Você está na página 1de 12

NORMA TÉCNICA ÁREA: Engenharia

CÓDIGO: NTD 002.010 DATA DE VIGÊNCIA: 01/10/2017


TÍTULO: Utilização de Postes de Concreto
VERSÃO NORMA: 9.1
na Rede de Distribuição

SUMÁRIO
1 Escolha do Poste de Concreto em Alinhamento .................................................................................................2
1.1 Redes Urbanas .............................................................................................................................................2
1.2 Redes Rurais ................................................................................................................................................3
2 Escolha do Poste de Concreto em Deflexões e Ancoragens .............................................................................5
2.1 Redes Urbanas .............................................................................................................................................5
2.2 Redes Rurais ................................................................................................................................................6
3 Escolha do Poste de Concreto para Instalação de Equipamentos.....................................................................9
3.1 Transformadores em alinhamento com rede convencional de MT e BT passante ..........................................9
3.2 Transformadores até 112,5 kVA (sem utilização de ECV/ ECY e BT passante) .............................................9
3.3 Transformadores até 112,5 kVA (com utilização de ECV/ ECY e BT passante) ...........................................10
3.4 Transformador - em ancoragem da rede com condutor do tipo CAA ............................................................10
3.5 Chave fusível, religador e demais equipamentos.........................................................................................10
4 Programa para Cálculo do Esforço Resultante .................................................................................................10
5 Tabela Padrão dos Postes de Concreto ............................................................................................................11
6 Considerações ....................................................................................................................................................11
7 Vigência...............................................................................................................................................................12

Elaborado: Erico B. Spier Revisado: Fernanda Pedron Aprovado: Alex A. Pignatti


Projetos Utilização de Poste de Concreto Página 1 de 12
NORMA TÉCNICA ÁREA: Engenharia
CÓDIGO: NTD 002.010 DATA DE VIGÊNCIA: 01/10/2017
TÍTULO: Utilização de Postes de Concreto
VERSÃO NORMA: 9.1
na Rede de Distribuição

1 Escolha do Poste de Concreto em Alinhamento


Os postes previstos para utilização deverão ser os relacionados no item 5 desta NTD.
Para o correto engastamento e necessidade de reforço na base do poste, consultar a NTD 002.004.
As seções abaixo apresentam as situações usuais de utilização de postes de concreto em alinhamento, sendo que
especificam o poste de capacidade mínima a ser aplicado com as respectivas distâncias entre vãos da rede de
distribuição. O projetista pode, a seu critério, utilizar postes com cargas nominais superiores as apresentadas nas
tabelas, desde que justificado.

1.1 Redes Urbanas


Vão básico máximo de 35 metros

1.1.1 Redes com cabo nu e/ou multiplexada na MT e BT

Condutor MT (mm²) 6 CC 4 CA 2 CA 1/0 CA 4/0 CA


Condutor BT Todos do padrão
2kN 2kN 2kN 2kN 2kN 2kN

• O poste mínimo a ser utilizado em estrutura tipo beco é 4 kN do tipo tronco cônico.

1.1.2 Rede compacta na MT e rede BT (convencional e multiplexada)

Condutor MT (mm²) 35 50 70 95 150 185


Condutor BT Todos do padrão
TIPO DE POSTE 4kN 4kN 4kN 4kN 6kN 6kN

Nota:
(*) Aplicação para rede mista com condutor de MT 150 mm² e BT de 120mm² (multiplexado) o poste deve ser de 6kN
Cônico. Para vão básico inferior a 30 metros o poste deve ser de 4kN cônico.

1.1.3 Redes Urbanas com circuitos duplos de média tensão

Rede de Distribuição - MT
Trifásica
Condutores 2 x 1/0CA 2 x 4/0 CA 1/0 + 4/0 CA
2CA 6kN 6kN 6kN
Trifásica/
Rede de Distribuição -

Bifásica

1/0CA 6kN 6kN 6kN

4/0 CA 6kN 6kN 6kN


BT

35 6kN 6kN 6kN


Quadruplex

50 6kN 6kN 6kN


70 6kN 6kN 6kN
120 6kN 6kN 6kN

Elaborado: Erico B. Spier Revisado: Fernanda Pedron Aprovado: Alex A. Pignatti


Projetos Utilização de Poste de Concreto Página 2 de 12
NORMA TÉCNICA ÁREA: Engenharia
CÓDIGO: NTD 002.010 DATA DE VIGÊNCIA: 01/10/2017
TÍTULO: Utilização de Postes de Concreto
VERSÃO NORMA: 9.1
na Rede de Distribuição

1.1.4 Redes Urbanas de baixa tensão

Rede de Distribuição - BT
Trifásica / Bifásica
Condutores 6 CC 4CA 2CA 1/0CA 4/0CA
Postes 2kN 2kN 2kN 2kN 2kN

Rede de Distribuição - BT
Trifásica / Bifásica
Triplex Quadriplex
Condutores
35 50 35 50 70 120
Tipo de poste 2kN 2kN 2kN 2kN 2kN 2kN

1.1.5 Estrutura de Transição da Rede Convencional para Compacta

• O poste deve ter capacidade mínima de 6kN do tipo tronco cônico.

1.2 Redes Rurais

Os vãos básicos apresentados têm por objetivo determinar a capacidade do poste a ser projetado. Quanto à luz
mínima do condutor ao solo, o projetista deve avaliar com a aplicação das tabelas de flechas dos condutores e
planilha da norma de projeto - NTD 002 - referente à distância mínima do condutor ao solo. O vão básico permitido no
projeto está na norma NTD 002 – item vão.

1.2.1 Redes Rurais de MT e BT (Rede Mista) – Vão básico máximo de 50 metros

Rede de Distribuição - MT
Trifásica / Bifásica
Vão básico máximo de 50 metros
Condutores 6 CC 4CAA 2CAA 1/0CAA 4/0 CAA
6 CC 2kN 2kN 4kN 4kN 4kN
Trifásica/
Bifásica

4CAA 2kN 2kN 4kN 4kN 4kN


Rede de Distribuição - BT

2CAA 2kN 4kN 4kN 4kN 4kN


1/0CAA 4kN 4kN 4kN 4kN 4kN
4/0 CAA 4kN 4kN 4kN 4kN 4kN
Quadruple Triplex

35 2kN 4kN 4kN 4kN 4kN

50 2kN 4kN 4kN 4kN 4kN


35 2kN 4kN 4kN 4kN 4kN
50 2kN 4kN 4kN 4kN 4kN
70 4kN 4kN 4kN 4kN 4kN
120 4kN 4kN 4kN 4kN 4kN

Elaborado: Erico B. Spier Revisado: Fernanda Pedron Aprovado: Alex A. Pignatti


Projetos Utilização de Poste de Concreto Página 3 de 12
NORMA TÉCNICA ÁREA: Engenharia
CÓDIGO: NTD 002.010 DATA DE VIGÊNCIA: 01/10/2017
TÍTULO: Utilização de Postes de Concreto
VERSÃO NORMA: 9.1
na Rede de Distribuição

1.2.2 Redes Rurais monofásicas de MT e BT – Vão básico máximo de 50 metros

Rede de Distribuição - MT (Monofásica)


Condutores 4 CAA 2CAA 1N5
Rede de 4 CAA 2kN 2kN 2kN
Distribuição - BT 2 CAA 2kN 2kN 2kN

1.2.3 Redes Rurais monofásicas de MT – Vão básico máximo de 120 metros

Rede de Distribuição - MT
Monofásica
Condutores 4CAA 2CAA
Postes 2kN 2kN

1.2.4 Redes Rurais trifásicas/ bifásicas de MT - Vão básico máximo de 80 metros e 100 metros

Rede de Distribuição - MT
Trifásica / Bifásica
Condutores 6 CC 4CAA 2CAA 1/0CAA 4/0CAA
Vão de 80m 2kN 2kN 4kN 4kN 6kN(*)
Vão de 100m 2kN 4kN 4kN 4kN (*) 6kN(*)
Vão de 120m 4kN (*) 4kN (*) 4kN(*)
Vão de 140m 4kN (*) 4kN (*)

Nota:
(*) Na substituição do poste em obra de manutenção.

1.2.5 Redes Rurais trifásicas/ bifásicas/ monofásicas de BT

• Vão básico máximo de 60 metros para rede CAA e 50 metros para rede multiplexada.

• Para esses vãos, não é permitido usuários na faixa de compartilhamento do poste.

Rede de Distribuição - BT
Trifásica/ bifásica CAA e multiplexada
Condutores Multiplexado 4CAA 2CAA 1/0CAA
Postes 2kN 2kN 2kN 2kN

1.2.6 Redes Rurais monofásicas de MT – Condutor bimetálico 1N5

Rede de Distribuição - MT
Monofásica
Vão básico máximo - metros 140 150 160
Postes 2kN 2kN 2kN

Elaborado: Erico B. Spier Revisado: Fernanda Pedron Aprovado: Alex A. Pignatti


Projetos Utilização de Poste de Concreto Página 4 de 12
NORMA TÉCNICA ÁREA: Engenharia
CÓDIGO: NTD 002.010 DATA DE VIGÊNCIA: 01/10/2017
TÍTULO: Utilização de Postes de Concreto
VERSÃO NORMA: 9.1
na Rede de Distribuição

1.2.7 Rede Rural com circuitos duplos de MT e BT

Rede de Distribuição - MT - Trifásica


Vão básico máximo 35 metros 35 metros 30 metros
Condutores MT 1/0CAA + 4CAA 2 x 1/0 CAA 4/0 CAA + 1/0CAA
4CAA 6kN 6kN 6kN
Trifásica/
Bifásica
Rede de Distribuição

2CAA 6kN 6kN 6kN

1/0CAA 6kN 6kN 6kN


BT

Quadriplex

35 6kN 6kN 6kN

50 6kN 6kN 6kN


70 6kN 6kN 6kN

1.2.8 Rede Rural com circuitos duplos de MT

Rede de Distribuição - MT - trifásica


Vão básico máximo 60 metros 60 metros 50 metros
Condutores 1/0CAA + 4CAA 2 X 1/0CAA 4/0CAA + 1/0CAA
Postes 6kN 6kN 6kN

2 Escolha do Poste de Concreto em Deflexões e Ancoragens

2.1 Redes Urbanas


Vão básico máximo de 35 metros

Conforme padrão da empresa, o poste de concreto cônico tem a sua aplicação em todas as condições de rede, seja
em traçado da rede em deflexão ou como estrutura de ancoragem.

O poste da ancoragem das redes de média tensão e baixa tensão, a transferência dos esforços para o poste de 9
metros deverá ser com duas cordoalhas de aço fixadas uma na altura da rede de MT e outra na altura de BT.

2.1.1

Em estrutura de ancoragem com rede compacta, com condutores até 185mm², aplica-se o poste tronco cônico com
capacidade mínima de 15 kN.

Elaborado: Erico B. Spier Revisado: Fernanda Pedron Aprovado: Alex A. Pignatti


Projetos Utilização de Poste de Concreto Página 5 de 12
NORMA TÉCNICA ÁREA: Engenharia
CÓDIGO: NTD 002.010 DATA DE VIGÊNCIA: 01/10/2017
TÍTULO: Utilização de Postes de Concreto
VERSÃO NORMA: 9.1
na Rede de Distribuição

2.2 Redes Rurais

• As tabelas informam o tipo de poste a ser aplicado sem levar em conta o uso da tração mecânica
reduzida (TMR).

• Quando não constar nas tabelas o condutor da rede, deve-se escolher um com o diâmetro superior.

• Obrigatoriamente, na estrutura de ancoragem da rede de MT e BT deve ser projetada a transferência


do esforço, da rede de MT e BT através de estai. Neste tipo de configuração de rede têm-se duas
cordoalhas de aço fixado ao poste, uma para transferência do esforço da rede de MT e outra para rede
de BT.

• Na área rural não deve ser previsto a concretagem de base, quando é possível o uso do estai. A
aplicação de concretagem de base fica condicionada a aprovação pela área técnica da Supervisão de
Projetos.

• A forma de aplicação dos estais nas estruturas está disponível para consulta na NTD 002.002 – Gráfico
para escolha de estrutura.

• Conforme padrão da empresa, o poste de concreto cônico tem a sua aplicação em todas as condições
de rede, seja em traçado da rede em deflexão ou como estrutura de ancoragem.

2.2.1 Redes Rurais de MT e mistas (MT + BT) - ESS e ESD


Tabela de aplicação do poste com ESS e ESD em deflexão
POSTE DE CONCRETO
TIPO DE REDE TRIFÁSICA/ BIFÁSICA MONOFÁSICA
ESS ESD ESS ESD
Média tensão 4 kN 4 kN 4 kN 4 kN
Média tensão/ com BT 4 kN 4 kN 4 kN 4 kN
Baixa tensão 4 kN 4 kN 4 kN 4 kN

Notas:
1. ESS - escora de subsolo simples
2. ESD - escora de subsolo duplo

2.2.2 Redes Rurais de MT e mistas (MT + BT)

Poste em deflexão e ancoragem

Elaborado: Erico B. Spier Revisado: Fernanda Pedron Aprovado: Alex A. Pignatti


Projetos Utilização de Poste de Concreto Página 6 de 12
NORMA TÉCNICA ÁREA: Engenharia
CÓDIGO: NTD 002.010 DATA DE VIGÊNCIA: 01/10/2017
TÍTULO: Utilização de Postes de Concreto
VERSÃO NORMA: 9.1
na Rede de Distribuição

Tabela de aplicação do poste em deflexão com estruturas do tipo 1 e 2


POSTE DE CONCRETO
REDES TRIFÁSICAS DE
T1 T2
MT COM 01
Transferência de Transferência de
ALIMENTADOR
EA esforço p/ o poste EA esforço p/ poste
(com ou sem rede de BT)
de 9 metros de 9 metros
4CAA 4 kN 2 kN 4 kN 6 kN
2CAA 4 kN 2 kN 4 kN 6 kN
1/0CAA 4 kN 2 kN 4 kN 6 kN
4/0CAA 4 kN 2 kN 4 kN 6 kN

• Na impossibilidade do uso do estai “EA” ao solo nas estruturas “T1” e “T2”, deve-se acrescentar um poste de
9 metros com “EPP” e realizar o estaiamento diretamente ao solo, sobre o qual serão transferidos os
esforços.

Tabela de aplicação do poste em deflexão com estruturas do tipo 4


POSTE DE CONCRETO
REDES TRIFÁSICAS N4 N4
DE MT COM 01
Transferência de Transferência de
ALIMENTADOR (com
EA esforço p/ o poste Mais de 1EA esforço p/ o poste
ou sem rede de BT)
de 9 metros de 9 metros
2CAA 4kN 6 kN 6kN 6 kN
1/0CAA 6kN 6kN 6kN 6kN
4/0CAA 6kN 6kN 10kN 6kN

• Na impossibilidade do uso do estai “EA” ao solo nas estruturas “N4 e P4”, deve-se acrescentar um poste de 9
metros com “EPP” e realizar o estaiamento diretamente ao solo.
Tabela de ancoragem da rede com um circuito de MT no poste
POSTE DE CONCRETO
REDES TRIFÁSICAS
N3 N3 / N3
DE MT COM 01
Transferência de Transferência de
ALIMENTADOR (com
ECV esforço p/ o poste ECV (**) esforço p/ o poste
ou sem rede de BT)
de 9 metros de 9 metros
4CAA 4 kN 6 kN 4 kN 6 kN
2CAA 4 kN 6 kN 6 kN 6 kN
1/0CAA 6 kN 6 kN 6 kN 6 kN
4/0CAA 10 kN (*) 6 kN 10 kN 6 kN

Notas:
1. (*) Deve ser aplicado o estai de cruzeta “ECV” para a ancoragem da rede.
2. (**) O poste de 9 metros é obrigatório e serve de ancoragem do estai de cruzeta “ECV” e o estaiamento
da rede ao solo.
3. (**) O poste de 9 metros é obrigatório e serve de ancoragem dos estais dos postes ao estaiamento da
rede ao solo.
2.2.3 Redes Rurais trifásicas de MT com circuito duplo

Poste em deflexão e ancoragem

Elaborado: Erico B. Spier Revisado: Fernanda Pedron Aprovado: Alex A. Pignatti


Projetos Utilização de Poste de Concreto Página 7 de 12
NORMA TÉCNICA ÁREA: Engenharia
CÓDIGO: NTD 002.010 DATA DE VIGÊNCIA: 01/10/2017
TÍTULO: Utilização de Postes de Concreto
VERSÃO NORMA: 9.1
na Rede de Distribuição

Tabela de aplicação do poste em deflexão em circuito duplo de MT


POSTE DE CONCRETO
REDES TRIFÁSICAS T1 T2
DE MT COM 02 Transferência de Transferência de
ALIMENTADOR EA esforço p/ outro EA esforço p/ outro
poste poste
CAA/ CAA 6 kN 6 kN 6 kN 6 kN

• A fixação das 2(duas) cordoalhas, deve ser abaixo do último alimentador em cintas separadas.

Tabela de aplicação do poste em deflexão com estruturas do tipo 4.


POSTE DE CONCRETO
REDES TRIFÁSICAS N4
DE MT COM 02 Transferência de Transferência de
ALIMENTADOR EA esforço p/ outro Acima de 1EA esforço p/ outro
poste poste
CAA/ CAA 15 kN 6 kN 20 kN 6 kN

• A fixação das 2 cordoalhas deverá ser abaixo do último alimentador em cintas separadas.

Tabela de ancoragem da rede de circuito duplo no mesmo poste


POSTE DE CONCRETO
REDES TRIFÁSICAS N3 N3 / N3
DE MT COM 02 Transferência de Transferência de
ALIMENTADOR ECV esforço p/ outro ECV esforço p/ outro
poste (*) poste (*)
CAA/ CAA (**) 15 kN 6 kN 20 kN 6 kN

• (*) O poste de concreto é obrigatório e serve de ancoragem do estai de cruzeta (ECV) e o estaiamento da
rede ao solo.
• (**) Deve ser aplicado o estai de cruzeta para a ancoragem da rede

2.2.4 Redes Rurais monofásicas de MT e mistas (MT + BT)

Poste em deflexão e ancoragem

REDE MONOFÁSICA POSTES


DE MT (com ou sem U1 U3 U4 U3 + U3
rede de BT) 2 kN 4 kN 4 kN 4 kN

• Na impossibilidade do uso do estai “EA” nos postes com estruturas “U”, os esforços devem ser
transferidos por estai do tipo “EPP” para poste com capacidade de 6 kN cônico, 9 metros.
Na impossibilidade do uso do estai na ancoragem, exclusivamente, da rede de MT com condutor
4CAA, deve ser projetada a ancoragem da rede com poste de capacidade 4kN, com base concretada.

2.2.5 Redes Rurais de baixa tensão


Final de rede e em ângulos com estai do tipo “ea”

Elaborado: Erico B. Spier Revisado: Fernanda Pedron Aprovado: Alex A. Pignatti


Projetos Utilização de Poste de Concreto Página 8 de 12
NORMA TÉCNICA ÁREA: Engenharia
CÓDIGO: NTD 002.010 DATA DE VIGÊNCIA: 01/10/2017
TÍTULO: Utilização de Postes de Concreto
VERSÃO NORMA: 9.1
na Rede de Distribuição

• Deve ser projetado o poste de 6kN cônico.

Com estai do tipo “ea” e MT passante

• Deve ser projetado no mínimo o poste de 4kN cônico para redes multiplexadas, convencionais
monofásicas e bifásicas com condutores até 1/0 CAA

• Deve ser projetado no mínimo o poste de 6kN cônico para redes trifásicas com condutor até 1/0CAA

2.2.6 Redes Rurais trifásicas de MT

Em estruturas de ancoragem intermediárias do tipo 4 (N4) ao longo da rede de MT, que tem o fim de facilitar a
montagem e manter a estabilidade da rede, devemos utilizar o poste tronco cônico das seguintes capacidades:

• 4CAA – 4 kN
• 2CAA – 6 kN
• 1/0CAA – 10 kN
• 4/0CAA – 15 kN
Em estruturas de ancoragem intermediárias do tipo 4 (P4) ao longo da rede de MT, que tem o fim de facilitar a
montagem e manter a estabilidade da rede, devemos utilizar o poste cônico das seguintes capacidades:

• 4CAA – 6 kN
• 2CAA – 6 kN
• 1/0CAA – 10 kN

3 Escolha do Poste de Concreto para Instalação de Equipamentos

3.1 Transformadores em alinhamento com rede convencional de MT e BT passante

• Potência até 150 kVA - poste cônico de 4 kN na Urbana e 6kN na Rural

• Potência de 225 kVA e 300 kVA - poste cônico de 6 kN na Urbana e Rural;

3.2 Transformadores até 112,5 kVA (sem utilização de ECV/ ECY e BT passante)
Na ancoragem da rede de MT convencional
• Com condutores até 2CA, aplica-se o poste tronco cônico com capacidade de 6 kN na Urbana e 10kN
na Rural;

• Com condutor 1/0CA, aplica-se o poste tronco cônico com capacidade de 10 kN;

Na ancoragem da rede de MT com condutor protegido (XLPE)


• Rede compacta até 70 mm² - aplica-se o poste tronco cônico com capacidade de 15 kN;

Elaborado: Erico B. Spier Revisado: Fernanda Pedron Aprovado: Alex A. Pignatti


Projetos Utilização de Poste de Concreto Página 9 de 12
NORMA TÉCNICA ÁREA: Engenharia
CÓDIGO: NTD 002.010 DATA DE VIGÊNCIA: 01/10/2017
TÍTULO: Utilização de Postes de Concreto
VERSÃO NORMA: 9.1
na Rede de Distribuição

3.3 Transformadores até 112,5 kVA (com utilização de ECV/ ECY e BT passante)
Na ancoragem da rede de MT com condutor protegido (XLPE)
• Rede compacta com condutores até 70 mm² - aplica-se o poste tronco cônico com capacidade de 10
kN;

Na ancoragem da rede de MT com estrutura do tipo 3


• Com condutores até 2CA, aplica-se o poste tronco cônico com capacidade de 4 kN na Urbana e 6kN
na Rural;

• Com condutor 1/0CA, aplica-se o poste tronco cônico com capacidade de 6 kN;

3.4 Transformador - em ancoragem da rede com condutor do tipo CAA


Rede monofásica (MT)

Rede trifásica (MT)


• Aplica-se o poste tronco cônico com capacidade de 4 kN e estai de cruzeta do tipo “ECV ou ECY”.

3.5 Chave fusível, religador e demais equipamentos

• Chave fusível e faca – poste cônico 4 kN;

• Chave a gás e religador: em área urbana, poste cônico de capacidade de 4 kN.

• Demais equipamentos o poste deverá ser o especificado na lista de material da norma de estrutura de
equipamentos.

4 Programa para Cálculo do Esforço Resultante


O programa consiste de duas partes para o cálculo do esforço resultante no poste.

Força resultante em estruturas passante

O programa realiza o cálculo dos esforços dos condutores e cabos telefônicos em deflexão com ângulo até 59 graus.

No cálculo da força resultante em deflexão da rede, pode-se utilizar o poste cônico com 10% da sua capacidade para
esforços a partir de 600 daN. Por exemplo: para esforço resultante de 660 daN é aceitável utilizar o poste de 6kN
cônico.

Força resultante em estruturas de redes em ancoragem

O programa realiza o cálculo do esforço resultante em ancoragem da rede, ancoragem da rede de MT com BT
passante e rede passante com ângulo entre 60 graus e 90 graus.

Elaborado: Erico B. Spier Revisado: Fernanda Pedron Aprovado: Alex A. Pignatti


Projetos Utilização de Poste de Concreto Página 10 de 12
NORMA TÉCNICA ÁREA: Engenharia
CÓDIGO: NTD 002.010 DATA DE VIGÊNCIA: 01/10/2017
TÍTULO: Utilização de Postes de Concreto
VERSÃO NORMA: 9.1
na Rede de Distribuição

No cálculo da ancoragem da rede ou ancoragem da rede passante para esforço resultante acima de 600 daN, o poste
tronco pode ser utilizado até 10% da força resultante da carga nominal do poste. Acima do valor percentual de 10 %,
utilizar o próximo poste do padrão. Por exemplo: na ancoragem da rede de MT com condutor 1/0CA trifásico temos o
esforço resultante de 653 daN. Neste caso poderemos utilizar o poste cônico de 6 kN ao invés do 10kN cônico.

O programa encontra-se a disposição na página da RGE Sul, no seguinte link: https://www.rgesul.com.br/sobre-


rge/Paginas/informacoes-tecnicas/normas-tecnicas.aspx.

5 Tabela Padrão dos Postes de Concreto

Cód. SAP RGE Sul Descrição


600002 POSTE CIRCULAR CONCRET 9M 200DAN DIS
600004 POSTE CIRCULAR CONCRET 9M 400DAN DIS
600000 POSTE CIRCULAR CONCRET 9M 600DAN DIS
600051 POSTE CIRCULAR CONCRETO 9M 1000DAN
600009 POSTE CIRCULAR CONCRET 11M 200DAN DIS
600010 POSTE CIRCULAR CONCRET 11M 400DAN DIS
600011 POSTE CIRCULAR CONCRET 11M 600DAN DIS
600008 POSTE CIRCULAR CONCRET 11M 1000DAN DIS
600190 POSTE CIRCULAR CONCRETO 11M 1500DAN
600015 POSTE CIRCULAR CONCRET 12M 400DAN DIS
600016 POSTE CIRCULAR CONCRET 12M 600DAN DIS
600013 POSTE CIRCULAR CONCRET 12M 1000DAN DIS
600012 POSTE CIRCULAR CONCRETO 12M 1500DAN
600020 POSTE CIRCULAR CONCRET 13M 600DAN DIS
600017 POSTE CIRCULAR CONCRET 13M 1000DAN DIS
600171 POSTE CIRCULAR CONCRETO 13M 2000DAN
600240 POSTE CIRCULAR CONCRET 15M 1000DAN DIS
600515 POSTE CONICO DE CONCRETO 18M 1000DAN

• O projeto de obra a ser executada por terceiros pode utilizar o poste de 6kN cônico em estrutura de
derivação da rede para o ramal de ligação do consumidor de MT. O ramal de ligação não pode formar
ângulo com a rede, exceto o de 90°.

6 Considerações
Estas tabelas aplicam-se para projetos de obras novas e para substituição de postes existentes na rede de
distribuição.
Configurações que não constarem neste documento, o projetista deverá consultar a área técnica da RGE Sul.

Elaborado: Erico B. Spier Revisado: Fernanda Pedron Aprovado: Alex A. Pignatti


Projetos Utilização de Poste de Concreto Página 11 de 12
NORMA TÉCNICA ÁREA: Engenharia
CÓDIGO: NTD 002.010 DATA DE VIGÊNCIA: 01/10/2017
TÍTULO: Utilização de Postes de Concreto
VERSÃO NORMA: 9.1
na Rede de Distribuição

7 Vigência
1. A versão da norma 8.0 substitui a versão 7.5, na data de 02/07/2012.

O poste DT em ângulo pode ser projetado até a data 31/08/2012, conforme a versão 7.5 da norma referente aos itens
1.3.1 e 1.4.1.

2. A versão da norma 8.1 substitui a versão 8.0, na data de 17/08/2015.

Retirada as referencias ao padrão de rede convencional com rede protegida.

3. A versão da norma 9.0 substitui a versão 8.1, na data de 01/08/2016.

4. A versão da Norma 9.1 substitui a versão 9.0 na data de 01/11/2017.

Retirado a previsão do uso de postes Duplo T, inserido nova lista de postes (item 5) e revisado todos os cálculos de
esforço.

Elaborado: Erico B. Spier Revisado: Fernanda Pedron Aprovado: Alex A. Pignatti


Projetos Utilização de Poste de Concreto Página 12 de 12

Você também pode gostar