Você está na página 1de 11

FORTE

DO BRUM
DISCENTES: LAÍS CABRAL E SARA LUCENA 
DOCENTE: PEDRO VALADARES
ARQ. E URBANISMO NO BRASIL I - 2018.2 

ARQUITETURA
MILITAR
DEFINIÇÕES
Castelo: O castelo é
uma residência

ARQUITETURA MILITAR real/senhorial, com


altas muralhas e torres
da idade média.
NO BRASIL
A arquitetura militar pode ser considerada com um ramo da
Forte: O forte possui
arquitetura destinada à edificações de estruturas defensivas. duas ou mais baterias
Dada a especificidade desta sub-área, agrupam-se assim de artilharia
semelhanças características neste tipo de construções, como localizadas na mesma
nos castelos e fortalezas, moldados segundo as técnicas de obra.
determinadas épocas e regiões.
EVOLUÇÃO

ARQUITETURA MILITAR
DEPOIS DO BALUARTE
 O flanqueamento deixou de ser feito por torres, passando a ser
por baluartes, onde eram colocados os canhões, que disparavam
contra os flancos de um atacante.
HISTÓRICO
FORTE DO BRUM
CONSTRUÇÃO

1629
 O Forte do Brum teve sua construção inicial portuguesa, em 1629, por ordem do
Governador Matias de Albuquerque, recebeu a denominação de FORTE DIOGO
PAES, tendo como objetivo reforçar a entrada da barra do Porto do Recife contra
INAVASÃO
HOLANDESA invasões. Em 28 Fev 1630 foi ocupado pelos holandeses, que prosseguiram a
construção (1630-1631), usando como material a taipa (areia e faxina) e
1630
Don't watch the clock do
denominaram-no de FORTE JOHAN BRUYNE. O forte ficou conhecido pelos luso-
brasileiros como FORTE DO BRUM, em homenagem ao Presidente do Conselho de

EXPULSÃO
HOLANDESES
what it does. Keep going.
Guerra Holandês de Ocupação, Johan Bruyne. Em 1654, com a Rendição na
Campina da Taborda, o Forte troca novamente de bandeira. O governador
BERNARDO DE MIRANDA HENRIQUES,
S A M L Eem
V E1667,
N S Osolicita
N ao Rei permissão para
1654
restaurar o Forte do Brum, considerando a importância de sua posição para a
defesa da Capitania. A maior dificuldade encontrada para a sua restauração foi a
CONSTRUÇÃO
falta de matéria-prima e os arrecifes tornaram-se a sua principal fonte. A
PORTUGUESA
reconstrução foi concluída em 1690 e as obras complementares estenderam-se
1690 até 1715. Na reconstrução foi erguida uma capela, em homenagem a São João
Batista, o que conferiu à fortificação o nome de Forte de São João Batista do
Brum..
CARACTERÍSTICAS &
ELEMENTOS
O baluarte  é  característico dos fortes,
sendo composto pela face, pelo flanco
e pela cortina.
Os fortes também eram baixos, para
que fosse mais difícil seu alcance.  

BALUARTE FACE FLANCO CORTINA FOSSO MEIO BALUARTE


PONTE
PRAÇA DAS ARMAS TERRAPLENO LEVADIÇA
FORTE
DO BRUM
AU
BR
OBRIGADA!