Você está na página 1de 4

Transmissão de Energia Elétrica

ELE08646 – 2018/1
Prof. Paulo José Mello Menegáz

RELATÓRIO FINAL DO PROJETO


REGIME PERMANENTE

Identificação do Grupo
 Francielly Scaquete Neves
 Leonardo de Castro Ferreira
 Thiago Sales Rocha

Especificações de Projeto do Grupo


 Potência entregue à carga: 350 MW
 Fator de potência da carga: 0,93 atrasado
 Percentual de carga leve: 40 %
 Comprimento da linha: 500 km
 Frequência de operação: 60 Hz
 Temperatura de operação dos condutores: 60o C
 Temperatura ambiente media: 24o C
 Pressão atmosférica média: 74,7 cmHg
 Perda por Efeito Corona Máxima: 10 kw/km
 Regulação de tensão máxima: 20%
 Rendimento mínimo: 93%

Primeira Proposta
Estrutura e Condutores
Tipo de Disposição (triangular, horizontal, vertical): horizontal
Distância Horizontal entre as fases (m): 8
Distância Vertical entre as fases (m): não aplicável
Nome do condutor ACSR utilizado: DOVE
Número de condutores por fase: 2
Distância de separação dos subcondutores da mesma fase: 0,4
Tensão nominal de operação escolhida: 345 kV

Modelagem
Resistência calculada (ohms/km): 0,059827338
Indutância calculada (henry/km): 0,001100046

Capacitância calculada (farad/km): 1,03068E-08

Constante A da linha na forma retangular (a + jb):


0,805114366857645+0,0271456253590995i
Constante B da linha na forma retangular: 26,0158295665771+193,982282419709i

Constante C da linha na forma retangular: -


0,0000180704799210975+0,00181489576438743i

Regulação de Tensão
Tensão fase-neutro na barra receptora com Carga Pesada (kV): 199,185843

Corrente na barra receptora com Carga Pesada (kA): 0,82764453

Tensão fase-neutro na barra emissora com Carga Pesada (kV): 282,890656

Tensão fase-neutro na barra receptora com Carga Leve (kV): 202,883102

Corrente na barra receptora com Carga Leve (kA): 0,33105781

Tensão fase-neutro na barra emissora com Carga Leve (kV): 202,883102

Regulação de tensão obtida no terminal emissor da linha (%): -28,2821479

Perda por Corona


Fator de Irregularidade utilizado: 0,8

Raio equivalente calculado (cm): 1,90213705

Tensão crítica disruptiva com tempo bom (kV): 211,4668761

Fator Corona para uma linha triangular equilateral com tempo chuvoso: não se aplica
Fator Corona para os condutores laterais com tempo chuvoso: 0,066614013

Fator Corona para o condutor central com tempo chuvoso: 0,083969639

Perda por Corona de um condutor com tempo chuvoso – linha triangular equilateral (kW/km):
não se aplica

Perda por Corona para os condutores laterais com tempo chuvoso (kW/km): 0,39491429

Perda por Corona para o condutor central com tempo chuvoso (kW/km): 0,646851444

Perda por Corona trifásica total da linha (kW/km): 1,436680028

Rendimento
Potência ativa entregue à carga (MW): 350
Perda Trifásica Total por Efeito Joule da linha (MW): 48,40799868

Perda Trifásica Total por Corona da linha (MW): 0,718340014

Rendimento da linha de transmissão (%): 87,69153175

Memorial de Tentativas
Segunda Proposta
Conforme pode ser visto, na primeira tentativa não se atingiram as seguintes especificações:

 Regulação de Tensão igual a 28,2821479 %, ou seja, maior que o limite de 20 %;


 Rendimento mínimo igual a 87,69153175%, ou seja, menor que o limite de 93 %;

Dessa forma, optou-se por alterar o cabo do tipo o cabo para o Canary que possui bitola maior.
Além disso, foi considerado circuito com 3 condutores por fase dispostos de maneira triangular
espaçados de 40cm, mantendo a disposição horizontal. Com isso, foram obtidos os seguintes
resultados:

 Regulação de Tensão igual a 25,0659504 %;


 Perda por Corona Máxima igual a 0,319344082 kW/km;
 Rendimento mínimo igual a 94,43427472 %;

Terceira Proposta
Conforme pode ser visto, na segunda tentativa não se atingiu a seguinte especificação:

 Regulação de Tensão igual a 25,0659504 %, ou seja, maior que o limite de 20 %;

Dessa forma, optou-se por aumentar o cabo para o de maior bitola, Falcon. Com isso, foram
obtidos os seguintes resultados:

 Regulação de Tensão igual a 24,4234776 %;


 Perda por Corona Máxima igual a 0,255165645 kW/km;
 Rendimento mínimo igual a 96,70339392 %;

Quarta Proposta
Conforme pode ser visto, na segunda tentativa não se atingiu a seguinte especificação:

 Regulação de Tensão igual a 24,4234776 %, ou seja, maior que o limite de 20 %;

Dessa forma, não sendo mais possível aumentar bitola dos cabos, o grupo optou por aumentar
a tensão da linha de 345kV para 440kV para tentar melhorar a regulação de tensão. Nesta
tentativa voltamos a utilizar o cabo Dove, mantendo com três condutores por fase, espaçados
de 40 cm triangular, com fases dispostas na horizontal. Com isso, foram obtidos os seguintes
resultados:
 Regulação de Tensão igual a 17,2293711 %;
 Perda por Corona Máxima igual a 2,073227266 kW/km;
 Rendimento mínimo igual a 94,20058067 %;

Resultado Final
Estrutura e Condutores
Tipo de Disposição (triangular, horizontal, vertical): horizontal
Distância Horizontal entre as fases (m): 12
Distância Vertical entre as fases (m): não aplicável
Nome do condutor ACSR utilizado: Dove
Número de condutores por fase: 3
Distância de separação dos subcondutores da mesma fase: 0,4 m
Tensão nominal de operação escolhida: 440

Regulação de Tensão
Regulação de tensão obtida no terminal emissor da linha (%): 17,2293711 %;

Perda por Corona


Fator de Irregularidade utilizado: 0,8
Perda por Corona trifásica total da linha (kW/km): 2,073227266

Rendimento
Potência ativa entregue à carga (MW): 350
Perda Trifásica Total por Efeito Joule da linha (MW): 20,51098991
Perda Trifásica Total por Corona da linha (MW): 1,036613633
Rendimento da linha de transmissão (%): 94,20058067