Você está na página 1de 5

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA

FACULDADE DE TECNOLOGIA

Introdução a Ciência dos Materiais

1- Considere as células unitárias abaixo e esboce-as: Cúbica de corpo centrado (CCC) e Cúbica de
face centrada (CFC)
a) Calcule o número de átomos por célula unitária.
b) Calcule a relação entre o parâmetro de rede a e o raio atômico r de cada uma delas.
c) Calcule o fator de empacotamento atômico de cada uma delas

2- Determine os índices para as direções mostradas na célula unitária cúbica abaixo:

3- Determine os índices de Miller para os planos mostrados na célula unitária abaixo:

c)

4- O ferro possui uma estrutura cristalina CCC, um raio atômico de 0,124 nm, e um peso atômico
de 55,85 g/mol. Calcule e compare a sua densidade com o valor experimental encontrado
(7,87gr/cm3)

5- Calcule a fração dos sítios atômicos que estão vagos para o chumbo na sua temperatura de
fusão de 327°C (600°F). Suponha uma energia para a formação de lacunas equivalente a 0,55
eV/átomo.
6-

b) Uma liga Fe-C (CFC) inicialmente contendo 0,35 w.t. % C está esposta a uma atmosfera rica em
oxigênio e virtualmente isenta de carbono. Sob essas circunstâncias, o carbono se difunde da liga e
reage com o oxigênio na atmosfera; isto é, a concentração de carbono na superfície é mantida
essencialmente em 0% w.t. (processo de descarbonetação). Se depois de 10 horas a concentração
de carbono é de 0,15 w.t.%C em uma posição a 3,4 mm abaixo da superfície, determine a
temperatura em que o tratamento foi realizado.
Dados para difusão do C em Fe com estrutura cristalina CFC:

7- (a) O que são vacâncias e interstícios em uma estrutura cristalina? (b) Quais condições precisam
ser satisfeitas para que haja total miscibilidade (ou solução sólida) entre dois metais. (c) Explique o
que é difusão e diferencie difusão por lacuna e difusão intersticial.

8- Explique sucintamente o conceito de:


a) Tenacidade
b) Resiliência
c) Tensão de escoamento
d) Módulo de elasticidade
e) Limite de resistência a tração
f) Dureza

9- A partir do comportamento tensão-deformação em tração para um corpo de proba de latão


determine:
a) O modulo de elasticidade.
b) O limite de escoamento.
c) A carga máxima que pode ser suportada por um corpo de proba cilíndrico que possui um
diâmetro original de 10 mm
d) Variação no comprimento de um corpo de prova que tenha originalmente 350 mm de
comprimento e que esteja submetido a uma tensão de tração de 400 MPa

10 Um corpo de prova cilíndrico feito a partir de uma liga de titânio que possui um módulo de
elasticidade de 107GPa e um diâmetro original de 3,8mm irá experimentar somente deformação
elástica quando uma carga de tração de 2000N for aplicada. Calcule o comprimento máximo do
corpo de prova depois da deformação se o alongamento máximo admissível é de 0,42 mm.

11- Cite cinco fatores que levam à dispersão em medições das propriedades dos materiais.
12- Uma liga de latão que se pretende utilizar para mola em uma aplicação deve possuir um
módulo de resiliência de pelo menos 0,75 MPa (110 psi). Qual deve ser o seu limite de elasticidade
mínimo?

13 Um corpo-de-prova (2,5 cm comprimento e 0,25 cm diâmetro) é tracionado uniformemente


até 3 cm, quando começa a estricção sob uma força de 1400 N. Calcule a tensão de engenharia e a
tensão verdadeira na estricção.

14 Um fio de aço de alta resistência (3,0 mm de diâmetro) sofre um estiramento de 37,1mm


quando 15m desse fio são estirados por uma força de 3,5 kN. (a) Qual é o módulo de
elasticidade E do aço? (b) Se o diâmetro do fio diminui em 0,0022mm, qual é o coeficiente de
Poisson?
R- a) E = 200 GPa b) v=0,3

15. Supondo que a deformação é totalmente elástica, calcule a elongação sofrida por uma barra de
cobre de 305 mm de comprimento quando submetida à uma tensão de 276 MPa.
Dado: Módulo de elasticidade do Cu é 110 GPa

16. Supondo uma barra de latão de sessão cilíndrica de diâmetro de 10 mm, determine qual a carga
(força) em N necessária para produzir uma variação no diâmetro de 0,0025 mm se a deformação é
elástica.
Dado: Módulo de elasticidade do Latão é 97 GPa e o seu coeficiente de Poisson é 0,34

17. Com base na curva tensão x deformação do latão mostrada abaixo, responda:
a) Qual o valor do módulo de elasticidade deste material?
b) Qual a carga máxima, em N, que pode ser suportada pela amostra cilíndrica de diâmetro de original de
12,8 mm
c) Qual o valor da tensão convencional de ruptura?
d) A tensão verdadeira de ruptura será maior ou menor que o valor calculado na letra e? Explique.
e) Indique como a resiliência e a tenacidade podem ser obtidas a partir da curva tensão x deformação.
f) Como variam o módulo de elasticidade e a ductilidade com o aumento da temperatura?
g) Calcule a variação do comprimento da amostra cujo comprimento original era de 250 mm quando
aplicado uma tensão de 345 MPa.
18. Uma amostra cilíndrica de aço tem diâmetro original de 12,8 mm e é ensaiada até romper. A tensão de
ruptura observada foi de 460MPa.
a- Determine a ductilidade em termos de redução de área (estricção) sabendo que o diâmetro de ruptura
é 10,7 mm.
b- Determine a tensão verdadeira na ruptura