Você está na página 1de 2

Acta dos Ó rgãos da Comissão Política Na cional da Juventude Popular

Conselho Nacional – 14 de Abril de 2018

Aos catorze dias de mês de Abril de dois mil e dezoito, pelas doze horas e quarenta minutos, reuniram os Órgãos da Comissão Política Nacional da Juventude Popular, na sede do CDS- PP de Lisboa sita no Largo Adelino Amaro da Costa, número cinco, onde essencialmente ficou definida a data do vigésimo terceiro Congresso Nacional da Juventude Popular , foi apresentado o Manual do Militante da JP, bem como aprovado o novo Regulamento do Congresso e a nova Comissão Organizadora do Congresso.

O Conselho Nacional ini ciou - se com as intervenções de boas- vindas de Francisco Camacho, Presidente da Juventude Popular de Lisboa, e de Diogo Moura, Presidente do CDS - PP de Lisboa.

Francisco Rodrigues dos Santos, Presidente da Comissão Política Nacional da Juventude Popular, fez de seguida uma intervenção, onde teceu comentários sobre o tema da filiação no evento da Futurália, realçando o sucesso atingido pela JP com mais de mil filiados em três dias. Francisco deixou também algumas palavras sobre o Congresso Nacional do CDS em Lamego, direcionou ainda um agradecimento a Diogo Moura por toda a amizade e oportunidades que dá à Juventude Popular e deu a sua opinião em relação ao tema da igualdade de género, ressalvando que aquilo que devemos ter como critério é o mérito, os resu ltados, o trabalho e esforço, e não apenas “um par de cromossomas”. Por último, deixou uma palavra a Jorge Miguel Teixeira, Presidente do CDS Barreiro, sobre a sua participação no Parlamento Europeu e terminou com um

comentário sobre a lei da identidade de género, clarificando a sua posição contra

a mesma, considerando que é necessário compreender quem se sente mal com o

seu corpo mas que essas pessoas precisam de acompanhamento médico e técnico especializado. Considera, ainda, que é chocante deixar um jovem de dezasseis anos tomar uma decisão desta importância, de ânimo leve.

A ordem de trabalhos foi retomada pelas dezasseis horas, com a

intervenção de Inês Vargas, Vogal da CPN da Juventude Popular, onde foi explicado o novo Manual do Militante da JP. De seguida deu - se a intervenção de Francisco Tavares, Secretário- Geral da Juventude Popular, sobre a entrega do prémio Nuno Krus Abecassis, que premeia a distrital que mais se distinguiu, com duas distritais candidatas, sendo a de Lisboa vencedora, prémio esse recebido por Francisco Kreye, Presidente da Distrital de Lisboa da JP. Francisco Tavares monitorizou, também, a entrega do prémio Adelino Amaro da Costa, que premeia

a concelhia que mais se distinguiu, com os seguintes resultados analisados:

- Concelh ia de Braga 5285 pontos 2º - Concelhia de Lisboa 5265 pontos 3º - Concelhia de Portalegre 3102 pontos 4º - Concelhia de Odivelas 2602 pontos 5º - Concelhia de Odemira – 838 pontos

A entrega deste prémio finalizou com a vitória da concelhia de Braga,

seguida da intervenção de Francisco Mota, Presidente da Juventude Popular de Braga, agradecendo o prémio e a cerimónia do mesmo, anunciou a sua recandidatura à JP Braga e entregou “JP Braga em revista” ao Presidente da Juventude Popular, Francisco Rodrigues dos Santos.

O novo Regulamento da Juventude Popular foi apresentado por Francisco

Tavares, votado e aprovado por unanimidade, seguido da apresentação da nova Comissão Organizadora do Congresso Nacional, que foi também votada e aprovada por maioria com oitenta e oito votos a favor, dum total de noventa e seis votos, com um voto nulo e sete votos em branco. Por último, deu- se a votação para a aprovação da acta do último Conselho Nacional, que foi aprovada por maioria, com seis abstenções.

O último tópico da ordem de trabalhos foi dominado pelas intervenções

de Francisco Sapage Pereira, Jorge Miguel Teixeira, João Gonçalves Pereira,

Ângelo Miguel, João Galrinho, que, também, propôs um Voto de Louvor à Mesa, em especial a Francisco Soromenho- Marques (Presidente da Mesa do Conselho Nacional da JP), José Limão, Anibal Fernandes, Rodrigo Leitão, Inês Vargas, Tomás Amaro Monteiro, Francisco Garcia, Tiago Rodrigues, Nuno Matos Silva, Ana Santos, Francisco Soromenho- Marques e Francisco Kreye.

O encerramento dos trabalhos foi concretizado com a intervenção de

Francisco Rodrigues dos Santos, Presidente da JP, associando a Juventude Popular ao Voto de Louvor lançado pelo conselheiro e Presidente da Distrital de Setú bal da JP, João Galrinho, tendo sido aprovado por unanimidade.

Nada mais a tratar, foi lavrada a presente acta, assinada pelo Presidente da Mesa do Conselho Nacional da Juventude Popular e pela Secretária- Ad- Hoc,

O Presidente da Mesa do Conselho Nacional da Juventude Popular,

da Mesa do Conselho Nacional da Juventude Popular, Francisco Soromenho- Marques A Secretária - ad -

Francisco Soromenho- Marques

A Secretária - ad- hoc,

Nacional da Juventude Popular, Francisco Soromenho- Marques A Secretária - ad - hoc, Mariana Ferreira dos

Mariana Ferreira dos Reis