Você está na página 1de 3

Universidade de São Paulo

Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH/USP)


Seção de Cultura e Extensão Universitária

Programa de Curso de Difusão

I. IDENTIFICAÇÃO

Entre margens, violência e


CURSO sofrimento: Introdução ao CARGA HORÁRIA 21
pensamento de Veena Das
Professora do
Departamento
Professora Profa. Dra. Ana Claudia
Titulação de
Responsável Duarte Rocha Marques
Antropologia
da USP
Doutora em
Ciências
Sociais
Profa. Dra. Carolina Parreiras (Unicamp) e
Silva pesquisadora
Professora Ministrante Titulação de pós-
Email: doutorado no
carolparreiras@gmail.com Departamento
de
Antropologia
(FFLCH/USP)
Dia do Curso Segunda-feira Horário 9h às 12h

Inicio 22/10/2018 Fim 03/12/2018

Sala 109

II. OBJETIVOS

Introduzir de maneira aprofundada alguns conceitos centrais no pensamento da antropóloga Veena Das.
O objetivo é propiciar aos/às alunos/as a oportunidade de discutir conceitos como margem, violência,
sofrimento, dor, pobreza, mostrando como eles aparecem no pensamento da autora, sobretudo com sua
insistência na importância da etnografia e do cotidiano para a compreensão das experiências dos sujeitos.
Além disso, será dada uma atenção especial ao diálogo, proposto pela autora, entre antropologia e
filosofia, sendo que, para tal, serão acessados alguns autores com os quais ela estabelece parcerias
teóricas.

III. EMENTA

Este curso tem como objetivo introduzir aos participantes os principais conceitos presentes na obra da
antropóloga Veena Das. Dentre eles, vale salientar suas formulações sobre violência, dor e sofrimento,
na medida em que salienta a importância da experiência e do cotidiano para compreendê-los. Assim, é
pertinente também refletir sobre a importância que autora confere ao trabalho de campo etnográfico.
Além disso, outro eixo do curso gira em torno do conceito de margem, desenvolvido por Das em
parceria com Deborah Poole. Nesse sentido, é possível avançar em outro âmbito do pensamento da
autora, qual seja o entendimento do Estado a partir da ideia de margem e das complexas relações que
vão muito além de simplesmente coloca-los em lados opostos. A partir de sua produção mais recente, o
curso também propõe discutir a ideia de pobreza, em sua associação com saúde e doença. Por fim, o
último fio condutor é a aproximação entre antropologia, filosofia e outras ciências, sendo que autores
parceiros de Das serão discutidos. O curso pretende fornecer aos participantes elementos analíticos e
teóricos para lidar com os temas propostos, permitindo assim um melhor entendimento da realidade
social.

IV. CONTEÚDO SELECIONADO

I. Veena Das: apresentação biográfica e principais conceitos


II. Violência I: A importância do cotidiano
III. Violência II: Gênero e subjetividade
IV. Antropologia das Margens 1: uma introdução
V. Antropologia das Margens 2: desenvolvimentos
VI. Aflição:, doença e pobreza
VII. Dor e sofrimento, trauma e testemunho

V. METODOLOGIA

A – Metodologia

Aulas expositivas sobre o conteúdo selecionado para o curso, seguido de discussões e dinâmicas que
visem uma maior interação dos participantes entre si.

B – Recursos

Computador, Datashow e áudio: para exibição de imagens e de vídeos que serão usados como recursos
didáticos

VI. AVALIAÇÃO

- Leitura dos textos e participação nas aulas.


- É necessário ter participado de pelo menos 75% das aulas para receber o certificado.

VIII. CRONOGRAMA DE ATIVIDADES

1ª semana I. Veena Das: apresentação biográfica e principais conceitos


22/10/2018
Leituras: Listening to Voices. An interview with Veena Das. (interview by
DiFruscia, Kim Turcot). Alterités, vol. 7, nº 1, 2010, pp.136-145.
Leitura complementar: Das, Veena. Wittgenstein and anthropology. Annual
Review of Anthropology, vol. 27, 1998, pp.171-195.

2ª semana II. Violência I: A importância do cotidiano


29/10/2018 Leituras: Das, Veena. The event and the everyday. In: Life and Words. Violence and the
descent into the ordinary. Los Angeles: University of California Press.
Leitura complementar: Das, Veena. Boundaries, violence and the work of time. In: Life
and Words. Violence and the descent into the ordinary. Los Angeles: University of
California Press.

3ª semana III. Violência II: Gênero e subjetividade


05/11/2018
Leituras: Das, Veena. O ato de testemunhar: violência, gênero e subjetividade. In:
Cadernos Pagu, vol. 37, jul-dez de 2011.
Leitura Complementar: Das, Veena. Sexual violence, discursive formations and the state.
In: Coronil, F. e Skurski, J. (eds.) States of Violence. Michigan, Univ. Mich. Press, 2005,
pp.323-425.
4ª semana IV. Antropologia das Margens 1: uma introdução
12/11/2018
Leituras: Das, Veena e Poole, Deborah. State and its margins. In: Anthropology in the
Margins of the State. New Delhi: Oxford University Press, 2004.
Leitura Complementar: Poole, Deborah. Between Threat and Guarantee: Justice and
Community in the Margins of the Peruvian State. In: Anthropology in the Margins of the
State. New Delhi: Oxford University Press, 2004.
5ª semana V. Antropologia das Margens 2: desenvolvimentos
19/11/2018 Leituras: Das, Veena. The Signature of the State: The Paradox of Illegibility. In:
Anthropology in the Margins of the State. New Delhi: Oxford University Press, 2004.
Leitura Complementar: Asad, Talal. Where Are th e Margins of the State? In:
Anthropology in the Margins of the State. New Delhi: Oxford University Press, 2004.
6ª semana VI. Aflição: saúde, doença e pobreza
26/11/2018
Leituras: Das, Veena. Affliction: na Introduction. In: Affliction. Health, disease, poverty.
Leitura complementar: Das, Veena. How the body speaks. In: Affliction. Health, disease,
poverty.

7ª semana VII. Dor e sofrimento, trauma e testemunho


03/12/2018
Leituras: Das, Veena. Language and body: transactions in the construction of pain. In:
Social Suffering. Los Angeles: University of California Press, 1997.
Das, Veena. Trauma and testimony. Implications for political
community. Anthropological Theory, vol. 3, nº 3, 2003, pp.293-307.