Você está na página 1de 60

REVIT STRUCTURE

2016
Essa apostila é um
bônus do curso Revit
Structure 2016, da
ProjetoACG.
Nesse curso vamos
trabalhar com a
interface gráfica do
programa, inserir
pilares, vigas,
fundações, estruturas
de aço (treliças,
contraventamento),
reforço estrutural e
muito mais. Além disso,
vamos fazer uma
análise estrutural
usando o plug-in do
APOSTILA DO CURSO Robot Structural
Analysis.
REVIT STRUCTURE Durante o curso você
terá auxílio do tutor
2016 Artur Feitosa,
profissional certificado
pela Autodesk em Revit
Structure. Para
conhecer mais o seu
tutor, acesse:
http://about.me/arturfei
tosa
CURSO REVIT STRUCTURE 2016  Artur Feitosa

CURSO REVIT STRUCTURE 2016

CENTRO DE TREINAMENTO AUTORIZADO AUTODESK


CURSO REVIT STRUCTURE 2016 – PROJETOACG –
Introdução
O Curso Revit Structure 2016 da ProjetoACG cobre todos os fundamentos da modelagem
de estruturas* do software em questão. O foco se dá na modelagem de objetos paramétricos, mas
serão também abordadas análises estruturais e geração automática de pranchas, tabelas,
documentos e quantitativos.
O programa possui uma integração entre um modelo físico e um modelo analítico editável,
o que facilita a geração de análises, projetos e a exportação de informações de forma eficiente e
simples. O modelo é coordenado e pode ser criado do zero ou importado de outras plataformas,
como: DWG, IFC, DXF, CIS, etc.
Durante o curso, você terá suporte técnico por email, para esclarecer suas dúvidas em
relação às funcionalidades do programa, acesso ao grupo do facebook, arquivos de suporte e
muito mais. É bom frisar que o curso não foca em teorias de cálculo estrutural (algo que só um
curso de engenharia civil disponibiliza), mas sim na modelagem de estruturas e na geração de
documentos.
Ao final do curso você receberá um certificado de conclusão pelo nosso centro de
treinamento autorizado Autodesk (ATC - ProjetoACG - João Pessoa-PB).
*- A criação de famílias estruturais (Tópico avançado) não está inclusa nesse curso.
Obs: O curso não é focado no dimensionamento de estruturas.

Objetivo do Curso
Introduzir o conceito de Building Information Modeling (BIM) e preparar o aluno para
utilizar todas as ferramentas de modelagem 3D e análise disponíveis no software Revit Structure
2016.

Pré-requisitos
É indicado que se tenha feito o curso Revit® Architecture basics. (Não obrigatório).

Benefícios do curso:
• O seu ponto de partida para o mundo BIM; Facilidade de modelagem e criação de
documentos automáticos; Ideal tanto para alunos de graduação quanto para
profissionais da área de construção civil; Estudar onde e quando quiser sem
mensalidade; Instrutor certificado pela Autodesk; Pode-se assistir as aulas quantas
vezes quiser dentro do período estabelecido; Programa pensado para profissionais
ocupados (curso compacto e simplificado); Arquivos de suporte do curso serão
disponibilizados ao aluno; Facebook do curso; fórum e suporte via e-mail, etc.
Instrutor:
Artur Feitosa é graduando em engenharia civil e um dos 6 brasileiros com certificação
profissional autodesk em Revit Structure 2015 (Dados de 21/09/2015). Estudou Building
Information Modeling na Arizona State University, Tempe-AZ e fez pesquisa sobre BIM na
Carnegie Mellon University, Pittsburgh - PA. Foi também um dos palestrantes do CONBIM –
Congresso online de BIM, onde teve a sua palestra (Revit Structure) como uma das mais bem
votadas. Mais informações: https://about.me/arturfeitosa

CONTATO:
WEBSITE: http://bimexperts.com.br ou http://www.projetoacg.com
EMAIL: alanaraujo@projetoacg.com ou artur.feitosa@projetoacg.com
TELEFONE: +55 (83) 8862 5630 OI / What’s app +55 (83) 9939 8136 TIM
+55 (83) 9908 7970 TIM / +55 (83) 3244 5189 FIXO

CURSO REVIT STRUCTURE 2016 –INSTRUTOR: ARTUR FEITOSA 2


CURSO REVIT STRUCTURE 2016  Artur Feitosa

CRONOGRAMA:

Aula – 00 – Como funciona esse curso?


Aula - 01 – Introdução
Aula - 02 – O que é BIM
Aula - 03 – Interface gráfica
Aula - 04 – Criando novos leveis
Aula - 05 – Criando novos Grids
Aula - 06 – Pilares Estruturais
Aula - 07 – Paredes Estruturais
Aula - 08 – Fundações
Aula - 09 – Vigas (Parte 1)
Aula - 10 – Vigas 2 (Parte 2)
Aula - 11 – Vigas 3 (Parte 3)
Aula - 12 – Treliças e Escoramentos
Aula - 13 – Pisos Estruturais
Aula - 14 – Rampas e escadarias
Aula - 15 – Reforço Estrutural 1
Aula - 16 – Reforço Estrutural – Path
Aula - 17 – Reforço Estrutural – Rebar Paredes
Aula - 18 – Reforço Estrutural – Rebar Pilares, Vigas e Sapatas
Aula - 19 – Reforço Estrutural – Inserindo Malhas
Aula - 20 – Shaft
Aula - 21 – Análise Estrutural – Preparando o projeto
Aula - 22 – Instalando o Robot Toolkit 2016
Aula - 23 – Análise Estrutural – Exemplo 01
Aula - 24 – Análise Estrutural – Exemplo 02
Aula - 25 – Anotações em desenhos
Aula - 26 – Criando Tabelas e Legendas
Aula - 27 – Gerando Pranchas
Aula - 28 – Utilizando o Revit Extensions para Revit Structure 2015
Aula - 29 – Próximos Passos
Aula - 30 – Exercício Final
Aula - 31 – Conclusão

+Arquivos do Curso
+Gravações de novos vídeos sob demanda.

CURSO REVIT STRUCTURE 2016 –INSTRUTOR: ARTUR FEITOSA 3


CURSO REVIT STRUCTURE 2016  Artur Feitosa

Sumário
Texto do autor...........................................................................................................................................................5
Introdução: Revit X AutoCAD .................................................................................................................................6
O que é BIM?.............................................................................................................................................................8
Interface Gráfica ......................................................................................................................................................9
Possíveis erros ao abrir um arquivo: ...................................................................................................................10
Aula 04 – Criando Novos Leveis ...........................................................................................................................16
Aula 05 - Inserindo novos Grids............................................................................................................................18
Aula 06 – Pilares Estuturais .................................................................................................................................20
Aula 07 – Paredes Estruturais..............................................................................................................................22
Aula 08 - Fundações ...............................................................................................................................................25
Aula 09 – Vigas ......................................................................................................................................................29
Beam ....................................................................................................................................................................29
Beam: On Grids ...................................................................................................................................................30
Beam Systems .....................................................................................................................................................31
Problema: .........................................................................................................................................................32
Aula 12 – Treliças e Contraventamento ...............................................................................................................33
Treliças ................................................................................................................................................................33
Contraventamento..............................................................................................................................................34
Problema:.........................................................................................................................................................36
Aula 13 – Pisos Estruturais ..................................................................................................................................36
Aula 14 - Rampas e Escadarias.............................................................................................................................38
Rampas................................................................................................................................................................39
Escadas................................................................................................................................................................40
Aula 15 – Reforço Estrutural ................................................................................................................................44
Armadura por Area ............................................................................................................................................44
Problema:.........................................................................................................................................................46
Path – Armadura por caminhos ........................................................................................................................48
Rebar – Vergalhão – Paredes, Pilares e Vigas .................................................................................................49
Fabric Area –Malhas de Aço. .............................................................................................................................51
Análise Estrutural – Preparando o projeto ..........................................................................................................51
1 - Ativar o modelo analítico. .............................................................................................................................52
2 – Definir os suportes através do comando Boundary Conditions (Localizado no Ribbon Analyze) ..........52
3 – Inserir os carregamentos .............................................................................................................................54
4 – Checar inconsistências e funcionalidade dos suportes ..............................................................................54
5 – Fazer análise estrutural na nuvem. ...........................................................................................................55
6 – Resultados .....................................................................................................................................................55
Apêndice: Atalhos do teclado.................................................................................................................................57
Comandos básicos ...............................................................................................................................................57
CURSO REVIT STRUCTURE 2016 –INSTRUTOR: ARTUR FEITOSA 4
CURSO REVIT STRUCTURE 2016  Artur Feitosa

Texto do autor

Olá, estudante. É uma imensa satisfação saber que posso contribuir para o seu aprendizado com essa
apostila. Antes de começar, eu gostaria de deixar bem claro para quem essa apostila é destinada.
Essa apostila NÃO é destinada à:
• Aqueles estudantes que não sabem nada sobre Revit. (Você pode ficar confuso sem saber utilizar
comandos básicos de seleção ou modify). – Ainda assim, você pode tirar proveito de muitas informações
disponíveis aqui. (Complementando com outras fontes);
• Aqueles que não entendem NADA de estruturas. BIM é construção virtual, como você vai construir
algo que você não sabe o que é?
Essa apostila é destinada:
• Aos estudantes do Curso Revit Structure 2016, da projetoACG. Onde eu, o tutor, vou complementar
alguns conceitos em sala de aula (presencial ou online);
• A você que já sabe algo sobre Revit e quer aprender a usar o Revit Structure ou aprimorar os seus
conhecimentos.
Com isso em mente, vamos começar, não é? Agradeço a preferência e espero que você possa aprender
bastante! Você vai ficar espantado com a facilidade de uso e de modelagem desse programa. O uso do BIM é
algo que deve ser incentivado por todos para podermos economizar e tentar sair da atual situação do nosso
país. Se você busca uma carreira lá fora como BIM Manager, você tem que dominar todos os conceitos
definidos nessa apostila. Arregace as mangas e prepare-se para modelar!
Para saber mais sobre BIM e outros cursos, visite o website da projeto acg e o meu através dos links abaixo:
• www.bimexperts.com.br
• www.projetoacg.com

Com carinho,

Artur Feitosa

CURSO REVIT STRUCTURE 2016 –INSTRUTOR: ARTUR FEITOSA 5


CURSO REVIT STRUCTURE 2016  Artur Feitosa

Introdução: Revit X AutoCAD


Percebi que muitos alunos ao aprender Revit, utilizam o mesmo workflow do CAD nas modelagens
iniciais e por isso acabam encontrando algumas pedras no caminho. Para evitar alguns problemas, vamos
falar sobre as diferenças dos 2 grandes programas da Autodesk: O Revit e o AutoCAD.

AutoCAD:

• Funciona basicamente em 2D;


• Usa elementos gráficos primitivos, tais como: linhas, arcos, polígonos e círculos;
• Se nós quisermos fazer alguma modificação nós temos que alterar todas as vistas
relacionadas (fachadas, cortes, detalhamentos, etc.);
• É bem mais complicado para criar estruturas em três dimensões;
• É o programa mais utilizado no momento para construção civil, em geral.

Revit:

• Funciona em 2D e 3D simultaneamente (de uma maneira mais simplificada);


• Usa objetos paramétricos, tais como paredes, portas, janelas, escadas, forros, pilares, etc.
• Modificações no projeto são atualizadas automaticamente nas vistas (fachadas, cortes,
detalhamentos, etc);
• Geração automática de quantitativos baseados na modelagem;
• Ambiente de trabalho mais eficaz;
• Pode-se trabalhar colaborativamente com arquitetos, engenheiros e projetistas ao mesmo
tempo;
• Estudos solares;
• Estudos de fluxo de ar;
• Análise energética;
• Análise estrutural;
• etc.

Ao trabalhar com BIM, temos um ambiente de design mais eficiente, em comparação com o
AutoCAD. Além disso o processo de coordenação entre design, documentação e construção é
melhorado.

Mas, Revit é para mim?

Bem:

Se você está começando um curso de arquitetura ou engenharia, aprenda o Revit ASAP o


mais rápido possível, BIM não é o futuro, BIM é o presente!

Se você já trabalha na área e usa o AutoCAD apenas para simples revisões como construtor,
a sua transição pode ser mais lenta devido aos custos de capacitação e de aquisição do software.

CURSO REVIT STRUCTURE 2016 –INSTRUTOR: ARTUR FEITOSA 6


CURSO REVIT STRUCTURE 2016  Artur Feitosa
(Na Autodesk University Brasil 2015, a equipe da fabricante dos dois programas deixou clara que
a ideia é que todos façam a transição entre AutoCAD e Revit. Não faz mais sentido continuar
usando um disquete, quando todos estão a usar um pen-driver, certo?)

Se você é projetista, amigo, vá de Revit.

1. Projetos hidrossanitários são elaborados de maneira muito mais rápida e eficiente


(TigreCAD para Revit).
2. Modelos arquitetônicos, nem se fala. Produtividade 1000.
3. Projetos estruturais? Bem, é verdade que o revit não dimensiona, mas o mesmo faz análise
estrutural e modela de uma forma muito produtiva (inclusive conexões de aço). Além disso,
o Revit já tem plug-ins para trabalhar com o TQS, Eberick e Robot. Então o que você está
esperando?
4. Projetos elétricos de baixa-tensão? Bem, aqui temos uma exceção. Infelizmente o Revit
MEP ainda não trabalha com dimensionamento de acordo com as normas brasileiras, mas
empresas como a Filippon Engenharia já conseguiram adaptar um template para fazer os
seus projetos de forma otimizada. Se eles podem, você também pode, não é?

Lembre-se que durante o processo de transição a sua equipe vai perder um pouco de
produtividade para se dedicar à cursos de capacitação e começar a utilizar um software BIM. Mas
é totalmente válido! Para fazer um ovo temos que quebrar a casca, não é?

Estudos comprovam que o ganho de produtivivade depois da implantação BIM paga o investimento
inicial e oferece um ótimo ROI.

Ok, eu entendi como funciona inicialmente o Revit, em relação ao CAD. Mas o que é BIM?

CURSO REVIT STRUCTURE 2016 –INSTRUTOR: ARTUR FEITOSA 7


CURSO REVIT STRUCTURE 2016  Artur Feitosa
O que é BIM?

Muito se tem falado sobre Building Information Modeling (BIM), mas pouco se entende
sobre os seus conceitos e implementação (infelizmente). Em resumo, BIM pode ser entendido como
uma construção virtual, onde podemos prever diversos erros de projeto e execução antes mesmo
de se começar a limpar o terreno e mobilizar o pessoal.
Abaixo você pode encontrar 2 definições robustas e um vídeo que explica completamente o que é
BIM e alguns dos seus usos atuais no mercado.

Definições:

1. BIM é uma representação digital das características físicas e funcionais de uma construção.
BIM é um conjunto de informações do empreendimento desde a concepção inical até a
demolição, com coolaboração integrada das diversas partes do projeto (construtor,
arquitetos, engenheiros, proprietário, etc.)
Fonte: NBIMS (National BIM Standard) – EUA
2. BIM é o desenvolvimento e uso de um modelo de programa de computador para simular a
construção e operação de um empreendimento. BIM usa um conceito inteligente e
paramétrico de uma representação digital de uma construção onde podemos gerar
informação que possa ser utilizada para tomar decisões e melhorar o processo de
construção.
Fonte: Association of General Constractor’s – EUA.

Assista o vídeo abaixo para entender melhor o que é Building Information Modeling e seus usos
(análise energética, estrutural e solar; construção virtual 4d; clash detection; geração automática
de quantitativos, pranchas e detalhamentos; coordenação entre disciplinas, etc.)
CURSO REVIT STRUCTURE 2016 –INSTRUTOR: ARTUR FEITOSA 8
CURSO REVIT STRUCTURE 2016  Artur Feitosa
https://youtu.be/31v6Tip9riE
Ok. Entendi o que é BIM. Mas quais os programas de computador que utilizam essa plataforma?

Veja alguns exemplos nas imagens a seguir.

Interface Gráfica
Ao abrir o Revit pela primeira vez, você encontrará a seguinte janela:
CURSO REVIT STRUCTURE 2016 –INSTRUTOR: ARTUR FEITOSA 9
CURSO REVIT STRUCTURE 2016  Artur Feitosa

Note que a aba principal à esqueda é dividida em Projetos e Famílias. Neste curso nós não vamos
trabalhar com a edição de famílias (que são grupos de elementos paramétricos criados previamente
para facilitar a nossa modelagem. Exemplos: pilares, fundações, treliças, etc). Portanto, utilize
apenas a aba de projetos. Note que você poderá abrir (Open) ou criar (New) um novo projeto.
Para iniciarmos um projeto de forma mais fácil, basta clicar em Structural Template.

Possíveis erros ao abrir um arquivo:


Não aparece o “Structural Template” no meu Revit. O motivo é: provavelmente você não instalou
corretamente as famílias e templates durante a instalação do programa. Como resolver?

Basta baixar o template no nosso site: www.bimexperts.com.br/. Procure por Downloads e


templates. Ao baixar você deverá colocá-lo na pasta padrão onde você vai armazenar os seus
templates. Para alterar a página padrão siga o procedimento abaixo:

Clique no , no topo esquerdo e depois clique em , no canto inferior direito.


Uma nova janela vai abrir. Clique em File Locations (Localização dos Arquivos).

CURSO REVIT STRUCTURE 2016 –INSTRUTOR: ARTUR FEITOSA 10


CURSO REVIT STRUCTURE 2016  Artur Feitosa

Note que no exemplo acima já existem 4 arquivos (um modelo arquitetônico, um elétrico, um
estrutural e um de construção). Se no seu não aparecer nenhum, clique no e selecione o
arquivo que você baixou no site www.bimexperts.com.br/.

Clique em “OK” e note que agora o template selecionado vai aparecer na aba de projetos.

CURSO REVIT STRUCTURE 2016 –INSTRUTOR: ARTUR FEITOSA 11


CURSO REVIT STRUCTURE 2016  Artur Feitosa

Outra forma de Resolver o problema:


Vá no painel de controle do seu computador > Adicionar ou remover programas > Clique em
Autodesk Revit Content Libraries 2016 e clique em Desinstalar ou Alterar o programa
(Unistall/Change). A seguinte janela irá aparecer:

Clique em “Add or Remove Features”. Quando a próxima janela abrir, selecione o grupo de
famílias desejado (Portuguese-Brazil) e clique em Next. O Revit irá baixar e instalar todas as
famílias e templates que você selecionou.

Ao abrir o template, você vai se deparar com a interface gráfica do programa.

CURSO REVIT STRUCTURE 2016 –INSTRUTOR: ARTUR FEITOSA 12


CURSO REVIT STRUCTURE 2016  Artur Feitosa

Note que o programa é bem intuitivo. No topo temos o Structural Ribbon, onde vamos encontrar
a maioria dos comandos relacionados à modelagem de estruturas, por exemplo: Vigas, Paredes,
Colunas, Pisos, Treliças, Escoramentos, Fundações, Reforço Estrutural, etc. (Ver imagem abaixo).

No View Ribbon> User Interface, pode-se ativar ou desativar as barras de Propriedades


(Properties) e Navegação de Projeto (Project Browser). É altamente recomendado que ambas
estejam ativas durante toda a eleboração do projeto.

DICA:

CURSO REVIT STRUCTURE 2016 –INSTRUTOR: ARTUR FEITOSA 13


CURSO REVIT STRUCTURE 2016  Artur Feitosa
Se você é um ex-usuário do CAD, provavelmente você vai estranhar as duas barras. Na barra de
propriedades nós teremos todos os “inputs” dos elementos que nós estivermos modificando.
Lembre-se, nós não vamos mais desenhar linhas, arcos ou círculos, nós vamos modelar elementos
com informações relevantes. Portanto, a barra de propriedades vai ser a sua melhor amiga nesse
aspecto.
Além disso, a barra de navegação do projeto vai nos auxiliar a navegar entre as plantas e
documentações do projeto.

Outra barra bastante utilizada é a barra de acesso rápido (ver imagem abaixo), onde podemos
personalizá-la à gosto.

Ainda mais, temos a barra de controle de vista, onde concentra-se todas as características de
modificação de visualização, escala e ainda propriedades do sol (posição, sombreamento, etc).

Veja os elementos na figura abaixo:

1 Menu Aplicativo

CURSO REVIT STRUCTURE 2016 –INSTRUTOR: ARTUR FEITOSA 14


CURSO REVIT STRUCTURE 2016  Artur Feitosa

2 Barra de ferramentas Quick Access


3 InfoCenter
4 Barra de opções
5 Seletor de tipos
6 Paleta Propriedades
7 Navegador do projeto
8 Barra de status
9 Barra de controle de vista
10 Área de desenho
11 Faixa de opções
12 Guias na faixa de opções
13 Uma guia contextual na faixa de opções, que fornece ferramentas relevantes para o
objeto selecionado ou a ação atual
14 Ferramentas na guia atual da faixa de opções
15 Painéis na faixa de opções

Com a interface em mente, vamos começar.

CURSO REVIT STRUCTURE 2016 –INSTRUTOR: ARTUR FEITOSA 15


CURSO REVIT STRUCTURE 2016  Artur Feitosa

Aula 04 – Criando Novos Leveis


Com o revit aberto, vamos inicialmente alterar as unidades do projeto através do comando “UN”.

Basta clicar na unidade que deseja alterar e fazer a modificação. No nosso caso, vamos clicar em
área e selecionar a unidade “metros quadrados com 2 casas decimais” (ver imagem abaixo). Faça
o mesmo para o comprimento.

Clique em OK e finalize o comando.


Agora vamos criar os nossos novos leveis. Para isso, no Project browser, dê um duplo clique em
Elevations>East. Vá no Ribbon Structure e clique em Level (Ou comando “LL”).

Clique no ponto inicial e no ponto final do level que deseja inserir.

CURSO REVIT STRUCTURE 2016 –INSTRUTOR: ARTUR FEITOSA 16


CURSO REVIT STRUCTURE 2016  Artur Feitosa

OBS: Pode-se clicar no level criado e clicar na caixa de seleção para adicionar ou remover a
indicação do level (hide bubble). Além disso, pode-se criar um Elbow (quebra de linha) e até copiar
e colar diversos leveis ao mesmo tempo.

OBS:

Para alterar a altura de um level (Pavimento), basta clicar no level desejado e clicar depois
na cota temporária que aparecerá, em azul. Digite o valor desejado e aperte “Enter”.
Para renomear um level, basta selecionar o level e clicar no nome correspondente e alterá-
lo.

A sua vez:

Com os conceitos em mente, crie 15 níveis de pavimentos nomeando-os da seguinte forma:


• Base da Fundação (-4m)
• Topo da Fundação (-2m)
• Nível do Terreno (-1m)
CURSO REVIT STRUCTURE 2016 –INSTRUTOR: ARTUR FEITOSA 17
CURSO REVIT STRUCTURE 2016  Artur Feitosa
• Pavimento Térreo (1 m)
• Pavimento 1 (+3m)
• Pavimento 2 (+3m)
• . (+3m)
• .
• .
• Pavimento 10 (30m).
• Coberta (33m)
• Caixa D’água (36m)

DICA: Sempre aperte o ESC várias vezes para sair de um comando.

Aula 05 - Inserindo novos Grids


Os Grids nos auxiliam na inserção de pilares, fundações e demais objetos. Eles são nada mais,
nada menos, que a principal ferramenta na locação da nossa obra. Para inserir os nossos grids,
CURSO REVIT STRUCTURE 2016 –INSTRUTOR: ARTUR FEITOSA 18
CURSO REVIT STRUCTURE 2016  Artur Feitosa
vamos clicar em floor-plan - level 1 (no Project Browser). O comando Grid estará disponível
imediatamente abaixo do comando Level, ou então pode-se usar o atalho “GR”, no teclado.

Para inserir um novo grid, basta seguir o mesmo processo da inserção de Leveis. Clique nos 2
pontos (inicial e final) e finalize o comando.

OBS: O Revit automaticamente considera a numeração dos GRIDS e LEVEIS de forma sequencial.
Ou seja, se o primeiro GRID for A, o segundo grid será B, o terceiro será C e assim por diante.
Portanto, ao finalizar a primeira coluna de grids, comece o primeiro grid (em linha) com uma
numeração. Dessa forma, o Revit vai enumerar os grids como sendo 1, 2, 3 e assim por diante.

A sua vez:
A sua tarefa é criar 6 grids na vertical e 6 grids na horizontal nomeando-os da seguinte forma:
Vertical: A, B, C, D, E, F.
Horizontal: 1, 2, 3, 4, 5, 6.

A distância entre cada grid deverá ser da seguinte forma


Vertical: A-4m-B-6m-C-6m-D-6m-E-4m-F.
Horizontal: 1-4m-2-6m-3-6m-4-6m-5-4m-6.

Finalize a colocação dos Grids.

OBS: Pode-se alterar o distanciamento dos grids através das cotas temporárias de forma
inteligente. Além disso, é interessante fixar os grids de forma a não movê-los por acidente. Para
fazer isso, selecione todos os GRIDS e clique em PIN, no comando Modify.

Os grids deverão ficar da seguinte forma:

CURSO REVIT STRUCTURE 2016 –INSTRUTOR: ARTUR FEITOSA 19


CURSO REVIT STRUCTURE 2016  Artur Feitosa

Aula 06 – Pilares Estuturais

Para criar um pilar estrutural, simplesmente clique na Structural Ribbon e clique em Column.

OBS: Mas Artur, e qual a diferença dos pilares arquitetônicos e estruturais? Os pilares
arquitetônicos possuem função estética e não vão criar um modelo analítico. Os pilares estruturais
poderão ser analisados e exportados entre programas como TQS, EBERICK, ROBOT, etc. Então,
use um pilar estrutural (Structural Column), comando “CL”.

CURSO REVIT STRUCTURE 2016 –INSTRUTOR: ARTUR FEITOSA 20


CURSO REVIT STRUCTURE 2016  Artur Feitosa

O próximo passo é definir o tipo de pilar a ser utilizado na barra de propriedades e definir o topo e
a base do mesmo. Além disso, pode-se selecionar entre um pilar inclinado e um pilar vertical
(slanted). Na barra de propriedades pode-se alterar o elemento selecionado clicando em Edit
Type.

O lançamento dos pilares pode ser feito manualmente, porém, é mais aconselhável selecionar o
comando “At Grids” e selecionar todos os grids do projeto. Dessa forma, o Revit vai adicionar um
pilar em cada interseção de Grids. Fácil, não? Não esqueça de clicar na setinha verde ao finalizar

o comando. Não clicar na seta é um erro muito comum para iniciantes no Revit.
Caso você não finalize ou cancele o comando, o revit vai ficar limitado ao comando e você não
poderá fazer outras alterações.

Ok, aprendi a inserir um Pilar Estrutural, mas não existe o pilar que eu quero no programa.
Não se preocupe, você pode importar várias famílias já prontas diretamente para o seu modelo.
Para isso, clique em Column e antes de colocar um pilar clique em “Load Family”.
Procure por Structural Columns. Caso não encontre na pasta padrão, você poderá baixar no nosso
blog www.bimexperts.com.br. Procure por Downloads e por Famílias. Quando baixar, procure por
Structural Columns.

A sua vez:
CURSO REVIT STRUCTURE 2016 –INSTRUTOR: ARTUR FEITOSA 21
CURSO REVIT STRUCTURE 2016  Artur Feitosa
No nosso projeto, vamos inserir pilares do topo da fundação até o pavimento Coberta.
Passos:
1. No Project Browser, dê um clique duplo em Pavimento-01 e então clique em Structural
Columns;
2. Na barra de propriedades selecione M_Concrete-Retangular-Column 300x450mm;
3. Clique em Edit Type e em Duplicate. Renomeie a nova coluna como Coluna 20x45cm;
4. Em Dimensions altere os valores para: b = 0.2 e h = 0.45;
5. Clique em OK;
6. Em Modify – Place Structural Column, clique em Vertical Column;
7. Na barra de modificação, altere os valores de Depth e Height para Topo da Fundação e
Coberta, repectivamente;

8. Clique em At Grids, na barra Modify – Place Structural Column e Selecione todos os Grids

do projeto. Clique em para finalizar o comando;


9. Aperte a tecla ESC várias vezes para sair de algum comando;
10. Clique na casinha no canto superior esquerdo, na janela de acesso rápido, para visualizar a
estrutura em 3D.

Aula 07 – Paredes Estruturais


Para inserir uma Parede Estrutural, simplesmente clique em Wall, no Ribbon Structure.

CURSO REVIT STRUCTURE 2016 –INSTRUTOR: ARTUR FEITOSA 22


CURSO REVIT STRUCTURE 2016  Artur Feitosa
Na barra de propriedades, pode-se escolher entre diversos modelos de paredes estruturais ou até
alterar e criar modelos da forma que o projetista achar melhor. No Revit, as paredes são feitas por
camadas (pintura>massa>reboco>concreto). Para alterar as camadas da estrutura selecione um
modelo na barra de propriedades e clique em Edit Type. Na próxima janela clique em
Structure>Edit. Na janela Edit Assembly pode-se inserir (Insert) camadas acima ou abaixo da
estrutura e definir a espessura da mesma. (Pergunte mais informações ao seu Tutor).

Com as propriedades da parede estrutural definidas (Topo, base, tipo, etc) basta clicar nos 2 pontos
(inicial e final) no seu Floor Plan (Level) para inserir a parede.

Possíveis Erros:
Em alguns casos pode ser que você receba a seguinte mensagem ao inserir uma parede ou outro
elemento.

Isso significa que os elementos que você está modelando não estão visíveis na vista em questão.
Por exemplo, digamos que você colocou o topo da fundação no level 5 e a base no level 4. Se você
está com o level 1 ativo você não vai conseguir ver a sua estrutura nesse level. Você pode clicar
na casinha , na barra superior de acesso rápido, para visualizar a sua estrutural em 3D.

Para fazer alterações nas paredes (Curvas, furos, ou modificações) vá para uma visualização
lateral (Elevations ou Sections), selecione a parede e clique em Edit Profile.

CURSO REVIT STRUCTURE 2016 –INSTRUTOR: ARTUR FEITOSA 23


CURSO REVIT STRUCTURE 2016  Artur Feitosa

Ao clicar em Edit Profile aparecerá algumas bordas em cor magenta no seu modelo. Essas bordas
devem ficar fechadas, mas assumir a forma que o projetista quiser. Para modifica-las, utilize o
comando Draw, no canto superior direito.

Veja um exemplo abaixo:

Ao clicar em Finalizar , podemos observar como a estrutural se comporta após a edição.

CURSO REVIT STRUCTURE 2016 –INSTRUTOR: ARTUR FEITOSA 24


CURSO REVIT STRUCTURE 2016  Artur Feitosa

Dessa forma é possível assumir qualquer formato que o projetista desejar.

A sua vez:
Agora vamos inserir uma parede estrutural no contorno da edificação.
Passos:
1. No Project Browser, clique em Topo da Fundação 2 vezes;
2. Clique em Structural Wall;
3. Na barra de propriedades selecione Basic Wall Foundation – 300mm Concrete;
4. Ainda em propriedades, Em Base Constraint selecione Base da Fundação;
5. Em Top Constraint selecione Pavimento Térreo;
6. Agora vá na janela Modify – Place Structural Wall e selecione o retângulo (Draw);
7. Desenhe o retângulo ao redor da estrutura do grid F1 ao grid A6;
8. Aperte Esc várias vezes para sair do comando;
9. Visualize a estrutura em 3D ( ).

Aula 08 - Fundações

Podemos inserir diversos tipos de fundações no nosso modelo. Inicialmente, vamos clicar em
Structure. Na aba Foundation, vamos clicar em Wall.

CURSO REVIT STRUCTURE 2016 –INSTRUTOR: ARTUR FEITOSA 25


CURSO REVIT STRUCTURE 2016  Artur Feitosa
Uma Wall foundation equivale a uma viga baldrame. Para inserir, aconselho mudar para uma
visualização 3D (Clicando na casinha no canto superior esquerdo ). Depois de escolher o tipo
de viga baldrame a ser utilizado, na barra de propriedades, basta clicar na parede que desejar e
o Revit automaticamente vai inserir uma Wall Foundation na base da parede selecionada.

Para inserir fundações profundas ou superficiais, deve-se clicar em “Isolated” e selecionar a


família desejada, procurando por Structural Foundation. Atente para configurar corretamente a
base e o topo da fundação. Lembre-se de carregar novas famílias, como foi feito no caso dos
pilares, para inserir diversos tipos de fundações.

CURSO REVIT STRUCTURE 2016 –INSTRUTOR: ARTUR FEITOSA 26


CURSO REVIT STRUCTURE 2016  Artur Feitosa
Note que é possível criar diversas combinações de famílias e modelar a estrutura da maneira como
o projetista achar melhor. Veja o exemplo abaixo:

A sua vez:
Passos:
1. No Project browser clique em Base da Fundação;
2. Clique em Foundation – Isolated;
3. Clique em Load Family;
4. Selecione a pasta Structural Foundations e selecione a família M_Pile Cap-3 Pile.rfa na
biblioteca padrão do Revit (US Metric) ;

CURSO REVIT STRUCTURE 2016 –INSTRUTOR: ARTUR FEITOSA 27


CURSO REVIT STRUCTURE 2016  Artur Feitosa
5. Na barra de propriedades clique em Level e selecione Base da Fundação;
6. Clique em At Grids na janela de Modify – Place Isolated Foundation;
7. Selecione todos os Grids;
8. Clique em Finish;
9. Aperte a tecla ESC várias vezes para sair do comando;
10. Visualize em 3D;
11. No Project browser, dê um duplo clique em Base da Fundação;
12. Clique novamente em Foundation-Isolated e selecione a M_Footing-Rectangular
1800x1200x450;
13. Clique em Edit Type
14. Duplique a família e renomeie para Base de Fundação Personalizada;
15. Em Dimensions preencha da seguinte forma;

16. Clique em OK;


17. Agora clique individualmente em cada interseção para adicionar o reforço da fundação, com
a Base sendo Base da Fundação (Note que a Altura de 2 metros que foi utilizada é relativa
à distância entre o topo da fundação e a base da fundação.
A sua estrutura deverá ficar igual à figura abaixo:

CURSO REVIT STRUCTURE 2016 –INSTRUTOR: ARTUR FEITOSA 28


CURSO REVIT STRUCTURE 2016  Artur Feitosa

Aula 09 – Vigas

Existem 2 comandos básicos para inserir vigas: Beam e Beam System (no Ribbon Structure).

O comando Beam insere uma viga apenas, já o beam system insere um sistema de vigas
espaçadas igualmente em um ambiente com contorno pré-definido.
Beam

A sua vez:
Vamos iniciar colocando uma viga de aço curva.

1. Clique em Beam.
2. Na barra de propriedades, escolha o tipo desejado (Ub-Universal Beam 305x165x40UB).
3. Na barra de modificação, escolha a função estrutural (Structural Usage) - Girder e o
plano de lançamento da viga (Placement Level), como Topo da Fundação.

CURSO REVIT STRUCTURE 2016 –INSTRUTOR: ARTUR FEITOSA 29


CURSO REVIT STRUCTURE 2016  Artur Feitosa

4.
5. Na janela de Modify – Place Beam (Draw), clique na função Start-End-Radius-Arc.
6. Clique no ponto inicial: Grid C1
7. Clique no ponto Final: Grid D1
8. Clique em um ponto qualquer acima do grid 1 para inserir a curvatura da Viga.
9. A sua viga foi lançada. Você pode visualizar em 3D agora.

Beam: On Grids

A sua vez:

Assim como no caso dos pilares, as vigas podem ser inseridas selecionando todos os grids.
No Project Browser, dê um duplo clique em Topo da Fundação;
Selecione o comando Beam;
Em propriedades escolha M_Concrete Rectangular Beam 300x600mm;
Ainda em propriedades, selecione Topo da Fundação como Reference Level.
CURSO REVIT STRUCTURE 2016 –INSTRUTOR: ARTUR FEITOSA 30
CURSO REVIT STRUCTURE 2016  Artur Feitosa
Clique em “On Grids” e selecione todos os grids;
Clique em OK e finalize o comando.

Depois de adicionar todas as vigas de um pavimento, pode-se selecionar todas as vigas (através
do comando Filter ou então Select All Instances), clicar em copy to clipboard e então clicar em
Paste > Aligned with selected levels para copiar as vigas para todos os outros pavimentos.

Beam Systems

Para adicionar um sistema de vigas, deve-se clicar em Beam System, como segue:

O comando só funcionará em um espaço fechado (com vigas nas bordas). Para isso, passe o
mouse sobre as vigas de contorno de um ambiente e veja a disposição das vigas em linhas
tracejadas.
Note que a disposição das vigas será paralela à direção da borda que você clicar.

CURSO REVIT STRUCTURE 2016 –INSTRUTOR: ARTUR FEITOSA 31


CURSO REVIT STRUCTURE 2016  Artur Feitosa

Antes de clicar no local indicado, pode-se alterar algumas características do sistema na barra de
modificações. Em Beam Type deve-se selecionar o tipo da viga a ser utilizada no sistema (Use
W310x38.7), em Justification deve-se informar a justificação que o sistema irá seguir (Usar
Center). Em Layout Rule deve-se definir uma regra de distanciamento das vigas (espaçamento
entre uma viga e outra).

Problema:
Não aparece a viga que desejo inserir na barra de modificações da minha Beam Systems.
Para solucionar, você deve ir no comando Beam e carregar uma nova família (Load Type). Ao ser
carregada, a família irá aparecer na barra de modificações do sistema de vigas.

CURSO REVIT STRUCTURE 2016 –INSTRUTOR: ARTUR FEITOSA 32


CURSO REVIT STRUCTURE 2016  Artur Feitosa

Existem várias funções dentro do comando Beam e Beam Systems. Para mais informações
consulte o seu tutor. Para aprender a etiquetar as suas vigas e usar os comandos cope e joins,
assista ao vídeo: aula 11 – Vigas 03.

Aula 12 – Treliças e Contraventamento

Treliças

O lançamento de treliças segue o mesmo processo das vigas. Inicialmente, clique no comando
Truss, no Ribbon Structure. Caso você não tenha nenhuma treliça inserida, carregue uma nova
família e selecione a Fink Treliça.

CURSO REVIT STRUCTURE 2016 –INSTRUTOR: ARTUR FEITOSA 33


CURSO REVIT STRUCTURE 2016  Artur Feitosa

Com a treliça escolhida, vá no seu floor plan – Level 1 e selecione 2 pontos (inicial e final) para o
lançamento da treliça. Note que você pode inserí-la no eixo de um pilar ou solta em qualquer ponto.
(Para modificação de treliças, peça auxílio ao seu tutor.)

Contraventamento

Inserir uma barra de contraventamento é também simples, porém precisamos definir um plano de
trabalho antes.
Clique em Brace, no Ribbon Structure e em seguida defina um plano de trabalho. Um plano de
trabalho é o plano onde será inserida a barra de contraventamento. Uma maneira simplificada é
escolher um Grid que já foi inserido. Assim que você clicar no comando Brace a janela de “Work
Plane” vai aparecer. Selecione um e clique “OK”.

CURSO REVIT STRUCTURE 2016 –INSTRUTOR: ARTUR FEITOSA 34


CURSO REVIT STRUCTURE 2016  Artur Feitosa

OBS: Para inserir uma nova família de Contraventamento, escolha a família “Esqueleto Estrutural”
– Brazil (Portuguese). Obs: Baixe a família (Ver: Possíveis erros ao abrir um arquivo:, página 10).

Agora, vá para uma visualização lateral (ex: Elevation – East) e clique nos 2 pontos onde deseja
inserir o contraventamento. (Ver imagem abaixo)

Ao clicar nos 2 pontos, a barra será adicionada automaticamente.

CURSO REVIT STRUCTURE 2016 –INSTRUTOR: ARTUR FEITOSA 35


CURSO REVIT STRUCTURE 2016  Artur Feitosa

Problema:

O Seguinte problema indica apenas que nenhuma treliça está carregada no projeto. Para isso,
clique “Yes” e selecione uma família no seu computador. (Veja Possíveis erros ao abrir um arquivo:
página 10 – Como adicionar famílias ou templates.)

Aula 13 – Pisos Estruturais

CURSO REVIT STRUCTURE 2016 –INSTRUTOR: ARTUR FEITOSA 36


CURSO REVIT STRUCTURE 2016  Artur Feitosa
Os pisos são divididos em Arquitetônicos e Estruturais. Assim como no caso das colunas, os
arquitetônicos só possuem função estética, já os estruturais levam em conta módulo de
elasticidade, coeficientes, índices e ainda gera um modelo analítico, que pode ser estudado depois.
Durante esse curso, nós vamos trabalhar apenas com os modelos estruturais. Para isso, na barra
de estruturas, clique em Floor : Structural.

O próximo passo é utilizar o item mais adequado dentro da aba de desenho (Draw).

Para criar um piso, precisamos inicialmente definir as suas bordas (contorno). Note, na imagem
acima, que você pode adicionar um piso selecionando linhas, desenhando um retângulo, um
círculo, etc.
A forma mais fácil de desenhar um piso padrão é através do comando retângulo. Selecione o tipo
de piso que deseja na barra de propriedades, desenhe o seu contorno (deve ser fechado), indique

o pavimento na qual o piso será adicionado e clique em , para finalizar o comando.

OBS: Para criar um “espaço aberto (vazio)” na laje, apenas crie outro contorno dentro do contorno
geral do piso, como foi feito no caso das paredes estruturais.
Você pode editar a estrutura do piso, adicionando ou removendo layers. (Ver Aula 07 – Paredes
Estruturais, página 22).

A sua vez:
1. No Project Browser, navegue para o pavimento térreo;
2. Clique em Floor- Structural;
3. Na janela Modify – Create Floor Boundary, clique em Pick Supports ;
4. Clique nas vigas ao redor de todo o pavimento (modifique o contorno através dos comandos
Trim, Extend);
5. Na barra de propriedades, selecione o piso 160mm Concrete with 50mm metal deck;
6. Na barra de propriedades, selecione o Pavimento Térreo como Reference Level;

7. Clique em Finalizar ;
8. Pressione ESC para sair do comando várias vezes;

9. Selecione o piso criado e em Modify clique em Copy to Clipboard ;


CURSO REVIT STRUCTURE 2016 –INSTRUTOR: ARTUR FEITOSA 37
CURSO REVIT STRUCTURE 2016  Artur Feitosa
10. Clique em Paste Aligned with Selected Levels;

11. Selecione todos os leveis superiores ao Pavimento Térreo e clique em Ok;


12. O Revit vai copiar e colar o piso automaticamente;
13. Sua estrutura deverá estar parecida com a figura abaixo.

Aula 14 - Rampas e Escadarias

CURSO REVIT STRUCTURE 2016 –INSTRUTOR: ARTUR FEITOSA 38


CURSO REVIT STRUCTURE 2016  Artur Feitosa
Apesar de Escadas e rampas serem itens da disciplina Arquitetura, elas também podem aparecer
em projetos estruturais. Para isso, vá na Ribbon Architecture e nós podemos ver na aba de
circulação o comando de inserir Corrimões (Railing), Rampas (Ramp) e Escadas (Stair).

Rampas
Clique em Ramp (Rampas). Note que a área de desenho ficou cinza, indicando que o comando de
desenho está ativo. Agora você pode criar uma rampa através do comando RUN > Line.
Basta clicar em 2 pontos e a sua rampa será criada na direção escolhida. Note que você precisa
inserir as propriedades que deseja na janela Properties (espessura, largura da rampa, inclinação,
etc).

Para alterar a inclinação de uma rampa, deve-se clicar em Edit Type, na barra de propriedades,
e em seguida deve-se alterar o Ramp Maximum Slope, de acordo com a figura abaixo.

Em Maximum Incline Length nós podemos definir o comprimento total da rampa para que a
inclinação (Ramp Max Slope (1/x)) seja atendida.
Supondo que se deseja criar uma rampa de 6 metros. Se nós quisermos uma rampa com 1m de
altura, portanto o x deverá ser: 1/6
CURSO REVIT STRUCTURE 2016 –INSTRUTOR: ARTUR FEITOSA 39
CURSO REVIT STRUCTURE 2016  Artur Feitosa
Pois: Comprimento * x = Altura Desejada
Maximum Incline Length* x = Altura Desejada
6*x = 1.
x=1/6 = 0.166667.
Dessa forma, o comprimento (L) = 6 e Ramp Max Slope = 1/(1/6) = 6.
OBS: Da mesma maneira que foi criada uma rampa linear, pode-se criar uma rampa em arco, basta
selecionar o comando na aba de desenho (Draw).

A sua vez:
1. No Project Browser, clique duas vezes em Pavimento Térreo;
2. Na Ribbon Architecture, clique em Ramp;
3. Na barra de propriedades mude a largura da rampa (Dimensions – Width) para 4 metros;
4. Em Base Level, selecione Nível do Terreno;
5. Em Top Level, selecione Pavimento Térreo, clique em Apply;
6. Clique em Edit Type e mude o Ramp Max Slope para 10;
7. Clique em RUN (na janela de Modify – Create Ramp Sketch);
8. Clique em algum ponto entre os grids 1 e 2 e depois clique à esquerda (de forma a desenhar
toda a rampa);
9. Use o comando Align (Modify) para alinhar a rampa com o prédio;
10. Clique em Finalizar;
11. Selecione a Rampa e clique na setinha que existe no final da mesma para mudar o seu
sentido.
12. A sua estrutura deverá ser parecida com o exemplo abaixo:

Escadas

As escadas são similares as rampas. O lançamento está diretamente atrelado à janela de


componentes (Ver imagem abaixo).
CURSO REVIT STRUCTURE 2016 –INSTRUTOR: ARTUR FEITOSA 40
CURSO REVIT STRUCTURE 2016  Artur Feitosa

O Revit torna a modelagem de escadas algo simples e rápido. Vamos praticar?

A sua vez:
1. No Project Browser, clique duas vezes em Pavimento Térreo;
2. Na Ribbon Architecture, clique em Stair;
3. Na barra de propriedades aceite a escada padrão (Assembled Stair 190m max riser
250mm going);
4. Em Base Level, selecione Pavimento Térreo;
5. Em Top Level, selecione Pavimento 01, clique em Apply;
6. Na barra de Modify – Create Stair, clique em Straight ;
7. Na barra de modificação, pode-se alterar a largura da escada (Actual Run Width) – Use
1.10.;
Além disso, pode-se alterar a localização da escada com relação ao posicionamento na hora
do lançamento – Location Line(Use Left);

8. Clique perto da interseção dos Grids C2 e mova o mouse para à direita até que a mensagem
“8 Risers Created, 8 remaining” apareça. Isso significa que se você clicar nesse ponto o
Revit vai criar 8 degraus e que 8 degraus deverão ainda ser criados para atingir o topo da
escada. Em outras palavras, você está no meio da escada;

9. Clique no ponto indicado;


10. Agora clique na outra extremidade da escada e mude o Location Line para Right (Como
indicado na imagem acima). Clique novamente em algum ponto no Grid C e o Revit vai gerar
um desenho da seguinte forma;

CURSO REVIT STRUCTURE 2016 –INSTRUTOR: ARTUR FEITOSA 41


CURSO REVIT STRUCTURE 2016  Artur Feitosa

11. Clique em Finalizar ;


12. Você pode visualizar a escada em 3D. (Ignore qualquer erro);

13. Copie e cole a escada para os demais pavimentos utilizando o comando Copy to Clipboard
e Paste Aligned with Selected Levels. Note que o Revit já cria os corrimões, porém o piso
está fechado, o que impossibilitaria uma passagem ao nível superior. Para resolver essa
situação vamos criar um Shaft;
14. Volte ao pavimento térreo (Pelo Project browser);
15. Na Structural Ribbon, clique em Shaft (aba Openings);
16. Selecione o comando Draw Rectangular e faça um contorno na escada como na figura
abaixo;

CURSO REVIT STRUCTURE 2016 –INSTRUTOR: ARTUR FEITOSA 42


CURSO REVIT STRUCTURE 2016  Artur Feitosa

17. Em Top Constraint, selecione Coberta;


18. Em Base Constraint, selecione Pavimento Térreo;

19. Clique em finalizar ;

O Revit vai criar uma abertura para que a escada funcione perfeitamente.

Note que agora existe uma abertura no contorno da escada.

OBS: Existem inúmeras possibilidades na criação de escadas. Pergunte ao seu tutor como
fazer uma escada helicoidal ou em linha.

CURSO REVIT STRUCTURE 2016 –INSTRUTOR: ARTUR FEITOSA 43


CURSO REVIT STRUCTURE 2016  Artur Feitosa

Aula 15 – Reforço Estrutural

As ferramentas de armadura permitem adicionar elementos como: um vergalhão, barras de


armadura ou tela soldada. A armadura é adicionada em hospedeiros válidos, como uma viga de
concreto, coluna, piso estrutural ou fundação. Podemos fazer isso de duas formas:
1 – Quando um objeto estrutural é selecionado, a opção de reforço (Rebar) aparece
automaticamente.
2 – Pode-se adicionar através do menu nos comandos de Armadura.

De forma prática, vamos inserir um exemplo de cada item (Area, Path, Fabric Area, Fabric Sheet,
Rebar).

O Comando é utilizado para adicionar ferragem em paredes e pisos;

O Comando é utilizado quando se deseja adicionar uma ferragem de contorno ou


seguindo um caminho específico;

O comando distribui malhas de aço em uma área específica;

O comando insere uma malha de aço em um local definido;

O comando insere vergalhões de aço em qualquer lugar e com o formato que o projetista
desejar;

O comando define o recobrimento da armadura de acordo com a agressividade do


meio.

Armadura por Area


A sua vez:
1. No Project browser, vá para floor plan – Pavimento Térreo;
2. Clique em Reinforcement - ;
3. Clique na laje que foi modelada anteriormente no pavimento térreo;
4. Provavelmente a seguinte mensagem vai aparecer. Clique em OK. A mensagem diz
que ganchos serão adicionados nas definições de armadura. Sem problemas;

CURSO REVIT STRUCTURE 2016 –INSTRUTOR: ARTUR FEITOSA 44


CURSO REVIT STRUCTURE 2016  Artur Feitosa

5. Na barra de propriedades, vamos ter diversas opções para modificar;

• Em Construction, nós deveremos definir o Layout Rule (Distância Máxima


ou número fixo de barras). Para esse projeto vamos selecionar Maximum
Distance.
• Additional Top e Cover Offset define um recobrimento adicional da
armadura. Vamos usar o valor 0.
• Em Layers, podemos alterar o tipo da armadura utilizada, o espaçamento, a
presença ou não de um gancho, etc. Note que existem as mesmas
configurações para o topo e o fundo da laje e para a direção principal e a
secundária (Top Major, Top Minor; Bottom Major, Bottom Minor).
• No nosso projeto vamos utilizar ambas as direções no fundo da laje e apenas
a direção principal no topo da laje.
• Utilize as seguintes propriedades, como na imagem a seguir, e clique em

Finalizar .

CURSO REVIT STRUCTURE 2016 –INSTRUTOR: ARTUR FEITOSA 45


CURSO REVIT STRUCTURE 2016  Artur Feitosa

Problema:

Se você se deparar com o erro acima, não se preocupe. Isso quer dizer que você esqueceu de
determinar a direção principal da armadura. Para solucionar, basta clicar em Continue e clicar em

, na Barra Modify – Create Reinforcement Boundary.


Desenhe uma linha horizontal ou vertical, indicando a direção principal da armadura e clique em
finalizar o comando.

Se você não conseguir visualizar a armadura, clique na visualização em Wireframe, como na


imagem abaixo.

CURSO REVIT STRUCTURE 2016 –INSTRUTOR: ARTUR FEITOSA 46


CURSO REVIT STRUCTURE 2016  Artur Feitosa

De forma similar, você pode abrir uma visualização 3D e esconder a laje (usando o comando hide
in view), dando ênfase na armadura, como na imagem a seguir:

CURSO REVIT STRUCTURE 2016 –INSTRUTOR: ARTUR FEITOSA 47


CURSO REVIT STRUCTURE 2016  Artur Feitosa

Path – Armadura por caminhos

Digamos que nós queremos criar um reforço estrutural no contorno do espaço que foi definido para
a escada. O comando que vai fazer isso é o Path.

A sua vez:
1. No Project browser, vá para Floor Plan – Pavimento 01;
2. Clique em Reinforcement - ;
3. Clique na laje do Pavimento 01;
4. Note que agora a tela ficou cinza, mostrando que foi liberado o comando de desenho;
5. Clique em Pick Lines e clique nas 3 linhas de bordo da escada como mostra a
imagem abaixo:

6. Note que o Revit já cria uma projeção da armadura com 2,0 m (Padrão). Altere as
configurações de forma que o comprimento do reforço seja de 0,80m e o aço
escolhido seja o 16M, espaçado a cada 200 mm no fundo da laje. Adicione um
gancho de 90 graus para cima;
As suas configurações deverão ficar assim:

CURSO REVIT STRUCTURE 2016 –INSTRUTOR: ARTUR FEITOSA 48


CURSO REVIT STRUCTURE 2016  Artur Feitosa
7. Clique em finalizar o comando e veja como a estrutura ficará em 3D;

Rebar – Vergalhão – Paredes, Pilares e Vigas

A sua vez:
1. No Project browser, vá para floor plan – Pavimento Térreo;
2. De um zoom (rodando a bolinha do mouse) no pilar B1;
3. Clique em cover ;

4. Na barra de modificações, clique em Pick Elements


5. Selecione o pilar B1;
6. Em Cover Settings pode-se alterar o tipo de agressividade e as características do
cobrimento. Para efeitos didáticos, vamos utilizar a opção Interior (shells) – 10M to
16M<13mm>;

7. Agora que o cobrimento (13mm) foi definido, vamos inserir os estribos;

8. Clique em Reinforcement - ;
9. Note que ao mover o mouse sobre o pilar, uma barra (vergalhão) aparece;
10. Para inserir a ferragem, clique na janela Modify – Place Rebar e mude a orientação
de lançamento para Parallel to Work Plane;
11. Na barra de modificação é possível alterar o tipo de armadura que está sendo
lançado. Escolha o tipo Rebar Share M_T1 (Para visualizar os tipos de barra, aperte
nos 3 pontinhos na barra de modificação (Ver imagem abaixo);

CURSO REVIT STRUCTURE 2016 –INSTRUTOR: ARTUR FEITOSA 49


CURSO REVIT STRUCTURE 2016  Artur Feitosa

12. Em propriedades selecione Rebar Bar 10M (9.5mm);


13. Na janela Modify – Structural Rebar, selecione a opção Maximum Spacing e um
espaçamento de 100mm para criar 1 estribo a cada 10cm;
14. Clique no pilar para adicionar.
15. Agora vamos adicionar as barras. Repita o processo selecionando a Rebar Shape:
M_00 e Rebar Bar 13M. (Obs: Você terá que alterar o plano de lançamento para
perpendicular).
16. Clique nos cantos do pilar para criar 4 barras como segue na figura.

17. Clique em 3D para visualizar a estrutura, escondendo a estrutura de concreto (Hide


element).

OBS: Para inserir vergalhões em vigas e paredes o processo é o mesmo, a única coisa que vai
mudar é o plano de visualização. Crie cortes para gerar armaduras ejm vigas.
Outra forma de gerar a armadura da nossa estrutura é através do plug-in Revit Extensions, que
será discutido ao final do curso.
CURSO REVIT STRUCTURE 2016 –INSTRUTOR: ARTUR FEITOSA 50
CURSO REVIT STRUCTURE 2016  Artur Feitosa

Fabric Area –Malhas de Aço.

A sua vez:
1. No Project browser, vá para floor plan – Pavimento 01;
2. Clique em Reinforcement - ;
3. Note que ao passar o mouse sobre a laje, uma malha de aço pré-modelada vai
aparecer. Essa malha é individual e pode ser alterada a partir da janela de
propriedades;
4. Em propriedades, clique em Edit Type e duplique uma malha já existente;
5. Mude o seu nome para (Malha de aço do projeto);
6. Em Layers mude o Overall length para 4000mm e o Overall Width para 2000 mm.
7. Clique em OK;
8. Insira a malha entre os grids A6 e B5 como mostrado na figura.

9. Você pode visualizar a estrutura em 3D.

10. Vamos agora criar uma . Repita o processo utilizando o novo comando.
(Note que agora você deverá selecionar o piso primeiro e depois desenhar a estrutura
através do comando Draw. O revit vai automaticamente distribuir malhas com um
espaçamento pré-definido de forma automática.)
(Para mais informações, consulte o seu tutor.)

Análise Estrutural – Preparando o projeto

No Revit Structure, ao modelar um elemento, o programa automaticamente cria um modelo


analítico, que pode ser analisado e modificado.

CURSO REVIT STRUCTURE 2016 –INSTRUTOR: ARTUR FEITOSA 51


CURSO REVIT STRUCTURE 2016  Artur Feitosa

Um workflow bastante utilizado é: modelar a estrutura no Revit, dimensionar no Robot Structural


Analysis e fazer o detalhamento no AutoCAD Structural Detailing (através de importações e
exportações de arquivos). No nosso curso, vamos focar apenas na análise estrutural através do
Robot Structural Analysis. Para fazermos uma análise estrutural no Revit, vamos ter que baixar e
instalar o Structural Analysis Tookit 2016. (Ver vídeo-aula). Com o plug-in pronto, precisamos
preparar o nosso projeto da seguinte forma:

1 - Ativar o modelo analítico.

Se você não tiver um modelo analítico ativo, vá ao Project Browser e clique com o botão direito
do mouse em 3D. Selecione a opção Duplicate View > Duplicate. Renomeie a nova vista para
Modelo Analítico. Abra a nova vista. Agora use o comango “VG” ou “VV” no seu teclado para
abrir a janela de visibilidade. Em Model Categories selecione todos os campos e desative a
visibilidade. Em Analytical Model Categories selecione tudo e ative a visibilidade. Clique em OK
e você terá o modelo analítico visível.

2 – Definir os suportes através do comando Boundary Conditions (Localizado no


Ribbon Analyze)

Para definir os suportes, basta clicar no seguinte comando .

Obs: Em alguns casos, uma mensagem de erro vai aparecer pois as famílias de suporte não foram
adicionadas ao projeto. Para resolver esse problema, clique na setinha localizada abaixo do
comando Boundary Conditions:
Uma janela vai abrir, clique então em Simbolic Representation Settings. Em Connection Type,
clique em Load.

CURSO REVIT STRUCTURE 2016 –INSTRUTOR: ARTUR FEITOSA 52


CURSO REVIT STRUCTURE 2016  Artur Feitosa
Entre no site www.bimexperts.com.br/blog e procure por Downloads e Revit Structure
Boundaries. Baixe os 4 arquivos. Ao clicar em Load, selecione os 4 arquivos que você baixou e
clique em OK.

Ainda na janela de Structural Settings, clique agora em Boundary Conditions Settings e


selecione as caixas da seguinte maneira:

Agora você está preparado para inserir as condições de suporte. Aperte OK e clique novamente

em .

Na barra de propriedades você poderá escolher em State se a condição de suporte será Fixed
(engaste), Pinned (2 gênero), Roller (1gênero) ou User (modificável). Selecione uma e clique no
local onde deseja inserir a condição de suporte no seu modelo analítico. O resultado deverá ser
similar à imagem abaixo:
CURSO REVIT STRUCTURE 2016 –INSTRUTOR: ARTUR FEITOSA 53
CURSO REVIT STRUCTURE 2016  Artur Feitosa

3 – Inserir os carregamentos

Para inserir os carregamentos, basta clica em Loads, no Ribbon Analyze (aba Loads).

Na barra de Propriedades é possível alterar o valor do carregamento. Já na barra de Modify –


Place Loads é possível alterar entre vários tipos de carregamento

Adicione o carregamento desejado e você está pronto para checar o modelo.

4 – Checar inconsistências e funcionalidade dos suportes

Para checar possíveis interferências do modelo, basta ir no Ribbon Analyze e clicar em

(para checar os suportes) e depois em (para checar a consistência do modelo).

CURSO REVIT STRUCTURE 2016 –INSTRUTOR: ARTUR FEITOSA 54


CURSO REVIT STRUCTURE 2016  Artur Feitosa

5 – Fazer análise estrutural na nuvem.

Para fazer a análise estrutural, clique em Analyze in Cloud, no submenu do Robot Structural
Analysis, localizado no Ribbon Analyze. Siga os passos e o Revit vai fazer a análise do seu
projeto.

6 – Resultados

Após feita a análise estrutural, pode-se visualizar os resultados através do comando Results

Manager . Na janela de resultados, pode-se destacar as reações, momentos, deslocamentos,


rotações, deformações, entre outras propriedades e visualizá-las em 3D. Veja as imagens a seguir:

CURSO REVIT STRUCTURE 2016 –INSTRUTOR: ARTUR FEITOSA 55


CURSO REVIT STRUCTURE 2016  Artur Feitosa

CURSO REVIT STRUCTURE 2016 –INSTRUTOR: ARTUR FEITOSA 56


CURSO REVIT STRUCTURE 2016  Artur Feitosa

Apêndice: Atalhos do teclado

Comandos básicos

"UN" menu:"Configurações-Unidades do projeto"


“CTRL+O” Abre um projeto
“CTRL+P” Abre a página de impressão
“CTRL+S” Salva um projeto
"SU" menu:"Configurações-Sol e sombreamento

Window menu

"WC" menu:"Janela-Cascade"
"WT" menu:"Window-Tile" – abre várias visualizações na mesma janela. (Muito bom).

Captura de Pontos

"SI" snapcode:"Interseções"
"SE" snapcode:"Pontos Finais"
"SM" snapcode:"Pontos do meio"
"SC" snapcode:"Centros"
"SN" snapcode:"Mais Perto"
"SP" snapcode:"Perpendicular"
"ST" snapcode:"Tangentes"
"SW" snapcode:"Grid – Plano de trabalho"
"SQ" snapcode:"Quadrantes"
"SX" snapcode:"Pontos"
"SR" snapcode:"Snap Objetos remotos"
"SO" snapcode:"Snaps Off" – Desativa a captura de pontos
"SS" snapcode:"Desliga Override"

Comandos de Seleção:

“CTRL” Seleciona vários elementos (manter pressionado e clicar nos elementos)

CURSO REVIT STRUCTURE 2016 –INSTRUTOR: ARTUR FEITOSA 57


CURSO REVIT STRUCTURE 2016  Artur Feitosa
“TAB” Alternar entre elementos para selecionar objetos próximos um do outro. Nota: Se você
estiver selecionando vários elementos e precisa usar a tecla Tab, não segure a tecla CTRL
enquanto pressiona TAB.
“TAB” Destacar faces de parede ou centro de paredes, ao colocar dimensões
“SHIFT+TAB” Reverte a ordem de alternar elementos quando selecionando objetos próximos um
do outro.
“CTRL+A” Seleciona todas as linhas em uma janela de diálogo.
“SHIFT” – O commando shift “des-seleciona” objetos previamente selecionados.
Comandos de Edição

“MD” modify (modificar)


“MV” move (mover)
“CO” copy (Cntrl-C) (Copiar)
“RO” rotate (Rotacionar)
“AR” array (Matriz)
“MM” mirror (espelho)
“PR” properties (Propriedades)
“DE” delete (deletar)
“GP” group (agrupar)
“LO” lock objects (Travar objetos)
“SA” Select all instances (Selecionar todos os objetos)
“RE” Resize (Redimensionar)
“PP” Pin Position UP=unpin (Inserir pino / Retirar Pino)
“CS” Create Similar (Criar similar)
Comandos de Visualização

“ZR” zoom in region (Zoom na região)


“ZO” zoom out (2x) (Retira o zoom 2x)
“ZF” zoom to fit (Zoom para caber toda a região na tela)
“ZS” sheet size (Zoom do tamanho da prancha de impressão)
“ZP” previous scroll/zoom (Último Zoom)
“F8” dynamic view dbox (Dbox dinâmico – Visualização).
“F5” refresh (Atualizar)
Comandos de Desenho (Drafting)

“DI” dimension (dimensão)


CURSO REVIT STRUCTURE 2016 –INSTRUTOR: ARTUR FEITOSA 58
CURSO REVIT STRUCTURE 2016  Artur Feitosa
“EL” spot elevation (Elevação)
“GR” grid (Grade)
“LL” level (Level)
“TX” text (Texto)
“TG” tag (Etiqueta)
“RP” ref plane (Plano de Referência)
“RT” room tag (Etiqueta de Ambiente)
“DL” detail lines (Linha de Detalhe)
Mais comandos de visualização

“VP” View Properties


“VG” Visibility graphics
“VH” category invisible
“Vi” Other categories invisible
“HH” Hide object
“HI” isolate object
“HC” hide category
“IC” isolate category
“HR” reset temp hide/isolate

Menu de Ferramentas

“LW” linework
“PT” paint
“SF” split face
“AL” align
“SL” split walls and lines
“TR” trim/extend
“OF” offset
“F7” spelling
“MA” match

Sombreamento/Wireframe

“WF” wireframe

CURSO REVIT STRUCTURE 2016 –INSTRUTOR: ARTUR FEITOSA 59


CURSO REVIT STRUCTURE 2016  Artur Feitosa
“HL” hidden line
“SD” shade mode
“AG” advanced model graphic

Outros

“TL” thin lines


“RR” rendering raytrace
Alternativos

“ZZ” zoom in region


“ZX” zoom to fit
“ZC” previous scroll/zoom
“ZV” zoom out (2x)
“VV” visibility/graphics
“CC” copy

Menu de arquivos
“ER” File-Editing Requests
“RL” File-Reload Latest
“RW” File-Reload Latest

Menu de Modelagem
“WA” wall
“WN” window
“DR” door
“CM” component
“LI” lines
“RP” ref plane

CURSO REVIT STRUCTURE 2016 –INSTRUTOR: ARTUR FEITOSA 60