Você está na página 1de 3

30 de setembro de 2018 Grupo de Estudos Alétheia Ano: II

Ultima hominis felicitas sit in contemplatione veritatis

VOCÊ CONFIA NAS URNAS ELETRÔNICAS?

V
ocê sabia que só o brasileiros. O que fazer? A Daniel Ortega desarmou seu
Brasil utiliza urnas princípio, foi proposto o "voto povo antes de começar a matá-
eletrônicas (de impresso" como uma das lo.
primeira geração) sem medidas para evitar possíveis Aprenda algo simples: desarmar
impressão de voto? Em muitos fraudes, no entanto, até a o povo é o primeiro passo para
países a urna eletrônica de proposta foi objeto de uma ação dominá-lo.
primeira geração é considerada de inconstitucionalidade
inconstitucional. Alemanha e movida pela própria A GUERRA É CULTURAL

E
Holanda proibiram procuradora geral da República, squeça Lenin, Foucault,
terminantemente o uso desses Raquel Dodge, demonstrando Derrida, Lacan, et
dispositivos em suas eleições. O com toda a clareza, que os caterva, e lembre-se de
Paraguai, que chegou a fazer responsáveis pelo sistema Antônio Gramsci. Este pouco
algumas experiências com as eleitoral não estão nada mencionado ideólogo italiano é,
urnas brasileiras, acabou por dispostos a realizar uma eleição por certo, o maior pensador
rejeitá-las totalmente. Somam- transparente. marxista da história. E, de certo
se a estes fatos, outros eventos modo, até maior que Marx.
recentes que nos levam a total BREVE NOTA AOS Sozinho, o italiano reescreveu
desconfiança sobre nossos DESAVISADOS as teorias marxistas e alcançou
dispositivos eletrônicos de
o coração de nossa civilização. É

A
votação. dolf Hitler desarmou em Gramsci que você
Em Novembro de 2017 um teste seu povo antes de encontrará explicação cabal
de segurança realizado com as matar cerca de 13 para a hegemonia marxista em
urnas eletrônicas identificou milhões de pessoas. nossas universidades, escolas,
três falhas no seu sistema de Josef Stalin desarmou seu povo imprensa e seminários católicos
segurança. A equipe antes de matar cerca de 20 (especialmente os jesuítas).
coordenada pelo Professor da milhões de pessoas. Falecido há 79
Unicamp Diego Aranha, levou
Mao Tse-Tung desarmou seu anos, Gramsci passou seus
ao STE o resultado de suas
povo antes de matar cerca de 45 últimos dias de vida no cárcere,
análises, que não suscitaram
milhões de pessoas. o que lhe propiciou o tempo e a
grandes preocupações em
solidão necessária para
nossos magistrados, que Pol-Pot desarmou seu povo
desenvolver suas ideias. O
continuaram a defender a antes de matar cerca de 2
resultado desse período foram
eficiência e segurança das milhões de pessoas.
seus volumosos "Cadernos do
urnas. A despeito desta onda de Fidel Castro desarmou seu povo Cárcere", onde o ideólogo
suspeitas, em 7 de outubro antes de começar a matá-lo. italiano repensa a sociedade e a
teremos que enfrentar um dos
Nicolas Maduro desarmou seu própria teoria marxista a partir
pleitos eleitorais mais acirrados
povo antes de começar a matar de análises minuciosas da
de nossa história com um
seu povo. organização eclesiástica e da
sistema que suscita suspeitas a
política maquiavélica
um número cada vez maior de
30 de setembro de 2018 Grupo de Estudos Alétheia Ano: II

Enquanto Marx via na ao poder, seriam usadas um dia quanto risíveis. O mundo
transformação das bases contra eles. anticristão criou sua própria
econômicas (infraestrutura) o escatologia, sua própria
OS REAIS INTERESSES DA
meio fundamental para religião, e uma nova narrativa
ESQUERDA
subverter a sociedade, Gramsci, apocalíptica.
por outro lado, via nas bases
culturais (superestrutura) este
meio de transformação. A arte,
Q uando a disputa era
entre Enéas e Lula, a
esquerda reclamava da
Al Gore, o "profeta" mor do
aquecimento global lançou seu
augúrio cruel ao mundo:
a literatura, a educação, a suposta prepotência do calotas polares estariam
religião eram elementos tão cientista que era Enéas contra derretendo, os níveis dos mares
importantes para a conquista a humildade do sindicalista que aumentando, os recursos
do poder quanto o capital. era Lula. naturais se esgotando, as
Assim, Gramsci reordenava em Agora que a "grande ameaça" florestas sendo eliminadas, a
suas bases a tese marxista que chama-se Jair Bolsonaro, eles camada de ozônio perfurada
via a economia como causa da acusam-no de não ser (sic) e o clima esquentando de
cultura e da civilização, e suficientemente capacitado modo a nos sufocar num futuro
assim, acertava em cheio seu intelectualmente; não entender próximo.
alvo. Não era a economia que de economia, etc. “Pena” que o alarde era uma
gerava a cultura, mas o inverso. Mas todos sabem que o que está fraude! Uma tremenda fraude! A
Portanto, se os comunistas em jogo para a esquerda não é, histeria burlesca difundida aos
quisessem chegar ao poder, e nunca foi a capacidade quatro cantos era uma clara
deveriam conquistar, primeiro, intelectual ou a índole moral do tentativa de se alcançar
os meios de produção cultural, candidato, e a prova disso foi o objetivos escusos. O medo era a
para depois conquistar os meios desprezo monumental grande arma para se implantar
de produção do capital. sobre Enéas Carneiro, talvez o uma ideologia bizarra que se
Convencidos desta tese, mais preparado usava do ambientalismo como
marxistas de todo os naipes se intelectualmente de todos os máscara.
empenharam ardorosamente candidatos que já tivemos; nem No entanto, de mera histeria
nesta tarefa: a conquista dos sobre a honestidade que Jair burlesca, o mito tornou-se
meios de produção cultural, ou Bolsonaro provou em seu longo dogma de fé, e motivou até
seja: as universidades, mandato. O que lhes interessa é conferências mundiais,
imprensa, editoras, igrejas, simplesmente o partido. E quem exigindo de várias nações
enfim, todas as instituições esteja fora da redoma ideológica restrições severas e obediência
importantes de produção e do partido, será excluído, cega a pactos esdrúxulos pela
manipulação da opinião perseguido, e até assassinado. diminuição de CO2 (O suposto
pública. Eis pelo quê eles lutam: por um vilão do clima). Cabe lembrar
Quase 80 anos após a morte partido, não por uma pátria. que dos míseros 0,038 % de CO2
de Gramsci, suas lições foram presente em nossa atmosfera,
muito bem assimilados por seus A GRANDE FRAUDE apenas 3% são de caráter
asseclas, que hoje desfrutam de AMBIENTALISTA antropogênico, ou seja, causado
controle quase total dos meios pelo homem. Um número tão

U
de produção cultural. A m presságio sinistro insignificante, que se
imprensa, as universidades, paira sobre muitas comparado ao CO produzido
2
editoras, escolas, sindicatos e cabeças como ave de constantemente pelos mares e
até as conferências episcopais mau agouro: O mundo estaria a florestas, a ação do homem
tornaram-se caixa de beira de um colapso climático, seria imperceptível.
ressonância do marxismo. O dizem as sibilas modernas. Infelizmente, para os magnatas
que os gramscistas não Veículos televisivos e da ONU, Al Gore, et caterva, os
esperavam era que as mesmas jornalísticos difundem aos maiores emissores de CO2
lições que usaram para chegar quatro cantos o augúrio surreal (oceanos e florestas) não
advindo de fontes tão duvidosas
30 de setembro de 2018 Grupo de Estudos Alétheia Ano: II

costumam obedecer aos pactos Grupo de Estudos Alétheia©


da ONU. _____________