umidade. também são muito nutritivos!

Conservas molhadinhas Coloco ingredientes úmidos por baixo para que a água não faça as folhas murcharem

Conservas molhadinhas Coloco ingredientes úmidos por baixo para que a água não faça as folhas murcharem

ESTE MATERIAL É PARTE INTEGRANTE DO CURSO ONLINE “COMIDA NO POTE PARA VENDER” DA EDUK (WWW.EDUK.COM.BR) CONFORME A LEI Nº 9.610/98, É PROIBIDA A REPRODUÇÃO TOTAL E PARCIAL OU DIVULGAÇÃO COMERCIAL DESTE MATERIAL SEM AUTORIZAÇÃO PRÉVIA E EXPRESSA DO AUTOR (ARTIGO 29)

COMIDA NO POTE PARA VENDER - 17 - Administração e marketing do seu negócio PLANILHA

COMIDA NO POTE PARA VENDER

- 17 -

Administração e marketing do seu negócio

PLANILHA DE CUSTOS E FLUXO DE CAIXA*

*Veja a planilha modelo disponibilizada como material complementar do curso.

O fluxo de caixa: nada mais é do que um formulário gerencial

responsável por registrar as entradas e saídas de dinheiro da empresa.

É fácil deduzir que, se entra mais capital do que sai, o resulta-

do será positivo. O contrário, obviamente, gera efeitos negati- vos. E é exatamente por fazer essa análise que essa ferramen- ta é importante para a saúde e organização da empresa.

A organização deste controle pode ser feita em uma planilha

simples ou até mesmo em um caderninho, embora existam re- cursos online.

A importância do fluxo de caixa: A falta de controle financei-

ro de uma empresa prejudica demais a sua operação em curto ou médio prazo. Um problema como atraso em pagamentos de credores pode afetar a manutenção do negócio, que devi- do a esta razão pode não ter dinheiro suficiente para que suas necessidades imediatas sejam realizadas. O fluxo de caixa permite que você saiba de onde veio cada centavo. Faça anotações e não se esqueça de passar os valo- res, por menores que sejam, para a planilha. Esses são os míni- mos cuidados requeridos para um controle financeiro. De preferência, este fluxo deve ser atualizado diariamente, para evitar erros, mas pode ser semanal também, desde que nada fique sem passar.

Ação na hora certa: Com seu fluxo de caixa em mãos, você passará a ter o conhecimento sobre a falta ou a sobra de di- nheiro, podendo tomar as decisões corretas. Se o dinheiro es- tiver sobrando, o empresário pode investir um pouco mais na empresa. Porém, se o caixa está no negativo, pode-se agilizar rapidamente a solução por meio de ações promocionais, por exemplo. A hora de repor o estoque também pode ser resolvi- da com base na situação do fluxo de caixa.

ESTE MATERIAL É PARTE INTEGRANTE DO CURSO ONLINE “COMIDA NO POTE PARA VENDER” DA EDUK (WWW.EDUK.COM.BR) CONFORME A LEI Nº 9.610/98, É PROIBIDA A REPRODUÇÃO TOTAL E PARCIAL OU DIVULGAÇÃO COMERCIAL DESTE MATERIAL SEM AUTORIZAÇÃO PRÉVIA E EXPRESSA DO AUTOR (ARTIGO 29)

COMIDA NO POTE PARA VENDER - 18 - O fluxo de caixa é composto por

COMIDA NO POTE PARA VENDER

- 18 -

O fluxo de caixa é composto por duas partes:

A

PRIMEIRA E MELHOR DELAS, É CLARO, SÃO AS RECEITAS:

O

registro de absolutamente todo o dinheiro que entrou no

caixa da empresa.

• É importante dar máxima atenção aos detalhes: anote em sua pla-

nilha a origem de cada valor, a forma de pagamento (se em dinhei-

ro, cartão, transferência, boleto, etc.) e a data deste recebimento.

• Deixe registrado toda a entrada de dinheiro: por exemplo,

deixe claro para saber qual foi o fornecedor, a data, e para que foi o pagamento.

• Um cuidado importante para se ter no controle financeiro diz res- peito justamente às formas de pagamento: se você receber algo

em cheque, por exemplo, tenha o cuidado de anotar o recebimen-

to

apenas no dia da compensação para não contar com este dinhei-

ro

antes da data, devido a muitos casos de inadimplência.

SEGUNDA PARTE DO FLUXO DE CAIXA: AS DESPESAS:

Nelas estão contidos todos os gastos e custos do funcionamen- to da empresa, desde as contas fixas até às variáveis. Vale ressal- tar que aqui nada pode passar batido: desde um simples deter- gente utilizado para a limpeza até compras mais importantes. Para controlar melhor esta parte do fluxo, é interessante que as despesas estejam divididas entre fixas e variáveis, assim fica mais fácil visualizar quais são os compromissos mensais:

• Fixas: geralmente as contas fixas são aquelas pagas com aluguel, telefone, água, luz, folha de pagamento. Mesmo que sofram uma pequena variação de acordo com o mês, os valores são sempre pró- ximos um do outro e devem compor esta parte da planilha, já que são responsabilidades das quais a empresa não pode se ver livre.

• Variáveis: quanto aos custos variáveis, como o próprio nome sugere, eles variam de mês para mês e podem ser mais emergenciais ou momentâneos como a contratação de um serviço ou algum tipo de conserto.

Assim como na primeira parte (das receitas), é preciso con-

siderar os parcelamentos feitos, projetando cada valor para

a sua respectiva data de pagamento para maior controle.

É importante destacar que este preenchimento, quanto mais correto e certeiro for, mais diretamente contribuirá com o planejamento geral da empresa, desenvolvendo no- vas estratégias, inclusive, quando for necessário para au- mentar os lucros mensais do negócio.

ESTE MATERIAL É PARTE INTEGRANTE DO CURSO ONLINE “COMIDA NO POTE PARA VENDER” DA EDUK (WWW.EDUK.COM.BR) CONFORME A LEI Nº 9.610/98, É PROIBIDA A REPRODUÇÃO TOTAL E PARCIAL OU DIVULGAÇÃO COMERCIAL DESTE MATERIAL SEM AUTORIZAÇÃO PRÉVIA E EXPRESSA DO AUTOR (ARTIGO 29)

COMIDA NO POTE PARA VENDER - 19 - Dinheiro da empresa não é dinheiro do

COMIDA NO POTE PARA VENDER

- 19 -

Dinheiro da empresa não é dinheiro do empresário: Tam- bém é válido ressaltar que o dinheiro do caixa da empre- sa não está disponível para usufruto do empresário. Por ter despesas e custos próprios para cobrir, é essencial esta separação para que nenhuma das partes seja prejudicada. Sempre que algum tipo de retirada for feita, é imprescindí- vel destacar no fluxo de caixa da empresa o valor e a data, mas o recomendável é evitar os saques pessoais diretamen- te do caixa da empresa. Manter este controle determinará o sucesso ou o fracasso de qualquer tipo de negócio.

Faça o fechamento do fluxo: Basicamente, basta fazer as somas separadas das receitas e das despesas. Feito isso, subtraia o valor total encontrado na soma das receitas do valor das despesas. O saldo, que pode ser positivo para o caso de sobra de dinheiro, ou negativo para o caso de falta, aparecerá como resultado desta simples conta.

RELACIONAMENTO, DIVULGAÇÃO E MÍDIAS Relacionamento: Claro que a qualidade de seu produto é imprescindível para cativar clientes, porém, você já parou para pensar que sem relacionamento com o cliente é impos- sível alcançar resultados efetivos? Estabelecer uma proximidade saudável com o seu cliente é a melhor forma de garantir os bons resultados.

Confiança: a base de qualquer relacionamento saudável:

Quando você demonstra para o seu cliente que ele é impor- tante e que você está acompanhando de perto tudo o que diz respeito ao produto que ele consome, você o conquista!

Identificar problemas e resolvê-los em tempo hábil de- monstra competência!

• Timing é tudo! Se o seu cliente tem um problema e você

conseguir identificar a raiz dele, conseguirá propor soluções que realmente o ajudarão.

• A consequência disso é, obviamente, a experiência de um

bom atendimento. • Vale lembrar que, para que você consiga identificar os pro- blemas quando eles estão acontecendo é preciso manter um relacionamento bem próximo com o seu cliente.

ESTE MATERIAL É PARTE INTEGRANTE DO CURSO ONLINE “COMIDA NO POTE PARA VENDER” DA EDUK (WWW.EDUK.COM.BR) CONFORME A LEI Nº 9.610/98, É PROIBIDA A REPRODUÇÃO TOTAL E PARCIAL OU DIVULGAÇÃO COMERCIAL DESTE MATERIAL SEM AUTORIZAÇÃO PRÉVIA E EXPRESSA DO AUTOR (ARTIGO 29)

COMIDA NO POTE PARA VENDER - 20 - • Se você está sentindo que ele

COMIDA NO POTE PARA VENDER

- 20 -

• Se você está sentindo que ele está distante, vale a pena

fazer uma breve ligação, por exemplo. Nem que seja para perguntar o que ele está achando do que você está entre- gando para ele. Além de demonstrar interesse, esse pode ser o gancho perfeito para que ele se abra com você, ex- ponha eventuais problemas e te dê liberdade para intervir. Essa será a sua deixa para oferecer ajuda e reais soluções!

O feedback do cliente é o seu melhor indicador de qua- lidade: Manter um relacionamento próximo ao seu cliente é fundamental, também, para identificar o que ele tem a dizer sobre você de forma transparente. Não basta, contudo, ouvir o que ele tem a dizer, seus elo- gios, críticas e sugestões. É preciso avaliar cada feedback recebido e utilizá-lo para melhorar os pontos abordados e manter o que tem feito brilhar os olhos dos seus clientes. Tenha em mente que, se você atender o seu cliente de

forma que ele se sinta bem, ele vai indicar os seus serviços para colegas, profissionais que ele conheça ou que citarem

a necessidade de algo similar. Você pode aproveitar as indicações para bonificá-lo com alguma coisa – pode ser um desconto no mês seguinte, um produto bônus, etc. Isso será um incentivo em forma de mimo… e, convenhamos, clientes adoram ser mimados!

Converse com seu cliente de forma atenciosa e com cui- dado para que ele se sinta atendido: Preste sempre muita atenção em toda a comunicação que tiver com seus clientes, já que isso é importante para que eles saibam que você real- mente está interessado em ajudá-los. No telefone, seja sempre paciente e gentil. Educação e bom senso antes de qualquer coisa. Nas trocas de e-mail, não se esqueça de incluir sua assinatura ou seu nome ao fi- nal de cada correspondência. É muito chato não saber quem está falando conosco, e ninguém quer ser atendido por má- quinas ou funcionários anônimos que não poderão ser con- tatados em caso de necessidade. Por isso também tome muito cuidado com mensagens au- tomáticas… Só as use em caso de necessidade e quando for plausível, como no caso de aviso de férias ou aqueles dias em que estará fora do escritório – indicando sempre o con- tato e o nome da pessoa que poderá ser procurada em caso de emergências.

ESTE MATERIAL É PARTE INTEGRANTE DO CURSO ONLINE “COMIDA NO POTE PARA VENDER” DA EDUK (WWW.EDUK.COM.BR) CONFORME A LEI Nº 9.610/98, É PROIBIDA A REPRODUÇÃO TOTAL E PARCIAL OU DIVULGAÇÃO COMERCIAL DESTE MATERIAL SEM AUTORIZAÇÃO PRÉVIA E EXPRESSA DO AUTOR (ARTIGO 29)

COMIDA NO POTE PARA VENDER - 21 - Primordial: cheque diversas vezes a grafia antes

COMIDA NO POTE PARA VENDER

- 21 -

Primordial: cheque diversas vezes a grafia antes de escre- ver qualquer comunicação e seja claro e objetivo. Seja um exímio praticante da arte de dizer ‘não’ quando:

for indagado por um serviço que não oferece ou um pro- duto que não tenha em estoque, mas não se limite a sim- plesmente dizer ‘não’. É preciso, neste caso, aprender a lidar com as palavras e explicar ao cliente o motivo de tal pro- duto ou serviço não estar incluído no seu rol de ofertas no momento, mostrando quais outros estão. Caso pense em ter o produto em breve, explique isso tam- bém. A conversa é importante para criar uma maior afini- dade entre você e seu cliente, estabelecendo um grau de confiança maior.

Trate cada cliente como se ele fosse único, porque ele é

mesmo!: A necessidade de cada pessoa é diferente de qual- quer outra que você tenha atendido. Portanto, atenção, atendimento não é tudo igual e só muda o cliente. Atendi- mento personalizado e individualizado antes de tudo!

É preciso se dedicar, pois cuidar do relacionamento dá tra- balho, mas também é recompensador, os resultados chegam!

Divulgação e Mídia: Hoje as mídias, principalmente as re- des sociais, estão muito ligadas à divulgação, atualmente não há empresa que não tenha Facebook, Instagram, Twit- ter e sem falar do site, que já é usado há mais tempo. Todas essas ferramentas são importantes para que seu produto fique conhecido, então divulgue sua página aos amigos, peça a eles para compartilhar posts e assim por diante.

Realize posts de forma organizada, tire um dia para falar do produto, outro para uma foto e algo mais detalhado, um outro com um tom de informar e levar conhecimento para seus seguidores. Os memes também não ficam de fora, pois além de fazer rir são ótimos para serem compartilhados. Isso trará uma rotina e assim uma fidelidade maior para com seus seguidores.

O site é perfeito para divulgação, informações sobre con-

tato, formas de pagamento e entrega e um jeito muito fácil de manter clientes e futuros clientes sintonizados.

ESTE MATERIAL É PARTE INTEGRANTE DO CURSO ONLINE “COMIDA NO POTE PARA VENDER” DA EDUK (WWW.EDUK.COM.BR) CONFORME A LEI Nº 9.610/98, É PROIBIDA A REPRODUÇÃO TOTAL E PARCIAL OU DIVULGAÇÃO COMERCIAL DESTE MATERIAL SEM AUTORIZAÇÃO PRÉVIA E EXPRESSA DO AUTOR (ARTIGO 29)

COMIDA NO POTE PARA VENDER - 22 - ALGUNS EXEMPLOS Site: Facebook: ESTE MATERIAL É

COMIDA NO POTE PARA VENDER

- 22 -

ALGUNS EXEMPLOS Site:

COMIDA NO POTE PARA VENDER - 22 - ALGUNS EXEMPLOS Site: Facebook: ESTE MATERIAL É PARTE

Facebook:

NO POTE PARA VENDER - 22 - ALGUNS EXEMPLOS Site: Facebook: ESTE MATERIAL É PARTE INTEGRANTE

ESTE MATERIAL É PARTE INTEGRANTE DO CURSO ONLINE “COMIDA NO POTE PARA VENDER” DA EDUK (WWW.EDUK.COM.BR) CONFORME A LEI Nº 9.610/98, É PROIBIDA A REPRODUÇÃO TOTAL E PARCIAL OU DIVULGAÇÃO COMERCIAL DESTE MATERIAL SEM AUTORIZAÇÃO PRÉVIA E EXPRESSA DO AUTOR (ARTIGO 29)

COMIDA NO POTE PARA VENDER - 23 - Instagram: Memes: ESTE MATERIAL É PARTE INTEGRANTE

COMIDA NO POTE PARA VENDER

- 23 -

Instagram:

COMIDA NO POTE PARA VENDER - 23 - Instagram: Memes: ESTE MATERIAL É PARTE INTEGRANTE DO

Memes:

COMIDA NO POTE PARA VENDER - 23 - Instagram: Memes: ESTE MATERIAL É PARTE INTEGRANTE DO

ESTE MATERIAL É PARTE INTEGRANTE DO CURSO ONLINE “COMIDA NO POTE PARA VENDER” DA EDUK (WWW.EDUK.COM.BR) CONFORME A LEI Nº 9.610/98, É PROIBIDA A REPRODUÇÃO TOTAL E PARCIAL OU DIVULGAÇÃO COMERCIAL DESTE MATERIAL SEM AUTORIZAÇÃO PRÉVIA E EXPRESSA DO AUTOR (ARTIGO 29)

COMIDA NO POTE PARA VENDER - 24 - Fontes

COMIDA NO POTE PARA VENDER

- 24 -

Fontes

http://www.panelinha.com.br/blog/pitadas/Vai-reutilizar-vidros-Tem-que-esterilizar-antes

Cartilha Sobre Boas Práticas e Serviços de Alimentação - ANVISA www.anvisa.gov.br

http://blog.egestor.com.br/controle-financeiro-fluxo-de-caixa/

https://marketingdeconteudo.com/relacionamento-com-clientes/

ESTE MATERIAL É PARTE INTEGRANTE DO CURSO ONLINE “COMIDA NO POTE PARA VENDER” DA EDUK (WWW.EDUK.COM.BR) CONFORME A LEI Nº 9.610/98, É PROIBIDA A REPRODUÇÃO TOTAL E PARCIAL OU DIVULGAÇÃO COMERCIAL DESTE MATERIAL SEM AUTORIZAÇÃO PRÉVIA E EXPRESSA DO AUTOR (ARTIGO 29)