Você está na página 1de 7

01/05/2017

Noh–Wikipédia,aenciclopédialivre

Noh

Origem:Wikipédia,aenciclopédialivre.

,,nouounoh(;habilidade,talento)ouaindanōgaku(

;talentoquevemcomfacilidade)éumaformaclássicadeteatro

profissionaljaponêsquecombinacanto,pantomima,músicae

poesia.ExecutadodesdeoséculoXIV,éumadasformasmais

importantesdodramamusicalclássicojaponês.

Evoluiudeoutrasformasteatrais,aristocráticasepopulares,

incluindooDengaku,ShirabyoshieGagaku.Otermoderivada

palavrajaponesaquequerdizertalentoouhabilidade.Muitasde

suaspersonagensusammáscaras,osshites(protagonista)eseu

acompanhante,masnãotodas.Suasraízespodemserencontradas

nonuóxì(儺戲),umaformadeteatrodaChina.Deuorigema

outrasformasdramáticas,comooKabuki.

UmdosseusmaisimportantesdramaturgoséZeamiMotokiyo(1363­1443).Zeamitambémdeixoutratados

sobreaartedeinterpretar.

Índice

1 O nō hoje  

1 Ohoje

 
2 Descriçãodo nō

2 Descriçãodo

3 EscolaseEstilosde nō

3 EscolaseEstilosde

4 TratadosdeZeamisobreaformadeinterpretaro

5 Peças  

5 Peças

 
6 Conteúdo  

6 Conteúdo

 
6.1 Clima

6.1 Clima

6.2 Estilo

6.2 Estilo

7 Oteatro nō noOcidente

7 OteatronoOcidente

7.1 Artistasdeteatroinfluenciadospelo nō

7.1

Artistasdeteatroinfluenciadospelo

 
  7.1.1 Compositores

7.1.1 Compositores

7.1.2 Poetas

7.1.2 Poetas

8 Teatro nō noBrasil

8 TeatronoBrasil

9 Bibliografia  

9 Bibliografia

 
10 Vertambém

10 Vertambém

11 Ligaçõesexternas

11 Ligaçõesexternas

12 nota  

12 nota

 

Ohoje

Seumaapresentaçãodecostumavadurartodoodiaeconsistiadecincopeçasintercaladascompequenos

textoscômicosdekyōgen(狂言;falaselvagem),nosdiasdehojeconsistemdeapenasduaspeçasde

intercaladascomumadekyōgen.

Emborasejaumaartetradicionalenãodeinovação,algumascompanhiascompõemtextosnovosou

apresentampeçastradicionaisnãocomunsaovelhorepertório.Apresentaçõesquemisturamocomoutras

tradiçõesteatraistambémacontecem.AsatuaiscompanhiasdeestãolocalizadasemTokyo,OsakaeKyoto.

01/05/2017

Noh–Wikipédia,aenciclopédialivre

Descriçãodo

Ofocodanarrativaseencontranoprotagonista(仕手,shite),o

únicoqueportaumamáscara.Shiteéumespíritoerranteque

exprime,deformalírica,anostalgiadostempospassados.O

coadjuvante(,waki),geralmenteummonge,nãointerfereno

cursodaação,apenaséreveladordaessênciadoshite.Umcoroe

quatroinstrumentosauxiliamnaconduçãodatrama,quese

solucionaatravésdadança.Essecoro,valedestacar,possuiuma

funçãodramáticadecisiva,conduzindoanarrativa.

Palcode nō .Centro:oprotagonista( 仕手 , shite );direitaemfrente:atorcoadjuvante ( 脇 , waki

Palcode.Centro:oprotagonista(仕手,

shite);direitaemfrente:atorcoadjuvante

(,waki);direita:oitomembrosdocoro

(地謡,jiutai);centro,atrás:quatromúsicos

(囃子方,hayashi­kata);esquerda,atrás:

doisauxiliaresdecena(後見,kōken).

Oéafusãodepoesia,teatro,bailado,músicavocale

instrumentalemáscaras.Osdiversoselementosmusicaissão

estreitamenteentrelaçadosnumasimbioseentreocantoea

pantomima.No,adescriçãodecadacenarepousaunicamente

notextodocanto,nosgestosenosmovimentosdoator.A

combinaçãodesseselementosobedecearegrascorporaise

musicais,ateoriassofisticadas,resultandonumaestética

extremamenterefinada,oquegeradificuldadegeralemcompreendê­loeapreciá­lo.Istoocorresobretudono

queserefereaolibreto,escritoemlinguagemarcaicaecomplexa,nacodificaçãodegestosemovimentos,ena

linguagemmusicalcaracterística,totalmenteestranhaaosouvidoscomuns.

Osmovimentossintéticosdoator,sãoquaseimperceptíveiscomo,porexemplo,deumamaneiraestilizadae

sutil,levantaosolhosparaalua,ounumgestocomamãoretiraanevedokimono(着物;vestido,roupa).Esses

movimentosfazemsurgiraosolhoseespíritodoespectador,umuniversotodopoético,ummundovistode

diversosângulosenvolvendofenômenosdanaturezaedavida.

Oécaracterizadopeloseuestilolento,deposturaereta,rígida,demovimentossutis,bemcomopelousode

máscarastípicas.ocodificadormaiordessaarte.Comumrepertóriodeaproximadamente250peças,ouniverso

éhabitadopordeuses,guerreirosemulheresenlouquecidas,àsvoltascomosmistériosdoespírito.

Portradiçãoosatoresdenãoensaiamjuntos;cadaatorpraticaseusmovimentos,cançõessozinhooucoma

orientaçãodeummembromaisantigo.Entretanto,oritmodecadaapresentaçãoédeterminadopelainteração

detodososatores,músicosepelocoro.Destaformaoexemplificaumdosprincípiosestéticosdetempoe

duração,chamadopelomestredecháSennoRikyu"ichi­go,ichi­e"(一期一会;umavez,umencontro).

UmadaspeçasmaisfamosasdorepertórioéHagoromo(羽衣;OMantodePlumas),quetemuma

transcriçãoparaoportuguêsfeitapeloescritorHaroldodeCampos.

EscolaseEstilosde

Noteatroexistemestudosespecíficosparaaquelesqueexercerãoo

papeldepersonagemprincipal(shite),dacoadjuvante(waki)edotipo

cômico(atorkyōgen).Assimcomoparacadaumdosquatroinstrumentos

quesãotocadosaofundo:flautatransversal(nokan),tamborildeombro

(kotsuzumi),tamborildeanca(otsuzumi),tambordebaquetas(taiko),

existindotambémumcoro(jiutai).

Existemdiferentesestilosde.Noqueserefereaoshitesãocinco:kanze,

hosho,komparu,kongoekita.Comexceçãodaescolakita,todostêmuma

históriaqueremontadaépocadeKan'amiedeZeami.

Palcode nō .

Palcode.

Aescolahoshoéasegundamaioremnúmerodeatores,contandoatualmentecomcercadepoucomenosde

200profissionais.Infelizmente,nocenáriointernacional,elaépoucoconhecidaeapenasrecentementeregistra­

seaparticipaçãodaescolaemespetáculoseeventosforadoJapão.

01/05/2017

Noh–Wikipédia,aenciclopédialivre

SegundoconstanumdostratadosescritosporZeami,“SarugakuDangi”,umdosirmãosdeKan'ami,teriasido

osucessordaTrupeTobi,chamadatambémHoshoza,naregiãodeNara.Portanto,segundooshistoriadores,

seriamaisantigadoqueopróprioKanze­za,quetemKan'amicomoseufundador.

TratadosdeZeamisobreaformadeinterpretaro

ChusonjinanaprefeituradeIwate,Japão

ChusonjinanaprefeituradeIwate,Japão

Português

ZeshiRokujuIgoSarugakuDangi­ConsideraçõesSobreo SarugakucomZeshiApósseuSexagésimoAniversário.Anotações dofilhodeZeami,HadanoMotoyoshi,sobreastécnicasde interpretação,conformerelatodeseupai.Traduçãoemportuguês

emGiroux,1991.

Francês/Espanhol

FushiKaden­daTransmissãodaFlordaAtuação­(Zeami,1960,

1999)

Kakio­OEspelhodaFlor­(Zeami,1960,1999)

ShikadoSho­OLivrodoCaminhoqueLevaaFlor­(Zeami,1960,1999)

NikyikuSantaiEzu­EstudoIlustradodosDoisElementosedosTrêsTipos­(Zeami,1960,1999)

YugakuShudoKempuShô­OLivrodoEstudodoEfeitoVisualdasAtraçõesMusicais­(Zeami,1960,

1999)

Peças

Asaproximadamente250peçasdorepertóriodepodemserclassificadasde

diferentesformas,peloconteúdo,peloclima,peloestilo.

Aspeçasdecorremnumpalcobastantedespojado,feitodehinokiliso(cipreste

japonês).Ocenárioé,invariavelmente,constituídoapenaspelo"kagami­ita,"um

pinheiropintado,nofundodopalco,mesmoqueapeçasedesenrolenoutros

locais.Háváriasexplicaçõesparaousodestaárvore,sendomuitocomuma

interpretaçãoqueserefereaosrituaisxintoístas,pelosquaisosdeusesdescemà

Terraporestemeio.Outroadereçoinconfundíveléaponteestreita(a

"Hashigakari"),situadaàesquerda,queosprincipaisactoresutilizamparaentrada

esaídadaspersonagens.

Conteúdo

1.Kamimono(神物)ouwakinō(脇能,peçasdedivindade).

2.Shuramono(修羅物)ouasuranō(阿修羅能,peçasdeguerreiros).

3.Katsuramono(鬘物)ouonnamono(女物,peçasdemulheres),oshite

aparececomoumapersonagemfemininaeapresentaasmaisrefinadas cançõesedanças. 4.Hácercade94peçasdetemasvariadoscomokyōranmono (狂乱物) peçasdeloucura,onryōmono(怨霊物)peçasdevingançadeespíritose genzaimono(現在物),peçasqueapresentamumtempoatual. 5.Kirinō ()ouonimono(鬼物,peçasdedemonios)apresentam frequentementeoshitenopapeldemonstro,demônio.

1: hashigakari (plataformaparaentrada daspersonagens).2:lugar do kyōgen .3:assistentes depalco.4:tamborde

1:hashigakari

(plataformaparaentrada

daspersonagens).2:lugar

dokyōgen.3:assistentes

depalco.4:tamborde

pau.5:tambordequadril.

6:tambordeombro.

7:flauta.8:coro.9:cadeira

dowaki.10:lugardo

waki.11:lugardoshite.

12:shite­bashira.

13:metsuke­bashira.

14:waki­bashira.15:fue­

bashira.

01/05/2017

Noh–Wikipédia,aenciclopédialivre

Clima

Mugennō(夢幻能)apresentaespíritos,fantasmaseomundosupernatural.OTempoéfrequentemente

desenvolvidodeformanãolineareaaçãopodemudarentredoisoumaiscenários.

Genzainō(現在能),eventoscotidianos.

Estilo

Gekinō(劇能)peçasdramáticasdesenvolvidasnoavançodanarrativaedaação.

Furyūnō(風流能)peçasdançadasquefocamnaqualidadeestéticadasdançasecançõesrepresentadas.

OkinaouKamiutaéumapeçaúnicaquecombinadançacomoritualxintoísta.Éconsideradaamais

antigapeçaeamaisrepresentada,usualmentenaaberturadequalquerprogramaoufestival.

OteatronoOcidente

Aculturajaponesa,principalmenteo,ficouconhecidano

ocidentegraçasaotrabalhodeErnestFenollosa(1853­1908),

norte­americanoquetrabalhounaUniversidadedeTóquionosanos

de1878a1886.Outrosgrandesartistasquedesenvolveramseu

trabalhofortementeinfluenciadospeloteatroepelotrabalhode

StanislavskieMeyerholdforaminfluênciadosporesteteatro,com maiorinfluêncianoteatrocômicoKabukipeloseuaspectomais coloridoedegestualidademaisexagerada,aocontráriodono.

BertoldBrecht,adaptaem1930umno:Taniko,comotítuloDer

Ja­sager(aquelequedizsim),adaptadodeumatraduçãoaoinglês.

Artistasdeteatroinfluenciadospelo

Compositores

Poetas

Okinahōnō ( UmAnciãoVenerável (VenerableOldMan )apresentadanoAno Novo

Okinahōnō(UmAnciãoVenerável

(VenerableOldMan)apresentadanoAno

Novo

Palcodenōantesdaapresentação

Palcodenōantesdaapresentação

01/05/2017

Noh–Wikipédia,aenciclopédialivre

01/05/2017 Noh–Wikipédia,aenciclopédialivre EzraPound Teatro nō noBrasil Nãosepodefalaremteatro nō

TeatronoBrasil

NãosepodefalaremteatronoBrasilsemmencionaronomehakuyōkai(,haku:Brasil;,:cantode

;,kai:associação),ogrupopioneirodepraticantesde,dacidadedeSãoPauloquetantocontribuiu

paraadivulgaçãodestaartenopaís.

TudocomeçouquandoNobuyukiSuzuki,pesquisadoreprofessoruniversitário,veioaoBrasilaserviçodo

MinistériodaEducaçãoedoMinistériodasRelaçõesExterioresdoJapão,emagostode1939.Oobjetivoda

viagemeraministrarumasériedepalestrasemSãoPauloenascolôniasjaponesas,arespeitodacultura

nipônica.

Durantesuaestada,convocou,atravésdaimprensa,todosquequisessemparticipardeumencontrode.A

partirdeentão,atéoiníciodaSegundaGuerraMundial,houvealgumasapresentações,sendoque,nesses

encontros,participavamtantoaEscolaKanzequantoaHosho.

EmseuretornoaoJapão,apósotérminodaGuerra,algunspraticantessucederam­no,inclusiveseufilho Takeshi,naorganizaçãodosencontros.TakeshiSuzuki,daEscolaHosho,empenhou­senoestudoenaprática

destaarte,fazendoapresentaçõesregularese,em1984,comemoroua100ªapresentaçãodogrupoHakuyokai.

ComamortedeTakeshiSuzukiedeNoboruYoshida(EscolaKanze),osgrupossedispersarame,asatividades

dagrandemaioriadelesficaramrestritasaostreinosdecantodee,nosúltimosanos,nãoseregistram

apresentaçõesconjuntas.

Hoje,acredita­sequequatrogruposcontinuamcantando,bailandoetocandoinstrumentosnatentativade

preservaressaartetradicionalmilenarnoseiodacomunidadenipo­brasileira.

Bibliografia

Campos,Haroldo.HagoromodeZeami.SP:EstaçãoLiberdade,2006.

Giroux,Sakae.Zeami:CenaePensamentoNô.SãoPaulo:Perspectiva,1991.

Greiner,Christine.OTeatroNôeoOcidente.SãoPaulo:Fapesp/AnnaBlume,2000.

Kusano,Darci.OQueéoTeatroNô.SãoPaulo:Brasiliense,1984.

Pronko,L.C.Teatro:LesteOeste.SãoPaulo:Perspectiva,1986.

Suzuki,Eiko.NôTeatroClássicoJaponês.SãoPaulo:EditoradoEscritor.

eminglês

NohorAccomplishment:AStudyoftheClassicalStageofJapan1999.FenollosaeEzraPound.

TheClassicalNohTeatreofJapan.ErnestF.FenollosaeEzraPound.

AHistoryofJapaneseLiterature,TheHighMiddleAges,Volume3Jin'ichiKonishi,EarlRoyMiner

(ed.)682pgs.

OntheArtoftheNoDrama:TheMajorTreatisesofZeami',1984,M.Yamazaki(ed.),J.T.Rimer

SixCircles,OneDewdrop:TheReligio­AestheticWorldofKomparuZenchiku(1405­1468?)

Thornhill,A.H. TheArtistryofAeschylusandZeami:AComparativeStudyofGreekTragedyandNoSmethurst, M.J. TheFloweringSpirit:ClassicTeachingsontheArtofNō,Zeami,WilliamScottWilson(tr.),

KodanshaInternational,Tokyo,Japan,2006,(Fūshikaden)

TheHouseofKanze,NobukoAlbery,1985,SimonAndSchuster,NewYork,(romance)

TheJapaneseTheatre:FromShamanisticRitualtoContemporaryPluralism.Ortolani,B.:

Zeami:PerformanceNotes,2008,TomHare(tr.),ColumbiaUniversityPress,528pgs.

Zeami'sStyle:TheNohPlaysofZeamiMotokiyo,ThomasBlenmanHare,StanfordUn.Press,1986.

emitaliano

01/05/2017

Noh–Wikipédia,aenciclopédialivre

Cagnoni,Paola,Scrittiteatrali,Venezia,Cafoscarina,2006.

Calza,GianCarlo,Ilfioreneldemone.L'incantosottiledeldrammaNō,Ed.NuovaMilano1983.

Ortolani,B.,"Ilteatrogiapponese­Dalritualesciamanicoallascenacontemporanea",BulzoniEd.1990

Pound,ErzaeFenollosa,E.,IlteatrogiapponeseNō,VallecchiFirenze1966.

Zeami,Motokiyo,IlsegretodelteatroNō,acuradiRenéSieffert,MilanoAdelphi1966.

emespanhol

Zeami.LaTradiciónSecretadelNô.México,Escenologia,1999.

Zeami.Fūshikaden.TratadosobrelaprácticadelteatroNō.Madrid:EditorialTrotta,1999.

emfrancês

Godel,Armen.LeMaîtredeNô.Paris:ArmenGodel,2004

Mishima,Yukio.CinqNômodernes.Paris:Gallimard,1956.

Peri,Noël.Lethéatreno:étudessurledramelyriquejaponais.Paris:2005

Zeami.LaTraditionSecrèteduNô.Paris,Galimmard,1960.

Vertambém

Vertambém ZeamiMotokiyo Wabi­sabi

Wabi­sabi(Estéticadatransitoriedadeedaimperfeição)

Ligaçõesexternas

Espanhol

sobrecompanhiasdaatualidadedenoh,kabuki,bunrakuekyôgen.

Inglês

l)

japonês(paraaquelessemfamiliaridadecomoidiomavaleapenaverasfotosemáscaras)